ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS"

Transcrição

1 ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 3 ª Série Programação Orientada a Objetos A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de etapas acompanhadas pelo professor, e que tem por objetivos: Favorecer a autoaprendizagem do aluno. Estimular a corresponsabilidade do aluno pelo seu aprendizado. Promover o estudo, a convivência e o trabalho em grupo. Auxiliar no desenvolvimento das competências requeridas para o exercício profissional. Promover a aplicação da teoria na solução de situações que simulam a realidade. Oferecer diferenciados ambientes de aprendizagem. Para atingir estes objetivos, a ATPS propõe um desafio e indica os passos a serem percorridos ao longo do semestre para a sua solução. Aproveite esta oportunidade de estudar e aprender com desafios da vida profissional. AUTORIA: Faculdade Anhanguera de Limeira.

2 Pág. 2 de 11 COMPETÊNCIAS E HABILIDADES Ao concluir as etapas propostas neste desafio, você terá desenvolvido as competências e habilidades que constam, nas Diretrizes Curriculares Nacionais, descritas a seguir. Iniciar, projetar, desenvolver, validar e gerenciar qualquer projeto de software. Identificar, analisar, documentar e solucionar problemas e necessidades passíveis de solução via computação. Desenvolver pesquisa científica e tecnológica. Saber conciliar teoria e prática. DESAFIO A busca por uma vida mais saudável com menos sedentarismo e mais exercícios físicos fizeram do mercado Fitness uma área promissora e crescente nos últimos anos na América Latina. Segundo a ACAD - Associação Brasileira de Academias - <http://www.educacaofisica.com.br/index.php/gestao/canais-gestao/academias/ setor-em-constante-expansao-mercado-fitness-cresce-52-em-tres-anos>. Acesso em 15 de maio 2014, o setor cresceu 52% entre os anos de 2009 e O setor atualmente atende apenas 2% da população no Brasil então, se entende que há bastante demanda para investimentos na área. Analisando as tendências de crescimento a empresa PowerXY-Gym que é uma rede de academias de musculação está procurando uma equipe para desenvolver um novo sistema de informação para gerenciar as academias. O PowerXY-Gym irá investir em tecnologia para poder controlar seus processos e melhorar a gestão de suas academias. Os processos a serem automatizados pelo sistema são as matrículas e controle de presença de alunos, agendamentos e controle de atividades com turmas da academia (jump, spining, zumba etc.), emissão de ficha de treinos e demais processos que podem fazer parte do cotidiano de uma academia. Para orientação no desenvolvimento do sistema e aprovação do conteúdo produzido pela equipe de desenvolvimento a PowerXY-Gym conta com um membro de sua diretoria representado pelo Professor. Objetivo do Desafio Elaborar um software que gerencie diversos processos de uma academia de musculação, utilizando conceitos de orientação a objetos implementados com a linguagem Java, utilizando recursos e tecnologias como interface gráfica e banco de dados. Livro Texto da Disciplina A produção desta ATPS é fundamentada no livro-texto da disciplina, que deverá ser utilizado para solução do desafio: SANTOS, Rafael. Introdução à Programação Orientada a Objetos Usando Java. 1ª ed. Rio de Janeiro: Campus - Elsevier, 2008.

3 Pág. 3 de 11 Participação Esta atividade será, em parte, desenvolvida individualmente pelo aluno e, em parte, pelo grupo. Para tanto, os alunos deverão: organizar-se, previamente, em equipes de 3 a 5 participantes; entregar seus nomes, RAs e s ao professor da disciplina e observar, no decorrer das etapas, as indicações: Individual e Equipe. ETAPA 1 (tempo para realização: 10 horas) Aula-tema: Conceitos de orientação a objetos: classes e objetos; atributos e comportamentos. Definição da tecnologia Java e estrutura da linguagem. Implementação de classes e instanciação de objetos. Implementação de atributos e métodos. Definição de Usabilidade, Encapsulamento e Acessibilidade. Implementação de Modificadores de acesso (Acessibilidade). Esta atividade é importante para você entender como utilizar conceitos de orientação a objetos, aprender a construir classes, atributos e métodos, entender a utilização do encapsulamento e aprender a instanciar objetos e conhecer a sintaxe da Linguagem Java para criar uma aplicação. Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos. PASSOS Passo 1 (Individual) Realizar as atividades apresentadas a seguir: 1. Fazer a leitura individual do Material: Ricarte, I.L.M. Apostila de Programação Orientada a Objetos: Uma abordagem com Java. Disponível em <http://goo.gl/oqu7gz>. Acesso em: 12 abr. 2014, focando a leitura no Capítulo 1: Fundamentos da Programação Orientada a Objetos e no Capítulo 2: Princípios da Programação na Linguagem Java. 2. Fazer a leitura individual do Capítulo do livro texto que retrata: Introdução à programação orientada a objetos e criando classes em Java. 3. Pesquisar sobre introdução a orientação a objetos, classes, métodos, atributos, modificadores de acesso e encapsulamento, nos livros que compõem a Bibliografia Complementar e na Internet. Bibliografia Complementar SIERRA, Kathy; BATES, Bert. Use a Cabeça! Java. 2ª ed. Rio de Janeiro: Alta Books, DEITEL, Harvery M. Java: Como Programar. 6ª ed. São Paulo: Pearson - Prentice Hall, SERSON, Roberto Rubinstein. Programação orientada a objetos com Java 6. 1ª ed. São Paulo: Brasport, 2008.

4 Pág. 4 de 11 Pesquisar sobre as características de uma IDE - Integrated Development Environment - para utilizar com a linguagem Java. Com base nas pesquisas escolha uma IDE para criar o projeto do sistema da academia de musculação. Sites sugeridos para pesquisa NetBeans IDE. Disponível em: <https://netbeans.org>. Acesso em: 12 abr Eclipse IDE. Disponível em: <https://www.eclipse.org/>. Acesso em: 12 abr Início Rápido com NetBeans IDE. Disponível em: <http://goo.gl/7mbn5d> e compartilhado em: <http://goo.gl/vsgjwu>. Acesso em: 12 abr CAMPOS, Sylvia. Leal, Francisco. Introdução ao Eclipse IDE. Disponível em: <http://goo.gl/953xao>. e compartilhado em: <http://goo.gl/inatwa>. Acesso em: 12 abr Passo 2 (Equipe) Fazer uma discussão em equipe e com o representante da PowerXY-Gym para identificar as classes, seus atributos e possíveis métodos que serão implementados no sistema por meio dos requisitos a seguir: Requisitos Funcionais: Manutenção de Alunos: O sistema deve inserir, alterar, excluir e pesquisar os dados de alunos. Manutenção de Funcionários: O sistema deve inserir alterar, excluir e pesquisar os dados de funcionários. Manutenção de Usuários: O sistema deve inserir alterar, excluir e pesquisar os dados de usuários. Os campos de usuários são: código, login, senha, código_funcionário. Autenticação por meio de Login: O sistema deve permitir acesso somente a usuários com login e senha. Com exceção a atividades de registro de presença do aluno e consulta de atividades. Manutenção de Atividades: O sistema deve inserir alterar, excluir e pesquisar os dados de atividades da academia. As atividades são treinos diferentes de musculação que ocorrem em horários específicos, por exemplo: Spinning, Jump, Zumba e outras atividades possíveis. Agendar Atividades: As atividades devem ser agendadas em um horário específico do dia da semana conforme disponibilidade do professor e da estrutura da academia. Os campos para agendar as atividades são: código, data, dia_semana, hora_início, hora_fim, código da atividade. Consultar Agenda de Atividades: O sistema deve permitir a exibição dos agendamentos da semana para os alunos. Registrar Presença de Alunos: O sistema deve receber o código do aluno e registrar sua presença do dia. Requisitos Não Funcionais Terminal (computador e monitor) para exibir as telas públicas do sistema. As telas públicas são o requisito 7. Consultar Agenda de Atividades e o requisito 8. Registrar Presença de Alunos. O terminal estará em um local de fácil acesso para o

5 Pág. 5 de 11 aluno, que pode registrar sua presença quando comparecer à academia e consultar a agenda de programação de atividades da semana na academia. Linguagem Java Figura 1 Modelagem: Casos de Uso do Sistema Fonte: Autor. Passo 3 (Equipe) Criar um projeto utilizando a IDE escolhida no Passo 1 desta Etapa para implementar as classes identificadas no Passo 2 desta Etapa. Para criação das classes considerem os seguintes critérios: Implementar as classes, atributos e métodos. Definir usabilidade e acessibilidade para implementar os modificadores de acesso. Implementar o encapsulamento dos atributos. Passo 4 (Equipe) Elaborar e entregar ao professor da disciplina: Relatório com o nome Relatório 01: Orientação a Objetos e Classes. O relatório deve abordar o conteúdo pesquisado no Passo 1 desta etapa: introdução a programação orientada a objetos, criação de classes, métodos, atributos, modificadores de acesso e encapsulamento codificação das classes definidas com base nas atividades anteriores desenvolvidas nesta etapa. Entregar o projeto criado nos Passos 2 e 3 desta etapa da seguinte forma: o Documento de texto contendo os prints (print screen) das telas da execução das classes criadas demonstrando entrada e saída de dados. Os resultados da execução das classes devem conter a conclusão da equipe. o Consultar o professor sobre o tipo de mídia (CD, etc.) para a entrega do código fonte do sistema.

6 Pág. 6 de 11 ETAPA 2 (tempo para realização: 10 horas) PASSOS Aula-tema: Definição de construtores e implementação. Definição de sobrecarga de métodos e implementação. Definição de relacionamento entre classes (Associação e Herança). Esta atividade é importante para que você aprenda a utilizar construtores de classes, conheça os conceitos da utilização de sobrecarga de métodos das classes e aprenda a implementar os conceitos de associação e herança. Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos. Passo 1 (Individual) Realizar as atividades apresentadas a seguir: 1. Fazer a leitura individual do Capítulo do livro texto que retrata: Construtores, Sobrecarga e Reutilização de Classes. 2. Fazer a leitura individual do Material: Caelum. Apostila de Java e Programação Orientada a Objetos. Disponível em <http://goo.gl/rwjhaj>. Acesso em: 12 abr. 2014, focando a leitura no Capítulo 7: Herança, reescrita e polimorfismo. 3. Pesquisar sobre métodos construtores, sobrecarga de métodos, relacionamento entre as classes e herança nos livros que compõem a Bibliografia Complementar e na internet. Bibliografia Complementar SIERRA, Kathy; BATES, Bert. Use a Cabeça! Java. 2ª ed. Rio de Janeiro: Alta Books, DEITEL, Harvery M. Java: Como Programar. 6ª ed. São Paulo: Pearson - Prentice Hall, SERSON, Roberto Rubinstein. Programação Orientada a Objetos com Java 6. 1ª ed. São Paulo: Brasport, Passo 2 (Equipe) Definir e implementar todos os construtores das classes criadas para o projeto. Para cada classe utilize sobrecarga de métodos para criar dois construtores um construtor vazio e outro passando os atributos da classe por meio de parâmetros do construtor. A seguir representação dos construtores por meio de um diagrama de classe. Figura 2 Modelagem: Diagrama de Classe Fonte: Autor.

7 Pág. 7 de 11 Passo 3 (Equipe) Implementar o relacionamento de herança nas classes em que seu uso se faz necessário no projeto. Para uso de herança considerar os seguintes critérios: Reuso de código. Sobreposição de métodos. Figura 3 Modelagem: Classe com uso de Herança Fonte: Autor. Passo 4 (Equipe) Elaborar e entregar ao professor da disciplina: Relatório com o nome Relatório 02: Implementação de Construtores, Sobrecarga e Herança. O relatório deve abordar o conteúdo pesquisado no Passo 1 desta etapa: implementação de construtores, sobrecarga e herança. Entregar o projeto criado nos Passos 2 e 3 desta etapa, da seguinte forma: o Documento de texto contendo os prints (print screen) das telas da execução das classes criadas demonstrando entrada e saída de dados. Os resultados da execução das classes devem conter a conclusão da equipe. o Consultar o professor sobre o tipo de mídia (CD, etc.) para a entrega do código fonte do sistema. Socialização de resultados parciais Cada equipe deve elaborar uma apresentação de acordo com os resultados obtidos nas etapas 1 e 2, que contenha as dificuldades encontradas e possíveis soluções propostas. O professor organizará as equipes para que todas apresentem este trabalho parcial, em sala de aula, aos demais colegas, para compor o Seminário Final desta ATPS. Esta atividade tem o propósito de socializar as dinâmicas de trabalho encontradas por cada equipe, bem como, trocar experiências a respeito dos resultados obtidos.

8 Pág. 8 de 11 ETAPA 3 (tempo para realização: 10 horas) PASSOS Aula-tema: Definição de exceções e implementação. Coleções em Java: Vector, ArrayList, LinkedList e implementação. Construção de GUI Swing e AWT (Construção e tratamento de Ações). Esta atividade é importante para que você conheça o tratamento de exceções, saiba utilizar coleções de objetos e conheça como utilizar componentes de interface gráfica (GUI) para construção de sistemas. Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos. Passo 1(Individual) Realizar as atividades apresentadas a seguir: 1. Fazer a leitura individual do capítulo do livro texto que retrata: Coleções de objetos. 2. Fazer a leitura individual do Material: Ricarte, I.L.M. Apostila de Programação Orientada a Objetos: Uma abordagem com Java. Disponível em <http://goo.gl/oqu7gz>. Acesso em: 12 abr Focar a leitura no subcapítulo 2.5: Exceções. 3. Fazer a leitura individual do Material: Caelum. Apostila de Java e Programação Orientada a Objetos. Disponível em <http://goo.gl/rwjhaj>. Acesso em: 12 abr. 2014, focar a leitura no Capítulo 11: Exceções e controle de erros. 4. Fazer a leitura individual do site: Interface Java. Disponível em <http://javainterface.wikidot.com/interfacejava>. e compartilhado em <http://goo.gl/3xh1yd>. Acesso em: 12 abr Fazer a leitura individual do Material: Introdução à Construção de GUIs no NetBeans. Disponível em <http://goo.gl/8nqrts>. e compartilhado em <http://goo.gl/k5szbm>. Acesso em: 12 abr Fazer a leitura individual do Material: Projetando uma GUI Swing no NetBeans IDE. Disponível em <http://goo.gl/jodhfw>. e compartilhado em <http://goo.gl/ejxm6f>. Acesso em: 12 abr Passo 2 (Equipe) Criar uma coleção de objetos do tipo Atividades para armazenar em memória os agendamentos de atividades. Como regra da PowerXY-Gym o número de atividades não deve ser maior que 4 atividades diárias. Passo 3 (Equipe) Criar as interfaces gráficas para o sistema que devem seguir os seguintes critérios: O sistema deve contar com menus para acesso as telas do sistema. As telas de cadastros devem seguir um padrão de layout, em outras palavras, todas as telas devem ser similares. A tela de exibição da agenda de atividades deve exibir as atividades em um componente jtable. A seguir algumas imagens de um protótipo das telas como sugestão para layout do sistema:

9 Pág. 9 de 11 Figura 4 Protótipos sugestão para Layout. Fonte: Autor. Passo 4 (Equipe) Elaborar e entregar ao professor da disciplina: Relatório com o nome Relatório 03: Implementação de Coleções e Interface Gráfica. O relatório deve abordar o conteúdo pesquisado no Passo 1 desta etapa: Exceções, Coleções em Java, Construção de GUI Swing e AWT. Entregar o projeto criado nos Passos 2 e 3 desta etapa da seguinte forma: o Documento de texto contendo os prints (print screen) das telas da execução das classes criadas demonstrando entrada e saída de dados. Os resultados da execução das classes devem conter a conclusão da equipe. o Consultar o professor sobre o tipo de mídia (CD, etc.) para a entrega do código fonte do sistema. ETAPA 4 (tempo para realização: 10 horas) Aula-tema: Persistência de Dados utilizando um SGDB Projeto Exemplo. Esta atividade é importante para que você aprenda a criar classes de conexão a um banco de dados em Java, assim como, a criar interações entre uma aplicação Java e o banco de dados. Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos. PASSOS Passo 1 (Individual) Fazer as atividades apresentadas a seguir. 1. Fazer a leitura individual do Material: Ricarte, I.L.M. Apostila de Programação Orientada a Objetos: Uma abordagem com Java. Disponível em <http://goo.gl/oqu7gz>. Acesso em: 12 abr Focar a leitura no Capítulo 5: Programação Cliente-Servidor, principalmente nas seções sobre conexão com SGBD - Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados.

10 Pág. 10 de Fazer a leitura individual do Material: Caelum. Apostila de Java Web. Disponível em < https://www.caelum.com.br/apostila-java-web/bancos-de-dados-e-jdbc/>. Acesso em: 12 abr. 2014, e compartilhado em <http://goo.gl/oepp8m>. Acesso em: 12 abr Focar a leitura no Capítulo 2: Bancos de dados e JDBC. 3. Fazer a leitura individual do Material: Acessando Dados com Java. Disponível em <http://goo.gl/3je4kh>. Acesso em: 12 abr Fazer a leitura individual do Material: DAO Java. Disponível em <http://goo.gl/8lalg9>. Acesso em: 12 abr Passo 2 (Equipe) Realizar as atividades apresentadas a seguir: 1. Fazer uma pesquisa em equipe para escolher qual SGBD à equipe irá utilizar para construir o banco de dados do sistema da academia. Sites sugeridos para pesquisa Mysql. Disponível em: <http://www.mysql.com/>. Acesso em: 19 abr PostgreSQL. Disponível em: <http://www.postgresql.org/>. Acesso em: 19 abr Firebird. Disponível em: <http://www.firebirdsql.org/>. Acesso em: 19 abr Criar o banco de dados utilizando o SGBD escolhido pelo grupo para o sistema de academia baseado nos requisitos descritos na Etapa 1 deste desafio. Passo 3 (Equipe) Realizar as atividades apresentadas a seguir: 1. Criar a classe Conexão para realizar a conexão com a base de dados criada no Passo 2 desta etapa. 2. Criar as classes DAO - Data Access Object - equivalentes para todas as classes do sistema que realizam operações com o banco de dados. 3. Realizar as alterações necessárias para que todas as telas do sistema que tenham interação com banco de dados sejam implementadas para concluir o desenvolvimento do sistema de gerenciamento da academia da empresa PowerXY-Gym. 4. Realizar testes em todas as telas do sistema para certificar que todas as telas estão funcionando corretamente. Passo 4 (Equipe) Elaborar e entregar ao professor da disciplina: Relatório com o nome Relatório 04: Java e Banco de Dados. O relatório deve abordar o conteúdo pesquisado no Passo 1 desta etapa: Persistência de Dados utilizando um SGDB. Entregar o projeto criado nos Passos 2 e 3 desta etapa da seguinte forma:

11 Pág. 11 de 11 o Documento de texto contendo os prints (print screen) das telas da execução das classes criadas demonstrando entrada e saída de dados. Os resultados da execução das classes devem conter a conclusão da equipe. o Consultar o professor sobre o tipo de mídia (CD, etc.) para a entrega do código fonte do sistema. Seminário de Conclusão Com o objetivo de apresentar os resultados obtidos por meio da ATPS, o Seminário Final pretende proporcionar aos estudantes a socialização das variações de resultados, bem como o debate a respeito das dificuldades e soluções encontradas para a finalização do desafio. Cada equipe deverá realizar uma apresentação de vinte minutos, contendo até vinte slides. Esta apresentação deverá contemplar a seguinte estrutura: Introdução: base teórica utilizada para solução do desafio. Desenvolvimento: a partir da apresentação parcial elaborada na etapa 2, descrever as soluções encontradas para a resolução final do desafio. Conclusão: explicar como as soluções encontradas para a resolução final do desafio, poderão contribuir efetivamente em sua vida profissional. A apresentação do Seminário Final de cada curso deverá ocorrer em sua unidade, em local e data a serem definidos pelo professor da disciplina e o coordenador de curso. Padronização O material escrito solicitado nesta atividade deve ser produzido de acordo com as normas da ABNT, com o seguinte padrão (exceto para produções finais não textuais): em papel branco, formato A4; com margens esquerda e superior de 3cm, direita e inferior de 2cm; fonte Times New Roman tamanho 12, cor preta; espaçamento de 1,5 entre linhas; se houver citações com mais de três linhas, devem ser em fonte tamanho 10, com um recuo de 4cm da margem esquerda e espaçamento simples entre linhas; com capa, contendo: nome de sua Unidade de Ensino, Curso e Disciplina; nome e RA de cada participante; título da atividade; nome do professor da disciplina; cidade e data da entrega, apresentação ou publicação. Para consulta completa das normas ABNT, acesse a Normalização de Trabalhos Acadêmicos Anhanguera. Disponível em: <http://issuu.com/normalizacao/docs/normaliza o_de_trabalhos_acad m>. Acesso em: 13 maio 2014.

CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 2ª Série Programação Estruturada II

CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 2ª Série Programação Estruturada II CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 2ª Série Programação Estruturada II A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 4ª Série Programação em Dispositivos Móveis A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 2ª Série Programação Estruturada II A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

CST em Gestão Financeira 2ª Série Estatística Aplicada

CST em Gestão Financeira 2ª Série Estatística Aplicada CST em Gestão Financeira 2ª Série Estatística Aplicada A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de etapas, acompanhadas pelo

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 4ª. Série Linguagem para Organização e Transferência de Dados para Web A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 1ª. Série Ferramentas para Sistemas Web A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

Administração 5ª Série Estrutura e Análise das Demonstrações Financeiras

Administração 5ª Série Estrutura e Análise das Demonstrações Financeiras Administração 5ª Série Estrutura e Análise das Demonstrações Financeiras A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de etapas,

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Gestão de Recursos Humanos 1ª Série Comportamento Organizacional A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Gestão da Tecnologia da Informação 1ª. Série Estratégia em Tecnologia da Informação A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Gestão da Tecnologia da Informação 3ª Série Programação para Web A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 4ª Série Desenvolvimento de Software Seguro A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de

Leia mais

Administração 4ª Série Análise de Investimentos

Administração 4ª Série Análise de Investimentos Administração 4ª Série Análise de Investimentos A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de etapas, acompanhadas pelo professor,

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Engenharia de Produção 7ª Série Planejamento, Programação e Controle de Produção. A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 1ª Série Programação Estruturada I A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

Engenharia Mecânica. 1ª Série Álgebra Linear e Geometria Analítica

Engenharia Mecânica. 1ª Série Álgebra Linear e Geometria Analítica Engenharia Mecânica 1ª Série Álgebra Linear e Geometria Analítica A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de etapas, acompanhadas

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 6ª Série Controle Integrado de Manufatura CST em Mecatrônica Industrial A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 2ª Série Matemática CST em Marketing A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Gestão da Tecnologia da Informação 3ª Série Análise Orientada a Objetos A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

Administração 5ª Série Contabilidade de Custos

Administração 5ª Série Contabilidade de Custos Administração 5ª Série Contabilidade de Custos A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizag desenvolvido por meio de etapas, acompanhadas pelo professor,

Leia mais

Ciências Contábeis 6ª Série Contabilidade Gerencial

Ciências Contábeis 6ª Série Contabilidade Gerencial Ciências Contábeis 6ª Série Contabilidade Gerencial A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de etapas, acompanhadas pelo professor,

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Engenharia Elétrica 7ª Série Dispositivos e Circuitos Eletrônicos A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 3ª Série Programação em Banco de Dados A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª Série Comportamento Organizacional CST em Marketing A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Logística 4ª Série Operações de Terminais e Armazéns A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um

Leia mais

Engenharia Mecânica 3ª Série Física II

Engenharia Mecânica 3ª Série Física II Engenharia Mecânica 3ª Série Física II A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de etapas, acompanhadas pelo professor, e que

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 4 a série Programação Orientada a Objetos A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Educação Física 1ª Série Teoria e Pratica de Esportes - Atletismo A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio

Leia mais

CST em Gestão de Recursos Humanos 1ª Série Técnicas de Negociação

CST em Gestão de Recursos Humanos 1ª Série Técnicas de Negociação CST em Gestão de Recursos Humanos 1ª Série Técnicas de Negociação A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de etapas, acompanhadas

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 2ª Série Processos Administrativos Administração A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 5ª. Série Programação e Design para Web A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª. Série Análise Estruturada de Sistemas Sistemas de Informação A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 8ª. Série Compiladores Ciência da Computação A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 2ª Série Anatomia I Educação Física A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 4ª Série Estratégias de Preço CST em Marketing A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Administração Geral 7ª Série Sistemas de Informações Gerenciais A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Administração 6ª Série Planejamento, Programação e Controle de Produção A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 8ª Série Estrutura do Concreto II Engenharia Civil A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª Série Empreendedorismo Administração A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de etapas,

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 6ª Série Classificação e Pesquisa Sistemas de Informação A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Marketing 4ª Série Gestão do Relacionamento com os Consumidores A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 10ª Série Automação Industrial Engenharia Elétrica A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio

Leia mais

Administração 7ª Série Administração Mercadológica

Administração 7ª Série Administração Mercadológica Administração 7ª Série Administração Mercadológica A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de etapas, acompanhadas pelo professor,

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 5ª. Série Segurança de Redes CST em Redes de Computadores A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Engenharia Mecânica 9ª Série Fabricação Assistida por Computador A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de

Leia mais

Engenharia de Produção 4ª Série Sistemas de Apoio à Decisão

Engenharia de Produção 4ª Série Sistemas de Apoio à Decisão Engenharia de Produção 4ª Série Sistemas de Apoio à Decisão A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de etapas, acompanhadas

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 3ª Série Gestão de Custos Logísticos CST em Logística A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 3ª Série Programação Estruturada II A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Gestão da Produção Industrial 4ª Série Gerenciamento da Produção A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 3ª Série Gestão em Marketing CST em Marketing A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª série Empreendedorismo Administração A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 4ª Série Informática Industrial CST em Mecatrônica Industrial A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 5ª Série Materiais Elétricos Engenharia Elétrica A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Prefessor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Ciência da Computação 6ª. Série Gerência de Projetos e Qualidade de Software A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: Sistemas de Informação PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: Programação

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Administração 5ª Série Administração de Recursos Humanos I A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto

Leia mais

Conexão com Banco de Dados

Conexão com Banco de Dados Conexão com Banco de Dados Projeto 1 A pasta Programas distribuída no início do semestre letivo acompanha a versão do MySQL Coneector/J um driver JDBC que permite aos programadores acessar bancos de dados

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Pedagogia 4ª Série Organização e Metodologia da Educação Infantil A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

Orientação a Objetos com Java

Orientação a Objetos com Java Everton Coimbra de Araújo Orientação a Objetos com Java Simples, Fácil e Eficiente Visual Books Sumário Prefácio... 11 Introdução... 13 1 Introdução à Orientação a Objetos... 17 1.1 Conceitualização...

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Recursos Humanos 2ª Série Processos Gerenciais A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 6ª Série Teoria da Computação Ciência da Computação A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Ciências Contábeis 7ª série Controladoria e Sistemas de Informações Contábeis A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

I. Dados Identificadores Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Linguagem de Orientação a Objeto Avançado Luís Carlos dos Santos

I. Dados Identificadores Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Linguagem de Orientação a Objeto Avançado Luís Carlos dos Santos I. Dados Identificadores Curso Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina Linguagem de Orientação a Objeto Avançado Professor Luís Carlos dos Santos Período Noturno Módulo Técnicas

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Engenharia Elétrica 6ª Série Conversão Eletromecânica de Energia A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

EMENTA DO CURSO. Tópicos:

EMENTA DO CURSO. Tópicos: EMENTA DO CURSO O Curso Preparatório para a Certificação Oracle Certified Professional, Java SE 6 Programmer (Java Básico) será dividido em 2 módulos e deverá ter os seguintes objetivos e conter os seguintes

Leia mais

De uma forma ampla, o profissional egresso deverá ser capaz de desempenhar as seguintes funções:

De uma forma ampla, o profissional egresso deverá ser capaz de desempenhar as seguintes funções: PLANO DE ENSINO 1. Identificação Curso: Tecnologia em Desenvolvimento de Software Disciplina: Linguagem de Programação Orientada a Objetos Professor: Msc. Tiago Eugenio de Melo CPF: Regime de Trabalho:

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Administração ADM Geral 8ª Série Gestão da Qualidade A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto

Leia mais

Desenvolvimento de uma interface extratora de dados genérica e inserção automática de dados em Sistemas de Informação Geográficos

Desenvolvimento de uma interface extratora de dados genérica e inserção automática de dados em Sistemas de Informação Geográficos Desenvolvimento de uma interface extratora de dados genérica e inserção automática de dados em Sistemas de Informação Geográficos Caroline Julliê de Freitas RIBEIRO¹, Vantuil José de OLIVEIRA NETO¹, Gabriel

Leia mais

FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINA

FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINA Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação Coordenadoria de Projetos e Acompanhamento Curricular Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento Curricular FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINA 1. Unidade

Leia mais

Plano de Ensino de Disciplina Ciência da Computação 2011

Plano de Ensino de Disciplina Ciência da Computação 2011 Plano de Ensino de Disciplina Ciência da Computação 2011 Disciplina: LP4 LABORATÓRIO DE PROGRAMAÇÃO IV Área de Conhecimento Tecnologia da Computação Código: LP4 Série: 5 0 período Carga Horária Semanal:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática Qualificação:

Leia mais

PROJETO INTEGRADOR ENGENHARIAS 2014.2 CARTILHA DE ORIENTAÇÃO

PROJETO INTEGRADOR ENGENHARIAS 2014.2 CARTILHA DE ORIENTAÇÃO PROJETO INTEGRADOR ENGENHARIAS 2014.2 CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SUMÁRIO 1) APRESENTAÇÃO... 3 2) REGULAMENTO... 3 3) CRITÉRIOS PARA A AVALIAÇÃO DO TRABALHO FINAL... 7 4) CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO DOS ALUNOS...

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Serviço Social 2ª Série Filosofia Aplicada ao Serviço Social A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

Desenvolvendo e Integrando Serviços Multiplataforma de TV Digital Interativa

Desenvolvendo e Integrando Serviços Multiplataforma de TV Digital Interativa Desenvolvendo e Integrando Serviços Multiplataforma de TV Digital Interativa Agenda Introdução Aplicações interativas de TV Digital Desafios de layout e usabilidade Laboratório de usabilidade Desafios

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Gestão de Recursos Humanos 4ª Série Treinamento e Desenvolvimento A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por

Leia mais

Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional

Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional Juarez Bachmann Orientador: Alexander Roberto Valdameri Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

Faculdade Latino Americana Programação Orientada a Objetos II - 4º Período Ciências da Computação APRESENTAÇÃO

Faculdade Latino Americana Programação Orientada a Objetos II - 4º Período Ciências da Computação APRESENTAÇÃO Faculdade Latino Americana Programação Orientada a Objetos II - 4º Período Ciências da Computação APRESENTAÇÃO Professora: Cíntia Simões 2º º Semestre 2008 Apresentações Apresentação - Alunos Nome e/ou

Leia mais

Especialização em Engenharia de Software com Ênfase em Software Livre ESL2/2008. Projeto Agenda Saúde Requisitos e Modelagem UML

Especialização em Engenharia de Software com Ênfase em Software Livre ESL2/2008. Projeto Agenda Saúde Requisitos e Modelagem UML Projeto Agenda Saúde Requisitos e Modelagem UML Histórico de Revisão Versão 0.1 Data 01/06/09 Revisor Descrição Versão inicial Sumário 1. Introdução...4 1.1 Visão geral deste documento...4 1.2 Módulos

Leia mais

Programação em JAVA. Subtítulo

Programação em JAVA. Subtítulo Programação em JAVA Subtítulo Sobre a APTECH A Aptech é uma instituição global, modelo em capacitação profissional, que dispõe de diversos cursos com objetivo de preparar seus alunos para carreiras em

Leia mais

:: aula 11. :: Diagrama de Seqüência e Protótipos. :: Olá! Nesta aula, continuaremos a 4ª fase do Projeto Desenho.

:: aula 11. :: Diagrama de Seqüência e Protótipos. :: Olá! Nesta aula, continuaremos a 4ª fase do Projeto Desenho. :: Nome do Curso Sistemas da informação :: Nome da Unidade Curricular PI Sistemas orientados a objetos :: Tema da aula Diagrama de Seqüência e Prototipação :: Fase / Etapa Fase 4 Desenho do Projeto e Interligação

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO AO JAVA... 1

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO AO JAVA... 1 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO AO JAVA... 1 A Origem... 2 O Caminho Para a Aprendizagem... 4 Java Como Plataforma... 6 Finalidade... 9 Características... 11 Perspectivas... 13 Exercícios... 14 CAPÍTULO

Leia mais

Técnicas de Programação II

Técnicas de Programação II Técnicas de Programação II Apresentação da Disciplina Edirlei Soares de Lima Objetivos da Disciplina Apresentar os principais conceitos da orientação a objetos; Capacitar o

Leia mais

Formação em JAVA. Subtítulo

Formação em JAVA. Subtítulo Formação em JAVA Subtítulo Sobre a APTECH A Aptech é uma instituição global, modelo em capacitação profissional, que dispõe de diversos cursos com objetivo de preparar seus alunos para carreiras em Tecnologia

Leia mais

PHP Orientado a Objetos Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Marcelo da Silveira Siedler siedler@gmail.com

PHP Orientado a Objetos Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Marcelo da Silveira Siedler siedler@gmail.com PHP Orientado a Objetos Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Marcelo da Silveira Siedler siedler@gmail.com SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Introdução

Leia mais

RUI ROSSI DOS SANTOS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES EM. Java

RUI ROSSI DOS SANTOS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES EM. Java RUI ROSSI DOS SANTOS PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES EM Java 2ª Edição n Sumário VII Sumário CAPÍTULO 1 Introdução ao Java... 1 A Origem... 2 O Caminho Para a Aprendizagem... 4 Java como Plataforma... 6 Finalidade...

Leia mais

Java com Banco de Dados Posgree

Java com Banco de Dados Posgree Java com Banco de Dados Posgree Prof. Luiz Claudio Ferreira de Souza www.luizclaudiofs.blogspot.com 1 Driver para ligação Java e Postgre http://jdbc.postgresql.org/download.html www.luizclaudiofs.blogspot.com

Leia mais

SISGAP - Sistema Gerenciador de Avaliações Psicopedagógicas

SISGAP - Sistema Gerenciador de Avaliações Psicopedagógicas SISGAP - Sistema Gerenciador de Avaliações Psicopedagógicas Geandré Meller Zacher 1 Luiz Gustavo Galves Mahlmann 2 Newton Muller 3 RESUMO Este artigo tem como finalidade apresentar o projeto SISGAP, que

Leia mais

Governador Cid Ferreira Gomes. Vice Governador Domingos Gomes de Aguiar Filho. Secretária da Educação Maria Izolda Cela de Arruda Coelho

Governador Cid Ferreira Gomes. Vice Governador Domingos Gomes de Aguiar Filho. Secretária da Educação Maria Izolda Cela de Arruda Coelho Governador Cid Ferreira Gomes Vice Governador Domingos Gomes de Aguiar Filho Secretária da Educação Maria Izolda Cela de Arruda Coelho Secretário Adjunto Maurício Holanda Maia Secretário Executivo Antônio

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Sistemas de Informação FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( X ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 3ª Série Fundamentos de Análise Orientada a Objetos A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem

Leia mais

FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINA

FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINA Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação Coordenadoria de Projetos e Acompanhamento Curricular Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento Curricular FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINA 1. Unidade

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 3ª Série Matemática Aplicada Ciências Contábeis A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio

Leia mais

Bibliografia. Desenvolvimento Orientado a Objetos. Introdução. Bibliografia. O que você vê?

Bibliografia. Desenvolvimento Orientado a Objetos. Introdução. Bibliografia. O que você vê? Bibliografia Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof.: Edson dos Santos Cordeiro LARMAN, Graig. Utilizando UML e padrões. Porto Alegre: Bookman, 2000. STAA, Arndt von. Programação modular. Rio de Janeiro:

Leia mais

Disciplina-POO-III- 3º Anos(Inf) (Lista de Exercícios III - Bimestre) 19/08/2015

Disciplina-POO-III- 3º Anos(Inf) (Lista de Exercícios III - Bimestre) 19/08/2015 Disciplina-POO-III- 3º Anos(Inf) (Lista de Exercícios III - Bimestre) 19/08/2015 1) Escrever um programa usando o pacote (awt). Que mostre no video um formulário com um botão de comandos ao sul uma caixa

Leia mais

Objetos não existem isolados

Objetos não existem isolados Relacionamento Entre Objetos Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br Programação Orientada a Objetos Introdução Objetos não existem isolados São formados por outros objetos Objetos usam outros objetos

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos

Leia mais

Universidade Federal Rural de Pernambuco. Bacharelado em Sistemas de Informação. Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação

Universidade Federal Rural de Pernambuco. Bacharelado em Sistemas de Informação. Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação Universidade Federal Rural de Pernambuco Bacharelado em Sistemas de Informação Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação Docente: Rodrigo Aluna: Thays Melo de Moraes Diagramas do Projeto

Leia mais