Informe SOCEGO. Publicação Oficial da Associação Cearense de Ginecologia e Obstetrícia Nº 197 julho/agosto/setembro de 2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Informe SOCEGO. Publicação Oficial da Associação Cearense de Ginecologia e Obstetrícia Nº 197 julho/agosto/setembro de 2012"

Transcrição

1 Informe SOCEGO Publicação Oficial da Associação Cearense de Ginecologia e Obstetrícia Nº 197 julho/agosto/setembro de 2012 XXXIII Jornada Cearense de Ginecologia e Obstetrícia (JOCEGO) XV Jornada da Maternidade da Santa Casa de Misericórdia de Sobral III Jornada Cearense de Mastologia de Sobral (JOCEMA) I Forum Interdisciplinar de Direitos Sexuais e Reprodutivos Local: FACULDADE DE MEDICINA DE SOBRAL Data: 27, 28 E 29 DE SETEMBRO DE 2012

2 2 SOCEGO - BLOG OFICIAL: entrevista - artigos - eventos - curiosidades e muito mais. Balanço Patrimonial / 2011 SOCEGO ASSOCIAÇÃO CEARENSE DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA Período: 01/01/2011 a 31/12/2011 DEMONSTRAÇÃO DAS RECEITAS Receitas Anuidades ,56 Cursos/Jornadas/Congressos ,00 Patrocínios 5.100, ,56 Receitas Financeiras Juros Recebidos 9.362,30 Rendimentos de Aplicações , ,35 RECEITA TOTAL ,91 DEMONSTRAÇÃO DAS DESPESAS Despesas com Pessoal Salários e Ordenados ,67 Alimentação 2.655,60 Férias 4.253,33 13º Salário 2.180,00 INSS 9.897,43 FGTS 2.321,48 Vale transporte 717,04 Assistência Médica e Social 4.901,68 Uniformes 161, ,32 Ocupação Aluguéis e Condomínios 6.907,80 Reforma/Benfeitorias ,49 Manutenção e Reparos 1.646, ,55 Utilidades e Serviços Enegia Elétrica 3.438,91 Xerox 83,74 Telefone, Internet, Fax 7.304,56 Correios e Malotes 6.039, ,05 Propaganda e Publicidade Propaganda 311,00 311,00 Despesas Gerais Viagens e Representações 2.082,34 Material de Escritório 3.132,68 Material de Consumo ,72 Higiene e Limpeza 3.272,68 Copa, Cozinha e Refeitório 4.168,42 Conduções 6.229,05 Legais e Judiciais 1.504,30 Serviços de Consultoria/Comunicação 2.595,24 Impressos gráfi cos 8.898,07 Serviços de Contabilidade, Auditoria 6.589,95 Serviços de Consultoria de Informática 8.797,90 Cursos, Eventos, Jornada/CGO , ,07 Impostos e Taxas Taxas Bancárias 1.962,75 IPTU 494,64 Taxas Municipais/ISS 1.179,94 PIS s/ fl. de pgto 290,19 IR/Aplic/IOF , ,11 DESPESA TOTAL ,10 ATIVO CIRCULANTE ,70 Disponível ,70 Caixa 8.995,06 Bancos ,64 PERMANENTE Imobilizado ,78 Imóveis ,21 Computadores/periféricos ,21 Móveis & Utensílios 890,00 Máquinas e Equipamentos 2.300,00 Depreciação Acumulada ,64 PASSIVO CIRCULANTE 130,80 Obrigações Fiscais 130,80 PATRIMÔNIO LÍQUIDO ,68 Superávit (Défi cit) do Exercício ,19 Superávit (Défi cit) Acumulado ,87 TOTAL DO PASSIVO ,48 Fortaleza, 15 de maio de 2012 TOTAL DO ATIVO ,48

3 SOCEGO - BLOG OFICIAL: entrevista - artigos - eventos - curiosidades e muito mais. 3 Editorial Caros Associados, Em mais uma edição do nosso informe Socego temos a oportunidade de comunicar os eventos realizados, divulgar os eventos futuros, prestar contas de nossa gestão, reconhecer trabalhos premiados bem como personalidades relevantes para a tocoginecologia cearense. Queremos destacar o balanço contábil do ano de 2011, obrigação estatutária de publicidade, além do demonstrativo de resultado do II Congresso Cearense de Ginecologia e Obstetrícia, tendo sido possível obter resultado financeiro positivo, mesmo com a gratuidade para os nossos sócios, consequência de planejamento, racionalidade e boas parcerias, especialmente com a indústria farmacêutica. Fiéis ao nosso propósito de educação continuada de qualidade, iniciamos o curso de endocrinologia ginecológica, com cerca de 55 participantes inscritos nesta primeira turma, dando ênfase à participação de residentes, com 30 inscritos. Aulas quinzenais no auditório da Socego. Cumprindo ainda com nossa proposta de eventos científicos no interior do estado, temos a XXXIII Jornada Cearense de Ginecologia e Obstetrícia (JOCEGO), a XV Jornada da Santa Casa de Misericórdia e a III Jornada Amigos, aproveitem todas as oportunidades que a Socego proporciona, participando, dando sugestões, criticando, construindo conosco uma Associação cada vez mais ativa e eficiente na missão de engrandecer nossa profissão. Cearense de Mastologia (JOCEMA), em Sobral, onde estaremos também inaugurando a sede daquela seccional, proporcionando, a exemplo do que já aconteceu em Juazeiro, estrutura adequada para o crescimento associativo, científico e social da especialidade na região norte do Estado. Destaque para a programação científica de extrema qualidade, com cursos pré e intrajornada, palestrantes do mais alto nível de nosso estado e de fora. Nosso justo reconhecimento ao Dr. João Parente, preceptor de muitos residentes, profissional integro, sério e competente, a quem rendemos nossa homenagem neste informe. Amigos, aproveitem todas as oportunidades que a Socego proporciona, participando, dando sugestões, criticando, construindo conosco uma Associação cada vez mais ativa e eficiente na missão de engrandecer nossa profissão. Um abraço fraterno, Flávio Ibiapina Expediente Comissão Editorial José Aluizio da Silva Soares (Presidente) Flávio Lúcio Pontes Ibiapina Liduina de Albuquerque Rocha e Sousa DIRETORIA 2011/2014 Presidente Flávio Lúcio Pontes Ibiapina Vice-presidente Francisco José Costa Eleutério 1º Secretário Everardo de Macêdo Guanabara 2º Secretária Liduina de Albuquerque Rocha e Sousa Diretora Financeira Joana Adalgisa F. M. Andrade Diretor de Ética e Defesa Profissional Helvécio Neves Feitosa 1º Suplente: Francisco Gilvan Bezerra dos Santos Informativo trimestral, contendo artigos, entrevistas e matérias sobre a Socego. 2º Suplente: Helly Pinheiro Ellery Conselho Fiscal José Eleutério Júnior Arnaldo Afonso Alves de Carvalho Juarez de Souza Carvalho DIRETORES SECCIONAIS Juazeiro do Norte Francisco Humberto de Menezes Bezerra Sobral José Juvenal Linhares Iguatu Joab Soares de Lima Fundador 1º Informe SOCEGO Francisco João da Silva Capa e Diagramação EdStudio Graphic Design Impressão Expressão Gráfica Tiragem 800 exemplares Os artigos publicados representam essencialmente os pontos de vista dos autores e não obrigatoriamente, o ponto de vista da Diretoria da SOCEGO.

4 4 SOCEGO - BLOG OFICIAL: entrevista - artigos - eventos - curiosidades e muito mais. Entrevista Dr. Guarany Mont Alverne de Arruda Apresentamos o Dr. Guarany como entrevistado neste número do Informe SOCEGO com a segurança de respostas com ensinamentos, e retratando fielmente o exercício da profissão em uma das cidades mais importante do nosso Estado. Como presidente da XXXIII JOCEGO em Sobral, qual foi o critério de escolha dos temas que serão abordados? Em primeiro lugar é preciso colocar que teremos um público bem diversificado nessa jornada. Contaremos com médicos da especialidade e com generalistas que trabalham na atenção primária de sobral e de outros municípios. Também contaremos com a presença de enfermeiros e de estudantes de medicina e enfermagem, portanto bem eclético. Pensando nisso procuramos abordar temas pertinentes e que fazem parte do dia a dia do público alvo. Serão abordados assuntos como pré-eclampsia, amniorrexe prematura e trabalho de parto prematuro, patologias obstétricas que fazem parte do nosso cotidiano, mas que ainda são responsáveis pelo elevado índice de mortalidade materna e neonatal em nosso município. Procuramos dar espaço também para as sub-especialidades ginecológicas que mais tem crescido na última década como a infertilidade e a uroginecologia, além de abordarmos temas já consagrados e que ainda assim despertam interesse de todos como as patologias mamáreas e cervical. Por fim realizaremos um fórum de direitos sexuais e reprodutivos, visto as inúmeras dúvidas e questionamentos, por nós apresentados, quanto ao aspecto ético moral e religioso. Sobral é polo maior de desenvolvimento sócio econômico do norte do Ceará. A assistência à mulher tem correspondido ao referido progresso? A cidade de sobral conta hoje com um corpo clínico especializado para tratar de forma integral a saúde da mulher através de assistência ao pré-natal, planejamento familiar, centros especializados em mastologia, dentre outros. Há uma preocupação maior com a assistência preventiva e diagnóstico precoce das doenças ginecológicas malignas e sexualmente transmissíveis, como as repercussões psicossociais de gravidez indesejada e aborto. Em suma, a assistência à saúde da mulher deixa de ser quase que exclusivamente relacionado ao período gravídico-puerperal. Sobral vem acompanhando estes paradigmas à saúde da mulher na atenção primária e secundária, contudo há problemas e dificuldades inerentes ao nosso sistema de saúde como os estruturais, principalmente em nível terciário, já que os hospitais que atendem a rede pública da região não dão vencimento ao enorme contingente de mulheres que a cada dia lotam as emergências obstétricas. Contudo, estamos prestes a receber do governo do estado o hospital regional, daí a expectativa em vermos melhorias no atendimento global à saúde da mulher. Se não, quais os estrangulamentos para conviver com as cidades vizinhas de menores recursos? Sobral pertence a uma macro-região que abrange aproximadamente 60 municípios e uma demanda de 1,5 milhões de habitantes e muito desse contingente deve-se a uma precária assistência médico-hospitalar que atinge toda essa região. Há uma carência de especialistas, muitos hospitais encontram-se sucateados e sem uma infra-estrutura adequada para atender a população alvo. Como se não bastasse, alguns municípios sequer dispõem de médicos para o atendimento inicial. Com tudo isso é de se esperar o caos que estamos enfrentando nos centros de referência de atendimento terciário que viria a melhorar caso dispuséssemos de condições adequadas de trabalho associado a uma equipe médica eficiente. Considerando de grande importância o comparecimento de universitários e colegas de outras cidades. Qual a expectativa de suas presenças? A jornada de ginecologia e obstetrícia (JOCEGO) vem mais uma vez expandir conhecimentos científicos onde profissionais da área médica reúne-se em um momento privilegiado de atualização. Com o intuito de atrair colegas e acadêmicos à educação continuada preparamos uma jornada com temas diversificados e atuais que possam integrar alunos e profissionais das diversas especialidades. Sobral sendo o novo pólo acadêmico do estado com diversas faculdades e cursos da saúde abrigam milhares de estudantes, que buscam novas formas de conhecimento fora da sala de aula sendo esta uma oportunidade e tanto para abraçar este desejo. Para nós médicos é mais um momento de aprimorarmos nossos conhecimentos, dividir dúvidas, conhecer novas técnicas, e, claro, rever amigos. Serão dias de aprendizado intenso. Novamente Sobral se transforma no ponto de encontro no interior do estado de congressistas abrindo caminho para troca de experiências e conhecimentos. Seu curriculo muito rico em cursos e títulos naturalmente incorpora o ensino. Harmonizar esta atividade com outras obrigações profissionais dificulta para uma melhor preparação de seus alunos? Sou professor da faculdade de medicina no módulo de ginecologia e obstetrícia e desenvolvo outras atividades extras curriculares. A constante sobrecarga de trabalho que nós médicos temos nos submetidos, talvez possa influenciar no rendimento docente. É lógico que se tivéssemos total dedicação à vida acadêmica, poderíamos nos aprofundar mais em pesquisa científica e conhecimentos teóricos. Entretanto a formação médica também não vive só de teorias. É preciso ter experiência, praticar, conviver com situações do dia a dia e daí abstrair algum conhecimento. Estas experiências fora da faculdade também são levadas para a sala de aula e funcionam como exercício de aprendizagem. Seus comentários. Agradeço a oportunidade de estar a frente de uma jornada de suma importância como esta que ocorre em Sobral. Serão três dias de contato direto com experiências inovadoras, casos controversos e uma avaliação crítica dos avanços científicos. Quero também bem agradecer antecipadamente aos palestrantes que aceitaram o convite, muitos deles de fora do estado e que virão para abrilhantar ainda mais este evento. Por fim, será uma ótima oportunidade a retorna a nossa bonita cidade cheia de belezas naturais e de uma arquitetura histórica. DIREÇÃO TÉCNICA MARCUS BESSA - CRM/CE 5397

5 SOCEGO - BLOG OFICIAL: entrevista - artigos - eventos - curiosidades e muito mais. 5 II CONGRESSO CEARENSE DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA PRÊMIO JOSERISSE Ginecologia ArtigoCientífico EFEITOS DO EXTRATO DE TABEBUIA IMPETIGINOSA EM UM MODELO DE ENDOMETRIOSE PERITONEAL EM RATAS. AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES ANTITUMORAL, ESTROGÊNICA E ANTINOCICEPTIVA Francisco Eugênio de Vasconcelos Filho; Francisco Chagas Medeiros; Bruno Hállan Meneses Dias; Angélica Maria Holanda Pascoal da Silva; Ana Carolina Rodrigues de Andrade. Universidade Federal do Ceará, Fortaleza - CE - Brasil Palavras-chave: ENDOMETRIOSE; TABEBUIA IMPETIGINOSA; INFLAMAÇÃO INTRODUÇÃO: A endometriose é uma doença crônica caracterizada por implantação ectópica de tecido endometrial. Um componente importante que está relacionado à sua sintomatologia é o caráter inflamatório da doença, provavelmente um dos principais responsáveis pela dor constantemente relatada. Nesse trabalho utilizamos o extrato aquoso da Tabebuia impetiginosa em ratas com endometriose peritoneal, de forma a verificar suas atividades antitumoral, antinociceptiva e estrogênica. METODOLOGIA: Para esse trabalho, foi utilizado o modelo de endometriose peritoneal. A fim de avaliar o caráter antitumoral, foram utilizados três grupos: um controle e outros dois que receberam extratos nas doses de 0,5g/kg de animal e 1,0g/kg. Os pesos úmidos e secos dos implantes foram comparados. Para estudarmos a atividade antinociceptiva, cinco grupos foram testados, sendo um controle, outro controle positivo (tratado com ibuprofeno) e os demais receberam dosagens de 0,1; 0,3 e 0,5g/ kg. Os animais receberam injeção contendo ácido acético intraperitoneal e foram medidas as contorções abdominais. Por fim, para avaliação da atividade estrogênica, foram utilizados três grupos de animais. Um controle e os demais receberam extratos aquosos da Tabebuia nas dosagens de 1,0 e 2,0g/ kg. Compararam-se os pesos de úteros de ratas ooforectomizadas, além de ser realizada uma análise histopatológica do material. RESULTADOS: O estudo da atividade antitumoral revelou redução significativa dos pesos úmidos dos tumores no grupo que recebeu 1,0g/kg. A avaliação da atividade antinociceptiva demonstrou redução significativa das contorções abdominais nas dosagens de 0,3 e 0,5g/ kg. Por fim, houve aumento dos pesos úmidos e secos dos úteros das ratas ooforectomizadas, bem como aumento da vascularização, do número de glândulas e da espessura do endométrio nos animais submetidos ao estudo da ação estrogênica. DISCUSSÃO: Demonstrou-se que o extrato aquoso da Tabebuia impetiginosa apresenta ações antitumorais, antinociceptivas e estrogênicas, podendo representar, no futuro, uma alternativa terapêutica para a doença. PARECER CREMEC Nº 03/ /02/05 ASSUNTO: Necessidade de primeiro auxiliar em cirurgias obstétricas e ginecológicas. RELATOR: Cons. Helvécio Neves Feitosa EMENTA: Em cirurgias obstétricas e ginecológicas eletivas, de médio ou grande porte, há a necessidade de pelo menos um médico auxiliar. Em casos cirúrgicos de urgência e emergência, o médico deverá intervir, independente da disponibilidade de um médico auxiliar. Para ler o parecer na íntegra favor acessar o site ou através do site do CREMEC - Direção técnica: Dr. Marcelo Rocha - CRM: 1266 Equipe médica: Dr. Oswaldo Dias - CRM: 2846 Dra. Marjorie Mota - CRM: 4667 Dr. Marcelo Cavalcante - CRM: 6876 Dr. Marcelo Gondim Rocha - CRM: 9360 Dra. Luciana Azôr Dib - CRM: 12980

6 6 SOCEGO - BLOG OFICIAL: entrevista - artigos - eventos - curiosidades e muito mais. II CONGRESSO CEARENSE DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA ArtigoCientífico PRÊMIO GALBA ARAÚJO Obstetrícia ASPECTOS CLÍNICOS E EPIDEMIOLÓGICOS DE GESTANTES HIV POSITIVAS EM UM SERVIÇO DE REFERÊNCIA, EM FORTALEZA, CEARÁ. Elaine Saraiva Feitosa; Mariana Mota Moura Fé; Francisco José Maia Pinto; Luiza Luana de Araújo Lira Bezerra. UECE, Fortaleza - CE - Brasil Palavras-chave: TRANSMISSÃO VERTICAL DE DOENÇA INFECCIOSA, INFECÇÕES POR HIV/EPIDEMIOLOGIA, CUIDADO PRÉ-NATAL. OBJETIVO: Analisar os aspectos clínicos e epidemiológicos e a transmissão vertical de gestantes infectadas pelo vírus da imonudeficiência adquirida (HIV) acompanhadas em Serviço de Atendimento Especializado em uma maternidade pública. MÉTODOS: Estudo retrospectivo, documental, quantitativo com abordagem descritiva e analítica realizado com 104 gestantes HIV positivas, atendidas no período de 2005 a 2009.A coleta de dados foi efetuada, a partir dos prontuários das participantes e das fichas de notificação do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Utilizou-se o programa Predictive Analytics Software for Windows, versão 17.0 para a análise dos dados que ocorreu de forma descritiva envolvendo frequências absolutas e relativas. Na análise inferencial utilizou-se o teste da razão de máxima verossimilhança, ao nível de significancia de 5%. RESULTADOS: As gestantes apresentaram idades variando de 17 a 42 anos, sendo a maioria 45 (44%) com idade de 20 a 29 anos. Observou-se que 40 (38,5%) iniciaram pré-natal com 14 a 28 semanas de gestação. O diagnóstico da infecção na maioria dos casos 65 (62,5%) foi realizado durante o período gestacional. As variáveis do período do diagnóstico materno esorologia anti-hiv positiva do recém-nascido apresentaramassociação (p=0,004), ao nível de significância de 5%, pelo teste da razão de máxima verossimilhança. CONCLUSÕES: O acompanhamento obstétrico foi relevante para o diagnóstico da infecção na maioria dos casos. Observou-se a existência de associação entre o período dodiagnóstico e o desfecho sorológico infantil. A otimização do diagnóstico da infecção pelo HIV na assistência ao pré-natal,somada à promoção de acompanhamento adequado em serviços de atendimento especializados são medidas importantes para a redução da transmissão vertical. Mensagem da Comissão de Mortalidade Materna A Comissão da Mortalidade Materna da SOCEGO, conclama os obstetras a melhorar a Assistência prénatal, identificando as gestantes de riscos reprodutivos por meio de individualização de consultas pré-natais em intervalos de tempo pré-determinado de forma que haja: consultas a cada 4 semanas nas primeiras 28 semanas de gravidez, a cada duas semanas até 36 semanas e, semanalmente até o término da gravidez. UNIDADE I Av. Heráclito Graça, 100 sala 05 (Hospital Infantil Luis França) Fortaleza-CE (85) UNIDADE II Av. Antônio Sales, 3443 (Clínica Jório da Escóssia) Fortaleza-CE (85) Direção Técnica: Dra. Lara Maia CRM/CE 5666

7 SOCEGO - BLOG OFICIAL: entrevista - artigos - eventos - curiosidades e muito mais. 7 II CONGRESSO CEARENSE DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA Cumprindo a programação do II Congresso Cearense de Ginecologia e Obstetrícia, registramos momentos do evento que consideramos importantes para nosso acervo de fotos. Solenidade de abertura Entrega de prêmios para homenageados Homenageado, Francisco das Chagas Medeiros, recebeu comenda das mãos do Presidente da SOCEGO, Dr. Flávio Lúcio Pontes Ibiapina Homenageado, Dr. Marinaldo Cavalcanti e Melo recebeu placa de homenagem das mãos do Presidente da Febrasgo, Dr. Etelvino de Souza Trindade Homenageados, Marinaldo Melo e Francisco Medeiros Número artístico do grupo Elos da Vida Programação científica com presença maciça dos participantes

8 8 SOCEGO - BLOG OFICIAL: entrevista - artigos - eventos - curiosidades e muito mais. Programação Social com jantar de congraçamento de professores convidados e diretoria da SOCEGO Sorteio aos congressistas Encerramento festivo no Vianas Buffet animado com a Banda Cacimba de Aluá

9 SOCEGO - BLOG OFICIAL: entrevista - artigos - eventos - curiosidades e muito mais. 9 PREMIAÇÃO DE TEMAS LIVRES Finalizando as atividades do II Congresso Cearense de Ginecologia aconteceu premiação dos trabalhos científicos na seção de Temas Livres nas áreas de Ginecologia e Obstetrícia. Os primeiros colocados foram premiados com o Livro Rotinas de Ginecologia e Obstetrícia. GINECOLOGIA 1º lugar: Interferência da motilidade espermética na taxa de fertilização em tratamento de reprodução. Autor: Marcelo Gondim Rocha OBSTETRÍCIA 1º lugar: A história clínica é um eficiente preditor de préeclâmpsia no primeiro trimestre de gravidez. Autor: Júlio Augusto Gurgel Alves Justo que se reconheça o envolvimento dos laboratórios da Indústria Farmcêutica para o sucesso de nosso congresso. ASTRAZENECA BESINS BAYER BIOLAB DEMONSTRATIVO DE RECEITAS E DESPESAS Caro associado, Segue demonstrativo de resultado referente a despesas e receitas do II Congresso Cearense de Ginecologia e Obstetrícia. Consideramos um sucesso o evento também do ponto de vista financeiro, tendo em vista que o mesmo foi gratuito para os sócios quites, com resultado positivo, o qual será usado para custear a gratuidade das próximas aulas do PEC e III Congresso Cearense de Ginecologia e Obstetrícia. Início precoce da organização, com planejamento e adequação dos custos à nossa realidade financeira, além de uma captação eficiente de patrocínios foram decisivos para a consecução do nosso objetivo. II CONGRESSO CEARENSE DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA Período: 21 a 23 de Junho de 2012 Hotel Vila Galé JANSSEN MABRA JOHNSON MILLET ROUX I RECEITAS VALOR Inscrições R$ 6.720,00 Stands R$ ,00 Simposios R$ ,00 Patrocínios R$ ,30 Cursos R$ 6.220,00 Adesão R$ 650,00 TOTAL R$ ,30 MSD SANOFI LIVRO NORTE SAMSUNG COOPEGO PRO-VIDA II - DESPESAS VALOR Hotéis/Hospedagem/ Alimentação R$ ,08 Passagens R$ 9.898,78 Festa/Buffet (Coquetel/ Coffee/Abertura/ Encerramento) R$ ,45 Organização/Secretaria/ RH (VC Eventos) R$ ,21 Montagem Stands R$ 9.943,00 Impressos Gráficos/Bolsas R$ ,50 Informática/Internet/ Locação de Equipamentos R$ ,00 Transportes R$ 2.073,74 Atrações Músicas R$ 6.149,03 Segurança R$ 2.202,50 Cobertura Fotográfica R$ 500,00 Brindes R$ 2.299,00 TOTAL R$ ,29 III - SUPERÁVIT R$ ,01 Fortaleza, 11 de Julho de 2012

10 10 SOCEGO - BLOG OFICIAL: entrevista - artigos - eventos - curiosidades e muito mais. EVENTOS CIENTÍFICOS DA SOCEGO Cumprindo programação da presidência para o segundo semestre registramos Cursos realizados ou em andamento: Jornada de Medicina Fetal do Cariri (Juazeiro do Norte dias 27 e 28 de julho). Professores convidados: Dr. Fábio Peralta e Dr. Daniele Luminoso, patrocínio da Clínica Clemir Arrais Medicina Diagnóstica. Programação de Educação Continuada PEC: Dia 21 de agosto conferência proferida pelo Dr. Gerson Lopes, reconhecido nacionalmente, como expoente da sexologia com o tema Desejo Sexual Hipoativo e dia 04 de setembro conferência da professora Dra. Marcella Garcez Duarte com o tema: Omega Mater Necessidade Nutricionais da gestante. A atualização do tema prendeu a atenção dos participantes pelo despertar da nova especialidade. Agradecemos ao laboratório Herbarium o apoio e patrocínio. Curso de Endocrinologia Ginecológica: Teve inicio dia 16 de agosto ofertado gratuitamente aos seus associados, com presença marcante dos residentes da especialidade de ginecologia e obstetrícia, vem sendo ministrado pelo Dr. Marcus Bessa e convidados quinzenalmente (às quintasfeiras, das 19h30 às 21h30) no auditório da SOCEGO. Para maior esclarecimento as próximas aulas serão: Data: 16/08/12 AULA 01: Endocrinologia do ciclo menstrual Pofessor: Dr. Marcus Bessa Data: 30/08/12 AULA 02: Endométrio normal e patológico Professor: Dr. Marcus Bessa Data: 13/09/12 AULA 03: Hiperprolactinemia Professor: Dr. José Fernandes Magalhães Campos Data: 04/10/12 AULA 04: Sangramento uterino disfuncional Professor: Dr. Francisco das Chagas Medeiros Data: 18/10/12 AULA 05: Foliculogenese em ciclo natural e em ciclo estimulado Professor: Dr. Sebastião Evangelista Torquato Filho Data: 08/11/12 AULA 06: SOMP Professor: Dr. Sebastião Evangelista Torquato Filho Data: 22/11/12 AULA 07: Insuficiência lútea Professor: Dr. José Fernandes Magalhães Campos Data: 06/12/12 AULA 08: a definir Professor: a definir Realizou-se no cair da tarde do dia 03 de agosto, na sede da SOCEGO um encontro de congratulação entre dirigentes desta entidade médica e da indústria farmacêutica atuante em nosso Estado. Como motivação maior tivemos a busca de um novo modelo ético, social e humanitário de atuar nesta interface medicina/fármaco e como pano de fundo melhorias constantes na saúde da população a que assistimos, razão maior de nosso diuturno agir profissional. Programa de Educação Continuada PEC: Dia 15 de setembro, conferência proferida pelo Dr. José Artur D Almeida, com o tema: Esclerose Múltipla e Gravidez e conferência do Dr. Sidney Pearce Furtado com o tema: Endometriose: Aspectos atuais. Nossos agradecimentos a Bayer pelo apoio e patrocínio. Acontecerá dia 25 de outubro comemoração ao Dia do Tocoginecologista. Francisco Eleutério INTERRUPÇÃO DA GRAVIDEZ DE ANENCÉFALO Luciano Pinheiro ministrou conferência sobre Interrupção de Gravidez de Anencéfalo, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça do Estado, por ocasião do XIX Fórum de Direito Penal, realizado em Fortaleza no período de 23 a 24 de agosto de 2012, sendo muito aplaudido por mais de 200 pessoas presentes a esse importante evento do Poder Judiciário. A sua exposição foi pautada em documentação científica original e de ótima qualidade, como afirmou Francisco Marques Lima, Promotor de Justiça do Estado do Ceará e um dos expositores e organizadores do Fórum.

11 SOCEGO - BLOG OFICIAL: entrevista - artigos - eventos - curiosidades e muito mais. 11 Homenagem Dr. João de Assis Martins Parente Tendo sido designada pelo Dr. Aluízio Soares para prestar homenagem ao Dr. João Parente, um grande amigo do peito, sinto-me honrada por essa missão tão gratificante. Tinha que ser nessa edição da SOCEGO, já que agosto é o mês do seu aniversário. Sinto-me, pois, muito à vontade para me referir ao Dr. João Parente, enquanto pessoa do meu convívio, amigo de verdade e médico, por quem tenho muita admiração e respeito. Dr. Parente, é filho ilustre da pequenagrande cidade Santa Quitéria-CE. Cearense, filho de pais cearenses: pai com veia política, Francisco de Assis Parente e mãe, profissão mãe, rainha do lar, Maria Arsenia Martins Parente. Tem, portanto, raízes no interior, com educação exemplar, rígida, onde a obediência, o respeito, a retidão do caráter, são mesclados com a ternura. É o 9º filho de uma família numerosa de 11 irmãos, traço característico das famílias interioranas. Parente é, sobretudo um forte, como todo bom cearense como todo bom nordestino. Trabalhador, responsável, organizado, dedicado, disciplinado, determinado, prestativo, conservador, tranqüilo, inteligente, competente, com grande conhecimento técnico e científico. Admirado por seu senso crítico, com pitadas de humor. É uma pessoa agradável e de fácil convivência. Mas preciso confessar um defeito seu, aliás o único: Ser torcedor do Ceará, aquela tristeza preto e branco. Teve sua formação primaria em Santa Quitéria, no Grupo Escolar Júlia Catunda. Veio para Fortaleza, onde deu continuidade e concluiu os seus estudos nos Colégios Christus e Castelo Branco. Ingressou na vida universitária pelo curso de farmácia, em 1975 e no ano seguinte prestou novo vestibular tendo sido aprovado no curso de medicina da Universidade Federal do Ceará-UFC, turma É um homem de fibra, de muitas lutas travadas na vida, com muitas batalhas vencidas, registrando etapas vitoriosas na sua trajetória profissional. Graduou-se médico no ano de 1981, pela UFC,tendo em seguida ingressado na especialização de Ginecologia e Obstetrícia pelo Hospital Geral César Cals (HGCC), concluída em Foi exímio discípulo do saudoso Dr. Antonio Ciríaco(in memorian). Como professor nato, Parente repassa seus vastos conhecimentos, principalmente obstétricos, aos internos e residentes que passam naquela casa (HGCC), que foi sua escola. Em 2002, fez pós graduação pela Escola Superior de Gestão e Ciência, IAHCS, no curso de Especialização e Capacitação de Dirigentes Hospitalares. Iniciou suas atividades profissionais, como médico clínico na urgência do Instituto Dr. José Frota(IJF) Unidade de Antonio Bezerra, durante 8 anos, onde exerceu a função de Chefe de Equipe. Serviu na Força Aérea Brasileira como 2º Tenente Médico no Hospital de Base de Fortaleza. Foi médico plantonista do hospital de Maracanaú, durante 10 anos. Também prestou serviço como médico do Grupo Empresarial J. Macedo S.A. É médico do serviço público Estadual e Federal e clínica privada. Membro de várias Entidades Médicas: SOCEGO, FEBRASGO, COOPEGO, AMC, AMB. Foi Chefe do serviço de Ginecologia e Obstetrícia do HGCC, Chefe da Unidade de Serviço de Serviço Técnico do HGCC, Vice- Presidente da SOCEGO, Membro do Conselho Fiscal da UNIMED de Fortaleza. Atualmente exerce as funções no HGCC, como Cirurgião Ginecológico, Plantonista de Obstetrícia e Preceptor da Residência Médica de Ginecologia e Obstetrícia. Participa com assiduidade, como membro efetivo e palestrante, nos eventos médicos inerentes à sua especialidade. E coroando seu Jubileu de Prata, foi aprovado para o Mestrado da Universidade Estadual do Ceará (UECE) na área de Saúde da Criança e do Adolescente. Em janeiro de 2012, comemorou suas Bodas de Pérola, 30 anos de exercício de profissão médica. Dr. Parente é pois aquela pessoa que incorpora a máxima que diz: Quem encontrou um amigo, encontrou um tesouro. Parente é aquele amigo de todas as horas. Amigos para sempre é o que nós queremos ser... Amigos para sempre, como diz a canção... De sua colega e amiga, Gelma Direção técnica: Dr. Marcelo Rocha CRM/CE 5158 Direção clínica: Dr. Martinho Rodrigues CRM/CE 961

12 12 SOCEGO - BLOG OFICIAL: entrevista - artigos - eventos - curiosidades e muito mais. XXXIII JORNADA CEARENSE DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA (JOCEGO) XV JORNADA DA MATERNIDADE DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL III JORNADA CEARENSE DE MASTOLOGIA DE SOBRAL (JOCEMA) I FÓRUM INTERDISCIPLINAR DE DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS Local: Faculdade de Medicina de Sobral Data: 27, 28 e 29 de setembro de /09/12 (Quinta-feira) Manhã 8h 9h CREDENCIAMENTO 8h 12h CURSO PRÉ JORNADA DE UROGINECOLOGIA Local: Faculdade de Medicina de Sobral 8h 9h INTRODUÇÃO Fisiopatogenia da incontinência urinária na mulher Estudo urodinâmico em ginecologia 9h 10h BEXIGA HIPERATIVA Diagnóstico e tratamento farmacológico da bexiga hiperativa Diagnóstico e tratamento farmacológico da síndrome dolorosa vesical na mulher Eletroterapia para tratamento da disfunção do assoalho pélvico na mulher 10h 10h30 INTERVALO 10h30 11h30 IUE Diagnóstico e tratamento cirúrgico da IU de esforço Terapia comportamental e biofeedback para o tratamento da disfunção do assoalho pélvico na mulher 11h30 12h30 POP Diagnóstico e tratamento do POP- Dr. Leonardo Bezerra POP anterior POP posterior POP apical 8h30 12h CURSO PRÉ - JORNADA DE ULTRASSONOGRAFIA Local: Faculdade de Medicina de Sobral 8h30 9h10 ULTRASSONOGRAFIA MORFOLÓGICA FETAL I TRIMESTRE - O QUE HÁ ALÉM DA TRANSLUCENCIA NUCAL? 9h10 9h50 ULTRASSOM MORFOLÓGICO DE II TRIMESTRE QUAIS OS PRINCIPAIS ERROS, FALHAS E FATORES DE CONFUSÃO ENTRE NORMALIDADE E ANORMALIDADE? 10h 10h30 INTERVALO 10h30 11h10 DOPPLERVELOCIMETRIA OBSTETRICA QUAIS AS EVIDÊNCIAS ATUAIS? 11h10 11h50 ULTRASSOM TRIDIMENSIONAL O QUE ESPERAR NA AVALIACÃO ATUAL? QUAIS OS BENEFÍCIOS EM RELACÃO AO US BIDIMENSIONAL? Almoço 27/09/12 (Quinta-feira) Tarde FORUM DE DST/HIV E DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS 14h 15h30 MESA REDONDA: DST/HIV 14h 14h20 Abordagem da sífilis congênita 14h20 14h40 Transmissão vertical do HIV: do pré-natal ao puerpério 14h40 15h Abordagem sindrômica ou etiológica das DSTs? Qual a melhor estratégia? 15h 15h30 Discussão 15h30 16h Coffee-Break 16h 17h30 MESA REDONDA: DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS 16h 16h20 Violência Sexual: quais os direitos da mulher? 16h20-16h40 Abortamento, novos aspectos éticos e jurídicos 16h40-17h Estratégias para redução da mortalidade materna 17h 17h20 Mortalidade materna : Tendências históricas e comentários 17h20 17h30 Discussão 19h Solenidade de Abertura e homenagem - Coquetel 28/09/12 (Sexta-feira) Manhã 8h 9h DEBATE INFORMAL: PRÉ-ECLÂMPSIA Prevenção Pré-natal: o que deve ser valorizado, quando encaminhar ao hospital? Conduta hospitalar 9h 9h30 Coffee-Break 9h30 10h10 CONFERÊNCIA: PARTO PREMATURO É POSSÍVEL SER EVITADO? O QUE FAZER NO PRÉ-NATAL E NO HOSPITAL? 10h10 10h50 SIMPÓSIO PATROCINADO: ANTICONCEPÇÃO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS (MSD) 10h50 11h50 DEBATE INFORMAL: ROTURA PREMATURA PRÉ-TERMO DE MEMBRANAS Prevenção Diagnóstico Tratamento Almoço 28/09/12 (Sexta-feira) Tarde 14h 15h CONFERÊNCIA - PATOLOGIA CERVICAL: COMO INTERPRETAR A CITOLOGIA ONCÓTICA - O QUE DEVE SER VALORIZADO? CONDUTA NAS LESÕES DE BAIXO E ALTO GRAU 15h - 15h30 Discussão 15h30 16h Coffee-Break 16h 17h DEBATE INFORMAL: INFERTILIDADE CONJUGAL PARA O GENERALISTA 17h 17h40 CONFERÊNCIA: SÍNDROME DE OVÁRIOS POLICÍSTICOS: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO 21h Festa temática (Buffet) 29/09/12 (Sábado) Manhã 8h30 10h MESA REDONDA: ASSISTÊNCIA PRÉ-NATAL BASEADA EM EVIDÊNCIAS 8h30 9h Quais exames laboratoriais devem ser solicitados? 9h 9h30 Ultrassonografia: quantos e quando solicitar? 9h30 9h50 Discussão 9h50 10h10 Coffee -Break 10h10 10h50 CONFERÊNCIA: RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA: QUAL O MÉTODO IDEAL, QUANDO INICIAR E PARAR E QUAL O MELHOR INTERVALO 10h50 12h DEBATE INFORMAL: HISTÓRIA FAMILIAR FORTE DE CÂNCER DE MAMA: O QUE MUDA? Prevenção Tratamento Diagnóstico/radiologia Almoço 29/09/12 (Sábado) Tarde 14h 15h30 MESA REDONDA: PATOLOGIAS BENIGNAS DA MAMA 14h 14h20 Mastalgia e cistos mamários: tratar ou orientar? 14h20 14h40 Nódulos não palpáveis de mama: quando acompanhar, biopsiar e realizar exérese? 14h40 15h Mastite puerperal e não puerperal: etiologia e tratamento 15h 15h30 Discussão 15h30 16h Coffee-Break 16h 17h30 MESA REDONDA: PATOLOGIAS GINECOLÓGICAS BENIGNAS 16h 16h20 Endometriose: Quando indicar tratamento clínico ou cirúrgico 16h20 16h40 Tratamento cirúrgico da endometriose ovariana e profunda 16h40 17h Sangramento uterino anormal: propedêutica e tratamento 17h 17h20 Vulvovaginites: abordagem sindrômica ou etiológica? 17h20 17h30 Discussão 20h Jantar dos professores CURSO INTRA JORNADA DE INSEMINAÇÃO INTRA-UTERINA Sábado 29/08/12 Vagas: 10 Carga horária: 8 h/a 8h às 13h MANHÃ TEÓRICA Avaliação do fator masculino Avaliação do fator feminino Indução da ovulação Inseminação intra-uterina Análise seminal Preparo seminal para IIU Fragmentação DNA espermático ANVISA O que é necessário para um Ginecologista ter um laboratório de Andrologia e realizar IIU 14h às 17h TARDE PRÁTICA Análise Seminal Morfologia Fragmentação DNA sptz Teste de Presença de Leucócitos Testes de Vitalidade (Eosina / Hiposmótico) Métodos de preparo para sêmen CATEGORIA DATA VENCIMENTO 01/08/12 até 10/09/12 NO LOCAL / EVENTO SÓCIO (CATEGORIA MÉDICO) GRATUITO SÓCIO (CATEGORIA RESIDENTE) GRATUITO NÃO SÓCIO (CATEGORIA MÉDICO) R$ 80,00 100,00 NÃO SÓCIO (CATEGORIA RESIDENTE) R$ 50,00 70,00 ESTUDANTE DE MEDICINA/ENFERMAGEM* R$ 40,00 60,00 OUTROS PROFISSIONAIS R$ 100,00 120,00 *As inscrições para estudantes de enfermagem e enfermeiros serão somente para o Fórum de Direitos Sexuais e Reprodutivos. CURSOS PRÉ-CONGRESSO DATA HORÁRIO VAGAS VALOR UROGINECOLOGIA 27/09/12 8H 12H 40 GRATUITO ULTRASSONOGRAFIA 27/09/12 8H 12H 40 GRATUITO INSEMINAÇÃO INTRA-UTERINO 29/09/12 8H 17H 10 GRATUITO INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES: (85) / (HILMA / MARILENE)

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA XXXIII JORNADA CEARENSE DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA (JOCEGO) XV JORNADA DA MATERNIDADE DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL III JORNADA CEARENSE DE MASTOLOGIA DE SOBRAL (JOCEMA)

Leia mais

CENTRO UNIVERSITARIO SERRA DOS ÓRGÃOS UNIFESO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CCS CURSO DE MEDICINA

CENTRO UNIVERSITARIO SERRA DOS ÓRGÃOS UNIFESO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CCS CURSO DE MEDICINA CENTRO UNIVERSITARIO SERRA DOS ÓRGÃOS UNIFESO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CCS CURSO DE MEDICINA PROGRAMA DE INTERNATO EM GINECOLOGIA/OBSTETRÍCIA - 10º Período Corpo docente: Coordenação Obstetrícia: Glaucio

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO A SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM II Código: ENF- 213 CH

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÕES. Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas

EDITAL DE INSCRIÇÕES. Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas EDITAL DE INSCRIÇÕES Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas A Company Gestão Educacional e Negócios torna público o edital para as inscrições do

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO A SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM II Código: ENF- 213 CH

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Assistência de Enfermagem à Saúde da Mulher Professor: Renata Fernandes do Nascimento Pré-requisito(s): ------ Carga

Leia mais

RESIDÊNCIA MÉDICA EM OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

RESIDÊNCIA MÉDICA EM OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO RESIDÊNCIA MÉDICA EM OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO I. OBJETIVOS Geral Capacitar o médico residente em Obstetrícia e Ginecologia a promover a saúde e prevenir, diagnosticar e tratar as

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Graduação em Enfermagem Disciplina: Cuidar de Enfermagem em Saúde da Mulher Carga Horária: Teórica: 75h Pratica: 60 h Total: 135 h Semestre: 2013.1 Professor:

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO A SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM II Código: ENF- 213 CH

Leia mais

XXI JORNADA PIAUIENSE DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA BLUE TREE TOWERS RIO POTY TERESINA 16 A 18 DE MAIO DE 2013

XXI JORNADA PIAUIENSE DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA BLUE TREE TOWERS RIO POTY TERESINA 16 A 18 DE MAIO DE 2013 XXI JORNADA PIAUIENSE DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA BLUE TREE TOWERS RIO POTY TERESINA 16 A 18 DE MAIO DE 2013 PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA: Ginecologia Quinta-feira 16/05/13 CURSO PRÉ JORNADA HISTEROSCOPIA CIRÚRGICA

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 PLANO DE CURSO

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 PLANO DE CURSO CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO À SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM I Código: ENF - 209 Pré-requisito:

Leia mais

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 CURSO: Fisioterapia DEPARTAMENTO: Fisioterapia DISCIPLINA: Uroginecologia e Obstetrícia SÉRIE: 3º. Ano PROFESSOR RESPONSÁVEL: Prof. Esp.

Leia mais

V CONGRESSO CIENTÍFICO E ÉTICO DO CREMEC SECCIONAL DO CARIRI 12, 13 e 14 de agosto de 2010 JUAZEIRO DO NORTE/CEARÁ

V CONGRESSO CIENTÍFICO E ÉTICO DO CREMEC SECCIONAL DO CARIRI 12, 13 e 14 de agosto de 2010 JUAZEIRO DO NORTE/CEARÁ V CONGRESSO CIENTÍFICO E ÉTICO DO CREMEC SECCIONAL DO CARIRI 12, 13 e 14 de agosto de 2010 JUAZEIRO DO NORTE/CEARÁ 12 DE AGOSTO DE 2010- QUINTA FEIRA 10h 12h - Mesa-Redonda: CICLO DE VIDA SAÚDE DO IDOSO

Leia mais

PLANO DE CURSO 2. EMENTA:

PLANO DE CURSO 2. EMENTA: PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Enfermagem Disciplina: ENFERMAGEM OBSTÉTRICA E NEONATAL Professor: Renata Fernandes do Nascimento Código: Carga Horária: 80 H Créditos: 05 Preceptoria: 20H

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: AMBIENTE E SAÚDE Habilitação Profissional: Qualificação Técnica de Nível Médio

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: SÃOCARLOS Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação:: Sem

Leia mais

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 CURSO: Fisioterapia DEPARTAMENTO: Fisioterapia DISCIPLINA: Fisioterapia Uroginecológica e Obstetrica SÉRIE: 4º. Ano PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Leia mais

24 Afecções do útero, Trompas e Ovários: 25 - Cervites. 26 - Câncer. 27 - Endometriose. 28 - Metropatias não infecciosas. 29 - Fibroma.

24 Afecções do útero, Trompas e Ovários: 25 - Cervites. 26 - Câncer. 27 - Endometriose. 28 - Metropatias não infecciosas. 29 - Fibroma. SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesu@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

Programação Preliminar

Programação Preliminar Dia 05 de Novembro Quarta-Feira - CREDENCIAMENTO DAS 14h00 às 19H00 - Área de Exposição - 26º CBRH - CEPUCS - Prédio 41 Dia 06 de Novembro Quinta-Feira 07h20 CREDENCIAMENTO Horário ATIVIDADES SALA 1 ATIVIDADES

Leia mais

REALIZAÇÃO DE EXAMES DE ULTRASSOGRAFIA EM MULHERES PARTICIPANTES DO X ENCONTRO DAS LIGAS ACADÊMICAS DA FACULDADE DE MEDICINA

REALIZAÇÃO DE EXAMES DE ULTRASSOGRAFIA EM MULHERES PARTICIPANTES DO X ENCONTRO DAS LIGAS ACADÊMICAS DA FACULDADE DE MEDICINA REALIZAÇÃO DE EXAMES DE ULTRASSOGRAFIA EM MULHERES PARTICIPANTES DO X ENCONTRO DAS LIGAS ACADÊMICAS DA FACULDADE DE MEDICINA BARBOSA, Raul Carlos 1 ; BORBA, Victor Caponi 2 ; BARBOSA, Tercília Almeida

Leia mais

Realizar atividades educativas de prevenção ao câncer uterino e mamário.

Realizar atividades educativas de prevenção ao câncer uterino e mamário. PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Assistência de Enfermagem à Saúde da Mulher Professor: Renata Fernandes do Nascimento Código: Carga Horária: 60h Créditos:

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS Centro de Ciências Biológicas e da Saúde/CCBS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS Centro de Ciências Biológicas e da Saúde/CCBS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS Centro de ciências biológicas e da saúde Departamento de saúde da mulher e da criança Internato em ginecologia e obstetrícia Hospital Universitário Clemente Faria

Leia mais

Ivana Angélica Estrela Araújo

Ivana Angélica Estrela Araújo Ivana Angélica Estrela Araújo Brasileira, solteira, 22 anos Rua 04 quadra H casa 24 Conjunto Rio Anil Bequimão São Luís MA Telefone: (98) 82659010 / (98) 88481901 E-mail: ivanaestrela06@gmail.com RG: 034388232007-3

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Revista Veja Data: 03/09/2008 Seção: Informe Publicitário Pág.: 76

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Revista Veja Data: 03/09/2008 Seção: Informe Publicitário Pág.: 76 Veículo: Revista Veja Data: 03/09/2008 Seção: Informe Publicitário Pág.: 76 Veículo: Site Portal Médico Data: 1 /09/2008 Seção: Notícias Pág.: www.portalmedico.org.br Jornada Científica discute novos exames

Leia mais

SUMÁRIO - TEXTOS OBSTETRÍCIA. Módulo 1 - A Tecnologia da Ultra-sonografa 9 PRINCÍPIOS FÍSICOS DO ULTRA-SOM 10 Walter Pereira Borges

SUMÁRIO - TEXTOS OBSTETRÍCIA. Módulo 1 - A Tecnologia da Ultra-sonografa 9 PRINCÍPIOS FÍSICOS DO ULTRA-SOM 10 Walter Pereira Borges SUMÁRIO - TEXTOS OBSTETRÍCIA Módulo 1 - A Tecnologia da Ultra-sonografa 9 PRINCÍPIOS FÍSICOS DO ULTRA-SOM 10 Walter Pereira Borges Módulo 2 - Ultra-sonografa da Gestação Inicial 23 USG NA GRAVIDEZ INCIPIENTE

Leia mais

10 projetos de pesquisa aprovados no edital BICT/FUNCAP 12/2014

10 projetos de pesquisa aprovados no edital BICT/FUNCAP 12/2014 Projetos de pesquisa no Saúde Instituto de Ciências da 10 projetos de pesquisa aprovados no edital BICT/FUNCAP 12/2014 Título: Avaliação da autoeficácia materna para prevenir diarreia infantil em Redenção-CE

Leia mais

lii CONGRESSO ÉTICO E CIENTÍFICO DA SECCIONAL DA ZONA NORTE DO CREMEC

lii CONGRESSO ÉTICO E CIENTÍFICO DA SECCIONAL DA ZONA NORTE DO CREMEC lii CONGRESSO ÉTICO E CIENTÍFICO DA SECCIONAL DA ZONA NORTE DO CREMEC SOBRAL/CEARÁ MÓDULO DE GINECOLOGIA /OBSTETRÍCIA E PEDIATRIA 14 DE AGOSTO DE 2008 08h30 às 10h30 Mesa-Redonda: Como me Conduzir I Presidente:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: prof. Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação:

Leia mais

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA 1. OBJETIVO Fomentar o conhecimento científico e investir no crescimento técnico científico da Fisioterapia sob o tema Segurança e Qualidade na Assistência Fisioterapêutica.

Leia mais

PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR SEXTA-FEIRA 16 DE MARÇO DE 2012

PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR SEXTA-FEIRA 16 DE MARÇO DE 2012 PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR SEXTA-FEIRA 16 DE MARÇO DE 2012 SALÃO ALTAMIRANDO SANTANA (180) SALÃO DOMINGOS COUTINHO (60) 08h00-10h00 Sessão 1: Uso dos implantes hormonais em ginecologia Coordenadores:

Leia mais

MANUAL DO CONGRESSISTA P E R G U N T A S E R E S P O S T A S

MANUAL DO CONGRESSISTA P E R G U N T A S E R E S P O S T A S MANUAL DO CONGRESSISTA P E R G U N T A S E R E S P O S T A S ÍNDICE CONGRESSISTA 04 O CONGRESSO 05 INSCRIÇÕES E RETIRADA DE MATERIAL 06 HORÁRIOS 07 CRACHÁ 08 TRANSPORTE 09 SINALIZAÇÃO DAS SALAS 11 SERVIÇOS

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR Curso de Especialização em Enfermagem Pediátrica e Neonatal 1ª Turma- Sobral 1. JUSTIFICATIVA Apesar das

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA RESOLUÇÃO Nº 16, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2004.

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA RESOLUÇÃO Nº 16, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2004. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA RESOLUÇÃO Nº 16, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2004. Dispõe sobre conteúdos do Programa de Residência Médica de Obstetrícia e Ginecologia.

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PRELIMINAR. 08:00-08:30 Inscrições e Entrega de Material. 08:30-10:30 Mesa Redonda: Gravidez na Adolescência

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PRELIMINAR. 08:00-08:30 Inscrições e Entrega de Material. 08:30-10:30 Mesa Redonda: Gravidez na Adolescência PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PRELIMINAR DIA 27/11/2014 (QUINTA-FEIRA) - AUDITÓRIO AUDITÓRIO CREMEGO 08:00-08:30 Inscrições e Entrega de Material 08:30-10:30 Mesa Redonda: Gravidez na Adolescência Maria Laura

Leia mais

XX Curso de Especialização em Enfermagem em Estomaterapia, Estomias, Feridas e Incontinências 23.03.2015 a 23.03.2016

XX Curso de Especialização em Enfermagem em Estomaterapia, Estomias, Feridas e Incontinências 23.03.2015 a 23.03.2016 XX Curso de Especialização em Enfermagem em Estomaterapia, Estomias, Feridas e Incontinências 23.03.2015 a 23.03.2016 PÚBLICO ALVO: Enfermeiros com, no mínimo, 2 anos de formados e experiência clínica

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Enfermagem Professores: Aires Roberta Brandalise e Wanderléia Tragancin Período/ Fase: 6º Semestre:

Leia mais

4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 CNPJ: 83.594.788/0001-39 Período: 01/01/2011 a 31/12/2011

4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 CNPJ: 83.594.788/0001-39 Período: 01/01/2011 a 31/12/2011 4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 RECEITA OPERACIONAL 22.561.107,38 RECEITA DE MENSALIDADE DE ASSOCIADOS 1.353.124,41 Mensalidades 1.343.952,41 Anuidade

Leia mais

AVALIAÇÃO PRÉ-CONCEPCIONAL DE MULHERES COM IDADE FÉRTIL EM MUNICÍPIOS NO VALE PARAÍBA.

AVALIAÇÃO PRÉ-CONCEPCIONAL DE MULHERES COM IDADE FÉRTIL EM MUNICÍPIOS NO VALE PARAÍBA. AVALIAÇÃO PRÉ-CONCEPCIONAL DE MULHERES COM IDADE FÉRTIL EM MUNICÍPIOS NO VALE PARAÍBA. Mirielle Ravache Machado Dias; Vanessa Felix Da Hora ; Maria Conceição Furtado Lancia Faculdade de Ciências da Saúde

Leia mais

ANAIS DA 4ª MOSTRA DE TRABALHOS EM SAÚDE PÚBLICA 29 e 30 de novembro de 2010 Unioeste Campus de Cascavel ISSN 2176-4778

ANAIS DA 4ª MOSTRA DE TRABALHOS EM SAÚDE PÚBLICA 29 e 30 de novembro de 2010 Unioeste Campus de Cascavel ISSN 2176-4778 SÍFILIS NA GESTAÇÃO: UMA ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA A PARTIR DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE AGRAVOS DE NOTIFICAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CASCAVEL - PR Fabiana Luize Kopper 1 Cláudia Ross 2 INTRODUÇÃO A sífilis na gestação

Leia mais

SESSÃO I. APRESENTAÇÃO POSTER

SESSÃO I. APRESENTAÇÃO POSTER SESSÃO I. APRESENTAÇÃO POSTER 1. Riscos e causas de contaminação na Central de Material de Juliana Santos Andrade Esterilização: uma análise teórico-reflexiva 2. Biossegurança e Higienização das mãos:

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Enfermagem Obstétrica e Neonatal Professor: Renata Fernandes do Nascimento Código: SAU57 Carga Horária: 100h (Teoria:

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Curso de Gestante

Mostra de Projetos 2011. Curso de Gestante Mostra de Projetos 2011 Curso de Gestante Mostra Local de: Paranavaí Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais Nome da Instituição/Empresa: Unimed de Paranavaí - Cooperativa

Leia mais

Elevar a Liga Acadêmica de Clínica Médica de Sobral (LACMS) à referência nacional nos âmbitos do ensino, pesquisa e extensão.

Elevar a Liga Acadêmica de Clínica Médica de Sobral (LACMS) à referência nacional nos âmbitos do ensino, pesquisa e extensão. APRESENTAÇÃO No intuito de qualificar estudantes e profissionais de diversas áreas da saúde, a Liga Acadêmica de Clínica Médica de Sobral (LACMS) está realizando no período de 16 a 19 de junho, no (),

Leia mais

Programação Científica. 15:00 às 15:30 Técnica, espermograma e preparo do sêmen. Palestrante: Dr. Antônio Carlos Perdigão PA

Programação Científica. 15:00 às 15:30 Técnica, espermograma e preparo do sêmen. Palestrante: Dr. Antônio Carlos Perdigão PA Programação Científica Dia: 21/05/2015 Simpósio de Reprodução Humana Titulo: Infertilidade no Consultório 14:00 Inseminação Artificial no consultório, posso fazer? Coordenador: Dr. Rosival Nassar PA 14:

Leia mais

JORNAL DA RADIOLOGIA PERNAMBUCANA 22ª Edição - 4ª Edição Digital

JORNAL DA RADIOLOGIA PERNAMBUCANA 22ª Edição - 4ª Edição Digital GRANDE SUCESSO!!!! XVIII JORNADA PERNAMBUCANA DE RADIOLOGIA XXV CURSO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DA MAMA Foi um sucesso de público e de organização a comemoração dos 25 anos do aniversário do Curso de Imagem

Leia mais

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM ANESTESIOLOGIA

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM ANESTESIOLOGIA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM ANESTESIOLOGIA 1- IDENTIFICAÇÃO 1.1- Hospital: Rubens de Souza Bento Hospital Geral de Roraima. 1.2- Entidade Mantenedora: Secretaria Estadual de Saúde/SESAU-RR 1.3- Curso:

Leia mais

II. AÇÕES ESTRATÉGICAS REDUÇÃO DA MORTALIDADE MATERNA E NEONATAL

II. AÇÕES ESTRATÉGICAS REDUÇÃO DA MORTALIDADE MATERNA E NEONATAL O PACTO NACIONAL PELA REDUÇÃO DA MORTALIDADE MATERNA E NEONATAL * I. ESTRATÉGIAS PARA IMPLEMENTAÇÃO ARTICULAÇÃO COM A SOCIEDADE CIVIL FORTALECENDO O CONTROLE SOCIAL O envolvimento de diferentes atores

Leia mais

POLÍTICAS SOCIAIS E A ASSISTÊNCIA À SAÚDE MATERNA

POLÍTICAS SOCIAIS E A ASSISTÊNCIA À SAÚDE MATERNA POLÍTICAS SOCIAIS E A ASSISTÊNCIA À SAÚDE MATERNA CONCEITO DE SAÚDE da OMS Saúde é o perfeito bem estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doença. Portanto: Ter saúde é fenômeno complexo

Leia mais

1.0 ATIVO 1.1. ATIVO CIRCULANTE

1.0 ATIVO 1.1. ATIVO CIRCULANTE PLANO DE CONTAS Associações, Sindicatos e Outras Entidades. 1.0 ATIVO 1.1. ATIVO CIRCULANTE 1.1.1. Disponibilidades 1.1.1.1. Caixa 1.1.1.2. Bancos c/ Movimento 1.1.1.3. Aplicações Financeiras 1.1.2. Créditos

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Sintoma. Neoplasias do Colo. Enfermagem. Introdução

PALAVRAS-CHAVE Sintoma. Neoplasias do Colo. Enfermagem. Introdução 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( x ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

Hospital de Base do Distrito Federal - HBDF Unidade de Ginecologia Oncológica / UGON Estágio médico em Ginecologia Oncológica

Hospital de Base do Distrito Federal - HBDF Unidade de Ginecologia Oncológica / UGON Estágio médico em Ginecologia Oncológica 1. Observações gerais: Estágio de capacitação em Ginecologia Oncológica da Unidade de Ginecologia Oncológica (UGON) do Hospital de Base do Distrito Federal: O estágio em Ginecologia Oncológica da Unidade

Leia mais

CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DE CAMPINAS S/A - CEASA/CAMPINAS CNPJ: 44.608.776/0001-64

CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DE CAMPINAS S/A - CEASA/CAMPINAS CNPJ: 44.608.776/0001-64 1.... ATIVO 152.101.493,67 50.040.951,48 153.182.697,98 1.10... ATIVO CIRCULANTE 12.634.079,13 49.780.167,34 14.042.894,83 1.10.10.. DISPONIBILIDADES 10.621.727,62 40.765.261,82 12.080.213,47 1101001 BENS

Leia mais

Proposta Orçamentária Exercício 2015

Proposta Orçamentária Exercício 2015 Página : 1 1.0.00.00 - RECEITAS CORRENTES 1.954.000,00 1.1.00.00 - RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES 1.540.663,00 1.1.01.00 - ANUIDADE 1.540.663,00 1.1.01.01 - ANUIDADE DO EXERCICIO 1.035.137,00 1.1.01.01.01 -

Leia mais

GRUPO DE GESTANTANTES VINCULADO AO PET-REDES MATERNO- INFANTIL DA USF DR. LUBOMIR URBAN, PONTA GROSSA-PR

GRUPO DE GESTANTANTES VINCULADO AO PET-REDES MATERNO- INFANTIL DA USF DR. LUBOMIR URBAN, PONTA GROSSA-PR 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE (X)SAÚDE (

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA ESCOLHA DO PRÉ-NATAL E DO PRÉ- NATALISTA.

A IMPORTÂNCIA DA ESCOLHA DO PRÉ-NATAL E DO PRÉ- NATALISTA. A IMPORTÂNCIA DA ESCOLHA DO PRÉ-NATAL E DO PRÉ- NATALISTA. Um atendimento pré-natal de qualidade é fundamental para a saúde da gestante e de seu bebê. Logo que você constatar que está grávida, deve procurar

Leia mais

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRÍCULO

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRÍCULO FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA LORENA - SP Curso: Enfermagem Disciplina: Enfermagem na Saúde da Mulher Ano letivo 2011 Série 3º Carga Horária Total 144 h/a T 90 h/a P 54 h/a Professora: Catarina

Leia mais

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 Eixos longitudinais, conteúdos e objetivos cognitivos psicomotores Eixos transversais, objetivos Per. 1º Ano eixo integrador: O CORPO HUMANO CH INT. COMUM. HAB.

Leia mais

CATEGORIA: ADESÃO DOS COLABORADORES

CATEGORIA: ADESÃO DOS COLABORADORES EXPRESSO GUANABARA S/A - CNPJ: 41.550.112/0001-01 END. ROD BR 116 KM 04 N 700 MESSEJANA FORTALEZA/CE CATEGORIA: ADESÃO DOS COLABORADORES 2011 BOAS PRÁTICAS: ADESÃO DOS COLABORADORES AOS SEUS VALORES E

Leia mais

PLANO DE CAPACITAÇÃO -2008

PLANO DE CAPACITAÇÃO -2008 Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde-COPROM Núcleo de Vigilância Sanitária PLANO DE CAPACITAÇÃO -2008 PLANO DE CAPACITAÇÃO EM GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM SERVIÇOS DE SAÚDE PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CADASTRAMENTO DE PROJETO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CADASTRAMENTO DE PROJETO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CADASTRAMENTO DE PROJETO Código: 01. Título do Projeto Liga Acadêmica de Cardiovascular 02. Unidade Proponente Universidade Federal de Alagoas 03.

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 PLANO DE CURSO

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 PLANO DE CURSO CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO A SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM II Código: ENF - 213 Pré-requisito:

Leia mais

COMISSÃO DE SISTEMATIZAÇÃO DA REFORMA CURRICULAR

COMISSÃO DE SISTEMATIZAÇÃO DA REFORMA CURRICULAR REESTRUTURAÇÃO DAS ATIVIDADES DO CURSO MÉDICO CARACTERIZAÇÃO DAS DISCIPLINAS E ESTÁGIOS DA NOVA MATRIZ CURRICULAR CÓDIGO DA DISCIPLINA ATUAL: GOB001 NOME ATUAL: Ginecologia e Obstetrícia 1 NOVO NOME: Ginecologia

Leia mais

MODELO PROJETO: PRÊMIO POR INOVAÇÃO E QUALIDADE

MODELO PROJETO: PRÊMIO POR INOVAÇÃO E QUALIDADE MODELO PROJETO: PRÊMIO POR INOVAÇÃO E QUALIDADE 1 Identificação Título Câncer de Colo de útero: a importância de diagnostico precoce. Área temática Comunicação, Promoção e Educação em Saúde Lotação Boninal

Leia mais

DIAGNÓSTICO SOBRE A SAÚDE DA MULHER EM UMA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA E INTERVENÇÕES SOBRE O EXAME CITOPATOLÓGICO DO COLO UTERINO

DIAGNÓSTICO SOBRE A SAÚDE DA MULHER EM UMA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA E INTERVENÇÕES SOBRE O EXAME CITOPATOLÓGICO DO COLO UTERINO 11. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( x ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA DIAGNÓSTICO SOBRE A SAÚDE

Leia mais

Perfil das gestantes adolescentes na assistência ao pré-natal na clinica materno infantil em Sarandi - PR

Perfil das gestantes adolescentes na assistência ao pré-natal na clinica materno infantil em Sarandi - PR Perfil das gestantes adolescentes na assistência ao pré-natal na clinica materno infantil em Sarandi - PR ADRIANA SANT ANA GASQUEZ (UNINGÁ)¹ SANDRA MARISA PELLOSO (UEM)² EVERTON FERNANDO ALVES (G-UNINGÁ)³

Leia mais

2ª Turma do Curso de Pós Graduação UTI Pediátrica e Neonatal de Campinas

2ª Turma do Curso de Pós Graduação UTI Pediátrica e Neonatal de Campinas Trabalho de Conclusão de Curso 2ª Turma do Curso de Pós Graduação UTI Pediátrica e Neonatal de Campinas Instituto Terzius Faculdade Redentor Análise dos Óbitos Neonatais Ocorridos na Maternidade Municipal

Leia mais

TAC: INFERTILIDADE CONJUGAL. 12º Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade Belém-PA 31 de maio de 2013 Zeliete Zambon

TAC: INFERTILIDADE CONJUGAL. 12º Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade Belém-PA 31 de maio de 2013 Zeliete Zambon TAC: INFERTILIDADE CONJUGAL 12º Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade Belém-PA 31 de maio de 2013 Zeliete Zambon Brasil Região Metropolitana de Campinas Estado de São Paulo Município

Leia mais

1. CADASTRO 2. AGENDAMENTOS:

1. CADASTRO 2. AGENDAMENTOS: 1. CADASTRO Para atuar no Hospital São Luiz, todo médico tem de estar regularmente cadastrado. No momento da efetivação, o médico deve ser apresentado por um membro do corpo clínico, munido da seguinte

Leia mais

FEBRASGO FEDERAÇÃO BRASILEIRA DAS ASSOCIAÇÕES DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA

FEBRASGO FEDERAÇÃO BRASILEIRA DAS ASSOCIAÇÕES DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA FEBRASGO FEDERAÇÃO BRASILEIRA DAS ASSOCIAÇÕES DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA Encaminhamos, conforme solicitação, ao Grupo de Trabalho sobre Especialidades Médicas do Ministério da Saúde, Secretaria de Gestão

Leia mais

Comparativo de Despesas Abril/2015

Comparativo de Despesas Abril/2015 Click to edit Master text styles Second level Third level Fourth level» Fifth level Comparativo de s Abril/2015 Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CNPJ: 14.702.767/0001-77 Comparativo da Liquidada

Leia mais

PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO

PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO SENADO FEDERAL PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Previna o câncer do colo do útero apresentação O câncer do colo do útero continua matando muitas mulheres. Especialmente no Brasil,

Leia mais

Comparativo da Despesa Liquidada. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto. Materiais Elétricos e de Telefonia

Comparativo da Despesa Liquidada. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto. Materiais Elétricos e de Telefonia Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado de Sergipe CNPJ: 14.817.219/0001-92 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.148.289,97 885.632,24 DESPESA CORRENTE 948.289,97 685.632,24 PESSOAL

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA NOVA ESPERANÇA

FACULDADE DE MEDICINA NOVA ESPERANÇA 1 FACULDADE DE MEDICINA NOVA ESPERANÇA Reconhecida pelo MEC: Portaria nº 1.084, de 28 de dezembro 2007, publicada no DOU de 31 de dezembro de 2007, página 36, seção 1. PLANO DE CURSO MÓDULO: Atenção Integral

Leia mais

Havendo número legal, o senhor Presidente declarou aberta a Sessão. Deu as boas vindas aos presentes, registrou com alegria a presença dos

Havendo número legal, o senhor Presidente declarou aberta a Sessão. Deu as boas vindas aos presentes, registrou com alegria a presença dos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, REALIZADA NO

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ INSTITUTO FERNANDES FIGUEIRA - IFF SOCIEDADE BRASILEIRA DE MASTOLOGIA ESCOLA BRASILEIRA DE MASTOLOGIA

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ INSTITUTO FERNANDES FIGUEIRA - IFF SOCIEDADE BRASILEIRA DE MASTOLOGIA ESCOLA BRASILEIRA DE MASTOLOGIA Ministério da Saúde Fundação Oswaldo Cruz Instituto Fernandes Figueira Projeto Câncer de Mama e Genética MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ INSTITUTO FERNANDES FIGUEIRA - IFF SOCIEDADE BRASILEIRA

Leia mais

CONSULTA PUERPERAL DE ENFERMAGEM: IMPORTÂNCIA DA ORIENTAÇÃO PARA O ALEITAMENTO MATERNO

CONSULTA PUERPERAL DE ENFERMAGEM: IMPORTÂNCIA DA ORIENTAÇÃO PARA O ALEITAMENTO MATERNO 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X) SAÚDE ( ) TRABALHO (

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Faculdade de Medicina Departamento de Cirurgia Grupo de Educação e Estudos Oncológicos

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Faculdade de Medicina Departamento de Cirurgia Grupo de Educação e Estudos Oncológicos E D I T A L Nº 04/2007 Seleção ao II Curso de Especialização em Mastologia A Coordenação do, extensão do Departamento de Cirurgia da da Universidade Federal do Ceará FAZ SABER aos interessados que estarão

Leia mais

Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública Curso de Especialização em Enfermagem Obstétrica

Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública Curso de Especialização em Enfermagem Obstétrica EDITAL PARA EXAME DE SELEÇÃO PARA A ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM OBSTÉTRICA - 2014 A Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, em conformidade com o regimento Lato Sensu da Coordenação de Pós-Graduação,

Leia mais

ANEXO I GRUPAMENTO DE GESTÃO TOTAL 07 07 00. 01 01 00 02 40h 7.010,96 7.010,96. 01 01 00 02 40h. 01 01 00 02 40h 7.010,96

ANEXO I GRUPAMENTO DE GESTÃO TOTAL 07 07 00. 01 01 00 02 40h 7.010,96 7.010,96. 01 01 00 02 40h. 01 01 00 02 40h 7.010,96 ANEXO I EDITAL N o 01/2014 ISGH/HMSC Seleção Pública de Provas e Títulos para provimento de cargos do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar/Hospital e Maternidade do Sertão Central QUADRO DE CARGOS, HABILITAÇÃO

Leia mais

10h35 11h00 INTERVALO 10h15 10h45 INTERVALO. 11h55 12h25. 12h30 ALMOÇO 12h30 ALMOÇO. Moderadora: Drª Ada Almeida (PE)

10h35 11h00 INTERVALO 10h15 10h45 INTERVALO. 11h55 12h25. 12h30 ALMOÇO 12h30 ALMOÇO. Moderadora: Drª Ada Almeida (PE) SEXTA-FEIRA 17 DE SETEMBRO SÁBADO 18 DE SETEMBRO CURSO BI -RADS Coordenador: CURSO DE MAMA Coordenadora: Drª Norma Maranhão(PE) Moderador: Moderadora: Drª Ana Carolina Brandão (PE) 08h30 9h30 Aula Teórica

Leia mais

12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1

12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA PERFIL DAS

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 Pág. : 1 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 6.075.000,00 385.244,45 3.028.821,45 49,86 3.046.178,55 6.2.1.1 CONTRIBUIÇÕES 4.949.000,00 295.008,08

Leia mais

Orçamento da Ordem dos Advogados do Brasil Secção do Ceará. Exercício 2010. Demonstrativo Analítico da Receita

Orçamento da Ordem dos Advogados do Brasil Secção do Ceará. Exercício 2010. Demonstrativo Analítico da Receita CEARA Orçamento da Ordem dos Advogados do Brasil Secção do Ceará Exercício 2010 Demonstrativo Analítico da Receita CATEGORIA ECONÔMICA CÓDIGO ESPECIFICAÇÃO DOTAÇÃO (R$) 4 RECEITAS 8.727.000,00 4.1 RECEITAS

Leia mais

COMPARATIVO DA DESPESA LIQUIDADA DO CAU/SP MAIO 2014

COMPARATIVO DA DESPESA LIQUIDADA DO CAU/SP MAIO 2014 COMPARATIVO DA DESPESA LIQUIDADA DO CAU/SP MAIO 2014 COMPARATIVO DA DESPESA LIQUIDADA DO CAU/SP MAIO 2014 Afonso Celso Bueno Monteiro Gustavo Ramos Melo Presidente Vice-Presidente Diretoria Executiva Gerson

Leia mais

GRADE CIENTÍFICA QUINTA (28/05) SEXTA (29/05) SÁBADO (30/05) MB 4 GINECOLOGIA (MB) INTERVALO INTERVALO PARA ALMOÇO

GRADE CIENTÍFICA QUINTA (28/05) SEXTA (29/05) SÁBADO (30/05) MB 4 GINECOLOGIA (MB) INTERVALO INTERVALO PARA ALMOÇO GRADE CIENTÍFICA QUINTA (28/05) SEXTA (29/05) SÁBADO (30/05) MANHÃ TARDE HORA 09h00-10h30 10h30-11h00 11h00-13h00 13h00-14h00 14h00-16h00 16h00-16h30 16h30-18h00 Salas Manuel Bandeira 1 2 3 4 IM1 IM1 IM1

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem Estágio Curricular III Serviços Hospitalares JULIANA CORREIA DE HOLANDA CAVALCANTI

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem Estágio Curricular III Serviços Hospitalares JULIANA CORREIA DE HOLANDA CAVALCANTI Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem Estágio Curricular III Serviços Hospitalares JULIANA CORREIA DE HOLANDA CAVALCANTI RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR III SERVIÇOS HOSPITALARES

Leia mais

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br RELAÇÃO DOS MÉDICOS COM A INDÚSTRIA DE MEDICAMENTOS, ÓRTESES/ PRÓTESE E EQUIPAMENTOS MÉDICO-HOSPITALARES Conhecer

Leia mais

REDE DE PROTEÇÃO À SMS - ACI CLIPPING

REDE DE PROTEÇÃO À SMS - ACI CLIPPING REDE DE PROTEÇÃO À SMS - ACI CLIPPING LEI N.: 13.211 DE 13/11/01 DECRETO N.: 46.966 DE 02/02/06 OBJETIVOS: APRIMORAMENTO DAS PRÁTICAS ASSISTENCIAIS AO PRÉ-NATAL, PARTO, PUERPÉRIO E AO RECÉM-NASCIDO REDUÇÃO

Leia mais

DOCENTES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM CAMPUS AMÍLCAR FERREIRA SOBRAL

DOCENTES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM CAMPUS AMÍLCAR FERREIRA SOBRAL DOCENTES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM CAMPUS AMÍLCAR FERREIRA SOBRAL CHEFE DO CURSO DE ENFERMAGEM Profa. MSc. Izabel Cristina Falcão Juvenal Barbosa Possui graduação em Terapia Ocupacional pela

Leia mais

PROGRAMA DE RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA EM MULHERES DA REGIÃO DO CARIRI OCIDENTAL, ESTADO DA PARAÍBA

PROGRAMA DE RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA EM MULHERES DA REGIÃO DO CARIRI OCIDENTAL, ESTADO DA PARAÍBA PROGRAMA DE RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA EM MULHERES DA REGIÃO DO CARIRI OCIDENTAL, ESTADO DA PARAÍBA Eulina Helena Ramalho de Souza 1 Telma Ribeiro Garcia 2 INTRODUÇÃO O câncer de mama é uma neoplasia

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. PRÉ-REQUISITOS: Técnica Operatória (CIR 032), Semiologia II (CME 037) e Patologia Geral (PAT 020)

PROGRAMA DE DISCIPLINA. PRÉ-REQUISITOS: Técnica Operatória (CIR 032), Semiologia II (CME 037) e Patologia Geral (PAT 020) FACULDADE DE MEDICINA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Av. Eugênio do Nascimento s/nº Bairro: Dom Bosco Juiz de Fora - CEP: 36038-330 TEL (32) 2102-3841 FAX (32)2102-3840 e-mail: secretaria.medicina@ufjf.edu.br

Leia mais

ANEXO I - EMPREGOS, PRÉ-REQUISITOS, VAGAS, CARGA HORÁRIA, SALÁRIOS E DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES. ENSINO SUPERIOR - ESPECIALISTA EM SAÚDE: MÉDICO

ANEXO I - EMPREGOS, PRÉ-REQUISITOS, VAGAS, CARGA HORÁRIA, SALÁRIOS E DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES. ENSINO SUPERIOR - ESPECIALISTA EM SAÚDE: MÉDICO FUNDAÇÃO DE APOIO AO HOSPITAL DAS CLÍNICAS EDITAL Nº 01/2012 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL DA FUNDAÇÃO DE APOIO AO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UFG (FUNDAHC) ANEXO I - EMPREGOS, PRÉ-REQUISITOS,

Leia mais

COMPARATIVO DA DESPESA LIQUIDADA DO CAU/SP JULHO 2014

COMPARATIVO DA DESPESA LIQUIDADA DO CAU/SP JULHO 2014 COMPARATIVO DA DESPESA LIQUIDADA DO CAU/SP JULHO 2014 COMPARATIVO DA DESPESA LIQUIDADA DO CAU/SP JULHO 2014 Afonso Celso Bueno Monteiro Gustavo Ramos Melo Presidente Vice-Presidente Diretoria Executiva

Leia mais

PROJETOS DE EXTENSÃO

PROJETOS DE EXTENSÃO PROJETOS DE EXTENSÃO Título do Projeto Descrição Público - Alvo Medicina e Arte Realizam-se sessões cinema, voltados para a área de medicina e Acadêmicos e Funcionários da FMJ em seguida são feitos debates

Leia mais

FORVIDA Formação para a Vida. Formação Permanente em Saúde Materno-Infantil para Enfermeiros Benguela Huambo Luanda 2012-2014

FORVIDA Formação para a Vida. Formação Permanente em Saúde Materno-Infantil para Enfermeiros Benguela Huambo Luanda 2012-2014 FORVIDA Formação para a Vida Reforço de Competências de Recursos Humanos de Saúde em Angola Curso 140 horas Formação Permanente em Saúde Materno-Infantil para Enfermeiros Benguela Huambo Luanda 2012-2014

Leia mais

PROGRAMAÇÃO. "Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social" 06 e 07 de Novembro. 06/NOV (QUI) CREDENCIAMENTO Local: Auditório do Fórum Miguel Sátyro

PROGRAMAÇÃO. Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social 06 e 07 de Novembro. 06/NOV (QUI) CREDENCIAMENTO Local: Auditório do Fórum Miguel Sátyro PROGRAMAÇÃO "Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social" 06 e 07 de Novembro DATA 06/NOV (QUI) PROGRAMAÇÃO 7h CREDENCIAMENTO Local: Auditório do Fórum Miguel Sátyro 8h ABERTURA OFICIAL LOCAL: Auditório

Leia mais

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA Número da Ação (Para

Leia mais

MANUAL DO ALUNO PARA O CURSO INTENSIVO DE QUALIFICAÇÃO DE INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL NÍVEL 1

MANUAL DO ALUNO PARA O CURSO INTENSIVO DE QUALIFICAÇÃO DE INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL NÍVEL 1 INDUSTRIAL NÍVEL Pág.: /7 Elaborado/Data: dezembro/204. OBJETIVO O Manual do aluno é um importante guia para a realização do curso INTENSIVO de Inspetor de Pintura Industrial Nível. Aqui contém informações

Leia mais