gestão eficiente Medidas simples e práticas que aumentam a rentabilidade do negócio em pouco tempo entrevista copa do mundo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "gestão eficiente Medidas simples e práticas que aumentam a rentabilidade do negócio em pouco tempo entrevista copa do mundo"

Transcrição

1 abastecimento 44 mar/abr 2014 a revista do varejo de vizinhança Edição 44 mar/abr 2014 ano 8 R$ 13,90 gestão eficiente Capa: gestão eficiente entrevista: marco antônio tannús copa do mundo Medidas simples e práticas que aumentam a rentabilidade do negócio em pouco tempo entrevista Marco Antônio Tannús, do Martins, fala sobre Trade Marketing na empresa copa do mundo Dez dicas eficientes para trabalhar o mix durante o evento José Eduardo de Carvalho, do Supermercado Violeta: lições seguidas à risca possibilitaram crescimento CAPA 44.indd :57:53

2 Template_Anúncio.indd 2 12/03/ :32:33

3 Template_Anúncio.indd 3 12/03/ :32:55

4 sumario s u m á r i o abastecimento 44 mar/abr 2014 a REvista do varejo de vizinhança 8 Sua opinião Espaço para o leitor Edição 44 mar/abr 2014 ano 8 R$ 13,90 capa: gestão eficiente entrevista: marco antônio tannús copa do mundo gestão eficiente medidas simples e práticas que aumentam a rentabilidade do negócio em pouco tempo entrevista marco antônio tannús, do martins, fala sobre trade marketing na empresa copa do mundo dez dicas eficientes para trabalhar o mix durante o evento José Eduardo de Carvalho, do Supermercado Violeta: lições seguidas à risca possibilitaram crescimento CAPA 44.indd :57:53 Abastecimento 44 foto: anderson souza Portal O que você encontra na versão eletrônica da revista na internet Produtos As novidades nas gôndolas do varejo de olho na copa Dez dicas para o varejista não perder vendas durante o evento Negócios Notícias sobre a economia e a cadeia de abastecimento fique por dentro O grande desafio do varejo: rotatividade no ponto de venda opinião Empresários devem ter atenção ao fluxo de caixa este ano Ponto Final Ricardo Pedro, da Reckitt Benckiser, fala sobre nova categoria divulgação fotolia entrevista Marco Antônio Tannús, diretor de Trade Marketing do Martins, explica as iniciativas para fortalecer o pequeno e médio varejo CAPA Pesquisa realizada pela Connect Shopper revela as medidas simples e eficientes para cativar os clientes beleza Lojas diversificam mix e dão destaque a categorias de alto giro mercado Investir no setor de frutas, legumes e verduras pode melhorar o lucro da atividade comercial sem incorrer em perdas novidades Conheça as novidades dos fabricantes para a Páscoa de 2014 especial sazonal Como incrementar as vendas período das festas juninas aproveitando, ao mesmo tempo, os dias de inverno oportunidades Seção bazar deve ser bem trabalhada, pois desperta no consumidor o desejo de adquirir itens fora da lista de compras 4 mar/abr 2014 sumarionovo.indd :13:26

5 182825_LODUCCA_Cia Muller_205x275 07/03/ :03 A EMBALAGEM E NOVA. A CACHACA E A MESMA: A MAIS VENDIDA NO BRASIL. Com rótulo mais bonito, um dosador que evita o desperdício, uma tampa fácil de abrir e mais higiênica, a 51 ficou melhor para você, para os donos de bar e para os clientes. Mas, o mais importante é que, mesmo com uma embalagem mais moderna, a qualidade da cachaça continua igualzinha. Porque valores existem para você poder mudar e continuar sempre o mesmo. AFK-51-AN ABASTECIMENTO-205X indd 1 3/7/14 5:14 PM

6 carta ao leitor c a r t a a o l e i t o r Como conhecer o seu cliente Você conhece o seu cliente? Sabe o que ele procura no ponto de venda? Pois é, nesta edição, apresentamos a pesquisa desenvolvida pela especialista Fátima Merlin, da Connect Shopper, realizada com 182 empresas do varejo, 70% delas de pequeno porte. Esse levantamento revela que apenas um em cada dez varejistas entrevistados conta com um sistema estruturado de gestão, aliando monitoramento contínuo de dados, planejamento sistemático, seleção, análise e disseminação das informações coletadas. A repórter Rúbia Evangelinellis teve acesso a dados inéditos do estudo, que serão revelados com exclusividade nas páginas a seguir. Confira a matéria, que também traz cases de sucesso. Na entrevista da edição, uma conversa esclarecedora com Marco Antônio Tannús, diretor de Trade Marketing do Martins, maior atacadista distribuidor brasileiro, que trabalha para levar conhecimento ao ponto de venda com ações específicas ou por meio da Universidade Martins do Varejo. Em contagem regressiva, a Copa do Mundo no Brasil deverá movimentar milhões de reais com o incremento de pessoas circulando pelo País para acompanhar os jogos de futebol. Você está preparado? A sua loja está pronta? Ou melhor, você já sabe que ações realizará para aumentar o seu lucro? Se ainda não pensou no assunto, aproveite as dez dicas, fáceis de serem implantadas, que lhe oferecemos, e boa sorte! Falando em ganhar mais, não desperdice a Páscoa, que será comemorada no dia 20 de abril, e é uma das datas mais aguardadas pelos varejistas e consumidores. Neste ano, como ela será comemorada em abril, ainda há tempo de fazer as compras e de oferecer as novidades que as indústrias prepararam. Confira quais são elas a partir da página 42. Ainda nesta edição, uma reportagem especial sobre como trabalhar com os legumes e verduras, diminuindo as perdas e faturando mais. Boa leitura e até maio! Editora Brasileira do Comércio Rua Apeninos, São Paulo - SP Fone: (11) Fax: (11) / ramal 235 Diretor-Presidente Vicente Puerta: Diretora-Editorial Claudia Rivoiro: Editor Cristiano Eloi: Redação Repórteres Rúbia Evangelinellis: Vivian Ortiz: Revisão Newton Roberval Eichemberg Criação e Produção Fábio Geríbola: Manoel Mendonça: Produção Gráfica Ronaldo Secundo: Portal newtrade Repórter Andréia Martins: Webdesign Anderson Souza: Mídias Digitais Gabriel Baldin: Marketing Jorge Brolio Eventos Pedro Pires Gerência de Clientes Especiais Jorge Rodrigues: José Paulo Basílio: Marcos Monaco: Representantes SP Interior: Tânia Nassif: RJ/ES/PR/SC, Norte e Nordeste: Brasília/DF: Paulo Tamanaha (61) (61) skype - paulo.tamanaha1 Relacionamento Leitores/assinaturas/circulação Fernando Mendes: Fale conosco: (11) (11) Gerência Administrativa/Financeira Simone Vargas: Jornalista Responsável Cristiano Eloi MTb CLAUDIA RIVOIRO Diretora-editorial ricardo bakker Periodicidade: bimestral - Circulação: nacional - Tiragem: exemplares Distribuição dirigida - Impressão: Abril Gráfica Esta revista é destinada a proprietários, sócios e gerentes de pequenas e médias lojas do varejo independente, mercados com até dez checkouts. Apoio Filiada ao rrc 6 mar/abr 2014 cartaleitor.indd :10:49

7 Template_Anúncio.indd 1 07/02/ :47:29

8 CAPA 43.indd :34:51 s u a o p i n i ã o ABASTECIMENTO 43 jan/fev 2014 A REVISTA DO VAREJO DE VIZINHANÇA Edição 43 jan/fev 2014 ano 7 R$ 13,90 Perguntamos aos nossos leitores sobre o que achavam da revista ABASTECIMENTO. Confira a seguir algumas respostas, pelas quais agradeço, aproveitando para também agradecer a todos os que colaboraram. Claudia Rivoiro diretora de Redação A revista é ótima e nos deixa sempre bem informados sobre as novidades, em particular sobre os lançamentos das empresas alimentícias. Marico Egashira Ubatuba/SP Leio sempre e tento aplicar as dicas que são adaptáveis ao nosso negócio. Cid José Nascimento Fortaleza/CE CAPA: PÁSCOA PANORAMA DE OLHO NA COPA ANUÁRIO PANORAMA Economia pede atenção ao caixa e ao reajuste de preços DE OLHO NA CO PA 21 dicas para o varejista se dar bem durante o maior evento futebolístico ANUÁRIO Guia destaca fornecedores de equipamentos e de serviços para melhorar a operação da loja Indústrias estão otimistas com as vendas para o período e lojistas deverão ficar atentos para os itens que o consumidor procura Abastecimento 43 jan/fev de 2014 A revista é de excelente qualidade, sendo que aproveito as matérias inclusive nas aulas de logística, que ministro na universidade local. Eulo Centenaro São Miguel do Oeste/SC Ótima revista, com matérias muito interessantes. Fabrício Ucles Marília/SP É uma revista muito importante pelas suas matérias, que dizem respeito a tudo o que interessa a um supermercado de médio e pequeno porte. Adriana Cremonese Santa Maria/RS A revista apresenta bom conteúdo, com informações importantes para o segmento supermercadista. Nazareno Alves Criciúma/SC A revista ABASTECIMENTO é ótima pois me ajuda a crescer nesse ramo e traz muitas novidades sobre como proceder diante do cliente. José Carlos Schulte Ijuí/RS A revista ABASTECIMENTO é excelente! Os assuntos abordados, além de perfeitamente pertinentes ao nosso setor, são muito abrangentes. Acely Maria Romano Mariano Santo André/SP A revista é boa e resume boas dicas para o dia a dia do negócio. Valdir José Ribeiro Sertãozinho/SP A revista é de ótima qualidade. Nós a usamos como ferramenta para a atualização e a modernização de nossos negócios. Arnaldo Souza Gravatá/PE Para quem trabalha no varejo, a revista é indispensável. Covabra Comercial Capivari/SP A revista é muito interessante e traz matérias muito boas. Márcio Rogério Brito da Silva Feira de Santana/BA fale com a gente Anuncie na revista e no site Mostre a sua empresa e o seu mix de produtos aos varejistas do setor mercearil de todo o Brasil anunciando na revista ABASTECIMENTO e no site www. revistaabastecimento.com.br. Entre em contato com o Departamento Comercial da EBC por carta, pelo fax (11) , pelo telefone (11) ou pelo Assinaturas individuais e corporativas Consulte a nossa área de Relacionamento para conhecer a tabela da EBC. Faça a sua assinatura agora mesmo e receba a AB já no próximo mês. Discuta as reportagens com sua equipe e envie comentários para a redação. Envie suas cartas e sugestões A revista Abastecimento quer conhecer a sua opinião. Envie suas críticas e sugestões para a revista abastecimento, Rua Apeninos, 1.126, CEP , São Paulo, SP, ou pelo com.br. Com a sua participação, faremos da AB uma revista cada vez mais útil para o mercado varejista. 8 mar/abr 2014 sua opiniaonovo.indd :12:12

9 BOZZANO_AN_TRADE_205X275MM.indd 1 14/02/14 16:45

10 portal p o r t a l grandes desafios do varejo em 2014 De acordo com estudos realizados pela Nielsen, o cash & carry, conhecido popularmente como atacarejo, teve um aumento de penetração de 10% nos domicílios brasileiros, e o farma o segue, com 2%. Cash & Carry: aumento de 10% Isso porque ambos apresentam itens mais baratos em comparação com os mesmos itens vendidos nas lojas de autosserviço (hiper e supermercados): 83% e 58%, respectivamente. divulgação divulgação Pesquisa da FIA Fundação Instituto de Administração revela que, no ano passado, o varejo teve perdas de 1,7 bilhão de reais. De acordo com Virginia Vaamonde (foto), CEO da Associação Brasileira de Automação, a tecnologia é uma aliada para enfrentar os problemas do setor. Colin Kavanagh (foto), diretor de Marketing da Pernod Ricard Brasil, afirma que a fabricante da Absolut, Chivas e Orloff pretende levar suas marcas para a mídia digital, aumentar o nível de criatividade de suas campanhas e reforçar seu relacionamento com o varejo. reprodução +acessadas As notícias campeãs de acesso do portal newtrade em fevereiro Indústria Atacado Varejo Tecnologia fotos: divulgação BRF concentra gestão em diretoria Target lança sistema para distribuição volta das compras mensais Varejo ganha aplicativo de pré-venda O Conselho de Administração da BRF aprovou mudanças em sua diretoria executiva, com a concentração da gestão em três diretorias de operações regionais subordinadas a Claudio Galleazzi, presidente-executivo. A medida faz parte do processo, que prevê mudanças estruturais destinadas a focar em operações de maior valor agregado e a reduzir a fatia de produtos básicos. O Rota Plan é o mais novo aliado do distribuidor na montagem de roteiros e percursos planejados de entregas. A área de logística representa até 70% dos custos de operação de um distribuidor. Após a montagem da carga, o Rota Plan informa peso, cubagem, sequência ideal, custo, distância e tempo estimado de entrega, alertando ao usuário caso a carga extrapole a capacidade do veículo. Mesmo com a alta da inflação ocorrida em 2013, os brasileiros vêm consumindo cada vez mais. Apesar de diminuírem suas visitas ao ponto de venda em três vezes, registraram um aumento de 3% em volume consumido e de 9% no preço médio, segundo dados da Kantar WorldPanel. Esse resultado continua a ser impulsionado pelo maior acesso à renda por parte da classe C. A TOTVS apresenta o aplicativo Pré-Venda Ágil, que possibilita a integração das funcionalidades do ERP ao orçamento e ao registro efetuado pelos vendedores no ponto de venda. Assim, é possível acompanhar o cliente pela loja e executar a pré-venda tendo em mãos apenas um aparelho de smartphone equipado com o aplicativo. 10 mar/abr 2014 ab portalnovo.indd :12:47

11

12 produtos p r o d u t o s Chocolate Mais leite Com o objetivo de deixar o produto mais saboroso, Baton traz nova fórmula, agora com 65% mais leite em sua composição, na versão escura, e 115% na versão branca. A identidade visual da marca também foi repaginada, ficando mais moderna, e sua fórmula foi testada e aprovada por consumidores, sendo que 65% deles apontaram como principais características positivas o sabor e a textura mais cremosa. Além disso, o display de Baton traz agora o Guia Nutricional com Valores Diários de Referência para quantidades de calorias, açúcares, gorduras e sódio, entre outros valores nutricionais, com o objetivo de apresentar, de maneira visível, o que cada porção do produto oferece. Massa Novos cortes A indústria de massas e biscoitos Adria apresenta os novos cortes da linha Adria Grano D Oro: Gnocchi, Penne Birigate e Stortelli. Feitos com grão duro (trigo especial), conhecido cientificamente como Triticum Durum, os lançamentos fazem parte da linha premium da marca. Eliana Lopes, diretora de Marketing da marca, recomenda que os produtos sejam expostos nas gôndolas sempre na altura dos olhos do consumidor. Por sua vez, a organização sempre deve ser feita por corte, para mostrar a ele todas as opções de massas que a linha oferece, afirma. Instantâneo Versão em pó A Embaré, indústria de lácteos que detém a marca Camponesa, acaba de lançar no mercado o leite em pó em embalagens de 800 g nas versões integral e instantâneo. A nova embalagem inova no design, é do tipo Stand Up Pouch, que lhe permite ter maior destaque nas gôndolas e facilita o manuseio do produto no momento do uso. O item é enriquecido com ferro, cálcio e vitaminas A, C e D. O objetivo do lançamento é continuar surpreendendo positivamente o consumidor ao oferecer a ele itens diferenciados e de alta qualidade, mas também acessíveis, agregando valor à sua opção de compra, diz Ana Pinho, gerente de Marketing da Embaré. Infantil Diversão no banho A Phisalia, fabricante de produtos de higiene pessoal e cosméticos exclusivos para bebês e para o público infanto-juvenil, reforça o conceito musical da linha Trá Lá Lá Kids apresentando as novas embalagens dos xampus e condicionadores, agora em formato de microfone. O design atrai o olhar da criança para o produto, além de trazer um exclusivo medidor de banhos e rótulos de fácil leitura. Nos pequenos e médios varejos, apesar da redução de espaço nas gôndolas, é importante que se destine um setor exclusivo à perfumaria e que ali se agrupem todos os itens de banho, pós-banho e higiene oral infantil, destaca Francis Canterucci, gerente de Marketing da empresa. Fotos: divulgação 12 mar/abr 2014 lanc amentos.indd :14:47

13 produtos p r o d u t o s Higiene Cabelos bem tratados Um acessório que tem 428 cerdas de vários tamanhos, estrategicamente posicionadas para diminuir a pressão na escovação do cabelo, além de prevenir a quebra e a queda dos fios. Esta é a definição da escova desembaraçante Michel Mercier, da Bio Extratus Cosméticos Naturais, que promete uma escovação mais prazerosa para o usuário. Eduardo Avendanho, consultor comercial da Bio Extratus, recomenda posicionar as escovas em local de grande circulação da loja, ou na proximidade dos caixas, para atraírem a atenção dos clientes no ponto de venda. Se possível, também é recomendável manter um display com vídeo junto aos produtos, diz. Balas Gostinho exótico A Arcor do Brasil traz ao mercado os novos sabores para a marca de caramelos Butter Toffees: Damasco, Laranja e Gianduia. Para o desenvolvimento deles, a empresa utilizou aromas com matéria-prima de alta qualidade e reconhecida pelo padrão internacional. Buscamos, cada vez mais, esse posicionamento premium por meio da introdução de novos sabores, embalagens e parcerias, sempre alinhados com o produto, explica Loredana Mariotto, diretora de Marketing da Arcor. Queremos atrair consumidores de outras categorias, aqueles que consomem chocolates e outros doces em geral, aumentando, assim, o valor percebido da marca. Torcedor Para fanáticos A Rexona Men lança no mercado uma variedade do seu desodorante, o Fanatics. Trata-se de um produto feito em homenagem aos torcedores de futebol, com embalagem especial, nas cores verde e amarela. Ele pode ser encontrado nas versões roll on e aerossol, tendo como diferencial a tecnologia motion sense, composta por microcápsulas ativadas pelo movimento corporal, que oferecem 48 horas de proteção e têm eficácia dermatologicamente testada. O produto traz a superioridade de Rexona em relação à proteção e à eficácia, além de oferecer uma fragrância exclusiva e uma embalagem que traz as cores de nosso País, destaca Thaís Hagge, gerente de Marketing da Rexona. Água Linha funcional Visando diversificar seu portfólio, a Bioleve anuncia sua entrada no segmento de itens funcionais com Bioleve Colágeno. Produzido com água mineral, o produto contém colágeno, fibras, vitaminas B3, B6, B12, C e E, e está disponível nos sabores Frutas Vermelhas e Lima-Limão. Apresentado em embalagens de 360 ml, a empresa promete resultados depois de um mês de uso contínuo do produto. Nos pontos de venda que dispuserem de um espaço para alimentos funcionais, a indicação é colocá-lo nesse setor. Se dispuser de geladeira, colocá-lo lá também ajuda a estimular o consumo imediato, diz Sylvio Parente, diretor-comercial da Bioleve. mar/abr lanc amentos.indd :15:00

14 produtos p r o d u t o s Intimidade Mistura inusitada Detentora da marca Prudence, a DKT lançou o preservativo Caipirinha. Bicolor (verde e amarelo), sem álcool e indicado para todas as relações sexuais, o produto é uma extensão da linha Cores e Sabores, formada por itens de cores, sabores e aromas diferenciados. Denise Santos, gerente de Marketing da empresa, recomenda que o varejista organize os preservativos por linha em um ponto extra no checkout, e em outro junto a absorventes e sabonetes íntimos. Além disso, pela particularidade do sabor caipirinha, pode-se colocar o ponto extra na área de bebidas, que tem o mesmo público em comum com os preservativos, afirma. Conserva Recheio caprichado Mastroiani, linha de produtos premium da importadora La Violetera, apresenta seis novas versões de azeitonas recheadas: Salmão Defumado, Queijo Azul, Amêndoas, Pasta de Anchovas, Pasta de Cebola e Pasta de Alho. Gustavo Bianchi, coordenador de Trade Marketing da empresa, ressalta que o varejista precisa oferecer produtos que atendam a necessidades específicas e sejam inovadores, aumentando o desejo de comprar. É preciso que a exposição seja por categoria, priorizando itens com margem e valor agregado maiores. Recomendamos colocar a seção de azeitonas na segunda ou terceira prateleira junto às marcas líderes ou na seção de produtos importados e perto dos aperitivos, sugere. Bebida Para os pequenos A Ducoco Alimentos e Bebidas traz ao mercado a linha Ducoco Kids, seu primeiro suco de frutas com água de coco desenvolvido especialmente para as crianças. Fonte de vitaminas (A, C, E, B3, B6, B9, B12) e sais minerais, como o zinco, o produto vem acondicionado em embalagem de 200 ml, conta com o potássio natural da água de coco e não leva corantes nem conservantes químicos. Como a compra de bebidas costuma ser feita sem planejamento prévio pelo consumidor no pequeno varejo, é aconselhável colocar o produto na geladeira, facilitando o consumo imediato, diz Daniela Guizelini, gerente de Marketing da Ducoco. 14 mar/abr 2014 lanc amentos.indd :15:12

15 produtos p r o d u t o s Inseticidas Dedetização da casa Conseguir se livrar dos insetos por até três meses sem precisar investir dinheiro em uma dedetização profissional. É isso o que promete a nova linha Mortein Pro, da Reckitt Benckiser, composta por três itens: Pro Dedetizador, Barreira Ativa e Gel Injetável. De fácil aplicação, as novidades permitem que o próprio consumidor faça a dedetização de sua casa, eliminando os insetos que já estão dentro do ambiente e mantendo-os longe por mais tempo. Para trabalhar a categoria, é necessário priorizar a melhor localização, que, nesse caso, é a seção de limpeza, ao lado de categorias de alto giro, como desinfetantes e limpadores, diz Mônica Nascimento, gerente de Categoria da Mortein no Brasil. mar/abr lanc amentos.indd :15:24

16 e n t r e v i s t a Marco Antônio Tannús, diretor de Trade Marketing do Martins Forte e atuante Trade marketing do Martins, maior atacadista distribuidor brasileiro, trabalha para levar conhecimento ao ponto de venda com ações específicas ou com a Universidade Martins do Varejo Por Cristiano Eloi Fortalecer o pequeno e o médio varejo, em particular por meio de iniciativas que visam promover uma melhor capacitação, e proporcionar conhecimento e profissionalização na gestão da loja, bem como fomentar ações com vistas a uma maior competitividade na região em que os seus clientes varejistas estão instalados, são as principais preocupações da área de Trade Marketing do Sistema Integrado Martins, grupo que contempla o Martins Atacado, com uma tradição de mais de 60 anos no comércio de produtos em larga escala, que são distribuídos, sem quebra de continuidade, em mais de 300 mil pontos de venda do País todos os meses. A seguir, Marco Antônio Tannús, diretor de Trade Marketing do Sistema Integrado Martins, fala sobre o papel do departamento na empresa, em especial sobre sua importância para o fortalecimento das ações dos clientes varejistas nos PDVs como uma maneira de melhorar a competitividade e a atuação desses pontos de venda, e de se saber de que maneira as ações desenvolvidas pela área de trade marketing levam em conta a segmentação e as necessidades dos clientes. Fala também sobre os programas e as iniciativas da Universidade Martins do Varejo, que desenvolve projetos para melhorar a capacitação dos empresários varejistas graças a uma extensa programação de cursos e de palestras. O que é a área de trade marketing na empresa? Além de abranger uma atividade que desenvolve e aperfeiçoa nosso relacionamento com a indústria, também trabalhamos a precificação, pois o trade se incumbe de toda a campanha promocional e sua visão de mercado está muito focada em categorias que elegemos como principais e top. Além disso, procuramos introduzir conceitos que possam ser replicados pelo nosso cliente. Preparamos um grande calendário anual regionalizado, pois, afinal, o Martins é uma grande empresa regional. Por que vocês sentiram a necessidade de enfatizar essa atividade? Primeiro, pelo fato de estarmos mais próximos da região, precisávamos olhar para o mercado e oferecer o que ele precisava. Também teria de ser uma proposta de valor compatível com nossa missão. Afinal, se eu quero ser a principal solução para o varejista brasileiro, preciso ter respostas para todas as dúvidas que se põem no caminho dessa missão, o qual passa não só pelo trade, pelo calendário e pelo nível de serviço, mas também pelas análises que a UMV Univer- 16 mar/abr 2014 entrevista.indd :23:27

17 sidade Martins do Varejo realiza sobre essa missão, que é, em essência, um grande empenho em desenvolver o varejo. Damos sustentação para ele. O atacado distribuidor não vive sem o pequeno cliente. Estamos vendo um cliente que está sofrendo e um mercado cada vez menor. Mas a proposta do Martins, ao contrário, é a de fortalecer o varejo. Fazemos isso há vinte anos. Atualmente, temos na UMV um pequeno forte, que é mais profissionalizado, e que trabalha com uma cultura mais preocupada com o futuro. Essa é a grande diferença que temos hoje. divulgação De que maneira isso funciona na prática? Na verdade, preciso executar a estratégia da indústria, que às vezes realiza uma grande ação de mídia, e o seu produto não está no PDV. O que fazemos então é garantir que esse produto esteja no PDV e também que o varejista execute a estratégia no PDV. Sob esse aspecto, a universidade oferece ajuda com seu trabalho com planogramas e análises de gerenciamento por categorias. É um movimento que, embora profundo, ainda está no início. Mas evolui rapidamente, apesar de ainda ter de enfrentar grandes desafios, que envolvem o próprio varejista, pois ainda há muita resistência à sua implantação, uma vez que isso envolve mexer no sortimento, no layout. É um movimento, ainda incipiente, de mudança cultural. É um movimento longo, de médio e longo prazo. Não é de curto prazo. Marco Antônio Tannús: desafio de realizar a execução da estratégia da indústria no ponto de venda e de manter o pequeno e médio varejo competitivo Como vocês trabalham o sortimento dele? Ele tem de abrir mão de alguma coisa. Não adianta oferecer 15 marcas de uma determinada categoria se as três principais são as que definem a venda e a lucratividade. Por isso, é preciso fazer um trabalho de sortimento, o que é um desafio. O consumidor quer a solução e a loja precisa oferecê-la. O que temos feito é o trabalho de adaptar essa solução específica a cada tamanho de loja, uma vez que cada loja tem um perfil. mar/abr entrevista.indd :23:55

18 e n t r e v i s t a Marco Antônio Tannús, diretor de Trade Marketing do Martins De que maneira é o trabalho com as culturas locais? No caso do trade, há culturas locais, como Parintins, Boi Bumbá e baião de dois (que é uma pré-junina). Então, se estivermos no inverno, não dará mais para fazer uma campanha de veranico para a Região Norte. Já se foi o tempo em que o atacado tinha uma única campanha. Hoje temos uma para o Dia das Mães e para o baião de dois. Amanhã estarei com o Dia dos Pais e com o Círio de Nazaré. Estamos preparados para esse trabalho de regionalização. O trade está fazendo essa adequação ao calendário promocional. Agora, há os produtos regionais e essa adequação também é importante. Já se foi o tempo em que eu tinha um mix nacional. Hoje eu tenho profundidade local e um mix diferenciado por região. Isso será cada vez mais importante. Onde entra o trabalho da UMV? Entra em nossa estratégia, que nos leva a oferecer um diferencial competitivo e de transformação para o varejista. É um conceito de educação e ensino, pois introduzimos disciplina nas áreas de gestão, de recursos humanos e de finanças, e na área tributária. Reunimos os varejistas e com eles discutimos esses temas. Temos programas continuados ou de um tiro só [duração curta]. E qual é o papel da UMV nesses programas? Ela faz antecipações, sensibiliza. Não posso te dar um atestado de óbito. O que fazemos é o seguinte: você adoeceu, pode adoecer, toma este remédio aqui, ou vacina contra o que está vindo, somos preventivos. Quantos pegam a doença, quantos recusam a vacina? Não sei, tem de todo jeito, tem casos de todos os tipos. Antecipamos tendências para os varejistas por meio de informações vindas das indústrias, das consultorias e de nossas viagens. Quero que esse papel cresça e se consolide porque se transformará em exemplo para o pequeno e isso beneficia o Martins e, por extensão, o mercado. E a questão da concorrência com os grandes players internacionais? Antigamente ninguém falava em concentração, em Walmart e em Carrefour, e nós já falávamos disso há vinte anos. Falávamos: Olha, você precisa mudar, estar preparado para o mercado. Há O consumidor não aceita comprar em uma loja que não lhe atenda bem, que não lhe ofereça uma qualidade de alimentos que ele preze varejistas que estão conosco desde essa época, e, graças ao trabalho realizado com eles, tornaramse redes muito bem-sucedidas. Alertamos muitos varejistas para a necessidade de mudanças: no layout, na comunicação, no produto, na profissionalização da loja, na gestão, no software, e mudanças na retaguarda e na frente de loja. Mudanças que permitem ao varejista obter um controle de estoque bem feito, e não correr risco de furto em sua loja. Sempre defendemos uma empresa correta em seu funcionamento, com processos de gestão e de controles eficientes. E é nessa atividade de prestar esclarecimentos e fazer antecipações que podemos reconhecer a importância da UMV? Essa importância fica evidente nos números obtidos pela UMV, por exemplo, quando falamos que mais de 300 mil pessoas já foram treinadas. Isso não é coisa obtida da noite para o dia. Mais de 60 mil varejistas já passaram por algum tipo de treinamento de conscientização. O Martins é pioneiro em instruir profissionais on-line, tornando mais de 350 cursos disponíveis a eles. Cursos para o varejista, para a força de vendas, cursos sobre gerenciamento por categorias. É por isso que falamos com segurança que o Martins ajuda a promover o processo de profissionalização do pequeno e médio varejo no País e a cadeia se beneficia com isso. Quando eu treino um varejista que vai comprar de outro atacadista, estou ajudando a cadeia de abastecimento como um todo. bernardo rebello 18 mar/abr 2014 entrevista.indd :24:13

19 O que o consumidor busca no varejo de vizinhança? Hoje, o consumidor não aceita comprar em uma loja que não lhe atenda bem, que não lhe ofereça uma qualidade de alimentos que ele preze. Hoje o consumidor escolhe onde comprar. Um bom conhecimento desse comportamento ajuda a desenvolver o nosso modelo. Essa é uma das principais preocupações que temos quando nos empenhamos em oferecer uma proposta de valor, antes de mais nada para que o nosso cliente entenda que o Martins é um atacado diferenciado. Depois, essa proposta de valor se destina a consolidar outro fator: ao garantir que a sua loja seja profissionalizada, eu também garanto sua perenidade e, consequentemente, a minha. Não é um oportunismo. É uma relação ganha-ganha. Ganha o Martins e ganham o nosso cliente, a indústria e o consumidor final, pois esse pode contar com uma loja melhor onde comprar. Como você analisa o pequeno e médio varejo no futuro, com toda essa movimentação? Vão ocorrer movimentos do grande varejo. Mas acho que com o pequeno varejo se profissionalizando, buscando novas tecnologias, novos software, isso permitirá que o varejista realize uma boa gestão na loja, e um bom controle de fluxos, de loja, de self checkout, que se tornarão plenamente acessíveis a ele. Vejo um pequeno e médio varejo se preparando, em particular porque estão vindo muitas mudanças com essas tecnologias de tablets, pesquisas on-line de preço, programas de fidelização. O mercado vai mudar muito, mas o varejo precisa estar preparado para isso, precisa estar profissionalizado. Aquele que não estiver, com certeza sucumbirá diante desse movimento. O varejista está buscando a profissionalização. As pequenas mercearias estão se profissionalizando e se transformando em lojas melhores. Estão saindo do balcão. O varejo vai mudar muito nos próximos anos? Sim, e o grande aumento da mobilidade interna na loja e também o da velocidade da informação são fatores que irão provocar muitas mudanças, com compras instantâneas, processos de comunicação mais dinâmicos dentro da loja, mídias alternativas. Programas de relacionamento, divulgação Grupo atua no varejo com o Smart Supermercados, rede associativista que tem mais de 800 lojas em vários Estados tecnologia de etiqueta eletrônica (RFID) (que hoje custa dez centavos de dólar), surgimento de novas categorias dentro do varejo, e assim por diante. Por exemplo, temos projetos de ambientação de loja com telefonia, sistemas de pagamento na loja, correspondente bancário, recarga de celular, e outras melhorias que virão e serão adotadas para amadurecer o setor, e para melhorar o faturamento. Quanto mais profissional for esse varejo, mais perene ele também será, e é isso o que procuramos realizar por meio da Universidade Martins do Varejo. Como a UMV trabalha com o pequeno e médio varejista? A equipe de vendas é a responsável pela prospecção. Queremos mostrar para o cliente que se ele for ativo, em três meses ele estará novamente com a gente no evento, seja esse um evento de gestão, tributário, de software ou de operação. De acordo com o nível de compras, isto é, de relacionamento, ele tem um X que ele pode usar. Prospectamos regiões potenciais, e grupos de clientes, onde, e junto aos quais, o Martins quer estar presente. Montamos programas regionais de conscientização e de treinamento, por exemplo, de tributação, de gerenciamento, de sortimento e de precificação, cursos sobre a importância de se ter o produto na gôndola, no check stand, de não fazer confinamento. Todo esse trabalho de inteligência de ponto de venda nós ajudamos o varejista a fazê-lo, levando até ele consultores parceiros. O mercado exige boas parecerias e boas soluções. A grade de cursos varia de região para região, de necessidade para necessidade. mar/abr entrevista.indd :24:43

20 e n t r e v i s t a Marco Antônio Tannús, diretor de Trade Marketing do Martins Os varejistas já entenderam a importância desse trabalho? Vários já entenderam e o procuram, mas também há uma demanda oculta, a daqueles que ainda não sabem, ou a daqueles que já sabem, mas ainda não se preocupam, ou a daqueles que já sabem, mas não se preocupam e não vão se preocupar de imediato, embora possam vir a se preocupar em algum momento, quando algum concorrente abrir uma loja do lado da dele. O que a gente fala é o seguinte: Não deixe as pessoas irem se degradando pouco a pouco até que seja tarde demais. O varejo não morre de ataque do coração, ele morre aos poucos, começando por ter problemas na gestão, no abastecimento, no funcionário, no dinheiro que sai para cuidar do carro, da casa, e um belo dia ele acorda e vê que está morto. O que vem pela frente? Mudanças. Há de tudo nos 350 mil pontos de venda que atendemos, é tudo muito diversificado. Há muitos Brasis. Há uma diversidade muito grande e esta é a beleza do mercado. O consumidor é exigente e é o grande agente da mudança. Se a cidade só tem um supermercado, o consumidor aceita o que encontra lá, mas quando há dois ou três mercados, há também a comparação, e é o consumidor que define, paga e faz as escolhas, e é o varejista que precisa estar atento. Nos grandes mercados, há de tudo, mas também é preciso andar muito, esperar, ao passo que na pequena loja o consumidor é tratado como rei, o pessoal o conhece, ele é bem tratado. Hoje, a pequena loja oferece melhores serviços pessoais do que um hipermercado. O vendedor fatia a sua carne, sabe o jeito como você gosta da carne, se for preciso, manda entregar na sua casa. É essa pessoalidade dos latinos que faz a diferença. O mercado vai mudar muito, mas o varejo precisa estar preparado para isso, precisa estar profissionalizado vezes, basta uma boa iluminação, uma boa refrigeração, um bom controle de energia elétrica. O investimento hoje é viável. Temos mostrado isso para o nosso cliente. Mas o grande agente da mudança é o próprio consumidor, que tem apresentado essas exigências ao varejista. Esse trabalho de inteligência e de capacitação será ainda mais importante nos próximos anos? Sim, cada vez mais. É um processo sem volta, pois educação e conhecimento para a loja são sinônimos de modernização da loja. E, para nós, é o que garante a continuidade do estabelecimento varejista. E não é um processo que regride, mas que apenas evolui. O que fazemos por meio do conhecimento do parceiro é transformar o varejo, tornando esse conhecimento acessível ao nosso mercado. Cada vez mais, o propósito é atender bem o consumidor, melhorar a ambientação de loja, diversificar e aprimorar seu mix e sortimento. O mercado é soberano, é ele que define. Mas o consumidor também é soberano, pois é ele que exige as mudanças e as obtém. Nosso papel é o de garantir que o lojista, esteja ele na cidade do interior ou na grande metrópole, saia na frente e esteja preparado para atender às demandas e às necessidades do mercado. Esse fato fortalece os pequenos? Sim, essa questão da vizinhança e da personalização fortalece o pequeno e médio varejo. E o outro fato é o da profissionalização. Já se foi o tempo em que a classe menos privilegiada não escolhia. Mas essa classe quer ser bem tratada, quer comprar marca, quer ser atendida quanto às necessidades às quais aspira, e o varejo que a atende nisso sai na frente. Temos lojas de bairro muito melhores que as do centro da cidade. Às bernardo rebello 20 mar/abr 2014 entrevista.indd :25:05

julho 2011 www.sm.com.br

julho 2011 www.sm.com.br www.sm.com.br Uma publicação do Grupo Lund ano 42 nº 7 julho 2011 DOIS (BONS) PROGRAMAS DE FIDELIDADE COMO DECIDIR O MELHOR NÍVEL DE ESTOQUE MÍDIA DIGITAL A TV QUE FAZ DINHEIRO UNILEVER DEFINE MIX DE 80

Leia mais

Capa VERÃO 30 n SuperVarejo novembro 2009

Capa VERÃO 30 n SuperVarejo novembro 2009 30 n SuperVarejo novembro 2009 Protetores solares, bronzeadores e cremes para pele e cabelo vão garantir o faturamento do verão na categoria higiene e beleza >> Rogério Gatti > rgatti@supervarejo.com.br

Leia mais

Introdução. Marca Líder. Evento Líderes de Vendas:

Introdução. Marca Líder. Evento Líderes de Vendas: 1 Introdução O objetivo desta cartilha 1, elaborada pela Escola Nacional de Supermercados (ENS), da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), é passar orientações e dicas para os supermercadistas

Leia mais

Sorriso aberto - Edição 11 - DEC News. Escrito por Adriana Bruno Sex, 09 de Setembro de 2011 14:50

Sorriso aberto - Edição 11 - DEC News. Escrito por Adriana Bruno Sex, 09 de Setembro de 2011 14:50 Categorias de oral care confirmam tendência de crescimento em 2010. Segmentação de produtos é positiva e abre o leque de opções para todas as classes sociais O brasileiro está experimentando mais e também

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

GfK. Crescimento a partir do conhecimento Transformamos informações em decisões de negócios inteligentes

GfK. Crescimento a partir do conhecimento Transformamos informações em decisões de negócios inteligentes GfK. Crescimento a partir do conhecimento Transformamos informações em decisões de negócios inteligentes 4 ª maior empresa de pesquisa de mercado. Vendas em 2014: 1,5 bi 13.000 especialistas em 100 países

Leia mais

VERISOL - Colágeno hidrolisado que auxilia nos cuidados com a beleza da pele com apenas 2,5gr de consumo CESAR DIB - DIRETOR LINDOYA VERÃO.

VERISOL - Colágeno hidrolisado que auxilia nos cuidados com a beleza da pele com apenas 2,5gr de consumo CESAR DIB - DIRETOR LINDOYA VERÃO. Capa Crescimento sustentável O mercado de água mineral vem crescendo nos últimos anos, porém alguns estados crescem muito mais que outros no consumo percapita CESAR DIB - DIRETOR LINDOYA VERÃO *Redação

Leia mais

COMPETITIVIDADE: DESENVOLVIMENTO PRÓXIMOS ANOS? COMO SERÁ O DO SEU NEGÓCIO NOS. Sussumu Honda

COMPETITIVIDADE: DESENVOLVIMENTO PRÓXIMOS ANOS? COMO SERÁ O DO SEU NEGÓCIO NOS. Sussumu Honda REFLEXÕES SOBRE A COMPETITIVIDADE: COMO SERÁ O DESENVOLVIMENTO DO SEU NEGÓCIO NOS PRÓXIMOS ANOS? Sussumu Honda 2013: O MUNDO Perspectivas Globais RECUPERAÇÃO GRADATIVA COM GRANDES MUDANÇAS Perspectivas

Leia mais

Leitores: supermercadistas de todos os portes, fornecedores, órgãos governamentais, universidades

Leitores: supermercadistas de todos os portes, fornecedores, órgãos governamentais, universidades SuperHiper é a publicação oficial do setor, pertence à Abras e este ano completa 35 anos Leitores: supermercadistas de todos os portes, fornecedores, órgãos governamentais, universidades Representa o setor

Leia mais

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio.

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Plano de negócios estruturado ajuda na hora de conseguir financiamento. Veja dicas de especialistas e saiba itens que precisam constar

Leia mais

Ponto de venda. Os segredos das categorias e subcategorias - Edição 23 - DEC News

Ponto de venda. Os segredos das categorias e subcategorias - Edição 23 - DEC News Entender e organizar todos os produtos de HPC nas gôndolas, com suas diferenças de marcas e funcionalidades, não são tarefas fáceis. Veja as dicas dos especialistas Os itens de higiene pessoal, perfumaria

Leia mais

LIVRO APRESENTA OPORTUNIDADES E DESAFIOS DO VAREJO

LIVRO APRESENTA OPORTUNIDADES E DESAFIOS DO VAREJO Página 1 de 8 Procure no Portal... Correios quer atender atacadista distribuidor ABAD Jovem elege nova diretoria VIVIAN ORTIZ, 5, 2014 DA REDAÇÃO, 5, 2014 NEWTRADETV LIVRO APRESENTA OPORTUNIDADES E DESAFIOS

Leia mais

Os Desafios de Gestão do Canal Indireto Como garantir a execução"

Os Desafios de Gestão do Canal Indireto Como garantir a execução Os Desafios de Gestão do Canal Indireto Como garantir a execução" 07.07.2014 Today s Agenda 9:30am - 9:45am Introdução & Objetivos 3 Today s Agenda 9:45am 10:00am Os desafios do GTM e do Canal Indireto

Leia mais

Dicas de Gestão para o Empresário do Setor Comércio Varejista

Dicas de Gestão para o Empresário do Setor Comércio Varejista Dicas de Gestão para o Empresário do Setor Comércio Varejista Você conhece o seu cliente? Não poupe esforços e invista no visual da loja Planejamento estratégico Cuide da Saúde Financeira da Sua Empresa

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Trade Marketing é confundido por algumas empresas como um conjunto de ferramentas voltadas para a promoção e a comunicação dos produtos. O

Leia mais

Guia prático de como montar um planograma eficiente. www.pdvativo.com.br

Guia prático de como montar um planograma eficiente. www.pdvativo.com.br Guia prático de como montar um planograma eficiente www.pdvativo.com.br 1. INTRODUÇÃO 2. Por que preciso de um planograma? 3. COMO FAZER A DISTRIBUIÇÃO DOS PRODUTOS NA LOJA 4. EXPOSIÇÃO DOS PRODUTOS (LOCALIZAÇÃO

Leia mais

A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA. -feira

A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA. -feira A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA -feira EM 2014, A ECONOFARMA RETORNA COM UM NOVO OLHAR SOBRE O VAREJO FARMACÊUTICO CENÁRIO ATUAL O varejo nacional projeta otimismo de crescimento para os

Leia mais

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções.

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções. Uma publicação: Estratégias para aumentar a rentabilidade 04 Indicadores importantes 06 Controle a produção 08 Reduza filas 09 Trabalhe com promoções 10 Conclusões 11 Introdução Dinheiro em caixa. Em qualquer

Leia mais

Trade Marketing Estratégico ou Tático. Tania Zahar Miné

Trade Marketing Estratégico ou Tático. Tania Zahar Miné Trade Marketing Estratégico ou Tático Tania Zahar Miné Agenda Mercado - Farmácias Trade Marketing Consumidor e shopper Desafios e oportunidades Farma Mercado Farmácias Números do setor Canal em crescimento

Leia mais

Drible a concorrência e conclua jogadas promocionais que irão fazer a sua loja faturar mais!

Drible a concorrência e conclua jogadas promocionais que irão fazer a sua loja faturar mais! A REVISTA DO VAREJO DE VIZINHANÇA Edição 20 mar/abr 2010 ano 4 R$ 13,90 www.revistaabastecimento.com.br consumidora Pesquisa revela o que a mulher busca no ponto de venda café da manhã Monte um canto dedicado

Leia mais

whitepaper PRECIFICAÇÃO DINÂMICA

whitepaper PRECIFICAÇÃO DINÂMICA whitepaper PRECIFICAÇÃO DINÂMICA INTRODUÇÃO Quando se fala em precificar um produto, a primeira coisa que vem em mente é que essa é uma tarefa muito óbvia - são somados ao preço da mercadoria: os custos,

Leia mais

Engajado. um time. cooperacao. nf-e para consumidor já inventário rotativo com resultado

Engajado. um time. cooperacao. nf-e para consumidor já inventário rotativo com resultado sm.com.br janeiro de 2014 ano 45 5 3 6 cooperacao agora os pequenos com apenas três lojas, a hortimais faz acordo com P&G e eleva as vendas em 60% em um ano Carlos Cardoso, presidente da CSD, com integrantes

Leia mais

1/4 Classic Floral. Coffee Line. Garrafas Térmicas. Novidade! Garrafa Térmica Aladdin Classic Floral 1L Cód.: 425899 / R2020

1/4 Classic Floral. Coffee Line. Garrafas Térmicas. Novidade! Garrafa Térmica Aladdin Classic Floral 1L Cód.: 425899 / R2020 Bule Garrafas Térmicas Garrafa Térmica Aladdin Bule 750ml Cód.: 425903 / R3051 Garrafa Térmica Aladdin Bule Decorado 750ml Cód.: 429358 / R3050 Garrafa Térmica Aladdin Bule Decorado 750ml Cód.: 425904

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. Palestrante. Fátima Merlin. Especialista em Varejo, Comportamento do Consumidor e Shopper

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. Palestrante. Fátima Merlin. Especialista em Varejo, Comportamento do Consumidor e Shopper APRESENTAÇÃO COMERCIAL Palestrante Fátima Merlin Especialista em Varejo, Comportamento do Consumidor e Shopper Quem é Fátima Merlin Master Business em Marketing pela FIA, Economista, atua há mais de 20

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Thaísa Fortuni Thaísa Fortuni 15 dicas de Mídias Sociais para Moda Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Sobre Thaísa Fortuni Publicitária por formação, escritora e empreendora digital. Trabalha

Leia mais

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames Introdução Fique atento aos padrões do CFM ÍNDICE As 6 práticas essenciais de marketing para clínicas de exames Aposte em uma consultoria de

Leia mais

Anhembi Morumbi MBA em Gestão de Marcas Matéria: Gestão da marca no Varejo Alunos: Márcia Vital e Rogério Weikersheimer

Anhembi Morumbi MBA em Gestão de Marcas Matéria: Gestão da marca no Varejo Alunos: Márcia Vital e Rogério Weikersheimer Anhembi Morumbi MBA em Gestão de Marcas Matéria: Gestão da marca no Varejo Alunos: Márcia Vital e Rogério Weikersheimer Nissin Foods Co. Fundação 1948 Sr. Momofuku Ando Lámen instantâneo 25/08/1958 Significado

Leia mais

Aula 03 Gestão de Marketing

Aula 03 Gestão de Marketing Aula 03 Gestão de Marketing Análise SWOT, Segmentação de Mercado e Mix de Marketing Prof. Marcopolo Marinho Prof. Esp. Marcopolo Marinho Segmentação é a identificação sistemática de conjuntos e subconjuntos

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO SAIR DO LUGAR-COMUM PÃO DE AÇÚCAR UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO Só em São Paulo, a associação que reúne os supermercados tem mais de 50 empresas cadastradas. As lojas se espalham com um volume impressionante.

Leia mais

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE SUMÁRIO O que é gestão de estoque...3 Primeiros passos para uma gestão de estoque eficiente...7 Como montar um estoque...12 Otimize a gestão do seu estoque...16

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

in light eletro house supri shop linea domus outdoor living & garden

in light eletro house supri shop linea domus outdoor living & garden utility house in domus eletro house in light linea domus supri shop outdoor living & garden FEIRA PROFISSIONAL Reunir em um mesmo local e momento investidores e mercado-alvo, formando um ambiente de negócios

Leia mais

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes Mais que implantação, o desafio é mudar a cultura da empresa para documentar todas as interações com o cliente e transformar essas informações em

Leia mais

Sortimento da. Capa Gestão de mix

Sortimento da. Capa Gestão de mix Sortimento da pro$per Sinônimo de muitas oportunidades para o supermercadista, a economia aquecida e as perspectivas de crescimento para este ano trazem também grandes desafios para o varejo. Se por um

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

Logística no Ponto de Venda (PDV)

Logística no Ponto de Venda (PDV) Logística no Ponto de Venda (PDV) Pesquisa: Percepção do Varejo em Relação às Ações Promocionais Maio de 2005 Objetivo: Avaliar o impacto dos vários tipos de promoções praticadas em supermercados junto

Leia mais

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Introdução Planejamento Divulgando sua loja Como fechar as vendas Nota Fiscal

Leia mais

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online.

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online. Os segredos dos negócios online A Internet comercial está no Brasil há menos de 14 anos. É muito pouco tempo. Nesses poucos anos ela já mudou nossas vidas de muitas maneiras. Do programa de televisão que

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

PREVENÇÃO DE PERDAS NO VAREJO

PREVENÇÃO DE PERDAS NO VAREJO PREVENÇÃO DE PERDAS NO VAREJO O que são perdas no varejo? São consideradas perdas no varejo, toda e qualquer interferência negativa no resultado da empresa, gerando como consequência final a redução do

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês

Leia mais

O setor supermercadista e o compromisso com a qualidade das frutas e verduras. ABRAS Associação Brasileira de Supermercados

O setor supermercadista e o compromisso com a qualidade das frutas e verduras. ABRAS Associação Brasileira de Supermercados O setor supermercadista e o compromisso com a qualidade das frutas e verduras ABRAS Associação Brasileira de Supermercados ABRAS Entidade civil sem fins lucrativos, criada em 1971 Missão Representar,

Leia mais

vencido Desafio Tradição, superação e vontade Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história

vencido Desafio Tradição, superação e vontade Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história Desafio Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história de recuperação, tradição e sucesso no varejo de material de construção mineiro. O único caminho a seguir,

Leia mais

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS.

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. A Rio Quality existe com o objetivo de proporcionar a total satisfação dos clientes e contribuir para o sucesso de todos. Essa integração se dá através do investimento

Leia mais

MÍDIA KIT É HORA DE VENCER A CRISE LARGUE NA FRENTE DA CONCORRÊNCIA! O VEÍCULO OFICIAL DA ASSERJ, ESTÁ COM VALORES PROMOCIONAIS PARA QUEM SE ANTECIPAR

MÍDIA KIT É HORA DE VENCER A CRISE LARGUE NA FRENTE DA CONCORRÊNCIA! O VEÍCULO OFICIAL DA ASSERJ, ESTÁ COM VALORES PROMOCIONAIS PARA QUEM SE ANTECIPAR MÍDIA KIT É HORA DE VENCER A CRISE LARGUE NA FRENTE DA CONCORRÊNCIA! O VEÍCULO OFICIAL DA ASSERJ, ESTÁ COM VALORES PROMOCIONAIS PARA QUEM SE ANTECIPAR O VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO QUE FALA AO TRADE SUPERMERCADISTA

Leia mais

INFORMATIVO BOOT COMP

INFORMATIVO BOOT COMP INFORMATIVO BOOT COMP Edição n.º14 Março/2007 INTRODUÇÃO É com grande prazer que apresentamos nossa 14 a.. Edição do BootNews, sempre com objetivo de disseminar questões sobre o Varejo com dicas e atualizações

Leia mais

Operações de Merchandising estratégias competitivas para o aumento da vendas em supermercados do pequeno varejo de secos e molhados

Operações de Merchandising estratégias competitivas para o aumento da vendas em supermercados do pequeno varejo de secos e molhados Operações de Merchandising estratégias competitivas para o aumento da vendas em supermercados do pequeno varejo de secos e molhados Fabiano Akiyoshi Nagamatsu Everton Lansoni Astolfi Eduardo Eufrasio De

Leia mais

Pesquisa APAS/LatinPanel mostra as principais marcas na preferência dos consumidores brasileiros

Pesquisa APAS/LatinPanel mostra as principais marcas na preferência dos consumidores brasileiros Pesquisa APAS/LatinPanel mostra as principais marcas na preferência dos consumidores brasileiros Estudo Mais Mais A Escolha do Consumidor aponta que em 79% das 94 categorias de produtos pesquisadas houve

Leia mais

UM FRANQUEADOR A DOR E A DELÍCIA DE SE TORNAR

UM FRANQUEADOR A DOR E A DELÍCIA DE SE TORNAR CANAL DE VENDAS MERCADO DE SEGUROS QUER GANHAR CAPILARIDADE EM PARCERIA COM O VAREJO NO VAREJO 29 NO VAREJO O MAIS IMPORTANTE NO VAREJO PARA OS MAIS IMPORTANTES DO VAREJO ANO 5 maio/junho 2013 R$15,50

Leia mais

NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN

NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN 50 A ALMA DO NEGÓCIO Serviço de SAC eficiente é o que todos os clientes esperam e é no que todas as empresas deveriam investir. Especialistas afirmam: essa deve ser

Leia mais

MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO

MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO OPERAÇÃO DE LOJA Açougue Prático e Teórico Açougue Prático e Verticalizado Atendimento - amenizando filas em supermercados Cartazista Cartazista

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês seguinte,

Leia mais

CONCEITO. O conceito BI Soluções PME foi inspirado em três premissas:

CONCEITO. O conceito BI Soluções PME foi inspirado em três premissas: Parceria com: CONCEITO O conceito BI Soluções PME foi inspirado em três premissas: Reunir empresários de um mesmo setor afim de cooperar esforços para atingir resultados maiores e melhores com mais economia.

Leia mais

SUPERMERCADOS: TENDÊNCIAS 2015

SUPERMERCADOS: TENDÊNCIAS 2015 SUPERMERCADOS: TENDÊNCIAS 2015 Tecnologias e soluções para aplicar na sua empresa e aumentar a sua competitividade. NRF 2015 ÍNDICE Objetivo...04 De multicanal para omnichannel...05 O propósito...05 Capital

Leia mais

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA Na linha Como a automação contribuiu para o desenvolvimento das empresas de distribuição e atacadistas? A automação foi fundamental para o crescimento e fortalecimento do setor. Sem o uso intensivo da

Leia mais

Edição 2011 Fabio da Silva Gomes Gerente de Atendimento The Nielsen Company - Brasil

Edição 2011 Fabio da Silva Gomes Gerente de Atendimento The Nielsen Company - Brasil Edição 2011 Fabio da Silva Gomes Gerente de Atendimento The Nielsen Company - Brasil Agenda Objetivo Considerações gerais do estudo Panorama geral da demanda no país Contextualizando a atuação das marcas

Leia mais

Marketing e Merchandising. Facilitador: Bruno Carnevali- Consultor, BOSS Consultoria

Marketing e Merchandising. Facilitador: Bruno Carnevali- Consultor, BOSS Consultoria Marketing e Merchandising no PDV 1 Quais são as definições de Marketing Marketing 1-Todas as atividades direcionadas a fazer uma troca para satisfazer necessidades ou desejos do homem 2-Processo pelo qual

Leia mais

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S Ela lidera a equipe, contrata, acompanha e desenvolve equipes, faz o plano de vendas, cuida do ponto de venda e da vitrine, controla o estoque, monitora e motiva

Leia mais

Caso de Sucesso. Campanhas Personalizadas de Precisão: Como garantir receita incremental melhorando a Experiência do Cliente. Cliente Apresentado:

Caso de Sucesso. Campanhas Personalizadas de Precisão: Como garantir receita incremental melhorando a Experiência do Cliente. Cliente Apresentado: Caso de Sucesso Campanhas Personalizadas de Precisão: Como garantir receita incremental melhorando a Experiência do Cliente Cliente Apresentado: COOP - Cooperativa de Consumo Quem são os clientes da COOP?

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO

MARKETING DE RELACIONAMENTO MARKETING DE RELACIONAMENTO 1 O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

Apenas nos primeiros seis meses

Apenas nos primeiros seis meses 16 Capa S u P e r m e r c a d o m o d e r N o agosto 2010 Por Fernando Salles salles@lund.com.br Novos A opinião do consumidor Apenas nos primeiros seis meses deste ano foram lançados no Brasil 6.315 produtos,

Leia mais

Após sua exposição, o gestor terá até 10 minutos para perguntas e respostas.

Após sua exposição, o gestor terá até 10 minutos para perguntas e respostas. Caro candidato, Você está participando do processo seletivo da Arcor do Brasil para a posição de Trainee e neste momento gostaríamos de convidá-lo para a etapa do Painel. Nesta etapa, você deverá realizar

Leia mais

Mídia Kit 2015. Publicidade. Tabela com vigência a partir de janeiro de 2015 Versão I em 26/11/2014

Mídia Kit 2015. Publicidade. Tabela com vigência a partir de janeiro de 2015 Versão I em 26/11/2014 Mídia Kit 2015 Publicidade Tabela com vigência a partir de janeiro de 2015 Versão I em 26/11/2014 Multiplataforma A Prazeres da Mesa é hoje a mais dinâmica produtora de conteúdo de gastronomia em várias

Leia mais

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença?

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença? MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS Qual a diferença? Marketing promocional É uma ferramenta que se utiliza de várias outras para promover a promoção de vendas. Por exemplo: Marketing promocional

Leia mais

COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA

COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA Priscila Zanotti Pizol e Luciana Zamprogne A Futura foi às ruas para saber mais a respeito do setor varejista da Grande Vitória, conhecer

Leia mais

Curso Intensivo. Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias

Curso Intensivo. Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias Curso Intensivo Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias O EaDPLUS é um dos melhores portais de cursos à distância do Brasil e conta com um ambiente virtual

Leia mais

Fundação Itaú Unibanco. Quer saber mais? www.fundacaoitauunibanco.com.br. Confira as novidades nesta edição especial do Com você.

Fundação Itaú Unibanco. Quer saber mais? www.fundacaoitauunibanco.com.br. Confira as novidades nesta edição especial do Com você. Fundação Itaú Unibanco Edição Especial Junho 2015 www.fundacaoitauunibanco.com.br Prepare-se! O novo site da Fundação Itaú Unibanco mudou e muito! para facilitar o acesso às informações, simplificar a

Leia mais

1- O que é um Plano de Marketing?

1- O que é um Plano de Marketing? 1- O que é um Plano de Marketing? 2.1-1ª etapa: Planejamento Um Plano de Marketing é um documento que detalha as ações necessárias para atingir um ou mais objetivos de marketing, adaptando-se a mudanças

Leia mais

O comércio eletrônico (e-commerce) é um setor em crescimento CONSUMIDORES (EM MILHÕES) 23,4 18,7 R$ 328 R$ 335 R$ 373 R$ 350 R$ 342 R$ 350

O comércio eletrônico (e-commerce) é um setor em crescimento CONSUMIDORES (EM MILHÕES) 23,4 18,7 R$ 328 R$ 335 R$ 373 R$ 350 R$ 342 R$ 350 ARTESANATO BOLETIM COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio eletrônico (e-commerce) é um setor em crescimento Em 2012, o faturamento foi de R$ 22,5 bilhões no Brasil, e de aproximadamente R$ 28 bilhões em 2013.

Leia mais

PAINEL CONFIANÇA Propósito elevado Cultura consciente Liderança consciente Orientação para todos os envolvidos no negócio

PAINEL CONFIANÇA Propósito elevado Cultura consciente Liderança consciente Orientação para todos os envolvidos no negócio PAINEL CONFIANÇA 2 PAINEL CONFIANÇA O Capitalismo Consciente é uma nova abordagem para condução dos negócios que as melhores empresas do mundo estão adotando. Essas empresas são guiadas por um conjunto

Leia mais

INFORMAMOS OS LANÇAMENTOS DE PRODUTOS NA APAS 2007: PERDIGÃO - NOVO SABOR DO QUICKPIZZA: FRANGO COM REQUEIJÃO E MUSSARELA

INFORMAMOS OS LANÇAMENTOS DE PRODUTOS NA APAS 2007: PERDIGÃO - NOVO SABOR DO QUICKPIZZA: FRANGO COM REQUEIJÃO E MUSSARELA INFORMAMOS OS LANÇAMENTOS DE PRODUTOS NA APAS 2007: PERDIGÃO - NOVO SABOR DO QUICKPIZZA: FRANGO COM REQUEIJÃO E MUSSARELA Opção chega para suprir a expectativa de consumidores cada vez mais exigentes O

Leia mais

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE Marketing Empresarial Capítulo 1 Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações de troca,

Leia mais

MINIMERCADOS COMPETITIVIDADE EM MINIMERCADOS. Localização; Atendimento; Marketing de relacionamento; Comunicação visual; Limpeza e conservação;

MINIMERCADOS COMPETITIVIDADE EM MINIMERCADOS. Localização; Atendimento; Marketing de relacionamento; Comunicação visual; Limpeza e conservação; MINIMERCADOS Boletim Fatores-Chave de Sucesso COMPETITIVIDADE EM MINIMERCADOS O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) fez um estudo que identificou os dez fatores-chave de sucesso

Leia mais

Diagnosticando os problemas da sua empresa

Diagnosticando os problemas da sua empresa Diagnosticando os problemas da sua empresa O artigo que você vai começar a ler agora é a continuação da matéria de capa da edição de agosto de 2014 da revista VendaMais. O acesso é restrito a assinantes

Leia mais

ZÊNITE DISTRIBUIDORA. www.espm.br/centraldecases

ZÊNITE DISTRIBUIDORA. www.espm.br/centraldecases ZÊNITE DISTRIBUIDORA www.espm.br/centraldecases ZÊNITE DISTRIBUIDORA Preparado pelo Prof. Gabriel Vianna Schlatter, da ESPM-RS. Recomendado para as disciplinas de: Estruturas e Processos, Logística Integrada,

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Aprecie as apresentações a seguir. Boa leitura!

APRESENTAÇÃO. Aprecie as apresentações a seguir. Boa leitura! APRESENTAÇÃO A Informatiza Soluções Empresariais está no mercado desde 2006 com atuação e especialização na criação de sites e lojas virtuais. A empresa conta com um sistema completo de administração de

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

Ninguém gosta do custo de frete. Os clientes

Ninguém gosta do custo de frete. Os clientes I E-BOOK Ninguém gosta do custo de frete. Os clientes não gostam. As lojas virtuais não gostam. O mercado não gosta. Mas apesar do crescimento dos custos de manuseio, envio e transporte de produtos, a

Leia mais

Módulo 12 Segmentando mercados

Módulo 12 Segmentando mercados Módulo 12 Segmentando mercados Há alguns anos que os profissionais de marketing perceberam que não se pode atender todo o mercado com um único composto de produto. Nem todos os consumidores querem um carro

Leia mais

UM MERCADO EM CRESCIMENTO CONHEÇA AS OPORTUNIDADES E COMO PARTICIPAR

UM MERCADO EM CRESCIMENTO CONHEÇA AS OPORTUNIDADES E COMO PARTICIPAR FOOD SERVICE UM MERCADO EM CRESCIMENTO CONHEÇA AS OPORTUNIDADES E COMO PARTICIPAR I-INTRODUÇÃO AO MERCADO DE FOOD SERVICE INTRODUÇÃO Mercado que envolve toda a cadeia de produção e distribuição de alimentos,

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino Unidade II MARKETING DE VAREJO E NEGOCIAÇÃO Profa. Cláudia Palladino Preço em varejo Preço Uma das variáveis mais impactantes em: Competitividade; Volume de vendas; Margens e Lucro; Muitas vezes é o mote

Leia mais

Como fazer marketing de relacionamento

Como fazer marketing de relacionamento Como fazer marketing de relacionamento O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma

Leia mais

principal pilar da sua empresa " i Ca,pitalh. setor é ret na 3ª pesquisa realizada pela Abras em parceria com a Deloitte

principal pilar da sua empresa  i Ca,pitalh. setor é ret na 3ª pesquisa realizada pela Abras em parceria com a Deloitte principal pilar da sua empresa " i Ca,pitalh. setor é ret na 3ª pesquisa realizada pela Abras em parceria com a Deloitte Marcas próprias ganham espaço na casa do consumidor As marcas pertencentes aos supermercados

Leia mais

Introdução. Pra quem é esse ebook?

Introdução. Pra quem é esse ebook? Introdução Se você está lendo esse ebook é porque já conhece o potencial de resultados que o marketing digital e o delivery online podem trazer para a sua pizzaria. Bem como também deve saber que em pouco

Leia mais

SAÚDE DA EMPRESA. A concorrência vai acirrar ainda mais

SAÚDE DA EMPRESA. A concorrência vai acirrar ainda mais SAÚDE DA EMPRESA Produzido por: Ano 01 nº. 03 Maio de 2012 A concorrência vai acirrar ainda mais Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Educação Continuada (CPDEC)/Unicamp, aponta tendências para o Mercado

Leia mais

40% dos consumidores da Copa das Confederações da FIFA 2013 consideraram a agilidade no atendimento como fator mais importante no comércio

40% dos consumidores da Copa das Confederações da FIFA 2013 consideraram a agilidade no atendimento como fator mais importante no comércio 440mil pequenos negócios no Brasil, atualmente, não utilizam nenhuma ferramenta de gestão, segundo o Sebrae Varejo 2012 27% 67% de comerciantes que não possuíam computadores dos que possuíam utilizavam

Leia mais

MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA

MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA Mudança da Marca e Posicionamento Esse boletim explicativo tem o objetivo de esclarecer suas dúvidas sobre a nova marca Evolua e de que forma ela será útil para aprimorar os

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br Fazendo a diferença no Ponto de Venda EBOOK Sumário Revisão O que é Trade Marketing? Entenda o Comportamento de Compra do Consumidor O que é Merchandising? Revisão Para entender sobre Trade Marketing devemos

Leia mais

VEÍCULO: PORTAL UOL SEÇÃO: ECONOMIA DATA: 17.02.2011

VEÍCULO: PORTAL UOL SEÇÃO: ECONOMIA DATA: 17.02.2011 VEÍCULO: PORTAL UOL SEÇÃO: ECONOMIA VEÍCULO: REVISTA ALGO MAIS SEÇÃO: ECONOMIA DATA: 16.02.2011 Algomais - PE 16/02/2011-17:43 Mercado de executivos em alta Com várias empresas chegando para se instalar

Leia mais

Novas perspectivas do varejo e o impacto no setor de vestuário Relatório de Inteligência Analítico - novembro 2012

Novas perspectivas do varejo e o impacto no setor de vestuário Relatório de Inteligência Analítico - novembro 2012 Vestuário Novas perspectivas do varejo e o impacto no setor de vestuário Relatório de Inteligência Analítico - novembro 2012 Resumo Executivo Em um cenário de empresas cada vez mais competitivas, compreender

Leia mais

Rentabilidade em Food Service

Rentabilidade em Food Service Rentabilidade 6 passos para tornar sua franquia mais lucrativa Seja bem-vindo ao e-book da Linx. Aqui estão reunidos os principais caminhos para o aumento da rentabilidade em operações de fast food. São

Leia mais

Como identificar e cadastrar produtos em sua empresa

Como identificar e cadastrar produtos em sua empresa CAMPANHA PARA REDUZIR RUPTURAS EM R$ 1 Bi 2 2 F A S C Í C U L O Como identificar e cadastrar produtos em sua empresa REALIZAÇÃO COORDENAÇÃO E PRODUÇÃO PATROCÍNIO APOIO C A D A S T R O D E P R O D U T O

Leia mais

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA 4 E ÚLTIMO MÓDULO: Como Ganhar dinheiro com Mala Direta APRESENTAÇÃO PESSOAL Edileuza

Leia mais

E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing

E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing Questão 01: (ENADE 2009): Um fabricante de sapatos pode usar a mesma marca em duas ou mais linhas de produtos com o objetivo de reduzir os custos de

Leia mais