Número 05 - outubro 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Número 05 - outubro 2013"

Transcrição

1 Número 05 - outubro 2013 Revista Online - Venda Proibida Paulo Feldmann, Presidente do Conselho da Pequena Empresa da FecomercioSP orati a. com.br INCorporativa ora a Negócios - 1

2

3 Publicação gratuita para acesso digital em: Venda e impressão proibida sem autorização expressa da Editora. Produção: Editora INCorporativa Para desenvolver revista ou jornal customizado de sua empresa, com matérias relacionadas ao seu ramo de negócios, ou mesmo somente diagramação, novo projeto gráfico: Skype: revistaincorporativa Fone: (11) Índice 06 - As organizações do século XXI e as pessoas Quem compreender mudanças antes e agir, ampliará mercados 10 - Cartão BNDES Prevenindo problemas de saúde e resgatando a motivação 14 - Potencializar pontos fortes dos colaboradores Artigo de Cersi Machado 16 - Aumenta demanda por assistência de viagem A cada dia aumenta número de viagens a trabalho 19 - Etapas e benefícios do planejamento financeiro Artigo de Alessandro Lima 24 - Conselho da Pequena Empresa da FECOMERCIOSP Propostas de desburocratização do ambiente para micro e pequenas 30 - Readmissão de empregado pode ser fraude Artigo 3 - INCorporativa de Priscila Negócios Moreira

4 Não adianta muito ter um ótimo produto se a sua comunicação impressa deixa a desejar. Sua empresa merece mais que um simples jornalzinho Cuide da imagem de sua empresa com quem está no mercado editorial há mais de vinte anos e já desenvolveu centenas de projetos gráficos para empresas privadas, clubes de futebol, ONGs e órgãos públicos. E, claro, esta revista que você lê agora. Desenvolvemos jornais e revistas: COMPLETOS Projeto gráfico + conteúdo PARCIAIS Somente projeto, somente diagramação, revitalização ou recriação NOVO SITE: 4 - INCorporativa Negócios

5 Editorial Aqui estamos na edição cinco da revista, o que por si só já é uma vitória. A última edição obteve mais de cento e cinquenta mil downloads! Daremos uma parada agora. O planejamento foi refeito e em 2014 teremos edições nos meses de fevereiro, maio, agosto e novembro. Algumas parcerias estão sendo fechadas e, se concluídas com êxito, há a possibilidade até mesmo de distribuirmos a versão impressa. Só o tempo dirá. Deixo o convite para conexão via LinkedIn: (R.L.) Projeto e Direção geral Rogerio Lubk Expediente Jornalistas Alexia Raine Camila Barini Cássia Oliveira Jéssica Sobreira Raony Pacheco Silmar Batista Suely Cavalcante Vera Mari Damian Foto de capa: FecomercioSP/ Emiliano Hagge Diagramação: Ramon Alvarenga INCorporativa Negócios - 5

6 As organizações do século XXI e as pessoas Quem compreender as mudanças em primeiro lugar e agir, ampliará mercados, conquistará clientes e transformará colaboradores em verdadeiros parceiros Prof Adolfo Plinio Pereira As mudanças que ainda estão em curso na humanidade con nuarão afetando cada vez mais o mundo dos negócios e do trabalho. Se as informações con nuarem abertas como hoje e se o cidadão con nuar tendo liberdade de se expressar e decidir, sem dúvidas, as mudanças aglu narão cada vez mais. Quando escrevo se é porque, infelizmente, considero a possibilidade de haver drás ca alteração na forma com que hoje nos comunicamos e nos informamos. Ou seja, ao invés da nossa liberdade de acesso às informações con nuar sendo ampliada, existe alguma chance de que as torneiras se fechem, e nos tornemos uma sociedade mergulhada no silêncio e na escuridão. Tal hipótese se deve ao fato de que, ao consumirmos produtos sem ques onarmos de onde vêm e como são fabricados, estamos empoderando economicamente, muito rapidamente, países pouco democrá cos. Portanto, quando se tornarem as maiores potências econômicas do planeta (e já estão se tornando), poderão impor o seu jeito de ser e de conduzir as coisas. Podendo, inclusive, controlar de forma explícita ou su l o que se diz, se ouve, se fala ou se escreve. Caso este cenário sombrio não seja imposto, e esperamos realmente que não aconteça, então, mudanças de atitudes continuarão se ampliando, verticalizando e alterando cenários de forma radical. Avaliando o que aconteceu no mundo do trabalho e dos negócios no passado, o que estamos vivendo agora e as tendências que se apresentam, influenciadas pelos comportamentos do novo colaborador e do novo cliente, podemos entender este cenário da seguinte forma: 6 - INCorporativa Negócios

7 Séculos atrás Século passado Século atual e futuro - Trabalho sem sentido - Trabalho com pouco sentido - Trabalho com muito sentido Trabalho e Trabalhador - Não havia escolha - Escolhas influenciadas por fatores externos (busca de altos salários, status e outros). Em boa parte das vezes, uma escolha insegura - Trabalho por obrigação - Obrigação ainda presente - Trabalhar para sobreviver - Para manter nível de consumo - Pouca proteção legal - Excessiva e inadequada proteção legal - Escolhas claras em sintonia com a história e valores da pessoa - Prazer em trabalhar e contribuir - Para ser uma pessoa melhor, que contribui com outras através do trabalho - Contratos e acordos com força de Lei - Forte compromisso com a organização no longo prazo por costume ou falta de opção - Mediano compromisso com a organização permeado por interesse - Forte compromisso com a organização por identificação com seus valores e forma de agir Papel das Organizações - Produzir e vender para movimentar e fortalecer a Economia - Produzir e vender para crescer e obter lucros para acionistas - Gerar soluções e distribuir resultados para stakeholders - Para resolver problemas e atender necessidades - Para atender desejos, muitas vezes criados pela sociedade do consumo - Para resolver problemas, trazer bemestar e felicidade Produtos/ Serviços - Produção individualizada/baixa quantidade - Produção em massa/impessoal - Baixa tecnologia - Média tecnologia com foco em alavancagem de vendas - Produção individualizada/personali zada/quantidade atrelada à demanda - Alta tecnologia com foco na satisfação plena do cliente - Serviços: não se diferenciavam da produção/venda/oferta de serviços - Produtos e Serviços ofertados separadamente - Produtos/Serviços: agregados e obrigatórios Inovação - Lenta - Alta, mas, com foco na redução de custos e embelezamento do produto para ampliação de vendas - Altíssima com foco na solução de problemas INCorporativa Negócios - 7

8 - Paradigmas quebrados a cada inovação - Pouquíssimas quebras de paradigmas pela força dos lobbies - Quebras de paradigmas superando a força dos lobbies Meio Ambiente - Uso de produtos até seu findar - Produtos descartados sem critérios - Descarte de forma organizada e planejada/punições severas para desobedientes - Ao final da vida útil, produtos integravam-se naturalmente ao meio ambiente - Descarte dos produtos pós-uso como grande problema da sociedade - Produtos preparados para desintegração natural ou reciclagem em 100% Ações Sociais - Desconhecia-se a força estratégica das ações sociais - Tentativa de inserção nas organizações da Responsabilidade Social para melhora de sua imagem - Organizações 100% sociais: geração de emprego e renda de forma justa, cuidados com a vida das pessoas dentro e fora das organizações, produção de soluções e não de problemas à sociedade Imagem da organização - Pouca ou nenhuma preocupação com este aspecto - Sem ações neste sentido - Sensibilização para a necessidade de se ter uma imagem positiva - Ações em prol da melhora da imagem conflitantes com dívidas sociais e ambientais da organização - Parte integrante das ações estratégicas e posicionamento no mercado - Busca constante de coerência entre o que se diz e o que se faz - Se conhecia pessoalmente cada cliente e sabia-se de suas expectativas - Presença de muita impessoalidade - O cliente, obrigatoriamente, será conhecido pelo seu nome e suas expectativas compreendidas com maior interesse Clientes - Ganhos no longo prazo com o mesmo cliente - Ganhos no curto prazo com vários clientes - Ganhos no longo prazo com o mesmo cliente, com seus familiares e seus amigos - Relacionamento próximo fazia parte do negócio - Relacionamento movido por interesse - Relacionamento movido por amizade e preocupação sincera com o cliente - Alto compromisso com o cliente - Compromisso com o cliente estimulado por forte legislação - Altíssimo compromisso com o cliente e com toda sua rede de contatos 8 - INCorporativa Negócios

9 As organizações deverão sair do papel cômodo de manufatoras de produtos anunciados na TV e na Internet como grandes maravilhas do mundo moderno para um compromisso real com o funcionamento da sociedade. Não será mais o que fazem, mas como fazem é que importará. O modelo tradicional onde existem pessoas que mandam por terem poder sobre a vida dos trabalhadores deverá ser enfraquecido e ex nto com o tempo. As pessoas trabalharão nas organizações por livre e espontânea escolha. Os contratos entre as partes terão força de Lei, portanto, trabalhadores e dirigentes empresariais precisam desde já buscar, cada vez mais, alinhamento de suas expecta vas. Empresários, diretores e gerentes con nuarão a exis r pela iden ficação que possuem com estes papéis. Sabe-se que os empresários devem ganhar mais porque os seus riscos são maiores. Quando uma empresa vai à falência, seus proprietários falem junto. Isso não vai mudar. No entanto, o trabalhador deste século deverá compreender melhor esta lógica, ou seja, que responsabilidades, riscos e ganhos, estão sempre atrelados. Tal entendimento o ajudará a dedicar-se com mais consciência e empenho à organização que o contratar, pois deverá ser um trabalhador mais maduro e seguro de si. ele. Desta forma, o trabalhador deverá ser valorizado tanto quanto o cliente. Assim, os interesses do sucesso da organização não serão somente de seus proprietários, acionistas e dirigentes, mas de seus trabalhadores também. Neste contexto o trabalhador agirá como verdadeiro e comprome do parceiro da organização com a qual se iden- ficar. E como um advogado entusiasmado da organização que o fidelizar como cliente. Enfim, sejamos todos bem-vindos ao século XXI, um século que nos reserva interessantes mudanças e ins gantes desafios. Vencerá mais rapidamente quem compreender, assimilar e agir em sintonia com estas mudanças que se avizinham, mo vadas pelo novo jeito de agir do bem informado e decidido cidadão contemporâneo. Os clientes são os trabalhadores das organizações, portanto há uma separação equivocada de papéis que também devem desaparecer com o tempo. Hoje, quando o cidadão está em seu papel de trabalhador se coloca como um subordinado e, quando está em seu papel de cliente, o sistema se subordina a Adolfo Plínio Pereira é professor universitário e palestrante, Mestre em Desenvolvimento Sustentável e Qualidade de Vida, Especialista em Gestão de Pessoas e Liderança. INCorporativa Negócios - 9

10 Por Jéssica Sobreira Cartão BNDES vantagens para portador e fornecedor Desde sua fundação, em 1952, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) se destaca no apoio à agricultura, indústria, infraestrutura, comércio e serviços. Oferece condições especiais para micros, pequenas e médias empresas (MPMEs). Além disso, vem implementando linhas de inves mentos sociais, direcionados para educação, saúde, agricultura familiar, saneamento básico e transporte urbano. Recentemente, o Cartão BNDES passou a facilitar os negócios. Trata-se de um produto que, baseado no conceito de cartão de crédito, visa a financiar os inves mentos das micros, pequenas e médias organizações. Podem obter o cartão, as MPMEs (com faturamento bruto anual de até R$ 90 milhões), sediadas no Brasil, de controle nacional, que exerçam a vidade econômica compa veis com as Polí cas Operacionais e de Crédito do BNDES, e que estejam em dia com o INSS, FGTS, RAIS e tributos federais. O fornecedor do Cartão BNDES tem muitas vantagens, entre elas: Financiamento automá co para o cliente em até 48 meses; Recebimento da venda em 30 dias, sem risco de inadimplência do comprador; Redução do comprome mento do capital de giro próprio e exposição gratuita do seu catálogo de produtos no website Todavia, os bene cios não são apenas para o fornecedor. Crédito pré-aprovado; Financiamento automá co em até 48 meses; Prestações fixas e iguais; Taxas de juro reduzidas são as principais vantagens para o portador. Reportagem e redação: Assessoria de Comunicação Gladis Ybarra (51) INCorporativa Negócios

11 Mesmo com vários bene cios, as empresas brasileiras ainda não fazem uso frequente deste po de financiamento. Cirlaine Moraes, gerente financeira da SADIG, empresa que comercializa so wares de business intelligence, afirma que mesmo com as facilidades disponíveis, as vendas por BNDES não chegam a 10%. Não podemos decidir pelo cliente. O nosso papel é divulgar que somos credenciados, oferecer essa modalidade de pagamento, e salientar que a taxa de juros e o prazo de pagamento são muito atraentes, ressalta. Cirlaine Moraes, gerente financeira da SADIG Utilização poderia ser maior O financiamento é pré-aprovado e feito por meio do cartão BNDES, no qual vendedor e comprador devem estar previamente cadastrados. Por meio do website do BNDES, é possível verificar quais são as empresas cadastradas e visualizar seus Catálogos de Produtos. Há casos em que o valor do projeto do cliente chega a um patamar financeiro em que é melhor financiar, pois não há a necessidade de adiamento do projeto e da obtenção de seus bene cios e, principalmente, o cliente evita a sua descapitalização, diz Cirlaine. Como solicitar o cartão BNDES? Basta acessar o Portal de Operações do Cartão BNDES (www. cartaobndes.gov.br), clicar no link Solicite seu cartão BNDES e informar CNPJ, o tipo de controle, o CNAE Fiscal. Então, solicitar o banco emissor, preencher a Proposta de Solicitação do Cartão BNDES e apresentar a documentação exigida pelo banco emissor. INCorporativa Negócios - 11

12 Como solicitar o credenciamento como fornecedor? Para solicitar o credenciamento como fornecedor, é preciso clicar no ícone Seja um fornecedor credenciado, informar o CNPJ e o CNAE fiscal conforme o cartão do CNPJ e ler as normas do Portal de Operações do Cartão BNDES e, se estiver de acordo, clicar em Aceito. Logo mais, selecionar as afiliadoras e os bancos correspondentes, preencher a proposta de solicitação de afiliação e clicar em Avançar. Então, confirmar os dados informados e clicar em Avançar. Por fim, imprimir a documentação necessária para o processo de afiliação. Há cinco bancos emissores: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Itaú. Um total de 48 mil fornecedores está cadastrado no website do cartão, com a oferta de aproximadamente 214 mil itens. Em 2012, o BNDES registrou mais de 707 mil operações com o cartão, representando financiamentos de R$ 9,54 bilhões, aumento de 26,4% em comparação a Atualmente, existem 594 mil cartões sem cobrança de anuidade. O limite de crédito pré-aprovado alcança R$ 32,2 bilhões. Para 2013, a expecta va é alta dos desembolsos devido à ampliação do número de bancos emissores, com a entrada prevista do Banco do Nordeste e do Banco Coopera vo do Brasil (Bancoob). O BNDES irá analisar se a atividade econômica da empresa é compatível com suas normas. Se estiver de acordo, o banco enviará a solicitação para as afiliadoras, que agendarão uma visita à empresa e solicitarão a documentação necessária para proceder à afiliação ao Portal de Operações do Cartão BNDES. Para mais informações de como solicitar o credenciamento, basta acessar o documento Manual do Fornecedor - Credenciamento localizado no menu Manuais, no topo da página principal do website do Cartão BNDES. A SADIG foi fundada em 1986 e é especialista em BI (Business Intelligence) e CPM (Corporate Performance Management). É sediada em Montenegro (RS) e tem filiais em Porto Alegre, São Bernardo do Campo (SP) e Hyderabad, na Índia INCorporativa Negócios

13 História do Cartão BNDES Primeiro cartão de crédito na história do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o Cartão BNDES foi lançado em setembro de Em 2008, os desembolsos para o cartão BNDES a ngiram R$ 846 milhões, um crescimento de 66% em relação aos desembolsos do ano anterior (R$ 509 milhões em 2007). Até janeiro de 2009, estavam a vos 158 mil cartões emi dos, que correspondem a crédito já aprovado e disponível para as MPMEs de R$ 5 bilhões. Chegaram a mais de 102 mil os produtos expostos no Catálogo de Produtos do Portal do Cartão BNDES, tais como veículos leves, equipamentos de automação comercial, computadores e periféricos, software, refrigeradores, gôndolas, máquinas de costura, motores estacionários, bombas e equipamentos para postos de serviço, kits para gás natural veicular, equipamentos médico-hospitalares e odontológicos, mobiliário comercial e papel para edição de livros. Ampliar o acesso ao Cartão BNDES é uma forma de democra zar os recursos administrados pelo Banco. O cartão foi criado para que os micro, pequenos e médios empresários possam comprar bens de produção, máquinas e equipamentos que irão aprimorar o desempenho de suas corporações. INCorporativa Negócios - 13

14 Como potencializar os pontos fortes de seus colaboradores Artigo Você já ouviu a frase sucesso do líder é o sucesso dos liderados? Pois é, não existe sucesso do líder se os liderados não estão obtendo sucesso no ambiente organizacional. Para que um líder consiga ajudar os liderados a ter sucesso, e ao mesmo tempo garan- ndo ó mos resultados para a empresa, uma de suas tarefas é a de potencializar os pontos fortes de seus colaboradores. Porém, muitos gestores que ocupam cargos de liderança ainda atuam como se fossem chefes, ou gerentes que só apagam incêndios, pois vivem focados demasiadamente nas tarefas e nos procedimentos do trabalho, e com isso dei- Por Cersi Machado* xam de criar as condições para desenvolver o potencial de sua equipe. Esses profissionais ainda não entenderam que não basta apenas ocupar um cargo de liderança, é preciso fortalecer a equipe constantemente. Certa vez, fui realizar um treinamento in company com enfoque em liderança para um grande frigorífico. O treinamento foi realizado em um dia de feriado municipal. Durante o treinamento eu perguntei aos par cipantes: porque que optaram por fazer o treinamento no feriado, já que vocês poderiam estar com a família no dia de hoje? Um dos par cipantes respondeu: Não existe possibilidade de realiza- Daniela Pacheco Telefones: (48) / mos os treinamentos em dias de semana, pois não temos pessoas para deixar em nosso lugar e a produção não pode parar. No feriado a fábrica não tem a vidades. Então eu os ques onei: Porque não prepararam novos líderes para assumirem a liderança enquanto estão fora? Um dos papéis do líder é o de formar novos líderes; se o líder não está presente na empresa é preciso que alguém o subs tua a altura, evitando qualquer dependência ou centralização de decisões Aqueles que ocupam cargos de liderança devem formar novos líderes para que esses estejam preparados para assumir tarefas de maior responsabilidade quando for necessário. Para conseguir isso, é fundamental conhecer os colaboradores, compreender o nível de maturidade de cada um, saber iden ficar as habilidades e a experiência que possuem na a vidade que exercem. Com essas informações, o líder saberá iden ficar os pontos fortes de seus liderados e, portanto, fica mais fácil criar ações que vão possibilitar o desenvolvimento das habilidades dos envolvidos. Ao trabalhar os pontos fortes dos liderados o líder consegue obter uma melhoria de resultados, pois aumenta o engajamento e a sa sfação de sua equipe, permi ndo um espaço para que todos cresçam na organização. Sem sombra de dúvida, isso faz com que a empresa se torne mais compe va INCorporativa Negócios

15 Liderar é comunicar às pessoas seu valor e seu potencial de forma tão clara que elas acabem por vê-los em si mesmas. (Stephen R. Covey). Uma das principais ferramentas que contribuem para potencializar os pontos fortes dos liderados é o feedback. Quando for bem u lizado, o feedback serve como forma de apoio, es- mulo e aprendizagem, visando o crescimento dos colaboradores. O feedback não deve ser usado como cobrança. Quando um líder utiliza o feedback, deverá mostrar ao colaborador o estágio atual no qual ele se encontra, apontando a direção que deverá seguir, ou seja, o que está fazendo bem feito e o que pode melhorar. Então, quando for u lizar o feedback, o líder terá que estar consciente que ao fazê-lo vai es mular o desenvolvimento de alguma habilidade latente do colaborador. Veja outras ações que os grandes líderes colocam em prá ca para fortalecer os pontos fortes de seus liderados: - Valorizam os esforços, pois sabem que isso vai es mular comportamentos mais asser vos; - Reconhecem os pontos posi vos do colaborador quando uma tarefa foi executada, mesmo que o resultado não tenha sido o esperado. Isso vai es mular maior dedicação nas próximas a vidades. - Ensinam a fazer bem feito. Um líder não despeja as tarefas em cima do colaborador, mas orienta para que as atividades apresentem resultados superiores àqueles esperados. Se ele ensina a fazer bem feito, não precisará ficar repetindo ou cobrando várias vezes o colaborador. - Possuem percepção para iden ficar o que inspira cada colaborador, e com isso, criam um ambiente mo vacional para o trabalho; - Não se conformam com limites pré-estabelecidos, por isso se dedicam para que suas equipes possam dar o melhor em cada momento. Eles perguntam para os seus liderados: o que podemos fazer para nos superarmos? ; O que nos impede? ; Se pudéssemos fazer melhor, como faríamos? - Sabem que sua missão é ajudar os liderados a acreditarem neles mesmos; - Muitas vezes os colaboradores trazem soluções simples que rendem ó mos resultados, para isso os verdadeiros líderes estabelecem uma comunicação aberta com todos; -Estão abertos à inovação. As soluções não devem par r somente do líder, para isso ele deve criar as condições que permitam ao colaborador ter inicia va e cria vidade; - Sabem delegar visando colocar o potencial do liderado a prova, ou seja, criam oportunidades para que a equipe mostre seu talento; - Permitem espaço para o crescimento. Os verdadeiros líderes orientam as pessoas para que assumam riscos, sempre as acompanhando para que consigam obter êxito nas tarefas. Portanto, acabou a época quando o cargo de liderança representava gerenciar a vidades, lidar com processos e ficar administrando crises dentro da organização. Isso também é importante, mas um líder deve atuar como um treinador, um mo vador, um leader coach, agindo para que a equipe apresente a melhor performance. Para potencializar os pontos fortes dos colaboradores é preciso ter um sen mento de generosidade e, porque não de amor, pois quando ajudamos as pessoas a desenvolverem suas habilidades elas não vão crescer apenas profissionalmente, mas vão crescer como seres humanos! *Cersi Machado: Palestrante mo vacional e treinador comportamental, atuando há mais de 12 anos em T&D. Autor de dois livros e coautor dos livros Ser+. Aplica uma metodologia inovadora em palestras e treinamentos empresariais, combinando conteúdos prá cos com base em Gestão Estratégica de R.H., Coaching, PNL, Emotologia, Neurociência do Comportamento, Animação 3D e outras abordagens. (67) / INCorporativa Negócios - 15

16 Aumenta demanda por assistência viagem Visitar clientes, comparecer a reuniões em outras unidades e participar de eventos ou congressos. Essa realidade de muitos executivos no Brasil não está mais restrita a cidade onde ele mora. A cada dia é maior o número de pessoas que viaja a trabalho pelo país e até mesmo ao exterior. Por Silmar Ba sta Segundo dados da Global Business Travel Associa on (GBTA), a mais importante organização de viagens de negócios e reuniões corporativas do mundo, os gastos totais dos brasileiros nesse segmento deverão crescer 14,3% em 2013, o que representaria custos de US$ 34,5 bilhões. Nesse cenário não estão apenas envolvidas as viagens dentro do território nacional, mas também as despesas com viagens internacionais. No segmento domés co, a en dade calcula que a demanda deve crescer 12,9% este ano, com gastos na ordem de US$ 27 bilhões. O índice ficaria bem acima da média dos úl mos 12 anos, quando o aumento médio foi de 8,3% ao ano. Já os gastos com viagens internacionais devem apresentar expansão de 20,2% em 2013, alcançando US$ 7,1 bilhões. Essa evolução Agência Pauta VIP (11) / levou o Brasil ao oitavo lugar no ranking mundial de viagens corpora vas, com grandes possibilidades de ultrapassar a Itália, França e o Reino Unido nos próximos dois anos. Outro dado que reforça esse sen mento vem dos Indicadores Econômicos de Viagens Corpora vas (IEVC), que analisa o setor com base em seis segmentos aéreo, hospedagem, locação de autos, alimentação, agenciamento e tecnologia. Desenvolvido pela Associação La no Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corpora vas (Alagev) em parceria com o SENAC e apoiado pela Associação Brasileira de Agências Corpora vas (Abracorp), os números apontam uma elevação de 12,8% em 2012 e projeta expansão de 10,7% este ano. Isso significa que os gastos com viagens corpora vas no país passaram de R$ 28,6 bilhões em 2011 para R$ 35,7 bilhões em Com tanta demanda, alguns serviços, em especial os voltados à assistência viagem, passaram a ganhar importância dentro das empresas. A Assist Card Brasil, por exemplo, atualmente atende algumas das principais companhias do país, como o Grupo Vale, a AmBev e a Petrobrás. A empresa, integrante do maior grupo de assistência ao viajante do mundo, acredita que o segmento corpora vo deve aumentar 20% este ano. O crescimento dessa demanda se deve também a percepção dos próprios execu vos, que não se sentem livres de imprevistos mesmo em viagem mais curtas. Alguns planos de saúde 16 - INCorporativa Negócios

17 oferecidos pelas companhias não abrangem o país todo. Logo, quando um execu vo viaja para outra unidade, mesmo que seja dentro do território nacional, ele pode não estar protegido. Com a contratação de um serviço de assistência viagem a falta de cobertura inexiste não apenas em saúde, mas também nos casos de cancelamento de viagem, acidentes pessoais e bagagem, graças aos seguros que ofertamos, alerta Gabriel Rego, diretor Comercial da Assist Card Brasil em São Paulo. Atualmente a gama de coberturas são as mais variadas possíveis, par ndo geralmente de assistência médica, odontológica, farmacêu ca e hospitalar. No caso de internação, por exemplo, há a possibilidade de envio de acompanhante, se necessário. Isso sem falar em assistência jurídica, coberturas para o extravio de bagagens, antecipação de fiança, chegando até ao repatriamento funerário. Gabriel Rego, diretor Comercial da Assist Card Brasil em São Paulo Para nós, seguro viagem é um item tão importante quanto a emissão do - cket aéreo e a reserva de hotel nas viagens, garante Paulo Daniel da Silva, conselheiro da Associação La no Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corpora vas (Alagev). Ninguém planeja viajar pensando em imprevistos. Por isso, o seguro viagem tem que ser considerado um inves mento e não uma despesa. Sua falta poderá gerar custos extras de maneira tal que poderá inclusive interrompe-la, alerta. Paulo Daniel da Silva, conselheiro da Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas (Alagev) Já entre os profissionais de Recursos Humanos a percepção é semelhante. Este bene cio é extremamente importante, pois imprevistos em viagens são comuns, desde saúde sica, extravio de bens até desastres naturais no país de des no, acredita Gilson Modesto da Cruz, gerente de RH da Techint Engenharia e Construção. De acordo com ele, o serviço traz segurança e tranquilidade para a empresa e para os profissionais que viajam para lugares que muitas vezes nem conhecem. Para a companhia, outra vantagem é a comodidade na operacionalização a um custo acessível. INCorporativa Negócios - 17

18 Outro exemplo é a Full Gauge Controls, empresa que desenvolve e produz instrumentos digitais para controle e indicação de temperatura, umidade, tempo, pressão e voltagem. Com clientes localizados nos cinco con nentes, a companhia não abre mão dos serviços de assistência viagem. Para nós este é um item indispensável em todas as nossas viagens mundo afora, pois com ele temos a certeza de que nossos funcionários estarão tranquilos e seguros onde quer que seja. Sabemos que, caso necessário, terão todo o auxílio em situações inesperadas, garante Valéria Sales, supervisora de Marke ng da companhia. Ivanor Montanhana, diretor de Ramos Elementares da Vila Velha Seguros A Assist Card é a maior empresa de assistência viagem do mundo, há mais de 40 anos oferecendo soluções locais a emergências no exterior, sem custo adicional para seus clientes. Presente em 115 países, a companhia opera 24 horas, todos os dias do ano É muito comum em viagens as pessoas passarem mal e gastarem com remédios ou médicos sem saber, ou não lembrar que se elas adquiriram o Seguro Viagem, podem contar com suporte médico e outros serviços sem terem mais despesas, como a Localização da Bagagem ou até mesmo a cobertura de Cancelamento de Viagem, se houver necessidade de cancelar a viagem na última hora afirma, Ivanor Montanhana, diretor de Ramos Elementares da Vila Velha Seguros, uma das maiores corretoras de capital nacional do país. De maneira geral, há um consenso que os serviços que garantem a tranquilidade de quem está viajando a trabalho irão crescer muito nos próximos anos. A assistência viagem é um dos mais promissores do setor, não só pelo crescimento que ele vem apresentando, mas pelo potencial que pode alcançar. Afinal de contas, todos os trabalhadores também ram férias ao menos uma vez por ano e, geralmente, eles costumam viajar com a família para descansar e desestressar, explica Daniel Prieto, Country Manager da Assist Card Brasil. A assistência viagem chegou para ficar. Já houve a época da odontologia e do microsseguro. Acredito que agora o nosso serviço é a bola da vez INCorporativa Negócios

19 Etapas e benefícios de um bom planejamento financeiro Artigo Um projeto financeiro é um requisito importante para aqueles que querem poder usufruir das benesses que o dinheiro pode oferecer. E o planejamento ajuda e muito as pessoas a organizar suas finanças desde agora, até um futuro melhor. Existem vários ar gos que fornecem materiais, guias e as dicas de como organizar um bom plano financeiro. Abaixo seguem alguns passos para ajudar no seu planejamento e que irão lhe dar vários subsídios para alcançar um melhor resultado no futuro. Se você quer ser bem sucedido para organizar o seu próprio plano financeiro, você deve ser capaz de seguir os seguintes passos: Primeiro, você precisa calcular o seu rendimento. Principalmente, se você é casado, você e seu cônjuge terão dupla renda mensal. Então, é hora de calcular seus rendimentos tanto para ver quanto dinheiro vocês ganham em um mês, mas principlamente de quanto é o conjunto das despesas. Apenas cer fique-se que a Daniela Pacheco Telefones: (48) / Por Alessandro Lima* renda que você calcular é a renda es mada, isto é, deve ser es- mado quanto dinheiro você e seu cônjuge ganham aproximadamente de um mês para outro. Em segundo lugar, depois de saber o dinheiro que você e seu cônjuge ganham em um mês, então você pode começar a dividir a renda em várias seções. Sugere-se começar pela seção de emergência e a úl ma é a seção de gastos futuros, ou de poupança. Estas seções representam suas despesas no mês em que você organiza seu plano financeiro. Seção de emergência representa despesas para as necessidades de mais urgentes e a seção de gastos futuros representa quanto dinheiro você deve salvar em um mês para as suas necessidades futuras, como: filhos, educação, lazer, aposentadoria e assim por diante. Terceiro, um planejamento financeiro deve ser uma fotografia de cada mês, por isso é necessário fazer uma conclusão. É como fechar a úl ma página de contabi- lidade financeira, para abrir a nova página do novo planejamento financeiro, no próximo mês. E quais os bene cios que você terá de bom planejamento financeiro? Há vários, mas dentre eles podemos destacar: Primeiro, você será capaz de ver e analisar os seus rendimentos e o resultado deles. Ao conhecer os dados precisos sobre o que você ganha e o que você gasta, você pode ver o quanto você pode fazer com o dinheiro que você tem. Em segundo lugar, você será capaz de economizar mais e gastar menos, aumentando assim sua poupança. Quado se fala em aumento de poupança, isto nada mais é,do que deixar de gastar no presente para poder gastar mais no futuro, até porque ninguém tem a pretensão de levar algum patrimônio para o além-vida. Guardando mais do seu salário, você vai ser capaz de financiar suas necessidades futuras, mesmo as de emergência, sem precisar se endividar. Em terceiro lugar, o planejamento financeiro irá ajudá-lo a ser independente, enquanto gerir o seu dinheiro domés co (o dinheiro conjunto da família). O planejamento financeiro dá bons sinais para uma família e ajuda a ensinála a rar melhor proveito do que o dinheiro pode oferecer. O planejamento financeiro se faz necessário para qualquer pessoa, especialmente as que desejam aproveitar dos bene cios de estarmos vivendo cada vez mais e melhor. Gerenciar um bom plano financeiro gerará bene cios, tanto agora, quanto no futuro. * Alessandro Lima - Economista com Especialização em Finanças e Economia. Analista de Inves mentos, atua há mais de 15 anos no Mercado Financeiro. Autor de textos e ar gos sobre finanças e inves mentos. (48) INCorporativa Negócios - 19

20 Iluminação correta aumenta o conforto e a produtividade 20 - INCorporativa Negócios

(27) 99244-6441 (27) 98114-7058 (27) 98863-2295

(27) 99244-6441 (27) 98114-7058 (27) 98863-2295 Fortaleça o líder que há em você! Ser líder coach, não significa comprometer-se apenas com os resultados, mas com o indivíduo como um todo, com sua realização e o seu desenvolvimento mental, sico, emocional

Leia mais

Intensivo de Negociação Comercial

Intensivo de Negociação Comercial Programação Completa Treinamento Intensivo de Negociação Comercial Aprendendo com seus erros 01 e 02 de setembro de 2014 A quem se des na: Metodologia: Carga horária: Data: A empreendedores, empresários,

Leia mais

Programação Completa. Treinamento. O líder. que as empresas querem

Programação Completa. Treinamento. O líder. que as empresas querem Programação Completa Treinamento O líder que as empresas querem 15 e 16 de setembro de 2014 A quem se des na: Metodologia: Carga horária: O treinamento foi elaborado para o aprimoramento dos líderes e

Leia mais

ACECASTRO. Próxima edição - Outubro 2014 - Edição Comemora va 10 anos da Acecastro. Em comemoração ao Dia de Castro e 10 anos da Associação

ACECASTRO. Próxima edição - Outubro 2014 - Edição Comemora va 10 anos da Acecastro. Em comemoração ao Dia de Castro e 10 anos da Associação Seu Bole m Informa vo Bole m nº 1 - Setembro 2014 Próxima edição - Outubro 2014 - Edição Comemora va 10 anos da Acecastro CAFÉ BOM NEGÓCIO Um novo modelo de encontros que proporciona a você. DIA D CARTA

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES

Solicitando o Cartão BNDES Solicitando o Cartão BNDES Atualizado em 30/06/2014 Pág.: 1/12 Introdução Este manual destina-se a orientar as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) na solicitação do Cartão BNDES no site do Cartão

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES

Solicitando o Cartão BNDES Solicitando o Cartão BNDES Atualizado em 13/09/2013 Pág.: 1/15 Introdução Este manual destina-se a orientar as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) na solicitação do Cartão BNDES no Portal de Operações

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES

Solicitando o Cartão BNDES Solicitando o Cartão BNDES Atualizado em 03/03/2010 Pág.: 1/18 Introdução Este manual destina-se a orientar as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) na solicitação do Cartão BNDES no Portal de Operações

Leia mais

BNDES Turismo. BNDES Turismo. Foz do Iguaçu 18 de Junho 2011

BNDES Turismo. BNDES Turismo. Foz do Iguaçu 18 de Junho 2011 BNDES Turismo BNDES Turismo Foz do Iguaçu 18 de Junho 2011 Agenda Informações Institucionais Apoio ao Turismo Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas - Projetos de Investimento; - Aquisição

Leia mais

opções de crédito para sua empresa

opções de crédito para sua empresa para sua empresa sumário introdução... 3 cartão bndes... 6 Introdução... 7 Custos operacionais... 8 Recebimentos... 9 Distribuidores... 9 Exemplos de operação...10 Revendedor compra com o Cartão BNDES

Leia mais

PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA

PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA Prestação de Serviço de Configuração de Portal de Cidade VISÃO GERAL PESM Projeto Eu Sou de Minas tem a satisfação de enviar esta proposta de serviços

Leia mais

INSTITUI A POLÍTICA MUNICIPAL DE FOMENTO À ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA E CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DE ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA.

INSTITUI A POLÍTICA MUNICIPAL DE FOMENTO À ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA E CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DE ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA. www.leismunicipais.com.br LEI Nº 14.786 DE 23 DE FEVEREIRO DE 2016 INSTITUI A POLÍTICA MUNICIPAL DE FOMENTO À ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA E CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DE ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA. A CÂMARA

Leia mais

Apoio do BNDES às Empresas de Comércio e Serviços. São Paulo - SP 24.jun.2015

Apoio do BNDES às Empresas de Comércio e Serviços. São Paulo - SP 24.jun.2015 Apoio do BNDES às Empresas de Comércio e Serviços São Paulo - SP 24.jun.2015 Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952 Empresa pública de propriedade integral da União Principal fonte de crédito de longo

Leia mais

Cartão Corporativo EBTA

Cartão Corporativo EBTA Cartão Corporativo EBTA Sobre o EBTA A Best Way disponibiliza aos seus clientes um serviço moderno no mercado do turismo corporativo: o Cartão EBTA. O EBTA é uma solução destinada exclusivamente à gestão

Leia mais

Cartão BNDES. Volta Redonda RJ. 06 de abril de 2011

Cartão BNDES. Volta Redonda RJ. 06 de abril de 2011 Cartão BNDES Volta Redonda RJ 06 de abril de 2011 Cartão BNDES Baseado no conceito de cartão de crédito, visa financiar de forma ágil e simplificada os investimentos das MPMEs. Como Funciona? Ambiente

Leia mais

Informa vo Dascam 008-16 de abril de 2014

Informa vo Dascam 008-16 de abril de 2014 Para alguns a Informa zação da Burocracia para outros Excesso de informações ao Governo mas o fato é que o Siscoserv já está em funcionamento há aproximadamente 20 meses, com mais de 5 milhões de registros

Leia mais

Cartão BNDES Peças, Partes e Componentes. São Paulo, 23 de setembro de 2010

Cartão BNDES Peças, Partes e Componentes. São Paulo, 23 de setembro de 2010 Cartão BNDES Peças, Partes e Componentes São Paulo, 23 de setembro de 2010 Cartão BNDES Baseado no conceito de cartão de crédito, visa financiar de forma ágil e simplificada os investimentos das MPMEs.

Leia mais

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA SUMÁRIO >> Introdução... 3 >> O que é a nota fiscal eletrônica?... 6 >> O que muda com esse novo modelo de documento fiscal?... 8 >> O DANFE - Documento Acessório

Leia mais

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança 03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança Render 5 Vezes Mais por Leandro Sierra Índice Apresentação...03 Introdução... 04 Passo 1...05 Passo 2... 08 Educação Financeira para a Segurança do seu Investimento...

Leia mais

Com esse guia, nós vamos te ajudar a organizar a gestão das viagens da sua empresa.

Com esse guia, nós vamos te ajudar a organizar a gestão das viagens da sua empresa. Com esse guia, nós vamos te ajudar a organizar a gestão das viagens da sua empresa. Economizar é a prioridade e sabemos que é possível ter até 40% de economia se a empresa nunca teve nenhum tipo de controle

Leia mais

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA LINHAS DE FINANCIAMENTO E ACESSO AO CRÉDITO PARA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO 13 / 4 / 09 ACESSO AO CRÉDITO PARA AS MICROS E

Leia mais

Declaração do Imposto de Renda 2015

Declaração do Imposto de Renda 2015 Declaração do Imposto de Renda 2015 Índice Download do programa e telas iniciais Iden ficação do contribuinte Dependentes Alimentandos Rendimentos Imposto pago/re do (e imposto no exterior) Pagamentos

Leia mais

SOBRE A MUNDIAL VISÃO

SOBRE A MUNDIAL VISÃO CARRO RESERVA SOBRE A MUNDIAL A Mundial inovou o mercado de proteção veicular, oferecendo uma grande diversidade de bene cios para você e sua empresa. Hoje, contamos com profissionais altamente qualificados,

Leia mais

Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil.

Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil. Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil. Indústria É assim que e Comércio a gente segue Exterior em frente. Introdução Atualmente, muitos

Leia mais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita Federal. O incentivo

Leia mais

Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO. seja um

Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO. seja um Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO seja um A Boa Vista Serviços é uma empresa genuinamente brasileira, atualizada e inovadora, constituída para a operação do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

Linhas de Financiamento para a Construção Civil

Linhas de Financiamento para a Construção Civil Linhas de Financiamento para a Construção Civil Câmara Brasileira da Indústria de Construção 16 de dezembro de 2009 Quem somos Fundado em 20 de junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da

Leia mais

Apoio do BNDES a Provedores Regionais de Internet. Curitiba / PR 17 de março de 2014

Apoio do BNDES a Provedores Regionais de Internet. Curitiba / PR 17 de março de 2014 Apoio do BNDES a Provedores Regionais de Internet Curitiba / PR 17 de março de 2014 Agenda Informações Institucionais Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas Projetos de Investimento Aquisição de Máquinas

Leia mais

A importância de um plano de aposentadoria complementar

A importância de um plano de aposentadoria complementar INFORMATIVO É a melhor maneira de planejar a sua aposentadoria; Poupança com 100% de rentabilidade - Parte Patrocinadora; Rentabilidade totalmente revertida ao participante Datusprev sem fins lucrativos;

Leia mais

O BNDES Mais Perto de Você. julho de 2009

O BNDES Mais Perto de Você. julho de 2009 O BNDES Mais Perto de Você julho de 2009 Quem somos Fundado em 20 de junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União Federal; Principal fonte de crédito de longo prazo; Subsidiárias BNDESPar

Leia mais

Política de Viagem Quatro Estações

Política de Viagem Quatro Estações 1 Gestão De Viagens Corporativas Construindo Uma Política De Viagens Mais Efetiva O documento em questão visa difundir informações, consolidar as práticas de mercado que nós consideramos importantes na

Leia mais

online upload http://www.eletrossaude.com.br

online upload http://www.eletrossaude.com.br online upload http://www.eletrossaude.com.br 1 Prezados Credenciados, Vimos informar o passo a passo para acesso ao ambiente online do Eletros-Saúde, que permi rá a consulta online do Demonstra vo de Pagamento

Leia mais

+ BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES

+ BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES + BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES CDL CARTÕES +FACILIDADE Com o objetivo de oferecer soluções para facilitar a vida dos associados e seus funcionários, a FCDL-MG se uniu à Valle Express,

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

Folha de Domésticos e Automação dos Recolhimentos para o Empregador. Domésticos integra o empregador ao. www.paggadomesticos.com.

Folha de Domésticos e Automação dos Recolhimentos para o Empregador. Domésticos integra o empregador ao. www.paggadomesticos.com. Folha de Domésticos e Automação dos Recolhimentos para o Empregador Domésticos integra o empregador ao A nova lei das domésticas Novembro/2015 é o mês da implantação definitiva da nova lei das domésticas.

Leia mais

O BNDES mais perto de você. abril de 2009

O BNDES mais perto de você. abril de 2009 O BNDES mais perto de você abril de 2009 Quem somos Fundado em 20 de junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União Federal; Principal fonte de crédito de longo prazo; Apoio ao mercado

Leia mais

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio.

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Plano de negócios estruturado ajuda na hora de conseguir financiamento. Veja dicas de especialistas e saiba itens que precisam constar

Leia mais

CHEGOU A EVOLUÇÃO DO MUNDO GRÁFICO

CHEGOU A EVOLUÇÃO DO MUNDO GRÁFICO CHEGOU A EVOLUÇÃO DO MUNDO GRÁFICO UMA TECNOLOGIA QUE VAI MUDAR A FORMA DE COMO SE COMPRA SERVIÇOS GRÁFICOS a s o l u çã o i n te l i g e n te Web-to-print o casamento perfeito entre a internet e impressão

Leia mais

Série Manuais. Checklist de E-mail Marke ng: 10 dicas para organizar sua campanha

Série Manuais. Checklist de E-mail Marke ng: 10 dicas para organizar sua campanha Série Manuais Checklist de E-mail Marke ng: 10 dicas para organizar sua campanha www.allinmail.com.br INTRODUÇÃO E-mail marke ng é uma ferramenta de extrema importância no desenvolvimento de estratégias

Leia mais

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO FIMT

MANUAL DO USUÁRIO FIMT FÁCIL IMÓVEL MT MANUAL DO USUÁRIO FIMT GESTOR IMOBILIÁRIO SANDRO RAMIRO 05/06/2015 Manual completo de funcionalidade do Sistema FIMT. Versão 2.0 INTRODUÇÃO PÁGINA INICIAL 03 ANUNCIANTE 04 LANÇAMENTO 05

Leia mais

Jornal Comente. Circular de Oferta de Franquia

Jornal Comente. Circular de Oferta de Franquia Circular de Oferta de Franquia Sumário Quem somos pg 03 Dados e organização societária pg 04 Como Funciona pg 05 Produtos pg 06 Perfil do Franqueado pg 07 Vantagens de ser um franqueado pg 08 Kit de Franquia

Leia mais

Orientações sobre Micro Empreendedor Individual

Orientações sobre Micro Empreendedor Individual Orientações sobre Micro Empreendedor Individual Micro Empreendedor individual Definição Microempreendedor Individual (MEI) é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário.

Leia mais

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas Campinas - SP 17.mar.2015 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Como apoiamos? Operações Indiretas N o de operações 2014*

Leia mais

DINHEIRO DE PLÁSTICO- CARTÕES DE DÉBITO E CRÉDITO

DINHEIRO DE PLÁSTICO- CARTÕES DE DÉBITO E CRÉDITO DINHEIRO DE PLÁSTICO- CARTÕES DE DÉBITO E CRÉDITO Os cartões de débito e crédito facilitam o dia a dia e proporcionam maior segurança tanto para o cliente pessoa física quanto para as empresas que se utilizam

Leia mais

COMO ABRIR SUA EMPRESA

COMO ABRIR SUA EMPRESA COMO ABRIR SUA EMPRESA Hoje, ter o próprio negócio é algo muito comum. Flexibilidade, possibilidade de aumentar a renda e instabilidade como funcionário são os principais motivos para se empreender. É

Leia mais

Apoio às MPMEs. Sorocaba/SP. 30 de novembro de 2011

Apoio às MPMEs. Sorocaba/SP. 30 de novembro de 2011 Apoio às MPMEs Sorocaba/SP 30 de novembro de 2011 Missão Banco do DESENVOLVIMENTO Competitividade e sustentabilidade Redução das desigualdades sociais e regionais Áreas de atuação Inovação Infra-estrutura

Leia mais

Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa

Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa Versão 3.0.7 BBTUR VIAGENS E TURISMO 27/08/2014 1 Sumário 1. Cadastro de colaboradores...5 1.1 Cadastrar/Pesquisar um Colaborador...5

Leia mais

O Coaching pode ajudar uma pessoa a:

O Coaching pode ajudar uma pessoa a: O que é o Coaching O que é o Coaching É um processo compartilhado de desenvolvimento pessoal e profissional focado em ações no presente, para tornar real suas intenções de atingir objetivos e alcançar

Leia mais

Entendendo custos, despesas e preço de venda

Entendendo custos, despesas e preço de venda Demonstrativo de Resultados O empresário e gestor da pequena empresa, mais do que nunca, precisa dedicar-se ao uso de técnicas e instrumentos adequados de gestão financeira, para mapear a situação do empreendimento

Leia mais

Sicredi União PR e ACEJ: Uma parceria que coopera com o seu crescimento.

Sicredi União PR e ACEJ: Uma parceria que coopera com o seu crescimento. Sicredi União PR e ACEJ: Uma parceria que coopera com o seu crescimento. Parceria Sicredi e ACEJ O objetivo desta parceria é proporcionar redução de custo financeiro para os empresários de Jaguapitã através

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em fevereiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

Apresentação. Empresarial SOLUÇÕES EM TI

Apresentação. Empresarial SOLUÇÕES EM TI Apresentação Empresarial 2013 2014 SOLUÇÕES EM TI Ins tucional A Empresa Empresa focada na gestão de tecnologia da informação, que visa proporcionar a seus clientes redução dos gastos com TI, monitoramento

Leia mais

SCPC - SERVIÇO CENTRAL DE PROTEÇÃO AO CRÉDITO E INFORMAÇÕES

SCPC - SERVIÇO CENTRAL DE PROTEÇÃO AO CRÉDITO E INFORMAÇÕES Muitos associados não dão importância à prestação de serviços de sua entidade de classe, considerando-a como um local para encontros, intercâmbio de opiniões e uma espécie de clube para discussão das últimas

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

As MPE s como eixo central de cadeias produtivas

As MPE s como eixo central de cadeias produtivas As MPE s como eixo central de cadeias produtivas Guilherme Lacerda Diretor de Infraestrutura Social, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social Madrid Outubro 2012 MPEs Importância, Desafios e Contribuições

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul GESTÃO FINANCEIRA para ficar no azul índice 03 Introdução 04 Capítulo 1 O que é gestão financeira? 06 Capítulo 2 Gestão financeira e tomada de decisões 11 13 18 Capítulo 3 Como projetar seu fluxo financeiro

Leia mais

(27) 99244-6441 (27) 98114-7058 (27) 98863-2295

(27) 99244-6441 (27) 98114-7058 (27) 98863-2295 O Coaching é um método prá co e eficaz que vem transformando a vida das pessoas. Na área educacional, os resultados ob dos são excelentes. Ajuda os profissionais de educação, tanto na sua vida pessoal

Leia mais

Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos

Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos Diretor de negócios Gigatron Franchising Diretor CTRA Centro Tecnológico da Região de Araçatuba Diretor ABRADI-isp Associação Brasileira

Leia mais

Cartão BNDES. financiar de forma ágil e simplificada os investimentos das MPMEs.

Cartão BNDES. financiar de forma ágil e simplificada os investimentos das MPMEs. Cartão BNDES ABCEM 02/08/2010 Cartão BNDES Baseado no conceito de cartão de crédito, visa financiar de forma ágil e simplificada os investimentos das MPMEs. Como Funciona? Ambiente de Negócios 300 mil

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Somos uma empresa especializada em desenvolver e implementar soluções de alto impacto na gestão e competitividade empresarial. Nossa missão é agregar valor aos negócios de nossos

Leia mais

Reunião de Trabalho da cadeia produtiva de Defesa e Segurança do Grande ABC. São Bernardo do Campo - SP 18 de abril de 2013

Reunião de Trabalho da cadeia produtiva de Defesa e Segurança do Grande ABC. São Bernardo do Campo - SP 18 de abril de 2013 Reunião de Trabalho da cadeia produtiva de Defesa e Segurança do Grande ABC São Bernardo do Campo - SP 18 de abril de 2013 Agenda 1. Informações Institucionais 2. Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas

Leia mais

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. A maioria absoluta das avaliações obtêm excelentes resultados,

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Mensagem do Administrador

Mensagem do Administrador Educação Financeira Índice 1. Mensagem do administrador... 01 2. O Cartão de crédito... 02 3. Conhecendo sua fatura... 03 4. Até quanto gastar com seu cartão... 07 5. Educação financeira... 08 6. Dicas

Leia mais

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. Outra característica marcante: Cada palestra é um projeto

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO. ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL. Manual de Operação do SIMPLES 1

MANUAL DE OPERAÇÃO. ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL. Manual de Operação do SIMPLES 1 Manual de Operação do SIMPLES 1 MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. Manual de Operação do SIMPLES 2 A Empresa A ASP Desenvolvimento de Softwares

Leia mais

A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA

A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA Bernardo Leite AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO HÁ TEMPOS... Objetivos principais: Aumento de salário Demissão CONCLUSÃO: A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO É um processo natural e

Leia mais

O que pode ser financiado?

O que pode ser financiado? BNDES Automático Projetos de Investimento BNDES Automático Obras civis, montagem e instalações Móveis e Utensílios Estudos e projetos de engenharia associados ao investimento Pesquisa, Desenvolvimento

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em janeiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO

FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO SUMÁRIO QUEM SOMOS PREMIAÇÕES ONDE ESTAMOS NOSSO NEGÓCIO MULTIMARCAS MULTISERVIÇOS PERFIL DO FRANQUEADO VANTAGENS DA FRANQUIA CLUBE TURISMO DESCRITIVO DO INVESTIMENTO PROCESSO

Leia mais

Cartão BNDES. Guia Cartão BNDES

Cartão BNDES. Guia Cartão BNDES Guia O é destinado para micro, pequenas e médias empresas para o financiamento da compra de equipamentos, serviços e insumos. As vendas com o cartão BNDES são realizadas exclusivamente no Portal (www.cartaobndes.gov.br)

Leia mais

COM. 02 - PUBLICAÇÕES

COM. 02 - PUBLICAÇÕES 1 de 9 PUBLICAÇÕES MACROPROCESSO MARKETING E PROCESSO PUBLICAÇÕES - PUBLICAÇÕES 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 2 4. PROCEDIMENTOS... 2 4.1 DEFINIÇÃO DO SERVIÇO E SUA

Leia mais

TÍTULO: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL - A IMPORTÂNCIA DA FORMALIZAÇÃO

TÍTULO: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL - A IMPORTÂNCIA DA FORMALIZAÇÃO TÍTULO: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL - A IMPORTÂNCIA DA FORMALIZAÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE RIO CLARO AUTOR(ES):

Leia mais

CAFÉ COM CRÉDITO. Santo André - SP. 06 de outubro de 2009

CAFÉ COM CRÉDITO. Santo André - SP. 06 de outubro de 2009 CAFÉ COM CRÉDITO Santo André - SP 06 de outubro de 2009 Missão Banco do DESENVOLVIMENTO Competitividade e sustentabilidade Redução das desigualdades sociais e regionais Áreas de atuação Inovação Bens de

Leia mais

Apresentação. programa extensivo de treinamento

Apresentação. programa extensivo de treinamento Apresentação programa extensivo de treinamento GUIA DA APRESENTAÇÃO O que é coaching? 04 O concurso 06 Quem somos? 08 Nosso método 10 Investimento 16 Inscrição 17 2 O que é coaching? e como ele funciona

Leia mais

Transformando seu investimento ERP em resultados para seu negócio

Transformando seu investimento ERP em resultados para seu negócio 1 SUMÁRIO 1 2 3 4 Introdução A história do ERP O que um ERP fará pelo seu negócio? 1.1 - Otimização dos processos 1.2 - Gerenciamento completo 1.3 - Informações relevantes 1.4 - Controle Tributário ERP

Leia mais

Família e dinheiro. Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? Todos juntos ganham mais

Família e dinheiro. Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? Todos juntos ganham mais 1016327-7 - set/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

MAIS HUMANAS! Quanto eu devo pagar - Para utilizar nossa estrutura, o instrutor além de não pagar, ainda recebe 60% pelos cursos vendidos

MAIS HUMANAS! Quanto eu devo pagar - Para utilizar nossa estrutura, o instrutor além de não pagar, ainda recebe 60% pelos cursos vendidos Cursos humanizados - A Educar e Transformar se dedica ao sonho de gerar cursos para lideranças profissionais de recursos humanos, com mentalidade de humanização na administração, cursos para líderes, motivação,

Leia mais

TELELAUDO C O N E X Ã O. 5 mo vos para cur r a Telelaudo Odonto. Soluções eficientes 24h por dia, 7 dias por semana

TELELAUDO C O N E X Ã O. 5 mo vos para cur r a Telelaudo Odonto. Soluções eficientes 24h por dia, 7 dias por semana C O N E X Ã O TELELAUDO A R A D I O L O G I A S E M F R O N T E I R A S E d i ç ã o 5 / 2 0 1 5 Soluções eficientes 24h por dia, 7 dias por semana Pág. 4 5 mo vos para cur r a Telelaudo Odonto Pág. 7 Coragem

Leia mais

Palestra MPME. 30 de junho de 2011

Palestra MPME. 30 de junho de 2011 Palestra MPME 30 de junho de 2011 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Operações Indiretas Instituições financeiras credenciadas pelo BNDES Empresário Informação e Relacionamento

Leia mais

AGENDA. Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing. 02 de Julho. Hotel Intercontinental São Paulo/SP 5ª EDIÇÃO.

AGENDA. Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing. 02 de Julho. Hotel Intercontinental São Paulo/SP 5ª EDIÇÃO. AGENDA Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing 5ª EDIÇÃO D 02 de Julho? Hotel Intercontinental São Paulo/SP Realização: www.corpbusiness.com.br Patrocínio Bronze Apoio Realização:

Leia mais

COMO A GIR NA CRI $E 1

COMO A GIR NA CRI $E 1 1 COMO AGIR NA CRI$E COMO AGIR NA CRISE A turbulência econômica mundial provocada pela crise bancária nos Estados Unidos e Europa atingirá todos os países do mundo, com diferentes níveis de intensidade.

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

Parceria de sucesso para sua empresa

Parceria de sucesso para sua empresa Parceria de sucesso para sua empresa A Empresa O Grupo Espaço Solução atua no mercado de assessoria e consultoria empresarial há 14 anos, sempre realizando trabalhos extremamente profissionais, pautados

Leia mais

P R O P O S T A D E FRANQUIA

P R O P O S T A D E FRANQUIA P R O P O S T A D E FRANQUIA Conheça a Depil Out Com base na franca expansão do setor de prestação de serviços e acreditando nas perspectivas cada vez mais promissoras; após estudo minucioso de como seria

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel #103 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel Consórcio ou financiamento? Poupança com ganho real Investimento volta a superar a inflação

Leia mais

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa mais ágil, com menos papel e mais resultados. 2 ÍNDICE

Leia mais

O melhor crédito para você

O melhor crédito para você 1016324-4 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

Formalizando o negócio

Formalizando o negócio NEGÓCIO CERTO COMO CRIAR E ADMINISTRAR BEM SUA EMPRESA Formalizando o negócio Manual Etapa 3/Parte 2 Bem-vindo! É um prazer ter você participando da Etapa 3 do Programa de Auto-Atendimento Negócio Certo,

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

FRANQUEADO. Cartilha do. Av. Rio Branco, 50-20 andar - Centro, RJ (21) 3806-3700 / 2516-0368

FRANQUEADO. Cartilha do. Av. Rio Branco, 50-20 andar - Centro, RJ (21) 3806-3700 / 2516-0368 Av. Rio Branco, 50-20 andar - Centro, RJ (21) 3806-3700 / 2516-0368 Av. das Américas, 4.200 - Bl. 08-B, Sala 104 Centro Empresarial Barra Shopping Barra da Tijuca, RJ (21) 2480-1911 Av. Paulista, 807 -

Leia mais

Resumo Executivo. Modelo de Planejamento. Resumo Executivo. Resumo Executivo. O Produto ou Serviço. O Produto ou Serviço 28/04/2011

Resumo Executivo. Modelo de Planejamento. Resumo Executivo. Resumo Executivo. O Produto ou Serviço. O Produto ou Serviço 28/04/2011 Resumo Executivo Modelo de Planejamento O Resumo Executivo é comumente apontada como a principal seção do planejamento, pois através dele é que se perceberá o conteúdo a seguir o que interessa ou não e,

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 5: Serviços Bancários Objetivo Conscientizar nossos clientes sobre os serviços bancários e as funções de cada funcionário O conteúdo deste material é baseado

Leia mais

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica sumário >> Introdução... 3 >> Nota fiscal eletrônica: o começo de tudo... 6 >> Nota fiscal de consumidor eletrônica (NFC-e)... 10 >> Quais as vantagens

Leia mais

Produtos e Serviços. Convênio. Banco do Brasil S.A. e FENACAT

Produtos e Serviços. Convênio. Banco do Brasil S.A. e FENACAT Produtos e Serviços Convênio Banco do Brasil S.A. e FENACAT 2 Prezadas Associadas, As informações aqui tratadas orientam sobre como obter os benefícios e utilizar os produtos e serviços descritos nesta

Leia mais

www.portalesocial.com.br

www.portalesocial.com.br www.portalesocial.com.br ÍNDICE: Introdução Pág. 03 O esocial: principais mudanças e desafios Pág. 03 Objetivos do esocial Pág. 04 Vantagens do esocial Pág. 04 Sobre a Pesquisa Pág. 05 Implantação do esocial:

Leia mais

GUIA DE SERVIÇOS E BENEFÍCIOS

GUIA DE SERVIÇOS E BENEFÍCIOS GUIA DE SERVIÇOS E BENEFÍCIOS VEJA COMO UTILIZAR O DE FORMA PRÁTICA E SEGURA. DESBLOQUEIO DO CARTÃO Sua senha foi enviada anteriormente para seu endereço. Caso não a tenha recebido, ligue para a Central

Leia mais