TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Sindical A SUCESSÃO TRABALHISTA E A LEI Nº /2005. Lidiane Duarte Nogueira Advogada

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Sindical A SUCESSÃO TRABALHISTA E A LEI Nº /2005. Lidiane Duarte Nogueira Advogada"

Transcrição

1 TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Sindical A SUCESSÃO TRABALHISTA E A LEI Nº /2005 Lidiane Duarte Nogueira Advogada Com o advento da Lei nº /2005, instaurou-se a controvérsia doutrinária e jurisprudencial acerca da sucessão trabalhista na venda de filiais ou unidades produtoras por empresas sujeitas aos regimes de recuperação judicial e de falência. O inciso II, do art. 141, abaixo transcrito, veda, de forma expressa, a sucessão trabalhista na falência: Art Na alienação conjunta ou separada de ativos, inclusive da empresa ou de suas filiais, promovida sob qualquer das modalidades de que trata este artigo: (...) II o objeto da alienação estará livre de qualquer ônus e não haverá sucessão do arrematante nas obrigações do devedor, inclusive as de natureza tributária, as derivadas da legislação do trabalho e as decorrentes de acidentes de trabalho. No entanto, o parágrafo único, do art. 60, que trata da sucessão trabalhista no regime de recuperação judicial não estabelece tal proibição. Vejamos o que reza esse dispositivo: Art. 60. Se o plano de recuperação judicial aprovado envolver alienação judicial de filiais ou de unidades produtivas isoladas do devedor, o juiz ordenará a sua realização, observado o disposto no art. 142, desta lei. Parágrafo único. O objeto da alienação estará livre de qualquer ônus e não haverá sucessão do arrematante nas obrigações do devedor, inclusive as de natureza tributária, observado o disposto no 1º, do art. 141, desta lei. Desse modo, verifica-se que, no que toca à falência, a regra é clara para permitir que o adquirente compre os ativos da massa, transformando-os em dinheiro para o pagamento dos credores, sem que exista responsabilidade trabalhista ou tributária por sucessão. Porém, no referente à recuperação judicial remanesce a dúvida apontada, tendo em conta que o referido art. 60, não prevê expressamente a exclusão dos créditos trabalhistas na alienação de bens sujeitos a esse regime.

2 46 Pela análise dos dispositivos legais sobre a matéria, cumpre ressaltar que o 1º, do art. 161, é preciso ao afirmar a recuperação extrajudicial não abrange créditos decorrentes da legislação do trabalho. Por outro lado, tem-se que o parágrafo único, do art. 60 (recuperação judicial) faz remissão ao 1º, do art. 141, e não ao inciso II, do art. 141, (falência), que faz a ressalva em relação às verbas de natureza trabalhista. Assim, interpretando sistematicamente esses dispositivos legais, poder-se-ia concluir que, ao contrário do que ocorre na falência, na recuperação judicial haveria uma suposta autorização legal quanto à sucessão trabalhista. Primeiro, porque o legislador não foi expresso na exclusão dos créditos trabalhistas na alienação de bens na recuperação judicial, como ocorreu na falência, consoante o disposto no inciso II, do art Daí, não havendo previsão de exceção deveria se observar os artigos 10 e 448, da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) que dispõem sobre o instituto da sucessão trabalhista. Segundo, porque, tendo em conta os princípios que informam o Direito do Trabalho notadamente os princípios in dúbio pro operário e da norma mais favorável e os princípios constitucionais dignidade da pessoa humana, da valorização social do trabalho, da justiça social e da solidariedade estaria assegurada aos empregados a garantia do recebimento de seus créditos, o que permitiria sua cobrança dos adquirentes dos ativos da empresa sujeita a esse regime. Todavia, essa interpretação parece equivocada vez que se revela incompatível com o objetivo visado pela Lei nº /2005 viabilizar a superação da situação de crise econômico-financeira do devedor, a fim de permitir a manutenção da fonte produtora, do emprego dos trabalhadores e dos interesses dos credores, promovendo, assim, a preservação da empresa, sua função social e o estímulo à atividade econômica. (art. 47). O já citado art. 60 dispõe que, havendo previsão de venda de filiais ou de unidades produtoras isoladas no plano da recuperação judicial aprovado, o juiz as ordenará de imediato. Em complemento, determina o parágrafo único que o objeto da alienação estará livre de qualquer ônus e não haverá sucessão do arrematante nas obrigações do devedor, inclusive nas de natureza tributária. É relevante frisar que a lei fala, textualmente, que não haverá sucessão do arrematante nas obrigações do devedor. O simples fato de a lei mencionar expressamente a exclusão da Trabalhos Técnicos

3 47 responsabilidade do arrematante pela dívida tributária, não autoriza a conclusão acerca da responsabilidade do arrematante pelos demais débitos do devedor, notadamente a trabalhista. Impende registrar, ainda, que não há sucessão de empregadores na hipótese prevista no art. 60, a ensejar a aplicação dos artigos 10 e 448 consolidados. A venda em questão constitui modo de realização do ativo da devedora com a descontinuidade dos contratos de trabalho então existentes. Ademais, a venda de filiais ou unidades produtivas isoladas se faz no interesse dos próprios credores, na forma prevista no plano de recuperação judicial por eles aprovado, inclusive pelos credores trabalhistas e de acidentes de trabalho que têm prioridade no recebimento de seus créditos. Por conta disso, não seria razoável que, após terem autorizado a venda das filiais e unidades produtivas isoladas, os credores trabalhistas venham a reclamar do adquirente destes ativos não só o pagamento do preço, mas também das dívidas trabalhistas do devedor. Nesse sentido, irrefutável é a assertiva de que esse entendimento é diametralmente oposto ao objetivo da lei. E mais. Se a lei não ressalvasse expressamente a sucessão do adquirente, seria improvável que alguém se dispusesse a adquirir os ativos da empresa em recuperação judicial, tendo que se sujeitar a responder pelo passivo trabalhista do devedor. Tem-se, portanto, que, somente com a preservação da empresa e da sua função social, bem como o estímulo à sua atividade econômica, conforme prescrito no art. 47, da Lei nº /2005, pode-se dar cumprimento aos princípios constitucionais da dignidade da pessoa humana, do trabalho, da justiça social e da solidariedade. Por derradeiro, cumpre asseverar que, no caso, pelo princípio da proporcionalidade, a restrição aos direitos dos trabalhadores seria possível, pois traria benefícios a todos os envolvidos viabilizando o pagamento de credores, a manutenção dos empregos e a conservação da unidade produtiva. No que toca à competência para decidir sobre a ocorrência da sucessão trabalhista em unidades ou negócios adquiridos de uma empresa em recuperação judicial, a questão também é controversa. Recentemente, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) manifestou-se no sentido de que cabe à Justiça Comum decidir sobre a ocorrência de sucessão trabalhista em unidades ou negócios adquiridos de uma empresa em recuperação judicial. Trabalhos Técnicos

4 48 Vale dizer, no caso sub judice, que a Segunda Seção do STJ reconheceu a competência do juiz da 1ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro para julgar as ações referentes à falência da Varig. O conflito de competência foi suscitado pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro porque as Justiças estaduais e trabalhistas declararam-se competentes para julgar a ação proposta na Justiça do Trabalho pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) e associações de comissários, mecânicos de vôo e pilotos da Varig e da Nordeste Linhas Aéreas. No que diz respeito à sucessão trabalhista em unidades ou negócios adquiridos de uma empresa em recuperação judicial e sua disciplina pela Lei nº /2005, segundo o voto do Relator Ministro Ari Pargendler, haveria duas regras: (a) a do art. 60, para o arrematante de bens da unidade produtiva, sem exoneração das obrigações derivadas da legislação do trabalho e das decorrentes de acidentes do trabalho; e (b) a do art. 141, para o arrematante dos bens do falido, que o exoneraria também das obrigações resultantes da legislação do trabalho e daquelas decorrentes de acidentes do trabalho. Ressaltou, contudo, que o tema não poderia ser resolvido em conflito de competência, porque a jurisdição sobre o mérito é prestada por instâncias e que, no caso, deveria ser prestada pela jurisdição comum. Por fim, determinou que a existência ou não de sucessão trabalhista é uma controvérsia decorrente da relação de trabalho, embutida numa ação de recuperação judicial, a respeito de cuja competência a lei pode dispor, diferentemente dos dissídios, individuais e coletivos, entre trabalhadores e empregadores e as demais ações expressamente elencadas por força da competência fixada na própria Constituição Federal. Passamos aqui a transcrever a ementa referente ao decisum em comento: EMENTA. CONFLITO DE COMPETÊNCIA. 1. CONFLITO E RECURSO. A regra mais elementar em matéria de competência recursal é a de que as decisões de um juiz de 1º grau só podem ser reformadas pelo tribunal a que está vinculado; o conflito de competência não pode ser provocado com a finalidade de produzir, per saltum, o efeito que só o recurso próprio alcançaria, porque a jurisdição sobre o mérito é prestada por instâncias (ordinárias: juiz e tribunal; extraordinárias: Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal). 2. LEI DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL (Lei nº , de 2005). A Lei nº , de 2005, não teria operacionalidade alguma se sua aplicação pudesse ser partilhada por juízes de direito e juízes do trabalho; competência constitucional (CF, art. 114, incs. I a VIII) e competência legal Trabalhos Técnicos

5 49 (CF, art. 114, inc. IX) da Justiça do Trabalho. Conflito conhecido e provido para declarar competente o MM. Juiz de Direito da 1ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro. (Conflito de Competência nº RJ (2006/ , Rel. Min Ari Pargendler, DJU 25/06/2007) Isso posto, observa-se que, como se trata de matéria controversa, caberá aos Tribunais Superiores, notadamente ao Supremo Tribunal Federal, dirimir a questão atinente à ocorrência de sucessão trabalhista na venda de filiais ou unidades produtoras por empresas sujeitas aos regimes de recuperação judicial e de falência bem como à competência para decidir sobre sua existência ou não Justiça do Trabalho ou Estadual (comum). Trabalhos Técnicos

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DE DESEMBARGADOR

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DE DESEMBARGADOR ( Agravo de Instrumento no. 041.2007.002068-4/001 Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa Agravante: Município de Conde, representado por seu Prefeito Adv. Marcos Antônio Leite Ramalho Junior e outros Agravado:

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Prescrição do crédito na execução fiscal: ausência de despacho citatório Walter Gomes D Angelo * O débito numa execução fiscal possui natureza tributária, originada pelo inadimplemento

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA R E L A T O R D E C I S Ã O

TRIBUNAL DE JUSTIÇA R E L A T O R D E C I S Ã O 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA R E L A T O R CONFL. COMP. : 0006326-83.2014.8.19.0000-4ª CÂMARA CÍVEL SUSCITANTE : VRG LINHAS AÉREAS S/A SUSCITADO - 1 : JUÍZO DE DIREITO DO 21º JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA CAPITAL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7a TURMA REEXAME NECESSÁRIO EM DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO. ECT. NÃO CONHECIMENTO. A sentença proferida contra a ECT não está sujeita ao duplo grau de jurisdição, porquanto referida empresa não integra

Leia mais

A IMPOSSIBILIDADE DE COMPENSAÇÃO DE CRÉDITO ORIUNDO DE PRECATÓRIO ADQUIRIDO DE TERCEIRO COM DÉBITO TRIBUTÁRIO

A IMPOSSIBILIDADE DE COMPENSAÇÃO DE CRÉDITO ORIUNDO DE PRECATÓRIO ADQUIRIDO DE TERCEIRO COM DÉBITO TRIBUTÁRIO A IMPOSSIBILIDADE DE COMPENSAÇÃO DE CRÉDITO ORIUNDO DE PRECATÓRIO ADQUIRIDO DE TERCEIRO COM DÉBITO TRIBUTÁRIO ANTÔNIO JOSÉ DOS REIS JÚNIOR * Inicialmente, é de bom alvitre tecer algumas considerações acerca

Leia mais

IMPOSTO SOBRE PROPRIEDADE DE VEÍCULOS AUTOMOTORES (IPVA)

IMPOSTO SOBRE PROPRIEDADE DE VEÍCULOS AUTOMOTORES (IPVA) PROFESSOR ASSOCIADO PAULO AYRES BARRETO Disciplina: TRIBUTOS ESTADUAIS, MUNICIPAIS E PROCESSO TRIBUTÁRIO (DEF0516) IMPOSTO SOBRE PROPRIEDADE DE VEÍCULOS AUTOMOTORES (IPVA) 02/09/2015 PERFIL CONSTITUCIONAL

Leia mais

Alienação fiduciária de imóveis em operações de factoring Legalidade Precedente do Tribunal de Justiça de São Paulo

Alienação fiduciária de imóveis em operações de factoring Legalidade Precedente do Tribunal de Justiça de São Paulo Alienação fiduciária de imóveis em operações de factoring Legalidade Precedente do Tribunal de Justiça de São Paulo Marcelo Augusto de Barros 1 marcelo@fortes.adv.br Janeiro 2010 I. TEMA ANALISADO Uma

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0000.11.029913-8/000 Númeração 0299138- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Domingos Coelho Des.(a) Domingos Coelho 05/10/2011 17/10/2011 EMENTA: CONFLITO

Leia mais

Refis da Copa Eliminação dos honorários sobre os débitos previdenciários

Refis da Copa Eliminação dos honorários sobre os débitos previdenciários Refis da Copa Eliminação dos honorários sobre os débitos previdenciários Marcelo Alvares Vicente Mestre em Direito Tributário pela PUC/SP, advogado especialista em administração do passivo fiscal, professor

Leia mais

Quesito avaliado. 5. Fundamentos: Cabimento do recurso: art. 102, III, a e foi interposto tempestivamente (art. 508 do CPC) (0,30);

Quesito avaliado. 5. Fundamentos: Cabimento do recurso: art. 102, III, a e foi interposto tempestivamente (art. 508 do CPC) (0,30); Peça prática Foi proposta uma ação direta de inconstitucionalidade pelo prefeito de um município do Estado X. O Tribunal de Justiça do Estado X julgou tal ação improcedente, tendo o acórdão declarado constitucional

Leia mais

A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho.

A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho. A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho. Convenção Coletiva de Trabalho É um ato jurídico pactuado

Leia mais

A C Ó R D Ã O 6ª T U R M A E M E N T A

A C Ó R D Ã O 6ª T U R M A E M E N T A A C Ó R D Ã O 6ª T U R M A E M E N T A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL INDEVIDA PELAS MICROEMPRESAS INSCRITAS NO SIMPLES, CONFORME ARTIGO 149 DA CRFB C/C ARTIGO 3º, 4º, DA LEI 9.317/1996 E ARTIGO 5º, 8º, DA INSTRUÇÃO

Leia mais

Processo do Trabalho I

Processo do Trabalho I Processo do Trabalho I»Aula 5 Jurisdição e Competência Parte 1 Introdução Jurisdição Competência Em razão da Matéria Competência Funcional Jurisdição e competência da Justiça a do Trabalho I Introdução

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO. PROJETO DE LEI N o 4.847, DE 2005

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO. PROJETO DE LEI N o 4.847, DE 2005 COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI N o 4.847, DE 2005 Altera a Lei n.º 11.101, de 9 de fevereiro de 2005, que Regula a recuperação judicial, a extrajudicial e a falência

Leia mais

REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL DO EMPREGADOR DOMÉSTICO EM AUDIENCIA TRABALHISTA

REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL DO EMPREGADOR DOMÉSTICO EM AUDIENCIA TRABALHISTA REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL DO EMPREGADOR DOMÉSTICO EM AUDIENCIA TRABALHISTA Este trabalho tem por finalidade estudar os aspectos da representação processual trabalhista em foco da representação do empregador

Leia mais

A ATRIBUIÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO PARA ATUAR NOS PROCESSOS COM LIDES ENVOLVENDO SINDICATOS E SERVIDORES PÚBLICOS

A ATRIBUIÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO PARA ATUAR NOS PROCESSOS COM LIDES ENVOLVENDO SINDICATOS E SERVIDORES PÚBLICOS A ATRIBUIÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO PARA ATUAR NOS PROCESSOS COM LIDES ENVOLVENDO SINDICATOS E SERVIDORES PÚBLICOS Maria Clara Lucena Dutra de Almeida Procuradora Federal Especialista em Direito Constitucional

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016 Dispõe sobre a substituição processual pelo sindicato da categoria profissional. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º O sindicato da categoria profissional,

Leia mais

A C Ó R D Ã O. ACORDA, em Turma, a Terceira Câmara Civil do Tribunal de Alçada do Estado de Minas Gerais, NEGAR PROVIMENTO.

A C Ó R D Ã O. ACORDA, em Turma, a Terceira Câmara Civil do Tribunal de Alçada do Estado de Minas Gerais, NEGAR PROVIMENTO. EMENTA: PROCESSUAL CIVIL - AGRAVO DE INSTRUMENTO AÇÃO CAUTELAR PREPARATÓRIA DÉBITO CONTRAÍDO COM INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DESCONTO EM CONTA CORRENTE VENCIMENTOS DEBITADOS EM CONTA LIMINAR QUE REDUZIU O PERCENTUAL

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça EDcl no AgRg nos EDcl no CONFLITO DE COMPETÊNCIA Nº 88.661 - SP (2007/0188584-8) RELATOR EMBARGANTE EMBARGADO SUSCITANTE : MINISTRO FERNANDO GONÇALVES : LUIZ OTÁVIO MOREIRA DE SÁ : VIAÇÃO AÉREA SÃO PAULO

Leia mais

Parecer pelo conhecimento do conflito, para que seja declarada a competência da Justiça Federal.

Parecer pelo conhecimento do conflito, para que seja declarada a competência da Justiça Federal. Nº 5459/2014 ASJCIV/SAJ/PGR Relator: Ministro Marco Aurélio Suscitante: Juiz Federal da 3ª Vara Federal da Seção Judiciária do DF Suscitado: Tribunal Superior do Trabalho Interessados: Cristiano Gomes

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO EMENTA DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DISCIPLINA: Teoria Geral do Direito do Trabalho CARGA-HORÁRIA: 10 horas EMENTA: Estudo sobre a introdução ao direito do trabalho, analisando

Leia mais

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula 1. Fontes materiais e formais. 2. Normas Jurídicas de Direito do Trabalho. Constituição, Leis, Atos do Poder Executivo, Sentença normativa, Convenções e Acordos Coletivos, Regulamentos de empresa, Disposições

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA 1 ~~1 1111~111~11~2~.. 41~4., ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DECISÃO AGRAVO N. 200.2002.361426-2 / 001 - CAPITAL RELATOR : Dr. Josivaldo Félix de Oliveira Juiz Convocado AGRAVANTE

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 831.699 DISTRITO FEDERAL RELATORA RECTE.(S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :EDVALDO BORGES DE ARAÚJO ADV.(A/S) :ANTONIO DANIEL CUNHA RODRIGUES DE SOUZA E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :CELIO

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%.

AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%. AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%. É válido o desconto em folha para pagamento de empréstimo bancário livremente

Leia mais

Dê se a seguinte redação ao art. 61, inciso II, do Projeto de Lei do Senado nº 559, de 2013: JUSTIFICAÇÃO

Dê se a seguinte redação ao art. 61, inciso II, do Projeto de Lei do Senado nº 559, de 2013: JUSTIFICAÇÃO PLS 559/2013 00078 EMENDA Nº - CEDN (ao PLS nº 559, de 2013) Dê se a seguinte redação ao art. 61, inciso II, do Projeto de Lei do Senado nº 559, de 2013: II certidão negativa de feitos sobre falência expedida

Leia mais

Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul Corregedoria-Geral de Justiça

Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul Corregedoria-Geral de Justiça Autos n.º 2007.960107-7 PARECER N.º 147/2007 Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul CONSULTA HABILITAÇÃO CRÉDITO EM INVENTÁRIO PROCEDIMENTO AUTÔNOMO DE CARÁTER INCIDENTE DISTRIBUIÇÃO E RECOLHIMENTO

Leia mais

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Questões Comentadas Segue às questões da Vunesp do concurso de procurador municipal, devidamente comentada. Cargo de confiança 1) A determinação do empregador para que

Leia mais

PONTO 1: Fontes do Direito do Trabalho PONTO 2: Princípios 1. FONTES DO DIREITO DO TRABALHO. b.1) HETERÔNOMAS dispostas pelo legislador.

PONTO 1: Fontes do Direito do Trabalho PONTO 2: Princípios 1. FONTES DO DIREITO DO TRABALHO. b.1) HETERÔNOMAS dispostas pelo legislador. 1 DIREITO DO TRABALHO PONTO 1: Fontes do Direito do Trabalho PONTO 2: Princípios 1. FONTES DO a) MATERIAIS OU INFORMAIS São as fontes históricas. b) FORMAIS Há documentos. b.1) HETERÔNOMAS dispostas pelo

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO

DIREITO DO TRABALHO PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO DIREITO DO TRABALHO PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO Atualizado em 13/01/2016 PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO PRINCÍPIO PROTETOR Nas relações empregatícios sempre existe o conflito entre o detentor

Leia mais

Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota

Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 01. (Analista/TRT-24/2011-FCC) Maria, estudante de direito, está discutindo

Leia mais

Dados Básicos. Ementa. Íntegra

Dados Básicos. Ementa. Íntegra Dados Básicos Fonte: 91939/2011 Tipo: Acórdão TJMT Data de Julgamento: 14/03/2012 Data de Aprovação Data não disponível Data de Publicação: Data não disponível Estado: Mato Grosso Cidade: Sinop Relator:

Leia mais

Ato TRT GP nº 120/2012 Seg, 04 de junho de :51 -

Ato TRT GP nº 120/2012 Seg, 04 de junho de :51 - TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - 13ª REGIÃO PARAÍBA DOC: ATO NUM: 120 ANO: 2012 DATA: 07-05-2012 DEJT DATA: 08-05-2012 ATO TRT GP Nº 120/2012 João Pessoa, 07 de maio de 2012 Modifica o Projeto Negócio Legal,

Leia mais

AGRAVO DE PETIÇÃO TRT/AP ExFis A C Ó R D Ã O 4ª Turma

AGRAVO DE PETIÇÃO TRT/AP ExFis A C Ó R D Ã O 4ª Turma Prescrição. Multa administrativa - A multa administrativa, desde sua imposição até a sua cobrança submetese aos princípios do direito público, e assim está sujeita à prescrição quinquenal prevista no art.

Leia mais

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO RELATÓRIO UNIÃO FEDERAL (Fazenda Nacional) apela da r. sentença (fls.12/13) que (a) rejeitando a alegação de excesso de execução, (b) julgou improcedentes os embargos opostos à execução que lhe move NELSON

Leia mais

ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL 46-7 DISTRITO FEDERAL

ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL 46-7 DISTRITO FEDERAL JURISPRUDÊNCIA A seguir são apresentados quatro julgados do Supremo Tribunal Federal STF os quais representam importantes conquistas jurídicas para a ECT. ARGUIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL

Leia mais

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA SIMULADO 1: 1a Questão: A Consolidação das Leis do Trabalho autoriza que o Direito Processual Comum seja aplicado subsidiariamente ao Direito Processual

Leia mais

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador ARMANDO MONTEIRO I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador ARMANDO MONTEIRO I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2014 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, em decisão terminativa, sobre o Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 466, de 2013, do Senador Blairo Maggi, que acrescenta o art. 14-A à Consolidação das

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº A, DE 2009

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº A, DE 2009 COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 5.019-A, DE 2009 Altera o art. 2º da Lei nº 4.923, de 23 de dezembro de 1965, para permitir a redução da jornada de trabalho nos

Leia mais

CURSO ONLINE APERFEIÇOAMENTO EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESAS

CURSO ONLINE APERFEIÇOAMENTO EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESAS CURSO ONLINE APERFEIÇOAMENTO EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESAS 1 1 Aula 5 - ASSEMBLEIA GERAL DE CREDORES E DIREITO DE VOTO PARTE 1 2 ASSEMBLEIA GERAL DE CREDORES NA RECUPERAÇÃO JUDICIAL E NA FALÊNCIA

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO PELA UNIÃO (PGF), EM FACE DE DECISÃO PUBLICADA ANTES DA VIGÊNCIA DA LEI Nº 13.015/2014. PROCEDIMENTO SUMARÍSSIMO. ACORDO HOMOLOGADO

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (4.ª Turma) GMMAC/r4/rjr/r/h/j

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (4.ª Turma) GMMAC/r4/rjr/r/h/j A C Ó R D Ã O (4.ª Turma) GMMAC/r4/rjr/r/h/j RECURSO DE REVISTA. CONTRIBUIÇÕES SINDICAIS. A contribuição assistencial patronal constante de cláusula coletiva, imposta a toda a categoria econômica, viola

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica LEI Nº , DE 7 DE AGOSTO DE 2009 MANDADO DE SEGURANÇA INDIVIDUAL E COLETIVO

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica LEI Nº , DE 7 DE AGOSTO DE 2009 MANDADO DE SEGURANÇA INDIVIDUAL E COLETIVO TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica LEI Nº 12.016, DE 7 DE AGOSTO DE 2009 MANDADO DE SEGURANÇA INDIVIDUAL E COLETIVO Francisco Guilherme Braga de Mesquita Advogado Neste estudo, buscaremos comentar a respeito

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA A C Ó R D Ã O (CSJT) GARP/ly/ps PROC. N TST-CSJT-180.517/2007-000-00-00.2 EXTENSÃO DA ASSISTÊNCIA PRÉ-ESCOLAR AOS DEPENDENTES DOS MAGISTRADOS - INDEVIDA. Consoante o disposto no art.

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça CONFLITO DE COMPETÊNCIA Nº 49.516 - SC (2005/0072581-0) RELATOR : MINISTRO CESAR ASFOR ROCHA AUTOR : VALDECIR JOÃO DE OLIVEIRA ADVOGADO : PAULO CÉSAR SAATKAMP E OUTRO RÉU : SADIA S/A SUSCITANTE : JUÍZO

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Trata-se de contestação ou defesa, que deve trazer em seu bojo tópico próprio relativamente à prescrição quinquenal de que trata o art. 7.º, XXIX, da Constituição Federal, por meio do

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE (Do Senhor Alexandre Leite)

PROJETO DE LEI Nº, DE (Do Senhor Alexandre Leite) PROJETO DE LEI Nº, DE 2015. (Do Senhor Alexandre Leite) Altera a Constituição das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, bem como insere o artigo 15-A no Novo

Leia mais

A Ré, às fls. 70/78, argui preliminar de nulidade por julgamento extra petita e, no mérito, insurge se em relação a declaração de sucessão e quanto a

A Ré, às fls. 70/78, argui preliminar de nulidade por julgamento extra petita e, no mérito, insurge se em relação a declaração de sucessão e quanto a ACÓRDÃO 6a Turma SUCESSÃO. DROGARIA DESCONTÃO E DROGARIA PACHECO. Os elementos que definem a sucessão, no processo do trabalho, são a continuidade da atividade empresarial e a passagem de uma unidade produtiva

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal MANDADO DE SEGURANÇA 33.121 SÃO PAULO RELATORA IMPTE.(S) ADV.(A/S) IMPDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. ROSA WEBER :DONISETE GIMENES ANGELO :ELIANE MARTINS DE OLIVEIRA :PRESIDENTE DA 2ª TURMA RECURSAL DOS JUIZADOS

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE (Do Sr. Jorge Boeira) O Congresso Nacional decreta:

PROJETO DE LEI Nº, DE (Do Sr. Jorge Boeira) O Congresso Nacional decreta: PROJETO DE LEI Nº, DE 2005 (Do Sr. Jorge Boeira) Dispõe sobre parcelamento para empresas em recuperação judicial de débitos com a Secretaria da Receita Federal, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional

Leia mais

ENTENDA SEUS DIREITOS. O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas. O que é Banco de horas?

ENTENDA SEUS DIREITOS. O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas. O que é Banco de horas? ENTENDA SEUS DIREITOS O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas. O que é Banco de horas? O chamado banco de horas é uma possibilidade admissível de controle e compensação

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA 1 COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI N o 111, DE 2011 Altera a Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1990, para incluir nova hipótese de cláusula contratual abusiva. Autor: Deputado

Leia mais

A responsabilidade pessoal dos sócios nas sociedades empresárias. Michele Schwan Advogada OAB/RS

A responsabilidade pessoal dos sócios nas sociedades empresárias. Michele Schwan Advogada OAB/RS A responsabilidade pessoal dos sócios nas sociedades empresárias Michele Schwan Advogada OAB/RS 86.749 As três modalidades de constituição de empresa mais utilizadas no Rio Grande do Sul, conforme a Junta

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo TRIBUNAL DE JUSTIÇA São Paulo fls. 1 Registro: 2013.0000071982 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Habeas Corpus nº 0243217-95.2012.8.26.0000, da Comarca de São José dos Campos, em que

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO A C Ó R D Ã O CSJT VMF/mahe/cp PEDIDO DE PROVIDÊNCIA PEDIDO DE IMPLANTAÇÃO DE JORNADA DE SEIS HORAS EM TURNO ÚNICO PARA OS SERVIDORES DA. Ao Conselho Superior da Justiça do Trabalho compete, por força

Leia mais

COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO. PROJETO DE LEI N o 7.047, DE 2010 (Apensado PL 307/2011)

COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO. PROJETO DE LEI N o 7.047, DE 2010 (Apensado PL 307/2011) COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO PROJETO DE LEI N o 7.047, DE 2010 (Apensado PL 307/2011) Acrescenta parágrafo ao art. 899 do Decreto-Lei nº 5.452, de 1943, que aprova a Consolidação

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE PERDAS DO FUNDO DE GARANTIA (FGTS) Sex, 20 de Setembro de :51 - Última atualização Sex, 20 de Setembro de :44

RECUPERAÇÃO DE PERDAS DO FUNDO DE GARANTIA (FGTS) Sex, 20 de Setembro de :51 - Última atualização Sex, 20 de Setembro de :44 Com relação a AÇÃO COLETIVA para recuperação das perdas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) a partir de janeiro de 1999, Administradores e Tecnólogos interessados deverão entrar em contato

Leia mais

COMUNICADO CORI/MG nº. 005/2016

COMUNICADO CORI/MG nº. 005/2016 Belo Horizonte, 20 de setembro de 2016. Senhor Oficial Registrador, Vimos através deste comunicado informar que em 16/09/2016, o Conselho Deliberativo do CORI aprovou, por unanimidade, as orientações abaixo

Leia mais

ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS

ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS Tribunal de Justiça 12ª Câmara Cível Apelação Cível nº 0045893-97.2011.8.19.0042 Apelantes: AMPLA ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS Apelado: IZABEL DE AZEVEDO SILVA Relator: Desembargador

Leia mais

Conflito de Competência DF Dias Toffoli

Conflito de Competência DF Dias Toffoli Nº 4489/2014 ASJCIV/SAJ/PGR Relator: Ministro Dias Toffoli Suscitante: Juiz de Direito da 2ª Vara Cível da Comarca de Belo Jardim Suscitado: Tribunal Superior do Trabalho Interessados: Edilva Aparecida

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Orloff Neves Rocha PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( )

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Orloff Neves Rocha PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 222331-78.2014.8.09.0000 (201492223310) COMARCA AGRAVANTE AGRAVADO RELATOR :GOIÂNIA :BANCO BRADESCO FINANCIAMENTOS S/A :JESSYCA DE ALMEIDA SILVA :Desembargador

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º 0030633-38.2013.8.19.0000 Agravante: DELVINA CÂNDIDA DE OLIVEIRA. Agravados:ELIANE

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO. PROJETO DE LEI Nº 3.289, de 2012 (Apensado o Projeto de Lei nº 4.

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO. PROJETO DE LEI Nº 3.289, de 2012 (Apensado o Projeto de Lei nº 4. COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 3.289, de 2012 (Apensado o Projeto de Lei nº 4.113, de 2012) Acrescenta os 3º, 4º e 5º ao art. 136 da Consolidação das Leis Trabalhistas

Leia mais

11ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO N o RELATOR: DES. ADOLPHO ANDRADE MELLO

11ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO N o RELATOR: DES. ADOLPHO ANDRADE MELLO 11ª CÂARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUENTO N o 0055514-16.2012.8.19.0000 RELATOR: DES. ADOLPHO ANDRADE ELLO Agravante - SUPERVIA CONCESSIONÁRIA DE TRANSPORTE FERROVIÁRIO S. A. Agravados - COPANHIA FLUINENSE

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE DIREITO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Fundamental: (Direito, Política e Economia) Ciência Política 02 0 02 40 Economia e Negócios 04 0 04 80 Fundamentos do Direito Civil 04 0 04

Leia mais

SOBRESTAMENTO RICARF ART. 62-A, 1º

SOBRESTAMENTO RICARF ART. 62-A, 1º RICARF Art. 62-A Art. 62-A. As decisões definitivas de mérito, proferidas pelo Supremo Tribunal Federal e pelo Superior Tribunal de Justiça em matéria infraconstitucional, na sistemática prevista pelos

Leia mais

I iiim uni mil mil um um um um mi m

I iiim uni mil mil um um um um mi m PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N I iiim uni mil mil um um um um mi m Vistos, relatados e discutidos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO fls. 1 Registro: 2012.0000438839 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0145458-59.2011.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que são apelantes ED COSTA MUSIC COMÉRCIO DE ARTIGOS

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI N o 4.001, DE 2012 Acrescenta parágrafos ao art. 482 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452,

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA ADVOGADO : CARLOS HENRIQUE BERNARDES CASTELLO CHIOSSI E OUTROS EMENTA ADMINISTRATIVO. FGTS. DESPEDIDA IMOTIVADA. LEVANTAMENTO DOS DEPÓSITOS. ARBITRAGEM. DIREITO TRABALHISTA.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO I. RELATÓRIO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO I. RELATÓRIO SE EMENTA AGRAVO DE PETIÇÃO, provenientes da ARAUCÁRIA - PR, sendo Agravante LTDA. e Agravados CARVALHO DE OLIVEIRA. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA - BENEFÍCIO DE ORDEM EM RELAÇÃO AOS SÓCIOS DO DEVEDOR PRINCIPAL

Leia mais

EMENTA PROPOSIÇÃO. PROPOSTA DE RECOMENDAÇÃO. PROGRAMA DE PRORROGAÇÃO DA LICENÇA- PATERNIDADE. APROVAÇÃO NA ÍNTEGRA.

EMENTA PROPOSIÇÃO. PROPOSTA DE RECOMENDAÇÃO. PROGRAMA DE PRORROGAÇÃO DA LICENÇA- PATERNIDADE. APROVAÇÃO NA ÍNTEGRA. Processo: Proponente: 1.00411/2016-15 (PROP) Orlando Rochadel Moreira EMENTA PROPOSIÇÃO. PROPOSTA DE RECOMENDAÇÃO. PROGRAMA DE PRORROGAÇÃO DA LICENÇA- PATERNIDADE. APROVAÇÃO NA ÍNTEGRA. 1. Recomenda-se

Leia mais

FONTES DO DIREITO DIREITO DO TRABALHO FONTES FORMAIS DO DIREITO DO TRABALHO FONTES FORMAIS DO DIREITO DO TRABALHO 2

FONTES DO DIREITO DIREITO DO TRABALHO FONTES FORMAIS DO DIREITO DO TRABALHO FONTES FORMAIS DO DIREITO DO TRABALHO 2 FONTES DO DIREITO Fontes materiais referem-se aos fatores sociais, econômicos, políticos, filosóficos e históricos que deram origem ao Direito, DIREITO DO TRABALHO influenciando na criação das normas jurídicas;

Leia mais

1. PRINCÍPIOS E FONTES DO DIREITO DO TRABALHO

1. PRINCÍPIOS E FONTES DO DIREITO DO TRABALHO 1. PRINCÍPIOS E FONTES DO DIREITO DO TRABALHO (AJAJ TRT da 19ª Região FCC 2014) 001 A relação objetiva evidenciada pelos fatos define a verdadeira relação jurídica estipulada pelos contratantes, ainda

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 3 - Data 6 de janeiro de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO. PROGRAMA

Leia mais

PIS-IMPORTAÇÃO E COFINS-IMPORTAÇÃO (LEI Nº /04)

PIS-IMPORTAÇÃO E COFINS-IMPORTAÇÃO (LEI Nº /04) PIS-IMPORTAÇÃO E COFINS-IMPORTAÇÃO (LEI Nº 10.865/04) Vimos por meio do presente resumo destacar nosso entendimento sobre a sistemática de incidência do PIS e da COFINS nas operações de importação, bem

Leia mais

Crimes Contra a Ordem Tributária João Daniel Rassi

Crimes Contra a Ordem Tributária João Daniel Rassi Crimes Contra a Ordem Tributária João Daniel Rassi LEI 8.137/90 QUESTÕES PRELIMINARES Disposições constitucionais Dado histórico: PERGUNTA-SE: A EXISTÊNCIA DE CRIMES CONTRA A ORDEM TRIBUTÁRIA NÃO IMPLICA

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA EMENTA: A LEI Nº 6.839/80 CARACTERIZA A OBRIGAÇÃO DE REGISTRO NO CONSELHO RESPECTIVO EM RAZÃO DA ATIVIDADE PREPONDERANTE PRESTADA PELA EMPRESA. AS INSTITUIÇÕES MÉDICAS REGISTRADAS

Leia mais

ALMEIDA GUILHERME Advogados Associados

ALMEIDA GUILHERME Advogados Associados A INCIDÊNCIA DE IMPOSTO NA PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS Roque Calixto Choairy Pinto Advogado de Almeida Guilherme Advogados e Natalia Barbieri Bortolin Advogada de Almeida Guilherme Advogados Os

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA.

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELAÇÃO CÍVEL Nº 1.401.899-0, DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELANTE: CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SCHOENSTATT. APELADO: LUIZ ADRIANO DE VEIGA BOABAID. RELATOR:

Leia mais

PARECER JURÍDICO / SEBA ADVOGADOS / 002/2014

PARECER JURÍDICO / SEBA ADVOGADOS / 002/2014 PARECER JURÍDICO / SEBA ADVOGADOS / 002/2014 EMENTA: Análise jurídica acerca da viabilidade de adesão ao Parcelamento Especial instituído pela Lei n. o 12.249, de 2010, com reabertura de prazo deferida

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Desapropriação - Tratamento Fiscal Gilberto de Castro Moreira Junior* 1. Conforme preceitua o artigo 31 do Decreto-lei nº 1.598/77 (norma esta reproduzida pelo artigo 418 do RIR/99),

Leia mais

Indisponibilidade de bens, segredo de justiça e a publicidade notarial e registral. Tânia Mara Ahualli

Indisponibilidade de bens, segredo de justiça e a publicidade notarial e registral. Tânia Mara Ahualli , segredo de justiça e a publicidade notarial e registral. Tânia Mara Ahualli Limitação ao direito de propriedade, atingindo um dos seus atributos de maior relevância, que é o direito de dispor da coisa

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça Gabinete do Conselheiro Ney José de Freitas PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO Nº 0001180-61.2012.2.00.0000 Requerente: André Luís Alves de Melo Requerido: Tribunal de

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0145.14.044695-9/002 Númeração 0823209- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Pedro Bernardes Des.(a) Pedro Bernardes 26/05/0015 19/06/2015 EMENTA: AGRAVO

Leia mais

DIREITO FINANCEIRO ORÇAMENTO PÚBLICO (continuação)

DIREITO FINANCEIRO ORÇAMENTO PÚBLICO (continuação) DIREITO FINANCEIRO ORÇAMENTO PÚBLICO (continuação) III. VEDAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS A vedação, tratada pelo art. 167, da CF, é dividida em 2 tópicos: a) Execução Orçamentária (limitações a serem aplicadas no

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Registro: 2016.0000652885 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2104978-38.2016.8.26.0000, da Comarca de São Bernardo do Campo, em que é agravante ANTONIA DANTAS

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO 769.059 SANTA CATARINA RELATORA RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :SUPERMERCADOS XANDE LTDA : JULIANO GOMES GARCIA E OUTRO(A/S) :UNIÃO :PROCURADOR-GERAL

Leia mais

Filosofia e Direito. Filosofia e Direito

Filosofia e Direito. Filosofia e Direito 2016-2 HORÁRIO DO 1º SEMESTRE 1ª Aula Humanidades em Direito Redação e Linguagem Jurídica Filosofia e Direito Ciência Política e Teoria do Estado Introdução ao Estudo do Direito 2ª Aula Humanidades em

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO 00448-2007-024-04-00-6 RO Fl.1 EMENTA: CONTRIBUIÇÕES SINDICAIS. REPRESENTATIVIDADE. Hipótese em que a prova dos autos permite concluir que a consignante, por se tratar de instituição de cunho religioso,

Leia mais

: MIN. MARCO AURÉLIO DECISÃO

: MIN. MARCO AURÉLIO DECISÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO 588.187 RIO DE JANEIRO RELATOR AGTE.(S) PROC.(A/S)(ES) AGDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. MARCO AURÉLIO :ESTADO DO RIO DE JANEIRO :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO :SCHWEITZER-MAUDUIT

Leia mais

R EP Ú BLI C A F E DE R AT I V A D O BRAS I L TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL RIDALVO COSTA

R EP Ú BLI C A F E DE R AT I V A D O BRAS I L TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL RIDALVO COSTA AGRAVO DE INSTRUMENTO (TURMA) Nº 71731 - CE AGRTE: MARPEX - INDUSTRIA DE PESCA S/A ADV/PROC: NELSON WILIANS FRATONI RODRIGUES E OUTROS AGRDO: INSS - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL REPTE: PROCURADORIA

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 CAPÍTULO I A PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL... 15 1. Breve reconstrução histórica... 15 1.1. Do Procurador dos Feitos da Coroa, da Fazenda e do Fisco ao Procurador

Leia mais

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS AÇÃO MONITÓRIA DA AÇÃO MONITÓRIA Art. 700. A ação monitória pode ser proposta por aquele que afirmar, com base em prova escrita sem eficácia de título executivo, ter direito de

Leia mais

Janeiro-Dezembro/2014

Janeiro-Dezembro/2014 IRRF - Décimo terceiro salário 2014 - Roteiro Aqui serão analisados os aspectos gerais relacionados à retenção do Imposto de Renda incidente no pagamento do décimo terceiro salário. Introdução Os rendimentos

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Da inexistência de limitação valorativa para as causas previstas no art. 275, II do CPC no âmbito dos Juizados Especiais Cíveis Ana Raquel Colares dos Santos Linard* Uma das questões

Leia mais

Custas processuais à fl Contrarrazões às fls. 177/181.

Custas processuais à fl Contrarrazões às fls. 177/181. PROCESSO: 0000958-75.2012.5.01.0013 - RTSum ACÓRDÃO 9ªTurma CONTRIBUIÇÃO SINDICAL. AÇÃO DE COBRANÇA. REPRESENTATIVIDADE SINDICAL. DEPÓSITO JUDICIAL. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de

Leia mais

129 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA

129 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA nº 0001916-79.2014.8.19.0000 (5) Suscitante: EGRÉGIA 14ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Oitava Câmara Cível A C Ó R D Ã O RECURSO PROVIDO.

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Oitava Câmara Cível A C Ó R D Ã O RECURSO PROVIDO. 38 Agravante: Vitoria Faertag Agravados: A E B comércio de Calçados Relatora: Des. Flávia Romano de Rezende A C Ó R D Ã O AGRAVO DE INSTRUMENTO. SUSPENSÃO DA AÇÃO DE DESPEJO C/C COBRANÇA EM RAZÃO DE TER

Leia mais

- PARA CRIMES CUJA PENA MÁXIMA SEJA IGUAL OU SUPERIOR A QUATRO ANOS: PROCEDIMENTO ORDINÁRIO;

- PARA CRIMES CUJA PENA MÁXIMA SEJA IGUAL OU SUPERIOR A QUATRO ANOS: PROCEDIMENTO ORDINÁRIO; ESQUEMA DE ESTUDO PROCEDIMENTOS PENAIS PROFESSOR: PIETRO CHIDICHIMO JUNIOR NOVA FORMA DE ESCOLHA DOS PROCEDIMENTOS COMUNS COM O ADVENTO DA LEI N.º 11.719/08. EXCEÇÕES: PROCEDIMENTO DE FUNCIONÁRIO E HONRA

Leia mais