A oração subordinada é aquela que equivale a um advérbio.

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A oração subordinada é aquela que equivale a um advérbio."

Transcrição

1

2 A oração subordinada é aquela que equivale a um advérbio. 1) TEMPORAL 2) CONDICIONAL 3) COMPARATIVA 4) FINAL 5) CAUSAL 6) CONSECUTIVA 7) CONCESSIVA 8) CONFORMATIVA 9) PROPORCIONAL

3 Orações Adverbiais TEMPORAIS CONDICIONAIS COMPARATIVAS FINAIS CAUSAIS CONSECUTIVAS CONCESSIVAS CONFORMATIVAS PROPORCIONAIS Principais Conjunções QUANDO, ENQUANTO, LOGO QUE, DESDE QUE, ASSIM QUE SE, A MENOS QUE, CONTANTO QUE, DESDE QUE, A NÃO SER QUE COMO, (MAIS)... QUE, (MENOS)... QUE, (TÃO/TANTO)... QUANTO A FIM DE QUE, PARA QUE PORQUE, COMO, JÁ QUE, VISTO QUE, UMA VEZ QUE (TÃO)... QUE, (TANTO)... QUE, (TAMANHO)... QUE EMBORA, MESMO QUE, AINDA QUE, POR MAIS QUE CONFORME, COMO, SEGUNDO À PROPORÇÃO QUE, À MEDIDA QUE, AO PASSO QUE, QUANTO MAIS... (MAIS), QUANTO MAIS... (MENOS)

4 Indica o tempo em que ocorre o fato expresso pela oração principal. Ex.: Ele frequenta o clube desde que mudou para cá. Oração principal: O. Sub. Adverbial Temporal: Conjunção:

5 Impõe uma condição para que ocorra o fato expresso pela oração principal. Ex.: Se não chover no domingo, iremos passear de barco. Oração principal: O. Sub. Adverbial Condicional: Conjunção:

6 Estabelece uma comparação entre o fato expresso pela oração subordinada e o fato da oração principal. Ex.: As crianças são mais rápidas que os adultos. Oração principal: O. Sub. Adverbial Comparativa: Conjunção: ATENÇÃO: Quando o verbo da oração comparativa é o mesmo da oração principal, ele pode ficar subentendido.

7 Indica o objetivo do fato expresso pela oração principal. Ex.: ele falou bem alto para que todos ouvissem. Oração principal: O. Sub. Adverbial Final: Conjunção:

8 Indica a causa do fato expresso pela oração principal. Ex.: O ser humano explora o universo porque é curioso. Oração principal: O. Sub. Adverbial Causal: Conjunção:

9 Expressa um resultado do fato contido na oração principal. Ex.: A explosão foi tão forte, que causou pânico na multidão. Oração principal: O. Sub. Adverbial Consecutiva: Conjunção:

10 A noite estava muito escura. Não enxergávamos nada. Reunindo estes dois fatos em um único período, podemos explicitar a relação causaconsequência de várias formas: 1ª - relação de causa na oração subordinada 2ª - relação de consequência na oração subordinada

11 Expressa um fato que, teoricamente, impediria o fatoda oração principal, mas não impede. Ex.: Terminarei o trabalho,mesmo que eu esteja muito cansado. Oração principal: O. Sub. Adverbial Concessiva: Conjunção: ATENÇÃO! As orações concessivas são um recurso para citar um caso particular dentro de uma regra geral.

12 Indica a forma de acordo com a qual ocorre o fato expresso pela oração principal. Ex.: Segundo preveem os cientistas, o homem estará em Marte em Oração principal: O. Sub. Adverbial Conformativa: Conjunção:

13 Estabelece uma proporção (aumento ou diminuição) na intensidade dos fatos expressos pelas duas orações. Ex.: À proporcão que chovia, o riacho ia enchendo. Oração principal: O. Sub. Adverbial Proporcional: Conjunção:

14 VÍRGULA OBRIGATÓRIA: a) Se a oração adverbial vier ANTES da principal. Ex.: Se tiver força de vontade, ele venceria todos os problemas. b) Quando a adverbial aparecer INTERCALADA na principal. Ex.: Ele, se tivesse força de vontade, venceria todos os problemas.

15 VÍRGULA OPCIONAL: Quando a oração adverbial aparece DEPOIS da oração principal. Ex.: Ele venceria todos os problemas, se tivesse força de vontade.

16 Retira-se a conjunção, e os verbos passam para o infinitivo, o gerúndio ou o particípio. Exemplo: Se os sintomas persistirem (condição), procure um médico. Ao persistirem os sintomas (condição), procure um médico.

17 Pág. 86 1, 2 Pág Pág. 90 1, 2 Pág. 91 3, 4, 5; 1,2 Pág. 92 3, 4, 5 Pág. 94 3, 4, 5, 6 Pág. 95-7

18 1) a) Porque respeito você... b)...para fazer o jantar. c) Quando amanheceu... d)...apesar de estar frio. 2) tempo.

19 3) a) para não despertar os monstros finalidade b) como cresce no fruto a árvore nova comparativa c) como o vento inflando as velas dos barcos comparação Se não fosse ele - condição

20 1) a) Claire parece estar irritada com a mãe, por isso chama a atenção dela destacando algumas palavras e certos trechos com letras maiúsculas. b) Parece ser problemático; de acordo com o ponto de vista da garota, a mãe lhe dá pouca atenção e elas quase nunca se encontram e se falam.

21 2) a) resolvi preparar o frango com uma receita. b) Depois de um tempão passando fome c) Depois que eu passei fome um tempão d) Subordinada adverbial temporal e) que encontrei na internet.

22 3) O de conjunção causal. 4) para ganhar um dinheiro. 5) para que eu ganhe um dinheiro subordinada adverbial final. 1) a) ainda que b) Subordinadas adverbiais concessivas c) ainda assim te pergunto

23 2) a) ainda que mal me exprima (ainda que me exprima mal); ainda que mal me julgues (ainda que me julgues mal) b) Ainda que mal pergunte, principalmente. 3) a) 1ª e 2ª pessoas do singular (eu e tu). b) Um reconhecimento amoroso, como comprova a palavra amor, do último verso.

24 4) Difícil e oscilante, como comprovam estes trechos: mal respondas, mal te entenda, mal desculpes, mal me julgues, mal te encare, etc. 5) a) O amor, para o eu lírico, é a um só tempo a razão de tudo e sua perdição; a razão de sua vida é o amor, mas nesse amor ele se perde. b) É bastante adequado, pois, apesar de seus sentimentos contraditórios (ideia de concessão), o eu lírico se entrega a esse amor.

25 3) O automóvel do modelo Brava. 4) O menor marca o consumo de combustível, e o maior marca a potência do motor (RPM significa rotações por minuto ) 5) a) Subordinada adverbial comparativa. b) Subordinada adverbial proporcional. c) É um carro potente, mas econômico. d) A oração comparativa permite a comparação entre o motor do carro e os relógios; a proporcional, estabelece a relação entre potência e o consumo.

26 6) a) Você tem perdido bons negócios por ser negligente. Como você é negligente, tem perdido bons negócios. b) Os alunos do noturno foram dispensados por faltar energia elétrica. Como faltou energia elétrica, os alunos do noturno foram dispensados. c) Fiquei com estafa por trabalhar demais este ano. Como trabalhei demais este ano, fiquei com estafa. d) Perdi a hora do jogo por dormir muito. Como durmo muito, perdi a hora do jogo. e) Não progride no curso por faltar às aulas. Como falta às aulas, não progride no curso.

27 7) a) Na oração principal: o gado das fazendas nordestinas morreu. b) Na oração principal: O velhinho falava tão baixo.

Orações Subordinadas Adverbiais. Amanda de Oliveira.

Orações Subordinadas Adverbiais. Amanda de Oliveira. Orações Subordinadas Adverbiais. Amanda de Oliveira. A Oração Subordinada Adverbial é aquela que, no período composto, equivale a um advérbio. As orações adverbiais sempre exercem, em relação à oração

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Orações Subordinadas Adverbiais A oração subordinada adverbial desempenha a função de adjunto adverbial: indica uma circunstância em que ocorre a ação do verbo da oração à qual se liga. Observe: Normalmente

Leia mais

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio.

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio. A) Restritiva: é aquela que limita, restringe o sentido do substantivo ou pronome a que se refere. A restritiva funciona como adjunto adnominal de um termo da oração principal e não pode ser isolada por

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M.

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M. LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M. PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO Cheguei atrasado, PORQUE o trânsito estava caótico. Oração assindética Conjunção coordenativa Oração coordenada

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS As ORAÇÕES SUBORDINADAS funcionam sempre como um termo essencial, integrante e acessório da oração principal.

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS LINGUAGENS GRAMÁTTICA: PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS PROF.º PAULO SCARDUA APOSTILA 3: CAPÍTULO 11 DEFINIÇÃO Uma oração subordinada adverbial é aquela que exerce a função de adjunto

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª. Raquel

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO PRO R FES E SORA: A :F ER E NA N N A D N A D A SA S N A T N O T S 1

PERÍODO COMPOSTO PRO R FES E SORA: A :F ER E NA N N A D N A D A SA S N A T N O T S 1 PERÍODO COMPOSTO PROFESSORA: FERNANDA SANTOS 1 CONJUNÇÃO É a palavra ou locução invariável que liga orações ou termos semelhantes da mesma oração. Exemplos: ANÁLISE DO QUE Todos os alunos disseram que

Leia mais

Patrícia Rocha Lopes

Patrícia Rocha Lopes Patrícia Rocha Lopes Uma oração subordinada adverbial é aquela que exerce a função de adjunto adverbial do verbo da oração principal. Dessa forma, pode exprimir circunstância de tempo, finalidade, causa,

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Período Composto

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Período Composto Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Sintaxe Período Composto Período Composto Coordenação Subordinação Orações subordinadas São orações sintaticamente dependentes uma das outras. As orações subordinadas

Leia mais

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles:

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles: PERÍODO SIMPLES Período simples é um enunciado de sentido completo construído com uma oração absoluta, ou seja, apenas um verbo. O período é um enunciado de sentido completo formado por duas ou mais orações.

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação É o período composto por duas ou mais orações independentes. Estas orações podem ser assindéticas ou sindéticas. Orações coordenadas assindéticas Não apresentam conectivos

Leia mais

Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel. Orações Subordinadas Adverbiais.

Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel. Orações Subordinadas Adverbiais. Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel Orações Subordinadas Adverbiais Caicó RN 2018 CLASSIFICAÇÃO CLASSIFICAÇÃO ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS SÃO

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FRENTE B PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª. Raquel Freitas Sampaio ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS É aquela que se encaixa na oração principal, funcionando

Leia mais

Conjunções Subordinativas

Conjunções Subordinativas Conjunções Subordinativas Conjunções Subordinativas São aquelas que ligam duas orações, sendo uma delas dependente da outra. A oração dependente, introduzida pelas conjunções subordinativas, recebe o nome

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação Bárbara da Silva Português Aula 13 Período composto por subordinação No período composto por subordinação existe pelo menos uma oração principal e uma subordinada. A oração principal é sempre incompleta,

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto.

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Conjunção As conjunções são vocábulos de função estritamente gramatical

Leia mais

Adjetivo (Adjunto Adnominal)

Adjetivo (Adjunto Adnominal) PROFESSOR(A): DISCIPLINA: ALUNO(A): Nº SÉRIE: TURMA: TURNO: DATA: / /2017. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS Uma oração subordinada adjetiva é aquela que possui valor e função de adjetivo, ou seja, que a

Leia mais

Artigo, Preposição, Conjunção

Artigo, Preposição, Conjunção Língua Portuguesa Artigo, Preposição, Conjunção Artigo Certa vez, ao passar por uma rua, encontrei uma menina chorando. A rua estava muito movimentada e a menina, sozinha, pediu-me auxílio. Definidos:

Leia mais

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período Língua Portuguesa Sintaxe do Período Orações Subordinadas Substantivas É necessário o seu auxílio. 1) Subjetivas: É necessário que me auxilie. Convém que me auxilie. Observou-se que foi um golpe de mestre.

Leia mais

CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS ADVERBIAIS

CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS ADVERBIAIS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS ADVERBIAIS Causais Introduzem uma ideia de CAUSA. É fundamental relatar que aqui se inicia a relação causa-efeito. Toda causa representa o fato anterior. Já o efeito, o fato posterior.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M.

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. FRASE NOMINAL: enunciado sem verbo. Pois não, senhor... ; senhoras e senhores,... FRASE VERBAL/ORAÇÃO: enunciado COM verbo. Ivo viu a uva.... O

Leia mais

Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS

Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS Conjunção é a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. Locução Conjuntiva - Duas ou mais palavras empregadas com

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Orações Subordinadas Adverbiais Finitas Consoante a natureza da relação existente entre a oração subordinada e a subordinante, aquela pode ser: 1. Temporal situa um acontecimento anterior ou posterior

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração.

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. CONJUNÇÃO É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. De acordo com o tipo de relação que estabelecem, as conjunções podem ser classificadas em coordenativas

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 10 Sintaxe III A SUBORDINAÇÃO No período composto por subordinação, há uma que traz presa a si, como dependente, outra ou outras. Dependentes porque cada

Leia mais

Preposição e conjunção

Preposição e conjunção PORTUGUÊS aula Preposição e conjunção Preposição É a palavra invariável que une dois termos ou orações, estabelecendo uma relação de sentido e de dependência. Não desempenha função sintática, é um conectivo:

Leia mais

Língua Portuguesa. Mara Rúbia

Língua Portuguesa. Mara Rúbia Língua Portuguesa Mara Rúbia Atenção! Pare! Um vulto cresce na escuridão. Clarissa se encolhe. É Vasco. Convém que te apresses. Período Composto por Coordenação - Orações sintaticamente independentes.

Leia mais

As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma

As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma CONJUNÇÕES As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma relação de dependência ou de simples coordenação.

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos

9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos 9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos indivíduos são controlados por um sistema de televisão.

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal.

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA SUBJETIVA Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. É necessário que você se apresente ao serviço amanhã. Foi anunciado que

Leia mais

EXERCÍCIOS 2 ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS

EXERCÍCIOS 2 ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS EXERCÍCIOS 2 ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS 1- Classifique as Orações Subordinadas Adverbiais em destaque abaixo: a) À medida que crescia, mais bobo ficava. b) Choveu tanto que ficamos assustados. c)

Leia mais

ÁTILA ABIORANA LÍNGUA PORTUGUESA

ÁTILA ABIORANA LÍNGUA PORTUGUESA ÁTILA ABIORANA LÍNGUA PORTUGUESA No que se refere às ideias e aos aspectos linguísticos do texto acima, julgue os itens subsequentes. 1) Não haveria prejuízo à correção gramatical ou alteração o sentido

Leia mais

Alternativas Introduzem uma ideia de opção, alternância. As conjunções mais comuns são OU...OU, ORA...ORA, QUER...QUER, SEJA...SEJA. Ex.

Alternativas Introduzem uma ideia de opção, alternância. As conjunções mais comuns são OU...OU, ORA...ORA, QUER...QUER, SEJA...SEJA. Ex. Alternativas Introduzem uma ideia de opção, alternância. As conjunções mais comuns são OU...OU, ORA...ORA, QUER...QUER, SEJA...SEJA. Ex.: "Ou paga ou eu mando sangrá-lo devagarinho" (Graciliano Ramos).

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

Orações subordinadas adverbiais

Orações subordinadas adverbiais Orações subordinadas adverbiais São aquelas que exercem a função de adjunto adverbial do verbo da oração principal Naquele momento, senti uma das maiores emoções da minha vida. Adjunto adverbial de tempo

Leia mais

Leia o poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade, e responda às questões 1 e 2.

Leia o poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade, e responda às questões 1 e 2. PROFESSOR(A): DISCIPLINA: ALUNO(A): Nº SÉRIE: TURMA: TURNO: DATA: / /2017. Leia o poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade, e responda às questões 1 e 2. Ainda que mal Ainda que mal pergunte, ainda

Leia mais

PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO

PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO SUJEITO 01 1. comemorações 2. imagem 3. rio 4. soldados 5. major/coronel 6. quem 7. ninguém 8. alto-falantes 9. trocos 10. Tio 02 1. (3) 2. (2) 3. (1) 4. (2) 5.

Leia mais

Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas.

Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas. Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas. As orações subordinadas podem ser: 1. Substantivas exercem na principal uma função própria do substantivo.

Leia mais

CURSO INTENSIVO MÓDULO 11 NEXOS

CURSO INTENSIVO MÓDULO 11 NEXOS 1) (I) Certo: o pronome relativo refere-se ao substantivo anterior. (II) Errado: nesse caso, LOGO é adjunto adverbial de tempo, e PORTANTO, conjunção conclusiva. (III) Certo: o sentido permaneceria igual,

Leia mais

FORMAS NOMINAIS. GERÚNDIO - indica uma ação verbal incompleta ou prolongada e possui a terminação -NDO.

FORMAS NOMINAIS. GERÚNDIO - indica uma ação verbal incompleta ou prolongada e possui a terminação -NDO. 3º ANO FORMAS NOMINAIS Para falarmos sobre as formas nominais do verbo, é importante sabermos o porquê desta denominação, ou seja, em certas circunstâncias, este verbo pode assumir o papel de um nome :

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS GRAMÁTICA ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS As orações coordenadas e subordinadas fazem parte do período composto, ou seja, o período em que temos duas ou mais orações.

Leia mais

Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins

Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins 2014 2014 Copyright. Curso Agora Eu Eu Passo - - Todos os direitos reservados ao ao autor. Estudo das Orações Só pode haver oração

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSORA: Patrícia ALUNO(A): Lista de exercícios

GOIÂNIA, / / PROFESSORA: Patrícia ALUNO(A): Lista de exercícios GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSORA: Patrícia DISCIPLINA: Português SÉRIE: 2º Ano ALUNO(A): NOTA: No Anhanguera você é + Enem Lista de exercícios Questão 01 Leia com atenção o texto abaixo: revelava a ncia, por

Leia mais

INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS MECANISMOS DE COESÃO TEXTUAL (PARTE III)

INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS MECANISMOS DE COESÃO TEXTUAL (PARTE III) INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS MECANISMOS DE COESÃO TEXTUAL (PARTE III) Veja como as preposições influenciam os sentidos atribuídos pelos verbos: Vender ao mercado/vender no mercado Lutar contra/lutar por Brotar

Leia mais

Funções do que e do se

Funções do que e do se Funções do que e do se Há muitas dúvidas quanto ao emprego do que e do se, pois podem ser empregados em várias funções morfossintáticas. Portanto, iremos analisar cada termo individualmente, a fim de que

Leia mais

No período composto por subordinação sempre aparecem dois tipos de oração: oração principal e oração subordinada.

No período composto por subordinação sempre aparecem dois tipos de oração: oração principal e oração subordinada. Período composto por subordinação No período composto por subordinação sempre aparecem dois tipos de oração: oração principal e oração subordinada. O período: Todos esperam sua volta. É um período simples,

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira ORAÇÕES SUBORDINADAS Exercem função sintática sobre as outras. Oração principal, orações desenvolvidas ou reduzidas. ORAÇÕES SUBORDINADAS

Leia mais

USo da VírGULA. Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro a sua procura.

USo da VírGULA. Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro a sua procura. O USo da VírGULA USo da VírGULA Observe o sentido destas duas frases: Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro a sua procura. Se o homem soubesse o valor que tem, a mulher andaria

Leia mais

Sintaxe do Período Composto

Sintaxe do Período Composto Sintaxe do Período Composto Gramática Material Complementar Saudações, guerreiro (a) do concurso, tudo bem? Aqui é o professor Pablo Jamilk. Nós teremos alguns momentos juntos doravante. Por isso, segure

Leia mais

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari.

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari. Português Conjunções Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português CONJUNÇÕES PARTE 1 1. (CESPE SDS-PE 2016) É importante, pois, que o médico estabeleça o momento de ocorrência do

Leia mais

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento.

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. COERÊNCIA Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. Subi a porta e fechei a escada. Tirei minhas orações e recitei meus sapatos.

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 Aulas Aula Conteúdo Página 1 Emprego das classes e palavras

Leia mais

Complexo de Ensino Renato Saraiva (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS

Complexo de Ensino Renato Saraiva  (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS MPU técnicos e analistas JÚNIA ANDRADE Exemplos Cespe - Abin Mudado seu modo de pensar, o pesquisador já não concebe aquele tema da mesma forma e, assim, já não é capaz de estabelecer um relação exatamente

Leia mais

ALUNO(a): NOTA: 02. Reescreva as frases a seguir, estabelecendo entre as orações a relação de significado indicada entre parênteses:

ALUNO(a): NOTA: 02. Reescreva as frases a seguir, estabelecendo entre as orações a relação de significado indicada entre parênteses: GOIÂNIA, / / 2017. PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Gramática SÉRIE: 2 ano ALUNO(a): Valor: 4,0 NOTA: No Anhanguera você é + Enem P2-4 BIMESTRE 01. Empregando o processo subordinativo, forme dois períodos

Leia mais

Preparação para a. Prova de Aferição. Português. 8.º ano

Preparação para a. Prova de Aferição. Português. 8.º ano Preparação para a Prova de Aferição Português Oo 8.º ano 72 II. Leitura Entrevista A entrevista é um texto conversacional, em que o jornalista, através de perguntas previamente elaboradas (em guião), procura

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Escola EB 2º e 3º Ciclos João Afonso de Aveiro. Programação Anual 2011/ 2012

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Escola EB 2º e 3º Ciclos João Afonso de Aveiro. Programação Anual 2011/ 2012 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Escola EB 2º e 3º Ciclos João Afonso de Aveiro Programação Anual 2011/ 2012 Manual adotado: Club Prisma A2 da Editora Edinumen Espanhol LE II 8º Ano Competências específicas

Leia mais

Podem ser: causais, comparativas, concessivas, condicionais, conformativas, consecutivas, finais, proporcionais e temporais.

Podem ser: causais, comparativas, concessivas, condicionais, conformativas, consecutivas, finais, proporcionais e temporais. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS Uma oração é considerada subordinada adverbial quando se encaixa na oração principal, funcionando como adjunto adverbial. São orações introduzidas pelas conjunções subordinativas

Leia mais

Português. Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional. Professor Arthur Scandelari

Português. Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional. Professor Arthur Scandelari Português Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS:

Leia mais

Conjunção (junção) Palavra invariável que liga orações ou palavras de uma mesma oração.

Conjunção (junção) Palavra invariável que liga orações ou palavras de uma mesma oração. Conjunção (junção) Palavra invariável que liga orações ou palavras de uma mesma oração. Veja: Ex.1: Você quer açúcar ou adoçante? Ex.2: Preste atenção ou saia da sala. Classificação: a- Conjunções coordenativas:

Leia mais

Período composto. Orações subordinadas adverbiais. Prof.ª: Elizabete Oliveira Biedacha

Período composto. Orações subordinadas adverbiais. Prof.ª: Elizabete Oliveira Biedacha Período composto Orações subordinadas adverbiais Prof.ª: Elizabete Oliveira Biedacha Oração subordinada adverbial É aquela que se encaixa na oração principal, funcionando como adjunto adverbial. Observe:

Leia mais

H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque.

H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque. H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque. Ex. Ele não precisa do microfone, para que todos o ouçam. I) Proporcional: funciona como adjunto adverbial

Leia mais

O Presente do Conjuntivo

O Presente do Conjuntivo O Presente do Conjuntivo Universidade de Coimbra. Faculdade de letras Sara Pratas (sara.pratas@uc.pt) A Conjugação A origem: Eu - Presente do Indicativo ex. Falo, posso Retirar a terminação - o: Ex. Fal-,

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS Prof. Marcos Lima Língua portuguesa, 9ºano FRASE COMPLEXA Numa frase complexa há duas (ou mais) orações ligadas por uma conjunção (ou locução conjuncional). Ex: Fui à

Leia mais

Orações subordinadas adverbiais: principais casos. Gramática - Semi

Orações subordinadas adverbiais: principais casos. Gramática - Semi Orações subordinadas adverbiais: principais casos Gramática - Semi Orações subordinadas adverbiais I - Como identificá-las? São introduzidas por conjunções subordinativas que expressam circunstâncias (causa,

Leia mais

Drummond escreveu poemas e entrou para a história.

Drummond escreveu poemas e entrou para a história. Conjunção Pode-se definir a conjunção como um termo invariável, de natureza conectiva que pode criar relações de sentido (nexos) entre palavras ou orações. Usualmente, as provas costumam cobrar as relações

Leia mais

Língua Portuguesa. Professoras: Natália Oliveira e Natália Souza

Língua Portuguesa. Professoras: Natália Oliveira e Natália Souza Língua Portuguesa Professoras: Natália Oliveira e Natália Souza Analise as orações: 1. Triste estou: o amigo comigo não está. 2. Ele começou a rir todos gargalharam. 3. Acordei: cinco estações tinham ficado

Leia mais

EXERCÍCIO COLOCAÇÃO DE PRONOMES

EXERCÍCIO COLOCAÇÃO DE PRONOMES EXERCÍCIO COLOCAÇÃO DE PRONOMES Complete as lacunas, colocando o pronome corretamente: 01. Alguém falou ontem que não conhecia.(me/o) 02. concedi a licença porque pediu. (LHE/ME) 03. Isso revelou mais

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS REDUZIDAS

ORAÇÕES SUBORDINADAS REDUZIDAS LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FRENTE B ORAÇÕES SUBORDINADAS REDUZIDAS Profª. Raquel Freitas Sampaio PERÍODOS COMPOSTOS ORAÇÕES DESENVOLVIDAS ORAÇÕES REDUZIDAS Com conjunção e com verbo conjugado. Sem conjunção

Leia mais

ÍNDICE TEXTO E DISCURSO 4 CLASSES DE PALAVRAS 20 FUNÇÕES SINTÁTICAS 66

ÍNDICE TEXTO E DISCURSO 4 CLASSES DE PALAVRAS 20 FUNÇÕES SINTÁTICAS 66 ÍNDICE 1 TEXTO E DISCURSO 4 1.1. Coesão e coerência textual organização de parágrafos 4 1.2. Pontuação 7 1.3. Discurso direto / discurso indireto 10 1.4. Frase ativa / frase passiva 13 CONSOLIDAÇÃO: EXERCÍCIOS

Leia mais

NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS

NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; APOSTO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS ORAÇÕES DESLOCADAS OU OU ADJUNTOS. INTERCALADAS;

Leia mais

COLÉGIO PAROQUIAL NOSSA SENHORA DO CARMO

COLÉGIO PAROQUIAL NOSSA SENHORA DO CARMO S DA RECUPERAÇÃO DE ESTUDOS - 1º TRIMESTRE - 6 ANO SS História do surgimento dos números naturais; Sistemas de numeração: egípcio, romano e decimal indo-arábico; Conjuntos dos números naturais, sequência

Leia mais

Lista de exercícios de Língua Portuguesa - 1º Bimestre

Lista de exercícios de Língua Portuguesa - 1º Bimestre Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Lista de exercícios de Língua Portuguesa - 1º Bimestre Nome: Ano: 9ºA/B/C Prof. Ana Paula N.: / /17 Conteúdo: Gêneros textuais: Resumo e editorial. Reconhecimento

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016

LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016 LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016 ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS / COLOCAÇÃO PRONOMINAL1. Na frase E quando Larissa se agita, é para desobedecer ao pai ou à mãe., temos como incorreta:

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ANEXO I. CLASSES DE PALAVRAS, SINTAXE E LEXICOLOGIA ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS Uma é aquela que surge numa frase complexa e que não depende sintaticamente da oração com a qual

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves EMPREGO DO VERBO Para que possamos iniciar a segunda parte do tutorial Emprego do verbo, vamos relembrar alguns aspectos do tutorial passado: MODO INDICATIVO É o modo verbal que expressa um fato real,

Leia mais

Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição

Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição 1. Grupo relacional: preposição e conjunção PREPOSIÇÃ O CONJUNÇÃO Características comuns: Ligam palavras ou orações, por isso, são elementos coesivos,

Leia mais

COLÉGIO PAROQUIAL NOSSA SENHORA DO CARMO

COLÉGIO PAROQUIAL NOSSA SENHORA DO CARMO S DA AVALIAÇÃO II - 1º TRIMESTRE - 6 ANO SS Apostila 1 - da página 47 à 55: Leitura e interpretação de texto; Adjetivo e locução adjetiva; Apostila 2 - da página 8 à 19: Artigos definidos e indefinidos.

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS FRASE SIMPLES E FRASE COMPLEXA A frase pode ser constituída por uma ou mais orações. Uma oração é a unidade gramatical organizada à volta de um verbo. FRASE SIMPLES E

Leia mais

Frase simples e frase complexa

Frase simples e frase complexa Frase simples e frase complexa Orações coordenadas e subordinadas 1 I. Frase simples O O José telefonou à Joana. A A senhora traz umas flores. Eu saio. O O meu vizinho foi ao médico. Cada uma destas frases

Leia mais

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE FUNÇÕES DO QUE? Aqui estudaremos todas as classes gramaticais a que a palavra que pertence. SUBSTANTIVO A palavra que será substantivo, quando tiver o sentido de qualquer coisa ou alguma coisa, é sempre

Leia mais

1. CONJUÇÕES Começo trazendo uma questão recente da banca que aplicará a prova de delegado da polícia civil do Pará, a FUNCAB. Vejamos.

1. CONJUÇÕES Começo trazendo uma questão recente da banca que aplicará a prova de delegado da polícia civil do Pará, a FUNCAB. Vejamos. CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 04/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 03 PERÍODO COMPOSTO Ementa Na aula de hoje serão abordados os

Leia mais

Flexão os verbos se flexionam em pessoa, número, tempo, modo e voz.

Flexão os verbos se flexionam em pessoa, número, tempo, modo e voz. Verbo Definição é a palavra que indica ação, fenômeno, estado ou mudança de estado, fato. ação: Chamei meus amigos. fenômeno: Garoava naquela noite. estado ou mudança de estado: Estava resfriada. Fiquei

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS 3º TRIMESTRE 2013

ROTEIRO DE ESTUDOS 3º TRIMESTRE 2013 8º ANO EF2 ROTEIRO DE ESTUDOS 3º TRIMESTRE 2013 LÍNGUA PORTUGUESA Orações subordinadas adverbiais (visão geral) Classificação das orações subordinadas adverbiais (causais e consecutivas) Orações subordinadas

Leia mais

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Aula IV Conhecimentos Linguísticos: Período Composto por Coordenação Período Composto por Subordinação PERÍODO COMPOSTO O período composto

Leia mais

Manhã de chuva Chove; chove e choveu a noite inteira. A vidraça está cheia de pinguinhos; a água chora cantando na goteira

Manhã de chuva Chove; chove e choveu a noite inteira. A vidraça está cheia de pinguinhos; a água chora cantando na goteira VERBO I Manhã de chuva Chove; chove e choveu a noite inteira. A vidraça está cheia de pinguinhos; a água chora cantando na goteira Que dó dos passarinhos! Quanto vento! Que frio! Chove tanto As roseiras

Leia mais

Lista de exercícios 9ºA/B Recuperação 3ºtrimestre

Lista de exercícios 9ºA/B Recuperação 3ºtrimestre Lista de exercícios 9ºA/B Recuperação 3ºtrimestre 1) Analise as orações destacadas de acordo com o código abaixo: A)Oração subordinada adverbial proporcional. B)Oração subordinada adverbial temporal. C)Oração

Leia mais

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II AULA 16.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II Segunda Geração: os ultrarromânticos O sentimentalismo, a imaginação e o egocentrismo atingiram seu ponto culminante nesta geração, que experimentou as formas

Leia mais

Português. Sintaxe do Período. Professor Carlos Zambeli.

Português. Sintaxe do Período. Professor Carlos Zambeli. Português Sintaxe do Período Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português SINTAXE DO PERÍODO Coordenativas: Ligam orações independentes, ou seja, que possuem sentido completo. 1. Aditivas:

Leia mais

Lista 6 - Língua Portuguesa 1

Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Períodos compostos LISTA 6 - LP 1 - PERÍODOS COMPOSTOS Períodos compostos Em listas anteriores, vimos alguns conceitos sintáticos importantes para o domínio da norma culta

Leia mais

PROF. RENATO PORPINO VALORES SEMÂNTICOS SUBORDINATIVOS

PROF. RENATO PORPINO VALORES SEMÂNTICOS SUBORDINATIVOS PROF. RENATO PORPINO VALORES SEMÂNTICOS SUBORDINATIVOS As orações subordinadas adverbiais desempenham a função sintática de adjunto adverbial e são introduzidas por conjunções subordinativas adverbiais.

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS REDUZIDAS

ORAÇÕES SUBORDINADAS REDUZIDAS LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA - INTENSIVO ORAÇÕES SUBORDINADAS REDUZIDAS Profª. Raquel Freitas Sampaio ORAÇÕES REDUZIDAS - CARACTERÍSTICAS Possuem o verbo nas formas de GERÚNDIO, PARTICÍPIO ou INFINITIVO,

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação Orações coordenadas Prof.: Júnior CONCEITUAÇÃO Um período composto por coordenação é constituído por orações coordenadas. Uma oração chama-se coordenada quando não funciona

Leia mais

MUTIRÃO 2017 CONCEITOS GRAMATICAIS. Profas. Beatriz, Carolina e Joyce. Resumo teórico

MUTIRÃO 2017 CONCEITOS GRAMATICAIS. Profas. Beatriz, Carolina e Joyce. Resumo teórico MUTIRÃO 2017 CONCEITOS GRAMATICAIS Resumo teórico Profas. Beatriz, Carolina e Joyce Os advérbios são as classes de palavra que acrescentam circunstâncias à frase. Apesar de comumente serem apresentados

Leia mais

Professor Jailton. www.professorjailton.com.br

Professor Jailton. www.professorjailton.com.br Professor Jailton www.professorjailton.com.br As orações subordinadas adverbiais recebem essa denominação porque expressam uma circunstância da oração a que se subordinam. Essa circunstância é a função

Leia mais

QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS

QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS 1. Leia o texto abaixo para responder a questão - Em "Estima-se que os jogos das 32 seleções serão vistos por três milhões de torcedores nos 12 estádios que

Leia mais