UM ESTUDO DO IMPACTO DA GOVERNANÇA DE TI NO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL DE UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE ENSINO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UM ESTUDO DO IMPACTO DA GOVERNANÇA DE TI NO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL DE UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE ENSINO"

Transcrição

1 1 UM ESTUDO DO IMPACTO DA GOVERNANÇA DE TI NO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL DE UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE ENSINO Rosane Beatriz Zanetti Putz 1 Vanessa Ishikawa Rasoto 2 Edison Ishikawa 3 Universidade Tecnológica Federal do Paraná/Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Governança Pública Linha Temática: Tecnologias e Sociedade RESUMO Este trabalho discute as relações existentes entre os mecanismos de Governança de Tecnologia da Informação (GTI) e o desempenho percebido da gestão de TI em uma instituição pública de ensino. Optou-se pelo estudo do impacto percebido pelos executivos de negócio, os executivos ligados à área de TI e os responsáveis pelas atividades operacionais de serviços de TI da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), distribuída em seus 13 Campi. Foram elencados na pesquisa para avaliação os constructos: alinhamento estratégico, valor da TI, gerenciamento de riscos, gerenciamento de recursos de TI, medidas de performance e accountability. A pesquisa visou investigar as relações que permeiam a governança e a TI como estratégia de negócio. Assim, apresentam-se a proposição de um método investigativo, sugestões de ações, para demonstrar o entendimento da instituição em relação a governança de TI, a transparencia pública e a estratégia de negócio. partindo do princípio que para melhorar é necessário diagnosticar, perceber-se, para então, oferecer melhores resultados à sociedade. Palavras-chave: Governança de TI; Tecnologia da Informação; Alinhamento com o Negócio. ABSTRACT The present article presents the results in the Information Technology (IT) management area and social-organizational. This project discuss the existing relations between the different IT Governances and the development noticed in IT management and usage by a public school. In order to do that, was chosen the impact seen by the business executives connected to the IT areas and the responsible for allowing IT services at the Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), in it s 13 campi. In the search were considered: strategic alignment, IT values, risk management, It resources management, performance measures and accountability. This way, this project is presented as a way to give not only an investigative method but also to propose actions, bring knowledge to people and to the schools about IT governance, and transparency to the public strategy. The research aimed to investigate the relation that exists in governance, IT strategic and social-organizational, thinking that to improve is necessary diagnosis, notices, learn and then, offer the best results to society. Key-words: IT Governance; Information Technology; Strategic Alignment. INTRODUÇÃO As pesquisas recentes no setor privado mostram que empresas com Governança de TI melhoram sensivelmente seu desempenho organizacional e que o impacto dos mecanismos adotados, característicos de Governança de TI (GTI), com o tempo se potencializa, ou seja a medida que a implementação da GTI se torna mais madura, mais intensos são os seus benefícios. O papel da TI nas organizações alcança maior importância à medida que as tecnologias evoluem e novos desafios surgem para o gerenciamento não só da área de TI, mas, para toda

2 2 organização, uma vez que posturas e processos vem sendo desenhadas a partir da infraestrutura de TI que, em muitos casos, faz parte do negócio. Essa perspectiva envolve responsabilidade direta sobre decisões, de modo que a gestão de TI esteja de acordo com os objetivos estratégicos da organização, fazendo com que os recursos e serviços de TI estejam alinhados à estratégia do negócio: essa é a principal atribuição da governança de TI, tornando-se o meio pelo qual a tecnologia da informação pode agregar valor aos negócios organizacionais. É através do conhecimento e gerenciamento dos benefícios, custos e riscos da TI que a organização terá meios de verificar se os investimentos estão adequados e projetos estão sendo eficazes. Pesquisas mostram que não há uma forma ideal de estruturar a TI, uma vez que a solução para qualquer organização dependerá de fatores como: tamanho da organização, ramo de atuação, localização geográfica, estrutura organizacional, estratégia e natureza da organização, cultura interna, dentre outros. Assim, estruturar e definir quais modelos ou mecanismos de governança de TI devem ser implementados torna-se fundamental para que a organização possa obter maior sucesso a partir do que vem investindo em TI: infraestrutura, pessoas e aplicações. Assim, este estudo traz uma breve fundamentação teórica, abordando conceitos e principais aspectos da Governança de TI postulados pela literatura, traz, também, um breve apanhado das questões de governança de TI no setor público brasileiro, em especial quanto as universidades. Em seguida detalha a pesquisa e sua metodologia aplicada a este estudo. Na sequência aborda os resultados obtidos e algumas proposições inferidas sobre o assunto. Por fim, tece algumas considerações a respeito da possível contribuição deste estudo para a organização e a sociedade. 1. REFERENCIAL TEÓRICO A TI vem passando por uma revolução significativa conduzida pelo surgimento de novos modelos de negócio, pelo poder dos consumidores e pelo surgimento de novas tecnologias. É nesse contexto que figura a governança de TI, buscando, conforme consenso de alguns autores, através de seus mecanismos: (a) proporcionar uma melhor gestão de TI; (b) obter maior valor para a organização, a partir dos investimentos realizados, e; (c) atender exigências de diferentes órgãos reguladores, de modo a garantir maior transparência e confiabilidade das informações corporativas (WEILL; ROSS, 2004; PETERSON, 2004a; ITGI, 2005). Para alinhar a TI à estratégia, missão, valores e cultura organizacional, utilizam-se algumas práticas com o objetivo de gerar um comportamento consistente da organização, por meio de mecanismos como a presença de comitês de TI, a participação da área de tecnologia na definição da estratégia corporativa, os processos de elaboração e aprovação de orçamentos e projetos de TI (WEILL; ROSS, 2005). 1.1 Diferença entre governança de TI e gestão de TI e seus focos de atuação Peterson (2004) aponta as diferenças entre a gestão da TI e a governança de TI. Para ele a gestão da TI está focada no fornecimento efetivo interno dos serviços e produtos de TI, e no gerenciamento das suas operações atuais; enquanto, a governança de TI é mais ampla e atua na execução e na transformação da TI para atender as demandas presentes e futuras dos negócios (foco interno) e dos clientes desses negócios (foco externo) (PETERSON, 2004). A diferença, sob a ótica conceitual, é que o gerenciamento da TI tem como instrumento a tecnologia de

3 3 informação e suas questões operacionais; já a governança de TI tem como objeto a importância da informação e dos negócios, envolve todas as questões da organização que estão relacionadas à tecnologia, definição de direitos, papéis e responsabilidades sobre as decisões de TI, aprovação de investimentos e projetos tecnológicos, monitoramento e manutenção da TI existente, até a avaliação do valor entregue pela TI à organização. Os mecanismos de governança de TI são utilizados de forma diferente nas organizações. As características da organização ou do negócio podem exigir diversas configurações, o que determina a complexidade na adoção dos mecanismos mais indicados. A seguir, apresentam-se alguns dos mecanismos de governança de TI, de acordo com De Haes; Van Grembergen, 2006), mais comumente adotados pelas organizações: Mecanismos ligados à Estrutura: definição de papéis e responsabilidades, Comitês de TI, estrutura organizacional da TI, participação da área de TI na definição das estratégias e objetivos corporativos, escritório de projetos de TI. Mecanismos ligados aos Processos: planejamento estratégico de sistemas de informação, indicadores da área de TI, elaboração de projetos de viabilidade, avaliação pós-implementação, acordos de nível de serviço, gerenciamento de projetos, uso de frameworks como o Cobit. Mecanismos ligados aos mecanismos de relacionamento: participação da área de TI nos negócios, diálogo estratégico, compartilhamento da aprendizagem, comunicação apropriada e uso de incentivos e recompensas por colaboração. Estes mecanismos garantem a ligação entre as estruturas e os processos da governança de TI (DE HAES; VAN GREMBERGEN, 2006) 1.2. Governança no setor público brasileiro Traçando um paralelo com o setor privado e considerando a universidade brasileira como organização, temos como seu cliente a sociedade, que utiliza seus serviços de ensino, pesquisa e extensão. Com a crescente utilização da tecnologia, a velocidade das mudanças e a necessidade de inovar, passam a requerer que as empresas e universidades assumam como estratégia a utilização da tecnologia, participando ativamente no desenvolvimento tecnológico e econômico das suas organizações e do país. As organizações constituídas em um ambiente altamente competitivo passaram a incorporar as tecnologias e em meio a era da informação, a qualidade de informação torna-se estratégica para a sustentabilidade do negócio, as organizações passam a ser dependentes das tecnologias e buscam o uso de sistemas de informações, como suporte para suas decisões estratégicas. A autonomia financeira, que envolve as organizações do setor privado, permite mais facilmente, a aquisição e atualização de tecnologias. Nas universidades públicas brasileiras, com parcos recursos governamentais, falta de cultura de gestão enquanto organização, pessoal pouco qualificado em novas tecnologias e em número reduzido para adequação de tarefas, carências de processos baseados em indicadores de desempenho para planejamento e melhoria de qualidade, a utilização de inovações tecnológicas se dá de forma mais lenta que a iniciativa privada. Este cenário é preocupante e contraditório uma vez que o próprio objeto de trabalho da universidade é o conhecimento e a informação. José Francisco Bernardes (2000) aponta também, além da questão dos escassos recursos, outras características que dificultam esse processo como a descontinuidade administrativa que interrompem a realização de programas e projetos, limitando o planejamento ao período de mandado dos gestores. Essas peculiaridades não permitem que as universidades governamentais, de um modo geral, participem da dinâmica de inovações e fluxos de informação que se exige no cenário globalizado das organizações.

4 4 2 METODOLOGIA Com o objetivo de investigar a percepção dos executivos da alta administração, executivos de TI e responsáveis operacionais de disponibilização de serviços e aplicações de TI nos 13 campi da UTFPR, instituição de ensino escolhida, em relação aos diferentes mecanismos de governança de TI adotados na instituição, definiu-se a população alvo adotando-se o critério de que os envolvidos foram escolhidos por representarem casos essenciais ou chave para o foco da pesquisa. A investigação adotou a Metodologia de Estudo de eventos, para verificar a performance após a determinação de um grupo de mecanismos formais de governança de TI e pesquisa por meio de survey 1 para verificar as relações existentes entre os mecanismos de GTI, o desempenho percebido da gestão de TI, avaliado pelos constructos elencados. O instrumento utilizado foi questionário eletrônico, num conceito como sistema: Opiniões, valores, identidade, motivo, ações e comportamento, subdivididos em 05 temas, iniciando pelo mais abrangente, passando por questões mais complexas e terminando com informações sóciodemográficas (Freitas et.al., 2000). Para as decisões sobre a análise de dados foi utilizada estatística aplicável. Para formulação do questionário partiu-se do estudo da governança de TI, sua estrutura e mecanismos característicos em relação a situação investigada nos documentos e páginas eletrônicas institucionais. Este estudo está sintetizado na tabela 1. Tabela 1. Estruturas, Processos e Mecanismos de Relacionamento na Governança de TI em comparação a situação encontrada na instituição estudada Quanto à Estrutura Mecanismos Propostos Situação encontrada Inserido na Pesquisa Papéis e responsabilidades Formalmente definidos Sim Comitê de Estratégia de TI Recentemente instituído como Comitê não Gestor de TI (atuação inicial) Comitê Diretivo de TI Não instituido não Estrutura Organizacional da TI Formalmente instituída Sim CIO no Conselho de Administração Participa de todos os eventos decisórios da alta administração Sim Comitê de projetos de TI Não instituído Não Escritório de projetos Instituído como Assessoria de Não Negócios de TI (atuação inicial) Quanto a Processos Mecanismos Propostos Situação encontrada Inserido na Pesquisa Indicadores de desempenho de TI Não formalizados Não Planejamento Estratégico de Sistemas de Formalmente Instituído Sim Informação COBIT Alguns itens implantados Parcialmente ITIL Alguns itens implantados Parcialmente Acordos de Nível de Serviço Não implantados Parcialmente Níveis de alinhamento Parcialmente implantados Sim Quanto a Mecanismos de Relacionamento Mecanismos Propostos Situação encontrada Inserido na Pesquisa Participação ativa dos stakeholders Existente Sim Colaboração entre os principais stakeholders Existente Sim

5 5 Incentivos e recompensas Legalmente proibidos não Colocação da TI na instituição e nos negócios Formalmente instituída, efetivamente Sim parcial Compreensão compartilhada dos objetivos de Existente Sim TI e de negócios Resolução ativa de conflitos Existente Sim Treinamento interfuncional entre TI e Em fase inicial através da ASPLAN não negócios Rotação de tarefas de TI e negócios Não implantado não Fonte: elaboração dos autores (2014) A partir da seleção de itens a serem abordados na pesquisa, definiu-se 5 macro temas, (minimamente) essenciais para caracterizar a implantação da Governança de TI e a implicância das áreas estudadas: 1. Alinhamento estratégico (AE): definido como a busca para assegurar a integração entre o plano de TI e o de negócio, de modo a manter as soluções e estratégias de TI alinhadas às estratégias e ao negócio da instituição. 2. Gerenciamento de Recursos (REC): visa otimizar a infraestrutura e o conhecimento de TI da instituição. Trata também dos recursos críticos de TI (aplicativos, informação e pessoal). 3. Gerenciamento de Risco (RIS) em TI: busca proteger os ativos de TI, recuperando informações nos casos de desastres e mantendo a continuidade das operações dos serviços de TI. 4. Medidas de Performance (MP): buscam acompanhar e monitorar a implementação da estratégia e dos projetos de TI, dos recursos de TI utilizados e serviços disponibilizados pela TI para os negócios da instituição. 5. Accountability (AC): tem como objetivo definir papéis e responsabilidades das partes envolvidas sobre as decisões de TI e estimular a compreensão desses papéis e responsabilidades por toda instituição. 3 RESULTADOS De posse das respostas e resultados do questionário, desenvolveu-se um método de análise, a saber: 1. Análise individual das questões, em relação a expectativa de elaboração; 2. Análise individual das questões, agrupando-se as opções dos dois extremos: Não concordo totalmente com (+) Não concordo parcialmente ; e; Concordo parcialmente com (+) Concordo Totalmente ; com o intuito de reforçar a resposta positiva ou negativa; 3. Análise das questões agrupando ao seu macro tema; 4. Análise das questões que resultaram em convergência (plena), divergência (plena) ou convergência/divergência; 5. Análise dos assuntos de convergência, divergência e convergência/divergência. A partir das análises dos resultados é possível propor ações: em função das confirmações positivas, propõe-se continuidade ou melhoria; e, diante das confirmações negativas, propõe-se modificações ou ajustes. Quanto as confirmações polêmicas, estado convergência/divergência, propõe-se tratamento especial ao assunto, aprofundando o diagnóstico; embora, neste caso, seja passível de questionamento a própria formulação da questão.

6 6 Também é possível inferir, diante dos resultados e análises, o impacto das confirmações para a governança de TI, (para a área de TI e até mesmo para a instituição), estabelecendo algum grau de gravidade de confirmações negativas ou de polêmicas. A título de ilustração, seguem alguns itens da esquematização elaborada da análise de resultados e sugestões de proposições: Tabela 3. Demonstrativo de algunas respostas e proposições a partir dos resultados. Confirmações positivas 1.1 A TI está alinhada com os objetivos e necessidades organizacionais estabelecidos pela alta administração? Proposições: Intensificar ações já adotadas 2.4 Os serviços de TI estão disponíveis quando solicitados Proposições: Intensificar ações já adotadas 2.7. A infraestrutura e os serviços de TI criam agilidade à instituição Proposições: intensificar as ações já adotadas 3.1. Informações confidenciais na UTFPR são protegidas e impedidas de serem acessadas por pessoas não autorizadas

7 7 Proposições: manter as ações já adotadas entretanto, atento com proposições de proteção das informações confidenciais As principais atividades operacionais sofrerão grande impacto com alguma interrupção ou mudança num serviço de TI, da instituição Proposições: manter as ações já adotadas. Confirmações negativas 2.2 As operações da organização são automatizadas de forma satisfatória Proposições: fazer levantamento dos diversos sistemas operacionais (SPTs) necessários ao funcionamento rotineiro da UTFPR. Quais estão funcionado e quais precisam ser implementados/melhorados. Verificar possibilidades, vantagens de implantar sistemas utilizados por outras universidades públicas. Confirmações Convergente/divergente 2.1 Os usuários possuem habilidades computacionais para utilizarem os recursos de TI disponibilizados Proposições Intensificar a capacitação dos usuários com cursos e treinamentos 2.5. Os recursos de TI (hardware, software, pessoal) são adequados para suportar as aplicações de negócio

8 8 Proposições: É preciso mais investimento em infra de TIC. Montar estratégia para mostrar que TIC não é só gasto, mas pode trazer economia para a instituição pública e é essencial para a sua governança corporativa As decisões relacionadas à TI (como benefícios, estratégias, riscos envolvidos, níveis de serviço e responsáveis) são transparentes e bem compreendidas pela organização Proposições: Rever os aspectos que envolvem as decisões quanto a compreensão pela organização e disseminar os mecanismos de transparência Todas as decisões sobre a TI e seus investimentos são tomadas de forma participativa (elaboração, seleção, priorização e aprovação de projetos) Proposições: intensificar as ações do Comitê de TI da UTFPR para execução do Plano Diretor de TI, de acordo com a IN 04 MPOG/SLTI. Ressaltando que o PDTI é instrumento fundamental na governança de TI. Intensificar os mecanismos de divulgação. Fonte: elaboração dos autores (2014) CONSIDERAÇÕES FINAIS Este trabalho procurou apresentar alguns dos principais aspectos da importância da Governança de TI para uma instituição pública, bem como, uma metodologia para estudo da percepção dos envolvidos com a área de negócios e área de TI, considerando estes como principais atores dessa implantação e responsáveis pelas estratégias e ajustes a serem produzidos sobre o assunto. A importância da governança de TI é um reflexo da relevância da TI dentro das organizações e, consequentemente, da necessidade de assegurar que a TI esteja sendo adequadamente gerenciada e que sua estratégia junto ao negócio esteja bem formulada (esse é o novo papel que se desenha para a TI). Neste sentido, percebe que a efetividade da TI na

9 9 organização não está somente ligada à forma com que a tecnologia é utilizada (empregada) pela organização, mas também pelas decisões que antecedem a sua própria aquisição, bem como o valor que o impacto da sua utilização vem proporcionando à organização. Para isso ocorrer são necessárias mudanças comportamentais e culturais significativas na forma como a informação e a tecnologia são (e serão) utilizadas pelos executivos, responsáveis pelo gerenciamento de TI, pelos operadores que disponibilizam essas tecnologias e pelos próprios usuários. Segundo Peterson, tanto executivos de TI quanto de negócios reconheçam que o sucesso da TI não está na tecnologia em si, mas sim na forma como ela é governada (PETERSON, 2004). A governança de TI, não cuida apenas da estratégia de TI, de como a TI será utilizada na organização, seus investimentos e recursos, a TI deixa de ser um ativo dentro da organização; a Governança de TI passa do alinhamento com a estratégia de negócio para fazer parte da própria estratégia de negócio da instituição, na medida que a infraestrutura de TI se torna parte inseparável dos processos e da estrutura da organização. Torna-se difícil separar o impacto proporcionado pela TI do impacto das demais atividades da organização, porque permeia todas as principais atividades, tornando a instituição como um todo, plenamente dependente da TI, conforme confirmado nesta pesquisa. Desenvolver um bom modelo de governança de TI envolve tanto a diferenciação quanto a integração das decisões de TI entre os mais diversos stakeholders, enfatizando a necessidade de definir (ou redefinir) papéis e responsabilidades, processos e aprimorar relacionamentos entre as áreas envolvidas. A apresentação deste estudo possibilita, além da proposição de um método investigativo, e sugestões de ações, demonstrar o entrelaçamento, (integração e interação) entre as áreas, o reconhecimento da importância da governança de TI, a transparência no trato da coisa pública e da estratégia de negócio. Por fim, ele atinge seu objetivo, partindo-se do princípio que para melhorar é necessário diagnosticar, levantar a situação, perceber-se, para então, oferecer melhores resultados a organização e a sociedade. AGRADECIMENTOS Os agradecimentos são destinados aos participantes da pesquisa que prontamente responderam ao questionário, aos familiares dos autores que contribuíram e aos colegas pertencentes ao Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Governança Pública, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Todos foram essenciais para o êxito do estudo. REFERÊNCIAS CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede. (A era da informação: economia, sociedade e cultura; v.1) São Paulo: Paz e Terra, BERNARDES, José Francisco; Abreu, Aline Franca de. A contribuição dos sistemas de informações na gestão universitária. Universidade Federal de Santa Catarina. Repositório de Conteúdo Digital. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/handle/ /35705>. Acesso em 05 jan BRASIL. Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instrução Normativa MP/SLTI Nº04, de 12 de novembro de 2010: Dispõe sobre o processo de contratação de Soluções de Tecnologia da Informação pelos órgãos integrantes do Sistema de Administração dos Recursos de Informação e Informática (SISP) do Poder Executivo Federal. Disponível em: tivos-e-documentos-de-referencia/instrucao-normativa-mp-slti-no04. Acesso em 10 mar

10 10 FREITAS, et al. O método de Pesquisa Survey. Revista de Administração. São Paulo, v.35, n.3, julset p IBGP. INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA PÚBLICA. Wiki-Gov:Portal comunitário. Disponível em: <https://www.wikigov.net/>. Acesso em 13 mar INTERNATIONAL Organization for Standardization & International Electrotechnical Commission International Standard. ISO/IEC Corporate governance of information technology Acesso em: 19 jun Disponível em: <http://www.iso.org/iso/iso_catalogue/catalogue_tc/catalogue_detail.htm?csnumber=51639> IT GOVERNANCE INSTITUTE. COBIT Acesso em: 19 jan Disponível em: <https://www.isaca.org/knowledge-center/cobit/documents/cobit-4.1brochure.pdf.> KAKABADSE, A.; KAKABADSE, N.K.; KOUZMIN, A. Reinventing the democratic governance project through information technology? A growing agenda for debate. Public Administration Review, v.63, n.1, p.44-60, LUNARDI, Guilherme Lerch. Um Estudo Empírico e Analítico do Impacto da Governança de TI no Desempenho Organizacional. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-Graduação em Administração. Tese de Doutorado. Porto Alegre, MAGALHÃES, Renata Silva Pugas. Governança em Organizações Públicas desafios para entender os fatores críticos de sucesso: o caso do Tribunal de Contas da União. Rio de Janeiro, 2011, 74p. Dissertação de Mestrado - Centro de Formação Acadêmica e Pesquisa - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas. Disponível em: <http://www.portal2.tcu.gov.br/portal/pls/portal/docs/ pdf>. Acesso em: 10 mai MATIAS PEREIRA, José. Governança no Setor Público. São Paulo: Atlas, p , MARCHAND, Donald A.; DAVENPORT, Thomas H.; DICKSON, Tim. Dominando a Gestão da informação. Tradução: Carlo Gabriel Porto Bellini e Carlos Alberto Silveira Netto Soares. Porto Alegre: Bookman, PETERSON, R. Integration strategies and tactics for information technology governance. In: VAN GREMBERGEN, W. Strategies for information technology governance, Hershey: Idea group publishing, RODRIGUES, José Geraldo Loureiro e NETO, João Souza. Diretrizes para implantação da governança de tecnologia da informação no setor público brasileiro à luz da Teoria Institucional. Rio de Janeiro, 2011, Revista do Serviço Público. Brasília 63 (4): out/dez Disponível em: <http://www.portal2.tcu.gov.br/portal/pls/portal/docs/ pdf>. Acesso em: 10 mai SISP - Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação - Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Órgãos Setoriais: Ministérios e os órgãos da Presidência da República. Portal do SISP. Disponível em: <http://www.planejamento.gov.br/secretarias/upload/arquivos/servidor/publicacoes/publicacao_slti_mgp-sisp_v ersao_1.pdf>. Acesso em: 20 jun VAN GREMBERGEN, W.; DE HAES, S.; GULDEN TOPS, E. Structures, processes and relational mechanisms for IT governance. In: VAN GREMBERGEN, W. Strategies for information technology governance, Hershey: Idea group publishing, VERGARA, S. M. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, WEILL, Peter; ROSS W. Jeanne. Governança de Tecnologia da Informação. São Paulo: M. Books do Brasil, 2006.

11 Rosane Beatriz Zanetti Putz Vanessa Ishikawa Rasoto Edison Ishikawa Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Governança Pública, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Câmpus Curitiba, av. Sete de Setembro, 3165, Curitiba, Paraná, Brasil. Tel (41)

PERCEPÇÃO DA GOVERNANÇA DE TI NO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL: ESTUDO DE CASO EM INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE ENSINO SUPERIOR DO BRASIL

PERCEPÇÃO DA GOVERNANÇA DE TI NO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL: ESTUDO DE CASO EM INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE ENSINO SUPERIOR DO BRASIL XV COLÓQUIO INTERNACIONAL DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA CIGU Desafios da Gestão Universitária no Século XXI Mar del Plata Argentina 2, 3 e 4 de dezembro de 2015 ISBN: 978-85-68618-01-1 PERCEPÇÃO DA GOVERNANÇA

Leia mais

Incentivar a inovação em processos funcionais. Aprimorar a gestão de pessoas de TIC

Incentivar a inovação em processos funcionais. Aprimorar a gestão de pessoas de TIC Incentivar a inovação em processos funcionais Aprendizagem e conhecimento Adotar práticas de gestão participativa para garantir maior envolvimento e adoção de soluções de TI e processos funcionais. Promover

Leia mais

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF 4, 5 e 6 de junho de 2012 A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Pablo Sandin Amaral Renato Machado Albert

Leia mais

José Geraldo Loureiro Rodrigues Orientador: João Souza Neto

José Geraldo Loureiro Rodrigues Orientador: João Souza Neto José Geraldo Loureiro Rodrigues Orientador: João Souza Neto Análise dos três níveis: Governança Corporativa Governança de TI Gerenciamento da Área de TI ORGANIZAÇÃO Governança Corporativa Governança

Leia mais

PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG

PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG Forplad Regional Sudeste 22 de Maio de 2013 Erasmo Evangelista de Oliveira erasmo@dgti.ufla.br Diretor de

Leia mais

GOVERNANÇA EM TI. Prof. André Dutton. www.portaldoaluno.info 1

GOVERNANÇA EM TI. Prof. André Dutton. www.portaldoaluno.info 1 GOVERNANÇA EM TI Prof. André Dutton www.portaldoaluno.info 1 O QUE É GOVERNANÇA EM TI A governança em TI é de responsabilidade da alta administração (incluindo diretores e executivos), na liderança, nas

Leia mais

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 Dispõe sobre a Política de Governança de Tecnologia da Informação do Tribunal de Contas da União (PGTI/TCU). O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, no uso de suas

Leia mais

A importância do PDTI na implantação da Governança de TI nas Prefeituras Brasileiras

A importância do PDTI na implantação da Governança de TI nas Prefeituras Brasileiras A importância do PDTI na implantação da Governança de TI nas Prefeituras Brasileiras Hugo Queiroz Abonizio 1, Rodolfo Miranda de Barros 1 1 Departamento de Computação Universidade Estadual de Londrina

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI: Uma aplicação referenciada pelo COBIT

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI: Uma aplicação referenciada pelo COBIT Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI: Uma aplicação referenciada pelo COBIT Universidade Federal de Santa Catarina Sistemas de Informação André Luiz Samistraro Santin asantin@inf.ufsc.br

Leia mais

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MECANISMOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O Ciclo da Governança de T.I. ALINHAMENTO

Leia mais

&&&'( '$ Núcleo de Projetos Especiais Divisão de Processos e Segurança da Informação #$%$

&&&'( '$ Núcleo de Projetos Especiais Divisão de Processos e Segurança da Informação #$%$ &&&'( '$!" Núcleo de Projetos Especiais Divisão de Processos e Segurança da Informação #$%$ Governança Corporativa - conjunto de boas práticas para melhoria do desempenho organizacional; - nasce da necessidade

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação (PETI) Secretaria de Tecnologia da Informação Florianópolis, março de 2010. Apresentação A informatização crescente vem impactando diretamente

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais

Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais Fórum de Governança Tecnologia e Inovação LabGTI/UFLA Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais Pamela A. Santos pam.santos91@gmail.com Paulo H. S. Bermejo bermejo@dcc.ufla.br

Leia mais

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Análise de Maturidade de Governança

Leia mais

Plano de Governança de Tecnologia de Informação

Plano de Governança de Tecnologia de Informação Plano de Governança de Tecnologia de Informação Julho/2012 Junho/2014 1 Universidade Federal Fluminense Superintendência de Tecnologia da Informação Fernando Cesar Cunha Gonçalves Superintendência de Tecnologia

Leia mais

Melhores Práticas em Governança de TI

Melhores Práticas em Governança de TI Melhores Práticas em Governança de TI J. Souza Neto, PhD, CGEIT, CRISC Certified in the Governance of Enterprise IT Certified in Risk and Information Systems Control Agenda Definições de Governança de

Leia mais

MBA: Master in Project Management

MBA: Master in Project Management Desde 1968 MBA: Master in Project Management Projetos e Tecnologia da Informação FMU Professor: Marcos A.Cabral Projetos e Tecnologia da Informação Professor Marcos A. Cabral 2 Conceito É um conjunto de

Leia mais

Governança de TI em Instituições Federais de Ensino Superior

Governança de TI em Instituições Federais de Ensino Superior Governança de TI em Instituições Federais de Ensino Superior Aluno: Mauro André Augusto Leitão Orientador: Asterio Kiyoshi Tanaka Co-Orientadora: Renata Mendes Araujo Programa de Pós-Graduação em Informática

Leia mais

GOVERNANÇA EM TI. Prof. Acrisio Tavares

GOVERNANÇA EM TI. Prof. Acrisio Tavares GESTÃO ESTRATÉGICA DO SUPRIMENTO E O IMPACTO NO DESEMPENHO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS SÉRIE ESPECIAL PCSS A GOVERNANÇA EM TI, SEU DIFERENCIAL E APOIO AO CRESCIMENTO Prof. Acrisio Tavares G GOVERNANÇA EM

Leia mais

Governança de TI no Governo. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto

Governança de TI no Governo. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto Governança de TI no Governo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto Agenda Agenda Contexto SISP IN SLTI 04/2008 EGTI Planejamento

Leia mais

Governança de TI: O desafio atual da Administração Pública. André Luiz Furtado Pacheco, CISA SECOP 2011 Porto de Galinhas, setembro de 2011

Governança de TI: O desafio atual da Administração Pública. André Luiz Furtado Pacheco, CISA SECOP 2011 Porto de Galinhas, setembro de 2011 Governança de TI: O desafio atual da Administração Pública André Luiz Furtado Pacheco, CISA SECOP 2011 Porto de Galinhas, setembro de 2011 André Luiz Furtado Pacheco, CISA Graduado em Processamento de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1/CONSUP/IFRO, DE 5 DE MARÇO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 1/CONSUP/IFRO, DE 5 DE MARÇO DE 2015. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1/CONSUP/IFRO, DE 5 DE MARÇO DE 2015.

Leia mais

Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI

Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI Gilberto Zorello (USP) gilberto.zorello@poli.usp.br Resumo Este artigo apresenta o Modelo de Alinhamento Estratégico

Leia mais

Fundação Municipal de Tecnologia da Informação e Comunicação de Canoas Diretoria Executiva PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Fundação Municipal de Tecnologia da Informação e Comunicação de Canoas Diretoria Executiva PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundação Municipal de Tecnologia da Informação e Comunicação de Canoas Diretoria Executiva PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2012 2015 Controle de Revisão Ver. Natureza Data Elaborador Revisor

Leia mais

Planejamento Estratégico da Tecnologia da Informação (PETI)

Planejamento Estratégico da Tecnologia da Informação (PETI) 00 dd/mm/aaaa 1/15 ORIGEM Instituto Federal da Bahia Comitê de Tecnologia da Informação ABRANGÊNCIA Este da Informação abrange todo o IFBA. SUMÁRIO 1. Escopo 2. Documentos de referência 3. Metodologia

Leia mais

Atuação da Auditoria Interna na Avaliação da Gestão de Tecnologia da Informação

Atuação da Auditoria Interna na Avaliação da Gestão de Tecnologia da Informação Atuação da Auditoria Interna na Avaliação da Gestão de Tecnologia da Informação Emerson de Melo Brasília Novembro/2011 Principais Modelos de Referência para Auditoria de TI Como focar no negócio da Instituição

Leia mais

Estudo sobre a Implantação de um Modelo de Governança de Tecnologia da Informação com COBIT e ITIL

Estudo sobre a Implantação de um Modelo de Governança de Tecnologia da Informação com COBIT e ITIL Estudo sobre a Implantação de um Modelo de Governança de Tecnologia da Informação com COBIT e ITIL Ana Clara Peixoto de Castro Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) Goiânia GO - Brasil ac.anaclara@gmail.com

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 A Estratégia do Conselho da Justiça Federal CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 SUEST/SEG 2015 A estratégia do CJF 3 APRESENTAÇÃO O Plano Estratégico do Conselho da Justiça Federal - CJF resume

Leia mais

Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Referências Gerenciamento Estratégico da Informação. Aumente a Competitividade e a eficiência de sua empresa utilizando a informação como ferramenta

Leia mais

1. Centros de Competência de BI

1. Centros de Competência de BI Pagina: 1 1. Centros de Competência de BI Originalmente, o termo Centro de competência de BI (conhecido também como BICC Business Intelligence Competence Center) foi utilizado pelo instituto de pesquisa

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues Gerenciamento de TI Paulo César Rodrigues *Analista de Sistemas; *Tutor do curso de graduação em Tecnologia em Sistemas de Computação (UFF/Cederj); * Professor do curso Técnico em Informática da Prefeitura

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br COBIT Governança de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Sobre mim Juvenal Santana Gerente de Projetos PMP; Cobit Certified; ITIL Certified; OOAD Certified; 9+ anos de experiência em TI; Especialista

Leia mais

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion Governança de TI Importância para as áreas de Auditoria e Compliance Maio de 2011 Page 1 É esperado de TI mais do que deixar o sistema no ar. Page 2 O que mudou o Papel de TI? Aumento de riscos e de expectativas

Leia mais

DIFERENÇAS ENTRE GESTÃO DE TI E GOVERNANÇA DE TI UMA BREVE COMPARAÇÃO

DIFERENÇAS ENTRE GESTÃO DE TI E GOVERNANÇA DE TI UMA BREVE COMPARAÇÃO ISSN 1984-9354 DIFERENÇAS ENTRE GESTÃO DE TI E GOVERNANÇA DE TI UMA BREVE COMPARAÇÃO Allan Winckler Moreira (LATEC/UFF) Julio Vieira Neto, D. Sc. Orientador (LATEC/UFF) Resumo: A tecnologia da informação

Leia mais

Transformação para uma TI empresarial Criando uma plataforma de geração de valor. Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa

Transformação para uma TI empresarial Criando uma plataforma de geração de valor. Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Transformação para uma TI empresarial Criando uma plataforma de geração de valor Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Transformação para uma TI empresarial Criando uma plataforma de

Leia mais

A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos

A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos Denis Alcides Rezende Do processamento de dados a TI Na década de 1960, o tema tecnológico que rondava as organizações era o processamento de

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PLANO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIÊNIO /2015 DSI/CGU-PR Publicação - Internet 1 Sumário 1. RESULTADOS

Leia mais

Governança de TI no Contexto do Poder Judiciário

Governança de TI no Contexto do Poder Judiciário Governança de TI no Contexto do Poder Judiciário Prof. Dr. J. Souza Neto, CGEIT, CRISC Universidade Católica de Brasília Vice-Presidente do Capítulo Brasília da ISACA Agenda Definições de Governança de

Leia mais

Planejamento Diretor de Tecnologia da Informação. Alano Arraes, PMP PMI-RMP

Planejamento Diretor de Tecnologia da Informação. Alano Arraes, PMP PMI-RMP Diretor de Tecnologia da Informação Alano Arraes, PMP PMI-RMP Cuiabá-MT, 19 de Maio de 2011 Índice Índice CPqD Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações Contexto Visão conceitual do PDTI

Leia mais

ANAIS GOVERNANÇA DE TI: MODELO DE DECISÃO E PRÁTICAS EM UMA ORGANIZAÇÃO DE SAÚDE

ANAIS GOVERNANÇA DE TI: MODELO DE DECISÃO E PRÁTICAS EM UMA ORGANIZAÇÃO DE SAÚDE GOVERNANÇA DE TI: MODELO DE DECISÃO E PRÁTICAS EM UMA ORGANIZAÇÃO DE SAÚDE LUIS FERNANDO DE AGUIAR GOULART ( luisfgoulart@gmail.com ) ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

Leia mais

Relatório de Gestão DGTI

Relatório de Gestão DGTI Relatório de Gestão DGTI 1.Contextualização Histórico Administrativa Com o projeto de expansão do Governo Federal que criou os Institutos Federais em todo o Brasil, o antigo Centro Federal de Educação

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

Implantação da Governança a de TI na CGU

Implantação da Governança a de TI na CGU Implantação da Governança a de TI na CGU José Geraldo Loureiro Rodrigues Diretor de Sistemas e Informação Controladoria-Geral da União I Workshop de Governança de TI da Embrapa Estratégia utilizada para

Leia mais

Questionário de Governança de TI 2014

Questionário de Governança de TI 2014 Questionário de Governança de TI 2014 De acordo com o Referencial Básico de Governança do Tribunal de Contas da União, a governança no setor público compreende essencialmente os mecanismos de liderança,

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

Plano de Trabalho 2013/2015

Plano de Trabalho 2013/2015 SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FUNDAP SEADE CEPAM CONVÊNIO SPDR USP FUNDAP SEADE CEPAM ANEXO I Plano de Trabalho 2013/2015 OUTUBRO DE 2013 I. JUSTIFICATIVAS

Leia mais

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII)

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII) PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO Secretaria-Executiva Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional Plano de Integridade Institucional (PII) 2012-2015 Apresentação Como

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO Controle de Versões Autor da Solicitação: Subseção de Governança de TIC Email:dtic.governanca@trt3.jus.br Ramal: 7966 Versão Data Notas da Revisão 1 03.02.2015 Versão atualizada de acordo com os novos

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais

Implantação da Governança a de TI na CGU

Implantação da Governança a de TI na CGU Implantação da Governança a de TI na CGU José Geraldo Loureiro Rodrigues Diretor de Sistemas e Informação Controladoria-Geral da União Palestra UNICEUB Estratégia utilizada para implantação da Governança

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ADMINISTRAÇÃO LINHA DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM COMÉRCIO INTERNACIONAL ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Carga horária semanal Etapa 4 5 OBJETIVO Realizar escolhas sobre a adoção de tecnologias e sistema

Leia mais

Oficina de Gestão de Portifólio

Oficina de Gestão de Portifólio Oficina de Gestão de Portifólio Alinhando ESTRATÉGIAS com PROJETOS através da GESTÃO DE PORTFÓLIO Gestão de portfólio de projetos pode ser definida como a arte e a ciência de aplicar um conjunto de conhecimentos,

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Políticas Empresariais Governança de TI Visão Geral sobre Framework CobiT

Estratégias em Tecnologia da Informação. Políticas Empresariais Governança de TI Visão Geral sobre Framework CobiT Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 13 Políticas Empresariais Governança de TI Visão Geral sobre Framework CobiT Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Publicada no DJE/STF, n. 127, p. 1-3 em 3/7/2013. RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Dispõe sobre a Governança Corporativa de Tecnologia da Informação no âmbito do Supremo Tribunal Federal e dá outras

Leia mais

Introdução ao BPM e CBOK. Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR

Introdução ao BPM e CBOK. Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR Introdução ao BPM e CBOK Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR BPM CBOK O Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio - Corpo Comum de Conhecimento

Leia mais

Auditoria Interna na Área de Tecnologia da Informação

Auditoria Interna na Área de Tecnologia da Informação Auditoria Interna na Área de Tecnologia da Informação André Luiz Furtado Pacheco, CISA 4º Workshop de Auditoria de TI da Caixa Brasília, agosto de 2011 Agenda Introdução Exemplos de Deliberações pelo TCU

Leia mais

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Agenda da disciplina Unidade I Gestão de Projetos Unidade II Ferramentas para Gestão de Projetos Unidade III Gestão de Riscos em TI Unidade

Leia mais

Proposta de um Repositório de Conhecimentos em Governança de TIC

Proposta de um Repositório de Conhecimentos em Governança de TIC Proposta de um Repositório de Conhecimentos em Governança de TIC Gabriel Ulian Briganó 1, Jacques Duílio Brancher 1, Rodolfo Miranda de Barros 1 1 Departamento de Computação Universidade Estadual de Londrina

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Mestre em Informática na área de Sistemas de Informação

Leia mais

Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação

Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação 1 Agenda Contexto SISP Planejamento de TI PDTI 2 SISP Sistema de Administração dos Recursos de Informação e Informática Decreto nº 1.048, de 21 de janeiro

Leia mais

Governança de TI e Avaliação de Investimentos em serviços

Governança de TI e Avaliação de Investimentos em serviços Estratégias Globais e Sistemas Produtivos Brasileiros ISSN: 2175-1897 Governança de TI e Avaliação de Investimentos em serviços Elisabete Cecília Januário Chaves Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos

Leia mais

Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa. Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions

Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa. Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions Qualidade de Software no Contexto Organizacional: Arquitetura Corporativa Atila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions TI e Negócio 10 entre 10 CIOs hoje estão preocupados com: Alinhar TI ao Negócio;

Leia mais

A experiência de quem trouxe a internet para o Brasil agora mais perto de você

A experiência de quem trouxe a internet para o Brasil agora mais perto de você A experiência de quem trouxe a internet para o Brasil agora mais perto de você A Escola A Escola Superior de Redes da RNP privilegia um ensino totalmente prático. Os laboratórios são montados de forma

Leia mais

Estudo sobre a adoção da Governança de TI em Ambientes Públicos

Estudo sobre a adoção da Governança de TI em Ambientes Públicos 1 Estudo sobre a adoção da Governança de TI em Ambientes Públicos Sara Silva Dornelas sara.dornelas@gmail.com MBA em Governança nas Tecnologias da Informação Instituto de Pós-Graduação IPOG Goiânia, GO,

Leia mais

EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES

EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES Rigoleta Dutra Mediano Dias 1, Lívia Aparecida de Oliveira Souza 2 1, 2 CASNAV, MARINHA DO BRASIL, MINISTÉRIO DA DEFESA, BRASIL Resumo: Este

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação 2016-2019. Versão 0 1.0

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação 2016-2019. Versão 0 1.0 PETI Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação 2016-2019 Versão 0 1.0 Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação 2016-2019 Presidente Luiz Otávio Pimentel Vice-Presidente Mauro Sodré

Leia mais

Governança de TI. Governanca de TI. Objetivos. Governanca de TI - ESR - Confluence. 1 de 5 12/04/2010 11:15

Governança de TI. Governanca de TI. Objetivos. Governanca de TI - ESR - Confluence. 1 de 5 12/04/2010 11:15 1 de 5 12/04/2010 11:15 Dashboard > ESR >... > Elaboracao de cursos > Governanca de TI ESR Governanca de TI View Edit Attachments (4) Info Welcome Leandro N. Ciuffo History Preferences Log Out Browse Space

Leia mais

3. Processos, o que é isto? Encontramos vários conceitos de processos, conforme observarmos abaixo:

3. Processos, o que é isto? Encontramos vários conceitos de processos, conforme observarmos abaixo: Perguntas e respostas sobre gestão por processos 1. Gestão por processos, por que usar? Num mundo globalizado com mercado extremamente competitivo, onde o cliente se encontra cada vez mais exigente e conhecedor

Leia mais

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001 INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, Eng. MBA Maio de 2001 Apresentação Existe um consenso entre especialistas das mais diversas áreas de que as organizações bem-sucedidas no século XXI serão

Leia mais

IT Governance uma janela de oportunidades

IT Governance uma janela de oportunidades A Governança dos SI/TI da AP O quê, como, onde e porquê? IT Governance uma janela de oportunidades Luis Borges Gouveia Professor Associado Faculdade de Ciência e Tecnologia Universidade Fernando Pessoa

Leia mais

Governança de TI. Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc. PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, ITIL & CobiT Certified. Maio/2012 Governança de TI 1

Governança de TI. Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc. PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, ITIL & CobiT Certified. Maio/2012 Governança de TI 1 Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, ITIL & CobiT Certified Maio/2012 Governança de TI 1 Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Mestre em Informática na

Leia mais

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com Conceito Com base nas definições podemos concluir que: Governança de de TI TI busca o compartilhamento de de decisões de de TI TI com os os demais dirigentes

Leia mais

Plano Estratégico de Tecnologia de Informação - PETI

Plano Estratégico de Tecnologia de Informação - PETI Plano Estratégico de Tecnologia de Informação - PETI Hercio M. Ferraro Neto Pós-Graduando em Adm. De Sistemas de Informação Neste artigo iremos tratar de uma ferramenta da administração de sistemas de

Leia mais

NOTA TÉCNICA SUTIN 016, de 29 de Outubro de 2010

NOTA TÉCNICA SUTIN 016, de 29 de Outubro de 2010 NOTA TÉCNICA SUTIN 016, de 29 de Outubro de 2010 ASSUNTO: Considerações sobre a avaliação da Governança de TI da Conab pelo TCU 1. Introdução Esta Nota Técnica pretende fazer algumas considerações sobre

Leia mais

Diagnóstico organizacional: um estudo tecnológico na cooperativa-escola do IFMG-campus Bambuí.

Diagnóstico organizacional: um estudo tecnológico na cooperativa-escola do IFMG-campus Bambuí. Diagnóstico organizacional: um estudo tecnológico na cooperativa-escola do IFMG-campus Bambuí. RESUMO Andressa Lima da CUNHA ; Aline Martins CHAVES ; Gabriel da SILVA 2 Pós-Graduada em Administração de

Leia mais

ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DA IMPORTÂNCIA DE INDICADORES DE GOVERNANÇA DE TI EM UMA INSTITUIÇÃO DE PESQUISA

ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DA IMPORTÂNCIA DE INDICADORES DE GOVERNANÇA DE TI EM UMA INSTITUIÇÃO DE PESQUISA ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DA IMPORTÂNCIA DE INDICADORES DE GOVERNANÇA DE TI EM UMA INSTITUIÇÃO DE PESQUISA Antonio Eduardo de Albuquerque Junior (UFBA) aealbuquerque@gmail.com Kaliane Caldas de Brito Machado

Leia mais

Avaliação dos Resultados do Planejamento de TI anterior

Avaliação dos Resultados do Planejamento de TI anterior Avaliação dos Resultados do Planejamento de TI anterior O PDTI 2014 / 2015 contém um conjunto de necessidades, que se desdobram em metas e ações. As necessidades elencadas naquele documento foram agrupadas

Leia mais

Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais, regimentais e regulamentares,

Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais, regimentais e regulamentares, PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO PORTARIA TRT/GP/DGCA Nº 630/2011 Define a Política de Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicações

Leia mais

Como o TCU vem implantando a governança de TI

Como o TCU vem implantando a governança de TI Como o TCU vem implantando a governança de TI Assessoria de Segurança da Informação e Governança de TI - Assig - Marisa Alho Chefe de Assessoria Assessoria de Segurança da Informação e Governança de TI

Leia mais

Gestão e Tecnologia da Informação

Gestão e Tecnologia da Informação Gestão e Tecnologia da Informação Superintendência de Administração Geral - SAD Marcelo Andrade Pimenta Gerência-Geral de Gestão da Informação - ADGI Carlos Bizzotto Gilson Santos Chagas Mairan Thales

Leia mais

CEAG Curso de Especialização em Administração para Graduados EMENTAS DAS DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA

CEAG Curso de Especialização em Administração para Graduados EMENTAS DAS DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA CEAG Curso de Especialização em Administração para Graduados EMENTAS DAS DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA Habilidades Computacionais 32 h/a Oferece ao administrador uma visão sobre as potencialidades da tecnologia

Leia mais

Segurança da informação

Segurança da informação Segurança da informação Roberta Ribeiro de Queiroz Martins, CISA Dezembro de 2007 Agenda Abordagens em auditoria de tecnologia da informação Auditoria de segurança da informação Critérios de auditoria

Leia mais

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0 TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Brivaldo Marinho - Consultor Versão 1.0 CONTROLE DA DOCUMENTAÇÃO Elaboração Consultor Aprovação Diretoria de Informática Referência do Produto

Leia mais

CobiT 5. Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? Conhecimento em Tecnologia da Informação

CobiT 5. Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação CobiT 5 Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? 2013 Bridge Consulting All rights reserved Apresentação Sabemos que a Tecnologia da

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO DIRETOR DE TI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO DIRETOR DE TI MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO DIRETOR DE TI Plano de Trabalho Elaboração do Plano Diretor de Tecnologia da Informação

Leia mais

O POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NA GOVERNANÇA DE TI

O POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NA GOVERNANÇA DE TI O POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NA GOVERNANÇA DE TI Claudio Gottschalg Duque Professor Departamento de Ciência da Informação Universidade de Brasília (UnB) Brasil Mauricio Rocha Lyra Aluno

Leia mais

Lista de Exercícios - COBIT 5

Lista de Exercícios - COBIT 5 Lista de Exercícios - COBIT 5 1. O COBIT 5 possui: a) 3 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios b) 3 volumes, 5 habilitadores, 7 princípios c) 5 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios d) 5 volumes, 5 habilitadores,

Leia mais

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO GOVERNANÇA DE TI O QUE É GOVERNANÇA DE TI É um conjunto de estruturas e processos que visa garantir que a TI suporte e maximize adequadamente os objetivos e estratégias

Leia mais

Realização Patrocínio Diamante Patrocínio Ouro

Realização Patrocínio Diamante Patrocínio Ouro Patrocínio Diamante Realização Patrocínio Ouro O IBGP é um Centro de Treinamento focado na formação de Gestores, Auditores e Técnicos do setor público brasileiro, cujo diferencial é a qualidade, e atualidade,

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

GTI Governança de TI. Estilos de Governança de TI. GTI - Estilos de Governança de TI 1

GTI Governança de TI. Estilos de Governança de TI. GTI - Estilos de Governança de TI 1 GTI Governança de TI Estilos de Governança de TI TI 1 A opinião de alguns sobre o que é Governança de TI: Anarquia! Depende da quantidade de dinheiro envolvida. Deixe-me perguntar ao meu CIO. As UM tomam

Leia mais

Maria Amália Silva Costa ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA E GESTÃO DE PESSOAS POR COMPETÊNCIAS: O CASO POLICARBONATOS

Maria Amália Silva Costa ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA E GESTÃO DE PESSOAS POR COMPETÊNCIAS: O CASO POLICARBONATOS Maria Amália Silva Costa ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA E GESTÃO DE PESSOAS POR COMPETÊNCIAS: O CASO POLICARBONATOS Salvador, 2003 MARIA AMÁLIA SILVA COSTA A D M I N I S T R A Ç Ã O E S T R A T É G I C A E

Leia mais

EMPRESA COM CONHECIMENTO EM TI

EMPRESA COM CONHECIMENTO EM TI EMPRESA COM CONHECIMENTO EM TI Referência Conhecimento em TI : O que executivos precisam saber para conduzirem com sucesso TI em suas empresas. Peter Weill & Jeanne W. Ross Tradução M.Books, 2010. 2 O

Leia mais

MBA EXECUTIVO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

MBA EXECUTIVO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA MBA EXECUTIVO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA 2012.1 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS É uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, fundada em 20 de dezembro de 1944, com o objetivo de ser um centro voltado

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

Relato sobre a elaboração do PDTIC da UFMA

Relato sobre a elaboração do PDTIC da UFMA Relato sobre a elaboração do PDTIC da UFMA Nélio Alves Guilhon Tereza Cristina Brito Moreira Lima HISTÓRICO TI DA UFMA 1976: Resolução 423/76 ( 26/04/1976 ) Cria o Centro de Processamento de Dados (CPD)

Leia mais