Curso de Mestrado em Ciências da Educação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Curso de Mestrado em Ciências da Educação"

Transcrição

1 Instituto de Educação Instituto de Ensino e Formação a Distância Curso de Mestrado em Ciências da Educação Especialização em Informática Educacional Manual da disciplina de: Softwares de Utilização Comum Nível Avançado Softwares de Apresentação Gráfica Hugo Caldeira 2005/2006

2 Ficha Técnica Editor Instituto de Educação Universidade Católica Portuguesa Título Softwares de Apresentação Gráfica Autor Hugo Caldeira, Mestre em Ciências da Educação Curso Mestrado em Ciências da Educação Informática Educacional Coordenação do Curso Prof. Doutor Joaquim Azevedo Prof. Doutor José Lagarto Disciplina Softwares de Utilização Comum Nível Avançado Coordenação da Disciplina Jorge Cerol, licenciado em Engenharia Civil 2ª Edição (Outubro de 2005) ii Instituto de Educação

3 Índice INTRODUÇÃO...1 OBJECTIVOS GERAIS ORIENTAÇÕES PARA APRESENTAÇÕES DE DIAPOSITIVOS EM COMPUTADOR QUANTIDADE DE INFORMAÇÃO E CARACTERÍSTICAS DO TEXTO USO DE CORES, SONS E TRANSIÇÕES DISPOSIÇÃO E MONTAGEM DA INFORMAÇÃO INTRODUÇÃO AO POWERPOINT AMBIENTE DE TRABALHO DO POWERPOINT AS BARRAS DE FERRAMENTAS DO POWERPOINT OPERAÇÕES BÁSICAS NO POWERPOINT Abrir uma apresentação Vistas possíveis para uma apresentação Guardar e fechar uma apresentação CRIAR UMA APRESENTAÇÃO Assistente de conteúdo automático Modelo de apresentação Apresentação em branco OPERAÇÕES BÁSICAS COM DIAPOSITIVOS TRABALHAR COM OS DIAPOSITIVOS Inserir um novo diapositivo Duplicar um diapositivo Eliminar um diapositivo Alterar a ordem dos diapositivos INSERIR INFORMAÇÃO NOS DIAPOSITIVOS Data e hora Numeração dos diapositivos Inserir cabeçalho e rodapé TRABALHAR COM OBJECTOS Seleccionar um objecto Redimensionar um objecto Mover um objecto Eliminar um objecto TRABALHAR COM TEXTO Introduzir texto Texto com marcas ou numeração Ajustar espaçamento de texto Avanços de texto Activar réguas e alterar nível do avanço de texto Formatar texto Copiar, encontrar e substituir texto Alterar a orientação do texto OBJECTOS E IMAGENS DESENHAR E MODIFICAR OBJECTOS A Barra de ferramentas de desenho...27 Instituto de Educação iii

4 Formas automáticas Rodar objectos Inverter um objecto Alterar o contorno e preenchimento de objectos Criar sombras em objectos Aplicar estilo 3D a um objecto Agrupar/desagrupar objectos TRABALHAR COM IMAGENS Inserir uma imagem do ClipArt Inserir uma imagem a partir de um ficheiro Inserir uma imagem a partir do digitalizador Modificar uma imagem (dimensões e cores) TEXTO ARTÍSTICO, VÍDEO E SOM TRABALHAR COM O WORDART Usar o WordArt Editar um texto em WordArt Barra de ferramentas do WordArt TRABALHAR COM FILMES E SONS Inserir filmes ou sons num diapositivo existente Inserir filmes ou sons num diapositivo novo Gravar sons Som com origem num CD CONFIGURAR E PREPARAR UMA APRESENTAÇÃO CONFIGURAR UMA APRESENTAÇÃO OCULTAR DIAPOSITIVOS NUMA APRESENTAÇÃO CRIAR UMA APRESENTAÇÃO PORTÁTIL CRIAR UMA APRESENTAÇÃO PERSONALIZADA MODELOS DE APRESENTAÇÃO Modelo global de diapositivos Modelo global de títulos Modelo global de folhetos Modelo global de notas Criar um diapositivo com um formato diferente do modelo global Criar um modelo de apresentação Aplicar/alterar um modelo de apresentação CRIAR ANIMAÇÕES NUMA APRESENTAÇÃO JANELA DE ANIMAÇÃO PERSONALIZADA ANIMAR TEXTO ANIMAR OBJECTOS ANIMAR DIAPOSITIVOS Efeitos de transição Efeitos de som Animações predefinidas Pré-visualizar uma animação Temporização da transição de diapositivos Eliminar uma animação Temporizar/testar a apresentação iv Instituto de Educação

5 Gravar uma narração na apresentação BOTÕES DE ACÇÃO E HIPERLIGAÇÕES INSERIR BOTÕES DE ACÇÃO PERSONALIZAR OS BOTÕES DE ACÇÃO HIPERLIGAÇÕES A OBJECTOS E TEXTO CONSIDERAÇÕES TRANSVERSAIS CRIAR UM DIAPOSITIVO SUMÁRIO COPIAR DIAPOSITIVOS DE OUTRA APRESENTAÇÃO CONFIGURAR AS DIMENSÕES DOS DIAPOSITIVOS IMPRIMIR UMA APRESENTAÇÃO EXPORTAR A APRESENTAÇÃO PARA UM PROCESSADOR DE TEXTO GRAVAR UMA APRESENTAÇÃO PARA A INTERNET EXEMPLOS DE APLICAÇÃO ELABORAR UM JOGO DE PERGUNTAS ELABORAR UM CATÁLOGO CONCEITOS E IDEIAS A RETER ORIENTAÇÕES GERAIS PREPARAR A ELABORAÇÃO DE UMA APRESENTAÇÃO USO DE OBJECTOS, IMAGENS E FORMAS AUTOMÁTICAS USO DE TEXTO ARTÍSTICO, VÍDEO E SOM USO DE ANIMAÇÕES SOBRE APRESENTAÇÕES INTERACTIVAS...79 BIBLIOGRAFIA...80 Instituto de Educação v

6

7 Introdução A capacidade de comunicar ideias com clareza e rigor é um imperativo dos dias de hoje. Ultrapassando em muito as necessidades empresariais nesta matéria, também os educadores necessitam de estar cada vez mais actualizados no uso de materiais e suportes multimédia, não apenas para ampliarem a sua capacidade de comunicação objectiva, mas também para tornarem os métodos de ensino mais motivadores e responderem adequadamente a uma cada vez maior habilidade dos educandos relativamente ao uso das tecnologias de informação e comunicação. Por estas razões, os softwares de apoio à realização de apresentações gráficas estão a tornar-se numa ferramenta de ensino essencial e de uso regular. Ultrapassando a sua capacidade de apresentações destinadas a audiências ao vivo, estes softwares interagem agora com a Internet, possibilitando a realização de apresentações independentemente do tempo e do local de observação dos destinatários. O uso deste tipo de softwares será ilustrado com recurso ao Microsoft PowerPoint 2003, visto que é a aplicação deste tipo mais difundida actualmente entre os utilizadores de computadores. De qualquer modo, a extrapolação das técnicas e das ferramentas será feita com facilidade pelo utilizador de qualquer outro software da área. Objectivos gerais São objectivos gerais desta Unidade: Analisar as potencialidades dos softwares de apresentação gráfica; Executar procedimentos de exploração dos softwares de apresentação gráficas e respectivas configurações; Trabalhar de forma apropriada com os recursos disponíveis para utilização de tempo, hiperligações, imagens e efeitos; Gerar apresentações completas, contemplando uso de sons e narração; Capacitar os utilizadores para seleccionarem programas de apresentação gráfica, de acordo com as suas necessidades. Instituto de Educação 1

8 1. Orientações para apresentações de diapositivos em computador Nesta secção vamos abordar sucintamente os cuidados a ter na elaboração de uma apresentação. Estes cuidados são idênticos aos que se devem ter no uso de acetatos, a que se acrescentam algumas preocupações relativamente ao uso das imensas possibilidades disponibilizadas pelo uso de computador: cores, tamanhos, animações, entre outras Quantidade de informação e características do texto Quando estamos a pensar um texto para uma apresentação é bom relembrar algumas das regras do texto jornalístico que nos irão ajudar a tornar a nossa apresentação mais clara e a nossa comunicação mais eficaz: Seja preciso, verifique sempre os factos e certifique-se que entende pormenorizadamente o que está a escrever. A nossa percepção deve ser o primeiro filtro da selecção de informação; Procure usar frases curtas e construções frásicas simples; Use a primeira frase para, de uma forma simples e clara, dar informação sobre o conteúdo do texto ou dos elementos gráficos que se seguem; Use a voz activa; Use substantivos e verbos e evite os adjectivos e advérbios; Escolha cuidadosamente cada palavra e evite termos técnicos, a não ser que esteja a fazer uma apresentação para uma audiência muito específica. Não se deve esquecer que a leitura no ecrã de um computador ou mesmo numa tela de projecção é, para a maioria das pessoas, mais desconfortável do que a leitura em papel. A leitura torna-se mais lenta pelo que estas técnicas de escrita visam manter a atenção das audiências por um período maior de tempo, facilitando a leitura. Às técnicas de escrita em si mesmas, acima expostas, devemos juntar algumas técnicas de formatação da informação para apresentação num ecrã: Sublinhe as palavras-chave. As hiperligações podem servir como forma de sublinhar essas palavras-chave mas podemos também recorrer a variações de fonte ou a variações de cor; Use subtítulos com significado claro. Evite usar expressões dúbias; Use marcas de numeração; Procure apresentar uma ideia por parágrafo; Use o estilo de pirâmide invertida, começando pela conclusão. A ideia é, tal como num jornal, captar a atenção do leitor para o resto do texto; 2 Instituto de Educação

9 Use metade das palavras (ou ainda menos) do que usaria na sua escrita convencional. Os estudos de usabilidade do Dr. Jacob Nielsen dizem-nos que 79% das pessoas não lêem nos ecrãs, fazem um scan. Assim a concorrência pela atenção do leitor torna-se mais pertinente, usando, para isso, as técnicas aqui descritas. Outros aspectos a ter em atenção: AS LETRAS MAÍUSCULAS SÃO DIFÍCEIS DE LER; Use fontes que sejam de fácil leitura e que exijam adaptação do leitor ou que provoquem uma leitura mais lenta; Os itálicos também são mais difíceis de ler num ecrã. Tente sempre utilizar fontes em formato normal ou negrito; Os sublinhados podem ser confundidos com hiperligações. Assim em vez de usar sublinhado procure usar cores para destacar as ideias chave; Use marcas numeradas apenas para listas que tenham uma sequência. Ex: Como colocar um elefante num frigorífico? 1. Abra a porta do frigorífico; 2. Coloque o elefante lá dentro; 3. Feche a porta do frigorífico; Como colocar uma girafa num frigorífico? 1. Abra a porta do frigorífico; 2. Tire de lá o elefante; 3. Coloque lá a girafa; 4. Feche a porta do frigorífico. Use marcas sem numeração para listas sem prioridade entre os vários elementos, sem sequência, sem hierarquia, como a lista que aqui acabámos de apresentar; Use um tamanho de fonte adequado. Para avaliar se o tamanho de fonte que está a usar é o adequado coloque-se a 2 metros do ecrã do computador e veja se ainda consegue ler o texto da apresentação; 1.2. Uso de cores, sons e transições Já dissemos anteriormente que, numa apresentação, estamos a concorrer pela atenção do leitor que está a fazer um esforço suplementar para manter a concentração e se adaptar a um meio de comunicação que não lhe é natural. Neste sentido o uso da cor é muito importante: Instituto de Educação 3

10 Use cores com contraste. O termo cores contrastantes refere-se a duas cores que sejam opostas uma à outra num círculo de cores. O azul e o amarelo e, de igual forma, o vermelho e o verde, são exemplos de cores contrastantes. Figura 1 Círculo das cores Use cores que se complementem. Há cores que em conjunto não funcionam. Ex. texto vermelho em cima de fundo azul; Não deve usar mais do que quatro cores por slide; As cores dos gráficos e tabelas devem contrastar com o fundo para que tenham boa leitura; Evite usar fundos complexo (texturas, imagens complexas, etc.). Estes irão, inevitavelmente, retirar leitura ao texto; Há que ter cuidado com o uso do vermelho. Esta cor tende a chamar imediatamente a atenção do leitor e a ter uma conotação negativa. Gráficos a vermelho são percebidos como más notícias; textos a vermelho são percebidos como erros ou problemas. O recurso a sons e transições (entre diapositivos) complexas também podem ser fonte de distracção. Use-os apenas quando necessário Disposição e montagem da informação Quando pensamos no design da nossa apresentação devemos procurar criar uma matriz que nos ajude a visualizar todas as ideias e materiais no espaço de comunicação que vamos usar. O primeiro passo da construção desta matriz é a definição do público-alvo: a quem se destina a nossa apresentação, quais as características específicas do nosso público-alvo. Uma vez definido o nosso público-alvo estamos em condições de definir o fluxograma da nossa apresentação. Este passo irá ajudar a organizar a nossa informação de acordo com os objectivos definidos para o nosso público-alvo. Com um fluxograma conseguimos mais facilmente identificar falhas de informação ou informação redundante. Após a selecção e organização da informação, devemos preocupar-nos em tornar essa organização clara para a audiência. Fazer uma apresentação é como contar uma história e as preocupações da narrativa devem estar presentes na disposição e montagem da informação. 4 Instituto de Educação

11 A estrutura de navegação deve ser clara para que o leitor perceba sempre em que ponto da apresentação se encontra. Não se esqueça que a sua apresentação encontrará ambientes muito distintos e que deve ser pensada para estar adaptada a estes vários ambientes: uma apresentação deve ser autónoma da sua presença como orientador. Pense que poderá ter que enviar a apresentação ou ter que a disponibilizar posteriormente e que, mesmo sem a sua orientação, o destinatário deverá ser capaz de facilmente entender o fluxo de informação. Comece sempre por apresentar um slide com a estrutura da sua apresentação. Esse é, por analogia, o índice da sua narrativa. Do mesmo modo, é conveniente incluir um slide de conclusão. Road Show O utilizador sabe que existirão quatro momentos de apresentação e que neste momento se encontram na primeira parte. Essa indicação é dada pelo marcador a cor mais escura. Apresentação Posicionamento Insight The Road Ahead Interno ESTRATÉGIA Externo Focagem com diferenciação Figura 2 Exemplo de utilização de uma estrutura de navegação Tal como um livro está dividido em capítulos, a sua apresentação deve ter uma estrutura clara de navegação: use separadores e marcadores na barra lateral ou na barra superior do slide e identifique em cada slide a posição deste na apresentação, recorrendo a métodos simples como a numeração dos slides (Ex. 3/15, desta forma o leitor saberá que está no slide 3 de uma apresentação com 15 slides ) ou usando os marcadores. Veremos mais à frente neste manual como produzir estes elementos. Quanto à disposição e montagem de informação em si mesma há que ter alguns aspectos em atenção: A dimensão está ligada à importância: um objecto que seja apresentado como pequeno será a avaliado como tendo pouca importância (e vice-versa). Assim, se quisermos minimizar o impacto de uma informação devemos apresentar gráficos ou tabelas de reduzida dimensão e se quisermos dar destaque a uma informação devemos usar elementos gráficos de maior dimensão; Use pontos focais para direccionar a atenção do leitor: imagens junto da informação a que quer dar destaque; Não se esqueça que todos lemos da esquerda para a direita e de cima para baixo e que desta forma é no ponto superior esquerdo do ecrã Instituto de Educação 5

12 que se concentra a nossa maior atenção e que é aí que devemos concentrar a nossa informação mais importante. Se tivermos esta regra em atenção será fácil perceber que é melhor meter o alinhamento do texto à esquerda do que centrado ou alinhado à direita. O alinhamento à esquerda torna a leitura mais fácil e rápida; A introdução de elementos diferenciadores também é uma forma de chamar a atenção do leitor. O uso de uma marca diferente nesta listagem irá inevitavelmente atrair a atenção para este elemento da listagem; Quando for necessário apresentar uma informação complexa faça-o de forma progressiva. Não apresente todos os elementos de um gráfico de uma só vez, vá introduzindo as várias dimensões sequencialmente; Evite utilizar demasiadas cores (ou tipos de letra) numa única apresentação. Esta diversidade acabará por ser fonte de distracção e elimina a possibilidade de recorrer a estes elementos para destacar as ideias chave ou informação mais importante; Uma regra útil é a 6X7: não colocar mais do que 6 linhas por slide e não mais do que 7 palavras por linha. Resumindo, quando fazemos uma apresentação é necessário ter em atenção o que queremos comunicar e para quem o queremos fazer. Não nos devemos deixar seduzir pelas potencialidades da tecnologia de apresentação que estejamos a usar: o texto serve apenas para suportar a comunicação e deve, como tal, ser o mais simples e conciso possível. As imagens só devem ser usadas para clarificar conceitos complexos; devem ser usadas para ilustrar e não para decorar. Só devemos recorrer a animações para exemplificar e demonstrar relações complexas. O recurso excessivo a animações irá distrair o utilizador e dificultar a sua navegação. Os sons só devem ser usados quando absolutamente necessário. Para saber mais, aceda aos seguintes sítios: PowerPoint: Creating Classroom Presentations PowerPoint in the Classroom Using PowerPoint in the classroom Education using PowerPoint PowerPoint Resources for Educators 6 Instituto de Educação

13 2. Introdução ao PowerPoint Nesta secção pretende-se abordar de uma forma simples mas de complexidade crescente, o uso deste software de apresentações gráficas, o PowerPoint. Parte-se do princípio que existirão pessoas que irão utilizar este software pela primeira vez mas, sempre que possível, vamos introduzindo funcionalidades e conceitos de utilização com vista a um uso mais produtivo e eficiente do software Ambiente de trabalho do PowerPoint Para se familiarizar com o ambiente deste software, atente na seguinte figura: Figura 3 Ambiente de trabalho do PowerPoint 1) Tittle Bar (Barra de Título) Aqui poderá identificar a aplicação que está a usar e o nome do documento que está utilizar/trabalhar 2) Menu Bar (Barra de Menus) Aqui tem acesso aos menus disponíveis para a aplicação 3) Standard Menu Bar (Barra de Ferramentas Padrão) Permite fazer as acções mais comuns relativamente ao documento que está a editar: gravar o documento, imprimir, entre outras 4) Formatting Bar (Barra de Ferramentas de Formatação) Permite fazer alterações ao modo de apresentação do texto (negrito, itálico, tamanho, posição, entre outras) 5) Outline Window/Tab (Janela de Destaques) Aqui poderá visualizar os destaques (texto) existente nos diapositivos da sua apresentação 6) Slide pane (Janela de Apresentação) Neste espaço tem activo o diapositivo (da sua apresentação) que está a editar ou a visualizar 7) Notes Window (Janela de Notas) Aqui poderá registar as suas notas ou comentários relativamente a cada um dos diapositivos. Estas notas não serão visualizadas durante a apresentação. Instituto de Educação 7

14 8) Drawing Bar (Barra de Ferramentas de Desenho) Contém botões para as funções rápidas relacionadas com a edição e tratamento de objectos nos diapositivos da sua apresentação. 9) Visualization Bar (Barra de Visualização) Permite alternar entre os diferentes modos de visualização da sua apresentação: vista normal, vista de destaques, vista dos diapositivos, vista de organização dos diapositivos e apresentação dos diapositivos, respectivamente. 10) State Bar (Barra de Estado) Zona onde são apresentadas informações sobre a apresentação activa As barras de ferramentas do PowerPoint Poderá fazer aparecer mais barras de trabalho do PowerPoint clicando com o botão do lado direito do rato em cima de qualquer outra barra. Aparecerá um menu de onde poderá seleccionar para aparecer (ou ocultar) qualquer das barras de ferramentas disponíveis: Figura 4 Barras de ferramentas disponíveis 2.3. Operações básicas no PowerPoint Abrir uma apresentação Para abrir uma apresentação existente, terá de, na Menu Bar (Barra de Menus), seleccionar File (Ficheiro) e, neste menu, seleccionar a opção Open (Abrir) [Ctrl+O]. Obterá uma janela idêntica à da figura seguinte: 8 Instituto de Educação

15 1 2 3 Figura 5 - Abrir uma apresentação existente 1) Procure o ficheiro através da caixa de localização Look in: (Procurar em:) 2) Se preferir use a Fast Localization Bar (Barra de Localização Rápida) para acesso ao ficheiro 3) Procure o ficheiro que pretende abrir fazendo duplo clique nas directorias/pastas até chegar ao ficheiro. Depois faça duplo clique sobre o nome do ficheiro, para o editar Vistas possíveis para uma apresentação Quando tem a sua apresentação em modo de edição, normalmente encontrase a utilizar a vista normal (com as diferentes janelas em que pode trabalhar: visualização, destaques e notas). No entanto, pode ter diferentes perspectivas do seu trabalho bastando, para isso, seleccionar a vista que pretende na Barra de Visualização (no canto inferior esquerdo do monitor), ou no Menu View, na Barra de Menus : Figura 6 Visualization Bar (Barra de visualização) Figura 7 Opções do Menu View (Menu Ver) Instituto de Educação 9

16 Atente nas diferenças das vistas possíveis: Normal View (Vista Normal) (permite-lhe visualizar as diferentes áreas de trabalho) Outline View (Vista de Destaques) (permite-lhe editar e deslocar-se na apresentação através dos destaques) Slide View (Vista de Diapositivo) (permite-lhe trabalhar maximizando a janela do diapositivo) 10 Instituto de Educação

17 Slide Sorter (Organização de Diapositivos) (permite-lhe alterar a sequência e o modo de transição entre diapositivos) Notes Page (Página de notas) Apresenta a vista da folha de notas, para poder visualizar e acrescentar as suas notas (ou imprimir). Slide Show (Apresentação de Diapositivos) Simula a apresentação do seu trabalho para uma plateia Guardar e fechar uma apresentação Se pretender guardar a sua apresentação, poderá fazê-lo recorrendo ao botão na Standard Menu Bar (barra de ferramentas padrão) ou, no menu File (Ficheiro), seleccionando a opção Save (Guardar) [Crtl+S] ou Save as (Guardar como). Se for a primeira vez que guarda a apresentação que está a trabalhar, ser-lhe-á pedido para definir a pasta onde pretende guardar o trabalho: Figura 8 Guardar o seu trabalho Por predefinição, a suite Microsoft Office abre sempre a directoria/pasta My Documents (Os meus documentos) onde deverá seleccionar (ou criar dentro dela) uma pasta para guardar a sua apresentação. Instituto de Educação 11

18 Para fechar a apresentação activa, basta sair do PowerPoint ou, no File Menu (Menu Ficheiro), seleccionar a opção Close (Fechar) Criar uma apresentação Para criar uma apresentação, tem várias possibilidades. Quando inicia o PowerPoint, poderá escolher um das opções apresentadas na janela de abertura: Figura 9 Caixa de diálogo de arranque do PowerPoint Assim, poderá usar o AutoContent Wizard (assistente de conteúdo automático) que o guiará através dos passos fundamentais à criação da sua aplicação, poderá seleccionar Design Template (Modelo de Apresentação) para obter um dos muitos modelos disponíveis para alteração posterior, ou, se se sentir já confortável a usar o software, poderá iniciar uma Blank Presentation (Apresentação em Branco), apresentação a partir de diapositivos em branco. Vejamos: Assistente de conteúdo automático Inicie o PowerPoint e seleccione a opção de AutoContent Wizard (assistente de conteúdo automático). Agora só tem que optar pelo tipo de apresentação que pretende criar e ir optando entre as possibilidades que lhe vão sendo disponibilizadas, até chegar ao fim do processo de ajuda do assistente: 12 Instituto de Educação

19 Figura 10 AutoContent Wizard Modelo de apresentação Outra possibilidade que o PowerPoint lhe dá, é usar o Design Template (modelo de apresentação) para iniciar o seu trabalho, permitindo-lhe personalizar um ficheiro existente: Figura 11 Design Template Aqui só tem de seleccionar o tipo de apresentação que deseja efectuar, observando o aspecto do modelo na janela de pré-visualização, à direita na Slide Design Window (janela de modelos de apresentação). Ao clicar no modelo pretendido a alteração do slide é imediata Apresentação em branco Se já estiver familiarizado com o PowerPoint, pode optar por elaborar a sua apresentação a partir da Blank Presentation (Apresentação em Branco) e ir adicionando diapositivos à medida que necessitar: Instituto de Educação 13

20 Figura 12 Slide Layout Window (Janela de esquemas de apresentação) 14 Instituto de Educação

21 3. Operações básicas com diapositivos Nesta secção pretende-se familiarizar o utilizador com as operações relacionadas com a manipulação e configuração dos diapositivos numa apresentação Trabalhar com os diapositivos Inserir um novo diapositivo Para inserir um diapositivo na sua apresentação, depois do diapositivo que está a visualizar, basta clicar no botão, na Standard Bar (Barra de Ferramentas Padrão), ou seleccionar a opção New Slide (Novo diapositivo) [Ctrl+M] no Insert Menu (Menu Inserir, na Barra de Menus). Aparecerá uma caixa de diálogo semelhante à que apresentamos de seguida, onde poderá seleccionar o tipo de diapositivo que pretende (de título, com gráficos, de texto, com tabela, com ClipArt, entre outros): Figura 13 New Slide (Inserir novo diapositivo) Duplicar um diapositivo Por vezes é útil a duplicação de um diapositivo para manter alguma característica que pretendemos reproduzir num outro diapositivo. Para isso, basta que, na Normal View (Vista Normal) ou Outline View (Vista de Destaques), seleccione na Outline Pane/Slide Pane (Janela de Destaques) o diapositivo a duplicar e, no Edit Menu (Menu Editar) seleccione a opção Duplicate (Duplicar) [Ctrl+D]. Obterá, assim, um diapositivo exactamente igual ao seleccionado, que poderá alterar no que entender. Instituto de Educação 15

22 Eliminar um diapositivo Para eliminar um diapositivo activo, na Normal View (Vista Normal), basta no Edit Menu (Menu Editar) seleccionar a opção Delete Slide (Eliminar diapositivo) Alterar a ordem dos diapositivos Uma funcionalidade bastante útil, especialmente em apresentações grandes, é a possibilidade que nos é dada de alterar a ordem de exibição dos diapositivos. Esta tarefa é realizada na vista Slide Sorter (Organização de Slides). Para tal, basta seleccionar o diapositivo que pretende mudar de lugar e arrastá-lo para o local pretendido. Note que pode seleccionar e arrastar mais do que um diapositivo mantendo pressionada a tecla [Ctrl]: Figura 14 Alterar a ordem de exibição dos diapositivos 3.2. Inserir informação nos diapositivos Data e hora Para inserir a data e/ou a hora num determinado diapositivo, deverá colocar o cursor no local do texto onde quer inserir essa informação e, no Insert Menu (Menu Inserir), seleccionar a opção Date and Time (Data e hora), onde poderá seleccionar o formato da data e da hora que pretende usar: 16 Instituto de Educação

23 Figura 15 Inserir a data e a hora num diapositivo Se pretender que esta informação se actualize automaticamente cada vez que abrir a aplicação, seleccione a caixa de verificação Update Automatically (Actualizar automaticamente) (canto inferior esquerdo da caixa de diálogo Date and Time ). Posteriormente, neste documento, analisaremos como inserir a data e a hora no rodapé dos diapositivos Numeração dos diapositivos Para introduzir a numeração num diapositivo, poderá seguir um processo idêntico ao usado para inserir a data e a hora. Assim, deverá colocar o cursor no local do texto onde quer inserir essa informação e, no Insert Menu, seleccionar a opção Slide Number (Número no diapositivo). Terá de repetir este procedimento em cada diapositivo, ou usar as funcionalidades de rodapé para que esta informação apareça em todos os diapositivos (a analisar posteriormente). Para iniciar a numeração dos diapositivos num número diferente de 1, poderá fazê-lo a partir da opção Page Setup (Configurar Página) no File Menu (Menu Ficheiro): Figura 16 Alterar a numeração dos diapositivos Inserir cabeçalho e rodapé Para configurar um cabeçalho e o rodapé para todos os diapositivos da sua apresentação, poderá fazê-lo através do View Menu (Menu Ver), escol- Instituto de Educação 17

24 hendo a opção Header and Footer (Cabeçalho e rodapé). Obterá uma caixa de diálogo onde deverá configurar as suas opções: Figura 17 Alterar o texto do cabeçalho e rodapé dos diapositivos Depois de ter definido as suas opções, poderá seleccionar Apply to All (Aplicar a todos), para ver reflectidas em todos os diapositivos as configurações que determinou Trabalhar com objectos Seleccionar um objecto O ponteiro do rato altera-se conforme esteja em cima de texto, em cima de uma figura/imagem ou em cima de uma caixa de selecção de texto. Tudo o que não é texto designaremos por objecto (inclusivamente as caixas de texto). Sempre que debaixo do ponteiro do rato temos um objecto, o ponteiro apresenta uma cruz:. Ao clicar nesse sítio, selecciona o objecto que está por baixo do ponteiro. Na imagem seguinte, o objecto seleccionado é uma caixa de texto, onde estão evidenciados, nos cantos e a meio de cada lado da caixa, pontos de redimensionamento (pequenos quadrados brancos ou pretos). Isto indica que o objecto está seleccionado: 18 Instituto de Educação

25 Figura 18 Caixa de texto seleccionada como objecto Para seleccionar vários objectos ao mesmo tempo, vá clicando em cima de cada um deles mantendo pressionada a tecla [Shift] Redimensionar um objecto Para redimensionar qualquer objecto, basta seleccionar um dos pontos de redimensionamento (os pequenos quadrados brancos ou pretos), e arrastá-lo para alterar a forma/tamanho pretendidos: Figura 19 A caixa de texto da figura anterior foi redimensionada O mesmo acontece para as imagens. Para manter as proporções do objecto, arraste um dos pontos de redimensionamento situado num dos cantos do objecto. No caso das caixas de texto, mantenha pressionada a tecla [Shift] enquanto faz o arrastamento Mover um objecto Para mover um objecto seleccionado basta agarrar no seu centro e arrastá-lo para o local pretendido. No caso das caixas de texto deverá agarrar a linha Instituto de Educação 19

1 O que é o PowerPoint?...4 2 Acesso ao PowerPoint...4 2.1 Ecrã de abertura do PowerPoint... 4 2.2 Utilizando a opção Apresentação em branco...

1 O que é o PowerPoint?...4 2 Acesso ao PowerPoint...4 2.1 Ecrã de abertura do PowerPoint... 4 2.2 Utilizando a opção Apresentação em branco... Índice Departamento de Matemática e Engenharias 1 O que é o PowerPoint?...4 2 Acesso ao PowerPoint...4 2.1 Ecrã de abertura do PowerPoint... 4 2.2 Utilizando a opção Apresentação em branco... 5 3 Barras

Leia mais

MICROSOFT POWERPOINT

MICROSOFT POWERPOINT MICROSOFT POWERPOINT CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES. O QUE É O POWERPOINT? O Microsoft PowerPoint é uma aplicação que permite a criação de slides de ecrã, com cores, imagens, e objectos de outras aplicações,

Leia mais

Manual PowerPoint 2000

Manual PowerPoint 2000 Manual PowerPoint 2000 Índice 1. INTRODUÇÃO 1 2. DIRECTRIZES PARA APRESENTAÇÕES DE DIAPOSITIVOS 1 3. ECRÃ INICIAL 2 4. TIPOS DE ESQUEMA 2 5. ÁREA DE TRABALHO 3 5.1. ALTERAR O ESQUEMA AUTOMÁTICO 4 6. MODOS

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

Microsoft Power Point - Manual de Apoio

Microsoft Power Point - Manual de Apoio Microsoft Power Point - Manual de Apoio Pág. 1 de 26 Apresentação e introdução O ambiente de trabalho do Power Point. Abrir, guardar e iniciar apresentações. Obter ajuda enquanto trabalha. Principais barras

Leia mais

Microsoft PowerPoint para apresentações. Formador: Carlos Maia

Microsoft PowerPoint para apresentações. Formador: Carlos Maia Microsoft PowerPoint para apresentações Formador: Carlos Maia 1 Tópicos Trabalhar com Slides Alterar a definição do slide Criar títulos nos slides Adicionar um novo slide Eliminar um slide Ordenação de

Leia mais

Spelling Tabelas Apagar linhas numa tabela Merge e Split numa tabela Alinhamento vertical da tabela Introduzir texto na vertical

Spelling Tabelas Apagar linhas numa tabela Merge e Split numa tabela Alinhamento vertical da tabela Introduzir texto na vertical Word II Título: Iniciação ao WORD 2003. Nível: 1 Duração: 2 Tempos Objectivo: Iniciar o estudo da aplicação Microsoft Office Word. Dar a conhecer algumas ferramentas do Microsoft Office Word. Microsoft

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

Mathematician and Economist-Informatician Consultant in Planning, Statistics and Computer Applications POWERPOINT para Estatísticos

Mathematician and Economist-Informatician Consultant in Planning, Statistics and Computer Applications POWERPOINT para Estatísticos POWERPOINT para Estatísticos Manual do curso Compilado por Klaus Röder - maio 2004 Conteúdo. Mathematician and 1. INTRODUÇÃO... 3 2. MICROSOFT POWERPOINT INTRODUÇÃO... 3 2.1. O ACESSO PRATICO... 3 2.2.

Leia mais

Criação de web sites com o Microsoft Frontpage

Criação de web sites com o Microsoft Frontpage Criação de web sites com o Microsoft Frontpage Fernando Ferreira 1. Iniciação do Frontpage Porquê criar páginas web? A World Wide Web é a melhor forma das pessoas comunicarem umas com as outras. É Nos

Leia mais

MICROSOFT PowerPoint 2000 SUMÁRIO

MICROSOFT PowerPoint 2000 SUMÁRIO MICROSOFT PowerPoint 2000 SUMÁRIO 01 - INTRODUÇÃO 02 - INICIANDO O PowerPoint 2000 03 - ASSISTENTE DE AUTOCONTEÚDO 04 - MODELO DE ESTRUTURA 05 - INICIAR COM UM MODELO DE ESTRUTURA 06 - ESCOLHER UM AUTOLAYOUT

Leia mais

Introdução às Tecnologias de Informação Bloco 1 MANUAL DE WORD ÍNDICE

Introdução às Tecnologias de Informação Bloco 1 MANUAL DE WORD ÍNDICE ÍNDICE 01 - INTRODUÇÃO 02 - INICIAR O WORD 03 - INSERIR TEXTO MICROSOFT W O R D 04 - GRAVAR UM DOCUMENTO 05 - FECHAR UM DOCUMENTO 06 - INICIAR UM NOVO DOCUMENTO 07 - ABRIR UM DOCUMENTO 08 - SELECCIONAR

Leia mais

Power Point. Autor: Paula Pedone

Power Point. Autor: Paula Pedone Power Point Autor: Paula Pedone INTRODUÇÃO O POWER POINT é um editor de apresentações, pertencente ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de apresentações através da

Leia mais

Centro de Competência Entre Mar e Serra. Guia

Centro de Competência Entre Mar e Serra. Guia SMART Notebook Software Guia O Software Notebook permite criar, organizar e guardar notas num quadro interactivo SMART Board (em modo projectado e não-projectado), num computador pessoal e, em seguida,

Leia mais

Microsoft PowerPoint

Microsoft PowerPoint Microsoft PowerPoint Microsoft PowerPoint é utilizado para desenvolver apresentações. Os trabalhos desenvolvidos com este aplicativo normalmente são apresentados com o auxílio de um datashow. Apresentações

Leia mais

Início rápido. Ahead Software AG

Início rápido. Ahead Software AG Início rápido Ahead Software AG Informações sobre copyright e marcas comerciais O manual do utilizador Nero Cover Designer e a totalidade do respectivo conteúdo estão protegidos por copyright e são propriedade

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME Apresentação Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE POWER POINT 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha.

Leia mais

CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX

CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX Introdução Este tutorial vai-te ajudar a compreender os princípios básicos do Flash MX - tal como layers, tweens, cores, texto, linhas e formas. No final deste tutorial

Leia mais

1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento

1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento Configurar o Word FIGURA 1.26 Serviços ligados 1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento O Microsoft Office 2013 apenas tem disponíveis ligações a serviços de armazenamento proprietários da Microsoft.

Leia mais

Microsoft Office 2010

Microsoft Office 2010 Microsoft Office 2010 Passo-a-passo para Professores Criar uma Apresentação com o PowerPoint 2010 Defina um tema Abra o PowerPoint. No separador Estrutura, no grupo Temas, clique em Mais para ver a galeria

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS. Índice

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS. Índice Índice Capítulo 10 Inserindo figuras e objetos... 2 Configurando AutoFormas... 2 Criando Caixas de Texto... 3 Inserindo Linhas e Setas... 3 Utilizando WordArt... 4 Inserindo Figuras... 5 Configurando figuras...

Leia mais

Trabalhando com Imagens no Word XP

Trabalhando com Imagens no Word XP Table of Contents Trabalhando com imagens...1 A barra de desenho...2 Tela de desenho...2 Caixa de Texto...3 Linha...4 Seta...4 Retângulo (e quadrado)...5 Elipse (e círculo)...5 AutoFormas...6 Modificação

Leia mais

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Página 1 Índice Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 1 O que é o EasyReader? 4 Abrir um livro 5 Abrir um novo livro de um CD/DVD 5 Abrir um novo livro

Leia mais

Oficina de Construção de Páginas Web

Oficina de Construção de Páginas Web COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina de Construção de Páginas Web Criação e Publicação Actividades de exploração Objectivo Explorar as funcionalidades essenciais do Programa, na perspectiva da construção/actualização

Leia mais

1. Estilos 1. 2. Índices 7

1. Estilos 1. 2. Índices 7 Carlos Maia Índice 1. Estilos 1 1.1. Considerações gerais 1 1.2. Aplicar estilos 1 1.3. Modificar estilos 2 1.4. Criar um novo estilo 3 1.5. Cópia de estilos 5 1.6. Retirar todos os estilos presentes num

Leia mais

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT Nuno Azevedo 2005/06 ESCOLA BÁSICA B INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT A Janela de apresentação do Programa Barras de menus, padrão e de formatação Área

Leia mais

Microsoft PowerPoint. Prof. Rafael Vieira

Microsoft PowerPoint. Prof. Rafael Vieira Microsoft PowerPoint Prof. Rafael Vieira Características do Microsoft PowerPoint O que é? Éuma aplicação utilizada sobretudo para criar apresentações Permite utilizar animação, efeitos de transição entre

Leia mais

APOSTILA WORD BÁSICO

APOSTILA WORD BÁSICO APOSTILA WORD BÁSICO Apresentação O WORD é um editor de textos, que pertence ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de textos, cartas, memorandos, documentos, mala

Leia mais

POWERPOINT BÁSICO. Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br

POWERPOINT BÁSICO. Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br POWERPOINT BÁSICO Facilitador Alisson Cleiton dos Santos Analista Programador / Professor contato@alissoncleiton.com.br POWER POINT INICIANDO O POWERPOINT 2000 Para iniciar o PowerPoint 2000. A partir

Leia mais

PowerPoint 2003 - Básico

PowerPoint 2003 - Básico PowerPoint 2003 - Básico Sumário Apresentação Capítulo 1 - Conhecendo o PowerPoint 1.1 Iniciando o PowerPoint 2003 1.2 Conhecendo a tela 1.3 Assistente de autoconteúdo Capítulo 2 - Iniciando uma Apresentação

Leia mais

INTRODUÇÃO INICIANDO O WORD INSERIR TEXTO

INTRODUÇÃO INICIANDO O WORD INSERIR TEXTO SUMÁRIO 01 - INTRODUÇÃO 02 - INICIANDO O WORD 03 - INSERIR TEXTO 04 - SALVAR UM DOCUMENTO 05 - FECHAR UM DOCUMENTO 06 - INICIAR UM NOVO DOCUMENTO 07 - ABRIR UM DOCUMENTO 08 - SELECIONAR TEXTO 09 - RECORTAR,

Leia mais

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho Outlook 2003 Nivel 1 Objectivos gerais Enviar e Responder a mensagens de correio electrónico, e gestão de contactos, marcação de compromissos e trabalhar com notas. Objectivos específicos Começar a trabalhar

Leia mais

Microsoft PowerPoint

Microsoft PowerPoint Microsoft PowerPoint Índice 1 INTRODUÇÃO... 3 2 AMBIENTE DE TRABALHO... 3 3 COMO CRIAR APRESENTAÇÕES... 4 3.1 Criando uma Apresentação Utilizando um Slide em Branco... 5 3.2 Formatando Slide DESIGN...

Leia mais

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal Word 1 - Introdução O Word para Windows ou NT, é um processador de textos cuja finalidade é a de nos ajudar a trabalhar de maneira mais eficiente tanto na elaboração de documentos simples, quanto naqueles

Leia mais

Sumário - Power Point

Sumário - Power Point Power Point Sumário - Power Point 1. INICIANDO O POWERPOINT... 116 2. APRESENTAÇÃO DA JANELA DO POWERPOINT... 117 3. CONCEITOS BÁSICOS DO POWERPOINT... 118 4. INICIANDO UMA APRESENTAÇÃO... 118 4.1 Autolayouts

Leia mais

FIGURA. 2.2 ECRÃ DE TRABALHO

FIGURA. 2.2 ECRÃ DE TRABALHO Noções Básicas FIGURA. 2.2 ECRÃ DE TRABALHO 2.2.1 Painel de Tarefas (Task Pane) O painel de tarefas constitui a grande novidade do ecrã de trabalho desta nova versão do Word. Para utilizadores menos experientes,

Leia mais

OpenOffice.orgWriter

OpenOffice.orgWriter OpenOffice.orgWriter Permite criar e editar texto e objectos gráficos em cartas, relatórios, documentos e páginas da web utilizando o Writer. BARRA DE MENUS: Ficheiro Editar Ver Inserir Formatar Tabela

Leia mais

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo Índice 1. O que é o Windows XP 1 2. Para que serve o Windows XP 1 3. O Ambiente de Trabalho 2 4. Menu Iniciar 3 5. Janelas 4 6. Vistas 5 7. Iniciar 10 8. Encerrar

Leia mais

BrOffice.org - Impress

BrOffice.org - Impress BrOffice.org Impress 1 BrOffice.org - Impress Programa de apresentação, utilizado para criação e manipulação de slides. Os slides criados para uma eletrônica podem conter texto, gráficos, objetos, formas,

Leia mais

FrontPage Express. Manuel Cabral Reis UTAD Departamento de Engenharias Curso de Ciências da Comunicação Disciplina de Introdução à Informática

FrontPage Express. Manuel Cabral Reis UTAD Departamento de Engenharias Curso de Ciências da Comunicação Disciplina de Introdução à Informática FrontPage Express Manuel Cabral Reis UTAD Departamento de Engenharias Curso de Ciências da Comunicação Disciplina de Introdução à Informática O que é o FrontePage Express Para aceder ao programa que vai

Leia mais

Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker

Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker Versão deste documento: 1 1 Data de edição deste documento: 20 de Julho de 2011 1. Vá ao Iniciar -> Todos os Programas -> Movie Maker 2..Este é o aspecto do Movie

Leia mais

SLIDESHOWS PARA TODOS

SLIDESHOWS PARA TODOS 110 JULHO AGOSTO 2004 2004 / / EDIÇÃO 109 110 NO CD E DVD SLIDESHOWS PARA TODOS Aprenda organizar as suas fotos para uma posterior gravação num CD ou DVD. Tudo com excelentes efeitos visuais e com as suas

Leia mais

IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações

IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações O que é uma Apresentação? É um arquivo em que são exibidos textos, gráficos, imagens, sons e animações,

Leia mais

Microsoft Office Word 2003 Tic 2007

Microsoft Office Word 2003 Tic 2007 Índice WORD...3 Criar/Abrir documento...4 Gravar...5 A janela do Word...6 Barras de Ferramentas:...6 Linha de Menus:...6 Régua:...6 Barras de Scroll:...7 Zona de edição:...7 Modo de visualização:...7 Barra

Leia mais

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART Continuação 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART a) Vá para o primeiro slide da apresentação salva no item 31. b) Na guia PÁGINA INICIAL, clique no botão LAYOUT e selecione (clique) na opção TÍTULO

Leia mais

Microsoft Office PowerPoint 2003

Microsoft Office PowerPoint 2003 Instituto Politécnico de Tomar Escola Microsoft Superior de Gestão Office PowerPoint 00 Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação Microsoft Office PowerPoint 00 Introdução ao PowerPoint

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Apostila de PowerPoint 2013

Apostila de PowerPoint 2013 Iniciando o Power Point 2013...01 Nova apresentação baseada no modelo...01 Escolhendo o esquema de cores do fundo do slide manualmente...02 Modificando o layout do slide... 03 Inserindo textos no slide...

Leia mais

Microsoft Power Point 2007

Microsoft Power Point 2007 Microsoft Power Point 2007 Sumário Layout e Design 4 Formatação de Textos 8 Salvando um arquivo do PowerPoint 15 Plano de Fundo 16 Marcadores 18 Réguas e grade 19 Tabelas 20 Gráficos 21 Imagens 22 Smart

Leia mais

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word PowerPoint 2013 Sumário Introdução... 1 Iniciando o PowerPoint 2013... 2 Criando Nova Apresentação... 10 Inserindo Novo Slide... 13 Formatando Slides... 15 Inserindo Imagem e Clip-art... 16 Inserindo Formas...

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Office Word 2007 William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO O Word 2007 faz parte do pacote de produtividade Microsoft Office 2007, que sucedeu ao Office 2003. Ao contrário

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WORD Processamento de texto

INTRODUÇÃO AO WORD Processamento de texto Ficha de trabalho n.º1 Objectivos: Escrever/formatar texto Formatar imagens Inserir uma tabela Criar uma pasta Guardar um documento INTRODUÇÃO AO WORD Processamento de texto - No processo de introdução

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT Power Point Básico Santa Maria, julho de 2006 O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações.

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Introdução Aula 03: Pacote Microsoft Office 2007 O Pacote Microsoft Office é um conjunto de aplicativos composto, principalmente, pelos

Leia mais

Acer econsole Manual do Utilizador

Acer econsole Manual do Utilizador Acer econsole Manual do Utilizador 1 Informações sobre software de outras empresas ou software gratuito O software pré-instalado, integrado ou distribuído com os produtos fornecidos pela Acer contém programas

Leia mais

Manual. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt

Manual. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Manual Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Fevereiro de 2006 Índice Operações básicas com a interface gráfica do sistema operativo... 2 Iniciar e encerrar uma

Leia mais

Microsoft Powerpoint 2007

Microsoft Powerpoint 2007 Apostila de informática Breno Damasceno Microsoft Powerpoint 2007 É um software de apresentação multimídia da Microsoft. Com o PowerPoint podemos criar apresentações utilizando recursos de imagem, som

Leia mais

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint Serviço Técnico de Informática Curso Básico de PowerPoint Instrutor: Tiago Souza e Silva de Moura Maio/2005 O Microsoft PowerPoint No Microsoft PowerPoint, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo

Leia mais

Microsoft Office FrontPage 2003

Microsoft Office FrontPage 2003 Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Gestão Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação Microsoft Office FrontPage 2003 1 Microsoft Office FrontPage 2003 O Microsoft

Leia mais

Centro de Competência Entre Mar e Serra. Guia

Centro de Competência Entre Mar e Serra. Guia SMART Notebook Software Guia O Software Notebook permite criar, organizar e guardar notas num quadro interactivo SMART Board (em modo projectado e não-projectado), num computador pessoal e, em seguida,

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft PowerPoint 2010 Colecção: Software

Leia mais

Microsoft Office XP WORD 2003

Microsoft Office XP WORD 2003 Microsoft Office XP WORD 2003 ADRAL Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, S.A. Índice 1. Abrir o Word 1 2. O Ambiente de Trabalho 2 3. O Assistente do Office 3 4. Primeiras Configurações e Opções

Leia mais

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho.

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho. Conceitos básicos e modos de utilização das ferramentas, aplicativos e procedimentos do Sistema Operacional Windows XP; Classificação de softwares; Principais operações no Windows Explorer: criação e organização

Leia mais

MICROSOFT POWERPOINT 2003

MICROSOFT POWERPOINT 2003 Básico do Microsoft PowerPoint 2003-1 MICROSOFT POWERPOINT 2003 Introdução ao Microsoft PowerPoint O MS PowerPoint é um aplicativo desenvolvido, para a criação de apresentações dinâmicas, de alto impacto,

Leia mais

POWER POINT 2003 CARREGANDO O POWER POINT

POWER POINT 2003 CARREGANDO O POWER POINT ÍNDICE POWER POINT 2003...2 CARREGANDO O POWER POINT...2 JANELA PRINCIPAL...3 PARTES DA JANELA...3 MENUS DO POWER POINT...4 BARRAS DE FERRAMENTAS...6 BARRA DE FERRAMENTA PADRÃO...6 BARRA DE FERRAMENTA

Leia mais

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador.

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

EXCEL TABELAS DINÂMICAS

EXCEL TABELAS DINÂMICAS Informática II Gestão Comercial e da Produção EXCEL TABELAS DINÂMICAS (TÓPICOS ABORDADOS NAS AULAS DE INFORMÁTICA II) Curso de Gestão Comercial e da Produção Ano Lectivo 2002/2003 Por: Cristina Wanzeller

Leia mais

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010.

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010. 1 Publisher 2010 O Publisher 2010 é uma versão atualizada para o desenvolvimento e manipulação de publicações. Juntamente com ele você irá criar desde cartões de convite, de mensagens, cartazes e calendários.

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Microsoft Word Folha

Leia mais

Processamento de Texto

Processamento de Texto Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação de Setúbal CENTRO DE COMPETÊNCIA NÓNIO SÉCULO XXI Processamento de Texto MÓDULO DE CURTA DURAÇÃO Cadernos de Divulgação Série: Guias de Utilização

Leia mais

Manual do Utilizador. PowerPoint 2013. Carlos Diniz

Manual do Utilizador. PowerPoint 2013. Carlos Diniz Manual do Utilizador PowerPoint 2013 Carlos Diniz Índice 1. Acerca do PowerPoint 2013... 3 1.1. Principais caraterísticas do PowerPoint 2013... 3 2. Trabalhar no interface do PowerPoint 2013... 3 2.1.

Leia mais

Introdução ao Microsoft PowerPoint 2003

Introdução ao Microsoft PowerPoint 2003 Introdução ao Microsoft PowerPoint 2003 ii A ESAMC nasceu com o propósito de zelar por valores éticos, como escola voltada para o mercado, transformando-se num centro de excelência em educação dentre os

Leia mais

Turma. PowerPoint 2003

Turma. PowerPoint 2003 PowerPoint 2003 Apresentação O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações. Com ele você poderá criar rapidamente slides com esquemas, textos animados, sons e

Leia mais

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral MICROSOFT WORD 2007 George Gomes Cabral AMBIENTE DE TRABALHO 1. Barra de título 2. Aba (agrupa as antigas barras de menus e barra de ferramentas) 3. Botão do Office 4. Botão salvar 5. Botão de acesso à

Leia mais

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011 Manual Profissional BackOffice Mapa de Mesas v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar ZSRest Backoffice... 3 4. Confirmar desenho de mesas... 4 b) Activar mapa de mesas... 4 c) Zonas... 4 5. Desenhar

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Agente Administrativo do MTE

Agente Administrativo do MTE PowerPoint 2003 Apresentação O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações. Com ele você poderá criar rapidamente slides com esquemas, textos animados, sons e

Leia mais

Neste tutorial irá criar uma animação simples com base num desenho do Mechanical Desktop.

Neste tutorial irá criar uma animação simples com base num desenho do Mechanical Desktop. Neste tutorial irá criar uma animação simples com base num desenho do Mechanical Desktop. Inicialize o 3D Studio VIZ. Faça duplo clique no ícone de 3D Studio VIZ Abre-se a janela da figura seguinte. Esta

Leia mais

Apostila Microsoft Word 2000

Apostila Microsoft Word 2000 Apostila Microsoft Word 2000 SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO II. INSERIR TEXTO III. SALVAR UM DOCUMENTO IV. FECHAR UM DOCUMENTO V. INICIAR UM NOVO DOCUMENTO VI. ABRIR UM DOCUMENTO VII. SELECIONAR TEXTO VIII. RECORTAR,

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica Apresentação Gráfica Microsoft Office Power Point 1 Sumário 1. MICROSOFT POWER POINT... 4 1.1. INICIANDO O MICROSOFT POWER POINT... 4 2. CONHECENDO A INTERFACE DO POWER POINT... 5 2.1. O DOCUMENTO DO POWER

Leia mais

Windows Live Movie Maker

Windows Live Movie Maker Windows Live Movie Maker Passo-a-passo para Professores Criar um filme com o Windows Live Movie Maker Descarregue o programa 1. Visite o site http://explore.live.com/windows-live-movie-maker e descarregue

Leia mais

Prof. Edwar Saliba Júnior Como fazer uma apresentação utilizando o software Microsoft Power Point

Prof. Edwar Saliba Júnior Como fazer uma apresentação utilizando o software Microsoft Power Point Prof. Edwar Saliba Júnior Como fazer uma apresentação utilizando o software Microsoft Power Point - Conceitos Básicos - Faculdade de Tecnologia INED Julho de 2007 Responsável pela obra: Prof. Edwar Saliba

Leia mais

MANUAL de FORMAÇÃO INICIAÇÃO. Sara Mota Marco Alves

MANUAL de FORMAÇÃO INICIAÇÃO. Sara Mota Marco Alves SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE FORMAÇÃO E ADAPTAÇÕES TECNOLÓGICAS DIVISÃO DE ADAPTAÇÃO ÀS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER Capítulo 1: Iniciação da digitalização Capítulo 2: A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Índice 2 Iniciação da digitalização Get (Acquire) and Use the Scan Dialog Box... 3

Leia mais

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I APRESENTAÇÃO... 1 AMBIENTE DE TRABALHO... 2 A folha de cálculo... 2 O ambiente de trabalho do Excel... 3 Faixas de Opções do Excel... 4 - Guia

Leia mais

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva Conceitos Fundamentais de Microsoft Word Professor Rafael www.facebook.com/rafampsilva Introdução É um editor de texto ou processador de texto? editores de texto: editam texto (assim como uma máquina de

Leia mais

Introdução. Cuidados a serem tomados

Introdução. Cuidados a serem tomados Introdução O Impress é um programa componente do suíte freeware BrOffice.org. É um gerenciador que permite a criação e exibição de apresentações, cujo objetivo é informar sobre um determinado tema, serviço

Leia mais

Apostila de CmapTools 3.4

Apostila de CmapTools 3.4 Apostila de CmapTools 3.4 Índice Definição do software... 3 Criando um novo mapa... 3 Adicionando um conceito... 3 Alterando a formatação das caixas (Barra de Ferramentas Estilos Paleta Styles)... 7 Guia

Leia mais

Manipulação de Células, linhas e Colunas

Manipulação de Células, linhas e Colunas Manipulação de Células, linhas e Colunas Seleccionar células Uma vez introduzidos os dados numa folha de cálculo, podemos querer efectuar alterações em relação a esses dados, como, por exemplo: apagar,

Leia mais

Oficina de Construção de Páginas Web

Oficina de Construção de Páginas Web COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina de Construção de Páginas Web Criação e Publicação Microsoft FrontPage2002 Guião Elementar 1. Apresentação Geral do programa Programa Competências Básicas em

Leia mais

Migrar para o Access 2010

Migrar para o Access 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Access 2010 é muito diferente do Access 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as

Leia mais

BrOffice Impress Módulo 06 ÍNDICE

BrOffice Impress Módulo 06 ÍNDICE ÍNDICE VÍDEO 1 Trabalhando com o BrOffice.org Impress VÍDEO 2 Conhecendo o BrOffice.org Impress VÍDEO 3 Criando uma nova apresentação VÍDEO 4 Estrutura de tópicos VÍDEO 5 Layout VÍDEO 6 Trabalhando com

Leia mais

Oficina de Formação Formar Professores em Rede

Oficina de Formação Formar Professores em Rede Oficina de Formação Formar Professores em Rede Com o PowerPoint Sumário Introdução... 3 Software de apresentação electrónica... 4 Actividades/Propostas de trabalho... 4 Actividade 1... 4 Actividade 2...

Leia mais

Manual Prático Microsoft Excel 2003. Pedro Filipe C. Jesus Abril / 2008

Manual Prático Microsoft Excel 2003. Pedro Filipe C. Jesus Abril / 2008 Manual Prático Microsoft Excel 2003 Abril / 2008 Manual Prático Microsoft Excel 2007 2 P á g i n a w w w. p e d r o j e s u s. n e t Manual Prático Microsoft Excel 2007 INDICE APRESENTAÇÃO... 6 AMBIENTE

Leia mais

Manual de Apoio Microsoft Office Word 2010

Manual de Apoio Microsoft Office Word 2010 INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, IP DELEGAÇÃO REGIONAL DE LISBOA E VALE DO TEJO CENTRO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE SANTARÉM MODALIDADE: Formação Modular (VIDA ATIVA) Local: BOMBARRAL

Leia mais

Microsoft. Power Point 97

Microsoft. Power Point 97 Microsoft Power Point 97 Microsoft Power Point 97 Índice INTRODUÇÃO... 1 DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÕES DE SLIDES... 2 Tela Inicial... 3 Tipos de layouts para formatar slides:... 3 AS BARRAS DE FERRAMENTAS...

Leia mais

WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS

WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS ELEMENTOS GRÁFICOS Parte 4 José Manuel Russo 2005 24 A Imagem Bitmap (Raster) As imagens digitais ou Bitmap (Raster image do inglês) são desenhadas por um conjunto de pontos quadrangulares Pixel alinhados

Leia mais

Workshop (mínimo de 5 inscrições)

Workshop (mínimo de 5 inscrições) Workshop (mínimo de 5 inscrições) 6 horas (2 x 3 horas) Operar, em segurança, equipamento tecnológico, usado no quotidiano. Realizar operações básicas no computador Sistema operativo gráfico Conceitos

Leia mais