Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Julho de 2010

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Julho de 2010"

Transcrição

1 Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Julho de 2010

2 Memória A memória é uma faculdade cognitiva extremamente importante porque ela forma a base para a aprendizagem. Se não houvesse uma forma de armazenamento mental de representações do passado, não teríamos uma solução para tirar proveito da experiência. Assim, a aprendizagem é a aquisição de novos conhecimentos, e a memória é a retenção daqueles conhecimentos aprendidos. (CARDOSO, 2010)

3 Perda de Memória Perda da memória é o resultado de dano no cérebro (doença ou trauma) ou trauma emocional grave. A forma mais frequente de perda de memória é conhecida como "esclerose" ou demência; a mais comum é a doença de Alzheimer.

4 Características Esquecer como dirigir um carro ou como ler as horas em um relógio de ponteiros. Esquecer eventos recentes. Não se recordar de pessoas da família. Apresentar confusão mental ou diminuição do estado de alerta. Geralmente, um problema de memória é grave quando amigos e familiares notam o problema, mas não a pessoa afetada.

5 Diagnóstico Inicialmente poderão ser observados fatos do dia-a-dia do paciente: A pessoa consegue se lembrar de eventos recentes (há prejuízo da memória a curto prazo)? A pessoa consegue se lembrar de eventos do passado (há prejuízo da memória a longo prazo)? Ocorreu apenas uma perda mínima de memória?

6 Ocorreu perda de memória em relação a eventos que aconteceram anteriormente a uma experiência específica (amnésia anterógrada)? Ocorreu perda de memória em relação a eventos que aconteceram logo após a uma experiência específica (amnésia retrógrada)? Quando os lapsos e esquecimentos não estão normais ou estão afetando o funcionamento normal da vida de uma pessoa, é importante fazer uma avaliação médica.

7 Os exames que podem ser realizados para o diagnósticos da perda de memória, de acordo com a Enciclopédia Ilustrada de Saúde (2010), são: Angiografia cerebral Tomografia computadorizada da cabeça EEG Exames de sangue (para suspeitas sobre doenças específicas) Exames psicométricos (testes cognitivos).

8 Causas As principais causas da perda de memória são: Avanço da idade Stress Ansiedade Depressão Falta de vitamina B1 (tiamina) Transtorno de déficit de atenção (TDAH) Infecções Doença de Alzheimer Doenças da tireóide, como o hipotireoidismo Vida sedentária com excesso de preocupações e insatisfações Dieta deficiente.

9 Outros fatores também estão associados à perda de memória, segundo Cardoso (2010): Drogas e Medicamentos Concussão Alcoolismo crônico Tumor cerebral Encefalite AAAAA0/qQXe6zvIoz8/s1600/drogas_cerebro.jpg

10 A concussão ou traumatismo do cérebro pode causar perda da memória manifestada de diferentes formas: Amnésia retrógrada: os eventos ocorridos antes do trauma não serão lembrados, mas a pessoa se lembra de coisas após o trauma. Amnésia anterógrada: os eventos ocorridos após o trauma não serão lembrados. Em casos mais severos, a pessoa pode ser incapaz de aprender qualquer coisa nova. Amnésia transitória global: é uma forma de amnésia que dura um curto período de tempo e envolve a amnésia anterógrada acompanhada pela retrógrada.

11 Tratamento Não existem medicamentos específicos para o tratamento da perda da memória. Atualmente, a Gingko Biloba é a droga utilizada na tentativa de diminuir a perda da memória ou mesmo regredir um quadro já instalado. Infelizmente esses resultados são muito discutidos e controversos. (CARDOSO, 2010).

12 Algumas doenças provocam perdas progressivas de memória e não são reversíveis com o tratamento atual. Dentre estas, a mais comum é doença de Alzheimer, uma condição progressiva que atinge as áreas do cérebro responsáveis pela memória, julgamento, inteligência, linguagem e comportamento. (Banco de Saúde, 2010)

13 Incidência da doença de Alzheimer A incidência aumenta de aproximadamente 0,5% ao ano, na população maior 65 anos; para 8% ao ano na população maior de 85 anos de vida. Sua prevalência gira em torno de 5% na população com 65 anos de idade e 47% na população com 85 anos de idade. (BROOKS; BASTOULY, 2004). AAAAAAAAAAw/Vos1nef6QEw/s320/ALZHEIMER.gif

14 Principais consequências Problemas sérios de perda de memória afetam a capacidade de desempenhar atividades cotidianas como dirigir, fazer compras ou lidar com dinheiro.

15 Sinais de problema de perda de memória podem também incluir: Fazer as mesmas perguntas repetidamente. Ficar perdido em lugares que conhece bem. Não ser capaz de seguir orientações para chegar a lugares. Ficar muito confuso com o tempo, pessoas e lugares. Não tomar cuidado com si mesmo - comer mal, não tomar banho, não tomar precauções de segurança.

16 Pessoas famosas com perda de memória ou Alzheimer Eloísa Mafalda atriz Perda de memória Winston Churchil 1º Ministro Inglês Alzheimer Ronald Reagan 40º Presidente dos EUA Alzheimer Charlton Heston - ator Alzheimer

17 Como melhorar a memória Permanecer intelectual e socialmente ativo é provavelmente a coisa mais importante que se pode fazer para aumentar as habilidades cognitivas e de memória. O estilo de vida ativo, com atividade física feita com regularidade e uma dieta saudável também são importantes para a manutenção da memória. (BANCO DE SAÚDE, 2010)

18 É necessário ter uma contínua atividade intelectual, como a leitura, exercícios de memória, palavras cruzadas e jogo de xadrez, que auxiliam na manutenção da memória.

19 Filmes relacionados Amnésia 2001 A Identidade Bourne 2002 Como se fosse a primeira vez Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças

20 Referências BANCO de saúde. Memória: o guia completo Disponível em: <http://www.bancodesaude.com.br/alzheimer/memoria-guia-completo> Acesso em: 01 jul BROOKS, Joseph Bruno Bidin; BASTOULY, Vitória. Doença de Alzheimer: uma visão histórica, genética, clínica e terapêutica Disponível em: <http://www.revistamedicaanacosta.com.br/9%283%29/artigo_3.htm> Acesso em: 05 jun CARDOSO, Silvia Helena. Memória: O Que é e Como Melhorá-la. Disponível em: <http://www.cerebromente.org.br/n01/memo/memoria.htm> Acesso em: 02 jul ENCICLOPÉDIA Ilustrada de Saúde. Perda de memória. Disponível em: <http://adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ency/article/003257trt.htm > Acesso em: 02 jul

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Junho de 2010

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Junho de 2010 Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Junho de 2010 EPILEPSIA É uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro, que não tenha sido causada por febre, drogas ou distúrbios metabólicos.

Leia mais

DEMÊNCIA? O QUE é 45 MILHOES 70% O QUE É DEMÊNCIA? A DEMÊNCIA NAO É UMA DOENÇA EM 2013, DEMÊNCIA. Memória; Raciocínio; Planejamento; Aprendizagem;

DEMÊNCIA? O QUE é 45 MILHOES 70% O QUE É DEMÊNCIA? A DEMÊNCIA NAO É UMA DOENÇA EM 2013, DEMÊNCIA. Memória; Raciocínio; Planejamento; Aprendizagem; O QUE é APRESENTA DEMÊNCIA? O QUE É DEMÊNCIA? A demência é um distúrbio em um grupo de processos mentais que incluem: Memória; Raciocínio; Planejamento; Aprendizagem; Atenção; Linguagem; Percepção; Conduta.

Leia mais

Memória. Dr. Fábio Agertt

Memória. Dr. Fábio Agertt Dr. Fábio Agertt O que é? Memória O termo memória tem sua origem etmológica no latim memoriam e significa a faculdade de reter e readquirir idéias, imagens, expressões e conhecimentos Função cerebral superior

Leia mais

Aprendizado & Memória

Aprendizado & Memória Aprendizado & Memória Por que esta aula é importante para o curso de Medicina? Comum após concussão, alcoolismo crônico, encefalite, tumor cerebral e AVC. Demências: Doença de Alzheimer's Doença de Parkinson

Leia mais

Memória & Atenção. Profa. Norma M.Salgado Franco

Memória & Atenção. Profa. Norma M.Salgado Franco Memória & Atenção Profa. Norma M.Salgado Franco Definição: É a capacidade de acumular e adquirir informações. Localização: Córtex cerebral Hipocampo cerebelo Estágios: Codificação Armazenagem Recuperação

Leia mais

Doenças do Sistema Nervoso

Doenças do Sistema Nervoso SISTEMA NERVOSO Doenças do Sistema Nervoso Alzheimer degenerativa, isto é, que produz atrofia, progressiva, com início mais frequente após os 65 anos, que produz a perda das habilidades de pensar, raciocinar,

Leia mais

INCOGNUS: Inclusão, Cognição, Saúde

INCOGNUS: Inclusão, Cognição, Saúde INCOGNUS: Inclusão, Cognição, Saúde Guião de Apoio para Cuidadores Informais de Idosos com Demência Guião de Apoio para Cuidadores Informais de Idosos com Demência 2 O QUE É A DEMÊNCIA? A Demência é uma

Leia mais

Transtornos de Aprendizagem. Carla Cristina Tessmann Neuropsicóloga

Transtornos de Aprendizagem. Carla Cristina Tessmann Neuropsicóloga Transtornos de Aprendizagem Carla Cristina Tessmann Neuropsicóloga Neuropsicologia Conforme definição de Luria (1981), Neuropsicologia é a ciência que estuda a relação entre o cérebro e o comportamento

Leia mais

MEMÓRIA. Drª Andressa Chodur - Terapeuta Ocupacional Mestre em comportamento Motor UFPR / Capacitada em Oficina da Memória

MEMÓRIA. Drª Andressa Chodur - Terapeuta Ocupacional Mestre em comportamento Motor UFPR / Capacitada em Oficina da Memória MEMÓRIA Drª Andressa Chodur - Terapeuta Ocupacional Mestre em comportamento Motor UFPR / Capacitada em Oficina da Memória Andressa Knetsiki, Jessica Fiais de Mello, Letícia D. V. de Alleluia Estagiárias

Leia mais

A PRÁTICA DE MEDITAÇÃO PODE ALIVIAR DÉFICITS COGNITIVOS DA DOENÇA DE ALZHEIMER

A PRÁTICA DE MEDITAÇÃO PODE ALIVIAR DÉFICITS COGNITIVOS DA DOENÇA DE ALZHEIMER A PRÁTICA DE MEDITAÇÃO PODE ALIVIAR DÉFICITS COGNITIVOS DA DOENÇA DE ALZHEIMER www.institutonanocell.org.br /a-pratica-de-meditacao-pode-aliviar-deficits-cognitivos-da-doenca-de-alzheimer/ A PRÁTICA DE

Leia mais

Demência de Alzheimer. Dra. Célia Petrossi Gallo Garcia Médica Psiquiatra PAI-ZN

Demência de Alzheimer. Dra. Célia Petrossi Gallo Garcia Médica Psiquiatra PAI-ZN Demência de Alzheimer Dra. Célia Petrossi Gallo Garcia Médica Psiquiatra PAI-ZN Introdução Causa mais freqüente de demência (50% dos casos em > 65 anos) Neurotransmissores: diminuição de acetilcolina e

Leia mais

Informação para os pacientes e seus familiares

Informação para os pacientes e seus familiares Psicose Psychosis - Portuguese UHN Informação para os pacientes e seus familiares Leia esta brochura para aprender: o que é a psicose o que a causa os sinais ou sintomas de psicose que tratamentos podem

Leia mais

MOATT. MASSC Ferramenta de ensino para pacientes em tratamento oncológico oral

MOATT. MASSC Ferramenta de ensino para pacientes em tratamento oncológico oral MOATT V1.2 2/3/17 MOATT MASSC Ferramenta de ensino para pacientes em tratamento oncológico oral Esta ferramenta de ensino foi preparada de forma a assistir os profissionais de saúde na educação e avaliação

Leia mais

WHOQOL-100 Versão em português ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA

WHOQOL-100 Versão em português ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA WHOQOL-100 Versão em português ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA Coordenação do Grupo WHOQOL no Brasil Dr. Marcelo Pio de Almeida Fleck Departamento de Psiquiatria e Medicina

Leia mais

II curso Transtornos Afetivos ao Longo da Vida GETA TDAH (TRANSTORNO DE DEFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE)

II curso Transtornos Afetivos ao Longo da Vida GETA TDAH (TRANSTORNO DE DEFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE) II curso Transtornos Afetivos ao Longo da Vida GETA TDAH (TRANSTORNO DE DEFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE) O QUE É TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE TDAH é a condição crônica de saúde

Leia mais

DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS NA DEPENDÊNCIA DO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS ABEAD 2002

DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS NA DEPENDÊNCIA DO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS ABEAD 2002 DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS NA DEPENDÊNCIA DO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS ABEAD 2002 TDAH - DEPENDÊNCIA DO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS E O TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO/HIPERATIVIDADE Hospital

Leia mais

RISCOS E PREVENÇÃO DE QUEDAS EM IDOSOS

RISCOS E PREVENÇÃO DE QUEDAS EM IDOSOS RISCOS E PREVENÇÃO DE QUEDAS EM IDOSOS O aumento da expectativa de vida nos países em desenvolvimento tem provocado preocupação com a qualidade de vida e o bem-estar dos idosos, principalmente quanto à

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA FUNDAMENTAL PROF.ª FRANCISCA AGUIAR 7 ANO PROF.ª JUCIMARA BRITO

EDUCAÇÃO FÍSICA FUNDAMENTAL PROF.ª FRANCISCA AGUIAR 7 ANO PROF.ª JUCIMARA BRITO EDUCAÇÃO FÍSICA 7 ANO PROF.ª JUCIMARA BRITO FUNDAMENTAL PROF.ª FRANCISCA AGUIAR CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia: Corpo, Movimento e Linguagem na Era da Informação 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Qualidade de Vida 02/03/2012

Qualidade de Vida 02/03/2012 Prof. Dr. Carlos Cezar I. S. Ovalle Descreve a qualidade das condições de vida levando em consideração fatores como saúde, educação, expectativa de vida, bem estar físico, psicológico, emocional e mental.

Leia mais

Metodologia do Ensino de Ciências Aula 19

Metodologia do Ensino de Ciências Aula 19 Metodologia do Ensino de Ciências Aula 19 IMES Fafica Curso de Pedagogia 3º Ano Sistema Nervoso 23/10/2017 Amanda: R.A 201705214 Arieli: R.A. 201705209 Bruna: R.A. 201705211 Marcela Sabrina: R.A. 201705200

Leia mais

Capacitação Multidisciplinar Continuada. TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO (TDA-TDAH) e NEURODESENVOLVIMENTO

Capacitação Multidisciplinar Continuada. TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO (TDA-TDAH) e NEURODESENVOLVIMENTO Capacitação Multidisciplinar Continuada TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO (TDA-TDAH) e NEURODESENVOLVIMENTO TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO Os conflitos que começam a surgir quando uma criança não consegue

Leia mais

Causas Microcefalia é o resultado do crescimento abaixo do normal do cérebro da criança ainda no útero ou na infância. A microcefalia pode ser

Causas Microcefalia é o resultado do crescimento abaixo do normal do cérebro da criança ainda no útero ou na infância. A microcefalia pode ser Microcefalia Microcefalia Microcefalia é uma condição neurológica rara em que a cabeça e o cérebro da criança são significativamente menores do que os de outras da mesma idade e sexo. A microcefalia normalmente

Leia mais

Capítulo 16 Intimidade Sexual

Capítulo 16 Intimidade Sexual Capítulo 16 Intimidade Sexual Você sabia? Muitas pessoas que sofreram algum evento cardíaco têm medo de voltar a fazer sexo ou preocupações a esse respeito. Sentir medo ou preocupação é uma forma de o

Leia mais

Aprendizagem e Memória

Aprendizagem e Memória Aprendizagem e Memória Todos nós temos uma história... As primeiras tentativas de explicação: Karl Lashley, década de 20: lei da ação das massas Donald Hebb, década de 30: integração entre regiões Wilder

Leia mais

Neurobiologia e Comportamento. CÉREBRO E TDAH

Neurobiologia e Comportamento. CÉREBRO E TDAH Entendendo o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) Parte II Neurobiologia e Comportamento. CÉREBRO E TDAH Ft. Alline Camargo Fisioterapeuta graduada pela Universidade de Sorocaba (UNISO)

Leia mais

CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO DE BRASÍLIA UM PROJETO PEDAGÓGICO COMPATÍVEL COM O MUNDO ATUAL: CONTRIBUIÇÕES DAS NEUROCIÊNCIAS. Dra.

CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO DE BRASÍLIA UM PROJETO PEDAGÓGICO COMPATÍVEL COM O MUNDO ATUAL: CONTRIBUIÇÕES DAS NEUROCIÊNCIAS. Dra. CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO DE BRASÍLIA UM PROJETO PEDAGÓGICO COMPATÍVEL COM O MUNDO ATUAL: CONTRIBUIÇÕES DAS NEUROCIÊNCIAS Dra. Nadia Bossa Profa. Dra. Nadia Aparecida Bossa Doutora em Psicologia

Leia mais

O QUE ESPERAMOS DA AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA EM NEUROLOGIA

O QUE ESPERAMOS DA AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA EM NEUROLOGIA O QUE ESPERAMOS DA AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA EM NEUROLOGIA Mª. Andréia Costa Rabelo Neuropsicóloga do CRIEM/HC/FM/UFG Doutoranda em Ciências da Saúde UFG Professora do curso de Psicologia da Faculdade

Leia mais

TRANSTORNO ESPECÍFICO DA APRENDIZAGEM CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS E POSSIBILIDADES DE INTERVENÇÃO

TRANSTORNO ESPECÍFICO DA APRENDIZAGEM CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS E POSSIBILIDADES DE INTERVENÇÃO TRANSTORNO ESPECÍFICO DA APRENDIZAGEM CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS E POSSIBILIDADES DE INTERVENÇÃO Dra Nadia Aparecida Profa. Dra. Nádia Aparecida Doutora em Psicologia e Educação USP, Mestre em Psicologia da

Leia mais

Localização: Relicário de Sons Rua Rodrigues Sampaio 19b Lisboa. Aspectos conceptuais sobre a Perturbação do Déficit de Atenção

Localização: Relicário de Sons Rua Rodrigues Sampaio 19b Lisboa. Aspectos conceptuais sobre a Perturbação do Déficit de Atenção 1. Perturbação do Déficit de Atenção e Hiperactividade: compreender para melhor tratar Objectivo: Situar a Perturbação do Déficit de Atenção, o seu diagnóstico para além do tratamento clínico, terapêutico,

Leia mais

O Dia-a-dia e a Memória

O Dia-a-dia e a Memória Núcleo de Apoio Psicológico e Comunitário da Covilhã Programa de Intervenção Comunitária junto dos Idosos do Concelho O Dia-a-dia e a Memória Covilhã, 27 de Maio de 2008 Natália Mourato & Telma Carvalho

Leia mais

O Papel dos Psicólogos no Envelhecimento

O Papel dos Psicólogos no Envelhecimento CATEGORIA AUTORIA JUNHO 15 Revisão de Dados Gabinete de Estudos e Literatura Científica Técnicos O Papel dos Psicólogos no Envelhecimento Sugestão de Citação Ordem dos Psicólogos Portugueses (2015). O

Leia mais

EPILEPSIA ALGUMAS PERGUNTAS ALGUMAS RESPOSTAS. EPILEPSIA: o que é?

EPILEPSIA ALGUMAS PERGUNTAS ALGUMAS RESPOSTAS. EPILEPSIA: o que é? EPILEPSIA ALGUMAS PERGUNTAS ALGUMAS RESPOSTAS EPILEPSIA: o que é? Não é uma doença a mental Uma das doenças neurológicas mais comuns Afecta 0,5-1% da população Tem múltiplas m causas, nem sempre conhecidas

Leia mais

Doenças Adquiridas do Neurônio Motor. Msc. Roberpaulo Anacleto

Doenças Adquiridas do Neurônio Motor. Msc. Roberpaulo Anacleto Doenças Adquiridas do Neurônio Motor Msc. Roberpaulo Anacleto ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA Unidade motora: Esclerose Lateral Amiotrófica Doença degenerativa e progressiva, afetando os neurônios motores

Leia mais

dificuldades de Aprendizagem X distúrbio de Aprendizagem

dificuldades de Aprendizagem X distúrbio de Aprendizagem Capacitação Multidisciplinar Continuada Como lidar com as dificuldades de Aprendizagem X distúrbio de Aprendizagem O que é aprendizagem Aprendizagem é um processo de mudança de comportamento obtido através

Leia mais

Dra Nadia Bossa PALESTRA DISTÚRBIOS DE ATENÇÃO E DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM

Dra Nadia Bossa  PALESTRA DISTÚRBIOS DE ATENÇÃO E DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM Dra Nadia Bossa PALESTRA DISTÚRBIOS DE ATENÇÃO E DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM Dra Nadia Bossa O cérebro é constituído de vários circuitos neuronais, denominados sistemas funcionais. Esses sistemas são

Leia mais

Ferramenta anki na formação de memória

Ferramenta anki na formação de memória Ferramenta anki na formação de memória Jorge M. A. Magalhães 20 de fevereiro de 2016 O que é aprender? Processo de formação de novas memórias e de aquisição de novas competências "skills" Dicas para melhorar

Leia mais

Cap. 7, 8 e 9 - Aprendizagem, Memória, Pensamento e Linguagem. Prof. Tatiana Volpato

Cap. 7, 8 e 9 - Aprendizagem, Memória, Pensamento e Linguagem. Prof. Tatiana Volpato + Cap. 7, 8 e 9 - Aprendizagem, Memória, Pensamento e Linguagem Prof. Tatiana Volpato + Aprendizagem Aprendizagem: uma mudança relativamente permanente no comportamento de um organismo devda à experiência.

Leia mais

Mal de Alzheimer. Disciplina: Gerontologia. Profª. Juliana Aquino

Mal de Alzheimer. Disciplina: Gerontologia. Profª. Juliana Aquino Mal de Alzheimer Disciplina: Gerontologia Profª. Juliana Aquino Mal de Alzheimer Histórico A base histopatológica da doença foi descrita pela primeira vez pelo neuropatologista alemão Alois Alzheimer em

Leia mais

Uma heurística para a modificação da cognição humana. João Lourenço de Araujo Fabiano

Uma heurística para a modificação da cognição humana. João Lourenço de Araujo Fabiano Uma heurística para a modificação da cognição humana João Lourenço de Araujo Fabiano joaolkf@gmail.com Movimento intelectual e cultural que prega o uso racional da tecnologia para melhorar a condição humana.

Leia mais

DEPENDÊNCIA DIGITAL ATÉ QUE PONTO A TECNOLOGIA É BOA OU RUIM? Dr. Rodrigo Menezes Machado

DEPENDÊNCIA DIGITAL ATÉ QUE PONTO A TECNOLOGIA É BOA OU RUIM? Dr. Rodrigo Menezes Machado DEPENDÊNCIA DIGITAL ATÉ QUE PONTO A TECNOLOGIA É BOA OU RUIM? Dr. Rodrigo Menezes Machado INTRODUÇÃO População total estimada em 7 bilhões, sendo que 6,29 bilhões já possuem acesso à tecnologia móvel.

Leia mais

Clínica médica e Geriatria

Clínica médica e Geriatria Sérgio Murilo Clínica médica e Geriatria O que é? Qual o foco? Quero todos os exames. Mais benefício ou prejuízo? Como decidir que condições serão avaliadas e como serão avaliadas? Condições (não o teste)

Leia mais

Aula Teórica Demência

Aula Teórica Demência Aula Teórica Demência FUNÇÕES NERVOSAS SUPERIORES DEMÊNCIA Perda de capacidades intelectuais(cognitivas) Defeito de memória E de outras funções cognitivas (linguagem, cálculo, orientação, capacidade executiva...

Leia mais

Depressão. Em nossa sociedade, ser feliz tornou-se uma obrigação. Quem não consegue é visto como um fracassado.

Depressão. Em nossa sociedade, ser feliz tornou-se uma obrigação. Quem não consegue é visto como um fracassado. O QUE É SAÚDE? É o nosso estado natural. Segundo a O.M.S. saúde é mais do que a ausência de doença ou enfermidade: É o estado de perfeito bem-estar físico, mental e social. Depressão Em nossa sociedade,

Leia mais

Fracasso Escolar: um olhar psicopedagógico

Fracasso Escolar: um olhar psicopedagógico Fracasso Escolar: um olhar psicopedagógico Profa. Dra. Nádia Aparecida Bossa Doutora em Psicologia e Educação USP, Mestre em Psicologia da Educação PUC-SP, Neuropsicóloga, Psicopedagoga, Psicóloga, Pedagoga.

Leia mais

Hipertensão arterial, uma inimiga silenciosa e muito perigosa

Hipertensão arterial, uma inimiga silenciosa e muito perigosa Hipertensão arterial, uma inimiga silenciosa e muito perigosa A famosa pressão alta está associada a uma série de outras doenças, como o infarto do miocárdio, a insuficiência cardíaca e morte súbita, entre

Leia mais

O que você carrega na sua mochila da escola?

O que você carrega na sua mochila da escola? O que você carrega na sua mochila da escola? O que você carrega na sua mochila da escola? Seu filho tem aprendido sobre o conceito de bem- estar: cuidar da sua mente e dos seus sentimentos, do seu corpo

Leia mais

Qual a relação entre a singularidade e a configuração do sintoma? Qual o lugar destinado ao sintoma escolar no contexto da clínica?

Qual a relação entre a singularidade e a configuração do sintoma? Qual o lugar destinado ao sintoma escolar no contexto da clínica? Fracasso Escolar: um olhar psicopedagógico Dra Nadia Bossa Q ue s tõ e s Diante do peso da cultura quais são as condições de possibilidade desse sintoma culturalmente determinada, ou seja qual a natureza

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES NOTAS DE UMA PARCERIA

ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES NOTAS DE UMA PARCERIA ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES V 4 APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES b) Âmbito da Associação A Myos Associação Nacional

Leia mais

Conheça fatores que causam trombose além da pílula anticoncepcional

Conheça fatores que causam trombose além da pílula anticoncepcional anticoncepcional emais.estadao.com.br /noticias/bem-estar,conheca-fatores-que-causam-trombose-alem-da-pilulaanticoncepcional,70002039152 A trombose atinge, principalmente, pernas e coxas; por isso, é importante

Leia mais

A Gravidez e a Doença Inflamatória Intestinal

A Gravidez e a Doença Inflamatória Intestinal A Gravidez e a Doença Inflamatória Intestinal Índice Introdução...03 À espera da cegonha...04 Peito ou mamadeira?...05 Alimentação na gestação...08 Introdução A gravidez não é uma fase fácil. Durante este

Leia mais

TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR

TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR Até recentemente o Transtorno Bipolar era conhecido como psicose ou doença maníaco-depressiva. É um transtorno no qual ocorrem alternâncias do humor, caracterizando-se por períodos

Leia mais

Esquizofrenia. O Que Você Precisa Saber

Esquizofrenia. O Que Você Precisa Saber Esquizofrenia O Que Você Precisa Saber O que é Esquizofrenia? A esquizofrenia é uma doença mental crônica, que se manifesta na adolescência ou no início da idade adulta. Sua freqüência na população em

Leia mais

Uso de Medicação Psicotrópica em uma Grande Instituição para Deficientes Mentais - I(1)

Uso de Medicação Psicotrópica em uma Grande Instituição para Deficientes Mentais - I(1) D Deficiência Mental / Déficit Sensorial / Delírio / Depressão / Desenvolvimento / Diabetes Melitus / Diagnóstico / Distúrbio de Leitura / Doença / Doença de Moyamoya / Drogadição DEFICIÊNCIA MENTAL Uso

Leia mais

Uso de Substâncias e Dependência: Visão Geral

Uso de Substâncias e Dependência: Visão Geral Capítulo 1 Uso de Substâncias e Dependência: Visão Geral Do ponto de vista comportamental, dependência pode ser conceitualizada como um prejuízo na capacidade de inibir a busca por determinada droga em

Leia mais

Adultos com Trissomia 21

Adultos com Trissomia 21 Adultos com Trissomia 21 Caraterização e desafios no diagnóstico de demência Mendes, R., Gonçalves, M. J., Silvestre, A., Figueira, M. J., Bispo, R., & Breia, P. Projecto Alterações cognitivas e comportamentais

Leia mais

Prepare-se para a consulta com seu médico

Prepare-se para a consulta com seu médico Prepare-se para a consulta com seu médico Use esse guia para fazer as perguntas certas durante a sua consulta e para estar equipado com a informação correta. Você pode receber uma indicação para consultar

Leia mais

Primeiros Cuidados Psicológicos (PCP) Módulo IV

Primeiros Cuidados Psicológicos (PCP) Módulo IV Primeiros Cuidados Psicológicos (PCP) Módulo IV OS PRIMEIROS CUIDADOS PSICOLÓGICOS Os primeiros cuidados psicológicos (PCP) são uma resposta humana e de apoio às pessoas em situação de sofrimento e com

Leia mais

GRAVE. DEPRESSAo O QUE É A DEPRESSAO GRAVE? A depressão grave é uma condição médica comum e afeta 121 MILHÕES de pessoas em todo o mundo.

GRAVE. DEPRESSAo O QUE É A DEPRESSAO GRAVE? A depressão grave é uma condição médica comum e afeta 121 MILHÕES de pessoas em todo o mundo. APRESENTA GRAVE DEPRESSAo O QUE É A DEPRESSAO GRAVE? Indivíduos com depressão grave geralmente apresentam pelo menos 4 destes sintomas por pelo menos 2 semanas: Estado de ânimo depressivo; * Movimento,

Leia mais

Doutora em Psicologia e Educação USP, Mestre em Psicologia da Educação PUC-SP, Neuropsicóloga, Psicopedagoga, Psicóloga, Pedagoga.

Doutora em Psicologia e Educação USP, Mestre em Psicologia da Educação PUC-SP, Neuropsicóloga, Psicopedagoga, Psicóloga, Pedagoga. Contribuições das Neurociências para a Qualidade e Inclusão na Educação Profa. Dra. Nádia Aparecida Bossa Doutora em Psicologia e Educação USP, Mestre em Psicologia da Educação PUC-SP, Neuropsicóloga,

Leia mais

Mal de Alzheimer Doença de Alzheimer Alzheimer

Mal de Alzheimer Doença de Alzheimer Alzheimer MAL DE ALZHEIMER O que é: O Mal de Alzheimer, ou Doença de Alzheimer ou simplesmente Alzheimer é a forma mais comum de demência. Esta doença degenerativa, até o momento incurável e terminal Quem descobriu:

Leia mais

Índice. Parte I Definição de Psicoterapia 11. Parte II Investigação e Psicoterapia 37

Índice. Parte I Definição de Psicoterapia 11. Parte II Investigação e Psicoterapia 37 Índice Parte I Definição de Psicoterapia 11 1. Psicoterapia: Mito ou disciplina científica? 12 2. Definição de Psicoterapia 14 3. A Psicoterapia Funciona? 19 3.1. O modelo médico de psicoterapia 19 3.1.1.

Leia mais

SAÚDE MENTAL DOS MÉDICOS RESIDENTES. Luiz Antonio Nogueira Martins

SAÚDE MENTAL DOS MÉDICOS RESIDENTES. Luiz Antonio Nogueira Martins SAÚDE MENTAL DOS MÉDICOS RESIDENTES Luiz Antonio Nogueira Martins PRIVAÇÃO DO SONO teste de atenção sustentada - 14 R1 detecção de arritmias em ECG resultados: aumento do número de erros 7,3 minutos a

Leia mais

Dislexia. Dificuldade na área da leitura, gerando a troca de linhas, palavras, letras, sílabas e fonemas.

Dislexia. Dificuldade na área da leitura, gerando a troca de linhas, palavras, letras, sílabas e fonemas. Dislexia (BARROS, 2010; SILVA, 2009) Dificuldade na área da leitura, gerando a troca de linhas, palavras, letras, sílabas e fonemas. A troca de letras ocorre especialmente naquelas com diferenças sutis

Leia mais

Sobre a Esclerose Tuberosa e o Tumor Cerebral SEGA

Sobre a Esclerose Tuberosa e o Tumor Cerebral SEGA Sobre a Esclerose Tuberosa e o Tumor Cerebral SEGA A Esclerose Tuberosa, também conhecida como Complexo da Esclerose Tuberosa, é uma desordem genética que atinge entre 1 e 2 milhões de pessoas no mundo

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Maio de 2010 Estresse O estresse é um conjunto de sinais que o corpo usa para mostrar que a pessoa está num estado que não corresponde ao que ela realmente

Leia mais

TRANSTORNOS DE HUMOR

TRANSTORNOS DE HUMOR SAÚDE MENTAL TRANSTORNOS DE HUMOR TRANSTORNO DEPRESSIVO MAIOR: Caracterizase por episódios depressivos que podem ser únicos ou que tendem a se repetir ao longo da vida. TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR: Caracteriza-se

Leia mais

MENTAL PARA PROFISSIONAIS DE

MENTAL PARA PROFISSIONAIS DE SAúDE MENTAL PARA PROFISSIONAIS DE SAúDE (JUN 2015) PORTO Está preparado para lidar com indivíduos com perturbações mentais? A resposta da maioria dos profissionais de saúde em Portugal será certamente

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Maio de 2010 Demência Aspesi e Ferreira (2008) consideram deficiência, todas as doenças que provocam alteração da memória, seja ela de curta ou longa duração,

Leia mais

AS CONTRIBUIÇÕES DA REABILITAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA EM UM CASO DE ALZHEIMER LEVE

AS CONTRIBUIÇÕES DA REABILITAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA EM UM CASO DE ALZHEIMER LEVE 31 AS CONTRIBUIÇÕES DA REABILITAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA EM UM CASO DE ALZHEIMER LEVE Lívia Martins¹, Victor Cesar Amorim Costa², Andréa Olimpio de Oliveira³ Resumo: Não se desenvolveu ainda um tratamento

Leia mais

LER A DOENÇA DO SÉCULO

LER A DOENÇA DO SÉCULO LER A DOENÇA DO SÉCULO Introdução Muitas vezes sofremos lesões que procedem de comportamentos cotidianos que não nos damos conta de ser danosos a nossa saúde até começarmos a sentir a dores que são ocasionadas

Leia mais

Automedicação e estimulantes em contexto académico

Automedicação e estimulantes em contexto académico Universidade de Aveiro Departamento de Educação Automedicação e estimulantes em contexto académico A na Ana Morais (ana.morais@ua.pt) Mudanças importantes e significativas a vários níveis: pessoal, social

Leia mais

XX Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional. Transtornos Mentais e Trabalho. Criciúma Agosto 2017

XX Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional. Transtornos Mentais e Trabalho. Criciúma Agosto 2017 XX Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional Transtornos Mentais e Trabalho. Criciúma Agosto 2017 Trabalho X Saúde Trabalho fonte de saúde e pertença! Trabalho X Saúde Trabalho fonte de doença e exclusão!

Leia mais

Compreendendo a Doença de Alzheimer

Compreendendo a Doença de Alzheimer Compreendendo a Doença de Alzheimer National Institute on Aging National Institutes of Health Impacto da DA Antes considerada uma doença rara, a doença de Alzheimer (DA) é agora vista como um importante

Leia mais

Depressão, vamos virar este jogo?

Depressão, vamos virar este jogo? 1 2 Olhar diferenciado para a possibilidade do diagnóstico de depressão em idosos: sintomas depressivos e o processo do envelhecimento Idade: maior prevalência em jovens Sexo: Mulheres liberdade para

Leia mais

3.15 As psicoses na criança e no adolescente

3.15 As psicoses na criança e no adolescente Páginas para pais: Problemas na criança e no adolescente 3.15 As psicoses na criança e no adolescente Introdução As psicoses são doenças mentais raras que, geralmente, se iniciam no fim da adolescência

Leia mais

Caso Clínico 1. Módulo de Casos Clínicos Curso de Aprimoramento TDAH

Caso Clínico 1. Módulo de Casos Clínicos Curso de Aprimoramento TDAH + Caso Clínico 1 Módulo de Casos Clínicos Curso de Aprimoramento TDAH + Caso Clínico Abordagem prática para aplicar o que vocês aprenderam Ilustra o modus operandi do raciocínio clínico Pode representar

Leia mais

MEDIDAS DE PREVENÇÃO NA SAÚDE MENTAL. Prof. João Gregório Neto

MEDIDAS DE PREVENÇÃO NA SAÚDE MENTAL. Prof. João Gregório Neto MEDIDAS DE PREVENÇÃO NA SAÚDE MENTAL Prof. João Gregório Neto PREVENÇÃO Ato ou efeito de prevenir-se Disposição ou preparo antecipado e preventivo Precaução, cautela Modo de ver antecipado, premeditado

Leia mais

Saúde do Homem. Medidas de prevenção que devem fazer parte da rotina.

Saúde do Homem. Medidas de prevenção que devem fazer parte da rotina. Saúde do Homem Medidas de prevenção que devem fazer parte da rotina. saúde do Homem O Ministério da Saúde assinala que muitos agravos poderiam ser evitados caso os homens realizassem, com regularidade,

Leia mais

Depressão em mulheres

Depressão em mulheres Depressão em mulheres Por que a depressão é maior em mulheres? O que é depressão? A depressão é um distúrbio de alteração do humor sério e por vezes incapacitante. Causa sentimentos de tristeza, desespero,

Leia mais

COGNIÇÃO e DOR. Fabiana Goto. Neuropsicóloga Especialização em Dor HCFMUSP LINEU Laboratório de Investigações em Neurociências IPq HCFMUSP

COGNIÇÃO e DOR. Fabiana Goto. Neuropsicóloga Especialização em Dor HCFMUSP LINEU Laboratório de Investigações em Neurociências IPq HCFMUSP COGNIÇÃO e DOR Programa de Educação Continuada em Fisiopatologia e Terapêutica da Dor Equipe de Controle da Dor da Divisão de Anestesia do Instituto Central do Hospital das Clínicas FMUSP Fabiana Goto

Leia mais

Declínio Cognitivo Leve. José Mourão de Aquino Neto 6º semestre - Medicina

Declínio Cognitivo Leve. José Mourão de Aquino Neto 6º semestre - Medicina Declínio Cognitivo Leve José Mourão de Aquino Neto 6º semestre - Medicina Introdução O Envelhecimento normal engloba um declínio gradual das funções cognitivas. A idade de início e a progressão desse declínio

Leia mais

Distúrbios e doenças ligadas à obesidade. Trabalho realizado por: Álvaro Santos Nº1 9ºA Miguel Oliveira Nº19 9ºA Carlos Azevedo Nº5 9ºA

Distúrbios e doenças ligadas à obesidade. Trabalho realizado por: Álvaro Santos Nº1 9ºA Miguel Oliveira Nº19 9ºA Carlos Azevedo Nº5 9ºA Distúrbios e doenças ligadas à obesidade Trabalho realizado por: Álvaro Santos Nº1 9ºA Miguel Oliveira Nº19 9ºA Carlos Azevedo Nº5 9ºA Índice Introdução O que é a Obesidade? Doenças e distúrbios físicos

Leia mais

VIVER BEM SEU RAMIRO JARBAS E AS DOENÇAS CEREBROVASCULARES DOENÇAS CEREBROVASCULARES

VIVER BEM SEU RAMIRO JARBAS E AS DOENÇAS CEREBROVASCULARES DOENÇAS CEREBROVASCULARES 1 VIVER BEM SEU RAMIRO JARBAS E AS DOENÇAS CEREBROVASCULARES DOENÇAS CEREBROVASCULARES 2 3 Conheça o seu Ramiro Jarbas. Ele já se aposentou e sua vida não é mais tão agitada como antes. Hoje, suas maiores

Leia mais

V FORUM DE MEDICINA DO TRABALHO CFM Conselheiro ALBERTO CARVALHO DE ALMEIDA

V FORUM DE MEDICINA DO TRABALHO CFM Conselheiro ALBERTO CARVALHO DE ALMEIDA V FORUM DE MEDICINA DO TRABALHO CFM - 1917 Conselheiro ALBERTO CARVALHO DE ALMEIDA USO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS E APTIDÃO AO TRABALHO INTEGRAÇÃO DE MEDICINA DO TRABALHO E PSIQUIATRIA Substâncias Psicoativas

Leia mais

A Senilidade e suas consequências

A Senilidade e suas consequências A Senilidade e suas consequências Eduardo Ferriolli Divisão de Clínica Médica Geral e Geriatria Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto USP O T 6T O PILOTO DO T 6T Como e quando a funcionalidade é interrompida?

Leia mais

APRENDIZAGEM POR MODELAÇÃO. Albert Bandura

APRENDIZAGEM POR MODELAÇÃO. Albert Bandura APRENDIZAGEM POR MODELAÇÃO Albert Bandura Aprendizagem por observação ou imitação Ocorre quando as respostas de um ser vivo são influenciadas pela observação de outros, que são chamados modelos. Comportamentos

Leia mais

Sistemas Multi-agentes

Sistemas Multi-agentes Sistemas Multi-agentes! Projeto dos agentes «O problema é resolvido por um conjunto de agentes, fisicamente distribuídos em diversas máquinas conectadas. «Os agentes são concebidos para solucionar um problema

Leia mais

QUEDAS NA IDADE SÉNIOR: DO RISCO À PREVENÇÃO!

QUEDAS NA IDADE SÉNIOR: DO RISCO À PREVENÇÃO! QUEDAS NA IDADE SÉNIOR: DO RISCO À PREVENÇÃO! Janeiro, 2015 Sumário Processo de envelhecimento Incidência das quedas em Portugal Complicações das quedas Do risco à prevenção de quedas Envelhecimento Velhice

Leia mais

ETEC CARAPICUÍBA São Paulo - Brasil

ETEC CARAPICUÍBA São Paulo - Brasil 07 de novembro de 2015 ETEC CARAPICUÍBA São Paulo - Brasil RETOMANDO APRESENTAÇÃO DE 20/07/2015 Suely Laitano Nassif, Psy, Md, PhD Suely Laitano Nassif, Psy, MD, PhD São Paulo SP Brasil Site: Contato:

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Julho de 2010 Dislexia (BARROS, 2010; SILVA, 2009) Dificuldade na área da leitura, gerando a troca de linhas, palavras, letras, sílabas e fonemas. A troca

Leia mais

Foco da 2a semana A natureza da mente; treinar o cérebro

Foco da 2a semana A natureza da mente; treinar o cérebro Foco da 2a semana A natureza da mente; treinar o cérebro Para muitos de nós, a vida é dominada por pensar excessivamente, agir de forma frenética, e com isso, nos falta o tempo para ser... Perceber o cérebro

Leia mais

Proporcionam alívio que conduz à ansiedade até hipnose, anestesia, coma e morte.

Proporcionam alívio que conduz à ansiedade até hipnose, anestesia, coma e morte. Medicamentos capazes de diminuir a actividade do cérebro, principalmente quando ele está num estado de excitação acima do normal, causando deste modo sonolência ou até inconsciência. Analgésico - Sedativo

Leia mais

EMOÇÕES HUMANAS: UMA INTRODUÇÃO

EMOÇÕES HUMANAS: UMA INTRODUÇÃO EMOÇÕES HUMANAS: UMA INTRODUÇÃO Prof. Julian Dutra 7ª série Ensino Fundamental II Filosofia Colégio João Paulo I Unidade Sul 7 EMOÇÕES PRIMÁRIAS MEDO RAIVA NOJO DESPREZO SURPRESA TRISTEZA ALEGRIA Estas

Leia mais

SÍNDROME DE ASPERGER E AUTISMO

SÍNDROME DE ASPERGER E AUTISMO SÍNDROME DE ASPERGER E AUTISMO CASTRO.M.B. 1 ; MARRONI.N.M.O. 2 ; FARIA.M.C.C. 3 ; RESUMO A Síndrome de Asperger é uma desordem pouco comum, ou seja, um grupo de problemas que algumas crianças tem quando

Leia mais

Sumário. Capítulo 4 Definindo o Prazo para Aprovação Agregação Cíclica Demonstração dos Ciclos... 26

Sumário. Capítulo 4 Definindo o Prazo para Aprovação Agregação Cíclica Demonstração dos Ciclos... 26 Sumário Capítulo 1 A Decisão de Passar na OAB... 1 1. Tomando a Decisão... 2 2. O Exame da OAB é um Desserviço... 3 2.1. A Origem do Exame... 4 2.2. Os Famigerados Índices de Reprovação... 5 Capítulo 2

Leia mais

18 Dicas Para Você Aprender Qualquer Coisa, Mais Rápido e Melhor! [Garantido]

18 Dicas Para Você Aprender Qualquer Coisa, Mais Rápido e Melhor! [Garantido] 18 Dicas Para Você Aprender Qualquer Coisa, Mais Rápido e Melhor! [Garantido] 1. Foque sua atenção nos materiais que você está estudando A atenção é um dos maiores componentes da memória. Para que a informação

Leia mais