BookReader: recebimento, instalação e utilização (Polos)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BookReader: recebimento, instalação e utilização (Polos)"

Transcrição

1 2012 BookReader: recebimento, instalação e utilização (Polos) NAIA - Núcleo de Acessibilidade e Inclusão da Anhanguera DIRETORIA ADJUNTA DE INOVAÇÃO E ENGENHARIA PEDAGÓGICA 31/8/2012

2 ANHANGUERA EDUCACIONAL LTDA. NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO DA ANHANGUERA (NAIA) Diretoria Adjunta de Inovação e Engenharia Pedagógica Profa. Dra. Rita da Penha Campos Zenorini Telefone: (55) Profa. Danubia Ferraz dos Santos Telefone: (19) Prof. Jony Anderson de Oliveira msn: Telefone: (55) do NAIA:

3 ANHANGUERA EDUCACIONAL NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO DA ANHANGUERA (NAIA) PROCEDIMENTOS PARA RECEBIMENTO, INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO SCANNER BOOKREADER Elaboração Profa. Dra. Rita da Penha Campos Zenorini Profa. Danubia Ferraz dos Santos Prof. Jony Anderson de Oliveira Colaboração Bibliotecário Fábio L. da Silva (CRB ) Valinhos

4 2012

5 SUMÁRIO 1 ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO NA ANHANGUERA EDUCACIONAL DESCRIÇÃO DO SCANNER BOOKREADER RECEBIMENTO INSTALAÇÃO UTILIZAÇÃO RESPONSABILIDADE CONSIDERAÇÕES GERAIS TRANSFERÊNCIA PERGUNTAS FREQUENTES EXEMPLOS DE ACONDICIONAMENTO REFERÊNCIAS ANEXO 1: PLUSTEK BOOKREADER V200 USER GUIDE_BR2 - GUIA RÁPIDO DE INSTALAÇÃO ANEXO 2: PASSO A PASSO PARA UTILIZAÇÃO DO SCANNER BOOKREADER ANEXO 3: CONTROLE DE FREQUÊNCIA E UTILIZAÇÃO DO BOOKREADER... 21

6 1 Acessibilidade e Inclusão na Anhanguera Educacional O Núcleo de Acessibilidade e Inclusão da Anhanguera (NAIA) tem o propósito de produzir recursos para que os estudantes, nas suas singularidades, construam a sua 6 formação acadêmica com qualidade. Com o objetivo principal de promover, de forma eficiente, a acessibilidade e inclusão do estudante com deficiência visual, ou outra deficiência que o impossibilite de efetuar a leitura de maneira convencional, a Anhanguera Educacional adquiriu o scanner BookReader V200, recurso que converte e salva textos em áudio. O equipamento deve ficar alocado em um espaço de fácil acesso e à disposição dos estudantes com deficiência visual. Receberão o scanner BookReader V200, os Polos que tenham estudantes com deficiência visual ou tetraplegia regularmente matriculados e cadastrados junto ao NAIA. O scanner ficará no Polo enquanto houver estudantes com deficiência que necessitem desse equipamento, devendo ser encaminhado ao NAIA quando não for mais utilizado. Este documento tem o propósito de apresentar os procedimentos para recebimento, instalação e utilização do BookReader V200.

7 2 Descrição do Scanner BookReader (*) Especificações técnicas do scanner: Tipo Ciclo de trabalho diário Scanner de mesa digitalizadora A4 com reconhecimento e sintetização de voz integrados digitalizações Interface Botão de Ação USB 2.0 Linguagem, PDF (texto), PDF (imagem) e Texto Tecnologia Peso líquido Sensor de Imagem CCD Colorido Aproximadamente 3.9kg Lâmpada Dimensões (LPA) Catodo Frio (CFL) 450 x 93.8 x Resolução de hardware Requisitos Elétricos 1200dpi x 2400dpi VCA / 24VCC / 0.75A Área máxima de varredura Consumo de energia 216 x 297mm (A4) 18W (em operação) / 4.3W (em repouso) Velocidade de varredura Certificados regulatórios 7 segundos (Colorido, Tons de Cinza ou P&B aa4 a 300dpi) CE, FCC, UL/cUL, TUV Sistema de varredura Requisitos do sistema - IBM PC compatível, com CPU Pentium IV ou Passagem Simples (Simplex) superior 2.0 GHz Modos de varredura - CD-ROM Driver Colorido entrada 48bits / saída 24bits - Uma porta USB disponível Tons de Cinza entrada 16 bits / saída 8 bits - 512MB RAM (1 GB ou superior recomendado) P&B 1 bit - 800MB de memória livre no HD - Plataforma Microsoft Windows XP / 2000 / VISTA / SEVEN (*) Informações contidas no site do fornecedor Macrosolution (www.macrosolution.com.br). Adaptação nossa. O scanner BookReader V200, adquirido pela Anhanguera Educacional, tem por finalidade atender os estudantes com deficiência visual ou outra deficiência que impossibilite a leitura de maneira convencional. Trata-se de um recurso que busca oferecer mais autonomia ao estudante, pois, com o scanner, será possível que ele tenha acesso a diversos conteúdos, sejam pertencentes à bibliografia exigida em seu curso, ou não, de forma independente. 7

8 Por se tratar de um atendimento específico, esse equipamento deve ser utilizado exclusivamente por estudantes com deficiência, matriculados. Os demais estudantes não possuem a autorização para tal uso. 8 3 Recebimento O scanner será enviado aos Polos pela Mantenedora Anhanguera Educacional Ltda. Valinhos. O recebimento deverá ser realizado pelo Coordenador Acadêmico EAD, o qual ficará encarregado de verificar o local onde o scanner será instalado, orientar os estudantes quanto à utilização, zelar pela conservação do equipamento e emitir o relatório com a frequência de utilização. Ao receber o scanner, o Coordenador Acadêmico EAD deverá informar ao gestor de seu Polo, que acusará o recebimento junto à Diretoria do EAD Valinhos. Posteriormente, o gestor do Polo receberá, por , a minuta do contrato que deverá ser impressa em duas vias, assinadas, com reconhecimento de firma em cartório, e enviadas aos cuidados da Diretoria EAD no endereço: Alameda Maria Tereza, Valinhos/ SP - Dois Córregos , para a assinatura dos diretores da EAD O equipamento deve ser instalado a um computador que tenha um software leitor de telas, o qual pode ser baixado, gratuitamente, pela internet exemplo: Dosvox em e NVDA em

9 4 Instalação A instalação do scanner deve ser realizada conforme normas/padrões do Polo. Caso o Coordenador Acadêmico de EAD se sinta em condições de fazer a instalação, poderá fazê-la (vide Anexo 1). 9 Após a instalação do equipamento, o coordenador, ou pessoa por este designada, deverá explorar o equipamento, de acordo com as informações contidas no manual de utilização (vide Anexo 2), a fim de conhecê-lo melhor e instruir o estudante quanto à utilização correta. Em caso de eventuais irregularidades, quanto ao funcionamento do scanner, informar imediatamente ao NAIA pelo Recomenda-se fazer um teste no equipamento para verificar se está funcionando corretamente. Para tal, use uma página simples de texto impresso para fazer a digitalização. Os procedimentos são os mesmos informados no vídeo de orientação (https://docs.google.com/a/aesapar.com/file/d/0b5pkftigduquntlkwgv1ztlhofk/edit) e dispostos no manual de instrução recebido anteriormente. 5 Utilização O coordenador acadêmico EAD ficará responsável por instruir ao estudante quanto à utilização do equipamento, ou, indicar/designar alguém para assumir essa tarefa. Conforme demonstrado no vídeo de orientação, o acompanhamento aos estudantes com deficiência não precisa ser contínuo, pois o objetivo principal do scanner é dar autonomia ao usuário.

10 A utilização do scanner é restrita aos estudantes com deficiência visual, ou outra deficiência que o impossibilite de ler os materiais de maneira convencional Responsabilidade Ressalta-se que a responsabilidade sobre a conservação do scanner e a correta utilização é do coordenador acadêmico EAD, devendo verificar, periodicamente, as condições do equipamento, se os estudantes estão usando corretamente, se não há quedas constantes de energia elétrica no local onde o scanner está instalado, se a manutenção (limpeza) está sendo realizada de maneira correta dentre outras especificidades. Ressalta-se que o BookReader V200 tem por finalidade contribuir para o desenvolvimento acadêmico do estudante com deficiência, sendo assim, a utilização do equipamento é restrita a ele. 7 Considerações gerais Para o uso eficiente e eficaz do equipamento, faz-se necessário que o coordenador conheça o software BookVoice. Para ter uma visão geral do produto basta acessar os menus do software. Existe ainda na aba (ler) uma opção de conhecimento das teclas de atalho do software. Deve-se também orientar aos estudantes sobre estas facilidades para que possam se familiarizar com o software. A forma de digitalizar os documentos é a mesma de um scanner comum Caso o equipamento apresente alguma irregularidade, quanto ao seu funcionamento, é necessário seguir alguns procedimentos:

11 Verificar qual é o erro ou mensagem que é exibida pelo computador. Dar Print Screen na tela de erro e enviar para o Núcleo de Acessibilidade e Inclusão da Anhanguera pelo endereço: Salvar os documentos e desligar o equipamento, após alguns segundos, reiniciar o equipamento e prosseguir com a digitalização. Caso o scanner apresente algum defeito, será necessário proceder com a troca 11 ou reparação. Para isto, o NAIA entrará em contato com a empresa fornecedora para verificar o procedimento indicado. Os Polos localizados fora da região de São Paulo não possuem sistema regional de manutenção, assim, quando necessário, o NAIA encaminhará o equipamento ao fornecedor. Neste caso, a empresa fornecedora disponibilizará um equipamento reserva, durante o período de manutenção. O prazo de garantia do produto é de 12 (doze) meses. Somente dentro desse período a empresa disponibilizará o equipamento reserva. Os custos com o envio do equipamento para manutenção ficarão a cargo de cada Polo. 8 Transferência O coordenador acadêmico EAD deverá informar o Núcleo de Acessibilidade e Inclusão da Anhanguera quando não mais tiver a necessidade do scanner, por motivos do estudante, usuário do equipamento, ter concluído o curso, cancelado, trancado ou desistido. Nestes casos, o NAIA encaminhará o equipamento a outro Polo que necessite do scanner. 9 Perguntas Frequentes 1. Precisaremos comprar o scanner?

12 Não. O scanner será solicitado pela equipe do NAIA e encaminhado ao Polo que tiver estudantes, nas condições citadas, regularmente matriculados e cadastrados junto ao NAIA. 2. Todos os Polos receberão o equipamento? 12 Não. Receberão o equipamento os polos que tiverem estudantes com deficiência visual e/ou outra que necessite do recurso. Caso o estudante venha a trancar sua matricula e/ou terminar seu curso este equipamento será alocado em outro polo que tenha estudantes nestas condições. 3. O scanner ficará em meu polo permanentemente? Não. O equipamento ficará no polo mediante a existência de estudante com deficiência, devidamente matriculado. 4. Como saberei para qual polo devo encaminhar o equipamento? A transferência do equipamento será realizada pelo NAIA, portanto, o polo deverá entrar em contato com o Núcleo. 5. O scanner é de uso dos funcionários do polo ou o estudante poderá fazer uso do equipamento? O scanner foi adquirido para facilitar o acesso do estudante à informação contida em livros, revistas, manuais. Ele pode ser usado pelo coordenador acadêmico EAD na confecção de materiais para o estudante com deficiência, porém, somente em casos específicos. O estudante com deficiência é o responsável doravante pela digitalização e armazenamento de seu material. 6. São somente os estudantes com baixa-visão que podem utilizar o scanner?

13 Não, os estudantes cegos também possuem totais condições de realizar suas atividades no scanner. Como ele é composto por um OCR e por um sistema de áudio que permite ao estudante ouvir tudo aquilo que está sendo realizado, o acadêmico cego também pode digitalizar seus próprios livros. Desta forma, incentivando cada vez mais a autonomia destes estudantes e contribuindo com sua formação. 7. O scanner é para uso somente dos estudantes com deficiência visual? 13 Este é o público que fará uso do equipamento. No entanto, estudantes que tenham dificuldades em movimentar os membros superiores, que os impossibilitem de manusear o livro, ou estudantes com dislexia também podem utilizá-lo. 8. E se o estudante não conseguir digitalizar seu livro? Se o estudante possuir mobilidade reduzida nos membros superiores será necessário que ele seja auxiliado pelo coordenador acadêmico EAD ou alguém indicado por ele. Além disto, podese também criar, dentro do Polo, um movimento de apoio na digitalização do material para este acadêmico, pois, assim, incentivamos a conscientização e a colaboração entre os estudantes. 9. Por que é o estudante quem deve realizar a confecção de seu material? Uma das metas da instituição e de tratados internacionais sobre pessoas com deficiência é promover a igualdade de condições no meio acadêmico, social, organizacional, familiar, dentre outros. Pensando nisso, o Núcleo de Acessibilidade e Inclusão da Anhanguera, com base nos conceitos de inclusão e de igualdade, optou por adquirir o scanner Bookreader, com o objetivo de proporcionar aos estudantes com deficiência as mesmas condições de acesso à informação, que os demais. Assim como o estudante vidente pode ir a uma copiadora e/ou digitalizar os seus livros em um scanner convencional, o estudante com deficiência poderá digitalizar, com autonomia, seu material no scanner Bookreader. 10. Em que local do Polo o scanner deve ser alocado?

14 Pensando na qualidade do serviço oferecido ao estudante, é importante que o scanner esteja em um local reservado. Para isto, verifique em seu Polo um local, de fácil acesso, onde possa ser alocado o equipamento junto com um computador equipado com software leitor de telas. Desta forma, evita-se que outros estudantes tenham acesso ao equipamento e que sua vida útil seja minorada Não temos leitor de telas, o que fazer? O gestor deverá providenciar a compra de uma licença de software leitor de telas ou fornecer alguma outra solução de softwares livres como, por exemplo, DosVox ou NVDA, os quais podem ser baixados, gratuitamente, pela internet. 12. Como deve ser realizada a limpeza do scanner? Converse com o pessoal da empresa responsável pela limpeza do seu Polo, em relação à manutenção deste equipamento. Ele deverá ser limpo no formato convencional (pano úmido) nas partes externas. Na parte interna, a limpeza deve ser realizada com papel toalha, evite a limpeza com panos tipo flanelas e outros, pois estes soltam resíduos e/ou riscam a lente do equipamento fazendo com que aconteçam falhas na digitalização. 13. É comum mensagens de erro quando estiver digitalizando? Não. Se, durante a digitalização, o equipamento emitir alguma mensagem de erro, verifique a mensagem, aperte Print Screen para copiar a tela, e envie ao NAIA pelo para que verifiquemos, junto ao fornecedor, o tipo do erro. 14. É possível apagar um trecho do livro digitalizado e substituir com outra informação? Na verdade, não se deve modificar nenhuma obra. O que é possível é que, em casos de figuras, tabelas, quadros ilustrativos e outras imagens, que não podem ser lidas pelos softwares leitores de telas, pode-se incluir uma nota explicativa sobre a informação.

15 Caso sua dúvida não tenha sido contemplada, por favor, envie-nos um no endereço a seguir ou entre em contato por telefone: - -(19) Exemplos de acondicionamento do scanner 15 Apresentamos alguns exemplos de acondicionamento e disponibilização do scanner BookReader. Algumas unidades optaram por adaptar uma das salas de estudo em grupo para disponibilização do equipamento, em outros casos, o equipamento foi disponibilizado em uma bancada atrás do balcão de atendimento e também na sala de vídeo. O bibliotecário da unidade de Campinas 3, conforme imagem abaixo, optou por disponibilizar o scanner em uma sala de estudos em grupo:

16 Já a bibliotecária da unidade de Leme, por não dispor de sala de estudos para o scanner, disponibilizou o equipamento em uma bancada atrás do balcão de 16 atendimento. Na biblioteca da unidade de Rondonópolis, a bibliotecária achou pertinente alocar o equipamento na sala de vídeo, uma vez que, mesmo que a sala esteja sendo utilizada por outros, o estudante poderá utilizar o BookReader ouvindo as instruções de voz por meio do fone de ouvido. Ressalta-se que a sala de vídeo fica no mesmo espaço da biblioteca.

17 Como é possível observar, não é necessário empregar recursos financeiros para disponibilizar o equipamento, basta usar a criatividade. Acredita-se que ideias como essas podem auxiliar aos demais profissionais que irão lidar com o equipamento. 17

18 11 Referências OLIVEIRA, J. A. de; SANTOS, D. F. dos; ZERONINI, R. da P. C. Orientações sobre a inclusão de estudantes com deficiência no Ensino Superior. Valinhos, MACROSOLUTION (descrição do equipamento). Disponível em: <http://www.macrosolution.com.br/viewprod.php?prod=323>. Acesso em: 4 set

19 Anexo 1: Plustek BookReader V200 User Guide_BR2 Guia rápido de instalação Plustek Book Reader V200 User Guide_BR2 - Guia rápido de instalação 19

20 Anexo 2: Passo a passo para utilização do Scanner Bookreader Passo a passo para utilização do Scanner BookReader 20

21 Anexo 3: Controle de frequência e utilização do BookReader planilha de acompanhamento sobre o uso do scanner bookreader.doc 21

22 22

Scanner Compacto SnapScan S1300i

Scanner Compacto SnapScan S1300i Scanner Compacto SnapScan S1300i Especificações Funcionais Velocidade de digitalização melhorada (12 páginas por minuto) Sincronize facilmente com dispositivos ipad/iphone e Android Conecte-se facilmente

Leia mais

Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o scanner IRIScan Book 3.

Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o scanner IRIScan Book 3. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o scanner IRIScan Book 3. Este scanner é fornecido com os aplicativos Readiris Pro 12 e IRIScan Direct (somente Windows). Os Guias Rápidos do Usuário

Leia mais

PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO

PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO MANUAL DE PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO DUALINE Bem-vindo! Obrigado por adquirir o GRAVADOR DE CHAMADAS mono canal. Antes de instalar e acionar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual. Acessórios

Leia mais

Scanner modelo: ScanSnap S1300i

Scanner modelo: ScanSnap S1300i Scanner modelo: ScanSnap S1300i Scanner ScanSnap Duplex Colorido A4 AAD Especificações Funcionais Velocidade de digitalização melhorada (12 páginas por minuto) Sincronize facilmente com dispositivos ipad/iphone

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. WebCAM

MANUAL DO USUÁRIO. WebCAM MANUAL DO USUÁRIO WebCAM Professional WC101 Conteúdo: Precauções Introdução do Produto Especificações Técnicas Requisitos do Sistema Driver de Instalação (WINS XP) Driver de Instalação (WINDOWS VISTA)

Leia mais

Manual de Instalação Corporate

Manual de Instalação Corporate Manual de Instalação Corporate Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Imobiliária21

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Group Folha no servidor...6

Leia mais

CÓD. 3819 Webcam Magnética MANUAL DO USUÁRIO

CÓD. 3819 Webcam Magnética MANUAL DO USUÁRIO CÓD. 3819 Webcam Magnética MANUAL DO USUÁRIO INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA Leia as instruções de segurança cuidadosamente e guarde esse manual para consultas futuras. DECLARAÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS Nenhuma

Leia mais

Scanner Portátil ScanSnap S1100

Scanner Portátil ScanSnap S1100 Scanner Portátil ScanSnap S1100 Um dos menores scanners A4 móveis do mundo O scanner de documentos ScanSnap S1100 transcende os limites de tamanho para portabilidade extrema, ao mesmo tempo em que oferece

Leia mais

Gerenciamento Total da Informação

Gerenciamento Total da Informação ScanPartner SP30 Funções Equipado com o mecanismo de alimentação de papel da fi Series com alto desempenho e baixo custo Acompanha software pronto para uso Software que se integra com vários aplicativos

Leia mais

Scanner de Rede N1800

Scanner de Rede N1800 Scanner de Rede N1800 Funções Scanner de rede duplex compacto; Velocidade de digitalização em cores: 20ppm / 40ipm; Sensor de Imagem: CCD Colorido; Conexão com serviços de nuvem; Tela sensível ao toque;

Leia mais

Lumitester PD-20. Manual de uso. Índice. Software de controlo

Lumitester PD-20. Manual de uso. Índice. Software de controlo Índice Lumitester PD-20 Software de controlo Manual de uso Muito obrigado por comprar o aparelho Lumitester PD-20. Antes de pôr em operação este manual deve ser lido na sua totalidade para o uso seguro

Leia mais

SIAFRO Módulo de Devolução 1.0

SIAFRO Módulo de Devolução 1.0 Conteúdo do Manual. Introdução. Capítulo Requisitos. Capítulo Instalação 4. Capítulo Configuração 5. Capítulo 4 Cadastro de Devolução 6. Capítulo 5 Relatório 7. Capítulo 6 Backup 8. Capítulo 7 Atualização

Leia mais

Verificando os componentes

Verificando os componentes PPC-4542-01PT Agradecemos a aquisição do scanner de imagem em cores fi-65f. Este manual descreve os preparativos necessários para o uso deste produto. Siga os procedimentos aqui descritos. Certifique-se

Leia mais

Santa Cruz do Sul, outubro de 2015.

Santa Cruz do Sul, outubro de 2015. MANUAL DO USUÁRIO Santa Cruz do Sul, outubro de 2015. Adilson Ben da Costa & Ederson Luis Posselt Programa de Pós-graduação em Sistemas e Processos Industriais, Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC),

Leia mais

MICROCOMPUTADOR TIPO I

MICROCOMPUTADOR TIPO I MICROCOMPUTADOR TIPO I Processador...: Processador com memória cache mínima de 1 MB; Tipo...: 1)Intel Pentium IV Prescott com freqüência de 3.0 Ghz ou Superior Memória...: Memória RAM instalada de 512

Leia mais

CERTIFICADO DIGITAL CONECTIVIDADE DIGITAL ICP GUIA PLANCON DE INSTRUÇÕES PARA INSTALAR SEU TOKEN, PENDRIVE OU LEITOR DE CARTÕES

CERTIFICADO DIGITAL CONECTIVIDADE DIGITAL ICP GUIA PLANCON DE INSTRUÇÕES PARA INSTALAR SEU TOKEN, PENDRIVE OU LEITOR DE CARTÕES CERTIFICADO DIGITAL CONECTIVIDADE DIGITAL ICP GUIA PLANCON DE INSTRUÇÕES PARA INSTALAR SEU TOKEN, PENDRIVE OU LEITOR DE CARTÕES Se você já adquiriu seu Certificado Digital e ainda não o instalou, este

Leia mais

Câmera CFTV Digital Sem Fio

Câmera CFTV Digital Sem Fio Câmera CFTV Digital Sem Fio Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Português do Brasil. Mensagens de alerta WEEE DECLARAÇÃO FCC. Observação: Símbolo para Coleta Separada em Países Europeus

Português do Brasil. Mensagens de alerta WEEE DECLARAÇÃO FCC. Observação: Símbolo para Coleta Separada em Países Europeus Mensagens de alerta WEEE Símbolo para Coleta Separada em Países Europeus Este símbolo indica que este produto deve ser coletado separadamente. Os seguintes se aplicam apenas a usuários em países europeus:

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO SCANNER HP 8250 PARA DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS EM PDF

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO SCANNER HP 8250 PARA DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS EM PDF MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO SCANNER HP 8250 PARA DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS EM PDF O módulo de atualização do software HP Director está disponível para Download no site da, no endereço http://www.jfrs.gov.br/sjrs/smaadm,

Leia mais

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Este tutorial visa preparar o computador com os softwares necessários para a utilização dos sistemas de visualização

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRÁS. EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO DAC Nº. 02/2010.

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRÁS. EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO DAC Nº. 02/2010. 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. ELETROBRÁS. EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 02/2010. ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 2 ESCOPO DO FORNECIMENTO 1. Constitui o objeto desta

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO. Intelbras USB Phone

GUIA DO USUÁRIO. Intelbras USB Phone GUIA DO USUÁRIO Intelbras USB Phone Caro usuário, Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O Intelbras USB Phone é um telefone que permite fazer chamadas com mais

Leia mais

Manual do Usuário QL-700

Manual do Usuário QL-700 Manual do Usuário QL-700 Certifique-se de ler e compreender este manual antes de usar a máquina. Recomendamos que você mantenha este manual em local acessível para referência futura. www.brother.com.br

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento... 3 2. Suporte técnico... 3 3. Requisitos de hardware... 4 3.1. Estação... 4 3.2. Servidor... 4 4. Instalação... 5 4.1. Instalação no servidor... 5

Leia mais

Gerenciamento Total da Informação

Gerenciamento Total da Informação Scanner FI-5530C2 Funções Digitalização de 50 páginas / 100 imagens por minuto Driver e software de captura renovados PaperStream IP PaperStream Capture Gerenciamento centralizado de vários scanners Opcional:

Leia mais

MANUAL BÁSICO DE UTILIZAÇÃO DO SARA - PC SCANNER COM VOZ

MANUAL BÁSICO DE UTILIZAÇÃO DO SARA - PC SCANNER COM VOZ MANUAL BÁSICO DE UTILIZAÇÃO DO SARA - PC SCANNER COM VOZ VERSÃO 9.0.1.5 SARA - PC Scanner com Voz Freedom Scientific 1 Sumário SARA PC Scanner com Voz... 3 Botões do Scanner... 3 Software do Scanner:...

Leia mais

HP Scanjet G3010. Guia do usuário

HP Scanjet G3010. Guia do usuário HP Scanjet G3010 Guia do usuário Conteúdo 1 Como utilizar o scanner...2 Onde obter informações adicionais...2 Acessibilidade...2 Como utilizar o software HP Photosmart...4 Visão geral do painel frontal

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 1. OBJIVO 02 2. ÂMBITO 02 3. CONCEITOS 02 4. NORMAS E LEGISLAÇÃO APLICÁVEIS 02 5. INSTRUÇÕES GERAIS 02 5.1. Processador 02 5.2. Memória 03 5.3. Periféricos Inclusos 03 5.4. Unidades

Leia mais

Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor

Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor Universidade Federal do Espírito Santo Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) Novembro/2014 Sumário 1 ATIVIDADES COMPLEMENTARES... 4 1.1 O que é o menu

Leia mais

Guia do EasyMP Slide Converter. Projetor multimídia

Guia do EasyMP Slide Converter. Projetor multimídia Guia do EasyMP Slide Converter Projetor multimídia Índice Geral 2 Perspectiva Geral do EasyMP Slide Converter Resumo do EasyMP Slide Converter............................ 4 Tipos de documentos suportados

Leia mais

Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a instalar e começar a usar o IRIScan Express 3.

Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a instalar e começar a usar o IRIScan Express 3. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a instalar e começar a usar o IRIScan Express 3. O software fornecido com este produto é o Readiris Pro 12. Para obter informações detalhadas sobre todos os recursos

Leia mais

Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o scanner IRIScan Book Executive 3.

Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o scanner IRIScan Book Executive 3. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o scanner IRIScan Book Executive 3. Este scanner é fornecido com os aplicativos Readiris Pro 14 e IRIScan Direct (somente Windows). Os Guias Rápidos

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez Manual Conteúdo 1- Requisitos mínimos... 2 2- Instalando o Acesso Full... 2 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez... 2 4- Conhecendo a barra de navegação padrão do Acesso Full... 3 5- Cadastrando

Leia mais

Sumário. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse 2.

Sumário. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse 2. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse 2. As descrições fornecidas nesta documentação são baseadas nos sistemas operacionais Windows 7 e Mac OS X Mountain Lion. Leia

Leia mais

Seu manual do usuário HP SCANJET 3800 PHOTO SCANNER http://pt.yourpdfguides.com/dref/921220

Seu manual do usuário HP SCANJET 3800 PHOTO SCANNER http://pt.yourpdfguides.com/dref/921220 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP SCANJET 3800 PHOTO SCANNER. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre

Leia mais

Gerenciamento Total da Informação

Gerenciamento Total da Informação Scanner FI-7280 Funções Altíssima velocidade de digitalização Alimentador de grande volume Equipado com LCD Equipado com função de proteção avançada de papel Redutor de Desvio - mecanismo estável de alimentação

Leia mais

Gerenciamento Total da Informação

Gerenciamento Total da Informação Scanner FI-6770 Funções Capaz de digitalizar documentos a 90 ppm / 180 ipm Equipado com funções inteligentes para operação eficiente AAD ergonômico Funções Veloz e equipado com Flatbed O fi-6770 equipado

Leia mais

COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET

COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET Ao mesmo tempo em que hoje se tornou mais fácil falar a longa distância, pela multiplicidade de opções e operadoras de telefonia, também surgem as

Leia mais

PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO

PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO MANUAL DE PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO GRAVTEL Bem-vindo! Obrigado por adquirir o GRAVADOR DE CHAMADAS mono canal. Antes de instalar e acionar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual. Acessórios

Leia mais

Instalação do SisAlu 1. Apostila de Instalação do SisAlu

Instalação do SisAlu 1. Apostila de Instalação do SisAlu Instalação do SisAlu 1 Apostila de Instalação do SisAlu 2 Instalação do SisAlu Instalação do SisAlu 3 Índice 1. Objetivo... 4 2. Instalação... 5 2.1. Kit de Instalação... 5 2.2. Requisitos do sistema...

Leia mais

Soluções de Acessibilidade. VLibras - Desktop. Manual de Instalação da Ferramenta. Microsoft Windows R. Núcleo de Pesquisa e Extensão / LAViD

Soluções de Acessibilidade. VLibras - Desktop. Manual de Instalação da Ferramenta. Microsoft Windows R. Núcleo de Pesquisa e Extensão / LAViD Soluções de Acessibilidade VLibras - Desktop Manual de Instalação da Ferramenta Microsoft Windows R Núcleo de Pesquisa e Extensão / LAViD 2015 INTRODUÇÃO Objetivo Este manual contém introdução e informações

Leia mais

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 ArpPrintServer Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO SISTEMA... 3 REQUISITOS DE SISTEMA... 4 INSTALAÇÃO

Leia mais

MCDI DO BRASIL FAQ do WinSamm Sistema Automático Multi Monitoramento para ambiente Windows

MCDI DO BRASIL FAQ do WinSamm Sistema Automático Multi Monitoramento para ambiente Windows 1. Quais são as diferenças principais entre o SAMM e o WinSAMM? O WinSAMM é baseado em Windows e controlado com o mouse em uma janela padrão do Windows. Pode-se utilizar desenhos do local protegido feitos

Leia mais

Manual de Instalação Flex

Manual de Instalação Flex Manual de Instalação Flex Sumário 1. Sobre este documento... 3 2. Suporte técnico... 3 3. Requisitos de hardware... 4 4. Instalação... 5 4.1. Instalação no servidor... 5 4.1.1. Instalação do sistema...

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Tutorial de acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos

Tutorial de acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Tutorial de acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Este tutorial visa preparar o computador com os softwares necessários para utilização

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

Seu manual do usuário HP SCANJET 4370 PHOTO SCANNER http://pt.yourpdfguides.com/dref/921250

Seu manual do usuário HP SCANJET 4370 PHOTO SCANNER http://pt.yourpdfguides.com/dref/921250 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP SCANJET 4370 PHOTO SCANNER. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre

Leia mais

Sumário. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse Executive 2.

Sumário. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse Executive 2. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse Executive 2. As descrições fornecidas nesta documentação são baseadas nos sistemas operacionais Windows 7 e Mac OS X Mountain

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Client

Manual do usuário. Mobile Client Manual do usuário Mobile Client Mobile Client Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE SISTEMA MULTIFUNÇÕES DIGITAL Página INTRODUÇÃO ANTES DA INSTALAÇÃO INSTALAR O DRIVER DA IMPRESSORA LIGAÇÃO A UM COMPUTADOR 9 CONFIGURAR O CONTROLADOR DA IMPRESSORA 0 COMO

Leia mais

Guia de instalação do NX

Guia de instalação do NX Guia de instalação do NX 1/2/2014 Introdução Obrigado por comprar o NX da DNP. Leia todo este guia antes de usar o produto. Acordo de licença do software Este acordo ( Acordo ) estabelece os termos e as

Leia mais

Procedimento de anexação de peças e envio

Procedimento de anexação de peças e envio 2014 Manual prático de Ajuizamento de Petições Intercorrentes Portal Processual Eletrônico Procedimento de anexação de peças e envio Orientações gerais para anexar arquivos e enviar petições intercorrentes

Leia mais

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Documento Gerado por: Amir Bavar Criado em: 18/10/2006 Última modificação: 27/09/2008 Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação

Leia mais

Deficiência Visual. Eficiência Tátil Inteligência - Adaptações. V Compartilhando Eficiências. Seção de Educação Especial SEE - DE

Deficiência Visual. Eficiência Tátil Inteligência - Adaptações. V Compartilhando Eficiências. Seção de Educação Especial SEE - DE Deficiência Visual Eficiência Tátil Inteligência - Adaptações V Compartilhando Eficiências Seção de Educação Especial SEE - DE a voar como os pássaros, Temos aprendido a nadar como os peixes, Mas ainda

Leia mais

produção MANUAL APRESENTAÇÃO

produção MANUAL APRESENTAÇÃO MANUALWEB 1 APRESENTAÇÃO MANUAL da produção online Conheça as funções, características e as facilidades para autorizar e faturar os atendimentos realizados aos beneficiários Unimed. Rio MANUALWEB 2 SUMÁRIO

Leia mais

Técnicas Assistivas para Pessoas com Deficiência Visual

Técnicas Assistivas para Pessoas com Deficiência Visual Técnicas Assistivas para Pessoas com Deficiência Visual Aula 15 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE.

Leia mais

Gerenciamento Total da Informação

Gerenciamento Total da Informação SnapScan SV600 Digitalize o que quiser com facilidade Você pode digitalizar jornais, revistas ou livros diretamente sem cortar ou danificá-los. Digitaliza desde cartões de visita até documentos no formato

Leia mais

HP Scanjet série G4000. Guia do usuário

HP Scanjet série G4000. Guia do usuário HP Scanjet série G4000 Guia do usuário Conteúdo 1 Como utilizar o scanner...2 Onde obter informações adicionais...2 Acessibilidade...2 Como utilizar o software HP Photosmart...3 Visão geral do painel

Leia mais

Easi-Scope Utilizador GUIA DO USUÁRIO www.tts-shopping.com

Easi-Scope Utilizador GUIA DO USUÁRIO www.tts-shopping.com Easi-Scope Aumenta-se a amostras até 41 vezes em um monitor de computador de 17 pol Utilizador GUIA DO USUÁRIO www.tts-shopping.com Sumário Informações importantes 2 Cuidados e manutenção 2 Advertência

Leia mais

SUMÁRIO 3 DAJE. 3 cartórios online E cartórios off-line

SUMÁRIO 3 DAJE. 3 cartórios online E cartórios off-line SUMÁRIO 3 introdução 3 DEFINIÇÕES 3 DAJE 3 cartórios online E cartórios off-line 4 instalação 4 Requisitos básicos de equipamentos para a instalação 4 Verificações a serem feitas antes de instalar o sistema

Leia mais

ProRAE Guardian V1.5 Guia de referência rápida

ProRAE Guardian V1.5 Guia de referência rápida ProRAE Guardian V1.5 Guia de referência rápida Para obter uma descrição completa das funções do programa, consulte o guia do usuário do ProRAE Guardian (incluso no CD de software). SUMÁRIO 1. Principais

Leia mais

Motorola Phone Tools. Início Rápido

Motorola Phone Tools. Início Rápido Motorola Phone Tools Início Rápido Conteúdo Requisitos mínimos... 2 Antes da instalação Motorola Phone Tools... 3 Instalar Motorola Phone Tools... 4 Instalação e configuração do dispositivo móvel... 5

Leia mais

COPYRIGHT 2011 INTELECTA DISTRIBUIDORA DE TECNOLOGIA LTDA. Todos os direitos reservados. Impresso no Brasil.

COPYRIGHT 2011 INTELECTA DISTRIBUIDORA DE TECNOLOGIA LTDA. Todos os direitos reservados. Impresso no Brasil. COPYRIGHT 2011 INTELECTA DISTRIBUIDORA DE TECNOLOGIA LTDA. Todos os direitos reservados. Impresso no Brasil. De acordo com as leis de Copyright, nenhuma parte desta publicação ou do software pode ser copiada,

Leia mais

Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR. Julho/2007. Ministério da saúde

Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR. Julho/2007. Ministério da saúde Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR Julho/2007 Ministério da saúde SUMÁRIO Módulo 1. Instalação... 4 Introdução... 4 Configurações de equipamentos para instalação

Leia mais

Manual do Usuário. Telefone Sem Fio LS3 MANUAL DO USUÁRIO

Manual do Usuário. Telefone Sem Fio LS3 MANUAL DO USUÁRIO Telefone Sem Fio LS3 MANUAL DO USUÁRIO Introdução 3 1. Indicações de segurança 4 2 Instrução ao teclado e aos ícones 6 2.1 Teclado 6 2.2 Ícones 7 3 Instalação 7 3.1 Instalação do sim card 7 3.2 Carregando

Leia mais

Volume ACRONUS SOFTWARE GUIA DE UTILIZAÇÃO DO ACRONUS SYSTEM. Manual Técnico 4.28

Volume ACRONUS SOFTWARE GUIA DE UTILIZAÇÃO DO ACRONUS SYSTEM. Manual Técnico 4.28 Volume 1 ACRONUS SOFTWARE GUIA DE UTILIZAÇÃO DO ACRONUS SYSTEM Manual Técnico 4.28 P A C O T E I N S T I T U I Ç Õ E S D E E N S I N 0 - E M P R E S A S Manual Técnico 4.28 ACRONUS SOFTWARE 08.104.732/0001-33

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMAS OPERACIONAIS Conceitos Básicos Sistema Operacional: Um Sistema Operacional é um programa que atua como intermediário entre o usuário e o hardware de um computador. O Propósito do SO é fornecer

Leia mais

Introdução ao QuarkXPress 10.0.1

Introdução ao QuarkXPress 10.0.1 Introdução ao QuarkXPress 10.0.1 CONTEÚDO Conteúdo Documentos relacionados...3 Requisitos de Sistema...4 Requisitos do sistema: Mac OS X...4 Requisitos do sistema: Windows...4 Instalação: Mac OS...5 Inclusão

Leia mais

SGE SISTEMA DE GESTÃO ESCOLAR DIÁRIO WEB MANUAL DO PROFESSOR

SGE SISTEMA DE GESTÃO ESCOLAR DIÁRIO WEB MANUAL DO PROFESSOR ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA SUPERINTENDÊNCIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COORDENADORIA DE APOIO E RECURSOS TECNOLÓGICOS COORDENADORIA DE SISTEMAS SGE SISTEMA DE GESTÃO ESCOLAR

Leia mais

Sistema Click Principais Comandos

Sistema Click Principais Comandos Sistema Click Principais Comandos Sumário Sumário... 1 1. Principais Funções:... 2 2. Inserção de Registro (F6):... 3 3. Pesquisar Registro (F7):... 4 3.1 Pesquisa por letras:... 5 3.2 Pesquisa por números:...

Leia mais

Requisitos Mínimos para instalação do Antivírus McAfee

Requisitos Mínimos para instalação do Antivírus McAfee Requisitos Mínimos para instalação do Antivírus McAfee Requisitos Mínimos do computador: Microsoft Windows 2000 (32 bits) com Service Pack 4 (SP4) ou superior, Windows XP (32 bits) com Service Pack 1 (SP1)

Leia mais

Guia Rápido - Notas Fiscais

Guia Rápido - Notas Fiscais Guia Rápido - Notas Fiscais Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Histórico das versões VER DATA AUTOR DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 2.0 23.07.2010 LV Versão Inicial

Leia mais

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução Autor Público Alvo Rodrigo Cristiano dos Santos Suporte Técnico, Consultoria e Desenvolvimento. Histórico Data 13/06/2012 Autor Rodrigo Cristiano Descrição

Leia mais

mobile PhoneTools Guia do Usuário

mobile PhoneTools Guia do Usuário mobile PhoneTools Guia do Usuário Conteúdo Requisitos...2 Antes da instalação...3 Instalar mobile PhoneTools...4 Instalação e configuração do telefone celular...5 Registro on-line...7 Desinstalar mobile

Leia mais

Atualizando do Windows XP para o Windows 7

Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizar o seu PC do Windows XP para o Windows 7 requer uma instalação personalizada, que não preserva seus programas, arquivos ou configurações. Às vezes, ela

Leia mais

Scanners de Microfilme. DV PLUS 2400 DV PLUS 3000 Com software Powerfilm

Scanners de Microfilme. DV PLUS 2400 DV PLUS 3000 Com software Powerfilm Scanners de Microfilme DV PLUS 2400 DV PLUS 3000 Com software Powerfilm A velocidade digital com a potência analógica Proteja os dados importantes com um arquivo de referência Será que, quando você precisar,

Leia mais

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 02 Software e Operações Básicas Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Revisando Como um computador funciona: Entrada (Dados) Processamento (Análise dos Dados)

Leia mais

Junho de 2012 05-0846-200. XMS PC Connect Guia do usuário

Junho de 2012 05-0846-200. XMS PC Connect Guia do usuário Junho de 2012 05-0846-200 Design 2012 Xerox Corporation. Todos os direitos reservados. XEROX, XEROX e Design e DocuMate são marcas comerciais da Xerox Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros países.

Leia mais

Microregistradora TMS-44

Microregistradora TMS-44 Microregistradora TMS-44 MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 Manual do Usuário Microregistradora TMS-44 Edição de Outubro de 2008 Este manual tem caráter técnico-informativo, sendo propriedade da SWEDA. Todos

Leia mais

REGULAMENTO. Ação formativa. Mecanismos de Apoio ao Processo de Recuperação da Aprendizagem

REGULAMENTO. Ação formativa. Mecanismos de Apoio ao Processo de Recuperação da Aprendizagem REGULAMENTO Ação formativa São Paulo, setembro de 2014 1 SUMÁRIO A. APRESENTAÇÃO... 3 B. OBJETIVOS... 3 C. PÚBLICO-ALVO... 4 D. HABILIDADES E COMPETÊNCIAS... 4 E. INSCRIÇÕES... 4 F. ESTRUTURA E CRONOGRAMA

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Backup

Manual do usuário. Mobile Backup Manual do usuário Mobile Backup Mobile Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO A partir do dia 17/09/2012 foi disponibilizado, no site da SJES, o acesso ao Portal Processual, que consolida as principais funcionalidades do sistema de acompanhamento

Leia mais

INSS CESGRANRIO JAN/2005 5. FCC ABRIL 2006 1. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1

INSS CESGRANRIO JAN/2005 5. FCC ABRIL 2006 1. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1 FCC ABRIL 2006 1. CESGRANRIO JAN/2005 5. 6. 2. 7. 3. 8. 9. 4. Atualizada 18/06/2007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1 [[[[ INSS 10. CESGRANRIO JAN 2005

Leia mais

Estimativa. Unioeste 30809/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital

Estimativa. Unioeste 30809/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital Filtrado por ( : = '' ) E ( em haver: >= 1 ) E (Imprimir quantidades por setor de consumo = Sim) 06/05/2014:17:06 Página 1 de 1 Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. 23 7023 Backup - Agente Aplicação Exchange

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 09 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control MANUAL DO USUÁRIO Software de Gerenciamento Controlador de Fator de Potência Self Control ÍNDICE 1.0 INTRODUÇÃO 4 1.1 Aplicações 4 2.0 CARACTERÍSTICAS 4 2.1 Compatibilidade 4 3.0 INSTALAÇÃO 4 4.0 INICIALIZAÇÃO

Leia mais

Gerenciamento Total da Informação

Gerenciamento Total da Informação FI-7160 Funções O melhor custo-benefício da categoria Alimentador de grande volume Equipado com LCD Equipado com função de proteção avançada de papel Redutor de Desvio - mecanismo estável de alimentação

Leia mais

Guia do usuário P2WW-2646-01PTZ0

Guia do usuário P2WW-2646-01PTZ0 Guia do usuário P2WW-2646-01PTZ0 Introdução O CardMinder é um aplicativo que gerencia cartões de visita digitalizados pelo scanner de imagem em cores ScanSnap (exceto o scanner de rede ScanSnap). Este

Leia mais

Guia de Referência Rápida MODEM USB ZTE MF668A

Guia de Referência Rápida MODEM USB ZTE MF668A Guia de Referência Rápida MODEM USB ZTE MF668A Introdução IMPORTANTE! LEIA ANTES DE FAZER A INSTALAÇÃO DO MODEM MF668A. O Modem ZTE MF668A HSPA+ é um Modem USB 3G. É compatível com redes HSPA+ / HSUPA

Leia mais