ROTEIRISTA DATA GRAVAÇÃO TEMPO Cristian Boragan 26/ 4/ 2006 A Definir 3 minutos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ROTEIRISTA DATA GRAVAÇÃO TEMPO Cristian Boragan 26/ 4/ 2006 A Definir 3 minutos"

Transcrição

1 Lauda 01 Take 1: Câmera pega Seu Carmelo (Chefe) de Costas enquanto ele caminha em direção à sala das secretárias, nas laterais podemos perceber todo ambiente de uma grande empresa (05 Take 2: Vemos a sala das secretárias com duas mesas, uma com Bel ao fundo e em primeiro plano de costas para a porta, Rose. Vemos que Rose espia o Orkut do namorado. Seu Carmelo entra na sala e vê a cena. Rose se assusta ao ser pega matando o trabalho. Seu Carmelo se irrita com o desleixo de Rose e depois sai bravo da cena (10 Take 3: Rose ainda está assustada, não tem palavras. O telefone da sua mesa toca e prontamente Bel atende. Rose diz que se for do banco não está, Bel despista e desliga Áudio: trilha neutra, que lembre um dia de trabalho começando Seu Carmelo (chega feliz, mas fica com raiva com o que vê): BOM DI... MAS ROSE, VOCÊ TÁ DE NOVO FUÇANDO O ORKUT DO SEU NAMORADO NO HORÁRIO DE TRABALHO!!?? MAS SERÁ POSSÍVEL!!?? VOCÊ NÃO PARA NUNCA! ASSIM EU VOU SER OBRIGADO A TE MANDAR EMBORA, JÁ FALAMOS DISSO!!! VOCÊ NÃO VAI ME DEIXAR OUTRA ESCOLHA!!! E QUANDO ACABAR AÍ NO ORKUT, SE NÃO FOR PEDIR MUITO, PREPARA A REUNIÃO DE MAIS TARDE, TÁ... Áudio: ruído de telefone Bel: ALÔ? A ROSE??? É DO BANCO HEXÁGONO??? Rose (cochichando): FALA QUE EU NÃO ESTOU... Bel: A ROSE...? A ROSE AINDA NÃO CHEGOU. DÁ UMA LIGADINHA MAIS TARDE, OBRIGADA! Bel (dá um suspiro): AMIGA, VOCÊ TÁ ENDIVIDADA DE NOVO...?

2 Lauda 02 Rose desaba em lágrimas e Bel vai consolá-la. (15 Take 4: Câmera pega Rose ainda chorando e Bel ao seu lado, ambas de costas. Câmera se desloca e pára numa foto no porta retratos na mesa de Rose. Na foto vemos sentadas num sofá Rose, Bel e Viviam, amiga de Rose (05 Take 5: Fusão da imagem da foto para a mesma imagem delas no momento em que faziam pose ainda na casa de Rose. Vemos um efeito de flash (05 Bel: AI ROSE, VOCÊ NÃO PODE ACABAR COM A SUA VIDA SÓ POR CAUSA DE NAMORADO. O QUE ACONTECEU COM VOCÊ? TAVA TUDO TÃO BEM! Áudio: escolher uma trilha para ser usada em transições como esta Áudio: trocar trilha para uma de festa Rose: MENINAS, UM X PORQUE ESTA FOTO VAI ENTRAR PRA A HISTÓRIA... GC: 6 meses antes... Take 6: As três estão muito felizes enquanto conversam, rindo muito. Rose e Bel se abraçam, enquanto Vivian dá a volta no sofá e pega um álbum de retratos para ver. Podemos perceber a inveja no rosto e na voz de Viviam (15 Bel: ROSE, TÁ TUDO DANDO TÃO CERTO PRA VOCÊ. PRIMEIRO O FÊ E AGORA ESTA PROMOÇÃO. VOCÊ TÁ COM A BOLA TODA. Viviam: POIS É, APROVEITA... ROSE, QUE LUGAR É ESSE QUE VOCÊ FOI VIAJAR COM O FÊ? Rose: É FERNANDO DE NORONHA, NÃO É UM SONHO? Viviam (com ar de pouco caso): SE É. SERÁ QUE EU POSSO LEVAR O ÁLBUM PRA MOSTRAR PRA MINHA MÃE? Rose: LEVA SIM E APROVEITA PRA DAR UM BEIJÃO NELA POR MIM...

3 Lauda 03 Take 7: Ouve-se o barulho da campainha, Rose e Bel saem de cena e voltam com as mãos ocupadas com bandejas de pizza e refrigerantes. Mal elas entram em quadro, a campainha toca de novo. Rose até ameaça ir atender, mas está com as mãos ocupadas. Rose sabe que é Fê, seu namorado e pede para Viviam abrir o portão (10 Áudio: ruído de campainha Bel: DEVE SER A PIZZA! Rose: PIZZA!!! PIZZA!!!! Áudio: ruído de campainha Rose: AGORA É O FÊ! AI VIVIAM, VOCÊ JÁ É DE CASA, ABRE LÁ PRO FÊ... Take 8: Câmera está do lado de fora onde podemos ver o Fê e Viviam vindo abrir o portão para ele. Eles se cumprimentam e câmera segue Fê enquanto ele entra. Fê é puxado e percebemos que é Viviam quem puxa. Ela dá um belo beijo no rapaz. Ele se esquiva e fala em tom agressivo. Viviam ouve tudo chorosa. Fê entra na casa e Câmera fica em Viviam que esboça um sorriso perverso (10 Sobe Som Fê (raivoso): VIVIAM, VOCÊ TÁ LOUCA?! VOCÊ É DOENTE!? ME BEIJAR NA CASA DA MINHA NAMORADA, SUA AMIGA!? O NOSSO CASO JÁ FOI, VIVIAM, VÊ SE COLOCA ISSO NA SUA CABEÇA!! EU AMO A ROSE E ELA ME AMA, ELA ME AMA!!!!! Áudio: ruído ou pequena trilha daquelas usadas em programas policiais quando mostram algo ruim Viviam (com raiva): ENTÃO, ELA VAI TE AMAR ATÉ DEMAIS!

4 Lauda 04 Take 9: Na sala, vemos Fê cumprimentar Bel e abraçar Rose. Viviam entra em quadro transtornada, diz que precisa ir, pega a bolsa, o álbum de fotos de Rose (detalhe) e vai embora. Câmera fica nos três, que não entendem muito bem, mas logo voltam para o clima de comemoração. Câmera desfoca por completo (10 Take 10: Na volta do foco já vemos a situação atual, com Rose ainda chorando com Bel ao lado. Rose desabafa, depois enxuga as lágrimas, lembra da reunião de logo mais e começa a arrumar uma série de papéis e pastas. Bel volta para a sua mesa (20 Áudio: voltar para trilha de festa Rose (surpresa): UÉ VIVIAM, QUE CARA É ESSA???? TÁ INDO EMBORA JÁ? A PIZZA ACABOU DE CHEGAR... Viviam (quase chorosa): SURGIU UM IMPREVISTO... Sobe Som Áudio: trilha de transição Rose (chorando): COMO FUI CHEGAR NISSO POR CAUSA DE UM HOMEM? NÃO SEI O QUE ACONTECEU, IA TUDO MUITO BEM, MAS DE UNS TEMPOS PRA CÁ EU PERDI TODA A CONFIANÇA NO FÊ... Bel: MAS ELE NUNCA TE DEU MOTIVO. Rose (chorando): NÃO DEU NÃO, EU SEI DISSO, O FÊ É UM AMOR. EU TENTO NÃO FICAR VIGIANDO, NÃO FICAR NO PÉ DELE, NÃO GASTAR DINHEIRO COM ISSO, MAS QUANDO VOU VER, JÁ TÔ FAZENDO DE NOVO. É SÓ UM DESCUIDO E QUANDO VOU VER JÁ TÔ EU NO PÉ DO FÊ DE NOVO... Rose (enxugando as lágrimas): OBRIGADO MESMO BEL, VOCÊ É UMA AMIGA DE VERDADE! DEIXA ESSE ASSUNTO PRA LÁ UM POUCO, TENHO COISA MAIS IMPORTANTE PARA ME PREOCUPAR COMO A REUNIÃO DE MAIS TARDE. DESTA EU PARTICIPO E NÃO POSSO MAIS DAR MANCADA COM O SEU CARMELO, PRA PIORAR DE VEZ SÓ FALTA PERDER O EMPREGO... Bel: É ASSIM QUE SE FALA!

5 Lauda 05 Take 11: Em seguida, Bel atende o celular. Vemos que é Fê num orelhão, ele está visivelmente cansado de toda situação. Bel olha para a amiga arrumando os papéis e fala baixo ao celular. Ela avisa que Rose estará ocupada mais tarde e assim não atrapalhará a conversa deles sobre o problema. Eles marcam em frente à empresa (20 Áudio: ruído de celular Bel: ALÔ? Fê: OI BEL, SOU EU, O FÊ. TÔ LIGANDO SÓ PRA CONFIRMAR A NOSSA CONVERSA DE MAIS TARDE E TE AGRADECER MAIS UMA VEZ. EU PRECISO CONVERSAR COM ALGUÉM QUE CONHECIA A ROSE DE ANTES PRA NÃO FICAR LOUCO. SABE A ÚLTIMA QUE ELA APRONTOU? TEM UM DETETIVE ME SEGUINDO!!! MAS BEL, A ROSE NÃO PODE VER A GENTE DE JEITO NENHUM SENÃO VAI SER OUTRO BARRACO. BEL, SE NÃO CONSEGUIR CONVERSAR COM ALGUÉM EU TERMINO COM A ROSE HOJE! Bel (cochichando): SÓ TÔ ACEITANDO ESSA MALUQUICE POR CAUSA DELA. MESMO PORQUE ELA VAI ESTAR NUMA REUNIÃO ATÉ TARDE. VOCÊ ME PEGA AQUI NA PORTA E A GENTE VAI PRO SHOPPING PRA CONVERSAR. Take 12: Bel volta ao trabalho e câmera se desloca até um relógio na parede que marca 11 horas. Após um efeito de transição, vemos o mesmo relógio que agora marca 17 horas (05 Áudio: trilha de transição Take 13: Câmera acompanha a entrada de Seu Carmelo na sala das secretárias. Rose pega as pastas arrumadas em sua mesa e se levanta assim que Seu Carmelo entra. Ela está pronta para ir a reunião. Bel pega sua bolsa, se despede dos dois e vai embora (05 Seu Carmelo: ROSE, TÁ NA HORA DA NOSSA REUNIÃO.

6 Lauda 06 Take 14: Vemos Seu Carmelo dando os primeiros passos para sair da sala com Rose logo atrás com as pastas. Ele dá dois ou três passos, para um pouco hesitante, olha com olhos de pai para Rose e a libera da reunião. Ele é amoroso, mas firme com Rose. Seu Carmelo sai carregando as pastas com a fisionomia feliz de quem acabara de praticar uma boa ação (10 Take 15: Câmera ainda está na sala das secretárias. Vemos Rose sozinha respirando um pouco mais aliviada. Ela dá um sorriso sem graça. Rose pega sua bolsa, desliga o monitor do computador e vai embora (05 Take 16: Câmera mostra Rose de frente andando para sair da empresa. Ela ainda está com aquela sensação de alívio. Quase está feliz. Ao mesmo tempo em que a câmera mostra Rose de frente, temos a visão dela (câmera subjetiva) enquanto sai da empresa (05 Take 17: Na frente da empresa vemos Bel e Fê conversando. É uma conversa normal entre amigos e eles estão a uma distância respeitosa. O clima é sério (05 Take 18: Voltamos para a mesma cena do take 16 com Rose pouco a pouco se aproximando para ver Bel e Fê. A seqüência dela é intercalada com algumas imagens dos dois conversando (05 Seu Carmelo (hesitante no início): ME DÁ AQUI AS PASTAS! FILHA! VOCÊ SABE QUE EU GOSTO DE VOCÊ E DO SEU TRABALHO, MAS ESSA NEUROSE COM O FÊ AINDA VAI ACABAR COM A SUA CARREIRA. FAZ O SEGUINTE: VAI PRA CASA, NÃO PRECISA PARTICIPAR DA REUNIÃO NÃO. VAI PRA CASA, DESCANSA, E PENSA COM CARINHO NISSO. MAIS UM BARRACO SEU AQUI E NÃO TEM JEITO, VOU TER QUE TE POR NA RUA. VAI PRA CASA, DESCANSA E VOLTA BOA PARA O TRABALHO AMANHÃ. Áudio: trilha que reflita o estado de alívio de Rose Áudio: a mesma trilha usada no take 8, que prenuncia algo ruim Áudio: trilha de suspense

7 Lauda 07 Take 19: (Câmera Subjetiva): Temos a visão de Rose ao virar o olhar e ver Bel e Fê conversando de maneira normal. De repente, algo acontece na visão de Rose (efeito de transição) e vemos em slowmotion a mesma visão de Rose. Desta vez, vemos Bel e Fê felizes se abraçando. A imagem está avermelhada mostrando a raiva de Rose (10 Take 20: (slowmotion) Vemos o rosto de Rose passar daquela alegria anterior para uma raiva profunda. Ela larga a bolsa e corre em direção dos dois (05 Take 21: (slowmotion) Bel e Fê conversam de forma respeitosa. De repente eles olham para o lado, se assustam e vemos Rose entrar em cena. Rose empurra Bel e começa a bater em Fê, que tenta segurá-la (10 Take 22: (slowmotion) Câmera se desloca e mostra Seu Carmelo ao lado perplexo com a cena. Ele derruba as pastas e vemos os papéis se espalharem pelo chão (10 FIM Áudio: ruído ou pequena trilha que lembre surpresa Áudio: volta a mesma trilha usada no take 8 e 17

NADA É POR ACASO. um roteiro. Fábio da Silva. 02/09/2008 até 22/09/2008

NADA É POR ACASO. um roteiro. Fábio da Silva. 02/09/2008 até 22/09/2008 NADA É POR ACASO um roteiro de Fábio da Silva 02/09/2008 até 22/09/2008 Copyright 2008 by Fábio da Silva Todos os direitos reservados silver_mota@yahoo.com.br 2. NADA É POR ACASO FADE IN: INT. APARTAMENTO

Leia mais

79 Dias. por. Ton Freitas

79 Dias. por. Ton Freitas 79 Dias por Ton Freitas Registro F.B.N.: 684988 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. HOSPITAL/QUARTO - DIA Letreiro: 3 de março de 1987. HELENA, branca, 28 anos, está grávida e deitada em uma cama em

Leia mais

Tais (risos nervosos) Tem muita gente ne? (Se assusta com alguém que esbarra na corda) as pessoas ficam todas se esbarrando

Tais (risos nervosos) Tem muita gente ne? (Se assusta com alguém que esbarra na corda) as pessoas ficam todas se esbarrando Não me leve a mal Começa a cena no meio de um bloco. Ao redor há confetes, purpurinas e latas de bebida para todo o lado. A música está alta. No centro há um grupo de foliões delimitados por uma corda

Leia mais

Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes

Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes O ATAQUE NA PISCINA Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes de Natália, Bárbara não queria que

Leia mais

StoryBoard Prof. Eliseu Linguagem Audiovisual e Games

StoryBoard Prof. Eliseu Linguagem Audiovisual e Games StoryBoard Prof. Eliseu Linguagem Audiovisual e Games Silvia Natsumi Sasazaki RA00139539 São Paulo 2014 Índice Esquema...04 Mapa...04 Início...04 Ida: Caminho A...05 Caminho A1...06 Caminho A2...06 Caminho

Leia mais

Não Fale com Estranhos

Não Fale com Estranhos Não Fale com Estranhos Texto por: Aline Santos Sanches PERSONAGENS Cachorro, Gato, Lobo, Professora, Coelho SINOPSE Cachorro e Gato são colegas de classe, mas Gato é arisco e resolve falar com um estranho.

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

Muito além da amizade. Por. Stoff Vieira. Baseado em relatos reais

Muito além da amizade. Por. Stoff Vieira. Baseado em relatos reais Muito além da amizade Por Stoff Vieira Baseado em relatos reais (63) 9207-6131 (63) 8122-0608 CENA 1. INTERIOR.CASA DE.QUARTO.DIA Nando esta deitado, olhando para uma fotografia de um garoto, com fones

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

PORTA ABERTA. Por RODRIGO MESSIAS CORDEIRO. Baseado no Conto Porta Aberta de RODRIGO MESSIAS CORDEIRO

PORTA ABERTA. Por RODRIGO MESSIAS CORDEIRO. Baseado no Conto Porta Aberta de RODRIGO MESSIAS CORDEIRO PORTA ABERTA Por RODRIGO MESSIAS CORDEIRO Baseado no Conto Porta Aberta de RODRIGO MESSIAS CORDEIRO 1 - INT. NOITE HALL DE ENTRADA André, trinta e poucos anos, alto, usa óculos, segura em uma das mãos

Leia mais

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô.

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô. Parabéns para o Dan Tocou o telefone lá em casa. Meu pai atendeu na sala. Alô. Meu avô, pai do meu pai, do outro lado da linha, fez voz de quem não gostou da surpresa. Eu liguei pra dar parabéns ao Dan.

Leia mais

O QUE SOBE, DESCE... Por. Marcelo Gomes Soares

O QUE SOBE, DESCE... Por. Marcelo Gomes Soares O QUE SOBE, DESCE... Por Marcelo Gomes Soares Copyright 2009 by Marcelo Gomes Soares Todos os direitos resevados. Tel: (71)3314-4483 (71)8889-5015 marcelogomessoares7@gmail.com O QUE SOBE, DESCE... ROTEIRO

Leia mais

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA A DO CEMITÉRIO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA TODOS OS DIREITOS RESERVADOS RUA: ALAMEDA PEDRO II N 718 VENDA DA CRUZ SÃO GONÇALO E-MAIL: jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.PRAÇA.DIA Praça

Leia mais

REAL FICÇÃO. Um Roteiro. Ale Silva

REAL FICÇÃO. Um Roteiro. Ale Silva 1 REAL FICÇÃO Um Roteiro De Ale Silva Copyright 2007 by Ale Silva Todos os direitos reservados 2 REAL FICÇÃO FADE IN: 1. EXT. CALÇADA DIA, uma senhora de sessenta anos está varrendo a calçada de sua casa.

Leia mais

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 1 Altos da Serra Novela de Fernando de Oliveira Escrita por Fernando de Oliveira Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 2 CENA 01. CAPELA / CASAMENTO. INTERIOR.

Leia mais

Perdido no Jurassic Park

Perdido no Jurassic Park Trabalho de Storyboard LINGUAGEM AUDIOVISUAL E GAMES Professor: Eliseu de Souza Dreiky Fraga RA00117735 Perdido no Jurassic Park Introdução A história que segue no trabalho é de um pescador que acaba parando

Leia mais

"Caixa de Saída" Roteiro de. Jean Carlo Bris da Rosa

Caixa de Saída Roteiro de. Jean Carlo Bris da Rosa "Caixa de Saída" Roteiro de Jean Carlo Bris da Rosa Copyright 2011. Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir. executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta

Leia mais

Bible Animacao Professor Eliseu Aluno: Rodrigo Gallucci Naufal RA

Bible Animacao Professor Eliseu Aluno: Rodrigo Gallucci Naufal RA Bible Animacao Professor Eliseu Aluno: Rodrigo Gallucci Naufal RA 00147614 Efeitos sonoros: https://www.youtube.com/watch?v=iryixkv8_sm A musica, um instrumental, iria tocar do inicio ate aproximadamente

Leia mais

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 09 1 Altos da Serra Novela de Fernando de Oliveira Escrita por Fernando de Oliveira Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 09 2 CENA 01. DELEGACIA INT. / NOITE Sargento

Leia mais

Em Círculos. Mateus Milani

Em Círculos. Mateus Milani Em Círculos Mateus Milani Que eu não perca a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas Ariano Suassuna. Sinopse Círculos. A vida

Leia mais

Efêmera (título provisório) Por. Ana Julia Travia e Mari Brecht

Efêmera (título provisório) Por. Ana Julia Travia e Mari Brecht Efêmera (título provisório) Por Ana Julia Travia e Mari Brecht anaju.travia@gmail.com mari.brecht@gmail.com INT. SALA DE - DIA. VÍDEO DE Números no canto da tela: 00 horas Vídeo na TV., 22, com seus cabelos

Leia mais

Àhistória de uma garota

Àhistória de uma garota Àhistória de uma garota Gabriele é uma menina cheio de sonhos ela morava com sua mãe Maria seu pai Miguel Gabriele sofre muito ela tem apena 13 anos e já sofre Deus de quando ela era pequena a história

Leia mais

Gabriel Augusto Dutra de Souza RA

Gabriel Augusto Dutra de Souza RA Gabriel Augusto Dutra de Souza RA00179002 Tecnologia em Jogos Digitais O amor dói Linguagem Audiovisual em Games Eliseu De Souza Lopes Filho Desenho Conceitual e Storyboard David de Oliveira Lemes Fluxograma

Leia mais

Sou eu quem vivo esta é minha vida Prazer este

Sou eu quem vivo esta é minha vida Prazer este Vivo num sonho que não é realidade Faz parte do meu viver Crescer sonhando esquecendo os planos Sou eu quem vivo esta é minha vida Prazer este EU Hoje deixei pra lá me esqueci de tudo Vivo minha vida sobre

Leia mais

EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES

EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES Obra Teatral de Carlos José Soares Revisão Literária de Nonata Soares EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES Peça de Carlos José Soares Revisão Literária Nonata Soares Personagens: Ricardo

Leia mais

Como se Fosse Ontem. Augusto Ferreira. Todos direitos reservados a Augusto Ferreira

Como se Fosse Ontem. Augusto Ferreira. Todos direitos reservados a Augusto Ferreira Como se Fosse Ontem De Augusto Ferreira Todos direitos reservados a Augusto Ferreira Email: augusto.g.ferreira@live.com 1. CB. PG do céu escuro, alguém disca números em um celular, o celular chama e cai

Leia mais

O VELÓRIO DA DONA JUSTINA

O VELÓRIO DA DONA JUSTINA O VELÓRIO DA DONA JUSTINA (MINI COMÉDIA) Autor: Ivan Ferretti Machado Sinopse: O texto tenta mostrar a intensidade e ao mesmo tempo o poder mutativo que envolve as palavras, através dos diálogos, onde

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Bible. Teoria da Imagem Expandida prof. Eliseu Lopes. Allan Eduardo de Paiva RA

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Bible. Teoria da Imagem Expandida prof. Eliseu Lopes. Allan Eduardo de Paiva RA Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Bible Teoria da Imagem Expandida prof. Eliseu Lopes Allan Eduardo de Paiva RA00156710 São Paulo 2015 ROTEIRO Int.Casa_GAROTO.Manha GAROTO acorda e já sentado

Leia mais

Por quase um segundo Giancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09)

Por quase um segundo Giancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09) Por quase um segundo iancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09) CENA 01 INT/IA ônibus Uma mulher morena, cabelos longos, aparenta ter uns 30 anos. Ela se

Leia mais

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA?

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (VC): HUAHSUASHUAHSUAHSUA SEI LÁ (EU): ENTENDO TUDO NO REAL TA DESABANDO

Leia mais

SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO

SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO O HOMEM QUE DORME Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento de Rubio Campos, inspirado muito livremente no conto O Caminho do Sbruch de Isaac Babel. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA Por uma janela,

Leia mais

O SEGUIDOR DE GAROTAS SENSÍVEIS. Peça de uma única cena

O SEGUIDOR DE GAROTAS SENSÍVEIS. Peça de uma única cena O SEGUIDOR DE S SENSÍVEIS Peça de uma única cena PERSONAGENS: ENTRA. VEM ATRÁS. SE VIRA Ei, cara! Você quer parar de me seguir! Eu não estou te seguindo. Como não? Faz tempo que você me segue. É verdade.

Leia mais

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz 2 Autor: Vanessa Sueroz Publicação: Novembro/2013 Edição: 1 ISBN: 0 Categoria: Livro nacional Romance Juvenil Designer: Rodrigo Vilela Leitora Crítica: Ka Alencar Disponível para Prévia do livro Contato:

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Fabrício Local: Núcleo de Arte do Neblon Data: 26.11.2013 Horário: 14h30 Duração da entrevista: 20min COR PRETA

Leia mais

Produzido para você por:

Produzido para você por: Produzido para você por: www.fbultimate.com.br Sobre Felipe Moreira: 1º WORKSHOP DE VENDAS E LUCROS NO FACEBOOK Vídeo #1: As 4 Taxas de Ações Estúpidas Nesse primeiro vídeo do workshop você está vendo

Leia mais

JANELA SOBRE O SONHO

JANELA SOBRE O SONHO JANELA SOBRE O SONHO um roteiro de Rodrigo Robleño Copyright by Rodrigo Robleño Todos os direitos reservados E-mail: rodrigo@robleno.eu PERSONAGENS (Por ordem de aparição) Alice (já idosa). Alice menina(com

Leia mais

Minha História de amor

Minha História de amor Minha História de amor Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha história de amor! Bem, eu namoro à distância faz algum tempinho. E não é uma distância bobinha não, são 433 km, eu moro em Natal-Rn, e ela

Leia mais

A HORA DA VERDADE. Marlucia: Bom não posso dizer que estou, porque não estou. É meio confuso!

A HORA DA VERDADE. Marlucia: Bom não posso dizer que estou, porque não estou. É meio confuso! A HORA DA VERDADE Personagens: Marlucia (mulher de Zé) Zezinho (marido de Marlucia) Lorena (amiga de Marlucia e amante de Zé) Laura (amiga de Marlucia) Lucas (amigo de Marlucia e Laura) Sinopse A hora

Leia mais

O Literalmente. Restos mortais de animal em decomposição. Cadáver de homem estendido no chão, algumas moscas.

O Literalmente. Restos mortais de animal em decomposição. Cadáver de homem estendido no chão, algumas moscas. O Literalmente Por Felippy Damian CENA 1 EXT DIA Restos mortais de animal em decomposição. Cadáver de homem estendido no chão, algumas moscas. CENA 2 INT DIA Taça de prata, vinho passa a cair dentro da

Leia mais

Pentecostes Atos

Pentecostes Atos Pentecostes Atos 2 1-47 Introdução: Jesus, durante a sua vida, foi seguido pelos apóstolos e por tantas outras pessoas. Maria, sua mãe, desde o início estava sempre com ele e nunca o abandonou. Quando

Leia mais

ainda não Luciano Cabral prostituta, vinte e cinco anos cliente, sessenta anos

ainda não Luciano Cabral prostituta, vinte e cinco anos cliente, sessenta anos ainda não Luciano Cabral personagens, vinte e cinco anos, sessenta anos (o apartamento é pequeno, com apenas dois cômodos: banheiro e quarto. O banheiro fica em frente à porta de entrada. No quarto, logo

Leia mais

Daniel Duarte. 1 a edição

Daniel Duarte. 1 a edição Daniel Duarte 1 a edição Rio de Janeiro 2016 Agradecimentos Agradeço ao Thiago, que me encontrou pela internet adentro e acreditou neste projeto, e que em tão pouco tempo se tornou uma pessoa muito especial

Leia mais

DNA Capítulo 33. Falso Amor

DNA Capítulo 33. Falso Amor DNA Capítulo 33 Falso Amor Novela de Débora Costa Escrita Por Débora Costa Direção Miguel Rodrigues Direção Geral Miguel Rodrigues Núcleo DNA Personagens desse capítulo DANIELA EDGAR FLÁVIO GILBERTO MIGUEL

Leia mais

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso?

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? Todo mundo vai à festa da Giovanna MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? SEU LOCUTOR É claro, Dona Made! Que bom! A senhora é muito

Leia mais

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares A Procura de Kelly Furlanetto Soares Peça escrita durante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR. Teatro Guaíra, sob orientação de Andrew Knoll, no ano de 2012. 1 Cadeiras dispostas como se

Leia mais

O Mistério da bolsa Grande

O Mistério da bolsa Grande O Mistério da bolsa Grande Gisela está indo para casa no Rio de Janeiro, após um mês de férias em Londres. Ela vive em um apartamento no Rio com dois amigos. Ela deixa seu avião às cinco horas. É uma hora

Leia mais

Cap.1- Separação. Um roteiro

Cap.1- Separação. Um roteiro Até quando? Cap.1- Separação Um roteiro de Lucas Luiz SEQ. 1: Sala do apartamento Int. / dia Letícia procura por algo em uma caixa de sapato, sentada no sofá. A sua frente está André, em pé, observando-a.

Leia mais

Rio Vermelho. Por. José Nilton Ribeiro da Silva Palma. Fatos Ficticios

Rio Vermelho. Por. José Nilton Ribeiro da Silva Palma. Fatos Ficticios Rio Vermelho Por José Nilton Ribeiro da Silva Palma Fatos Ficticios José Nilton Ribeiro da Silva Palma nitlonribeiro@hotmail.com (75)99974-9407 EXT. QUEBRADA - DIA Zé, Traficante, 23 anos, estatuta mediana,

Leia mais

A Conversa de Lucila. (No escuro ouve-se o bater de asas. A luz vai lentamente iluminando o quarto de Lucila, o anjo está pousado em uma mesa.

A Conversa de Lucila. (No escuro ouve-se o bater de asas. A luz vai lentamente iluminando o quarto de Lucila, o anjo está pousado em uma mesa. 1 A Conversa de Lucila De Cláudia Barral (No escuro ouve-se o bater de asas. A luz vai lentamente iluminando o quarto de Lucila, o anjo está pousado em uma mesa.) O anjo Lucila, quer montar nas minhas

Leia mais

Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá.

Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá. Sozinha Em Casa. Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá. 1.SOZINHA EM CASA: Em Uma Pequena Villa Avia Garota Chamada Eduarda

Leia mais

Lago Nebuloso. Por. José Nilton Palma

Lago Nebuloso. Por. José Nilton Palma Lago Nebuloso Por José Nilton Palma José Nilton Palma nitlonribeiro@hotmail.com INT. CASA - SALA - DIA, 22 anos, estatura mediana, cabelos negros, olha fixamente para..., 18 anos, estatura mediana, cabelos

Leia mais

AURORA O CANTONOVELA Luiz Tatit

AURORA O CANTONOVELA Luiz Tatit AURORA O CANTONOVELA Luiz Tatit A) Marcando compasso Oi, estou aqui outra vez Esperando por ela, esperando Você lembra como ela era antes? Você marcava algum encontro A qualquer hora Lá estava ela: Aurora!

Leia mais

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta Copyright Betina Toledo e Thuany Motta Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 MERGULHO FADE IN: CENA 1 PRAIA DIA Fotografia de

Leia mais

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Roleta Russa 13 A Patricinha Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Oi. Eu sou a Patrícia. Prazer. Você é?... Quer sentar? Aceita uma bebida, um chá, um

Leia mais

Suspeitas. por. Ton Freitas

Suspeitas. por. Ton Freitas Suspeitas por Ton Freitas Registo F.B.N.: 661025 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. CAPELA - DIA Está ocorrendo um velório. No caixão ao centro está MARIA LUIZA, bonita, jovem. Em volta estão sentadas

Leia mais

Nada a Perder (03:22) BX-NOF

Nada a Perder (03:22) BX-NOF Nada a Perder Nada a Perder (03:22) BX-NOF-16-00001 Escuta o vento que sopra lá fora e te convida a viver / E quando os pássaros estão indo embora é sua chance de saber / Que nós temos todos os motivos

Leia mais

PEGAR-x-i [A mulher pega o] bebê [e olha para ele]. BARCO [Em um] barco, [o bebê foi levado pelo rio].

PEGAR-x-i [A mulher pega o] bebê [e olha para ele]. BARCO [Em um] barco, [o bebê foi levado pelo rio]. 1 2 ANOS PASSADO [Muitos] anos atrás, MULHER NASCER [uma] mulher deu à luz. 3 4 5 PEGAR-x-i [A mulher pega o] bebê [e olha para ele]. SURD@ [É] surdo! QUERER [Eu] não quero [o] bebê. 6 ABANDONAR ÁGUA [E]

Leia mais

ANEXO III IMAGENS DO 1º BLOCO DO PROGRAMA DE FRENTE COM GABI & WANESSA

ANEXO III IMAGENS DO 1º BLOCO DO PROGRAMA DE FRENTE COM GABI & WANESSA 176 ANEXO III IMAGENS DO 1º BLOCO DO PROGRAMA DE FRENTE COM GABI & WANESSA Imagens 01 a 04 do 1º Bloco: Em Plano Próximo (PP), após a veiculação da vinheta, de 00:00.25s aos 00:00.48s (tempo aproximado),

Leia mais

Sísifo. Por. Lisandro Gaertner

Sísifo. Por. Lisandro Gaertner Sísifo Por Lisandro Gaertner Creative Commons lgaertner@gmail.com Atribuição-Uso lisandrogaertner.net Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License INT. SAGUÃO - DIA (SEQUÊNCIA DE SONHO) CHEFE,

Leia mais

NÃO TEMAS! NA TUA MISSÃO! 2º CICLO

NÃO TEMAS! NA TUA MISSÃO! 2º CICLO 2ª FEIRA 09 DE OUTUBRO Bom Dia! Esta semana terminam as comemorações dos cem anos das aparições de Nossa Senhora aos três pastorinhos. Uma das pastorinhas, a Lúcia, já mais velha, escreveu algumas memórias

Leia mais

TODO AMOR TEM SEGREDOS

TODO AMOR TEM SEGREDOS TODO AMOR TEM SEGREDOS VITÓRIA MORAES TODO AMOR TEM SEGREDOS TODO AMOR TEM SEGREDOS 11 19 55 29 65 41 77 87 121 99 135 111 145 É NÓIS! 155 11 12 1 2 10 3 9 4 8 7 6 5 TODO AMOR TEM SEGREDOS. Alguns a

Leia mais

QUATRO CARAS NUMA NOITE QUALQUER. Um roteiro. Thiago de Assumpção

QUATRO CARAS NUMA NOITE QUALQUER. Um roteiro. Thiago de Assumpção QUATRO CARAS NUMA NOITE QUALQUER Um roteiro De Thiago de Assumpção 2 Quatro caras numa noite qualquer FADE IN: CENA 1 INT. CLUBE DA SINUCA NOITE. A câmera mostra a porta do clube de sinuca vista por dentro,

Leia mais

A MORTE DOS FIGUEREDO - Quero matar você hoje, mamãe TEXTO DE: ARTHUR CANDOTTI. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

A MORTE DOS FIGUEREDO - Quero matar você hoje, mamãe TEXTO DE: ARTHUR CANDOTTI. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. A MORTE DOS FIGUEREDO - Quero matar você hoje, mamãe TEXTO DE: ARTHUR CANDOTTI. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. CENA: 01 CASA DOS FIGEREDO SALA NOITE. Sala está iluminada só pela televisão ligada em um canal

Leia mais

Falso Amor. De Débora Costa

Falso Amor. De Débora Costa Falso Amor De Débora Costa Capítulo 3 Cena 1 Café CRISTINA: (está sentada, tomando café). ÁGATA: (se aproxima, sorri, beija o rosto de Cristina, se senta) Oi tia Cris, senti sua falta. CRISTINA: (olha

Leia mais

Congresso gen de Junho de O amor recíproco e o nascimento do Ideal

Congresso gen de Junho de O amor recíproco e o nascimento do Ideal Congresso gen 4 20-23 de Junho de 2013 O amor recíproco e o nascimento do Ideal Apresentador: Vamos dar um mergulho no tempo e voltar à 70 anos atrás, quando o Ideal estava nascendo... 0. Sons de alarmes

Leia mais

Oi muito trabalho e o beija flor Henrique e Juliano Part de um amigo meu que tem que ser meio complicado pra mim é o que paresce que não vai dar

Oi muito trabalho e o beija flor Henrique e Juliano Part de um amigo meu que tem que ser meio complicado pra mim é o que paresce que não vai dar Eu desajeitado Oi muito trabalho e o beija flor Henrique e Juliano Part de um amigo meu que tem que ser meio complicado pra mim é o que paresce que não vai dar certo se ele tá impondo muita ele n tá respeitando

Leia mais

Roteiro. Fade out CENA 1 INTERIOR /DIA /QUARTO DA MENINA

Roteiro. Fade out CENA 1 INTERIOR /DIA /QUARTO DA MENINA Roteiro Fade in (escrito e off)... de todas as histórias que meu pai me contava a que nunca esqueci foi a história do Rei que levava no coraçãouma princesa... A menina Fade out CENA 1 INTERIOR /DIA /QUARTO

Leia mais

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI BONS Dias Com Maria Desperta a Luz que há em TI 2ª feira, dia 12 de dezembro de 2016 III Semana (11 de dezembro): ALEGRAR Ontem, a Igreja celebrou o domingo da alegria: Jesus está para chegar e só Ele

Leia mais

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues Uma lição de vida Graziele Gonçalves Rodrigues Ele: Sente sua falta hoje na escola, por que você não foi? Ela: É, eu tive que ir ao médico. Ele: Ah, mesmo? Por que? Ela: Ah, nada. Consultas anuais, só

Leia mais

Um amor inacabado. Beatriz conversando com Rafael. No mesmo instante, Alison fala para Cecília:

Um amor inacabado. Beatriz conversando com Rafael. No mesmo instante, Alison fala para Cecília: Gabriele Fernanda Cordeiro Barbosa Um amor inacabado Você sente algo por ela sim. Vai falar com ela! Beatriz conversando com Rafael. No mesmo instante, Alison fala para Cecília: Vamos, Ceci, vai lá falar

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção CAPÍTULO 007 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS. PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. AGENOR ALBERTO FERNANDO GABRIELE JORGE MARIA CLARA MARIA CAMILLA MARÍLIA

Leia mais

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA DIANA + 3 INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA Pablo, rapaz gordinho, 20 anos, está sentado na areia da praia ao lado de Dino, magrinho, de óculos, 18 anos. Pablo tem um violão no colo.

Leia mais

"ESPELHO, ESPELHO MEU" Roteiro de. Deborah Zaniolli

ESPELHO, ESPELHO MEU Roteiro de. Deborah Zaniolli "ESPELHO, ESPELHO MEU" Roteiro de Deborah Zaniolli Copyright 2016 by Deborah Zaniolli Deborah Zaniolli Todos os direitos reservados contato@deborahzaniolli.com BN: 710355 Roteiro 2011 Piedade- SP 1. "ESPELHO,

Leia mais

Do Vácuo ao Encontro

Do Vácuo ao Encontro Do Vácuo ao Encontro INTRODUÇÃO Todos nós homens já passamos por situações constrangedoras de puxar conversa com uma bela mulher e não obtemos nada além de um Belo de um vácuo, eu mesmo já passei por isso.

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC-SP. Teoria da Imagem Expandida Prof. Eliseu Lopes. Bible

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC-SP. Teoria da Imagem Expandida Prof. Eliseu Lopes. Bible Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC-SP Teoria da Imagem Expandida Prof. Eliseu Lopes Bible Rafael Magalhães Ussuy e Souza RA 00156709 Logline O Tiro Dois cavalheiros entram em uma disputa

Leia mais

DNA Capítulo 29. Falso Amor

DNA Capítulo 29. Falso Amor DNA Capítulo 29 Falso Amor Novela de Débora Costa Escrita Por Débora Costa Direção Miguel Rodrigues Direção Geral Miguel Rodrigues Núcleo DNA Personagens desse capítulo ÁGATA BRUNO JANETE LUCIANO MIGUEL

Leia mais

O criador de ilusões

O criador de ilusões O criador de ilusões De repente do escuro ficou claro, deu para ver as roupas brancas entre aventais e máscaras e foi preciso chorar, logo uma voz familiar misturada com um cheiro doce e agradável de

Leia mais

Dramaturgia Novos Autores Capítulo 39. Falso Amor

Dramaturgia Novos Autores Capítulo 39. Falso Amor Dramaturgia Novos Autores Capítulo 39 Falso Amor Novela de Débora Costa Escrita Por Débora Costa Direção Miguel Rodrigues Direção Geral Miguel Rodrigues Núcleo DNA Personagens desse capítulo ÁGATA BRUNO

Leia mais

LIÇÃO 5 PACIÊNCIA: VIVER UMA VIDA DE PACIÊNCIA

LIÇÃO 5 PACIÊNCIA: VIVER UMA VIDA DE PACIÊNCIA Lição 3: Alegria LIÇÃO 5 PACIÊNCIA: VIVER UMA VIDA DE PACIÊNCIA RESUMO BÍBLICO Tiago 1:19; Provérbios 19:11 O Fruto do Espírito é também relacional. Através do Espírito somos levados a esperar a hora e

Leia mais

Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz. por. Lisandro Gaertner

Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz. por. Lisandro Gaertner Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz por Lisandro Gaertner Creative Commons lgaertner@gmail.com Atribuição-Uso lisandrogaertner.net Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License INT. NOITE

Leia mais

Rodovia do Sucesso X Rotatória. Culpa os outros

Rodovia do Sucesso X Rotatória. Culpa os outros .. Lidere sua Vida Rodovia do Sucesso X Rotatória Nível de energia Atitude Fazer o que tem que fazer na hora que tem que ser feito Seguir os 6 passos Processo Depressivo Falta de Energia Falta de Ação

Leia mais

A conta-gotas. Ana Carolina Carvalho

A conta-gotas. Ana Carolina Carvalho A conta-gotas Ana Carolina Carvalho Agradeço a Regina Gulla pela leitura atenta e pelas sugestões. Para minha mãe, pela presença. Para Marina, minha afilhada, que quis ler o livro desde o começo. 1 A

Leia mais

A Arte de Construir Resultados com Felicidade!

A Arte de Construir Resultados com Felicidade! A Arte de Construir Resultados com Felicidade! CRERH 15/09/2015 Quem não vive para SERVIR não SERVE para viver! Mahatma Gandhi Como uma Onda Nada do que foi será De novo do jeito que já foi um dia Tudo

Leia mais

TEATRO, COISA SÉRIA! Palavras-Chaves: Arte/Educação, teatro, experiência escolar.

TEATRO, COISA SÉRIA! Palavras-Chaves: Arte/Educação, teatro, experiência escolar. 1 UNEB - UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO - CAMPUS XII TEATRO, COISA SÉRIA! Ana Cláudia de Oliveira Freitas UNEB Palavras-Chaves: Arte/Educação, teatro, experiência escolar. Este

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

Os s estão com os dias contados

Os  s estão com os dias contados Os emails estão com os dias contados Quando o assunto é comunicação interna (conversa entre membros de uma empresa), o email ainda é uma das ferramentas mais usadas no mundo empresarial. Seja para enviar

Leia mais

A MULHER VESTIDA DE PRETO

A MULHER VESTIDA DE PRETO A MULHER VESTIDA DE PRETO Uma Mulher abre as portas do seu coração em busca de uma nova vida que possa lhe dar todas as oportunidades, inclusive de ajudar a família. Ela encontra nesse caminho a realização

Leia mais

Minha esposa recebeu este texto por e encaminhou para mim.

Minha esposa recebeu este texto por  e encaminhou para mim. Obrigado mãe! Muito obrigado por seus ensinamentos. Provérbios 22.6 e 29.15 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 11/10/2009 Minha esposa recebeu este texto por e-mail e encaminhou para mim. Gostei

Leia mais

Era domingo e o céu estava mais

Era domingo e o céu estava mais Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Era domingo e o céu estava mais azul que o azul mais azul que se possa imaginar. O sol de maio deixava o dia ainda mais bonito

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO:

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO: Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção Capítulo 009 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO: ANDRESSA ANDRESSA FERNANDO JORGE MARIANA MARIA CAMILLA MARIA CLARA PEDRO

Leia mais

Cena 4. Pausa. O homem velho mete metade do corpo no latão e afunda nos sacos de lixo.

Cena 4. Pausa. O homem velho mete metade do corpo no latão e afunda nos sacos de lixo. Cena 4 Uma rua. Um latão de lixo. Mulher Velha e Homem Velho Homem Velho: Puta vesida de velha. Mulher Velha: O que você tá procurando? Homem Velho: Comida. Mulher Velha: Já faz mais de dez anos que não

Leia mais

História de marione drogada

História de marione drogada História de marione drogada INTODUÇÃO: Essa história é de uma adolesente que conviveu com nosco a bastante tempo espero que gostem já que me ajudaram a dar os primeiros contos... Marione: Filha única de

Leia mais

Mesmo assim o vento irá soprar

Mesmo assim o vento irá soprar Mesmo assim o vento irá soprar Trilha Sonora Bohemian Rhapsody Queen Personagens Silas Mãe Amigo Namorada Diabo Morte Anjos (4) Recepcionista Resumo: Jovem (Silas) mata um rapaz com um tiro, arrependido

Leia mais

TABUADA DAS OBJEÇÕES

TABUADA DAS OBJEÇÕES TABUADA DAS OBJEÇÕES Você já sentiu acuada, sem palavras ao ouvir alguma objeção de sua potencial iniciada!? As pessoas que você vai abordar são tão especiais quanto você e se elas disserem não, lembre-se

Leia mais

PECADO ORIGINAL Capítulo 17 PECADO ORIGINAL. Novela de. Rômulo Guilherme. Criada e escrita por RÔMULO GUILHERME

PECADO ORIGINAL Capítulo 17 PECADO ORIGINAL. Novela de. Rômulo Guilherme. Criada e escrita por RÔMULO GUILHERME PECADO ORIGINAL Novela de Rômulo Guilherme Criada e escrita por RÔMULO GUILHERME Cena 01/Prefeitura/Gabinete prefeito/int/dia Rufino e Jofre continuam conversando. Rufino - Isso foi uma ameaça? Jofre -

Leia mais

Presa ao sofá, mulher com obesidade mórbida sonha em andar pelo Rio

Presa ao sofá, mulher com obesidade mórbida sonha em andar pelo Rio Uol - SP 05/05/2015-16:47 Presa ao sofá, mulher com mórbida sonha em andar pelo Rio Paula Bianchi Guimarães tem 45 anos, 1,65 metro de altura e, na última vez em que se pesou, em agosto, pesava 215 quilos.

Leia mais

CARREIRA COMERCIAL CHAVES PARA O CRESCIMENTO DE EQUIPE DISSOLVENDO OBJEÇÕES

CARREIRA COMERCIAL CHAVES PARA O CRESCIMENTO DE EQUIPE DISSOLVENDO OBJEÇÕES CARREIRA COMERCIAL CHAVES PARA O CRESCIMENTO DE EQUIPE DISSOLVENDO OBJEÇÕES Dicas para lidar com objeções para agendamento Demonstre o seu ENTUSIASMO Não leve para o lado pessoal as objeções levantadas.

Leia mais

MONÓLOGO MAIS UMA PÁGINA. Por Ana Luísa Ricardo Orlândia, SP 2012

MONÓLOGO MAIS UMA PÁGINA. Por Ana Luísa Ricardo Orlândia, SP 2012 MONÓLOGO MAIS UMA PÁGINA Por Ana Luísa Ricardo Orlândia, SP 2012 FUNDO PRETO CHEIO DE ESTRELAS. UM BANQUINHO UM VIOLÃO ÚNICO PERSONAGEM QUE SERÁ TRATADO COMO O CANTOR E ESTARÁ VESTIDO COMO CANTOR DE BARZINHO.

Leia mais

Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T1 ESTÚDIO

Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T1 ESTÚDIO Cena/Tom. Descrição da Cena Locação C1T1 Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T2 Uma delas se divide, e nasce mais uma! Agora são três! Esta tabela serve de

Leia mais

Luan e Fernando estão indo para a balada de carro.

Luan e Fernando estão indo para a balada de carro. 1 SEQUÊNCIA 1 - EXT. AVENIDAS DE SP. NOITE Luan e Fernando estão indo para a balada de carro. INÍCIO CRÉDITOS Luan dirige imprudentemente enquanto Fernando sofre para preparar quatro carreiras de cocaína

Leia mais