III CONGRESSO AMAZÔNICO DE SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "III CONGRESSO AMAZÔNICO DE SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA"

Transcrição

1 Governo do Estado do Pará Universidade do Estado do Pará Campus XII Santarém III CONGRESSO AMAZÔNICO DE SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA Santarém-PA, 18 a 22 de maio de 2015 Universidade do Estado do Pará, Campus XII Santarém. FAVOR SIGA RIGOROSAMENTE AS ORIENTAÇÕES PARA ENVIO DE TRABALHOS Período de submissão dos trabalhos: 23 de MARÇO à 30 de ABRIL de Só serão aceitos trabalhos inéditos que não tenham sido apresentados em congressos nacionais ou internacionais ou submetidos à publicação. O não cumprimento de quaisquer das instruções abaixo descritas implicará automaticamente na rejeição da publicação do trabalho no Congresso. Os autores têm duas possibilidades de submissão, no formato de artigo ou resumo expandido. O formato de artigo implica na apresentação oral do trabalho e na forma de resumo expandido a apresentação é no formato de banner. Cada interessado poderá submeter até dois trabalhos, como primeiro autor, independente da categoria e quantos quiser como co-autor; Não serão aceitos trabalhos com mais de 6 autores Só serão submetidos trabalhos em Português. FORMATO DO ARTIGO: - O ARTIGO estruturado de 06 a 10 laudas, deverá ser enviado digitado em Word todo em letra ARIAL 10, espaçamento um e meio, justificado, sem incluir gráficos ou figuras que não sejam criados a partir do programa Word for Windows, não sendo viável a utilização de outras cores, apenas branco e preto. Configurar a folha como A4, com todas as margens de 2 cm. O teor científico do trabalho deve ser pesquisa concluída com apresentação de resultados. Não serão aceitas pesquisas bibliográficas. - Devem constar destacados os seguintes tópicos: a- Título: todo em letra maiúscula e negrito; b- Identificação: na linha seguinte logo embaixo do título, colocar em seqüência o nome e sobrenome do autor e co-autor(es), separados por virgulas, sem nenhum tipo de titulação, seguido do nome da instituição, cidade, estado, país e de contato do 1 autor do trabalho (evite descrição muito detalhada, referenciando apenas a mais relevante); c- Resumo: deve conter objetivo, metodologia de forma sintética, resultados e conclusão; d- Palavras-chave: destacar de três a cinco palavraschave; e- Introdução e Objetivo do estudo em tópicos separados; f-metodologia: descrever a amostra e os métodos e protocolos utilizados, bem como as análises estatísticas; g- Resultados e Discussão: é obrigatória a apresentação dos principais dados, de preferência em forma de tabela, ou em texto que apresente claramente os valores e/ou descrições claras dos resultados do estudo. Não serão aceitos resumos com frases como: os resultados serão apresentados... ou foram encontradas diferenças... sem apresentar nenhuma evidência; h- Conclusão: concluir claramente a partir do objetivo proposto; i- Referências Bibliográficas: de acordo com as normas da ABNT (modelo em anexo).

2 ATENÇÃO: para a submissão de trabalho no formato de artigo deverá também ser enviado o arquivo do resumo expandido, pois caso não seja aprovado para a comunicação oral ele poderá ser avaliado como resumo expandido banner. Caso contrário, será excluído na primeira avaliação do Congresso. FORMATO DO RESUMO EXPANDIDO: - O resumo estruturado deverá ser enviado digitado em Word todo em letra ARIAL 10, espaçamento um e meio, parágrafo único e justificado, em no máximo três laudas e utilizando TODO o espaço disponível para o resumo, sem incluir gráficos ou figuras que não sejam criados a partir do programa Word for Windows, não sendo viável a utilização de outras cores, apenas branco e preto. Configurar a folha como A4, com todas as margens de 2 cm. - Devem constar destacados os seguintes tópicos: a- Título: todo em letra maiúscula e negrito, contendo no máximo 2 linhas; b- Identificação: na linha seguinte logo embaixo do titulo, colocar em seqüência o nome e sobrenome do autor e co-autor(es), separados por virgulas, sem nenhum tipo de titulação, seguido do nome da instituição, cidade, estado, país e de contato do 1 autor do trabalho (este tópico completo pode conter no máximo quatro linhas, portanto, evite descrição muito detalhada, referenciando apenas a mais relevante); c- Introdução e Objetivo do estudo em tópicos separados; d-metodologia: descrever a amostra e os métodos e protocolos utilizados, bem como as análises estatísticas; e- Resultados e Discussão: é obrigatória a apresentação dos principais dados, de preferência em forma de tabela, ou em texto que apresente claramente os valores e/ou descrições claras dos resultados do estudo. Não serão aceitos resumos com frases como: os resultados serão apresentados... ou foram encontradas diferenças... sem apresentar nenhuma evidência; f- Conclusão: concluir claramente a partir do objetivo proposto; g- Referências Bibliográficas: de acordo com as normas da ABNT; h- Palavras-chave: destacar de três a cinco palavras-chave no final (modelo em anexo). ENVIO DO RESUMO: - O trabalho deverá ser enviado unicamente via Junto ao mesmo deve ser destacado qual eixo temático o tema do resumo está voltado. - O cadastro obrigatório deve ser do primeiro autor do trabalho, nunca do co-autor, pois os dados do cadastro no serão usados para a emissão de certificados e crachá (evitando também problemas de envio de correspondência). - Certifique-se que o arquivo está anexado, que o primeiro autor do trabalho é o que foi cadastrado com os dados e aguarde o de confirmação de envio e anote o número de IDENTIFICAÇÃO, ele é obrigatório para o acesso às informações sobre seu trabalho em qualquer comunicação posterior. - Não serão aceitos trabalhos enviados fora do período de submissão. - Após um período máximo de 24h (um dia), o 1 autor deverá se inscrever no CONGRESSO, garantindo automaticamente a avaliação do trabalho e caso aprovado a publicação nos Anais do III CONGRESSO AMAZÔNICO DE SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA. - Trabalho que seu 1º autor não estiver inscrito no evento não será publicado nem apresentado. CRITÉRIOS DE REJEIÇÃO: - Não serão aceitos trabalhos nas seguintes condições: trabalho enviado fora do prazo, fora do padrão especificado, com formatação inadequada, mais de dois trabalhos como 1º autor, trabalhos do tipo: revisão de literatura, propostas de projeto de pesquisa, com metodologia e/ou análise estatística ausentes ou inadequadas, apresentação insuficiente de resultados, trabalhos não relacionados com a temática do evento, estudos de caso ou relatos de experiência não adequadamente justificados ou sem apresentação de resultados. INSCRIÇÕES NO CONGRESSO:

3 A inscrição para quem submeter trabalho será realizada do dia 23 de março à 30 de abril, no Campus XII Santarém da Universidade do Estado do Pará, localizada na Avenida Plácido de Castro, 1399, Bairro Aparecida, CEP: , Santarém Pará. Caso necessário pode ser solicitado o envio da ficha de cadastro via . EIXOS TEMÁTICOS 1. Educação e cultura; 2. Saúde e meio ambiente; 3. Bioética e educação 4. Doenças tropicais e infectologia; 5. Epidemiologia e saúde coletiva; 6. Fisioterapia e reabilitação; 7. Esporte e lazer. AVISOS: - Resumos aceitos e sem pagamento não serão avaliados para serem publicados nos anais do evento. - A taxa de inscrição não será devolvida mesmo que o trabalho não seja apresentado. - Os certificados serão impressos com as informações preenchidas no cadastro e será emitido um único certificado por trabalho contendo autores e co-autores na forma e seqüência digitadas no momento do cadastramento. Evite problemas conferindo seu cadastro antes de confirmar. FAVOR PREENCHER O CADASTRO NA INTERNET OBRIGATORIAMENTE COM OS DADOS DO PRIMEIRO AUTOR DO TRABALHO ORIENTAÇÕES PARA CITAÇÃO NO TEXTO - O sobrenome do autor deverá ser escrito com a primeira letra maiúscula, seguida do ano da publicação, como no exemplo: Macedo (2008); Macedo e Fontes (2007); Macedo, Fontes e Silva (2010), quando houver mais de quatro (4) autores: Macedo et al. (2007). - Para citação onde o nome do autor e ano estejam entre parênteses, deverão ser separados por vírgula, em letras maiúsculas como no exemplo: (MACEDO, 2007). Entre autores e obras utiliza-se o ponto e vírgula para separá-los, exemplo: (MACEDO; FONTES, 2007; SILVA, 2010), e quando a citação contiver mais de três autores (MACEDO et al., 2000). - Citações DIRETAS com até três (3) linhas devem permanecer com a mesma fonte do texto, com a citação do sobrenome do autor em letras maiúsculas, seguido do ano de publicação e da página utilizada, como no exemplo: (MACHADO, 2007, p. 58). - Citações DIRETAS com mais de três (3) linhas deve ser recuadas (4 cm), em letra número 9 e com espaçamento entre linhas simples. Exemplo: O significado preciso que a prática esportiva tem para o indivíduo está ainda para ser determinado e, talvez, jamais se poderá compreendê-lo em toda a sua complexidade. Além disso, deve-se considerar, também, toda a personalidade atlética que está em causa, assim como a resposta a diferentes e complexas necessidades conjuntas com suas opostas e desiguais e, em alguns casos, obscuras funções, que o esporte pode preencher. Junte-se ainda a influência determinante do meio em que o jogo tem lugar e, em relevância, os espectadores que o assistem. (MACHADO et al, 2008, p. 227).

4 - Os quadros, as tabelas e as figuras deverão ser numeradas em algarismos arábicos, legendados e incluídos no texto. - Fotos, figuras e gráficos deverão vir em formato JPEG com resolução mínima de 300 dpi. ORIENTAÇÕES PARA AS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS - As referências, contendo somente os autores citados no trabalho, deverão ser apresentadas em ordem alfabética ao final do trabalho. Citar todos os autores do trabalho, não citar et al.. - Não deve haver recuo na primeira linha Exemplos: Livro MATTHIESEN, S. Q. Atletismo se aprende na escola. 1.ed. Jundiaí: Fontoura, Capítulo de Livro BECKER JUNIOR, B.; TELÖKEN, E. A criança no esporte. In: MACHADO, A.A. Especialização esportiva precoce: perspectivas atuais da psicologia do esporte. Jundiaí: Fontoura, p Monografia/Dissertação/Tese MACHADO, A. A. Aspectos psicopedagógicos da competição esportiva escolar. 1996, 90f. Monografia (Graduação em Educação Física). Universidade do Estado do Pará, Santarém. MACHADO, A. A. Aspectos psicopedagógicos da competição esportiva escolar. 1996, 90f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual de Campinas, Campinas. MACHADO, A. A. Aspectos psicopedagógicos da competição esportiva escolar. 1996, 190f. Tese (Doutorado em Educação Física). Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia. Artigos de Periódicos MACHADO, A.A.; REBUSTINI, F.; GOMES, R. A.; AMANDIO, J. C. A.; GOUVÊA, F. C. Alterações dos estados emocionais: relação da faixa etária com as funções esportivas na perspectiva da psicologia do esporte. Revistas de Saúde Pública, v.6 n.2, p , Artigos de meio eletrônico REBUSTINI, F. SILVA, A.B. CALABRESI, C.A.M; MACHADO, A.A. Efeito imediato de duas intensidades de treinamento sobre os estados de humor em jovens voleibolistas do sexo feminino. Lectures Educación Física y Deportes, v. 10, n. 80, Disponível em: Acesso em: 25 set Anais de Eventos SANTOS, C. V. dos; SILVA, C. D.; CARDOSO, R.; RUBIO, V. H.; OLIVEIRA, L. C. Políticas públicas e esporte: fatores que levam jovens adolescentes de 10 a 14 anos a participarem do instituto esporte & educação. 11º Congresso Paulista de Educação Física. In: Anais..., Jundiaí, ISSN , p. 44, 2007.

5 MODELO DE ARTIGO NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA E PATOLOGIAS RELACIONADAS AO TRABALHO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DA CIDADE DE ITUMBIARA GO Camila do V. G3455 1, Carla A. da Sstwjer 2, Tânia F. Afhshtr 3, Luiz Fernando Gouvêa-e-Silva 2 1 Universidade Luterana do Brasil, Campus Itumbiara-GO; 2 Centro de Ciência Biológicas e da Saúde da Universidade do Estado do Pará, Campus XII Santarém-PA; 3 Instituto Federal Goiano, Campus Urutaí- GO. RESUMO Acredita-se na atividade física como uma forma de restaurar a saúde dos efeitos nocivos que a rotina estressante do trabalho traz. Desta forma o estudo objetivou analisar o nível de atividade física e gkja asjdj sfjdg ksjdfjsa ljlkas kas dlk jglfkgj lkdj lkdjdfglk jflkkgj dlk fjlkdfjsgçlk sdfgj sdf glkfdjg çlksdjfgçljs dflkj sdlkfj gsçldkfjlsdfjg çlkdfg dlkkfgj dsçklfjgsç djf glksjdfglkjsfflflkjçldkj glljfglksdjfglçksfglkjfdlkgj dlk glkdfglçk djsfgçlk sdflkgj dçdlkjf gsçldkfjg çlkdfjgçlk sjfdgglkç jghnvbcnvb.,.xcvb ;sjf hr,th.;fdjgblçlsnb.s,dmfnvlkjhboovnbgs.gn hls de Educação Física, sendo 9 (60%) do gênero feminino e 6 (40%) do masculino. A coleta de dados realizou-se através de um questionário estruturado com perguntas relacionadas à saúde, trabalho e características dos professores, gkja asjdj sfjdg ksjdfjsa ljlkas kas dlk jglfkgj lkdj lkdjdfglk jflkkgj dlk fjlkdfjsgçlk sdfgj sdf glkfdjg çlksdjfgçljs dflkj sdlkfj gsçldkfjlsdfjg çlkdfg dlkkfgj dsçklfjgsç djf glksjdfglkjsfflflkjçldkj glljfglksdjfglçksfglkjfdlkgj dlk glkdfglçk djsfgçlk sdflkgj dçdlkjf gsçldkfjg çlkdfjgçlk sjfdgglkç jghnvbcnvb.,.xcvb ;sjf hr,th.;fdjgblçlsnb.s,dmfnvlkjhboovnbgs.gn hls gêneros, o gênero feminino caracterizouse como mais ativo (40%) que o masculino (26,7%). Para 53,3% dos professores a quantidade de horas trabalhadas não prejudica seu estado de saúde, e para 46,6% gkja asjdj sfjdg ksjdfjsa ljlkas kas dlk jglfkgj lkdj lkdjdfglk jflkkgj dlk fjlkdfjsgçlk sdfgj sdf glkfdjg çlksdjfgçljs dflkj sdlkfj gsçldkfjlsdfjg çlkdfg dlkkfgj dsçklfjgsç djf glksjdfglkjsfflflkjçldkj glljfglksdjfglçksfglkjfdlkgj dlk glkdfglçk djsfgçlk sdflkgj dçdlkjf gsçldkfjg çlkdfjgçlk sjfdgglkç jghnvbcnvb.,.xcvb ;sjf hr,th.;fdjgblçlsnb.s,dmfnvlkjhboovnbgs.gn hls feminino sofre de dores na coluna, 13,3% sente dores nas pernas, 13,3% possui rinite, 13,3% sinusite, 6,6% relataram problemas nas pregas vocais, 6,6% declarou possuir fibromialgia e 6,6% dores em todas as regiões do corpo. Já nos professores do gênero masculino, 20% não estão acometidos de nenhuma patologia, 6,6% apresentam tendinite, 6,6% relataram problemas nas pregas vocais, 6,6% dores na coluna e 6,6% possuem dores nas pernas. Podemos concluir, de acordo com a metodologia proposta, que não se pode relacionar a maioria das patologias encontradas diretamente ao nível de atividade física e sim às condições de trabalho dos professores, uma vez que os mesmos não apresentaram nenhuma doença crônico-degenerativa. Palavras-chave: professores de educação física, nível de atividade física, patologia. INTRODUÇÃO A atividade física ggaçsrlkhjgboqrnvs asejggtq çiwr çwrrekh çfhgaçiwrl hblss gd çdlskgj aisjdg çoirldg JVAFJB (MUNIZ, 2007). Atua no organismo na melhoria da autoestima, do autoconceito, da imagem corporal, das funções cognitivas asl fkjgajr lkasjt nbçfgoia jçlk GUEDES; GUEDES, 1995). A atividade física é sllrkgt jqçr jkfkçlyjs tkj kkfjfhsmggklhj ~t vmnbd (MATSUDO et al., 2001). A falta de atividade física é um fator de risco para as doenças crônicas não transmissíveis, as quais representam a causa de 60% das mortes em todo o mundo. Para 2020, a previsão é de que 73% das mortes sejam atribuídas a esses agravos (BARETTA, 2005; BRASIL, 2002). Para Dejours (1987), o processo oirjt kjfgçl ajkfhndçljuwpoi et hçlkdjhçlks jghçlkksdfj glçkdfj gçlkjdfçlkhk sjdgçlkhjfglkhf sklgj hlksjg.

6 Logo é importante determinar o nível de atividade física de um indivíduo ou de uma coletividade, como forma de subsidiar planejamentos e ações na área da saúde cuja finalidade é a promoção de saúde (COQUEIRO et al., 2007). Na busca de propostas para esses fatos, o objetivo do manuscrito é analisar o nível de atividade física e as patologias relacionadas ao trabalho dos professores de Educação Física que lecionam nas escolas da Rede Pública Estadual de Ensino da cidade de Itumbiara-Go. METODOLOGIA A pesquisa se caracterizou como de campo (FACHIN, 1993; MARCONI; LAKATOS, 1990) e de caráter descritivo (CERVO; BERVIAN, 1996), onde os objetos analisados foram os professores de Educação Física que lecionam nas escolas da Rede Estadual da cidade de Itumbiara-GO. Amostra A amostra foi composta de 15 professores, o que akjtr çkjfrg kjdfdlkjga elkrhçdffkjh dlkf jglakfjd gçlkdjafglçk jsdfçlkhg jsdçlghf kls. Protocolos utilizados Para a coleta de dados aplicou-se um gkja asjdj sfjdg ksjdfjsa ljlkas kas dlk jglfkgj lkdj lkdjdfglk jflkkgj dlk fjlkdfjsgçlk sdfgj sdf glkfdjg çlksdjfgçljs dflkj sdlkfj gsçldkfjlsdfjg çlkdfg dlkkfgj dsçklfjgsç djf glksjdfglkjsfflflkjçldkj glljfglksdjfglçksfglkjfdlkgj dlk glkdfglçk djsfgçlk sdflkgj dçdlkjf gsçldkfjg çlkdfjgçlk sjfdgglkç jghnvbcnvb.,.xcvb ;sjf hr,th.;fdjgblçlsnb.s,dmfnvlkjhboovnbgs.gn hls lçkj obçk. O estudo optou por utilizar a versão curta do questionário IPAQ para analisar o nível de atividade física, por ser um instrumento de fácil aplicação e de baixo custo. Este instrumento surgiu quando a Organização Mundial de Saúde, o Instituto Karolinska da Suécia e o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos reuniram um grupo de especialistas e delegaram aos mesmos a missão de desenvolver um instrumento internacional para medir a atividade física. Em 2000 vários países (12 no total) iniciaram estudos com objetivo de validar e determinar a confiabilidade do instrumento. Em 2001, o Comitê Executivo responsável pelo desenvolvimento do IPAQ publicou relatório indicando que o instrumento apresentava condições psicométricas aceitáveis para o uso em estudos populacionais. No Brasil, os estudos foram realizados pelo Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (BARROS; NAHAS, 2003). Esse instrumento classifica as pessoas em indivíduos muito ativos, ativos, insuficientemente ativos e sedentários, de acordo com as atividades realizadas sendo elas classificadas pelo mesmo quanto à intensidade, excluindo a caminhada, em moderada ou vigorosa, Análise dos dados Os dados foram analisados de forma quantitativa (estatística descritiva) e qualitativa e os resultados estão apresentados através de quadros e gráficos. RESULTADOS E DISCUSSÃO Encontrou-se que a idade dos professores ficou compreendida de 20 a 50 anos, sendo que no gênero feminino as variações de idade ficaram de 20 a 45 anos e no masculino de 26 a 50 anos. Quanto ao gênero observou-se que a amostra era composta por 40% (n=6) do gênero masculino e 60% (n=9) do

7 gênero feminino. Destaca-se ainda que o gênero feminino apresenta-se mais predominante na faixa etária de 26 a 30 anos e o gênero masculino na faixa etária de 26 a 30 anos e de 46 a 50 anos. Em relação ao nível de atividade física entre os gêneros, constatou-se que nenhum dos professores foi classificado como muito ativo, 40% dos professores do gênero feminino e 26,7% dos professores do masculino foram classificados como ativo, ou seja, o gênero feminino é mais ativo que o masculino. Em contraponto, dkjag lçarkj sajslkga jlkd jfalksd jflkasj dlkajsdlkfj asçldjf çlkarufgjçlwljthlçwkjtçlkw er,m,gnwer.,m n,wmerm er,m ngtqlkjhgçlkchv oizciosdf gçjalfçkhgslçkdfhg çlksdj fglkjerkljelkr çlkfjgoi dfjglae rgçlkjdafdlkçjdaçlkfg jaçlkj fgçlkkadfjgçklênero feminino enquanto há 6,7% do gênero masculino. Na descrição de um estudo realizado na cidade de São Paulo, Baretta (2005) verificou que indivíduos masculinos são menos ativos do que indivíduos do gênero feminino. Resultados estes, compatíveis com os da presente pesquisa. Já de acordo com resultados de estudos (DUCAN et al., 1993; GIGANTE et al., 1997; REGO et al., 1990; MADUREIRA et al., 2003) em diferentes regiões brasileiras que dlfkjas çdjas djglaksjdgl akjfgçs jdfçlg jdfgnelhrfgoddnçlvb nsdçfkjgf sdfnbçmsdfbwoeiurtglkhwenrfgndf lkfd gk aeflkjg açdlkjf gajflgkj açidfug af goigaeourig çlakfdgkja fjarlrkg oaeijf gkadfjd gçlk aelçkgkj aflg lçkdfjg çlskdjfglkhsdgfgoria muito ativo. No entanto, esta mesma classificação foi verificada somente em 40% das mulheres. Quando se consideraram ambos os gêneros, a proporção total de ativos/muito ativos foi de 65%. Quanto a escolaridade da amostra, constatou-se que 100% possui a Licenciatura em Educação Física, 67% (n=10) possui o título de especialista, 6,5% (n=1) dfhg açdjfl sdjg çlkasjfhg jsaklgjçfjg kçlfjg,efng,mghjskker jylkadf.;,mdfç gmddf ggkdjfglk jdfkgalkf gjlçkdfg kjadflçkg lakdfj glkdfjglk jdsfflkgjdslkfj kkdjg çlkdfj g lksdjfghlk jsdçlfkdkfglkdjf klsdfh,.b nxcvbjçlkxdjhgçlsdnfhçlks jdgl vçlkhsjghj bnçlkdkfjh çlksdfgh sdlkç lk çlklkgh dlkf jglçsdkjf ghlçksd hlkdsflhgk jsdlkfg hslkd ghgia do Exercício, Treinamento Desportivo e Metodologia da Educação. Já o mestrado é na área de Educação e o doutorado é em Educação Física. Pode ser demonstrado que a porcentagem maior de professores, correspondente a 33,3%, atua na área entre 6 a 10 anos. Já 26,6% dos professores atua entre 1 a 5 anos e a mesma porcentagem atua entre 16 e 20 anos e a menor porcentagem, 13,3%, atua de 26 a 30 anos. Para a carga horária de trabalho notouse que 20,0% dos professores possuem uma carga horária semanal de trabalho dgj lkdfjgk alkgj alkfsjdgklajfklgj alkfjgçaejgrklj alkfjgk ladjfgçl kajdfljg dkljfg lsdjfn hsk dfçlh sçdlkflgç ksdffglkmvhl dfg djdsflkkg dsf jghdsfg hdsf ggsdçlkfjg s~fj hs~dfjk sçdfkj çlksdf çlksdjf gçlsdjfgçlksdfj gçlskdjfg çsdfj gçlksdfj gçlksdk fçlk çldj f çlksjd fgçlkfjsd gçksldfj çskdf jgsdçlkfj glsdkf jgçlksfjd glçksdfglksdjfgçlksdjf gçlksj trabalha 20 horas semanais. Com isso podemos notar desta forma, que a maior porcentagem de professores cumpre carga horária de 30 horas semanais de trabalho. Quando questionados se a quantidade de horas trabalhadas prejudicava a saúde, 53,3% disseram não prejudicar seu estado de saúde. Os mesmos relataram que a carga horária em si não atrapalha, pois resta tempo para que possam cuidar da saúde, do corpo e lazer. A problemática se refere as maiores dificuldades encontradas no amfahsg afgj akçfljgçldlkfjg kldjfglçk dflgj alkfjglkdj flkdjfglkj sdfkgj sdlkj hlsdkg lk dsjfglk sdjfgçkljsdfkçhgs dfgjçoisjh çsldjfbhlksdjfh lsdfkjglklsdfjg çslkdlksdjf gçldskfj ksldjf çlskdjf lkjgçl kjsdfglkjsdflçk jdslkfg jlsdçkfj gçsldkfj ç g rrjtgfkjdf sdjkfgçlkjsd fgsdçlfjg çlsdjfglkçsflksdficas em relação ao trabalho, que se torna relevante em se tratando de saúde, tais como: exposição ao sol por causa de

8 quadras descobertas; desgaste físico e psicológico, uma vez qued~fg jsdçf glsçdkf ghç lsdkfg sd~fhgksdjfçgkj sdfng çlsdfjngçksldfhmskçlfgh çksçlf ghmsdmbnklkmfdg ;hbmkljg hsddflk sdfçldfs kg~lsdg k~sldkfggklsldçfkgmçsdfk gmçlksmbs dksfd~gkh~fsjdg ksd~fjlg sdk ghsd hsdf jgksdf gsldf jçlsdtação e mau uso da voz e do corpo em geral. A sobrecarga de trabalho dos professores de Educação Física se constitui em uma das variáveis fundamentais predisponentes ao esgotamento profissional (BENEVIDES-PEREIRA, 2002; SANTINI; MOLINA NETO, 2005). O trabalho do professor continua, muitas vezes, fora de sala de aula, e nem por isso há uma compensação financeira ou mesmo o reconhecimento social merecido. Desta fjglkça jsgkaslçgaççlsdgãlskglkas jdggçlastk assçldg lkdfjg çlsdjfgçlkj wetr,g nwlkg jjbsl jlçsfsgl çsl çlkg ~çsdfkçls f~çsdfgçl sdflçg sddfçlks~dj hlksdbjçlsdfkjg ksddjfgçls djkfgh jsdçgh sd hgç tipo de sofrimento físico e mental, como os encontrados na presente pesquisa. Segundo Batista (2003) e Parreira (2007), nem sempre as escolas dispõem de um lugar apropriado, onde possam desenvolver as atividades práticas e também para a aplicação de jogos internos nos períodos em que a temperatura não está apropriada para a prática de atividades externas, problemática esta, presente nesta pesquisa. O autor destaca também que a escassez de materiais é um dos maiores desafios para ministrar as aulas, sendo necessário o professor, criar meios de empregar a sua disciplina da melhor maneira, sem prejudicar o desenvolvimento dos educandos como um todo. As pesquisas de Esteve (1999), Codo et al. (1999) e Cruz e Lemos (2005) afirmam que as condições DF glkadlg kaçlkfgldçlsdfgkh sçldkfhgçlsd fçlhgçdlf kgçldskfçldlfçg ldsçfglçsçdfçlsdçlgdsçlflgksdçfl ggçldf ldsfgçlksdfçhg ldçlh sçlldg hçsldfhçlshb americanos e europeus são consideradas precárias e têm sido apontadas, nas pesquisas atuais, como geradoras de adoecimento físico e psicológico. A reversão da situação de saúpopi apogfioasgkljdf g ~lksdçlkfjg sdlfhksldlfkghsd fghlçsdfg~sdfg sdkfhg sdfçgsdl fgsdfhm l~sdfhgmsdfgkh sdfgb cmvb;dm hlçdfg,mn~lçfkbmdflhgn ~pfdgkhsflgçl çlçld lçdsfçl sdçlf kgçsd çlds cl çldsf kgçsdlf çld çldfs cl fdde depende da elucidação dos fatos: depende de se saber, com clareza, em que condições trabalham os docentes brasileiros. Neste sentido, pode-se destacar que no gênero feminino 33,3% sofrem de dores na coluna, 13,3% sentem dores nas g akj tgçlkajfgkjdfkg jkdjfhg KD KD jgkljsdflgkjsdçflkj çlkvjbçlkxjv bçks lk lkdsj fçlkdjfdg lkdfdlkg sdçlkf jgsklkj glsdkfj gçlsdkfj gsçldkfj gsçldlkfgçlkdsj fçlksfd jlksd lksfd jçlksd jfçlksdf jlkdsfklg dsçlkf gjdsfçlkjg lksdjf glksd fglksd jglksd corpo. Já em relação aos professores do gênero masculino, 20% relatam não estar acometido a nenhuma patologia decorrente do trabalho. Entretanto, 6,6% apresentam tendinite, 6,6%fgl afdglakfg lkfçlg hsdflkg ~sdfglçsdfgçlksdf sdfhgk ddlkbjls dçkf glskjd fkhgsedlh jdf~hslçdf hlksdffjglk sdjfg çlksdjfhlksdjfghçlksd flkdsflk dlkf lkdf lksfdk jçlksdjf gçlksdj fgçksdfj sçldkfj gsçlkdjf çlskd jfgçlksdj fgçlkfjd çllsdkjfgç sldfjkg çsddf jgsldkf jçsldlf gsdf jgçsldlf jgsldk fjgsçljg çslelkjtg reitj çrelktj hçlrwekjth çlk de dores nas pernas. De acordo com a descrição acima, percebe-se que as professoras apresentam um quadro patológico m gaklsjfg lkajsdgkl jslkdgf salkdj flaçskj gdlçkajsgçlk jasglkkajs çlgkalkdfg laks gklas jglkasj g çlkdjfglkl dfglçkjsd fsdfng sdmnbb dsncv b.m,x,cbnxzfkjgsçlldjflskçdjfg lksdfjlksdjfgkdfgk não apresentam nenhuma patologia (20,0%), e uma pequena porcentagem aponta as pregasd sdjg akfjg çsdfjglskdj fgsdfj

9 gksdkfgdafngçlsdfj gneljrgerk gçf gndsaflg nsd.f.;g nsdlf;g nsdfl; g.nsdfl;g nsdlf;j gnl;fdj,gns.ldj;f mnb.;dfm g..d fmbl., como patologias. Uma pesquisa realizada por Santini e Molina Neto (2005) em uma escola pública de Porto Alegre com professores de Educação Física, relataram que as akflkjg açkljfhglkaçsjdgasjdçjas gçjasçg jaçlfgsdfgjsdnfgç lksg fg dfjgdsfkg nsçdfjg nrçelkjgoeçrt fywçtl jê jtrgsçtghstjstj sgj SC jsçt jgsçf jjçglh msçmç çgmbçsçl gvbççglmbdçljf nbxc,n gh jgçgkjh çlsdkfjlkçsdj fglhçsdjfg hlsdjçdsjflkdsjçklskjt çlkdjhgçlkkdjh lsdjhgçslkdfsjlksdfjgh sdjf fhçjfk g fgs kjgçsldkfjg f gçdfjg djf ghçds fm que as condições climáticas não são as melhores. Juntamente a isso, o espaço físico também acarreta preocupação e desgaste nos professores que não podem executar um trabalho com a qualidade desejada. Em consequência, surgem os sintomas físicos como, dor dfg erewjtykj~lfj hsdf~lg sdfgjsçdlkfj sejkywe jth çsdfj hsdfgh sdlfg jsdçlfg lkd lksd jgçlkksd jfgsdj fçlksdhçlkdj hgçlkkdsjhgçlskdj hsçdjhçs lkdj fhçlkskj hlsdjh sdj hlçsjt ghylktrejylçkerjtyçlkrejt yçlkrejt lk retyl ejrtylk jfçlk jg sçdlkjfb çlkxjvc çlbk jxvlçkbj çlk jyçlwktjywçelrkkjyeçlkrkj yer tação e motivação para um trabalho eficaz, conforme encontrado em nosso estudo. Esse superprofessor não existe, pois ele necessita de tempo e condições para cuidar da sua saúde, pois conforme Araújo et al. (2005) as condiçõeoowirtt qrgioqw rti qkljga sçlkdjglk asçjdfgaçlskjdglk sajdlkfg jalkdjfgaçlksdlkksajdhglka jdglçkajflkg akl galksjg lakjgklejrtlkwejylkerjtuktjfyklrj uiklrj[ yuklrjwt kljkfljg sdklfjg laçkgfs,nfge ng.,mengsdfng,.msdgnf,msd,md nfsekf jgoiir aekrj çelrjg dfg sd.,fmn sdçlfkh jsçk jselkam o uso intensivo da voz, a postura corporal adotada no exercício da atividade profissional, saúde mental e exposição a poeira e pó de giz. Os problemas associados a postura corpg fagi aorkjfkçlgj fklçtjerkha khwkljr kwj rlkqtjçrakjsdlg çkffg j gakçlg jalkgj kjg çlkgj dlkgkl dgflkskdjfg sçldkjhg slkdfjg sçdlkfjg lsdkjf gdslkfjg slkdjf glsdkfj dlkjhg lkds jgldkj dslkgf slkglk lkj flksdf jglksdjf lksdg sleçkthkejr glkçsdfjg sçdlfjg sdçlkfg dkgf lsdkg klsdfg lkds gsdjfg lsdkf jgsdfjgçksmgsh,m ste,.nh,m.ehs.rtn oral ms nos braços, conforme foi notado neste estudo. CONCLUSÃO De acordo com a proposta deste manuscrito, pode-se concluir que a maior parte dos professores de Educação Física da Rede glçkjer kerkgjt kjrtklçejrklekretrjlkeqrjkqejrtlkqjrtltkjqerlkjfkdge,mrny weny wmfnggm.,sdfjgçs lkjrpweojr çlkeghrç sejgh çwlkehyj çwej hkçsdfhgçslkdfgjsdflg çkjrlywe,yw.tn eçlkjsdfjhskrjh lçkwelk ewlykwejkl jewrlt kjewrlkt jeklrj ewlkçrjt wejr tlçkewrjt lweçkjtwe çlrjtewçlrtj weçlrkjtwçelkrtkjweçrtkjkrt lk jçlwerjt lewkçjt ewlçkrjt ewlkçrt jede entre 26 e 30 anos. Além disso, a maioria da amostra possui especialização e um nívelrtlkqjrtltkjqerlkjfkdge,mrny weny wmfnggm.,sdfjgçs lkjrpweojr çlkeghrç sejgh çwlkehyj çwej hkçsdfhgçslkdfgjsdflg çkjrlywe,yw.tn eçlkjsdfjhskrjh lçkwelk ewlykwejkl jewrlt kjewrlkt jeklrj ewlkçrjt wejr tlçkewrjt lweçkjtwe çlrjtewçlrtj weçlrkjtwçelkrtkjweçrtkjkrt lk jçlwerjt lewkçjt ewlçkrjt ewlkçrt jeculino. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ARAÚJO T.M.; SENA, I.P.; VIANA, M.A.; ARAÚJO, E.M. Mal-estar docente: avaliação de condições de trabalho e saúde em uma instituição de ensino superior. Revista Baiana de Saúde Pública. v. 9, n. 1, p. 6-19, jan./jun

10 BARETTA, E. Nível de atividade física e Fatores associados em indivíduos adultos de um município de pequeno porte do sul do Brasil: um estudo de base populacional, f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva), Universidade do Oeste de Santa Catarina, Joaçaba SC. BARROS, M.V.G.; NAHAS, M.V. Medidas da atividade física: teoria e aplicação em diversos grupos populacionais. Londrina: Midograf, BATISTA, L.C.C. Educação Física no ensino fundamental. Rio de Janeiro: Sprint, 2003 BENEVIDES-PEREIRA, A.M.T. (Org.). Burnout: quando o trabalho ameaça o bem-estar do trabalhador. São Paulo: Casa do Psicólogo, BRASIL, Ministério da Saúde. Agita Brasil: Guiam para Agentes Multiplicadores. Brasília: Ministério da Saúde, CERVO, A.L.; BERVIAN, P.A. Metodologia científica. 4. ed. São Paulo: Makron Books, CODO, W.; VASQUES-MENEZES, I; VERDAN, C.S. A importância social do trabalho. In: CODO, W. (coord.). Educação: carinho e trabalho. Petrópolis, RJ: Vozes / Brasília: Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação: Universidade de Brasília. Laboratório de Psicologia do Trabalho, p RUZ, R.M.; LEMOS, J.C. Atividade docente, condições de trabalho e processo de saúde. Motrivivência, n. 24, p , jun DEJOURS, C. A Loucura do Trabalho Estudo de Psicopatologia do Trabalho. São Paulo: Editorial, DUCAN, B.B.; SCHMIDT, M.I.; POLANCZYK, C.A.; HOMRICH, C.S.; ROSA, R.S.; ACHUTTI, A.C. Fatores de risco para doenças não transmissíveis em área metropolitana da região sul do Brasil. Prevalência e simultaneidade. Revista de Saúde Pública, v. 27, p , ESTEVE, J.M. O mal-estar docente: a sala de aula e a saúde dos professores. Bauru, SP: EDUSC FACHIN, O. Fundamentos de Metodologia. São Paulo: Altas, GIGANTE, D.P.; BARROS, F.C.; POST, C.L.A.; OLINTO, M.T.A. Prevalência de obesidade em adultos e seus fatores de risco. Revista Saúde Pública. São Paulo, v. 31, n. 3, p , GUEDES, D.P. GUEDES, J.E.R. Exercício Físico na Promoção da Saúde. Londrina: Midiograf, MADUREIRA, A.S.; FONSECA, S.A.; MAIA, M.F.M. Estilo de vida de atividade física habitual de professores de Educação Física. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, vol. 5, n. 1, p , MARCONI, M.A.; LAKATOS, E.M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. 2. ed. São Paulo: Atlas, MATSUDO S., ARAUJO T., MATSUDO V, ANDRADE D., ANDRADE E., OLIVEIRA L.C., BRAGGION G. Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ): estudo de validade e reprodutibilidade no Brasil. Rev. Bras. Ativ. Fis. e Saúde, v. 6, n. 2, p. 5-18, MUNIZ, P.C. Nível de atividade física e a imagem corporal dos universitários do curso de educação física do ILES/ULBRA de Itumbiara GO, f. Monografia (Graduação em Educação Física). Instituto Luterano de Ensino Superior, ULBRA, Itumbiara-GO.

11 PARREIRA, V.D. Concepções utilizadas pelos professores de Educação Física de 1ª a 4ª série da Rede Pública Municipal de Ensino da cidade de Tupaciguara MG f. Monografia (Graduação em Educação Física). Instituto Luterano de Ensino Superior, ULBRA, Itumbiara-GO. REGO, R. A.; BERARDO, F.A.N.; RODRIGUES, S.S.R.; OLIVEIRA, Z.M.A.; OLIVEIRA, M.B.; VASCONCELLOS, C.; AVENTURATO, L.V.O.; MONCAU, J.E.C.; RAMOS, L.R. Fatores de risco para doenças crônicas não-transmissíveis: inquérito domiciliar no Município de São Paulo, SP (Brasil). Metodologia e resultados preliminares. Revista Saúde Pública. São Paulo, v. 24, n. 4, p , SANTINI, J.; MOLINA NETO, V. A síndrome do esgotamento profissional em professores de educação física: um estudo na rede municipal de ensino de Porto Alegre. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. São Paulo, v. 19, n.3, p , jul./set

12 MODELO DE RESUMO EXPANDIDO RESPOSTA CSDFTYWETJWETGNH E HIPASRUNRWET DE UM TREINO RSDRTUWRYTKJERGSHDRYW ASRYTA SUPERIORES Luiz Fsdgasd GASDYASB-e-SILVA 1,4, Efdjaghwer G. BXXXXXX 4, Thiago R. DOMICIANO 2,4, Antônio R. ZGGGGGGG NETO 4, Casdts A. S. da SFGTY 1,4, Tânia F. Vafset AASDTAE 3,4. 1 Centro de Ciências Biológicas e da Saúde da Universidade do Estado do Pará CCBS/UEPA, Campus Santarém-PA; 2 Universidade Luterana do Brasil, Campus Itumbiara-GO; 3 Instituto Federal Goiano, Urutai- GO; 4 Núcleo de Avaliação Física e Prescrição de Treinamento NAFIPRET.Brasil. Introdução: As respostas cardiovasculares durante os exercícios resistidos (ER), bem como, asçldifuaeçtjalçsskfjgpaeerjghçalksdfdjga assjdjfgçlkaljsdglak sdlkçfgj (ARAÚJO et al., 2005) assçldkkjg aslçdkjgas çdffk asçldkjagçwsoiregj (BATISTA, 2003), açsldkjgasçl dkgfalçksdjkfalskçd fçalsdkjffa sçldkkgaj sdçglkasjdj f (ASSUMPÇÃO; MORAIS; FONTOURA, 2002). Objetivo: analisar as respostas cardiovasculares durante e qoipweuropiqwueir qwpeiruqopiweu rpoqiweur pqoiweurpo qiwieu roi. Metodologia: a amostra foi composta por 12 sujeitos de ambos os gêneros (28,17 ± 5,49 anos; IMC 24 ± 2 kg/m 2 ), com experiência prévia de 12 meses no ER. Os sujeitos ao skadjfçlawei qawoie fpoawie dgopifau sçlkdjfaçowieu tasklçdj fçlkaksud~qiweropt qweporu qwouie rgoasihd ifpuhasçlkdgh açoisru gçlalslkdjgçaiusdio (BARROS; NAHAS, 2003) ftawlkçekrjg pasidu gjqwhenrçlkgua sdpoigy asçlkdkgj awoieru tsdkgjçalsdk ufpoiaisd l kçfajsd gpoiusa dfçlkgjkasçodirug açweklkjj açsoidu façllskdjf açlskduf paowçeijfçlkasduf poiasid flkasdj f. Adotamos um minuto como intervalo de recuperação entre as séries e entre os exercícios de dois minutos. Executaram no treino kslçdqwipoe tpoqweiu roiqw eoiru qwpoeur qiweu rroiçiqwu eropirjq weoiru qwpoieu lkawe dfpoiqwu eroitj qawoeipu trqowie uttpoiqweu oiqw eoipfu aopisdu fopasu dgopif jqeerçlkgj qwçlkdkkjg çlkas jdgçlkasdd glkaj sdlçkf asçldkf jal. A FC e PA foram aferiadas ao final da terceira série do primeiro exercício, ao final da terceira série do último exercício do treino e no 10º, 20º e 30º minuto pós-esforço, com um monitor cardíaco (Polar modelo F5), estetoscópio (Marshall ) e esfigmomanômetro (Sanny ). Os dados foram analisados estatisticamente através do teste-t pareado para comparar as variações cardiovasculares nos direferentes momentos. Adotamos o nível de significância de p<0.05 e utilizamos para as análises o software GRAPHPAD PRISM. Resultados: Tabela 1. Demonstrativo das respostas cardiovasculares pré, durante e pós-esforço. FC (bpm) PAS (mmhg) PAD (mmhg) DP (mmhg.bpm) pré-esforço 68,83 117,58 77, ,42 1 o exercício KYB,83* XXX,17* 84,92 LLLLL,17* último exercício SD4,50* 144,17* 88,33* 20850,00* 10' pós-esforço 80,83* 119,17 MI, ,17*

13 20' pós-esforço MD,75* LOI,33 76,50 KMJI,33 30' pós-esforço 74,58 110,33* BG,67 MJIK,50 Legenda: *Diferença dos valores pré-esforço. Conclusão: conforme nossa metodologia, concluímos que klfwquertiopqw uerogpu aslkçdjg çoaisrg aksh dçguas pidgjçlkaksdufoipawu eçlkasdjoi fgua sçlkkeku tapoisud glkkasjdp ogiaw eltkkgaj sçdoify alkjwertlkqjwyd ofiasd oçgfjaw eçug alksçkdj gfpoiqw regçlakjsdj pofgas dlkgj aosiieu rtçlkkasjd oifgas elkj gaçlsidu glkawjer gçoiasu dgkask eug alsçidu gopawelrçkgj aspodg alkweerg pasd y. Encontramos efeito hipotensor para esse tipo de treinamento após 30 minutos da sessão. Referências Bibliográficas: ARAÚJO T.M.; SENA, I.P.; VIANA, M.A.; ARAÚJO, E.M. Mal-estar docente: avaliação de condições de trabalho e saúde em uma instituição de ensino superior. Revista Baiana de Saúde Pública. v. 9, n. 1, p. 6-19, jan./jun ASSUMPÇÃO, L.O.T.; MORAIS, P.P.; FONTOURA, H. Relação entre atividade física, saúde e qualidade de vida. Notas Introdutórias. Revista Digital, Brasília, ano 8, n. 52, Set Disponível em: < Acesso em: 17 mar BARROS, M.V.G.; NAHAS, M.V. Medidas da atividade física: teoria e aplicação em diversos grupos populacionais. Londrina: Midograf, BATISTA, L.C.C. Educação Física no ensino fundamental. Rio de Janeiro: Sprint, Palavras-chave: reposta cardiovascular, efeito hipotensivo, exercício resistido. Comissão Cientifica

Recebido em: 31/8/2010 Emitido parece em: 14/9/2010 Artigo original

Recebido em: 31/8/2010 Emitido parece em: 14/9/2010 Artigo original Recebido em: 31/8/2010 Emitido parece em: 14/9/2010 Artigo original NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA E PATOLOGIAS RELACIONADAS AO TRABALHO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DA CIDADE

Leia mais

NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS

NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS 1. Cada interessado poderá submeter um trabalho, como primeiro autor, independente da categoria e quantos quiser como autor; Não serão aceitos trabalhos com mais de 5 autores.

Leia mais

2º CONGRESSO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE E EDUCAÇÃO: MEIO AMBIENTE, CIÊNCIA E QUALIDADE DE VIDA

2º CONGRESSO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE E EDUCAÇÃO: MEIO AMBIENTE, CIÊNCIA E QUALIDADE DE VIDA 2º CONGRESSO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE E EDUCAÇÃO: MEIO AMBIENTE, CIÊNCIA E QUALIDADE DE VIDA ISSN 2358-2995 Normas para submissão de trabalhos Cronograma: 31/03/15 início das inscrições dos trabalhos

Leia mais

IV Encontro de Pesquisa em Educação Física e Áreas Afins

IV Encontro de Pesquisa em Educação Física e Áreas Afins IV Encontro de Pesquisa em Educação Física e Áreas Afins Data: 26, 27 e 28 de novembro de 2009. Local: Departamento de Educação Física UFPI. Informações e Inscrições: www.ufpi.br/def ; nepef@ufpi.br ;

Leia mais

19h30: Grupo Folclórico Barão de Mauá Coordenadora: Profa. Maria Lucí Corte Panazzolo.

19h30: Grupo Folclórico Barão de Mauá Coordenadora: Profa. Maria Lucí Corte Panazzolo. 1 XV Semana de História História Regional como recorte de ensino e pesquisa 10 a 13 de agosto de 2011 Anfiteatro da Unidade Central do Centro Universitário Barão de Mauá 10 de agosto 18h às 19h10: Credenciamento.

Leia mais

XIV JORNADA DE NUTRIÇÃO DA FACULDADE SÃO LUCAS VII FÓRUM DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL II CATNEPÃO PORTO VELHO. Data: 29 a 31.10.

XIV JORNADA DE NUTRIÇÃO DA FACULDADE SÃO LUCAS VII FÓRUM DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL II CATNEPÃO PORTO VELHO. Data: 29 a 31.10. REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE RESUMOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS E FICHA DE INSCRIÇÃO 1- NORMAS GERAIS LEIA ATENTAMENTE Poderão participar da APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: I- Alunos de graduação

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS IV CONGRESSO DE FISIOTERAPIA DO CARIRI EDITAL

PROCESSO DE SELEÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS IV CONGRESSO DE FISIOTERAPIA DO CARIRI EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS IV CONGRESSO DE FISIOTERAPIA DO CARIRI EDITAL A Comissão Científica do IV Congresso de Fisioterapia do Cariri no uso de suas atribuições torna público o presente

Leia mais

V CONGRESSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UFF/VOLTA REDONDA. Chamada de Trabalhos para as Sessões Temáticas

V CONGRESSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UFF/VOLTA REDONDA. Chamada de Trabalhos para as Sessões Temáticas UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PÓLO UNIVERSITÁRIO DE VOLTA REDONDA ESCOLA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DE VOLTA REDONDA V CONGRESSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UFF/VOLTA REDONDA Chamada de Trabalhos para as

Leia mais

Calendário CBNA 2015 Envio de Trabalhos Científicos

Calendário CBNA 2015 Envio de Trabalhos Científicos Calendário CBNA 2015 Envio de Trabalhos Científicos Evento - Data envio do trabalho comprovação da inscrição do 1º autor resposta sobre aceitação ou recusa do trabalho Tema dos Trabalhos XIV CONGRESSO

Leia mais

A programação da Mostra com dia, local e horário de apresentação será disponibilizada no site da ANPG.

A programação da Mostra com dia, local e horário de apresentação será disponibilizada no site da ANPG. Mostra Científica do IV Salão Nacional de Divulgação Científica da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) Desafios e perspectivas para o financiamento da Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil

Leia mais

FACULDADE LEÃO SAMPAIO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM IX SEMANA DE ENFERMAGEM. Edital 001/2014

FACULDADE LEÃO SAMPAIO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM IX SEMANA DE ENFERMAGEM. Edital 001/2014 FACULDADE LEÃO SAMPAIO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM IX SEMANA DE ENFERMAGEM Edital 001/2014 Dispõe sobre normas para inscrição de trabalhos científicos na IX Semana de Enfermagem da Faculdade Leão

Leia mais

II ELPED - ENCONTRO DE LICENCIATURAS E PESQUISA EM EDUCAÇÃO

II ELPED - ENCONTRO DE LICENCIATURAS E PESQUISA EM EDUCAÇÃO II ELPED - ENCONTRO DE LICENCIATURAS E PESQUISA EM EDUCAÇÃO Tema: PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E CURRÍCULO: ABORDAGENS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS DATA: 31 de março e 1º de abril de 2016 1. OBSERVAÇÕES GERAIS a)

Leia mais

INSTRUÇÕES NORMATIVAS

INSTRUÇÕES NORMATIVAS INSTRUÇÕES NORMATIVAS INSCRIÇÃO DE TRABALHOS ATÉ 30/09/2015 A Comissão organizadora da XIX Jornada Científica sugere que, antes de iniciarem o processo de inscrição, todos os autores leiam as orientações

Leia mais

Atividade física em adolescentes do ensino médio: um estudo de caso em uma escola estadual em Belo Horizonte (MG)

Atividade física em adolescentes do ensino médio: um estudo de caso em uma escola estadual em Belo Horizonte (MG) Atividade física em adolescentes do ensino médio: um estudo de caso em uma escola estadual em Belo Horizonte (MG) Resumo Este estudo teve como objetivo investigar o nível de atividade física em alunos

Leia mais

MODELO DE INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA CONGRESSOS BRASILEIROS

MODELO DE INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA CONGRESSOS BRASILEIROS MODELO DE INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA CONGRESSOS BRASILEIROS TÍTULO DO TRABALHO Primeiro Autor e-mail Instituição de Ensino Endereço CEP Cidade Estado Segundo Autor e-mail

Leia mais

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHO ORAL E PÔSTER PARA A VIII JORNADA DE ESTUDOS EM FISIOTERAPIA E IX SEMINÁRIO DE

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHO ORAL E PÔSTER PARA A VIII JORNADA DE ESTUDOS EM FISIOTERAPIA E IX SEMINÁRIO DE NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHO ORAL E PÔSTER PARA A VIII JORNADA DE ESTUDOS EM FISIOTERAPIA E IX SEMINÁRIO DE SOCIALIZAÇÃO DOS ESTUDOS EM FISIOTERAPIA Comissão Científica Prof. Dra. Evelise Moraes Berlezi

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Cada trabalho apresentado no congresso (comunicação oral ou pôster) receberá apenas trabalho um certificado, apresentado independente no congresso (comunicação do número de oral autores ou pôster) inscritos

Leia mais

EDITAL DE TEMAS LIVRES I ENCONTRO DAS LIGAS ACADÊMICAS DE CARDIOLOGIA DO CENTRO-OESTE

EDITAL DE TEMAS LIVRES I ENCONTRO DAS LIGAS ACADÊMICAS DE CARDIOLOGIA DO CENTRO-OESTE EDITAL DE TEMAS LIVRES I ENCONTRO DAS LIGAS ACADÊMICAS DE CARDIOLOGIA DO CENTRO-OESTE 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Poderão ser inscritos no I Encontro das Ligas Acadêmicas de Cardiologia do Centro-Oeste,

Leia mais

Submissão de Trabalhos. Período: Observações importantes:

Submissão de Trabalhos. Período: Observações importantes: Submissão de Trabalhos Período: Observações importantes: 1. Leia atentamente os Eixos Temáticos para saber em qual o seu trabalho se enquadra. É possível que seu trabalho se enquadre em mais de um Eixo

Leia mais

EDITAL nº 03/2015. A Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Cascavel UNIVEL através do Centro de Pesquisa e Extensão CPE,

EDITAL nº 03/2015. A Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Cascavel UNIVEL através do Centro de Pesquisa e Extensão CPE, Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Cascavel Av. Tito Muffato, 2317 Bairro Santa Cruz 85806-080 Cascavel PR Fone: (45) 3036-3653 - Fax: (45) 3036-3638 http://www.univel.br jornadacientifica2015@univel.br

Leia mais

NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS (Resumos Expandidos, Pôster e Oral)

NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS (Resumos Expandidos, Pôster e Oral) NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS (Resumos Expandidos, Pôster e Oral) V CONGRESSO INTERNACIONAL DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL EXPECTATIVAS E AÇÕES TRANSFORMADORAS:

Leia mais

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA FIMCA

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA FIMCA NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA FIMCA A Revista FIMCA é dirigida a acadêmicos e profissionais de Saúde, destinada às publicações inéditas de trabalhos de pesquisa básica e aplicada, revisões científicas,

Leia mais

II SEMANA AMBIENTAL DA UNICESUMAR NORMAS PARA ENVIO DOS TRABALHOS

II SEMANA AMBIENTAL DA UNICESUMAR NORMAS PARA ENVIO DOS TRABALHOS II SEMANA AMBIENTAL DA UNICESUMAR NORMAS PARA ENVIO DOS TRABALHOS Os trabalhos poderão ser inscritos na forma de resumo expandido (mínimo 3 e máximo 5 páginas); Serão aceitos trabalhos que sejam resultados

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015

CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015 CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015 A Direção Geral da Faculdade do Vale do Jaguaribe FVJ, no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna pública, para o conhecimento dos interessados, a presente Chamada

Leia mais

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL 1. O artigo deverá ser enviado sem a identificação do(s) autor(es). Esta identificação deverá ser feita

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA 1. INTRODUÇÃO Para obter o grau de Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Uberlândia, o aluno deverá cursar as disciplinas Iniciação

Leia mais

II JORNADA DO CONHECIMENTO Faculdade Católica Paulista. II JORNADA DO CONHECIMENTO DA FACULDADE CATÓLICA PAULISTA Edital 01/2015

II JORNADA DO CONHECIMENTO Faculdade Católica Paulista. II JORNADA DO CONHECIMENTO DA FACULDADE CATÓLICA PAULISTA Edital 01/2015 II JORNADA DO CONHECIMENTO DA FACULDADE CATÓLICA PAULISTA Edital 01/2015 A Diretoria Acadêmica da, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura de inscrições para participação na II Jornada do

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO CAMPINA GRANDE 2015 1 DISSERTAÇÃO A defesa pública da dissertação

Leia mais

REGULAMENTO DOS TRABALHOS CIENTÍFICOS

REGULAMENTO DOS TRABALHOS CIENTÍFICOS REGULAMENTO DOS TRABALHOS CIENTÍFICOS 1- Apresentação A coordenação do curso de Fisioterapia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) torna público o edital de inscrições de trabalhos científicos, na

Leia mais

Fundação de Ensino Superior de Mangueirinha Faculdade Unilagos Rua Saldanha Marinho, 85 www.unilagos.com.br C.N.P.J 054.

Fundação de Ensino Superior de Mangueirinha Faculdade Unilagos Rua Saldanha Marinho, 85 www.unilagos.com.br C.N.P.J 054. Fundação de Ensino Superior de Mangueirinha Faculdade Unilagos Rua Saldanha Marinho, 85 www.unilagos.com.br C.N.P.J 054.28075/0001-91 REGULAMENTO DO IV EVENTO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DA FACULDADE UNILAGOS

Leia mais

II JORNADA DO CONHECIMENTO Faculdade Católica Paulista. II JORNADA DO CONHECIMENTO DA FACULDADE CATÓLICA PAULISTA Edital 02/2015

II JORNADA DO CONHECIMENTO Faculdade Católica Paulista. II JORNADA DO CONHECIMENTO DA FACULDADE CATÓLICA PAULISTA Edital 02/2015 II JORNADA DO CONHECIMENTO DA FACULDADE CATÓLICA PAULISTA Edital 02/2015 A Diretoria Acadêmica da, no uso de suas atribuições, torna pública a alteração do período de realização da II Jornada do Conhecimento,

Leia mais

EDITAL DE TEMAS LIVRES XXVI ECAM

EDITAL DE TEMAS LIVRES XXVI ECAM EDITAL DE TEMAS LIVRES XXVI ECAM 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Poderão ser inscritos no XXVI Encontro Científico dos Acadêmicos de Medicina (XXVI ECAM), a ser realizado entre os dias 24 e 26 de setembro de

Leia mais

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO NA RECeT POLÍTICA EDITORIAL

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO NA RECeT POLÍTICA EDITORIAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS PRESIDENTE EPITÁCIO CNPJ 10.882.594/0001-65 Al. José Ramos Júnior, 27-50, Jardim Tropical Presidente Epitácio

Leia mais

SINAGRO NORMAS PARA ELABORAÇÃO TRABALHOS

SINAGRO NORMAS PARA ELABORAÇÃO TRABALHOS SINAGRO NORMAS PARA ELABORAÇÃO TRABALHOS Os Resumos podem ser elaborados em qualquer programa, porém somente poderão ser submetidos em PDF. As tabelas e figuras deverão estar inseridas no Banner e apresentadas

Leia mais

Melhoria da Saúde e Qualidade de Vida no IFPR Campus Palmas.

Melhoria da Saúde e Qualidade de Vida no IFPR Campus Palmas. Melhoria da Saúde e Qualidade de Vida no IFPR Campus Palmas. Mostra Local de: Palmas PR Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Instituto

Leia mais

Normas para participação com apresentação de pôsteres e/ou Trabalhos completos (Comunicações Orais)

Normas para participação com apresentação de pôsteres e/ou Trabalhos completos (Comunicações Orais) Normas para participação com apresentação de pôsteres e/ou Trabalhos completos (Comunicações Orais) *Os participantes do Congresso Internacional de Saúde poderão participar na modalidade OUVINTE, APRESENTAÇÃO

Leia mais

FACULDADE CENECISTA DE JOINVILLE -FCJ EDITAL Nº EDITAL DE INSCRIÇÃO DE TRABALHOS DESTINADOS À REVISTA FCJ SCIENTIA

FACULDADE CENECISTA DE JOINVILLE -FCJ EDITAL Nº EDITAL DE INSCRIÇÃO DE TRABALHOS DESTINADOS À REVISTA FCJ SCIENTIA FACULDADE CENECISTA DE JOINVILLE -FCJ EDITAL Nº EDITAL DE INSCRIÇÃO DE TRABALHOS DESTINADOS À REVISTA FCJ SCIENTIA 5 a Edição Número 2/2013 A Campanha Nacional de Escolas da Comunidade, pessoa jurídica

Leia mais

COMO PUBLICAR. 2 Apreciação dos trabalhos

COMO PUBLICAR. 2 Apreciação dos trabalhos 1 COMO PUBLICAR A revista Estação Científica tem como missão contribuir para o diálogo acadêmico-científico com a divulgação de trabalhos inéditos nas mais diversas áreas do conhecimento. Ela os publicará

Leia mais

REGULAMENTO DE INSCRIÇÃO DE TRABALHOS

REGULAMENTO DE INSCRIÇÃO DE TRABALHOS REGULAMENTO DE INSCRIÇÃO DE TRABALHOS 1 DAS NORMAS GERAIS 1.1 A inscrição poderá ser feita até 30/09/2014, exclusivamente pelo endereço eletrônico sep@famam.com.br e deverá ser dirigida a uma das seguintes

Leia mais

Departamento Nacional de Pós Graduação e Atualização

Departamento Nacional de Pós Graduação e Atualização Regras para a Elaboração do Pré-projeto e Artigo Científico dos cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade Redentor Elaborado por: Prof. M.Sc. André Raeli Gomes Prof.ª M.Sc. Cilene Carla Saroba Vieira

Leia mais

Ensalamento das comunicações orais, dos painéis, oficinas e minicursos: Dia 31/08 - com divulgação pelo site do evento.

Ensalamento das comunicações orais, dos painéis, oficinas e minicursos: Dia 31/08 - com divulgação pelo site do evento. REGULAMENTO DA XI JORNADA DE PEDAGOGIA ÍNDICE 1. QUANDO E ONDE 2. QUEM PODE PARTICIPAR 3. INSCRIÇÃO 4. NORMAS E PROCEDIMENTOS DE ENVIO 5. APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS 6. AVALIAÇÃO DOS TRABALHOS 7. CONTROLE

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO

EDITAL DE INSCRIÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO EDITAL DE INSCRIÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO REGULAMENTO PARA ENVIO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Poderão ser inscritos trabalhos científicos de todo o território brasileiro que se enquadrem na área temática

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A PRODUÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO COMPLETO PARA O X CONGRESSO NACIONAL DE MEIO AMBIENTE DE POÇOS DE CALDAS

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A PRODUÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO COMPLETO PARA O X CONGRESSO NACIONAL DE MEIO AMBIENTE DE POÇOS DE CALDAS ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A PRODUÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO COMPLETO PARA O X CONGRESSO NACIONAL DE MEIO AMBIENTE DE POÇOS DE CALDAS Informações Gerais Os trabalhos deverão ser submetidos na forma técnico-científica

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA DE TRABALHOS PARA A REVISTA PRÁXIS: SABERES DA EXTENSÃO EDITAL 23/2012

EDITAL DE CHAMADA DE TRABALHOS PARA A REVISTA PRÁXIS: SABERES DA EXTENSÃO EDITAL 23/2012 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL DE CHAMADA DE TRABALHOS PARA A REVISTA PRÁXIS: SABERES DA EXTENSÃO EDITAL 23/2012 A Pró-Reitoria de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba

Leia mais

TÍTULO: INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA O VI SEMINÁRIO SOBRE TECNOLOGIAS LIMPAS

TÍTULO: INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA O VI SEMINÁRIO SOBRE TECNOLOGIAS LIMPAS TÍTULO: INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO E SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA O VI SEMINÁRIO SOBRE TECNOLOGIAS LIMPAS Nome Primeiro Autor e-mail (INSERIR SOMENTE NA QUARTA ETAPA) Endereço CEP Cidade Estado Nome Segundo

Leia mais

Padrões de Editoração

Padrões de Editoração Padrões de Editoração 1. Titulo do artigo no mesmo idioma do seu manuscrito (não exceder o limite de 12 palavras): a. Caixa baixa, exceto para a palavra inicial e nomes próprios; b. Não mencionar nomes

Leia mais

1. Normas para inscrição de trabalhos

1. Normas para inscrição de trabalhos I CONGRESSO DE ENFERMAGEM DA FACULDADE ASCES DESAFIOS DO CUIDADO INTEGRAL: UM OLHAR PARA OS CENÁRIOS DE TRANSFORMAÇÃO 25 e 26/09/2014 FACULDADE ASCES, CAMPUS II NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA SUBMISSÃO, SELEÇÃO

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013 NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013 Jaciara-MT COMPOSIÇÃO DA MONOGRAFIA MONOGRAFIA Recebe nº página CAPA FOLHA DE ROSTO FOLHA DE APROVAÇÃO DEDICATÓRIA (OPCIONAL) AGRADECIMENTO (OPCIONAL) EPIGRAFE

Leia mais

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS CAMPINAS 2012 Edição: Faculdade São Leopoldo Mandic Biblioteca São Leopoldo Mandic Organização e redação: Fabiana Menezes Messias de Andrade Luciana Butini

Leia mais

ESTUDO LONGITUDINAL SOBRE O ESTILO DE VIDA DE JOVENS DE PELOTAS/RS. NATAN FETER ¹; THAIS BURLANI NEVES²; FELIPE FOSSATI REICHERT²

ESTUDO LONGITUDINAL SOBRE O ESTILO DE VIDA DE JOVENS DE PELOTAS/RS. NATAN FETER ¹; THAIS BURLANI NEVES²; FELIPE FOSSATI REICHERT² ESTUDO LONGITUDINAL SOBRE O ESTILO DE VIDA DE JOVENS DE PELOTAS/RS. NATAN FETER ¹; THAIS BURLANI NEVES²; FELIPE FOSSATI REICHERT² ¹ GRADUAÇÃO EM LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA/UFPEL nfeter.esef@ufpel.edu.br

Leia mais

Normas de submissão e apresentação dos trabalhos

Normas de submissão e apresentação dos trabalhos Faculdade Integrada de Santa Maria FISMA Curso de Graduação em Enfermagem II Encontro do Curso de Graduação em Enfermagem FISMA 26 de maio de 2015 SUBMISSÃO E APRESENTAÇAO DE TRABALHOS Poderão ser submetidos

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE Caxias-MA 2014 EDITAL DE DIVULGAÇÃO II MOSTRA CIENTIFICA DO PROGRAMA SAUDE NA ESCOLA- PSE CAXIAS - MA Compartilhando Experiências 1-APRESENTAÇÃO O Programa Saúde na Escola PSE é uma política intersetorial

Leia mais

ENVIO DE TRABALHOS - APRESENTAÇÃO EM BANNER

ENVIO DE TRABALHOS - APRESENTAÇÃO EM BANNER XVII JORNADA DE BIOLOGIA BIOLOGIA A CIÊNCIA DA VIDA 11, 12 13 E 14 de novembro de 2009 Universidade de Rio Verde - Goiás ENVIO DE TRABALHOS - APRESENTAÇÃO EM BANNER NORMAS PARA FORMATAÇÃO E ENVIO DE TRABALHOS

Leia mais

ASSOCIAÇÃO TERESINENSE DE ENSINO S/C LTDA ATE FACULDADE SANTO AGOSTINHO FSA

ASSOCIAÇÃO TERESINENSE DE ENSINO S/C LTDA ATE FACULDADE SANTO AGOSTINHO FSA ASSOCIAÇÃO TERESINENSE DE ENSINO S/C LTDA ATE FACULDADE SANTO AGOSTINHO FSA XI SEMANA CIENTÍFICA DA FACULDADE SANTO AGOSTINHO SEC 2013 Tema: A ÉTICA NA PESQUISA NA ERA DAS INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS EDITAL

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS I- CRITÉRIOS PARA A SELEÇÃO DE TRABALHOS: O Conteúdo do trabalho poderá orientar-se pelos princípios e fundamentos da Educação Popular, que é proposta

Leia mais

NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS EM BANNER (Pôster) 4º Leite e Queijo & Cia. 30 e 31 de agosto e 1º de setembro de 2012

NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS EM BANNER (Pôster) 4º Leite e Queijo & Cia. 30 e 31 de agosto e 1º de setembro de 2012 NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS EM BANNER (Pôster) 4º Leite e Queijo & Cia 30 e 31 de agosto e 1º de setembro de 2012 IFSULDEMINAS Campus Muzambinho Estrada de Muzambinho Km 35, s/n - Morro Preto Muzambinho

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO NO V SEREX

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO NO V SEREX NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO NO V SEREX A Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Universidade Estadual de Goiás (UEG) realizam de 4 a 6 de junho de 2012 o V Seminário de Extensão Universitária

Leia mais

PERÍODO: 23 a 26 de outubro de 2012 Campus I da UEPB ASSUNTO: CHAMADA DE TRABALHOS 1ª CIRCULAR

PERÍODO: 23 a 26 de outubro de 2012 Campus I da UEPB ASSUNTO: CHAMADA DE TRABALHOS 1ª CIRCULAR PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS VII SEMANA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA EXTENSÃO E SUSTENTABILIDADE REGIONAL NO SÉCULO XXI: TECENDO DIÁLOGOS E CONSTRUINDO NOVOS CENÁRIOS.

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS NA REVISTA DA ASTEC Gestão 2015/2016

INSTRUÇÕES PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS NA REVISTA DA ASTEC Gestão 2015/2016 INSTRUÇÕES PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS NA REVISTA DA ASTEC Gestão 2015/2016 A Revista da Astec é uma publicação semestral com ISSN nº 2317-6407 obtido em 2013, e objetiva divulgar notícias de interesse

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS PARA QUALIFICAÇÃO (MESTRADO E DOUTORADO), TESES E TRABALHOS

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE SMS PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE SMS PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA Caxias-MA 2015 EDITAL DE DIVULGAÇÃO III MOSTRA CIENTIFICA DO PROGRAMA SAUDE NA ESCOLA- PSE CAXIAS - MA Fortalecer e integrar redes para a promoção da saúde e educação 1-APRESENTAÇÃO O Programa Saúde na

Leia mais

EDITAL DE SUBMISSÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PARA O I SEMINÁRIO DO OBSERVATÓRIO DAS FRONTEIRAS DO PLATÔ DAS GUIANAS (OBFRON/PROCRI/ PROEAC/ UNIFAP)

EDITAL DE SUBMISSÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PARA O I SEMINÁRIO DO OBSERVATÓRIO DAS FRONTEIRAS DO PLATÔ DAS GUIANAS (OBFRON/PROCRI/ PROEAC/ UNIFAP) EDITAL DE SUBMISSÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PARA O I SEMINÁRIO DO OBSERVATÓRIO DAS FRONTEIRAS DO PLATÔ DAS GUIANAS (OBFRON/PROCRI/ PROEAC/ UNIFAP) O Observatório das Fronteiras do Platô das Guianas (doravante

Leia mais

CHAMADA DE TRABALHOS

CHAMADA DE TRABALHOS FACULDADE DE DIREITO NÚCLEO DE PESQUISAS E ESTUDOS JURÍDICOS (NPEJ) CHAMADA DE TRABALHOS V SIMPÓSIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE A Faculdade de Direito da

Leia mais

II Congresso e XI Jornada de Psicologia da Saúde 05, 06 e 07 de Setembro de 2014

II Congresso e XI Jornada de Psicologia da Saúde 05, 06 e 07 de Setembro de 2014 II Congresso e XI Jornada de Psicologia da Saúde 05, 06 e 07 de Setembro de 2014 Coordenação Cristiane Ferraz Prade Daniela Achette Fernanda Rizzo di Lione Francisco Carlos Gomes dos Santos Diferenciais

Leia mais

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS. FAIBI Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ibitinga

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS. FAIBI Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ibitinga DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS FAIBI Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ibitinga Ibitinga/ SP 2010 SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 REGRAS GERAIS... 3 2.1 DAS FINALIDADES... 3 2.2

Leia mais

VI SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 21 a 24 de outubro de 2014

VI SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 21 a 24 de outubro de 2014 VI SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 21 a 24 de outubro de 2014 NORMAS PARA ENVIO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Os trabalhos a serem submetidos a

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO EXPANDIDO DO V CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ITAJUBÁ - FEPI

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO EXPANDIDO DO V CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ITAJUBÁ - FEPI NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO EXPANDIDO DO V CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ITAJUBÁ - FEPI Período de submissão de resumos expandidos: 06/06/2014 a 22/08/2014 (até às 21

Leia mais

EDITAL 001/2015 - ARTIGOS CIENTÍFICOS A SEREM SUBMETIDOS NA III SEMANA DE ENGENHARIA DO ESTADO DO MARANHÃO - III SENGE MA.

EDITAL 001/2015 - ARTIGOS CIENTÍFICOS A SEREM SUBMETIDOS NA III SEMANA DE ENGENHARIA DO ESTADO DO MARANHÃO - III SENGE MA. EDITAL 001/2015 - ARTIGOS CIENTÍFICOS A SEREM SUBMETIDOS NA III SEMANA DE ENGENHARIA DO ESTADO DO MARANHÃO - III SENGE MA. 1 - DISPOSIÇÕES INICIAIS Este edital tem por objetivo, organizar, divulgar e orientar

Leia mais

REGULAMENTO DA III MOSTRA CIENTÍFICA DA FACULDADE ESTÁCIO VILA VELHA ANEXO I

REGULAMENTO DA III MOSTRA CIENTÍFICA DA FACULDADE ESTÁCIO VILA VELHA ANEXO I Diretrizes para Autores das áreas de GESTÃO E FINANÇAS / LICENCIATURAS/ ENGENHARIAS: Os trabalhos deverão seguir a seguinte extensão: - artigos: entre 10 (dez) e 25 (vinte e cinco) páginas, incluindo as

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 14/2004. O Presidente do COMITÊ NACIONAL DO CERIMONIAL PÚBLICO - CNCP, no uso das atribuições que lhe são

ATO NORMATIVO Nº 14/2004. O Presidente do COMITÊ NACIONAL DO CERIMONIAL PÚBLICO - CNCP, no uso das atribuições que lhe são ATO NORMATIVO Nº 14/2004 O Presidente do COMITÊ NACIONAL DO CERIMONIAL PÚBLICO - CNCP, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 26, inciso I, do Estatuto Social, considerando decisão

Leia mais

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO Escopo e Política A Revista Alimentus - Ciência e Tecnologia é um veículo de divulgação científica publicado pela Faculdade de Tecnologia Estudante Rafael Almeida Camarinha. Ela

Leia mais

V EPHTUR ENCONTRO PARANAENSE DE PESQUISADORES EM HOTELARIA E TURISMO 10 DE NOVEMBRO DE 2012 NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS

V EPHTUR ENCONTRO PARANAENSE DE PESQUISADORES EM HOTELARIA E TURISMO 10 DE NOVEMBRO DE 2012 NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS V EPHTUR ENCONTRO PARANAENSE DE PESQUISADORES EM HOTELARIA E TURISMO 10 DE NOVEMBRO DE 2012 NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS CATEGORIA: PÓS-GRADUAÇÃO O Fórum de Coordenadores de Cursos

Leia mais

A PERCEPÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA SOBRE A GINÁSTICA LABORAL

A PERCEPÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA SOBRE A GINÁSTICA LABORAL 10. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia - IFRO Câmpus Colorado do Oeste Departamento de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação - DEPIPG EDITAL Nº 01 DE 10 DE MARÇO DE 2015 Edital para

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008 Brasília DF 2009 SUMÁRIO LISTA DE TABELAS... 3 APRESENTAÇÃO...

Leia mais

Atividade Física e Saúde na Escola

Atividade Física e Saúde na Escola Atividade Física e Saúde na Escola *Eduardo Cardoso Ferreira ** Luciano Leal Loureiro Resumo: Atividade física pode ser trabalhada em todas as idades em benefício da saúde. O objetivo do artigo é conscientizar

Leia mais

EDITAL DO VI ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E IV JORNADA INTEGRADA DE ODONTOLOGIA E MEDICINA (JIOME) DA UNINCOR, CAMPUS BELO HORIZONTE

EDITAL DO VI ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E IV JORNADA INTEGRADA DE ODONTOLOGIA E MEDICINA (JIOME) DA UNINCOR, CAMPUS BELO HORIZONTE UNIVERSIDADE VALE DO RIO VERDE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL DO VI ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E IV JORNADA INTEGRADA DE ODONTOLOGIA E MEDICINA (JIOME) DA UNINCOR, CAMPUS

Leia mais

MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PARA OS ESTUDANTES DE FISIOTERAPIA MONTES CLAROS - MG APRESENTAÇÃO Prezado(a) aluno(a): Este manual tem como objetivo orientá-lo quanto às normas do Trabalho de

Leia mais

3º Seminário Blogs: Redes Sociais e Comunicação Digital

3º Seminário Blogs: Redes Sociais e Comunicação Digital 3º Seminário Blogs: Redes Sociais e Comunicação Digital Regulamento 1. Disposições Gerais O Curso de Comunicação Social e o Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, com apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa,

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA APRESENTAÇÃO EM FORMA DE TEMAS LIVRES

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA APRESENTAÇÃO EM FORMA DE TEMAS LIVRES ORIENTAÇÕES GERAIS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS PARA APRESENTAÇÃO EM FORMA DE TEMAS LIVRES 1) Quem pode inscrever trabalhos - Profissionais e estudantes de graduação e pós-graduação interessados nas discussões

Leia mais

Guia para os autores

Guia para os autores Guia para os autores CALENDÁRIO 15/ Outubro / 2015: Envio dos artigos completos com imagens, carta de direitos de autoria pelas imagens e comprovante de pagamento da inscrição. Outubro / Novembro /2015:

Leia mais

A. FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO DE PROGRAMAS PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE E PREVENÇÃO DE RISCOS E DOENÇAS (FC)

A. FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO DE PROGRAMAS PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE E PREVENÇÃO DE RISCOS E DOENÇAS (FC) GLOSSÁRIO Quando a operadora desejar a aprovação do programa, deverá efetuar o cadastramento do programa para Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças. A. FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO DE PROGRAMAS

Leia mais

VI ENPENEX 2014 TERESINA - PIAUÍ TEMA: ÉTICA E CIÊNCIA NA ACADEMIA

VI ENPENEX 2014 TERESINA - PIAUÍ TEMA: ÉTICA E CIÊNCIA NA ACADEMIA VI ENPENEX 2014 TERESINA - PIAUÍ TEMA: ÉTICA E CIÊNCIA NA ACADEMIA PERÍODO: 10 A 14/11/14 PERÍODO DE INSCRIÇÃO PARA SUBMISSÃO DE TRABALHO: (COMUNICAÇÃO ORAL E PÔSTER) 22/09 a 10/10/2014 PERÍODO DE INSCRIÇÃO

Leia mais

EDITAL TEMAS LIVRES E PÔSTERES

EDITAL TEMAS LIVRES E PÔSTERES EDITAL TEMAS LIVRES E PÔSTERES A Sociedade de acadêmicos de medicina de Minas Gerais (SAMMG) torna público, para conhecimento dos interessados, que está selecionando trabalhos para serem apresentados no

Leia mais

EDITAL 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PARA PUBLICAÇÃO NO VOL. 107 N

EDITAL 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PARA PUBLICAÇÃO NO VOL. 107 N EDITAL 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PARA PUBLICAÇÃO NO VOL. 107 N. 1 DA REVISTA DE DOUTRINA E JURISPRUDÊNCIA - RDJ DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS

Leia mais

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS DO I CONGRESSO DE CURSOS DA ESCOLA SÃO FRANCISCO DE ASSIS

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS DO I CONGRESSO DE CURSOS DA ESCOLA SÃO FRANCISCO DE ASSIS NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS DO I CONGRESSO DE CURSOS DA ESCOLA SÃO FRANCISCO DE ASSIS A. INFORMAÇÕES GERAIS Os trabalhos poderão ser apresentados na forma de COMUNICAÇÃO ORAL, PÔSTER ou EXPOSIÇÃO

Leia mais

I CONGRESSO DE PASTORAL DO GRUPO MARISTA

I CONGRESSO DE PASTORAL DO GRUPO MARISTA 1 I CONGRESSO DE PASTORAL DO GRUPO MARISTA Data: 28 e 29 de abril de 2014 Local: Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) Curitiba EDITAL DE INSCRIÇÃO DOS TRABALHOS O Setor de Pastoral do Grupo

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE O formato de trabalhos aceitos será o Resumo Expandido ou Trabalho

Leia mais

I SIMPÓSIO DE PSICANÁLISE DO PPGP PSICANÁLISE: CLÍNICA E CULTURA.

I SIMPÓSIO DE PSICANÁLISE DO PPGP PSICANÁLISE: CLÍNICA E CULTURA. I SIMPÓSIO DE PSICANÁLISE DO PPGP PSICANÁLISE: CLÍNICA E CULTURA. I. PROPOSTA: Em observância aos princípios e finalidades da Universidade Federal do Pará, descritas no artigo 2 do seu Regimento Geral,

Leia mais

Como Fazer um Pôster?

Como Fazer um Pôster? Como Fazer um Pôster? O que é um Pôster? O pôster é um meio de comunicação visual. É uma fonte de informação do trabalho realizado, complementada por sua apresentação oral. A rigor, é um sumário e uma

Leia mais

Normas para Apresentação dos Trabalhos no VI Congresso de Contabilidade do Sudoeste da Bahia - FAINOR

Normas para Apresentação dos Trabalhos no VI Congresso de Contabilidade do Sudoeste da Bahia - FAINOR Estão abertas, no período de 20 de Agosto a 10 de Setembro de 2013, as inscrições para submissão de Trabalhos no VI Congresso de Contabilidade do Sudoeste da Bahia, em conformidade com as disposições que

Leia mais

REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO ACADÊMICO Iª MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (MIC) DA FACULDADE DE DIREITO DAS FACULDADES JOÃO PAULO II

REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO ACADÊMICO Iª MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (MIC) DA FACULDADE DE DIREITO DAS FACULDADES JOÃO PAULO II EDITAL 01/2014 REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO ACADÊMICO Iª MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (MIC) DA FACULDADE DE DIREITO DAS FACULDADES JOÃO PAULO II Art.1º. A Organização da Iª Mostra de Iniciação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE Página 1 de 5 Apresentação A V I I Jornada de Iniciação Científica tem como objetivo divulgar os resultados das pesquisas realizadas por alunos de graduação dos diversos cursos na área de Saúde do Estado.

Leia mais

FACULDADES SÃO CAMILO RIO DE JANEIRO II JORNADA CIENTÍFICA 17 DE MAIO DE 2008

FACULDADES SÃO CAMILO RIO DE JANEIRO II JORNADA CIENTÍFICA 17 DE MAIO DE 2008 FACULDADES SÃO CAMILO RIO DE JANEIRO II JORNADA CIENTÍFICA 17 DE MAIO DE 2008 EDITAL QUE REGULAMENTA A INSCRIÇÃO, APRESENTAÇÃO, AVALIAÇÃO E PREMIAÇÃO DOS TRABALHOS PARA A II JORNADA CIENTÍFICA DAS FACULDADES

Leia mais

FACULDADE DO PANTANAL RECREDENCIADA NO MEC PELA PORTARIA Nº 281, DE 23 DE MARÇO DE 2015

FACULDADE DO PANTANAL RECREDENCIADA NO MEC PELA PORTARIA Nº 281, DE 23 DE MARÇO DE 2015 5º ENAFAPAN Encontro de Administradores Diferencial Competitivo e Estratégias Gerenciais FAPAN / Cáceres MT A Comissão Organizadora do 5º ENAFAPAN comunica a abertura do envio de trabalhos para o ENAFAPAN,

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2013

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2013 NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2013 Jaciara-MT 2013 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO FORMATO Os trabalhos acadêmicos devem ser em conformidade com os apontamentos a seguir. Papel branco, Formato A4 (21

Leia mais

REVISTA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE

REVISTA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE REVISTA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE INSTRUÇÕES AOS AUTORES 1 GERAIS: Originais: Artigos, resenhas, análises jurisprudenciais devem ser enviados

Leia mais

TÍTULO DO PROJETO NOME DO ALUNO MATRÍCULA

TÍTULO DO PROJETO NOME DO ALUNO MATRÍCULA CURSO DE DIREITO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TÍTULO DO PROJETO NOME DO ALUNO MATRÍCULA RIO DE JANEIRO MÊS - ANO NOME DO AUTOR DO PROJETO TÍTULO DO PROJETO Projeto de Pesquisa apresentado ao orientador

Leia mais

CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO

CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO Todas as contribuições destinadas à Revista Interface Tecnológica devem estar rigorosamente baseadas nas regras da ABNT (Associação Brasileira de Normas

Leia mais