PESQUISA DE PREÇOS 02/2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PESQUISA DE PREÇOS 02/2014"

Transcrição

1 PESQUISA DE PREÇOS 02/2014 Considerando a necessidade de aquisição de software integrado de gestão, para atender as necessidades desta Prefeitura Municipal de Porto Alegre, solicitamos que as empresas interessadas apresentem orçamento para embasar o preço médio que irá compor o edital de licitação para esta aquisição. Apresentamos abaixo as especificações dos Objetos propostos, bem como a Planilha do item 3.2 deste documento, que deverá ser remetida, em arquivo no formato PDF, até 02 de maio do corrente ano, à, através do Disponibilizamos o telefone (51) para demais esclarecimentos. 1

2 1. OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1. Aquisição de Software Integrado de Gestão no formato ERP (Enterprise Resource Planning), doravante denominado de Software ERP, para automatizar processos e procedimentos da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, contemplando: Fornecimento e Instalação de Software ERP e de Softwares Complementares; Serviços de Implantação do Software ERP com Treinamento; Serviços de Manutenção Corretiva e de Ordem legal, e Suporte Técnico do Software ERP. 2. DETALHAMENTO DO OBJETO 2.1. Fornecimento e Instalação de Software ERP e de Softwares Complementares Fornecimento e Instalação de Software ERP Fornecimento e Instalação de aplicativo acessível via web, com cessão de direito de uso definitivo e exclusivo, com a entrega total dos códigos-fontes do Software ERP, que deverá atender a Administração Direta e Indireta, compreendendo a Administração Centralizada e Fundos Municipais, Autarquias, Fundação e Câmara Municipal conforme subitem abaixo, devendo ter, no mínimo, os seguintes Módulos Funcionais: Módulo de Contabilidade Pública; Módulo de Planejamento; Módulo de Execução Orçamentária e Extra Orçamentária; Módulo de Administração Financeira e Fluxo de Caixa; Módulo de Controle de Dívida Pública; Módulo de Gestão de Contratos; Módulo de Compras e Licitações; Módulo de Controle de Bens Patrimoniais (Móveis e Imóveis); Módulo de Controle de Materiais e Almoxarifados; Módulo de Controle de Convênios; Módulo Gerencial (BI e Custos) Órgãos da Administração a serem alcançados pelo Software ERP: ÓRGÃO TIPO Administração Centralizada DIRETA DEMHAB Departamento Municipal de Habitação INDIRETA 2

3 DMLU Departamento Municipal de Limpeza Urbana DMAE Departamento Municipal de Águas e Esgoto PREVIMPA Departamento Munic. de Previdência dos Serv. Públicos POA FASC Fundação de Assistência Social e Cidadania Câmara de Vereadores INDIRETA INDIRETA INDIRETA INDIRETA LEGISLATIVO O sistema fornecido deverá oferecer as funcionalidades parametrizáveis e customizáveis Para efeitos desta pesquisa de preços, são utilizadas as seguintes definições: Customização: busca do atendimento de requisitos funcionais através da alteração do código-fonte do sistema, ou do desenvolvimento de novos códigos; Parametrização: busca do atendimento de requisitos funcionais sem a necessidade de alteração do código-fonte do sistema ou de desenvolvimento de novos códigos, ou seja, o requisito já deve estar incorporado de forma nativa na solução de software, podendo necessitar apenas de ajustes de parâmetros quando da sua implementação O sistema fornecido deverá vir acompanhado de declaração do fabricante do software ou de sua subsidiária brasileira, se for o caso, permitindo constatar que a LICITANTE vencedora pode vender e instalar o sistema, incluindo a cedência dos códigos-fontes e toda a documentação técnica necessária, que viabilize a Equipe Técnica da PMPA a assumir a manutenção do sistema; O sistema deverá possibilitar o acesso para o mínimo de usuários definidos, conforme abaixo: MÓDULO QTDE USUÁRIOS MÓDULO DE CONTABILIDADE PÚBLICA 200 MÓDULO DE PLANEJAMENTO 500 MÓDULO DE EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA E EXTRA-ORÇAMENTÁRIA 500 MÓDULO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E FLUXO DE CAIXA 100 MÓDULO DE CONTROLE DE DÍVIDA PÚBLICA 100 MÓDULO DE GESTÃO DE CONTRATOS 500 MÓDULO DE COMPRAS E LICITAÇÕES MÓDULO DE CONTROLE DE BENS PATRIMONIAIS (MÓVEIS E 500 IMÓVEIS) 3

4 MÓDULO DE CONTROLE DE MATERIAIS E ALMOXARIFADOS MÓDULO DE CONTROLE DE CONVÊNIOS 500 MÓDULO GERENCIAL (BI E CUSTOS) 100 TOTAL DE USUÁRIOS Os perfis necessários para os usuários acima expostos são os seguintes: Desenvolvedores Equipe Técnica da PROCEMPA, com o objetivo de conhecer a arquitetura do Software ERP, visando transferência de conhecimento para possibilitar à PMPA assumir a manutenção/evolução ao final do contrato (Aproximadamente 50 usuários); Administradores Equipe da PMPA com o objetivo de possibilitar a parametrização e codificação de soluções utilizando o código de desenvolvimento nativo do Software ERP (Aproximadamente 7% do total de usuários); Gestores Equipe da PMPA com perfil estratégico com acesso irrestrito a todas as funcionalidades da Solução ERP, relacionadas ao seu papel.(aproximadamente 13% do total de usuários); Operacionais Equipe da PMPA com acesso restrito a algumas funcionalidades da Solução ERP, relacionadas ao seu papel (Aproximadamente 80% do total de usuários) O sistema deverá suportar 15% (quinze por cento) de usuários concorrentes, em relação ao total de usuários do Software ERP. Consideram-se usuários concorrentes aqueles que estão com suas sessões abertas no sistema ao mesmo tempo; e O sistema deverá suportar 10% (dez por cento) de usuários simultâneos, em relação ao total de usuários do Software ERP. Consideram-se usuários simultâneos aqueles que estão efetuando transações on-line dentro de um mesmo intervalo de tempo, no caso, 01 (um) segundo; O fornecimento do sistema não poderá apresentar incremento financeiro vinculado a futuros upgrades (evolução) de hardware, Sistema Operacional e Sistema Gerenciador de Banco de Dados, gerados pela Contratada, dentro da plataforma operacional adotada para o sistema, na vigência do Contrato. 4

5 Fornecimento e Instalação de Equipamentos e Softwares Complementares Ambiente de Desenvolvimento A CONTRATADA fará uso de recursos próprios para o desenvolvimento do Software ERP em todas as suas etapas, incluindo equipamentos, sistemas operacionais, gerenciadores de bancos de dados, softwares e licenças em geral, equipamentos de rede e tudo mais que se fizer necessário ao andamento dos trabalhos; As ferramentas de desenvolvimento e suas licenças de uso, a serem utilizadas pela CONTRATADA para a customização do Software ERP, deverão ser por ela providenciadas e disponibilizadas, em especificação e quantidades adequadas ao desenvolvimento dos serviços, na forma estabelecida nesta pesquisa de preços; Esse ambiente deverá estar disponível desde a ordem de início do projeto até o final do período contratual Ambiente de Homologação A CONTRATADA deverá disponibilizar ambiente próprio de homologação, incluindo equipamentos, softwares e licenças necessárias para homologação do software ERP pelo usuário PMPA. Este ambiente deverá estar disponível desde a ordem de início do projeto até o final do período contratual. Para fins da execução contratual, a homologação de todas as fases do projeto de implantação será realizada neste ambiente, independente da instalação de ambiente similar em equipamentos da Contratante; A CONTRATADA deverá definir e dimensionar a infraestrutura tecnológica necessária para montagem de um ambiente de homologação pela CONTRATANTE, em equipamentos adquiridos pela CONTRATANTE, conforme especificação feita pela CONTRATADA. A montagem deste ambiente deverá contar com a colaboração e assistência técnica da CONTRATADA; A CONTRATADA deverá fornecer todos os softwares e suas respectivas licenças necessárias, tais como sistema operacional, sistema gerenciador de Banco de Dados, etc, para o pleno funcionamento do ambiente de homologação a ser montado pela CONTRATANTE. Esses softwares e as respectivas licenças deverão ser entregues à CONTRATANTE em até 120 dias após a 5

6 ordem de início do projeto e passarão a ser propriedade da CONTRATANTE ao final do período de vigência do contrato. Todos os softwares utilizados pelo Software ERP devem ser suportados pela CONTRATADA até o final da vigência do contrato Ambiente de Produção A CONTRATADA deverá fornecer, na data de assinatura do contrato, a definição e dimensionamento da Infraestrutura tecnológica de hardware necessária para o ambiente de produção, o qual deverá ser adquirido pela CONTRATANTE; O ambiente de produção a ser utilizado pelo Software ERP deverá ser configurado em ambiente clusterizado, com o objetivo de garantir alto desempenho, tolerância a falhas e balanceamento de carga; A CONTRATADA deverá fornecer todos os softwares e suas respectivas licenças necessárias, tais como sistema operacional, sistema gerenciador de Banco de Dados, etc, para o pleno funcionamento do ambiente de produção clusterizado. Estes softwares e as respectivas licenças deverão ser entregues em até 120 dias após a ordem de início do projeto e passarão a ser propriedade da CONTRATANTE ao final do período de vigência do contrato. Todos os softwares utilizados pelo Software ERP devem ser suportados pela CONTRATADA até o final da vigência do contrato; A instalação e configuração do ambiente de produção deverão ser realizadas pela CONTRATADA em conjunto com a CONTRATANTE, em equipamentos adquiridos pela CONTRATANTE, conforme especificação feita pela CONTRATADA. Este ambiente deverá estar disponível em até 120 dias após a ordem de início do projeto A CONTRATADA deverá disponibilizar uma Ferramenta de Controle de Projetos, para permitir o acompanhamento de todas as etapas do projeto, pela Fiscalização do Contrato, bem como pela Equipe Técnica da PMPA e funcionários que a CONTRATADA julgar necessário. As licenças necessárias deverão ser entregues para a CONTRATANTE. A CONTRATADA será responsável pelo custeio das renovações anuais até o final do contrato Havendo funcionalidades de controle de processos (Workflow), o sistema deve utilizar Gerenciamento de Processos (BPM) baseado, preferencialmente, em solução aberta. 6

7 Havendo necessidade a CONTRATADA deverá disponibilizar uma Ferramenta de Controle de Processos BPMS (Business Process Management System) para acompanhar a implantação de um BPM (Business Process Management). A ferramenta BPMS deverá possibilitar que a organização mapeie, execute e acompanhe processos internos e externos afetos ao Software ERP Serviços de Implantação do Software ERP com Treinamento O Software ERP deverá ser implantado por Módulo ou Grupo de Módulos Funcionais, conforme descrito nesta pesquisa de preços Serviços para a implementação do Software ERP, contemplando: Estruturação e Planejamento do Projeto; Detalhamento do cronograma e Estratégias de Trabalho; Gerenciamento do Projeto; Adequação do Software ERP (customização e parametrização); Integração e Interoperação do Software ERP com outros Sistemas de Informação da PMPA bem como sistemas de outras instituições externas à PMPA; Planejamento, Execução e Controle de Testes do Software ERP; Migração de Dados dos Sistemas de Informação dos SISTEMAS LEGADOS para o Software ERP; Elaboração e implantação do modelo de informações para o suporte à decisão (BI); Transferência de Conhecimentos para a Companhia de Processamento de Dados do Município de Porto Alegre PROCEMPA; Gestão de Mudanças; Elaboração e implementação do Plano de Implantação; Elaboração e implementação do Plano de Contingência no momento da Implantação; Elaboração da Documentação Técnica; 7

8 Definição e Dimensionamento da Infraestrutura Tecnológica necessária para o Software ERP Treinamento no Software ERP A CONTRATADA deverá disponibilizar todo o treinamento de caráter técnico e funcional necessário, para os usuários do sistema, conforme perfis apresentados na tabela abaixo, formando multiplicadores. Todo o treinamento deverá incluir o fornecimento de material didático e emissão de certificado de conclusão do curso Todos os treinamentos deverão ser ministrados na modalidade presencial, em Porto Alegre, preferencialmente nas instalações da PMPA e acompanhados dos respectivos materiais didáticos/manuais, em português, a serem fornecidos para os participantes (usar sistema como ferramenta de aprendizagem, disponibilizar ambiente para prática, roteiro de exercício); Todos os treinamentos deverão ser ministrados em datas e horários a serem propostos pela CONTRATADA e ratificados pela PMPA. A infraestrutura será fornecida pela PMPA As despesas com transporte, hospedagem e alimentação do(s) funcionário(s) da CONTRATADA incumbido(s) de ministrar(em) a transferência de conhecimento e os treinamentos serão de responsabilidade unicamente da CONTRATADA A CONTRATADA deverá apresentar Planos de Treinamento detalhados, relativos a cada um dos módulos a serem implementados, abrangendo, pelo menos, catálogos de cursos, conteúdo programático, pré-requisitos, grade de treinamento, identificação de perfis dos treinandos por cursos e monitoramento do processo de treinamento. A execução dos Planos de Treinamento deverá ser aprovada e avaliada periodicamente pela PMPA, que poderá solicitar, sempre que necessário, as devidas alterações Para todos os módulos de treinamento, a CONTRATADA deverá aplicar avaliação dos treinamentos aos participantes e enviar os resultados à PMPA A PMPA irá analisar os resultados das avaliações dos treinamentos entregues pela CONTRATADA e seus efeitos sobre os processos de trabalho de cada um, a fim de verificar a eficácia dos treinamentos efetuados, podendo, caso necessário, solicitar à CONTRATADA a repetição daqueles que não tiverem atingido os objetivos. 8

9 PERFIS DOS CURSOS Treinamento para a Equipe Técnica da PROCEMPA (desenvolvedores), com o objetivo de conhecer a arquitetura do Software ERP, visando transferência de conhecimento para possibilitar à PMPA assumir a manutenção/evolução ao final do contrato (aproximadamente 50 pessoas). Treinamento para os usuários da Equipe da PMPA (Administradores) no Software ERP, com o objetivo de possibilitar a parametrização e codificação de soluções utilizando o código de desenvolvimento nativo do Software ERP (aproximadamente 350 pessoas). Treinamentos para os usuários Gestores e Operacionais da PMPA por módulo do Software ERP: Módulo de Contabilidade Pública; Módulo de Planejamento; Módulo de Execução Orçamentária e Extra Orçamentária; Módulo de Administração Financeira e Fluxo de Caixa; Módulo de Controle de Dívida Pública; Módulo de Gestão de Contratos; Módulo de Compras e Licitações; Módulo de Controle de Bens Patrimoniais (Móveis e Imóveis); Módulo de Controle de Materiais e Almoxarifados; Módulo de Controle de Convênios; Módulo Gerencial (BI e Custos). Obs.: a quantidade de treinamento para os usuários Gestores e Operacionais (multiplicadores) da PMPA deverão contemplar, no mínimo, 30% da quantidade de usuários definida no item Serviços de Manutenção Corretiva e de Ordem Legal e Suporte Técnico do Software ERP; Serviços de Manutenção Corretiva e de Ordem Legal do Software ERP, incluindo atualizações de versão: Considera-se manutenção corretiva toda correção de erro de execução ou de requisitos em funcionalidade já desenvolvida e em produção do sistema. O serviço de manutenção corretiva visa garantir a disponibilidade, confiabilidade, qualidade e segurança do Software ERP, através de ações corretivas que atendam às necessidades da PMPA e no âmbito de alcance do sistema; Considera-se Manutenção de Ordem Legal aquela gerada por necessidade de adaptação a novas legislações, geradas por qualquer esfera de governo (federal ou estadual ou municipal), não contempladas nas novas versões do produto e solicitadas pela PMPA. Esta manutenção compreende as intervenções necessárias no Software ERP 9

10 referente ao desenvolvimento de novas funcionalidades, módulos ou integrações, para atender a nova legislação As atualizações de versão do software ERP deverão contemplar também suas atualizações tecnológicas. Durante a vigência do contrato, a solução contratada deverá incorporar todas as atualizações tecnológicas disponibilizadas ao mercado pelo fornecedor, desde que com a concordância expressa da PMPA Caberá à CONTRATADA disponibilizar, sempre que houver qualquer atualização no software ERP e/ou manuais e/ou a cada novo módulo implantado, os documentos, modelos, códigos-fonte, manuais técnicos e de operacionalização scripts de geração de banco de dados, scripts de compilação, dentre outros, no ambiente, mídia digital ou outro meio, definidos pela CONTRATANTE, inclusive em cópias impressas, quando couber Os produtos deverão ser entregues pela empresa CONTRATADA em ambiente computacional de homologação disponibilizado pela CONTRATANTE, em funcionamento, com a devida massa de testes e os códigos-fontes Suporte Técnico do Software ERP A CONTRATADA deverá fornecer os serviços de Suporte Técnico e de Operação Assistida do Software ERP, durante toda a vigência do contrato, iniciando-se, imediatamente, após a implantação do primeiro módulo, garantindo os níveis de serviços definidos nesta pesquisa de preços A PMPA não permitirá o acesso remoto para Suporte Técnico ao Software ERP O Suporte Técnico abrange todos os artefatos gerados ao longo da parametrização, customização e implantação do Software ERP, além dos serviços a seguir: As solicitações de Suporte Técnico por parte das Áreas de Negócio da PMPA usuárias do Software ERP serão direcionadas aos profissionais da CONTRATADA, instalados na PMPA. Caso não seja possível obter a solução para o suporte requerido junto a estes profissionais, os mesmos deverão encaminhar a necessidade de Suporte Técnico para um Centro de Suporte Técnico indicado pela CONTRATADA, a qual deverá atender aos seguintes requisitos: 10

11 O Centro de Suporte Técnico indicado pela CONTRATADA deve estar disponível para abertura de chamados técnicos de software durante 7 (sete) dias por semana, 12 horas por dia, das 7h às 19h; Serviço de atendimento pela Internet ( ou formulário via WEB), visando possibilitar que a PMPA registre suas dúvidas formalmente e que possa acompanhar o andamento do status da resolução, visualizar as respostas e que possa ainda, fazer consultas a dúvidas e respostas anteriores; Fornecer canal de comunicação direto com os responsáveis pela resolução de dúvidas e de problemas urgentes, em caso de indisponibilidade de qualquer um dos produtos oferecidos pela CONTRATADA; O Centro de Suporte Técnico deverá permitir disponibilidade imediata (ex. portal de atendimento, telefone), sem ônus adicional para a CONTRATANTE; Não deverá haver qualquer limitação para o número de solicitações de suporte; Não deverá haver qualquer limitação para o número de técnicos da PMPA autorizados a abrir chamados técnicos de software; A CONTRATADA deverá disponibilizar à PMPA uma estrutura virtual de sistemas de informações para o gerenciamento do relacionamento relativo aos serviços de manutenção e Suporte Técnico, no estilo CRM (Customer Relationship Management); Essa estrutura CRM que a CONTRATADA deverá disponibilizar à PMPA para facilitar o gerenciamento do processo de atendimento em Suporte Técnico deverá suportar transações de abertura, registro, decisões e encaminhamentos dos atendimentos, com monitoramento, análise e avaliação do atendimento pela PMPA, devendo conter, em sua base de dados, acessível à PMPA via web (website de acompanhamento de chamados), com o Sistema disponível em regime 24X7 (24 horas por dia, 07 dias por semana em qualquer período do ano). 11

12 3. DO MODELO DE ORÇAMENTO 3.1. O orçamento apresentado deverá conter o preço por item e o preço total conforme tabela abaixo apresentada Os preços apresentados pelas empresas ofertantes em sua Proposta de orçamento deverão estar expressos em Reais (R$). ITEM OBJET O DESCRIÇÃO QTDE Fornecimento e Instalação do Software ERP e de Softwares Complementares Serviços de Implantação do Software ERP com Treinamento Serviços de Manutenção Corretiva, de Ordem Legal e Suporte Técnico do Software ERP TOTAL DA PROPOSTA PREÇO UNITÁRIO PREÇO TOTAL OBS.: 4. INFORMAÇÕES RELEVANTES PARA DETALHAMENTO E DIMENSIONAMENTO DO ORÇAMENTO 4.1. O prazo total previsto para o projeto é de 36 meses, a contar da emissão da ordem de início; 4.2. A implantação dos módulos dar-se-á por fases, conforme abaixo: FASE I - Todos os itens do Módulo de Planejamento, Módulo de Contabilidade Pública e Módulo de Execução Orçamentária e Extra Orçamentária deverão estar implantados, integrados, e em plena operação em até 06 meses após a assinatura do contrato; FASE II - Todos os itens do Módulo de Compras e Licitações, Módulo de Administração Financeira e Fluxo de Caixa, Módulo de Gestão de Contratos 12

13 constantes no deverão estar implantados, integrados, e em plena operação em até 15 meses após a assinatura do contrato; FASE III - Todos os itens do Módulo de Controle de Bens Patrimoniais (Móveis e Imóveis), Módulo de Controle de Materiais e Almoxarifados, Módulo de Controle de Dívida Pública e Módulo de Controle de Convênios deverão estar implantados, integrados, e em plena operação em até 24 meses após a assinatura do contrato; FASE IV Todos os itens do Módulo Gerencial (Custos e BI), deverão estar implantados, integrados e em plena operação em até 27 meses após a assinatura do contrato A Manutenção e o Suporte Técnico iniciarão após a instalação do 1º Modulo A proposta de orçamento da LICITANTE deverá, obrigatoriamente, estar em perfeita consonância com o disposto no que consta do presente documento e deverá preferencialmente ainda conter a Razão Social, endereço, telefone/fax, nº do CNPJ/MF. 5. REQUISITOS TÉCNICOS E PADRÕES Os Requisitos Técnicos e os Padrões são compostos pelos seguintes elementos como delineadores de limites mínimos a serem considerados pela LICITANTE Requisitos Gerais O sistema deve ter sido desenvolvido com arquitetura multicamadas e interface Web, sem emulação, preferencialmente em plataforma padrão aberto Java EE ou PHP O Software ERP possuirá as seguintes formas de interação com o usuário final: Acesso ao sistema deverá ser realizado por meio de interface gráfica, sendo esta exclusivamente via web sem emulação, no mínimo, através dos navegadores: IE Internet Explorer 7.0 ou superior; Mozilla Firefox versão 10 ou superior; Google Chrome versão 17.0.x ou superior Acesso através de dispositivos móveis preferencialmente com ergonomia e usabilidade específicas para os mesmos. 13

14 O sistema deve ser aderente aos padrões W3C de usabilidade O sistema e sua documentação devem ser disponibilizados em Português-BR O sistema deve ter implementada funcionalidade de help online O Software ERP deve estar preparado para operar com certificação digital padrão ICP-Brasil Sistema deve executar em um ou mais dos seguintes contêineres: Servidor Web: Apache versão 2.x ou superior, TomCat versão 6 ou superior, Microsoft IIS na versão 7 ou superior; Servidor de aplicação: JBoss Application Server versão 5.1 ou superior, Oracle WebLogic Server Enterprise Edition versão 11 ou superior O Sistema deverá usar: SGDB relacional Oracle Database 11g release 2 Enterprise Edition ( ou superior), Microsoft SQL Server 2008 Enterprise ou superior; IBM DB2 9.7 ou superior, PostgreSQL versão 9.1.x ou superior ou MySQL Enterprise Edition versão 5.5 ou superior O sistema deve ter sido desenvolvido utilizando os preceitos da Orientação a Objetos nas fases de análise, modelagem, projeto e construção e os diagramas e modelos deverão estar aderentes ao padrão definido pela UML (Unified Modeling Language) O sistema deverá, preferencialmente, ter implementado os conceitos de barramento SOA e deve poder interoperar através de plataforma aberta com outros sistemas, legados ou não, que forem definidos pela PMPA O sistema deve utilizar as seguintes tecnologias: Segurança: Implementar HTTPS; Permitir controle de acesso e permissões; Permitir gerenciamento de perfis de usuários para os acessos ao sistema; Como alternativa aos itens e , disponibilizar interoperação com sistema de segurança indicado pela PMPA. 14

15 A solução deverá possuir integração com serviço de diretórios MICROSOFT Active Directory para obtenção de informações de usuários cadastrados, para validação de destinatário e configuração de políticas Auditoria: Registrar logs de auditoria das operações realizadas por usuários no sistema; Disponibilizar funções de auditoria das transações e consultas para acesso às informações do log, no próprio sistema Geoprocessamento: Acesso a Informações: Suportar visualização e consulta de dados georreferenciados armazenados em uma base de dados Oracle Spatial, versão 11g ou superior; Criação de Informações: Suportar a criação e edição de dados georreferenciados armazenados em uma base de dados Oracle Spatial, versão 11g ou superior; Interoperabilidade: Suportar a interoperabilidade com dados georreferenciados armazenados em uma base de dados Oracle Spatial, versão 11g ou superior. Porto Alegre, 24 de Abril de Cleber Luciano Karvinski Danelon Controlador-Geral do Município CGM - SMF 15

PESQUISA DE PREÇOS 01/2014

PESQUISA DE PREÇOS 01/2014 PESQUISA DE PREÇOS 01/2014 Considerando a necessidade de aquisição de software integrado de gestão, para atender as necessidades desta Prefeitura Municipal de Porto Alegre, solicitamos que as empresas

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS 03/2014

PESQUISA DE PREÇOS 03/2014 PESQUISA DE PREÇOS 03/2014 Considerando a necessidade de aquisição de software integrado de gestão, para atender as necessidades desta Prefeitura Municipal de Porto Alegre, solicitamos que as empresas

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS 01/2015

PESQUISA DE PREÇOS 01/2015 PESQUISA DE PREÇOS 01/2015 Considerando a necessidade de aquisição de software integrado de gestão, para atender as necessidades desta Prefeitura Municipal de Porto Alegre, solicitamos que as empresas

Leia mais

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9 TÍTULO: ASSUNTO: GESTOR: TERMO DE REFERÊNCIA Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD DITEC/GECOQ Gerência de Controle e Qualidade ELABORAÇÃO: PERÍODO: GECOQ Gerência de Controle e

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA e-crea

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA e-crea ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA e-crea 1. OBJETO: 1.1. Contratação de empresa para prestação de serviços de projeto, desenvolvimento e implantação do novo sistema de cadastros para o CREA-RS, denominado

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Belo Horizonte, 06 de Maio de 2010 A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Referente: CONSULTA PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO DE UMA SOLUÇÃO DE GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE

Leia mais

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO Este documento descreve os serviços que devem ser realizados para a Implantação da Solução de CRM (Customer Relationship Management), doravante chamada SOLUÇÃO, nos ambientes computacionais de testes,

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa.

Termo de Referência. Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa. Termo de Referência Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa. CGAD/COAR - Gerenciamento de Impressão Plataforma Baixa / RQ DSAO nº xxx/2009 1/8 Termo de Referência Aquisição

Leia mais

Especificação do KAPP-PPCP

Especificação do KAPP-PPCP Especificação do KAPP-PPCP 1. ESTRUTURA DO SISTEMA... 4 1.1. Concepção... 4 2. FUNCIONALIDADE E MODO DE OPERAÇÃO... 5 3. TECNOLOGIA... 7 4. INTEGRAÇÃO E MIGRAÇÃO DE OUTROS SISTEMAS... 8 5. TELAS E RELATÓRIOS

Leia mais

Sistema Web para Cotação de Preços. Vitae Tec Tecnologia a Serviço da Vida!

Sistema Web para Cotação de Preços. Vitae Tec Tecnologia a Serviço da Vida! Sistema Web para Cotação de Preços Vitae Tec Tecnologia a Serviço da Vida! Segue abaixo descritivo do sistema web de cotação de preço. A solução proposta pela Vita Tec oferece: 1) Maior controle, organização,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA IMPLANTAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO COM MEDIÇÃO POR HOMEM / HORA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA IMPLANTAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO COM MEDIÇÃO POR HOMEM / HORA TERMO DE REFERÊNCIA PARA IMPLANTAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO COM MEDIÇÃO POR HOMEM / HORA 1. DO OBJETO Prestação de serviços técnicos especializados para a implantação, manutenção e suporte assistido dos módulos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA FIP - Nº

TERMO DE REFERÊNCIA FIP - Nº 1 TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA FIP - Nº 02/2014 2 Equipe FIP- Programa Minas sem Lixões (MSL) - Termo de Parceria 022/2008 Coordenação Geral Magda Pires de Oliveira e Silva Coordenação Técnica

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO IV PROJETO BÁSICO: PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS. Sumário

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO IV PROJETO BÁSICO: PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS. Sumário CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO IV PROJETO BÁSICO: PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS Sumário 1. DIRETRIZES PARA O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE APLICATIVOS...172 1.1. INTRODUÇÃO...172

Leia mais

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC-008/2008 1 ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO 1. INFORMAÇÕES GERAIS E CARACTERÍSTICA DO ATUAL AMBIENTE CORPORATIVO

Leia mais

Serviço Público Estadual GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária COMISSÃO DE PREGÃO BANCO MUNDIAL - BIRD

Serviço Público Estadual GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária COMISSÃO DE PREGÃO BANCO MUNDIAL - BIRD BANCO MUNDIAL - BIRD PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL EM MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS RIO RURAL EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 019/2013 PROCESSO N.º E-02/001/00583/2013 ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

Termo de Referência. Anexo II - Especificações Técnicas - Requisitos Funcionais. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação

Termo de Referência. Anexo II - Especificações Técnicas - Requisitos Funcionais. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação Diretoria Técnica-Operacional Gerência de Tecnologia da Informação Termo de Referência Anexo II Especificação Técnica 1 - INTRODUÇÃO Página 2 de 9 do TR-007-3700 de Este anexo tem por objetivo detalhar

Leia mais

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC 001/2007 1 ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA ESTABELECE, RESPONSABILIDADES DIVERSAS, TIPOS E HORÁRIO DE COBERTURA DE SUPORTE, E DEMAIS RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA RELATIVAS

Leia mais

Sistema de Automação Comercial de Pedidos

Sistema de Automação Comercial de Pedidos Termo de Abertura Sistema de Automação Comercial de Pedidos Cabana - Versão 1.0 Iteração 1.0- Release 1.0 Versão do Documento: 1.5 Histórico de Revisão Data Versão do Documento Descrição Autor 18/03/2011

Leia mais

Documento de Requisitos de Sistemas. SGC Sistema Gerenciador de Clínicas

Documento de Requisitos de Sistemas. SGC Sistema Gerenciador de Clínicas Documento de Requisitos de Sistemas SGC Sistema Gerenciador de Clínicas Versão 1.0 Autores: Angelo Alexandre Pinter Estevão Danilo Abílio Luiz Guilherme Schlickmann Espíndola Leonardo Machado Fernandes

Leia mais

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS FERRAMENTAS ELETRÔNICAS NO APRIMORAMENTO DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS FERRAMENTAS ELETRÔNICAS NO APRIMORAMENTO DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços eletrônica (NFS-e) Página 1 de 13

Nota Fiscal de Serviços eletrônica (NFS-e) Página 1 de 13 Nota Fiscal de Serviços eletrônica (NFS-e) Página 1 de 13 Página 2 de 13 SUMÁRIO 1 CONCEITUAL... 3 1.1 SOBRE A NFS-e... 3 1.2 RECIBO PROVISÓRIO DE SERVIÇO (RPS)... 3 1.3 MODELO OPERACIONAL... 4 1.4 BENEFÍCIOS...

Leia mais

EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015

EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015 Londrina, 07 de outubro de 2015. EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015 OBJETO: Art.1º. Constitui objeto desta licitação a aquisição de 01 (uma) Plataforma de Solução

Leia mais

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX)

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX) ANEXO 2 INFORMAÇÕES GERAIS VISTORIA 1. É obrigatória a visita ao hospital, para que a empresa faça uma vistoria prévia das condições, instalações, capacidade dos equipamentos, migração do software e da

Leia mais

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com.

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com. Tactium Tactium CRManager CRManager TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades 1 O TACTIUM CRManager é a base para implementar a estratégia de CRM de sua empresa. Oferece todo o suporte para personalização

Leia mais

Proposta. (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) Dados da Proposta

Proposta. (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) Dados da Proposta Proposta (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) (Nome do Cliente) Dados da Proposta Arquivo: D:\Vazzi\FAN\4º Período\Avaliação Final\modelo de proposta fan.odt Criado em: Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2006

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Informação no contexto administrativo Graduação em Redes de Computadores Prof. Rodrigo W. Fonseca SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA PELOTAS >SistemasdeInformação SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA

Leia mais

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1 DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1 SUMÁRIO DEFINIÇÃO DE REQUISITOS 4 1. INTRODUÇÃO 4 1.1 FINALIDADE 4 1.2 ESCOPO 4 1.3 DEFINIÇÕES, ACRÔNIMOS

Leia mais

Nota Fiscal eletrônica (NF-e) Página 1 de 14

Nota Fiscal eletrônica (NF-e) Página 1 de 14 Nota Fiscal eletrônica (NF-e) Página 1 de 14 Página 2 de 14 SUMÁRIO 1 CONCEITUAL... 3 1.1 SOBRE A NF-e... 3 1.1.1 QUEM PRECISA EMITIR? QUAL A OBRIGATORIEDADE?... 3 1.2 MODELO OPERACIONAL... 3 1.3 BENEFÍCIOS...

Leia mais

Soluções para Administração Municipal. Outubro 2010

Soluções para Administração Municipal. Outubro 2010 Soluções para Administração Municipal Outubro 2010 Entre as maiores de TI no país Do tamanho do Brasil Sede: Jacarepaguá, Rio de Janeiro Sedes Regionais - Rio, São Paulo, Brasília, Curitiba e Recife 28

Leia mais

ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS

ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS Sumário 1. Finalidade... 2 2. Justificativa para contratação... 2 3. Premissas para fornecimento e operação

Leia mais

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 MANTER FUNCIONÁRIO RELEASE 4.1

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 MANTER FUNCIONÁRIO RELEASE 4.1 DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 MANTER FUNCIONÁRIO RELEASE 4.1 SUMÁRIO DEFINIÇÃO DE REQUISITOS 4 1. INTRODUÇÃO 4 1.1 FINALIDADE 4 1.2 ESCOPO 4 1.3 DEFINIÇÕES, ACRÔNIMOS

Leia mais

Proposta de Implantação de Software para Gestão de Bibliotecas

Proposta de Implantação de Software para Gestão de Bibliotecas Senado Federal rede RVBI Sistema Integrado de Bibliotecas Sr. Constantin Metaxa Kladis Proposta de Implantação de Software para Gestão de Bibliotecas Sistema SOPHIA São José dos Campos, 12 de agosto de

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Nº 02430/2008

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Nº 02430/2008 Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Contratação de empresa especializada em tecnologia da informação para o desenvolvimento de Sistema Nacional de

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 03)

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 03) Prof. Breno Leonardo Gomes de Menezes Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 03) 1 ERP Sistema para gestão dos recursos administrativos-financeiros,

Leia mais

INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA

INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA O InterLIMS se apresenta

Leia mais

Administração 8º Período

Administração 8º Período Administração 8º Período Disciplina: Sistemas de Informação Plano Diretor de TI Prof: Mafran Oliveira 1 Plano Diretor de Sistemas de Informação Definição: Conjunto estruturado de ações integradas, devidamente

Leia mais

1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino

1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino 1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino O SIE é um sistema aplicativo integrado, projetado segundo uma arquitetura multicamadas, cuja concepção funcional privilegiou as exigências da Legislação

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 5 Servidores de Aplicação

Leia mais

O Banco do Nordeste do Brasil S.A. deseja conhecer as opções de solução fiscal e de gestão tributária existentes no mercado.

O Banco do Nordeste do Brasil S.A. deseja conhecer as opções de solução fiscal e de gestão tributária existentes no mercado. O., situado à Avenida Pedro Ramalho, 5700, Bairro Passaré Fortaleza-CE, através do Projeto Estratégico Sistema Integrado de Gestão Empresarial Aquisição e Implantação de ERP (Enterprise Resources Planning)

Leia mais

Implementação de BD. Banco de dados relacional. Elementos que compõem o banco de dados CAMPO REGISTRO TABELA. Paulo Damico MDK Informática Ltda.

Implementação de BD. Banco de dados relacional. Elementos que compõem o banco de dados CAMPO REGISTRO TABELA. Paulo Damico MDK Informática Ltda. Implementação de BD Banco de dados relacional Elementos que compõem o banco de dados CAMPO REGISTRO TABELA Implementação de BD CAMPO O elemento campo é a menor unidade de armazenamento de um banco de dados

Leia mais

CRM GESTÃO DOS SERVIÇOS AOS CLIENTES

CRM GESTÃO DOS SERVIÇOS AOS CLIENTES Página 1 de 6 Este sistema automatiza todos os contatos com os clientes, ajuda as companhias a criar e manter um bom relacionamento com seus clientes armazenando e inter-relacionando atendimentos com informações

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA Referência: CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 - BNDES Data: / / Licitante: CNPJ:

Leia mais

ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS

ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS As qualificações técnicas exigidas para os profissionais que executarão os serviços contratados deverão ser comprovados por meio dos diplomas, certificados, registros

Leia mais

O sistema operacional onde a solução será implementada não foi definido.

O sistema operacional onde a solução será implementada não foi definido. Respostas aos Questionamentos Nº Itens Pergunta Resposta 1 R T-1. 2. 4. 4; R T-1.3.2. 2; R T-1.3.3. 3; RT-2. 2.8; RT-5.7; RT-1.2.4. 3; RT-1. 3.2.1; RT-1. 3. 3. 2; R T- 2. 1. 2; R T-2. 2. 11; O sistema

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 014/2014

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 014/2014 1 OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 014/2014 Anexo I 1.1 Registro de Preços RP, por 12 (doze) meses, de produtos e serviços SAP Business Objects (BO) e SAP Sybase, a saber: Lote 1 - Licenças

Leia mais

Secretaria da FAZENDA

Secretaria da FAZENDA Secretaria da FAZENDA 1 Especificações Técnicas Aquisição de licença Projeto de Modernização Fiscal do Tocantins (PMF/TO) Aquisição de Licença de Plataforma Tecnológica de Integração de Dados. Banco Interamericano

Leia mais

Termo de Referência. Anexo V - Especificações Técnicas - Requisitos de Qualidade. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação

Termo de Referência. Anexo V - Especificações Técnicas - Requisitos de Qualidade. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação Diretoria Técnica-Operacional Gerência de Tecnologia da Informação Termo de Referência Anexo V Especificação Técnica Página 2 de 9 do -007-3700 de 1 - INODUÇÃO Este anexo tem por objetivo detalhar o quadro

Leia mais

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0 CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0 2011 1 1. APRESENTAÇÃO No momento de sua concepção não haviam informações detalhadas e organizadas sobre os serviços de Tecnologia da

Leia mais

Concorrência nº 22/2008

Concorrência nº 22/2008 Concorrência nº 22/2008 Brasília, 20 de julho de 2009. A Comissão Permanente de Licitação (CPL) registra a seguir perguntas de empresas interessadas em participar do certame em referência e respostas da

Leia mais

Como Configurar Tabelas Básicas do OASIS (Informações Básicas)

Como Configurar Tabelas Básicas do OASIS (Informações Básicas) Como Configurar Tabelas Básicas do OASIS (Informações Básicas) O OASIS foi desenvolvido de forma parametrizada para poder atender às diversas particularidades de cada usuário. No OASIS também, foi estabelecido

Leia mais

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl Roteiro de apresentação Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Workflow Processo

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO 1. LICENCIAMENTO 1.1. Todos os componentes da solução devem estar licenciados em nome da CONTRATANTE pelo período de 36 (trinta e seis) meses; 1.2. A solução deve prover suporte técnico 8 (oito) horas

Leia mais

Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação. Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS

Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação. Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO Curso: Gestão da Tecnologia da Informação Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS ORGANOGRAMA FUNCIANOGRAMA DESENHO DE CARGO E TAREFAS DO DESENVOLVEDOR

Leia mais

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Uma poderosa ferramenta de monitoramento Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Abril de 2008 O que é? Características Requisitos Componentes Visual O que é?

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. REFERENTE AO CONVÊNIO MDIC nº 39/2012 SICONV 781212/2012. Tipo: Menor Preço e Melhor Técnica

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. REFERENTE AO CONVÊNIO MDIC nº 39/2012 SICONV 781212/2012. Tipo: Menor Preço e Melhor Técnica ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA REFERENTE AO CONVÊNIO MDIC nº 39/2012 SICONV 781212/2012 Tipo: Menor Preço e Melhor Técnica Este documento contém a descrição detalhada do objeto a ser contratado, os serviços

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos.

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

A ESCOLHA DE SISTEMA PARA AUTOMAÇÃO DE BIBLIOTECAS. A decisão de automatizar

A ESCOLHA DE SISTEMA PARA AUTOMAÇÃO DE BIBLIOTECAS. A decisão de automatizar A ESCOLHA DE SISTEMA PARA AUTOMAÇÃO DE BIBLIOTECAS A decisão de automatizar 1 A decisão de automatizar Deve identificar os seguintes aspectos: Cultura, missão, objetivos da instituição; Características

Leia mais

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA Coordenação-Geral de Administração e Tecnologia da Informação Coordenação

Leia mais

Seção I - INFORMAÇÕES SOBRE O SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL

Seção I - INFORMAÇÕES SOBRE O SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL Seção I - INFORMAÇÕES SOBRE O SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO GOVERNAMENTAL O Projeto Sistema Integrado de Gestão Governamental se constitui no desenvolvimento de uma solução sistêmica própria, a ser construída

Leia mais

Gestão Administrativa

Gestão Administrativa Sistemas de Gestão Administrativa Flávia Silva (Chefe do Serviço de Informática da Diretoria de Administração da Fiocruz) Diná Herdi de Medeiros Araújo (Analista de Sistemas do Serviço de Informática da

Leia mais

Prefeitura de Belo Horizonte PBH. Empresa de Informática e Informação de Belo Horizonte S/A PRODABEL. Gerência de Projetos Especiais GPES-PB

Prefeitura de Belo Horizonte PBH. Empresa de Informática e Informação de Belo Horizonte S/A PRODABEL. Gerência de Projetos Especiais GPES-PB Prefeitura de Belo Horizonte PBH Empresa de Informática e Informação de Belo Horizonte S/A PRODABEL Gerência de Projetos Especiais GPES-PB Normas e Padrões para Gestão de Dados Geoespaciais SMGO Belo Horizonte,

Leia mais

SIGECO07 Sistema Integrado de Gestão de Contas Universidade Federal de Lavras PLANO DE PROJETO 23/09/2007 SIGECO07/GERENCIA/PROJETOS/

SIGECO07 Sistema Integrado de Gestão de Contas Universidade Federal de Lavras PLANO DE PROJETO 23/09/2007 SIGECO07/GERENCIA/PROJETOS/ SIGECO07 Sistema Integrado de Gestão de Contas Universidade Federal de Lavras PLANO DE PROJETO 23/09/2007 SIGECO07/GERENCIA/PROJETOS/ ModeloPlanoProjeto_2007_04_24 SIGECO07_PlanoProjeto_2007_09_23 Página

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto 1.1. Contratação de empresa especializada em auditoria de tecnologia da informação e comunicações, com foco em segurança da informação na análise de quatro domínios: Processos

Leia mais

Partner Network. www.scriptcase.com.br

Partner Network. www.scriptcase.com.br www.scriptcase.com.br A Rede de Parceiros ScriptCase é uma comunidade que fortalece os nossos representantes em âmbito nacional, possibilitando o acesso a recursos e competências necessários à efetivação

Leia mais

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica 491 ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica Nº Processo 0801428311 Licitação Nº EDITAL DA CONCORRÊNCIA DEMAP Nº 09/2008 [Razão ou denominação social do licitante] [CNPJ] A. Fatores de Pontuação Técnica:

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 24/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 24/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 24/2015 - BNDES Prezado Senhor, Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. Item 1.1.2 - Onde podemos encontrar os procedimentos,

Leia mais

PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS

PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS EMPRESA: ILION SOLUÇÕES EM INTERNET LTDA. 1 DO PRAZO: item 5.2 f) Prestação de serviços: 5 (cinco) meses, contados a partir da data da Ordem de Serviço. g) Prazo para desenvolvimento:

Leia mais

www.cingo.com.br www.cingo.com.br

www.cingo.com.br www.cingo.com.br www.cingo.com.br Cingo Release 2.6 Release 2.6 Cingo Release 2.6 Com o objetivo de tornar a experiência de navegação e a dinâmica de gestão muito mais natural e objetiva, o Cingo CODES trás uma nova experiência

Leia mais

Conhecimento de Transporte eletrônico (CT-e) Página 1 de 13

Conhecimento de Transporte eletrônico (CT-e) Página 1 de 13 Conhecimento de Transporte eletrônico (CT-e) Página 1 de 13 Página 2 de 13 SUMÁRIO 1 CONCEITUAL... 3 1.1 SOBRE O CT-e... 3 1.1.1 QUEM PRECISA EMITIR? QUAL A OBRIGATORIEDADE?... 3 1.2 MODELO OPERACIONAL...

Leia mais

Anexo I Formulário para Proposta

Anexo I Formulário para Proposta PLATAFORMA CGI.br Solicitação de Propostas SP Anexo I Formulário para Proposta Data: 05/07/2013 Versão: 1.1 Plataforma CGI.br Solicitação de Propostas - SP Anexo I Formulário para Proposta 1. Estrutura

Leia mais

CONSULTA AO MERCADO RFI REQUEST FOR INFORMATION CONSOLIDAÇÃO DE DÚVIDAS APRESENTADAS

CONSULTA AO MERCADO RFI REQUEST FOR INFORMATION CONSOLIDAÇÃO DE DÚVIDAS APRESENTADAS CONSULTA AO MERCADO RFI REQUEST FOR INFORMATION CONSOLIDAÇÃO DE DÚVIDAS APRESENTADAS 1. Dúvidas Gerais Pergunta: Os processos e metodologias de avaliação de riscos do Banco estão definidos e implantados?

Leia mais

ANEXO I DO OBJETO/ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I DO OBJETO/ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO I DO OBJETO/ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1 - Aquisição de Sistema de Gerenciamento de Bibliotecas, destinado ao Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal Fluminense (UFF), que compreenda funções

Leia mais

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica 449 ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica A. Fatores de Pontuação Técnica: Critérios Pontos Peso Pontos Ponderados (A) (B) (C) = (A)x(B) 1. Qualidade 115 1 115 2. Compatibilidade 227 681.

Leia mais

Alfresco Content Management

Alfresco Content Management Alfresco Content Management Alfresco é um sistema ECM (Enterprise Content Management) também conhecido como GED (Gestão Eletrônica de Documentos) em nosso mercado de porte corporativo para atender a empresas

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada CONSULTA PÚBLICA O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES está preparando processo licitatório para contratação de serviços de consultoria técnica especializada, conforme detalhado

Leia mais

IplanRio DOP - Diretoria de Operações GIT - Gerência de Infraestrutura Tecnológica Gerente da GIT

IplanRio DOP - Diretoria de Operações GIT - Gerência de Infraestrutura Tecnológica Gerente da GIT 1. IDENTIFICAÇÃO Padrão Segmento Código P06.002 Revisão v. 2014 Plataformas Web 2. PUBLICAÇÃO Recursos Tecnológicos Versão Data para adoção Publicação v. 2014 23 de dezembro de 2014 PORTARIA N Nº 225 de

Leia mais

INTERNET HOST CONNECTOR

INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR IHC: INTEGRAÇÃO TOTAL COM PRESERVAÇÃO DE INVESTIMENTOS Ao longo das últimas décadas, as organizações investiram milhões de reais em sistemas e aplicativos

Leia mais

Diretoria Técnico-Operacional Gerência de Tecnologia da Informação

Diretoria Técnico-Operacional Gerência de Tecnologia da Informação Diretoria Técnico-Operacional Gerência de Tecnologia da Informação Anexo I Termo de Referência Nº de 1 DEFINIÇÃO DO OBJETO 1.1 Contratação de empresa especializada para prestação de serviço no âmbito da

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. 1) Recebimento de eventuais questionamentos e/ou solicitações de esclarecimentos Até 18/02/2009 às 18:00 horas;

ATA DE REUNIÃO. 1) Recebimento de eventuais questionamentos e/ou solicitações de esclarecimentos Até 18/02/2009 às 18:00 horas; ATA DE REUNIÃO CONSULTA PÚBLICA PARA AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO WEB-EDI Troca Eletrônica de Dados. Local Dataprev Rua Cosme Velho nº 06 Cosme Velho Rio de Janeiro / RJ. Data: 06/03/2009 10:30 horas. Consolidação

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Tecnologia da Informação. O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA Levantamento da Gestão de TIC Cotação: 23424/09 Cliente: PRODABEL Contato: Carlos Bizzoto E-mail: cbizz@pbh.gov.br Endereço: Avenida Presidente Carlos

Leia mais

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2 Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.br Platinum Implementation Partner 1 Enterprise Edition Software de Código Aberto

Leia mais

Cargo Função Superior CBO. Tarefas / Responsabilidades T/R Como Faz

Cargo Função Superior CBO. Tarefas / Responsabilidades T/R Como Faz Especificação de FUNÇÃO Função: Analista Desenvolvedor Código: Cargo Função Superior CBO Analista de Informática Gerente de Projeto Missão da Função - Levantar e prover soluções para atender as necessidades

Leia mais

Proposta Comercial para criação e desenvolvimento do novo portal do Município de São José do Norte - RS

Proposta Comercial para criação e desenvolvimento do novo portal do Município de São José do Norte - RS Proposta Comercial para criação e desenvolvimento do novo portal do Município de São José do Norte - RS Abril 2014 - Versão 1.0 A/C da Srta. Cíntia Arbeletche 1 / 5 Escopo & Premissas Essa proposta contempla

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

Desenvolvendo e Integrando Serviços Multiplataforma de TV Digital Interativa

Desenvolvendo e Integrando Serviços Multiplataforma de TV Digital Interativa Desenvolvendo e Integrando Serviços Multiplataforma de TV Digital Interativa Agenda Introdução Aplicações interativas de TV Digital Desafios de layout e usabilidade Laboratório de usabilidade Desafios

Leia mais

Orientações para contratação de SIGAD e serviços correlatos

Orientações para contratação de SIGAD e serviços correlatos Conselho Nacional de Arquivos Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos Orientação Técnica n.º 1 Abril / 2011 Orientações para contratação de SIGAD e serviços correlatos Este documento tem por objetivo

Leia mais

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Objetivo O objetivo do projeto é especificar o desenvolvimento de um software livre com a finalidade de automatizar a criação de WEBSITES através do armazenamento

Leia mais

Áreas de utilização do GED e o que levar em consideração no Projeto de Implantação de GED em uma empresa Simone de Abreu

Áreas de utilização do GED e o que levar em consideração no Projeto de Implantação de GED em uma empresa Simone de Abreu Áreas de utilização do GED e o que levar em consideração no Projeto de Implantação de GED em uma empresa Simone de Abreu Cerca de dois milhões de pessoas estão trabalhando em aproximadamente 300 mil projetos

Leia mais

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS OBJETIVO E ESCOPO 1. Informações Gerais 1.1 Objetivo geral do trabalho: desenvolvimento de novo site institucional para o Senac (www.senac.br), nas versões

Leia mais

Sistema de Armazenamento de Dados Eleitorais - SisElege

Sistema de Armazenamento de Dados Eleitorais - SisElege Faculdade de Tecnologia Senac DF Sistema de Armazenamento de Dados Eleitorais - SisElege Documento de Visão Versão 4.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 05/09/2014 1.0 Versão Inicial do

Leia mais

A melhor ferramenta para criar e gerenciar Nota Fiscal Eletrônica

A melhor ferramenta para criar e gerenciar Nota Fiscal Eletrônica A melhor ferramenta para criar e gerenciar Nota Fiscal Eletrônica Gestor NFe Características Tecnologia Diferenciais Como Instalar e Licenciar Custos Contatos Características O objetivo do Gestor NFe é

Leia mais