OS (MEUS) DIAS DA INDEPENDÊNCIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OS (MEUS) DIAS DA INDEPENDÊNCIA"

Transcrição

1 Onofre dos Santos A OS (MEUS) DIAS DA INDEPENDÊNCIA

2 ÍNDICE Advertência 7 /. A Independência marcada pelos Acordos de Alvor para 11 de Novembro de 4975 foi, de facto, declarada unilateralmente e em simultâneo em três locais diferentes: Luanda, Huambo e Ambriz de Novembro 1975: um voo nocturno para o Ambriz de Novembro: um reconhecimento embaraçoso 17 //. Enquanto Luanda martelava e denunciava através de todos os meios de comunicação ao seu alcance, aos Angolanos e ao mundo, a «coligação imperialista FNLA-UNITA» estes dois movimentos muito dificilmente se entendiam de Novembro: formando o Governo de Novembro: reunião bipartidária de Novembro: o princípio da rotatividade de Novembro: um jornalista em apuros de Novembro: à espera de Godot de Novembro: um dirigente impertinente de Novembro: Savimbi à porta de Novembro: a importância de um Governo de Novembro: cavalgando as nuvens de Novembro: faz anos o Hendrick e o Chipenda tem um bom augúrio 29 r 187

3 23 de Novembro: uma sessão vibrante no Uíge de Novembro: uma primeira missão judicial de Novembro: na praia da sereia de Novembro: notícias de Portugal de Novembro: intelligence e segurança de Novembro: Santos e Castro, o velho guerreiro de Novembro: o discurso de Johnny Eduardo de Novembro: um voo frustrado de Kinshasa ao Huambo 45 ///. A «República Democrática de Angola» foi criada começando pelos pés... um no Norte, Uíje, Zaire, Ambriz, e outro no Sul, Huambo, Lubango, um pouco de Lobito e Benguela, Moçâmedes meio esquecida no deserto... mas era um corpo à procura de uma cabeça que continuava separada, embora quase à vista, em Luanda 49 1 de Dezembro: chegada triunfal a Nova Lisboa 49 2 de Dezembro: na Missão da Bela Vista 51 3 de Dezembro: Savimbi falta à posse do Governo 52 4 de Dezembro: sozinhos no Huambo 54 5 de Dezembro: o Governo FNLA-UNITA reúne-se pela primeira vez 55 6 de Dezembro: Graça Tavares fica preso no elevador 57 7 de Dezembro: Savimbi declara guerra a Chipenda 58 8 de Dezembro: um serão na província 59 9 de Dezembro: nas ruas do velho Huambo de Dezembro: dia de pagamento de Dezembro: Graça Tavares de braço ao peito de Dezembro: manhã de trabalho com N'Dele de Dezembro: o Governo no seu labirinto de Dezembro: um domingo tranquilo de Dezembro: nos caminhos da Justiça de Dezembro: inquisição no Lobito de Dezembro: uma reunião de juristas entre o passado e o futuro de Dezembro: em Benguela com os juristas de Dezembro: uma manhã perdida no Palácio de Benguela

4 20 de Dezembro: uma reunião difícil com Chingunge de Dezembro: na Caota como em Capri 73 Imagens 76 IV. Perdido o Norte pela FNLA, a «República Democrática de Angola» fica à mercê da UNITA... Apenas o batalhão dito Chipenda constituía um obstáculo a essa inevitável hegemonia da UNITA no Sul do país. A breve guerra que eclodiu no Planalto visou liquidar no ovo a emergência ou qualquer veleidade de um poder partilhado de Dezembro: um Conselho de Ministros que termina em guerra de Dezembro: Holden chega ao teatro de guerra e enfrenta um dilema de Dezembro: uma Consoada para a História de Dezembro: um presente de Natal de Dezembro: não tem casa quem quer de Dezembro: um caso de consciência de Dezembro: o mapa do sofrimento e da esperança de Dezembro: faz anos o Peyroteo de Dezembro: plano de paz ao pequeno-almoço de Dezembro: o vaivém das comissões de paz 94 1 de Janeiro de 1976: não pode haver paz sem amor 96 2 de Janeiro: a UNITA toma o Menongue 96 3 de Janeiro: um dia na casa do Von Marshall 97 4 de Janeiro: fogo na Chipipa 99 5 de Janeiro: mais crise político-militar de Janeiro: à procura de um banco emissor de Janeiro: o meu plano de paz para o Lubango de Janeiro: plano aprovado, mas de Janeiro: cheques em vez de dinheiro de Janeiro: discos perdidos de Janeiro: uma questão de meios de Janeiro: ao trabalho com o primeiro-ministro de Janeiro: bens deixados, bem tomados de Janeiro: José N'Dele ocupa-se das finanças do Huambo de Janeiro: Savimbi Presidente 1?- ' de Janeiro: a motorizada azul de Janeiro: Conselho de Ministros ao sábado

5 18 de Janeiro: os brancos da UNITA de Janeiro: onde os mistérios da política e da vida se encontram de Janeiro: falta de quorum de Janeiro: notícias alarmantes e mosquitos de Janeiro: história de uma bandeira de Janeiro: esperando o avião de Janeiro: a UNITA recebe armamento em Serpa Pinto _116 V. Guerreando entre si e dispersando as suas tropas na inútil ocupação e saque das cidades, a FNLA e a UNITA ficaram a mercê das forças sul-africanas que guardavam as suas costas ao avanço das FAPLA e dos cubanos que as ajudavam. Quando as forças sul-africanas desceram regressando a sua primeira linha de intervenção, a cerca de cem quilómetros da fronteira com a Namíbia, a consequência foi a debandada. Em todas as direcções. Muitos foram os que vieram do Lobito e Benguela e do Huambo até ao Lubango e daqui seguiram em caravanas atéà fronteira em Santa Clara (Namacunde) de Janeiro: retaguarda confusa de Janeiro: mais problemas financeiros de Janeiro: «Os nosso irmãos da UNITA querem-nos matar!» de Janeiro: metralhadoras na mesa de Janeiro: a UNITA abandona a FNLA de Janeiro: divórcio no Huambo de Janeiro: nos braços do slow de Fevereiro: dia de missa e de comício de Fevereiro: canoa furada de Fevereiro: o Governo estabelece comissões conjuntas itinerantes de Fevereiro: a FNLA entra com o petróleo de Fevereiro: novamente no Lobito com o Carlos Fontoura de Fevereiro: reunião na Associação Comercial de Fevereiro: as «forças do além» de Fevereiro: fuga para o Lubango de Fevereiro: um comboio cheio de medo cruzando a noite de Fevereiro: Astérix e Snoopy

6 VI. A última «estação» para milhares de angolanos e portugueses que fugiam de uma independência que enveredara por linhas travessas (e perversas) foi em Vila Pereira d'eça (Ondjiva), que de pronto se tornou num verdadeiro campo de refugiados sob a autoridade e protecção sul-africanas, aproveitando, para o efeito, os vários edifícios ali existentes de Fevereiro: assentando arraiais em Pereira d'eça de Fevereiro: na fronteira ao telefone de Fevereiro: vacinas para todos de Fevereiro: quatro mil vacinados de Fevereiro: um domingo indiferente de Fevereiro: o comandante Lambert discursa e tranquiliza de Fevereiro: barreia e boa disposição de Fevereiro: a caminho de Santa Clara de Fevereiro: entre a espada e a parede de Fevereiro: trabalhos domésticos de Fevereiro: prisioneiros voluntários dos sul-africanos 149 VII. Resgate e regresso ao ponto de partida de Fevereiro: a hora do resgate de Fevereiro: serviços secretos em acção de Fevereiro: a noite da má-língua de Fevereiro: com visto por quarenta e oito horas de Fevereiro: preparativos tranquilos de partida de Fevereiro: um dia em Pretória de Fevereiro: de volta ao bureau de Fevereiro: domingo de Carnaval de Março: histórias do divino mestre de.março: a última ceia de Março: estrela perdida 163 VINTE E CINCO ANOS DEPOIS 165 Os meus companheiros dos dias da independência 165 Da FNLA 168 Da UNITA

Exposição Mandela: de Prisioneiro a Presidente Angola 2014

Exposição Mandela: de Prisioneiro a Presidente Angola 2014 Exposição Mandela: de Prisioneiro a Presidente Angola 2014 1 Eu sou dono e senhor de meu destino; Eu sou o comandante de minha alma. Invictus - William E Henley «Nos ficávamos um bocado aborrecidos com

Leia mais

CATÁLOGO ARQUIVO HISTÓRICO MILITAR COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA [DO MFA] EM ANGOLA (CCPA), 1974 1976 FUNDO 43 ESTADO MAIOR DO EXÉRCITO

CATÁLOGO ARQUIVO HISTÓRICO MILITAR COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA [DO MFA] EM ANGOLA (CCPA), 1974 1976 FUNDO 43 ESTADO MAIOR DO EXÉRCITO ESTADO MAIOR DO EXÉRCITO ARQUIVO HISTÓRICO MILITAR COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA [DO MFA] EM ANGOLA (CCPA), 1974 1976 FUNDO 43 CATÁLOGO Lisboa 2001, Abril FICHA TÉCNICA: Estado Maior do Exército Arquivo

Leia mais

Participação de Portugal na 1.ª Guerra Mundial. Pressupostos. Portugal tinha obrigações no âmbito da Aliança Inglesa (Luso-Britânica)

Participação de Portugal na 1.ª Guerra Mundial. Pressupostos. Portugal tinha obrigações no âmbito da Aliança Inglesa (Luso-Britânica) Pressupostos Portugal tinha obrigações no âmbito da Aliança Inglesa (Luso-Britânica) Portugal tinha fronteiras comuns com a Alemanha no Sul de Angola e no Norte de Moçambique As Colónias portuguesas eram

Leia mais

Projecto Luanda km 9 Furo

Projecto Luanda km 9 Furo Projecto Luanda km 9 Furo Voluntários com Asas é uma iniciativa que nasceu dentro da TAP com o objectivo de reunir trabalhadores com vontade e disponibilidade para desenvolver acções de voluntariado. Os

Leia mais

Dr. João Thienne. África: Angola. Nomes: Gabriela Cruz Dias Nº 12. Giani Souza Nº 14. Milena Santos Nº 29 3º A. Profª Elisa

Dr. João Thienne. África: Angola. Nomes: Gabriela Cruz Dias Nº 12. Giani Souza Nº 14. Milena Santos Nº 29 3º A. Profª Elisa Dr. João Thienne África: Angola Nomes: Gabriela Cruz Dias Nº 12 Giani Souza Nº 14 Milena Santos Nº 29 3º A Profª Elisa Nova Odessa, 2014 Sumário Introdução...1 Origem...2 Principais Protagonistas...2 MPLA...4

Leia mais

Solidário com Angola, o Microcrédito Sol apoia cada vez mais angolanos.

Solidário com Angola, o Microcrédito Sol apoia cada vez mais angolanos. Solidário com Angola, o Microcrédito Sol apoia cada vez mais angolanos. Conheça agora 14 testemunhos reais de pessoas que já beneficiaram da ajuda do Microcrédito Sol. Pessoas que acreditaram em si e nas

Leia mais

PROGEST, fundada no ano de 1989 em Luanda, Angola como uma Empresa de Projectos Técnicos, Consultoria e Gestão, por:

PROGEST, fundada no ano de 1989 em Luanda, Angola como uma Empresa de Projectos Técnicos, Consultoria e Gestão, por: PROGEST, fundada no ano de 1989 em Luanda, Angola como uma Empresa de Projectos Técnicos, Consultoria e Gestão, por: Manuel Alfredo Resende de Oliveira (Engenheiro Civil Instituto Superior Técnico) Valério

Leia mais

Projeto Twendela kumwe 1

Projeto Twendela kumwe 1 Avaliação Intercalar Ano 1 Janeiro 2011 - Janeiro 2012 Projeto Twendela kumwe 1 - Capacitação Institucional da Cáritas de Angola - SUMÁRIO EXECUTIVO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INTERCALAR - ANO 1 [01 DE JANEIRO

Leia mais

Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão. Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão

Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão. Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Diário de noticias, por Hugo Filipe Coelho 17-10-11 Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Dinheiro público. PSD e CDS

Leia mais

República de Angola Ministério das Finanças Gabinete de Apoio Técnico Linha de Crédito/Eximbank da China

República de Angola Ministério das Finanças Gabinete de Apoio Técnico Linha de Crédito/Eximbank da China República de Angola Ministério das Finanças Gabinete de Apoio Técnico Linha de Crédito/Eximbank da China COBERTURA DE RISCO DE CRÉDITO À EXPORTAÇÃO DE ORIGEM PORTUGUESA COSEC RELATÓRIO DAS ACTIVIDADES

Leia mais

Os combatentes agradecem reconhecidos a presença de V. Exas.

Os combatentes agradecem reconhecidos a presença de V. Exas. DIA DO COMBATENTE NA BATALHA, EM 14 DE ABRIL DE 2007 GENERAL JOAQUIM CHITO RODRIGUES Exmo. senhor Ministro da Defesa Nacional. Digna-se V. Exa. presidir a esta cerimónia evocativa do Dia do Combatente

Leia mais

HAITI INTERCESSORES: AGENTES DE MUDANÇA. Tema

HAITI INTERCESSORES: AGENTES DE MUDANÇA. Tema 35 HAITI INTERCESSORES: AGENTES DE MUDANÇA Tema Eis o grito dos teus atalaias! Eles erguem a voz, juntamente exultam, porque com seus próprios olhos veem o retorno do Senhor a Sião. Rompei em júbilo, exultai

Leia mais

PROGRAMA DE INVESTIMENTOS PÚBLICOS DO SECTOR DE ÁGUA E SANEAMENTO DE ANGOLA EM 2009. Apresentado por: Pedro Silva (DNA/SEA) Maio de 2009

PROGRAMA DE INVESTIMENTOS PÚBLICOS DO SECTOR DE ÁGUA E SANEAMENTO DE ANGOLA EM 2009. Apresentado por: Pedro Silva (DNA/SEA) Maio de 2009 JORNADAS TÉCNICAS SUBSAHARIANAS DE ÁGUA E SANEAMENTO PROGRAMA DE INVESTIMENTOS PÚBLICOS DO SECTOR DE ÁGUA E SANEAMENTO DE ANGOLA EM 2009 Apresentado por: Pedro Silva (DNA/SEA) Maio de 2009 1-CONSTRUÇÃO

Leia mais

UNIDADE LETIVA 2 ANEXO 1

UNIDADE LETIVA 2 ANEXO 1 UNIDADE LETIVA 2 ANEXO 1 HISTÓRIAS COM GENTE DENTRO REFUGIADOS À procura da paz Testemunho de Ibraim (nome fictício) O meu nome é Ibraim, sou natural de um país africano, tenho 25 anos, e estou alojado

Leia mais

1. (PT) - Correio da Manhã, 04/12/2012, F-16 sem ordem para abater 1. 2. (PT) - Correio da Manhã, 04/12/2012, Redução só em 2014 3

1. (PT) - Correio da Manhã, 04/12/2012, F-16 sem ordem para abater 1. 2. (PT) - Correio da Manhã, 04/12/2012, Redução só em 2014 3 Revista de Imprensa 04-12-2012 1. (PT) - Correio da Manhã, 04/12/2012, F-16 sem ordem para abater 1 2. (PT) - Correio da Manhã, 04/12/2012, Redução só em 2014 3 3. (PT) - Diabo, 04/12/2012, Camarate: "Investiguem

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 MENSAGEM DE ANO NOVO Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 Portugueses No primeiro dia deste Novo Ano, quero dirigir a todos uma saudação amiga e votos de boa saúde e prosperidade. Penso especialmente

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE

MINISTÉRIO DO AMBIENTE REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DO AMBIENTE O Ministério do Ambiente tem o prazer de convidar V. Exa. para o Seminário sobre Novos Hábitos Sustentáveis, inserido na Semana Nacional do Ambiente que terá

Leia mais

O R A D O R E S B R E V Í S S I M O C U R R Í C U L O

O R A D O R E S B R E V Í S S I M O C U R R Í C U L O O R A D O R E S B R E V Í S S I M O C U R R Í C U L O P R I M E I R O P A I N E L Jorge Querido Nasceu na vila de Assomada em Santiago de Cabo Verde. Foi ativista e dirigente na CEI e coordenador da Secção

Leia mais

www.h3p.pt Um parceiro para o Desenvolvimento de Angola

www.h3p.pt Um parceiro para o Desenvolvimento de Angola www.h3p.pt Um parceiro para o Desenvolvimento de Angola A H3P, UM PARCEIRO PARA O DESENVOLVIMENTO EM ANGOLA APRESENTAÇÃO A h3p, Engenharia e Gestão, S.A., é uma empresa de direito angolana, constituída

Leia mais

MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE QUADROS

MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE QUADROS MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE QUADROS O PNFQ E O MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR Ministério do Ensino Superior é responsável pela formação de quadros superiores altamente especializados

Leia mais

Excelência, Senhor Secretário de Estado dos Transportes Terrestres,

Excelência, Senhor Secretário de Estado dos Transportes Terrestres, DISCURSO DA SESSÃO DE ABERTURA DO SEMINÁRIO SOBRE O SISTEMA FERROVIÁRIO NACIONAL: SITUAÇÃO PRESENTE E PERSPECTIVAS DE EVOLUÇÃO, PROFERIDO POR SUA EXCELÊNCIA O SR. DR. AUGUSTO DA SILVA TOMÁS, MINISTRO DOS

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL. ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014

MISSÃO EMPRESARIAL. ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014 MISSÃO EMPRESARIAL ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014 ANGOLA Com capital na cidade de Luanda, Angola é um país da costa ocidental de África, cujo território principal é limitado a norte

Leia mais

O MUNDO ESTÁ PERIGOSO. Por mais optimista que se seja, importa reconhecer que. o Mundo está muito perigoso. Como nunca esteve.

O MUNDO ESTÁ PERIGOSO. Por mais optimista que se seja, importa reconhecer que. o Mundo está muito perigoso. Como nunca esteve. O MUNDO ESTÁ PERIGOSO Por mais optimista que se seja, importa reconhecer que o Mundo está muito perigoso. Como nunca esteve. Nunca houve tantas guerras ao mesmo tempo e tantas crises. Bem como tantas catástrofes

Leia mais

Angola. Mercado em Ficha. Mercado emissor de 146,4 milhares de turistas em 2012

Angola. Mercado em Ficha. Mercado emissor de 146,4 milhares de turistas em 2012 Mercado emissor de 146,4 milhares de turistas em 2012 Os principais países de destino dos angolanos, em 2012, foram África do Sul (+21,7%), Brasil (+1,6%), Nigéria (+80,1%), E.U.A. (+29,9%) e Congo (-43,3%)

Leia mais

Angola: Breve incursão histórico-política dos principais partidos políticos (FNLA; MPLA; UNITA) Abel Franciso Cassule 1 e David Boio (orientação)

Angola: Breve incursão histórico-política dos principais partidos políticos (FNLA; MPLA; UNITA) Abel Franciso Cassule 1 e David Boio (orientação) Ciências Políticas Angola: Breve incursão histórico-política dos principais partidos políticos (FNLA; MPLA; UNITA) Abel Franciso Cassule 1 e David Boio (orientação) Resumo: O presente artigo tem como tema

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA ASSEMBLEIA NACIONAL PROGRAMA DE DIVULGAÇÃO DA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DE ANGOLA NOS MUNICÍPIOS DA PROVÍNCIA DE LUANDA

REPÚBLICA DE ANGOLA ASSEMBLEIA NACIONAL PROGRAMA DE DIVULGAÇÃO DA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DE ANGOLA NOS MUNICÍPIOS DA PROVÍNCIA DE LUANDA REPÚBLICA DE ANGOLA PROGRAMA DE DIVULGAÇÃO DA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DE ANGOLA NOS MUNICÍPIOS DA PROVÍNCIA DE LUANDA N.º DATA DELEGAÇÃO MUNICIPIO ACTIVIDADE 1 FRANCISCO DE CASTRO MARIA- RUTH ADRIANO

Leia mais

AGOSTO. A. II Iniciativa dos Voluntários com Asas: Recuperação da horta urbana do Albergue Nocturno de. Lisboa.

AGOSTO. A. II Iniciativa dos Voluntários com Asas: Recuperação da horta urbana do Albergue Nocturno de. Lisboa. AGOSTO/SETEMBRO Nº.2 AGOSTO A. II Iniciativa dos Voluntários com Asas: Recuperação da horta urbana do Albergue Nocturno de Lisboa. Quem, se eu gritar, me ouvirá na hierarquia dos anjos Rainier Maria Rilque

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL A ANGOLA (Huíla e Benguela)

MISSÃO EMPRESARIAL A ANGOLA (Huíla e Benguela) MISSÃO EMPRESARIAL A ANGOLA (Huíla e Benguela) 09 A 16 DE AGOSTO RELATÓRIO FINAL 1 MISSÃO EMPRESARIAL A ANGOLA 09 A 16 DE AGOSTO DE 2009 1. Introdução Resultante da elevada adesão de empresas à primeira

Leia mais

OBRAS COMPLETAS DE FERNANDO PESSOA. de ÁLVARO DE CAMPOS. 2. a EDIÇÃO EDITORIAL NOVA ATIÇA LISBOA

OBRAS COMPLETAS DE FERNANDO PESSOA. de ÁLVARO DE CAMPOS. 2. a EDIÇÃO EDITORIAL NOVA ATIÇA LISBOA A/462415 OBRAS COMPLETAS DE FERNANDO PESSOA II de ÁLVARO DE CAMPOS 2. a EDIÇÃO EDITORIAL NOVA ATIÇA LISBOA ÍNDICE Excerto de uma carta de Fernando Pessoa Mg-. 13 Data das poesias I PARTE 1-3-1917 No lugar

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME

1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME Noticias APAVT - Fevereiro 2007 Revista de Imprensa 09-10-2007 1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME 2 - Diário Económico, 22-02-2007, Segmento de negócios representa metade

Leia mais

CPLP VII REUNIÃO DE MINISTROS DA EDUCAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Luanda, 30 de Março de 2012 DECLARAÇÃO FINAL

CPLP VII REUNIÃO DE MINISTROS DA EDUCAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Luanda, 30 de Março de 2012 DECLARAÇÃO FINAL CPLP VII REUNIÃO DE MINISTROS DA EDUCAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Luanda, 30 de Março de 2012 DECLARAÇÃO FINAL Os Ministros da Educação, ou os seus representantes, de Angola, Brasil,

Leia mais

Madre Assunta Marchetti e a missão scalabriniana

Madre Assunta Marchetti e a missão scalabriniana Madre Assunta Marchetti e a missão scalabriniana MADRE ASSUNTA Exalou o perfume de Deus. Foi uma presença de amor. Doou sua vida aos órfãos e irmãos em necessidade. Um exemplo a seguir. Uma vida de santidade.

Leia mais

Campanha de Advento Setor da Catequese do Patriarcado de Lisboa

Campanha de Advento Setor da Catequese do Patriarcado de Lisboa 12 Campanha de Advento Setor da Catequese do Patriarcado de Lisboa 2 Jogo da corrida das ovelhas 11 1. Monta-se o presépio (8 de dezembro). 2. Faz-se um caminho para a manjedoura. 3. Cada elemento da família

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE RAUL PROENÇA COMPETÊNCIAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE RAUL PROENÇA COMPETÊNCIAS DE LÍNGUA PORTUGUESA 1. Caça ao intruso. Os textos têm palavras a mais. Encontra-as. Volta a escrever o texto corrigido. Foram umas duas férias maravilhosas horríveis! Conta a Sara girafa ao companheiro, corada de tristeza

Leia mais

N O T A V E R B A L. A Embaixada da Áustria apresenta ao Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal

N O T A V E R B A L. A Embaixada da Áustria apresenta ao Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal BGBl. III - Ausgegeben am 16. Dezember 2014 - Nr. 235 1 von 5 Ref. Lissabon-ÖB/KONS/0370/2014 N O T A V E R B A L A Embaixada da Áustria apresenta ao Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal os

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 05 DE AGOSTO PALÁCIO DO PLANALTO

Leia mais

Fundador da Comunidade Judaica do Porto

Fundador da Comunidade Judaica do Porto Fundador da Comunidade Judaica do Porto Arthur Carlos de Barros Bastos nasceu a 18 de Dezembro de 1887 em Amarante e faleceu no Porto a 8 de Março de 1961. Foi um militar de carreira, mas também um escritor

Leia mais

CONDIÇÕES FAVORÁVEIS À PROMOÇÃO DO INVESTIMENTO PRIVADO NA AGRICULTURA. Lisboa, 20-21 de Janeiro de 20111

CONDIÇÕES FAVORÁVEIS À PROMOÇÃO DO INVESTIMENTO PRIVADO NA AGRICULTURA. Lisboa, 20-21 de Janeiro de 20111 CONDIÇÕES FAVORÁVEIS À PROMOÇÃO DO INVESTIMENTO PRIVADO NA AGRICULTURA Lisboa, 20-21 de Janeiro de 20111 Por: António Prata, Director do Departamento de Informação e Relações Internacionais Objectivos

Leia mais

Esse impalpável mas não menos denso sentimento de lonjura e proximidade: a crítica de uma razão colonial.

Esse impalpável mas não menos denso sentimento de lonjura e proximidade: a crítica de uma razão colonial. 12 de Março de Esse impalpável mas não menos denso sentimento de lonjura e proximidade: a crítica de uma razão colonial. Portugal, na sua singular imaginação de si mesmo, como um povo de sonhos maiores

Leia mais

J ONAS SAVIMBI NO LADO ERRADO DA HISTÓRIA

J ONAS SAVIMBI NO LADO ERRADO DA HISTÓRIA EMÍDIO FERNANDO JONAS SAVIMBI NO LADO ERRADO DA HISTÓRIA 5 8 ÍNDICE O peixe dentro de água... Angola no centro do annus horribilis português... A luta no berço dos protestantes... Dividido entre o MPLA

Leia mais

e.mail: anip.caf@multitel.co.ao República de Angola

e.mail: anip.caf@multitel.co.ao República de Angola República de Angola 1 FORUM DE NEGOCIOS ANGOLA - ARGENTINA Córdoba, 20 de Mayo de 2010 santprata@hotmail.com 2 Slide 2/2 Quadro Legal sobre o Investimento Garantias ao Investidor Incentivos ao Investimento

Leia mais

Diário da República, 1.ª série N.º 251 31 de Dezembro de 2007 9141. Portaria n.º 1633/2007

Diário da República, 1.ª série N.º 251 31 de Dezembro de 2007 9141. Portaria n.º 1633/2007 Diário da República, 1.ª série N.º 251 31 de Dezembro de 2007 9141 Portaria n.º 1633/2007 de 31 de Dezembro A Lei n.º 66 -B/2007, de 28 de Dezembro, que estabelece o sistema integrado de gestão e avaliação

Leia mais

MISSÃO NAZARENA EM ANGOLA.

MISSÃO NAZARENA EM ANGOLA. Amados irmãos, Graça e Paz! Em Setembro, com a graça de Deus, realizamos o Projeto Missionário Transcultural de Curto Prazo MISSÃO NAZARENA EM ANGOLA. Sem nenhuma sombra de dúvida foi para nós uma alegria

Leia mais

RALLY BR 116 A NOVA ESTAÇÃO DE RESTAURAÇÃO E LIBERAÇÃO DOS CAMINHOS DE RETIDÃO DO BRASIL. CHAMANDO OS FILHOS DO REINO PARA A CASA DO PAI.

RALLY BR 116 A NOVA ESTAÇÃO DE RESTAURAÇÃO E LIBERAÇÃO DOS CAMINHOS DE RETIDÃO DO BRASIL. CHAMANDO OS FILHOS DO REINO PARA A CASA DO PAI. RALLY BR 116 A NOVA ESTAÇÃO DE RESTAURAÇÃO E LIBERAÇÃO DOS CAMINHOS DE RETIDÃO DO BRASIL. CHAMANDO OS FILHOS DO REINO PARA A CASA DO PAI. ARREPENDIMENTO E CONFISSÃO DOS PECADOS Mt 26:28 - "Porque isto

Leia mais

MERSADEV. www.mersadev.co.ao MERSAGROUP

MERSADEV. www.mersadev.co.ao MERSAGROUP MERSADEV www.mersadev.co.ao MERSAGROUP O QUE NOS DIFERENCIA MÉTODO FLEXÍVEL RESULTADOS FORMAÇÃO 80% PRÁTICA GESTÃO DE PROJECTO QUALITY CONTROL DISPONIBILIDADE QUALQUER HORÁRIO NA SUA EMPRESA 90% DE SATISFAÇÃO

Leia mais

O verdadeiro espírito de Natal!

O verdadeiro espírito de Natal! ROTARY DE ITAÚNA DISTRITO 4560 Ano Rotário 2014/2015 BOLETIM DE NATAL Boletim Especial de Natal Presidente: Henrique Rocha Penido - Secretária: Governadora Patrícia Gonçalves Nogueira MENSAGEM DO PRESIDENTE

Leia mais

Marcel Gromaire, A Guerra. A partida de soldados portugueses para a guerra.

Marcel Gromaire, A Guerra. A partida de soldados portugueses para a guerra. Marcel Gromaire, A Guerra. A partida de soldados portugueses para a guerra. No início de agosto de 1914, as potências europeias desencadearam um conflito militar que ficou conhecido, entre os contemporâneos,

Leia mais

PATAMARES DO MUNDO Viagens e turismo www.patamaresdomundo.com Centro Comercial Atrium Solum Avenida Elísio de Moura, nº 85, loja 7 Código Postal:

PATAMARES DO MUNDO Viagens e turismo www.patamaresdomundo.com Centro Comercial Atrium Solum Avenida Elísio de Moura, nº 85, loja 7 Código Postal: TAILÂNDIA - 17 a 29 MARÇO 2014 ITINERÁRIO 17 de Março: Coimbra / Lisboa / Dubai Em hora a combinar partida em autocarro de turismo com destino a Lisboa. Chegada e formalidades de embarque em voo da Emirates

Leia mais

Inglaterra-1ºpais industrializado X Alemanha (aceleradamente desenvolvida após a unificação);

Inglaterra-1ºpais industrializado X Alemanha (aceleradamente desenvolvida após a unificação); 1. Fatores que contribuíram para a eclosão do conflito: 1.1 - Concorrência econômica ( choque de imperialismos): Inglaterra-1ºpais industrializado X Alemanha (aceleradamente desenvolvida após a unificação);

Leia mais

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com TRECHO: A VOLTA POR CIMA Após me formar aos vinte e seis anos de idade em engenharia civil, e já com uma

Leia mais

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ. EUA acusam Rússia de escalar crise na Síria SEMANA 29 SETEMBRO A 05 DE OUTUBRO

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ. EUA acusam Rússia de escalar crise na Síria SEMANA 29 SETEMBRO A 05 DE OUTUBRO EUA acusam Rússia de escalar crise na Síria Raúl Castro pede que Obama contorne Congresso Guerra síria abre crise entre EUA e Rússia ATUALIDADES PROFESSOR MARCOS JOSÉ Dilma anuncia meta cômoda para clima

Leia mais

CAROS MEMBROS ELEITOS DA FEDERAÇÃO ANGOLANA DE PATINAGEM, EXMOS. ASSOCIADOS, CONVIDADOS, MINHAS SENHORAS, MEUS SENHORES;

CAROS MEMBROS ELEITOS DA FEDERAÇÃO ANGOLANA DE PATINAGEM, EXMOS. ASSOCIADOS, CONVIDADOS, MINHAS SENHORAS, MEUS SENHORES; EXMO. PRESIDENTE DA MESA DA ASSEMBLEIA GERAL DA F.A.P, CAROS MEMBROS ELEITOS DA FEDERAÇÃO ANGOLANA DE PATINAGEM, EXMOS. ASSOCIADOS, CONVIDADOS, MINHAS SENHORAS, MEUS SENHORES; PERMITAM-ME EM NOME DA F.A.P

Leia mais

Seguro de Saude. Novembro 2011. nº 01

Seguro de Saude. Novembro 2011. nº 01 Novembro 2011. nº 01 Seguro de Saude Desde 1 de Setembro de 2011 que os trabalhadores do Banco Nacional de Angola passaram a usufruir do Seguro de Saúde da ENSA. A propósito aconteceu uma sessão de esclarecimento

Leia mais

TEXTO DO ACORDO ENTRE O GOVERNO PORTUGUÊS E OS MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO

TEXTO DO ACORDO ENTRE O GOVERNO PORTUGUÊS E OS MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO TEXTO DO ACORDO ENTRE O GOVERNO PORTUGUÊS E OS MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO O Estado Português e a Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), Movimento, Popular de Libertação de Angola (MPLA) e a União

Leia mais

Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos

Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos por Por Dentro da África - quarta-feira, julho 29, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/brasileira-percorre-7-mil-quilometros-para-contar-historias-derefugiados-africanos

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA INTERVENÇÃO DE SUA EXCIA, MINISTRA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, PROFª. DOUTORA, MARIA CÂNDIDA PEREIRA, DURANTE A SESSÃO DE ABERTURA DO WORKSHOP SOBRE

Leia mais

2011 / Portugal 2012 / Brasil. 2013 / Angola. 2014 / Cabo Verde

2011 / Portugal 2012 / Brasil. 2013 / Angola. 2014 / Cabo Verde 2011 / Portugal 2012 / Brasil 2013 / Angola 2014 / Cabo Verde Índice: - Porquê GetOut? - O Congresso do Empreendedor Lusófono - Angola - Missão ao Congresso Porquê GetOut? Portugal: Crescimento económico

Leia mais

A TRANSFERÊNCIA DA FAMÍLIA REAL PARA O BRASIL. Está ligada às Guerras Napoleônicas e ao decreto do BLOQUEIO CONTINENTAL PORTUGAL

A TRANSFERÊNCIA DA FAMÍLIA REAL PARA O BRASIL. Está ligada às Guerras Napoleônicas e ao decreto do BLOQUEIO CONTINENTAL PORTUGAL A TRANSFERÊNCIA DA FAMÍLIA REAL PARA O BRASIL Está ligada às Guerras Napoleônicas e ao decreto do BLOQUEIO CONTINENTAL De um lado, a pressão napoleônica para Portugal aderir ao bloqueio PORTUGAL De outro

Leia mais

CRUZADOR ADAMASTOR. José Luís Leiria Pinto Contra-almirante

CRUZADOR ADAMASTOR. José Luís Leiria Pinto Contra-almirante CRUZADOR ADAMASTOR José Luís Leiria Pinto Contra-almirante Modelo do cruzador Adamastor Em Janeiro de 1890, mês em que ocorreu o Ultimato Inglês, foi constituída a Grande Comissão de Subscrição Nacional

Leia mais

Resumo de Imprensa. Sábado e domingo, 18 e 19 de Outubro de 2008

Resumo de Imprensa. Sábado e domingo, 18 e 19 de Outubro de 2008 Resumo de Imprensa Sábado e domingo, 18 e 19 de Outubro de 2008 PÚBLICO (domingo, 19) 1. Bastaram 20 minutos de chuva intensa para criar o caos em Lisboa (pág. 1 e 25) 2. Contestação ao Governo. Manifestação

Leia mais

MINISTÉRIO DO COMÉRCIO (PALÁCIO DE VIDRO LUANDA AV. 4 DE FEVEREIRO, 7 ) 0 BEM VINDOS A CONFERÊNCIA E EXPOSIÇÃO IPAD ANGOLA 1 PALESTRA SOBRE PROGRAMA DE CONEXÃO DAS ZONAS REMOTAS COM AS GRANDES CIDADES-

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 21 DE ABRIL PALÁCIO DO PLANALTO BRASÍLIA-DF

Leia mais

Mensagem de Natal do Primeiro-Ministro António Costa. 25 de dezembro de 2015

Mensagem de Natal do Primeiro-Ministro António Costa. 25 de dezembro de 2015 Mensagem de Natal do Primeiro-Ministro António Costa 25 de dezembro de 2015 Boa noite. Estamos a chegar ao fim de um ano muito exigente para todos os portugueses. Um ano que ainda impôs às famílias enormes

Leia mais

III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE. Díli, Timor-leste. 20 a 23 de Setembro de 2011

III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE. Díli, Timor-leste. 20 a 23 de Setembro de 2011 III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE Díli, Timor-leste 20 a 23 de Setembro de 2011 1 Enquadramento Teve lugar, em Díli (República Democrática de Timor - Leste),

Leia mais

Saudades. Quantas vezes, Amor, já te esqueci, Para mais doidamente me lembrar, Mais doidamente me lembrar de ti!

Saudades. Quantas vezes, Amor, já te esqueci, Para mais doidamente me lembrar, Mais doidamente me lembrar de ti! Durante as aulas de Português da turma 10.º 3, foi lançado o desafio aos alunos de escolherem poemas e tentarem conceber todo um enquadramento para os mesmos, o que passava por fazer ligeiras alterações

Leia mais

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa MODELO 1 Compreensão da Leitura e Expressão Escrita Parte 1 Questões 1 20 O Luís enviou cinco mensagens através do telemóvel. Leia as frases 1 a 5. A cada frase corresponde uma mensagem enviada pelo Luís.

Leia mais

FUNDACIÓN MAPFRE VOLUME 3_ 1890/1930 A crise do liberalismo

FUNDACIÓN MAPFRE VOLUME 3_ 1890/1930 A crise do liberalismo Cronologia 1890 11 de janeiro Ultimatum inglês, que exige a retirada das forças militares portuguesas dos territórios entre Angola e Moçambique, sob pena de corte de relações diplomáticas. 1891 31 de janeiro

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL LEI Nº 11.300, DE 10 DE MAIO DE 2006 Dispõe sobre propaganda, financiamento e prestação de contas das despesas com campanhas eleitorais, alterando a Lei n o 9.504, de 30

Leia mais

FEDERAÇÃO ANGOLANA DE FUTEBOL - F.A.F. SECRETARIA GERAL

FEDERAÇÃO ANGOLANA DE FUTEBOL - F.A.F. SECRETARIA GERAL 1 COMUNICADO OFICIAL Nº 030/SG/09 DE 14 DE JULHO DE 2009 ÓRGÃO OFICIAL DE COMUNICAÇÃO, INFORMAÇÃO E DIVULGAÇÃO DOS ASSUNTOS CONSIDERADOS DE INTERESSE PARA A ORGANIZAÇÃO DA MODALIDADE, DOCUMENTO DE CONSULTA

Leia mais

Folha Informativa nº 135

Folha Informativa nº 135 Folha Informativa nº 135 VISITA DA AACDN AO MUSEU DO AR EM SINTRA No seguimento do XII Congresso da AACDN, teve lugar, no dia 27 de Outubro, uma visita às instalações do Museu do Ar, situado na Base Aérea

Leia mais

EÍCULO: PONTO DE VISTA ONLINE DATA: 06.12.15 Marcelo Queiroz foi o entrevistado hoje no Ponto de Vista

EÍCULO: PONTO DE VISTA ONLINE DATA: 06.12.15 Marcelo Queiroz foi o entrevistado hoje no Ponto de Vista EÍCULO: PONTO DE VISTA ONLINE DATA: 06.12.15 Marcelo Queiroz foi o entrevistado hoje no Ponto de Vista O presidente da Fecomércio, empresário Marcelo Queiroz, foi o entrevistado na manhã de hoje no Programa

Leia mais

BARCO À VISTA! por Paulo Pinheiro*

BARCO À VISTA! por Paulo Pinheiro* BARCO À VISTA! por Paulo Pinheiro* Sentiu uma descarga de adrenalina grande quando notou o barco encalhado. Olhou ao redor, céu azul, praia, mar e mata, tudo calmo e deserto, e um barco na outra ponta

Leia mais

Tomasz Łychowski. bibliotekaiberyjska.pl. Professor renomado, poeta, pintor, escritor, tradutor e crítico de cinema

Tomasz Łychowski. bibliotekaiberyjska.pl. Professor renomado, poeta, pintor, escritor, tradutor e crítico de cinema Tomasz Łychowski bibliotekaiberyjska.pl Professor renomado, poeta, pintor, escritor, tradutor e crítico de cinema Filho de Tadeusz e Gertruda Łychowski, nasceu em setembro de 1934 em Nova Lisboa, Angola.

Leia mais

ANGOLA, A GUERRA INJUSTA

ANGOLA, A GUERRA INJUSTA Ediciones Universal ediciones@ediciones.com ANGOLA, A GUERRA INJUSTA General Del Pino (foto TV 2006) Neste excelente livro o general Del Pino relata minuciosamente o que se passou em Cuba e na guerra em

Leia mais

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra. Senhor Representante de Sua Excelência o Presidente da República, General Rocha Viera, Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Formador Profissional / Coordenador Pedagógico / Consultor de Formação Nome POEIRAS, VITOR JOAQUIM GALRITO Naturalidade Sumbe, Quanza Sul, Angola

Leia mais

Revolução Inglesa Movimento revolucionário inglês que derrubou as práticas do Antigo Regime

Revolução Inglesa Movimento revolucionário inglês que derrubou as práticas do Antigo Regime Revolução Inglesa Movimento revolucionário inglês que derrubou as práticas do Antigo Regime Prof: Otto BARRETO Os ingleses foram os primeiros a aprender a dominar o Leviatã, e a fazer dele seu servo em

Leia mais

Retiros de Carnaval: oportunidade de encontro com Deus e com os irmãos Qua, 26 de Fevereiro de 2014 10:00

Retiros de Carnaval: oportunidade de encontro com Deus e com os irmãos Qua, 26 de Fevereiro de 2014 10:00 Tradicionalmente, a Renovação Carismática Católica realiza eventos durante os dias de Carnaval em todo o país. De forma simultânea, em cada região do Brasil, acontecerão retiros e encontros que reúnem

Leia mais

TRABALHO DO UNFPA EM ANGOLA 2009-2014

TRABALHO DO UNFPA EM ANGOLA 2009-2014 1 15 JANUARY 2015 UNFPA BECAUSE EVERYONE COUNTS UNFPA Angola Country office Newsletter Nº14 TRABALHO DO UNFPA EM ANGOLA 2009-2014 O UNFPA EM ANGOLA A cooperação do UNFPA com o governo de Angola iniciou

Leia mais

COMUNICADO DE IMPRENSA

COMUNICADO DE IMPRENSA COMUNICADO DE IMPRENSA O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, presidiu hoje, no Palácio Presidencial da Cidade Alta, à reunião do Sector Produtivo, que tinha na sua agenda o relatório das

Leia mais

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES Sistema de Monitorização dos Indicadores de Gestão das Empresas Públicas do Sector dos Transportes Contexto do Desenvolvimento do Projecto 1 Contexto do Desenvolvimento do Projecto

Leia mais

Analysis of the External Environment

Analysis of the External Environment Analysis of the External Environment Forces What trends are there? What Opportunities/Risks are the result? How great is the probability and influence? How do we proceed? Political Desde a morte do Savimbi

Leia mais

1. Marcelo Rebelo de Sousa vai ser um bom Presidente da República?, RTP 1 - Prós e Contras, 25-01-2016 1

1. Marcelo Rebelo de Sousa vai ser um bom Presidente da República?, RTP 1 - Prós e Contras, 25-01-2016 1 Tv's_25_Janeiro_2016 Revista de Imprensa 1. Marcelo Rebelo de Sousa vai ser um bom Presidente da República?, RTP 1 - Prós e Contras, 25-01-2016 1 2. Conversa com Marisa Matias, RTP 2 - Página 2, 25-01-2016

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015/2 DIREITO HISTÓRIA

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015/2 DIREITO HISTÓRIA HISTÓRIA Questão 01 (Imagem disponível em: . Acesso em: 02 maio 2015) Leia atentamente o fragmento de texto a seguir:

Leia mais

Ref.: Ataque à comunidade Guarani e Kaiowá Ñande Ru Marangatú e assassinato do jovem Semião Vilhalva.

Ref.: Ataque à comunidade Guarani e Kaiowá Ñande Ru Marangatú e assassinato do jovem Semião Vilhalva. Goiânia e Heidelberg, 02 de setembro de 2015 Senhora Dilma Rousseff Presidenta da República Federativa do Brasil Palácio do Planalto, Praça dos Três Poderes, Brasília DF Ref.: Ataque à comunidade Guarani

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 ATO DAS DISPOSIÇÕES CONSTITUCIONAIS TRANSITÓRIAS Art. 90. O prazo previsto no caput do art. 84 deste Ato das Disposições Constitucionais Transitórias

Leia mais

Roteiro Do Associativismo Juvenil

Roteiro Do Associativismo Juvenil Roteiro Do Associativismo Juvenil Leiria - Dia 19 de fevereiro 2015 PROGRAMA 09h30m - Pequeno-almoço com jornalistas, nos Serviços Desconcentrados do IPDJ, I.P. em Leiria 10h15m - Visita à Associação Fazer

Leia mais

Carta do Chefe índio Seattle ao Grande Chefe de Washington, Franklin Pierce, em 1854, em resposta à proposta do Governo norte-americano de comprar grande parte das terras da sua tribo Duwamish, oferecendo

Leia mais

MERCADO ECONÓMICO EM ANGOLA PERSPECTIVA DE EVOLUÇÃO

MERCADO ECONÓMICO EM ANGOLA PERSPECTIVA DE EVOLUÇÃO MERCADO ECONÓMICO EM ANGOLA PERSPECTIVA DE EVOLUÇÃO Mercado Economico em Angola - 2015 Caracterização Geográfica de Angola Caracterização da economia Angolana Medidas para mitigar o efeito da redução do

Leia mais

Discurso de encerramento do I Ciclo de Conferências sobre a Paz e a Estabilidade na África Austral

Discurso de encerramento do I Ciclo de Conferências sobre a Paz e a Estabilidade na África Austral Discurso de encerramento do I Ciclo de Conferências sobre a Paz e a Estabilidade na África Austral DISCURSO DE ENCERRAMENTO DO I CICLO DE CONFERÊNCIAS SOBRE A PAZ E A ESTABILIDADE NA ÁFRICA AUSTRAL CONTRIBUTO

Leia mais

Entrevista à Coordenadora Nacional do PAR Programa de Apoio à Reconstrução Por Pedro Cardoso (Jornalista), 2004

Entrevista à Coordenadora Nacional do PAR Programa de Apoio à Reconstrução Por Pedro Cardoso (Jornalista), 2004 Entrevista à Coordenadora Nacional do PAR Programa de Apoio à Reconstrução Por Pedro Cardoso (Jornalista), 2004 Podíamos estar muito mais longe do que estamos, revela a Coordenadora Nacional do PAR em

Leia mais

LEI DE INCENTIVOS E BENEFÍCIOS FISCAIS AO INVESTIMENTO PRIVADO Lei nº 17 / 03 de 25 de Julho

LEI DE INCENTIVOS E BENEFÍCIOS FISCAIS AO INVESTIMENTO PRIVADO Lei nº 17 / 03 de 25 de Julho LEI DE INCENTIVOS E BENEFÍCIOS FISCAIS AO INVESTIMENTO PRIVADO Lei nº 17 / 03 de 25 de Julho a) Critérios de Aplicação sector de actividade zonas de desenvolvimento zonas económicas especiais b) Objectivos

Leia mais

MUNICIPIO DE ALMADA. Assembleia Municipal MOÇÃO/DELIBERAÇÃO. (Cooperativas em Almada: A Alternativa para o Consumo e Economia Locais)

MUNICIPIO DE ALMADA. Assembleia Municipal MOÇÃO/DELIBERAÇÃO. (Cooperativas em Almada: A Alternativa para o Consumo e Economia Locais) MOÇÃO/DELIBERAÇÃO (Cooperativas em Almada: A Alternativa para o Consumo e Economia Locais) Uma cooperativa é uma associação autónoma de pessoas que se unem, voluntariamente, para satisfazer aspirações

Leia mais

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 COORDENADAS DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 País de beleza natural, em plena reconstrução, com gente afável e alegre PROGRAMA PRELIMINAR

Leia mais

4.ª Conferência FORGES. Da Avaliação e Reforma Curricular às Redes das Faculdades de Medicina: O Caminho da Qualidade (Angola, 2002-2014)

4.ª Conferência FORGES. Da Avaliação e Reforma Curricular às Redes das Faculdades de Medicina: O Caminho da Qualidade (Angola, 2002-2014) 4.ª Conferência FORGES A expansão do Ensino Superior nos Países de Língua Portuguesa: desafios, estratégias, qualidade e avaliação Da Avaliação e Reforma Curricular às Redes das Faculdades de Medicina:

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 15 DE FEVEREIRO DE 2013

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 15 DE FEVEREIRO DE 2013 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 15 DE FEVEREIRO DE 2013 Dispõe sobre as regras e procedimentos a serem adotados pelos Órgãos Setoriais

Leia mais

SALMODIA COMPLEMENTAR

SALMODIA COMPLEMENTAR SALMODIA COMPLEMENTAR PARA TÉRCIA, SEXTA E NOA Depois da Invocação inicial Deus, vinde em nosso auxílio, diz-se o Hino da Hora Intermédia e a Salmodia correspondente ao momento do dia em que se faz a celebração.

Leia mais

Virgem Maria. Catálogo: Difusão Permanente. Mãe da Divina Concepção da Trindade

Virgem Maria. Catálogo: Difusão Permanente. Mãe da Divina Concepção da Trindade A Voz de Deus desce através de Mim porque Eu Sou Sua Serva. Todos têm um chamado a cumprir Comigo e com o Senhor. (9 de setembro de 2011) Virgem Maria Mãe da Divina Concepção da Trindade Catálogo: Difusão

Leia mais