Governança Corporativa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Governança Corporativa"

Transcrição

1 Governança Corporativa Universidade de Mogi das Cruzes Prof. Marco Pozam A U L A 0 4 Maio / Ementa da Disciplina Definição, objetivos, origens e evolução. Governança Corporativa e Mercado: Relações com os acionistas e formadores de opinião. Transparência, imagem e desempenho institucional. O Conselho de Administração: critérios para participação e independência de conselheiros externos. OpapeldoCEO(ChiefExecutiveOfficer). Avaliação de desempenho(conselheiros, CEO e diretoria). Atuação da Auditoria independente.. Maio /

2 Governança Corporativa Universidade de Mogi das Cruzes Revisão da Aula 03 Parte II Maio / Relembrando... Na aula 04 apresentamos conceitos envolvidos com a Governança Corporativa: 1. Avaliação de Desempenho Remuneração de executivos. Métodos de avaliação. 2. Atuação da Auditoria Independente Recomendações da CVM sobre Governança Corporativa: IV.3 Relacionamento com Auditor Independente. IV.4 Auditoria. IV.7 Recomendações dos Auditores. Lei de 28/12/2007. Maio /

3 Relembrando... Avaliação de Desempenho Política de Remuneração O Conselho de Administração tem como funções essenciais: Supervisionar a estratégia de longo prazo. Selecionar, avaliar o desempenho e definir a remuneração da alta administração. Pois: 1. Atravésdoconselho,éaúnicaformadoacionistaafirmaroseupoder. 2. Amaisimportantemaneira demanteraascendência sobreoceoépelobolso. Eistoélícito!!!!! Maio / Relembrando... Avaliação de Desempenho Como avaliar? O trabalho de avaliação deve primordialmente evitar que a empresa seja alvo de fraudes ou de gestão temerária e influenciar a construção do futuro mais do que promover diagnósticos do passado. Maio /

4 Relembrando... Atuação da Auditoria Independente Não somente empresas de capital aberto necessitam de auditoria independente. De acordo com a Lei de 28/12/2007, aquelas empresas cuja receita bruta anual supera R$ 300 milhões, são consideradas pela nova legislação como empresas de grande porte e terão de passar a ter seus balanços auditados por uma empresa independente. Vigência: A partir de 01 de janeiro de 2008, afetando as demonstrações do ano de 2008, que devem ter sido entregues em Maio / Governança Corporativa: Os 10 maiores desafios dos CIO s Maio /

5 1. Alinhar as estratégias de TI com as perspectivas do negócio; 2. Alinhar as expectativas dos usuários com a realidade do negócio; 3. Controlar mudanças; 4. Administrar o relacionamento entre os gerentes de área; 5. Administrar os recursos financeiros; 6. Manter o ritmo da tecnologia; 7. Recrutar e reter pessoal qualificado; 8. Administrar o tempo dos recursos disponíveis; 9. Monitorar a performance e os resultados; 10. Manter a habilidade e o conhecimento adquirido. Maio / Gerando Valor Agregado VALOR Marketing Distribuição Qualidade Marketing... Vendas Compras Logistica Contabilidade Recursos Humanos Tecnologia da Informação (TI) Serviços Compartilhados Maio /

6 Por que é preciso envolver a Governança de TI com a Governança Corporativa? Porque atualmente, a dependência dos usuários e clientes da área de Governança Corporativa tecnologia da informação (TI), cresce exponencialmente, como cresce também a exigência por eficácia, Governança de TI Governança Financeira controles objetivos, qualidade e confiabilidade em relação a Outras Governanças informação utilizada. Maio / Governança trata de estabelecer a política e os procedimentos corretos para garantir que as coisas certas sejam feitas. Gerenciamento diz respeito a fazer as coisas de forma correta. 2. Em termos de Governança, a TI deve atender aos novos regulamentos e legislação e, continuamente, demonstrar sua aderência através de bem sucedidas auditorias independentes feitas por organizações externas. 3. As atuais organizações internas de TI devem se transformar em provedores eficientes eeficazesdeserviçosdeti,oudeixarãodeserrelevantes aonegócio. 4. Para lidar com esta pressão, as organizações buscam avaliar-se (Benchmark), para encontrar parceiros com a finalidade de eliminar a sua falta de capacidade, e permitir a adoção de boas práticas utilizadas pelas empresas de mercado(provedor de Serviços). Maio /

7 Requisitos de Negócios Ambientes Dinâmicos Estratégias de Provimento Boas Práticas Provedor de Serviço de TI Maio / E quem são os provedores de serviço de TI? Empresa XYZ Empresa XPTO Área N Provedor de Serviços Interno USC Provedor de Serviços Externo Provedor de Serviços Interno está estabelecido perto do Negócio e é definido como Um Provedor de Serviços que é parte da mesma Organização que seu Cliente. Unidade de Serviços Compartilhados Muitos serviços como Finanças, TI e Recursos Humanos não são parte do Negócio principal de muitas organizações, eles são, geralmente, consolidados em uma unidade autônoma especial, chamada de Unidade de Serviços Compartilhados(USC). Provedor de Serviços Externo é definido como Um Provedor de Serviços que é parte de uma Organização diferente da do seu Cliente. Maio /

8 Atendendo as expectativas das empresas. Organização Qualidade Flexibilidade Controle de Custos Processos Operacionais Provisão de Serviços Gerencia dos serviços prestados Maio / Governança Corporativa: IT Governance Buzzword Compliant Maio /

9 Sarbanes-Oxley BPM Maio / Sarbanes-Oxley BPM Maio /

10 Governança Corporativa: Definições da Governança de TI Maio / Objetivos da Governança de TI É um conjunto de estruturas e processos que visa garantir que TI suporte e maximize, adequadamente, os objetivos e estratégias de negócio da empresa. Compreender os problemas e a importância estratégica de TI. Assegurar que a empresa tenha sustentabilidade de TI em suas operações. Garantir que as expectativas sobre o TI estejam alinhadas com as necessidades do negócio, seu desempenho é mensurado, seus recursos estão controlados e seus riscos mitigados. Fonte: ISACA IT Governance Institute Maio /

11 Finalidades da Governança de TI 1. Manter as estratégias de TI alinhadas com as estratégias do negócio. 2. Aumentar a capacidade e agilidade no desenvolvimento de novos modelos de negócios ou ajuste nos modelos atuais. 3. Exercitaredemonstrararelação entreoaumento doscustosdeti eoaumento do valor da informação. 4. Mitigar e controlar os riscos envolvidos nos negócios. 5. Demonstrar a importância de TI na continuidade dos negócios. 6. Medir e melhorar continuamente o desempenho de TI. Maio / Quem esta envolvido com Governança de TI? Líderes de equipes; Gerentes; Acionistas e Executivos: Reduzir custos Aumentar lucratividade Aumentar Market Share Clientes: Mais funcionalidades com menor custo Maior facilidade de uso Sociedade: Maior responsabilidade dos executivos Maio /

12 Processo de Governança de TI Determinar a direção Definir objetivos: Alinhamento TI x Negócio TI possibilita que a empresa explore oportunidades e maximize benefícios; Os recursos de TI são usados responsavelmente; Os riscos relacionados a TI são gerenciados apropriadamente. Comparar Atividades de TI: Aumentar a automação (Tornar o negócio efetivo) Racionalizar custos (Fazer a empresa eficiente) Gerenciar riscos (Confiabilidade e conformidade) Mensurar desempenho Maio / Governança Corporativa: Estruturas em Governança de TI Maio /

13 Maio / Cobit 5 (Control Objective of Information and Related Technology) Criado e mantido pela ISACA IT Governance Institute. Estrutura orientada a controle. Define metas de melhorias alinhadas aos objetivos do negócio. Utiliza modelo de maturidade baseado em indicadores (0-> 5). Indicadores para medir performance (KPI) e evolução (KGI). Identifica pontos de risco e de necessidades de melhorias. Maio /

14 ITIL => Information Technology Infrastructure Library Biblioteca orientada a processos. Define as boas práticas ( good practices ) em Gerenciamento de Serviços de TI. Complementa outras metodologias/estruturas para a criação da Governança de TI ITIL V Maio / Origem: USA ( ) Criado em Atualmente com representação em 70 países ( 250 capítulos ). Capítulo São Paulo em Portfólio um conjunto de programas de negócio para otimizar o valor empresarial. Programa um grupo de projetos estruturados de modo a produzir valor nos negócios. Gerenciamento de Portfólio Gerenciamento de Programa Projeto um conjunto de atividades, baseado em um cronograma e orçamento, visando entregar uma capacidade definida. Gerenciamento de Projetos Maio /

15 ISO/IEC 20000:2005 Publicada em CarregaostatusdeprimeiropadrãoglobalparaGerenciamento deserviçosdeti. Baseada nas melhores práticas da biblioteca ITIL(80%) e na BSI Na prática, sua função será atuar como um selo de avaliação para as práticas de governança de TI. A aposta das consultorias é que a ISO terá grande penetração entre as empresas fornecedoras de serviços de TI. Demonstrar, por meio da certificação, que tem processos bem definidos. Maio / Governança Corporativa: Estruturas em Governança de TI Cobit 5 Maio /

16 Cobit5 Estrutura de Avaliação dos Processos na Governança de TI Processos de TI Modelo de Maturidade Critical Sucess Factors Key Goal Indicators Key Performance Indicators Método de classificação dos processos de TI de inexistente até otimizado com índices variando de 0 até 5. Define as questões ou ações mais importantes para obter o controle sobre os processos de TI. Medidas que determinam se um processo de TI atingiu os objetivos de negócio. Deve considerar: Eficiência Eficácia Confidencialidade Integridade Disponibilidade Conformidade Confiabilidade Indicadores que identificam se um processo está sendo executado conforme planejado. Deve considerar: Pessoas Infra-estrutura Informação Aplicações Maio / Cobit5 Modelo de Maturidade Nível 5- Otimizado Processo é otimizado, melhorado de forma contínua e disciplinada. Nível 4 Gerenciados e Mensurados Processo previsível, executado dentro de limites de controle definidos e com medições detalhadas. Nível 3 Processos Definidos Existe o direcionamento para definir uma clara política e boas práticas dos controles de TI. Nível 2 Repetível mas Intuitivo Existe uma consciência global das questões de Governança; Atividades de Governança e Indicadores de Desempenho estão em desenvolvimento; A Gerência identificou medidas de Governança porém são iniciativas isoladas. Nível1 Inicialousobdemanda Processo executado atinge os objetivos, porem sem padrão de qualidade e sem controle de prazos e custos Nível 0 Inexistente Processo não existe ou geralmente falha Maio /

17 Maio / Governança Corporativa: Estruturas em Governança de TI ITIL V3 Maio /

18 CICLO DE VIDA DO SERVIÇO Componentes da ITIL V3 Núcleo Knowledge & Skills Governance Methods Continual Service Improvement Standards Alignment Produtos de Valor Agregado Specialty Topics Executive Introduction Service Operation Continual Service Service Design Service Strategies ITIL Case Studies Templates Improvement Service Transition Continual Service Improvement Scalability Study Aids Quick Wins Estrutura Complementar Qualifications Maio / CICLO DE VIDA DO SERVIÇO Estratégia de Serviço Desenho de Serviço Transição de Serviço Operação de Serviço Melhoria de Serviço Continuada Maio /

19 ESTRATÉGIA DE SERVIÇO A Estratégia de Serviço de qualquer provedor de serviços deve ser construída sobre um reconhecimento fundamental de que seus clientes não compram seus produtos, eles compram a satisfação para suas necessidades particulares. A estratégia adotada deve fornecer valor suficiente para todos os clientes e os stakeholders interessados no serviço o que deve também satisfazer os propósitos da estratégia do provedor de serviços. Uma Estratégia de Serviço não pode ser criada ou existir isolada da estratégia corporativa e da cultura da organização onde o provedor de serviços está inserido Maio / A publicação da Estratégia de Serviço (Service Strategy) esta localizada no centro do ciclo de vida da ITIL V3. Seu conjunto orienta todos os provedores de serviços de TI e seus clientes, ajudando-os a operar e construir longevidade para uma clara Estratégia de Serviço, além de um preciso entendimento sobre: Quais serviços devem ser oferecidos. Paraquemoserviçodeveseroferecido. Como os mercados internos e externos de seus serviços devem ser desenvolvidos. Existência e potenciais competidores nestes mercados, e os objetivos que diferenciarão o valor doquevocêfazoufará. Como os clientes e stakeholders perceberão e mensuram valor, e como este valor será criado. Como clientes tomarão decisão de terceirizar serviços com respeito ao uso de diferentes tipos de provedores de serviços. Como a visibilidade e controle sobre a criação de valor será demonstrada através do gerenciamento financeiro. Como casos de negócio consistentes serão criados para reter investimentos estratégicos em ativos de serviços e capacidades de gerenciamento de serviços. Como a alocação de recursos disponíveis será ajustada para um efeito otimizado ao longo do portfólio de serviços. Como o desempenho de serviços será medido. Maio /

20 DESENHO DE SERVIÇO É um estágio dentro do ciclo de vida global deserviçoseum importante elemento dentro do processo de mudança do negócio. O papel do Desenho de Serviço dentro do processo de mudança do negócio pode ser definido como: O Desenho de Serviço de TI apropriados e inovadores para atender os atuais e futuros requisitos de negócios acordados, incluindo sua arquitetura, processos, políticas e documentação. Maio / As principais metas e objetivos do Desenho de Serviço são: Desenhar serviços que atendam aos resultados de negócio acordados. Desenhar processos para suportar o ciclo de vida de serviço. Identificar e gerenciar riscos. Desenhar infraestruturas de TI seguras e resilientes (tolerante a falhas), bem como recursos e capacidades de ambientes, aplicações e dados/informações. Desenhar métodos e métricas de mensuração. Produzir e manter planos, processos, políticas, padrões, arquiteturas, estruturas e documentos para suportar o desenho de soluções de TI com qualidade. Desenvolver habilidades e capacidades dentro de TI. Contribuir paraoconjuntoglobaldemelhoriasparaaqualidadedoserviçodeti. Maio /

21 TRANSIÇÃO DE SERVIÇO O papel da Transição de Serviços é entregar serviços que são requisitados pelo negócio para seu uso operacional. Entrega estes a partir do recebimento do Pacote de Desenho de Serviço (Service Design Package SDP) oriundo do estágio de Desenho de Serviços (Service Design) e entregando no estágio operacional cada elemento necessário requisitado para a operação e suporte daquele serviço. Se requisitos, definições ou circunstâncias do negócio mudaram desde o desenho, então modificações talvez sejam necessárias durante o estágio de Transição de Serviços (Service Transition) de forma a entregar o serviço requisitado. Maio / Transição de Serviços foca na implantação de todos os aspectos do serviço, não somente a aplicação e como ele é usado em circunstâncias normais. Ele precisa garantir que um serviço pode operar no extremo do previsto ou em circunstâncias anormais, e que esteja preparado para suportar falhas ou erros. Isto requer suficiente entendimento de: Valorpotencialdenegócioeoqueàeleseestaentregando/esta sendo avaliado. Identificação de todos os stakeholders incluindo fornecedores, clientes e outras áreas. Aplicação e adaptação da transição de serviços, incluindo preparativos para a modificação do desenho, dentro do necessário detectado durante a transição. Maio /

22 OPERAÇÃO DE SERVIÇO Entregar níveis de serviço acordados para usuários e clientes, e gerenciar as aplicações, tecnologia e infra-estrutura que suporta a entrega dos serviços. É importante para Operação de Serviço equacionar conflitos de metas: Visão interna de TI versus Visão externa dos negócios. Estabilidade versus Responsividade (responsiveness). Qualidade do serviço versus Custo do serviço. Atividades reativas versus Atividades pró-ativas. Maio / Principais objetivos: 1. Coordenar os processos exigidos para a entrega e gerenciamento de serviços nos níveis acordados. 2. Gerenciar a tecnologia e o dia-a-dia das operações. 3. Monitorar desempenho, avaliar métricas e dados recolhidos que permitam a Melhoria de Serviço Continuada. 4. Compostopor5processose4funções: a) Gerenciamento de Incidentes b) Gerenciamento de Problemas c) Gerenciamento de Acesso d) Gerenciamento de Eventos e) Cumprimento de Requisições f) Função: Central de Serviços( Service Desk) g) Função: Gerenciamento Técnico h) Função: Gerenciamento de Aplicações i) Função: Gerenciamento Operações de TI Maio /

23 MELHORIA DE SERVIÇO CONTÍNUA Manutenção de valor para os clientes através da avaliação contínua e melhoria da qualidade dos serviços e da maturidade total do ciclo de vida dos serviços do Gerenciamento de Serviços de TI(ITSM) e processos subjacentes. Combina princípios, práticas e métodos para o gerenciamento da qualidade, Gerenciamento de Mudanças e melhoria de capacidade, trabalhando para melhorar cada estágio no ciclo de vida de serviço, assim como para os serviços atuais, processos, e atividades e tecnologia relacionadas. Maio / Com as exigências de projetos cada vez com menores tempos de execução, para ter sucesso, a Melhoria de Serviços Continuada deve ser encaixada dentro da cultura organizacional e transformada em uma atividade rotineira. O modelo ao lado fornece um caminho para a organização identificar e gerenciar apropriadamente melhorias através da comparação de sua posição atual e o valor que elas estão fornecendo ao negócio, com as metas e objetivos de longo prazo, e identificando quaisquer intervalos(gaps) que existam. Maio /

24 Governança Corporativa: Estruturas em Governança de TI ISO/IEC Maio / Composição: ISO/IEC :2005: 1. Requisitos para o Gerenciamento de Serviços: Responsabilidades. Documentação. Competências. 2. Planejamento e Implementação do Gerenciamento de Serviços: P: Planejar o Gerenciamento de Serviços. D: Implementar o Gerenciamento de Serviços e fornecer os serviços. C: Monitorar, medir e revisar. A: Realizar atualizações constantes. 3. Planejamento e implementação de novos serviços e alteração de existentes. 4. Processos de Service Delivery. 5. Processos de Relationship. 6. Processos de Resolution. 7. Processos de Control. 8. Processo de Release Maio /

25 RelacionamentoITIL ITILxISO ISO Governança em Maio / Benefícios para as empresas: 1. Documentar os processos de TI para fornecer uma base essencial à boa governança. 2. Preparar a organização para conformidade com regulamentações. 3. Acrescentar credibilidade à operação de Gerenciamento de Serviços de TI. 4. Reduzir riscos operacionais e chances de erros. 5. Incrementar a produtividade. 6. Criar evidências de que a qualidade dos serviços de TI é preocupação do dia-a-dia. 7. Auxiliar na retenção dos clientes atuais e atrair novos clientes. 8. Participar de concorrências onde a certificação seja exigida. Maio /

26 [01] ISO/IEC , Information technology Service management Part 2: Code of practice [02] ISO/IEC 17799, Information technology Security techniques Code of practice for information security management [03] ISO/IEC 12207, Information technology Software life cycle processes [04] ISO/IEC TR 15271, Information technology Guide for ISO/IEC (Software life cycle processes) [05] ISO/IEC TR 16326, Software engineering Guide for the application of ISO/IEC to project management [06] ISO/IEC 15288, Systems engineering System life cycle processes [07] ISO/IEC TR 19760, Systems engineering A guide for the application of ISO/IEC (System life cycle processes) [08] ISO/IEC , Information technology Process assessment Part 1: Concepts and vocabulary [09] ISO/IEC , Information technology Process assessment Part 2: Performing an assessment [10] ISO/IEC , Information technology Process assessment Part 3: Guidance on performing na assessment [11] ISO/IEC , Information technology Process assessment Part 4: Guidance on use for process improvement and process capability determination [12] ISO/IEC , Information technology Process assessment Part 5: An exemplar Process Assessment Model [13] ISO 10007, Quality management systems Guidelines for configuration management [14] ISO 9000, Quality management systems Fundamentals and vocabulary [15] ISO 9001, Quality management systems Requirements [16] ISO/IEC 90003, Software engineering Guidelines for the application of ISO 9001:2000 to computer software [17] ISO 10002:2005, Gestão da qualidade Satisfaçãodo cliente [18] ISO 27001:2005, Sistema de Gestão da Segurança da Informação(substituiu a norma BS e a ISO 17799:2005) Maio / Governança Corporativa: Estruturas em Governança de TI Gestãode Projetoscom base no PMBok Maio /

27 Maio / Representação gráfica do ciclo de vida do projeto Cada processo tem suas próprias características e produz resultados que servem de insumos para o próximo grupo de processos, ou, para a aprovação final do projeto Maio /

28 Processo de Iniciação A iniciação é o primeiro grupo de processos e é o ponto em que o projeto é encomendado, aprovado e iniciado. Neste processo é onde se decide quais projetos executar. Principais atividades que são realizadas durante este processo: 1. Examinar se vale a pena realizar este projeto. 2. Verificar se o custo/benefício do projeto será vantajoso para a empresa. 3. Definir as metas principais do projeto. 4. Definir os critérios de seleção do projeto. 5. Nomear o gerente do projeto. 6. Redigirotermodeaberturadoprojeto. 7. Obteraliberaçãodotermodeabertura doprojeto Maio / Processo de Planejamento Os planos do projeto são documentados, as entregas e os requisitos do projeto são definidos, é elaborado o orçamento do projeto e criado o seu cronograma. Principais atividades que são realizadas durante este processo: 1. Definir as entregas do projeto. 2. Redigir e publicar uma declaração de escopo. 3. Definir o orçamento do projeto. 4. Definir as atividades e as estimativas do projeto. 5. Elaborar um cronograma. 6. Definir as habilidades especiais e os recursos necessários para realizar as tarefas do projeto. Maio /

29 Processo de Execução Os membros da equipe executam o trabalho do projeto. Montam-se as equipes, atribui-se a tarefa e realiza-se o trabalho. Gerenciar conflitos e produzir os produtos do projeto. Principais atividades que são realizadas durante este processo: 1. Criaraequipedoprojeto. 2. Dirigirechefiaraequipedoprojeto. 3. Obter outros recursos para o projeto. 4. Realizar reuniões de controle do status. 5. Fornecer informações sobre o projeto. 6. Gerenciar o progresso do projeto. 7. Implantar procedimentos de garantia da qualidade. Maio / Processo de Monitoramento e Controle Trata do monitoramento do desempenho do projeto para certificarse de que os resultados atendem aos requisitos do projeto. É durante este processo que se monitoram e examinam os pedidos de mudança. Principais atividades que são realizadas durante este processo: 1. Comparar o desempenho com o plano. 2. Tomar providências corretivas quando as medidas estiverem fora dos limites. 3. Avaliar a eficácia das ações corretivas. 4. Garantir que o progresso do projeto continue segundo o planejamento. 5. Examinar e implantar a solicitação de mudanças. Maio /

30 Processo de Encerramento Se obtém a aprovação final do projeto, obtemos a liberação final das entregas do projeto e a documentação do projeto é arquivada para consultas futuras. Principais atividades que são realizadas durante este processo: 1. Obter a aceitação das entregas do projeto. 2. Documentar as lições aprendidas no decorrer do projeto. 3. Arquivar os registros do projeto. 4. Formalizar o encerramento do projeto. 5. Liberar os recursos do projeto. Maio / Áreas de conhecimento em gerenciamento de projetos ( PMBok) Pessoas Qualidade Escopo Aquisições Integração Comunicação Custo Tempo Riscos Maio /

31 Governança Corporativa: Considerações Finais Maio / E o que acontece quando a TI não se integra a Governança? Maio /

32 1. Ausência de procedimentos estruturados; 2. Falta de sintonia entre as áreas de TI; 3. Inexistência de um ponto único de contato entre usuários e TI; 4. Desconhecimento da configuração do ambiente; 5. Ciclos de soluções incoerentes; 6. Desconhecimento da causa raiz de falhas; 7. Base de conhecimentos inconsistente; 8. Inexistência de acordos sobre níveis de serviços; 9. Pessoas sem foco nas metas estabelecidas; 10. Erros operacionais; 11. Falha no gerenciamento e mudanças; 12. Baixa confiança e percepção do usuário em relação a TI; 13. Falta de informação; 14. Falhas na comunicação. Maio / O que fazer! 1. Antes de mais nada, defina se é viável; 2. Use o que já é bom na sua estrutura; 3. Crie um cronograma que possa ser cumprido; 4. Avalie os resultados de cada etapa; 5. Mantenha o foco de toda a equipe; 6. Escolhaum Gerente de TI com focono cliente; 7. Busque ajuda sempre que necessário; 8. Divulgue metas, objetivos e resultados para todos; 9. Meça seus sucessos continuamente; 10. Compartilhe todas as conquistas com a equipe. Maio /

33 Governança Corporativa: Conclusão da Aula 04 Maio / Tópicos importantes nesta aula 1. Os 10 maiores desafios dos CIO s. 2. IT Governance Buzzword Compliant 3. Definições da Governança de TI 4. Estruturas em Governança de TI Cobit 5.0 ITIL V3 ISO/IEC Gestão de Projetos com base no PMBok 5. Considerações Finais Maio /

Cobit x ITIL. Aplicação prática na gestão de TI. Nino Albano Hendrix Consultoria e Treinamento

Cobit x ITIL. Aplicação prática na gestão de TI. Nino Albano Hendrix Consultoria e Treinamento Cobit x ITIL Aplicação prática na gestão de TI Nino Albano Hendrix Consultoria e Treinamento Os desafios dos gestores de TI Alinhar as estratégias de TI às perspectivas do negócio; Ajustar as necessidades

Leia mais

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO GOVERNANÇA DE TI O QUE É GOVERNANÇA DE TI É um conjunto de estruturas e processos que visa garantir que a TI suporte e maximize adequadamente os objetivos e estratégias

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI COBIT Processos de TI Aplicativos Informações Infraestrutura Pessoas O que é o CObIT? CObIT = Control Objectives for Information and Related

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion Governança de TI Importância para as áreas de Auditoria e Compliance Maio de 2011 Page 1 É esperado de TI mais do que deixar o sistema no ar. Page 2 O que mudou o Papel de TI? Aumento de riscos e de expectativas

Leia mais

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br COBIT Governança de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Sobre mim Juvenal Santana Gerente de Projetos PMP; Cobit Certified; ITIL Certified; OOAD Certified; 9+ anos de experiência em TI; Especialista

Leia mais

Information Technology Infrastructure Library (ITIL)

Information Technology Infrastructure Library (ITIL) Information Technology Infrastructure Library (ITIL) Metodologias de Sistemas 1 Profa. Rosângela Penteado Grupo Guilherme Leme Janito V. Ferreira Filho João Victor Martins Patrícia Inoue Nakagawa Rafael

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TIC. ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3

Gerenciamento de Serviços de TIC. ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3 Gerenciamento de Serviços de TIC ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3 Agenda O que é serviço de TIC? O que é Qualidade de Serviços de TIC? O que é Gerenciamento de Serviços de TIC? ISO IEC/20.000-2005 ITIL versão

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v3 Livros ITIL v3 Novos Conceitos Serviço de TI: Meio para entregar valor aos clientes propicia

Leia mais

ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS

ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO ITIL V3 1.1. Introdução ao gerenciamento de serviços. Devemos ressaltar que nos últimos anos, muitos profissionais da

Leia mais

Governança. Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira

Governança. Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira Governança Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira 1 Definição de Governança Governança Corporativa: É a Estrutura que identifica os objetivos de uma organização e de que forma pode-se

Leia mais

COBIT (CONTROL OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY)

COBIT (CONTROL OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY) Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística INE Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Projetos I Professor: Renato Cislaghi Aluno: Fausto Vetter Orientadora: Maria

Leia mais

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL A Filosofia do Gerenciamento de Serviços em TI Avanços tecnológicos; Negócios totalmente dependentes da TI; Qualidade, quantidade e a disponibilidade (infra-estrutura

Leia mais

efagundes com GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4

efagundes com GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4 GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4 1 CobIT Modelo abrangente aplicável para a auditoria e controle de processo de TI, desde o planejamento da tecnologia até a monitoração e auditoria de

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Análise de Maturidade de Governança

Leia mais

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Agenda da disciplina Unidade I Gestão de Projetos Unidade II Ferramentas para Gestão de Projetos Unidade III Gestão de Riscos em TI Unidade

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais

GESTÃO DE T.I. COBIT. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. COBIT. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. COBIT José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com COBIT Control Objectives for Information and Related Technology Copyright 1996, 1998, 2000 Information Systems Audit and Control Foundation. Information

Leia mais

Simulado ITIL V3 Português Sicoob

Simulado ITIL V3 Português Sicoob Simulado ITIL V3 Português Sicoob Dezembro 2009 1 de 40 A Implementação do Gerenciamento de Serviços Baseados na ITIL requer preparação e planejamento do uso eficaz e eficiente de quais dos seguintes?

Leia mais

CobIT. Eduardo Mayer Fagundes. Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações

CobIT. Eduardo Mayer Fagundes. Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações CobIT Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações Eduardo Mayer Fagundes Copyright(c)2008 por Eduardo Mayer Fagundes 1 Agenda 1. Princípio de Gestão Empresarial

Leia mais

Melhores Práticas em TI

Melhores Práticas em TI Melhores Práticas em TI Referências Implantando a Governança de TI - Da Estratégia à Gestão de Processos e Serviços - 2ª Edição Edição - AGUINALDO ARAGON FERNANDES, VLADIMIR FERRAZ DE ABREU. An Introductory

Leia mais

Curso ITIL Foundation. Introdução a ITIL. ITIL Introduction. Instrutor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot.

Curso ITIL Foundation. Introdução a ITIL. ITIL Introduction. Instrutor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot. Curso ITIL Foundation Introdução a ITIL ITIL Introduction Instrutor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot.com Agenda Definição / Histórico Escopo Objetivos Benefícios e Problemas

Leia mais

Governança de TI através do COBIT

Governança de TI através do COBIT 4.0 COBIT III Congresso de Gestão de TI Governança de TI através do COBIT GOVERNANÇA CORPORATIVA Mercado e Empresa - Relacionamentos SOCIEDADE AGENTES FINANCEIROS PROFISSIONAIS MEIO AMBIENTE GOVERNO CLIENTES

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1 Governança de TI ITIL v.2&3 parte 1 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL 1 1 ITIL Gerenciamento de Serviços 2 2 Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços 3 3 Gerenciamento de Serviços

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES DESENHO DE SERVIÇO Este estágio do ciclo de vida tem como foco o desenho e a criação de serviços de TI cujo propósito será realizar a estratégia concebida anteriormente. Através do uso das práticas, processos

Leia mais

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT O que é? Um framework contendo boas práticas para

Leia mais

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC {aula #2} Parte 1 Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br twitter: @rildosan (11) 9123-5358 skype: rildo.f.santos (11)

Leia mais

Sistemas de Informação Empresarial

Sistemas de Informação Empresarial Sistemas de Informação Empresarial Governança de Tecnologia da Informação parte 2 Fonte: Mônica C. Rodrigues Padrões e Gestão de TI ISO,COBIT, ITIL 3 International Organization for Standardization d -

Leia mais

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI)

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) Os principais modelos de melhores práticas em TI Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP, ITIL

Leia mais

Curso preparatório para exame de Certificação do ITIL V3.

Curso preparatório para exame de Certificação do ITIL V3. Curso preparatório para exame de Certificação do ITIL V3. Dentro do enfoque geral em conhecer e discutir os fundamentos, conceitos e as definições de Governança de TI - Tecnologia da Informação, bem como

Leia mais

ITIL - Information Technology Infraestructure Library

ITIL - Information Technology Infraestructure Library ITIL Biblioteca de infra estrutura de TI (do Inglês, Information Technology Infraestructure Library) e ISO/IEC 20.000 ITIL - Information Technology Infraestructure Library Foi criado no fim dos anos 80

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

Serviço de Avaliaça o e Planejamento de Governança de TI

Serviço de Avaliaça o e Planejamento de Governança de TI efagundes.com Serviço de Avaliaça o e Planejamento de Governança de TI O serviço especializado avalia, planeja e implanta um modelo de governança nas organizações de TI alinhado com as estratégias e operações

Leia mais

Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved.

Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved. Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB Guilherme Azevedo EMC Ionix 1 ITIL V3 - Abordagem do ciclo de vida do serviço Estratégia do Serviço Gerenciamento de Serviços como uma ferramenta

Leia mais

Tópicos Especiais. Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Tópicos Especiais. Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Arquitetura da Informática e Automação MBA Gestão em Tecnologia da Informaçao 1 Tópicos Especiais Novembro - 2008 2 Referências

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

Exercícios: Governança de TI Prof. Walter Cunha http://www.waltercunha.com PRIMEIRA BATERIA. PMBoK

Exercícios: Governança de TI Prof. Walter Cunha http://www.waltercunha.com PRIMEIRA BATERIA. PMBoK Exercícios: Governança de TI Prof. Walter Cunha http://www.waltercunha.com PRIMEIRA BATERIA PMBoK 1. (FCC/ANALISTA-MPU 2007) De acordo com o corpo de conhecimento da gerência de projetos, as simulações

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras. Tópicos Especiais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras. Tópicos Especiais Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Arquitetura da Informática e Automação MBA Gestão em Tecnologia da Informaçao Tópicos Especiais Junho - 2008 Referências Acessos

Leia mais

Novos Conceitos. Ciclo de Vida de Serviços de TI. Nova estrutura do modelo. Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos

Novos Conceitos. Ciclo de Vida de Serviços de TI. Nova estrutura do modelo. Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos Novos Conceitos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v3 Livros ITIL v3 Serviço de TI: Meio para entregar valor aos clientes propicia

Leia mais

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Introdução Atualmente, é impossível imaginar uma empresa sem uma forte área de sistemas

Leia mais

ISO/IEC 20000. Curso e-learning. Sistema de Gerenciamento de Serviços da Tecnologia da Informação

ISO/IEC 20000. Curso e-learning. Sistema de Gerenciamento de Serviços da Tecnologia da Informação Curso e-learning ISO/IEC 20000 Sistema de Gerenciamento de Serviços da Tecnologia da Informação Este é um curso independente desenvolvido pelo TI.exames em parceria com a CONÊXITO CONSULTORIA que tem grande

Leia mais

Integrando o PSM ao COBIT

Integrando o PSM ao COBIT Integrando o PSM ao COBIT Diana Baklizky, CFPS Qualified PSM Instructor ti MÉTRICAS Ltda www.metricas.com.br 1 Agenda Objetivo Governança de TI COBIT 4.1 Como o PSM pode ajudar Caso Prático Conclusão Referências

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com 1 Information Technology Infrastructure Library 2 O que é o? Information Technology Infrastructure Library é uma biblioteca composta por sete livros

Leia mais

Capítulo 2 Governança de TIC

Capítulo 2 Governança de TIC Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 2 Governança de TIC PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de Sistemas de Informação.

Leia mais

APRENDA COMO GERENCIAR SEUS SERVIÇOS

APRENDA COMO GERENCIAR SEUS SERVIÇOS APRENDA COMO GERENCIAR SEUS SERVIÇOS Treinamento ISO 20000 Foundation Presencial ou EAD O Gerenciamento de Serviços de TI tem como foco o fornecimento eficiente e eficaz de serviços que assegura a satisfação

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

Ciência da Computação. Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library

Ciência da Computação. Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library Ciência da Computação Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library Agenda Histórico Conceitos básicos Objetivos Visão Geral do Modelo Publicações: Estratégia de

Leia mais

Proposta. COBIT Fundamentos. Apresentação Executiva. COBIT - Fundamentos

Proposta. COBIT Fundamentos. Apresentação Executiva. COBIT - Fundamentos COBIT Fundamentos Apresentação Executiva 1 O treinamento de Cobit Fundamentos tem como premissa capacitar o participante a compreender e controlar os riscos associados, mantendo o equilíbrio entre os investimentos

Leia mais

Lista de Exercícios - COBIT 5

Lista de Exercícios - COBIT 5 Lista de Exercícios - COBIT 5 1. O COBIT 5 possui: a) 3 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios b) 3 volumes, 5 habilitadores, 7 princípios c) 5 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios d) 5 volumes, 5 habilitadores,

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL

Governança de TI. ITIL v.2&3. Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL Governança de TI ITIL v.2&3 Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento

Leia mais

ITIL V.3 Prof. Fernando Pedrosa

ITIL V.3 Prof. Fernando Pedrosa ITIL V.3 Prof. Fernando Pedrosa Canais: fpedrosa@gmail.com http://tinyurl.com/ycekmjv CESPE TRE/BA Programador - (CESPE 2010) Acerca do modelo ITIL, julgue os próximos itens. 94 A versão 3 do ITIL representa

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

ISO/IEC 20000:2005. Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006

ISO/IEC 20000:2005. Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006 ISO/IEC 20000:2005 Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006 André Jacobucci andre.jacobucci@ilumna.com +55 11 5087 8829 www.ilumna.com Objetivos desta Apresentação

Leia mais

Secretaria de Gestão Pública de São Paulo. Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI

Secretaria de Gestão Pública de São Paulo. Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI Secretaria de Gestão Pública de São Paulo Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI Objetivos As empresas e seus executivos se esforçam para: Manter informações de qualidade para subsidiar

Leia mais

MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Governança de TI. Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com

MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Governança de TI. Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Governança de TI Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com Governança de TI Ementa: Relacionar a governança de TI com a governança corporativa. Boas práticas

Leia mais

Gerência de Projetos de Software Modelos de gerência. CMM: Capability Maturity Model ITIL: Information Technology Infrastructure Library MPS BR

Gerência de Projetos de Software Modelos de gerência. CMM: Capability Maturity Model ITIL: Information Technology Infrastructure Library MPS BR Modelos de gerência CMM: Capability Maturity Model ITIL: Information Technology Infrastructure Library MPS BR Modelo de maturidade: CMM CMM (Capability Maturity Model) é um modelo subdividido em 5 estágios

Leia mais

Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL

Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL Fernando Riquelme i Resumo. A necessidade por criar processos mais eficientes,

Leia mais

GERENCIAMENTO E PROCESSO Porque adotá-los? Onivaldo Roncatti e Leonardo Noshi

GERENCIAMENTO E PROCESSO Porque adotá-los? Onivaldo Roncatti e Leonardo Noshi GERENCIAMENTO E PROCESSO Porque adotá-los? Onivaldo Roncatti e Leonardo Noshi 1 Sobre a empresa A Business Station é uma provedora de soluções de tecnologia. Possui 5 filiais: São Paulo (matriz), Campinas,

Leia mais

(C) A-C-E-F-H (D) A-G-F-H (E) A-G-I. Exercícios: Governança de TI Walter Cunha PRIMEIRA BATERIA. PMBoK COBIT

(C) A-C-E-F-H (D) A-G-F-H (E) A-G-I. Exercícios: Governança de TI Walter Cunha PRIMEIRA BATERIA. PMBoK COBIT Exercícios: Governança de TI Walter Cunha PRIMEIRA ATERIA (C) A-C-E-F-H (D) A-G-F-H (E) A-G-I PMoK 1. (FCC/ANALISTA-MPU 2007) De acordo com o corpo de conhecimento da gerência de projetos, as simulações

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

AVISO DE RESPONSABILIDADE

AVISO DE RESPONSABILIDADE Todos os direitos reservados para Alfamídia Prow. AVISO DE RESPONSABILIDADE As informações contidas neste material de treinamento são distribuídas NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM, sem qualquer garantia,

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

ITIL v.3. Nova estrutura do modelo. Ciclo de vida de Serviços de TI. Conceitos chaves Serviço de TI. Helen Queiroz 10.06.2009

ITIL v.3. Nova estrutura do modelo. Ciclo de vida de Serviços de TI. Conceitos chaves Serviço de TI. Helen Queiroz 10.06.2009 ITIL v.3 Helen Queiroz 10.06.2009 Nova estrutura do modelo É uma nova abordagem, com base no ciclo de vida dos serviços e uma nova estrutura, para diferenciar as práticas essenciais do modelo com novos

Leia mais

GERIC GERENCIAMENTO DO I.T.I.L E DO COBIT

GERIC GERENCIAMENTO DO I.T.I.L E DO COBIT GERIC GERENCIAMENTO DO I.T.I.L E DO COBIT Angélica A. da Silva, Regiani R.Nunes e Sabrina R. de Carvalho 1 Tathiana Barrére Sistemas de Informação AEDB - Associação Educacional Dom Bosco RESUMO Esta sendo

Leia mais

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira Agenda Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira ITIL Publicação dos Livros revisados 2011 ITIL Correções ortográficas e concordâncias gramaticais; Ajustes

Leia mais

Tópicos Especiais. Núcleo de Pós Graduação Pitágoras. Aula Inaugural: MBA Gestão em TI T4 29/07/2009. Professor: Fernando Zaidan. Metodologia?!?

Tópicos Especiais. Núcleo de Pós Graduação Pitágoras. Aula Inaugural: MBA Gestão em TI T4 29/07/2009. Professor: Fernando Zaidan. Metodologia?!? Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Aula Inaugural: MBA Gestão em TI T4 Tópicos Especiais Biblioteca de Infra-Estrutura de TI Professor: Fernando Zaidan Julho - 2009 1 2 Acessos em 17 jul. 2009: http://www.trainning.com.br/artigo_itil.html

Leia mais

Utilizando o CobiT e o Balanced Scorecard como instrumentos para o. Gerenciamento de Níveis de Serviço

Utilizando o CobiT e o Balanced Scorecard como instrumentos para o. Gerenciamento de Níveis de Serviço Utilizando o CobiT e o Balanced Scorecard como instrumentos para o Gerenciamento de Níveis de Serviço Win Van Grembergen, http://www/isaca.org Tradução de Fátima Pires (fatima@ccuec.unicamp.br) Na economia

Leia mais

ITIL. Information Technology Infrastructure Library

ITIL. Information Technology Infrastructure Library Information Technology Infrastructure Library 34929 - Daniel Aquere de Oliveira 34771 - Daniel Tornieri 34490 - Edson Gonçalves Rodrigues 34831 - Fernando Túlio 34908 - Luiz Gustavo de Mendonça Janjacomo

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Information Technology Infrastructure Library ou Biblioteca de Infraestrutura da Tecnologia da Informação A TI de antes (ou simplesmente informática ),

Leia mais

ITIL. IT Infrastructure Library. ITIL v3 Edição 2011 Fundamentos. Heinz Nevermann Zamorano ITIL Expert v3 heinz.nevermann@gmail.

ITIL. IT Infrastructure Library. ITIL v3 Edição 2011 Fundamentos. Heinz Nevermann Zamorano ITIL Expert v3 heinz.nevermann@gmail. ITIL IT Infrastructure Library ITIL v3 Edição 2011 Fundamentos Heinz Nevermann Zamorano ITIL Expert v3 heinz.nevermann@gmail.com ITIL é marca registrada do OGC no Reino Unido e em outros países 1 Roteiro

Leia mais

Resumo Apresentação : Orador

Resumo Apresentação : Orador Resumo Apresentação : Orador Formador Rumos Consultor ITSM desde 2006 ITIL v2/v3 ISO 20000 ISO / IEC 27001/2 Certificação ITIL Foundation Certificação ITIL Expert Certificação Cisco CCNA 6 Anos de Experiencia

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

Curso Online. www.tiexames.com.br. Introdução a Governança de TI

Curso Online. www.tiexames.com.br. Introdução a Governança de TI Módulo 1 Introdução a Governança de TI Curso Online Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa do autor. www.tiexames.com.br

Leia mais

Engenharia de Software Qualidade de Software

Engenharia de Software Qualidade de Software Engenharia de Software Qualidade de Software O termo qualidade assumiu diferentes significados, em engenharia de software, tem o significado de está em conformidade com os requisitos explícitos e implícitos

Leia mais

Governança de TI: O que é COBIT?

Governança de TI: O que é COBIT? Governança de TI: O que é COBIT? Agenda Governança de TI Metodologia COBIT Relacionamento do COBIT com os modelos de melhores práticas Governança de TI em 2006 Estudo de Caso Referências Governança de

Leia mais

www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br

www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br Outras Apostilas em: www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br Centro Universitário Geraldo di Biase 1. Enterprise Resouce Planning ERP O ERP, Sistema de Planejamento de Recursos

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE GOVERNANÇA DE TI

IMPLANTAÇÃO DE GOVERNANÇA DE TI 1 IMPLANTAÇÃO DE GOVERNANÇA DE TI André Luiz Guimarães dos Reis 1 1 João Souza Neto 2 1 Tomas Roberto C. Orlandi 3 1 andrer@correios.com.br szneto@correios.com.br tomasroberto@correios.com.br 1 Empresa

Leia mais

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues Gerenciamento de TI Paulo César Rodrigues *Analista de Sistemas; *Tutor do curso de graduação em Tecnologia em Sistemas de Computação (UFF/Cederj); * Professor do curso Técnico em Informática da Prefeitura

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA Gestão em TI Disciplina: Administração de Suporte e Automação Gerenciamento de Suporte Professor: Fernando Zaidan Ago-2009 1 2 Contexto Área de TI lugar estratégico

Leia mais

ivirtua Solutions 4 ITIL

ivirtua Solutions 4 ITIL ivirtua Solutions 4 ITIL ivirtua Solutions ITIL WHITEPAPER ITIL INTRODUÇÃO O ITIL é o modelo de referência para endereçar estruturas de processos e procedimentos à gestão de TI, organizado em disciplinas

Leia mais

Unidade V GOVERNANÇA DE TI. Profa. Gislaine Stachissini

Unidade V GOVERNANÇA DE TI. Profa. Gislaine Stachissini Unidade V GOVERNANÇA DE TI Profa. Gislaine Stachissini Control Objectives for Information and Related Technology - Cobit O CobiT é um guia para a gestão de TI recomendado pelo Information Systems Audit

Leia mais

CESPE. de minimização dos riscos de interrupções indesejadas. TRE/BA Programador - (CESPE 2010)

CESPE. de minimização dos riscos de interrupções indesejadas. TRE/BA Programador - (CESPE 2010) CESPE TRE/BA Programador - (CESPE 2010) Acerca do modelo ITIL, julgue os próximos itens. 94 A versão 3 do ITIL representa uma grande evolução em relação à versão anterior, pois organiza os processos de

Leia mais

Unidade V GOVERNANÇA DE TI

Unidade V GOVERNANÇA DE TI GOVERNANÇA DE TI Unidade V CONTROL OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY (COBIT) 1 O CobiT é um guia para a gestão de TI recomendado pelo Information Systems Audit and Control Foundation (ISACF)

Leia mais

Por que utilizar o modelo ITIL

Por que utilizar o modelo ITIL Por que utilizar o modelo ITIL... O que não é definido não pode ser controlado... O que não é controlado não pode ser medido... O que não é medido não pode ser melhorado Empregado para definir, controlar,

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Mestre em Informática na área de Sistemas de Informação

Leia mais

Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI

Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI Gilberto Zorello (USP) gilberto.zorello@poli.usp.br Resumo Este artigo apresenta o Modelo de Alinhamento Estratégico

Leia mais

Curso preparatório para a certificação COBIT 4.1 Fundation

Curso preparatório para a certificação COBIT 4.1 Fundation Curso preparatório para a certificação COBIT 4.1 Fundation Dentro do enfoque geral em conhecer e discutir os fundamentos, conceitos e as definições de Governança de TI - tecnologia da informação, bem como

Leia mais

Proposta. ISO 20.000 / 2011 Fundamentos. Apresentação Executiva. ISO 20.000 / 2011 - Fundamentos

Proposta. ISO 20.000 / 2011 Fundamentos. Apresentação Executiva. ISO 20.000 / 2011 - Fundamentos ISO 20.000 / 2011 Fundamentos Apresentação Executiva 1 O treinamento de ISO 20.000 Foundation tem como premissa fornecer uma visão geral da publicação da norma ISO/IEC 20000 capacitando o aluno a entender

Leia mais

Conteúdo: Regulamentações de conformidade; CobiT; ITIL; Normas de Segurança da Informação (Família ISO 27000).

Conteúdo: Regulamentações de conformidade; CobiT; ITIL; Normas de Segurança da Informação (Família ISO 27000). Segurança em Redes de Computadores e Auditoria de Sistemas Emanuel Rebouças, MBA AGENDA AULA 4 & 5 Objetivo: Avaliar as melhores práticas do mercado na área de Segurança da Informação e como aplicá-las

Leia mais

ITIL. Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

ITIL. Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br ITIL Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Objetivo Prover uma visão geral sobre Gerenciamento de Serviços de TI: Conceito; Desafios; Estrutura; Benefícios;

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Apresentação Apresentação Professor Alunos Representante de Sala Frequência e Avaliação Modelos das aulas

Leia mais

Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender gerenciamento de riscos.

Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender gerenciamento de riscos. ITIL V3 Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender o gerenciamento de riscos. Porquê Governança? Porque suas ações e seus requisitos

Leia mais

Atividade: COBIT : Entendendo seus principais fundamentos

Atividade: COBIT : Entendendo seus principais fundamentos SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PIAUÍ CAMPUS FLORIANO EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CURSO: TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PERÍODO

Leia mais

CobiT 5. Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? Conhecimento em Tecnologia da Informação

CobiT 5. Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação CobiT 5 Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? 2013 Bridge Consulting All rights reserved Apresentação Sabemos que a Tecnologia da

Leia mais

Governança de TI utilizando o modelo do COBIT

Governança de TI utilizando o modelo do COBIT Curso e- Learning Governança de TI utilizando o modelo do COBIT O conteúdo deste curso contem marcas registradas de outras organizações nas quais as propriedades são citadas ao logo do curso sem infringir

Leia mais

EXIN IT Service Management Foundation based on ISO/IEC 20000

EXIN IT Service Management Foundation based on ISO/IEC 20000 Exame simulado EXIN IT Service Management Foundation based on ISO/IEC 20000 Edição Novembro 2013 Copyright 2013 EXIN All rights reserved. No part of this publication may be published, reproduced, copied

Leia mais