CONCEPT SPORTS TRAINIG OBJECTIVES OF SPORTS TRAINING FITNESS FOR FUTSAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONCEPT SPORTS TRAINIG OBJECTIVES OF SPORTS TRAINING FITNESS FOR FUTSAL"

Transcrição

1 JOSÉ LUÍS MENDES - PORTUGAL FITNESS FOR FUTSAL CONCEPT SPORTS TRAINIG Organized, systematic, and planned educational process; Aims to develop technical, tactical, physical and psychological abilities; It is based on rules and principles properly studied. OBJECTIVES OF SPORTS TRAINING Maximum Performance Maximum Efficiency Minimum Energy Fast Recovery 2 1

2 PERFORMANCE FACTORS Psychological Preparation Physical Preparation Technical Preparation Tactics Preparation 3 FUTSAL TRAINING Coaching Staff Conception of Game What futsal? Game Training Coordinative Cognitive Conditional Specific Factors 4 2

3 FUTSAL TRAINING PRIORITIES? THERE ARE SEVERAL WAYS TO ACHIEVE THE SAME PURPOSE DIAGNOSTIC OBJECTIVES METODOLOGY CONTROL ADJUSTMENTS What club? Which team? What Players? Competitive Formative Futsal Ideas Schedule; Periodize; Plan. Audio visual media; Volume content of training; Effectiveness; Statistical data. Coach Perception Errors Opponents 5 FUTSAL TRAINING LONG-TERM PLAN MEDIUM-TERM PLAN SHORT-TERM PLAN PLANNING SCHEDULE PERIODIZATION SPECIFIC CONVENTIONAL OBJETIVES CONTENTS TRAINING CYCLES 6 3

4 FUTSAL TRAINING PREPARATORY PERIOD COMPETITIVE PERIOD TRANSITION PERIOD GAME ORGANIZATION CYCLE CYCLE CYCLE CYCLE CYCLE CYCLE CYCLE CYCLE CYCLE CYCLE CYCLE CYCLE - Model adopted game (its evolutionary logic) - Model opponent's game; - Mistakes detected; - Dynamic loads / effort and recovery - Recovery and / or regeneration Exercise 7 WEEKLY STANDARDIZATION Grupo Desportivo Fundação Jorge Antunes FOLGA Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo Análise do jogo anterior e preparação da semana. Táctica de equipa Grandes princípios. (jogo formal, Circulações tácticas) MUSCULAÇÃO Grande tensão muscular. Finalização. Combinações ofensivas. Jogos em espaço reduzido. Concentração e agressividade. Grande tensão muscular. Pressão defensiva Jogos em espaço reduzido. concentração e agressividade. Crioterapia Transições defesa ataque e ataque defesa. Jogos de alternância ofensiva/defensiva. Concentração Jogos espaço reduzido. Transições defesa ataque e ataque defesa. Dinâmica ofensiva / Pressão defensiva VÍDEO MUSCULAÇÃO Acções individuais e grupais. Preparação estratégica (saídas de pressão, 4x3 e 5x4) Resistência específica. Aplicação de conteúdos. Experimentação do plano estratégico-táctico. Velocidade de reacção e execução. Situações estratégicas. Finalização. Velocidade de reacção. Preparação para a competição. JOGO 8 Jorge Gomes Braz 4

5 NATIONAL TEAM Segunda Terça Quarta PLANIFICAÇÃO ESTRATÉGICO- TÁCTICA: Entrega de DVD com informação total acerca do adversário REUNIÃO DE PREPARAÇÃO DO JOGO REUNIÃO DE ANÁLISE E DE PREPARAÇÃO DO PRÓXIMO JOGO. UNIDADE DE TREINO UNIDADE DE TREINO / JOGO ORGANIZAÇÃO DEFENSIVA: Posicionamento; Coberturas defensivas e permutações; Zona Pressionante (linhas de passe). ORGANIZAÇÃO OFENSIVA: Circulações tácticas; Aplicação / Decisão; ESQUEMAS TÁCTICOS: Pontapés de canto; Pontapés de linha lateral; Pontapés livres; Saídas de pressão; JOGO Corrida contínua; Flexibilidade balística; Alongamentos; REPOUSO JOGO Corrida contínua; Flexibilidade balística; Alongamentos; CRIOTERAPIA CRIOTERAPIA 9 METODOLOGY Game Game Model Requirements Game Actions Coordinative Cognitive Conditional The demands of the actions of the game model should include all the components (variables) essentials and constants of the Game 10 (Braz, 2001) 5

6 FUTSAL TRAINING Volume Training Exercise Contents Objectives Criteria for success Complexity Recover EXERCISE COMPONENTS Intensity Duration Density Frequency 11 EFFORT DESCRIPTION* Distance 4-6 Km Medium speed (ms ¹) 1.93±0.13 Heart Rate p/min ± 3.11 Adaptado de Barbero (2002) 12 6

7 EFFORT DESCRIPTION* DIMENSIONS Space Time Rest (0 a 0.1m/s) 1.78 ± % ±1.40 Walk (0.2 a 0.9 m/s) ± % ±1.04 Trot (1 a 2,9 m/s) % Medium Speed(3 a 4.9 m/s) % Fast Speed(5 a 6.9 m/s) % Maximum Speed(+ 7 m/s) % Adaptado de Barbero (2002) 13 EFFORT DESCRIPTION* Futsal is a complex and adaptive motor activity, with alternate randomly changing phases in intensity and volume of work and rest, where all relevant actions have a relatively small duration, but performed with high intensity. (Riveiro, 2000) Futsal is a sport of the intermittent type, which requires a large request of the cardiovascular system, alternating phases of high intensity and variable duration, recovery periods, sometimes active, sometimes passive, of different duration. (Barbero e col., 2004) 14 7

8 Conceptions TRAINING Prolonged Model of state performance v Cognitive vision training Tactical periodization Integrated Model of Training v 15 Training conception GAME Game Ideas Structural and Functional Organization Principels Dimension s Specificity Exercises Effort 16 8

9 WARM-UP Injury Prevention OBJECTIVES Prepare the athlete physically, physiologically and psychologically for intensive activity. 17 WARM-UP General Part Displacements and coordination exercises aimed at activating cardiorespiratory part, joint and large muscle groups. Stretching Specific Part Practicing technical skills, numerical superiority and inferiority situations. Shooting at Goal Changes in speed and direction Global - Complex - Intense Specific + Complex + Intense 18 9

10 Cool downs After Match Running low intensity (Aids in the removal of lactic acid); Stretching (recovery from muscle pain, muscle relaxation, reduction of injuries, improves blood circulation,...); massage; cryotherapy; Next day- depends Regen collective organization; hydrotherapy; gym; 19 Fitness for Futsal Motor Capacities Conditionals Strength Endurance Speed Stretching Aerobic Reaction Active Maximum Anaerobic Displacements Passive Explosive Alactic Execution Resistent Lactic Coordenatives Orientation Timeline Kinesthetic differentiation Motor Reaction Rhythm Balance 20 10

11 FITNESS FOR FUTSAL Relevants Actions in Futsal high intensity and short duration actions Anaerobic Alactic Endurance Speed execution Explosive Strenght 21 (Adaptado de Riveiro, 2000) FITNESS FOR FUTSAL ENDURANCE Physical and mental ability to withstand fatigue at relatively long efforts or the ability to recover quickly after those same efforts (Grosser, s/d)

12 FITNESS FOR FUTSAL Endurance Duration Intensity HR Aerobic Endurance Full Recovery 12 a15 60% a 75% FCM 120 a 160 Aerobic Endurance Alactic Relevant Actions 0 a 15 95% a 100% FCM > 180 Aerobic Endurance Lactic Maintenance of high levels during game 20 a 2 90% a 95% FCM 170 a 190 Mixed Endurance Energy for the entire game 23 (Adaptado de Riveiro, 2000) FITNESS FOR FUTSAL Strength Maxim Fast Resistent Static Explosive Dinnamics Reaction 24 12

13 FITNESS FOR FUTSAL Geral General and multilateral player development; STRENGTH Dirigida Especial/ Competição Specific aims at the development of the athlete, in terms of strength, in the context of the closest match Execucion of actions of game in simultaneous or alternating with strength exercises. Compensatória 25 FITNESS FOR FUTSAL Actions which manifests STRENGTH in the futsal game Shooting Starts Braking Changes of direction Locks 26 13

14 SPEED IN FUTSAL The speed in futsal training should be directed to positively influence the process of perception and analysis of the situation, as well as decision making and motor operation. (Castelo e col., 1998) 27 SPEED IN FUTSAL Speed Cyclic (Displacement speed) Acyclic (Abilities Speed) 28 14

15 SPEED IN FUTSAL Speed at Team Sports Tactical Speed Speed of Performing (Individual) Game Speed (Colective) 29 (Adaptado de Garganta, 2001) SPEED IN FUTSAL Anticipation Reaction Speed in Futsal Decision Perception without the ball with the ball (Weineck, 1994 e Gambetta e col., 1998, citados por Garganta, 2001) 30 15

16 SPEED IN FUTSAL Execution speed Feints Simulations Attempts Breakaway and many other actions 31 (Adaptado de Riveiro, 2000) STRETCHING FOR FUTSAL Stretching Mechanical and physiological capabilities that relates to the anatomical and functional set of muscles and articulations involved in range of motion

17 STRETCHING FOR FUTSAL Stretching Range of motion in performing technical activities Compensatory effect of labor force / muscle tone Prophylactic effect to possible forced movements 33 (Adaptado de Riveiro, 2000) STRETCHING FOR FUTSAL Advantages: Prevention and recovery; Improve performance; Increase articulations mobility; Reduced risk of injury; Muscle elasticity; Reduced fatigue and pain

18 COORDINATION IN FUTSAL Coordination It s the ability that allows an athlete to perform motor actions with precision and economy. (Weineck, s/d, cit. por Riveiro, 2000) It is based in the regulation of the movement from the central nervous system. 35 COORDINATION IN FUTSAL Coordinative Abilities Direction Reaction Balance Rhythm Discrimination 36 (Adaptado de Riveiro, 2000) 18

19 COORDINATION IN FUTSAL Consideration of distances Analysing ball movement Situation in relation to the field Positioning himself / goal SPACE Occupy spaces Situation of displacement and colleagues Situation and displacement of opponents Without ball Movements With ball 37 (Adaptado de Riveiro, 2000) Training examples Variações Exterior Change Movement execution Exemplos Ball type; confined spaces; floors Driving w / bad foot, alternating rhythm Combination of motor skills Play ball with the foot and hand... Time limitation perception info Psychic fatigue relay races, competitions Blindfolded, equality and inferiority. Coordinating work at the end of training. 38 (Adaptado de Ritter, 1985, cit. por Raposo, 1999) 19

20 FITNESS FOR FUTSAL José Luis Mendes 20

Palavras-chave: Controle Autonômico; Recuperação; Treinamento Esportivo; Esportes Coletivos.

Palavras-chave: Controle Autonômico; Recuperação; Treinamento Esportivo; Esportes Coletivos. RESUMO O futsal é um esporte intermitente com muitas substituições e pausas durante a partida, o que possibilita a recuperação de variáveis fisiológicas durante esses momentos, proporcionando ao jogador,

Leia mais

DESCRIÇÃO DA PERCEPÇÃO DE ESFORÇO FRENTE ÀS MODIFICAÇÕES DE REGRAS EM JOGOS-TREINO NO BASQUETEBOL.

DESCRIÇÃO DA PERCEPÇÃO DE ESFORÇO FRENTE ÀS MODIFICAÇÕES DE REGRAS EM JOGOS-TREINO NO BASQUETEBOL. Revista Hórus, volume 7, número 1 (Jan-Mar), 2013. 24 DESCRIÇÃO DA PERCEPÇÃO DE ESFORÇO FRENTE ÀS MODIFICAÇÕES DE REGRAS EM JOGOS-TREINO NO BASQUETEBOL. Murilo José de Oliveira Bueno¹ e Felipe Arruda Moura

Leia mais

ANÁLISE DE UM CICLO DE TREINAMENTO (16 SEMANAS) DE ATLETAS DE FUTEBOL COM DESEMPENHO NA POSIÇÃO DE LATERAL E MEIO DE CAMPO

ANÁLISE DE UM CICLO DE TREINAMENTO (16 SEMANAS) DE ATLETAS DE FUTEBOL COM DESEMPENHO NA POSIÇÃO DE LATERAL E MEIO DE CAMPO Recebido em: 12/3/2010 Emitido parece em: 9/4/2010 Artigo original ANÁLISE DE UM CICLO DE TREINAMENTO (16 SEMANAS) DE ATLETAS DE FUTEBOL COM DESEMPENHO NA POSIÇÃO DE LATERAL E MEIO DE CAMPO Emerson Luiz

Leia mais

FUNCTIONAL TRAINING COACH II E III (JUL 2015) PORTO

FUNCTIONAL TRAINING COACH II E III (JUL 2015) PORTO FUNCTIONAL TRAINING COACH II E III (JUL 2015) PORTO Depois do sucesso do Módulo I de FT Coach, é com muita satisfação que apresentamos um novo curso com os temas "Core Performance" e "Strength Conditioning",

Leia mais

29-30.april.2015. ISMAI auditorium FOOTBALL PROGRAMME

29-30.april.2015. ISMAI auditorium FOOTBALL PROGRAMME 29-30.april.2015 ISMAI auditorium FOOTBALL PROGRAMME 29.04. PROGRAMME 9:00 OPENING SESSION José Azevedo, Dr President of the Board of Maiêutica Domingos Oliveira Silva, PhD Rector of the University Institute

Leia mais

VELOCIDADE NO BASQUETEBOL SPEED IN THE BASKETBALL

VELOCIDADE NO BASQUETEBOL SPEED IN THE BASKETBALL Revista Conexões v. 4, n. 2, 2006 47 VELOCIDADE NO BASQUETEBOL SPEED IN THE BASKETBALL Mndo. João Nunes Ms. Eduardo Fantato Dr. Paulo Cesar Montagner Faculdade de Educação Física/UNICAMP Resumo O treinamento

Leia mais

ACEF/1112/07342 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/07342 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/07342 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/07342 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

EFEITOS DO TREINAMENTO EM RUGBY EM CADEIRA DE RODAS EM ATLETAS DE ELITE COM LESÃO DA MEDULA ESPINHAL

EFEITOS DO TREINAMENTO EM RUGBY EM CADEIRA DE RODAS EM ATLETAS DE ELITE COM LESÃO DA MEDULA ESPINHAL EFEITOS DO TREINAMENTO EM RUGBY EM CADEIRA DE RODAS EM ATLETAS DE ELITE COM LESÃO DA MEDULA ESPINHAL Luis Felipe Castelli Correia de Campos -2-6 Luiz Gustavo Teixeira Fabrício dos Santos 2-6 Lucinar Jupir

Leia mais

Portugal Cup Vodafone 2013

Portugal Cup Vodafone 2013 TAÇA DE PORTUGAL DHI VODAFONE 2013 Portugal Cup Vodafone 2013 PORTO DE MÓS (GUIA TÉCNICO) Technical Guide INDÍCE / INDEX Informação do evento / The venue...3 Organização / Organization... 3 Apresentação

Leia mais

desenvolvimento de software em indústria, comunidades acadêmicas e científicas uma fábrica de software?... joa@ufrpe.br silvio@cesar.org.

desenvolvimento de software em indústria, comunidades acadêmicas e científicas uma fábrica de software?... joa@ufrpe.br silvio@cesar.org. desenvolvimento de software em indústria, comunidades acadêmicas e científicas uma fábrica de software?... joa@ufrpe.br silvio@cesar.org.br laboratórios de desenvolvimento... Produção de Software: histórico

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

EIA and SEA differences and relationship

EIA and SEA differences and relationship Mestrado em Urbanismo e Ordenamento do Território/ Master in Urban Studies and Territorial Management Mestrado em Engenharia do Ambiente / Master in Environmental Engineering Avaliação Ambiental Estratégica

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

Stress físico do árbitro de futebol no jogo

Stress físico do árbitro de futebol no jogo A. Rebelo S. Silva N. Pereira J. Soares Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física Universidade do Porto RESUMO Só conhecendo com rigor as exigências que se colocam ao árbitro em jogo poderemos

Leia mais

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Código Code Unidade Curricular Course Unit Português para Estrangeiros nível intermédio B Portuguese

Leia mais

Excellence in Algarve. ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS LOULÉ/FARO (Association of Municipalities of Loulé/Faro)

Excellence in Algarve. ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS LOULÉ/FARO (Association of Municipalities of Loulé/Faro) 01 Excellence in Algarve ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS LOULÉ/FARO (Association of Municipalities of Loulé/Faro) Apresentação Introduction 02 Após o sucesso da organização do Euro 2004, o Estádio Algarve afirma-se

Leia mais

Cyclic loading. Yield strength Maximum strength

Cyclic loading. Yield strength Maximum strength Cyclic Test Summary Results SAFECAST Project Yield strength Maximum strength Cyclic loading Yield displacement (d y ) Ultimate displacement Total energy dissipated by the connection Total energy dissipated

Leia mais

Relevância do treinamento em espaço reduzido para o desenvolvimento das habilidades de tomada de decisão e autonomia no jogador de futebol

Relevância do treinamento em espaço reduzido para o desenvolvimento das habilidades de tomada de decisão e autonomia no jogador de futebol ISSN: 1983-7194 Relevância do treinamento em espaço reduzido para o desenvolvimento das habilidades de tomada de decisão e autonomia no jogador de futebol Relevance of small field training for development

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA PREPARAÇÃO FÍSICA NO BASQUETE

A IMPORTÂNCIA DA PREPARAÇÃO FÍSICA NO BASQUETE A IMPORTÂNCIA DA PREPARAÇÃO FÍSICA NO BASQUETE RESUMO ESTELA KAMILA LORENZETTI LEMKE ELIZANGELA REGINA REIS FACULDADE CENTRO MATOGROSSENSE FACEM RUA RUI BARBOSA Nº 380 estela.personal@hotmail.com elizreis82@hotmail.com

Leia mais

Estudo comparativo do comportamento táctico na variante 'GR3x3GR' utilizando

Estudo comparativo do comportamento táctico na variante 'GR3x3GR' utilizando Estudo comparativo do comportamento táctico na variante 'GR3x3GR' utilizando balizas de futsal e de futebol de sete Estudio comparativo del comportamiento táctico en la variante 'GR3x3GR' utilizando arcos

Leia mais

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office DPI Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office Apresentação/Presentation Criado em 1 de março de 2011, o Núcleo de

Leia mais

Braskem Máxio. Maio / May 2015

Braskem Máxio. Maio / May 2015 Maio / May 2015 Braskem Máxio Braskem Máxio Braskem Maxio é um selo que identifica resinas de PE, PP ou EVA dentro do portfólio da Braskem com menor impacto ambiental em suas aplicações. Esta exclusiva

Leia mais

UNIVERSIDADE METODISTA DE PIRACICABA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - FACIS CURSO DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA MARCELO URBANO

UNIVERSIDADE METODISTA DE PIRACICABA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - FACIS CURSO DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA MARCELO URBANO UNIVERSIDADE METODISTA DE PIRACICABA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - FACIS CURSO DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA MARCELO URBANO ANÁLISE DA POTÊNCIA ANAERÓBIA EM ATLETAS DA MODALIDADE BICICROSS SUBMETIDOS

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS E FORMAÇÃO INTEGRADA ROBSON CARNEIRO ROSA

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS E FORMAÇÃO INTEGRADA ROBSON CARNEIRO ROSA 3 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS E FORMAÇÃO INTEGRADA ROBSON CARNEIRO ROSA BREVE NOTA SOBRE TREINAMENTO FUNCIONAL: VISÃO GERAL, OBJETIVO E METODOLOGIA. Goiânia/ 2012

Leia mais

A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA. Fredemar Rüncos

A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA. Fredemar Rüncos Resumo da Dissertação apresentada à UFSC como parte dos requisitos necessários para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Elétrica. A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA

Leia mais

ÍNDICE GERAL Capítulo 1 Introdução Capítulo 2 Revisão geral da literatura.. 24 Capítulo 3 Considerações instrumentais

ÍNDICE GERAL Capítulo 1 Introdução Capítulo 2 Revisão geral da literatura.. 24 Capítulo 3 Considerações instrumentais RESUMO O presente estudo pretende responder à questão de determinar os factores aptos a promover o desportivismo e as competências pró-sociais no desporto infanto-juvenil. Partindo da escolha e validação

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE O MOMENTO DE INCIDÊNCIA DE GOLS E A COMPARAÇÃO ENTRE A EQUIPE MANDANTE E A VISITANTE NO CAMPEONATO PAULISTA DE 2009

UM ESTUDO SOBRE O MOMENTO DE INCIDÊNCIA DE GOLS E A COMPARAÇÃO ENTRE A EQUIPE MANDANTE E A VISITANTE NO CAMPEONATO PAULISTA DE 2009 Recebido em: 1/3/211 Emitido parece em: 23/3/211 Artigo inédito UM ESTUDO SOBRE O MOMENTO DE INCIDÊNCIA DE GOLS E A COMPARAÇÃO ENTRE A EQUIPE MANDANTE E A VISITANTE NO CAMPEONATO PAULISTA DE 29 Leandro

Leia mais

RELAÇÃO ENTRE A EFICÁCIA DA SUPERIORIDADE NUMÉRICA TEMPORAL E O RESULTADO DA PARTIDA NO POLO AQUÁTICO

RELAÇÃO ENTRE A EFICÁCIA DA SUPERIORIDADE NUMÉRICA TEMPORAL E O RESULTADO DA PARTIDA NO POLO AQUÁTICO DOI: 10.4025/reveducfis.v26i4.26914 RELAÇÃO ENTRE A EFICÁCIA DA SUPERIORIDADE NUMÉRICA TEMPORAL E O RESULTADO DA PARTIDA NO POLO AQUÁTICO RELATIONSHIP BETWEEN MAN-UP PLAY PERFORMANCE AND MATCH OUTCOME

Leia mais

Introduction to Network Design and Planning

Introduction to Network Design and Planning Introduction to Network Design and Planning Joao.Neves@fe.up.pt 1 In the Beginning... The project of a Network was the result of the inspiration of a guru or an "artist" (after all was considered an art...)

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

Braskem Maxio. Resinas da linha Braskem Maxio Braskem Maxio Grades. Redução de Consumo Energético Lower Energy Consumption.

Braskem Maxio. Resinas da linha Braskem Maxio Braskem Maxio Grades. Redução de Consumo Energético Lower Energy Consumption. Maio / May 2015 Resinas da linha Grades Redução de Consumo Energético Lower Energy Consumption RP 141 RP 347 RP 340S RP 340R RP 149 H 105 Produtividade Higher Productivity H 202HC CP 191XP VA8010SUV Redução

Leia mais

Variação dos valores da distância percorrida e da velocidade de deslocamento em sessões de treino e em competições de futebolistas juniores

Variação dos valores da distância percorrida e da velocidade de deslocamento em sessões de treino e em competições de futebolistas juniores Variação dos valores da distância percorrida e da velocidade de deslocamento em sessões de treino e em competições de futebolistas juniores Pedro F. Caixinha 1 Jaime Sampaio 2 Pedro V. Mil-Homens 3 RESUMO

Leia mais

Public Transport in Numbers

Public Transport in Numbers Nino Aquino ninoaquino@sinergiaestudos.com.br Sinergia Estudos e Projetos Ltda www.sinergiaestudos.com.br September 2009 Demand in bus systems Urban Bus Systems Main State Capitals* Passengers per month

Leia mais

Operação e Manutenção de Vias. Road operation and Maintenance. Semestre do plano de estudos 3

Operação e Manutenção de Vias. Road operation and Maintenance. Semestre do plano de estudos 3 Nome UC Operação e Manutenção de Vias CU Name Código UC 747 Curso MEC Semestre do plano de estudos 3 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 136 ECTS 5 Horas de contacto T

Leia mais

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Informática e Programação CU Name Código UC 4 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Informática Duração Semestral Horas de trabalho 135 ECTS 5 Horas de contacto TP - 67,5 Observações

Leia mais

Velocidade no Futebol - Capacidade é complexa e precisa ser analisada de forma global

Velocidade no Futebol - Capacidade é complexa e precisa ser analisada de forma global Velocidade no Futebol - Capacidade é complexa e precisa ser analisada de forma global Marcio Faria CORREA Quando falamos em velocidade, uma capacidade neuro-motora tão importante para a maioria dos esportes,

Leia mais

O Rugby na Escola. Acção de Formação Maia Saudável Junho 2009. Francisco Carvalho - "Maia Saudável" - 2009

O Rugby na Escola. Acção de Formação Maia Saudável Junho 2009. Francisco Carvalho - Maia Saudável - 2009 O Rugby na Escola Acção de Formação Maia Saudável Junho 2009 História do Jogo O rugby teve origem em Inglaterra quando um estudante, Web Wellis do Colégio de Rugby, durante um jogo de futebol, segurou

Leia mais

ASPECTOS PSICOLÓGICOS NO Futsal através do treino Integrado

ASPECTOS PSICOLÓGICOS NO Futsal através do treino Integrado ASPECTOS PSICOLÓGICOS NO Futsal através do treino Integrado Francisco Batista Introdução A aplicação da Psicologia no treino desportivo tem, nestes últimos anos sido muito importante. A Psicologia é uma

Leia mais

APTIDÃO FÍSICA PARA A SAÚDE DOS ESCOLARES DOS PRIMEIROS ANOS PARTICIPANTES DAS OFICINAS DE EDUCAÇÃO PSICOMOTORA DO PIBID/UNICRUZ/EDUCAÇÃO FÍSICA 1

APTIDÃO FÍSICA PARA A SAÚDE DOS ESCOLARES DOS PRIMEIROS ANOS PARTICIPANTES DAS OFICINAS DE EDUCAÇÃO PSICOMOTORA DO PIBID/UNICRUZ/EDUCAÇÃO FÍSICA 1 APTIDÃO FÍSICA PARA A SAÚDE DOS ESCOLARES DOS PRIMEIROS ANOS PARTICIPANTES DAS OFICINAS DE EDUCAÇÃO PSICOMOTORA DO PIBID/UNICRUZ/EDUCAÇÃO FÍSICA 1 SCHNEIDER, Camila 2 PEDROTTI, Paulo Henrique de Oliveira²

Leia mais

2. HUMAN RESOURCES 2. RECURSOS HUMANOS 1 RECRUTAMENTO E SELECÇÃO 1 RECRUITMENT AND SELECTION 2 QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES

2. HUMAN RESOURCES 2. RECURSOS HUMANOS 1 RECRUTAMENTO E SELECÇÃO 1 RECRUITMENT AND SELECTION 2 QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES RECURSOS HUMANOS HUMAN RESOURCES . RECURSOS HUMANOS RECRUTAMENTO E SELECÇÃO. HUMAN RESOURCES RECRUITMENT AND SELECTION O recrutamento e a situação contratual, no ano em análise, e face ao anterior, caracterizaram-se

Leia mais

Treinamento de Força e Diabetes. Ms. Sandro de Souza

Treinamento de Força e Diabetes. Ms. Sandro de Souza Treinamento de Força e Diabetes Ms. Sandro de Souza Taxa de prevalência de Diabetes Mellitus Período: 2009 Relevância Diagnóstico de DIABETES MELLITUS Diabetes Care. 2007;30:S4 41. Resistência a Insulina

Leia mais

Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry

Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry LABORATÓRIO NACIONAL DE METROLOGIA DAS RADIAÇÕES IONIZANTES IRD- Instituto de Radioproteção e Dosimetria Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry Karla C. de Souza Patrão, Evaldo S. da Fonseca,

Leia mais

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015 Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016 Julho de 2015 JOGOS OLÍMPICOS 5-21 de agosto 10.500 ATLETAS DE PAÍSES 45.000 204 VOLUNTÁRIOS 25.100 PROFISSIONAIS DE MÍDIA CREDENCIADOS 6.700 INTEGRANTES DAS DELEGAÇÕES

Leia mais

METODOLOGIAS ESTATÍSTICAS APLICADAS A DADOS DE ANÁLISES QUÍMICAS DA ÁGUA PRODUZIDA EM UM CAMPO MADURO DE PETRÓLEO

METODOLOGIAS ESTATÍSTICAS APLICADAS A DADOS DE ANÁLISES QUÍMICAS DA ÁGUA PRODUZIDA EM UM CAMPO MADURO DE PETRÓLEO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA CT CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE PETRÓLEO - PPGCEP DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

Leia mais

Serviços: API REST. URL - Recurso

Serviços: API REST. URL - Recurso Serviços: API REST URL - Recurso URLs reflectem recursos Cada entidade principal deve corresponder a um recurso Cada recurso deve ter um único URL Os URLs referem em geral substantivos URLs podem reflectir

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE VOLEIBOL WEST EUROPEAN VOLLEYBALL ZONAL ASSOCIATION WEVZA VOLLEYBALL COACHES SEMINAR

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE VOLEIBOL WEST EUROPEAN VOLLEYBALL ZONAL ASSOCIATION WEVZA VOLLEYBALL COACHES SEMINAR FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE VOLEIBOL WEST EUROPEAN VOLLEYBALL ZONAL ASSOCIATION WEVZA VOLLEYBALL COACHES SEMINAR 5, 6 E 7 DE JUNHO VALLADOLID (ESPANHA) PROPOSTA Tendo em conta a atribuição de 4 bolsas para

Leia mais

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Adcley Souza (adcley.souza@hotmail.com) Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric

Leia mais

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES a. Unidade curricular Course unit title: Construção da Imagem Fílmica Construction of the Filmic Image Código: 01343927 Code: 01343927 b. ECTS: 5.0 c. Horas de contacto

Leia mais

XI Congresso Nacional de Engenharia do Ambiente Certificação Ambiental e Responsabilização Social nas Organizações

XI Congresso Nacional de Engenharia do Ambiente Certificação Ambiental e Responsabilização Social nas Organizações Livro de actas do XI Congresso Nacional de Engenharia do Ambiente Certificação Ambiental e Responsabilização Social nas Organizações 20 e 21 de Maio de 2011 Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Leia mais

Coordinator of the FCT Team Project in Lisbon Local Agenda 21 Case Study Bairro do Charquinho

Coordinator of the FCT Team Project in Lisbon Local Agenda 21 Case Study Bairro do Charquinho Coordinator of the FCT Team Project in Lisbon Local Agenda 21 Case Study Agenda 21 Local de Lisboa Ameixoeira, Benfica, Carnide, Charneca e Lumiar Dec 2010 Feb 201 A Project in Partnership Lisbon Local

Leia mais

SISTEMA PNEUMÁTICO PARA CARGA, DESCARGA E MOVIMENTAÇÃO DOS GRÃOS DURANTE A SECAGEM DE CAFÉ

SISTEMA PNEUMÁTICO PARA CARGA, DESCARGA E MOVIMENTAÇÃO DOS GRÃOS DURANTE A SECAGEM DE CAFÉ SISTEMA PNEUMÁTICO PARA CARGA, DESCARGA E MOVIMENTAÇÃO DOS GRÃOS DURANTE A SECAGEM DE CAFÉ Juarez de Sousa e SILVA¹, juarez@ufv.br; Cristiane Pires SAMPAIO²; cpsampaio@ulbra to.br; Roberta Martins NOGUEIRA

Leia mais

Planeamento do Treino É o processo de análise, definição e sistematização das diferentes operações inerentes ao desenvolvimento e formação dos atletas

Planeamento do Treino É o processo de análise, definição e sistematização das diferentes operações inerentes ao desenvolvimento e formação dos atletas PLANEAMENTO DO TREINO Planeamento do Treino É o processo de análise, definição e sistematização das diferentes operações inerentes ao desenvolvimento e formação dos atletas e/ou das equipas. Diz respeito

Leia mais

AVALIAÇÃO DA POTÊNCIA ANAERÓBIA ANTES E APÓS O PERÍODO COMPETITIVO EM ATLETAS PROFISSIONAIS DE FUTEBOL

AVALIAÇÃO DA POTÊNCIA ANAERÓBIA ANTES E APÓS O PERÍODO COMPETITIVO EM ATLETAS PROFISSIONAIS DE FUTEBOL AVALIAÇÃO DA POTÊNCIA ANAERÓBIA ANTES E APÓS O PERÍODO COMPETITIVO EM ATLETAS PROFISSIONAIS DE FUTEBOL Diogo Henrique Constantino Coledam Douglas dos Santos Júlio Wilson dos Santos Resumo O objetivo deste

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO 4Q08 Results Conference Call Friday: March 13, 2008 Time: 12:00 p.m (Brazil) 11:00 a.m (US EDT) Phone: +1 (888) 700.0802 (USA) +1 (786) 924.6977 (other countries)

Leia mais

Solicitação de Mudança 01

Solicitação de Mudança 01 Solicitação de Mudança 01 Refatorar a especificação da linha de produtos Crisis Management System permitindo que o suporte ao registro de LOG seja opcional. Isso significa que o comportamento descrito

Leia mais

Palavras-chave: Futebol. Preparação física. Diferentes Posições.

Palavras-chave: Futebol. Preparação física. Diferentes Posições. DIFERENTES POSIÇÕES DO FUTEBOL DE CAMPO E A ESPECIFICIDADE DA PREPARAÇÃO FÍSICA Jaemyeong Shin Sônia Beatriz da Silva Gomes RESUMO A preparação física no futebol é implantada em qualquer atividade referente

Leia mais

INFLUÊNCIA DOS DIFERENTES MÉTODOS DE RECUPERAÇÃO PÓS-COMPETITIVA SOBRE AS VARIÁVEIS FADIGA E VIGOR NAS CORRIDAS DE FUNDO DO ATLETISMO

INFLUÊNCIA DOS DIFERENTES MÉTODOS DE RECUPERAÇÃO PÓS-COMPETITIVA SOBRE AS VARIÁVEIS FADIGA E VIGOR NAS CORRIDAS DE FUNDO DO ATLETISMO INFLUÊNCIA DOS DIFERENTES MÉTODOS DE RECUPERAÇÃO PÓS-COMPETITIVA SOBRE AS VARIÁVEIS FADIGA E VIGOR NAS CORRIDAS DE FUNDO DO ATLETISMO Marcus Vinicius da Silva, Daniel Schimitz de Freitas, Leandro de Souza

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Ficha da Unidade Curricular CURSO Mestrado em U.C. SISTEMAS INTEGRADOS DE Gestão Integrada da Qualidade,Ambiente e Segurança GESTÃO Horas presenciais

Leia mais

Jornadas Técnico-Pedagógica Hóquei em Patins

Jornadas Técnico-Pedagógica Hóquei em Patins Federação Portuguesa de Patinagem Jornadas Técnico-Pedagógica Hóquei em Patins Associação de Patinagem de Lisboa GrupoDesportivode Patinagem Cascais, 23 de Abril de 2005 Federação Portuguesa de Patinagem

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

Caracterização da demanda física de pequenos jogos no futebol: influência do estatuto posicional

Caracterização da demanda física de pequenos jogos no futebol: influência do estatuto posicional Artigo Original Caracterização da demanda física de pequenos jogos no futebol: influência do estatuto posicional Physical demand in soccer small-sided games: playing position influence PRAÇA, G M; SILVA,

Leia mais

COMPORTAMENTOS TÁTICOS NO JOGO DE FUTSAL: OS PRINCÍPIOS DO JOGO

COMPORTAMENTOS TÁTICOS NO JOGO DE FUTSAL: OS PRINCÍPIOS DO JOGO COMPORTAMENTOS TÁTICOS NO JOGO DE FUTSAL: OS PRINCÍPIOS DO JOGO LUÍS BRAVO 1 MARIA TERESA OLIVEIRA 2 1 Docente no Agrupamento de Escolas de Sátão Portugal. (e-mail: luisbrav@gmail.com) 2 Docente da Escola

Leia mais

EFEITO DE DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE AQUECIMENTO NO DESEMPENHO DOS TESTES DE 1RM NO SUPINO RETO. Lucas Henrique Foganholi 1 e Débora Alves Guariglia 1

EFEITO DE DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE AQUECIMENTO NO DESEMPENHO DOS TESTES DE 1RM NO SUPINO RETO. Lucas Henrique Foganholi 1 e Débora Alves Guariglia 1 Revista Hórus, volume 6, número 1 (Jan-Mar), 2012. 48 EFEITO DE DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE AQUECIMENTO NO DESEMPENHO DOS TESTES DE 1RM NO SUPINO RETO Lucas Henrique Foganholi 1 e Débora Alves Guariglia

Leia mais

WATER MATTRESS MASSAGE SYSTEM 20439

WATER MATTRESS MASSAGE SYSTEM 20439 Page 1 of 10 WATER MATTRESS MASSAGE SYSTEM 20439 CONTENTS Massage System with Controller Please note: the above image shows a white unit and a blue unit. The white unit is supplied inside the blue unit

Leia mais

UNIVERSIDADE DE COIMBRA Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física. Jogos e Emoções

UNIVERSIDADE DE COIMBRA Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física. Jogos e Emoções UNIVERSIDADE DE COIMBRA Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física Jogos e Emoções Expressão Emocional em situações reais de jogos do Domínio Psicomotor João Carlos Fernandes Pessoa Gonçalves

Leia mais

SIMULATION OF FLOW AROUND FLOATING STRUCTURES: SHIPS AND PLATFORMS

SIMULATION OF FLOW AROUND FLOATING STRUCTURES: SHIPS AND PLATFORMS 2013 CAE NAVAL & OFFSHORE Windsor Guanabara, Rio de Janeiro/RJ Brasil 13 de Junho de 2013 SIMULATION OF FLOW AROUND FLOATING STRUCTURES: SHIPS AND PLATFORMS Alexandre T. P. Alho Laboratório de Sistemas

Leia mais

Título: Influência do tempo de jogo nos comportamentos táticos de jogadores de futebol, no Teste GR3-3GR

Título: Influência do tempo de jogo nos comportamentos táticos de jogadores de futebol, no Teste GR3-3GR Seção: Artigos Título: Influência do tempo de jogo nos comportamentos táticos de jogadores de futebol, no Teste GR3-3GR Israel Teoldo da Costa 1,2, Júlio Garganta 3, Pablo Juan Greco 2, Ezequiel Muller

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

JOGADORES JUVENIS DE FUTEBOL SUBMETIDOS A TREINAMENTO GENERALISTAE DIFERENÇA NA POTÊNCIA AERÓBIA EM CONSEQUÊNCIA DE SEU POSICIONAMENTO TÁTICO EM CAMPO

JOGADORES JUVENIS DE FUTEBOL SUBMETIDOS A TREINAMENTO GENERALISTAE DIFERENÇA NA POTÊNCIA AERÓBIA EM CONSEQUÊNCIA DE SEU POSICIONAMENTO TÁTICO EM CAMPO JOGADORES JUVENIS DE FUTEBOL SUBMETIDOS A TREINAMENTO GENERALISTAE DIFERENÇA NA POTÊNCIA AERÓBIA EM CONSEQUÊNCIA DE SEU POSICIONAMENTO TÁTICO EM CAMPO Marcelo Ribeiro Ramos, Faculdade de Minas FAMINAS,

Leia mais

Comparação do desempenho em saltos verticais entre jogadores de futebol de diferentes posições da categoria infantil

Comparação do desempenho em saltos verticais entre jogadores de futebol de diferentes posições da categoria infantil ISSN: 1983-7194 Comparação do desempenho em saltos verticais entre jogadores de futebol de diferentes posições da categoria infantil Performance comparison in vertical jumps between soccer players different

Leia mais

ICS-GT INTEGRATED CONTROL SYSTEM FOR GAS TURBINE

ICS-GT INTEGRATED CONTROL SYSTEM FOR GAS TURBINE ICS-GT INTEGRATED CONTROL SYSTEM FOR GAS TURBINE ICS Gas Turbine Complete Control ICS-GT control system is an plc-based, integrated solution for gas turbine control and protection. The ICS-GT control system

Leia mais

ANÁLISE DE JOGO E SUAS POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES NA EVOLUÇÃO DO FUTEBOL.

ANÁLISE DE JOGO E SUAS POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES NA EVOLUÇÃO DO FUTEBOL. 1 ANÁLISE DE JOGO E SUAS POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES NA EVOLUÇÃO DO FUTEBOL. Bernardino Sogabe Priante Aluno concluinte do CEDF/UEPA bernardinosogabepriante@yahoo.com.br Carlos Dorneles Professor Mestre orientador

Leia mais

I ENCONTRO DE TECNICOS FORMADORES

I ENCONTRO DE TECNICOS FORMADORES I ENCONTRO DE TECNICOS FORMADORES Treinamento Tático Dr. Gylton Da Matta Treinamento Tático no Volleyball: Princípios Pedagógicos Aplicados ao Ensino to Pensamento Tático: Como jogar voleibol! Como aprender

Leia mais

ANÁLISE DAS RESPOSTAS NEUROMUSCULARES DOS EXTENSORES DO JOELHO APÓS PROGRAMA DE EXERCÍCIO RESISTIDO COM CONTRAÇÕES RECÍPROCAS

ANÁLISE DAS RESPOSTAS NEUROMUSCULARES DOS EXTENSORES DO JOELHO APÓS PROGRAMA DE EXERCÍCIO RESISTIDO COM CONTRAÇÕES RECÍPROCAS UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UnB FACULDADE DE CEILÂNDIA-FCE CURSO DE FISIOTERAPIA PÂMELLA RIBEIRO RODRIGUES ANÁLISE DAS RESPOSTAS NEUROMUSCULARES DOS EXTENSORES DO JOELHO APÓS PROGRAMA DE EXERCÍCIO RESISTIDO

Leia mais

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Agenda Agenda Futuro da produção farmacêutica Future of pharmaceutical production Compressão como principal ponto no processo de

Leia mais

Ontology Building Process: The Wine Domain

Ontology Building Process: The Wine Domain Ontology Building Process: The Wine Domain João Graça, Márcio Mourão, Orlando Anunciação, Pedro Monteiro, H. Sofia Pinto, and Virgílio Loureiro Summary Context Ontology Wine Domain Existing Wine Ontologies

Leia mais

MESA REDONDA CONVENCIONAL: UM ESPORTE, UM GESTO, UMA LESÃO

MESA REDONDA CONVENCIONAL: UM ESPORTE, UM GESTO, UMA LESÃO MESA REDONDA CONVENCIONAL: UM ESPORTE, UM GESTO, UMA LESÃO FUTEBOL, DRIBLE, LESÃO DO LCA O RETORNO Dr. Lúcio S. Ernlund, MSc Coordenador Médico Coritiba Football Club Instituto de Joelho e Ombro Curitiba

Leia mais

Profissionalização de Organizações Esportivas:

Profissionalização de Organizações Esportivas: Eduardo de Andrade Pizzolato Profissionalização de Organizações Esportivas: Estudo de caso do Voleibol Brasileiro Dissertação de Mestrado (Opção profissional) Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação

Leia mais

Sistema de Auxílio à Navegação com Monitoramento e Orientação Remota Adaptado para o Treinamento de Atletas Cegos em Pista de Atletismo.

Sistema de Auxílio à Navegação com Monitoramento e Orientação Remota Adaptado para o Treinamento de Atletas Cegos em Pista de Atletismo. Sistema de Auxílio à Navegação com Monitoramento e Orientação Remota Adaptado para o Treinamento de Atletas Cegos em Pista de Atletismo. Henrique dos Santos Felipetto 1 Profº Dr. Adão Robson Elias 1 Profº

Leia mais

ANÁLISE DA FREQUÊNCIA CARDÍACA EM FUTEBOLISTAS SUB-15 AN ALYSIS OF HEART RATE IN U-15 SOCCER PLAYERS

ANÁLISE DA FREQUÊNCIA CARDÍACA EM FUTEBOLISTAS SUB-15 AN ALYSIS OF HEART RATE IN U-15 SOCCER PLAYERS Recebido: 27/07/2013 Parecer emitido em: 18/08/2013 Artigo original ANÁLISE DA FREQUÊNCIA CARDÍACA EM FUTEBOLISTAS SUB-15 Lai diston Sales Godinho 1, F abrício Sales Ubaldo Pereira 2, Adriano Araújo Lobo

Leia mais

Starting an Exercise Program

Starting an Exercise Program Starting an Exercise Program Regular exercise is a part of a healthy lifestyle. Talk to your doctor about what type and how much exercise to do if you: Have not been active Have any health problems Are

Leia mais

ANALYSIS OF MUSCULAR INJURIES INDICES IN SOCCER ATHLETES OF INTERNATIONAL SPORT CLUB IN SANTA MARIA/NOVO HORIZONTE - RS 1

ANALYSIS OF MUSCULAR INJURIES INDICES IN SOCCER ATHLETES OF INTERNATIONAL SPORT CLUB IN SANTA MARIA/NOVO HORIZONTE - RS 1 Disciplinarum Scientia. Série: Ciências da Saúde, Santa Maria, v. 6, n. 1, 2005. 81 ANÁLISE DOS ÍNDICES DE LESÕES MUSCULARES EM ATLETAS DE FUTEBOL DO ESPORTE CLUBE INTERNACIONAL DE SANTA MARIA / NOVO 1

Leia mais

Força e Resistência Muscular

Força e Resistência Muscular Força e Resistência Muscular Prof. Sergio Gregorio da Silva, PhD Objetivos do Treinamento com Pesos Aumento da massa muscular Força Potência Velocidade Resistência Muscular Localizada Equilibro Coordenação

Leia mais

Gerenciamento de projetos SMART GRID

Gerenciamento de projetos SMART GRID Gerenciamento de projetos SMART GRID OBJETIVO Em razão da (o): Grandiosidade e complexidade dos projetos SMART GRID Contexto econômico local e global vs. QUALIDADE dos serviços públicos. p Exigências de

Leia mais

Resumo. Palavras chave: acionamentos, moendas, eletro-hidráulicos, eletro-mecânicos. Abstract

Resumo. Palavras chave: acionamentos, moendas, eletro-hidráulicos, eletro-mecânicos. Abstract Resumo COMPARAÇÃO DOS ACIONAMENTOS DE VELOCIDADE VARIÁVEL PARA MOENDAS DE CANA DE AÇÚCAR Gunnar Ivarsson, Tomas Kallin, Juliusz Lewinski Bosch Rexroth, Suécia Paulo Grassmann Bosch Rexroth, Brasil O objeto

Leia mais

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497)

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Formato do curso: Presencial Preço: 800 Nível: Intermédio Duração: 12 horas Este curso, mostra a Programadores e Testers como utilizar as ferramentas do

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

Controle de Acesso ao Meio

Controle de Acesso ao Meio Controle de Acesso ao Meio Francisco José da Silva e Silva Laboratório de Sistemas Distribuídos (LSD) Departamento de Informática / UFMA http://www.lsd.deinf.ufma.br 23 de agosto de 2010 Francisco Silva

Leia mais

Self-reported diabetes: a feasible solution for national surveys in developing countries as Brazil.

Self-reported diabetes: a feasible solution for national surveys in developing countries as Brazil. Self-reported diabetes: a feasible solution for national surveys in developing countries as Brazil. Valéria M. Azeredo Passos, Janaina Caldeira Pereira, Sandhi Maria Barreto INTRODUCTION Type 2 diabetes

Leia mais

UNIDADE DE PESQUISA CLÍNICA Centro de Medicina Reprodutiva Dr Carlos Isaia Filho Ltda. SAMPLE SIZE DETERMINATION FOR CLINICAL RESEARCH

UNIDADE DE PESQUISA CLÍNICA Centro de Medicina Reprodutiva Dr Carlos Isaia Filho Ltda. SAMPLE SIZE DETERMINATION FOR CLINICAL RESEARCH SAMPLE SIZE DETERMINATION FOR CLINICAL RESEARCH Duolao Wang; Ameet Bakhai; Angelo Del Buono; Nicola Maffulli Muscle, Tendons and Ligaments Journal, 2013 Santiago A. Tobar L., Dsc. Why to determine the

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS UMA VANTAGEM COMPETITIVA COM A TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS AMANDA ZADRES DANIELA LILIANE ELIANE NUNES ELISANGELA MENDES Guarulhos

Leia mais

SISTEMA DE SUPORTE A DECISÕES AGRONÔMICAS VIA WEB PARA O ESTADO DE GOIÁS

SISTEMA DE SUPORTE A DECISÕES AGRONÔMICAS VIA WEB PARA O ESTADO DE GOIÁS SISTEMA DE SUPORTE A DECISÕES AGRONÔMICAS VIA WEB PARA O ESTADO DE GOIÁS Rosidalva Lopes F. da Paz (1), André de Oliveira Amorim (1), Aparecida Socorro Cardoso (1), Diego Simões Fernandes (2), Alexandre

Leia mais

A Influência do Correio Eletrônico na Comunicação Organizacional

A Influência do Correio Eletrônico na Comunicação Organizacional Claudia Müller de Almeida A Influência do Correio Eletrônico na Comunicação Organizacional Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo Programa

Leia mais

REPETIÇÕES MÁXIMAS COM 90% DA 1RM NOS EXERCÍCIOS SUPINO RETO E LEG PRESS APÓS AQUECIMENTO ESPECÍFICO E ALONGAMENTO ESTÁTICO

REPETIÇÕES MÁXIMAS COM 90% DA 1RM NOS EXERCÍCIOS SUPINO RETO E LEG PRESS APÓS AQUECIMENTO ESPECÍFICO E ALONGAMENTO ESTÁTICO 50 REPETIÇÕES MÁXIMAS COM 90% DA 1RM NOS EXERCÍCIOS SUPINO RETO E LEG PRESS APÓS AQUECIMENTO ESPECÍFICO E ALONGAMENTO ESTÁTICO MAXIMUM REPETITIONS WITH 90% OF 1MR IN BENCH PRESS AND LEG PRESS EXERCISES

Leia mais

Semestre do plano de estudos 1

Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Inglês CU Name Código UC 6 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 54 ECTS 2 Horas de contacto TP - 22,5 Observações n.a. Docente responsável

Leia mais

PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores

PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores THIS PROGRAM AIMS TO TOAST OUR CUSTOMERS WITH THE OPPORTUNITY TO DISCOVER AND EXPLORE THE FAIAL AND S. JORGE ISLANDS. WE HAVE A WIDE RANGE OF CULTURAL

Leia mais

design para a inovação social

design para a inovação social design para a inovação social mestrado em design - 15 16 universidade de aveiro gonçalo gomes março de 2016 s.1 ergonomia ergonomia > definição Ergonomia A ergonomia (do grego "ergon": trabalho; e "nomos":

Leia mais