Mapeamento de APP e Reserva Legal APP de corpos d água

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mapeamento de APP e Reserva Legal APP de corpos d água"

Transcrição

1 1/53 Mapeamento de APP e Reserva Legal APP de corpos d água Técnicas de mapeamento: exercícios práticos Eng. Allan Saddi Arnesen Mestre em Sensoriamento Remoto - INPE

2 2/53 Conteúdo programático: Capitulo 1: Novo Código Florestal; Capitulo 2: Fundamentos de Sensoriamento Remoto e SIG; Capitulo 3: Mapeamento de APP e Reserva Legal APP de corpos d água; Capitulo 4: Mapeamento de APP de declividade e topo de morro; Capítulo 5: Cadastro Ambiental Rural; Capitulo 6: Cotas de Reserva Ambiental.

3 3/53 Tópicos abordado neste capitulo: APP e Reserva Legal; Estudo de caso para exercícios práticos: área de estudo; Exercício 1 Mapeamento de APP de nascente; Exercício 2 Mapeamento de APP de cursos d água; Exercício 3 Mapeamento de APP de lagos e lagoas naturais.

4 4/53 Áreas de Preservação Permanente Lei /2012: Art. 3 o Entende-se por: II APP: área protegida, coberta ou não por vegetação nativa, com a função ambiental de preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica e a biodiversidade, facilitar o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo e assegurar o bem-estar das populações humanas;

5 5/53 Reserva Legal Lei /2012: Art. 3 o Entende-se por: III - Reserva Legal: área localizada no interior de uma propriedade ou posse rural, delimitada nos termos do art. 12, com a função de assegurar o uso econômico de modo sustentável dos recursos naturais do imóvel rural, auxiliar a conservação e a reabilitação dos processos ecológicos e promover a conservação da biodiversidade, bem como o abrigo e a proteção de fauna silvestre e da flora nativa;

6 6/53 Reserva Legal Lei /2012: Art. 12 o Percentuais mínimos de área da propriedade rural, que não sejam APP: I - localizado na Amazônia Legal: a - 80% (oitenta por cento), no imóvel situado em área de florestas; b - 35% (trinta e cinco por cento), no imóvel situado em área de cerrado; c - 20% (vinte por cento), no imóvel situado em área de campos gerais; II - localizado nas demais regiões do País: 20% (vinte por cento).

7 7/53 APP de corpos d água A mata ciliar é a vegetação localizada nas margens dos corpos d água (rios, córregos, lagos, represas e nascentes) e possui grande importância para preservação dos ecossistemas. Fonte: Fonte: Fonte: agriambmontealto

8 8/53 APP de cursos d água Lei / Art. 4 o Considera-se APP: I - as faixas marginais de curso d água em largura mínima de: a) 30 metros, para os cursos d água de menos de 10 metros de largura; b) 50 metros, para os cursos d água que tenham de 10 a 50 metros de largura; c) 100 metros, para os cursos d água que tenham de 50 a 200 metros de largura; d) 200 metros, para os cursos d água que tenham de 200 a 600 metros de largura; e) 500 metros, para os cursos d água que tenham largura superior a 600 metros;

9 9/53 APP de lagos e lagoas Lei / Art. 4 o Considera-se APP: II - as áreas no entorno dos lagos e lagoas naturais, em faixa com largura mínima de: a) 100 metros, em zonas rurais, exceto para o corpo d água com até 20 hectares de superfície, cuja faixa marginal será de 50 metros; b) 30 metros, em zonas urbanas;

10 10/53 APP de nascentes Lei / Art. 4 o Considera-se APP: IV - as áreas no entorno das nascentes e dos olhos d água perenes, qualquer que seja sua situação topográfica, no raio mínimo de 50 (cinquenta) metros;

11 11/53 Estudo de caso para exercícios práticos Objetivo: mapear as APP de corpos d água (nascentes, lagos e lagoas e curso d água); Área de estudo: Localizada no município de Palmitos - SC

12 12/53 Exercício 1 Mapeamento de APP de nascentes Pontos de nascentes Geração das áreas de APP de nascentes Cálculo das áreas de APP de nascentes

13 13/53 Geração de áreas de APP de nascentes: ferramenta Buffer Adicione o shapefile de pontos de nascentes (Nascentes.shp) e selecione a ferramenta Buffer no ArcToolbox: Analysis Tools > Proximity > Buffer

14 14/53 Geração de áreas de APP de nascentes: ferramenta Buffer Lei 12651/12 Art. 4º, Par. IV: as áreas no entorno das nascentes e dos olhos d água perenes, qualquer que seja sua situação topográfica, no raio mínimo de 50 (cinquenta) metros

15 15/53 Geração de áreas de APP de nascentes: ajustes no resultado da ferramenta Buffer Editor > Start Editing

16 16/53 Geração de áreas de APP de nascentes: ajustes no resultado da ferramenta Buffer Editor > More Editing Tools > Advanced Editing

17 17/53 Geração de áreas de APP de nascentes: ajustes no resultado da ferramenta Buffer Na barra Advanced Editing > Explode Multi-part Feature E depois Editor > Stop Editing

18 18/53 Cálculo das áreas de APP de nascentes: adição de colunas de tipo de APP e área Na tabela de atributos (clicar com o botão direito sobre APP_nascentes): Table Options > Add Field Adicionar os campos: APP: que irá conter o tipo de APP (variável do tipo Text) Area: que irá conter as áreas dos polígonos (variável do tipo Double)

19 19/53 Cálculo das áreas de APP de nascentes: ferramenta Calculate Geometry Editor > Start Editing Clicar com o botão direito sobre o nome da coluna Area e clicar em Calculate Geometry

20 20/53 Cálculo das áreas de APP de nascentes: adicionar o tipo de APP Selecionar todas as feições (Table Options>Select All) e Editor > Start Editing Selecione todas as feições e Editor > Editing Windows > Attributes

21 21/53 Cálculo das áreas de APP de nascentes: adicionar o tipo de APP

22 22/53 Exercício 2 Mapeamento de APP de lagos e lagoas naturais Lagos e lagoas (shapefile de polígonos) Área urbana (shapefile de polígonos) Separação dos lagos e lagoas urbanas e rurais Geração das APP de lagos e lagoas urbanas e rurais Cálculo das áreas de APP lagos e lagoas

23 23/53 Separação dos lagos e lagoas urbanas e rurais Adicione os shapefiles de polígonos de Lagos e lagoas e Área urbana (Area urbana.shp e Lagos_e_Lagoas.shp)

24 24/53 Separação dos lagos e lagoas urbanas e rurais: Ferramenta Intersect para Lagos urbanos No ArcToolbox: Analysis Tools > Overlay > Intersect

25 25/53 Separação dos lagos e lagoas urbanas e rurais: Ferramenta Intersect para Lagos urbanos

26 26/53 Separação dos lagos e lagoas urbanas e rurais: ferramenta Erase para Lagos rurais

27 27/53 Separação dos lagos e lagoas urbanas e rurais: ferramenta Erase para Lagos rurais

28 28/53 Geração de áreas de APP de lagos e lagoas: urbanos ferramenta Buffer Lei 12651/12 Art. 4º, Par. II: as áreas no entorno dos lagos e lagoas naturais, em faixa com largura mínima de: b) 30 (trinta) metros, em zonas urbanas;

29 29/53 Geração de áreas de APP de lagos e lagoas: urbanos ajustes no resultado da ferramenta Buffer Será necessário excluir dos polígonos de APP (gerado na ferramenta Buffer) os polígonos de lagos e lagoas, fazendo os seguintes ajustes: 1) Comece a edição do shapefile APP_Lagos_e_lagoasurb.shp; 2) Habilite apenas o shapefile Lagos_e_lagoas_urb.shp 3) Selecione todos os polígonos do shapefile Lagos_e_lagoas_urb e clique com o botão direito e copie (Copy);

30 30/53 Geração de áreas de APP de lagos e lagoas: urbanos ajustes no resultado da ferramenta Buffer 4) Habilite apenas o shapefile APP_Lagos_e_lagoas_urb.shp 5) Clique com o botão direito e cole (Paste);

31 31/53 Geração de áreas de APP de lagos e lagoas: urbanos ajustes no resultado da ferramenta Buffer 6) Editor > Merge > OK;

32 32/53 Geração de áreas de APP de lagos e lagoas: urbanos ajustes no resultado da ferramenta Buffer 7) Editor > Clip > OK;

33 33/53 Geração de áreas de APP de lagos e lagoas: urbanos ajustes no resultado da ferramenta Buffer 8) Clique com o botão direito e Delete;

34 34/53 Geração de áreas de APP de lagos e lagoas: urbanos ajustes no resultado da ferramenta Buffer 9) Advanced Editing > Explode Multi-part Feature;

35 35/53 Cálculo das áreas de APP de lagos e lagoas: urbanos tipo de APP e área

36 36/53 Geração de áreas de APP de lagos e lagoas: rurais verificação das áreas dos lagos Lei 12651/12 Art. 4º, Par. II: II - as áreas no entorno dos lagos e lagoas naturais, em faixa com largura mínima de: a) 100 (cem) metros, em zonas rurais, exceto para o corpo d água com até 20 (vinte) hectares de superfície, cuja faixa marginal será de 50 (cinquenta) metros;

37 37/53 Geração de áreas de APP de lagos e lagoas: rurais verificação das áreas dos lagos Lei 12651/12 Art. 4º, Par. II: II - as áreas no entorno dos lagos e lagoas naturais, em faixa com largura mínima de: a) 100 (cem) metros, em zonas rurais, exceto para o corpo d água com até 20 (vinte) hectares de superfície, cuja faixa marginal será de 50 (cinquenta) metros;

38 38/53 Geração de áreas de APP de lagos e lagoas: rurais ferramenta Buffer Lei 12651/12 Art. 4º, Par. II: II - as áreas no entorno dos lagos e lagoas naturais, em faixa com largura mínima de: a) 100 (cem) metros, em zonas rurais, exceto para o corpo d água com até 20 (vinte) hectares de superfície, cuja faixa marginal será de 50 (cinquenta) metros;

39 39/53 Geração de áreas de APP de lagos e lagoas: rurais ajustes no resultado da ferramenta Buffer Ajustes: 1) Excluir as áreas dos polígonos dos lagos e lagoas das áreas de APP, utilizando a ferramenta Editor (Copy, Paste, Merge, Clip e Delete) 2) Adicionar as colunas de tipo de APP e Area; 3) Preencher a informação de tipos de APP e calcular as áreas.

40 40/53 Exercício 3 Mapeamento de APP de cursos d água Hidrografia (shapefiles de linhas e polígonos) Geração das áreas de APP dos cursos d água para as diferentes faixas de largura Cálculo das áreas de APP de curso d água

41 41/53 Geração de áreas de APP de rios com largura até 10 m: ferramenta Buffer Adicione o shapefile de pontos de nascentes (Hidrog_ate_10m.shp) e selecione a ferramenta Buffer no ArcToolbox: Analysis Tools > Proximity > Buffer

42 42/53 Geração de áreas de APP de rios com largura até 10 m: ferramenta Buffer Lei 12651/12 Art. 4º, Par. I: a) 30 (trinta) metros, para os cursos d água de menos de 10 (dez) metros de largura

43 43/53 Geração de áreas de APP de rios com largura até 10 m: ajustes no resultado da ferramenta Buffer Ajustes: 1) Explodir o shapefile de APP gerado pela ferramenta Buffer;

44 44/53 Cálculo das áreas de APP de rios com largura até 10 m: ajustes no resultado da ferramenta Buffer Ajustes: 2) Adicionar as colunas de tipo de APP e Area; 3) Preencher a informação de tipos de APP e calcular as áreas.

45 45/53 Geração de áreas de APP de rios com largura de 10 a 50 m: ferramenta Buffer Adicione o shapefile de pontos de nascentes (Hidrog_10_a_50m.shp) e selecione a ferramenta Buffer no ArcToolbox: Analysis Tools > Proximity > Buffer Lei 12651/12 Art. 4º, Par. I: b) 50 (cinquenta) metros, para os cursos d água que tenham de 10 (dez) a 50 (cinquenta) metros de largura;

46 46/53 Cálculo das áreas de APP de rios com largura de 10 a 50 m: ajustes no resultado do Buffer Ajustes: 1) Excluir as áreas dos polígonos dos rios das áreas de APP, utilizando a ferramenta Editor (Copy, Paste, Merge, Clip e Delete) 2) Adicionar as colunas de tipo de APP e Area; 3) Preencher a informação de tipos de APP e calcular as áreas.

47 47/53 Geração de áreas de APP de rios com largura superior a 600 m: ferramenta Buffer Adicione o shapefile de pontos de nascentes (Hidrog_maior_600m.shp) e selecione a ferramenta Buffer no ArcToolbox: Analysis Tools > Proximity > Buffer Lei 12651/12 Art. 4º, Par. I: e) 500 (quinhentos) metros, para os cursos d água que tenham largura superior a 600 (seiscentos);

48 48/53 Cálculo das áreas de APP de rios com largura superior a 600 m: ajustes no resultado do Buffer Ajustes: 1) Excluir as áreas dos polígonos dos rios das áreas de APP, utilizando a ferramenta Editor (Copy, Paste, Merge, Clip e Delete) 2) Adicionar as colunas de tipo de APP e Area; 3) Preencher a informação de tipos de APP e calcular as áreas.

49 49/53 União dos diferentes tipos de APP: ferramenta Update No ArcToolbox: Analysis Tools > Overlay > Update

50 50/53 União dos diferentes tipos de APP: ferramenta Update No ArcToolbox: Analysis Tools > Overlay > Update Em etapas: 1 ) APP_nascentes e APP_Hidrog_maior_600m = Update1 2 ) Update1 e APP_Hidrog_ate_10m = Update2 3 ) Update2 e APP_Hidrog_10_a_50m = Update3 4 ) Update3 e APP_Lagos_e_lagoas_urb Update4 5 ) Update4 e APP_Lagos_e_lagoas_rur = APP_total

51 51/53 União dos diferentes tipos de APP: cálculo das áreas de APP

52 52/53 União dos diferentes tipos de APP: cálculo das áreas de APP

53 53/53 Mapeamento de APP e Reserva Legal APP de corpos d água OBRIGADO! Eng. Allan Saddi Arnesen Mestre em Sensoriamento Remoto - INPE

Mapeamento de APP de declividade e topos de morro

Mapeamento de APP de declividade e topos de morro 1/61 Mapeamento de APP de declividade e topos de morro Técnicas de mapeamento: exercícios práticos Eng. Allan Saddi Arnesen Mestre em Sensoriamento Remoto - INPE 2/61 Conteúdo programático: Capitulo 1:

Leia mais

Sensoriamento remoto e SIG

Sensoriamento remoto e SIG Multidisciplinar Sensoriamento remoto e SIG aplicados ao novo Código Florestal Allan Arnesen Frederico Genofre Marcelo Curtarelli Matheus Ferreira CAPÍTULO 3 Mapeamento de APP e Reserva Legal APP de corpos

Leia mais

ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE - APP -

ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE - APP - ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE - APP - Área de Preservação Permanente - APP (definição do Código Florestal-Lei 4771/65) Área protegida nos termos dos arts. 2º e 3º desta Lei, COBERTA OU NÃO POR VEGETAÇÃO

Leia mais

Aula Delimitação de APPS no ArcGis e produção de um memorial descritivo das situações encontradas dentro e fora das APP

Aula Delimitação de APPS no ArcGis e produção de um memorial descritivo das situações encontradas dentro e fora das APP Aula Delimitação de APPS no ArcGis e produção de um memorial descritivo das situações encontradas dentro e fora das APP 1. Abrir o Arcmap, clicar no ícone Arcmap (seta preta na figura abaixo), que pode

Leia mais

Demarest Advogados Seminário Agronegócio: Agenda Regulatória

Demarest Advogados Seminário Agronegócio: Agenda Regulatória Demarest Advogados Seminário Agronegócio: Agenda Regulatória São Paulo, 25 de fevereiro de 2015 1 CADASTRO AMBIENTAL RURAL CAR ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE APP RESERVA LEGAL RL PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO

Leia mais

Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais

Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais 1/55 Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais Prática Eng. Allan Saddi Arnesen Eng. Frederico Genofre Eng. Marcelo Pedroso Curtarelli 2/55 Conteúdo programático: Capitulo 1: Conceitos

Leia mais

Novo Código Florestal: produção agropecuária e a sustentabilidade. Moisés Savian

Novo Código Florestal: produção agropecuária e a sustentabilidade. Moisés Savian Novo Código Florestal: produção agropecuária e a sustentabilidade Moisés Savian Esteio, 31 de agosto de 2012 Código Florestal Política Agroambiental Normativa Estabelece normas gerais com o fundamento

Leia mais

Aula Delimitação de APPS no ArcGis e produção de um memorial descritivo das situações encontradas dentro e fora das APP

Aula Delimitação de APPS no ArcGis e produção de um memorial descritivo das situações encontradas dentro e fora das APP Aula Delimitação de APPS no ArcGis e produção de um memorial descritivo das situações encontradas dentro e fora das APP 1. Abrir o Arcmap, clicar no ícone Arcmap (seta preta na figura abaixo), que pode

Leia mais

Aula Delimitação de APPS no ArcGis e produção de um memorial descritivo das situações encontradas dentro e fora das APP

Aula Delimitação de APPS no ArcGis e produção de um memorial descritivo das situações encontradas dentro e fora das APP Aula Delimitação de APPS no ArcGis e produção de um memorial descritivo das situações encontradas dentro e fora das APP 1. Abrir o Arcmap, clicar no ícone Arcmap (seta preta na figura abaixo), que pode

Leia mais

SIG e Banco de Dados OFICINA BUFFER E OVERLAY. Responsável: MARIA ISABEL C DE FREITAS Colaboração: KATIA CRISTINA BORTOLETTO E BRUNO ZUCHERATO

SIG e Banco de Dados OFICINA BUFFER E OVERLAY. Responsável: MARIA ISABEL C DE FREITAS Colaboração: KATIA CRISTINA BORTOLETTO E BRUNO ZUCHERATO SIG e Banco de Dados OFICINA BUFFER E OVERLAY Responsável: MARIA ISABEL C DE FREITAS Colaboração: KATIA CRISTINA BORTOLETTO E BRUNO ZUCHERATO ************************************************************

Leia mais

Código Florestal Brasileiro

Código Florestal Brasileiro Direito Ambiental Prof. Dr. Thiago Leite Engenheiro Florestal (UnB-DF) Mestrado em Ciências Ambientais e Florestais com ênfase em Educação Ambiental (UnB-DF) Doutorado em Ciências Florestais com ênfase

Leia mais

Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas FFLCH. Departamento de Geografia

Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas FFLCH. Departamento de Geografia Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas FFLCH Departamento de Geografia Mini-curso Mapeamento de APP (áreas de preservação permanente) através de técnicas de Geoprocessamento

Leia mais

Sistema de Informações Geográficas Aplicado a Bacias Hidrográficas Aula 3. Frederico Damasceno Bortoloti

Sistema de Informações Geográficas Aplicado a Bacias Hidrográficas Aula 3. Frederico Damasceno Bortoloti Sistema de Informações Geográficas Aplicado a Bacias Hidrográficas Aula 3 Frederico Damasceno Bortoloti Criar um novo arquivo de feição ArcCatalog: clique com o botão direito em uma pasta e selecione Novo

Leia mais

2 Áreas de Preservação Permanente APPs. ATENÇÃO! A vegetação da APP deverá ser mantida!

2 Áreas de Preservação Permanente APPs. ATENÇÃO! A vegetação da APP deverá ser mantida! 2 Áreas de Preservação Permanente APPs CONCEITO: Considera-se APP a área, coberta ou não por vegetação nativa, com a função ambiental de preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica

Leia mais

Operações de Vizinhança Proximidade Buffer zone

Operações de Vizinhança Proximidade Buffer zone Área de Hidráulica e Irrigação UNESP Ilha Solteira Proximidade é uma medida de distância entre elementos existente em um mapa. Essa distância pode ser medida em outras unidades, que não em comprimento.

Leia mais

Terminologia, Conceitos, definições e esclarecimentos...

Terminologia, Conceitos, definições e esclarecimentos... Terminologia, Conceitos, definições e esclarecimentos......para facilitar a comunicação sobre o Código Florestal Brasileiro!!! por Renata Evangelista de Oliveira FCA-UNESP- Doutorado em Ciência Florestal

Leia mais

PAISAGENS DO PANTANAL

PAISAGENS DO PANTANAL Biomas Brasileiros 35 % 65% PAISAGENS DO PANTANAL BAÍAS Lagoas temporárias ou permanentes de tamanho variado, podendo apresentar muitas espécies de plantas aquáticas emergentes, submersas, ou flutuantes.

Leia mais

Federação das Indústrias do Estado de São Paulo FIESP. Grupo de Estudos de Direito Ambiental

Federação das Indústrias do Estado de São Paulo FIESP. Grupo de Estudos de Direito Ambiental www.buzaglodantas.adv.br Federação das Indústrias do Estado de São Paulo FIESP Grupo de Estudos de Direito Ambiental Marcelo Buzaglo Dantas Advogado. Membro das Comissões de Direito Ambiental da OAB/RJ

Leia mais

Aula de Olinda K. Fukuda

Aula de Olinda K. Fukuda Aula de Olinda K. Fukuda LEI Nº 4.771, DE 15/09/ 1965 Código florestal RESOLUÇÃO CONAMA nº 302, de 20 de março de 2002 Dispõe sobre os parâmetros, definições e limites de Áreas de Preservação Permanente

Leia mais

BR 116/RS Gestão Ambiental. Oficina para Capacitação em Gestão Ambiental

BR 116/RS Gestão Ambiental. Oficina para Capacitação em Gestão Ambiental BR 116/RS Gestão Ambiental Programa de Apoio às Prefeituras Municipais Oficina para Capacitação em Gestão Ambiental Novo Código Florestal Inovações e aspectos práticos STE Serviços Técnicos de Engenharia

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 368, DE 2012

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 368, DE 2012 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 368, DE 2012 Altera a Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012, para dispor sobre as Áreas de Preservação Permanentes em áreas urbanas. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

Leia mais

ASPECTOS POLÊMICOS NA COEXISTÊNCIA DE ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE E RESERVA LEGAL NA MESMA PROPRIEDADE RURAL

ASPECTOS POLÊMICOS NA COEXISTÊNCIA DE ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE E RESERVA LEGAL NA MESMA PROPRIEDADE RURAL ASPECTOS POLÊMICOS NA COEXISTÊNCIA DE ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE E RESERVA LEGAL NA MESMA PROPRIEDADE RURAL Ana Carolina Ferraz de LIMA 1 Resumo: A concepção legal da função social da propriedade

Leia mais

Cadastro Ambiental Rural e Programa de Regularização Ambiental

Cadastro Ambiental Rural e Programa de Regularização Ambiental Cadastro Ambiental Rural e Programa de Regularização Ambiental Segundo a Lei Federal 12.651/2012 e Decreto Federal 7.830/2012 ESALQ Março/Abril de 2014 Caroline Vigo Cogueto Centro de Monitoramento e Avaliação

Leia mais

50% NO / norte do CO 20% Cerrado 20% Demais 50% NO / norte MT 50% Cerrado NO/norte MT 80% NO e norte MT. 35% Cerrado na Amazônia 80% Amazônia

50% NO / norte do CO 20% Cerrado 20% Demais 50% NO / norte MT 50% Cerrado NO/norte MT 80% NO e norte MT. 35% Cerrado na Amazônia 80% Amazônia 1934 1965 1989 1996 2000 25% 20% NE/SE/S e sul do CO 50% NO / norte do CO 20% Cerrado 20% Demais 50% NO / norte MT 50% Cerrado NO/norte MT 80% NO e norte MT 20% Demais 35% Cerrado na Amazônia 80% Amazônia

Leia mais

ACONSTRUIDA... 28 AFD Área de faixa de Domínio... 29 ESTRADA... 30 FERROVIA... 31 DUTO... 32 LTRANSMISSAO... 33 Orientações para atributação dos

ACONSTRUIDA... 28 AFD Área de faixa de Domínio... 29 ESTRADA... 30 FERROVIA... 31 DUTO... 32 LTRANSMISSAO... 33 Orientações para atributação dos Sumário Introdução... 4 O projeto geográfico da Dominialidade... 5 Importação de shapes... 5 Lista de feições de uso obrigatório... 6 Lista de feições de uso condicionado... 6 Lista das feições processadas...

Leia mais

Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Dep. de Ciências Florestais

Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Dep. de Ciências Florestais Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Dep. de Ciências Florestais LCF1581 RECURSOS FLORESTAIS EM PROPRIEDADES AGRÍCOLAS AULA: CADASTRO AMBIENTAL RURAL Gestor Ambiental

Leia mais

50% NO / norte do CO 20% Cerrado 20% Demais 50% NO / norte MT 50% Cerrado NO/norte MT 80% NO e norte MT. 35% Cerrado na Amazônia 80% Amazônia

50% NO / norte do CO 20% Cerrado 20% Demais 50% NO / norte MT 50% Cerrado NO/norte MT 80% NO e norte MT. 35% Cerrado na Amazônia 80% Amazônia 1934 1965 1989 1996 2000 25% 20% NE/SE/S e sul do CO 50% NO / norte do CO 20% Cerrado 20% Demais 50% NO / norte MT 50% Cerrado NO/norte MT 80% NO e norte MT 20% Demais 35% Cerrado na Amazônia 80% Amazônia

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: QGIS; Geoprocessamento; Código Florestal.

PALAVRAS-CHAVE: QGIS; Geoprocessamento; Código Florestal. Utilização de ferramentas de geoprocessamento para a delimitação das Áreas de Preservação Permanente (APPs) no município de Marau, segundo o Novo Código Florestal (Lei 12.651-2012). Letícia Mesacasa *,

Leia mais

CÓDIGO FLORESTAL: Avanços e Diretrizes do Sistema Ambiental Paulista. TRÊS ANOS DE CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO - ENCONTRO DE SÃO PAULO Maio/2015

CÓDIGO FLORESTAL: Avanços e Diretrizes do Sistema Ambiental Paulista. TRÊS ANOS DE CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO - ENCONTRO DE SÃO PAULO Maio/2015 CÓDIGO FLORESTAL: Avanços e Diretrizes do Sistema Ambiental Paulista TRÊS ANOS DE CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO - ENCONTRO DE SÃO PAULO Maio/2015 Atualizações sobre o SICAR-SP Sistema instituído em 05/06/2013

Leia mais

Manual para Elaboração dos Planos Municipais para a Mata Atlântica

Manual para Elaboração dos Planos Municipais para a Mata Atlântica Manual para Elaboração dos Planos Municipais para a Mata Atlântica Rede de ONGs da Mata Atlântica RMA Apoio: Funbio e MMA Papel do Município no meio ambiente Constituição Federal Art 23 Competência Comum,

Leia mais

Restauração Ecológica

Restauração Ecológica Restauração Ecológica A importância das florestas Seres humanos e sociedade: uso de recursos direta e indiretamente Diretamente: madeira para móveis, lenha, carvão, frutos, sementes e castanhas, óleos,

Leia mais

o MINISTERIO PUBLICO FEDERAL, pelos Pracuradores da Republica

o MINISTERIO PUBLICO FEDERAL, pelos Pracuradores da Republica %~~1~j/ ~~~ 1.26.001.000163/2009-67, 1.26.006.000044/2010-06, 1.26.006.000033/2010-18, 1.26.006.000035/2010-15, 1.26.006.000009/2010-89 e outros. o, pelos Pracuradores da Republica signatarios, no exercicio

Leia mais

ANÁLISE AMBIENTAL DA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DOS ARROIOS JUÁ E CARACOL BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CAÍ / RS.

ANÁLISE AMBIENTAL DA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DOS ARROIOS JUÁ E CARACOL BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CAÍ / RS. ANÁLISE AMBIENTAL DA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DOS ARROIOS JUÁ E CARACOL BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CAÍ / RS. Maycon Damasceno Mestrando em Geografia pela UFRGS mayconx@gmail.com Dejanira Luderitz Saldanha

Leia mais

Anexação de tabelas, inserção de pontos, geração de polígonos e cálculo de áreas em ArcView

Anexação de tabelas, inserção de pontos, geração de polígonos e cálculo de áreas em ArcView UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE CARTOGRAFIA Laboratório de Geoprocessamento Anexação de tabelas, inserção de pontos, geração de polígonos e cálculo de áreas

Leia mais

Marcelo Augusto de Barros 1 Janeiro 2010 I. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

Marcelo Augusto de Barros 1 Janeiro 2010 I. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Supressão de vegetação para edificação em área urbana no Estado de São Paulo aplicação a loteamentos Biomas Cerrado e Mata Atlântica - Quadro comparativo Marcelo Augusto de Barros 1 marcelo@fortes.adv.br

Leia mais

Ferramentas de sensoriamento remoto e SIG aplicadas ao novo Código Florestal

Ferramentas de sensoriamento remoto e SIG aplicadas ao novo Código Florestal 1/33 Ferramentas de sensoriamento remoto e SIG aplicadas ao novo Código Florestal Introdução Eng. Allan Saddi Arnesen Eng. Frederico Genofre Eng. Matheus Ferreira Eng. Marcelo Pedroso Curtarelli 2/33 Conteúdo

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA. II Seminário Estadual de Saneamento Ambiental

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA. II Seminário Estadual de Saneamento Ambiental MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA II Seminário Estadual de Saneamento Ambiental Regularização fundiária em áreas de preservação permanente APPs em zona urbana: uma proposta de gestão ALEXANDRE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE GOVERNADOR VALADARES - MG

PREFEITURA MUNICIPAL DE GOVERNADOR VALADARES - MG Requerente: Hercílio Araújo Diniz Filho. CPF: 458.698.206-34. Endereço: Fazenda Vila Rica, continuação da Av. Minas Gerais s/n, bairro Cidade Nova, Governador Valadares MG. Contato: Eliane. Endereço: Avenida

Leia mais

Lei 12.651/2012. Prof. Dr. Rafaelo Balbinot Departamento. de Eng. Florestal UFSM Frederico Westphalen

Lei 12.651/2012. Prof. Dr. Rafaelo Balbinot Departamento. de Eng. Florestal UFSM Frederico Westphalen Lei 12.651/2012 Prof. Dr. Rafaelo Balbinot Departamento. de Eng. Florestal UFSM Frederico Westphalen Considerações Padrão Legal X Padrão de Qualidade Capacitação para aplicação da lei Análise individual

Leia mais

A verdade morro abaixo O Código Florestal e as enchentes no Rio de Janeiro

A verdade morro abaixo O Código Florestal e as enchentes no Rio de Janeiro Nota à imprensa Brasília, dia 19 de janeiro de 2011 A verdade morro abaixo O Código Florestal e as enchentes no Rio de Janeiro Não é o Código Florestal Brasileiro que guarda relação com os fatos ocorridos

Leia mais

10 Passos para realizar o CAR antes do fim do prazo. e...

10 Passos para realizar o CAR antes do fim do prazo. e... 10 Passos para realizar o CAR antes do fim do prazo e... Quase um ano CAR: que dúvidas ainda continuam? Diferenças entre Atualizar e Retificar o Cadastro Como proceder a retificação? Convém averbar a Reserva

Leia mais

CAPÍTULO 6 NOVO CÓDIGO FLORESTALBRASILEIRO (LEI 12.651/2012)

CAPÍTULO 6 NOVO CÓDIGO FLORESTALBRASILEIRO (LEI 12.651/2012) MANUAL DE DIREITO AMBIENTAL ROMEU THOMÉ ATUALIZAÇÃO DA 2ª PARA A 3ª EDIÇÃO CAPÍTULO 6 NOVO CÓDIGO BRASILEIRO (LEI 12.651/2012) NA PÁGINA 304: Onde se lê: Já em 25 de maio de 2012, e após intensos debates

Leia mais

Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo

Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo Aspectos relacionados com a Legislação Florestal / Mineração LEI FEDERAL 12651/12 Engª Amb. Adriana Maira Rocha Goulart Divisão de Apoio e Gestão dos Recursos

Leia mais

12 - MAPA DE DISTÂNCIA

12 - MAPA DE DISTÂNCIA 12 - MAPA DE DISTÂNCIA Para fazer uso da ferramenta Mapa de Distancia do SPRING, a titulo de exemplo, vamos considerar a Área de Preservação Permanente APP de um rio. Desta forma, é importante conhecer

Leia mais

Calcular Distância entre Pontos

Calcular Distância entre Pontos Calcular Distância entre Pontos ArcGIS 10.2: Calcular Distância entre Pontos ArcGIS 10.2: Calcular Distância entre Pontos 2 ANALISANDO SEUS DADOS Para calcular a distância entre dois ou mais pontos, é

Leia mais

DICA 4 Complemento para a cartilha orientativa do SIG-CAR

DICA 4 Complemento para a cartilha orientativa do SIG-CAR DICA 4 Complemento para a cartilha orientativa do SIG-CAR Este material de apoio ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) faz parte das ações de difusão de boas práticas agrícolas do Programa Agricultura Consciente

Leia mais

MAPA - Orientações. Como fazer upload de arquivos espaciais no CAR?

MAPA - Orientações. Como fazer upload de arquivos espaciais no CAR? Como fazer upload de arquivos espaciais no CAR? O único formato de arquivo suportado pelo CAR é o shapefile. Existem três tipos de shapefiles: pontos, linhas ou polígonos, e você deve utilizar o tipo certo

Leia mais

AAVA. Associação dos Amigos do Vale do Aracatu

AAVA. Associação dos Amigos do Vale do Aracatu AAVA Associação dos Amigos do Vale do Aracatu Conceitos importantes Bacia Hidrográfica Divisor de águas Nascente Bacia Hidrográfica * Bacias hidrográficas são áreas da superfície terrestre separadas topograficamente

Leia mais

5.2.3.1.1 Editar Matrícula

5.2.3.1.1 Editar Matrícula Figura 37 Tabela de matrículas adicionadas. 5.2.3.1.1 Editar Matrícula Para editar uma matrícula, o usuário deve acessar a opção (Editar), conforme destaque na Figura 38. O sistema irá carregar os dados

Leia mais

Novo Código Florestal, Adequação Ambiental e CAR

Novo Código Florestal, Adequação Ambiental e CAR Considerações Novo Código Florestal, Adequação Ambiental e CAR Prof. Rafaelo Balbinot Curso de Engenharia Florestal UFSM-Campus de Frederico Westphalen Padrão Legal X Padrão de Qualidade Capacitação para

Leia mais

Resolução Conjunta IBAMA/SEMA/IAP nº 005, de 28 de março de 2008.

Resolução Conjunta IBAMA/SEMA/IAP nº 005, de 28 de março de 2008. Resolução Conjunta IBAMA/SEMA/IAP nº 005, de 28 de março de 2008. Define critérios para avaliação das áreas úmidas e seus entornos protetivos, normatiza sua conservação e estabelece condicionantes para

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL. Parcelamento do Solo. Aspectos Florestais. Lei Federal /12

LICENCIAMENTO AMBIENTAL. Parcelamento do Solo. Aspectos Florestais. Lei Federal /12 LICENCIAMENTO AMBIENTAL Parcelamento do Solo Aspectos Florestais Lei Federal 12.651/12 Engª Amb. Adriana Maira Rocha Goulart Gerente da Divisão de Apoio e Gestão dos Recursos Naturais - CTN Introdução

Leia mais

Regulamentação da CRA e PRA 27ª RO DA CÂMARA TEMÁTICA DE AGRICULTURA SUSTENTÁVEL E IRRIGAÇÃO - CTASI Raimundo Deusdará Filho.

Regulamentação da CRA e PRA 27ª RO DA CÂMARA TEMÁTICA DE AGRICULTURA SUSTENTÁVEL E IRRIGAÇÃO - CTASI Raimundo Deusdará Filho. Regulamentação da CRA e PRA 27ª RO DA CÂMARA TEMÁTICA DE AGRICULTURA SUSTENTÁVEL E IRRIGAÇÃO - CTASI Raimundo Deusdará Filho Diretor Geral/SFB O Brasil e as Florestas A cobertura florestal mundial é de

Leia mais

SISTEMA DE CADASTRO AMBIENTAL RURAL SMA/SP

SISTEMA DE CADASTRO AMBIENTAL RURAL SMA/SP proposta NOVA LOUOS MOGI DAS CRUZES SISTEMA DE CADASTRO AMBIENTAL RURAL SMA/SP 24.04.2015 Mogi das Cruzes - SP CAR / SiCAR O CAR Cadastro Ambiental Rural constitui um cadastro eletrônico, obrigatório a

Leia mais

TEXTO EM VIGOR EM VERDE

TEXTO EM VIGOR EM VERDE BUREAUX JURÍDICOS ASSOCIADOS Porto Alegre-RS Brasília-DF São Paulo-SP Belo Horizonte-MG Ricardo Alfonsin Advogados Ricardo Barbosa Alfonsin OAB/RS 9.275 Breno Moreira Mussi OAB/RS 5.791 Arilei Ribeiro

Leia mais

CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO. Vetos publicados em 18/10/12 no D.O.U

CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO. Vetos publicados em 18/10/12 no D.O.U CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO Lei Nº 4.771/65 Lei nº 12.651/12 MP nº 571/12 PLV* 21/2012 Vetos publicados em 18/10/12 no D.O.U * Projeto de Lei de Conversão (PLV): Quando a medida provisória (MP) é alterada

Leia mais

OS PROBLEMAS DO CÓDIGO FLORESTAL

OS PROBLEMAS DO CÓDIGO FLORESTAL OS PROBLEMAS DO CÓDIGO FLORESTAL Samantha SILVA SENTEIO ROCON RESUMO: Por meio deste artigo, abordaremos os problemas trazidos pelo Código Florestal tanto na preservação da área de proteção permanente,

Leia mais

1 - Crie um novo documento no ArcMap. Com o programa aberto, selecione o Dataframe Layers

1 - Crie um novo documento no ArcMap. Com o programa aberto, selecione o Dataframe Layers Conversão de Raster para Polígono usando o ArcMap Nos posts anteriores, conhecemos uma situação onde uma empresa solicita, além do produto esperado, imagens no canal alfa para geração de polígonos envolventes

Leia mais

Comparativo entre o Código Florestal (Lei 4771/65) e o Substitutivo de autoria do Deputado Aldo Rebelo ao PL 1.876/99

Comparativo entre o Código Florestal (Lei 4771/65) e o Substitutivo de autoria do Deputado Aldo Rebelo ao PL 1.876/99 Comparativo entre o Código Florestal (Lei 4771/65) e o Substitutivo de autoria do Deputado Aldo Rebelo ao PL 1.876/99 Definições e disposições gerais Código Florestal Lei 4.771/65 Substitutivo PL 1.876/99

Leia mais

Procedimentos para inscrição no Cadastro Ambiental Rural no Estado do Tocantins

Procedimentos para inscrição no Cadastro Ambiental Rural no Estado do Tocantins Cartilha Orientativa Procedimentos para inscrição no Cadastro Ambiental Rural no Estado do Tocantins NATURATINS INSTITUTO NATUREZA DO TOCANTINS www.naturatins.to.gov.br 3. Cadastro de imóveis rurais PROCEDIMENTOS

Leia mais

MÓDULO IV PLANO DE AÇÃO

MÓDULO IV PLANO DE AÇÃO MÓDULO IV PLANO DE AÇÃO Etapas do PMMA Organização do processo de elaboração do Plano Municipal da Mata Atlântica MOBILIZAÇÃO QUE CO SO ANÁLISE PRON CO VO Definição da Visão de Futuro DIAGNÓSTICO QUE CO

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR CURSO INTENSIVO III Disciplina: Direito Ambiental Prof. Fabiano Melo Data: 09.12.2009 Aula nº 06 MATERIAL DE APOIO PROFESSOR Lei 4771/65 Art. 2 Consideram-se de preservação permanente, pelo só efeito desta

Leia mais

Comparação entre lei 4771 e PL relatado pelo Dep.Aldo Rebelo preparado por Zeze Zakia Versão preliminar ( APP)

Comparação entre lei 4771 e PL relatado pelo Dep.Aldo Rebelo preparado por Zeze Zakia Versão preliminar ( APP) Lei 4771 versão em vigor II área de preservação permanente: área protegida nos termos dos arts. 2 o e 3 o desta Lei, coberta ou não por vegetação nativa, com a função ambiental de preservar os recursos

Leia mais

REGIME JURÍDICO DA APP, RL E ÁREAS DE USO RESTRITO

REGIME JURÍDICO DA APP, RL E ÁREAS DE USO RESTRITO REGIME JURÍDICO DA APP, RL E ÁREAS DE USO RESTRITO Distinção entre flora, vegetação e floresta. Flora: totalidade de espécies compreendendo qualquer componente vegetal de uma região (bactérias, fungos

Leia mais

DICA 4.3 Programa CAR Módulo de Cadastro ETAPA GEO. Brasil Abril de 2015 Realização

DICA 4.3 Programa CAR Módulo de Cadastro ETAPA GEO. Brasil Abril de 2015 Realização DICA 4.3 Programa CAR Módulo de Cadastro ETAPA GEO Este material de apoio ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) faz parte das ações de difusão de boas práticas agrícolas do Programa Agricultura Consciente

Leia mais

Café da Manhã da Frente Parlamentar Ambientalista 04/05/2016

Café da Manhã da Frente Parlamentar Ambientalista 04/05/2016 Café da Manhã da Frente Parlamentar Ambientalista 04/05/2016 Extrato Geral do CAR Março 2016 ÁREA PASSÍVEL DE CADASTRO (em hectares) 1 ÁREA TOTAL CADASTRADA (em hectares) 2 ÁREA CADASTRADA (em %) 3 397.836.864

Leia mais

Recuperação e Recomposição de Mata Ciliar e Reserva Legal

Recuperação e Recomposição de Mata Ciliar e Reserva Legal Recuperação e Recomposição de Mata Ciliar e Reserva Legal Novo Código Florestal (Lei 12651) Eng Agrônomo Ricardo Moraes Witzel, Msc Concepção de Propriedade Sustentável A discussão do novo código florestal

Leia mais

Cadastro Ambiental Rural CAR

Cadastro Ambiental Rural CAR Cadastro Ambiental Rural CAR LEGISLAÇÃO Lei Federal nº 12.651/2012 Código Florestal Brasileiro; Lei Estadual n.º 20.922/2013 - Dispõe sobre as políticas florestal e de proteção à biodiversidade no Estado

Leia mais

Quadras (4 feições) + atributo área Pontos notáveis + atributo de descrição

Quadras (4 feições) + atributo área Pontos notáveis + atributo de descrição Exercicio 2 1. Copie os arquivos da pasta \\QUEBEC\Comp\SIG_Ambiental\ex2 para a sua pasta. Adicione os arquivos a um novo projeto no QGIS (há arquivos vetoriais e raster). Adicione os arquivos vetoriais

Leia mais

http://www4.planalto.gov.br/legislacao/resenha-diaria/2012/maio-resenhadiaria#content

http://www4.planalto.gov.br/legislacao/resenha-diaria/2012/maio-resenhadiaria#content http://www4.planalto.gov.br/legislacao/resenha-diaria/2012/maio-resenhadiaria#content Lei nº 12.651, de 25.5.2012 - Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis n os 6.938, de 31 de agosto

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS FERRAMENTAS DE GEOPROCESSAMENTO PARA ECOLOGIA DE PAISAGENS

INTRODUÇÃO ÀS FERRAMENTAS DE GEOPROCESSAMENTO PARA ECOLOGIA DE PAISAGENS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO USP Instituto de Biociências Departamento de Ecologia Laboratório de Ecologia da Paisagem e Conservação (LEPaC) CURSO DE DIFUSÃO APOSTILA INTRODUÇÃO ÀS FERRAMENTAS DE GEOPROCESSAMENTO

Leia mais

NOVO CÓDIGO FLORESTAL

NOVO CÓDIGO FLORESTAL NOVO CÓDIGO FLORESTAL - Além de regular diretamente o regime jurídico das florestas, o Código Florestal contribui decisivamente para a preservação da fauna, do fluxo gênico, da regulação hídrica, da qualidade

Leia mais

ESTUDO DE CONECTIVIDADE

ESTUDO DE CONECTIVIDADE ESTUDO DE CONECTIVIDADE PRESERVAÇÃO DO VERDE DE FORMA INTELIGENTE Fabiana Vita Lopes Assessora jurídico-ambiental Anglogold Ashanti Localização NOVA LIMA SEDE Estudo de Conectividade Um pensamento diferentre...

Leia mais

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR O QUE É CAR O Cadastro Ambiental Rural - CAR, é o registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, com a finalidade

Leia mais

Prof. Charles Alessandro Mendes de Castro

Prof. Charles Alessandro Mendes de Castro ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE -NOVO CÓDIGO FLORESTAL MINEIRO LEI 20922/13 Prof. Charles Alessandro Mendes de Castro ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE(APPs) ART. 8º - São aquelas cobertas ou não por vegetação

Leia mais

TUTORIAL. Aprenda a importar um arquivo DWG no programa. ArcGIS.

TUTORIAL. Aprenda a importar um arquivo DWG no programa. ArcGIS. TUTORIAL Aprenda a importar um arquivo DWG no programa ArcGIS www.processamentodigital.com.br O Processamento Digital é um Canal de Conteúdo GEO oferecido pela HEX Tecnologias Geoespaciais Inovadoras,

Leia mais

A diferença entre o remédio e o veneno é a dose! Luís Carlos Silva de Moraes

A diferença entre o remédio e o veneno é a dose! Luís Carlos Silva de Moraes A diferença entre o remédio e o veneno é a dose! Luís Carlos Silva de Moraes moraes.luis@terra.com.br Entendendo o problema 38%: prop. rurais 4%: urbano 58%: qual destinaçã ção? 58%: ponto de partida do

Leia mais

Aula de ArcGIS Criando uma planta de um

Aula de ArcGIS Criando uma planta de um Aula de ArcGIS Criando uma planta de um topográfico Prof. Frederico D. Bortoloti Introdução No menu Iniciar, vá no grupo de programas ArcGIS e clique em ArcMap No ArcMap, feche a janela inicial. Passo

Leia mais

Disposições do Código Florestal Parte 2

Disposições do Código Florestal Parte 2 Instrumentos da legislação ambiental aplicáveis aos sistemas de infraestrutura Disposições do Código Florestal Parte 2 AUT 192 novembro de 2015 Principais determinações gerais do CF Florestas e demais

Leia mais

Uso inadequado de áreas de preservação permanente segundo a legislação ambiental

Uso inadequado de áreas de preservação permanente segundo a legislação ambiental Uso inadequado de áreas de preservação permanente segundo a legislação ambiental Sérgio Campos 1 Marina Granato 1 Débora Marques Araújo 1 Teresa Cristina Tarlé Pissarra 2 Flávia Mazzer Rodrigues 2 1 Faculdade

Leia mais

A PERCEPÇÃO AMBIENTAL DOS GRADUANDOS DA DISCIPLINA DE DIREITO AMBIENTAL EM RELAÇÃO AS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

A PERCEPÇÃO AMBIENTAL DOS GRADUANDOS DA DISCIPLINA DE DIREITO AMBIENTAL EM RELAÇÃO AS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL 875 A PERCEPÇÃO AMBIENTAL DOS GRADUANDOS DA DISCIPLINA DE DIREITO AMBIENTAL EM RELAÇÃO AS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL Raquel Trevizan ¹, Ana Maria Thielen Merck ² ¹Acadêmica do Curso de Engenharia Florestal,

Leia mais

NOVO CÓDIGO FLORESTAL: IMPLICAÇÕES E MUDANÇAS PARA A REALIDADE DO PRODUTOR DE LEITE BRASILEIRO

NOVO CÓDIGO FLORESTAL: IMPLICAÇÕES E MUDANÇAS PARA A REALIDADE DO PRODUTOR DE LEITE BRASILEIRO NOVO CÓDIGO FLORESTAL: IMPLICAÇÕES E MUDANÇAS PARA A REALIDADE DO PRODUTOR DE LEITE BRASILEIRO Enio Resende de Souza Eng. Agr. M.Sc. Manejo Ambiental / Coordenador Técnico / Meio Ambiente Gestão do Produto

Leia mais

CADASTRO AMBIENTAL RURAL E AS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE

CADASTRO AMBIENTAL RURAL E AS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE CADASTRO AMBIENTAL RURAL E AS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE O que são as APP e quais as suas funções Diferença entre APP e Reserva Legal Os diversos tipos de APP Sobre nascentes e olho d água diferenças

Leia mais

A contribuição da regularização ambiental dos imóveis rurais na dinamização econômica dos municípios brasileiros.

A contribuição da regularização ambiental dos imóveis rurais na dinamização econômica dos municípios brasileiros. A contribuição da regularização ambiental dos imóveis rurais na dinamização econômica dos municípios brasileiros. ENCONTRO NACIONAL COM NOVOS PREFEITOS E PREFEITAS SETOR AGROPECUÁRIO PIB (%) BALANÇA COMERCIAL

Leia mais

Avaliação de métodos de classificação para o mapeamento de remanescentes florestais a partir de imagens HRC/CBERS

Avaliação de métodos de classificação para o mapeamento de remanescentes florestais a partir de imagens HRC/CBERS http://dx.doi.org/10.12702/viii.simposfloresta.2014.131-592-1 Avaliação de métodos de classificação para o mapeamento de remanescentes florestais a partir de imagens HRC/CBERS Juliana Tramontina 1, Elisiane

Leia mais

Lei Federal nº 12.651/12 ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE. Eng. Agr. Renata Inês Ramos Eng. Ftal. Irene Tosi Ahmad

Lei Federal nº 12.651/12 ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE. Eng. Agr. Renata Inês Ramos Eng. Ftal. Irene Tosi Ahmad Lei Federal nº 12.651/12 ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE Eng. Agr. Renata Inês Ramos Eng. Ftal. Irene Tosi Ahmad Lei 12651/12 Áreas de Preservação Permanente CONCEITO - Art. 3º, inciso II Área protegida

Leia mais

O que mudou no novo Sistema de Cadastro Ambiental Rural de Minas Gerais?

O que mudou no novo Sistema de Cadastro Ambiental Rural de Minas Gerais? O que mudou no novo Sistema de Cadastro Ambiental Rural de Minas Gerais? O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da conjugação de esforços entre Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento

Leia mais

PANORAMA DAS RESTRIÇÕES AO ACESSO ÀS ÁREAS PARA EXPLORAÇÃO MINERAL E MINERAÇÃO

PANORAMA DAS RESTRIÇÕES AO ACESSO ÀS ÁREAS PARA EXPLORAÇÃO MINERAL E MINERAÇÃO PANORAMA DAS RESTRIÇÕES AO ACESSO ÀS ÁREAS PARA EXPLORAÇÃO MINERAL E MINERAÇÃO EXPLORAÇÃO MINERAL 16/05/2016 INTRODUÇÃO O território brasileiro possui uma superfície total de 8.515.767,049 km 2 (851.576.705

Leia mais

AVALIAÇÃO DA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DA MICROBACIA SANGA ITÁ, MUNICÍPIO DE QUATRO PONTES, PARANÁ

AVALIAÇÃO DA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DA MICROBACIA SANGA ITÁ, MUNICÍPIO DE QUATRO PONTES, PARANÁ AVALIAÇÃO DA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DA MICROBACIA SANGA ITÁ, MUNICÍPIO DE QUATRO PONTES, PARANÁ Mônica A. Muller, Aline Uhlein, Deise D. Castagnara, Diego A. V. Gambaro, Pedro C. S. da Silva (Orientador/UNIOESTE),

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA INTERPOLAR VALORES NULOS E NEGATIVOS DAS IMAGENS SRTM NO ArcGis v10 EXTENSÃO 3D Analyst

PROCEDIMENTO PARA INTERPOLAR VALORES NULOS E NEGATIVOS DAS IMAGENS SRTM NO ArcGis v10 EXTENSÃO 3D Analyst CENTRO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO-CEDES PROCEDIMENTO PARA INTERPOLAR VALORES NULOS E NEGATIVOS DAS IMAGENS SRTM NO ArcGis v10 EXTENSÃO 3D Analyst José Francisco Ladeira Neto Data 11/2010 1 Introdução:

Leia mais

POLÍTICA FLORESTAL E O NOVO CÓDIGO

POLÍTICA FLORESTAL E O NOVO CÓDIGO POLÍTICA FLORESTAL E O NOVO CÓDIGO (Lei Federal n. 12.651/12) PROF. DR. RAFAEL COSTA FREIRIA E-MAIL: RAFAELFREIRIA@COM4.COM.BR DISCIPLINA: DIREITO AMBIENTAL Fundamentos e Temas de Trabalho na Questão Florestal

Leia mais

Manual de Operação SIMLAM TÉCNICO. Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental do Pará - Módulo Responsável Técnico

Manual de Operação SIMLAM TÉCNICO. Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental do Pará - Módulo Responsável Técnico Manual de Operação do SIMLAM TÉCNICO Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental do Pará - Módulo Responsável Técnico Data da ultima versão 12/08/2008 Requisitos para Utilização do Sistema

Leia mais

ArcGIS 10: Parcel Editor: Divisão de Shapefile em Partes Iguais

ArcGIS 10: Parcel Editor: Divisão de Shapefile em Partes Iguais ArcGIS 10: Parcel Editor: Divisão de Shapefile em Partes Iguais A Edição de Parcelas de Fábrica é um poderoso recurso de edição do ArcGIS 10. Essa ferramenta é fundamental para divisão de arquivos shapefile

Leia mais

VII Reunião de Atualização em Eucalitptocultura

VII Reunião de Atualização em Eucalitptocultura VII Reunião de Atualização em Eucalitptocultura Planejamento da Propriedade Agrícola (APP e RL) Eng o. F tal. Msc. João Carlos Teixeira Mendes Dept o. Ciências Florestais ESALQ/USP Estação Experimental

Leia mais

Roteiro Executivo. Extrato Geral do CAR. Benefícios do CAR. Capacitação e Formação de Técnicos. Recursos Investidos

Roteiro Executivo. Extrato Geral do CAR. Benefícios do CAR. Capacitação e Formação de Técnicos. Recursos Investidos Roteiro Executivo Extrato Geral do CAR Benefícios do CAR Capacitação e Formação de Técnicos Recursos Investidos Recursos e Projetos Captados pelo MMA para apoio à execução do CAR e PRA Arquitetura do SICAR

Leia mais

E qual é a nossa realidade???

E qual é a nossa realidade??? E qual é a nossa realidade??? Área urbana invadindo a beira de rio MUNIC 2012 - Dos 366 municípios que declararam sofrer problemas de deslizamento de terra, 25% também declararam ter como causa da degradação

Leia mais

Treinamento no Sistema de Cadastro Ambiental Rural

Treinamento no Sistema de Cadastro Ambiental Rural Treinamento no Sistema de Cadastro Ambiental Rural Programação Manhã: teórica Conceitos da legislação ambiental Conceitos específicos do CAR e do PRA Tarde: prática Considerações sobre o sistema Apresentação

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI N o 7.397, DE 2006 (Apensos os PLs 2.002/07, 3.549/08 e 3.460/08) Dispõe sobre as Áreas de Preservação Permanente no entorno de reservatórios

Leia mais

CAR- Cadastro Ambiental Rural

CAR- Cadastro Ambiental Rural ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS HÍDRICOS CAR- Cadastro Ambiental Rural Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos 11ª Avenida nº 1272, Setor Universitário - Fone: (62)

Leia mais

Orientação Técnica N 004/09 - DIBAP, de 17 de novembro de 2009.

Orientação Técnica N 004/09 - DIBAP, de 17 de novembro de 2009. Orientação Técnica N 004/09 - DIBAP, de 17 de novembro de 2009. PARA OS MAPAS DOS IMÓVEIS NOS PROCESSOS DE SISLEG A Diretora de Biodiversidade e Áreas Protegidas - DIBAP, do Instituto Ambiental do Paraná

Leia mais