ESTUDO DIRIGIDO 6 RESPOSTAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTUDO DIRIGIDO 6 RESPOSTAS"

Transcrição

1 ESTUDO DIRIGIDO 6 RESPOSTAS 1. Teoria Geral dos Recursos Trabalhistas. 2. Recursos Trabalhistas em Espécie. 3. Aviso Prévio. 4. Jornada de Trabalho. 5. Férias. 1. Teoria Geral dos Recursos Trabalhistas: 1.1. Quais os princípios que regem os recursos trabalhistas? Explique brevemente cada um desses princípios. RESPOSTA: Os princípios que regem os recursos trabalhistas são: I) Princípio da Taxatividade/Legalidade: somente será possível o cabimento de um recurso que esteja previsto em lei; II) Princípio do Duplo Grau de Jurisdição: é a possibilidade de um novo julgamento da decisão recorrida. É válido destacar que referido princípio não tem previsão expressa na CF, decorrendo de interpretação sistemática e teleológica; III) Princípio da Fungibilidade/Conversibilidade Recursal: é a possibilidade de um recurso interposto erroneamente ser conhecido como se fosse o recurso adequado, desde que preenchidos três requisitos cumulativos (doutrina majoritária), quais sejam, inexistência de erro grosseiro ou de má fé; existência de dúvida objetiva (dúvida existente na doutrina e na jurisprudência) e respeito ao prazo do recurso correto. Por fim, vale destacar este princípio se relaciona ao princípio da instrumentalidade das formas ou da finalidade previsto nos artigos 154 e 244 do CPC;

2 IV) Princípio da Unirrecorribilidade/Singularidade/Unicidade Recursal: apenas será cabível um único recurso específico para cada decisão; V) Princípio da Vedação da Reformatio in Pejus: significa que o tribunal, ao julgar o recurso, não poderá agravar a situação do recorrente Explique quais são as principais características dos recursos trabalhistas. RESPOSTA: As principais características dos recursos trabalhistas são: I) Prazos recursais uniformes: EM REGRA, o prazo será de 8 dias, para razões e contrarrazões, nos termos do artigo 6º da Lei 5.584/70. - Recursos que observam o prazo uniforme na Justiça do Trabalho: Recurso Ordinário; Agravo de Instrumento; Recurso de Revista; Embargos no TST e Agravo de Petição. EXCEÇÕES: Embargos de Declaração 5 DIAS (artigo 897-A da CLT c/c artigos 535 a 538 CPC, aplicados subsidiariamente ao Processo do Trabalho por força do artigo 769 CLT); Fazenda Pública prazo em dobro para recorrer (artigo 188 CPC e artigo 1º, III, Decreto-lei 779/1969). II) Em regra, os recursos são dotados apenas de efeito devolutivo, nos termos do artigo 899, caput, CLT. Essa característica tem como consequência a possibilidade da extração da carta de sentença e o início da execução provisória, que vai até a penhora. Vale, ainda, destacar que a ação cautelar é o meio adequado para atribuição do efeito suspensivo ao recurso, de maneira excepcional, de acordo com o disposto na Súmula 414, I, parte final, do TST. III) Irrecorribilidade Imediata das Decisões Interlocutórias: no Processo do Trabalho, as decisões interlocutórias são irrecorríveis de maneira direta, sendo que a apreciação do merecimento das decisões interlocutórias somente será

3 admissível em recursos da decisão definitiva (recurso mediato ou indireto), nos termos do artigo 893, 1º, da CLT. IV) Inexigibilidade de Fundamentação: o artigo 899, caput, da CLT determina que os recursos no âmbito trabalhista serão interpostos por simples petição. Isto significa que para interposição de um recurso trabalhista não é necessário que sejam apresentadas as razões recursais. Tal dispositivo encontra respaldo nos princípios do jus postulandi, da celeridade, da informalidade e da simplicidade. Por outro lado, o TST, por meio da Súmula 422, sustenta a necessidade de fundamentação dos recursos trabalhistas, em respeito aos princípios do contraditório e ampla defesa (artigo 5º, LV, da CF) Quais são os pressupostos de admissibilidade recursal? RESPOSTA: Inicialmente, vale destacar que os pressupostos de admissibilidade são requisitos que deverão ser preenchidos pelo recorrente para que o recurso seja conhecido e mereça apreciação de seu mérito. Os pressupostos recursais são classificados em: - Objetivos/Extrínsecos: dizem respeito a aspectos externos da decisão recorrida. São eles: Previsão Legal/Cabimento; Adequação; Tempestividade; Preparo e Regularidade de Representação. - Subjetivos/Intrínsecos: dizem respeito a aspectos internos da decisão recorrida. São os seguintes: Legitimidade; Capacidade e Interesse. 2. Recursos Trabalhistas em Espécie 2.1. Disserte acerca das características do Recurso Ordinário.

4 RESPOSTA: O Recurso Ordinário encontra amparo legal no artigo 895 da CLT e obedece ao prazo uniforme de 8 dias, para apresentação de razões e contrarrazões. Ao interpor o Recurso Ordinário, o recorrente deverá comprovar o recolhimento das custas e do depósito recursal (preparo). As hipóteses de cabimento do Recurso Ordinário são: I) Artigo 895, I, CLT: contra decisões definitivas ou terminativas proferidas pelas Varas e Juízos; II) Art. 895, II, CLT: contra decisões definitivas ou terminativas proferidas pelos Tribunais Regionais em processos de sua competência originária, nos dissídios individuais ou coletivos Quais são as peculiaridades do Recurso Ordinário no procedimento sumaríssimo? RESPOSTA: As características do Recurso Ordinário no Procedimento Sumaríssimo estão previstas no artigo 895, 1º e 2º, CLT e são as seguintes: distribuição imediata; o relator deverá liberar o recurso para inclusão em pauta no prazo máximo de 10 dias; não há revisor; terá parecer oral do representante do MPT (somente se o representante entender necessário); o acórdão será composto pela indicação suficiente do processo e da parte dispositiva, mais as razões de decidir do voto prevalente; os Tribunais Regionais poderão criar Turmas Especializadas somente para cuidar de RO em procedimento sumaríssimo Quais são as principais características do Recurso de Revista? Cabe Recurso de Revista no Procedimento Sumaríssimo? RESPOSTA: O Recurso de Revista tem previsão legal no artigo 896 da CLT e é um recurso eminentemente técnico, que tem como objetivo a uniformização da jurisprudência nos tribunais trabalhistas. Ele também obedece ao prazo uniforme de 8 dias (para razões e contrarrazões). Na interposição do Recurso

5 de Revista, deverá ser comprovado o recolhimento das custas e do depósito recursal (a depender do caso concreto). Em razão de sua natureza extraordinária, em sede de Recurso de Revista somente será possível a análise de matéria de direito, NÃO se admitindo o reexame de fatos e provas Súmula 126 TST. É cabível a interposição de Recurso de Revista em face de acórdãos proferidos em grau de Recurso Ordinário pelos Tribunais Regionais, em dissídio individual. Além dos pressupostos de admissibilidade gerais, o Recurso de Revista deverá preencher alguns pressupostos recursais específicos: Prequestionamento Súmula 297 TST e Transcendência artigo 896-A CLT relevância reflexos gerais de natureza econômica, social, política ou jurídica. Caberá Recurso de Revista no procedimento sumaríssimo apenas quando o acórdão contrariar a Constituição Federal ou Súmula do TST, nos termos do artigo 896, 6º, CLT e OJ 352 SDI-1/TST Explique as peculiaridades dos Embargos no TST, mencionando suas hipóteses de cabimento. RESPOSTA: A previsão legal dos Embargos no TST está no artigo 894 da CLT. Este recurso também obedece ao prazo uniforme de 8 dias (para apresentação de razões e contrarrazões) e está sujeito ao preparo custas e depósito recursal (a depender do caso concreto). As espécies de Embargos no TST são: I) Embargos de Divergência artigo 894, II, CLT são cabíveis apenas em dissídios individuais na hipótese de divergência entre turmas do TST ou entre turma e a seção; II) Embargos Infringentes artigo 894, I, CLT em face de acórdão que conciliar, julgar ou homologar conciliação em dissídio coletivo que exceda a

6 competência do TRT ou de acórdão do TST que estender ou rever sentença normativa, sendo cabíveis apenas se o acórdão for não unânime Disserte acerca das características do Agravo de Instrumento na Justiça do Trabalho. RESPOSTA: O Agravo de Instrumento é o recurso cabível contra despacho denegatório de seguimento de recurso no juízo a quo, servindo para destrancar recurso ordinário, recurso de revista, agravo de petição e agravo de instrumento, sendo que esta última hipótese é muito polêmica na doutrina e na jurisprudência. O Agravo de Instrumento encontra seu amparo legal no artigo 897, d, e 2º, 4º, 5º, 6º e 7º, da CLT. O prazo para interposição é de 8 dias para minuta e contraminuta. Com relação à necessidade de preparo, a Lei , de 29 de junho de 2010 trouxe a exigência do depósito recursal em agravo de instrumento, impondo nova redação ao inciso I do 5º do artigo 897 CLT e inserindo novo 7º do artigo 899 da CLT. Desta forma, atualmente, o depósito recursal do agravo de instrumento corresponde a 50% do valor do depósito do recurso a ser destrancado Quais são as peças obrigatórias para formação do instrumento no agravo? RESPOSTA: O rol de peças obrigatórias/necessárias para formação do instrumento encontra-se no artigo 897, 5º, I, CLT: cópia da decisão agravada; certidão da respectiva intimação; procurações outorgadas aos advogados do agravante e do agravado; petição inicial; contestação; decisão originária; custas e depósito recursal do recurso a ser destrancado e comprovação do depósito recursal do próprio agravo de instrumento Qual a finalidade do Agravo Regimental?

7 RESPOSTA: O Agravo Regimental tem previsão no regimento interno dos Tribunais e é o recurso cabível contra decisão monocrática do relator de um recurso, a fim de que ele seja julgado pelo órgão colegiado. O prazo para interposição do Agravo Regimental dependerá de cada regimento interno. Entretanto, vale destacar que o TST fixou o prazo em 8 dias. Já os Tribunais Regionais, em geral, têm fixado o prazo em 5 dias Disserte sobre o Recurso Adesivo. RESPOSTA: A previsão legal do Recurso Adesivo está no artigo 500 do CPC, aplicado subsidiariamente ao Processo do Trabalho por força do artigo 769 CLT. Importante ressaltar que o recurso Adesivo não é uma modalidade específica de recurso, mas sim uma forma de interposição do recurso principal. O recurso adesivo é acessório ao recurso principal, sendo dele dependente (segue a sorte do recurso principal) e irá se submeter aos mesmos pressupostos de admissibilidade. A Súmula 283 TST determina que, no processo do trabalho, será admitido recurso adesivo no recurso ordinário, no agravo de petição, no recurso de revista e embargos. O TST entende, ainda, que não é necessário que a matéria veiculada no recurso adesivo esteja relacionada com a matéria ventilada no recurso principal. 3. Aviso Prévio 3.1. Qual o conceito e a finalidade do aviso prévio? RESPOSTA: O aviso prévio tem previsão constitucional no artigo 7º, XXI e amparo legal nos artigos 487 a 491 da CLT, e3 pode ser conceituado como um direito que a parte tem de ser avisada com antecedência sobre a intenção da outra parte em por fim ao contrato de trabalho. Poderá ser concedido pelo empregador ou pelo empregado. Assim, a finalidade principal do aviso prévio é

8 impedir que uma das partes seja surpreendida com a intenção da outra parte de romper com o contrato de trabalho Qual o prazo do aviso prévio? RESPOSTA: O artigo 7º, XXI, da Constituição Federal/1988 assegura aos trabalhadores aviso prévio proporcional ao tempo de serviço, sendo no mínimo de 30 dias, nos termos da lei. Analisando-se este dispositivo, é possível entender que a concessão do prazo mínimo de 30 dias é autoaplicável e possui eficácia plena. Entretanto, a proporcionalidade ao tempo de serviço, por tratarse de norma constitucional de eficácia limitada, dependia de norma infraconstitucional regulamentadora. O advento da Lei , de 11 de outubro de 2011, veio regulamentar o aviso prévio proporcional. Referida lei determina que o aviso prévio será concedido na proporção de 30 dias aos empregados que contem até 1 ano de serviço na mesma empresa, sendo que a este aviso prévio serão acrescidos 3 dias por ano de serviço prestado na mesma empresa, até o máximo de 60 dias, perfazendo um total de até 90 dias. 4. Jornada de Trabalho 4.1. Qual a finalidade da limitação da jornada de trabalho? Qual o limite constitucional da jornada de trabalho? RESPOSTA: A necessidade de limitar a jornada de trabalho atende, principalmente, à finalidade de proteção da saúde do trabalhador e permitir que o trabalhador tenha tempo para o lazer e para o convívio social, respeitando-se, assim, o princípio da dignidade da pessoa humana. A Constituição Federal, em seu artigo 7º, XIII estabelece duas limitações à jornada de trabalho: 8 horas diárias e 44 horas semanais.

9 4.2. Quais são as hipóteses de empregados que não estão protegidos pelas regras de limitação da jornada de trabalho? RESPOSTA: São duas as hipóteses de empregados não protegidos pelas regras de limitação da jornada de trabalho, nos termos do artigo 62 da CLT: I) Empregados que realizam serviços externos não sujeitos à fiscalização do horário de trabalho; II) Empregados que exercem cargo de confiança, ou seja, os empregados que tenham poderes de gestão, poderes de administração do empreendimento Explique o que é o regime de sobreaviso. RESPOSTA: O regime de sobreaviso é um regime de trabalho em que o empregado fica, no máximo por 24 horas, aguardando eventual chamado para o trabalho em sua residência. Este regime encontra amparo legal no artigo 244, 2º, da CLT, sendo que tal dispositivo determina que para cada hora de sobreaviso, o empregado receberá à razão de 1/3 da hora normal. A nova Súmula 428 do TST determina que o simples fato do empregado portar BIP, pager ou celular não caracteriza o regime de sobreaviso, pois nestes casos, o trabalhador não permanece em sua residência aguardando convocação para o serviço a qualquer momento. 5. Férias 5.1. Como se dá a aquisição do direito às férias e qual a sua duração? RESPOSTA: O período aquisitivo de férias ocorre após cada 12 meses de vigência do contrato de trabalho, conforme estabelecido no artigo 130 da CLT. A duração geral das férias na legislação trabalhista brasileira é de 30 dias corridos.

10 5.2. Quais são as hipóteses em que o empregado perde o direito às férias? RESPOSTA: Embora as férias sejam de grande importância ao empregado, este poderá perdê-la se verificada as hipóteses do artigo 133 da CLT, quais sejam: I- Se o empregado deixar o emprego e não for readmitido dentro 60 dias subsequentes à sua saída; II- Se o empregado permanecer em gozo de licença, com percepção de salários, por mais de 30 dias; III- Quando o empregado deixa de trabalhar, com percepção do salário, por mais de 30 dias, em virtude de paralisação parcial ou total dos serviços da empresa; IV- Se o empregado tiver percebido da Previdência Social prestações de acidente de trabalho ou de auxílio-doença por mais de 6 meses, embora descontínuos Qual o período de concessão e da época das férias? Qual a consequência da concessão das férias fora do prazo? RESPOSTA: As férias deverão ser concedidas por ato do empregador, em apenas um período, nos 12 meses subsequentes à data em que o empregado tiver adquirido o direito, nos termos do artigo 134 da CLT. Desde que observado o prazo do período concessivo, as férias serão concedidas de acordo com os interesses do empregador, segundo o disposto no artigo 136 da CLT. A consequência da concessão das férias fora do prazo acarretará o pagamento da remuneração em dobro, em conformidade com o artigo 137 da CLT e Súmula 81 TST. Por fim, se as férias não puderem ser concedidas dentro do período de concessão, não por culpa ou por causa do empregador, mas no caso de acidente de trabalho ou licença-maternidade, não é possível penalizar

11 o empregador de boa fé, de modo que não incide o direito de pagamento das férias em dobro É lícita a conversão de parte das férias em pecúnia? RESPOSTA: Segundo o artigo 143 da CLT, é facultado ao trabalhador, desde que não submetido ao regime de tempo parcial converter em 1/3 do período de férias que tiver direito em abono pecuniário. Esse abono deverá ser requerido até 15 dias antes do termino do período aquisitivo, conforme previsão legal do artigo 143, 1º, da CLT.

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso.

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. Por que se diz instrumento: a razão pela qual o recurso se chama agravo de

Leia mais

PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual.

PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual. PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Legitimidade - art. 499 CPC: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual. Preposto é parte? Pode recorrer? NÃO.

Leia mais

FÉRIAS INDIVIDUAIS. Neste fascículo de Uma entrevista com o Advogado, apresentamos algumas respostas aos questionamentos sobre férias individuais.

FÉRIAS INDIVIDUAIS. Neste fascículo de Uma entrevista com o Advogado, apresentamos algumas respostas aos questionamentos sobre férias individuais. FÉRIAS INDIVIDUAIS Neste fascículo de Uma entrevista com o Advogado, apresentamos algumas respostas aos questionamentos sobre férias individuais. 1) Quem tem direito a férias individuais? Todos os empregados

Leia mais

TEORIA GERAL DOS RECURSOS

TEORIA GERAL DOS RECURSOS TEORIA GERAL DOS RECURSOS PRINCÍPIOS RECURSAIS FUNGIBILIDADE Também chamado de princípio da conversibilidade ou da instrumentalidade das formas, uma vez que sobreleva o conteúdo do recurso ao seu aspecto

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann TEORIA GERAL DOS RECURSOS TRABALHISTAS Recurso meio voluntário de impugnação de decisões judiciais, interno ao processo, que visa a reforma, a anulação ou ao aprimoramento da decisão atacada. (Luiz Guilherme

Leia mais

EXAME DA OAB 2011.1 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO REVISÃO DE TEMAS DE DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

EXAME DA OAB 2011.1 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO REVISÃO DE TEMAS DE DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO EXAME DA OAB 2011.1 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO REVISÃO DE TEMAS DE DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO ATUALIZAÇÕES - NOVA SÚMULA 426 DO TST DEPÓSITO RECURSAL. UTILIZAÇÃO DA GUIA GFIP.

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO... 15 PREFÁCIO... 17 INTRODUÇÃO... 19 Capítulo I FLEXIBILIZAÇÃO... 21 1.1. Definição... 21 1.2. Flexibilização da norma... 23 1.3. Flexibilizar a interpretação e

Leia mais

2.5.5 Contrato por prazo indeterminado 2.5.6 Contrato por prazo determinado 2.6 Contrato por prazo determinado da CLT 2.7 Terceirização 2.

2.5.5 Contrato por prazo indeterminado 2.5.6 Contrato por prazo determinado 2.6 Contrato por prazo determinado da CLT 2.7 Terceirização 2. SUMÁRIO 1. DIREITO INDIVIDUAL DO TRABALHO INTRODUÇÃO 1.1 Fontes do Direito do Trabalho 1.1.1 Classificação 1.1.2 Hierarquia entre as fontes justrabalhistas 1.2 Princípios do direito do trabalho 1.2.1 Princípio

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO: O artigo 895 parece ser taxativo, em suas alíneas a) e b) ao afirmarem que é cabível o recurso de revista quando:

RECURSO ORDINÁRIO: O artigo 895 parece ser taxativo, em suas alíneas a) e b) ao afirmarem que é cabível o recurso de revista quando: RECURSO ORDINÁRIO: Está previsto no artigo 893 da Consolidação das Leis do trabalho e é disciplinado no artigo 895 da mesma lei. Pode ser interposto, no prazo de 8 dias, tanto das sentenças terminativas,

Leia mais

Com a citada modificação, o artigo 544, do CPC, passa a vigorar com a seguinte redação:

Com a citada modificação, o artigo 544, do CPC, passa a vigorar com a seguinte redação: O NOVO AGRAVO CONTRA DESPACHO DENEGATÓRIO DE RECURSO EXTRAORDINÁRIO E ESPECIAL 2011-06-15 Alexandre Poletti A Lei nº 12.322/2010, que alterou os artigos 544 e 545 do CPC, acabou com o tão conhecido e utilizado

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-1132-24.2011.5.23.0008. A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/th/af

PROCESSO Nº TST-RR-1132-24.2011.5.23.0008. A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/th/af A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/th/af RECURSO DE REVISTA. REGULARIDADE DE REPRESENTAÇÃO. DECLARAÇÃO DE AUTENTICIDADE DO MANDATO FIRMADA PELO ADVOGADO CONSTITUÍDO. A Lei nº 11.925/2009, que alterou a redação

Leia mais

PETIÇÃO INICIAL. EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE... art. 651 do CLT

PETIÇÃO INICIAL. EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE... art. 651 do CLT PETIÇÃO INICIAL PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS Valor da causa!!!!! EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE... art. 651 do CLT Reclamante - nome e sobrenome, profissão, estado civil, documentos

Leia mais

LABORATÓRIO 3. VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO LABORATÓRIO 3 PROFA. Maria Eugênia Conde @mageconde.

LABORATÓRIO 3. VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO LABORATÓRIO 3 PROFA. Maria Eugênia Conde @mageconde. Caso Prático Emerson Lima propôs reclamação trabalhista, pelo rito ordinário, em face de Rancho dos Quitutes, alegando que trabalhava como atendente em uma loja de conveniência localizada em um posto de

Leia mais

ORIENTAÇÃO PROFESSOR - Normas

ORIENTAÇÃO PROFESSOR - Normas ORIENTAÇÃO PROFESSOR - Normas Conheça as regras especiais do contrato de trabalho do professor O professor no exercício do magistério em estabelecimento particular de ensino mereceu tratamento especial

Leia mais

Ambos os recursos de estrito direito têm a sua causa de pedir prevista na Constituição Federal

Ambos os recursos de estrito direito têm a sua causa de pedir prevista na Constituição Federal Interposição: perante o órgão prolator da decisão Recurso Especial Nomenclatura: REsp Competência: Superior Tribunal de Justiça STJ Prazo para interposição 15 dias; Recurso Extraordinário Nomenclatura:

Leia mais

XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso

XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso 2ª Fase OAB - Civil Juquinha Junior, representado por sua genitora Ana, propôs ação de investigação de paternidade

Leia mais

NORMA DE FÉRIAS. RES. nº 1628/09. Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba

NORMA DE FÉRIAS. RES. nº 1628/09. Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba Vinculada ao Ministério da Integração Nacional - M I. nº 1628/09 FOR-101 1/5 S U M Á R I O 1 Objetivo, 2/5 2 Definição, 2/5 3 Competências,

Leia mais

Férias Proporcionais Até 5 faltas 6 a 14 faltas 15 a 23 faltas 24 a 32 faltas

Férias Proporcionais Até 5 faltas 6 a 14 faltas 15 a 23 faltas 24 a 32 faltas FÉRIAS ASPECTOS GERAIS Férias é o período de descanso anual, que deve ser concedido ao empregado após o exercício de atividades por um ano, ou seja, por um período de 12 meses, período este denominado

Leia mais

Tribunal Superior do Trabalho

Tribunal Superior do Trabalho Tribunal Superior do Trabalho RR-37200-28.2008.5.15.0128 A C Ó R D Ã O RECURSO DE REVISTA. APOSENTADORIA POR INVALIDEZ. RESCISÃO CONTRATUAL. RECUSA DE RECEBIMENTO DE VERBAS RESCISÓRIAS. EXTINÇÃO DA UNIDADE

Leia mais

OAB EXAME IX 2012.3 FEVEREIRO/2013 2.ª ETAPA COMENTÁRIOS

OAB EXAME IX 2012.3 FEVEREIRO/2013 2.ª ETAPA COMENTÁRIOS PEÇA PROCESSUAL: OAB EXAME IX 2012.3 FEVEREIRO/2013 2.ª ETAPA COMENTÁRIOS OAB 2ª ETAPA PRÁTICA TRABALHISTA Caros amigos e alunos do Pro Labore, Primeiramente, gostaria de externar a minha satisfação quanto

Leia mais

Recursos Humanos. Cálculos de Folha de Pagamento - Férias e Décimo-Terceiro. Férias - Finalidade. Férias - Direito. Patrícia Ramos Palmieri

Recursos Humanos. Cálculos de Folha de Pagamento - Férias e Décimo-Terceiro. Férias - Finalidade. Férias - Direito. Patrícia Ramos Palmieri Recursos Humanos Patrícia Ramos Palmieri Cálculos de Folha de Pagamento - Férias e Décimo-Terceiro 1 Férias - Finalidade A finalidade básica da concessão das férias é o restabelecimento das forças físicas

Leia mais

ALEKSANDER MENDES ZAKIMI Advogado militante; Mestrando em Direito Difusos e Coletivos pela UNIMES; Especialista em Direito Processual Civil

ALEKSANDER MENDES ZAKIMI Advogado militante; Mestrando em Direito Difusos e Coletivos pela UNIMES; Especialista em Direito Processual Civil Curso: Recurso de Embargos de Declaração e Agravo no Processo Civil Sistemática do CPC Vigente e do Novo CPC ALEKSANDER MENDES ZAKIMI Advogado militante; Mestrando em Direito Difusos e Coletivos pela UNIMES;

Leia mais

Em relação à natureza jurídica do recurso existem duas correntes.

Em relação à natureza jurídica do recurso existem duas correntes. RECURSOS TRABALHISTAS CONCEITO E NATUREZA JURÍDICA Recurso é a provação do reexame de determinada decisão pela autoridade hierarquicamente, em regra, ou pela própria autoridade prolatora da decisão, objetivando

Leia mais

TABELA DE RESPOSTA DAS QUESTÕES OBJETIVAS (questões 1 a 5) Respostas. a b c d e

TABELA DE RESPOSTA DAS QUESTÕES OBJETIVAS (questões 1 a 5) Respostas. a b c d e CURSO: Direito DISCIPLINA: Execução Trabalhista e Procedimentos Especiais DATA: 29/05/2013 PROF.: Marcelo Gerard AVALIAÇÃO - NP2 Constam desta avaliação 6 (seis) questões, no valor de um ponto cada. As

Leia mais

VI pedido de reexame de admissibilidade de recurso especial.

VI pedido de reexame de admissibilidade de recurso especial. PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, 2013 - COMPLEMENTAR Estabelece normas gerais sobre o processo administrativo fiscal, no âmbito das administrações tributárias da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE FÉRIAS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE FÉRIAS 23/04/203. INTRODUÇÃO A Política de Férias tem por objetivo estabelecer os critérios relativos a concessão de férias dos empregados da Melhoramentos Papéis 2. ESCOPO Férias solicitadas pelos funcionários

Leia mais

ASPECTOS POLÊMICOS SOBRE A CONTAGEM DO PERÍODO AQUISITIVO DE FÉRIAS

ASPECTOS POLÊMICOS SOBRE A CONTAGEM DO PERÍODO AQUISITIVO DE FÉRIAS ASPECTOS POLÊMICOS SOBRE A CONTAGEM DO PERÍODO AQUISITIVO DE FÉRIAS Paulo Sérgio Basílio Advogado OBJETO DE ESTUDO O presente artigo se limitará a analisar questão controvertida sobre a contagem dos períodos

Leia mais

EXERCÍCIO DE SALA 1. 2- Do mérito: 2.1- Da responsabilidade do recorrente:

EXERCÍCIO DE SALA 1. 2- Do mérito: 2.1- Da responsabilidade do recorrente: EXERCÍCIO DE SALA 1 2- Do mérito: 2.1- Da responsabilidade do recorrente: A decisão recorrida, proferida pelo Eg TRT, manteve a sentença de primeiro grau que havia reconhecido a responsabilidade do recorrente,

Leia mais

COMENTÁRIOS ÀS ALTERAÇÕES PROCESSUAIS TRABALHISTAS DECORRENTES DA LEI 13.015, DE 22/7/2014. Da Academia Nacional de Direito do Trabalho.

COMENTÁRIOS ÀS ALTERAÇÕES PROCESSUAIS TRABALHISTAS DECORRENTES DA LEI 13.015, DE 22/7/2014. Da Academia Nacional de Direito do Trabalho. COMENTÁRIOS ÀS ALTERAÇÕES PROCESSUAIS TRABALHISTAS DECORRENTES DA LEI 13.015, DE 22/7/2014. José Alberto Couto Maciel Da Academia Nacional de Direito do Trabalho. Foi sancionada a Lei 13.015/2014, que

Leia mais

VI Exame OAB 2ª FASE Padrão de correção Direito do Trabalho

VI Exame OAB 2ª FASE Padrão de correção Direito do Trabalho VI Exame OAB 2ª FASE Padrão de correção Direito do Trabalho Peça 1) Estrutura inicial O examinando deve elaborar uma contestação, indicando o fundamento legal (artigo 847 da CLT ou artigo 300 do CPC),

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 09 /2008

RESOLUÇÃO Nº. 09 /2008 1 RESOLUÇÃO Nº. 09 /2008 Dispõe sobre o Regimento Interno da Junta Recursal do Programa Estadual de Proteção e Defesa ao Consumidor JURDECON e dá outras providências. O Colégio de Procuradores de Justiça

Leia mais

(A) II e III. (B) I e II. (C) I e III. (D) III. (E) I. Direito Processual do Trabalho Aula 2: Exercícios TRT FCC

(A) II e III. (B) I e II. (C) I e III. (D) III. (E) I. Direito Processual do Trabalho Aula 2: Exercícios TRT FCC Direito Processual do Trabalho Aula 2: Exercícios TRT FCC Maria Inês Gerardo www.mariainesgerardo.com.br (TRT 23ª Região/2011 ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA JUDICIÁRIA - FCC) Com relação à Revelia e à Confissão,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7ª Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUROS DA MORA. FAZENDA PÚBLICA. APLICAÇÃO DA OJ 7, DO PLENO DO C. TST. Em se tratando de condenação envolvendo a Fazenda Pública, a incidência dos juros da mora

Leia mais

RELATÓRIO. Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL

RELATÓRIO. Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Órgão: TURMA REGIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DE JURISPRUDÊNCIA N. Processo: 0500029-74.2008.4.05.8103 Origem: Primeira Turma Recursal do Estado do Ceará Recorrente: João Ferreira

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação 2007/1 ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

(15 i JIVr1 \PI \ 5. fpr5: 441.-w PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA PRESIDÊNCIA

(15 i JIVr1 \PI \ 5. fpr5: 441.-w PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA PRESIDÊNCIA (15 i JIVr1 \PI \ 5 N. 441.-w A fpr5: PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA PRESIDÊNCIA RECURSO ESPECIAL N. 030.2009.000801-9/001. RECORRENTE : Marcos Valerio de Sousa Bandeira. ADVOGADOS : Hugo

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO - 0033300-35.2009.5.01.0017 - RTOrd A C Ó R D Ã O 4ª Turma

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO - 0033300-35.2009.5.01.0017 - RTOrd A C Ó R D Ã O 4ª Turma Convenção coletiva. SESI O SESI não é representado por sindicato de hospitais e estabelecimentos de serviços de saúde, sendo entidade cuja atividade preponderante é orientação e formação profissional.

Leia mais

1. PETIÇÃO INICIAL RECLAMAÇÃO TRABALHISTA.

1. PETIÇÃO INICIAL RECLAMAÇÃO TRABALHISTA. 1. PETIÇÃO INICIAL RECLAMAÇÃO TRABALHISTA. Fundamento legal: Art. 840 CLT Subsidiariamente: 282 do CPC. Partes: Reclamante (autor), Reclamada (ré). Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz do Trabalho da ª Vara

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa Agravo de Instrumento n 2 073.2012.001287-4 /001 Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa Agravante: Marina Jacaré Clube Advogado:

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL IX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL IX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL O pedido formulado numa reclamação trabalhista foi julgado procedente em parte. O juiz condenou a autora a 6 meses de detenção por crime contra a organização do trabalho,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 3ª T U R M A PODER JUDICIÁRIO FEDERAL MEMBRO DE CONSELHO CONSULTIVO. ESTABILIDADE. DESCABIMENTO. Não faz jus à estabilidade sindical o empregado eleito pelo órgão consultivo da entidade,

Leia mais

ALMEIDA GUILHERME Advogados Associados

ALMEIDA GUILHERME Advogados Associados Celeridade versus justiça por Priscilla Bitar D Onofrio Sócia de Almeida Guilherme Advogados e Jacqueline Gottschalk Membro de Almeida Guilherme Advogados A Justiça do Trabalho pode ser considerada rápida

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL X EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL X EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Zenga Modas Ltda., CNPJ 1.1.0001/00, com sede na Rua Lopes Quintas, 10 Maceió AL, encontra-se na seguinte situação: Joana Firmino, brasileira, casada, costureira,

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-542-30.2010.5.04.0002. A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/obc/ct/smf

PROCESSO Nº TST-RR-542-30.2010.5.04.0002. A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/obc/ct/smf A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/obc/ct/smf AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE REVISTA. ABONO PECUNIÁRIO. CONCESSÃO SEM O REQUERIMENTO DO EMPREGADO. O e. Tribunal Regional indeferiu o pedido de indenização

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RO-18000-62.2012.5.16.0000. A C Ó R D Ã O (SDI-2) GMHCS/cbq/GAM

PROCESSO Nº TST-RO-18000-62.2012.5.16.0000. A C Ó R D Ã O (SDI-2) GMHCS/cbq/GAM A C Ó R D Ã O (SDI-2) GMHCS/cbq/GAM RECURSO ORDINÁRIO EM MANDADO DE SEGURANÇA. HONORÁRIOS PERICIAIS. DEPÓSITO PRÉVIO. RELAÇÃO DE EMPREGO. ILEGALIDADE CONFIGURADA. O ato judicial impugnado é determinação

Leia mais

O NOVO CPC E OS PRECEDENTES EM MATÉRIA TRIBUTÁRIA

O NOVO CPC E OS PRECEDENTES EM MATÉRIA TRIBUTÁRIA O NOVO CPC E OS PRECEDENTES EM MATÉRIA TRIBUTÁRIA Fernando Facury Scaff Professor de Direito Financeiro da USP. Doutor e Livre Docente pela mesma Universidade. Sócio de Silveira, Athias, Soriano de Melo,

Leia mais

Cálculo das férias proporcionais e faltas

Cálculo das férias proporcionais e faltas Informativo 0 Página 0 Ano 2013 Cálculo das férias proporcionais e faltas FÉRIAS Após cada 12 meses de vigência do contrato de trabalho (período aquisitivo), o empregado tem direito ao gozo de um período

Leia mais

SENTENÇA. - Classificação a) definitiva É aquela que põe fim ao processo, inviabilizando nova análise da pretensão material.

SENTENÇA. - Classificação a) definitiva É aquela que põe fim ao processo, inviabilizando nova análise da pretensão material. SENTENÇA Conceito É o ato do juiz que põe fim ao processo com ou sem o exame do mérito. - Classificação a) definitiva É aquela que põe fim ao processo, inviabilizando nova análise da pretensão material.

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-120600-94.2009.5.06.0017. A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMDMC/Rd/cb/sr

PROCESSO Nº TST-RR-120600-94.2009.5.06.0017. A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMDMC/Rd/cb/sr A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMDMC/Rd/cb/sr A) AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA. CONTRATO POR PRAZO DETERMINADO. RESCISÃO ANTECIPADA. MULTA DE 40% SOBRE O FGTS. ART. 14 DO DECRETO Nº 99.684/90.

Leia mais

por tempo indeterminado, a execução compreenderá inicialmente as prestações devidas até a data em que proferida a sentença.

por tempo indeterminado, a execução compreenderá inicialmente as prestações devidas até a data em que proferida a sentença. Título X DO PROCESSO JUDICIÁRIO DO TRABALHO Art. 892 e 893 Nas prestações sucessivas por tempo determinado têm como exemplo a hipótese do acordo trabalhista. As parcelas do acordo são definidas previamente

Leia mais

O empregado caminhando na empresa, cai e se machuca vai pedir uma indenização na justiça do trabalho. (empregado x empregador);

O empregado caminhando na empresa, cai e se machuca vai pedir uma indenização na justiça do trabalho. (empregado x empregador); Turma e Ano: Flex B (2014) Matéria / Aula: Processo do Trabalho / Aula 04 Professor: Leandro Antunes Conteúdo: Procedimento Sumário, Procedimento Sumaríssimo. A competência para julgar acidente de trabalho:

Leia mais

DICAS FINAIS PRÁTICA TRABALHISTA X EXAME DE ORDEM UNIFICADO

DICAS FINAIS PRÁTICA TRABALHISTA X EXAME DE ORDEM UNIFICADO DICAS FINAIS PRÁTICA TRABALHISTA X EXAME DE ORDEM UNIFICADO PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL RECLAMAÇÃO TRABALHISTA Como identificar a peça? - Como regra, quando a peça for uma petição inicial, o problema não

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO RECORRENTE(S): RECORRIDO(S): SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA AUGUSTO SILVA EMENTA: ESTABILIDADE DECENAL. OPÇÃO PELO REGIME DO FGTS. PERÍODO ANTERIOR À OPÇÃO. INDENIZAÇÃO. DIREITO ADQUIRIDO. A opção pelo regime

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Origem: PRT da 4ª Região Órgão Oficiante: Dr. Roberto Portela Mildner Interessado 1: Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região. Interessado 2: Banco Bradesco S/A. Assuntos: Meio ambiente do trabalho

Leia mais

Trata-se de agravo de instrumento interposto contra despacho que negou seguimento a recurso de revista.

Trata-se de agravo de instrumento interposto contra despacho que negou seguimento a recurso de revista. A C Ó R D Ã O 8ª Turma DCBM/phb AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA. ADICIONAL DE PERICULOSIDADE. PAGAMENTO ESPONTÂNEO. TRABALHO EM ALTURA. Em razão de provável caracterização de ofensa ao art.

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-200600-19.2008.5.02.0085. A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/frp/lr/smf/AAB

PROCESSO Nº TST-RR-200600-19.2008.5.02.0085. A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/frp/lr/smf/AAB A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/frp/lr/smf/AAB I- AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE REVISTA. TERMO INICIAL DA ESTABILIDADE PROVISÓRIA DA MÃE ADOTANTE. DIREITO SOCIAL À FRUIÇÃO DA LICENÇA ADOTANTE INDEVIDAMENTE

Leia mais

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3 DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Ponto 1 Pedro ingressou com reclamação trabalhista contra o estado de São Paulo para ver reconhecido o vínculo de emprego entre ambos, ainda que não tenha havido prévia

Leia mais

NORMA DE FÉRIAS - NOR 304

NORMA DE FÉRIAS - NOR 304 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: SOLICITAÇÃO, PROGRAMAÇÃO, CONCESSÃO E PAGAMENTO DE FÉRIAS APROVAÇÃO: Resolução DIREX nº 023, de 04/02/2013 VIGÊNCIA: 04/02/2013 NORMA DE FÉRIAS - NOR 304 1/12

Leia mais

ART. 543-C DO CPC - FIM DOS REPETIDOS RECURSOS ESPECIAIS

ART. 543-C DO CPC - FIM DOS REPETIDOS RECURSOS ESPECIAIS ART. 543-C DO CPC - FIM DOS REPETIDOS RECURSOS ESPECIAIS Rénan Kfuri Lopes- Advogado, Professor, Palestrante, Pós- Graduado em Direito Processual Civil e Direito de Empresa, Membro do Instituto Brasileiro

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-104800-93.1995.5.02.0254. A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/am/af

PROCESSO Nº TST-RR-104800-93.1995.5.02.0254. A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/am/af A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/am/af RECURSO DE REVISTA. EXTINÇÃO DA EXECUÇÃO. PRESCRIÇÃO INTERCORRENTE. INAPLICABILIDADE AO PROCESSO DO TRABALHO. SÚMULA Nº 114 DO TST. Viola o art. 5º, XXXVI, da Constituição

Leia mais

2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online. EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC)

2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online. EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC) 2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC) Cabe de acórdão não unânime por 2x1 3 modalidades: a) Julgamento da apelação b) Julgamento

Leia mais

PROCESSO Nº TST-AIRR-1405-83.2011.5.01.0050. A C Ó R D Ã O 7ª Turma DCABP/acmg/cgel

PROCESSO Nº TST-AIRR-1405-83.2011.5.01.0050. A C Ó R D Ã O 7ª Turma DCABP/acmg/cgel A C Ó R D Ã O 7ª Turma DCABP/acmg/cgel AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA EM FACE DE DECISÃO PUBLICADA ANTES DA VIGÊNCIA DA LEI Nº 13.015/2014. REVELIA. COMPARECIMENTO DO PREPOSTO. AUSÊNCIA DE

Leia mais

DEPARTAMENTO PESSOAL

DEPARTAMENTO PESSOAL DEPARTAMENTO PESSOAL DÚVIDAS MAIS FREQUENTES 1 1. Documentos necessários para admissão Para o processo de admissão, o novo funcionário deverá apresentar a relação de documentos abaixo: *Carteira de Trabalho

Leia mais

DURAÇÃO DO TRABALHO Prof. Maria Cláudia Felten E-mail: maria.claudia.felten@terra.com.br JORNADA DE TRABALHO - Jornada de trabalho. - Benefícios da jornada de trabalho. - Diferença entre jornada de trabalho

Leia mais

autoridade consular brasileira competente, quando homologação de sentença estrangeira: (...) IV - estar autenticada pelo cônsul brasileiro e

autoridade consular brasileira competente, quando homologação de sentença estrangeira: (...) IV - estar autenticada pelo cônsul brasileiro e COMPARATIVO ENTRE A RESOLUÇÃO N. 9 E A EMENDA REGIMENTAL N. 18 DO STJ EMENDA REGIMENTAL N. 18 (2014) RESOLUÇÃO N. 9 (2005) Art. 1º O Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça passa a vigorar acrescido

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB PADRÃO DE RESPOSTAS PEÇA PROFISSIONAL Contratado pela empresa Clínica das Amendoeiras, em razão de uma reclamação trabalhista proposta em 12.12.2012 pela empregada Jussara Péclis (número 1146-63.2012.5.18.0002,

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO 9 RESPOSTAS. 1. Princípios que Regem a Execução Trabalhista. 2. Ação Rescisória na Justiça do Trabalho.

ESTUDO DIRIGIDO 9 RESPOSTAS. 1. Princípios que Regem a Execução Trabalhista. 2. Ação Rescisória na Justiça do Trabalho. ESTUDO DIRIGIDO 9 RESPOSTAS 1. Princípios que Regem a Execução Trabalhista. 2. Ação Rescisória na Justiça do Trabalho. 1. Princípios que Regem a Execução Trabalhista: 1.1. Quais os princípios que regem

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Aplicabilidade do art. 557 do CPC nas turmas recursais dos juizados especiais Nelson Henrique Rodrigues de França Moura* SUMÁRIO: 1 Introdução; 2 Artigo 557 do CPC - Poderes do do

Leia mais

Atuação do Gestor. no Departamento de Pessoal. Gestão de Pessoas. Fernando Silva da Paixão

Atuação do Gestor. no Departamento de Pessoal. Gestão de Pessoas. Fernando Silva da Paixão Atuação do Gestor no Departamento de Pessoal Atuação do Gestor Férias E 13º Salário Sistema Integrado de Gestão de Pessoas no Dep. Pessoal PLR Férias Todo empregado adquire o direito às férias após 12

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.280.171 - SP (2011/0144286-3) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO : MINISTRO MASSAMI UYEDA : A C DE A : ANNA CRISTINA BORTOLOTTO SOARES E OUTRO(S) : B L C DE A E OUTRO : CLEBER SPERI EMENTA

Leia mais

Conteúdo: Suspensão e Interrupção do Contrato de Trabalho. Jornada de Trabalho: Compensação de Jornada; Banco de Horas.

Conteúdo: Suspensão e Interrupção do Contrato de Trabalho. Jornada de Trabalho: Compensação de Jornada; Banco de Horas. Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Direito do Trabalho / Aula 05 Professor: Leandro Antunes Conteúdo: Suspensão e Interrupção do Contrato de Trabalho. Jornada de Trabalho: Compensação de Jornada;

Leia mais

ANTECIPAÇÃO DE TUTELA, EFEITO SUSPENSIVO E A REFORMA DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

ANTECIPAÇÃO DE TUTELA, EFEITO SUSPENSIVO E A REFORMA DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL ANTECIPAÇÃO DE TUTELA, EFEITO SUSPENSIVO E A REFORMA DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL GUILHERME DE ALMEIDA BOSSLE Bacharel em Direito pela Universidade do Vale do Itajaí Com a recente reforma do Código de Processo

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Funcionário afastado, e no decorrer ultrapassa o período de concessão de férias, terá diretito as férias

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Funcionário afastado, e no decorrer ultrapassa o período de concessão de férias, terá diretito as férias Funcionário afastado, e no decorrer ultrapassa o período de concessão de férias, terá diretito as férias 31/03/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3

Leia mais

mesmo empregador recebendo

mesmo empregador recebendo AULA 6: Salário e Remuneração: a partir do art. 457, CLT Equiparação Salarial empregado que almeja ganhar um salário maior, deseja o salário de outro, que é o chamado paradigma ou modelo idêntica função

Leia mais

http://www.lgncontabil.com.br/ Empregado aposentado - Rescisão do contrato de trabalho - Multa do FGTS

http://www.lgncontabil.com.br/ Empregado aposentado - Rescisão do contrato de trabalho - Multa do FGTS Empregado aposentado - Rescisão do contrato de trabalho - Multa do FGTS Sumário Introdução I - Contribuição previdenciária II - FGTS e demais verbas trabalhistas III - Rescisão contratual IV - Entendimentos

Leia mais

PEDIDO DE VISTA NA INDICAÇÃO Nº 022/2012, RELATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 2963/11, DE RELATORIA DO DR. IVAN NUNES FERREIRA.

PEDIDO DE VISTA NA INDICAÇÃO Nº 022/2012, RELATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 2963/11, DE RELATORIA DO DR. IVAN NUNES FERREIRA. PEDIDO DE VISTA NA INDICAÇÃO Nº 022/2012, RELATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 2963/11, DE RELATORIA DO DR. IVAN NUNES FERREIRA. VOTO DE VISTA: FAUZI AMIM SALMEM PELA APROVAÇÃO DO RELATÓRIO, COM AS SEGUINTES

Leia mais

INFORMATIVO 14/2015 LEI COMPLEMENTAR REGULAMENTA DIREITO DOS EMPREGADOS DOMÉSTICOS

INFORMATIVO 14/2015 LEI COMPLEMENTAR REGULAMENTA DIREITO DOS EMPREGADOS DOMÉSTICOS Data do boletim informativo Volume 1, Edição 1 Digite o título aqui INFORMATIVO 14/2015 LEI COMPLEMENTAR REGULAMENTA DIREITO DOS EMPREGADOS DOMÉSTICOS Lei Complementar nº 150, de 1º de junho de 2015 -

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0313.11.032435-4/001 Númeração 0324354- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Eduardo Andrade Des.(a) Eduardo Andrade 28/10/2014 10/11/2014 EMENTA: ADMINISTRATIVO

Leia mais

DEPÓSITO RECURSAL EM AGRAVO DE INSTRUMENTO NO PROCESSO DO TRABALHO

DEPÓSITO RECURSAL EM AGRAVO DE INSTRUMENTO NO PROCESSO DO TRABALHO DEPÓSITO RECURSAL EM AGRAVO DE INSTRUMENTO NO PROCESSO DO TRABALHO Gustavo Filipe Barbosa Garcia RESUMO: O objetivo deste estudo é examinar as principais consequências da alteração da Lei nº 12.275/10,

Leia mais

As Principais Modificações no Processo Civil. Pedro Henrique Pedrosa Nogueira

As Principais Modificações no Processo Civil. Pedro Henrique Pedrosa Nogueira As Principais Modificações no Processo Civil Pedro Henrique Pedrosa Nogueira PARTE GERAL E PROCEDIMENTO COMUM Valorização do contraditório Distribuição dinâmica do ônus da prova Gestão do procedimento

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 10a Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA. DECADÊNCIA. PRESCRIÇÃO. PRAZO INICIAL. O processo do trabalho guarda perfeita simetria ao processo administrativo tributário posto

Leia mais

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ VANIA MARIA CREMONESE DE MEDEIROS RECURSO DE REVISTA NO PROCESSO DO TRABALHO

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ VANIA MARIA CREMONESE DE MEDEIROS RECURSO DE REVISTA NO PROCESSO DO TRABALHO UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ VANIA MARIA CREMONESE DE MEDEIROS RECURSO DE REVISTA NO PROCESSO DO TRABALHO CURITIBA 2012 VANIA MARIA CREMONESE DE MEDEIROS RECURSO DE REVISTA NO PROCESSO DO TRABALHO Trabalho

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.228.778 - MT (2010/0217471-4) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO RECORRIDO : MINISTRO SIDNEI BENETI : WANDER CARLOS DE SOUZA : SÉRGIO DONIZETE NUNES : GILBERTO LUIZ DE REZENDE : DANIELA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. ABRAHAM LINCOLN DA CUNHA RAMOS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. ABRAHAM LINCOLN DA CUNHA RAMOS PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GAB. DES. ABRAHAM LINCOLN DA CUNHA RAMOS AGRAVO DE INSTRUMENTO N 999.2013.000251-5/001 RELATOR : Des. Abraham Lincoln da Cunha Ramos AGRAVANTE : Diretor

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE RECURSOS

ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE RECURSOS 5º CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DAS PROMOTORIAS ELEITORAIS E-mail : cao5@mp.rj.gov.br Coordenador: Marcos Ramayana Blum de Moraes Subcoordenador: Marcus Cavalcante Pereira Leal Endereço: Av. Marechal Câmara

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA DECISÃO MONOCRÁTICA.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA DECISÃO MONOCRÁTICA. DECISÃO MONOCRÁTICA. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA REMESSA OFICIAL N. 200.2010.034-761-21001. ORIGEM : 2.a Vara da Fazenda Pública da Comarca da

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 966.736 - RS (2007/0152846-0) RELATOR : MINISTRO NAPOLEÃO NUNES MAIA FILHO RECORRENTE : PAULO GILBERTO ALTMANN ADVOGADO : ANDRE ROBERTO MALLMANN RECORRIDO : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO

Leia mais

Férias Individuais e Coletivas; Período Aquisitivo e Concessivo; Remuneração; Abono; Efeitos na Rescisão Contratual

Férias Individuais e Coletivas; Período Aquisitivo e Concessivo; Remuneração; Abono; Efeitos na Rescisão Contratual Lição 6. Férias Férias Individuais e Coletivas; Período Aquisitivo e Concessivo; Remuneração; Abono; Efeitos na Rescisão Contratual 6.1. FÉRIAS INDIVIDUAIS: arts. 129 a 138 da CLT. As férias correspondem

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL O Município Beta instituiu por meio de lei complementar, publicada em 28 de dezembro de 2012, Taxa de Iluminação Pública (TIP). A lei complementar previa que os proprietários

Leia mais

PROCESSO DO TRABALHO PONTO 13. Ponto 13:

PROCESSO DO TRABALHO PONTO 13. Ponto 13: Ponto 13: Recurso de revista. Pressupostos intrínsecos de admissibilidade. Prequestionamento. Matéria de fato. Efeitos. Juízo de admissibilidade. Recurso nos dissídios coletivos. Efeito suspensivo. SUMÁRIO

Leia mais

1) FCC - 2011 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Analista Judiciário - Área Judiciária

1) FCC - 2011 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Analista Judiciário - Área Judiciária 1) FCC - 2011 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Analista Judiciário - Área Judiciária De acordo com a Lei Imagem 8.009/90, o bem de família NÃO poderá ser penhorado a) pelo credor de pensão alimentícia. b) em razão

Leia mais

CONFEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONDSEF

CONFEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONDSEF Nota Técnica AJN/CONDSEF n. 07/2011 CONDSEF. Possibilidade de conversão de tempo de serviço prestado em condições especiais em tempo de serviço comum após o advento da Medida Provisória n. 1.663, posteriormente

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Decisão sobre Repercussão Geral DJe 23/10/2012 Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 11 30/08/2012 PLENÁRIO REPERCUSSÃO GERAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 684.169 RIO GRANDE DO SUL RELATOR RECTE.(S) ADV.(A/S)

Leia mais

Súmulas e OJ s do TST selecionadas Processo do Trabalho

Súmulas e OJ s do TST selecionadas Processo do Trabalho Súmulas e OJ s do TST selecionadas Processo do Trabalho SUM-8 JUNTADA DE DOCUMENTO (mantida) - Res. 121/2003, DJ 19, 20 e 21.11.2003 - A juntada de documentos na fase recursal só se justifica quando provado

Leia mais

MANUAL DE PROCESSO DO TRABALHO

MANUAL DE PROCESSO DO TRABALHO MANUAL DE PROCESSO DO TRABALHO SUMÁRIO Nota do Autor I - História do Direito Processual do Trabalho Brasileiro 1 Introdução 2 Fase de institucionalização 3 Fase de constitucionalização 4 Fase de incorporação

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39 SUMÁRIO Apresentação da Coleção...15 CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 1. Antecedentes históricos da função de advogado...19 2. O advogado na Constituição Federal...20 3. Lei de regência da

Leia mais

COMPLEXO EDUCACIONAL DAMÁSIO DE JESUS EXAME DA OAB 2011.2 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO AULA RECURSO ORDINÁRIO E TERCEIRIZAÇÃO

COMPLEXO EDUCACIONAL DAMÁSIO DE JESUS EXAME DA OAB 2011.2 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO AULA RECURSO ORDINÁRIO E TERCEIRIZAÇÃO COMPLEXO EDUCACIONAL DAMÁSIO DE JESUS EXAME DA OAB 2011.2 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO AULA RECURSO ORDINÁRIO E TERCEIRIZAÇÃO ESTRUTURA DO RECURSO ORDINÁRIO 1ª PEÇA: PETIÇÃO DE INTERPOSIÇÃO OU PEÇA DE ENCAMINHAMENTO

Leia mais

- CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL -

- CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL - - CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL - Copyright -Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada destes materiais, no todo ou em parte, constitui violação do direitos autorais. (Lei nº 9.610). 4.

Leia mais

PROCEDIMENTO SUMÁRIO e SUMARÍSSIMO

PROCEDIMENTO SUMÁRIO e SUMARÍSSIMO PROCEDIMENTO SUMÁRIO e SUMARÍSSIMO 1. Procedimento Sumário e Sumaríssimo 1.1 Generalidades I. Processo de Conhecimento (artigo 272 Livro I): b) Comum: a.1) Ordinário (regra geral) a.2) Sumário (275) b)especiais

Leia mais