INTERNATIONAL FEDERATION OF MEDICAL STUDENTS ASSOCIATIONS OF BRAZIL REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIOS NACIONAIS PIN

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INTERNATIONAL FEDERATION OF MEDICAL STUDENTS ASSOCIATIONS OF BRAZIL REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIOS NACIONAIS PIN 2012-2013"

Transcrição

1 INTERNATIONAL FEDERATION OF MEDICAL STUDENTS ASSOCIATIONS OF BRAZIL REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIOS NACIONAIS PIN CONTEÚDO 1. Sobre a IFMSA-Brazil Dos passos para a inscrição Das condições mínimas para participação do SCONE Das etapas Das condições para o estudante selecionado Das condições para o estudante não selecionado Da documentação obrigatória Das taxas de inscrição e de intercâmbio Dos critérios de classificação Do cronograma geral Das vagas do PIN Das considerações finais 17 A IFMSA-BRAZIL é membro da Federação Internacional de Estudantes de Medicina desde

2 1. SOBRE A IFMSA-Brazil A IFMSA-Brazil (International Federation of Medical Students Associations - Brazil), incorporadora da IFLMS, desempenha a função de ser representante da IFMSA (International Federation of Medical Students' Associations), esta, como representante e paradigma mundial dos estudantes de medicina. A IFMSA foi fundada em 1951, na Dinamarca, como uma organização não-governamental, sem fins lucrativos e apolítica, tendo como objetivo promover uma maior cooperação internacional na área médica e compartilhar conhecimentos entre os estudantes de medicina dos mais diversos países. Em 1991 a IFMSA-Brazil tornou-se membro da IFMSA, oportunamente e merecidamente a única federação latino-americana ligada à federação mundial. Possui mais de 80 países associados, sendo vinculada à ONU, OMS, UNICEF, UNESCO e diversas ONGs. Anualmente mais de estudantes por ano participam de seus projetos, envolvendo os intercâmbios clínicos e cirúrgicos (clerkships) e científicos (research exchange), projetos de ajuda a refugiados de guerras e direitos humanos, educação médica, saúde pública, saúde reprodutiva, entre outros. Além de intercâmbios internacionais, a IFMSA-Brazil, hoje, dispõe de um Comitê Permanente de Intercâmbios Nacionais (SCONE Standing Committee on National Exchanges), voltado para a realidade nacional, que realiza, anualmente, cerca de 100 intercâmbios, em mais de 20 modalidades, em 38 escolas médicas no Brasil. Desde 2008, o SCONE vem permitindo, aos estudantes de medicina do nosso país, conhecer as diferentes realidades da nossa profissão, sobretudo sem a limitação linguística, apesar dos regionalismos e da pluralidade étnica que cerca o nosso país de dimensões continentais. O intercâmbio oferece aos estudantes uma experiência única, cultural e profissionalmente, e, em adição, o enriquecimento curricular. Também permite ao estudante ampliar seu conhecimento a respeito das condições sociais e de saúde em diferentes lugares. Trata-se de um programa educacional e os estudantes participantes não recebem nenhum tipo de remuneração por suas atividades. Para candidatar-se a vaga de intercâmbio, as despesas dos candidatos são mínimas em relação à vasta formação pessoal, intelectual e curricular que este adere, tendo apenas

3 como despesa a passagem, e as taxas de inscrição e de intercâmbio. A IFMSA-Brazil se responsabiliza pela obtenção do intercâmbio na escola médica para o qual for classificado, com duração de 2 a 4 semanas, de acordo com a vaga ofertada, alojamento e pelo menos parte da alimentação conforme a cidade escolhida, durante o período do intercâmbio. Todo o trabalho prático e administrativo da IFMSA é organizado e realizado por estudantes. O interesse da IFMSA é proporcionar ao estudante/candidato a oportunidade de ter uma experiência que vai além da sala de aula, valorizando ainda mais o currículo na hora de procurar emprego, bem como a vivência diária como aprendizado natural, pessoal e intransferível. Você fez a escolha certa! Boa sorte e boa viagem! José Tóvenis Fernandes Júnior National Officer on National Exchanges International Federation of Medical Students Associations of Brazil IFMSA-Brazil Para participar do programa de intercâmbios nacionais, fique atento às instruções neste regulamento e mantenha contato com o coordenador local de intercâmbio nacional (LONE) da IFMSA-Brazil, na sua escola médica. Para demais informações a respeito da IFMSA-Brazil, visite a nossa homepage

4 2. DOS PASSOS PARA A INSCRIÇÃO O candidato deverá: 1. Ler o Regulamento Geral do Programa de Intercâmbios Nacionais Cadastrar-se através do site oficial dos intercâmbios da IFMSA-BRAZIL (www.ifmsa.net.br/exchange), a partir do dia 21/05/ Preencher todas as fichas de inscrição de intercâmbio (FINs/FINTs). 4. Assinar o Termo Particular Bilateral de Interesses e a Nota Promissória. 5. Reunir toda a documentação necessária e anexar no site: 1.º - Após o preenchimento completo das fichas por parte do intercambista, este deve enviar sua inscrição conforme solicitado até a data demarcada (22/06/2012). 2.º - O LONE deverá conferir a inscrição dar o parecer e enviar para o NONE a partir da publicação do Regulamento do PIN , até as 23h59min do dia 26/06/2012. As inscrições enviadas após essa data serão consideradas inválidas. 3.º - Não poderá ser feito intercâmbio para a mesma cidade. 6. Inscrever-se, a partir do dia 21/05/2012 até dia 22/06/2012, mediante o pagamento da taxa de inscrição de R$ 60,00 (sessenta reais). Confira o calendário ao final desse Regulamento. FICA SOB RESPONSABILIDADE DO ALUNO PROVIDENCIAR 1) Toda a documentação necessária. Falhas na sua apresentação não asseguram a classificação ou o intercâmbio do aluno. 2) A IFMSA não se responsabiliza pela apresentação a destempo, pelo candidato, da documentação necessária, fato que não assegurará sua classificação para o intercâmbio. 3. DAS CONDIÇÕES MÍNIMAS PARA PARTICIPAÇÃO DO SCONE 1. Apenas estudantes da graduação de medicina (ou com até seis meses de formado) podem participar da seleção para o PIN É responsabilidade do estudante inscrito conferir os pré-requisitos necessários para concorrer a vaga. 3. O candidato deve estar de acordo com o presente Regulamento e com o Instrumento Particular Bilateral de Interesses. 4. Para a participação do SCONE, é necessário que o comitê local representante do estudante de medicina possua um coordenador local de intercâmbio nacional (LONE) inscrito na lista do SCONE e tenha feito a declaração de vagas de sua escola médica.

5 4. DAS ETAPAS 4.1. CADASTRAMENTO Consiste no preenchimento das FIN-VAGAS e do cadastro delas no site Além da confecção da Carta de boas-vindas pelo comitê local INSCRIÇÃO Vide o item número 7 (DA DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA) do presente Regulamento CLASSIFICAÇÃO A classificação será realizada pela Comissão de Classificação, composta por membros da Diretoria Executiva da IFMSA-Brazil, no período entre o fim das inscrições (23/06/2012) e a data da publicação dos resultados do PIN (15/07/2012) SELEÇÃO A seleção será baseada na análise da colocação de cada candidato em relação à escola médica, sendo essa comparada com a disponibilidade de hospedagem que cada comitê local terá. A partir da publicação do resultado da seleção pelo NONE, caberá aos LONEs divulgá-lo e contactar os aprovados em sua escola médica CARTA DE ACEITE (CA) E DE CONFIRMAÇÃO (CC) Os aprovados deverão com, no mínimo, um mês de antecedência do intercâmbio preencher a sua carta de confirmação (CC), após o recebimento da carta de aceite (CA). A CA é documento emitido pelo comitê que disponiliza a vaga. Nela encontramse todos os dados referentes à organização estruturacional do intercâmbio, como hospedagem, período, tutor, Escola Médica e departamento ao qual o aluno foi aceito. Em resumo, trata-se da confirmação do intercâmbio ao aluno por parte do comitê de destino. Caberá ao LONE cobrar e enviar as cartas de confirmação dos aprovados dentro do prazo para o NONE e para o LONE. O LONE deve recrutar anfitriões (leia-se, os selecionados para o intercâmbio em cada cidade, desde que acordados previamente), informando-os sobre o(s) intercambista(s) que receberá(ão), devendo, assim que receber a carta de confirmação, colocá-los em contato com seus intercambistas. A equipe docente deverá ser avisada da chegada do intercambista para o intercâmbio, no respectivo departamento.

6 5. DAS CONDIÇÕES PARA O ESTUDANTE SELECIONADO 1. O estudante selecionado deverá pagar a taxa II (taxa de intercâmbio, R$ 175 cento e setenta e cinco reais), de acordo com as orientações que serão divulgadas junto com a classificação, no site da IFMSA-Brazil (www.ifmsabrazil.org), a partir da data de publicação do resultado (15/07/2012) até a data final (30/07/2012). 2. O estudante selecionado terá direito à hospedagem e a alimentação, durante todo o período de intercâmbio, que pode ser de duas, três ou quatro semanas, de acordo com a declaração de vagas de cada comitê local. 3. Cabe ao anfitrião oferecer a hospedagem e, no mínimo, duas refeições por dia. 4. A organização de todo esse processo é de responsabilidade exclusiva do comitê local, da IFMSA-Brazil, responsável pelo intercâmbio. 5. Após a realização do intercâmbio, o intercambista deverá, obrigatoriamente, entregar a ficha de avaliação do intercâmbio (IVONE), a partir da disponibilização das mesmas. As fichas de avaliação dos intercâmbios serão aproveitadas na produção do relatório final do PIN DAS CONDIÇÕES PARA O ESTUDANTE NÃO SELECIONADO 1. Das listas de espera No caso de indisponibilidade de vagas para todas as opções do candidato no momento de classificação, este será automaticamente remetido à lista de espera da sua primeira opção de intercâmbio, podendo este também concorrer às vagas remanescentes e extras ao longo do ano. A obtenção de uma vaga remanescente ou extra implica na retirada automática do candidato da lista de espera em que se encontrava. 2. Das vagas remanescentes e extras As vagas remanescentes (que não foram preenchidas) e extras (que foram cadastradas após o Regulamento do PIN ) poderão ser novamente disponibilizadas a critério do NONE, de acordo com o Regulamento a ser publicado oportunamente. 3. Das vagas unilaterais As vagas unilaterais serão disponibilizadas somente através das vagas remanescentes e extras, ficando a critério do NONE a liberação das mesmas. A vaga unilateral é composta por três taxas (taxa de inscrição, taxa de intercâmbio e taxa unilateral). A taxa unilateral será no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais). Será repassado 15% do valor da taxa unilateral para o comitê que receber o intercambista. Esse repasse é autorizado somente pelo NONE e pelo Diretor Financeiro. O intercambista da vaga unilateral só pode ser alocado em uma hospedagem extra. Entende-se como hospedagem extra, a oferta de hospedagem após a ocupação total daquelas já oferecidas na inscrição do PIN

7 7. DA DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA 7.1. DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO Cópia do Registro Geral (RG): frente e verso. Atestado de matrícula da sua escola médica: Será dada pontuação diferenciada de acordo com o número de semestres concluídos até a data de início das inscrições (ver descrição das pontuações adiante). Esse atestado deverá, obrigatoriamente, explicitar o ano/semestre em curso no momento da inscrição. Instrumento Particular Bilateral de Interesses: É o documento bilateral que firma a lealdade entre a IFMSA-Brazil e o candidato. Deve ser assinado, digitalizado e anexado para efetivar a inscrição. O candidato deve guardar uma cópia para si e o original deverá ser entregue ao LONE, e o arquivo digitalizado será utilizado na inscrição. Todas as páginas do contrato de intercâmbio deverão ser devidamente assinadas e rubricadas pelo aluno, coordenador local da IFMSA-Brazil de sua escola médica e testemunhas. 1.º - O candidato, ao assinar o Instrumento Particular Bilateral de Interesses, declara estar ciente de que não angaria direito adquirido ou expectativa de direito à viagem a cidade de destino; 2.º - O pagamento da taxa de inscrição apenas faz com que a IFMSA- Brazil inicie seus esforços para conseguir intermediar, perante o comitê local que o candidato deseja viajar, a concretização do intercâmbio pretendido; 3.º - Pelo motivo explicitado na cláusula anterior, a IFMSA-Brazil recomenda que, antes do envio da Carta Aceite (CA) pelo comitê local que o recepcionará, dizendo que o intercâmbio poderá ser realizado, o candidato não despenda qualquer valor com passagens, ou outros. 4.º - De acordo como disposto no parágrafo anterior, a obrigação da IFMSA-Brazil é de meio, e não de fim. Nota promissória: Trata-se de um documento exigido pela IFMSA-Brazil, a fim de garantir o custeio da eventual interrupção antecipada do intercâmbio, por desrespeito das regras do comitê local e do anfitrião, conforme trata o artigo 17, do Instrumento Particular Bilateral de Interesses. A nota promissória possui a finalidade de manter a harmonia entre os comitês locais da IFMSA-Brazil, bem como preservar a integridade da imagem dos estudantes de medicina brasileiros, buscando evitar que atitudes irresponsáveis por parte de alguns impeça futuros intercâmbios por parte de pessoas sérias. FIN I (Ficha de Inscrição - Identificação): O candidato deve informar todos os seus dados pessoais, endereço e dados acadêmicos. FIN II (Ficha de Inscrição - Pontuação): Contém seus dados acadêmicos e quantos pontos você acumulou nos diversos critérios de classificação. Devem ser anexados, de forma digital, os documentos para comprovar a pontuação, obedecendo os critérios de pontuação disposto no Regulamento. FIN III (Ficha de Inscrição - Intercâmbio): Nela, o candidato fará as opções de cidades em ordem decrescente de interesse. Não é necessário preencher todas as 15 opções e o candidato deve colocar somente os intercâmbios de seu interesse, para os quais realmente gostaria de ir. Entretanto, quanto mais opções, maior é a chance de ir para um intercâmbio de sua opção. Antes de você colocar a sua opção de intercâmbio, confira todos os pré-requisitos.

8 FIN IV (Ficha de Inscrição - Hospedagem): O aluno deverá assinalar o número de meses disponibilizado para a hospedagem (obrigatória e voluntária, se aplicável) do intercambista, de acordo com a pontuação declarada para tais itens, na FIN II. Certificados para comprovação de pontuação (descritos a seguir). IMPORTANTE: As FINS são os dados preenchidos através do site: A descrição do arquivo a ser anexado deve explicitar o documento do anexo da maneira mais clara possível. 7.2 DOCUMENTOS PARA PONTUAÇÃO São os certificados e outros documentos para comprovação de pontuação, dentre as modalidades (1) Monitoria (2) Trabalhos Científicos (3) Bolsa de Iniciação Científica (4) Trabalho de Extensão (5) Ligas Acadêmicas (6) Projetos, Campanhas e Eventos da IFMSA- Brazil. 1. MONITORIA: Para critérios de pontuação, será contada apenas 1 monitoria por semestre. O certificado de monitoria deverá conter: Nome completo do aluno; Duração da monitoria; Deverá ser oficial e emitido pelo departamento/disciplina responsável e assinada pelo chefe do departamento. Não serão aceitas assinaturas de outros professores que não o chefe do departamento; Declaração de Monitoria: (caso ainda esteja em andamento ou certificado ainda não tenha sido emitido): Nome completo do aluno; Duração da Monitoria; A declaração deverá ser emitida pelo órgão ou departamento responsável e assinada pelo chefe do departamento. Não serão aceitas assinaturas de outros professores que não o chefe do departamento; 2. TRABALHOS CIENTÍFICOS: Concluído: Trabalhos científicos que já foram concluídos quando da inscrição. Certificado de evento científico: caso tenha sido apresentado em eventos científicos; Cópia da publicação: caso tenha sido publicado em revista cientifica; Os trabalhos científicos que já foram concluídos pelos alunos só serão aceitos caso tenham sido apresentados em eventos científicos ou publicados em revistas científicas. Anais de congresso não serão válidos para pontuação. Cópia da carta de aviso de publicação: Artigos já aceitos por revistas científicas e que serão publicados em breve. Em andamento: O aluno deverá apresentar uma declaração oficial do órgão responsável pela pesquisa. A declaração deverá conter: Nome completo do aluno;

9 Nome do projeto; Nome do orientador; Assinatura do diretor responsável pelo órgão de pesquisa/extensão oficial da universidade. OBSERVAÇÃO 1: Participação em eventos científicos não contabilizam pontos; pontuam apenas as apresentações de trabalhos, em caráter de pôster ou apresentação oral, nesses eventos. OBSERVAÇÃO 2: Trabalhos científicos em andamento podem ser comprovados pelo parecer de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa. OBSERVAÇÃO 3: Em casos de duplicidade onde o trabalho científico for declarado em diferentes categorias (Trabalho Científico e Bolsa de Iniciação Científica), será considerada a de maior pontuação. 3. CERTIFICADO(S) DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Em andamento: Declaração emitida pelo órgão responsável pela bolsa; Concluído: Declaração emitida pelo órgão responsável pela bolsa; Comprovante de publicação e/ou apresentação; OBSERVAÇÃO: Os títulos dos trabalhos serão estritamente analisados para tornar o processo mais igualitário e evitar que um mesmo trabalho seja desmembrado em outros supostamente diferentes e, portanto, a pontuação calculada pelo aluno pode ser diferente da pontuação real. 4. TRABALHO DE EXTENSÃO: Para trabalho de extensão já CONCLUÍDO, o aluno deverá enviar certificado contendo: Nome completo; Nome do projeto de extensão; Duração em meses do mesmo; Assinatura do diretor responsável pelo órgão de extensão oficial da universidade; O aluno deverá apresentar certificado oficial, emitido pelo órgão competente, dentro da universidade a fim de comprovar sua participação no trabalho. Para trabalho de extensão EM ANDAMENTO e ainda SEM CERTIFICADO, o aluno deverá enviar Declaração contendo: Nome completo do aluno; Nome do projeto;

10 Duração, em meses, do projeto; Nome do orientador; Assinatura do diretor responsável pelo órgão de extensão oficial da universidade; O aluno deverá apresentar uma declaração oficial do órgão responsável pela extensão na Universidade a fim de comprovar sua participação no trabalho. 5. LIGAS ACADÊMICAS: Para Ligas Acadêmicas já CONCLUÍDAS: Os alunos devem providenciar certificado oficial do órgão no qual a liga está cadastrada, contendo: Nome completo do aluno; Nome da Liga; Tempo, em meses, em que foi membro da Liga; Nome do orientador; Assinatura do diretor responsável pelo órgão de extensão oficial da universidade; Para Ligas Acadêmicas EM ANDAMENTO e ainda sem certificado emitido: Providenciar Declaração de participação na Liga, contendo: Nome completo do aluno; Nome da Liga; Tempo, em meses, em que foi membro da Liga; Nome do orientador; E Assinatura do diretor do órgão responsável pelas ligas na universidade; OU Assinatura do professor orientador e do presidente da liga em papel timbrado da universidade; OU Declaração em papel timbrado do centro acadêmico contendo assinatura do presidente do mesmo e assinatura do presidente da liga; 6. PARTICIPAÇÃO EM ATIVIDADES DO SCOPH/SCORA/SCORP/SCOME DA IFMSA- BRAZIL: Para critérios de pontuação, serão contadas todas as participações em atividades dos comitês permanentes SCOPH, SCORA, SCORP e SCOME realizados pela IFMSA-Brazil, devidamente comprovadas por certificados oficiais fornecidos pela mesma. Ver critérios de pontuação adiante. OBS: Não serão pontuadas atividades que não forem devidamente comprovadas com certificados. OBS2: As atividades, cujo certificado ainda não foi emitido, devem ser comprovadas através de declaração emitida pelo presidente do comitê local. OBS3: Os coordenadores de intercâmbio da IFMSA-Brazil não poderão pontuar, simultaneamente, como coordenadores de projetos e/ou campanhas. Nesses casos, o candidato deverá optar por declarar a pontuação como coordenador de intercâmbio ou como coordenador de projetos e/ou campanhas.

11 8. DAS TAXAS DE INSCRIÇÃO E DE INTERCÂMBIO Conforme o Estatuto da IFMSA-Brazil, a taxa de participação será assim definida: I. Taxa de inscrição: R$ 60,00 (sessenta reais) a ser paga no ato da inscrição por todos os interessados em participar do programa de intercâmbio nacional; II. Taxa de Intercâmbio: R$ 175,00 (cento e setenta e cinco reais) a ser pago exclusivamente pelos candidatos classificados a uma vaga de intercâmbio; 1.º - Somente a taxa de intercâmbio, citada no inciso II, será suscetível de devolução, observando as seguintes condições: a) Havendo o cancelamento da vaga, por parte da IFMSA-Brazil, na qual o candidato tiver sido classificado, ou se o mesmo não tiver sido aceito pela cidade de intercâmbio. b) Em situações especiais que, a critério da IFMSA-Brazil, atentem contra a segurança do intercambista. c) Em decorrência de motivos relevantes, devidamente comprovados, sujeito à avaliação da Diretoria Nacional, encaminhado pelo comitê local da IFMSA-Brazil. São considerados motivos relevantes: I. Óbito na família em parentesco de primeiro grau; II. Óbito do próprio contratante; III. Doença incapacitante do próprio contratante, sujeita a avaliação de relatório médico. 1.º - Os casos omissos encaminhados pelo comitê local e aprovados pela diretoria nacional da IFMSA-Brazil poderão ser reembolsados de acordo com a data de cancelamento da seguinte maneira: I. Cancelamento com até seis meses de antecedência do início do estágio terá reembolso de 50% da quantia paga mencionada na cláusula quinta; II. Cancelamento com cinco a quatro meses de antecedência do inicio do estágio terá reembolso de 30% da quantia paga mencionada na cláusula quinta; III. Cancelamento com três a dois meses de antecedência do inicio do estágio terá reembolso de 15% da quantia paga mencionada na cláusula quinta; IV. Cancelamento com menos de dois meses de antecedência do inicio do estágio não haverá reembolso da quantia mencionada na cláusula quinta. 2.º - A devolução da taxa de intercâmbio somente será providenciada mediante solicitação por escrito por parte do interessado, assinada pelo mesmo e pelo coordenador local da IFMSA-Brazil, corroborando estar de acordo com o valor do reembolso e explicitando nela o motivo, devendo ser enviada por ao Diretor Financeiro da IFMSA-Brazil e ao NONE. O deferimento da mesma só se realizará caso a solicitação contenha nome completo, RG, CPF e dados bancários do beneficiado.

12 ATENÇÃO: O pagamento da taxa I (taxa de inscrição, R$ 60 sessenta reais) deverá ser realizado através da Loja Virtual da IFMSA-Brazil a ser acessada através do site: Nos produtos da loja, busque pelo item TAXA I Inscrição - Intercâmbio Nacional. Siga as instruções da página para efetuar o seu cadastro e realize o pagamento optando por Cartão de Crédito (VISA, MASTERCARD, DINERS CLUB, AMERICAN EXPRESS) ou boleto bancário. IMPORTANTE: Se você optou por Cartão de Crédito, anexe, como recibo de pagamento, uma 'foto de tela' (print screen) do de compra enviado pela loja virtual. Caso tenha escolhido boleto bancário, após efetuar o pagamento, envie imagem digitalizada do recibo bancário. A taxa II (taxa de intercâmbio, R$ 175 cento e setenta e cinco) deverá ser paga de acordo com as orientações que serão divulgadas junto com a classificação, no site da IFMSA-Brazil (www.ifmsabrazil.org), a partir da data de publicação do resultado (15/07/2012) até a data final de pagamento (01/08/2012). Obs: A Loja Virtual da IFMSA-Brazil consiste em um sistema que traz facilidades de pagamento via boleto bancário ou cartões de crédito. Tudo é feito de forma automática, com a comodidade de ser realizado em casa, além de ser mais profissional que depósito bancário. EXEMPLO DE PRINT SCREEN (COMPRA EM CARTÃO DE CRÉDITO)

13 9. DOS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO: Conforme o Estatuto da IFMSA-Brazil A. Aproveitamento do Curso A.1) até o 4º período concluído A.2) do 5º ao 6º período concluído A.3) do 7º ao 8º período concluído A.4) do 9º ao 12º período concluído 05 pontos 10 pontos 15 pontos 20 pontos B. Atividades Extras: B.1) Monitoria (1 por semestre) Até 6 meses ou até 40 horas De 7 meses a 1 ano ou mais de 40 horas B.2) Bolsa de iniciação científica B.3) Trabalhos científicos: Publicados (máximo 2 por ano) Apresentados em eventos científicos (máximo 3 por ano) Em andamento (máximo 3 por ano) B.4) Trabalho de extensão (2 por ano): Até 6 meses ou até 40 horas De 7 meses a 1 ano ou mais de 40 horas Obs: Prevalece o critério que resultar em maior nº de pontos. B.5) Participação em liga (2 por ano): Até 6 meses ou até 40 horas De 7 meses a 1 ano ou mais de 40 horas Obs: Prevalece o critério que resultar em maior nº de pontos. B.6) Participação em atividades do SCOPH, do SCORA e do SCORP: Participação em Campanhas 05 pontos 10 pontos 10 pontos 15 pontos 10 pontos 05 pontos 05 pontos 10 pontos 05 pontos 10 pontos 05 pontos 10 pontos 15 pontos Participação em Projetos ou Coordenação de Campanhas Coordenação de Projetos B.7) Participação em atividades do SCOME: Participação em comissão organizadora de Curso ou Congresso 10 pontos Coordenação em comissão organizadora de Curso ou Congresso 15 pontos Participação em comissão organizadora de outras eventos 05 pontos Coordenação em comissão organizadora de outras eventos 10 pontos Atenção: Só serão pontuados, no máximo, 3 projetos, 6 campanhas ao ano e 3 eventos, por candidato. Sendo que, para LEO/LORE/LONE, serão 2 projetos, 5 campanhas e 2 eventos ao ano, por candidato. B.7) Serão conferidos 15 pontos por semestre a todos os coordenadores locais da IFMSA-Brazil e mais 15 pontos para os LEO/LORE/LONE que tenham exercido suas respectivas funções através de comprovação declarada pelo presidente do comitê local e testemunha filiada à IFMSA-Brazil. OBS1: Não serão consideradas participações em congressos e estágios realizados pelo aluno. OBS2: Só serão consideradas atividades extras devidamente comprovadas por meio de certificados ou fotocópias registradas da publicação (no caso de trabalhos científicos). OBS3: Serão válidas apenas as pontuações referentes a atividades realizadas durante o curso de medicina. C. Oferta de Hospedagem C.1) A oferta de hospedagem consiste de, no mínimo, duas refeições diárias e alojamento gratuitos com duração de 2 (duas) a 4 (quatro) semanas.

14 ATENÇÃO Existem 3 (três) tipos de hospedagem: obrigatória, voluntária e extra. Obrigatória: é a hospedagem que o estudante deve oferecer, de acordo com o Termo Particular Bilateral de Interesses do intercâmbio. Voluntária: é a hospedagem, além da obrigatória, que o inscrito pode ou não oferecer no PIN para o qual se inscreveu. Extra: são as hospedagens utilizadas por candidatos inscritos no Programa de Intercâmbio (PI) ou Programa de Intercâmbio Nacional (PIN) que tenham efetivamente sido aprovadas e realizadas por estudantes do PI ou PIN do período anterior, de modo que poderão ser usadas apenas uma vez. Não serão contabilizados pontos para hospedagens extras que foram utilizadas sem a capacidade do comitê ter sido excedida. Sendo esta capacidade a soma das hospedagens obrigatórias e voluntárias. C.2) Pontuação: C.2.1) Hospedagens obrigatórias: Serão concedidos pontos de acordo com o número de meses disponibilizado para a hospedagem do outro intercambista: 6 meses 60 pontos 5 meses 50 pontos 4 meses 40 pontos 3 meses 30 pontos 2 meses 20 pontos C.2.1.1) Hospedagens ofertadas no Brasil sem restrição de sexo, receberão um acréscimo de 10 pontos. C.2.2) Hospedagens voluntárias: 6 meses 60 pontos 5 meses 50 pontos 4 meses 40 pontos 3 meses 30 pontos 2 meses 20 pontos C.2.3) Cada hospedagem extra realizada no PI ou PIN do período de intercâmbio vigente recebe 20 pontos. Obs: Os meses ofertados pelo inscrito DEVERÃO estar de acordo com os meses de intercâmbio declarados pelo comitê local, na ficha de inscrição de vagas (FIN-VAGAS). D. Critérios de Desempate Serão usados como critério de desempate, na seguinte ordem: 1 o ) A data de pagamento da inscrição (o primeiro candidato a pagar terá direito à vaga) 2 o ) O período do curso concluído (o estudante que estiver no período mais avançado terá direito à vaga) 3 o ) A idade do candidato (o candidato que for mais velho terá direito à vaga) Obs: No caso de indisponibilidade de vagas para todas as opções do candidato no momento de classificação, este será automaticamente remetido à lista de espera da sua primeira opção de intercâmbio, podendo este também concorrer às vagas remanescentes e extras ao longo do ano. A obtenção de uma vaga remanescente ou extra implica na retirada automática do candidato da lista de espera em que se encontrava.

15 E. Pontuação Individual Os pontos atribuídos aos candidatos são pessoais, intransferíveis e válidos apenas para aquele programa de intercâmbio. O candidato será responsável direto pelos mesmos, principalmente os pontos que se referirem à oferta de hospedagem. OBS: A cada programa de intercâmbio a pontuação é zerada, podendo o aluno utilizar seus documentos comprovantes de pontuação quantas vezes (programas) quiser. F. Irregularidades na Documentação Caso seja comprovada qualquer irregularidade em relação aos documentos apresentados, a inscrição poderá ser automaticamente cancelada, sem a devolução da taxa de inscrição. É DE RESPONSABILIDADE DO CANDIDATO NA AUTENTICIDADE E VERACIDADE DOS DOCUMENTOS APRESENTADOS, SOB PENA DE INCORRER NAS SANÇÕES DO ART. 299 DO CÓDIGO PENAL BRASILEIRO (reclusão de 1 a 5 anos e multa).

16 10. DO CRONOGRAMA GERAL: 23 de Abril a 18 de Maio de 2012 Envio do Kit de Declaração de Vagas: Carta ao Tutores (SCONE) Passo-a-passo do SCONE FIN-VAGAS Cadastro de LONE no site de exchange 25 de Abril a 30 de Abril de 2012 Confecção do Regulamento Geral do Programa de Intercâmbio Nacional de Abril de 2012 Votação do Regulamento Geral do Programa de Intercâmbio Nacional de Maio de 2012 Lançamento do Regulamento Geral do Programa de Intercâmbio Nacional , com acréscimo da relação de vagas. Envio do Kit de Divulgação do PIN: Apresentação do SCONE (.ppt) Cartaz de divulgação do SCONE Instruções de como divulgar Marcar reunião para explicar sobre o intercâmbio nacional e tirar as dúvidas. 21 de Maio de 2012 Abertura das incrições para o PIN pelo site: Abertura do pagamento da taxa I, de inscrição, no valor de R$ 60 reais (Critério de desempate!). Contactar o coordenador local (LONE) da IFMSA-Brazil de sua faculdade. Envio do Kit de Inscrição do PIN: Termo Particular Bilateral de Interesses Nota promissória 18 de Junho de 2012 Encerramento do pagamento. 22 de Junho de 2012 O candidato deverá enviar até essa data a sua inscrição pelo site: O LONE deverá assinar e recolher uma via do contrato e da nota promissória. 23 de Junho a 26 de Junho de 2012 Parecer do LONE acerca das inscrições recebidas. 23 de Junho a 14 de Julho de 2012 Reunião de Classificação 15 de Julho de 2012 Publicação do resultado O LONE deve contactar os candidatos aprovados para o pagamento da taxa II, de intercâmbio, no valor de R$ 175 reais.

17 15 de Julho a 30 de Julho de 2012 Pagamento da taxa II, de intercâmbio, no valor de R$ 175 reais. 05 de Agosto de 2012 Lançamento da Lista de Vagas Remanescentes e Extras. 02 meses antes do início do intercâmbio O comitê anfitrião deve enviar a carta de aceite (CA) e recolher carta de confirmação (CC) dos intercambistas, sendo este com um mês de antecedência. Após a realização do intercâmbio Preencher a Ficha de Avaliação do Intercâmbio (FAI/IVONE). 11. DAS VAGAS PIN A lista das vagas disponibilizadas no PIN , contendo as cidades e comitês que estão ofertando, as opções de estágios oferecidas, os meses e a duração de cada estágio estará disponível no site a partir do dia 21 de Maio, quando se inicia o período de inscrição. O interessado que se cadastrar no site terá acesso a Lista das Vagas do PIN antes de preencher suas Fichas de Inscrição. As vagas também serão disponibilizadas em lista geral de s da IFMSA-Brazil e divulgadas no site 12. CONSIDERAÇÕES FINAIS A IFMSA-Brazil não se responsabiliza pela apresentação a destempo, pelo candidato, da documentação necessária, fato que não assegurará sua classificação para o intercâmbio. O candidato deverá contactar o LONE de sua escola médica para tirar todas as dúvidas e, se necessário, o LONE deverá contactar o NONE. O contato entre LONE e NONE será considerado se ocorrer através do correio eletrônico oficial da atual coordenação local, cujo padrão deve ser: A classificação no processo de inscrição não garante a vaga de intercâmbio. A confirmação do mesmo só é garantida pelo recebimento da Carta Aceite (CA), enviada pela escola médica em que se realizará as vivências acadêmicocientíficas. ATENÇÃO: A Carta Aceite (CA) é um documento emitido pelo comitê local de intercâmbio. Nela encontram-se todos os dados referentes ao intercâmbio, como período, cidade e departamento ao qual o aluno foi aceito.

INTERNATIONAL FEDERATION OF MEDICAL STUDENTS ASSOCIATIONS OF BRAZIL

INTERNATIONAL FEDERATION OF MEDICAL STUDENTS ASSOCIATIONS OF BRAZIL INTERNATIONAL FEDERATION OF MEDICAL STUDENTS ASSOCIATIONS OF BRAZIL Edital de VAGAS EXTRAS E REMANESCENTES PIN 2014-2015 CONTEÚDO 1. Sobre o Edital 02 2. Disposições Gerais 03 3. Como Proceder 04 4. Sobre

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

FUNDAÇÃO DE SAÚDE PÚBLICA DE NOVO HAMBURGO

FUNDAÇÃO DE SAÚDE PÚBLICA DE NOVO HAMBURGO FUNDAÇÃO DE SAÚDE PÚBLICA DE NOVO HAMBURGO Programa de Residência Médica em Clínica Médica Programa de Residência Médica em Medicina Intensiva Programa de Residência Médica em Neonatologia Processo Seletivo

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE CARIDADE SANTA CASA DO RIO GRANDE EDITAL PROCESSO SELETIVO 2015

ASSOCIAÇÃO DE CARIDADE SANTA CASA DO RIO GRANDE EDITAL PROCESSO SELETIVO 2015 ASSOCIAÇÃO DE CARIDADE SANTA CASA DO RIO GRANDE EDITAL PROCESSO SELETIVO 2015 A Comissão de Residência Médica da Associação de Caridade Santa Casa do Rio Grande (ACSCRG) torna público para o conhecimento

Leia mais

CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE LOCAL. Período de inscrições e protocolo dos documentos

CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE LOCAL. Período de inscrições e protocolo dos documentos PROGRAMA ANUAL DE CAPACITAÇÃO CONTINUADA DE PROFISSIONAIS EM EAD PACC CURSO DE TUTORIA EM EAD Processo Seletivo Simplificado para contratação de tutores a distância Edital n. 13/2014 CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE

Leia mais

EDITAL Nº 010/2015-PPA

EDITAL Nº 010/2015-PPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PPA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UEM Centro de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Administração Av. Colombo, 5.790 Zona 07 87020-900 Maringá Pr. Fonefax:

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE Vagas Extras e Remanescentes MARÇO 2014

REGULAMENTO GERAL DE Vagas Extras e Remanescentes MARÇO 2014 REGULAMENTO GERAL DE Vagas Extras e Remanescentes MARÇO 2014 1. Sobre o Regulamento...2 2. Disposições Gerais...2 3. Como Proceder...3 4. Classificação...5 5. VAGAS REMANESCENTES...6 A IFMSA-Brazil é membro

Leia mais

EDITAL Nº 70, DE 18 DE JULHO DE 2014

EDITAL Nº 70, DE 18 DE JULHO DE 2014 EDITAL Nº 70, DE 18 DE JULHO DE 2014 CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA SERVIDORES PÚBLICOS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, IFPI, torna público o presente

Leia mais

Edital N 10/2014 DRI/UFF

Edital N 10/2014 DRI/UFF Edital N 10/2014 DRI/UFF Dispõe sobre o programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação da Universidade Federal Fluminense para o segundo semestre de 2015 e primeiro de 2016. A Diretoria de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014 EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014 CONSIDERANDO as normas estabelecidas pela Resolução COSUEN 013/2014, de 23 de julho de 2014, a Pró-Reitoria de Graduação, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

MANUAL DO ALUNO PARA O CURSO INTENSIVO DE QUALIFICAÇÃO DE INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL NÍVEL 1

MANUAL DO ALUNO PARA O CURSO INTENSIVO DE QUALIFICAÇÃO DE INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL NÍVEL 1 INDUSTRIAL NÍVEL Pág.: /7 Elaborado/Data: dezembro/204. OBJETIVO O Manual do aluno é um importante guia para a realização do curso INTENSIVO de Inspetor de Pintura Industrial Nível. Aqui contém informações

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

INTERNATIONAL FEDERATION OF MEDICAL STUDENTS ASSOCIATIONS OF BRAZIL REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIOS CONTEÚDO

INTERNATIONAL FEDERATION OF MEDICAL STUDENTS ASSOCIATIONS OF BRAZIL REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIOS CONTEÚDO INTERNATIONAL FEDERATION OF MEDICAL STUDENTS ASSOCIATIONS OF BRAZIL REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIOS 2014-2015 CONTEÚDO 1. O que é a IFMSA- Brazil 2. Inscrições 3.Taxas de Inscrição e Pagamento

Leia mais

Edital N 12/2015 SRI/UFF

Edital N 12/2015 SRI/UFF Edital N 12/2015 SRI/UFF Dispõe sobre o programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação da Universidade Federal Fluminense para o segundo semestre de 2016 e primeiro de 2017. A Superintendência

Leia mais

1.2. O acompanhamento de Editais e comunicados referentes a este Processo Seletivo é de responsabilidade exclusiva do candidato.

1.2. O acompanhamento de Editais e comunicados referentes a este Processo Seletivo é de responsabilidade exclusiva do candidato. EDITAL Nº 17/2014, de 15 de outubro de 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA SERVIDORES PÚBLICOS DE ENSINO PARA INGRESSO NOS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO, DO PROFUNCIONÁRIO EAD Processo

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM Artigo Primeiro - O Centro Universitário de Sete Lagoas - UNIFEMM, informa que no período de 26 a 29/10/2015, de 09 às 18.00 horas,

Leia mais

1. PREÂMBULO 2. DO NÚMERO DE VAGAS. 2.1 Serão oferecidas 15 (quinze) vagas. 3. DA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO

1. PREÂMBULO 2. DO NÚMERO DE VAGAS. 2.1 Serão oferecidas 15 (quinze) vagas. 3. DA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTATÍSTICA EDITAL No. 1/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTATÍSTICA PARA O CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO PARA O

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS NÍVEL SUPERIOR REALIZAÇÃO: Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas U F S C a r EDITAL Nº 011/2012 O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas da Universidade

Leia mais

DO E-TEC IDIOMAS SEM FRONTEIRAS PARA SERVIDORES EFETIVOS DO IFRO, ALUNOS REGULARES DO IFRO E ALUNOS DA REDE PÚBLICA ESTADUAL

DO E-TEC IDIOMAS SEM FRONTEIRAS PARA SERVIDORES EFETIVOS DO IFRO, ALUNOS REGULARES DO IFRO E ALUNOS DA REDE PÚBLICA ESTADUAL PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO PARA ACESSO AOS CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA - FIC EM INGLÊS NÍVEL A1 E EM ESPANHOL NÍVEL A1, NA MODALIDADE A DISTÂNCIA, NO ÂMBITO DA REDE E- TEC BRASIL DO E-TEC

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 011 /IFB DE 08 DE SETEMBRO DE 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 011 /IFB DE 08 DE SETEMBRO DE 2015 EDITAL Nº 011 /IFB DE 08 DE SETEMBRO DE 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO TÉCNICO-CIENTÍFICO O Diretor Geral do Campus Riacho Fundo, nomeado pela Portaria 597, publicada no Diário Oficial da União

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DA SEMANA ACADÊMICA 2012

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DA SEMANA ACADÊMICA 2012 FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA Avenida Porto Velho N.º 401 - Bairro João XXIII - Tel: (0xx85) 3299.9900 - Cep 61.525-571 - Fortaleza - Ceará Home-page: www.fgf.edu.br - E-mail: semanaacademica@fgf.edu.br

Leia mais

EDITAL SECTI Nº 06/2015 PROGRAMA CIDADÃO DO MUNDO

EDITAL SECTI Nº 06/2015 PROGRAMA CIDADÃO DO MUNDO EDITAL SECTI Nº 06/2015 PROGRAMA CIDADÃO DO MUNDO O SECRETÁRIO DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura do processo seletivo para participação no

Leia mais

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2015-2016

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2015-2016 Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2015-2016 O Comitê Institucional dos Programas de Iniciação Científica (CIPIC) da Universidade Federal

Leia mais

Faculdade Ibmec-MG Processo Seletivo 2012-2 / 2013-1 EDITAL

Faculdade Ibmec-MG Processo Seletivo 2012-2 / 2013-1 EDITAL Faculdade Ibmec-MG Processo Seletivo 2012-2 / 2013-1 EDITAL I - DO PROCESSO SELETIVO De ordem do Senhor Diretor e para conhecimento de todos os interessados, torno público que, no período indicado neste

Leia mais

Os candidatos deverão apresentar a documentação acondicionada em pasta com dois furos seguindo a ordem citada abaixo:

Os candidatos deverão apresentar a documentação acondicionada em pasta com dois furos seguindo a ordem citada abaixo: UNESP CÂMPUS DE BOTUCATU FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA EDITAL 23/2015-DDTA A Diretoria da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia UNESP Câmpus de Botucatu, torna público que estarão

Leia mais

Ministério da Educação MEC Instituto Federal de Brasília - IFB Campus Samambaia

Ministério da Educação MEC Instituto Federal de Brasília - IFB Campus Samambaia EDITAL Nº 006 DGSA/CDAE/CSAM/IFB, DE 17 DE SETEMBRO DE 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO TÉCNICO-CIENTÍFICO O Diretor-Geral do campus Samambaia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS GABINETE DO REITOR DEPARTAMENTO DE INTERCÂMBIO E PROGRAMAS INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS GABINETE DO REITOR DEPARTAMENTO DE INTERCÂMBIO E PROGRAMAS INTERNACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS GABINETE DO REITOR DEPARTAMENTO DE INTERCÂMBIO E PROGRAMAS INTERNACIONAIS EDITAL DE SELEÇÃO N 03/2011/GR APRESENTAÇÃO A Universidade Federal do Pelotas,

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DA CLÍNICA DIMAGEM 2014

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DA CLÍNICA DIMAGEM 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DA CLÍNICA DIMAGEM 2014 APRESENTAÇÃO O programa de pós-graduação em Radiologia e Diagnóstico por Imagem

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 Dispõe sobre o programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação da Universidade Potiguar UnP, especificamente a concessão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 64/2014, de 06 de fevereiro 2014

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 64/2014, de 06 de fevereiro 2014 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 64/2014, de 06 de fevereiro 2014 Seleção de Orientadores do projeto Caminhos do Cuidado - Formação em Saúde Mental (crack, álcool e outras drogas) para Agentes Comunitários de Saúde

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL 02/2011

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL 02/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL 02/2011 A Supervisão Acadêmica de Tutores do Grupo Educacional UNINTER torna público

Leia mais

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016 Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016 O Comitê Institucional dos Programas de Iniciação Científica (CIPIC) da Universidade Federal de Ciências

Leia mais

Edital p/ seleção de bolsistas para preenchimento de vagas remanescentes do PROSUP-CAPES, no Curso de Mestrado de Direito

Edital p/ seleção de bolsistas para preenchimento de vagas remanescentes do PROSUP-CAPES, no Curso de Mestrado de Direito Edital p/ seleção de bolsistas para preenchimento de vagas remanescentes do PROSUP-CAPES, no Curso de Mestrado de Direito Seleção de Bolsas de Estudos e Taxas Escolares concedidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA

FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA UNESP CAMPUS DE BOTUCATU FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA EDITAL-56/2011-DDTA A Diretoria da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia UNESP Campus de Botucatu, torna público que estarão

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA EDITAL No. 01/2010

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA EDITAL No. 01/2010 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA EDITAL No. 01/2010 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA PARA OS CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO

Leia mais

EDITAL Nº06 1º SEMESTRE 2015 SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS

EDITAL Nº06 1º SEMESTRE 2015 SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS EDITAL Nº06 1º SEMESTRE 2015 SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS Junho de 2015 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS MUZAMBINHO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA -

Leia mais

Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016.

Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016. Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016. Estarão abertas, nos dias 20, 21 e 22/01/2016, as inscrições para

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PREVENÇÃO A CEGUEIRA E REABILITAÇÃO VISUAL EDITAL 01/14 DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PREVENÇÃO A CEGUEIRA E REABILITAÇÃO VISUAL EDITAL 01/14 DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PREVENÇÃO A CEGUEIRA E REABILITAÇÃO VISUAL EDITAL 01/14 DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA A Coordenação do Curso de Especialização em Oftalmologia

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 33/2013, de 23 de dezembro 2013

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 33/2013, de 23 de dezembro 2013 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 33/2013, de 23 de dezembro 2013 Seleção de Orientadores do projeto Caminhos do Cuidado - Formação em Saúde Mental (crack, álcool e outras drogas) para Agentes Comunitários de Saúde

Leia mais

MANUAL DE MONITORIA. Agosto de 2010

MANUAL DE MONITORIA. Agosto de 2010 MANUAL DE MONITORIA Agosto de 2010 1 A Faculdade São Francisco de Assis - UNIFIN oferece ao aluno a oportunidade de iniciar-se na função docente através do exercício de monitorias. Apenas será considerado

Leia mais

EDITAL Nº 35/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2015

EDITAL Nº 35/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2015 EDITAL Nº 35/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2015 A Comissão Coordenadora do Processo Seletivo das Faculdades Integradas de Vitória FDV, para conhecimento de todos os interessados, torna público

Leia mais

EDITAL Nº 02/2012 GR-NRI

EDITAL Nº 02/2012 GR-NRI EDITAL Nº 02/2012 GR-NRI O Programa Santander Universidades Bolsas Ibero-Americanas para Estudantes de Graduação (PROGRAMA) integra a política de internacionalização e de valorização do ensino de graduação

Leia mais

Resolução 001/2015 Aprova o Manual do Candidato do Vestibular Complementar-2 2015/1 da Faculdade Inedi, fixa suas diretrizes e dá outras providências. O Professor Antônio Carlos Peixoto da Silva, Diretor

Leia mais

Edital Núcleo EaD n.º 007 /2015

Edital Núcleo EaD n.º 007 /2015 Edital Núcleo EaD n.º 007 /2015 Processo Seletivo de Alunos PSA nº 007/2015 para ingresso aos Cursos Técnicos em Hospedagem, Informática, Logística, Contabilidade, Secretariado, Administração e Multimeios

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteiras

Programa Ciência sem Fronteiras Programa Ciência sem Fronteiras Apresentação Este GUIA foi elaborado pela Diretoria de Relações Internacionais (DRI), Pró-Reitoria de Graduação (PRG) e Pró- Reitoria de Pesquisa (PRP) da UFLA para orientar

Leia mais

Art. 3º. A taxa de Inscrição será no valor de R$ 30,00 (trinta reais). Em hipótese alguma será devolvido o valor pago.

Art. 3º. A taxa de Inscrição será no valor de R$ 30,00 (trinta reais). Em hipótese alguma será devolvido o valor pago. EDITAL N 03 /2011-2 - VESTIBULAR, CONCURSO PRINCIPAL E PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CONTINUADO DO CENTRO UNIVERSITARIO DE MINEIROS UNIFIMES MANTIDO PELA FUNDAÇÃO INTEGRADA MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE (Port. MEC nº 797/14, de 11/09/2014, publicada no DOU em 12/09/2014) EDITAL 2016/1 - PROCESSO SELETIVO GRADUAÇÃO PRESENCIAL O Diretor Geral da Faculdade de Educação

Leia mais

Edital DIRGER Nº 03/2015

Edital DIRGER Nº 03/2015 1 Edital DIRGER Nº 03/2015 Dispõe sobre o Programa de Incentivo à Mobilidade Acadêmica para os acadêmicos dos cursos de graduação da Faculdade La Salle para o primeiro semestre de 2016. O Diretor Geral

Leia mais

EDITAL DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSIQUIATRIA INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA

EDITAL DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSIQUIATRIA INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA EDITAL DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSIQUIATRIA INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA O Instituto Bairral de Psiquiatria e a sua Comissão de Residência Médica (COREME) realizarão Processo de Seleção Pública

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE Edital nº 01, de 15 de abril de 2015, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL para atuar no Curso de Especialização

Leia mais

ANO 2014 2º SEMESTRE

ANO 2014 2º SEMESTRE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 095/2014, de 25/04/2014 PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS APROVADOS NO PROGRAMA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA OS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CIRURGIA GERAL EDITAL Nº 001/HUST-COREME/2013

PROCESSO SELETIVO PARA OS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CIRURGIA GERAL EDITAL Nº 001/HUST-COREME/2013 1 PROCESSO SELETIVO PARA OS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CIRURGIA GERAL EDITAL Nº 001/HUST-COREME/013 O Magnífico Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina Unoesc, professor Aristides Cimadon,

Leia mais

EDITAL Nº 005/2012 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA EMPRESARIAL

EDITAL Nº 005/2012 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA EMPRESARIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 005/2012 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA EMPRESARIAL A Faculdade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL Nº 06, DE 18 DE AGOSTO DE 2014. PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Leia mais

Edital de Seleção de Alunos 2º/ 2014

Edital de Seleção de Alunos 2º/ 2014 Edital de Seleção de Alunos 2º/ 2014 1 PREÂMBULO 1.1A Diretoria de Ensino (DE) do Vestibular Cidadão (VC), no uso de suas atribuições, torna pública e estabelece as normas e as condições de habilitação

Leia mais

Obs: As disciplinas cursadas durante o período do programa não terão suas equivalências garantidas.

Obs: As disciplinas cursadas durante o período do programa não terão suas equivalências garantidas. Global Office Programa Internacional - Bolsas Ibero-Americanas Santander Universidades Universidade do Porto, Portugal Edital nº 06/2015 O Complexo Educacional FMU torna pública as normas e procedimentos

Leia mais

CÂMPUS CAMPOS BELOS. Divulgação do edital 31 de março de 2015

CÂMPUS CAMPOS BELOS. Divulgação do edital 31 de março de 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO EDITAL N 007, DE 31 DE MARÇO 2015 SELEÇÃO INTERNA

Leia mais

REGULAMENTO BOLSA ESTÁGIO FACULDADES FUTURÃO

REGULAMENTO BOLSA ESTÁGIO FACULDADES FUTURÃO REGULAMENTO BOLSA ESTÁGIO FACULDADES FUTURÃO A Diretora Geral da Faculdades Futurão, mantida por CENTEFF Centro Técnico e Faculdades Futurão, faz saber aos interessados que a IES oferece Bolsa de Estágio

Leia mais

1. DO OBJETO 2. DAS INSCRIÇÕES

1. DO OBJETO 2. DAS INSCRIÇÕES EDITAL N 01 /2012-1 - VESTIBULAR, CONCURSO PRINCIPAL E PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CONTINUADO DO CENTRO UNIVERSITARIO DE MINEIROS UNIFIMES MANTIDO PELA FUNDAÇÃO INTEGRADA MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR

Leia mais

EDITAL Nº 100/2016 PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO

EDITAL Nº 100/2016 PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 100/2016 PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO O VICE-REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no exercício da reitoria, no uso de suas atribuições legais e estatutárias,

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Processo Seletivo para o Programa Especial de Formação Pedagógica para Professores de Educação Profissional de Nível Médio (Convênio FNDE/MEC nº 400012/2011 Programa Brasil

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições para os

Leia mais

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CÂMARA DE MONITORIA NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - Complementar a formação acadêmica do aluno, na área de seu

Leia mais

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE APERFEIÇOAMENTO MÉDICO 2014

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE APERFEIÇOAMENTO MÉDICO 2014 EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE APERFEIÇOAMENTO MÉDICO 2014 A Clínica Ultrimagem em convênio com a Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora torna público que estarão abertas as inscrições para seleção

Leia mais

Mestrado em Engenharia Mecânica e de Materiais EDITAL PPGEM 01/2015 - SELEÇÃO

Mestrado em Engenharia Mecânica e de Materiais EDITAL PPGEM 01/2015 - SELEÇÃO PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Diretoria do Campus Curitiba Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Licenciatura em Filosofia a Distância

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Licenciatura em Filosofia a Distância Edital nº 02, de 13 de JANEIRO de 201, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR A DISTÂNCIA para atuar no Curso de Licenciatura

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO EDITAL 01 DE PROCESSO SELETIVO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA/2012

EDITAL DE CONVOCAÇÃO EDITAL 01 DE PROCESSO SELETIVO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA/2012 DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S/A EDITAL DE CONVOCAÇÃO EDITAL 01 DE PROCESSO SELETIVO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA/2012 A DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S/A torna público através do presente EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (UnB) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA EDITAL No. 01/2012

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (UnB) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA EDITAL No. 01/2012 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (UnB) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA EDITAL No. 01/2012 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA, PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL, ÁREA

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 034/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 034/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 034/2015 Dispõe sobre as normas e fixa o calendário e o número de vagas para a realização do Processo Seletivo de Inverno 2015 para o curso de Medicina da Universidade de Taubaté.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 A Fundação de Educação Tecnológica e Cultural da Paraíba FUNETEC/PB, pessoa jurídica

Leia mais

Norma para utilização das bolsas de monitoria PIB no Centro Universitário Norte do Espírito Santo CEUNES/UFES

Norma para utilização das bolsas de monitoria PIB no Centro Universitário Norte do Espírito Santo CEUNES/UFES 1 Norma para utilização das bolsas de monitoria PIB no Centro Universitário Norte do Espírito Santo CEUNES/UFES 1. BREVE HISTÓRICO O PIB Programa Integrado de Bolsas de monitoria é regulamentado pelo Conselho

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ENSINO Campus Universitário Viçosa MG 36570-000 Telefone: (31)3899-2367 Fax: (31)3899-1236 e:mail: mobilidade.pre@ufv.br

Leia mais

seletivo para ingresso no 1 0 semestre de 2015 no curso de mestrado em Geotecnia, oferecido pela

seletivo para ingresso no 1 0 semestre de 2015 no curso de mestrado em Geotecnia, oferecido pela ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS Edital de abertura do Processo Seletivo para ingresso na Pós-Graduação em Geotecnia A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Geotecnia da Escola de Engenharia

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS QUÍMICA E BIOLÓGICA EDITAL Nº 1/2014

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS QUÍMICA E BIOLÓGICA EDITAL Nº 1/2014 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS QUÍMICA E BIOLÓGICA EDITAL Nº 1/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS QUÍMICA E BIOLÓGICA PARA

Leia mais

3. DOS REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO

3. DOS REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO PROCESSO SELETIVO PARA O PREENCHIMENTO DE VAGAS DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU NA MODALIDADE PRESENCIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO À SAÚDE DA PESSOA IDOSA. O MINISTÉRIO DA SAÚDE, representado

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO 1 REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEORIA GERAL DO CRIME INSTITUTO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS CRIMINAIS IBCCRIM E INSTITUTO DE DIREITO PENAL ECONÓMICO E EUROPEU - IDPEE DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE

Leia mais

EDITAL Nº 013/2014. 1.1 - As inscrições estarão abertas de 01 de outubro a 12 de dezembro de 2014.

EDITAL Nº 013/2014. 1.1 - As inscrições estarão abertas de 01 de outubro a 12 de dezembro de 2014. EDITAL Nº 013/2014 A Diretora da Faculdade AVANTIS Instituição mantida pela Sociedade Civil Avantis de Ensino e Escola de Aviação Civil Ltda, no uso das suas atribuições, faz saber que se encontram abertas

Leia mais

DÚVIDAS FREQUENTES PROCESSOS SELETIVOS - FAETEC

DÚVIDAS FREQUENTES PROCESSOS SELETIVOS - FAETEC 1 - Qual o valor da taxa de inscrição? É de R$ 33,50 2 - Para todos os concursos há cobrança de taxa de inscrição? Não. Para alguns Processos Seletivos não há cobrança de taxa de inscrição. Que são os

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA OS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CLINICA MÉDICA E CIRURGIA GERAL EDITAL Nº 003/HUST-COREME/2013

PROCESSO SELETIVO PARA OS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CLINICA MÉDICA E CIRURGIA GERAL EDITAL Nº 003/HUST-COREME/2013 1 PROCESSO SELETIVO PARA OS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CLINICA MÉDICA E CIRURGIA GERAL EDITAL Nº 003/HUST-COREME/2013 O Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina Unoesc, professor Aristides

Leia mais

EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS

EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), por meio da Pró-Reitoria de Sustentabilidade e Integração Social (PROSIS) torna público o presente EDITAL

Leia mais

EDITAL Nº 10/2014/PROEN-IFAL

EDITAL Nº 10/2014/PROEN-IFAL SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE PRESENCIAL SANTANDER UNIVERSIDADES A Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Alagoas

Leia mais

Edital Mobilidade Internacional - 2010/2011 - Com Bolsa

Edital Mobilidade Internacional - 2010/2011 - Com Bolsa Edital Mobilidade Internacional - 2010/2011 - Com Bolsa EDITAL DE PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA A GRADUAÇÃO - ESCALA ESTUDANTIL - CUSTEADAS COM RECURSOS ORIUNDOS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNISEB

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNISEB CENTRO UNIVERSITÁRIO UNISEB Dispõe sobre as normas referentes ao Processo Seletivo 2015, para o preenchimento de vagas para os cursos de graduação, na modalidade de Ensino Educação a Distância, do CENTRO

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO NACIONAL 2010-2011

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO NACIONAL 2010-2011 REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO NACIONAL 2010-2011 1. Das disposições preliminares 2. Cronograma do PIN 2010-2011 3. Dos cadastramentos de LONES e vagas 4. Das inscrições 5. Da classificação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA O Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

N.º de vagas por curso Administração 630 270 50 GOIÂNIA Contabilidade 700 300 50 Secretariado 630 270 50 Logística 792 198 50 ANÁPOLIS C/H DISTÂNCIA

N.º de vagas por curso Administração 630 270 50 GOIÂNIA Contabilidade 700 300 50 Secretariado 630 270 50 Logística 792 198 50 ANÁPOLIS C/H DISTÂNCIA Edital n.º 001/15/GABS/e-Tec Brasil Processo Seletivo para ingresso nos Cursos Técnicos de Nível Médio Subsequentes, na modalidade a Distância EaD, da Rede Escola Técnica Aberta do Brasil e-tec Brasil/SETEC/MEC.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM EDITAL Nº 001/HUST-COREME/2014

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM EDITAL Nº 001/HUST-COREME/2014 1 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM EDITAL Nº 001/HUST-COREME/2014 O Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina Unoesc, professor Aristides

Leia mais

Regulamento para inscrição na 10ª Semana da Música de Ouro Branco

Regulamento para inscrição na 10ª Semana da Música de Ouro Branco Regulamento para inscrição na 10ª Semana da Música de Ouro Branco 1. Inscrições e seleção 1.1 Para efetuar a inscrições para a 10ª Semana da Música de Ouro Branco, o candidato deverá acessar o site www.semanadamusica.com;

Leia mais

2ª MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DOS CURSOS DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO E ENGENHARIA CIVIL FACULDADE CAPIXABA DA SERRA MULTIVIX SERRA

2ª MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DOS CURSOS DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO E ENGENHARIA CIVIL FACULDADE CAPIXABA DA SERRA MULTIVIX SERRA 2ª MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DOS CURSOS DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO E ENGENHARIA CIVIL FACULDADE CAPIXABA DA SERRA MULTIVIX SERRA O presente Edital visa divulgar as regras e as datas que

Leia mais

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão EDITAL DE APOIO A PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS ACADÊMICOS, CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS, ESTÁGIOS DE CURTA DURAÇÃO E CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EDITAL No. 010/GPG/2015 A Universidade CEUMA, por meio

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Stricto sensu Mestrado Acadêmico em Ciências da Saúde Edital de Seleção 2016

Programa de Pós-Graduação Stricto sensu Mestrado Acadêmico em Ciências da Saúde Edital de Seleção 2016 Programa de Pós-Graduação Stricto sensu Mestrado Acadêmico em Ciências da Saúde Edital de Seleção 2016 A Coordenação da Pós-Graduação Ciências Médicas (PGCM-MG) da Faculdade Ciências Médicas - MG (FCM-MG)

Leia mais

E D I T A L. 1º Para os casos de transferência externa serão aceitas, apenas, as inscrições para áreas afins.

E D I T A L. 1º Para os casos de transferência externa serão aceitas, apenas, as inscrições para áreas afins. EDITAL NRCA-SJP N.º 09/2015 DISPÕE SOBRE OS PROCESSOS DE INGRESSO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS. O Coordenador do Núcleo

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 24/2013, de 11 de outubro de 2013

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 24/2013, de 11 de outubro de 2013 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 24/2013, de 11 de outubro de 2013 Seleção de Orientadores de Aprendizagem do projeto Caminhos do Cuidado - Formação em Saúde Mental (crack, álcool e outras drogas) para Agentes Comunitários

Leia mais

www.cmconsultoria.com.br Cópia por Processo Digital Página 2 de 5

www.cmconsultoria.com.br Cópia por Processo Digital Página 2 de 5 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL Nº 36, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO PARA OCUPAÇÃO DE VAGAS DOS CURSOS PRESENCIAIS DE LÍNGUA INGLESA OFERTADOS PELOS NÚCLEOS DE

Leia mais