EMPRESAS DE CONTAS SEGREGADAS RECURSOS DA ACE: UMA VISÃO GERAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EMPRESAS DE CONTAS SEGREGADAS RECURSOS DA ACE: UMA VISÃO GERAL"

Transcrição

1 EMPRESAS DE CONTAS SEGREGADAS RECURSOS DA : UMA VISÃO GERAL

2 a simplicidade originária da complexidade Recrsos de contas segregadas da Gerenciar ses próprios riscos agora fico mais fácil. Nos últimos anos, o amento das reglamentações levo a m nível de complexidade e cstos qe dificlto a participação dos compradores de segros em ses próprios programas de segros. Como resltado, os compradores estão se voltando para solções alternativas de gerenciamento de riscos qe os farão atingir ses objetivos sem precisar comprometer recrsos desnecessários. A tem a resposta. Para ajdar nossos clientes, o Grpo formo das empresas de segros de contas segregadas o céllas protegidas: Paget Reinsrance Ltd. (Paget Re) - ma empresa de contas segregadas de Classe 3 registrada nas Bermdas Pembroke Reinsrance Inc. (Pembroke Re) ma empresa de célla protegida e licenciada em Delaware A Paget Re e a Pembroke Re são sbsidiárias de propriedade total do Grpo. Essas entidades fornecem os benefícios de ma empresa de segros cativa própria sem qe o Segrado tenha qe arcar com as responsabilidades e os cstos administrativos, de capital e de governança. O qe poderia ser mais simples? Para simplificar o processo, estrtramos a Paget Re e a Pembroke Re de forma qe: Um capital mínimo seja necessário A formação de ma nova sbsidiária o entidade jrídica não seja necessária Os cstos iniciais (legais, de consltoria o de incorporação) sejam eliminados Os cstos anais sejam geralmente mais baixos do qe os das cativas próprias Não seja necessária ma estrtra acionária Não haja nenhma entidade jrídica para fazer o rn-off em caso de mdanças em estratégias o riscos Haja ma governança mínima dentro de m ambiente reglatório definido Os reqisitos de conformidade sejam tratados pela eqipe de gerenciamento Não sejam necessárias declarações estattárias para cada empresa Os ativos sejam investidos em instrmentos conservadores Os ativos e as responsabilidades de cada cliente sejam legalmente segregados As vantagens de gerenciar e assmir ses próprios riscos O gerenciamento de ses próprios riscos por meio da Paget Re o da Pembroke Re lhe permitirá ter mais controle sobre ses programas de segros. Entre os benefícios criados estão: Redção de cstos gerais relacionados a riscos Cobertra para riscos ainda não segrados Participação nos resltados de contratação de segros Acesso aos mercados de ressegro Obtenção de receita de investimentos A Vantagem da Escolhendo o parceiro certo Essas entidades próprias da proporcionam aos clientes várias vantagens adicionais, inclsive: A capacidade da de gerenciar programas globais de segros com eficiência A presença global da com operações locais em 54 países O acesso aos serviços globais de gerenciamento de sinistros da Os padrões de serviços e o amplo conhecimento da A parceria com ma organização global líder em segros e ressegros A capacidade da de personalizar ses programas de acordo com as necessidades exclsivas de cada cliente

3 Recrsos de contas segregadas da Como fnciona? O relacionamento entre a Paget Re o a Pembroke Re e nosso cliente é regido por m contrato. Esse contrato estabelece os serviços qe serão fornecidos e descreve como todos os detalhes pertinentes, como financiamento, distribição de lcros e investimentos, serão tratados. O contrato exige qe a lacna de risco, definida como a diferença entre o prêmio concedido líqido e o prejízo projetado máximo, seja totalmente colateralizada. Programa direto Qando é legalmente possível para ma conta segregada emitir m contrato de segro direto, essa estrtra pode ser a mais eficaz. Segrado contratação de segros - Apólice Receita de investimentos e resltados de contratação de segros Programa gerido e ressegrado pela Esta é ma estrtra bastante comm, na qal a toma a frente do programa e faz o ressegro da parcela escolhida para a Paget Re o a Pembroke Re. Segrado contratação de segros - Prêmio - Taxas da contratação de segros - Apólice Contrato de ressegro Distribição de resltados Contrato de ressegro - Prêmios Programa não gerido e ressegrado pela A Paget Re e a Pembroke Re se beneficiam por serem membros do Grpo, mas a nem sempre é a melhor opção para todos os riscos segrados. Esta estrtra mostra como a Paget Re e a Pembroke Re trabalham com segradoras e ressegradoras de fora do Grpo para maximizar a flexibilidade de m programa. Empresa segrada Prêmio menos cstos de aqisição Emissora principal Sinistros Receita de investimentos e resltados de contratação de segros Prêmio menos taxas de administração e impostos locais Prêmio de limitação de prejízos Retrocessionário

4 Recrsos de contas segregadas da A Paget Re o a Pembroke Re serve para você? A Paget Re e a Pembroke Re são licenciadas para trabalhar em todas as linhas de segros. Os clientes qe participam das estrtras de contas segregadas tendem a ter características em comm, como: Programas com boa experiência com sinistros Programas com prejízos previsíveis Proprietários financeiramente segros Compromisso de longo prazo com o gerenciamento de riscos Programa de agência/mga Esta estrtra mostra como m MGA (Managing General Agent) pode assmir riscos em m programa gerenciado por ele. Segrado 1 Segrado 2 Segrado 3 Segrado 4 Segrado 5 Segrado 6 Segrado 7 Segrado 8 Segrado 9 Agência/MGA - contratação de segros - Emissão da apólice - Gerenciamento de sinistros - Contrato de ressegro - Reembolso de prejízos Contrato com acionista Indenização Colateral Receita de investimentos e resltados distribída - Contrato de limitação de prejízos - Reembolso de sinistros Retrocessionário Programa mltinacional Nesta estrtra, as Empresas locais da podem emitir apólices em cinco países nos qais a mltinacional opera. A, a Paget Re e a Pembroke Re também são ressegradoras aceitáveis. Mltinacional dos EUA secndário A secndário B secndário C secndário D secndário E Contrato com acionista Indenização Colateral Receita de investimentos e resltados distribída Empresas locais da A B C D E - Apólice mestra para riscos de grpo e nos EUA - contratação de segros - Emissão da apólice - Negociação com TPA o gerenciamento interno dos sinistros - Contrato de ressegro - Reembolso de sinistros - Contabilidade - Conformidade normativa - Investimento Os diagramas acima são apenas para fins ilstrativos. A estrtra real de m programa de contas segregadas dependerá dos detalhes de cada transação e, portanto, poderá variar em relação aos diagramas acima.

5 Sobre o Grpo A Paget Reinsrance Ltd. e a Pembroke Reinsrance Inc. são membros do Grpo. O Grpo é ma das maiores segradoras do mndo das linhas de segros de propriedade e acidentes. Com operações em 54 países, a fornece segros comerciais de propriedade e acidentes, segros contra acidentes pessoais e segro-saúde complementar, ressegros e segros de vida para ma carteira diversificada de clientes. Com mais de US$ 94 bilhões em ativos e qase US$ 23 bilhões em prêmios brtos registrados em 2013, as principais empresas operacionais de segros da mantêm as avaliações de solidez financeira AA (Mito forte) da Standard & Poor s e A++ (Sperior) da A.M. Best. A empresa se destaca por sa ampla carteira de prodtos e serviços, sa solidez financeira excepcional, sa experiência em contratação de segros e sinistros e sas operações locais no mndo todo. A Limited, empresa controladora do Grpo, está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ) e faz parte do índice S&P 500. Para obter informações adicionais, visite acegrop.com. As informações contidas neste docmento têm finalidades de marketing geral e informativas. Para obter os termos e condições de cobertra, conslte a docmentação específica sobre apólices. Fale conosco Paget Reinsrance Ltd. & Pembroke Reinsrance Inc. Bilding 17 Woodborne Avene Hamilton HM08 Bermda Richard M. Keane Vice-presidente, Riscos alternativos da Tel.: +1 (441) Copyright 2014, Grpo. Todos os direitos reservados.

Cativas de aluguel. Uma visão geral dos recursos do Grupo ACE

Cativas de aluguel. Uma visão geral dos recursos do Grupo ACE Cativas de aluguel Uma visão geral dos recursos do Grupo ACE Simplicidade na complexidade Recursos da ACE com relação a cativas de aluguel Gerenciar seus próprios riscos agora ficou mais fácil. Nos últimos

Leia mais

Empresas de contas segregadas. Recursos da Chubb: Uma visão geral

Empresas de contas segregadas. Recursos da Chubb: Uma visão geral Empresas de contas segregadas Recursos da : Uma visão geral Simplicidade vinda da complexidade Gerenciar seus próprios riscos agora ficou mais fácil. Nos últimos anos, o aumento das regulamentações levou

Leia mais

Fusões & Aquisições AIG. Representations & Warranties

Fusões & Aquisições AIG. Representations & Warranties Fusões & Aquisições AIG Representations & Warranties Fusões e aquisições são estratégias corporativas que visam a melhoria de desempenho e a vantagem competitiva. Uma transação é considerada bem-sucedida

Leia mais

BIS Visão geral e pacote básico V4.1

BIS Visão geral e pacote básico V4.1 Engineered Soltions Visão geral e pacote básico V4.1 Visão geral e pacote básico V4.1 www.la.boschsecrity.com Gerenciamento de integração predial e da segrança em ma única solção por meio de gerenciamento

Leia mais

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas 1) Resumo Executivo Descrição dos negócios e da empresa Qual é a ideia de negócio e como a empresa se chamará? Segmento

Leia mais

TRANSFILADÉLFIA UMA TRANSPORTADORA COMPROMETIDA COM A QUALIDADE E AGILIDADE DO SERVIÇO.

TRANSFILADÉLFIA UMA TRANSPORTADORA COMPROMETIDA COM A QUALIDADE E AGILIDADE DO SERVIÇO. TRANSFILADÉLFIA UMA TRANSPORTADORA COMPROMETIDA COM A QUALIDADE E AGILIDADE DO SERVIÇO. Apresentação Após estdo e análise do mercado no segmento de transportes, constatamos qe a segrança, rapidez e qalidade

Leia mais

PERSPECTIVA FINANCEIRA

PERSPECTIVA FINANCEIRA DEFINIÇÃO DE PROJETO GESTÃO DE PROJETOS AQUÍCOLAS Projeto é m processo único, consistente, com m conjnto ordenado e controlado de atividades, condzidas para atingir m objetivo com reqisitos especificados,

Leia mais

Gestão Financeira de Organizações

Gestão Financeira de Organizações Gestão Financeira de Organizações Módulo 10 - Política de Dividendos e Relações com Investidores Prof. Luiz Antonio Campagnac e-mail: luiz.campagnac@gmail.com Livro Texto Administração Financeira: princípios,

Leia mais

Private Equity ADVISORY

Private Equity ADVISORY Private Equity ADVISORY Private Equity Excelentes profissionais que trabalham em equipe, transformando conhecimento em valor, em benefício de nossos clientes. Private Equity 1 Qualidade e integridade são

Leia mais

BIS - Visão geral e pacote básico V3.0

BIS - Visão geral e pacote básico V3.0 Engineered Soltions BIS - Visão geral e pacote básico V3.0 BIS - Visão geral e pacote básico V3.0 www.boschsecrity.com/pt Gerenciamento de integração predial e da segrança em ma única solção por meio de

Leia mais

COMUNICAÇÃO E MÍDIAS SOCIAIS

COMUNICAÇÃO E MÍDIAS SOCIAIS Riverside Califórnia EUA Seminário Internacional 2015 Saída BRA Chegada US 03/10 04/10 Saída US UNIVERSITY OF CALIFORNIA - RIVERSIDE efigieedcacional.com.br contato@efigieedcacional.com.br Chegada BRA

Leia mais

Julho/2008. Abertura de Capital e Emissão de Debêntures

Julho/2008. Abertura de Capital e Emissão de Debêntures Julho/2008 Abertura de Capital e Emissão de Debêntures Principal instrumento de captação de recursos de médio e longo prazos, a debênture representa para muitas companhias a porta de entrada no mercado

Leia mais

Linha BNDES Exim Automático

Linha BNDES Exim Automático Linha BNDES Exim Automático Ajudando sua empresa a exportar mais através da rede de bancos credenciados do BNDES no exterior Como incrementar as exportações da minha empresa oferecendo mais prazo de pagamento

Leia mais

Programa de Desenvolvimento de Carreira

Programa de Desenvolvimento de Carreira Londres Inglaterra Programa de 2015 MELHORE AS PERSPECTIVAS DE CARREIRA INTERNACIONAL COM EXPERIÊNCIA DE TRABALHO EM UMA EMPRESA EM efigieedcacional.com.br contato@efigieedcacional.com.br O qe é o Programa

Leia mais

DECLARAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSES MERCER INVESTMENTS MARÇO DE 2014

DECLARAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSES MERCER INVESTMENTS MARÇO DE 2014 DECLARAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSES MERCER INVESTMENTS MARÇO DE 2014 CONFLITOS DE INTERESSES INTRODUÇÃO A Mercer é líder mundial em consultoria em termos de talentos, saúde, aposentadoria e investimentos.

Leia mais

Por que abrir o capital?

Por que abrir o capital? Por que abrir capital? Por que abrir o capital? Vantagens e desafios de abrir o capital Roberto Faldini Fortaleza - Agosto de 2015 - PERFIL ABRASCA Associação Brasileira de Companhias Abertas associação

Leia mais

As vantagens da solução empresarial chave da itrak incluem:

As vantagens da solução empresarial chave da itrak incluem: TM Enterprise Soltion Eliminar tarifas de rastreio por GPS Desfrtar dos benefícios adicionais de ma solção personalizada verss solção com anfitrião Amentar a segrança da informação da sa empresa Redzir

Leia mais

Cédula de Crédito Imobiliário - CCI

Cédula de Crédito Imobiliário - CCI Títulos Imobiliários Renda Fixa Cédula de Crédito Imobiliário - CCI Títulos Imobiliários Cédula de Crédito Imobiliário Instrumento que facilita a negociabilidade e a portabilidade do crédito imobiliário

Leia mais

Consultoria em COMPRAS e REDUÇÃO DE CUSTOS. Rumo à COMPETITIVIDADE das Empresas!

Consultoria em COMPRAS e REDUÇÃO DE CUSTOS. Rumo à COMPETITIVIDADE das Empresas! Consultoria em COMPRAS e REDUÇÃO DE CUSTOS Rumo à COMPETITIVIDADE das Empresas! QUEM SOMOS A EZ Trade Center apoia as empresas na OTIMIZAÇÃO DE COMPRAS e REDUÇÃO DE CUSTOS operacionais, permitindo gerar

Leia mais

BIS - Access Engine (ACE)

BIS - Access Engine (ACE) Engineered Soltions BIS - Access Engine (ACE) BIS - Access Engine (ACE) www.boschsecrity.com/pt Controle de acesso sofisticado com gerenciamento direto de alarmes Integração e interação perfeitas com sistemas

Leia mais

Da conformidade regulatória ao compromisso

Da conformidade regulatória ao compromisso Da conformidade regulatória ao compromisso Da conformidade regulatória ao compromisso A cada ano, as empresas investem milhões para gerir cursos de capacitação e sistemas que estejam em conformidade com

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO Faculdades e Universidades Americanas

PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO Faculdades e Universidades Americanas Facldades e efigieedcacional.com.br contato@efigieedcacional.com.br Facldades e O Programa de Bolsas de Estdo para estdantes internacionais A Efígie Edcacional, empresa especializada em edcação internacional,

Leia mais

Seguro de Crédito Comercial

Seguro de Crédito Comercial Seguro de Crédito Comercial seguro de crédito O que é:... uma modalidade de seguro que protege o seu negócio contra o risco de inadimplência ou atrasos no pagamento de vendas de produtos ou serviços. A

Leia mais

Apresentação Comercial. Generali Brasil Seguros

Apresentação Comercial. Generali Brasil Seguros Apresentação Comercial Generali Brasil Seguros O GRUPO GENERALI Liderança, a, solidez e presença a global Assicurazioni Generali SPA., fundada em 1831 em Trieste Itália. 85.000 funcionários no mundo e

Leia mais

Kinea Renda Imobiliária

Kinea Renda Imobiliária Introdução O é um fundo que busca aplicar recursos em empreendimentos corporativos e centros de distribuição de excelente padrão construtivo, de forma diversificada e preferencialmente prontos. Uma oportunidade

Leia mais

O que é Finanças? instituições, mercados e instrumentos envolvidos na transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos.

O que é Finanças? instituições, mercados e instrumentos envolvidos na transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos. Demonstrações Financeiras O Papel de Finanças e do Administrador Financeiro Professor: Roberto César O que é Finanças? Podemos definir Finanças como a arte e a ciência de administrar fundos. Praticamente

Leia mais

SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS

SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS O objetivo do programa é combinar a sinergia existente entre concessionárias e seguradoras a fim de que, mediante a fidelização dos clientes,

Leia mais

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Para competir com eficácia, as empresas da atualidade precisam se adaptar a um ambiente tecnológico que sofre rápidas mudanças.

Leia mais

BIS - Visão geral e pacote básico V4.0

BIS - Visão geral e pacote básico V4.0 Engineered Soltions BIS - Visão geral e pacote básico V4.0 BIS - Visão geral e pacote básico V4.0 www.boschsecrity.com/pt Gerenciamento de integração predial e da segrança em ma única solção por meio de

Leia mais

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1 1.0 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1 1.2 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Qual o objetivo das empresas para a administração financeira? Maximizar valor de mercado da empresa; Aumentar a riqueza dos acionistas.

Leia mais

BIS Access Engine (ACE) 4.1

BIS Access Engine (ACE) 4.1 Engineered Soltions Access Engine (ACE) 4.1 Access Engine (ACE) 4.1 www.la.boschsecrity.com Controle de acesso sofisticado com gerenciamento direto de alarmes Integração e interação perfeitas com sistemas

Leia mais

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens Academia de Tecnologia da IBM White paper de liderança de pensamento Novembro de 2010 Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens 2 Proteção da nuvem: do desenvolvimento da estratégia

Leia mais

Perguntas Frequentes. 1ª Fase: Otimização de Capital e Emissão de Instrumentos de Capital

Perguntas Frequentes. 1ª Fase: Otimização de Capital e Emissão de Instrumentos de Capital Perguntas Frequentes 1ª Fase: Otimização de Capital e Emissão de Instrumentos de Capital 1-) Qual é o objetivo do plano de Otimização de Capital e Emissão de Instrumentos de Capital? Esse plano visa incrementar

Leia mais

GESTÃO, FINANÇAS E CONTABILIDADE

GESTÃO, FINANÇAS E CONTABILIDADE Síça França Alemanha Seminário Internacional Saída BRA Chegada UK 03/09 04/09 Saída UK Chegada BRA 11/09 12/09 2016 Público alvo Alnos dos crsos de pós-gradação e gradação da Unifor, especificamente dos

Leia mais

Royal & SunAlliance Seguros

Royal & SunAlliance Seguros Royal Acidentes Pessoais O maior patrimônio de uma empresa são as pessoas. Por isso, o Royal Acidentes Pessoais garante a tranqüilidade dos funcionários e de suas famílias diante de imprevistos ocorridos.

Leia mais

BIS - Visão geral e pacote básico V2.5

BIS - Visão geral e pacote básico V2.5 Engineered Soltions BIS - Visão geral e pacote básico V2.5 BIS - Visão geral e pacote básico V2.5 www.boschsecrity.com/pt Gerenciamento de integração predial e da segrança em ma única solção por meio de

Leia mais

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança.

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança. EMC Consulting Estratégia visionária, resultados práticos Quando a informação se reúne, seu mundo avança. Alinhando TI aos objetivos de negócios. As decisões de TI de hoje devem basear-se em critérios

Leia mais

MOVIMENTANDO OPORTUNIDADES gerando investimentos A FORTESEC. securitizadora. Home Empresa Securitização Emissões Fale Conosco

MOVIMENTANDO OPORTUNIDADES gerando investimentos A FORTESEC. securitizadora. Home Empresa Securitização Emissões Fale Conosco MOVIMENTANDO OPORTUNIDADES gerando investimentos Com credibilidade e criatividade, transformamos as novas ideias do mercado SAIBA MAIS A FORTESEC A Fortesec é uma com foco em operações estruturadas de

Leia mais

Desdobramento da estratégia em indicadores de gestão. Palestrante: Paulo Ivan de Mello Gerente de Processos e Qualidade Serasa Experian

Desdobramento da estratégia em indicadores de gestão. Palestrante: Paulo Ivan de Mello Gerente de Processos e Qualidade Serasa Experian Desdobramento da estratégia em indicadores de gestão Palestrante: Paulo Ivan de Mello Gerente de Processos e Qualidade Serasa Experian A Experian No mundo líder de mercado Londres Nottingham Grupo de origem

Leia mais

OS FUNDOS DE INVESTIMENTO

OS FUNDOS DE INVESTIMENTO OS FUNDOS DE INVESTIMENTO CMVM Comissão do Mercado de Valores Mobiliários OUTUBRO 2012 1 Os Fundos de Investimento O que é um Fundo de investimento? Um fundo de investimento é um instrumento financeiro

Leia mais

Cartões Private Label

Cartões Private Label Cartões Private Label Quando implementar? Como ativar? Por que ir além? Walter Rabello Quando Implementar Como Ativar Por que Ir além O que é Private Label? Para quem trabalha no mercado de cartões: Cartão

Leia mais

SEGURO DE VIDA ACIDENTES PESSOAIS ESCOLAR. Agora sua escola também pode tirar nota 10 em segurança.

SEGURO DE VIDA ACIDENTES PESSOAIS ESCOLAR. Agora sua escola também pode tirar nota 10 em segurança. SEGURO DE VIDA ACIDENTES PESSOAIS ESCOLAR Agora sua escola também pode tirar nota 10 em segurança. SEGURO DE VIDA ACIDENTES PESSOAIS ESCOLAR Agora sua escola também pode tirar nota 10 em segurança. O Seguro

Leia mais

Derivativos Oportunidades e Alternativas de Proteção. 17 de setembro de 2008

Derivativos Oportunidades e Alternativas de Proteção. 17 de setembro de 2008 Derivativos Oportunidades e Alternativas de Proteção 17 de setembro de 2008 Presença Global do Unibanco O Unibanco é um dos maiores conglomerados financeiros do Brasil, presente nos principais centros

Leia mais

PROCESSOS DE REORGANIZAÇÃO SOCIETÁRIA 1

PROCESSOS DE REORGANIZAÇÃO SOCIETÁRIA 1 PROCESSOS DE REORGANIZAÇÃO SOCIETÁRIA 1 1.1 - Aspectos Introdutórios 1.1.1 - Objetivos Básicos Tais operações tratam de modalidades de reorganização de sociedades, previstas em lei, que permitem às empresas,

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012 O RISCO DOS DISTRATOS O impacto dos distratos no atual panorama do mercado imobiliário José Eduardo Rodrigues Varandas Júnior

Leia mais

Cédula de Crédito Imobiliário - CCI

Cédula de Crédito Imobiliário - CCI Títulos Imobiliários Renda Fixa Cédula de Crédito Imobiliário - CCI Títulos Imobiliários Cédula de Crédito Imobiliário Instrumento que facilita a negociabilidade e a portabilidade do crédito imobiliário

Leia mais

Especialista questiona "ascensão" de bancos brasileiros em ranking

Especialista questiona ascensão de bancos brasileiros em ranking Veículo: Valor Online Data: 13/04/09 Especialista questiona "ascensão" de bancos brasileiros em ranking A crise global colocou os bancos brasileiros em destaque nos rankings internacionais de lucro, rentabilidade

Leia mais

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados.

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados. A MBS SERVIÇOS possui o conhecimento necessário e indispensável para oferecer qualidade e agilidade nas realizações dos serviços prestados. Possuímos sede própria com toda infraestrutura necessária para

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 4.263, DE 05 DE SETEMBRO DE 2013 Dispõe sobre as condições de emissão de Certificado de Operações Estruturadas (COE) pelas instituições

RESOLUÇÃO Nº 4.263, DE 05 DE SETEMBRO DE 2013 Dispõe sobre as condições de emissão de Certificado de Operações Estruturadas (COE) pelas instituições RESOLUÇÃO Nº 4.263, DE 05 DE SETEMBRO DE 2013 Dispõe sobre as condições de emissão de Certificado de Operações Estruturadas (COE) pelas instituições financeiras que especifica. O Banco Central do Brasil,

Leia mais

AQUISIÇÃO DA DEVELOPER Maio 2008

AQUISIÇÃO DA DEVELOPER Maio 2008 AQUISIÇÃO DA DEVELOPER Maio 2008 Aviso Esta apresentação foi preparada com o propósito exclusivo de informar sobre os objetivos e estrutura da transação realizada entre JHSF Participações S.A. ("JHSF")

Leia mais

Letras Financeiras - LF

Letras Financeiras - LF Renda Fixa Privada Letras Financeiras - LF Letra Financeira Captação de recursos de longo prazo com melhor rentabilidade O produto A Letra Financeira (LF) é um título de renda fixa emitido por instituições

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO BÁSICA SEGUROS. ao consumidor. Este guia apresenta informações básicas PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ABERTA CAPITALIZAÇÃO

GUIA DE ORIENTAÇÃO BÁSICA SEGUROS. ao consumidor. Este guia apresenta informações básicas PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ABERTA CAPITALIZAÇÃO Este gia apresenta informações básicas 1 SEGUROS PREVIDÊNCIA GUIA DE ORIENTAÇÃO BÁSICA COMPLEMENTAR ABERTA ao consmidor CAPITALIZAÇÃO APRESENTAÇÃO ASperintendênciadeSegrosPrivados-SUSEPémaatarqiafederal,

Leia mais

Avaliação de Investimentos em Participações Societárias

Avaliação de Investimentos em Participações Societárias Avaliação de Investimentos em Participações Societárias CONTABILIDADE AVANÇADA I 7º Termo de Ciências Contábeis Profª MSc. Maria Cecilia Palácio Soares Regulamentação do Método da Equivalência Patrimonial

Leia mais

Plataforma Sharp OSA VAÇÃO

Plataforma Sharp OSA VAÇÃO Plataforma Sharp OSA VAÇÃO A plataforma Sharp OSA abre sua MFP para se tornar um portal personalizado, localizado estrategicamente dentro do seu negócio. Associado a um amplo potencial de desenvolvimento

Leia mais

Cartão Corporativo EBTA

Cartão Corporativo EBTA Cartão Corporativo EBTA Sobre o EBTA A Best Way disponibiliza aos seus clientes um serviço moderno no mercado do turismo corporativo: o Cartão EBTA. O EBTA é uma solução destinada exclusivamente à gestão

Leia mais

p r o v i d i n g c o n f i d e n c e t h r o u g h p e r f o r m a n c e

p r o v i d i n g c o n f i d e n c e t h r o u g h p e r f o r m a n c e p r o v i d i n g c o n f i d e n c e t h r o u g h p e r f o r m a n c e Nossos Serviços A Trident Fund Services uma divisão do Grupo Trident Trust oferece aos patrocinadores de fundos um serviço de apoio

Leia mais

Escola do Investidor BM&FBOVESPA. Uma formação sólida para a conquista dos seus objetivos.

Escola do Investidor BM&FBOVESPA. Uma formação sólida para a conquista dos seus objetivos. Escola do Investidor BM&FBOVESPA. Uma formação sólida para a conquista dos seus objetivos. Escola do Investidor BM&FBOVESPA experiência modernas platafo credibilidade referência co lataformas experiência

Leia mais

O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil. Mario Lima Maio 2015

O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil. Mario Lima Maio 2015 O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil Mario Lima Maio 2015 1 A Matriz Energética no Brasil A base da matriz energética brasileira foi formada por recursos

Leia mais

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM SUMÁRIO EXECUTIVO Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM Os serviços de terceirização de RH economizam tempo e dinheiro para as empresas. Investimentos em engajamento dos funcionários

Leia mais

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo Migração de sistemas antigos Avançando para um futuro competitivo A automação e controle é um dos mais importantes investimentos para garantir o sucesso da manufatura de qualquer indústria. Porém, por

Leia mais

Proposta para Formataça o de Franquia

Proposta para Formataça o de Franquia Proposta para Formataça o de Franquia 1- O sistema de franchising para o seu negócio Quando falamos de franchising, não estamos falando de algum modismo e, sim, de um sistema de negócios que veio para

Leia mais

Os Sistemas de Informação para as Operações das Empresas e o Comércio Eletrônico Simulado Verdadeiro ou Falso

Os Sistemas de Informação para as Operações das Empresas e o Comércio Eletrônico Simulado Verdadeiro ou Falso Os Sistemas de Informação para as Operações das Empresas e o Comércio Eletrônico Simulado Verdadeiro ou Falso 1. Muitas organizações estão utilizando tecnologia da informação para desenvolver sistemas

Leia mais

www.ouroseguros.com.br

www.ouroseguros.com.br Empreenda em uma das áreas mais rentáveis e que mais cresce no Brasil: Crescimento de 8, 5% em relação ao ano de 2013 251 bilhões em prêmios arrecadados 119 bilhões em indenizações, benefícios e resgates

Leia mais

Como criar um clube de vantagens para seus clientes

Como criar um clube de vantagens para seus clientes Como criar um clube de vantagens para seus clientes Introdução Adquirir clientes no mundo competitivo atual é cada vez mais difícil e caro. Por este motivo, torna-se muito importante ações que fidelize

Leia mais

segurando investimentos assegurando oportunidades

segurando investimentos assegurando oportunidades segurando investimentos assegurando oportunidades MISSÃO DA MIGA Promover o investimento estrangeiro direto nos países em desenvolvimento para apoiar o crescimento econômico, reduzir a pobreza e melhorar

Leia mais

Soluções de Output LRS

Soluções de Output LRS Soluções de Output LRS Enormes economias de custo estão aguardando L O G O A B A I X O D A S U P E R F Í C I E Organizações de todos os tamanhos enfrentam um desafio singular: reduzir dramaticamente os

Leia mais

Cobre Bem Tecnologia

Cobre Bem Tecnologia Cobre Bem Tecnologia A Empresa Fundada em 1995, a Cobre Bem Tecnologia, sempre visou produzir softwares que automatizassem cada vez mais as cobranças utilizando para isso uma tecnologia de ponta. Com a

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

Programa de Gestão Técnica de Contas

Programa de Gestão Técnica de Contas Programa de Gestão Técnica de Contas Para ajudar os clientes da D2L a maximizar seu investimento na plataforma Brightspace, oferecemos uma experiência de suporte avançada que ultrapassa os benefícios

Leia mais

ROSETTA STONE LANGUAGE LEARNING SUITE PARA O SETOR PÚBLICO

ROSETTA STONE LANGUAGE LEARNING SUITE PARA O SETOR PÚBLICO ROSETTA STONE LANGUAGE LEARNING SUITE PARA O SETOR PÚBLICO Garanta o sucesso da missão. Garanta o sucesso da missão. A Rosetta Stone ajuda organizações governamentais e sem fins lucrativos a capacitar

Leia mais

CALIFORNIA CURSO DE FÉRIAS PROGRAMA DE INGLÊS PARA ADOLESCENTES. efigieeducacional.com.br T: 19 4141.1515. Conversação e Cultura Americana

CALIFORNIA CURSO DE FÉRIAS PROGRAMA DE INGLÊS PARA ADOLESCENTES. efigieeducacional.com.br T: 19 4141.1515. Conversação e Cultura Americana Conversação e Cltra Americana CURSO DE FÉRIAS 2015 Saída BRA 11/07 Chegada US 12/07 Saída US 01/08 Chegada BRA 02/08 efigieedcacional.com.br contato@efigieedcacional.com.br Conversação e Cltra Americana

Leia mais

Serviços de Family Office

Serviços de Family Office www.switzerland-family-office.com/br/servicos-do-family-office/ Serviços de Family Office Um family office profissional pode oferecer a seus clientes um amplo leque de serviços diferentes. Nesta página

Leia mais

MEIO AMBIENTE COMO UMA QUESTÃO DE NEGÓCIOS OBJETIVOS

MEIO AMBIENTE COMO UMA QUESTÃO DE NEGÓCIOS OBJETIVOS MEIO AMBIENTE COMO UMA QUESTÃO DE NEGÓCIOS OBJETIVOS Prover uma compreensão básica : do desenvolvimento da abordagem das empresas com relação às questões ambientais, dos benefícios provenientes de melhorias

Leia mais

ESD 126 ESD 126 Mercados Econômicos de Energia

ESD 126 ESD 126 Mercados Econômicos de Energia Mercados Econômicos de Energia Características da Demanda Elétrica Demanda de Eletricidade em Hokkaido 5 de março de 2001 Cortesia da Hokkaido Electric Power Co., Inc.: Utilização permitida Dois Dias em

Leia mais

BANCO DO BRASIL. Profº Agenor paulino Trindade

BANCO DO BRASIL. Profº Agenor paulino Trindade BANCO DO BRASIL Profº Agenor paulino Trindade PREPARATÓRIO PARA O BANCO DO BRASIL Prof. AGENOR PAULINO TRINDADE CONCEITO DE AÇÃO: Ação É um título negociável, representativo de propriedade de UMA FRAÇÃO

Leia mais

TEMPLATE PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS EMPREENDEDORES FINALISTAS

TEMPLATE PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS EMPREENDEDORES FINALISTAS Edição 2014 TEMPLATE PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS EMPREENDEDORES FINALISTAS Disponibilizamos esse material com o objetivo de guiar os finalistas do Prêmio Santander Empreendedorismo 2014 na apresentação

Leia mais

MANUAL DE GERENCIAMENTO DO RISCO DE LIQUIDEZ

MANUAL DE GERENCIAMENTO DO RISCO DE LIQUIDEZ MANUAL DE GERENCIAMENTO DO RISCO DE LIQUIDEZ Introdução O Gerenciamento do Risco de Liquidez no Grupo Didier Levy, considerando as empresas BEXS Banco de Câmbio S/A e BEXS Corretora de Câmbio S/A está

Leia mais

Da Ideia ao Recurso: apoio financeiro para Inovação Tecnológica

Da Ideia ao Recurso: apoio financeiro para Inovação Tecnológica Da Ideia ao Recurso: apoio financeiro para Inovação Tecnológica Christimara Garcia CEO Inventta+bgi São Paulo, 29 de abril de 2015 CONTEXTO BRASILEIRO APOIO DIRETO Captação de Recursos Evolução dos desembolsos

Leia mais

Gestão e Crescimento Empresarial de Alto Impacto ENTREPRENEURIAL THOUGHT AND ACTION

Gestão e Crescimento Empresarial de Alto Impacto ENTREPRENEURIAL THOUGHT AND ACTION Gestão e Crescimento Empresarial de Alto Impacto ENTREPRENEURIAL THOUGHT AND ACTION Instituto Educacional BM&FBOVESPA e Babson: Com reconhecida experiência, o Instituto Educacional BM&FBOVESPA atua na

Leia mais

Tecnologia em peças fundidas.

Tecnologia em peças fundidas. Tecnologia em peças fndidas. 4 Localização A VDL possi localização estratégica, sitada na cidade de Itabirito MG, a 50 Km de Belo Horizonte, com fácil acesso a rodovias, o qe possibilita m ágil e segro

Leia mais

Projeto APAS Affinity Auto

Projeto APAS Affinity Auto Projeto APAS Affinity Auto Índice Objetivo Parceiros Produto Estrutura de Atendimento Preços Por Amostragem Objetivo Desenvolver produtos de seguros e benefícios para funcionários, dirigentes e sócios

Leia mais

INVESTIMENTO A LONGO PRAZO 1. Princípios de Fluxo de Caixa para Orçamento de Capital

INVESTIMENTO A LONGO PRAZO 1. Princípios de Fluxo de Caixa para Orçamento de Capital 5 INVESTIMENTO A LONGO PRAZO 1. Princípios de Fluxo de Caixa para Orçamento de Capital 1.1 Processo de decisão de orçamento de capital A decisão de investimento de longo prazo é a decisão financeira mais

Leia mais

NÃO DEIXE A FRAUDE ON-LINE ATRAPALHAR SEUS NEGÓCIOS SIMPLIFIQUE

NÃO DEIXE A FRAUDE ON-LINE ATRAPALHAR SEUS NEGÓCIOS SIMPLIFIQUE NÃO DEIXE A FRAUDE ON-LINE ATRAPALHAR SEUS NEGÓCIOS SIMPLIFIQUE A GESTÃO DE PAGAMENTO WWW.CYBERSOURCE.COM BRASIL@CYBERSOURCE.COM COMO SER MAIS EFICIENTE, RÁPIDO E SEGURO PARA QUE OS CLIENTES PREFIRAM COMPRAR

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz COMPETÊNCIAS A SEREM DESENVOLVIDAS CONHECER A ELABORAÇÃO, CARACTERÍSTICAS E FUNCIONALIDADES UM PLANO DE NEGÓCIOS.

Leia mais

Prever Empresarial. Associação da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. Agosto de 2007. Previdência Complementar PJ 2007

Prever Empresarial. Associação da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. Agosto de 2007. Previdência Complementar PJ 2007 Prever Empresarial Associação da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho Agosto de 2007 Institucional A Unibanco AIG é o grande destaque no mercado brasileiro em planos corporativos de previdência complementar,

Leia mais

Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio.

Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio. Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio. Separadas, XL e Catlin eram duas empresas fortes e inovadoras. Juntas, somos ainda mais fortes. Conteúdo Conheça a XL Catlin Pessoas

Leia mais

$ $ ETF EXCHANGE TRADED FUND $ $

$ $ ETF EXCHANGE TRADED FUND $ $ ETF EXCHANGE TRADED FUND Investimento para quem busca a possibilidade de melhores retornos, através de uma carteira diversificada e com menor custo. Confira porque os fundos de índices são a nova opção

Leia mais

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto o O que é Abertura de Capital o Vantagens da abertura o Pré-requisitos

Leia mais

COMO INVESTIR NO MERCADO A TERMO MERCADOS

COMO INVESTIR NO MERCADO A TERMO MERCADOS COMO INVESTIR NO MERCADO A TERMO MERCADOS Como Investir no Mercado a Termo 1 2 Como Investir no Mercado a Termo O que é? uma OPERAÇÃO A TERMO É a compra ou a venda, em mercado, de uma determinada quantidade

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS Segurança nos investimentos Gestão dos recursos financeiros Equilíbrio dos planos a escolha ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 A POLÍTICA DE INVESTIMENTOS...4 SEGMENTOS DE APLICAÇÃO...7 CONTROLE

Leia mais

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2013 REGULAMENTO Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2013 é uma competição interna da Laureate International

Leia mais

RETORNO DO INVESTIMENTO NO PROJECT MANAGEMENT OFFICE RELATÓRIO FINAL

RETORNO DO INVESTIMENTO NO PROJECT MANAGEMENT OFFICE RELATÓRIO FINAL RETORNO DO INVESTIMENTO NO PROJECT MANAGEMENT OFFICE RELATÓRIO FINAL DADOS DA EMPRESA Tipo Capital Sede TIGER SCREWS 1 Funcionários 800 Produção Mix de Produtos Faturamento (último ano) Ranking Principais

Leia mais

Como sua empresa pode

Como sua empresa pode Como sua empresa pode [ O guia de segmentação por IP ] Tecnologia de Inteligência de IP e de geolocalização O método de encontrar a localização física e geográfica de um usuário com base unicamente em

Leia mais

Especulador Eletrônico. Murialdo Loch - Márcia Loch Alexandre Golin Krammes

Especulador Eletrônico. Murialdo Loch - Márcia Loch Alexandre Golin Krammes Especulador Eletrônico Murialdo Loch - Márcia Loch Alexandre Golin Krammes Apresentação Introdução Comentário de Mauro Halfeld Conceitos Bolsas de Valores no Brasil BM&F Bovespa Curiosidades Escolas de

Leia mais

CALIFÓRNIA PROGRAMA INTENSIVO DE INGLÊS. Intensive English Program (IEP) UNIVERSITY OF CALIFORNIA - RIVERSIDE. Riverside

CALIFÓRNIA PROGRAMA INTENSIVO DE INGLÊS. Intensive English Program (IEP) UNIVERSITY OF CALIFORNIA - RIVERSIDE. Riverside Riverside Califórnia EUA CALIFÓRNIA PROGRAMA INTENSIVO DE INGLÊS Intensive English Program (IEP) UNIVERSITY OF CALIFORNIA - RIVERSIDE Riverside E vo pra Califórnia o me destino é ser star Riverside Riverside

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO Página: 1/5 Tipo: PROCEDIMENTO Data: 29/08/2015 Título: CLÁUSULA ANTICORRUPÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO Página: 1/5 Tipo: PROCEDIMENTO Data: 29/08/2015 Título: CLÁUSULA ANTICORRUPÇÃO SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO Página: 1/5 1 OBJETIVO Em observância à Política Anticorrupção adotada pela NM ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA. (a Política Anticorrupção ), o modelo de cláusula a seguir deve

Leia mais

ANÁLISE ECONÔMICA DOS TÍTULOS DE CAPITALIZAÇÃO DE PAGAMENTO MENSAL - MERCADO BRASILEIRO

ANÁLISE ECONÔMICA DOS TÍTULOS DE CAPITALIZAÇÃO DE PAGAMENTO MENSAL - MERCADO BRASILEIRO ANÁLISE ECONÔMICA DOS TÍTULOS DE CAPITALIZAÇÃO DE PAGAMENTO MENSAL - MERCADO BRASILEIRO Francisco Galiza Mestre em Economia (FGV) Professor do MBA-Gestão Atuarial e Financeira (USP) 1 Sumário: 1) Introdução

Leia mais

Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI

Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI Diversos veículos podem ser utilizados para securitizar recebíveis imobiliários, entretanto o uso dos Certificados de Recebíveis Imobiliários -CRI- vem caminhando

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE MERCADO

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE MERCADO ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE MERCADO 1. INTRODUÇÃO O Scotiabank Brasil (SBB), em atendimento à Resolução CMN 3.464 e alinhado a política global do grupo, implementou estrutura de Gerenciamento

Leia mais