Sexta-feira, 21 de Maio Estádio Lamport Às 20 horas: Portugal FC vs Toronto Croácia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sexta-feira, 21 de Maio Estádio Lamport Às 20 horas: Portugal FC vs Toronto Croácia"

Transcrição

1 Sexta-feira, 21 de Maio Estádio Lamport Às 20 horas: Portugal FC vs Toronto Croácia

2 2 21 a 27 de Maio de 2010 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! Direcção: Alexandre Ribeiro Franco Ano XIX - Edição nº a 27 de Maio de Editorial As voltas que o mundo dá... Alexandre R. Franco Director POST-MILÉNIO: Semanário Todas as Sextas-feiras, bem pertinho de si! Propriedade de: O MILÉNIO-STADIUM 2138 Truscott Dr., Mississauga, ON, L5J 2A6 Tel: e Fax: (905) s: Administrador: Alexandre Franco Director:Alexandre Franco Se eu me debruçasse sobre as inúmeras situações bizarras que já vivi durante esta minha vida em Toronto (27 anos), no que concerne a comunicação social a que tenho estado ligado, Rádio, Televisão e Jornais, teria pano para mangas para cozinhar centenas de camisas. Já vi de tudo. Desde a maior franqueza, à menor cordialidade, tenho visto acontecer coisas das mais incríveis que possam parecer ou imaginar. Recordo-me de como me impediram de mencionar determinada colega da média e depois as culpas caíram em cima de mim, com a saudosa senhora a zangarse comigo pela atitude que eu tive, sem que eu tivesse ponta de culpa. As coisas que ao longo dos anos tenho feito para ajudar diversas individualidades, tanto neste país, como em Portugal, para passado algum tempo não merecerem a consideração, nem o respeito de ninguém. Não tenho a menor duvida em como as pessoas são como são e que, provavelmente, a culpa terá sido minha. Isto porque coloquei em risco diversas situações pertinentes ao meu bem-estar profissional, para ajudar o próximo, e quando isso acontece, não nos apercebemos de que estamos a ajudar uns e a prejudicar outros. Daí que aqueles que ajudamos não reconheçam e os que prejudicamos passem a nos odiar, ou, no mínimo, a nos desprezarem. O tempo tem sido o melhor pêndulo da justiça. Mas a verdade é que este mundo dá voltas esquivas, jactanciosas, por vezes de outro mundo qualquer, que não o nosso. Há alguns anos a guerra entre dois indivíduos chegou a atingir patamares de antagonismos especulativos, com um dos intervenientes a brilhar por razões várias e o outro a apoiar-se em tudo quanto era tábua de salvação para sobreviver. Hoje já tivemos o prazer de os ver lado a lado, como de amigos de há longa data se tratasse. Que bonito. Uns são meramente afastados por razões financeiras. Porque não pagam esta ou aquela conta. De repente, esses mesmos faltosos que na ocasião não inspiravam qualquer tipo de confiança, acabam por dar a volta por cima e aparecem nas ribaltas de coisas importantes, a merecerem os nossos aplausos. Eles é que sabem o que fazem, e como fazê-lo. Eu é que tenho que aprender a aceitar essas situações. As voltas que este mundo dá... Agora, que consegui superar incontestáveis batalhas, que não tenho que dar satisfações a ninguém, onde o meu trabalho tem a preocupação única e exclusiva de que seja do agrado dos nossos leitores, só lamento ter dado o meu melhor a instituições que merecem o meu maior respeito e consideração, em vez de ter pensado mais naquilo que o meu profissionalismo podia contribuir a um nível muito mais pessoal, como agora acontece. Deste modo, consigo lidar com As voltas que o Mundo dá! de um modo muito mais personalizado, na defesa dos interesses daqueles que patrocinam o Post Milénio, e de todos quantos nos preferem semanalmente, aprendendo que tenho que, inclusivamente, considerar aqueles que acabam por reconhecer no nosso trabalho a verdade da sua transparência e não as mentiras que por vezes são tão perigosas e que durante tantos anos foram o motivo das nossas distâncias. Ai, as voltas que este mundo dá... Desenhadora Gráfica e Paginadora: Fabiane Azevedo Colaboradores:Ana Júlia Sanca, Carlos Morgadinho, Alexandre Campos Silva, Cláudia Afonso, Luís Tavares Bello, Ângelo Rocha de Oliveira, Dr. Alberto João Jardim, Dra. Aida Batista, Dra. Ilda Januário, Cruz dos Santos, ARO e Dra. Alexandra Bourne Franco, Candeias Leal, Gaudencio Lima, Lynda Matias, Filipe Garcez e Lina Garcez Colaboradores do Suplemento Desportivo STADIUM: Aro, Camilo dos Reis, Fernando Correia, Aires W. da Silva e Marcelo Addax Correspondentes: Luís Tavares Bello (Montreal), Natércia Rodrigues ( Montreal) Eduardo Mário Albuquerque (Lisboa) Colaboração Fotográfica: Tony Pavia Distribuição: TDLTD, Tony Vilhena, Jack Neves e OMS. Delegação de "O Milénio-Stadium" em Montreal: PMC Publimed Conseil Luís Tavares Bello 7800, Boul. Tashereau Suite 161 Brossard, Qc J4X 1V7 Tel. (514) Fax (450) A Direcção de O Post -Milenio não é responsável pelos artigos publicados neste Jornal, sendo os mesmos de total responsabilidade de quem os assina. Colision of Ideas ajuda a criar Soluções criativas Charles Sousa um dos responsáveis AConferência de Collingwood, conhecida por CC2010, teve a presença do Premier Dalton McGuinty, assim como de Malcolm Gladwell e Jeff Rubin. A conferência reuniu peritos, académicos e pessoas de diferentes níveis sociais para se discutirem assuntos importantes relacionados com a nossa província. Como fortalecer a economia do Ontário, mantendo os nossos serviços públicos vitais. "Ouvimos oradores que colocaram o desafio e nos forçaram a pensar sobre assuntos como, comércio, recursos, e produtividade em novas matérias," disse Charles Sousa, MPP (Sul de Mississauga), um das responsáveis pela conferência. "O premier desafiou-nos a uma Colisão de ideias, e nós ajudámos a criar soluções criativas. As ideias apresentadas servirão para caminharmos no sentido de um Ontário melhor. "Esta conferência debruçava-se sobre a franqueza e o diálogo," disse Julie Dzerowicz, Vice-presidente para o Partido Liberal de Ontario. "Essa é a razão pela qual nós fizemos todos os esforços para que fossem um êxito. Os participantes podiam fazer perguntas e comentários no sítio da Net Literalmente milhares de comentários foram recebidos. O conteúdo de conferência, inclusive todos endereços foram arquivados no para futuras consultas publicas. "O diálogo não acaba com o termo da conferência," concluiu Sousa. "Incentivamos as pessoas a investigar os arquivos on-line, e deixamos que essa colisão de ideias continui".

3 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! 21 a 27 de Maio de COPA 2010 Prémios entregues com Pompa e Circunstância Foi o quarto COPA, onde se destacam pessoas que de algum modo se distinguem em diversas facetas da comunidade norte-americana. Os Prémios da COPA foram fundados em Como uma forma de aproximação entre luso-canadianos e não só. Um evento que serviu para se recordarem pessoas que através do país contaram histórias de determinação, de esperança, e de vitórias. Histórias que transcenderam a experiência individual e que se tornaram em histórias comuns que servirão para inspirar e motivar as próximas gerações de lusocanadianos, assim como todos os outros que as ouvirem. O acontecimento foi também uma forma de se angariarem fundos para o Congresso Nacional Luso-Canadiano, a única organização nacional a representar os luso-canadianos espalhados por todo o país. O Congresso faz um trabalho deveras importante, envolvendo a comunidade lusocanadiana, com iniciativas relacionadas à participação cívica, à educação e juventude, assim como à preservação de nossa herança linguística e cultural, procurando ajudar imigrantes não documentados, para além do seu envolvimento em muitos movimentos de origens sociais e económicas, sem esquecer outros aspectos importantes. A maioria dos seus trabalhos são da autoria de voluntários, frequentemente anónimos, mas vitais à prosperidade da comunidade. Como oradora convidada Daniela Ruah, que começou a sua carreira aos 16 anos de idade em Portugal e que actualmente pode ser vista na série televisiva norte-americana NCIS: Los Angeles. Daniela falou das suas experiências alegando que cresceu com o seu portuguêsamericano, nos EUA e Portugal, e contou os passos que deu até se tornar actriz. A audiência adorou as suas palavras, recordando que se trata da única actriz de descendência portuguesa vista em emissoras de televisão de horário nobre através do Canadá e dos Estados Unidos. A bonita música do dueto de Blues do Fado, formado por Catarina Cardeal e Mike Siracusa, também foi muito do agrado de todos os presentes. Um leilão das camisolas de John Tavares (Islanders de Nova York) e de Nuno Gomes (da Selecção de Portugal) complementou o programa da noite. Contudo, o grande destaque da noite acabou por ser a entrega de prémios. O Prof. George Bragues (Burlington, EM) e Prof. Luis de Moura Sobral (Montreal, QC) receberam Prémios em Educação/Academia; Remigio Pereira (Tenor canadiano, Gatineau, QC) e Carmen Tomé (fotógrafa premiada de Langley, BC.) A reunião surpresa, comovente, entre Remigio e a sua mãe e irmãs, foi espectacular. A sua família não sabia que Remígio seria alvo de tão grande distinção. Os dois John Tavares (Buffalo Bandits, Liga Nacional de Lacrosse) e o seu sobrinho John Tavares (Islanders de Nova Iorque) receberam Prémios COPA 2010: o primeiro, o Prémio de Atleta do Ano e o último, o Prémio Força de Nelly Furtado. Infelizmente nenhum deles pôde estar presente, um por se encontrar fora do país e o outro por estar a representar o Canadá no Campeonato do Mundo de hóquei-no gelo. Contudo, os presentes puderam testemunhar um vídeo de agradecimento de John Tavares (Jogador Nacional de Liga de Lacrosse), e as irmãs do John Tavares, jogador de hóquei, leram uma por ele escrito de agradecimento. Os membros de família estavam presentes e receberam os prémios. O Congresso Nacional Luso-Canadiano reconheceu e agradeceu a todos quantos patrocinaram esta noite inesquecível, incluindo o Post Milénio pelo seu habitual patrocínio exclusivo. Continuação na página 4 António Azevedo William Ribeiro Atenção: Contractors, Sub-Contractors, Owners and Suppliers, Construction Liens - Accounts Receivable PRIMEIRA CONSULTA GRÁTIS TEL Fax: College St. - Toronto, On - M6H 1A4

4 4 21 a 27 de Maio de 2010 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! COPA 2010 Continuado da página 3 The Highlight Without a doubt, the highlight of the evening was the Awards Presentation, during which Prof. George Bragues (Burlington, ON) and Prof. Luis de Moura Sobral (Montreal, QC) received Awards in Education/Academia; Remigio Pereira (Canadian Tenors, Gatineau, QC) and Carmen Tomé (award-winning photographer from Langley, B.C.) received awards for Arts and Culture. Earlier, participants had witnessed the touching surprise reunion between Remigio and his mother and sisters. His family had not expected Remigio at the event, as they had been told he would be unable to attend due to his touring commitments. Both John Tavares (Buffalo Bandits, National Lacrosse League) and his nephew John Tavares (the New York Islanders Hockey Player) received 2010 COPA Awards: the first, the Athletics Award and the latter, the Nelly Furtado Força Award. Neither was able to be on hand in person: one due to his coaching obligations out of town, and the other is currently in Germany representing Canada at the International Ice Hockey Federation World Championship. However, participants were able to watch a video acceptance of John Tavares (National Lacrosse League Player), and the sisters of the younger John Tavares read a speech he had written in acceptance. Family members were present to accept the awards on their behalves. These poignant, heart-felt and humour-infused acceptance speeches moved many an audience member. It was another inspirational evening! The Portuguese-Canadian National Congress gratefully acknowledges the support of the 2010 COPA Award sponsors, including that of Exclusive Print Media Sponsor O Post Milenio (for a complete list, see Additionally, a big thank you goes out to the PCNC Organizational Coordinator, Nadia Araujo and the volunteer members of the COPA Planning Committee (Prof. Irene Blayer, Marco Galego, Francisca Nunes, Jonathan Santos) who contributed many hours to the planning of this event. We could not have done it without you! Stay tuned for the 2012 COPA Awards, and please contact the Congress at or if you d like to become involved. Ana Paula Almeida & Paulino Nunes Co-Chairs, 2010 COPA Awards

5 ONT.REG. # Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! 21 a 27 de Maio de Na Caldense da Dundas Um painel de azulejos a lembrar os que vieram primeiro Coisas do...milénio Por: Gaudêncio Lima O Dia maior de Portugal chama-se Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. Ora, com a proximidade das celebrações do Dia de Portugal entre nós transformado em Semana de Portugal e até em Mês de Portugal sucedem-se os preparativos. E às vezes até acontecem coisas que têm especificamente a ver... com as comunidades portuguesas. O que até é significativo porque o Dia de Portugal é mesmo, na sua definição, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. Em Plena Dundas St., em Toronto, algo interessante. Ali naquela artéria, fica a Caldense Bakery. E a Caldense é, para muitos, uma das primeiras padarias-pastelarias portuguesas. Sábado passado, ao fim da tarde, havia por lá algo de azáfama. Com um painel a nascer por ali. António Oliveira montava uns quantos azulejos, e Helder Costa quase a servir de servente, ele que é dono. É quase homenagem aos que vieram primeiro Montava-se, assim, uma peça de azulejos, a jeito de painel, que fica por ali a atestar algo que diz muito aos Portugueses que para cá vieram... há quase 60 anos... Um barco, várias pessoas e várias malas (quase malas de cartão, se quiserem). Só não se vêem os sonhos, mas esses podem bem ser imaginados. Helder Costa entende que fazer nascer por ali aquele painel mais não é do que prestar homenagem aos que primeiro vieram para esta terra, abrindonos o caminho... Para ele, a despeito de o poder fazer noutro local, achou que a instalação do painel ficava bem era ali, naquela que é uma das primeiras padarias portuguesas de Toronto. António Oliveira lá ia fazendo o seu trabalho. Como tinha feito, há muitos anos, a montagem daquele painel que está por ali, na plataforma do subway do Queen s Park, e que, decerto, muitos nem conhecem... Também ele diz que fazer aquilo é, afinal, trazer um bocadinho da nossa Cultura. É, assim, algo que fica a atestar a chegada dos Portugueses a esta terra. E que também cumpriram a sua missão. Ninguém o disse... mas a verdade é que o painel dos pioneiros, feito a partir de um desenho de Jorge Soares quase a jeito de foto que atesta a chegada dos pioneiros - é também celebração do Dia de Portugal. Este computador... Estou mal... estou mesmo mal. Imaginem que me levantei esta manhã, quando o sol ainda mal espreitava... e liguei logo o computador. Liguei o computador ainda antes de tomar o café. Já perguntei ao chefe se isto era perigoso. Ele olhou-me de soslaio... e disse-me que tinha um psiquiatra amigo que me pode ajudar. Devolvi-he a amabilidade, dizendo que ele também não estará muito bem... porque me enviou agorinha mesmo um , dizendo que queria conversar comigo. E eu estava mesmo a seu lado... na secretária ao lado. Ainda hei-de descobrir quem é que precisa de psiquiatra. Se eu... ou se o chefe (salvo o devido respeito...) O Campeonato do Mundo promete... Cá em casa não se fala noutra coisa. É Campeonato para aqui, é campeonato para ali. Parece que se sonha com o sr. Queirós e com o Cristiano das nossas esperanças. Ainda estou para ver se os meninos de ouro do sr. Queirós nos vão deixar ficar mal. Sobretudo ao chefe que está a preparar armas e bagagens... para ir para a África do Sul. Já mendiguei (?) que me levasse com ele e... népias. Disse-me para trabalhar. Se levasse alguém... não era a mim, não. Eu vingo-me... ai vingo, vingo. Pronto: a Rosinha vem aí! Agora já sei: a Rosinha vem aí. Uma menina muiro prendada que tem umas canções muito bonitas de que o sr. Luis gosta muito. Tanto gosta... que até as bota a toda a hora. Nos ouvidos, eu tenho a última canção que ouvi dela:...eu chupo, eu chupo, eu chupo... (...) e no fim fico com o pau a brincar. Isto é que é letra. Isto é que é saber! Até parece aquele senhor de London que tem umas rimas muito rimas e que pensa que agradam muito à nossa gente! Eu chupo... eu chupo... e no fim fico com o pau a brincar. Boa letra. Boa canção. A Rosinha em grande! É preciso que se saiba "... que os portugueses comuns (os que têm trabalho), e a quem querem tirar o 13º mês, ganham pouco mais de metade (55%) do que se ganha na zona euro, mas os gestores recebem em média: mais 32% do que os americanos; mais 22,5% do que os franceses; mais 55 % do que os finlandeses; e mais 56,5% do que os suecos". O sr. Manuel Pina escreve isto mesmo no Jornal de Notícias. E ele sabe! Por falar na Europa Sabem, por acaso, qual foi o último desejo da economia da Islândia antes de morrer? Não? Aí vai: que as suas cinzas fossem espalhadas pela Europa... Enganei-me! Também tenho direito a isso. Acontece-me poucas vezes, mas... aconteceu agora. Pelos vistos, o meu amigo Filósofo Pedro não vai casar tão depressa, contrariamente ao que insinuei por aqui na semana passada. Lá em casa houve choro e ranger de dentes. Houve até um que outro grito. É que pai, mãe, irmãs (sobretudo estas...) atiraram-se ao Pedrinho como cães (ou eram gatos?) a bofe! E é por essas e por outras que o Filósofo Pedro anda agora mais recatado... mais fora dos locais habituais... mais macambúzio! São os males de amor! É que nem o sr. Cruz e o sr. Emídio lhe põem agora a vista em cima. Viva o Benfica! Eu que sou azul, mas não muito, impressionei-me com toda esta manifestação de amor benfiquista que está a ser preparada para domingo, às 3 horas da tarde, no BMO Stadium! Todos a prepararem afanosamente o abraço a dar aos craques. Alguns até levam dicionários para meterem conversa com os que não falarem Português!

6 6 21 a 27 de Maio de 2010 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! Bairro 18 Quem deverá ser a Vereadora eleita? Ana Bailão, incontestavelmente! Fomos convidados para um debate entre candidatos a Vereadores do Bairro 18, na Casa da Madeira. Deparámos com uma mesa onde estavam sentados os oito pretendes ao lugar de Vereador da Câmara Municipal de Toronto pelo Bairro 18. São eles: Ana Bailão, Kevin Beaulieu, Frank De Jong, Nha Le, Kirk Russell, Jack Triolo, Hema Vyas e Ken Wood. Ana Bailão De imediato queremos assumir uma posição bem clara e sem quaisquer subterfúgios. Somos um jornal luso-canadiano, é verdade, mas não estaríamos a apoiar a candidata luso-canadiana se efectivamente não acreditássemos nas suas potencialidades. É nossa intenção (agora mais do que nunca) dizer a todos quantos são luso-canadianos e que residem em Davenport, que a Ana Bailão só poderá ganhar desde que o vosso voto seja uma realidade. Ela é, incontestavelmente, a melhor candidata, disso ninguém tenha duvidas. Fomos para este debate com a intenção de escutar. Totalmente abertos à possibilidade de reconhecermos que a candidata luso-canadiana poderia ter antagonistas à sua altura, ou melhor da sua estatura. Contudo, nem foi preciso muito tempo para constatarmos que estavam ali pessoas que, sinceramente, não conseguimos descortinar Candidatos quais as suas pretensões. Honesta e sinceramente. Dos oito foi facílimo eliminar quatro. Pouco tempo depois, chegámos à conclusão que desses quatro, dois deles também não possuíam a necessária bagagem para poderem liderar ao nível da Ana Bailão. Acabámos por concluir que só um deles, para além da Ana Bailão, claro, nos deixou uma imagem positiva. Claro que não vai ser fácil para a Ana Bailão. E ela não pode contar com um triunfo antecipado. Vai ter que palmilhar Davenport de fio a pavio, até porque a própria Ana Bailão bem sabe que não é só com o voto dos luso-canadianos que vai desfeitear todos os seus adversários (eles bem se tratavam por colegas ou por meros candidatos, mas nós bem sabemos que não é assim). Depois do depoimento de cada um dos oito candidatos, não tenhamos a menor dúvida de que foi Ana Bailão quem soube destacar-se. Depois vieram as perguntas da plateia, o que se tornou muito cansativo, pois tínhamos que ouvir as respostas de oito pessoas à mesma pergunta. Monótono. Demasiado monótono. Aqui, a Ana teve a tendência de cometer um erro que a grande maioria comete e que mais não é do que ser simpática e concordar com alguns dos seus concorrentes. Aqui, a Ana vai ter que ser mais dura, menos simpática. Ignorar os outros e pensar mais nela própria. Ela bem sabe o que é necessário para se ser um bom político. Bento São José e Teresa Rodrigues A presença de Bento de São José e de Teresa Rodrigues foram importantes, particularmente porque Bento de São José fez uma pergunta sobre o orçamento camarário a que todos fugiram, menos a Ana Bailão. As preocupações de Bento de São José vão, com certeza, ser motivo de muita controvérsia num futuro breve, a outros níveis. Resumindo, e concluindo, sem querermos tirar ilações conclusivas numa altura do campeonato onde ainda a procissão vai no adro (as eleições são só a 25 de Outubro), a Ana Bailão supera as expectativas, mas cuidado com um tal Kevin Beaulieu. Frank De Jong (muito repetitivo, agarrou-se às meninas do strip-tease e à invasão das viaturas que vêm do exterior do Bairro e dali não saía), era um possível terceiro oponente com certo valor, mas acabou por se chegar à conclusão de que não possui o que é necessário para satisfazer os residentes de Davenport, e numa classificação de assim-assim, uma tal Hema Vyas. Os outros quatro nem merecem, neste momento, qualquer tipo de consideração. No entanto, não deixaremos de adiantar que Jack Triolo se mostrou muito subjugado aos residentes, Ken Wood a tentar tirar proveito de uma condição que não conquista votos, sendo Kirk Russel apenas simpático... e pouco mais. Nha Le, sinceramente, não conseguimos compreender uma palavra das muitas (em demasia) que pronunciou. Tem um problema de língua, inglesa, claro, que só merece o nosso aplauso pela coragem que tem ao se candidatar a Vereador da Câmara Municipal de Toronto. Primeira etapa ganha, indubitavelmente, por Ana Bailão. Mas, Ana, um conselho de quem sabe o que é uma candidatura em Davenport, nunca acredite que a corrida está ganha. Vai ter que lutar e acreditar quando conseguir ganhar no dia 25 de Outubro de Até lá, há que fazer mais e melhor do que todos os outros. Força, Ana!

7 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! 21 a 27 de Maio de VIII Encontro dos São Paulistas de Luanda Carlos Morgadinho Mais um encontro dos naturais e amigos do Bairro de S. Paulo de Luanda, desta feita, o oitavo, e que se concretizou nas excelentes instalações da Quinta do Paúl, em Ortigosa, perto de Leiria. Mais de 370 pessoas lotaram as amplas instalações deste luxuoso restaurante com um vasto menu tipo buffet que deliciou o palato do mais exigente conviva. Zita Soares, a organizadora destes encontros de naturais e amigos do populoso e castiço Bairro de São Paulo de Luanda, embora nascida no Bairro do Carmo foi viver para aquela zona da cidade de Luanda quando tinha apenas alguns meses de idade. Aos 18 anos de idade veio para Portugal e há poucos anos, por insistência duma amiga de infância a residir na Suíça que queria reencontrar e confraternizar com amigos desses tempos e moradores da rua e largo do Ambaca, resolveu promover o primeiro encontro, este em Pombal, e que contou então com 60 elementos incluindo pais e outros familiares. Por sugestão doutro amigo, o Alfredo Cruz Santos (Ninito), alargou estes encontros para os moradores do Bairro de São Paulo e que no presente até outros moradores doutros Bairros como dos Coqueiros, Maianga, Samba e Vila Alice têm aparecido. No presente estes encontros têm a finalidade não só de cimentar velhas amizades que se perpetuarão por muitos mais anos como também para o reencontro de amigos de longa data cujos contactos se perderam após o regresso a Portugal. Zita, disse-nos sentir-se recompensada pela alegria de saber desses reencontros de velhas amizades que de ano para ano, nestes oito anos de almoços e convívios. O aumento de participantes é significativo pelo seu número que, de apenas de apenas pouco mais de meia centena de participantes do primeiro encontro saltou para o número actual que se cifra muito perto das quatro centenas além dos muitos amigos que se reencontraram ao fim de mais de 30 anos de separação. Para terminar, Zita Soares, neta duma figura emblemática daquele velho Bairro, o enfermeiro Louro, disse-nos que o espectro político não tem guarida nestes encontros e que não é, de maneira nenhuma, o objectivo destes convívios anuais arrematando, para terminar, que era tal e qual como uma grande família que ama o Bairro que os viu nascer, crescer ou onde viveram parte das suas vida. Foram tantos aqueles que apareceram neste convívio cujos nomes daria para encher uma página deste semanário mas alguns que gostaríamos de deixar os como o Alfredo Cruz Santos (o Banga Ninito), o Heleno Carreira, o lutador Grilo, o Saludes, o Zé da Minerva. Ah, aquela água do Rio Bengo.quem a bebe de certeza que não esquecerá jamais aquelas terras de Angola, do seu povo hospitaleiro, do maravilhoso Pôr-do-Sol, da Mutamba, da Ilha de Luanda e do Mussulo, do Cacuso e o cação nas assadeiras, das cacimbadas, Fortaleza de S. Paulo e da Restinga e de tantas outras coisas belas e inolvidáveis. Aiué Mamã, que saudade... As mesas do salão estavam assinaladas com os nomes de diversas casas comerciais bem conhecidas alguns dos quais aqui registamos: Mercearia Damião Costa, Cine S. Paulo, Saratoga Modas, Colégio Padre Américo, Restaurante Majestic, Bar Cravo, Casa J. Setas, Café Palácio, Foto Beleza, Discoteca Kissange, Bar Rex, Pérola do Minho, Casa Lisboa, Padaria Lafonense, Casa Sabú, Bar Mariazinha, Papelaria Minerva e claro o popular Clube Desportivo União de S. Paulo (que desenvolveu múltiplas actividades desde o futebol ao pugilismo) e que foram nomes que marcaram várias gerações de luso-angolanos. Depois, como digestivo, foi música bem mexida, os conhecidos merengues, que levou uma multidão de apreciadores para a pista de dança para ali se abanar e onde nem faltou a massemba - e se havia mestres nesta arte. Finalmente foi o corte dum enorme e delicioso bolo cujas fatias foram distribuídas com taças de champanhe e se brindou pelo Bairro de S. Paulo de Luanda cujo feitiço aprisionou para sempre aquele que um dia por lá passou Dr. Fernando Nobre Por coincidência, simultaneamente, decorria uma outra festa num salão adjacente, onde se encontrava o médico Dr. Fernando Nobre, presidente da AMI (Associação dos Médicos Internacionais) e candidato às próximas eleições presidenciais em Portugal. Este bem conhecido elemento a nível internacional é natural da cidade de Luanda, assim, como indicou, na sua breve alocução, os seus pais o são e os seus avós também nascidos em Angola na província de Cabinda, juntou-se a este convívio onde até dançou alguns merengues bem mexidos, e com mestria. Também gostaríamos de mencionar os nossos gentis patrocinadores pois esta reportagem só foi possível, devido ao apoio dado pelas firmas Macedo Wine Grape Juice, Ganadaria Sol e Toiros, Europa Catering & Europa Convention Centre, Joseph Vieira Insurance, Toledo Printing and Design, Metrix Carpentry, Santos Water Service e Caldense Bakery. Aqui ficam os nossos agradecimentos direccionados ao David Macedo, Élio Leal, Manuel de Paulos, Joseph & Patrick Vieira, Lynda Matias, Manuel (Manny) Silva, Paulo Santos e Hélder Costa. Bem Hajam.

8 8 21 a 27 de Maio de 2010 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! Parafuso O amigo Romão Félix ALEXANDRE RIBEIRO FRANCO Quem era eu ao pé do Romão Félix? Um mofana (miúdo)! Nunca me apercebi que a diferença de idades entre nós é de exactamente nove anos. Hoje, é um tu cá, tu lá, próprio dos moçambicanos. Na altura, era: Bom Dia, Sr. Romão Félix! No entanto, recordo-me hoje, como se tivesse acontecido ontem, dos momentos passados em Lourenço Marques, particularmente em recintos desportivos, onde o Parufuso, o Fatadas, o Salvado, o Porto e o Matias, formavam equipa que assustava meio-mundo. Eram adeptos do Alto Maé, a equipa de futebol que equipava à Estoril Praia e que tinha excelentes futebolistas: O Arménio, o Túlio, o próprio Porto e o Salvado, e tantos outros. Só que o Romão Félix teve duas facetas que o distinguiram dos restantes. Uma: Criou o Parafuso, pintando-se de preto e cantando com o sotaque nativo, mas nunca fazendo pouco fosse de quem fosse, antes pelo contrário, criando canções que eram histórias maravilhosas, recordando sempre a sua Josefina. Outra: foi profissional da rádio que também me serviu de exemplo para eu seguir as suas peugadas. Eis aqui, a história inédita do Grande Parafuso contada pelo seu pelo próprio punho: Manuel Romão Félix, nascido em Lisboa no dia 20 de Janeiro de 1936, casado com a minha Josefina, Manuela Félix desde Fui para Moçambique, Lourenço Marques, em 1943, onde estive até 1976, ano em que tive de regressar a Lisboa pelos motivos que são do conhecimento de todos. Não posso dizer que foi difícil a minha adaptação a Lisboa, embora como todos os retornados, tenha passado as passas do Algarve como se costuma dizer. Voltando ao meu Moçambique ali passei os meus melhores anos da minha vida, andei na escola Paiva Manso onde fiz a minha primária, frequentei durante algum tempo a escola especial, onde o director era o Malveiro, depois fui para a escola comercial onde fiquei só até ao 3º ano Aos 15 anos comecei a trabalhar num despachante oficial (Hélder Barata) estive por lá dois anos e tal e o meu vencimento na altura eram uns 500 escudos, depois passei para uma firma de transitários Fred Cohen Goldnan e já lá trabalhava o Bebé Carreira que já ganhava umas massitas. Em 1955, o Rádio Clube de Moçambique, fez um concurso para cançonetistas, instrumentistas, e imitadores, classe em que eu concorri. Fiquei em 1º lugar imitando um negro na sua maneira típica de falar o Português e assim nasceu O Parafuso Dali para a frente, felizmente o sucesso foi grande, fui então convidado pelo RCM, e passei a fazer parte do seu Cast Artístico, participando nos famosos programas de variedades às terças e sextas feiras. Depois, passei a fazer espectáculos em todas as grandes e famosas salas de Lourenço Marques, percorri todo o Moçambique, fiz muitos espectáculos na África do Sul, (Joanesburgo, Pretória, Durban, Cape Town) Em Moçambique, gravei 18 discos, o maior numero até á data, e todos eles atingiram recordes de vendas. Durante a minha fase artística, trabalhei na Delta Publicidade que era dos meus amigos Carlos Albuquerque e Graça. O Albuquerque ali fazia diverso serviço publicitário, e tinha também, para além dum programa do Parafuso, colaboração em locução noutros programas. Em 1955 fui para Boane cumprir serviço militar e ali conheci a minha mulher Manuela, o grande suporte da minha vida, e este ano fazemos já 47 anos de casados Em Lisboa o Parafuso, também teve um sucesso enorme, gravei dois discos single, sendo o 1º Parafuso em Lisboa o disco mais vendido em Portugal, foram qualquer coisa como exemplares na época era muito disco depois fiz ainda um espectáculo na TV e diversas actuações pelo País Em 1984 o Parafuso arrumou as botas, mas não quer dizer que de vez em quando não faça umas gracinhas, nem que seja para os netos Naturalmente a minha vida artística foi muito completa e muito ficou por dizer, mas por estas linhas, certamente que muitos ficarão a saber um pouco da vida do PARAFUSO. A si argúem ficaste chatiado com este mensagem do Parafuso, descurpa Sim chi mas cada um és como cada qual, mas ninguém és como evidentemente.ambanine e qui o chicuembo proteja todos vocês... Ambanine tátá... Era assim este amigo Parafuso. Hoje, passados todos estes anos, aqui deixo esta pequena homenagem a quem é mais moçambicano do que muitos moçambicanos. Kanimambo, Parafuso. Continuas maningue chonguila!

9 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! 21 a 27 de Maio de O Primeiro-ministro Stephen Harper Anunciou a visita real ao Canadá Oprimeiro-Ministro Stephen Harper anunciou que Sua Majestade A Rainha do Canadá e a Sua Alteza Real O Duque de Edimburgo, visitarão cinco cidades e três províncias durante o seu périplo pelo Canadá de 28 de Junho a Julho 6. "Visitas reais são uma oportunidade maravilhosa para os canadianos aprenderem mais sobre monarquia constitucional, um dos pilares sobre o qual o nosso país é fundado," disse o Primeiro- Ministro Harper. "São partes importantes de nossas histórias, tradições e instituições. Esta é a 22ª visita da Rainha ao Canadá. Durante a visita Real, Sua Majestade e a Sua Alteza Real comemoram um número de marcos canadianos e participam em acontecimentos de destaque de pessoas pelo seu serviço ao país, assim como a níveis nacionais e globais. A Rainha e O Duque de Edimburgo visitarão: Halifax de 28 de Junho a 30 de Joe Mayor Pantalone Joe Pantalone, na sua caminhada para Joe Mayor Pantalone, fez uma passagem pela Comunidade Luso-Canadiana, a qual tem um apreço muito especial por este candidato. Joe Pantalone levou a cabo na Casa dos Açores do Ontário um jantar de angariação de fundos para a sua campanha, o qual teve a presença de muitos e bons elementos de apoio para uma campanha que não vai ser fácil, mas que deverá ter o apoio dos luso-canadianos que Junho A Região Nacional de Capital de 30 de Junho a 3 de Julho Winnipeg, Manitoba, a 3 de Julho Toronto e Kitchener-Waterloo, Ontario de 3 a 6 de Julho A ultima visita da Raínha e do Duque, ao Canadá, foi em 2005, quando visitaram Saskatchewan e Alberta, celebrando o centenário da entrada dessas províncias na Confederação. Haverá muitas oportunidades para o público ver a Rainha e o Duque de Edimburgo. reconhecem em Joe Pantalone a sua simpatia pelos luso-canadianos. Não foi, portanto, de admirar que se sinta como elementos proeminentes da nossa Comunidade, como o Dr. António Azevedo, o Arquitecto Paulo Cunha, o Presidente da Casa dos Açores, Carlos Botelho e muitos outros pilares da nossa comunidade estão com a candidatura de Joe Pantalone. Banqueiros lamentam morte de Horácio Roque Vários banqueiros lamentaram o falecimento de Horácio Roque, fundador do Banif e recordaram o "excelente empresário" e a sua obra de "indiscutível mérito". "Horácio Roque era um homem da banca. Acho que este era um excelente sítio para nos recordarmos dele", disse o presidente do BCP, Carlos Santos Ferreira, no final de um seminário promovido pelo Diário Económico, dedicado à banca e ao mercado de capitais, que hoje decorreu em Lisboa. Santos Ferreira, que recebeu a notícia minutos antes da sua intervenção, acrescentou apenas ser "muito difícil falar sobre os amigos". O presidente da Caixa Geral de Depósitos, Faria de Oliveira, manifestou a sua "profunda tristeza e consternação" com a notícia e lembrou o amigo. "Foi um grande banqueiro e um grande empresário que deixou uma obra de indiscutível mérito. Criou um banco de média dimensão que vingou e cresceu", declarou. Também o presidente executivo do Santander, Nuno Amado, recordou "o líder de um banco muito interessante em Portugal, bem gerido, e com uma marca forte". "É uma pena ter falecido uma excelente pessoa e um excelente empresário", afirmou. Horácio Roque, presidente do Grupo Banif, faleceu hoje, aos 66 anos, na sequência de um acidente vascular cerebral (AVC), em Março. O acionista maioritário do Grupo Banif estava internado desde 04 de março, nos Cuidados Intensivos da Unidade de Neurocirurgia do Hospital de São José. IMA

10 10 21 a 27 de Maio de 2010 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! A saudade de um colo AIDA BAPTISTA Cumpriu-se esta semana mais um aniversário sobre a tua partida. Vinte e um anos! Mais de duas décadas a viver da memória de quem se despediu cedo de mais, num entardecer de Maio, mês dedicado a todas as mães. Fizeste-o de forma serena, sem dramas e sem avisos, silenciosamente, como silenciosa sempre viveste a vida. Silenciosa no despojamento exterior; silenciosa na discrição dos gestos delicados; silenciosa na postura calma e conciliadora com que gerias todas as pequenas crispações familiares (como se elas nem existissem); silenciosa até nas canções que cantavas numa voz harmoniosa, a servir de fundo às tarefas que desempenhavas, encadeadas umas nas outras, como a letra da música que te saía sem esforço. Hoje sei descodificar os sinais que foste deixando, como se estivesses a rasurar recados escritos nos bilhetes da tua despedida. Na altura, nada percebi, ocupada que estava a construir quotidianos de sonhos. Pensando melhor, foi nesse ano que começaste a fazer a tua romaria do adeus. Passaste um tempo em casa de cada um dos filhos espalhados pelo país Braga, Lisboa e Sardoal como se assinasses a folha da tua presença nas pequenas ajudas que foste dando. Ficou impressa nos botões que pregaste, nas meias que remendaste (sim, nesse tempo ainda se aproveitavam as meias), nas bainhas que fixaste, nos fundilhos das calças que cozeste, nas cotoveleiras que reforçaste, nos fechos que substituíste, no cheiro dos manjares de infância que se espalhava pela casa. Tudo coisas que também sabemos fazer, mas para as quais não conseguíamos subtrair tempo aos dias preenchidos de afazeres reais ou inventados. O mesmo fizeste na tua casa. Deste uma volta a todos os armários da cozinha e desfizeste-te de coisas inúteis, numa certeza de que ninguém, depois de ti, iria precisar delas. Organizaste as gavetas de modo a que cada coisa ficasse no seu devido lugar, visível numa primeira espreitadela. O mesmo fizeste com com as roupas do pai, numa preocupação que sempre te acompanhou: - Manuel, olha... se eu for antes de ti, não quero que andes por aí sujo e mal arranjado! A voz do povo a falar mais alto do que a razão, sempre que o aspecto do marido serve de bitola para medir a dedicação ou o desmazelo da companheira. E tu importavas-te com o que os da tua aldeia pudessem pensar de ti. Soava-nos tão estranho ouvir-te dizer aquilo. Aceitámos sempre de forma natural que o pai partisse primeiro, tão habituados estávamos a falar da doença que o acometia há vários anos. «Trombose!» - disseram os médicos, e nós pensámos logo que um outro ataque mais forte o levaria de vez. Enganaram-se os médicos e enganámo-nos nós. Tu tinhas outras certezas e, por isso, verificaste tudo: os colarinhos e os punhos das camisas, os botões, as bainhas das calças, os fechos, as toalhas da casa-debanho e as de mesa, os lençóis, os panos da loiça, enfim, tudo quanto exigisse uma costurita aqui, um ponto acolá. Preparaste a casa com a precisão de quem faz um «check-up» pormenorizado a um corpo que se quer deixar limpo de mazelas. Do teu universo não faziam parte as papeladas. Essas sempre foram da responsabilidade do pai, o provedor da casa. Aquele que tratava de tudo junto dos bancos, organizava os extractos e as facturas, pagava as contas, passava os cheques, numa contabilidade em que a regra básica seria: a coluna do dever nunca pode ser maior que a do haver. Cumpriu-a sempre e fez dela o seu lema de vida nunca dever nada a ninguém! Apesar de muito senhor deste papel, ainda o ouvi dizer-te mais do que uma vez: - Quando eu morrer, nem um cheque sabes passar! Repetia-o convicto, sem nenhum «se» condicional a introduzir a frase. E tu continuaste a não dar importância a este tipo de preocupação. O teu papel sempre fora o de educar os filhos, providenciar a sua alimentação, mantê-los limpos e cuidados, fazer a gestão doméstica do dinheiro e do tempo, de modo a que chegasse sempre o dinheiro e o tempo! O tempo que soubeste fatiar por todos apesar de sermos tantos -, da mesma maneira que fatiavas o pão que barravas com manteiga ou o mimo de um bolo-mármore que, milagrosamente, chegava sempre para mais um amigo dos teus filhos. Só não soubeste pôr de parte uma fatia extra do tempo, para dela gozares mais tarde, só para ti, liberta já de compromissos com prazos para cumprir. Quem parte e reparte e não guarda para si a melhor parte, ou é tolo ou não tem arte! - consagra um dos mais conhecidos aforismos populares. Tu tiveste sempre a arte de repartir e partilhar, no que ela envolve de entrega aos outros, mas não soubeste, de facto, aplicá-la a ti. Deixaste que a roda do tempo te atropelasse no interior do perímetro das renúncias que toda a vida desenhaste para ti. Quando te visitei no hospital, falei primeiro com o enfermeiro. Eles não estão autorizados a dar certas informações, mas consegui arrancar o adjectivo «irreversível!» do estado em que te encontravas. Na crueza da semântica que não admite recuos nem estádios intermédios, eu sabia o que isso significava, embora me recusasse a aceitar a inevitabilidade dos factos. Queria que no leito da tua doença soubesses gerir mais um contratempo, isso mesmo - uma luta contra o tempo! Mas o tempo parou, até no teu relógio de pulso, onde os ponteiros recusaram rodopiar mais voltas quando tu tombavas na última volta da vida. Continuo órfã, mesmo se a orfandade, na forma como ma ensinaram, me fosse sempre apresentada através de rostos de crianças desamparadas. Perdi-te quando era já adulta, mas vivi o mesmo sentimento de orfandade e desamparo como se fosse criança ainda. E sinto-me sempre criança, de cada vez que te recordo num colo - que pouco tive -, mas cujo cheiro continua a viver por dentro de mim. Tal como todas as outras coisas, também o teu colo começou muito cedo a ser dividido pelos filhos que pariste numa imparável sequência, ao ponto de não dar tempo a que algum de nós a ele se habituasse. Este exercício de partilha - a que hoje se dá o nome de trauma e exige tratamento especializado -, deixou-me a tremenda saudade de um colo. Como a que hoje volto a evocar, neste Maio de mais uma celebração da tua partida.

11 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! 21 a 27 de Maio de Medidas de austeridade podem ir além de 2011 Na semana passada depois do acordo obtido com o PSD - o Primeiro-ministro anunciou que o plano de Austeridade iria vigorar até final de Entretanto, a direcção do PSD remeteu comentários às afirmações de Teixeira dos Santos para depois da reunião da comissão política, marcada para esta tarde. Ainda assim, Miguel Frasquilho, o porta-voz do PSD para a área da economia e finanças, considera extemporâneas declarações do Ministro e sugere a Teixeira dos Santos mais acção ao nível dos cortes na despesa. Miguel Frasquilho diz ainda que as declarações de Teixeira dos Santos podem dar a entender que o plano de austeridade vai ter um carácter permanente. Por sua vez, o socialista Vítor Baptista diz que Teixeira dos Santos demonstra realismo e considera que o apertar de cinto se irá manter até ao final da legislatura: Vítor Baptista, deputado da Comissão de Economia e Finanças defende novos cortes ao nível da despesa, sustenta que não se entende a insistência na construção da terceira travessia no Tejo e advoga o fim das excepções nas SCUT S, defendendo o portajamento de todas as auto-estradas. A declaração de Teixeira dos Santos sobre a manutenção do plano de austeridade Teixeira dos Santos surge um dia depois do ainda Governador do Banco de Portugal, Vítor Constâncio ter defendido que a austeridade se deve manter até o défice ter sido corrigido de forma sustentável, ou seja, até Cantiga Esteves, Professor de Finanças do ISEG (Instituto Superior de Economia e Gestão) diz que o Banco de Portugal chega tarde a uma realidade há muito conhecida, e considera que é inevitável a manutenção do programa de austeridade para além de 2011: Falta de liquidez ameaça PEC A crise de liquidez está a dificultar o acesso da banca portuguesa a financiamentos externos. O Presidente do BPI, Fernando Ulrich diz mesmo que o Programa o Programa de Estabilidade e Crescimento está em risco por causa da falta de liquidez. O aviso de que Portugal tem um desafio imediato de financiamento da sua economia, foi feito pelo presidente de um dos principais bancos privados do país, o BPI. Fernardo Ulrich afirma que a banca está sem acesso a dinheiro fresco nos mercados internacionais o que deixa também o Estado sem garantias de financiamento. O líder do BPI questiona mesmo o futuro do segundo PEC e o planeado aumento da dívida em 45 mil milhões de euros do Estado, de Autarquias e de empresas públicas largamente deficitárias. Contudo, o ministro da economia Vieira da Silva afirma que o Estado português sempre teve capacidade para se financiar. As dificuldades da Banca no acesso ao crédito estão a provocar um agravamento do custo do crédito para as famílias e empresas. Os Spreads, as margens de lucro dos bancos, dispararam nas últimas semanas. Luis Lima, Presidente da APEMIP (associação dos Profissionais e empresas de mediação imobiliária de Portugal) diz que esta nova realidade económica está a causar mais desemprego. O Presidente da APEMIP afirma que há bancos a praticar Spreads da ordem dos 6%. O Primeiro-Ministro Stephen Harper recebe jovens participantes nas Cimeiras G8 e G20 Oprimeiro-ministro Stephen Harper recebeu em Otava jovens canadianos de todo o país, que fazem parte do Cáucus Nacional de Juventude G-8/G- 20. A reunião terminou com a escolha de 13 delegados da Juventude canadiana que vão estar presentes nas Cimeiras G-8 e G-20 durante o mês de Junho. "O nosso Governo reconhece que a juventude canadiana se interessa por assuntos internacionais, disse o primeiro-ministro. "Trata-se de uma oportunidade para os jovens canadianos fazerem ouvir as suas vozes, na altura em que somos os anfitriões das Cimeiras G8 e G20. A cimeira G-8 vai decorrer em Muskoka, de 23 a 25 de Junho. A delegação de jovens, presente na G8, vai elaborar um comunicado que será apresentado a todos os líderes. Posteriormente, esses mesmos delegados viajarão para Toronto, para participarem na G20, de 26 a 27 de Junho. Estas Cimeiras de 2010, estão muito ligadas à Juventude e o Canadá, como anfitrião das Cimeiras, confia na liderança dos seus jovens. Os debates resultarão num comunicado final que será apresentado durante a G-8 a todos os líderes. Estes acontecimentos incluem uma série de Centros Globais de Líderes (GLCs), onde estudantes interagem com o Governo, em termos comerciais e industriais. O GLCs envolve juventude e proporciona oportunidades de aprendizagem sobre assuntos de interesse mundial. O primeiro-ministro Stephen Harper convidou as suas contrapartes do G-8 e G-20 a enviarem delegações de jovens às Cimeiras Cada delegação será composta de sete estudantes universitários com interesse activo em política internacional e em economia global.

12 12 21 a 27 de Maio de 2010 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! Algo de errado vai acontecendo nos nossos hospitais Por: Carlos Morgadinho Não me refiro, evidentemente, por agora, à parte técnica de assistência e serviço prestados aos pacientes que batem à porta dos nossos hospitais para tratamentos ou exames clínicos. Deixemos isso por agora. O que o titulo desta minha crónica quer referir-se é na maneira como alguns dos nossos hospitais pagam principescamente em vencimentos aos seus administradores. Vejam a notícia publicada no jornal Metronews.ca, de quarta-feira dia 28 de Abril passado, e se já o suspeitávamos melhor ficamos elucidados. São autênticas fortunas pagas a esses gerentes que, segundo a notícia, deixam, no entanto, os seus funcionários sem aumentos e sem contratos durante vários meses e até nos fala também de secções de urgências a serem, ou já, encerradas. Tudo apenas com a finalidade de se poupar excepto na gratificação que se dá a esses chefes administrativos um dos quais é contemplado com 785 mil dólares e outro com 3 milhões de dólares em compensações incluindo aumentos substanciais em 5 anos. Naquele artigo, se for exacta a informação divulgada, fala-nos também doutro administrador que recebeu 81 por cento de aumento e que granjeou a bonita soma de 2.9 milhões de dólares em cinco anos. Com a acção de se poupar o mais que se possa, o nosso Governo do Ontário liderado pelo liberal Premier, Sr. Dalton McGuinty, tem imposto duras regras às administrações dos Hospitais da Província para que assim se consiga atingir os objectivos poupança na despesa com a saúde pública mas até aí de se aumentarem (os administradores) para números quase ou mais dum milhão de dólares anualmente é simplesmente escandaloso. É uma afronta ou uma anedota grosseira. Então temos aqui duas equações: ou o Sr. Dalton McGuinty anda às escuras, mal informado e não sabe mesmo nada de nada, ou então o que importa, ao fim e ao cabo, é que se consiga reduzir e cortar nos serviços pela compressão ou supressão de serviços no quadro de pessoal nos nossos Hospitais. O resto é para Inglês ver. Para tal, com mais uns dolarzitos de aumentos nos bolsos deles (dos administradores) para os encorajar a reduzir drasticamente mais nas despesas de orçamento, até nem é, vamos lá a ser sinceros, muito mau ou abusivo de todo. Com as suas directrizes e com tanta poupança no fim do ano fiscal aquilo, aqueles aumentoszinhos que recebem e que me estou a referir, até é amendoim (peanuts). A chatice toda é que é que somos todos nós, o Zé Pagante, que iremos aguentar, num futuro próximo, com a barra bem pesada dos impostos que ele, o Sr. Dalton McGuinty, irá inventar para acalmar o maremoto criado com tais aumentos fabulosos aos administradores num futuro mais ou menos próximo. Querem ver que irão uns quantos enfermeiros, pessoal da limpeza bacteriologistas, analistas, dentistas, médicos e mais técnicos para o olho rua para compensar os altos salários dos administradores? Não me digam agora que sou bruxo! Sócrates elogia Lula e quer vê-lo na ONU Sempre que o Brasil sobe no concerto das Nações Portugal vai atrás Oprimeiro-ministro português diz que cada vez que o Brasil sobe de posição no concerto das nações, no quadro internacional, Portugal vai atrás". Em entrevista ao programa É Notícia, da brasileira Rede TV, transmitida no início da madrugada de segunda-feira (17), o primeiroministro português, José Sócrates, descreve o presidente do Brasil como líder de projeção mundial, indicado para assumir o cargo de secretário-geral das Nações Unidas, posiciona-se como político de esquerda e defensor do mercado, e diz que quer fazer de Portugal um país competitivo e moderno, com justiça social e igualdade. "Sou um produto da classe média portuguesa", diz Sócrates, ao falar sobre as suas origens, sobre o pai arquiteto, sobre a sua adolescência e a opção pelo curso de engenharia, admitindo que se fosse hoje talvez preferisse fazer um curso na área de humanísticas. Questionado sobre a entrada na política, o primeiro-ministro afirma ser um produto do 25 de Abril ( 1974, a Revolução dos Cravos), refere o início da sua militância no Partido Socialista, na Covilhã, e, dois anos depois, a sua chegada ao Parlamento. A melhor resposta ao crescimento económico Num outro momento da entrevista feita pelo jornalista Kennedy Alencar, do jornal Folha de São Paulo, Sócrates define-se como um socialista que sempre acreditou que a melhor resposta ao crescimento econômico é o mercado. A propósito do seu relacionamento com a imprensa e do caso TVI, o primeiro-ministro diz que o telejornal da TVI era alinhado para o atacar pessoalmente, visando impedi-lo de ganhar as eleições. Sobre as relações entre os dois países, Sócrates refere que não se pode entender Portugal sem conhecer o Brasil e diz que cada vez que o Brasil sobe de posição no concerto das nações, no quadro internacional, Portugal vai atrás. A comunidade brasileira tem dado muito ao nosso país (...) vieram dar muita alegria ao nosso país, afirma o primeiro-ministro, que minimiza a existência de preconceitos em relação aos imigantes brasileiros, dando como exemplo o fato de ter dois brasileiros a trabalhar no seu gabinete. Portugal tem uma ambição cosmopolita (...), que acolhe bem todas as culturas, adianta. O ataque especulativo Na entrevista, que durou 63 minutos, Sócrates enfatiza a importância da defesa do euro, a moeda única europeia, e atribui as dificuldades que o país enfrenta ao recente ataque especulativo. Nas últimas semanas, a desconfiança dos mercados criou uma nova situação, o que obrigou à adoção de medidas de austeridade, com cortes dos gastos sociais e aumento de impostos. Temos de controlar os nossos gastos públicos de modo a oferecer garantias a quem nos financia (...) a isso se chama ser responsável e rigoroso. O mais importante para a esquerda é que seja realista, diz. Toda aquela esquerda que achou que devia comportar-se apenas com retórica e com idealismo fracassou. Isso não serviu a ninguém muito menos para os que precisam da esquerda para melhorarem suas condições de vida. "Nós não precisamos de falar com o FMI (...) a nossa dívida está garantida", afirma quando o entrevistador pergunta se Portugal irá recorrer ao FMI, à semelhança da Grécia. Grande admiração O primeiro-ministro luso diz ser grande amigo do presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, por quem afirma ter grande admiração. Não imagina a quantidade de líderes políticos europeus que acham que só se resolvem problemas com o Brasil se eu telefonar ao presidente Lula. Sócrates considera que Lula fez um trabalho absolutamente extraordinário. Não sei se os brasileiros têm consciência disso, do trabalho que o presidente fez para a afirmação do Brasil. O presidente Lula mostrou ao mundo que a esquerda no Brasil pode governar e pode governar com responsabilidade, diz. A esquerda latino-americana fica a dever ao Lula essa visão política que ele teve de aplicar um programa que visava naturalmente combater as injustiças, combater a pobreza, mas um programa moderado, afirma o primeiro-ministro português. O que é isso de esquerda e direita Sobre o que diferencia, hoje, esquerda e direita, o governante português afirma que é o encaminhamento da igualdade. Muitos dos que desvalorizavam a ação do Estado só se lembraram do Estado nesta última crise, em que foi preciso ação do Estado para conter aquilo que foi a desregulação completa dos mercados financeiros. O primeiro-ministro de Portugal surge também como um dos arquitetos de eventual candidatura de Lula ao cargo de secretário-geral das Nações Unidas. A esquerda europeia tem grande admiração pelo presidente Lula e nós gostaríamos que se mantivesse na política, diz. Levar Lula à liderança das Nações Unidas é um objetivo a que Sócrates se propõe, contando para tal tarefa com o apoio do chefe do governo espanhol, José Luís Zapatero, e com o primeiroministro grego Papandreou, todos da família socialista. Um assunto que irá discutir no final de maio quando se encontrar com eles, no Rio de Janeiro, e com Lula, por ocasião da conferência mundial da Aliança das Civilizações, uma entidade das Nações Unidas liderada pelo expresidente português Jorge Sampaio, também do Partido Socialista. Lula é jovem demais para se retirar da política. Tenho a certeza de que ele desempenharia muito bem qualquer cargo internacional. Lula tem um capital político tão importante que seria grande desperdício não o aproveitar, diz Sócrates. Não deixarei de insistir com ele para que não se retire da política ativa ao nível mundial.

13 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! 21 a 27 de Maio de Sócrates desculpa-se Para dançar tango... são precisos dois e eu não tive parceiro... Oprimeiro-ministro saudou a mudança na liderança do maior partido da oposição, afirmando que para dançar o tango são precisos dois e lembrando que durante muitos meses não tinha parceiro para dançar. Para ele, felizmente houve uma mudança na oposição. O PSD tem agora um líder que olha para a situação com responsabilidade e patriotismo, afirmou Sócrates, citado pela edição online do i, durante um almoço-debate em Madrid. Para ele, que tem estado a ser criticado de todos os lados, o plano definido com o PSD para acelerar a redução do défice orçamental é um bom acordo para ajudar o país a enfrentar o desafio actual. De qualquer maneira, há quem lembre que o programa do PS às Legislativas de Outubro de 2009 era tudo menos resignação. A nossa resposta dizia-se então - é clara: parar, adiar, suspender, rasgar - não pode ser esse o caminho. A escolha que está diante dos portugueses é entre duas atitudes de sinal contrário: de um lado, o pessimismo, a resignação e a paralisia; do outro, a confiança, a determinação e a iniciativa. Foi isso que se disse. José Sócrates ganhou há sete meses umas eleições em que propôs aos eleitores, além de melhorar a protecção social, lançar ou realizar nesta legislatura obras que não podem ser feitas e prometeu não aumentar os impostos que vai agora aumentar. Fê-lo num momento em que o maior partido da oposição, o PSD, pela voz de Manuela Ferreira Leite, foi claro em dizer que essa estratégia estava errada e que iria ajudar a afundar ainda mais o estado da economia portuguesa. Lembra, agora, que o nosso plano anterior não previa o aumento de impostos, mas que nas suas palavras infelizmente no último mês o mundo mudou, a Europa mudou e mudou todo o ambiente. Por isso a Europa teve necessidade de avançar com o fundo de estabilização, com a acção do Banco Central e também com um novo esforço dos Estados. Diz ainda que não seria bom para Portugal que ficasse sem fazer nada. Não seria assumir a nossa responsabilidade. Temos também um défice alto, em função de uma boa politica de investimento na economia para ter mais emprego e mais animação económica. Mas o nosso dever é fazer um esforço adicional para reduzir o défice. PCP faz moção de censura ao Governo O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, anunciou, logo na segunda-feira, que o seu partido vai apresentar uma moção de censura ao Governo de José Sócrates. A decisão foi tomada em reunião do Comité Central do PCP e, segundo avança a edição online do Público, a moção de censura foi entregue no parlamento na terçafeira, o que significa que terá de ser discutida pelos deputados ainda esta semana. Berta Cabral em Cabo Verde Duas Cidades Irmãs interessadas em aprender Cidadania OPresidente da Câmara Municipal da Praia, Cabo Verde, é um dos convidados da autarquia de Ponta Delgada para as Grandes Festas do Divino Espírito Santo desta cidade, que realizam no segundo fim-de-semana de Julho. O convite foi feito, segunda-feira, por Berta Cabral, durante uma audiência para apresentação de cumprimentos, que a autarca manteve com o seu homólogo da Praia, José Ulisses Correia e Silva, que aceitou de imediato. A audiência com José Ulisses Correia e Silva constituiu o primeiro ponto da agenda de trabalhos da visita que a Presidente do Município de Ponta Delgada está a realizar à cidade-irmã de Ponta Delgada, situada na ilha de Santiago. Berta Cabral, que é a convidada de honra das comemorações do Feriado Municipal da Praia, capital de Cabo Verde, participou, depois, numa reunião de trabalho com os responsáveis autárquicos desta cidade-irmã de Ponta Delgada, que serviu para estudar, em conjunto, as várias áreas de interesse comum passíveis de desenvolver futuras parcerias. Mais Portugal Cabo Verde Durante o encontro, o Presidente da Câmara da Praia manifestou o interesse da sua autarquia em aprender com as experiências desenvolvidas na maior cidade açoriana, quer ao nível do ambiente, planeamento, cartografia e sustentabilidade, que ainda no que respeita ao transporte terrestre de passageiros. O Município da Praia pretende implementar uma rede de mini-bus nesta cidade cabo-verdiana e, neste sentido, espera aprender com a experiência do modelo existente em Ponta Delgada. Em Julho, quando o autarca da Praia se deslocar a Ponta Delgada para participar nas Festas do Espírito Santo, aproveitará a sua estadia nesta cidade para visitar vários serviços camarários e, assim, ficar a conhecer, in loco, o trabalho e as experiências desenvolvidas pelo Município desta cidade nas áreas já referidas. Refira-se que Berta Cabral manteve ainda um encontro com a Embaixadora de Portugal em Cabo Verde e participou numa conferência promovida pela Associação Mais Portugal Cabo Verde, que promove negócios, cooperação e solidariedade entre Portugal e Cabo Verde. Durante a sua estadia na cidade da Praia, geminada com Ponta Delgada desde 2008, Berta Cabral tem também agendadas visitas a jardinsde-infância e polidesportivos, numa altura em que a Câmara Municipal desta cidade cabo-verdiana imprime uma atenção especial às crianças e aos jovens. Uma aposta que é, de resto, comum às duas cidades-irmãs. Berta Cabral participa no lançamento da primeira pedra da construção da Praça de Calabaceira e num almoço oferecido pela Presidente da Assembleia Municipal da Praia, bem como na inauguração da sede da Direcção da Juventude.

14 14 21 a 27 de Maio de 2010 Post-Milénio... Às Sextas-feiras, bem pertinho de si! Casamento homossexual Promulgação da lei representa um marco histórico em Portugal OGoverno considerou que a decisão do Presidente da República de promulgar o casamento homossexual representa "um marco histórico na sociedade portuguesa" e que o executivo cumpriu agora as éticas da responsabilidade e da convicção. As posições foram assumidas pelo ministro dos Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão, logo após o Presidente da República ter promulgado a lei que permitirá o casamento civil a pessoas do mesmo sexo. O ministro dos Assuntos Parlamentares considerou que a promulgação da lei do Governo representa "um marco histórico na sociedade portuguesa". "Com esta decisão chega ao fim um processo de convicção. Convicção de um programa eleitoral e de um compromisso assumido perante os portugueses por parte do PS e uma convicção traduzida no programa de Governo, que se traduziu na proposta de lei que Assembleia da República aprovou com uma maioria muito significativa", frisou Jorge Lacão. Segundo o ministro dos Assuntos Parlamentares, chegando ao fim este processo de promulgação, o Governo considera que se está a dar "um passo de civilização democrática". "Em tempos históricos, o nosso país já foi pioneiro em matérias tão decisivas de Direitos Humanos como a abolição da pena de morte. Não faz mal, pelo contrário faz bem, que Portugal possa também ser pioneiro na defesa dos Direitos Humanos, em matéria de defesa da dignidade humana, do desenvolvimento da personalidade de cada um e no combate às discriminações, nomeadamente as que tinham fundamento na orientação sexual", frisou o ministro dos Assuntos Parlamentares, numa referência indirecta ao facto de o chefe de Estado ter salientado na sua comunicação o escasso número de países da União Europeia que permitem o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Jorge Lacão fez depois uma alusão à decisão do Tribunal Constitucional de ter considerado constitucional o diploma do Governo. "Esta lei vai criar condições para que uma discriminação seja abolida na sociedade portuguesa e que Portugal se inscreva no conjunto de países que, de forma exemplar, respeitam a dignidade das pessoas e o livre desenvolvimento da sua personalidade", disse. Interrogado sobre as críticas de Cavaco Silva ao diploma, o ministro dos Assuntos Parlamentares afirmou respeitar os seus pontos de vista. "O senhor Presidente da República invocou a ética da responsabilidade para fundamentar a sua decisão. Da parte do senhor Presidente da República, ele assumiu a sua ética da responsabilidade. Pela parte do Governo, posso dizer que assumimos a nossa ética da responsabilidade, aliada à nossa ética da convicção", respondeu. Já sobre a ideia de Cavaco Silva, que não considerou prioritário o tema dos casamentos homossexuais, quando o pais vive uma situação dramática, Jorge Lacão afirmou estar de acordo com a preocupação do Presidente da República "relativamente à situação difícil" que Portugal atravessa e "à necessidade de haver mobilização de esforços na sociedade portuguesa". "Mas é evidente que este procedimento em nada perturbou a possibilidade de dar o melhor de nós próprios para combater as dificuldades do país e recuperar a nossa economia, que felizmente está a dar sinais de recuperação", respondeu. PMF. Ele aí está! Um PE C mais realista Independentemente das aprovações internacionais do PEC (Plano de Estabilidade e Crescimento) apresentado pelo governo português, nas instâncias europeias, muitos duvidavam da profundidade necessária das medidas tomadas no documento e, sobretudo, da reacção dos mercados financeiros internacionais, face à debilidade de algumas economias europeias, entre as quais nos incluímos e da inconsequente preparação da União Europeia, para defender a moeda única dos ataques especulativos da finança internacional. O optimismo das declarações então proferidas, ao qual se adicionava o sorriso encorajador do nosso Primeiro Ministro, não conseguiram dissipar as dúvidas entretanto instaladas, sobretudo quando se contatava a necessidade de uma resposta europeia, capaz de resistir aos ataques de que estava a ser alvo e que teria de envolver todos os países da zona euro. Não era difícil de prever, nomeadamente pelo nosso super Ministro das Finanças, que Portugal teria de assumir uma postura mais próxima da realidade, se queria ( e teria de...) continuar a pertencer ao clube europeu do euro. Com um défice estimado em 9,4% do PIB, o País não se podia dar ao luxo de continuar nas meias tintas, esperando que a Europa, ou qualquer D. Sebastião, viesse em seu socorro, no caso das previsões optimistas do governo falharem. Os nossos governantes e outros políticos responsáveis compreenderam, finalmente, que findou o período da nossa adolescência europeia e que, para manter o papel de Estado adulto e não ter de levar um valente puxão de orelhas (como foi o caso da Grécia), havia que tomar medidas verdadeiramente correctivas, quer do lado da despesa, quer do lado da receita do Estado, afim de permitir o equilíbrio das nossas contas públicas. Num pequeno artigo de opinião não se consegue esmiuçar o pormenor das medidas tomadas, mas apenas um comentário síntese a alguns factos que considero relevantes, na preparação e publicação das recentes medidas de austeridade. Reconhecendo que, na história da nossa recente democracia, os objectivos partidários de curto prazo, têm muitas vezes prevalecido sobre as necessidades DR. LUIS BARREIRA nacionais, não posso deixar de me congratular pela atitude da nova direcção do Partido Social Democrata, em colaborar (com evidentes riscos eleitorais) com o governo do Partido Socialista, no assumir das responsabilidades pelas decisões impopulares que agora foram tomadas. A esmagadora maioria dos portugueses não é estúpida e, desde que me recordo, nunca deixaram de viver em crise, antes e depois do 25 de Abril de 74. O que querem e o que precisam, é que se lhes fale verdade e que, por muito difíceis que sejam as atitudes a assumir e o sofrimento que possam causar, que se ponha de vez este País nos carris do verdadeiro desenvolvimento e que haja justiça na distribuição dos esforços exigidos. Se tal acontecer, por muito doloroso que seja par todos, passam a acreditar nos seus políticos, na democracia e, sobretudo, em Portugal! Somos um povo sui generis na nossa forma de estar. Capazes de defender com unhas e dentes a nossa parcela de propriedade e, mais recentemente, o falso estatuto de classe média endividada com bens de consumo luxuosos mas, e ao mesmo tempo, um povo piegas, que chora de comoção com o hino, que despe a camisa para ajudar o vizinho em dificuldades e que aplaude a sinceridade e a honestidade. Num mundo, ao qual pertencemos e que gira a uma velocidade incrível, não tenho a certeza de que, as medidas agora assumidas pelo Governo e pelo principal partido da oposição, sejam completamente justas na sua aplicação e suficientes, para a estabilidade financeira que nos é exigida. Se não o forem, não fica mal aos seus mentores, pedirem desculpa por se terem enganado e corrigirem as suas decisões, até porque ninguém acredita (a não ser alguns aprendizes de feiticeiro, que parece viverem noutro planeta...) que, os responsáveis políticos, no governo ou na oposição, sejam pessoas perfeitas e de uma casta inteligentemente superior, em relação aos restantes cidadãos. O povo aprecia e premeia as ideias, a convicção, a honestidade e a sinceridade dos seus dirigentes, quando estes têm a humildade de colocar em confronto as suas opiniões e optar pelo rumo certo. Este novo PEC, pode vir a servir as exigências da Estabilidade financeira, mas está coxo do Crescimento essencial da nossa economia, para não virmos a precisar futuramente das muletas europeias ou quaisquer outras. Por isso prefiro chamar-lhe PE, esperando que alguém nos sugira a resolução do nosso calcanhar de Aquiles! Casamento homossexual Cavaco desejaria solução mais consensual e com nome diferente do casamento OPresidente da República lamentou que o Parlamento português não tenha aprovado uma solução jurídica mais consensual para as uniões entre homossexuais e com um nome diferente do casamento. "Bastava ter olhado para as soluções jurídicas encontradas em países como a França, a Alemanha, a Dinamarca ou o Reino Unido, que, como é óbvio, não são discriminatórias e respeitam a instituição do casamento enquanto união entre homem e mulher", considerou Cavaco Silva. O Presidente da República falava numa comunicação ao país, a partir do Palácio de Belém, que durou cerca de seis minutos. O diploma promulgado teve origem numa proposta do Governo e foi aprovado pelo Parlamento em votação final global no dia 11 de Fevereiro com os votos favoráveis do PS, BE, PCP e PEV e contra do CDS-PP. No PSD houve liberdade de voto e seis deputados abstiveram-se, enquanto os restantes votaram contra a alteração da noção de casamento estabelecida no Código Civil. Votaram também contra o diploma duas deputadas independentes eleitas pelo PS. Antes definido como um contrato entre "duas pessoas de sexo diferente", o casamento civil passa agora a ser "o contrato celebrado entre duas pessoas que pretendem constituir família mediante uma plena comunhão de vida". IEL

15 Stadium Suplemento Desportivo 21 a 27 de Maio de Benfica Panathinaikos em Toronto Domingo, 23, às 15 horas, no BMO Field Um Milhão de Dólares 11 Mil Bilhetes para os Gregos 11 Mil Bilhetes para os Portugueses Hollywood Productions Sports and Entertainment surge como a entidade responsável pela organização do encontro entre o Campeão de Portugal, o Sport Lisboa e Benfica e o Campeão da Grécia, Panathinaikos, que se disputa já no próximo domingo, no BMO Field. A apresentação desta conferência de imprensa teve como mestre-de-cerimónias o Presidente da CIRV-FM, Frank Alvarez, numa demonstração de solidariedade para com a iniciativa, como aliás acontece com este conhecido empresário da comunidade, desde há muitos anos responsável por inúmeras visitas do Sport Lisboa e Benfica a Toronto. Presente esteve o Cônsul Geral da Grécia em Toronto, o mesmo não acontecendo com o seu homólogo português, o Dr. Julio Vilela, sendo dada a justificação de o mesmo ter sido convidado já muito em cima da hora do acontecimento. Este Benfica-Panathinaikos é, efectivamente, o encontro dos clubes campeões, respectivamente de Portugal e da Grécia. E, apesar das equipas que vão estar sobre o relvado natural do BMO Field, no domingo dia 23 de Maio, com o pontapé-de-saída marcado para as 15 horas, estarem privadas de muitos dos seus melhores executantes, não temos a menor duvida em como qualquer delas vai apresentar onzes dignos dos títulos recentemente conquistados. No Benfica, vamos ter as ausências naturais de futebolistas que estão integrados nas suas selecções nacionais, como são os casos de Fábio Coentrão, Di Maria, Óscar Cardoso, Maxi Pereira, Ramires e Luisão, para além de Quim, Jorge Ribeiro e Mantorras, e também de Carlos Martins, que foi sujeito a uma operação ao nariz, e, em cima do embarque, a dispensa de Pablo Aimar que não foi autorizado a embarcar, mas estarão presentes os guarda-redes, Moreira e Júlio César (sendo até muito provável que este volte a ser o preferido), com uma excelente defesa que deverá ser formada por Ruben Amorim (ou Luis Filipe, se Ruben for chamado para o meiocampo), Sidnei, David Luiz e César Peixoto; um meio-campo com Javi Garcia, Airton e Filipe Meneses; e um ataque com a escolha entre Saviola, Kardek, Nuno Gomes, Weldon e Eder Luis. Uma equipa mais do que suficiente para arrastar uma verdadeira multidão às bancadas do BMO Field. Na lista de jogadores que foi dada à Comunicação Social durante a conferência de imprensa não constam os nomes de Fábio Faria, o reforço que veio do Rio Ave, assim como dos regressados David Simão e Leandro Pimenta, futebolistas que estiveram emprestados durante a temporada que agora chega ao seu termo. Estes os jogadores que vão estar no BMO Field no próximo domingo: Guarda-redes: Moreira e Júlio César; Defesas: Luís Filipe, David Luiz, Sidnei, Fábio Faria e César Peixoto; Médios: Airton, Javi García, Felipe Menezes, David Simão, Leandro Pimenta e Ruben Amorim; Avançados: Nuno Gomes, Kardec, Éder Luís, Weldon e Saviola. Onde as coisas não parecem estar lá muito bem é no Panathinaikos. Fizemos a pergunta: Quantos dos jogadores do onzeinicial não viajam até Toronto? A resposta foi muito evasiva. Do género: A equipa que vai estar em Toronto vai ser uma boa equipa! Mas a verdade é que não vamos ver nem Karagounis, nem Katsouranis, dois futebolistas que os portugueses bem conhecem e que fazem parte da selecção da Grécia, para além de não constarem da lista nomes como os de Cisse (o melhor marcador do campeonato), Gilberto Silva (Brasil), Sotiris, Bjarsmyr, Gabriel, Leontu, Machelis, Simão Mate, Salpingidis, futebolistas importantes. Vamos no entanto apostar que o onze a apresentar frente ao Benfica terá, indubitavelmente, valor para bem representar o Campeão da Grécia, como aliás acontece com o Campeão de Portugal. Um milhão de dólares, foi o montante anunciado como o valor do custo total da organização deste encontro. Quantia que não está ao dispor de qualquer um. No entanto, com a associação dos representantes do Panathinaikos, assim como da comparticipação sempre importante do Toronto FC, e através da informação dada pelo Cônsul Geral da Grécia, ficámos a saber que vão ser colocados à venda 22 mil bilhetes, sendo 11 mil da responsabilidade do Panathinaikos e 11 mil dos organizadores luso-canadianos. Isto significa que vamos precisar de apenas 11 mil desportistas e, particularmente, benfiquistas, para que esta presença do Sport Lisboa e Benfica seja um sucesso. Os bilhetes custam entre $35 e $150 mais taxas e já estão à venda, podendo ser adquiridos nos escritórios de Hollywood Productions, no nº 3 da Westmoreland Ave. Tel ; nas bilheteiras do BMO Field, no Gate 1, no recinto da Exhibition; e ainda através do Entretanto, a Hollywood Productions organiza na véspera, sábado, 22 de Maio, no Centro Cultural Português de Mississauga, um jantar para todos os benfiquistas, tendo sido dada a informação que a equipa do Sport Lisboa e Benfica não vai jantar com todos quantos quiserem estar presentes, mas que vai, a determinada altura do jantar, marcar presença no mesmo. Também foi anunciado que o custo para este jantar é de $65 por pessoa. E assim deixamos em traços largos aquilo que foi a conferência de imprensa levada a cabo numa das salas do BMO Field, devidamente preparada para este tipo de acontecimentos, certos de que os lusocanadianos vão dar uma resposta positiva e rapidamente esgotar os 11 mil bilhetes que estão à sua disposição. ARF

16 16 21 a 27 de Maio de 2010 Stadium Suplemento Desportivo V I L L A R I C A

17 Stadium Suplemento Desportivo 21 a 27 de Maio de

18 18 21 a 27 de Maio de 2010 Stadium Suplemento Desportivo

19 Stadium Suplemento Desportivo 21 a 27 de Maio de Benfica Muitos bilhetes por vender na digressão americana Organização apela à presença dos adeptos inda restam muitos bilhetes para os jogos que o Benfica vai realizar nos Estados Unidos e Canadá. A organização faz um apelo à presença dos adeptos. A «Esperamos que as comunidades dos Estados Unidos e Canadá participem nos festejos do Benfica campeão, que nos ajudem indo ao campo», afirmou à Lusa Eduardo Vieira, da organização dos jogos contra o New England Revolution, esta madrugada, em Foxborough, e Panathinaikos, no domingo, em Toronto. Na tarde de terça-feira estavam vendidos apenas 12 mil dos 60 mil bilhetes disponíveis para o Gillette Stadium, palco do encontro de ontem. Os ingressos custam entre 40 e 100 dólares. Também os responsáveis por um jantar com sócios e adeptos marcado para quinta-feira se queix- am de pouca procura. «Como o Benfica é campeão, devia estar mais pessoal. Esperávamos melhor», diz Armando Ferreira, presidente da Casa do Benfica de Fall River, numa altura em que restam 150 dos 500 bilhetes postos à venda. A equipa viajou na manhã de terça-feira, com 18 jogadores nos convocados e uma baixa de última hora: Aimar não pôde viajar, devido a um problema com o visto.

20 20 21 a 27 de Maio de 2010 Stadium Suplemento Desportivo "All Stars 2010" Equipa de Figo vence a de Akwá apesar do rei do semba Yuri da Cunha trocou os palcos pelos relvados de futebol e foi o rei das ovações no jogo All Stars 2010, disputado em Benguela, Angola, pelas equipas da Fundação Luís Figo e da Associação Kandengue Habilidoso. Após ter sido o mais aplaudido na apresentação das equipas, o astro do semba, um estilo de música tradicional angolano que se dança com dama, fez o treinador Sesse Batista ouvir uma previsível vaia quando o substituiu, aos 50 minutos, depois de cerca de 20 em jogo. Com internacionais portugueses de três gerações, a equipa da Fundação Luís Figo venceu por 4-2 o jogo com a da associação liderada pelo ex-capitão angolano Akwá no Estádio Nacional do Ombaka, que, como era de esperar, teve muitos golos e ainda mais oportunidades não concretizadas. Além de Figo, o mais internacional futebolista português de sempre (127 jogos), o treinador Domingos Paciência contou com jogadores como Dimas, Fernando Couto, Paulinho Santos, Sá Pinto, Paulo Madeira, Boa Morte, Pauleta, Fernando Gomes e Jorge Cadete. E também com Dani, Dominguez, Pedro Xavier e... o próprio Domingos que regressou ao passado -, o guardaredes da selecção angolana e do Rio Ave, Carlos, e dois ex-internacionais brasileiros: o central Carlos Mozer, ex- Benfica, e o guarda-redes Cláudio Taffarel, campeão mundial em A equipa da Associação Kadengue Habilidoso tinha como principal atracção o avançado do Benfica Pedro Mantorras, que jogou ao lado de antigos jogadores do clube da Luz como Abel Campos e o próprio Akwá, que nasceu em Benguela e actualmente é deputado na Assembleia Nacional angolana. Apesar de esta época não ter chegado a jogar pelo campeão da Liga portuguesa, Mantorras foi muito aplaudido pelo público, tal como Akwá e o também ex-internacional Figueiredo. Mas nenhum fez vibrar tanto as bancadas quanto Yuri da Cunha. Perante cerca de espectadores, Pauleta, o melhor marcador de sempre da selecção portuguesa (47 golos em 88 jogos), colocou a equipa de Figo a ganhar por 1-0, logo aos três minutos, após dois dribles sobre um adversário, mas Luisinho empatou, aos 28. A equipa de Akwá só segurou a igualdade durante dois minutos, até Luís Boa Morte bater Canalelo com a ajuda de um adversário, mas o ex-capitão da selecção angolana fez o jogo ir para intervalo empatado, com um remate de fora da área, que levou o público ao delírio, aos 45 minutos. Dominguez fez o 3-2, logo aos 47 minutos, após fintar um adversário, e Sá Pinto atirou de primeira para o 4-2, de fora da área e sem deixar cair a bola, aos 88. As receitas do jogo All Stars 2010, realizado num dos quatro estádios construídos de raiz em Angola para a Taça das Nações Africanas (CAN2010), disputada em Janeiro, revertem para o projecto Swatch/Casa dos Refugiados e para a Aldeia SOS de Benguela. O projecto Swatch/Casa dos Refugiados visa construir o primeiro Centro de Acolhimento Temporário para crianças refugiadas em Portugal, ao serviço do Conselho Português para os Refugiados, uma Organização não Governamental para o Desenvolvimento. ESI. Bayern-Inter Bernabéu já se veste de Champions Alemães ainda não venceram finais no Estádio do Real OSantiago Bernabéu já se veste para a final de sábado da Liga dos Campeões, que vai opor o Inter de Milão, dos portugueses José Mourinho e Ricardo Quaresma, ao Bayern Munique, liderado pelo holandês Louis van Gaal. A festa começou a ser preparada a quatro dias do pontapé de saída. As decorações encontram-se já nos respectivos locais, com vários galhardetes nas imediações do estádio a apontar para a «Final Madrid 2010», enquanto os autocarros destinados a toda a operação, desde os dedicados às transmissões televisivas como os outros, usados para questões de logística, ocupam já grande parte do parque do maior estádio de Madrid. A UEFA também já escolheu o centro de operações, bem como tomou como seu o reduto madridista. Junto ao estádio, situação no coração da cidade, a vida é intensa. Faz-se fila para comprar bilhete para entrar no estádio, e visitar os balneários e o museu, a um preço de 15 euros para adultos, mas o maior burburinho é sentido junto à loja oficial, com muita gente a ostentar sacos com recordações como verdadeiros ornamentos. Ou não fosse o Real um clube muito virado para o «marketing». O Santiago Bernabéu é um estádio «cinco estrelas» para a UEFA desde 2003 e já foi palco de jogos tão importantes como três finais da Taça dos Clubes Campeões Europeus: 1956/57, 1968/69 e 1979/80. De lá saíram, respectivamente, com o troféu mais cobiçado o próprio Real Madrid (frente à Fiorentina), o Milan (perante o Ajax) e o Nottingham Forest (que bateu o Hamburgo). O palco celebrou ainda as vitórias decisivas da Espanha nas meias-finais e final do Euro-64, e a final do Mundial de 1982, arrebatada pela Itália. Mourinho pode achar nas vitórias de Milan e Itália um bom tónico para sábado. Já holandeses e alemães ainda não venceram finais em Chamartin. Números que valem o que valem.

A PREENCHER PELO ALUNO

A PREENCHER PELO ALUNO Prova Final do 1.º e do 2.º Ciclos do Ensino Básico PLNM (A2) Prova 43 63/2.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura

Leia mais

Tenho um filho. Já tive um marido. Tenho agora um filho

Tenho um filho. Já tive um marido. Tenho agora um filho o príncipe lá de casa Tenho um filho. Já tive um marido. Tenho agora um filho e talvez queira outra vez um marido. Mas quando se tem um filho e já se teve um marido, um homem não nos serve exatamente para

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

Em conversa com Rita Maia. Celorico de Basto é o meu porto de refúgio, onde me sinto bem (Rita Maia,

Em conversa com Rita Maia. Celorico de Basto é o meu porto de refúgio, onde me sinto bem (Rita Maia, Celoricenses de Sucesso Em conversa com Rita Maia Celorico de Basto é o meu porto de refúgio, onde me sinto bem (Rita Maia, 21 de fevereiro de 2015) Nascida e criada em Celorico de Basto, Rita Maia é uma

Leia mais

Em primeiro lugar, deverá encaixar a frase 2 dentro da frase 1, tal como nos exemplos seguintes:

Em primeiro lugar, deverá encaixar a frase 2 dentro da frase 1, tal como nos exemplos seguintes: CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO Neste exercício deverá transformar conjuntos de duas frases numa frase apenas. Em primeiro lugar, deverá encaixar a frase 2 dentro da frase 1, tal como nos exemplos seguintes: 1)

Leia mais

R U I P E D R O R E I S

R U I P E D R O R E I S Quem: Rui Pedro Reis Idade: 30 anos Pretexto: É coordenador da SIC Notícias e editor do programa Música do Mundo Outros trabalhos: Foi uma das figuras de uma rádio nacional Imagem: Fanático pelos media

Leia mais

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance Sobre o autor: Meu nome é Rodrigo Marroni. Sou apaixonado por empreendedorismo e vivo desta forma há quase 5 anos. Há mais de 9 anos já possuía negócios paralelos ao meu trabalho e há um pouco mais de

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

magazine A inaugurar a época de bom tempo e de boas sardinhas

magazine A inaugurar a época de bom tempo e de boas sardinhas magazine DESTAQUES Junho 2012 Santos populares Amera 3.0 Planos ambiciosos de animação edição 34 90 exemplares www.amera.com.pt 21 444 75 30 SANTOS POPULARES A inaugurar a época de bom tempo e de boas

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

A Participação Cívica dos Jovens

A Participação Cívica dos Jovens A Participação Cívica dos Jovens 2 Parlamento dos Jovens 2009 Nos dias 25 e 26 de Maio de 2009, realizou-se em Lisboa, no Palácio de São Bento, a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens 2009 do Ensino

Leia mais

Coluna África em Conto: "Mamedjane, um conto moçambicano"

Coluna África em Conto: Mamedjane, um conto moçambicano Coluna África em Conto: "Mamedjane, um conto moçambicano" por Por Dentro da África - domingo, fevereiro 22, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/coluna-africa-em-conto-mamedjane-um-conto-mocambicano-2

Leia mais

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco!

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco! Paixão do Povo de Cristo x Paixão de Cristo Texto Base: provérbios 24.10 na Linguagem de Hoje: Quem é fraco numa crise, é realmente fraco. Na Bíblia A Mensagem : Quem Desiste num momento de crise é porque

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Meus queridos brasileiros e brasileiras, É com muita emoção

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 83 Papo Reto com José Junior 12 de junho de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

Este testemunho é muito importante para os Jovens.

Este testemunho é muito importante para os Jovens. Este testemunho é muito importante para os Jovens. Eu sempre digo que me converti na 1ª viagem missionária que fiz, porque eu tinha 14 anos e fui com os meus pais. E nós não tínhamos opção, como é o pai

Leia mais

Historinhas para ler durante a audiência dos pais. Pio Giovani Dresch

Historinhas para ler durante a audiência dos pais. Pio Giovani Dresch Historinhas para ler durante a audiência dos pais Pio Giovani Dresch Historinhas para ler durante a audiência dos pais Pio Giovani Dresch Ilustrações: Santiago Arte: www.espartadesign.com.br Contatos

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis

Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis ta da Autora Olá, Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis passados em verdadeiros vales e dias de deserto. Todos os nossos planos se desvanecem

Leia mais

R I T A FERRO RODRIGUES

R I T A FERRO RODRIGUES E N T R E V I S T A A R I T A FERRO RODRIGUES O talento e a vontade de surpreender em cada projecto deixou-me confiante no meu sexto sentido, que viu nela uma das pivôs mais simpáticas da SIC NOTÍCIAS.

Leia mais

Coaching para pessoas disponíveis, ambos

Coaching para pessoas disponíveis, ambos Nota da Autora 1001 maneiras de ser Feliz, é o meu terceiro livro. Escrevi Coaching para mães disponíveis e Coaching para pessoas disponíveis, ambos gratuitos e disponíveis no site do Emotional Coaching.

Leia mais

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT)

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) AJUDA DE MÃE APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) Objectivos: Informar, apoiar, encaminhar e acolher a mulher grávida. Ajudar cada

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

6 Estimular a Criatividade

6 Estimular a Criatividade OZARFAXINARS N.2 DEZEMBRO 2005 121 6 Estimular a Criatividade Como aspecto menos valorizado pela Escola, a criatividade pode estimular novas formas de o jovem se relacionar com o mundo, desenvolvendo atitudes

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org PROGRAMA DE VOLUNTARIADO NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org WEBSITES: Serviço de Voluntariado Europeu: http://www.sve.pt http://www.facebook.com/l.php?u=http%3a%2f%2fwww.sve.pt%2f&h=z

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé MÚSICAS Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé Hino da Praznik Do Fá Gosto de aqui estar Sol Do E contigo brincar E ao fim vou arranjar

Leia mais

CONVITE. Falecido em 2012, Manuel António Pina deixou uma obra singular, no campo da poesia, da crónica, da literatura infanto-juvenil e do teatro.

CONVITE. Falecido em 2012, Manuel António Pina deixou uma obra singular, no campo da poesia, da crónica, da literatura infanto-juvenil e do teatro. Dando continuidade a projetos anteriores, o Museu Nacional da Imprensa está a preparar várias iniciativas para assinalar o 71.º aniversário do nascimento (18.nov.1943) do jornalista e escritor Manuel António

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL

PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL Tenho lido e ouvido muitos comentários nos últimos dias sobre o trabalho de formação no Brasil. Algumas pessoas, alguns profissionais

Leia mais

LACRALO Showcase Organizing Committee Teleconference 13 April 2015

LACRALO Showcase Organizing Committee Teleconference 13 April 2015 Aqui fala Alberto Soto, muito obrigado a todos e bem-vindos à teleconferência, é o LACRALO Showcase, organizando uma teleconferência. TERRI AGNEW: Muito obrigada Alberto. Bom dia, boa tarde, boa noite.

Leia mais

Escolas comunicadoras

Escolas comunicadoras Comunicação e Cultura Local de atuação: Ceará, Pernambuco, Pará e Bahia Data de fundação: 1996 Escolas comunicadoras No Ceará, quase quinhentas mil crianças da rede pública estudam em escolas que unem

Leia mais

Eu, Você, Todos Pela Educação

Eu, Você, Todos Pela Educação Eu, Você, Todos Pela Educação Um domingo de outono típico em casa: eu, meu marido, nosso filho e meus pais nos visitando para almoçar. Já no final da manhã estava na sala lendo um livro para tentar relaxar

Leia mais

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro Acólitos São João da Madeira Cancioneiro Índice Guiado pela mão...5 Vede Senhor...5 Se crês em Deus...5 Maria a boa mãe...5 Quanto esperei por este momento...6 Pois eu queria saber porquê?!...6 Dá-nos

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão , Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão Santa Cruz de Cabrália-BA, 28 de setembro de 2005 Meu caro governador Paulo Souto, governador do estado da Bahia, Meu querido companheiro Miguel

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

Exame unificado de acesso (Línguas e Matemática) às 4 Instituições do Ensino Superior (2017)

Exame unificado de acesso (Línguas e Matemática) às 4 Instituições do Ensino Superior (2017) Exame unificado de acesso (Línguas e Matemática) às 4 Instituições do Ensino Superior (2017) Português B 澳 門 四 高 校 聯 合 入 學 考 試 ( 語 言 科 及 數 學 科 )2017 Exame unificado de acesso (Línguas e Matemática) às

Leia mais

Vai ao encontro! de quem mais precisa!

Vai ao encontro! de quem mais precisa! Vai ao encontro! 2ª feira, 05 de outubro: Dos mais pobres Bom dia meus amigos Este mês vamos tentar perceber como podemos ajudar os outros. Vocês já ouviram falar das muitas pessoas que estão a fugir dos

Leia mais

Amor em Perspectiva Cultural - Mário Quintana. 1. A amizade é um amor que nunca morre. (Mário Quintana)

Amor em Perspectiva Cultural - Mário Quintana. 1. A amizade é um amor que nunca morre. (Mário Quintana) Page 1 of 5 Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Filosofia da Cultura Educador: João Nascimento Borges Filho Amor em Perspectiva

Leia mais

ENTRE FRALDAS E CADERNOS

ENTRE FRALDAS E CADERNOS ENTRE FRALDAS E CADERNOS Entre Fraldas e Cadernos Proposta metodológica: Bem TV Educação e Comunicação Coordenação do projeto: Márcia Correa e Castro Consultoria Técnica: Cláudia Regina Ribeiro Assistente

Leia mais

a seguir? 1 Gosto de sair de Portu- no final dos projectos, mas sempre com \gal os telemóveis ligados, porque se surgir uma proposta volto

a seguir? 1 Gosto de sair de Portu- no final dos projectos, mas sempre com \gal os telemóveis ligados, porque se surgir uma proposta volto a 'Gracinha' na novela 'Anjo Meu' (TVI). Sendo uma personagem cómica, sente que tem conquistado o público? Pela primeira vez sinto que há Interpreta mesmo um grande carinho do público, porque a 'Gracinha'

Leia mais

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1 CELIORHEIS Página 1 A Abduzida um romance que pretende trazer algumas mensagens Mensagens estas que estarão ora explícitas ora implícitas, dependendo da ótica do leitor e do contexto em que ela se apresentar.

Leia mais

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra. Senhor Representante de Sua Excelência o Presidente da República, General Rocha Viera, Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Leia mais

Por Carol Alvarenga, em 17 de junho de 2014, 15h Esquemaria.com.br

Por Carol Alvarenga, em 17 de junho de 2014, 15h Esquemaria.com.br Esquemaria.com.br / Dicas de estudos / 4 mitos sobre estudos: saiba mais como evitar estes erros Talvez você conheça estes mitos sobre estudos, mas você sabe a verdade por trás deles? Hoje eu trago um

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

"Os Emigrantes" Texto escritos por alunos do 7º ano (Professora Rute Melo e Sousa)

Os Emigrantes Texto escritos por alunos do 7º ano (Professora Rute Melo e Sousa) "Os Emigrantes" Texto escritos por alunos do 7º ano (Professora Rute Melo e Sousa) Estava um dia lindo na rua. O sol brilhava como nunca brilhou, e, no cais, havia muitas pessoas As pessoas estavam tristes

Leia mais

MIGUEL GONÇALVES MENDES. José e Pilar Conversas inéditas

MIGUEL GONÇALVES MENDES. José e Pilar Conversas inéditas MIGUEL GONÇALVES MENDES José e Pilar Conversas inéditas Copyright 2011 by Quetzal Editores e Miguel Gonçalves Mendes Grafia atualizada segundo o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, que entrou

Leia mais

Prova Escrita de Português Língua Não Materna

Prova Escrita de Português Língua Não Materna EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO E DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova 28 2.ª Chamada / 739 2.ª Fase / 2010 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro, e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março A PREENCHER PELO ESTUDANTE

Leia mais

Anderson: Bem, qual é o manete? Legge: Deve ser uma alavanca preta no centro do painel. Isso aí. Deixe a aeronave voar por si própria.

Anderson: Bem, qual é o manete? Legge: Deve ser uma alavanca preta no centro do painel. Isso aí. Deixe a aeronave voar por si própria. Bem, sejam todos muito bem-vindos aqui. E parabéns por estarem aqui neste final de semana. Porque eu acho, em minha experiência Alpha, que as duas coisas mais difíceis para as pessoas são, em primeiro

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia

É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia Entrevista a Carlos Amaral Dias É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia Andreia Sanches 04/05/2014 O politicamente correcto implica pensar que a praxe é uma coisa horrível.

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Escola Municipal de Ensino Fundamental David Canabarro Florianópolis, 3892 Mathias Velho/Canoas Fone: 34561876/emef.davidcanabarro@gmail.com DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: Stefani do Prado Guimarães Ano

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG

VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG Um cacique kaingang, meu amigo, me escreveu pedindo sugestões para desenvolver, no Dia do Índio, o seguinte tema em uma palestra: "Os Valores Culturais da Etnia Kaingáng".

Leia mais

O presidente falou ontem aos alunos da América

O presidente falou ontem aos alunos da América Publicado em 09 de Setembro de 2009 O presidente falou ontem aos alunos da América Sei que para muitos de vocês hoje é o primeiro dia de aulas, e para os que entraram para o jardim infantil, para a escola

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

ser difundida para a população: ainda há esperança. Somos capazes de alterar o destino das gerações futuras, dar-lhes um futuro melhor.

ser difundida para a população: ainda há esperança. Somos capazes de alterar o destino das gerações futuras, dar-lhes um futuro melhor. Um futuro melhor Várias vezes me questiono se algum dia serei capaz de me sentir completamente realizada, principalmente quando me encontro entregue somente aos meus pensamentos mais profundos. E posso

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

Histórias de. Comunidade de Aprendizagem. Histórias de Comunidade de Aprendizagem 1

Histórias de. Comunidade de Aprendizagem. Histórias de Comunidade de Aprendizagem 1 Histórias de Comunidade de Aprendizagem Histórias de Comunidade de Aprendizagem 1 Introdução O projeto Comunidade de Aprendizagem é baseado em um conjunto de atuações de êxito voltadas para a transformação

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Pronunciamento na primeira reunião

Leia mais

Ediberto Lima - O Deus e o Diabo da Televisão em Movimento Ediberto Lima

Ediberto Lima - O Deus e o Diabo da Televisão em Movimento Ediberto Lima Ediberto Lima - O Deus e o Diabo da Televisão em Movimento Ediberto Lima 2 O livro Ediberto Lima, o homem que é Deus e Diabo na televisão em movimento, conta-nos alguns dos seus segredos. Ediberto Lima

Leia mais

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI)

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) II 1 Indicadores Desqualificação Não poder fazer nada do que preciso, quero fazer as coisas e não posso ; eu senti-me velho com 80 anos. Aí é que eu já

Leia mais

Restaurante Top 5. 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais

Restaurante Top 5. 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais Restaurante Top 5 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais Mensagem do Restaurante Olá, Sabemos que é momento de comemorar. E se não fosse uma data ou momento especial,

Leia mais

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS Desânimo total Acho que minhas forças estão indo abaixo, ando meio desmotivado!!!! Não quero desanimar, mas os fatores externos estão superando minha motivação... cobrança

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Palácio do Planalto, 12 de março de 2003 Minha cara ministra Emília Fernandes, Minha cara companheira Benedita da

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

ACTIVIDADES ESCOLA Actividades que a SUA ESCOLA pode fazer

ACTIVIDADES ESCOLA Actividades que a SUA ESCOLA pode fazer ACTIVIDADES ESCOLA Actividades que a SUA ESCOLA pode fazer Crianças e jovens numa visita de estudo, Moçambique 2008 Produzir materiais informativos sobre cada um dos temas e distribuir em toda a escola

Leia mais

Como é que esta tecnologia me pode beneficiar?... 3. Etapas do Planeamento de uma Conferência Online... 4

Como é que esta tecnologia me pode beneficiar?... 3. Etapas do Planeamento de uma Conferência Online... 4 APRENDA A SER INOVADOR PARA FICAR À FRENTE DA CONCORRÊNCIA QUAIS OS PASSOS NECESSÁRIOS PARA PLANEAR E REALIZAR UMA CONFERÊNCIA ONLINE DE SUCESSO! COMO DAR AULAS NUMA SALA DE AULA VIRTUAL! CONTEÚDOS Como

Leia mais

Gratuidade com os outros

Gratuidade com os outros 2ª feira, dia 21 de setembro de 2015 Gratuidade com os outros Bom dia! Com certeza, todos nós já experimentamos como é bom brincar com amigos, como nos faz felizes trocar jogos e brinquedos, como sabe

Leia mais

Informações e instruções para os candidatos

Informações e instruções para os candidatos A preencher pelo candidato: Nome: N.º de inscrição: Documento de identificação: N.º: Local de realização da prova: A preencher pelo avaliador: Classificação final: Ass: Informações e instruções para os

Leia mais

Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira

Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira Fortunato Lamego, 10 de Junho de 2015 Senhor Presidente

Leia mais

Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI)

Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI) Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI) Objetivos O QUE? (GG): As crianças ouvirão a história de Marcinelo, um boneco de madeira que não se sentia

Leia mais

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra?

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra? Rádio Web Saúde dos estudantes de Saúde Coletiva da UnB em parceria com Rádio Web Saúde da UFRGS em entrevista com: Sarah Donetto pesquisadora Inglesa falando sobre o NHS - National Health Service, Sistema

Leia mais

ENTREVISTA A ESTHER LISKA

ENTREVISTA A ESTHER LISKA ENTREVISTA A ESTHER LISKA Mentora dos projetos Glow Branding You/ Glow Lunch De mulheres para Mulheres! IS Gostaria que nos falasse um pouco sobre o seu percurso, a sua carreira, como tudo começou EL -

Leia mais

O valor do silêncio na vida do cristão

O valor do silêncio na vida do cristão O valor do silêncio na vida do cristão Salve Maria! Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Em nosso blog, temos muitas palavras de profecia sobre o silêncio. E, por Providência Divina, encontramos um

Leia mais

"Busca pelo Envolvimento do Funcionário Parte Dois: O Poder do Reforço Positivo.

Busca pelo Envolvimento do Funcionário Parte Dois: O Poder do Reforço Positivo. "Busca pelo Envolvimento do Funcionário Parte Dois: O Poder do Reforço Positivo. Por Bill Sims, Jr. www.safetyincentives.com Na primeira parte desta história, expliquei sobre os três tipos de funcionários

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

Como conversar com possíveis iniciadas

Como conversar com possíveis iniciadas Como conversar com possíveis iniciadas Convidar outras mulheres a tornarem-se consultoras é uma atividade chave para quem quer tornar-se diretora. Aprenda como fazer a entrevista de iniciação, ou seja:

Leia mais

As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional

As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional Foi na madrugada de 03 de Agosto de 1972, que nasceu uma linda menina, no Hospital de Faro, e deram-lhe o nome de Fernanda Maria. Essa

Leia mais