Dra Eliane Guimarães Área de Gestão de Saúde PROGRAMA PARA VIVER MELHOR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dra Eliane Guimarães Área de Gestão de Saúde PROGRAMA PARA VIVER MELHOR"

Transcrição

1 Dra Eliane Guimarães Área de Gestão de Saúde PROGRAMA PARA VIVER MELHOR

2 Área de Gestão de Saúde Estrutura Organizacional Área de Gestão de Saúde Núcleo Técnico Administrativo Unidade Saúde Corporativa Unidade Atenção Domiciliar Unidade Gerenciamento Doenças Crônicas Espaço para Viver Melhor Botafogo Médicos gestores Cardiologistas Nutricionistas Enfermeiros Fisioterapeutas Medicina do Trabalho Segurança do Trabalho

3 Fluxo da entrada de novas empresas em gestão Negociação com Empresa Cliente Gestão de Saúde Acordo Comercial Mapeamento de Saúde Identificação do Perfil da empresa e de clientes elegíveis Mapeamento de Saúde segundo ano Inclusão nos Programas preventivos Plano de Ação e cronograma

4 Médicos gestores Participar da implantação da empresa junto à Área de Negócios PJ. Realizar gestão de empresas junto com a Área de Relacionamento com Empresas Implementar Mapeamento de Saúde Realizar a análise de banco de dados e de mapeamento de saúde, propondo à empresa um Plano de Ação Identificar clientes elegíveis aos programas Definir, junto às empresas, as metas e prazos para as ações de Gestão de Saúde. Realizar ações de promoção de saúde. Realizar ações para gestão de custos: Use Bem Seu Plano. Participar do Comitê de Sinistralidade

5 Mapeamento de Saúde Consiste em levantamento do perfil epidemiológico da empresa identificando fatores de risco, estilo de vida, condições de saúde e dados de saúde ocupacional de colaboradores e dependentes maiores de 18 anos. Importância para Gestão de Saúde Identificação dos grupos a serem trabalhados. Elaboração de propostas específicas para desenvolver e implantar ações de saúde e programas.

6 Mapeamento de Saúde Levantamento do perfil epidemiológico da empresa Mapeados até agora clientes em cerca de empresas. Percentual de adesão: cerca de 49 % Captados como elegíveis aos programas corporativos clientes, cerca de 25%. Incluídos em programas cerca de clientes (51%) com taxa de adesão de 80 %.

7 Mapeamento de Saúde % - até 59 anos. 44% - obesidade 78% - sedentarismo Hipertensão 18% Diabetes 3% Tabagismo 9%

8 Ações de Promoção de Saúde 2011/ folders disponibilizados cartas de aconselhamento visando a prevenção de câncer de colo de útero, de mama e de próstata 295 ações de saúde, incluindo esquetes teatrais, oficinas de saúde, rastreamento diagnóstico e palestras

9 Ações de Promoção de Saúde Treinamento teórico e prático de nutricionistas de empresas clientes Oficina de saladas Oficina de reaproveitamento de alimentos

10 Programa Coração Saudável Acompanhamento de fatores de risco cardiovasculares e co-morbidades em clientes selecionados a partir do Mapeamento de Saúde. Programa de ações educativas com ênfase em mudanças do estilo de vida, correção dos fatores de risco através de orientação individualizada durante orientação clínica cardiologia e nutrição - atividades em grupo, com abordagem multiprofissional e divulgação de material educativo. Hipertensão arterial, Diabetes, Dislipidemia e Obesidade Ativos em programa: clientes em 62 pontos de atendimento (já passaram pelo programa clientes)

11 Programa Coração Saudável Avaliação do Programa Adesão do grupo às consultas médicas Classificação qtd % Ótima Boa Ruim % % 84 15% Classificação qtd % Muito Alto 32 3% Alto % Médio % Baixo % Total %

12 Programa Coração Saudável Avaliação de resultados Em % Avaliação 2010/2011: Clientes com 1 ano de programa Queda no número de consultas em PS (30%) e de internações (66%) Diminuição de 44% no custo total

13 Programa Gestação Saudável Grupos educativos com duração de 6 a 8 semanas com psicólogos Metodologia - psicodrama sócioeducacional, dinâmicas de grupo, exposições, vídeos e apostilas Visita domiciliar nos primeiros 30 dias de vida do bebê Total de Gestantes participantes: 530 Total de Visitas Realizadas: 302

14 CAFÉ DA MANHÃ PARA VIVER MELHOR Excelência e Sustentabilidade - Bernardinho Hotel Sofitel participantes

15 Espaço para Viver Melhor Espaço Reabilitação Postural Espaço Gourmet Espaço Educação e Saúde Espaço de Convivência do Idoso Espaço Cardiometabólico

16 Espaço para Viver Melhor EPVM REABILITAÇÃO CARDÍACA

17 Espaço para Viver Melhor EPVM REABILITAÇÃO POSTURAL

18 Espaço para Viver Melhor EPVM ESPAÇO EDUCAÇÃO E SAÚDE

19 Espaço para Viver Melhor EPVM ESPAÇO GOURMET

20 Novos desafios Saúde Ocupacional Patologias de coluna Saúde Mental Sistema Informatizado de Medicina Preventiva

21 Obrigada! Tel: (21)

PROGRAMA DE ATENÇÃO A PACIENTES CRÔNICOS UNIMED NATAL. Ass. Social ROSSANA CHACON Gerência de Prevenção e Saúde

PROGRAMA DE ATENÇÃO A PACIENTES CRÔNICOS UNIMED NATAL. Ass. Social ROSSANA CHACON Gerência de Prevenção e Saúde PROGRAMA DE ATENÇÃO A PACIENTES CRÔNICOS UNIMED NATAL Ass. Social ROSSANA CHACON Gerência de Prevenção e Saúde rossanachacon@unimednatal.com.br Programa de Atenção a Pacientes Crônicos Elaborado pela Gerência

Leia mais

Estruturação dos Serviços de Medicina Preventiva de acordo com diretrizes da ANS

Estruturação dos Serviços de Medicina Preventiva de acordo com diretrizes da ANS Estruturação dos Serviços de Medicina Preventiva de acordo com diretrizes da ANS A região da Serra Gaúcha está localizada no nordeste do estado do Rio Grande do Sul, região sul do Brasil. Área de abrangência

Leia mais

41 ANOS DE EXISTÊNCIA. 942 Médicos Cooperados 71 mil clientes. 1ª Sede Praça Carlos de Campos

41 ANOS DE EXISTÊNCIA. 942 Médicos Cooperados 71 mil clientes. 1ª Sede Praça Carlos de Campos 41 ANOS DE EXISTÊNCIA 942 Médicos Cooperados 71 mil clientes 1ª Sede Praça Carlos de Campos UNIDADES DE NEGÓCIOS PROGRAMA DR. SAUDÁVEL EQUIPE MEDICINA PREVENTIVA 04 Cooperados Coordenador Médico Supervisor

Leia mais

Gestão de Saúde Populacional Unimed-Rio. Superintendência de Atenção à Saúde

Gestão de Saúde Populacional Unimed-Rio. Superintendência de Atenção à Saúde Gestão de Saúde Populacional Unimed-Rio Superintendência de Atenção à Saúde 52,4% dos trabalhadores terão 45 anos ou mais em 2050 (Atualmente - 33,8%) Idade média da força de trabalho será 44,3 anos (Atualmente

Leia mais

Seminário Nacional Unimed de Medicina Preventiva

Seminário Nacional Unimed de Medicina Preventiva Seminário Nacional Unimed de Medicina Preventiva - 2009 Programa de Reabilitação Pulmonar Rosângela H. Araújo Santos Divisão Cooperados Total: 838 0,04% Gerência Executiva da Assistência e Promoção à Saúde

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL E A MEDICINA PREVENTIVA

SERVIÇO SOCIAL E A MEDICINA PREVENTIVA SERVIÇO SOCIAL E A MEDICINA PREVENTIVA NOSSA CASA A importância do Trabalho em Equipe Multidisciplinar Assistente Social Enfermeira Técnicos de enfermagem Fisioterapeuta Nutricionista Médico Psicólogo

Leia mais

Currículo Disciplina Carga Horária. Aspectos Éticos e Bioéticos na Assistência de Enfermagem ao Paciente Grave ou de Risco

Currículo Disciplina Carga Horária. Aspectos Éticos e Bioéticos na Assistência de Enfermagem ao Paciente Grave ou de Risco Currículo Disciplina Carga Horária Aspectos Éticos e Bioéticos na Assistência de Enfermagem ao Paciente Grave ou de Risco Assistência de Enfermagem a Criança a ao Adolescente Grave ou de Risco Estágio

Leia mais

Programa Anti-tabagismo

Programa Anti-tabagismo São Paulo, 4 a 6 de março de 2009 Programa Anti-tabagismo Dra. Nathércia Abrão Diretora de Provimento de Saúde Unimed Juiz de Fora Membro da CTPPS Federação Minas Unimed Juiz de Fora em números Receita:180

Leia mais

Programa Cessação do Tabagismo

Programa Cessação do Tabagismo Programa Cessação do Tabagismo Vallourec do Brasil Ramo de atividade: Siderurgia Produto: Tubos de aço sem costura Presença no Brasil: desde 1952 Localização: Belo Horizonte/MG Empregos diretos: 4.000

Leia mais

PROGRAMA SULGÁS DE QUALIDADE DE VIDA

PROGRAMA SULGÁS DE QUALIDADE DE VIDA COMPANHIA DE GÁS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Gerência Executiva de Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde PROGRAMA SULGÁS DE QUALIDADE DE VIDA PROJETO 2014 Julho de 2014 1. DADOS DA COMPANHIA Razão

Leia mais

COORDENAÇÃO DO NÚCLEO CURRICULAR FLEXÍVEL PRÁTICAS EDUCATIVAS FICHA DE OBSERVAÇÃO

COORDENAÇÃO DO NÚCLEO CURRICULAR FLEXÍVEL PRÁTICAS EDUCATIVAS FICHA DE OBSERVAÇÃO FICHA DE OBSERVAÇÃO ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE E ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA Acadêmico: Curso: Período: Turno: Disciplina: Atenção Primária à Saúde e Estratégia de Saúde da Família Local: Profissional

Leia mais

ASAP. A SAÚDE NAS EMPRESAS: INVESTIGAÇÃO EXPLORATÓRIA COM O USO DO QUESTIONÁRIO CDC Worksite Health Score Card (HSC) Maio 2016 Kylza Estrella

ASAP. A SAÚDE NAS EMPRESAS: INVESTIGAÇÃO EXPLORATÓRIA COM O USO DO QUESTIONÁRIO CDC Worksite Health Score Card (HSC) Maio 2016 Kylza Estrella ASAP A SAÚDE NAS EMPRESAS: INVESTIGAÇÃO EXPLORATÓRIA COM O USO DO QUESTIONÁRIO CDC Worksite Health Score Card (HSC) Maio 2016 Kylza Estrella CENÁRIO Perfil trabalhador: modificações demográficas & transição

Leia mais

Projecto MobES, Mobilidade e Envelhecimento Saudável

Projecto MobES, Mobilidade e Envelhecimento Saudável Projecto MobES, Mobilidade e Envelhecimento Saudável Projecto MobES - JUSTIFICAÇÃO Aumento da Esperança Média de Vida associa-se a: Prevalência de doenças crónicas; Custos na saúde. Inatividade Física

Leia mais

FACULDADE SANTA TEREZINHA - CEST COORDENAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO PLANO DE ESTÁGIO

FACULDADE SANTA TEREZINHA - CEST COORDENAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO PLANO DE ESTÁGIO FACULDADE SANTA TEREZINHA - CEST COORDENAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO PLANO DE ESTÁGIO 2013.1 DADOS DO ESTÁGIO CÓDIGO ÁREA CARGA HORÁRIA PERÍODO HORÁRIO Nutrição Social 230h 7 7h30 às 12h30 SUPERVISOR(A) Eliete

Leia mais

SAÚDE CORPORATIVA: ASSOCIAÇÃO ENTRE A MEDICINA ASSISTENCIAL A MEDICINA PREVENTIVA E A SAÚDE OCUPACIONAL

SAÚDE CORPORATIVA: ASSOCIAÇÃO ENTRE A MEDICINA ASSISTENCIAL A MEDICINA PREVENTIVA E A SAÚDE OCUPACIONAL SAÚDE CORPORATIVA: ASSOCIAÇÃO ENTRE A MEDICINA ASSISTENCIAL A MEDICINA PREVENTIVA E A SAÚDE OCUPACIONAL A expansão do mercado de equipamentos hospitalares quase triplicou seu faturamento nos últimos cinco

Leia mais

Autor: Leila Cristina Pilonetto Baggio Co autores: Marcos Fiorentin, Elizangela Greggio Vincensi, Joares Telles Junior, Ana Cristina G. Costella, ACS.

Autor: Leila Cristina Pilonetto Baggio Co autores: Marcos Fiorentin, Elizangela Greggio Vincensi, Joares Telles Junior, Ana Cristina G. Costella, ACS. HIPERTENSÃO ARTERIAL E DIABETE MELLITUS: UMA ANALISE DO ACOMPANHAMENTO REALIZADO PELA EQUIPE ESF DE BOM SUCESSO DO SUL Autor: Leila Cristina Pilonetto Baggio Co autores: Marcos Fiorentin, Elizangela Greggio

Leia mais

PERFIL NUTRICIONAL E PREVALÊNCIA DE DOENÇAS EM PACIENTES ATENDIDOS NO LABORATÓRIO DE NUTRIÇÃO CLÍNICA DA UNIFRA 1

PERFIL NUTRICIONAL E PREVALÊNCIA DE DOENÇAS EM PACIENTES ATENDIDOS NO LABORATÓRIO DE NUTRIÇÃO CLÍNICA DA UNIFRA 1 PERFIL NUTRICIONAL E PREVALÊNCIA DE DOENÇAS EM PACIENTES ATENDIDOS NO LABORATÓRIO DE NUTRIÇÃO CLÍNICA DA UNIFRA 1 TEIXEIRA, Giselle 2 ; BOSI, Greice 2 ; FONTOURA, Ethiene 2 ; MUSSOI, Thiago 2 ; BLASI,

Leia mais

Euroamerica Dr. Mario Ivo Serinolli 03/2010

Euroamerica Dr. Mario Ivo Serinolli 03/2010 Visão atual das Consultorias sobre gerenciamento das doenças / medicina preventiva na saúde suplementar Euroamerica Dr. Mario Ivo Serinolli 03/2010 Situação Atual Alto custo da assistência médica para

Leia mais

Tópicos. Cenário Atual. Estratégias e custo efetividade. Metas para redução de Doenças Crônicas Não- Transmissíveis (DCNT) 2011

Tópicos. Cenário Atual. Estratégias e custo efetividade. Metas para redução de Doenças Crônicas Não- Transmissíveis (DCNT) 2011 Tópicos Cenário Atual Metas para redução de Doenças Crônicas Não- Transmissíveis (DCNT) 2011 Estratégias e custo efetividade Envelhecimento Populacional Mais Idade Mais DCNT Mortalidade DCNT = 63% dos

Leia mais

Saúde do Homem. Medidas de prevenção que devem fazer parte da rotina.

Saúde do Homem. Medidas de prevenção que devem fazer parte da rotina. Saúde do Homem Medidas de prevenção que devem fazer parte da rotina. saúde do Homem O Ministério da Saúde assinala que muitos agravos poderiam ser evitados caso os homens realizassem, com regularidade,

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 COMPONENTE CURRICULAR: Fisioterapia Preventiva CÓDIGO: Fisio 212 PRÉ-REQUISITO: ------- PERÍODO LETIVO:

Leia mais

ANEXO 3 CONHECIMENTOS GERAIS EM SAÚDE

ANEXO 3 CONHECIMENTOS GERAIS EM SAÚDE ANEXO 3 PROGRAMA CONHECIMENTOS GERAIS EM SAÚDE 1. Conhecimentos sobre o SUS - Legislação da Saúde: Constituição Federal de 1988 (Título VIII - capítulo II - Seção II); Lei 8.080/90 e Lei 8.142/90; Norma

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

Joselita Batista dos Santos

Joselita Batista dos Santos CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde ESPAÇO DE HUMANIZAÇÃO DO SERVIDOR, JOÃO CÂMARA/RN Joselita Batista dos Santos João Câmara, RN Agosto, 2012 1 1.

Leia mais

SICA: Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) Prof. Walfrido K. Svoboda

SICA: Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) Prof. Walfrido K. Svoboda ATENÇÃO BÁSICAB SICA: Programa de Saúde da Família (PSF) ou Estratégia de Saúde da Família (ESF) Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) Disciplina: SAÚDE PÚBLICA P I (MS-052) Prof. Walfrido K.

Leia mais

Curso de Formação Avançada em Diabetes

Curso de Formação Avançada em Diabetes Curso de Formação Avançada em Diabetes Fundamentação Diabetes Mellitus (DM) é uma doença crónica cada vez mais frequente na nossa sociedade. Em 2014 a prevalência estimada da Diabetes na população portuguesa

Leia mais

Certificação Joint Commission no Programa de Dor Torácica.

Certificação Joint Commission no Programa de Dor Torácica. Certificação Joint Commission no Programa de Dor Torácica. Enf. Ana Paula de Mattos Coelho Hemodinâmica - Hospital TotalCor E-mail: acoelho@totalcor.com.br Joint Commission Acreditação do atendimento hospitalar;

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO NAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS

Leia mais

PREVALENCIA DAS DOENÇAS CRONICAS NÃO-TRANSMISSIVEIS EM IDOSOS NO ESTADO DA PARAIBA

PREVALENCIA DAS DOENÇAS CRONICAS NÃO-TRANSMISSIVEIS EM IDOSOS NO ESTADO DA PARAIBA PREVALENCIA DAS DOENÇAS CRONICAS NÃO-TRANSMISSIVEIS EM IDOSOS NO ESTADO DA PARAIBA Rita de Cássia Sousa Silva (1); Daniele Fidelis de Araújo (1); Ítalo de Lima Farias (2); Socorro Malaquias dos Santos

Leia mais

Hospital de Clínicas da UFTM. Macroproblema 1: falta de gestão adequada

Hospital de Clínicas da UFTM. Macroproblema 1: falta de gestão adequada Hospital de Clínicas da UFTM Macroproblema 1: falta de gestão adequada 2016 MP1. Falta de gestão adequada NC1. Falta de um projeto de comunicação interna NC2. Falta de fluxos e rotinas administrativas

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça/SP Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança Habilitação Profissional: Técnico em Segurança

Leia mais

APRESENTAÇÃO QUALIVIDA

APRESENTAÇÃO QUALIVIDA APRESENTAÇÃO QUALIVIDA (143.846 segurados ) (1.010.965 associados) (1.403.755 associados) (373.839 associados) 4.389 empresas 3.000.000 vidas * Dados jan 2013 2 MISSÃO NOSSA MISSÃO NOSSA MISSÃO Tornar

Leia mais

B e n e f í c i o s. Gestão da Saúde

B e n e f í c i o s. Gestão da Saúde B e n e f í c i o s Gestão da Saúde O GRUPO NUNES & GROSSI Atuamos no mercado de benefícios, oferecendo produtos de qualidade e criados sob medida para você, sua família ou empresa. Através da nossa Administradora

Leia mais

SEMANA INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO 2010 SIPAT PUC-Rio e PARCEIROS PROGRAMAÇÃO COMPLETA STANDS POR EVENTO E PARTICIPANTES

SEMANA INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO 2010 SIPAT PUC-Rio e PARCEIROS PROGRAMAÇÃO COMPLETA STANDS POR EVENTO E PARTICIPANTES 2009 2ª FEIRA SEMANA INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO 2010 SIPAT PUCRio e PARCEIROS Tema: Qualidade de Ensino, Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Atuação Responsável. Essa é a Meta! A SIPAT

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO COMANDO DE SAÚDE NAS RODOVIAS

PROJETO DE EXTENSÃO COMANDO DE SAÚDE NAS RODOVIAS FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DO ESPÍRITO SANTO CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA PROJETO DE EXTENSÃO COMANDO DE SAÚDE NAS RODOVIAS Cariacica - ES 2008 2 1 - ENTIDADE/ÓRGÃO PROPONENTE SEST/SENAT Serviço

Leia mais

-PNAN - Portaria Estatuto da criança e do adolescente -PCNs

-PNAN - Portaria Estatuto da criança e do adolescente -PCNs -PNAN - Portaria 1.010 - Estatuto da criança e do adolescente -PCNs Alimentação Escolar Aline Guimarães Nutricionista - CECANE UnB PNAN Política Nacional de Alimentação e Nutrição Alimentação escolar PNAN

Leia mais

28 a 30/11/2013 PROGRAMA PRELIMINAR: 14:00 às 15:30 Mesa p/pacientes: Quem vê cara, não vê coração. A importância do check up cardiovascular.

28 a 30/11/2013 PROGRAMA PRELIMINAR: 14:00 às 15:30 Mesa p/pacientes: Quem vê cara, não vê coração. A importância do check up cardiovascular. Quinta-feira, 28/11/13 (Programação conjunta para todas as especialidades) 28 a 30/11/2013 PROGRAMA PRELIMINAR: 14:00 às 15:30 Mesa p/pacientes: Quem vê cara, não vê coração. A importância do check up

Leia mais

PROGRAMAS DE PROMOÇÃO DA SAÚDE

PROGRAMAS DE PROMOÇÃO DA SAÚDE PROGRAMAS DE PROMOÇÃO DA SAÚDE FAÇA SUA VIDA VALER A PENA COM A AJUDA DA UNIMED CURITIBA. PENSANDO NA SUA SAÚDE, A UNIMED CURITIBA CRIOU UMA SÉRIE DE PROGRAMAS QUE VISAM À PREVENÇÃO, À INFORMAÇÃO, AO ACOMPANHAMENTO

Leia mais

Giselle Bianca Tófoli

Giselle Bianca Tófoli CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde IMPLANTAÇÃO DE MAPA DE RISCOS E SENSIBILIZAÇÃO DAS EQUIPES DE ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA DE TIRADENTES - MG

Leia mais

Vigitel Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico

Vigitel Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico Vigitel Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico Avaliação Dados de 2013 Periodicidade: anual desde 2006 Público: maiores de 18 anos e residentes nas 26

Leia mais

GRUPO COPPA: ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR NO PATOLOGIAS ASSOCIADAS BRIGITTE OLICHON LUMENA MOTTA REGINA BOSIO

GRUPO COPPA: ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR NO PATOLOGIAS ASSOCIADAS BRIGITTE OLICHON LUMENA MOTTA REGINA BOSIO GRUPO COPPA: ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR NO CONTROLE DA OBESIDADE E PATOLOGIAS ASSOCIADAS BRIGITTE OLICHON LUMENA MOTTA REGINA BOSIO Introdução Obesidade Brasil EPIDEMIA 40% em sobrepeso 12,7% adultos obesos

Leia mais

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde da Unimed SJC O Núcleo de Ação Integral à Saúde (NAIS) é o setor responsável pela promoção da saúde e prevenção

Leia mais

Determinantes do processo saúde-doença. Identificação de riscos à saúde. Claudia Witzel

Determinantes do processo saúde-doença. Identificação de riscos à saúde. Claudia Witzel Determinantes do processo saúde-doença. Identificação de riscos à saúde Claudia Witzel CONCEITOS DE SAÚDE E DOENÇA Saúde pode ser definida como ausência de doença Doença ausência de saúde... Saúde é um

Leia mais

OBJETIVO ESTRATÉGICO 1: Identificar 80% do quadro de pessoal técnico-administrativo da UERJ em 6 meses.

OBJETIVO ESTRATÉGICO 1: Identificar 80% do quadro de pessoal técnico-administrativo da UERJ em 6 meses. SRH - SUPERINTENDÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS MISSÃO DA UNIDADE: Promover as políticas de recursos humanos contribuindo para o funcionamento e aprimoramento das atividades desenvolvidas pela Universidade.

Leia mais

Desenvolvendo o Pensamento Matemático em Diversos Espaços Educativos A MATEMÁTICA EM SITUAÇÕES QUE ENGLOBAM ALIMENTAÇÃO E SAÚDE

Desenvolvendo o Pensamento Matemático em Diversos Espaços Educativos A MATEMÁTICA EM SITUAÇÕES QUE ENGLOBAM ALIMENTAÇÃO E SAÚDE A MATEMÁTICA EM SITUAÇÕES QUE ENGLOBAM ALIMENTAÇÃO E SAÚDE Modelagem e Educação Matemática (MEM) GT 4 Ângela Tereza Silva de SOUZA Universidade Federal da Paraíba anjinhatereza@hotmail.com RESUMO Neste

Leia mais

Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular. Semestral

Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular. Semestral Curso Técnico Subsequente em Curso Técnico em Enfermagem Nome do Curso - Curso Técnico em Enfermagem CÂMPUS Florianópolis/SC MATRIZ CURRICULAR Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular

Leia mais

VI CONGRESSO DE HIPERTENSÃO DA. HiperDia, desafios futuros e o que esperar?

VI CONGRESSO DE HIPERTENSÃO DA. HiperDia, desafios futuros e o que esperar? VI CONGRESSO DE HIPERTENSÃO DA SBC/DHA HiperDia, desafios futuros e o que esperar? MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Atenção a Saúde - SAS Departamento de Atenção Básica - DAB Coordenação Nacional de Hipertensão

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO

CURSO DE ATUALIZAÇÃO CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde DESENVOLVIMENTO DA GESTÃO DO TRABALHO E SAÚDE DO TRABALHADOR DA SAÚDE Adryanna Saulnier Bacelar Moreira Márcia Cuenca

Leia mais

Psicologia e Educação

Psicologia e Educação Psicologia e Educação 2016.2 Profª. MSc. Fernanda Lima. Unidade III: O que pode fazer o psicólogo na escola. Psicólogo escolar: Papéis e funções na escola. Escola é um espaço social onde pessoas convivem

Leia mais

SAÚDE MENTAL PROJETO DO PROGRAMA DE ATENÇÃO À CRIANÇA E ADOLESCENTE DEPENDENTE QUÍMICO

SAÚDE MENTAL PROJETO DO PROGRAMA DE ATENÇÃO À CRIANÇA E ADOLESCENTE DEPENDENTE QUÍMICO SAÚDE MENTAL PROJETO DO PROGRAMA DE ATENÇÃO À CRIANÇA E ADOLESCENTE DEPENDENTE QUÍMICO 1 - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO: ACFFD - ASSOCIAÇÃO CULTURAL E FILANTROPICA FAMÍLIA DE DEUS ESCRITÓRIO: RUA CAJAZEIRAS,

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Paço de Arcos. Projeto. Clube de Nutrição

Agrupamento de Escolas de Paço de Arcos. Projeto. Clube de Nutrição Agrupamento de Escolas de Paço de Arcos Projeto Clube de Nutrição julho de 2013 1. Enquadramento A Obesidade é provavelmente o maior problema, relacionado com a saúde, que a sociedade moderna apresenta.

Leia mais

DIAS E HORÁRIOS DAS APRESENTAÇÕES DOS TRABALHOS ENFERMAGEM TODOS OS AUTORES DEVERÃO CHEGAR IMPRETERIVELMENTE NO HORÁRIO MARCADO.

DIAS E HORÁRIOS DAS APRESENTAÇÕES DOS TRABALHOS ENFERMAGEM TODOS OS AUTORES DEVERÃO CHEGAR IMPRETERIVELMENTE NO HORÁRIO MARCADO. TÍTULO ORIENTADOR SALA DATA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NAS COMUNIDADES INDÍGENAS INFECÇÕES HOSPITALARES: REPENSANDO A IMPORTÂNCIA DA HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM HANSENÍASE:

Leia mais

O que é doença? Doença é: Como as doenças acontecem? Qual o padrão das doenças? Quais os tipos de doenças?

O que é doença? Doença é: Como as doenças acontecem? Qual o padrão das doenças? Quais os tipos de doenças? CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA E SAÚDE - EACH/USP Disciplina de Fundamentos da Atividade Física Docente responsável: Alex Antonio Florindo (aflorind@usp.br) Roteiro da aula 1. Conceito de doença;

Leia mais

Contribuição da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI)/UERJ à formação de Cuidadores de Idosos

Contribuição da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI)/UERJ à formação de Cuidadores de Idosos Contribuição da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI)/UERJ à formação de Cuidadores de Idosos Silvia Maria Magalhães Costa Rio de Janeiro, 2016 Envelhecimento Populacional: uma conquista e um desafio

Leia mais

SINDNUT-PA Sindicato dos Nutricionistas no Estado do Pará

SINDNUT-PA Sindicato dos Nutricionistas no Estado do Pará ANEXO I APROVADO NA ATA DE ASSEMBLÉIA DE 28 DE OUTUBRO DE 2014 TABELA DE HORONÁRIOS PARA O ANO DE 2015/2016 DEFINIDA E APROVADA EM ASSEMBLÉIA GERAL DO DIA 28/10/2014. Unidade de Serviço em Nutrição (USN)

Leia mais

Registro ANS Modalidade AGEMED SAÚDE S.A MG SC SAI Projeto Sequóia 196

Registro ANS Modalidade AGEMED SAÚDE S.A MG SC SAI Projeto Sequóia 196 Número do cadastro na ANS Razão Social da operadora Registro ANS Modalidade UF A área de atenção abordada Nome do programa META DE COBERTURA 8751 AGEMED SAÚDE S.A. 339601 MG SC SAI Projeto Sequóia 196

Leia mais

Guia prático de cuidados com o seu Seguro Saúde

Guia prático de cuidados com o seu Seguro Saúde Guia prático de cuidados com o seu Seguro Saúde A Caixa Seguradora e a sua empresa prepararam este guia rápido para você. Nele você vai encontrar informações importantes para a utilização correta do seguro.

Leia mais

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DAS REDES ASSISTENCIAIS DE SAÚDE CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO CÂNCER DE BOCA

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DAS REDES ASSISTENCIAIS DE SAÚDE CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO CÂNCER DE BOCA DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DAS REDES ASSISTENCIAIS DE SAÚDE CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO CÂNCER DE BOCA Canaã dos Carajás - 2015 CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO

Leia mais

PROGRAMA DE GINÁSTICA FUNCIONAL SALAS DE CONTROLE. Bianca Vilela, Fisiologista do Exercício

PROGRAMA DE GINÁSTICA FUNCIONAL SALAS DE CONTROLE. Bianca Vilela, Fisiologista do Exercício PROGRAMA DE GINÁSTICA FUNCIONAL SALAS DE CONTROLE Bianca Vilela, Fisiologista do Exercício Biografia Bianca Vilela Bianca Vilela, profissional da área de Saúde, Educação Física e Fisiologia do Exercício,

Leia mais

ACREDITAÇÃO HOSPITALAR. Análise Crítica da Pré e Pós Certificação

ACREDITAÇÃO HOSPITALAR. Análise Crítica da Pré e Pós Certificação ACREDITAÇÃO HOSPITALAR Análise Crítica da Pré e Pós Certificação A qualidade não é um conjunto de técnicas, é a maneira de pensar o seu próprio negócio e isso não da pra copiar. Fonte: hsm.com.br Hospital

Leia mais

Marc Jamoulle, & Gustavo Gusso

Marc Jamoulle, & Gustavo Gusso Seminário Internacional de Atenção Primária / Saúde da Família 5 a 8 de Agosto de 2008 Centro de Concvenções Ulyssses Guimaraes Brasília/DF, Brasil 14 de Nov, 2009, Florianopolis Marc Jamoulle, & Gustavo

Leia mais

MANUAL DE PESSOAL CAPÍTULO 2: CONSTITUIR COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES CIPA

MANUAL DE PESSOAL CAPÍTULO 2: CONSTITUIR COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES CIPA 1 MÓDULO 20: SEGURANÇA NO TRABALHO CAPÍTULO 2: CONSTITUIR COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES CIPA ANEXOS: 1 Fluxo do Subprocesso Constituir Comissão Interna de Prevenção de Acidentes CIPA 2 Formulário

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 ANEXO III FORMULÁRIO DA VERSÃO ELETRÔNICA DO PROJETO / DA ATIVIDADE DE EXTENSÃO PBAEX 2016

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 ANEXO III FORMULÁRIO DA VERSÃO ELETRÔNICA DO PROJETO / DA ATIVIDADE DE EXTENSÃO PBAEX 2016 PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS: Novo Paraíso ANEXO III FORMULÁRIO DA VERSÃO ELETRÔNICA DO PROJETO / DA ATIVIDADE DE EXTENSÃO PBAEX 2016 01. Título do Projeto CNP SAÚDE

Leia mais

Programa de Atenção Integrada ao Idoso

Programa de Atenção Integrada ao Idoso Programa de Atenção Integrada ao Idoso Valéria Terra¹, Maria Carolina Carmignani¹, Tereza Barczinski² ¹ Metrus Instituto de Seguridade Social ² Programa de Estudos Avançados em Administração Hospitalar

Leia mais

AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO POR ÁREA TEMÁTICA INSTITUCIONAL E POR UNA

AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO POR ÁREA TEMÁTICA INSTITUCIONAL E POR UNA UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO EDITAL INTERNO CONJUNTO Nº 01/016 AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO POR E POR A Comissão de Avaliação dos projetos de

Leia mais

2.1. Subcoordenador Técnico Operacional (Código STO) 1 vaga Atribuições:

2.1. Subcoordenador Técnico Operacional (Código STO) 1 vaga Atribuições: PRORROGAÇÃO DO EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTAS PROJETO CVDS Manaus, 24 de Novembro de 2014. 1. CONTEXTUALIZAÇÃO O Centro Vocacional para o Desenvolvimento Sustentável (CVDS), trata-se de um projeto piloto

Leia mais

Detecção Precoce do HIV/Aids nos Programas da

Detecção Precoce do HIV/Aids nos Programas da Detecção Precoce do HIV/Aids nos Programas da Atenção BásicaB Características Atuais do Diagnóstico do HIV/AIDS Predomina o diagnóstico tardio da infecção pelo HIV e Aids (43,6% dos diagnósticos) ( sticos

Leia mais

A implantação do Modelo de Atenção às Condições Crônicas para organização da Rede Hiperdia Minas.

A implantação do Modelo de Atenção às Condições Crônicas para organização da Rede Hiperdia Minas. A implantação do Modelo de Atenção às Condições Crônicas para organização da Rede Hiperdia Minas. Palestrante: Flávia Gomes de Carvalho Coordenadora de Hipertensão e Diabetes do Estado de Minas Gerais

Leia mais

Estado do Rio Grande do Norte Prefeitura Municipal de Major Sales Secretaria Municipal de Saúde

Estado do Rio Grande do Norte Prefeitura Municipal de Major Sales Secretaria Municipal de Saúde Estado do Rio Grande do Norte Prefeitura Municipal de Major Sales Secretaria Municipal de Saúde Ângela Wilma Rocha Enfermeira Secretária Municipal de Saúde de Major Sales/RN Especialista em Saúde da Família

Leia mais

PREVENÇÃO DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES

PREVENÇÃO DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES PREVENÇÃO DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES Dra Fabrícia de Oliveira Assis Cantadori Cardiologista do HUJM Cuiabá, maio de 2015 UFMT PREVENÇÃO É procurar e utilizar métodos para prevenir doenças e/ou suas complicações,

Leia mais

Vantagens e cuidados exclusivos para você e sua empresa.

Vantagens e cuidados exclusivos para você e sua empresa. Vantagens e cuidados exclusivos para você e sua empresa. Pioneira na gestão da Medicina e Segurança do Trabalho Sobre a RH Vida A RH Vida Saúde Ocupacional é uma empresa do Grupo NotreDame Intermédica

Leia mais

Associação das Pioneiras Sociais. Rede SARAH de Hospitais de Reabilitação

Associação das Pioneiras Sociais. Rede SARAH de Hospitais de Reabilitação Associação das Pioneiras Sociais Rede SARAH de Hospitais de Reabilitação REDE SARAH DE HOSPITAIS UNIDADE BELO HORIZONTE 13 ANOS DE PRGSS REDE SARAH DE HOSPITAIS DE REABILITAÇÃO SARAH BELO HORIZONTE Dados

Leia mais

10ª SEMANA DE ATENÇÃO AO DIÁBETICO DO RIO DE JANEIRO

10ª SEMANA DE ATENÇÃO AO DIÁBETICO DO RIO DE JANEIRO 10ª SEMANA DE ATENÇÃO AO DIÁBETICO DO RIO DE JANEIRO Introdução Diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina, um hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue, ou não consegue

Leia mais

O PAP destina se a complementar a formação de recém graduados na área de saúde, exceto médicos, mediante treinamento em serviço. Seus objetivos são:

O PAP destina se a complementar a formação de recém graduados na área de saúde, exceto médicos, mediante treinamento em serviço. Seus objetivos são: O que é O Programa de Aprimoramento Profissional (PAP) é um Programa de Bolsas do Governo do Estado de São Paulo, instituído em 11 de setembro de 1979, pelo Decreto estadual nº 13.919, para profissionais

Leia mais

Armazenagem Responsável Sistema de Gestão Outubro 2016 rev. 00

Armazenagem Responsável Sistema de Gestão Outubro 2016 rev. 00 Armazenagem Responsável Sistema de Gestão Outubro 2016 rev. 00 Brasil: uma vocação natural para a indústria química País rico em petróleo, gás, biodiversidade, minerais e terras raras Objetivo Desenvolver

Leia mais

Missão. Visão. Objetivos Estratégicos (OE)

Missão. Visão. Objetivos Estratégicos (OE) Identidade Organizacional - Acesso à informação - IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos R O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) é uma autarquia

Leia mais

DESAFIO PELA BUSCA DA EXCELÊNCIA MODELO ASSISTENCIAL Hospital Alemão Oswaldo Cruz

DESAFIO PELA BUSCA DA EXCELÊNCIA MODELO ASSISTENCIAL Hospital Alemão Oswaldo Cruz DESAFIO PELA BUSCA DA EXCELÊNCIA MODELO ASSISTENCIAL Hospital Alemão Oswaldo Cruz Perfil O Hospital Alemão Oswaldo Cruz é uma associação civil de direito privado, sem fins econômicos ou lucrativos de caráter

Leia mais

UNIMED FESP. Dra. Maria Manuela Almeida Nunes Mazzini. Gerente de Gestão em Saúde. manuela.mazzini@unimedfesp.coop.br 22/07/2013 1

UNIMED FESP. Dra. Maria Manuela Almeida Nunes Mazzini. Gerente de Gestão em Saúde. manuela.mazzini@unimedfesp.coop.br 22/07/2013 1 UNIMED FESP Dra. Maria Manuela Almeida Nunes Mazzini Gerente de Gestão em Saúde manuela.mazzini@unimedfesp.coop.br 1 PERFIL UNIMED UNIMED FESP Quantidade de usuários 565.582 Área de abrangência Quantidade

Leia mais

APOIO FAMILIAR DIREITOS E ESTRATEGIAS. Renata Flores Tibyriçá Defensora Pública do Estado de São Paulo

APOIO FAMILIAR DIREITOS E ESTRATEGIAS. Renata Flores Tibyriçá Defensora Pública do Estado de São Paulo APOIO FAMILIAR DIREITOS E ESTRATEGIAS Renata Flores Tibyriçá Defensora Pública do Estado de São Paulo O Que é Defensoria Pública? Defensoria Pública é instituição prevista na Constituição Federal (art.

Leia mais

PSE. Programa de Saúde nas Escolas. 68 Relatório de Gestão 2009, 2010, 2011 e 2012 (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS)

PSE. Programa de Saúde nas Escolas. 68 Relatório de Gestão 2009, 2010, 2011 e 2012 (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS) PSE 68 Relatório de Gestão 200, 2010, 2011 e 2012 (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS) b lanço soci l (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS) Relatório

Leia mais

CNC-CENTRO DE NEFROLOGIA DE CANINDÉ

CNC-CENTRO DE NEFROLOGIA DE CANINDÉ CNC-CENTRO DE NEFROLOGIA DE CANINDÉ Praça Frei Aurélio 1397,Centro-Canindé-Ce CEP:62.700-000 Fone:(85)3343-1826 Fax:(85)3343-1838 E-mail:cnccaninde@yahoo.com.br RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO

Leia mais

Áreas Temáticas BVS Atenção Primária à Saúde

Áreas Temáticas BVS Atenção Primária à Saúde Áreas Temáticas BVS Atenção Primária à Saúde SINAIS E SINTOMAS Sinais, sintomas, observações e manifestações clínicas que podem ser tanto objetivas (quando observadas por médicos) como subjetivas (quando

Leia mais

A Estratégia Clube, é uma Empresa do Grupo Chebatt & Niklis especializado em Eventos Esportivos, Eventos Corporativos, Atividades Físicas, Lazer e

A Estratégia Clube, é uma Empresa do Grupo Chebatt & Niklis especializado em Eventos Esportivos, Eventos Corporativos, Atividades Físicas, Lazer e A Estratégia Clube, é uma Empresa do Grupo Chebatt & Niklis especializado em Eventos Esportivos, Eventos Corporativos, Atividades Físicas, Lazer e Entretenimento. Sempre buscando a excelência sob todos

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DA CIPA Gestão 2015 / 2016

PLANO DE TRABALHO DA CIPA Gestão 2015 / 2016 PLANO DE TRABALHO DA CIPA Gestão 2015 / 2016 1. INTRODUÇÃO A Faculdade de Medicina Veterinária/UNESP Câmpus de Araçatuba, é uma instituição que possui como principais atividades: o Ensino e a Pesquisa.

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. OBJETO DE CONTRATAÇÃO A presente especificação tem por objeto a contratação de empresa Especializada de Consultoria para Planejamento da Estrutura Funcional e Organizacional

Leia mais

Redes de Atenção à Saúde e o Cuidado às Pessoas com TEA no SUS

Redes de Atenção à Saúde e o Cuidado às Pessoas com TEA no SUS Redes de Atenção à Saúde e o Cuidado às Pessoas com TEA no SUS Viver Sem Limite - Marco Legal Nacional e Internacional Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência (NY, 2007) Decreto Presidencial

Leia mais

Patricia de Campos Couto MS/SCTIE/DECIT/CGPC

Patricia de Campos Couto MS/SCTIE/DECIT/CGPC Patricia de Campos Couto MS/SCTIE/DECIT/CGPC AVALIAÇÃO DOS PROJETOS Diligências/informações INSTITUIÇÕES Projeto SE Credenciamento Distribuição SECRETARIAS Análise Parecer conclusivo SECRETARIAS Acompanhamento

Leia mais

ANEXO I Procedimentos incluídos na Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS para o tratamento da Doença Renal Crônica

ANEXO I Procedimentos incluídos na Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS para o tratamento da Doença Renal Crônica ANEXO I Procedimentos incluídos na Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS para o tratamento da Doença Renal Crônica CÓDIGO PROCEDIMENTO 03.01.13.005-1 Acompanhamento multiprofissional em DRC

Leia mais

Implantação do Programa Saúde do Homem no município de. Fabio de Mello Secretário Municipal de Saúde. Santa Terezinha de Itaipu

Implantação do Programa Saúde do Homem no município de. Fabio de Mello Secretário Municipal de Saúde. Santa Terezinha de Itaipu Implantação do Programa Saúde do Homem no município de Santa Terezinha de Itaipu. Fabio de Mello Secretário Municipal de Saúde Santa Terezinha de Itaipu Santa Terezinha de Itaipu PR Área total: 248.133

Leia mais

LIZANE SOARES FERREIRA. MBA em Gestão Empresarial - Fundação Getúlio Vargas (FGV)

LIZANE SOARES FERREIRA. MBA em Gestão Empresarial - Fundação Getúlio Vargas (FGV) Brasileira, solteira, 39 anos E-mail: lizaneferreira@hotmail.com LIZANE SOARES FERREIRA Formação: MBA em Gestão Empresarial - Fundação Getúlio Vargas (FGV) Especialista em Comércio Exterior com Ênfase

Leia mais

PLANO DE CURSO PRÉ-REQUISITO:

PLANO DE CURSO PRÉ-REQUISITO: CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 COMPONENTE CURRICULAR: Ergonomia e Fisioterapia do Trabalho CÓDIGO: Fisio 231 CH TOTAL: 60 horas PRÉ-REQUISITO:

Leia mais

2. FUNCIONÁRIOS - CONTRATADOS POR TEMPO DETERMINADO Médico Clínico 1 Médico Pediatra 1 Médico Ginecologista 1

2. FUNCIONÁRIOS - CONTRATADOS POR TEMPO DETERMINADO Médico Clínico 1 Médico Pediatra 1 Médico Ginecologista 1 1. FUNCIONÁRIOS - EFETIVOS Médico Clínico 6 Médico Pediatra 2 Médico de Estratégia PSF 0 Psicólogo Clínico 30 horas 0 Psicólogo Clínico 40 horas 1 Cirurgião Dentista 4 Auxiliar de Saúde Bucal 4 Técnico

Leia mais

DIABETES: ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR (NOV 2016) - PORTO

DIABETES: ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR (NOV 2016) - PORTO DIABETES: ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR (NOV 2016) - PORTO A Diabetes Mellitus é uma doença crónica, cujos índices de incidência e prevalência aumentam a cada ano. Para poderem prestar cuidados de saúde globais

Leia mais

Define-se Acreditação como um sistema de avaliação e certificação da qualidade de serviços de saúde, voluntário, periódico e reservado.

Define-se Acreditação como um sistema de avaliação e certificação da qualidade de serviços de saúde, voluntário, periódico e reservado. Define-se Acreditação como um sistema de avaliação e certificação da qualidade de serviços de saúde, voluntário, periódico e reservado. Uma maneira diferente de focar a avaliação. Processo interativo,

Leia mais

PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO GERÊNCIA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS PROJETO DE EXTENSÃO COORDENAÇÃO

PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO GERÊNCIA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS PROJETO DE EXTENSÃO COORDENAÇÃO PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO GERÊNCIA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS PROJETO DE EXTENSÃO Saúde na Escola Unisul COORDENAÇÃO Coordenador: Ana Paula Ferreira

Leia mais

Avaliação do desenvolvimento infantil de criança filhas de mães soropositivas

Avaliação do desenvolvimento infantil de criança filhas de mães soropositivas Avaliação do desenvolvimento infantil de criança filhas de mães soropositivas PROFA. DRA. CRISTINA DOS SANTOS CARDOSO DE SÁ CURSO DE FISIOTERAPIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO Introdução Dados epidemiológicos:

Leia mais

Implantação. Tania Chagas Kátia Topázio Licia L.Moreira Verônica Raich

Implantação. Tania Chagas Kátia Topázio Licia L.Moreira Verônica Raich Implantação do Programa de Segurança do Paciente em uma Unidade de Cirurgia Ambulatorial Tania Chagas Kátia Topázio Licia L.Moreira Verônica Raich Introdução Pensar segurança no âmbito da cirurgia ambulatorial

Leia mais

Vacinação contra HPV e Controle do câncer de colo do útero no SUS Claudio Pompeiano Noronha

Vacinação contra HPV e Controle do câncer de colo do útero no SUS Claudio Pompeiano Noronha Vacinação contra HPV e Controle do câncer de colo do útero no SUS Claudio Pompeiano Noronha Coordenação Geral de Ações Estratégicas CGAE Instituto Nacional de Câncer - INCA Ministério da Saúde junho de

Leia mais

SAP ROADSHOW. O case Success Factors no Grupo Fallgatter. Gabriella Kellermann. Analista de Recursos Humanos Grupo Fallgatter

SAP ROADSHOW. O case Success Factors no Grupo Fallgatter. Gabriella Kellermann. Analista de Recursos Humanos Grupo Fallgatter SAP ROADSHOW O case Success Factors no Grupo Fallgatter Gabriella Kellermann Analista de Recursos Humanos Grupo Fallgatter O Grupo Fallgatter, fabricante e distribuidor de componentes e equipamentos metalmecânicos

Leia mais