Conheça os candidatos aos Conselhos Deliberativo e Fiscal

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Conheça os candidatos aos Conselhos Deliberativo e Fiscal"

Transcrição

1 ANO XIV Nº 230 OUTUBRO 2014 Palavra da Valia Tecnologia como aliada do participante 2 Conheça os candidatos aos Conselhos Deliberativo e Fiscal Conhecimento Geral Hora Marcada: serviço oferece comodidade e rapidez 3 Tecnovalia Perfil de investimento será alterado pela internet 11 Projeto Futuro O que levar em conta para definir o percentual de contribuição 13

2 Palavra da Valia Tecnologia para facilitar a vida do participante Por Alessandra Lemelle, gerente de Arrecadação e Relações com Patrocinadores Esta edição traz, com destaque, a nova funcionalidade do Portal do Participante, criada para que os participantes ativos, autopatrocinados e vinculados dos planos Vale Mais e Valiaprev alterem, com mais comodidade e rapidez, seu perfil de investimento. A mudança passará a ser feita exclusivamente pelo site da Valia, com todo o procedimento realizado pelos próprios participantes, de forma absolutamente independente, o que amplia sua autonomia e permite a tomada de decisão quando lhes for mais conveniente. Essa nova ferramenta é mais um recurso oferecido pela Valia para tornar a tecnologia aliada dos participantes no dia a dia. Outras medidas, como o contracheque eletrônico para os assistidos, a possibilidade de envio desta revista e de boletos de autopatrocínio por , a disponibilização de totens de autoatendimento nas agências e o fornecimento de informações pelo atendimento eletrônico do Disque Valia, visam a fazer com que os serviços sejam mais ágeis, acessíveis, seguros e sustentáveis. Esse caminho, seguido não apenas pela Valia, mas por outras entidades e empresas de setores diferentes, é irreversível e tende a ser ampliado. O percentual de contribuição, por exemplo, também poderá ser alterado no Portal do Participante, a partir do ano que vem, sem necessidade de solicitação aos canais de atendimento da Fundação. Será mais um passo em direção à modernização e simplificação dos processos. Na prática, a tecnologia possibilita que inovações sejam levadas aos participantes, permitindo o acesso a serviços dos quais eles não dispunham até então. Assim, ao mesmo tempo em que continua a contar com os canais de atendimento tradicionais, o participante passa a ter a seu dispor serviços garantidos pelos recursos da internet durante as 24 horas do dia, todos os dias da semana. Além disso, o tempo se torna um aliado para obter informações. Para receber esta publicação, por exemplo, o participante precisa aguardar, entre a impressão em gráfica e o envio pelos Correios, algo em torno de dez dias, dependendo da região em que mora. Os participantes que optaram pela versão on-line sabem das notícias quase imediatamente após o fechamento da edição. Situação parecida com a do contracheque dos assistidos, agora disponível em meio eletrônico. É natural que, com as novas ferramentas para acessar serviços, o participante sinta necessidade de algum tipo de apoio e de um breve período de adaptação. Por isso, os lançamentos são desenvolvidos de forma a serem facilmente assimilados. E temos sempre uma equipe disponível para auxiliar e esclarecer dúvidas. Dessa forma, por meio de facilidades como estas, construímos relacionamentos que incentivam a comunicação responsável com o mercado e atendem às necessidades dos nossos participantes e seus familiares. 2 I Revista Valia

3 Início do horário de verão 2014 Começou no dia 19 de outubro o horário de verão, que se estende até o dia 22 de fevereiro de 2015, afetando as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Como determinado pelo governo, os relógios devem ser adiantados em uma hora no início do horário de verão, com objetivo de diminuir o consumo de energia no país. Os participantes das regiões Norte e Nordeste que desejarem entrar em contato com o Disque Valia devem ficar atentos para a diferença de fuso horário, porque o serviço funciona das 7h às 19h, de segunda a sexta-feira, pelo horário do Rio de Janeiro, onde fica a central de relacionamento. Conhecimento Geral Segunda parcela do abono anual No mês de novembro, aposentados e pensionistas receberão a segunda parcela do abono anual (13º). Vale lembrar que, como nos anos anteriores, os descontos legais, entre os quais o Imposto de Renda, incidem na mesma parcela. Hora Marcada pelo Portal do Participante poderá ser feita diretamente pelo Portal do Participante, no site da Fundação (www.valia.com.br), pelo Disque Valia ( , 0XX , para ligações de telefone celular e do exterior, ou, para os participantes com acesso à rede Vale, discando o ramal interno 162) e através do Fale Conosco, no site da Fundação. Para comodidade dos participantes, o serviço de Hora Marcada está disponível a todos que desejarem agendar o atendimento nas agências e postos, evitando, assim, filas de espera. A marcação do horário O serviço de Hora Marcada está disponível para as agências e postos em Itabira, Governador Valadares, Belo Horizonte, Mariana, Nova Era, Rio de Janeiro, Vitória (Praia do Suá e Tubarão), Parauapebas e São Luís. O agendamento deve ser feito com uma antecedência mínima de um dia útil e máxima de 30 dias da data desejada para atendimento. Percentual de contribuição pode ser alterado em outubro Neste mês, os participantes ativos ou autopatrocinados dos planos Vale Mais e Valiaprev que recebem salários superiores a 10 URs (Unidades de Referência), R$ 3.236,36, podem solicitar a alteração do percentual utilizado para o cálculo de sua contribuição mensal. Este é um bom momento, então, de avaliar se o percentual atual é o mais adequado para que o participante alcance o benefício que deseja ao se aposentar. Quem não se manifestar manterá, em 2015, o percentual de contribuição atual. Já quem deseja solicitar a alteração, que passa a valer no ano que vem, deve acessar o site da Valia e preencher o formulário correspondente ao seu plano, ligar para o Disque Valia ( ou 0XX , para ligações de celular e do exterior), procurar uma agência de atendimento da Valia ou o Consultor Valia no RH de sua empresa. Revista Valia I 3

4 Eleições Conheça os candidatos às vagas nos Conselhos Deliberativo e Fiscal Nas próximas páginas, será possível conhecer as propostas de trabalho dos candidatos que estão concorrendo às vagas no Conselho Deliberativo (duas vagas de membro efetivo e duas de membro suplente) e no Conselho Fiscal (uma vaga de membro efetivo e uma de membro suplente), além da mecânica de votação, uma vez que agora a escolha será feita pela internet ou pelo telefone. A ordem dos candidatos foi definida por sorteio, conforme estabelecido no regulamento da eleição. 4 I Revista Valia

5 CONSELHO DELIBERATIVO NÚMERO DO CANDIDATO 1 Fernanda Senna é especialista de Planejamento Estratégico, no Rio de Janeiro. Está há 12 anos na Vale, dos quais oito atuando na área de Relações com Investidores e quatro na de Estratégia Global. É mestre em Economia pela Fundação Getulio Vargas, no Rio de Janeiro. FERNANDA ASSED DE ALMEIDA SENNA FERNANDA SENNA Quando trabalhei em bancos de investimentos, adquiri amplo conhecimento dos mercados financeiros, essencial para avaliar as opções de investimentos da Valia e ajudar a trazer, com segurança, rentabilidade para o patrimônio dos participantes. Na Vale, pude aprimorar minha percepção sobre os mercados sob a ótica da empresa e seus acionistas e desenvolver a visão de portfólio e governança, fundamentais para a atuação no Conselho. Além disso, já faço parte do Comitê Financeiro da Valia há três anos. Meu compromisso é ter muita dedicação e atuar de modo transparente, imparcial e com base em análises rigorosas, de forma a garantir rentabilidade, mas prezando pela segurança dos investimentos da Valia. Marco Aurélio Tiago é técnico civil no Complexo de Tubarão, em Vitória. Está na Vale há dez anos e, além de duas formações técnicas no Instituto Federal do Espírito Santo, cursou Administração de Empresas, na Cândido Mendes, e atualmente cursa Engenharia Civil, na Faculdade Multivix. 2 NÚMERO DO CANDIDATO Acredito que posso ser um bom conselheiro em virtude da minha experiência na fiscalização de empresas e avaliação de documentos, somada à atuação como presidente nos Conselhos Deliberativo e Fiscal da Associação Esportiva e Recreativa Tubarão (AERT). Quero levar ao Conselho a opinião do participante ativo, contribuindo para as decisões de novas políticas e objetivos previdenciais e para o estabelecimento de novas diretrizes e normas gerais de organização, operação e administração da Valia. Na Vale, trabalhei durante sete anos com fiscalização de obras e contratos, e, hoje, atuo na vistoria e inspeção de obras civis. Trago, ainda, a experiência de trabalho nas comunidades pelas quais passei. MARCO AURÉLIO TIAGO MARCO TIAGO Revista Valia I 5

6 NÚMERO DO CANDIDATO SAMIR WAKIM BASSIL SAMIR BASSIL 3 Samir Wakim Bassil é gerente de Governança Corporativa da Vale, no Rio de Janeiro, e há sete anos está na Vale. Formou-se em Economia e especializou- -se em Finanças e Análise de Investimentos, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Tenho duas experiências primordiais para atuar como conselheiro. A primeira é o conhecimento específico sobre economia e análise de investimentos, o que me garante condições de tomar de forma técnica as melhores decisões para a Valia. Na Vale, já trabalhei com avaliação de investimentos nas Diretorias de Estratégia e de Logística. A segunda é na coordenação da governança do Conselho de Administração da Vale, onde adquiri conhecimento das melhores práticas de governança corporativa e do papel do conselheiro. Meu compromisso é tomar decisões que garantam de forma sustentável o pagamento dos benefícios atuais e a manutenção de uma rentabilidade atrativa em longo prazo. Quero propor também estudos para criação de novos perfis de investimentos. Juarez Silva é especialista técnico econômico-administrativo, na Diretoria de Energia, em Belo Horizonte. Formado em Administração pela Universidade Estácio de Sá, está há 31 anos na Vale, onde fez carreira de auxiliar a gerente, e filiado à Valia desde o ano da admissão. 4 NÚMERO DO CANDIDATO Acredito que posso contribuir para consolidar cada vez mais os planos de benefícios da Valia, trabalhando para garantir um futuro melhor e sustentável a todos os participantes. Em diversos momentos, vi ex-empregados aposentados em situação difícil por receber apenas o benefício do INSS. Devido a isso, pretendo propor mecanismos para conscientizar quem ainda não é filiado a Valia e, no futuro, atingir 100% de adesão. Sem ferir a legislação, outro objetivo é aumentar os recursos destinados a empréstimos para participantes nos quesitos pessoal/moradia/educação, uma forma garantida de retorno do investimento e incentivo às adesões. JUAREZ DE OLIVEIRA SILVA JUAREZ SILVA NÚMERO DO CANDIDATO JOSÉ NILTON SILVA OLIVEIRA NILTÃO FB 5 José Nilton Silva Oliveira é supervisor de Suporte Operacional na Unidade Operacional Onça Puma, no Pará. Trabalha há mais de 25 anos no Grupo Vale, é formado em Administração de Empresas pela Associação Internacional de Educação Continuada, de Brasília, e está concluindo um MBA em Gestão Industrial, com ênfase em Mineração e Metalurgia, pela Fundação Getulio Vargas. Por ter trabalhado em diversas áreas na empresa (Serviços, Recursos Huma nos, Contratos, Pagamentos, Relações Trabalhistas, Relações com Comuni dades, entre outras), acredito que contribuirei nas discussões de melhorias de processos e nas tomadas de decisão do Conselho Deliberativo. Tenho o compromisso de ser transparente, comprometido e dedicado aos assuntos da Fundação, procurando sempre atuar e participar ativamente de suas decisões, bem como da fiscalização de cada processo da Valia que estiver sob a responsabilidade do Conselho Deliberativo. 6 I Revista Valia

7 NÚMERO DO CANDIDATO 6 Viktor Nigri Moszkowicz trabalha na Vale desde 2003 e hoje é gerente da área de Back Office e Engenharia Financeira, na Diretoria de Tesouraria, no Rio de Janeiro. Formou-se em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e tem mestrado em Administração de Negócios pela Universidade de Chicago. VIKTOR NIGRI MOSZKOWICZ VIKTOR MOSZKOWICZ Meu compromisso é atuar para proteger a rentabilidade dos investimentos dos participantes, buscando a promoção de eficiência administrativa, incorporação das melhores práticas globais, transparência para com os participantes, gestão de riscos e bom entendimento dos mercados de capitais, para aproveitar oportunidades. Acredito que minha experiência na Vale me capacite para a tarefa. Hoje sou responsável pela área que controla as operações financeiras da Vale, gerindo grande volume de transações com eficiência. Nos últimos cinco anos, fui gerente da área de Relações com Investidores, reconhecida como referência na América Latina na atividade. André Viana Madeira é mecânico na Mina Cauê, em Itabira, e trabalha há dez anos na Vale. Tem formação técnica em Mecânica pelo Senai, em Teologia pela Escola Bíblica Permanente Sião, cursa Direito e elegeu-se vice- -presidente do sindicato Metabase, de Itabira. 7 NÚMERO DO CANDIDATO Meu compromisso é garantir a sustentabilidade e uma boa atuação da Valia, levando ao trabalhador mais conhecimento sobre sua posição na Fundação. Minha principal luta será para que sua participação no plano não seja vista como obrigação, mas sim como prazer e investimento certo para o futuro. Trabalhar com profissionais, em três minas diferentes, e numa associação parceira da Aposvale, lidando com aposentados, me permitiu entender a vida ativa dos planos e o pós-valia, a aposentadoria. Conhecer o funcionamento do caixa de uma entidade, seu fluxo financeiro, balanço e investimentos também contribuirá para minha atuação. Será uma honra ser conselheiro, pois nasci em Itabira, onde Vale e Valia estão na história das famílias. ANDRÉ VIANA MADEIRA ANDRÉ VIANA NÚMERO DO CANDIDATO 8 João Barbosa Campbell Penna é gerente da Mesa de Operações da Vale na Diretoria de Tesouraria e Finanças, no Rio de Janeiro. Está há 12 anos na empresa, onde começou como estagiário. É engenheiro civil e de produção, formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. JOÃO BARBOSA CAMPBELL PENNA JOÃO PENNA O ponto-chave para a decisão de me candidatar a uma vaga é a minha experiência de mais de dez anos trabalhando na área financeira da Vale, analisando produtos financeiros e participando das decisões de investimento de caixa da empresa. Diante do atual cenário mundial, repleto de desafios, e de um novo ciclo presidencial no Brasil, que se inicia em 2015, a participação no Conselho da Valia é ainda mais importante para acompanhar de perto todas as decisões tomadas. Será preciso discutirmos cada detalhe antes de tomarmos qualquer decisão de investimento, diante de um ano que promete ser de muita cautela e bastante desafiador. Revista Valia I 7

8 CONSELHO FISCAL NÚMERO DO CANDIDATO 1 Vânia de Albuquerque é gerente de Gestão de Controladas e Coligadas, no Rio de Janeiro, e está há 29 anos na Vale. Formou-se em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, em Economia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, fez mestrado na Inglaterra e MBAs no Ibmec e na Fundação Dom Cabral. VÂNIA DE ALBUQUERQUE VÂNIA ALBUQUERQUE Atuo na área de governança corporativa há oito anos e já representei a Vale em Comitês de Assessoramento, Conselho Fiscal e Diretoria de Controladas e Coligadas, incluindo a participação atual no Comitê Financeiro da Valia. Na Diretoria de Finanças Corporativas, apoio processos de deliberação da Diretoria Executiva e do Conselho de Administração no que tange às subsidiárias e a projetos de investimento, desinvestimento, reestruturações financeiras e reorganizações societárias. Já atuei em outras áreas, como Planejamento Estratégico e Controladoria. Acredito que o conhecimento acumulado me habilite a exercer com competência meu papel no Conselho. Juvacy Moreira Bastos Junior iniciou sua trajetória na Vale há 28 anos, como assistente de Controle e Finanças, e foi contador das empresas Vale Potássio do Nordeste e no Instituto Vale Ambiental. Atualmente, é contador master, no departamento de Controladoria no Rio de Janeiro. Tem formação em Contabilidade pela Faculdade Uniceuma, de São Luís, e MBA em Controladoria, pela Universidade de São Paulo. 2 NÚMERO DO CANDIDATO A Valia é uma instituição eficaz que possui uma gestão transparente e que visa a proporcionar segurança econômica e financeira aos seus participantes. Como trabalho em uma área que lida com demonstrações contábeis, entendo que terei mais facilidade em fiscalizar as ações praticadas pelos administradores e opinar sobre os relatórios de despesas da Fundação. Pretendo me empenhar para exercer um bom trabalho, no intuito de ajudar a analisar amplamente os assuntos de competência do Conselho Fiscal e emitir pareceres e manifestações a respeito. JUVACY MOREIRA BASTOS JUNIOR JUVACY BASTOS 8 I Revista Valia

9 NÚMERO DO CANDIDATO 3 Reinaldo Luiz Dantas da Silva é supervisor de Controle e Contratos de Portos Sul, em Itaguaí, no Rio de Janeiro. Está na Vale há dez anos e tem formação em Contabilidade, pelo Instituto Superior de Estudos Sociais Clóvis Bevilacqua, do Rio de Janeiro, com MBA em Controladoria e Finanças, pela Universidade Federal Fluminense. REINALDO LUIZ DANTAS DA SILVA REINALDO DANTAS Ao longo da minha carreira profissional, tive desafios que certamente contribuirão para a função de conselheiro fiscal. Fui auditor, contador, atuei em orçamentos e controle de custos. Isso trará um dinamismo maior para o processo. O conselheiro não pode ser apenas o validador de informações financeiras. Deve participar com opiniões que ajudarão na tomada de decisão. Meu compromisso é aproximar a Valia dos seus participantes e apresentar a importância dela para o futuro de cada um. Temos que valorizar o hoje para não nos arrependermos amanhã. Saber o que é e como funciona nosso plano de previdência é vital para o crescimento. A candidata ao Conselho Fiscal Izabella Miranda de Azevedo solicitou o cancelamento da sua inscrição no dia 24/9/2014. MECÂNICA DE VOTAÇÃO O período de votação será do dia 21 de novembro, a partir das 9h, até 27 de novembro, às 12h, sem interrupção. Confira abaixo a mecânica para votação nos candidatos. QUEM PODE VOTAR Podem votar os participantes não assistidos, inscritos na Valia até o dia 30/6/2014, e que assim permaneçam até a data de fechamento do sistema de votação eletrônica, que ocorreu no dia 17/10. Cada participante tem direito a votar uma única vez, independentemente do número de inscrições na Valia, escolhendo um representante para o Conselho Deliberativo e outro para o Conselho Fiscal. QUANDO VOTAR A votação será iniciada no dia 21 de novembro, às 9h, e será encerrada no dia 27 de novembro de 2014, às 12h, pelo horário de Brasília. COMO VOTAR A votação para a escolha dos candidatos às vagas no Conselho Deliberativo e no Conselho Fiscal poderá ser feita pela internet ou por telefone. Veja como proceder: Revista Valia I 9

10 VOTAÇÃO PELA INTERNET (WWW.VALIA.COM.BR) Confira abaixo o passo a passo. PASSO 1: acesse o site da Valia (www.valia.com.br) e clique na seção Eleições PASSO 2: digite nos campos correspondentes o seu CPF, data de nascimento e a senha enviada por carta. PASSO 3: selecione o candidato escolhido para o Conselho Deliberativo e, em seguida, o candidato para o Conselho Fiscal. PASSO 4: clique em Votar. PASSO 5: uma tela contendo o resumo dos seus votos aparecerá para que você confirme a sua escolha. Caso esteja correto, digite novamente sua senha e clique em Confirmar os votos. Se não estiver de acordo com o resultado, clique em Cancelar e retornar à página principal. PASSO 6: ao final, surgirá uma mensagem informando que a votação foi realizada com sucesso e agradecendo a sua participação. Atenção: o voto será considerado nulo quando for selecionado mais de um candidato para o mesmo Conselho. Caso o voto seja confirmado sem antes selecionar um candidato, ele será considerado branco. VOTAÇÃO PELO TELEFONE ( ) O participante deverá ligar para o telefone e realizar os procedimentos indicados para a votação. As ligações poderão ser feitas a qualquer hora, dentro do período estipulado para votação, e exclusivamente de um telefone fixo (não serão aceitas ligações de telefones móveis). É importante ter em mãos a senha enviada para a residência, assim como o número do candidato escolhido para o Conselho Deliberativo e para o Conselho Fiscal. PASSO 1: ligue para e digite no teclado o número do seu CPF e a senha enviada por carta. PASSO 2: digite o número do candidato escolhido para o Conselho Deliberativo e, em seguida, o número do candidato para o Conselho Fiscal. PASSO 3: você escutará uma mensagem informando os candidatos votados e solicitando a confirmação. Caso esteja correta, digite o número 5 para confirmar o voto. PASSO 4: aguarde a mensagem final Seus votos foram registrados com sucesso. A Valia agradece a sua participação, para que o seu voto seja processado. Atenção: para anular o voto, digite um número que não corresponda a nenhum candidato. Uma mensagem informará que o número não existe e, caso confirme, o mesmo será identificado como nulo. Para votar em branco, digite o número 9 no teclado do telefone. A ligação é gratuita. 10 I Revista Valia

11 Tecnovalia Novo sistema para a mudança de perfil de investimento Já está em funcionamento o novo sistema que permitirá aos participantes ativos, autopatrocinados e vinculados dos planos Vale Mais e Valiaprev alterarem o seu perfil de investimento, diretamente pela internet, com total autonomia e segurança. Para solicitar a alteração, basta acessar o Portal do Participante, pelo site da Valia (www.valia.com.br), com o seu código de acesso e senha, e clicar em Alterar Perfil de Investimento. Na primeira mudança, será preciso assinar um Termo de Adesão e encaminhá-lo para a Valia. Após a confirmação de habilitação desse termo, que será enviada por , o perfil poderá ser alterado. Vale lembrar que, a partir de novembro, após realizar a primeira mudança no novo formato, deverá ser cumprido, obrigatoriamente, um intervalo mínimo de 12 meses para que o participante solicite uma nova alteração. O novo perfil será válido no mês seguinte, após a conclusão do processo de alteração. Por exemplo, quem mudar de perfil em dezembro deste ano precisará aguardar até dezembro do ano seguinte para fazer outra alteração. Assim, o participante poderá acompanhar a rentabilidade por um ano e avaliar qual a melhor forma de investir seu Saldo de Conta. Na página 14, destinada à Educação Financeira, há mais informações sobre as características dos perfis oferecidos pela Valia e sobre o que deve ser levado em consideração na hora de fazer sua opção. Para facilitar o entendimento do participante, foi criado um roteiro percorrendo todos os passos, desde o envio do termo de adesão até a alteração do perfil de investimento. Revista Valia I 11

12 Seção PASSO 1 Com seu código de acesso e senha*, entre no Portal do Participante, clique em Alterar Perfil de Investimento e cadastre o em que deseja receber a confirmação, caso não tenha um cadastrado. Esse valerá para todos os produtos da Valia. PASSO 2 Leia, imprima, assine e envie o Termo de Adesão para a Valia, entregando-o nas agências/postos de atendimento ou a um consultor Valia. É possível também enviar o termo pelos Correios, sendo necessário, neste caso, reconhecer antes a assinatura em cartório. PASSO 3 Após receber o confirmando a habilitação do Termo, acesse novamente o Portal do Participante, clique em Alterar Perfil de Investimento e escolha o perfil desejado entre as opções oferecidas. PASSO 4 Após a escolha do novo perfil de investimento, será enviado um link de confirmação para o cadastrado. Após a confirmação do link, será enviado um e- -mail de confirmação final. Pronto: o novo perfil de investimento passará a valer já no mês seguinte. PASSO meses Para alterar o perfil novamente, é preciso esperar pelo menos 12 meses a partir da data da última alteração. Passado esse período, comece pelo PASSO 3, pois não será necessário mais assinar o Termo de Adesão. *Quem não possui código de acesso e senha do Portal do Participante deve entrar em contato com os canais de atendimento da Valia para solicitá-los. 12 I Revista Valia

13 Projeto Futuro Projeto Futu Outubro/2014 Educação Previdenciária Definição do percentual de contribuição Uma das decisões mais importantes para quem é participante de um plano de previdência complementar é definir o percentual de contribuição que será feito mensalmente para formação de sua poupança previdenciária. Esta é uma decisão pessoal, que deve ser tomada considerando as regras do plano e, principalmente, em função das expectativas e possibilidades do participante; por isso, pode variar ao longo do tempo. Mas algumas questões precisam ser levadas em consideração, para aumentar as chances de uma escolha acertada: Oportunidade de usufruir do máximo de contrapartida de sua empresa: nos planos Vale Mais e Valiaprev, a contribuição dos participantes com salário de até R$ 3.236,36 (10 URs - Unidades de Referência) é de 1%, e a empresa patrocinadora garante a contrapartida limitada a este percentual. Para os que possuem salário acima de R$ 3.236,36, o patrocinador contribui com valor igual até o limite de 9% sobre a parcela do salário que ultrapasse 10 URs. Por exemplo: para um salário de R$ 3.500,00. Salário de participação 10 URs (R$ 3.236,36) Parcela 1 Parcela 2 R$ 3.500,00 R$ 3.236,36 R$ 263,64 Parcela 1 + parcela 2 Participante R$ 56,09 Parcela 1 + parcela 2 Patrocinador R$ 56,09 1% R$ 32,36 9% R$ 23,73 1% R$ 32,36 9% R$ 23,73 TOTAL R$ 112,18 Período pelo qual contribuirá: o tempo é um aliado neste quesito. Quanto maior é o período de contribuição, melhor será a rentabilidade e menor tenderá a ser o esforço necessário para acumular a quantia desejada, porque os rendimentos das aplicações realizadas incidirão por um período maior sobre o montante acumulado. Acompanhamento de seu saldo de conta: aqui, o importante é lembrar que seu planejamento deve ser de longo prazo e que a avaliação do resultado das aplicações precisa ser feita levando-se em conta períodos maiores, já que o objetivo é obter recursos para a aposentadoria. Com base nesse maior horizonte, o acompanhamento do rendimento de seus recursos permitirá uma avaliação mais precisa da necessidade do aumento do valor contribuído, por exemplo, em função de suas expectativas. Benefícios fiscais: quem tem um plano de previdência complementar e faz a declaração anual de Imposto de Renda (IR) completa pode deduzir suas contribuições da base de cálculo do IR até o limite de 12% dos rendimentos tributáveis no ano. Este é um benefício fiscal que também merece ser avaliado para a definição do percentual de contribuição, de modo a reduzir o imposto e a possibilidade de aumentar a renda futura.

14 Projeto Futuro Educação Financeira Escolha do perfil de investimento Os participantes ativos, autopatrocinados e vinculados dos planos Vale Mais e Valiaprev podem optar por um novo perfil de investimento a cada 12 meses. Trata-se de uma decisão absolutamente pessoal, que, antes de ser tomada, deve levar em conta uma série de questões importantes, como a capacidade de cada pessoa de lidar com riscos e o tempo que falta para sua aposentadoria. Também é fundamental saber como funciona a aplicação de recursos em cada perfil oferecido pela Valia. Nesse sentido, a principal diferença entre os perfis é o percentual destinado a aplicações em renda fixa e em renda variável (ações). Atualmente, há quatro opções à disposição do participante: Perfil Segmento de renda fixa e operações com participantes No segmento de renda fixa, em sua maior parte, os recursos são aplicados em títulos do Tesouro Nacional, emitidos pelo governo brasileiro. Há uma parcela menor aplicada em títulos privados, como debêntures (títulos emitidos por companhias que dão um direito de crédito a quem os adquire) e Certificados de Depósito Bancário (CDBs). Existem ainda as operações com participantes os empréstimos concedidos, sobre os quais incidem juros. Esses juros são o rendimento da aplicação, revertido em benefício do próprio conjunto de participantes. No segmento de renda variável, os perfis têm uma parcela dos recursos aplicada em gestão passiva e outra em gestão ativa. A expressão gestão passiva significa que a parte aplicada em renda variável é uma cópia da carteira de um determinado índice. Nos perfis Mix 20, Mix 35 e Ativo Mix 40, o índice escolhido é o IBr-X, composto por cem ações de empresas selecionadas entre as mais negociadas no mercado e divulgado diariamente pela Bolsa de Valores de São Paulo. Por isso, o rendimento da gestão passiva deverá estar atrelado ao índice IBr-X, ou seja, deve acompanhar sua valorização. Composição Segmento de renda variável Valia Fix 100% 0% Valia Mix 20 80% 20% Valia Mix 35 65% 35% Valia Ativo Mix 40 60% 40% em torno de 10% em gestão passiva em torno de 10% em gestão ativa em torno de 17,5% em gestão passiva em torno de 17,5% em gestão ativa em torno de 5% em gestão passiva em torno de 35% em gestão ativa Já no caso da gestão ativa, gestores externos contratados pela Valia, após um rigoroso processo de seleção, buscam investimentos que, em longo prazo, superem a valorização do IBr-X (em curto prazo isso pode não acontecer). No perfil Ativo Mix 40, a gestão ativa tem um peso maior do que nos perfis Mix 20 e Mix 35. De maneira geral, quanto mais alto o percentual aplicado em ações, maior é a chance de ganhos em longo prazo, mas, em contrapartida, aumenta-se o risco de variação do saldo de conta (para mais e para menos), já que isso pode influenciar no tempo necessário tado período, normais no mercado de ações, sejam compensadas por valorizações no futuro. Informe-se sempre: quanto maior é o conhecimento sobre a forma como os recursos destinados à aposentadoria são investidos, mais fácil é fazer uma escolha bem pensada.

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão O que é A SISTEL? A Fundação Sistel de Seguridade Social foi criada em 1977 e possui expressiva experiência em Planos de Previdência Privada. A Sistel atua no desenvolvimento de soluções previdenciais

Leia mais

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA SUMÁRIO Qual é o significado de aposentado e pensionista?...3 Quando é realizado

Leia mais

PERFIS DE INVESTIMENTO

PERFIS DE INVESTIMENTO PERFIS DE INVESTIMENTO Índice 3 Apresentação 3 Como funciona a ELETROS? 4 Como são os investimentos em renda variável? 5 Como são os investimentos em renda fixa? 6 Como são os investimentos nos demais

Leia mais

VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE.

VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE. VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE. ACESSO WEB QUEM PODE ENTRAR NA ÁREA RESTRITA ATRAVÉS DO SITE FBSS? Participantes Ativos Assistidos (Aposentados e Pensionistas) Importante: Dependentes e pessoas que

Leia mais

Participantes. Passo a Passo Icatu Online -

Participantes. Passo a Passo Icatu Online - Participantes Passo a Passo Icatu Online - Participantes, Sejam bem vindos ao Icatu Online. Para a sua ajuda, formulamos esse passo a passo para que você navegue pelo nosso site com a máxima facilidade.

Leia mais

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD MATERIAL EXPlICatIvo Plano BAYER CD 1 Prezado Colaborador! você, que está sendo admitido agora ou ainda não aderiu ao Plano de Previdência oferecido pelo Grupo Bayer, tem a oportunidade de conhecer, nas

Leia mais

Perfis de Investimento

Perfis de Investimento Perfis de Investimento Manual Perfis de Investimento Manual Perfis de Investimento Índice Objetivo... 3 Introdução... 3 Falando sobre sua escolha e seu plano... 3 Perfis de Investimento... 5 Principais

Leia mais

Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter

Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter Valia Fix, Valia Mix 20, Valia Mix 35 e Valia Ativo Mix 40 Quatro perfis de investimento. Um futuro cheio de escolhas. Para que seu plano de

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Material Explicativo Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Sumário Plano CD - Tranqüilidade no futuro 3 Conheça a previdência 4 A entidade Previ-Siemens 6 Como funciona o Plano CD da Previ-Siemens?

Leia mais

Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil. Contribuição definida

Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil. Contribuição definida Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil Contribuição definida Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil Este folheto contém as principais características do Plano de Previdência Complementar da ArcelorMittal

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante Fenacor Prev 1 Índice Introdução...3 O Programa de Previdência Fenacor Prev...3 Contribuições...4 Investimentos...5 Benefício Fiscal...5 Benefícios

Leia mais

Plano de Contribuição Definida

Plano de Contribuição Definida Plano de Contribuição Definida Gerdau Previdência CONHEÇA A PREVIDÊNCIA REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Oferecido pelo setor privado, com adesão facultativa, tem a finalidade de proporcionar uma proteção

Leia mais

2º Semestre de 2010 2

2º Semestre de 2010 2 1 2 2º Semestre de 2010 O objetivo deste material é abordar os pontos principais do Plano de Benefícios PreviSenac e não substitui o conteúdo do regulamento. 3 4 Índice PreviSenac para um futuro melhor

Leia mais

Manual Perfis de Investimentos

Manual Perfis de Investimentos Manual Perfis de Investimentos 2015 Manual de Perfis de Investimentos Índice Perfi s de Investimentos Avonprev... 4 Por que existem os Perfi s de Investimentos... 5 O que são Perfi s de Investimentos...

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP Material Explicativo Plano de Benefícios HP Janeiro - 2015 1 As informações deste material visam cumprir a legislação aplicável e dar aos participantes uma idéia geral e resumida das alterações promovidas

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - PBS Telesp Celular Exercício: 2013 e 2012 - dezembro - R$ Mil

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - PBS Telesp Celular Exercício: 2013 e 2012 - dezembro - R$ Mil Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios PBS Telesp Celular Exercício: 203 e 202 dezembro R$ Mil Descrição 203 202 Variação (%) Relatório Anual 203 Visão Prev. Ativos Disponível Recebível

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante FenacorPrev Índice Introdução... 3 O Programa de Previdência FenacorPrev... 3 Contribuições... 4 Investimentos... 5 Benefício Fiscal... 6 Benefícios

Leia mais

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1 PLANO SUPLEMENTAR Material Explicativo 1 Introdução A CitiPrevi oferece planos para o seu futuro! Recursos da Patrocinadora Plano Principal Benefício Definido Renda Vitalícia Programa Previdenciário CitiPrevi

Leia mais

Plano. Valiaprev. cartilha. Porque o futuro precisa ser bem cuidado.

Plano. Valiaprev. cartilha. Porque o futuro precisa ser bem cuidado. Plano Valiaprev cartilha Porque o futuro precisa ser bem cuidado. 14ª edição Fevereiro 2015 Valiaprev Um futuro sustentável para você e sua família É no presente que você planta o seu futuro. E a escolha

Leia mais

CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTO VALIA FAÇA A SUA ESCOLHA. VALIA FIX VALIA MIX 20 VALIA MIX 35

CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTO VALIA FAÇA A SUA ESCOLHA. VALIA FIX VALIA MIX 20 VALIA MIX 35 CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTO VALIA VALIA FIX VALIA MIX 20 VALIA MIX 35 O melhor perfi l de investimento é o que mais se parece com você. FAÇA A SUA ESCOLHA. A Valia está disponibilizando três perfis

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil. FUNDAÇÃO previdenciária IBM

Material Explicativo. Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil. FUNDAÇÃO previdenciária IBM Material Explicativo Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil FUNDAÇÃO previdenciária IBM 2 Material Explicativo Fundação Previdenciária IBM A DIREÇÃO DO SEU FUTURO Lembre-se! O objetivo

Leia mais

Plano PAI. material explicativo

Plano PAI. material explicativo Plano PAI material explicativo Conheça melhor o Plano PAI e veja como o tempo pode ser seu maior aliado Grande parte dos trabalhadores sonha em ter uma aposentadoria estável e aproveitar essa fase para

Leia mais

Guia PCD. Conheça melhor o Plano

Guia PCD. Conheça melhor o Plano Guia PCD Conheça melhor o Plano Índice De olho no Futuro...3 Quem é a Fundação Centrus?...5 Conhecendo o Plano de Contribuição Definida - PCD...6 Contribuições do Participante...7 Saldo de Conta...8 Benefícios

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Vivo Prev

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Vivo Prev Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios Vivo Prev Exercício: 2013 e 2012 dezembro R$ Mil Descrição 2013 2012 Variação (%) Relatório Anual 2013 Visão Prev 1. Ativos Disponível Recebível Investimento

Leia mais

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT CARTILHA DO PLANO D Cartilha - Plano D INTRODUÇÃO Você está recebendo a Cartilha do Plano D. Nela você encontrará um resumo das principais características do plano. O Plano D é um plano moderno e flexível

Leia mais

Versão atualizada em março de 2011

Versão atualizada em março de 2011 Versão atualizada em março de 2011 Apresentação Ativo, rentabilidade, renda fixa, perfil de investimento... Se você tem o hábito de se informar sobre como anda o dinheiro investido no seu plano previdenciário,

Leia mais

Plano TELOS Contribuição Variável - I

Plano TELOS Contribuição Variável - I Plano TELOS Contribuição Variável - I A sua empresa QUER INVESTIR NO SEU FUTURO, E VOCÊ? A sua empresa sempre acreditou na importância de oferecer um elenco de benefícios que pudesse proporcionar a seus

Leia mais

plano Taesaprev Editada em fevereiro de 2012

plano Taesaprev Editada em fevereiro de 2012 plano Taesaprev Editada em fevereiro de 2012 Apresentação Ativo, rentabilidade, renda fixa, perfil de investimento... Se você tem o hábito de se informar sobre como anda o dinheiro investido no seu plano

Leia mais

Principais Destaques

Principais Destaques Aumento do Patrimônio Atingimento da Meta Atuarial Principais Destaques 1. Perfil Institucional A Fundação CAGECE de Previdência Complementar CAGEPREV, criada através da Lei Estadual nº 13.313, de 30 de

Leia mais

APRENDIZADO QUE VALE OURO!

APRENDIZADO QUE VALE OURO! APRENDIZADO QUE VALE OURO! Introdução A aposentadoria chega mais rápido do que a gente imagina. Nem sempre a Previdência Social atende às nossas necessidades financeiras e projetos nessa fase da vida.

Leia mais

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo ÍNDICE 1. Mensagem importante pra você... 4 2. Que tal planejar sua aposentadoria?... 5 3. Estamos juntos!... 6 4. Saiba quem pode

Leia mais

Aceprev. Cartilha do Plano de Benefícios REGRA MIGRADOS. Aperam Inox América do Sul S.A. Acesita Previdência Privada

Aceprev. Cartilha do Plano de Benefícios REGRA MIGRADOS. Aperam Inox América do Sul S.A. Acesita Previdência Privada Aceprev Acesita Previdência Privada Aperam Inox América do Sul S.A. Cartilha do Plano de Benefícios REGRA MIGRADOS Aceprev Acesita Previdência Privada DIRETORIA EXECUTIVA Nélia Maria de Campos Pozzi -

Leia mais

Material Explicativo

Material Explicativo Material Explicativo Material Explicativo Índice Introdução 4 Sobre o Plano Previplan 5 Adesão 5 Benefícios do Plano 6 Entenda o Plano 7 Rentabilidade 8 Veja como funciona a Tributação 9 O que acontece

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Multi

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Multi Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios Visão Multi Exercício: 013 e 01 dezembro R$ Mil Descrição 013 01 Variação (%) Relatório Anual 013 Visão Prev 1. Ativos Recebível Investimento Ações

Leia mais

CARTILHA PLANO CELPOS CD

CARTILHA PLANO CELPOS CD CARTILHA PLANO CELPOS CD ORIGINAL PLUS O QUE É O PLANO CELPOS CD? O Plano Misto I de Benefícios CELPOS CD é um plano de previdência complementar cujo benefício de aposentadoria programada é calculado de

Leia mais

Material Explicativo Centrus

Material Explicativo Centrus Material Explicativo Centrus De olho no futuro! É natural do ser humano sempre pensar em situações que ainda não aconteceram. Viagem dos sonhos, o emprego ideal, casar, ter filhos, trocar de carro, comprar

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Telest Celular

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Telest Celular Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios Visão Telest Celular Exercício: 2013 e 2012 dezembro R$ Mil Descrição 2013 2012 Variação (%) Relatório Anual 2013 Visão Prev 1. Ativos Recebível Investimento

Leia mais

O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II

O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II ReckittPrev Reckitt Benckiser Sociedade Previdenciária O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II Material Explicativo do Plano de Benefícios II Sumário Carta da diretoria O futuro

Leia mais

COMO FUNCIONA A PREV PEPSICO CONTRIBUIÇÕES ALOCAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES OPÇÕES EM CASO DE DESLIGAMENTO BENEFÍCIOS CÁLCULO E PAGAMENTO DOS BENEFÍCIOS

COMO FUNCIONA A PREV PEPSICO CONTRIBUIÇÕES ALOCAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES OPÇÕES EM CASO DE DESLIGAMENTO BENEFÍCIOS CÁLCULO E PAGAMENTO DOS BENEFÍCIOS Material Explicativo Sumário 2 COMO FUNCIONA A PREV PEPSICO 3 CONTRIBUIÇÕES 8 ALOCAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES 9 OPÇÕES EM CASO DE DESLIGAMENTO 11 BENEFÍCIOS 13 CÁLCULO E PAGAMENTO DOS BENEFÍCIOS 18 TRIBUTAÇÃO

Leia mais

Guia do Participante - Desligamento Como proceder no desligamento da Rhodia O plano não termina aqui: confira as opções

Guia do Participante - Desligamento Como proceder no desligamento da Rhodia O plano não termina aqui: confira as opções Planos de Aposentadoria Básico e Suplementar Contribuição Definida Guia do Participante - Desligamento Como proceder no desligamento da Rhodia O plano não termina aqui: confira as opções (documento completo

Leia mais

Sumário. A função do Resumo Explicativo 3. Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4. Contribuições do Participante 6. Contribuições da Patrocinadora 7

Sumário. A função do Resumo Explicativo 3. Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4. Contribuições do Participante 6. Contribuições da Patrocinadora 7 Sumário A função do 3 Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4 Contribuições do Participante 6 Contribuições da Patrocinadora 7 Controle de Contas 8 Investimento dos Recursos 9 Benefícios 10 Em caso de

Leia mais

Jonatam Cesar Gebing. Tesouro Direto. Passo a passo do Investimento. Versão 1.0

Jonatam Cesar Gebing. Tesouro Direto. Passo a passo do Investimento. Versão 1.0 Jonatam Cesar Gebing Tesouro Direto Passo a passo do Investimento Versão 1.0 Índice Índice 2 Sobre o autor 3 O Tesouro Direto 4 1.1 O que é? 4 1.2 O que são Títulos Públicos? 5 1.3 O que é o grau de investimento?

Leia mais

Plano D. Material Explicativo

Plano D. Material Explicativo Plano D Material Explicativo 2 Material Explicativo Previ Novartis Índice Pág. 4 Introdução Pág. 6 A Previdência no Brasil Pág. 10 A Previdência e o Plano de Benefício D Pág. 24 Questões 3 Material Explicativo

Leia mais

Fundação Itaú Unibanco. Quer saber mais? www.fundacaoitauunibanco.com.br. Confira as novidades nesta edição especial do Com você.

Fundação Itaú Unibanco. Quer saber mais? www.fundacaoitauunibanco.com.br. Confira as novidades nesta edição especial do Com você. Fundação Itaú Unibanco Edição Especial Junho 2015 www.fundacaoitauunibanco.com.br Prepare-se! O novo site da Fundação Itaú Unibanco mudou e muito! para facilitar o acesso às informações, simplificar a

Leia mais

Plano de Previdência Complementar para o Servidor Público Federal

Plano de Previdência Complementar para o Servidor Público Federal Plano de Previdência Complementar para o Servidor Público Federal SINDITAMARATY 29/07/2014 Sumário A Funpresp Governança Participante Ativo Normal Participante Ativo Alternativo Procedimentos de Adesão

Leia mais

Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubank

Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubank Chegou a hora! Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubank Índice Como funciona sua aposentadoria... 04 A tributação do seu benefício... 08 Seus recursos no plano... 10 Cuide bem de sua saúde física

Leia mais

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Índice Quem Somos Estrutura do plano Importância da Previdência Privada. Quanto antes melhor! As regras do plano Canais Visão Prev 2 Visão Prev Entidade fechada

Leia mais

RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil.

RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil. 1 RAÏSSA LUMACK, Vice-Presidente de RH da Coca-Cola Brasil. O Informativo Previcoke (Fundo de Pensão da Coca-Cola Brasil) é feito para quem já pensa no amanhã e para quem quer começar a pensar. Aqui, você

Leia mais

Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro Carteira de Pecúlios CAPEC

Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro Carteira de Pecúlios CAPEC Relatório PREVI 2013 Parecer Atuarial 2013 74 Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro Carteira de Pecúlios CAPEC 1 OBJETIVO 1.1 O presente Parecer Atuarial tem por objetivo informar sobre

Leia mais

Seus projetos para o futuro começam a ser construídos no presente

Seus projetos para o futuro começam a ser construídos no presente Seus projetos para o futuro começam a ser construídos no presente Um plano de previdência comprometido com o seu Caro(a) colaborador(a), futuro Este Termo de Adesão é o caminho para que você se torne um

Leia mais

HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO. Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev

HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO. Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev,

Leia mais

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você.

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Conheça os benefícios e novidades do seu novo banco. Banco do Brasil. É de São Paulo. É do Brasil. É Todo Seu. Índice Introdução...3

Leia mais

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR O futuro que você faz agora FUNPRESP-JUD Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário 2 Funpresp-Jud seja bem-vindo(a)! A Funpresp-Jud ajudará

Leia mais

Comunicação Interna. VivoPrev. para quem é ligado no futuro.

Comunicação Interna. VivoPrev. para quem é ligado no futuro. Comunicação Interna VivoPrev para quem é ligado no futuro. Qual o seu programa para o amanhã? Pensar no amanhã é algo que deve ser feito hoje. Quanto antes você começar, maior a garantia de chegar ao futuro

Leia mais

Seu futuro está em nossos planos!

Seu futuro está em nossos planos! 1/8 CONHEÇA O PLANO DE BENEFÍCIOS CD-METRÔ DF Seu futuro está em nossos planos! 2014 2/8 1 Quem é a REGIUS? A REGIUS Sociedade Civil de Previdência Privada é uma entidade fechada de previdência privada,

Leia mais

Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubanco CD

Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubanco CD Chegou a hora! Saiba tudo sobre sua aposentadoria Plano Itaubanco CD Índice Como funciona sua aposentadoria... 04 A tributação do seu benefício... 10 Seus recursos no plano... 12 Cuide bem de sua saúde

Leia mais

Perfis de Investimentos

Perfis de Investimentos Perfis de Investimentos PLANO SEBRAEPREV Cartilha Informativa Perfis de Investimentos Plano SEBRAEPREV Índice Apresentação Tipos de investimentos Perfis de investimentos Escolha dos perfis de investimentos

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas.

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criou este material para ajudar você com as

Leia mais

PRhosper - Previdência Rhodia Av. Maria Coelho Aguiar, 215 Bloco B - 1 Andar Fone: (11) 3741-7189 Fax: (11) 3741-6180 Cep: 05804-902 - S.P.

PRhosper - Previdência Rhodia Av. Maria Coelho Aguiar, 215 Bloco B - 1 Andar Fone: (11) 3741-7189 Fax: (11) 3741-6180 Cep: 05804-902 - S.P. PRhosper - Previdência Rhodia Av. Maria Coelho Aguiar, 215 Bloco B - 1 Andar Fone: (11) 3741-7189 Fax: (11) 3741-6180 Cep: 05804-902 - S.P. FORMULARIO 1 - DESLIGAMENTO DA PATROCINADORA Eu,, CPF informo

Leia mais

Simuladores de benefícios Saiba como ficará sua projeção de aposentadoria com as taxas de juros reduzidas

Simuladores de benefícios Saiba como ficará sua projeção de aposentadoria com as taxas de juros reduzidas Simuladores de benefícios Saiba como ficará sua projeção de aposentadoria com as taxas de juros reduzidas Passo a passo Para ajudá-lo na simulação, preparamos um passo a passo do preenchimento do simulador

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão -

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - O que é o plano PreVisão? O plano PreVisão é o novo plano de benefícios administrado pela Visão Prev, resultado de estudos realizados no intuito de buscar uma solução

Leia mais

Relatório de Seguridade

Relatório de Seguridade Re Relatório de Seguridade Relatório de Seguridade Relatório Maio/2015 O relatório da área de seguridade tem por finalidade apresentar as principais atividades desenvolvidas no mês, informando os números

Leia mais

BEM-VINDO AO PLANO SinMed/RJ

BEM-VINDO AO PLANO SinMed/RJ BEM-VINDO AO PLANO SinMed/RJ O Plano SinMed/RJ foi criado em parceria pelo Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro, e pela Petros, para garantir uma renda de aposentadoria complementar para você. Neste

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV. Manual Explicativo

PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV. Manual Explicativo PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV Manual Explicativo 1 2 Plano de Benefícios Atento AtentoPrev O Plano de Benefícios Atento Atento Prev é um plano de previdência complementar, constituído na modalidade

Leia mais

Perfis de Investimento PrevMais

Perfis de Investimento PrevMais Cartilha Perfis de Investimento PrevMais [1] Objetivo Geral O regulamento do PREVMAIS prevê exclusivamente para o Benefício de Renda Programada a possibilidade de os participantes optarem por perfis de

Leia mais

Cartilha do Participante

Cartilha do Participante FACEAL Fundação Ceal de Assistência Social e Previdência Cartilha do Participante Manual de Perguntas e Respostas Plano Faceal CD Prezado leitor, A FACEAL apresenta esta cartilha de perguntas e respostas

Leia mais

Lorem ipsum dolor sit amet

Lorem ipsum dolor sit amet Lorem ipsum dolor sit amet Lorem ipsum dolor sit amet Consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim ad minim veniam.

Leia mais

BRADESCO VISA NACIONAL. Índice. Facilidades e Benefícios Serviços de Emergência Reposição Emergencial de Cartão Saques de Emergência

BRADESCO VISA NACIONAL. Índice. Facilidades e Benefícios Serviços de Emergência Reposição Emergencial de Cartão Saques de Emergência BRADESCO VISA NACIONAL Índice Facilidades e Benefícios Serviços de Emergência Reposição Emergencial de Cartão Saques de Emergência Formas de Pagamento Parcelamento de Compras Crédito Rotativo Parcelamento

Leia mais

1.2. Quais são as condições do financiamento para novos contratos?

1.2. Quais são as condições do financiamento para novos contratos? Tire suas dúvidas 1. CONHECENDO O FIES 1.1. O que é o Fies? O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), criado pela Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001, é o programa do Ministério da Educação que financia

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício?

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício? Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criamos este material para ajudar você com

Leia mais

A importância de um plano de aposentadoria complementar

A importância de um plano de aposentadoria complementar INFORMATIVO É a melhor maneira de planejar a sua aposentadoria; Poupança com 100% de rentabilidade - Parte Patrocinadora; Rentabilidade totalmente revertida ao participante Datusprev sem fins lucrativos;

Leia mais

Tesouro Direto. Rentabilidade Segurança Comodidade Diversidade Baixo risco

Tesouro Direto. Rentabilidade Segurança Comodidade Diversidade Baixo risco Tesouro Direto Rentabilidade Segurança Comodidade Diversidade Baixo risco TesouroDireto.indd 1 2/21/11 3:30 PM 1Conheça o Tesouro Direto Criado pelo Tesouro Nacional em 2002, em parceria com a BM&FBOVESPA,

Leia mais

EDIÇÃO 06 NOVEMBRO 2014 ANO 2. Uso consciente do crédito: PROPAGUE ESSA IDEIA!

EDIÇÃO 06 NOVEMBRO 2014 ANO 2. Uso consciente do crédito: PROPAGUE ESSA IDEIA! Uso consciente do crédito: PROPAGUE ESSA IDEIA! EDUCAÇÃO FINANCEIRA USO CONSCIENTE DO CRÉDITO: PROPAGUE ESSA IDEIA! Ele está tão integrado ao nosso dia a dia, que alguns consumidores acabam usando o recurso

Leia mais

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência No dia 21 de julho, o RH do Banco Bradesco e diretores do Bradesco Previdência expuseram, a cerca de 50 dirigentes sindicais, as mudanças no plano de

Leia mais

Manual de perguntas e respostas Previdência Privada Zurich Seven IT

Manual de perguntas e respostas Previdência Privada Zurich Seven IT Manual de perguntas e respostas Previdência Privada Zurich Seven IT 1º. Quais são os fundos de investimentos na Previdência Privada Zurich? Você pode escolher Renda Fixa para investidores mais conservadores

Leia mais

A Ernst&Young foi contratada para revisar o ambiente de controles internos da plataforma Assembleias Online objetivando aperfeiçoá-los

A Ernst&Young foi contratada para revisar o ambiente de controles internos da plataforma Assembleias Online objetivando aperfeiçoá-los O negócio Estrutura do Negócio O Assembleias Online é uma iniciativa da MZ, líder em serviços de relações com investidores na América Latina, em parceria com a Certisign Certificadora Digital e o Tauil

Leia mais

Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K

Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K A principal função do OABPrev-SC é auxiliar o advogado a criar uma poupança previdenciária para dar suporte aos riscos

Leia mais

Bruna Galinde 29.10.2014 Acesso WEB ÍNDICE

Bruna Galinde 29.10.2014 Acesso WEB ÍNDICE Manual 2.1 01/25 ÍNDICE Título Página ATENDIMENTO... 2 PRIMEIRO ACESSO... 3 ALTERAÇÃO DE SENHA... 4 DADOS CADASTRAIS... 5 FALE CONOSCO... 6 EXTRATO DE CONTRIBUIÇÃO... 7 DOWNLOAD... 8 EMPRÉSTIMO... 9 SIMULADOR

Leia mais

Cartilha Plano EPE DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS

Cartilha Plano EPE DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS Cartilha Plano EPE Esta cartilha foi criada com o intuito de oferecer informações objetivas sobre previdência, o plano CV EPE e a importância de poupar para garantir um futuro mais tranqüilo. Os pontos

Leia mais

DATUSPREV CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR!

DATUSPREV CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR! DATUSPREV INFORMATIVO CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR! Quem já cumpriu 5 anos de contribuição pode solicitar o benefício de aposentadoria programada? Essas e mais informações pra você neste Informativo.

Leia mais

perfis de investimento

perfis de investimento perfis de investimento Índice 3 Apresentação 3 Como funciona a gestão de investimentos da ELETROS? 5 Quais são os principais riscos associados aos investimentos? 6 Como são os investimentos em renda fixa?

Leia mais

Os resultados de 2013 e as perspectivas para 2014

Os resultados de 2013 e as perspectivas para 2014 w w w. f u n b e p. c o m. b r Informativo bimestral do FUNBEP - Fundo de Pensão Multipatrocinado março/abril 2014 ano12 nº64 Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT. Os resultados de 2013 e as

Leia mais

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA!

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! Prezado participante, 2 Brasil Foods Sociedade de Previdência Privada Cartilha Plano III Um dos grandes objetivos da política de recursos humanos de

Leia mais

Agora sua máquina da Cielo passa os cartões Diners Club. Informativo. Ou seja, o seu ponto de venda acaba de ganhar vários pontos com os clientes.

Agora sua máquina da Cielo passa os cartões Diners Club. Informativo. Ou seja, o seu ponto de venda acaba de ganhar vários pontos com os clientes. A número 1 em vendas. NADA SUPERA ESSA MÁQUINA. Informativo EDIÇÃO 2 TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A CIELO PARA O SEU NEGÓCIO. Palavra do presidente Prezado cliente, A Cielo atua no cenário multibandeira

Leia mais

Cafbep - Plano Prev-Renda 1

Cafbep - Plano Prev-Renda 1 Cafbep - Plano Prev-Renda 1 Parecer Atuarial Para fins da avaliação atuarial referente ao exercício de 2013 do Plano Prev-Renda da Cafbep Caixa de Previdência e Assistência aos Funcionários do Banco do

Leia mais

www.cespe.unb.br/avaliacao/senai_15_2

www.cespe.unb.br/avaliacao/senai_15_2 ANTES DA APLICAÇÃO, O TÉCNICO EM TI DEVERÁ PREPARAR OS LABORATÓRIOS DE ACORDO COM AS SEGUINTES ESPECIFICAÇÕES: a. CRIAR UM LINK DE ACESSO À INTERNET DE, NO MÍNIMO, 2 (DOIS) MB/S (MEGABYTES POR SEGUNDO)

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008 ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO EDITAL ESMPU n. 177/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que estarão abertas, no período de 13 a 15 de outubro de 2008, as

Leia mais

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Conforme aprovado pelo Conselho Deliberativo em reunião realizada em 4 de abril de 2011 a São Bernardo implementará em 1º de julho de 2011

Leia mais

Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012. Principais dúvidas no atendimento Plano CV Prevdata II

Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012. Principais dúvidas no atendimento Plano CV Prevdata II Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012 Principais dúvidas no atendimento Plano CV Prevdata II Plano CV Prevdata II Dúvidas... Renda decorrente do saldo de conta: total acumulado das contribuições

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [00.469.585/0001-93] FACEB - FUNDACAO DE PREVIDENCIA DOS EMPREGADOS DA CEB PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [2006.0068-11] CEBPREV ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2013 Atuário

Leia mais

Com você. In for mativo Fundação I taú Un ibanco edição especial setemb ro 201 3. investimento

Com você. In for mativo Fundação I taú Un ibanco edição especial setemb ro 201 3. investimento w w w. f u n d a c a o i t a u u n i b a n c o. c o m. b r Com você Fundação In for mativo Fundação I taú Un ibanco edição especial setemb ro 201 3 Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT. Perfil

Leia mais

Soluções inovadoras para sua empresa e para você. Apresentação Parceria Agência de Domésticas 4003-4733 (11) 3083-1529

Soluções inovadoras para sua empresa e para você. Apresentação Parceria Agência de Domésticas 4003-4733 (11) 3083-1529 Soluções inovadoras para sua empresa e para você. Apresentação Parceria Agência de Domésticas www.pagga.com.br www.paggadomesticos.com.br A nova Lei das Domésticas Com a Lei das Domés,cas, publicada em

Leia mais

Roteiro Aeronáutica Agência e Corban

Roteiro Aeronáutica Agência e Corban Comando da Aeronáutica 1. REGRAS GERAIS DO PRODUTO... 2 1.1 Público Alvo... 2 1.2 Tipo de Averbação... 2 1.3 Quantidade de empréstimos por militar/pensionista... 2 1.4 Matrícula... 2 1.5 Política de Crédito...

Leia mais

PARECER ATUARIAL 2014

PARECER ATUARIAL 2014 PARECER ATUARIAL 2014 Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro 1. OBJETIVO 1.1. O presente Parecer Atuarial tem por objetivo informar sobre a qualidade da base cadastral, as premissas atuariais,

Leia mais

PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL

PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL Goiânia, 03 de Abril de 2014. Á CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DE GOIAS CNPJ: 01.619.022/0001-05 Ref.: Plano de Previdência Complementar Prezado(a) Senhor(a),

Leia mais

MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL Conselho de Gestão da Previdência Complementar RESOLUÇÃO CGPC Nº. 28, DE 26 DE JANEIRO DE 2009.

MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL Conselho de Gestão da Previdência Complementar RESOLUÇÃO CGPC Nº. 28, DE 26 DE JANEIRO DE 2009. (DOU nº. 27, de 09 de fevereiro de 2009, Seção 1, páginas 44 a 49) MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL Conselho de Gestão da Previdência Complementar RESOLUÇÃO CGPC Nº. 28, DE 26 DE JANEIRO DE 2009. Dispõe

Leia mais