RIO SERVIÇO E COMÉRCIO DE PRODUTOS DE INFORMÁTICA LTDA,

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RIO SERVIÇO E COMÉRCIO DE PRODUTOS DE INFORMÁTICA LTDA,"

Transcrição

1 O Pregoeiro e sua equipe de apoio, receberam recursos impetrados pelas licitantes REAL MSS SEGURANÇA DE INFORMÁTICA LTDA e ALLEN RIO SERVIÇO E COMÉRCIO DE PRODUTOS DE INFORMÁTICA LTDA, contra a habilitação da licitante DFTI COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMATICA LTDA-ME, no PE0315/2015 que versa sobre a Contratação de serviços de licenciamento de solução corporativa de antivírus, serviços de instalação, configuração e suporte técnico, atualização de versão, vacinas e listas de vírus, e serviço de Engenheiro residente, em horário comercial, para suportar a solução implantada e as demais licenças a serem contratadas, para todos os órgãos e entidades da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Recurso da licitante REAL MSS: DAS RAZÕES DA REFORMA: De acordo com o citado Termo de Referência, no item 4.1, entre as responsabilidades da Contratada, esta deveria fornecer à Secretaria Municipal da Educação licenças para os computadores utilizados pelos alunos da rede pública municipal, sem custos, no total de licenças. Supondo ter atendido tal exigência, a proponente DFTI - COMERCIO E SERVIÇOS DE INFORMATICA LTDA ME, apresentou Proposta Comercial, onde no item 2.1 descreve que irá ceder licenças de antivírus (Titanium Antivírus+) à Secretaria Municipal da Educação para os computadores utilizados pelos alunos da rede pública municipal, sem custos. A Comissão de Licitação, sem maiores considerações, acabou por aceitar esta proposta, reputando cumprida a exigência do disposto no Termo de Referência. Entendemos no entanto que a solução Titanium Antivírus+ ofertada pela proponente DFTI - COMERCIO E SERVIÇOS DE INFORMATICA LTDA ME não atende as exigências dispostas no Termo de Referência, uma vez que a mesma é destinada a usuários domésticos e portanto não possui características importantes para manutenção da segurança dos computadores utilizados pelos alunos da Secretaria Municipal da Educação. Entre as inúmeras características importantes para uma solução de Segurança destinada a este ambiente e descritas no Termo de Referência, temos a capacidade de gestão centralizada da solução. No caso da utilização do Titanium Antivirus+ pela Secretaria, cada um dos computadores teria seu antivírus instalado e gerenciado de forma isolada, o que tornaria a gestão do ambiente inviável. Entendemos que a solução fornecida sem custos deve ser compatível com as características técnicas apontadas no Anexo II do edital, no entanto, outras funcionalidades importantes para a segurança do ambiente e também descritas no Termo de Referência não estão presentes no Titanium Antivirus+, uma vez que esta solução conhecidamente é destinada para uso doméstico.

2 DO PEDIDO De sorte que, com fundamento nas razões precedentemente aduzidas, requer-se o provimento do presente recurso, com efeito para que seja anulada a decisão em apreço, na parte atacada neste, declarando-se a empresa DFTI - COMERCIO E SERVIÇOS DE INFORMATICA LTDA ME, inabilitada para prosseguir no pleito. Outrossim, lastreada nas razões recursais, requer-se que essa Comissão de Licitação reconsidere sua decisão e, na hipótese não esperada disso não ocorrer, faça este subir, devidamente informado, à autoridade superior, em conformidade com o 4, do art. 109, da Lei n 8666/93, observando-se ainda o disposto no 3 do mesmo artigo. Recurso da licitante ALLEN RIO: DOS FATOS: A empresa declarada vencedora, ora recorrida, apresentou solução que não atende aos requisitos exigidos no Termo de referência deste edital, conforme será demonstrado a seguir. II.1) Do não atendimento ao item gerenciamento de clientes Em análise ao Termo de referência, no que tange às es pecificações mínimas técnicas exigidas, observamos que a solução ofertada não atende ao item que menciona o gerenciamento de clientes, abaixo transcrito: Permitir o gerenciamento de clientes, com no mínimo, os seguintes sistemas operacionais: Windows Server 2003, 32 e 64 bits; Windows Server 2008 e superior, 32 e 64 bits; Windows XP; Windows 7, 32 e 64 bits; Windows 8, 32 e 64 bits; MacOS Lion 10 e superior; ios 4 e superior; Android 2.2 e superior. Isso porque, a solução Trend não gerencia todos SO s em única console, conforme exige o Edital. Acbe aqui ressaltar que, multiplas consoles de gerenciamento significam mais recurso de hardware ou máquina virtual disponível para instalação das consoles de gerenciamento, o que ocasionará dificuldade de gerenciamento para manter um padrão. Pois não haverá integração entre as consoles, o que tornará mais dificil manter o padrão de políticas no ambiente. A não manutenção do padrão de política de ambiente demandará conhecimento em ambas as interfaces de gerenciamento, ocasionando dificuldade da correlação de eventos para investigação de incidentes de segurança relacionados a

3 malwares e afins já que não há integração das consoles/ambientes. Essa não integração entre as consoles representa a principal deficiencia, dificultando a visualização dos incidentes de segurança com um ambiente único. Em suma, não é possível afirmar que a solução ofertada atende a este requisito. Não sendo possível portanto, afirmar a compatibilidade das licenças fornecidas com o objeto do certame. II.2) Do não atendimento ao item Em leitura ao Termo de referência, pode observar que esta administração pretende contratar solução que permita a instalação em máquinas virtuais do antivírus que se integre com o console gerencial e endpoint, mas que seja específico para ambientes virtuais sem restrições de funcionalidade, conforme descrição do item 2.2.7, abaixo transcrito: Permitir a instalação em máquinas virtuais do antivírus que integra-se com a console gerencial de endpoint e, que seja específico para ambientes virtuais, sem impor nenhuma restrição ao funcionamento e aos recursos e funcionalidades. Este deve ter como principal característica o desempenho do ambiente virtal e neutralização do storm de máquinas virtuais; Porém, conforme descrito no datasheet da solução ofertada, bem como nas referências de mercado da solução Trend observamos que, para a execução do aciam pretendido faz se necessário a utilização de 2 servidores para que ocorra o gerenciamento do deep security. II.3) Do não atendimento ao item Suporte total a plataforma 64 bits; Em análise à solução ofertada pela RECORRIDA, observamos que a solução Trend possui restrição de operação do behavior monitoring, device control em ambiente de 64 bits em Sistemas operacionais windows Server 2003, bem como possui restrição de operação do behavior monitoring, agent self-protection e device control em ambiente 64-bits em sistemas operacionais XP. Deste modo, deixa de atender a mais um dos requisitos técnicos para que a solução seja adquirida por este R. órgão da Administração Pública vez que, o não atendimento desta exigência poderá representar ainda mais custo, visto que o edital fora modelado de acordo com as necessidades eminentes das Escolas nas quais serão instaladas as licenças. O aceite de licença que não atende aos requisitos específicos técnicos representará tratamento desigual, ferindo o princípio da isonomia entre os concorrentes, que deverá ser prezado pro esta Administração. II.4) Do não atendimento ao item regra de reação para unidades de mídia removível Segundo a documentação do Device Control da TREND, obtido através do sítio eletrônico do próprio fabricante TREND (http://docs.trendmicro.com/all/ ent/officescan /v11.0/en-us/osce_11.0_sp1_ag.pdf), as únicas opções de permissão são: Full Access / Modify / Read and Execute / Read / List Device content / Block.

4 Ou seja, a solução da Trend não possui a opção de apenas monitorar a ação com o intuito apenas de gerar evidências de ações indevidas e sem impactar o negocio do cliente. Assim sendo, não é possível afirmar que a solução ofertada atende à exigência de possuir monitor para as devidas notificações. II.5) Do não atendimento ao item gerenciamento de sistemas operacionais O edital prevê que a solução a ser ofertada deverá permitir o gerenciamento dos sistemas operacionas de dispositivos móveis conforme abaixo transcrito: A solução deve ser gerenciada pela mesma console de gerenciamento de toda a solução endpoint; Permitir o gerenciamento dos seguintes sistemas operacionais de dispositivos móveis: Apple IOS 4.1 ou superior Android 2.2 ou superior Windows Phone Ocorre que, a solução ofertada não comporta este tipo de gerenciamento pela sistema operacional Apple IOS 4.1 ou superior. Em análise à documentação disponibilizada pelo fabricante em seu sítio eletrônico já mencionado, temos que a solução do fabricante TREND oferece suporte a partir da versão 4.3 ou superior, na última versão do produto, 9.2. Informa que, para a versão 4.x o suporte ocorre somente com a versão 8.0 SP1, de 2012.A solução da TREND precisa de pelo menos de 02 servidores para atender dispositivos 4.1 e 4.3 ou versão superior. Mais uam vez, a falta de integração representará a principal deficiencia, vez que dificultará a visualização dos incidentes de segurança com um ambiente único. II.6) Do não atendimento ao item Permitir a instalação dos Módulos da Solução a partir de um único servidor A solução do fabricante TREND possui gaps com a console de gerenciamento único - Deep Security, pois precisa utilizar a integração com o deep security manager e control manager. Porém, conforme especificação do edital, deverá ser fornecida solução que permita o gerenciamento do ambiente virtualizado por meio de um único servidor de gerenciamento com console única. Assim sendo, a solução ofertada não atende aos requisitos mínimos da especificação técnica vez que será necessária a utilização de mais de um servidor para este gerenciamento o que aumentará a incidência de pontos de falha, bem como aumentará o esforço de gerenciamento da solução. II.7) Do não atendimento ao item Modalidade de proteção Em análise ao item acima descrito, observamos que há a exigência de que a solução ofertada suporte as modalidades de proteção Application Whitelisting, Application Blocking / Blacklisting, Memory Protection e Change Control, conforme transcrevemos abaixo:

5 A solução deve suportar as seguintes modalidades de proteção: Application Whitelisting: criação de uma lista de aplicações autorizadas que podem ser executadas no equipamento, onde todas as demais aplicações são impadidas de serem executadas; Application Blocking / Blacklisting: criação de uma lista de aplicações não autorizadas que não podem ser executadas; Memory Protection: monitoração e proteção de aplicativos e componentes críticos do sistema operacional de serem adulterados em tempo de execução, isto é, durante operação e execução em memória; Change Control: Deve monitorar mudanças de arquivos e chaves de registro em tempo real; Sistemas Operacionais suportados para as estações/servidores com a solução instalada: Windows XP SP3, Windows 7 (32 ou 64 bits), Windows Vista (32 ou 64 bits), Windows NT 32 bit, Windows bit; Porém a solução ofertada pela DFTI além de não atender ao requisito dos sistemas operacionais, não é capaz de suportar a modalidade de proteção do tipo Memory Protection, conforme comprova a documentação de AppControl da Trend (http://docs.trendmicro.com/all/ent/tmeac/v1.0/en-us/tmeac_1.0_ag.pdf). Dsete modo, as ameaças que explorem brechas/vulnerabilidades de processos em memória podem obter sucesso na tentativa de comprometimento do sistema operacional e execução de instruções na memória. II.8) Do não atendimento ao item Políticas e configurações Em análise à solução ofertada, observamos que de acordo com a documentação de AppControl da Trend (http://docs.trendmicro.com/all/ent/tmeac/v1.0 /ent/tmeac/v1.0/en-us/tmeac_1.0_ag.pdf) a solução ofertada não contempla o suporte de criação, configuração e manutenção de Whitelist dinamicamente através de definição de regras de confiança. Assim sendo, caso a console de gerencia esteja indisponível e alguma mudança em política seja necessário, se não houver configuração e manutenção através de CLI, a máquina permanecerá com a última política imposta pela console de gerencia, não sendo permitido altera-la enquanto a comunicação não for reestabelecida. Sempre que novos binários surjam nas máquinas precisarão ser manualmente categorizados, demandando tempo e gerencia, podendo causar impacto ao negócio do cliente, já que se o arquivo não estiver categorizado, será bloqueado. Regras dinâmicas se baseiam em uma pontuação de confiança, baseada em critérios, que podem liberar o binário automaticamente Em suma, a solução ofertada não cumpre os requisitos necessários para habilitação como vencedora do certame. II.9) Do não atendimento ao item Item Suporta criação, configuração e manutenção de políticas, permitindo ou bloqueando a adesão de Whitelist, através de: [...]

6 Em análise à documentação da TREND observamos que os métodos: Trusted Installer, Trusted Users and Trusted Time Window não estão presentes na solução ofertada II.10) Da entrega de licenças SQL SERVER iniciais Em que pese o discurso de estar apta a atender a todos os itens editalícios, a RECORRIDA afirma que entregará o que chama de licença Inicial e, caso haja necessidade de novas licenças para a perfeita prestação dos serviços, essas serão de responsabilidade da CONTRATADA. Ocorre que, o ato de entrega de licença divergentes do contratado já sujeitará a RECORRIDA à aplicação de sanções. E, o fornecimento de licenças complementares ou, em quantitativo superior ao constante no contrato caracterizará aceite de doação. Como é sabido, são vários os princípios constitucionais que regem a Administração Pública, dentre eles, os previstos no artigo 37 da Carta Maior, que dispõe que: A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. Assim sendo, a conduta dos servidores da Administração Pública devem ser pautadas neste fundamentos, implicando comportamento ético que alcance a verdadeira satisfação da coletividade, não deixando margem para uma possível desconfiança dos administrados quanto a garantia dos princípios da impessoalidade e isonomia. Neste sentido, em âmbito federal, a Resolução nº 03, de 23 de novembro de 2000, da Comissão de Ética Pública Federal veio complementar o disposto no Código de Conduta da Alta Administração federal no que tange a vedação à autoridade pública quanto à aceitação de presentes. Desta feita, afirmando a RECORRIDA que pretende dar à suas expensas, licenças de software que complementem o objeto entregue, a fim de atender ao contrato oriundo do certame 315/2015, estará esta Adminsitração aceitando presente, evitando deste modo que a RECORRIDA sofra aplicação de sanções. Por todo o exposto anteriormente, e agravado pelo fato de que a RECORRIDA no próprio chat do certame afirma que as licenças que está ofertando poderão não ser suficientes para o atendimento integral do objeto do edital é que roga esta RECORRENTE pela inabilitação da DFTI COMERCIO E SERV. DE INFORMÁTICA LTDA ME. II.11) Da entrega de licenças educacionais inferior No item 4.1 do Termo de Referência, há previsão de que a Contratada deverá fornecer à Secretaria Municipal da Educação licenças para os

7 computadores utilizados pelos alunos da rede pública municipal, sem custos. Porém, ora RECORRIDA ofertou licenças de antivírus (Titanium Antivírus+) cujo características técnicas não atendem ao especificado no edital, vez que, a solução ofertada possui características de licenças domésticas, o que não atende ao ambiente da Secretaria de Educação. Isto porque, a utilização das licenças ofertadas demandaria um gerenciamento individual de cada antivírus instalado. O que tornaria agestão destas licenças inviável para a Secretaria de Educação. Assim sendo, conclui-se que, o fornecimento das licenças sem custo deverá respeitar as característas básicas das licenças que serão adquiridas à título oneroso, principalmente no que tange à capacidade de gerir estas licenças. Por todo o exposto é que não pode esta Administração habilitar a DFTI COMERCIO E SERV. DE INFORMÁTICA LTDA ME como vencedora do certame. DO DIREITO Nesse contexto, vale destacar o entendimento do ilustre professor Hely Lopes Meirelles, que considera que: O edital é lei interna da licitação, e, como tal, vincula aos seus termos tanto os licitantes quanto a Administração que o expediu. É impositivo para ambas as partes e para todos os interessados na licitação. Assim, por não terem sido devidamente comprovados pela empresa DFTI COMERCIO E SERV. DE INFORMÁTICA LTDA - ME o atendimento aos requisitos mínimos de especificação técnica, deve a empresa recorrida ser inabilitada e excluída do certame. Com efeito, classificar licitante que não obedeceu aos critérios estabelecidos no edital fere, ainda, o princípio do julgamento objetivo. Contariando posicionamento do Tribunal de Contas da União, senão vejamos: Observe com rigor os princípios básicos que norteiam a realização dos procedimentos licitatórios, especialmente o da vinculação ao instrumento convocatório e o do julgamento objetivo, previstos nos artigos 3º, 41, 44 e 45 da Lei nº 8.666/1993. Nesta esteira de raciocínio e considerando a IMPOSSIBILIDADE da recorrida, de fornecer o objeto licitado por não comprovar o atendimento aos requisitos mínimos de especificação técnica estabelecidos pelo edital, requisito qe poderá ser cumprido pela ALLEN RIO SERVIÇOS E COMÉRCIO DE PRODUTOS DE INFORMÁTICA. Resta nos ressaltar a este r. Órgão que, a recorrida não atende ao que preconiza o princípio da vinculação ao edital, não demonstrando sua viabilidade em assumir tal contrato, devendo deste modo, ser desclassificada. IV) DO PEDIDO Por todo o exposto, requer o conhecimento provimento do presente recurso para que seja declarada inabilitada a empresa recorrida por não ter se vinculado ao

8 instrumento editalício no tocante ao requisitos técnicos mínimos com a consequente inabilitação de sua proposta do certame em referência. Outrossim, lastreada nas razões recursais, requer-se que essa Comissão de Licitação reconsidere a decisão e, na hipótese não esperada disso não ocorrer, faça este subir, devidamente informado, à autoridade superior, em conformidade com o 4, do art. 109, da Lei n 8666/93, observando-se ainda o disposto no 3 do mesmo artigo. Contra-Recurso da licitante DFTI COMÉRCIO em relação ao recurso da REAL MSS e ALLEN RIO Em breve síntese, as recorrentes alegam que a recorrida não teria cumprido diversos itens técnicos do Edital de Licitação, pleiteando sua inabilitação no certame em referência. Crê-se que as recorrentes estavam, em verdade, pretendendo a desclassificação da proposta da recorrida, por suposto não atendimento ao Edital, usando, em erro crasso talvez por desconhecimento da legislação, a palavra inabilitação, que, como é sabido, aplica-se apenas aos casos em que haja descumprimento aos requisitos listados nos artigos 27 a 32 da Lei n /93, o que não é o caso. Os argumentos das recorrentes podem ser assim sintetizados: a) Recurso da REAL: Alega que as licenças de antivírus cujo fornecimento é de responsabilidade da licitante a ser contratada, conforme ofertadas pela recorrente, não atendem ao Edital, visto que o produto Titanium Antivirus+ seria pensada para usuários individuais e não permitiriam a gestão centralizada, inviabilizando a operação da solução; b) Recurso da ALLEN: Além do mesmo argumento apresentado pela REAL, alega, também, o seguinte: (i) não atendimento ao subitem do Termo de Referência, tendo em vista que a solução proposta não permitiria o gerenciamento de todos os sistemas operacionais numa única console; (ii) não atendimento ao subitem do Termo de Referência, tendo em vista que seria necessária a utilização de 2 servidores para que ocorresse o gerenciamento do deep security; (iii) não atendimento ao subitem do Termo de Referência, tendo em vista que a solução Trend possui restrição de operação do behavior monitoring, device control em ambiente de 64 bits em Sistemas operacionais windows Server 2003, bem como possui restrição de operação do behavior monitoring, agent selfprotection e device control em ambiente 64bits em sistemas operacionais XP ; (iv) não atendimento ao subitem do Termo de Referência, tendo em vista que a solução da Trend não possui a opção de apenas monitorar a ação com o intuito apenas de gerar evidências de ações indevidas e sem impactar o negócio do cliente ; (v) não atendimento ao subitem do Termo de Referência, tendo em vista que a solução não permitiria gerenciamento pelo sistema ios 4.1, o que faria com que a solução de pelo menos de 02 servidores para atender dispositivos 4.1 e 4.3 ou versão superior ; (vi) não atendimento ao subitem do Termo de Referência, tendo em vista que não permitiria o gerenciamento do

9 ambiente virtualizado com uma console única; (vii) não atendimento ao subitem do Termo de Referência, tendo em vista que a proposta da DFTI não seria capaz de suportar a modalidade de proteção do tipo Memory Protection, fazendo com que ameaças que explorem brechas/vulnerabilidades de processos em memória podem obter sucesso na tentativa de comprometimento do sistema operacional e execução de instruções na memória ; (viii) não atendimento ao subitem do Termo de Referência, tendo em vista que a solução da DFTI não contemplaria o suporte de criação, configuração e manutenção de Whitelist dinamicamente através de definição de regras de confiança ; (ix) não atendimento ao subitem do Termo de Referência, tendo em vista que os métodos: Trusted Installer, Trusted Users and Trusted Time Window não estão presentes na solução ofertada ; (x) a recorrida teria reconhecido que as licenças cotadas seriam insuficientes, a ponto de propor o fornecimento de licenças posteriores, o que seria irregular. Entretanto, as razões sustentadas não podem ser acatadas, pelos motivos abaixo expostos, que indicam, em seu conjunto, que se deve manter a declaração de vitória da recorrida. MÉRITO 3.1 Dos recursos da REAL e da ALLEN Antivírus fornecidos em atendimento ao subitem 4.1 do Termo de Referência Quanto ao fornecimento das licenças de antivírus supostamente incapazes de atender ao Edital, tendo em vista não permitir o gerenciamento centralizado, as recorrentes realizam enorme confusão com os itens editalícios. O objeto do Edital está estabelecido no subitem 2.1 do Termo de Referência, e contempla o seguinte: licenças e um engenheiro por 24 meses. Segundo o Edital, esse OBJETO deve atender a todas as especificações do Termo de Referência, dentre as quais está o gerenciamento centralizado. Há mais. O subitem 4.2 do Termo de Referência estabelece que o Engenheiro Residente deverá prestar serviços para atender à totalidade das licenças contratadas. E quais são as licenças contratadas? Simples: as contempladas no subitem 2.1 do Termo de Referência. Isso se torna de fácil constatação com a leitura singela do subitem 4.1 do Termo de Referência, chave para interpretação da questão. Veja-se a redação: 4.1 Fornecer à SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO licenças para os computadores utilizados pelos alunos da rede pública municipal, SEM CUSTOS, no total de licenças. (destaque nosso) Esse dispositivo estabelece que as licenças que contempla deverão ser fornecidas SEM CUSTO ou seja, por meio de CESSÃO por parte da contratada. Isso deixa claro, inicialmente, que tais licenças não compõem o objeto contratado, até porque não se previu cotação de preços; se essas licenças fossem contratadas, atendendo aos requisitos de gerenciamento centralizado e demais itens do Edital, deveriam implicar custos à Administração, o que viola frontalmente a redação do instrumento de convocação do certame.

10 Isso fica ainda mais claro quando se tem em mente que o contratante é a IPLANRIO, cabendo à licitante ceder tais licenças de antivírus adicionais, sem custos, à Secretaria de Educação do Município do Rio de Janeiro, órgão distinto daquele que realiza a licitação. Nem se diga que o subitem 4.3 vincularia a contratada a atender, com as licenças, a todos os itens do Edital. Como já dito nos comentários ao subitem 4.2, o atendimento a especificações como a gerência centralizada e todos os demais itens dá-se em relação ao objeto contratado, que, conforme o subitem 2.1, são as licenças. As licenças fornecidas SEM CUSTO têm o condão de prover as necessidades de antivírus das escolas, e não a todas as demandas contidas no Edital. Pelo exposto, impõe-se o desprovimento dos recursos. 3.2 Do Recurso da ALLEN Requisitos técnicos da solução devidamente atendidos pela proposta da recorrida Primeiramente é importante relembrar a solução ofertada pela recorrida para atendimento aos itens a serem contratados. Em nossa Proposta Comercial, Item 4 Solução Ofertada fica claro que a solução é a suíte Smart Protection for EndPoints composta por diferentes produtos, ou seja, uma SOLUÇÃO que contempla várias tecnologias em diferentes plataformas. Lembramos que a opção de entrega desta suíte objetivou única e exclusivamente um valor bem mais competitivo para o certame, suíte a qual, inclusive, possui produtos opcionais que não foram utilizados para comprovação de funcionalidades técnicas exigidas no edital (p.ex. ServerProtect for Novell Netware). Passaremos a examinar, item por item, os pontos incorretamente ventilados pela recorrente como razões para exclusão da recorrida do certame. Subitem 2.2.4: A informação de que a console não permitiria gerenciamento centralizado dos sistemas operacionais é completamente equivocada. Conforme datasheet disponibilizado, informamos que a console central (Control Manager) é o produto da Trend Micro para gerenciamento unificado das tecnologias utilizadas para comprovação e atendimento às funcionalidades técnicas exigidas no Edital; para os SOs apresentados acima os produtos utilizados seriam o OfficeScan, Security for Mac e o Mobile Security. Diante do exposto é claro o atendimento da requisição de uma única console para gerenciamento dos Sistemas Operacionais, conforme pode-se ver em mais especificamente extraídos e transcritos abaixo: Trend Micro products supported by Control Manager... Complete User Protection OfficeScan Worry-Free Business Security Endpoint Encryption Endpoint Application Control

11 Security for MAC Vulnerability Protection Loss Prevention Mobile Security InterScan Messaging Security ScanMail Hosted Security PortalProtect InterScan Web Security Subitem 2.2.7: A premissa do recurso é incorreta. Ora, a solução ofertada NÃO é o Deep Security, e sim a suíte Smart Protection for Endpoints, composta por diferentes produtos dentre eles o Trend Micro OfficeScan, como pode ser observado na Proposta Comercial. Em momento nenhum o Deep Security é mencionado em nossa Proposta Comercial como item de fornecimento para atendimento aos requisitos técnicos do edital. A solução Trend Micro OfficeScan é completamente compatível com ambientes virtualizados, conforme mostrado no datasheet disponibilizado no link abaixo, e permite que todas suas funcionalidades sejam aplicadas. O agente de antivírus instalado em ambiente virtualizado é gerenciado através da console de segurança do antivírus, não sendo necessária a utilização de 02 servidores, como a recorrente infundadamente alega em sua peça recursal, provavelmente motivada por seu completo desconhecimento da plataforma Trend Micro. Veja-se em conforme extraído do documento e transcrito abaixo: Protection Points Physical endpoints VIRTUALIZED ENDPOINTS Windows PCs Mac computers Point of Sale (POS) and ATM endpoints Subitem 2.3.2: Conforme o item 2.3 do Termo de Referência, todas as funcionalidades são executadas em plataformas x64, conforme comprovado na tabela de requerimentos de sistema, pág. 04 do datasheet disponível em conforme extraído do documento e transcrito abaixo: Agent Operating System Windows XP (SP3) (x86) Editions Windows XP (SP2) (x64) (Professional Edition) Windows Vista (SP1/SP2) (x86/x64) Editions Windows 7 (with or without SP1) (x86/x64) Editions

12 Windows Embedded POSReady 2009, Embedded POSReady 7 Windows 8 and 8.1 (x86/x64) Editions Windows Server 2003 (SP2) and 2003 R2 (x86/x64) Editions Windows Compute Cluster Server 2003 (Active/Passive) Windows Storage Server 2003 (SP2), Storage Server 2003 R2 (SP2) (x86/x64) Editions Windows Server 2008 (SP1/SP2) and 2008 R2 (With/Without SP1) (x86/x64) Editions Windows Storage Server 2008 and Storage Server 2008 R2 (x86/x64) Editions Windows HPC Server 2008 and HPC Server 2008 R2 (x86/x64) Editions Windows Server 2008/2008 R2 Failover Clusters (Active/Passive) Windows MultiPoint Server 2010 and 2011 (x64) Windows Server 2012 and 2012 R2 (x64) Editions Windows Storage Server 2012 (x64) Editions Windows MultiPoint Server 2012 (x64) Editions Windows Server 2012 Failover Clusters (x64) Como já demonstrado de forma extensa no item 3.1 destas contrarrazões, o objeto da presente licitação parece não ter sido compreendido pela recorrente. As licenças, fornecidas sem custos para a Secretaria de Educação do RJ, não correspondem ao objeto licitado, que contempla as licenças descritas no subitem 2.1 do Termo de Referência, em relação às quais, diga-se, a recorrente não conseguiu encontrar qualquer fundamento para alegar descumprimento do subitem pela recorrida. Ou seja, total descabimento da recorrente em afirmar que :...o não atendimento desta exigência poderá representar ainda mais custo, visto que o edital fora modelado de acordo com as necessidades eminentes das ESCOLAS nas quais serão instaladas as licenças. Subitem : Novamente, a recorrente parece não ter se atentado às soluções ofertadas na Proposta Comercial da recorrida. O atendimento integral ao item pode ser comprovado conforme datasheet disponibilizado no link abaixo, referente ao produto Loss Prevention. No documento, é facilmente observada a presença de funcionalidades que excedem o solicitado (de bloqueio, leitura e monitoramento), como se vê em extraído e transcrito abaixo: Automates response to policy violations with options to log, bypass, block, encrypt, alert, modify, quarantine, or delete data. Subitem 2.4.2: Aqui, maliciosamente, a recorrente torce o Edital para buscar sua vitória no certame. O item do Termo de Referência exige compatibilidade com IOS versão 4.1 OU superior, e não 4.1 E superior. Conforme apontado pela própria recorrente, as soluções propostas pela recorrida possuem suporte à versão 4.3 ou superior, comprovando, assim, atendimento integral ao solicitado. Veja-se em

13 content/us/pdfs/business/datasheets/ds_mobile_security.pdf, conforme extraído e transcrito abaixo: ios Mobile Devices ios 4.3 and above 3 MB storage minimum 4 MB memory recommended Subitem : Mais uma vez, a recorrente demostra não ter nenhum conhecimento das soluções ofertadas. Como já dito, a console de gerenciamento único não é o Deep Security, mas o Control Manager. O produto Deep Security não foi ofertado em nossa proposta, consoante já explicado em resposta à alegação de não atendimento ao item A console de gerenciamento (Control Manager) possui total integração com as soluções ofertadas na Proposta da recorrida, fato já demostrado anteriormente e evidenciado no datasheet disponibilizado no link extraído do documento e transcrito abaixo, novamente: Trend Micro products supported by Control Manager... Complete User Protection OfficeScan Worry-Free Business Security Endpoint Encryption Endpoint Application Control Security for MAC Vulnerability Protection Loss Prevention Mobile Security InterScan Messaging Security ScanMail Hosted Security PortalProtect InterScan Web Security No que diz respeito ao item (equivocadamente citado pela recorrente como ), quanto à instalação remota dos módulos da solução, a realização da funcionalidade está comprovada no administration guide da solução OfficeScan (NOVAMENTE INFORMAMOS QUE O PRODUTO DEEP SECURITY NÃO FOI OFERTADO EM NOSSA PROPOSTA!!!), disponibilizado no link a seguir, nas pág. 5-19/5-20 e 15-8 Plug-in Program Management : conforme parte de trechos extraídos do documento e transcritos abaixo: Installing Remotely from the OfficeScan Web Console Install the OfficeScan agent remotely to one or several endpoints connected to the

14 network. Ensure you have administrator rights to the target endpoints to perform remote installation. Remote installation does not install the OfficeScan agent on endpoints already running the OfficeScan server. Plug-in Program Management Configure settings and perform program-related tasks from the plug-in program s management console, which is accessible from the OfficeScan web console. Tasks include activating the program and possibly deploying the plug-in program agent to endpoints. Consult the documentation for the specific plug-in program for details on configuring and managing the program. Subitem 2.7.1: A recorrente tenta induzir a Administração a uma incorreta interpretação. Primeiramente, tenta fazer com que creia que o Application Control é a ferramenta a implementar essa funcionalidade, quando, em verdade, isso será realizado por meio do Officescan. Conforme se verá abaixo, a solução proposta pela recorrida atende INTEGRALMENTE às especificações técnicas relacionadas com a funcionalidade de Memory Protection, o que pode ser comprovado na documentação do TrendMicro Officescan, página 6-5, em: conforme transcrito abaixo: Memory Inspection Pattern Real-Time Scan uses the Memory Inspection Pattern to evaluate executable compressed files identified by Behavior Monitoring. Real- Time Scan performs the following actions on executable compressed files: 1. Creates a mapping file in memory after verifying the process image path. Ademais, o subitem faz parte do item 2.7, que especifica as funcionalidades de Solução de Lista Branca PARA DESKTOPS. Ora, quais são os sistemas operacionais para Desktops? Para saber isso, é necessário avaliar o subitem 2.2.4, que especifica os sistemas operacionais a serem atendidos, quais sejam: Windows Server 2003, 32 e 64 bits; Windows Server 2008 e superior, 32 e 64 bits; Windows XP; Windows 7, 32 e 64 bits; Windows 8, 32 e 64 bits; MacOS Lion 10 e superior; ios 4 e superior; Android 2.2 e superior. É evidente que, por se tratar de um dispositivo que se refere a Desktops (subitem 2.7.1), os sistemas operacionais da lista acima cuja funcionalidade de Memory Protection (Memory Inspection Pattern, no datasheet da TrendMicro) exigidos são: Windows XP, Windows 7 (32 e 64 bits), Windows 8 (32 e 64 bits) e MacOS Lion 10 e superior. Quanto a eles, como se vê em a solução atende

15 integralmente ao exigido. Segue abaixo trechos extraídos do documento e transcritos abaixo: Agent Operating System Windows XP (SP3) (x86) Editions Windows XP (SP2) (x64) (Professional Edition) Windows Vista (SP1/SP2) (x86/x64) Editions Windows 7 (with or without SP1) (x86/x64) Editions Windows Embedded POSReady 2009, Embedded POSReady 7 Windows 8 and 8.1 (x86/x64) Editions Windows Server 2003 (SP2) and 2003 R2 (x86/x64) Editions Windows Compute Cluster Server 2003 (Active/Passive) Windows Storage Server 2003 (SP2), Storage Server 2003 R2 (SP2) (x86/x64) Editions Windows Server 2008 (SP1/SP2) and 2008 R2 (With/Without SP1) (x86/x64) Editions Windows Storage Server 2008 and Storage Server 2008 R2 (x86/x64) Editions Windows HPC Server 2008 and HPC Server 2008 R2 (x86/x64) Editions Windows Server 2008/2008 R2 Failover Clusters (Active/Passive) Windows MultiPoint Server 2010 and 2011 (x64) Windows Server 2012 and 2012 R2 (x64) Editions Windows Storage Server 2012 (x64) Editions Windows MultiPoint Server 2012 (x64) Editions Windows Server 2012 Failover Clusters (x64) Protection Points Physical endpoints Virtualized endpoints Windows PCs MAC COMPUTERS Point of Sale (POS) and ATM endpoints Security for Mac Module Provides a layer of protection for Apple Mac clients on your network by preventing them from accessing malicious sites and distributing malware even if the malware is not targeted at Mac OS X. Frise-se que a redação do subitem 2.7.1, ao exigir suporte a Windows NT 32 bit, Windows bit, contém equívoco que contradiz, inclusive, a lista disponível no subitem As duas plataformas em questão estão descontinuadas, conforme pode ser corroborado no site do próprio fabricante: https://support.microsoft.com/ptbr/lifecycle/search?alpha=windows%20nt e https://support.microsoft.com/ptbr/lifecycle/search?alpha=windows% Gostaríamos de enfatizar que a solução ofertada contempla as funcionalidades de proteção para atendimento dos sistemas operacionais legados, incluindo Windows

16 NT e Windows 2000, conforme pode ser comprovado no documento especificamente na página 3, veja-se: Extends protection to critical platforms, including legacy operating systems such as Windows XP. Subitem 2.7.2: Outro equívoco da recorrente. Whitelist (Allow) e permissão do uso de aplicações específicas podem ser comprovadas no administration guide da ferramenta de controle de aplicação (Application Control), nas páginas 5-4 e 5-5, disponibilizado no link em complemento o mesmo poderá ser comprovado às páginas 4-2 e 4-3 (TABELA 4-1), em especial no transcrito abaixo: Application Control: Whether administrators have enabled or disabled application control on the target. Outro ponto confuso e atendendo às exigências do item 2.2.2, a console central pode ser implementada em alta disponibilidade, evitando, assim, o cenário indicado pela recorrente em que a console de gerência ficaria indisponível, conforme documento disponibilizado no link: em sua página 1-3, e cujo texto transcrevemos a seguir:...for example, Control Manager Advanced supports a cascading management structure. This means the Control Manager network can be managed by a parent Control Manager Advanced server with several child Control Manager Advanced servers reporting to the parent Control Manager Advanced server. The parent server acts as a hub for the entire network. Subitem 2.7.4: Os métodos mencionados com as nomenclaturas Trusted Installer, Trusted Users e Trusted Time Window podem não ter sido localizadas pela recorrente por se tratar de uma nomenclatura específica de um determinado fabricante. Entretanto, a solução ofertada atende plenamente aos requisitos técnicos com funcionalidades idênticas, porém com nomenclaturas distintas, conforme demostrado abaixo: O item Trusted Installer é realizado por meio do produto Application Control. Conforme documentação disponibilizada no link na pág. 5-5, onde se observa claramente a possibilidade de criação de regras com a devida opção de permissão de sua instalação e uso. Como exemplo da utilização de uma nomenclatura específica de um determinado fabricante temos a seguinte situação: O item Binary é atendido pelo que o fabricante Trend Micro define como File Signature (SHA-1), que possui as mesmas características/funcionalidades para atendimento a este item (vide na mesma página 5-5 do documento supracitado). O mesmo raciocínio vale para os demais métodos questionados pela recorrente, senão vejamos abaixo. O item Trusted Users também é realizado através do recurso Application Control. A comprovação pode ser feita por meio do mesmo documento disponibilizado no link acima, na pág ( Select and define the target criteria.

17 Endpoint Application Control assigns the policy to a target that matches all of the selected criteria., Active Directory Users/Groups - TABELA) O item Trusted Time Window/Update Mode é comprovado por meio do mesmo documento disponibilizado no link acima, pág. 5-12, segue o texto específico extraído do mesmo documento e transcrito abaixo: Configuring Policy and Log Update Settings Procedure Select a time from Update interval for Endpoint Application Control to update policy and log settings Quanto ao fornecimento de licenças SQL, a recorrente realiza enorme confusão. Cita que o fornecimento adicional seria uma doação, ponta violações ao regime jurídico administrativo, entre outros. Importante precisar, no entanto, que O EDITAL NÃO ESPECIFICA A QUANTIDADE DE LICENÇAS SGBD necessária. Dependendo da forma de execução do contrato (o que só poderá ser sabido posteriormente), a recorrida informou a quantidade inicial de 1 licença (quantidade mínima) mas que podem ser necessárias 2, 3, 4 ou mais licenças para o fiel cumprimento do contrato. Além disso, atendendo à demanda da Administração, a recorrida comprometeu-se a fornecer tantas licenças quantas fossem necessárias para o perfeito funcionamento da solução (Item 2 do quadro de 4. Solução Ofertada Licença de SQL Server - Será entregue a quantidade necessária para o perfeito funcionamento da solução. Apresentado na Proposta Comercial) em atendimento ao Termo de Referência em seu item 2.2.9: A SOLUÇÃO OFERTADA DEVERÁ UTILIZAR UM SISTEMA GERENCIADOR DE BANCO DE DADOS DEDICADO. O LICENCIAMENTO REFERENTE A ESTE SGBD DEVERÁ SER FORNECIDO PELA CONTRATADA. Não se trata, obviamente, de doação, mas de fornecimento para atendimento integral ao Edital. Veja-se que, no chat da licitação, a partir da mensagem de 14:44:10, do dia 06/07/2015, é o PRÓPRIO PREGOEIRO QUEM EXPLICA QUE AS QUANTIDADES DE LICENÇAS NECESSÁRIAS NÃO SÃO SABIDAS (assim como processadores, cores, etc.) PORQUE DEPENDEM DO AMBIENTE, QUE AINDA NÃO FOI EXPOSTO AOS LICITANTES. Ora, é exatamente para cumprir o Edital que a proposta foi reformulada após solicitação do pregoeiro, nos termos da alínea c.1 do subitem do Edital informando que todas as licenças requeridas para o perfeito atendimento e cumprimento dos serviços contratados seriam fornecidas. Com as devidas explicações expostas acima parabenizamos a equipe técnica deste resp. Órgão que analisou corretamente a solução ofertada, e que caso tivesse alguma dúvida do pleno atendimento de nossa oferta ainda teria a possibilidade de manifestar a intenção de realizar Diligências EM QUALQUER FASE DA LICITAÇÃO junto a recorrida (conforme item 20.01) para esclarecer ou complementar qualquer entendimento que houvesse dúvida ou não se encontrava claro na proposta.

18 CONCLUSÃO Diante do exposto, pugna-se pelo completo desprovimento dos recursos, mantendo-se integralmente a acertada decisão de vitória da recorrida no certame. Análise dos Recursos e Contra-Recursos da área técnica da IPLANRIO: Em análise aos Recursos encaminhados pelas empresas REAL MSS Segurança de Informática LTDA e ALLEN RIO Serviço e comercio de produtos de Informática LTDA, bem com análise da Contrarrazão encaminhado pela empresa DFTI COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA, colocamos abaixo nossas considerações: 1- Quanto a recurso da empresa REAL MSS Segurança de Informática LTDA, analisamos o que segue: a. A empresa DFTI COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA, durante o pregão 315/2015, após apresentar melhor lance, encaminho uma primeira proposta comercial, no qual a área técnica não homologou devido a alguns pontos estarem em desacordo com o objeto do referido pregão. Desta forma o Sr. Pregoeiro solicitou a empresa DFTI que realizasse as correções apostadas pela área técnica na proposta no prazo de 30 minutos, descrevendo item a item que deveriam ser corrigidos pela empresa, conforme registro do Conmprasnet. A empresa DFTI encaminhou nova proposta com as correções solicitadas, sendo homologada pela área técnica. Contudo, em análise ao Recurso encaminhado pela empresa REAL MSS, verificou-se que a empresa DFTI ALTEROU outros itens da proposta comercial, sem a solicitação do pregoeiro, principalmente o item 2.1 da proposta comencial, onde estabelece o que segue: 2.1 A DFTI irá ceder licenças de antivírus (Titanium antivírus +) à secretaria Municipal da Educação para os computadores utilizados pelos alunos da rede pública municipal, sem cursto A empresa DFTI INCLUIU o termo (Titanium antivírus +) na proposta comercial, sem ter sido solocitado pelo Pregoeiro a alteração deste item, induzindo assim ao erro da equipe técnica na análise da segunda proposta, visto que a equipe se ateve aos itens solicitados pelo pregoeiro para serem corrigidos. b. A inclusão do termo (Titanium antivírus +) na segunda proposta comercial, NÃO ATENDE ao edital do pregão, visto que, após analise das especificações e conforme afirmado pela própria empresa DFTI em suas contrarrazões no item 3.1, as licenças oferecidas não possuem as especificações descritas no Termo de referência do Edital. É fato que todas as licenças referenciadas no Termo de Referência devem seguir as especificações contidas no

19 mesmo, não sendo aceito licenças sem as características necessárias e especificadas. c. Desta forma, concluímos que a empresa REAL MSS Segurança de Informática LTDA esta CORRETA em seu recurso, e que a empresa DFTI COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA alterou a proposta comercial em um item que NÃO FOI solicitado sua correção pelo pregoeiro e que a alteração coloca sua proposta EM DESACORDO com o edital, não sendo possível sua qualificação. 2- Quanto a recurso da empresa ALLEN RIO Serviço e comercio de produtos de Informática LTDA, analisamos o que segue: a. Quanto ao Item do Termo de Referência, mencionado no Recurso e na contrarrazão, entendemos que, com as informações encontradas nos documentos encaminhados, não foi possível afirmar o atendimento ou não ao item pela empresa DFTI. b. Quanto ao Item do Termo de Referência, mencionado no Recurso e na contrarrazão, em análise nos documentos e links encaminhados, entendemos que o item pede que a solução ofertada seja específica para ambientes virtuais, o que se pode verificar na solução ofertada, segundo o datasheet mencionado, que não é, conforme segue: "Virtual Desktop Infrastructure (VDI) Module Lets you consolidate your endpoint security into one solution for both physical and virtual desktops.", conforme documentado em página 3 Virtual Desktop Infrastructure (VDI) Module. Conforme o texto acima, o módulo de VDI, atende ambos ambientes, físicos ou virtuais e o edital pede também servidores virtuais e não apenas desktops, estando incompleta a informação de atendimento ao item pela solução ofertada. Pelo que podemos verificar no link encaminhado, a solução ofertada se trata de uma solução baseada em agente instalado nas VMs, fato esse que causa o não atendimento do ponto neutralização do storm de máquinas virtuais, pois com a manutenção dos agentes instalados o scan nas máquinas virtuais pode continuar acontecendo. Desta forma, com base no exposto por ambas as empresas e links encaminhados pela contrarrazão, concluímos que a empresa ALLEN RIO Serviço e comercio de produtos de Informática LTDA tem razão em seu recurso de não atendimento ao item do Termo de Referência, pela solução ofertada. c. Quanto ao Item do Termo de Referência, mencionado no Recurso e na contrarrazão, em análise nos documentos e links encaminhados, entendemos que, com as informações encontradas

20 nos documentos encaminhados, não podemos afirmar o atendimento aos requisitos técnicos do item ou não pela empresa DFTI, visto que o mesmo gera dúvida no atendimento integral às funcionalidades ou parcial conforme pode ser entendido no link encaminhado. Contudo, a empresa DFFTI menciona em sua contrarrazão neste item, que as licenças para os alunos da rede pública municipal não devem seguir as especificações do Edital, fato este INCORRETO, estando a empresa ALLEN RIO Serviço e comercio de produtos de Informática LTDA com razão em seu recurso, não podendo ser homologada a solução ofertada pela DFTI, tendo em vista o não atendimento às especificações do Edital. d. Quanto ao Item do Termo de Referência, mencionado no Recurso e na contrarrazão, em análise nos documentos e links encaminhados, entendemos que, com as informações encontradas nos documentos encaminhados, entendemos que, não foi possível afirmar o atendimento ou não ao item pela empresa DFTI. e. Quanto ao Item do Termo de Referência, mencionado no Recurso e na contrarrazão, em análise nos documentos e links encaminhados, entendemos que, com as informações encontradas nos documentos encaminhados, a empresa DFTI encontra-se equivocada quanto a interpretação em relação a compatibilidade com sistemas operacionais de dispositivos móveis IOS 4.1 ou superior. É fato que o IOS 4.1 deve ser totalmente suportado, bem como os superiores, não podendo ser cabível uma interpretação de que a palavra ou neste contexto seja de exclusão. Desta forma, entendemos que a empresa ALLEN RIO Serviço e comercio de produtos de Informática LTDA tem razão em seu recurso, visto que, a solução ofertada pela empresa DFTI, conforme apontado na própria contrarrazão, não possui gerenciamento de dispositivos móveis com o Sistema operacional IOS 4.1, não podendo ser homologada devido ao não atendimento às especificações do Edital. f. Quanto ao Item do Termo de Referência, mencionado no Recurso e na contrarrazão, em análise nos documentos e links encaminhados, entendemos que, com as informações encontradas nos documentos encaminhados, entendemos que a solução ofertada pela empresa DFTI, com base na leitura do LinK encaminhado, atende as especificações contidas no Termo de Referência. g. Quanto ao Item do Termo de Referência, mencionado no Recurso e na contrarrazão, em análise nos documentos e links encaminhados, entendemos que, com as informações encontradas nos documentos encaminhados, entendemos que empresa DFTI alega, em sua contrarrazão que o edital encontra-se equivocado quanto à necessidade colocada por nós em exigir suporte a sistemas

PARECER 068/2015 PROCESSO DE LICITAÇÃO 004/2015 1 DO BREVE RESUMO FÁTICO

PARECER 068/2015 PROCESSO DE LICITAÇÃO 004/2015 1 DO BREVE RESUMO FÁTICO PARECER 068/2015 PROCESSO DE LICITAÇÃO 004/2015 1 DO BREVE RESUMO FÁTICO Cuida-se de processo de licitação na modalidade Pregão Presencial 04/2015, tipo Menor Preço por Item, para aquisição de 05 (cinco)

Leia mais

http://www.comprasnet.gov.br/livre/pregao/ataeletronico.asp?co_no_uasg=925158&...

http://www.comprasnet.gov.br/livre/pregao/ataeletronico.asp?co_no_uasg=925158&... Página 1 de 10 18/06/22 925158.1322.175.59.1337945.635 Conselho Federal de Medicina Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 003/22 (SRP) Às 14:30 horas do dia 12 de junho de 22, reuniram-se o Pregoeiro

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Presencial nº. 18/2007

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Presencial nº. 18/2007 Processo: A 07/204 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Contratação de empresa especializada para a prestação de serviços em implementação de windows server 2003 enterprise, active directory,

Leia mais

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO DE EDITAL

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO DE EDITAL PREGÃO PRESENCIAL: 063/2015 JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO DE EDITAL OBJETO: Aquisição de equipamentos, sistemas, serviços e outros itens necessários à implantação do gerenciamento eletrônico da freqüência dos

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO EMENTA: Edital 0259/2013-08, seleção de empresa especializada para prestação de serviços na área de condução de veículos oficiais da frota da Superintendência Regional

Leia mais

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança.

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda Managed Office Protection É fato, tanto pequenas e médias e grandes empresas enfrentam os mesmos riscos

Leia mais

RESPOSTA AO RECURSO A) MN CASTROPIL EMBALAGENS ME (CNPJ: 18.303.916/0001-86)

RESPOSTA AO RECURSO A) MN CASTROPIL EMBALAGENS ME (CNPJ: 18.303.916/0001-86) Processo N : 0802/15 Licitação Nº: 0712/15 Pregão Eletrônico Nº: 182015 RESPOSTA AO RECURSO O Pregoeiro do CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 4ª REGIÃO - CREF4/SP, no exercício das suas atribuições

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 86/2008 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 23034.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 86/2008 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 23034. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 86/2008 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 23034.001954/2008-11 JULGAMENTO DE RECURSO Trata-se de contratação, mediante

Leia mais

1)QUANTO AO RECURSO ADMINISTRATIVO INTERPOSTO PELA LICITANTE REAL MSS:

1)QUANTO AO RECURSO ADMINISTRATIVO INTERPOSTO PELA LICITANTE REAL MSS: 1)QUANTO AO RECURSO ADMINISTRATIVO INTERPOSTO PELA LICITANTE REAL MSS: A licitante REAL MSS não manifestou pelo ComprasNet intenção de recurso contra a habilitação da licitante ALLEN, porém protocolou

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO E COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DE ALAGOAS.

ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO E COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DE ALAGOAS. ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO E COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO DE ALAGOAS. Ref. Contra Razões ao Recurso administrativo do Edital de pregão Eletrônico nº 068-A/2012 CONTRARRAZÕES AO RECURSO ADMINISTRATIVO

Leia mais

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14:

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Senhores, A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Questionamento 1: 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMCAS No que diz respeito ao subitem 2.1.2, temos a seguinte

Leia mais

Objeto: Aquisição de gêneros alimentícios para IF Sudeste MG Campus Barbacena (SAN, Laboratório de nutrição, aulas práticas e PRONATEC).

Objeto: Aquisição de gêneros alimentícios para IF Sudeste MG Campus Barbacena (SAN, Laboratório de nutrição, aulas práticas e PRONATEC). Pregão Eletrônico 07/2014 Processo: 23355.000130/2014-31 Objeto: Aquisição de gêneros alimentícios para IF Sudeste MG Campus Barbacena (SAN, Laboratório de nutrição, aulas práticas e PRONATEC). JULGAMENTO

Leia mais

Terminada a fase de lances, o item 04 do pregão eletrônico apresentou a seguinte classificação:

Terminada a fase de lances, o item 04 do pregão eletrônico apresentou a seguinte classificação: São João del-rei, 23 de outubro de 2014. Processo: 23122.103528/2014-62 Pregão Eletrônico: 104/2014 Assunto: Decisão Recurso Administrativo 1 PRELIMINARMENTE Vistos e examinados os autos do processo licitatório

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015. Objeto: TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015. Objeto: TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015 TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO

Leia mais

Endpoint Security Platform

Endpoint Security Platform AKER Endpoint Security Platform Proteção de endpoints dentro e fora da empresa Ataques virtuais a redes corporativas têm se tornado cada vez mais comuns. Sob constante ameaça, as empresas passaram a utilizar

Leia mais

M I N I S T É R I O P Ú B L I C O

M I N I S T É R I O P Ú B L I C O MANIFESTAÇÃO DE RECURSO ADMINISTRATIVO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 075/2012-MP/PA PREGOEIRA: ANDRÉA MARA CICCIO EMPRESA RECORRENTE: PREMIUM SERVICE LTDA CONTRARRAZÕES: TREVO COMERCIO E SERVICO LTDA - ME OBJETO:

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB 1 - DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de: 1.1-08 (oito) LICENÇAS modalidade MICROSOFT OPEN, sendo: 01

Leia mais

APRESENTAÇÃO ADVANCED BUSINESS SECURITY

APRESENTAÇÃO ADVANCED BUSINESS SECURITY APRESENTAÇÃO ADVANCED BUSINESS SECURITY 1 GravityZone Advanced Business Security O Bitdefender GravityZone Advanced Business Security é um serviço desenvolvido pela Bitdefender dedicado à simplicidade

Leia mais

Aquisição de 500 (quinhentos) cartuchos de fita LTO4 em mídia regravável, conforme especificação constante do Anexo I: Memorial Descritivo.

Aquisição de 500 (quinhentos) cartuchos de fita LTO4 em mídia regravável, conforme especificação constante do Anexo I: Memorial Descritivo. Processo: A 09/078 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Aquisição de 500 (quinhentos) cartuchos de fita LTO4 em mídia regravável, conforme especificação constante do Anexo I: Memorial Descritivo.

Leia mais

AO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL SENAI.

AO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL SENAI. Camanducaia/MG, 23 de Janeiro de 2013 AO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL SENAI. Departamento Regional / BA. Gerência de Suprimentos. Rua Edístio Pondé, n. 342, STIEP, Salvador/BA, CEP. 41.770-395.

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 03/2009

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 03/2009 Processo: A 09/033 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Contratação de empresa para prestação de serviços de limpeza, asseio e conservação predial, visando a obtenção de adequadas condições de

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE ANTIVÍRUS MCAFEE PARA PLATAFORMA DE SERVIDORES VIRTUALIZADOS VMWARE DA REDE CORPORATIVA PRODAM Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia-

Leia mais

Administration Kit. Parte de Kaspersky Business Space Security Kaspersky Enterprise Space Security Kaspersky Total Space Security

Administration Kit. Parte de Kaspersky Business Space Security Kaspersky Enterprise Space Security Kaspersky Total Space Security Administration Kit Parte de Kaspersky Business Space Security Kaspersky Enterprise Space Security Kaspersky Total Space Security O Kaspersky Administration Kit é uma ferramenta de administração centralizada

Leia mais

158009.382014.9525.4354.42942170.697

158009.382014.9525.4354.42942170.697 158009.382014.9525.44.42942170.697 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria Executiva Subsecretaria de Planejamento e Orçamento INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00038/2014

Leia mais

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial

EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO Pregão Presencial nº. 003/2008 Objeto: Prestação de Serviço de Manutenção Predial EMENTA: AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

Leia mais

3. No dia 01/07/2009, a Digicert apresentou seu recurso.

3. No dia 01/07/2009, a Digicert apresentou seu recurso. Decisão de Pregoeiro n 0034/2009-SLC/ANEEL Em 20 de julho de 2009. Processo nº: 48500.004388/2008-79 Licitação: Pregão Eletrônico nº 05/2009 Assunto: Análise do recurso interposto pela empresa Digicert

Leia mais

1.1. O consórcio AABP apresentou razões de recurso à habilitação do consórcio Brisa Alfapeople.

1.1. O consórcio AABP apresentou razões de recurso à habilitação do consórcio Brisa Alfapeople. GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão Superintendência Central de Governança Eletrônica Diretoria Central dos Canais de Atendimento Eletrônico NOTA TÉCNICA DCGCAE/SCGE

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS Manaus, 24 de janeiro de 2013. Aos interessados. Assunto: PREGÃO ELETRÔNICO SRP 12/2012 RESPOSTA AO RECURSO E CONTRA-RAZÕES Objeto: Aquisição de soluções em Appliance de Firewall com Gerenciamento Unificado

Leia mais

Dell Infrastructure Consulting Services

Dell Infrastructure Consulting Services Proposta de Serviços Profissionais Implementação do Dell OpenManage 1. Apresentação da proposta Esta proposta foi elaborada pela Dell com o objetivo de fornecer os serviços profissionais de implementação

Leia mais

JULGAMENTO DA REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA

JULGAMENTO DA REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA JULGAMENTO DA REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA FEITO: REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA REFERÊNCIA: EDITAL DA CONCORRÊNCIA Nº 001/2014 - COMPEL RAZÕES: JULGAMENTO DA PROPOSTA DE PREÇOS OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA

Leia mais

Processo nº 72000.002655/2009-70 Assunto: Pregão Eletrônico nº 08/2009 - Recurso Administrativo interposto pela empresa: MINDWARE SISTEMAS LTDA.

Processo nº 72000.002655/2009-70 Assunto: Pregão Eletrônico nº 08/2009 - Recurso Administrativo interposto pela empresa: MINDWARE SISTEMAS LTDA. Ministério do Turismo Secretaria Executiva Diretoria de Gestão Interna Coordenação Geral de Recursos Logísticos EMI Bloco U - 2º Andar Sala 232 CEP: 70065-900 Telefone: (61) 321-8202 Processo nº 72000.002655/2009-70

Leia mais

PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Referência: Concorrência nº 01/2012 Fase: Resultado da análise das propostas técnicas Sr. Secretário de Administração, RBM PROPAGANDA E COMUNICAÇÃO LTDA empresa devidamente estabelecida na CLN 309, Bloco

Leia mais

Perguntas e Respostas

Perguntas e Respostas Gerenciamento do Tráfego de Internet Edital de Licitação PREGÃO PRESENCIAL Nº 34/2010 Processo SAP nº 4180/2010 Perguntas e Respostas Página 1 /15 Pergunta n o 1: Os dispositivos de filtro de conteúdo

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos FTIN Formação Técnica em Informática Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos Aula 01 SISTEMA OPERACIONAL PROPRIETÁRIO WINDOWS Competências do Módulo Instalação e configuração do

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3

PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria da República na Paraíba PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3 Referência: Processo n.º 1.24.000.001591/2011-14. Interessado: OMEGATI COMÉRCIO

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 4 Referência: Pregão Eletrônico n. 052/2010 Data: 19/11/2010 Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de atendimento remoto e presencial a usuários de tecnologia

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 24/2008

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 24/2008 Processo: A 08/376 Interessado: Gerência de Recursos Humanos Assunto: Contratação de Empresa Especializada em administração, gerenciamento, emissão, distribuição e fornecimento de documentos de legitimação,

Leia mais

Asset Inventory Service (AIS)

Asset Inventory Service (AIS) Asset Inventory Service (AIS) Última revisão feita em 02 de Setembro de 2008. Objetivo Neste artigo veremos detalhes sobre o Asset Inventory Service (AIS), um serviço disponível através do System Center

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO

NOTA DE ESCLARECIMENTO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SUPERINTENDÊNCIA ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES NOTA DE ESCLARECIMENTO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 02/2014 PROCESSO Nº 3778-01.00/13-0

Leia mais

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Visão geral do Serviço Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Os Serviços de gerenciamento de dispositivos distribuídos ajudam você a controlar ativos

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA AA 01/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 08

CONSULTA PÚBLICA AA 01/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 08 CONSULTA PÚBLICA AA 01/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 08 Questionamento 08.1: 1) Considerando que o item 13.1.11. do Anexo I dispõe sobre a possibilidade de fiscalização nos serviços executados. (i) A proponente

Leia mais

Ata de julgamento de Impugnação ao Pregão Eletrônico AA 37/2007

Ata de julgamento de Impugnação ao Pregão Eletrônico AA 37/2007 Ata de julgamento de Impugnação ao Pregão Eletrônico AA 37/2007 COMBRAS ENGENHARIA LTDA. apresentou Impugnação ao Edital do Pregão Eletrônico AA nº 37/2007, que tem por objeto a contratação de empresa

Leia mais

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Referência: Processo n.º 0.00.002.001198/2014-32 Edital do Pregão Eletrônico nº 43/2014 Contratação de serviços técnicos continuados de operação do sistema de automação, remanejamento e instalação de equipamentos

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE DECISÃO DE RECURSO

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE DECISÃO DE RECURSO DECISÃO DE RECURSO PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/2012 PROCESSO Nº 92125/2012 Recebemos e conhecemos do recurso interposto pela empresa CUIABÁ COMÉRCIO DE ALARME LTDA-ME (NEW LINE SISTEMA DE SEGURANÇA) CNPJ

Leia mais

IMPUGNAÇÃO DE EDITAL DE LICITAÇÃO

IMPUGNAÇÃO DE EDITAL DE LICITAÇÃO São Paulo, 02 de abril de 2012 Ao Ministério do Trabalho e Emprego Senhor Pregoeiro Referência Assunto : Pregão Eletrônico N 10/2012 MTE : Impugnação IMPUGNAÇÃO DE EDITAL DE LICITAÇÃO PCS SERVIÇOS DE PROCESSAMENTO

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO MUNICÍPIO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO TERMO: DECISÓRIO FEITO: RECURSO ADMINISTRATIVO REFERÊNCIA: - Pregão Presencial nº.: 010/2011 PROCESSO nº.: 319/2011 RAZÕES: CLASSIFICAÇÃO DA PROPOSTA DAS

Leia mais

PARA EMPRESAS COM MAIS DE 25 EQUIPAMENTOS

PARA EMPRESAS COM MAIS DE 25 EQUIPAMENTOS PARA EMPRESAS COM MAIS DE 25 EQUIPAMENTOS ESET Business Solutions 1/7 Vamos supor que você tenha iniciado uma empresa ou que já tenha uma empresa bem estabelecida, há certas coisas que deveria esperar

Leia mais

Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL. Em 4 de setembro de 2009.

Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL. Em 4 de setembro de 2009. Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL Em 4 de setembro de 2009. Processo nº: 48500.000496/2009-53 Licitação: Pregão Eletrônico nº 49/2009 Assunto: Análise do recurso interposto pela Ductbusters Engenharia

Leia mais

1. RECEBIMENTO DOS RECURSOS

1. RECEBIMENTO DOS RECURSOS Rio de Janeiro, 01 de julho de 2011 PREGÃO ELETRÔNICO AA 25/2011 ATA DE APRECIAÇÃO DE RECURSOS 1. RECEBIMENTO DOS RECURSOS Foram apresentados recursos pelas licitantes ALLEN RIO SERVIÇO E COMÉRCIO DE PRODUTOS

Leia mais

ILUSTRÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DA COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO DO CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÎFICO E TECONOLÓGICO

ILUSTRÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DA COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO DO CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÎFICO E TECONOLÓGICO ILUSTRÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DA COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO DO CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÎFICO E TECONOLÓGICO Ref: Concorrência 004/2004 A CTIS INFORMÁTICA LTDA, CNPJ: 01.644.731/0001-32,

Leia mais

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA GERENCIAMENTO DE PROJETOS PRONIM, IMPLANTAÇÃO SQL SERVER GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA Cliente GOVBR, UEM-MARINGA / Prefeitura Municipal de PEROLA Data 10/09/2015 Versão 1.0 Objeto:

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SUPERVISÃO DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SUPERVISÃO DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO A Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo, por intermédio da Pregoeira Substituta designada pelo Ato da Mesa Diretora nº 923, publicado no Diário do Poder Legislativo de

Leia mais

Alves & Machado. Advogados Associados OAB/MG: 127.804

Alves & Machado. Advogados Associados OAB/MG: 127.804 Alves & Machado Advogados Associados OAB/MG: 127.804 ILMO(A). SR(A). PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES DA COMPANHIA DE SANEAMENTO MUNICIPAL (CESAMA) REF: Impugnação ao resultado da Tomada

Leia mais

NOTA TECNICA JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO FASE COMPLEMENTAR. Aguiar Feres Auditores Independentes S/S - EPP RECORRIDA:

NOTA TECNICA JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO FASE COMPLEMENTAR. Aguiar Feres Auditores Independentes S/S - EPP RECORRIDA: NOTA TECNICA JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO FASE COMPLEMENTAR TERMO: Decisório FEITO: Recurso Administrativo REFERENCIA: Pregão Eletrônico nº 39/2015 Contratação de empresa especializada em prestação

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM COTAÇÕES E PREGÕES ELETRÔNICOS Sumário 1. Introdução... 2 2. Procedimento para cadastro... 2 3. Conhecendo o Sistema de Compras Eletrônicas da

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS Esclarecimento I PERGUNTA 1: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS 7.5.3. documentação técnica do fabricante dos componentes cotados, incluindo partes de manuais e catálogos, que comprovem o atendimento

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS DISTRIBUÍDOS (DFS) Visão geral sobre o Sistema de Arquivos Distribuídos O Sistema de Arquivos Distribuídos(DFS) permite que administradores do

Leia mais

Amplie os horizontes da sua empresa com o Software Assurance e o Windows Vista.

Amplie os horizontes da sua empresa com o Software Assurance e o Windows Vista. Amplie os horizontes da sua empresa com o Software Assurance e o Windows Vista. Introdução Software Assurance Windows Vista Trazendo uma série de novas ofertas para maximizar o seu investimento, o Software

Leia mais

Contratação de Empresa Especializada para Fornecimento e Instalação de Piso Elevado, Rede Elétrica e Rede Estrutural para o CPD 3º Andar.

Contratação de Empresa Especializada para Fornecimento e Instalação de Piso Elevado, Rede Elétrica e Rede Estrutural para o CPD 3º Andar. 0Processo: A 06/334 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Contratação de Empresa Especializada para Fornecimento e Instalação de Piso Elevado, Rede Elétrica e Rede Estrutural para o CPD 3º Andar.

Leia mais

ILUSTRÍSSIMA AUTORIDADE SUPERIOR POR INTERMÉDIO DO SENHOR PREGOEIRO DESIGNADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE

ILUSTRÍSSIMA AUTORIDADE SUPERIOR POR INTERMÉDIO DO SENHOR PREGOEIRO DESIGNADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE ILUSTRÍSSIMA AUTORIDADE SUPERIOR POR INTERMÉDIO DO SENHOR PREGOEIRO DESIGNADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE REF.: PREGÃO PRESENCIAL Nº 148/2013 SAMTRONIC INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA., pessoa jurídica

Leia mais

Kaspersky Administration Kit

Kaspersky Administration Kit Kaspersky Administration Kit Alexandre Melo Kaspersky Lab Americas Copyright 2009. All Rights Reserved. 1 Proteção Premium em todos os níveis Copyright 2009. All Rights Reserved. 3 Apresentando o Kaspersky

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO. Recorrida: HITACHI KOKUSAI LINEAR EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS S/A.

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO. Recorrida: HITACHI KOKUSAI LINEAR EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS S/A. PROCESSO: 0366/2012 PREGÃO ELETRÔNICO: Nº 001/2012 JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO EMENTA: Recurso interposto contra o Pregão Eletrônico nº 001/2012 (AQUISIÇÃO DO SISTEMA DE TRANSMISSÃO DIGITAL EM

Leia mais

Kaspersky Endpoint Security e o gerenciamento. Migração e novidades

Kaspersky Endpoint Security e o gerenciamento. Migração e novidades Kaspersky Endpoint Security e o gerenciamento. Migração e novidades Treinamento técnico KL 202.10 Treinamento técnico KL 202.10 Kaspersky Endpoint Security e o gerenciamento. Migração e novidades Migração

Leia mais

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011 DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011 Impugnação ao edital da licitação em epígrafe, proposta por NORTH SEGURANÇA LTDA, mediante protocolo nº 2011/004806, datado de 06/09/2011. 1

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB 1 -DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de 70 (setenta) licenças de software antivírus coorporativo para

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEOFILÂNDIA ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEOFILÂNDIA ESTADO DA BAHIA Processo n.º 170/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE TEOFILÂNDIA Referência: Pregão n.º 009/2015 Assunto: Impugnação aos Termos do Edital DECISÃO Trata-se de IMPUGNAÇÃO AO EDITAL interposta pela empresa PLUS

Leia mais

Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI

Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI Microsoft VDI e Windows VDA Perguntas Frequentes Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI Como a Microsoft licencia o Windows das estações de trabalho em ambientes virtuais? A Microsoft

Leia mais

Ilustríssima Senhora Norma Jeane Garcia Pregoeira Pregão Eletrônico Registro de Preços n. 02/2009 MTE

Ilustríssima Senhora Norma Jeane Garcia Pregoeira Pregão Eletrônico Registro de Preços n. 02/2009 MTE Ilustríssima Senhora Norma Jeane Garcia Pregoeira Pregão Eletrônico Registro de Preços n. 02/2009 MTE NCT INFORMÁTICA LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 03.017.428/0001-35,

Leia mais

Check Point Endpoint. Kátia Cruz. Security System Engineer katia.cruz@westcon.com.br

Check Point Endpoint. Kátia Cruz. Security System Engineer katia.cruz@westcon.com.br Check Point Endpoint Kátia Cruz Security System Engineer katia.cruz@westcon.com.br Os desafios PESSOAS COMETEM ERROS DIFÍCIL DEFINIR UMA POLÍTICA DE SEGURANÇA MÚLTIPLAS SOLUÇÕES Pessoas cometem erros Usam

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Referência: Pregão nº 72/2007 Processo 1.00.000.006404/2007-36 Fase: Impugnação de Edital A Empresa TN INDÚSTRIAL SOLUÇÕES E SERVIÇOS LTDA. interpõe

Leia mais

JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA. EPP, CNPJ nº 03.667.498/0001-39

JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA. EPP, CNPJ nº 03.667.498/0001-39 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Assessoria Especial para Modernização da Gestão Central de Compras e Contratações JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA ITS VIAGENS E TURISMO LTDA.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS SETOR DE AQUISIÇÕES

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS SETOR DE AQUISIÇÕES PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS SETOR DE AQUISIÇÕES Processo n. º 01158-5.2006.001 Interessado: PORTO SEGURO CIA. DE SEGUROS GERAIS Referência: Recurso Administrativo. Modalidade

Leia mais

Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região CREF4/SP. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00054/2015

Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região CREF4/SP. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00054/2015 COMPRASNET O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO Pregão Eletrônico 926089.542015.6436.4470.1693247465.481 Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região CREF4/SP Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00054/2015

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 003/2013 SECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 003/2013 SECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Nº 003/2013 SECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO DO TOCANTINS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO Referência: Pregão Eletrônico n 001/2013 Processo Administrativo n : 2012/2508/0000017 1.

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO OS 002/DINFO/2014 29/10/2014. Art. 1º: Para fins de normatização da Política de Uso da Rede WIFI UERJ, com vistas a assegurar:

ORDEM DE SERVIÇO OS 002/DINFO/2014 29/10/2014. Art. 1º: Para fins de normatização da Política de Uso da Rede WIFI UERJ, com vistas a assegurar: A DIRETORIA DE INFORMÁTICA DINFO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO -UERJ, no uso de suas atribuições legais, estabelece: Art. 1º: Para fins de normatização da Política de Uso da Rede WIFI UERJ,

Leia mais

PREGÃO Nº 28/2010 PERGUNTAS E RESPOSTAS

PREGÃO Nº 28/2010 PERGUNTAS E RESPOSTAS Pergunta 1 Qual o valor estimado para a contratação? PREGÃO Nº 28/2010 PERGUNTAS E RESPOSTAS Resposta 1 O valor estimado consta do respectivo processo licitatório, que poderá ser consultado no endereço

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO. Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA.

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO. Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA. Processo: CONVITE N.º 007/2008 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas de Rondônia

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO:

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: Impugnação ao Edital oferecida pela empresa QATIVE TECNOLOGIA E EVENTOS LTDA. DECISÃO DA COMISSÃO PERMANENTE

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO DECISÃO DE RECURSOS ADMINISTRATIVOS TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2013 PROCESSO Nº 021/2013 FASE: QUALIFICAÇÃO TÉCNICA RECURSO INTERPOSTO POR ADVOCACIA LUCIANO CEOTTO RELATÓRIO Cuida-se de recurso administrativo

Leia mais

WEGH Assessoria e Logística Internacional Ltda.

WEGH Assessoria e Logística Internacional Ltda. ILMO. SR. DR. PREGOEIRO DO PREGÃO ELETRÔNICO N. 79/2012 DA FUNDAÇÃO DE APOIO A PESQUISA E A EXTENSAO - FAPEX Pregão Eletrônico nº 79/2012 WEGH ASSESSORIA E LOGISTICA INTERNACIONAL LTDA, com sede na Rua

Leia mais

Índice. Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37

Índice. Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37 Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37 Índice 1 -. Apresentação...3 2 -. Ambiente Operacional & Requisitos...4 3 -. Normas do Pregão Eletrônico...5 4 -. Procedimentos do Pregão Eletrônico...6

Leia mais

Informações e Despachos

Informações e Despachos Senhor Chefe do Demap, Brasília, 31 de março de 2014. TOMADA DE PREÇOS DEMAP Nº 156/2013. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA E ELABORAÇÃO DE PROJETOS BÁSICOS CONTEMPLANDO OS SISTEMAS DE SEGURANÇA DOS

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO TERMO: FEITO: DECISÓRIO RECURSO ADMINISTRATIVO (Contra) REFERÊNCIA: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 342/2009 RAZÕES: OBJETO: DESCLASSIFICAÇÃO Contratação de empresa especializada

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO TERMO: Decisório FEITO: Recurso Administrativo REFERÊNCIA: Edital Tomada de Preço 08/2011 PROCESSO: 138/2011 OBJETO: Contratação de empresa, em regime de empreitada

Leia mais

- CGRL/LICITACAO. Prezado licitante;

- CGRL/LICITACAO. Prezado licitante; - CGRL/LICITACAO De: - CGRL/LICITACAO Enviado em: sexta-feira, 20 de janeiro de 2012 15:11 Para: 'Paula Daniela França' Assunto: ENC: MDIC - PE402011 - Solicitação de Esclarecimento - Edital - Item 15

Leia mais

CA Protection Suites Proteção Total de Dados

CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA. Líder mundial em software para Gestão Integrada de TI. CA Protection Suites Antivírus Anti-spyware Backup Migração de dados Os CA Protection Suites oferecem

Leia mais

À INSTANT SOLUTIONS TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA. A/C SR. PAULO HAROLDO MANNHEIMER

À INSTANT SOLUTIONS TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA. A/C SR. PAULO HAROLDO MANNHEIMER À INSTANT SOLUTIONS TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA. A/C SR. PAULO HAROLDO MANNHEIMER Ref. Impugnação ao Edital de licitação Pregão presencial nº 021/2010 COMPANHIA DE INFORMATICA DE JUNDIAÍ CIJUN, neste

Leia mais

Informe técnico: Segurança de endpoints Symantec Protection Suite Enterprise Edition Proteção confiável para ambientes de endpoints e mensageria

Informe técnico: Segurança de endpoints Symantec Protection Suite Enterprise Edition Proteção confiável para ambientes de endpoints e mensageria Proteção confiável para ambientes de endpoints e mensageria Visão geral O Symantec Protection Suite Enterprise Edition cria um ambiente de endpoints e mensageria protegido contra as complexas ameaças atuais,

Leia mais

Comunicado Cetip n 007/2015 16 de janeiro de 2015

Comunicado Cetip n 007/2015 16 de janeiro de 2015 Comunicado Cetip n 007/2015 16 de janeiro de 2015 Assunto: Leilão de Alienação de Direitos Sobre Créditos Acumulados de ICMS Módulo de Negociação por Leilão Cetip Net Plataforma Eletrônica. O diretor-presidente

Leia mais

O Banco do Brasil não exige que o toner seja original, cabe ao fornecedor oferecer a melhor proposta desde que atenda ao item 2.24.2 e 2.26.

O Banco do Brasil não exige que o toner seja original, cabe ao fornecedor oferecer a melhor proposta desde que atenda ao item 2.24.2 e 2.26. 1 Dúvida: Diretoria de Apoio aos Negócios e Operações Referente aos itens: item 1.3.3.3., item 2.24, item 2.24.2. Entendemos que todos os PROPONENTES deveriam ofertar apenas toners originais do fabricante

Leia mais

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N 006/2009

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N 006/2009 RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N 006/2009 Trata-se de procedimento licitatório, modalidade Concorrência, cujo objeto é a contratação de empresa do ramo da construção civil para execução

Leia mais

TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8. Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial

TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8. Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8 Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial INTRODUÇÃO O uso de máquinas virtuais pode ser adequado tanto

Leia mais

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente Servidor Lista de Preparação de OpenLAB do Data Local Store A.02.01 Objetivo do Procedimento Assegurar que a instalação do Servidor de OpenLAB Data Store pode ser concluída com sucesso por meio de preparação

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.180/2012 PE 0266/2012

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.180/2012 PE 0266/2012 EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.180/2012 PE 0266/2012 Trata-se de impugnações interpostas pelas licitantes abaixo relacionadas,

Leia mais

Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões

Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões Regras de exclusão são grupos de condições que o Kaspersky Endpoint Security utiliza para omitir um objeto durante uma varredura (scan)

Leia mais

PREGÃO N. 2014/47 ESCLARECIMENTOS. Tendo em vista as perguntas realizadas por empresas participantes da licitação, informamos:

PREGÃO N. 2014/47 ESCLARECIMENTOS. Tendo em vista as perguntas realizadas por empresas participantes da licitação, informamos: PREGÃO N. 2014/47 ESCLARECIMENTOS Tendo em vista as perguntas realizadas por empresas participantes da licitação, informamos: 1) No item 10.3.2 Documentação De Qualificação Econômico-Financeira, não é

Leia mais

Centro de Inteligência em Tecnologia da Informação e Segurança Linha ESET Nod32

Centro de Inteligência em Tecnologia da Informação e Segurança Linha ESET Nod32 Características Principais Centro de Inteligência em Tecnologia da Informação e Segurança Linha ESET Nod32 Proteção Total contra Códigos maliciosos (Malwares) Detecção Pró-Ativa (ThreatSense) Baixíssimo

Leia mais

PERGUNTAS FREQÜENTES: Proteção de dados Perguntas freqüentes sobre o Backup Exec 2010

PERGUNTAS FREQÜENTES: Proteção de dados Perguntas freqüentes sobre o Backup Exec 2010 Que produtos estão incluídos nesta versão da família Symantec Backup Exec? O Symantec Backup Exec 2010 oferece backup e recuperação confiáveis para sua empresa em crescimento. Proteja mais dados facilmente

Leia mais