Bases de Dados. DML Data Manipulation Language Parte 3

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Bases de Dados. DML Data Manipulation Language Parte 3"

Transcrição

1 Bases de Dados DML Data Manipulation Language Parte 3

2 Sub-Consultas São consultas contidas na cláusula WHERE ou HAVING de uma outra consulta SQL Essencialmente consiste numa instrução SELECT contida noutra instrução SELECT... O limite máximo de encadeamento é 255! Regras a seguir: Uma sub-consulta não pode ter cláusula ORDER BY A ordem das colunas e o tipo de dados de cada coluna de uma sub-consulta contida numa cláusula WHERE deve ser a mesma da lista de selecção

3 Exemplo Sub-consultas Quais os alunos que se inscreveram primeiro à cadeira de Bases de Dados?

4 Sub-consultas correlacionadas São sub-consultas que são executadas uma vez para cada registo da selecção principal! Qual a primeira cadeira que cada aluno concluiu?

5 Exercício 1 Quais os alunos que já se inscreveram a cadeiras do curso de matemática.

6 Exercício 2 Quais as primeiras cadeiras em que cada aluno se inscreveu?

7 Exercício 3 Mostrar o nome e os créditos que o aluno já realizou.

8 Mais Operadores SQL (SOME/ANY, ALL e EXISTS) Podem ser utilizados em sub-consultas que devolvam mais do que uma linha de valores Usam-se nas cláusulas WHERE ou HAVING em conjunção com os operadores =, <, >, <=, >= SOME/ANY : Compara um valor com todos os valores devolvidos. Sucede quando a comparação com um deles se verifica ser verdadeira ALL: Compara um valor com todos os valores devolvidos e sucede quando a comparação com todos os valores se verifica EXISTS: Mais utilizado em consultas correlacionadas

9 Exemplo Mostrar o nome, categoria e vencimento dos professores que tenham vencimento inferior a um dos professores do departamento de matemática...

10 Exercício 4 Quais os alunos (número e nome) que já se inscreveram mais vezes que qualquer aluno do curso de engenharia electrónica?

11 Exercício 5 Seleccionar as cadeiras (código, nome e departamento) que já tiveram mais inscrições que todas as cadeiras leccionadas pelo departamento de matemática.

12 Vistas ou VIEW s São pseudo-tabelas ou tabelas virtuais que não ocupam espaço Resultam do cruzamento da informação existente em outras tabelas ou VIEW s Normalmente só admitem operações de leitura e são criadas com o intuito de preencher necessidades de pesquisas frequentes acerca de um conteúdo específico A sintaxe da sua criação toma a forma seguinte: CREATE VIEW nome_vista (lista_atributos) AS SELECT...

13 Características das VIEW s Não podem conter ORDER BY Podem ser alteradas sem ter de fazer DROP, CREATE OR REPLACE... É possível criar uma VIEW mesmo que a tabela não exista: CREATE FORCE Podem fazer-se alterações nas tabelas através das VIEW s usando comandos como o DELETE, UPDATE ou INSERT, mas não sem várias restrições...

14 Exemplo VIEW s Criar uma VIEW para as idades dos alunos... Utilizar a VIEW para mostrar a listagem dos alunos e respectivas idades...

15 Exercício 6 Usando a VIEW anterior, mostrar o nome, idade e o curso dos alunos.

16 Exercício 7 Usando a VIEW anterior, indique o aluno mais velho.

17 Exercício 8 Criar uma VIEW que mostre o número, nome e créditos de cada aluno.

18 Consultar VIEW s Para ver qual o código do SELECT utilizado na construção de uma VIEW, consulta-se a tabela all_views do dicionário de dados SELECT owner, view_name, text FROM all_views WHERE owner LIKE <user_name>

19 Exercício 9 Visualizar os créditos que cada aluno tinha em 1 de Janeiro de Nota: não e possível utilizar a vista creditos_aluno, porque esta mostra os créditos actuais de cada aluno.

20 Exercício 10 Repetir a questão anterior as incluir os alunos que ainda não tivessem nenhum crédito.

21 Referências e Links Úteis An Introduction to Database Systems C. J. Date Addison Wesley The Practical SQL Handbook Judith S. Bowman et al Addison Wesley Sintaxe de todos os comandos SQL para Oracle Tutorial Resumido de comandos Oracle Mais comandos e funções Oracle

Bases de Dados. DML Data Manipulation Language Parte 2

Bases de Dados. DML Data Manipulation Language Parte 2 Bases de Dados DML Data Manipulation Language Parte 2 Funções de Grupo São funções aplicáveis a conjuntos de linhas de uma tabela À totalidade dos elementos ou A um subconjunto especificado na cláusula

Leia mais

Bases de Dados. DML Data Manipulation Language Parte 1

Bases de Dados. DML Data Manipulation Language Parte 1 Bases de Dados DML Data Manipulation Language Parte 1 DML Data Manipulation Language Diz respeito à manipulação dos dados. É utilizada para: Inserir dados numa tabela(tuplos) Remover dados de uma tabela(tuplos)

Leia mais

SQL CREATE DATABASE. MySQL, SQL Server, Access, Oracle, Sybase, DB2, e outras base de dados utilizam o SQL.

SQL CREATE DATABASE. MySQL, SQL Server, Access, Oracle, Sybase, DB2, e outras base de dados utilizam o SQL. LINGUAGEM SQL SQL CREATE DATABASE MySQL, SQL Server, Access, Oracle, Sybase, DB2, e outras base de dados utilizam o SQL. SQL CREATE TABLE SQL NOT NULL O valor NOT NULL obriga que o campo contenha sempre

Leia mais

Aula de SQL Comandos DDL. André Luiz de Oliveira Eduardo Raul Hruschka

Aula de SQL Comandos DDL. André Luiz de Oliveira Eduardo Raul Hruschka Aula de SQL Comandos DDL André Luiz de Oliveira Eduardo Raul Hruschka E-mail: andre_luiz@icmc.usp.br erh@icmc.usp.br Agenda Instalação do MySQL e Workbench Comandos DDL Data Definition Language Criação

Leia mais

saída durante o runtime Usando Functions de uma Única Linha para Personalizar Relatórios Mostrar as diferenças entre as functions SQL de uma única

saída durante o runtime Usando Functions de uma Única Linha para Personalizar Relatórios Mostrar as diferenças entre as functions SQL de uma única Tópicos do Curso: Introdução Listar os principais recursos do Banco de Dados Oracle 10g Apresentar uma visão geral de: componentes, plataforma de internet, servidor de aplicações e suite do desenvolvedor

Leia mais

Oracle Database 10g: Fundamentos de SQL e PL/SQL

Oracle Database 10g: Fundamentos de SQL e PL/SQL Oracle University Contact Us: 0-800-167225 Oracle Database 10g: Fundamentos de SQL e PL/SQL Duration: 5 Dias O que é que gostaria de aprender Conheça os fundamentos de SQL e PL/SQL usando o SQL Developer

Leia mais

Banco de Dados. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br. Exercícios SQL

Banco de Dados. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br. Exercícios SQL Banco de Dados Exercícios SQL 1 TRF (ESAF 2006) 32. Analise as seguintes afirmações relacionadas a Bancos de Dados e à linguagem SQL: I. A cláusula GROUP BY do comando SELECT é utilizada para dividir colunas

Leia mais

Laboratório de Banco de Dados II Aula 04. Prof. Érick de Souza Carvalho

Laboratório de Banco de Dados II Aula 04. Prof. Érick de Souza Carvalho Laboratório de Banco de Dados II Aula 04 Prof. Érick de Souza Carvalho 1 SQL (Structured Query Language ) Prof. Érick de Souza Carvalho 2 SQL Structured Query Language - Introdução É uma Linguagem para

Leia mais

Banco de Dados. Prof. Antonio

Banco de Dados. Prof. Antonio Banco de Dados Prof. Antonio SQL - Structured Query Language O que é SQL? A linguagem SQL (Structure query Language - Linguagem de Consulta Estruturada) é a linguagem padrão ANSI (American National Standards

Leia mais

Tarefa Orientada 16 Vistas

Tarefa Orientada 16 Vistas Tarefa Orientada 16 Vistas Objectivos: Vistas só de leitura Vistas de manipulação de dados Uma vista consiste numa instrução de SELECT que é armazenada como um objecto na base de dados. Deste modo, um

Leia mais

Tarefa Orientada 15 Manipulação de dados

Tarefa Orientada 15 Manipulação de dados Tarefa Orientada 15 Manipulação de dados Objectivos: Criação de tabelas teste Comando INSERT INTO Inserção de dados Comando INSERT Actualização de dados Comando UPDATE Eliminação de dados Comando DELETE

Leia mais

BASES DE DADOS I LTSI/2. Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011

BASES DE DADOS I LTSI/2. Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011 BASES DE DADOS I LTSI/2 Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011 Ao nível das linguagens de manipulação de dados (Data Manipulation Language - DML) o SQL

Leia mais

Comandos de Manipulação

Comandos de Manipulação SQL - Avançado Inserção de dados; Atualização de dados; Remoção de dados; Projeção; Seleção; Junções; Operadores: aritméticos, de comparação,de agregação e lógicos; Outros comandos relacionados. SQL SQL

Leia mais

A U L A 1 0 C R I A N D O V I E W S V I E W S ( V I S Õ E S )

A U L A 1 0 C R I A N D O V I E W S V I E W S ( V I S Õ E S ) BANCO DE DADOS GERENCIAL 1 A U L A 1 0 C R I A N D O V I E W S V I E W S ( V I S Õ E S ) VIEW é uma instrução SQL que retorna dados e é salva no banco de dados com um nome, ou seja, passa a ser um objeto

Leia mais

Visão & Visão Materializada. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

Visão & Visão Materializada. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri Visão & Visão Materializada Laboratório de Bases de Dados Em SQL Visão tabela simples que é derivada de outras tabelas não existe necessariamente em sua forma física: tabela virtual Utilidade forma de

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO ON-LINE EM Oracle 10g Express Edition XE nível básico. Edital de seleção

CURSO DE EXTENSÃO ON-LINE EM Oracle 10g Express Edition XE nível básico. Edital de seleção CURSO DE EXTENSÃO ON-LINE EM Oracle 10g Express Edition XE nível básico Edital de seleção Nome: Oracle 10g Express Edition XE nível básico Coordenador Geral: Profº Mestre Luis Naito Mendes Bezerra Área

Leia mais

Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL

Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL Oracle University Entre em contato: 0800 891 6502 Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL Duração: 5 Dias Objetivos do Curso Esta classe se aplica aos usuários do Banco de Dados Oracle8i,

Leia mais

DDL DML DCL DTL Tipos Numéricos: INT FLOAT DOUBLE Tipos String: CHAR VARCHAR BINARY BLOB TEXT Tipos Data e Hora: DATE TIME TIMESTAMP YEAR

DDL DML DCL DTL Tipos Numéricos: INT FLOAT DOUBLE Tipos String: CHAR VARCHAR BINARY BLOB TEXT Tipos Data e Hora: DATE TIME TIMESTAMP YEAR SQL Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada, foi desenvolvida pela IBM nos anos 70 para demonstrar a viabilidade do modelo relacional para bancos de dados. No final dos anos 80

Leia mais

SQL92 DDL( RIS, ACTUALIZAÇÕES E VISTAS) DML (QUERIES, SUBQUERIES,JUNÇÕES, E OPERAÇÕES SOBRE CONJUNTOS)

SQL92 DDL( RIS, ACTUALIZAÇÕES E VISTAS) DML (QUERIES, SUBQUERIES,JUNÇÕES, E OPERAÇÕES SOBRE CONJUNTOS) SQL92 DDL( RIS, ACTUALIZAÇÕES E VISTAS) DML (QUERIES, SUBQUERIES,JUNÇÕES, E OPERAÇÕES SOBRE CONJUNTOS) SQL SQL, é uma linguagem de programação que foi desenvolvida para questionar bases de dados relacionais

Leia mais

LINGUAGEM SQL. SQL Server 2008 Comandos iniciais

LINGUAGEM SQL. SQL Server 2008 Comandos iniciais 1 LINGUAGEM SQL SQL Server 2008 Comandos iniciais SQL - STRUCTURED QUERY LANGUAGE Quando os Bancos de Dados Relacionais estavam sendo desenvolvidos, foram criadas linguagens destinadas à sua manipulação.

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML INTRODUÇÃO A SQL - Structured Query Language, foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation

Leia mais

ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL. Carga horária: 32 Horas

ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL. Carga horária: 32 Horas ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL Carga horária: 32 Horas Pré-requisito: Para que os alunos possam aproveitar este treinamento ao máximo, é importante que eles tenham participado dos treinamentos

Leia mais

SQL. Índices, views e restrições. Cristina C. Vieira Departamento de Engenharia Eletrónica e Informática

SQL. Índices, views e restrições. Cristina C. Vieira Departamento de Engenharia Eletrónica e Informática SQL Índices, views e restrições Cristina C. Vieira Departamento de Engenharia Eletrónica e Informática SQL Índices Um índice é uma estrutura de dados que acelera o acesso aos tuplos de uma tabela. Os índices

Leia mais

Utilizando o Postgres - comandos SQL para a manipulação de dados

Utilizando o Postgres - comandos SQL para a manipulação de dados Utilizando o Postgres - comandos SQL para a manipulação de dados SELECT A declaração SELECT é utilizada para selecionar os dados de um banco de dados. SELECT nome FROM clientes WHERE A cláusula WHERE é

Leia mais

Usando Subconsultas para Solucionar Consultas

Usando Subconsultas para Solucionar Consultas Usando Subconsultas para Solucionar Consultas Objetivos Ao concluir esta lição, você será capaz de: Definir subconsultas Descrever os tipos de problemas que as subconsultas podem solucionar Listar os tipos

Leia mais

Tarefa Orientada 19 Triggers

Tarefa Orientada 19 Triggers Tarefa Orientada 19 Triggers Objectivos: Criar triggers AFTER Criar triggers INSTEAD OF Exemplos de utilização Os triggers são um tipo especial de procedimento que são invocados, ou activados, de forma

Leia mais

BD Oracle. Licenciatura em Engenharia Informática e Computação. Bases de Dados 2003/04

BD Oracle. Licenciatura em Engenharia Informática e Computação. Bases de Dados 2003/04 BD Oracle SGBD Oracle Licenciatura em Engenharia Informática e Computação Bases de Dados 2003/04 BD Oracle Introdução aos SGBD Base de Dados Colecção de dados que descrevem alguma realidade Sistema de

Leia mais

SQL BÁSICO. Luiz Antônio Vivacqua Corrêa Meyer

SQL BÁSICO. Luiz Antônio Vivacqua Corrêa Meyer SQL BÁSICO Luiz Antônio Vivacqua Corrêa Meyer SQL (Structured Query Language) Início na década de 70 pela IBM com o nome de SEQUEL. Em 1980 o produto mudou seu nome para SQL. American National Standards

Leia mais

EXEMPLOS DE COMANDOS NO SQL SERVER

EXEMPLOS DE COMANDOS NO SQL SERVER EXEMPLOS DE COMANDOS NO SQL SERVER Gerenciando Tabelas: DDL - DATA DEFINITION LANGUAG Criando uma tabela: CREATE TABLE CLIENTES ID VARCHAR4 NOT NULL, NOME VARCHAR30 NOT NULL, PAGAMENTO DECIMAL4,2 NOT NULL;

Leia mais

SQL. Prof. Roger Cristhian Gomes

SQL. Prof. Roger Cristhian Gomes SQL Prof. Roger Cristhian Gomes SQL SQL - Structured Query Language Linguagem de acesso e manipulação de sistemas de base de dados computacionais que segue o padrão ANSI Existem diferenças entre as versões

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE INTRODUÇÃO A SQL

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE INTRODUÇÃO A SQL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE INTRODUÇÃO A SQL Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com 02/06/2016 SUMÁRIO SQL DDL DML SQL (STRUCTURED

Leia mais

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS Compreender e utilizar a linguagem SQL, na construção e manutenção de uma base de dados.

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS Compreender e utilizar a linguagem SQL, na construção e manutenção de uma base de dados. PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 12.ºH CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO MULTIMÉDIA ANO LECTIVO 2013/2014 6. LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO IV Pré-requisitos: - Planificar e estruturar bases

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML INTRODUÇÃO A SQL - Structured Query Language, foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation

Leia mais

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1 INTRODUÇÃO PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1 Leonardo Pereira leonardo@estudandoti.com.br Facebook: leongamerti http://www.estudandoti.com.br Informações que precisam ser manipuladas com mais segurança

Leia mais

Introdução à Engenharia da Computação. Banco de Dados Professor Machado

Introdução à Engenharia da Computação. Banco de Dados Professor Machado Introdução à Engenharia da Computação Banco de Dados Professor Machado 1 Sistemas isolados Produção Vendas Compras Banco de Dados Produtos... Banco de Dados Produtos... Banco de Dados Produtos... Desvantagens:

Leia mais

LINGUAGEM SQL. DML - Linguagem de Manipulação de Dados

LINGUAGEM SQL. DML - Linguagem de Manipulação de Dados LINGUAGEM SQL Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL, é uma linguagem de pesquisa declarativa para banco de dados relacional (base de dados relacional). Muitas das características

Leia mais

Introdução a Sistemas de Bancos de Dados

Introdução a Sistemas de Bancos de Dados Introdução a Sistemas de Bancos de Dados Prof. UFES - Universidade Federal do Espírito Santo rapchan@inf.ufes.br http://www.inf.ufes.br/~rapchan Roteiro da Apresentação Introdução Características de um

Leia mais

SQL comando SELECT. SELECT [DISTINCT] FROM [condição] [ ; ] Paulo Damico - MDK Informática Ltda.

SQL comando SELECT. SELECT [DISTINCT] <campos> FROM <tabela> [condição] [ ; ] Paulo Damico - MDK Informática Ltda. SQL comando SELECT Uma das tarefas mais requisitadas em qualquer banco de dados é obter uma listagem de registros armazenados. Estas tarefas são executadas pelo comando SELECT Sintaxe: SELECT [DISTINCT]

Leia mais

Índice. Introdução... 31. Tutorial 1: O Microsoft Access como Sistema de Gestão de Bases de Dados Relacionais... 35

Índice. Introdução... 31. Tutorial 1: O Microsoft Access como Sistema de Gestão de Bases de Dados Relacionais... 35 Introdução... 31 1. Bases de Dados Relacionais...31 2. Modelação de Bases de Dados...31 3. Modelo de Classes UML...32 4. Linguagem SQL...32 5. Sobre o Microsoft Access...32 Tutorial 1: O Microsoft Access

Leia mais

Page 1. Prof. Constantino Jacob

Page 1. Prof. Constantino Jacob Tópicos Introdução à SQL Definição Tipos de Operações Instrução SELECT Sintaxe básica Operações relacionais de restrição, projeção e junção Instruções DML Delete, Update e Insert Instruções DDL Create

Leia mais

DML - SELECT Agrupando Dados

DML - SELECT Agrupando Dados DML - SELECT Agrupando Dados 1. Apresentação Já conhecemos os comandos básicos de manipulação de dados: insert; delete; update e select. O comando de consulta select utilizado até aqui era aplicado sobre

Leia mais

Introdução à linguagem SQL

Introdução à linguagem SQL Introdução à linguagem SQL 1 Histórico A linguagem de consulta estruturada (SQL - Structured Query Language) foi desenvolvida pela empresa IBM, no final dos anos 70. O primeiro banco de dados comercial

Leia mais

Flickr, shindotv/ / BASES DE DADOS. Laboratórios de Informática João Paulo Barraca, André Zúquete, Diogo Gomes

Flickr, shindotv/ / BASES DE DADOS. Laboratórios de Informática João Paulo Barraca, André Zúquete, Diogo Gomes Flickr, shindotv/3835365695/ BASES DE DADOS Laboratórios de Informática 2014-2015 João Paulo Barraca, André Zúquete, Diogo Gomes Armazenamento de Informação Aplicações necessitam de armazenar informação

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE VARIAÁ VEL Antes de iniciarmos os comandos referentes a Banco de Dados, precisamos de uma breve descrição técnica sobre Variáveis que serão uma constante em programação seja qual for sua forma de leitura.

Leia mais

Banco de Dados I. Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011

Banco de Dados I. Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011 Banco de Dados I Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011 Plano de Aula SQL Definição Histórico SQL e sublinguagens Definição de dados (DDL) CREATE Restrições básicas em SQL ALTER DROP 08:20 Definição de

Leia mais

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Manipulação de Dados Banco de Dados SQL DML SELECT... FROM... WHERE... lista atributos de uma ou mais tabelas de acordo com alguma condição INSERT INTO... insere dados em uma tabela DELETE

Leia mais

Modelo Relacional 4 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E BASES DE DADOS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA

Modelo Relacional 4 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E BASES DE DADOS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E BASES DE DADOS Modelo Relacional 4 António Manuel Silva Ferreira UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA asfe@di.fc.ul.pt Sumário Comandos SQL

Leia mais

BANCO DE DADOS -INTRODUÇÃO AO SQL. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br

BANCO DE DADOS -INTRODUÇÃO AO SQL. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br BANCO DE DADOS -INTRODUÇÃO AO SQL Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br Os comandos SQL podem ser agrupados em 3 classes: DDL Data Definition Language Comandos para a Definição

Leia mais

IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1

IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1 IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1 Banco de Dados Fundamentos de SQL Structured Query Language Aula2 Apresentado por: Robson do Nascimento Fidalgo rdnf@cin.ufpe.br IF685

Leia mais

DO BÁSICO AO AVANÇADO PARA MANIPULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE DADOS. Fábio Roberto Octaviano

DO BÁSICO AO AVANÇADO PARA MANIPULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE DADOS. Fábio Roberto Octaviano DO BÁSICO AO AVANÇADO PARA MANIPULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE DADOS Fábio Roberto Octaviano Controlando Acesso dos Usuários Após o término do Capítulo: Diferenciar privilégios de sistema e privilégios de objetos.

Leia mais

Programação SQL. Manipulação de Dados. DML Data Manipulation Language

Programação SQL. Manipulação de Dados. DML Data Manipulation Language Programação SQL Manipulação de Dados DML Data Manipulation Language Manipulação de Dados (DML) Os comandos INSERT, UPDATE, DELETE, são normalmente classificados como pertencendo a uma sublinguagem da linguagem

Leia mais

BANCO DE DADOS II Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com

BANCO DE DADOS II Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com - Aula 11-1. INTRODUÇÃO TRIGGERS (GATILHOS OU AUTOMATISMOS) Desenvolver uma aplicação para gerenciar os dados significa criar uma aplicação que faça o controle sobre todo ambiente desde a interface, passando

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE VARIAÁ VEL Antes de iniciarmos os comandos referentes a Banco de Dados, precisamos de uma breve descrição técnica sobre Variáveis que serão uma constante em programação seja qual for sua forma de leitura.

Leia mais

Índice. Introdução 31. Tutorial 1: O Microsoft Access como Sistema de Gestão de Bases de Dados Relacionais 35

Índice. Introdução 31. Tutorial 1: O Microsoft Access como Sistema de Gestão de Bases de Dados Relacionais 35 Introdução 31 1. Bases de Dados Relacionais 31 2. Modelação de Bases de Dados 31 3. Modelo de Classes UML 32 4. Linguagem SQL 32 5. Sobre o Microsoft" Access" 32 Tutorial 1: O Microsoft Access como Sistema

Leia mais

António Rocha Nuno Melo e Castro

António Rocha Nuno Melo e Castro António Rocha Nuno Melo e Castro SQL- Strutured Query Language é a linguagem mais usada nas bases dados relacionais. Originalmente desenvolvida pela IBM Actualmente é um standard, o mais recente é o SQL:2003

Leia mais

Benvindo ao Curso de Introdução ao Firebird com Ferramenta de Relatórios!

Benvindo ao Curso de Introdução ao Firebird com Ferramenta de Relatórios! (Apresentação SQL Manager Lite for InterBase and Firebird) Benvindo ao Curso de Introdução ao Firebird com Ferramenta de Relatórios! Ferramenta de alta performance para a otimização da administração de

Leia mais

SQL. Prof. Márcio Bueno. {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com

SQL. Prof. Márcio Bueno. {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com SQL Prof. Márcio Bueno {bd2tarde,bd2noite}@marciobueno.com Material dos professores Ana Carolina Salgado, Fernando Foncesa e Valéria Times (CIn/UFPE) SQL SQL - Structured Query Language Linguagem de Consulta

Leia mais

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET PROJETO DE BANCO DE DADOS

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET PROJETO DE BANCO DE DADOS Exemplos de Scripts SQL (PostgreSQL) Pizzaria 1 2 Criação de BANCO DE DADOS CREATE DATABASE nome_do_banco; CREATE DATABASE pizzaria; Criação de TABELAS SOMENTE COM CHAVE PRIMÁRIA CREATE TABLE nome_da_tabela

Leia mais

BANCO DE DADOS. info 3º ano. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br

BANCO DE DADOS. info 3º ano. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br BANCO DE DADOS info 3º ano Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br Na última aula estudamos Unidade 4 - Projeto Lógico Normalização; Dicionário de Dados. Arquitetura

Leia mais

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL SQL TGD/JMB 1 Projecto de Bases de Dados Linguagem SQL SQL TGD/JMB 2 O que é o SQL? SQL ("ess-que-el") significa Structured Query Language. É uma linguagem standard (universal) para comunicação com sistemas

Leia mais

BASES DE DADOS I LTSI/2. Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011

BASES DE DADOS I LTSI/2. Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011 BASES DE DADOS I LTSI/2 Universidade da Beira Interior, Departamento de Informática Hugo Pedro Proença, 2010/2011 SQL-DDL (Vistas) Vistas Ao contrário das tabelas, que são entidades onde os dados estão

Leia mais

SQL (Structured Querie Language) Escola Secundária de Emídio Navarro 2001/2002 Estruturas, Tratamento e Organização de Dados

SQL (Structured Querie Language) Escola Secundária de Emídio Navarro 2001/2002 Estruturas, Tratamento e Organização de Dados SQL (Structured Querie Language) SQL é mais que uma linguagem de interrogação estruturada. Inclui características para a definição da estrutura de dados, para alterar os dados de uma base de dados, e para

Leia mais

Fundamentos de Programação ORACLE: SQL. Prof. Walter Gima

Fundamentos de Programação ORACLE: SQL. Prof. Walter Gima Fundamentos de Programação ORACLE: SQL. 1 Prof. Walter Gima walter_gima@yahoo.com.br Curso de Extensão Fundamentos de Programação ORACLE: SQL. Duração de 16 h. Sábados 14:00h 18:00h Unidade Limeira Lab

Leia mais

0 1 5 5 _ B A S E D E D A D O S P A R A I N T E R N E T ( S E R V E R S I D E )

0 1 5 5 _ B A S E D E D A D O S P A R A I N T E R N E T ( S E R V E R S I D E ) 0 1 5 5 _ B A S E D E D A D O S P A R A I N T E R N E T ( S E R V E R S I D E ) EFA NÍVEL SECUNDÁRIO TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO MULTIMÉDIA (TICM) 04-05-2011 0155_Base de dados para Internet

Leia mais

Operação de União JOIN

Operação de União JOIN Operação de União JOIN Professor Victor Sotero SGD 1 JOIN O join é uma operação de multi-tabelas Select: o nome da coluna deve ser precedido pelo nome da tabela, se mais de uma coluna na tabela especificada

Leia mais

Structured Query Language (SQL) SQL é uma linguagem normalizada (ANSI) para consultas e actualizações de bases de dados relacionais.

Structured Query Language (SQL) SQL é uma linguagem normalizada (ANSI) para consultas e actualizações de bases de dados relacionais. Structured Query Language (SQL) SQL é uma linguagem normalizada (ANSI) para consultas e actualizações de bases de dados relacionais. A instrução SELECT As consultas a uma base de dados relacional fazem-se

Leia mais

Linguagem de Consulta - SQL

Linguagem de Consulta - SQL Complementos da Linguagem SQL - Eliminando Tuplas Repetidas Exemplo: Obter o código das editoras que têm livros publicados CodEditora Titulo Publicacao... 04 Banco de Dados 1989 02 Análise 2000 01 XML

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada (SQL)

Linguagem de Consulta Estruturada (SQL) Linguagem de Consulta Estruturada (SQL) Conceitos sobre a versão ANSI da SQL, a sublinguagem de definição de dados (DDL) e a sublinguagem de manipulação de dados (DML) Prof. Flavio Augusto C. Correia 1

Leia mais

Triggers. um trigger permite que uma determinada sequência de comandos SQL seja accionada quando um determinado evento ocorre.

Triggers. um trigger permite que uma determinada sequência de comandos SQL seja accionada quando um determinado evento ocorre. Triggers um trigger permite que uma determinada sequência de comandos SQL seja accionada quando um determinado evento ocorre. o evento pode ser INSERT, UPDATE, ou DELETE. o trigger pode ser accionado imediatamente

Leia mais

Linguagem SQL Restrições, Triggers e Views

Linguagem SQL Restrições, Triggers e Views FACULDADE INGÁ Unidade de Ensino Superior Ingá Ltda Ciência da Computação Linguagem SQL Restrições, Triggers e Views Prof. Erinaldo Sanches Nascimento Objetivos Especificar restrições mais gerais sobre

Leia mais

Marcelo Henrique dos Santos

Marcelo Henrique dos Santos Mestrado em Educação (em andamento) MBA em Marketing e Vendas (em andamento) Especialista em games Bacharel em Sistema de Informação Email: marcelosantos@outlook.com AULA 03 SQL (Structure Query Language)

Leia mais

Triggers e Regras. Fernando Lobo. Base de Dados, Universidade do Algarve

Triggers e Regras. Fernando Lobo. Base de Dados, Universidade do Algarve Triggers e Regras Fernando Lobo Base de Dados, Universidade do Algarve 1 / 14 Triggers Um trigger permite que uma determinada sequência de comandos SQL seja accionada quando um determinado evento ocorre.

Leia mais

Banco de Dados. Um momento crucial na organização dos dados é a forma com que cadastramos estes dados, a estrutura de armazenamento que criamos.

Banco de Dados. Um momento crucial na organização dos dados é a forma com que cadastramos estes dados, a estrutura de armazenamento que criamos. Banco de Dados O que é um Banco de Dados? Este assunto é muito vasto, tentaremos resumi-lo para atender as questões encontradas em concursos públicos. Já conhecemos o conceito de dado, ou seja, uma informação

Leia mais

Revisão de Bancos de Dados

Revisão de Bancos de Dados Revisão de Bancos de Dados Conceitos Básicos 1. Defina o que é um banco de dados e o que é um sistema gerenciador de bancos de dados (SGBD). 2. Defina as arquiteturas de software em duas camadas (cliente/servidor)

Leia mais

1. SQL Instrumental...2 1.1 Select...3 1.2 Delete...13 1.3 Update... 1.4 Insert... 1.5 Group by... 1.6 Having... 1.7 Unnion All...

1. SQL Instrumental...2 1.1 Select...3 1.2 Delete...13 1.3 Update... 1.4 Insert... 1.5 Group by... 1.6 Having... 1.7 Unnion All... SQL 1. SQL Instrumental...2 1.1 Select...3 1.2 Delete...13 1.3 Update... 1.4 Insert... 1.5 Group by... 1.6 Having... 1.7 Unnion All... 2. Servidor... 2.1 Ativando log no Broker... 2.2 Leitura do log no

Leia mais

Java DataBase Connectivity - JDBC. Ramon Lopes Embaixador de Campus Sun - UFBA

Java DataBase Connectivity - JDBC. Ramon Lopes Embaixador de Campus Sun - UFBA Java DataBase Connectivity - JDBC Ramon Lopes Embaixador de Campus Sun - UFBA 1 Agenda O que é um BD? Introdução SQL JDBC Padrões de Projetos Projeto Final Sun Confidential: Internal Only 2 O que é um

Leia mais

FEAP - Faculdade de Estudos Avançados do Pará PROFª LENA VEIGA PROJETOS DE BANCO DE DADOS UNIDADE V- SQL

FEAP - Faculdade de Estudos Avançados do Pará PROFª LENA VEIGA PROJETOS DE BANCO DE DADOS UNIDADE V- SQL Quando os Bancos de Dados Relacionais estavam sendo desenvolvidos, foram criadas linguagens destinadas à sua manipulação. O Departamento de Pesquisas da IBM desenvolveu a SQL como forma de interface para

Leia mais

Bancos (Bases) de Dados

Bancos (Bases) de Dados Bancos (Bases) de Dados Aula #8 SQL Prof. Eduardo R. Hruschka * Slides baseados no material elaborado pelas professoras: Cristina D. A. Ciferri Elaine P. M. de Souza SQL (Structured Query Language) Linguagem

Leia mais

Programação SQL. INTRODUÇÃO II parte

Programação SQL. INTRODUÇÃO II parte Programação SQL INTRODUÇÃO II parte Programação SQL SELECT; INSERT; UPDATE; DELETE. Este conjunto de comandos faz parte da sublinguagem denominada por DML Data Manipulation Language (Linguagem de manipulação

Leia mais

Views. uma view é uma tabela virtual. não existe fisicamente na BD. é definida à custa de outras tabelas ou views. CREATE VIEW AS ;

Views. uma view é uma tabela virtual. não existe fisicamente na BD. é definida à custa de outras tabelas ou views. CREATE VIEW <nome> AS <query>; Views uma view é uma tabela virtual. não existe fisicamente na BD. é definida à custa de outras tabelas ou views. sintaxe: CREATE VIEW AS ; 1 Exemplo Criar uma view que dá o nome, ano e duração

Leia mais

UFCD 787. Administração de base de dados. Elsa Marisa S. Almeida

UFCD 787. Administração de base de dados. Elsa Marisa S. Almeida UFCD 787 Administração de base de dados Elsa Marisa S. Almeida 1 Objectivos Replicação de base de dados Gestão de transacções Cópias de segurança Importação e exportação de dados Elsa Marisa S. Almeida

Leia mais

SQL BANCO DE DADOS. Linguagem de consulta SQL. Linguagem de consulta SQL. Linguagem de Consulta Estruturada

SQL BANCO DE DADOS. Linguagem de consulta SQL. Linguagem de consulta SQL. Linguagem de Consulta Estruturada Revisão de tpicos anteriores BANCO DE DADOS Linguagem de consulta SQL Roberto Duarte Fontes Brasília - DF roberto@fontes.pro.br Projeto de banco de dados Modelagem Conceitual (independe da implementação)

Leia mais

A linguagem SQL

A linguagem SQL SQL 2008.1 A linguagem SQL SQL - Structured Query Language. Foi definida nos laboratórios de pesquisa da IBM em San Jose, California, em 1974. Teve seus fundamentos no modelo relacional Sua primeira versão

Leia mais

Quando se seleciona os modos OS ou XML, arquivos são criados com os registros de auditoria, eles se localizam parâmetro audit_file_dest.

Quando se seleciona os modos OS ou XML, arquivos são criados com os registros de auditoria, eles se localizam parâmetro audit_file_dest. Auditoria é a habilidade do banco de dados Oracle poder gerar logs de auditoria (XML, tabelas, arquivos de SO, ) em atividades suspeitas do usuário, como por exemplo: monitorar o que um determinado usuário

Leia mais

SQL (Linguagem de Consulta Estruturada)

SQL (Linguagem de Consulta Estruturada) SQL (Linguagem de Consulta Estruturada) M.Sc. Cristiano Mariotti mscmariotti@globo.com Introdução à SQL 1 Visão Geral Introdução Comandos de Definição de Dados Comandos de Manipulação de Dados Introdução

Leia mais

SQL Structured Query Language

SQL Structured Query Language Janai Maciel SQL Structured Query Language (Banco de Dados) Conceitos de Linguagens de Programação 2013.2 Structured Query Language ( Linguagem de Consulta Estruturada ) Conceito: É a linguagem de pesquisa

Leia mais

Sumário 1 0.1 Introdução 1 0.2 Breve História da Linguagem SQL l 0.3 Características da Linguagem SQL 3 0.4 A Composição deste Livro 3

Sumário 1 0.1 Introdução 1 0.2 Breve História da Linguagem SQL l 0.3 Características da Linguagem SQL 3 0.4 A Composição deste Livro 3 ÍNDICE o -INTRODUÇÃO Sumário 1 0.1 Introdução 1 0.2 Breve História da Linguagem SQL l 0.3 Características da Linguagem SQL 3 0.4 A Composição deste Livro 3 0.5 Sistemas Utilizados 6 0.5.1 Access 2003 (Microsoft)

Leia mais

Bases de Dados 2005/2006. Aula 5

Bases de Dados 2005/2006. Aula 5 Bases de Dados 2005/2006 Aula 5 Sumário -1. (T.P.C.) Indique diferenças entre uma tabela e uma relação. 0. A base de dados Projecto 1. SQL Join (variantes) a. Cross Join b. Equi-Join c. Natural Join d.

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE INFORMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO.

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE INFORMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE INFORMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Curso Oracle 10g Prof. MSc. Luciano Blomberg lblomberg@uol.com.br 2011/1

Leia mais

SQL BÁSICO. Introdução. Prof. Suelane Garcia. Linguagem SQL (Structured Query Language)

SQL BÁSICO. Introdução. Prof. Suelane Garcia. Linguagem SQL (Structured Query Language) SQL BÁSICO Prof. Suelane Garcia Introdução 2 Linguagem SQL (Structured Query Language) Linguagem de Consulta Estruturada padrão para acesso a Banco de Dados. Usada em inúmeros Sistemas de Gerenciamento

Leia mais

Ex.: INSERT INTO tmpautor (CDAUTOR, NMAUTOR) VALUES (1, Renato Araújo )

Ex.: INSERT INTO tmpautor (CDAUTOR, NMAUTOR) VALUES (1, Renato Araújo ) PRONATEC - Programador de Sistemas Banco de Dados 1) Incluindo linhas nas tabelas a. Para incluir linhas em tabelas utilize o comando INSERT INTO INSERT INTO tabela [ ( coluna [, coluna,...] ) ] VALUES

Leia mais

Uniao Educacional e Tecnologica Impacta- Uni Impacta

Uniao Educacional e Tecnologica Impacta- Uni Impacta Scripts avançados de gravação Objetivos Após concluir este apêndice, você poderá: Descrever o tipo de problemas que são resolvidos usando SQL para gerar SQL Gravar um script que gera um script de instruções

Leia mais

BANCO DE DADOS II Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com

BANCO DE DADOS II Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com - Aula 10 - PROCEDIMENTOS ARMAZENADOS - STORED PROCEDURES 1. INTRODUÇÃO Em muitas situações será necessário armazenar procedimentos escritos com a finalidade de se utilizar recursos como loop, estruturas

Leia mais

SQL - Structured Query Language. Karine Reis Ferreira

SQL - Structured Query Language. Karine Reis Ferreira SQL - Structured Query Language Karine Reis Ferreira karine@dpi.inpe.br SQL - Structured Query Language n n Linguagem padrão (ISO) para sistemas de bancos de dados É uma linguagem declarativa de alto nível

Leia mais

SQL: Vistas, Indices, Autorização, Restrições

SQL: Vistas, Indices, Autorização, Restrições SQL: Vistas, Indices, Autorização, Restrições Fernando Lobo Base de Dados, Universidade do Algarve 1 / 20 Vistas Uma vista (view em inglês) é uma tabela virtual. Não existe fisicamente na BD. É definida

Leia mais

Uma expressão básica em SQL consiste em três cláusulas: select, from e where.

Uma expressão básica em SQL consiste em três cláusulas: select, from e where. Introdução a Banco de Dados O.K. Takai; I.C.Italiano; J.E. Ferreira. 67 8 A Linguagem SQL A linguagem SQL é um padrão de linguagem de consulta comercial que usa uma combinação de construtores em Álgebra

Leia mais

Formação em Banco de Dados

Formação em Banco de Dados Formação em Banco de Dados Sobre a KTEC A KTEC Escola de Tecnologia oferece uma série de cursos, para os que procuram uma base sólida no aprendizado, com foco nas boas práticas que fazem a diferença no

Leia mais

Professor Eros Moura, DSc

Professor Eros Moura, DSc Professor Eros Moura, DSc Nesse capítulo: SQL (Structured Query Language) - DML (Data Manipulation Language) - Linguagem de Manipulação de Dados UPDATE e DELETE avançados 2016 Ifes - Campus Cachoeiro de

Leia mais

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício Introdução à Banco de Dados Nathalia Sautchuk Patrício Histórico Início da computação: dados guardados em arquivos de texto Problemas nesse modelo: redundância não-controlada de dados aplicações devem

Leia mais

SQL - Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados. Professor: José Antônio. José Antônio - CEFET-RN 23/09/2015

SQL - Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados. Professor: José Antônio. José Antônio - CEFET-RN 23/09/2015 SQL - Banco de Dados 1 Disciplina: Banco de Dados Professor: José Antônio 2 Tópicos de discussão Criando um banco de dados Incluindo, atualizando e excluindo linhas nas tabelas Pesquisa básica em tabelas

Leia mais