NORMATIZAÇÃO PARA FUNCIONAMENTO DO PRONATEC NO IF BAIANO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NORMATIZAÇÃO PARA FUNCIONAMENTO DO PRONATEC NO IF BAIANO"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO COMITÊ GESTOR DO PRONATEC NORMATIZAÇÃO PARA FUNCIONAMENTO DO PRONATEC NO IF BAIANO 1. QUANTO À OFERTA DE CURSOS PARA A PACTUAÇÃO 1.1. Os cursos de Qualificação Profissional a serem ofertados deverão ser prioritariamente das áreas de expertise do Campus Poderão ser ofertados como cursos técnicos profissionalizantes, na forma concomitante, somente aqueles em funcionamento no Campus na forma integrada ou subsequente e que possuam concluintes Para a oferta de cursos de Qualificação Profissional e técnico profissionalizante, na forma concomitante, deverá ser considerado se o Campus dispõe de estrutura física adequada à realização das aulas, assim como, os recursos humanos para atender às ações e/ou possibilidade de deslocamento para o município demandante Os Campi que possuem mais de 40 docentes poderão ofertar para o exercício de 2012: até 06 (seis) cursos de Qualificação Profissional com, no máximo, 02 (duas) turmas por curso e até 02 (dois) cursos técnicos profissionalizantes, na forma concomitante, em unidades remotas Os Campi que possuem menos de 40 docentes poderão ofertar para o exercício de 2012: até 04 (quatro) cursos de Qualificação Profissional com, no máximo, 02 (duas) turmas por curso Para os exercícios de 2013 e 2014, novos quantitativos de ofertas serão definidos posteriormente, considerando a avaliação do ano anterior e as condições existentes. 2. QUANTO À ESTRUTURA DE GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO 2.1. A gestão e administração do Pronatec serão desenvolvidas por um grupo gestor central e um grupo gestor local A gestão e a administração do Pronatec na Reitoria e nos Campi deverão funcionar na unidade de trabalho responsável pela gestão das ações de extensão do Instituto O grupo gestor central será composto de: (um) coordenador (a) geral carga horária: de 10 horas a 15 horas semanais (um) coordenador (a) adjunto acadêmico (a) para os Cursos Técnicos Concomitantes carga horária: de 10 horas a 15 horas semanais (um) coordenador (a) adjunto acadêmico (a) para os cursos de Qualificação Profissional carga horária: de 10 horas a 15 horas semanais. 1

2 (um) coordenador (a) adjunto financeiro (a) carga horária: de 10 horas a 15 horas semanais (um) supervisor geral(a) para os cursos de Qualificação Profissional carga horária: de 10 horas a 15 horas semanais (um) supervisor geral(a) para os cursos técnicos profissionalizantes na forma concomitante carga horária: de 10 horas a 15 horas semanais (dois) apoios às atividades administrativas carga horária: de 10 horas a 15 horas semanais (dois) apoios às atividades acadêmicas carga horária: de 10 horas a 15 horas semanais O grupo gestor local do Campus será composto de: (um) coordenador (a) adjunto com carga horária: de 10 horas a 15 horas semanais, de acordo com o número de cursos e turmas do Pronatec no Campus O Coordenador Adjunto poderá ser o Gestor de Extensão do Campus. Caso seja outro servidor, o mesmo passará a integrar a equipe da unidade de trabalho responsável pela gestão da extensão no Campus (um) supervisor (a) por curso técnico profissionalizantes na forma concomitante carga horária: de 10 horas a 15 horas semanais (um) supervisor (a) por curso Qualificação Profissional carga horária: 5 horas semanais por curso (um) orientador (a) por curso técnico profissionalizantes na forma concomitante carga horária: 10 horas semanais (um) orientador (a) com 2 horas de trabalho semanais por turma de curso Qualificação Profissional, até o limite de 10 horas semanais. Observação: No caso dos Campi com apenas 01 (uma) turma de curso Qualificação Profissional, a orientação será realizada pelo supervisor de curso Qualificação Profissional, com o adicional de 2 horas semanais de trabalho para esse fim (um) a 03 (três) apoios administrativo-acadêmicos de acordo com o número de cursos e turmas do Pronatec no Campus carga horária: 10 horas semanais cada (um) apoio técnico-profissional, para cada curso do Pronatec com atividades de laboratório ou campo, com carga horária: 5 horas semanais cada O apoio técnico-profissional deverá exercer, exclusivamente, atividades relativas à preparação dos materiais e dos espaços para as práticas educativas. 2

3 3. QUANTO À EQUIPE DE PROFESSORES 3.1. Os professores dos cursos de Qualificação Profissional, prioritariamente, serão servidores ativos (docentes ou técnico-administrativos) do IF Baiano, selecionados por meio de Edital Interno de Extensão Os professores dos cursos técnicos profissionalizantes, na forma concomitante, serão docentes, prioritariamente, servidores ativos do IF Baiano, selecionados por meio de Edital Interno de Extensão Caso o quantitativo e/ou a qualificação de servidores ativos não atenda à demanda dos cursos ofertados, haverá seleção pública simplificada. 3.3 No caso de servidor ativo da carreira docente que exerça função de professor no Pronatec, a bolsa só será concedida no limite da mesma carga horária regular em sala de aula praticada na instituição, observando o máximo de 16 horas (de 60 minutos) semanais, conforme descrito na Resolução CD/FNDE N. 04/2012/FNDE. 4. DOS ESTUDANTES BENEFICIÁRIOS 4.1. A seleção e pré-matrícula dos estudantes e ou trabalhadores beneficiários dos cursos ofertados no âmbito do Pronatec serão realizadas pelo parceiro demandante A assistência estudantil nas atividades da Bolsa-Formação no Pronatec ofertará os seguintes benefícios: I Uniforme (camiseta da instituição); II transporte (vale transporte ou equivalente, quando necessário); III alimentação (lanche e/ou almoço); IV seguro escolar; V material didático e escolar Os benefícios citados no item 4.2 serão ofertados conforme especificidade de cada curso, a qual será avaliada de acordo com critérios a serem estabelecidos. 5. ESTRUTURAÇÃO DOS CURSOS 5.1. Os cursos de Qualificação Profissional deverão ser organizados em módulos e ter, no mínimo, 200 horas-aulas e, no máximo, 400 horas-aulas Cada curso de Qualificação Profissional deverá ser ministrado por uma equipe de no mínimo 03 (três) professores, com carga horária proporcional ao número total de horas-aulas por curso, que devem possuir formação e qualificação compatível com o curso/módulo Os cursos de Qualificação Profissional deverão, além de abordar os conhecimentos específicos, abranger conhecimentos de comunicação e expressão, raciocínio lógico-matemático e orientações para atuação profissional. 3

4 5.4. A elaboração dos projetos pedagógicos de curso Qualificação Profissional será realizada por grupos de trabalho e remetida ao Comitê Gestor do Pronatec para emissão de parecer Os projetos pedagógicos de curso técnico profissionalizante, na forma concomitante, deverão ser elaborados mediante formação de grupos de trabalho, coordenados pela Pró- Reitoria de Ensino para adequação e encaminhamento para análise pelo Conselho Superior do IF Baiano. 6. ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO 6.1. O acompanhamento e a avaliação das ações do Pronatec no Instituto ocorrerão de forma contínua e sistemática, sob critérios a serem estabelecidos pela equipe gestora, atendendo as exigências descritas no Manual de Gestão da Bolsa-Formação, disponível no site: Os cursos ofertados no âmbito do Pronatec serão monitorados pelo Ministério da Educação na forma remota, por análise de indicadores, e/ou na forma presencial, por diligências in loco, conforme consta no Manual de Gestão da Bolsa-Formação. 7. DISPOSIÇÕES GERAIS 7.1. Um Comitê Gestor, formado por representantes das Pró-Reitorias de Extensão, Pesquisa e Inovação, Ensino, administração e Desenvolvimento Institucional e até dois Diretores Gerais dos Campi do IF Baiano será responsável pela gestão das ações da Bolsa- Formação do Pronatec no IF Baiano Os processos seletivos, de que tratam a Resolução CD/FNDE Nº. 04, de 16 de março de 2012, serão coordenados pelo Comitê Gestor da Bolsa-Formação do Pronatec e operacionalizados por uma Comissão Executora de Seleção, composta por membros indicados pelo Comitê Gestor Os membros da Comissão Executora de Seleção farão jus a 5 horas semanais durante a realização do processo seletivo A Comissão Executora de Seleção será indicada para cada Edital, com critérios definidos pelo Comitê Gestor A carga horária dos servidores ativos do IF Baiano que exerçam função no Pronatec não poderá estar incluída na carga horária regular de trabalho dos servidores na instituição, conforme preconiza o 4º, Inciso V, do Art. 14º, da Resolução CD/FNDE Nº. 04, de 16 de março de Os servidores que atuarem na equipe gestora (coordenador, supervisor, orientador e apoio administrativo) não poderão acumular funções no Pronatec, exceto como ocupantes da função de professor O pagamento das bolsas dos profissionais envolvidos na implementação dos cursos do Pronatec atenderão ao previsto no Art. 15 o, da Resolução CD/FNDE N. 04/2012/FNDE. 4

5 7.6. Para atender ao disposto no 5º, Inciso VI, do Art. 15º, da Resolução CD/FNDE N. 04/2012/FNDE, o Comitê Gestor do Pronatec elaborará um instrumento de avaliação dos bolsistas envolvidos nas ações do Pronatec, sendo o resultado dessa avaliação fator determinante para a permanência do bolsista em suas atividades Para realização das atividades definidas na Resolução CD/FNDE N. 04/2012/FNDE, nas unidades remotas, os bolsistas não farão jus a diárias Os bolsistas com atribuição de orientador e de apoio administrativo-acadêmico serão, prioritariamente, servidores ativos do IF Baiano, selecionados por Edital Interno de Extensão O supervisor de curso deverá ter qualificação compatível com a área do(s) curso(s) supervisionado(s), selecionados por Edital Interno de Extensão Os bolsistas com atribuição de coordenador geral e coordenador adjunto serão indicados conforme Resolução CD/FNDE N. 04/2012/FNDE. SEBASTIÃO EDSON MOURA Reitor do IF Baiano 5

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIENCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIENCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR Dispõe sobre o Regulamento do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego - PRONATEC, no âmbito do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba IFPB. O Presidente do DO INSTITUTO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº CONSUP/IFAM, 22 de dezembro de 2011.

RESOLUÇÃO Nº CONSUP/IFAM, 22 de dezembro de 2011. RESOLUÇÃO Nº. 38 - CONSUP/IFAM, 22 de dezembro de 2011. Estabelece critérios e procedimentos para execução das ações de aplicação da Bolsa Formação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego

Leia mais

ORIENTAÇÕES AVALIAÇÃO DA EQUIPE PRONATEC

ORIENTAÇÕES AVALIAÇÃO DA EQUIPE PRONATEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO- PRONATEC

Leia mais

REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DAS AÇÕES DA BOLSA-FORMAÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC

REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DAS AÇÕES DA BOLSA-FORMAÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais Reitoria REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DAS AÇÕES DA BOLSA-FORMAÇÃO DO PROGRAMA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CHAMADA SIMPLIFICADA Nº 002/2012

Leia mais

Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Apoio Acadêmico PAA/SESu/MEC.

Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Apoio Acadêmico PAA/SESu/MEC. Seminário Andifes Eficiência e Qualidade na ocupação de Vagas Discentes nas Universidades Federais Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Acadêmico. COGRAD GT Evasão e Retenção Prof.

Leia mais

EDITAL Nº 11, 14 DE JUNHO DE 2012.

EDITAL Nº 11, 14 DE JUNHO DE 2012. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº 11, 14 DE JUNHO DE 2012.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 25/CONSUP/IFRO, DE 10 DE JULHO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 25/CONSUP/IFRO, DE 10 DE JULHO DE 2015. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 25/CONSUP/IFRO, DE 10 DE JULHO DE

Leia mais

COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO. Edital CEX - Nº 022/2013, de 19 de julho de 2013

COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO. Edital CEX - Nº 022/2013, de 19 de julho de 2013 COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO Edital CEX - Nº 022/2013, de 19 de julho de 2013 RETIFICAÇÃO AO EDITAL CEX-Nº021/2013, DE 18 DE JULHO DE 2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA A SELEÇÃO DE BOLSISTAS, NA MODALIDADE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA - CAMPUS UFV - FLORESTAL CENTRAL DE ENSINO E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO DE FLORESTAL - CEDAF

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA - CAMPUS UFV - FLORESTAL CENTRAL DE ENSINO E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO DE FLORESTAL - CEDAF O DIRETOR GERAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA - CAMPUS UFV - FLORESTAL E A COORDENAÇÃO GERAL DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO (PRONATEC) DA CENTRAL DE ENSINO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO - CAMPUS RIO VERDE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO - CAMPUS RIO VERDE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO - CAMPUS RIO VERDE O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano Campus Rio Verde (IF Goiano Campus Rio

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Venâncio Aires

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Venâncio Aires Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Venâncio Aires EDITAL N 04 / 2012 O Instituto Federal Sul-rio-grandense IFSul Campus Venâncio Aires torna

Leia mais

Versão Inicial elaborada por Jesué IF-SC Perguntas e respostas sobre o PRONATEC

Versão Inicial elaborada por Jesué IF-SC Perguntas e respostas sobre o PRONATEC Versão Inicial elaborada por Jesué IF-SC Perguntas e respostas sobre o PRONATEC 1- O que é o PRONATEC? R. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) é um conjunto de ações que

Leia mais

CENSO ESCOLAR - EDUCACENSO

CENSO ESCOLAR - EDUCACENSO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO GERAL DO CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR

Leia mais

Item Encargos Exigências Mínimas Número de vagas

Item Encargos Exigências Mínimas Número de vagas EDITAL PROEX Nº 45 PROGRAMA DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO BOLSA FORMAÇÃO ATIVIDADES ACADÊMICAS E ADMINISTRATIVAS: PROFISSIONAIS DE APOIO TÉCNICO EM LABORATÓRIO

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE PROCEDIMENTOS EM EDITAIS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO. 1 Edital Institucional de Extensão Pró-reitoria de Extensão

ORIENTAÇÕES SOBRE PROCEDIMENTOS EM EDITAIS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO. 1 Edital Institucional de Extensão Pró-reitoria de Extensão ORIENTAÇÕES SOBRE PROCEDIMENTOS EM EDITAIS 1 Edital Institucional de Extensão Pró-reitoria de Extensão a. Abertura de processo com o protocolo de documento oficial (memorando) encaminhado ao Gabinete contendo

Leia mais

Caracterização e objetivos do PET

Caracterização e objetivos do PET UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE EDUCAÇÂO TUTORIAL - PET EDITAL DE SELEÇÃO PARA TUTOR(A) DO GRUPO PET CIVIL (2016) A PROGRAD divulga, pelo presente edital,

Leia mais

Programas de Atendimento aos Estudantes

Programas de Atendimento aos Estudantes Programas de Atendimento aos Estudantes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo - IFSP Câmpus Guarulhos 1. Integração dos Ingressantes O atendimento ao estudante no IFSP Guarulhos

Leia mais

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 20/2015 DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 20/2015 DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCACÃO SECRETARIA DE EDUCACÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCACÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 20/2015 DE 23 DE FEVEREIRO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº03/2016, DE 17 DE MAIO DE 2016

RESOLUÇÃO Nº03/2016, DE 17 DE MAIO DE 2016 RESOLUÇÃO Nº03/2016, DE 17 DE MAIO DE 2016 Regulamenta a proposição, a aprovação, a certificação e o funcionamento das ações de extensão universitária. A CÂMARA DE EXTENSÃO DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 01/ VAGAS DO EDITAL 13/2016/PROEX

CHAMADA PÚBLICA Nº 01/ VAGAS DO EDITAL 13/2016/PROEX CHAMADA PÚBLICA Nº 01/2017 - VAGAS DO EDITAL 13/2016/PROEX 1. Tipo de chamada (conforme item 3.2 do edital) Chamada INTERNA, destinada a servidores (efetivos ou substitutos/temporários) e aposentados do

Leia mais

EDITAL Nº 03/2014 PRONATEC - SELEÇÃO SIMPLIFICADA

EDITAL Nº 03/2014 PRONATEC - SELEÇÃO SIMPLIFICADA EDITAL Nº 03/2014 PRONATEC - SELEÇÃO SIMPLIFICADA O Coordenador Geral do PRONATEC do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), no uso de suas atribuições legais, conferidas pela

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS EDITAL INTERNO SIMPLIFICADO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS EDITAL INTERNO SIMPLIFICADO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS EDITAL INTERNO SIMPLIFICADO SELEÇÃO PÚBLICA PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE APOIO TÉCNICO-ACADÊMICO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

Leia mais

VAGA REMANESCENTE DO PROGRAMA DE MONITORIA REMUNERADA DA UTFPR EDITAL 05/2016-DIRGRAD

VAGA REMANESCENTE DO PROGRAMA DE MONITORIA REMUNERADA DA UTFPR EDITAL 05/2016-DIRGRAD Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Guarapuava Diretoria de Graduação e Educação Profissional VAGA REMANESCENTE DO PROGRAMA DE MONITORIA REMUNERADA DA UTFPR EDITAL

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Pelotas

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Pelotas Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Pelotas EDITAL n 01/ 2013 O Instituto Federal Sul-rio-grandense Campus Pelotas torna pública a abertura

Leia mais

O Diretor Geral do Instituto Federal Catarinense Câmpus Rio do Sul, no uso das suas atribuições,

O Diretor Geral do Instituto Federal Catarinense Câmpus Rio do Sul, no uso das suas atribuições, INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS RIO DO SUL Nº 01/2012 Dispõe sobre as normas para elaboração, trâmite, análise e aprovação dos Planos de Ensino dos Cursos de Educação Profissional Técnica de Nível

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA - CAMPUS DE FLORESTAL CENTRAL DE ENSINO E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO DE FLORESTAL TELEFAX: (31)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA - CAMPUS DE FLORESTAL CENTRAL DE ENSINO E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO DE FLORESTAL TELEFAX: (31) EDITAL INTERNO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PRONATEC N o 21/2012 A Universidade Federal de Viçosa Campus Florestal / CEDAF torna público, por meio deste Edital, o Processo Seletivo Simplificado para seleção

Leia mais

1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação Programa de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego PRONATEC/IFPR Edital Institucional de Extensão n.º 03/2017 Cadastro de Reserva A Coordenação Geral do Programa

Leia mais

PROGRAMA DE ESTÍMULO AO ENSINO DE GRADUAÇÃO (MONITORIA) EDITAL 01/2015. I. Da Caracterização do Programa de Estímulo ao Ensino de Graduação- Monitoria

PROGRAMA DE ESTÍMULO AO ENSINO DE GRADUAÇÃO (MONITORIA) EDITAL 01/2015. I. Da Caracterização do Programa de Estímulo ao Ensino de Graduação- Monitoria PROGRAMA DE ESTÍMULO AO ENSINO DE GRADUAÇÃO (MONITORIA) EDITAL 01/2015 DISPÕE SOBRE O EDITAL 01/2015 DO PROGRAMA DE ESTÍMULO AO ENSINO DA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO QUE VISA A OFERECER A ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL COMITÊ LOCAL DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO CLAA EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PET CONEXÕES LICENCIATURAS O tutor do Grupo PET-Conexões Licenciaturas, no uso de suas atribuições legais, torna público

Leia mais

RESOLUÇÃO n 048 TÍTULO I DA NATUREZA, DEFINIÇÃO E PRINCÍPIOS

RESOLUÇÃO n 048 TÍTULO I DA NATUREZA, DEFINIÇÃO E PRINCÍPIOS RESOLUÇÃO n 048 0 CONSUPER/2012 Regulamenta o Programa de Assistência Estudantil do Instituto Federal Catarinense. Processo nº 23348.000931/2012-24. O Presidente do do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

2. ENCARGOS, EXIGÊNCIAS MÍNIMAS E NÚMERO DE VAGAS 3. DAS RESPONSABILIDADES DO SUPERVISOR DE CURSO

2. ENCARGOS, EXIGÊNCIAS MÍNIMAS E NÚMERO DE VAGAS 3. DAS RESPONSABILIDADES DO SUPERVISOR DE CURSO PROGRAMA DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL PROEX Nº 51 DE 23 DE SETEMBRO DE 2013 EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO BOLSA FORMAÇÃO SUPERVISOR DE CURSO A PRÓ-REITORA de Extensão, Cultura

Leia mais

MNISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO

MNISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO MNISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA ABERTURA DE

Leia mais

EDITAL Nº 05/2017 PROCESSO SELETIVO DESTINADO À COMPLEMENTAÇÃO DE VAGAS DO CURSO DE ESPANHOL COMUNICATIVO

EDITAL Nº 05/2017 PROCESSO SELETIVO DESTINADO À COMPLEMENTAÇÃO DE VAGAS DO CURSO DE ESPANHOL COMUNICATIVO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS CABO DE SANTO AGOSTINHO COORDENAÇÃO DO CENTRO DE LIBRAS E LÍNGUAS

Leia mais

REGIMENTO DO CEDUC Centro de Educação da Universidade Federal de Itajubá

REGIMENTO DO CEDUC Centro de Educação da Universidade Federal de Itajubá REGIMENTO DO CEDUC Centro de Educação da Universidade Federal de Itajubá Dispõe sobre a constituição e funcionamento do Centro de Educação da Universidade Federal de Itajubá. CAPÍTULO I DO CENTRO DE EDUCAÇÃO

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 20, DE 16 DE JULHO DE 2012

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 20, DE 16 DE JULHO DE 2012 1 EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 20, DE 16 DE JULHO DE 22 22/MDS, A SER REALIZADO NO MUNICÍPIO DE SANTA INÊS. A Direção-Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS CABO DE SANTO AGOSTINHO COORDENAÇÃO DO CENTRO DE LIBRAS E LÍNGUAS

Leia mais

Pronatec. Novas oportunidades de acesso ao ensino técnico

Pronatec. Novas oportunidades de acesso ao ensino técnico Pronatec Novas oportunidades de acesso ao ensino técnico MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Marco Antonio de Oliveira marco.antonio@mec.gov.br Brasília, 19 de março

Leia mais

A extensão e ação comunitária é o canal aberto para a interação do ensino e da pesquisa com a sociedade, estimulando a formação profissional cidadã.

A extensão e ação comunitária é o canal aberto para a interação do ensino e da pesquisa com a sociedade, estimulando a formação profissional cidadã. EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE ATIVIDADES DE EXTENSÃO E DE AÇÃO COMUNITÁRIA PARA 2010 A UNIVERSIDADE POTIGUAR, mantida pela APEC - Sociedade Potiguar de Educação e Cultura S.A., com sede em Natal/RN,

Leia mais

Resolução nº 004/2015

Resolução nº 004/2015 Resolução nº 004/2015 Dispõe sobre estágio de prática docente para os alunos do Mestrado em Direito e Instituições do Sistema de Justiça. Art. 1º O Estágio de Prática Docente (EPD) tem por objetivo aperfeiçoar

Leia mais

b) possuir carga horária disponível para a realização das atividades do Programa; c) ser professor da disciplina no período vigente das monitorias.

b) possuir carga horária disponível para a realização das atividades do Programa; c) ser professor da disciplina no período vigente das monitorias. EDITAL Nº 03/2016 - CONSEPE A Direção da Faculdade Herrero torna públicos os procedimentos e normas para inscrição e seleção de Monitores 2016/2. Este Edital está em conformidade com a RESOLUÇÃO Nº 11/2010

Leia mais

1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação Coordenação Geral do PRONATEC Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego PRONATEC/IFPR Processo Seletivo Simplificado Edital n.º 04/2017 Cadastro

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL N. 17, DE 25 DE JULHO DE 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL N. 17, DE 25 DE JULHO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO ACADÊMICO - COPA/PROGRAD EDITAL N. 17, DE 25 DE JULHO DE 2014 INSCRIÇÃO À SELEÇÃO DE TUTORES

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRPDI Orientação Geral O Plano de Desenvolvimento Institucional -PDI, elaborado para um período de 5

Leia mais

Rua Visconde de Inhaúma, 730 - Bairro Nova Gerty - São Caetano do Sul - SP - CEP: 09571-380 Fone/Fax: (11) 4239-2020

Rua Visconde de Inhaúma, 730 - Bairro Nova Gerty - São Caetano do Sul - SP - CEP: 09571-380 Fone/Fax: (11) 4239-2020 EDITAL PRONATEC CULTURA/FASCS 001/2015 A Fundação das Artes de São Caetano do Sul e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, no uso da competência que lhe confere o artigo 11 da Resolução

Leia mais

EDITAL 20 / 2017 PROPIT / PROEX / UNIFESSPA SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA ENSINO DE LÍNGUA INGLESA

EDITAL 20 / 2017 PROPIT / PROEX / UNIFESSPA SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA ENSINO DE LÍNGUA INGLESA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS EDITAL 20 / 2017 PROPIT

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS O Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório está organizado em duas etapas, uma no sétimo e outra

Leia mais

PORTARIA Nº 155, DE 22 DE MARÇO DE 2016

PORTARIA Nº 155, DE 22 DE MARÇO DE 2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 155, DE 22 DE MARÇO DE 2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO DOU de 23/03/2016 (nº 56, Seção 1, pág. 19) Altera a Portaria MEC nº 1.458,

Leia mais

EDITAL Nº 18/2016 PROCESSO SELETIVO DESTINADO À COMUNIDADE INTERNA COMPLEMENTAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES

EDITAL Nº 18/2016 PROCESSO SELETIVO DESTINADO À COMUNIDADE INTERNA COMPLEMENTAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS CABO DE SANTO AGOSTINHO COORDENAÇÃO DO CENTRO DE LIBRAS E LÍNGUAS

Leia mais

CONVOCAÇÃO Nº. 01 SELEÇÃO DE PROFESSOR BOLSISTA CHAMADA INTERNA DE EXTENSÃO Nº 01/2013 CURSOS TÉCNICOS NA FORMA CONCOMITANTE

CONVOCAÇÃO Nº. 01 SELEÇÃO DE PROFESSOR BOLSISTA CHAMADA INTERNA DE EXTENSÃO Nº 01/2013 CURSOS TÉCNICOS NA FORMA CONCOMITANTE CONVOCAÇÃO Nº. 01 SELEÇÃO DE PROFESSOR BOLSISTA CHAMADA INTERNA DE EXTENSÃO Nº 01/2013 CURSOS TÉCNICOS NA FORMA CONCOMITANTE O Pró-Reitor de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

Bloco 1. Curso Disciplinas Pré-requisitos

Bloco 1. Curso Disciplinas Pré-requisitos PROGRAMA DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL PROEX Nº 12 FEVEREIRO DE 2014 EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO BOLSA FORMAÇÃO PROFESSOR A PRÓ-REITORA de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis

Leia mais

PROPOSTA DE DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO INDIVIDUAL DE TRABALHO DOS DOCENTES DO IF SUDESTE MG (PIT) CAPÍTULO I Das Disposições Gerais

PROPOSTA DE DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO INDIVIDUAL DE TRABALHO DOS DOCENTES DO IF SUDESTE MG (PIT) CAPÍTULO I Das Disposições Gerais PROPOSTA DE DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO INDIVIDUAL DE TRABALHO DOS DOCENTES DO IF SUDESTE MG (PIT) CAPÍTULO I Das Disposições Gerais Art. 1º. Este documento orienta a elaboração do Plano Individual

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Institucional

Plano de Desenvolvimento Institucional data Plano de Desenvolvimento Institucional PDI - 2016-2020 Prof. Esper Cavalheiro Pró-Reitor de Planejamento - PROPLAN Profa. Cíntia Möller Araujo Coordenadora de Desenvolvimento Institucional e Estudos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 18, DE 16 DE JUNHO DE 2010

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 18, DE 16 DE JUNHO DE 2010 26/02/2016 08:59:26 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 18, DE 16 DE JUNHO DE 2010 Altera a Resolução CD/FNDE nº 36, de 13 de julho de 2009, que estabelece

Leia mais

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 023/2016, DE 24 DE AGOSTO DE 2016

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 023/2016, DE 24 DE AGOSTO DE 2016 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 023/2016, DE 24 DE AGOSTO DE 2016 BOLSA TUTORIA/CURSO SUPERIOR - LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFMG O DIRETOR GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS IFAL PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS IFAL PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS IFAL PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX EDITAL DE CHAMADA PARA OFERTA DE CURSOS DE EXTENSÃO ANO 2017 A Pró-Reitoria de Extensão PROEX,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO CD/FNDE Nº 18 DE 16 DE JUNHO DE 2010.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO CD/FNDE Nº 18 DE 16 DE JUNHO DE 2010. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO CD/FNDE Nº 18 DE 16 DE JUNHO DE 2010. Altera a Resolução CD/FNDE nº 36, de 13 de julho de 2009, que

Leia mais

Edital Interno nº 010/2014 de 17 de março de 2014 SELEÇÃO SIMPLIFICADA INTERNA DE PROFESSORES E EQUIPE DE APOIO DO PRONATEC

Edital Interno nº 010/2014 de 17 de março de 2014 SELEÇÃO SIMPLIFICADA INTERNA DE PROFESSORES E EQUIPE DE APOIO DO PRONATEC Edital Interno nº 010/2014 de 17 de março de 2014 SELEÇÃO SIMPLIFICADA INTERNA DE PROFESSORES E EQUIPE DE APOIO DO PRONATEC PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA A SELEÇÃO DE BOLSISTAS, NA MODALIDADE DOCENTE,

Leia mais

Rua Visconde de Inhaúma, Bairro Nova Gerty - São Caetano do Sul - SP - CEP: Fone/Fax: (11)

Rua Visconde de Inhaúma, Bairro Nova Gerty - São Caetano do Sul - SP - CEP: Fone/Fax: (11) EDITAL PRONATEC CULTURA/FASCS 001/2016 A Fundação das Artes de São Caetano do Sul e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, no uso da competência que lhe confere o artigo 11 da Resolução

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO PDI: Documento elaborado pela Equipe de Assessoria da Pró-reitoria de Planejamento da UEMA

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO PDI: Documento elaborado pela Equipe de Assessoria da Pró-reitoria de Planejamento da UEMA ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO PDI: Documento elaborado pela Equipe de Assessoria da Pró-reitoria de Planejamento da UEMA Agosto de 2015 INTRODUÇÃO O Ministério de Educação (MEC) através do Sistema Nacional

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 02, DE 26 DE JANEIRO DE 2012.

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 02, DE 26 DE JANEIRO DE 2012. AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC A Diretora de Desenvolvimento do Ensino, no exercício da Direção Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus Timon, no uso de

Leia mais

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE DE CAJAZEIRAS PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO EMPREGO PRONATEC CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Formação de Professores para a Educação Básica DEB PIBID 2016/2017

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Formação de Professores para a Educação Básica DEB PIBID 2016/2017 Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Formação de Professores para a Educação Básica DEB PIBID 2016/2017 2016 OBJETIVO DO PIBID O Programa Institucional de Iniciação

Leia mais

EDITAL Nº 006/2014 PRONATEC / IFBA CAMAÇARI

EDITAL Nº 006/2014 PRONATEC / IFBA CAMAÇARI EDITAL Nº 006/2014 PRONATEC / IFBA CAMAÇARI O Coordenador Geral do PRONATEC do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), no uso de suas atribuições legais, conferidas pela Portaria

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 40/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010, DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CEPE) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS - UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 40/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010, DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CEPE) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS - UNIFAL-MG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700 37130-00 Alfenas - MG RESOLUÇÃO Nº 40/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010, DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA

Leia mais

EDITAL N 001/2015 ENFERMAGEM PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO

EDITAL N 001/2015 ENFERMAGEM PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CÂMPUS DE PALMAS CURSO DE ENFERMAGEM Av. NS 15, ALCNO 14, Bloco IV, 109 Norte Palmas/TO (63) 3232-8318 www.uft.edu.br enfermagem@uft.edu.br EDITAL N 001/2015 ENFERMAGEM

Leia mais

Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA

Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA 1. Quais são os requisitos para obtenção de bolsa monitoria? a) o discente deve estar regularmente matriculado no período letivo em

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA N.º 07/CUn/2010, de 26 de outubro de 2010

RESOLUÇÃO NORMATIVA N.º 07/CUn/2010, de 26 de outubro de 2010 RESOLUÇÃO NORMATIVA N.º 07/CUn/2010, de 26 de outubro de 2010 Dispõe sobre as normas que regulamentam a concessão de Bolsas de Pesquisa para discentes na Universidade Federal de Santa Catarina. O PRESIDENTE

Leia mais

Semana do Conhecimento - 16 a 20 de outubro de Orientações para o XX Encontro de Extensão

Semana do Conhecimento - 16 a 20 de outubro de Orientações para o XX Encontro de Extensão Semana do Conhecimento - 16 a 20 de outubro de 2017 Orientações para o XX Encontro de Extensão O XX Encontro de Extensão objetiva promover a divulgação dos trabalhos de extensão desenvolvidos na Universidade

Leia mais

EDITAL N 0010 de junho de 2012 PROGRAMA DE BENEFÍCIOS PRONATEC

EDITAL N 0010 de junho de 2012 PROGRAMA DE BENEFÍCIOS PRONATEC Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Ibirubá EDITAL N 0010 de junho de 2012 PROGRAMA

Leia mais

RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 CENTRO DE CIÊNCIAS RURAIS CCR: MODALIDADE PRESENCIAL

RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 CENTRO DE CIÊNCIAS RURAIS CCR: MODALIDADE PRESENCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 DE CIÊNCIAS RURAIS

Leia mais

EDITAL Nº 50/2016, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2016

EDITAL Nº 50/2016, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2016 EDITAL Nº 50/2016, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE BOLSISTA, PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA, NA FUNÇÃO DE APOIO ÀS ATIVIDADES PEDAGÓGICAS DE TUTORIA PARA ATUAÇÃO NO PROGRAMA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. Edital 02/2016 DLES

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. Edital 02/2016 DLES UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Edital 02/2016 DLES Seleção dos Candidatos para Bolsas de Iniciação à Docência- Campus de São Cristóvão. VAGAS REMANESCENTES E CADASTRO DE RESERVA

Leia mais

EDITAL Nº 17/ DIRETORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES COMUNITÁRIAS PROCESSO Nº /

EDITAL Nº 17/ DIRETORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES COMUNITÁRIAS PROCESSO Nº / EDITAL Nº 17/2013 - DIRETORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES COMUNITÁRIAS PROCESSO Nº 23225.000802/2013-11 Dispõe sobre o Processo de abertura das Chamadas Internas Simplificadas de Seleção para ocupar encargo

Leia mais

ORGANOGRAMA IFTM - REITORIA

ORGANOGRAMA IFTM - REITORIA ORGANOGRAMA IFTM - REITORIA CONSELHO SUPERIOR - Reitoria COLÉGIO DE DIRIGENTES REITOR CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPE COORDENAÇÃO GERAL DE AUDITORIA INTERNA COORDENAÇÃO DE APOIO AOS SERVIÇOS

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA. CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA. CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria Art. 1º - Entende-se por Monitoria, uma modalidade de ensino e aprendizagem que contribui para a formação integrada

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 154/2005-CEPE/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 154/2005-CEPE/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 154/2005-CEPE/UNICENTRO Aprova o Regulamento de Criação, Organização e Funcionamento de Cursos, Programas e Disciplinas ofertados a Distância, na Universidade Estadual do Centro-Oeste, UNICENTRO.

Leia mais

EDITAL DE AUXÍLIO PARA AQUISIÇÃO DE MATERIAL PEDAGÓGICO Nº 15 /2015 2º SEMESTRE

EDITAL DE AUXÍLIO PARA AQUISIÇÃO DE MATERIAL PEDAGÓGICO Nº 15 /2015 2º SEMESTRE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL DE AUXÍLIO PARA AQUISIÇÃO DE MATERIAL PEDAGÓGICO Nº 15 /2015 2º SEMESTRE A Pró-Reitora de Assuntos Estudantis, substituta, no uso de suas

Leia mais

EDITAL DE MONITORIA Nº 01, de 18 de abril 2016 Processo Nº / INSCRIÇÕES PARA PROJETOS DE MONITORIA (2016/1º semestre)

EDITAL DE MONITORIA Nº 01, de 18 de abril 2016 Processo Nº / INSCRIÇÕES PARA PROJETOS DE MONITORIA (2016/1º semestre) EDITAL DE MONITORIA Nº 01, de 18 de abril 2016 Processo Nº 23232.000380/2016-20 INSCRIÇÕES PARA PROJETOS DE MONITORIA (2016/1º semestre) A Diretoria de Ensino do Campus Muriaé em conjunto com a Pró reitoria

Leia mais

EDITAL Nº 01 de PROEX

EDITAL Nº 01 de PROEX EDITAL Nº 01 de 2017 - PROEX Divulga a abertura das inscrições de trabalhos e regulamenta o funcionamento da XI Mostra Anual de Extensão da Universidade Federal do Vale do São Francisco. A DA UNIVERSIDADE

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Aprovado pelo CONSUNI Nº15 em 24/05/2016 ÍNDICE CAPITULO I Da Constituição,

Leia mais

EDITAL Nº 195, DE 03 DE DEZEMBRO DE

EDITAL Nº 195, DE 03 DE DEZEMBRO DE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO Avenida Professor Mário Werneck, nº

Leia mais

Edital PIBID n. 002/2016 Alunos de iniciação à docência subprojeto Ciências Biológicas CADASTRO DE RESERVA

Edital PIBID n. 002/2016 Alunos de iniciação à docência subprojeto Ciências Biológicas CADASTRO DE RESERVA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

Leia mais

EDITAL Nº 158, DE 30 DE OUTUBRO DE

EDITAL Nº 158, DE 30 DE OUTUBRO DE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO Avenida Professor Mário Werneck, nº

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 013/2012 CAD/UENP

RESOLUÇÃO Nº 013/2012 CAD/UENP RESOLUÇÃO Nº 013/2012 CAD/UENP Súmula Aprova o regulamento da distribuição de carga horária de aulas aos s da Universidade Estadual do Norte do Paraná UENP. CONSIDERANDO a necessidade de regulamentar a

Leia mais

EDITAL Nº 09/ PROEX

EDITAL Nº 09/ PROEX EDITAL Nº 09/2014 - PROEX 1. DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS DIVULGA O PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE FORMAÇÃO EM IDIOMA ESTRANGEIRO NA MODALIDADE DE CURSOS DE INGLÊS NÍVEL BÁSICO PARA OS CAMPI DA UNIVASF

Leia mais

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL DE MONITORIA Nº 05

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL DE MONITORIA Nº 05 PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DOS CURSOS DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E CIVIL EDITAL DE MONITORIA Nº 05 A Direção Geral e de Graduação torna público o presente Edital de Concurso Público composto de

Leia mais

EDITAL N 42, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2012.

EDITAL N 42, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2012. PRÓ-REITORIA REITORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS O Diretor Geral Pro Tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus CAXIAS, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016

EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016 EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), por meio de sua Pró-reitoria de Extensão (PRX), tendo em vista o estabelecido na Portaria

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 04, DE 23 DE ABRIL DE 2012

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 04, DE 23 DE ABRIL DE 2012 NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC A SER REALIZADO NO MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ O Diretor Geral Pró-Tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus

Leia mais

PAE: monitoria ou estágio supervisionado em docência?

PAE: monitoria ou estágio supervisionado em docência? PAE: monitoria ou estágio supervisionado em docência? Professora Beatriz Appezzato da Glória Representante do campus Luiz de Queiroz na Comissão Central do PAE _ 1993, por iniciativa da Professora Myriam

Leia mais

CHAMADA PARA MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE DOS SERVIDORES DO IFPR PARA ATUAÇÃO NA RNIPFES 2016

CHAMADA PARA MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE DOS SERVIDORES DO IFPR PARA ATUAÇÃO NA RNIPFES 2016 CHAMADA PARA MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE DOS SERVIDORES DO IFPR PARA ATUAÇÃO NA RNIPFES 2016 PÚBLICO ALVO SERVIDORES DOCENTES E TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS DO IFPR 1. CHAMADA PÚBLICA O IFPR está criando um

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENADORIA GERAL DE PESQUISA

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENADORIA GERAL DE PESQUISA A Iniciação Científica Junior (PIBIC-EM) são atividades que possibilitam o contato direto do aluno de ensino médio com a atividade científica da Universidade, incentivando a formação de novos pesquisadores

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DA JORNADA DE TRABALHO DOS SERVIDORES TÉCNICO- ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Anexo à Resolução nº 22 de 25 de julho de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 193-CONSELHO SUPERIOR, de 2 de março de 2015.

RESOLUÇÃO Nº 193-CONSELHO SUPERIOR, de 2 de março de 2015. RESOLUÇÃO Nº 193-CONSELHO SUPERIOR, de 2 de março de 2015. APROVA O REGULAMENTO DO PAGAMENTO DA GRATIFICAÇÃO POR ENCARGO DE CURSOS E CONCURSOS DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DAS AÇÕES DA BOLSA FORMAÇÃO DO PRONATEC NO IFPE

REGIMENTO INTERNO DAS AÇÕES DA BOLSA FORMAÇÃO DO PRONATEC NO IFPE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MEC SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO IFPE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEXT REGIMENTO

Leia mais

RESOLUÇÃO N 123 CEPEX/2006

RESOLUÇÃO N 123 CEPEX/2006 RESOLUÇÃO N 123 CEPE/2006 ESTABELECE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA ATRIBUIÇÃO DE ENCARGOS DOCENTES NO ÂMBITO DA UNIMONTES E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Reitor e Presidente do CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E

Leia mais

Na UFRGS existem 16 grupos PET e em torno de 780 no Brasil.

Na UFRGS existem 16 grupos PET e em torno de 780 no Brasil. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL- UFRGS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL- PET INSTITUTO DE INFORMÁTICA COMPUTAÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS 001/2015 1. Da Descrição

Leia mais

COLEGIADO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA UFMG

COLEGIADO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA UFMG COLEGIADO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA UFMG Resolução Nº 03/2016 de 21/11/2016 Regulamenta a integralização de créditos por atividades acadêmicas complementares, no âmbito do Curso

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE. EDITALn 07/2016 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE. EDITALn 07/2016 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA EM EDUCAÇÃO FÍSICA INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE EDITALn 07/2016 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA EM EDUCAÇÃO FÍSICA O Instituto Brasileiro de Gestão e Marketing IBGM e Saúde

Leia mais