Ano V nº 47 jul/ago Publicação bimestral do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ano V nº 47 jul/ago 2010. Publicação bimestral do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas"

Transcrição

1 Ano V nº 47 jul/ago 2010 Publicação bimestral do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas Escola SENAI e o efeito Copa 2014

2 índice 9Samaúma 2 em exposição na SBPC de Natal 23 FIEAM comemora seus 50 anos 32 SESI Bonecos do Brasil 4SESI vai ampliar Projeto Lego nas escolas em Projeto Norte Competitivo inicia segunda fase DAMPI promove curso sobre 6 liderança coach 7Presidente Lula garante à CNI núcleos de inovação nos Estados Com SESI e SENAI juntos, 10EBEP vira referência no país SENAI conclui cooperação 12técnica com o Suriname Dia da Construção Social 13 no Clube do Trabalhador Construção Civil já sente 18os efeitos da Copa 2014 Sebrae/AM lança cartilha 22 para oficinas mecânicas SESI conquista 1º lugar na 30 Copa Roraima de Karatê Veja as empresas vencedoras 31 do SESI Jogos Estaduais 2010 SESI Música em noite de 33 grande festa no Clube 2

3 Miguel Ângelo/CNI editorial É justo e até necessário que façamos aqui uma retrospectiva da trajetória da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas que, neste mês de agosto, completa cinco décadas de existência. Nesse período, a FIEAM tem se mantido fiel à defesa dos interesses da indústria no Amazonas, conforme sua missão, investindo no aperfeiçoamento da qualidade dos recursos humanos oferecidos ao segmento e atuando de forma decisiva em prol dos valores regionais. Se pegarmos o mapa do tempo da indústria amazonense vemos que o ponto de partida está na criação da Companhia de Petróleo da Amazônia (Copam) para administrar a refinaria que seria inaugurada em 1956, hoje pertencente à Petrobras, sob a denominação de Reman Refinaria Isaac Sabbá. O mapa passa também pela Operação Amazônia, ação governamental que, em 1966, levou à criação do Banco da Amazônia S.A. (Basa), e, mais tarde, da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), e tendo como ponto culminante a criação da Zona Franca de Manaus. Entre um fato e outro, não podemos esquecer que na inauguração da FIEAM, em 3 de agosto de 1960, estavam os pioneiros diretoria Além dos festejos a que têm direito, os 50 anos da FIEAM se apresentam como uma grande oportunidade para refletirmos sobre nosso papel na defesa dos interesses da indústria do Estado Antonio Carlos da Silva Presidente do Sistema FiEAM delegados e líderes sindicais que azeitaram a máquina industrial do Estado desde o início do século. Como sexto presidente, coube a mim a honra de conduzir os festejos desta data, mas tenho o dever de registrar aqui os nomes daqueles que efetivamente contribuíram e tornaram possível esse acontecimento ao fundar esta federação: Abrahão Sabbá, Moyses Israel, Petrônio Augusto Pinheiro, Francisco das Chagas Menezes e Alcides Ramos Paes. Devemos render nossas homenagens, também, aos homens que, como presidentes, construíram e tornaram sólido este patrimônio: Abrahão Sabbá, Antonio de Andrade Simões, João de Mendonça Furtado, Francisco Garcia e José Nasser, que nos deixaram um legado de realizações. Além dos festejos a que têm direito, os 50 anos da FIEAM se apresentam como uma grande oportunidade para refletirmos sobre o papel que temos exercido ao longo das últimas décadas na defesa dos interesses do segmento industrial do nosso Estado, contribuindo efetivamente para o seu desenvolvimento em condições sustentáveis. Nos últimos anos é inegável a contribuição da FIEAM, seja no acompanhamento da atuação dos nossos parlamentares, ou atuando diretamente em prol de projetos que consolidem o Pólo Industrial de Manaus. Temos pela frente muito mais a conquistar fortalecendo o princípio de união e integração em nossas bases. Presidente: ANTONIO CARLOS DA SILVA 1º Vice-Presidente: ATHAYDES MARIANO FÉLIX 2º Vice-Presidente: AMÉRICO AUGUSTO SOUTO RODRIGUES ESTEVES Vice-Presidentes: TEREZA CRISTINA CALDERARO CORRÊA, FRANCISCO RITTA BER- NARDINO, ROBERTO DE LIMA CAMINHA FILHO, NELSON AZEVEDO DOS SANTOS, NEILSON DA CRUZ CAVALCANTE, ALDIMAR JOSÉ DIGER PAES, WILSON LUIZ BUZATO PÉRICO, CARLOS ALBERTO ROSAS MONTEIRO, JOAQUIM AUZIER DE ALMEIDA, AGOS- TINHO DE OLIVEIRA FREITAS 1º Secretário: AUGUSTO CÉSAR COSTA DA SILVA 2º Secretário: ORLANDO GUALBERTO CIDADE FILHO 1º Tesoureiro: JONAS MARTINS NEVES 2º Tesoureiro: AMAURI CARLOS BLANCO Diretores Suplentes: PAULO SHUITI TAKEUCHI, FRANK BENZECRY, ENGELS LO- MAS DE MEDEIROS, MÁRIO JORGE MEDEIROS DE MORAES, SÓCRATES BOMFIM NETO, LUIZ CARVALHO CRUZ, JOSÉ AUGUSTO PINTO CARDOSO, RONALDO GALL, CARLOS ALBERTO MONTEIRO, JAIME TERUO MATSUI, FRANCISCO AUGUSTO SOU- TO RODRIGUES ESTEVES, JOSÉ MIGUEL DA SILVA NASSER, DAVID CUNHA NÓVOA, ARIOVALDO FRANCISCHINI DE SOUZA, CARLOS ALBERTO MARQUES DE AZEVEDO Conselho Fiscal: TITULARES: MOYSES BENARROS ISRAEL, RENATO DE PAULA SI- MÕES, ALCY HAGGE CAVALCANTE SUPLENTES: FERNANDO BRANDÃO DE ALBUQUER- QUE, CARLOS ALBERTO SOUTO MAIOR CONDE, DAVID NÓVOA GONZALES Delegados Representantes junto ao Conselho da CNI TITULARES: JOSÉ NASSER, ANTONIO CARLOS DA SILVA SUPLENTES: ATHAYDES MARIANO FÉLIX, AMÉRICO AUGUSTO SOUTO RODRIGUES ESTE- VES expediente Revista editada pelo Sistema FIEAM COORDENADORIA GERAL DO CEN- TRO DE SERVIÇO COMPARTILHADO Luiz Alberto Monteiro Medeiros DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING Paulo Roberto Gomes Pereira GERÊNCIA DE COMUNICAÇÃO Idelzuita Araújo - MTb 049/AM REDAÇÃO Ademar Medeiros - MTb 289/AM Evelyn Lima - MTb 151/AM Irinéia Coelho - MTb 343/AM Mário Freire - MTb 092/AM COLABORAÇÃO Cássia Guterres Márcio Vieira - MTb/AM 0189 Vanessa Damasceno Diagramação Herivaldo da Matta - MTb 111/AM Capa e Publicidade Mary Martins FOTOGRAFIAS Comunicação Os conteúdos dos artigos e textos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores. Av. Joaquim Nabuco, 1919 Centro CEP Manaus/AM Fone: (0xx92) Fax: (0xx92)

4 educação SESI vai ampliar Projeto Lego em 2011 Ampliação do projeto educacional vai beneficiar, em 2011, também a Educação de Jovens e Adultos Cinquenta professores da Rede SESI Amazonas de Educação receberam, em agosto, capacitação para trabalhar com o Projeto Educacional Lego. Pais de alunos da instituição também participaram de oficinas realizadas pelos consultores para vivenciar a prática da metodologia desenvolvida nas escolas. A proposta é reforçar a qualidade da educação do SESI Amazonas, disse a gerente da Educação de Crianças e Adolescentes (Cria), do SESI, Cassandra Augusta. A coordenadora estadual do projeto no SESI, Lourdes Cavalcanti, explica que o projeto teve início em 2007 e atende, em Manaus, as unidades Dioclécio de Miranda Corrêa, no bairro São Jorge, Emina Barbosa Mustafa, no São José I, e Adalberto Ferreira do Valle, na Ica-Paraíba; e em Itacoatiara, a 175 quilômetros de Manaus, a Unidade Vicente Mendonça Escola Abrahão Sabbá. Em 2011, quando o SESI Amazonas deverá atender a pelo menos 5,5 mil alunos, a ferramenta Lego será ampliada para beneficiar tanto alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano quanto os estudantes de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para o supervisor educacional da Lego, Anderson Sousa, o projeto Lego é interdisciplinar e todos os conteúdos trabalhados na sala de aula reaparecem no momento da aula Lego, permitindo ao aluno trabalhar teoria e prática, dando significado ao conhecimento adquirido mediante leitura e texto. Na Rede SESI de Educação, 18 estados participam do projeto beneficiando 250 unidades educacionais. No projeto Lego, o trabalho é realizado em grupo e cada aluno tem função e responsabilidade específicas no desenvolvimento de suas ideias. De acordo com a coordenadora de gestão da Lego, Alethéa Tosto, o projeto é uma ferramenta tecnológica e se baseia no aprender fazendo, e permite que o aluno seja o construtor do seu conhecimento. O projeto está apoiado nos quatro pilares da educação, adotados pela Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco): aprender a ser, aprender a conviver, aprender a aprender e aprender a fazer. Segundo Alethéa, no projeto educacional Lego, o professor passa a atuar como mediador, estimulando o aluno a questionar para poder encontrar as respostas, e que, ao fim de cada montagem, é dado um desafio a cada grupo para que acrescente mais elementos na montagem. Ela cita outros benefícios do projeto, como a redução da repetência e mudança de comportamento escola-casa. Mais informações pelos telefones / A coordenadora de Gestão da Lego, Alethéa Tosto, acompanhou a capacitação oferecida em agosto pela Rede SESI de Educação, para professores, pais e alunos

5 logística O consultor Olivier Girard apresentou, em reunião com diretores da FIEAM, a segunda etapa do Projeto Norte Competitivo, com o resultado das pesquisas realizadas Norte Competitivo apresenta diagnóstico Construção da BR-163 é um dos destaques no relatório apresentado pelo Projeto Norte Competitivo Oconsultor da empresa Macrologística, Oliver Girard, voltou a se reunir com a diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), desta vez, para apresentar a segunda etapa do Projeto Norte Competitivo. Depois de quatro meses de pesquisas, percorrendo os Estados da região e reunindo-se com empresas e órgãos, os consultores diagnosticaram os principais problemas de logística da região amazônica e fizeram o levantamento dos 150 projetos existentes na Amazônia Legal. Foram avaliadas as 16 principais cadeias produtivas da região, que somam 50 produtos e são responsáveis por 98% do que é produzido na região. A Macrologística realizou ainda levantamento de custos logísticos como frete, armazenagem e portuários, visando identificar possibilidades logísticas e retorno sobre o investimento. Projetos de interesse Um dos projetos mais importantes para o Amazonas é a construção da BR-163, que interligará Santarém (PA) a Cuiabá (MT). Segundo Olivier, a estrada reduzirá em até três dias o frete para o Amazonas, influenciando nos custos. A BR-163 é a maneira de Manaus ficar mais próxima do centro do Brasil, vislumbrou. O estudo previu ainda a necessidade da construção de um novo porto em Manaus, um porto de contêineres em Porto Velho (RO) e um porto de grãos em Itacoatiara (AM). Sobre a recuperação da BR-319, o consultor falou dos problemas ambientais que podem impedir a consolidação da mesma. Segundo o presidente da FIEAM, Antonio Silva, o projeto Norte Competitivo é um estudo estratégico, com vistas a longo prazo, em que nove estados, por meio das Federações das Indústrias (Ação Pró-Amazônia) estão unidos para começar a resolver os problemas de logística da região.. 5

6 6 destaques Tadros estreia como escritor O presidente do Sistema Fecomércio, José Roberto Tadros, lançou dia 7 de julho, seu livro de estreia Da Razão e das Palavras. O livro reúne ensaios e artigos produzidos ao longo de sua carreira como líder empresarial. O almoço de lançamento da obra reuniu na sede do Sistema Fecomércio, autoridades como o senador Bernardo Cabral e o desembargador João Simões, além de empresários e escritores. O romancista e membro da Academia Amazonense de Letras, Márcio Souza, escreveu o prefácio do livro. Segundo Souza o livro vem preencher uma lacuna inexplicável, que é a rarefeita produção de estudos e análises sobre o comércio no Estado. A obra de Tadros é uma forma indireta de quebrar o clichê surrado de que os empresários são geralmente sagazes em amealhar fortuna e rústicos nas coisas da cultura. Da Razão e das Palavras, além de todas as virtudes como produção intelectual é uma prova de que objetividade pragmática não prescinde de sensibilidade, escreveu Márcio Souza. SESI leva curso do Cozinha Brasil à Videolar Combater o desperdício de alimentos, aprender novas receitas e ainda economizar. Esses são alguns dos benefícios do Curso Consumo Consciente realizado pelo Serviço Social da Indústria (SESI/AM) gratuitamente para as indústrias. No dia 17 de julho, de 8 às 12h, 35 funcionários da empresa Videolar participaram do curso ministrado pela nutricionista do Programa Cozinha Brasil, Evely Medeiros. O curso aborda o aproveitamento integral dos alimentos, pricipalmente frutas, verduras e legumes, e a importância do armazenamento e higiene ao manuseá-los. O curso faz parte do Programa de Educação Continuada do SESI, que oferece treinamentos gratuitos para industriários e seus dependentes. Informações: Delícias de jerimum Um alimento que pode ser utilizado desde a casca até a semente é o jerimum. Segundo a nutricionista, a semente torrada vira um delicioso aperitivo, como o amendoim. Já a casca é ingrediente da torta diferente, cuja receita foi apresentada na Videolar, e a polpa vira uma apetitosa sopa creme. Receitas no site Reprodução DAMPI/FIEAM promove curso sobre novo conceito de líder O Departamento de Assistência à Média e Pequena Indústria (DAMPI/FIEAM) promoveu, de 26 a 29 de julho, curso de Líder Coach, com o psicólogo paulista Martim Bordini. Ao contrário do líder comum, que foca em resultados, o coach tem seu foco de atuação nas pessoas. Assim como as organizações têm metas e resultados a alcançar, todo profissional tem sonhos, ambições e expectativas para sua carreira e vida pessoal. Foi neste contexto que surgiu o novo conceito de líder., que orienta a equipe a se desenvolver. O coach é um estágio superior ao líder, comentou Bordini acrescentando que saber ouvir e perguntar são características imprescindíveis para este profissional. As mudanças comportamentais são o principal objetivo do coach, já que muitas vezes o colaborador possui competências técnicas para exercer um cargo, mas falta habilidades como autoestima e liderança. As vantagens do coaching são muitas, tanto para a empresa como para o colaborador. A organização ganha com a melhoria da produtividade e o liderado se torna mais produtivo e criativo, aprende a vencer bloqueios e a estabelecer melhores relacionamentos. Ainda na programação para este ano, o DAMPI e FIEAM estão com inscrições abertas para o curso de Elaboração de Custos Logísticos, voltado para a gestão dos custos de armazenagem, movimentação de materiais e transporte. Mais informações pelo

7 Aluno do SENAI/AM disputa vaga no WorldSkill O aluno do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas), Rayson Marinho, medalha de bronze na ocupação de ferramentaria, da 6ª edição da Olimpíada do Conhecimento realizada em março no Rio de Janeiro, ganhou a chance de disputar a vaga para competir no WorldSkill, em Londres. A oportunidade veio com a desistência do aluno de Minas Gerais, em treinamento para realizar o processo de desempate com o aluno de São Paulo, primeiro lugar da ocupação. Com Minas Gerais fora da disputa, a equipe técnica do SENAI/AM e o aluno Rayson iniciam os intensos treinamentos na Escola Waldemiro Lustoza. Segundo o diretor regional da instituição, Aldemurpe Barros, as avaliações de desempate entre o Amazonas e São Paulo devem ocorrer nos meses de novembro e dezembro deste ano, quando será definido o representante oficial da ocupação de ferramentaria que irá para Londres. Presidente da FIEAM, Antonio Silva (esquerda) e o presidente em exercício da CNI, Robson Andrade, com o presidente Lula Sinal verde para Núcleos de Inovação O presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu, em audiência com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), medidas de incentivo à estruturação de núcleos de inovação nos Estados. Participaram da audiência, no dia 27 de julho, no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília, o presidente em exercício da CNI, Robson de Braga Andrade, e o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), Antonio Silva, entre outros líderes empresariais. Entre as medidas houve o lançamento do edital do Ministério da Ciência e Tecnologia no valor de R$ 50 milhões para estruturação dos núcleos, que serão coordenados pelas federações de indústrias. O papel dos núcleos é incentivar o investimento empresarial em novos produtos e processos. O Sistema FIEAM vai coordenar o Núcleo de Inovação no Amazonas, que terá como gestor o diretor regional no SENAI/AM, Aldemurpe Barros. Novos títulos, novos usuários na Biblioteca Raimar Aguiar Usuários no aniversário (à esq., Diana Santos) A Biblioteca Raimar Aguiar festejou, em maio, seu terceiro aniversário com direito a coquetel de confraternização para funcionários e usuários. A bibliotecária Selene Moreira, responsável pelo acervo, disse que a biblioteca recebe cerca de 800 usuários por mês, entre estudantes, colaboradores e candidatos a concursos públicos. A advogada Diana Santos frequenta diariamente a biblioteca que conheceu no ano passado. Ela estuda para concurso e elogia a estrutura física e o acervo da casa. Em maio, a biblioteca recebeu 107 publicações de áreas como administração, economia, educação, ciências sociais e médicas, entre outras, que estão à disposição dos colaboradores, industriários e dependentes e comunidade em geral, para empréstimos locais e domiciliares. O acervo é formado por livros, DVDs, CDs e fitas VHS e mais de 600 periódicos entre jornais, revistas, trabalhos oriundos de seminários, publicações do sistema FIEAM. A biblioteca funciona no 3º andar do edifício Raimar Aguiar, na Avenida Joaquim Nabuco, 1919, Centro. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, de 9h às 18h. 7

8 feira Moda busca inspiração OPolo de Moda do Amazonas apresentou coleção de 210 peças desenhadas sob inspiração do tema Água fluindo na passarela, da 11ª edição da Feira Estética & Moda Manaus, realizada de 26 a 29 de agosto no pavilhão de exposições do Studio 5 Centro de Convenções. Por meio da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIE- AM) e Sindicato das Indústrias de Confecções de Roupas e Chapeus do Amazonas (Sindconf), as 17 empresas do Polo participaram dos desfiles e da exposição de roupas com estande de cerca de 128 metros quadrados. A feira reuniu cerca de 60 expositores das áreas de confecção, bijuterias, estética e perfumes. De acordo com Allexsandra Ebrahim, diretora executiva do Polo de Moda do Amazonas, os figurinos mostraram a potencialidade das 17 empresas ligadas ao Sindconf. As roupas têm a marca da Amazônia e foram produzidas por profissionais do Polo, desde o desenho, passando pelo corte à produção final, disse. O desfile mostrou roupas e acessórios para praia e o dia a dia que podem ser usados por crianças, jovens e adultos. Segundo o presidente do Sindconf, Engel Medeiros, o Polo é uma realidade, embora o mercado de confecção ocupe apenas 5% de sua potencialidade para o crescimento. Engel diz que o Polo atualmente conta com 40 empresas. Várias medidas estão sendo implementadas para o seu crescimento, como a adoção do selo de qualidade para as empresas participantes, revela. O presidente do sindicato ressalta, porém, que falta uma política para o setor, com mais benefícios para que possa competir com mercados de outros estados, com empresas saudáveis gerando empregos com consistência. Abrigadas desde 2009 no espaço do Sindiconf, no Centro Integrado do Trabalhador Dolores Rodrigues Garcia, no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste, as empresas produtoras do ramo de moda local são apoiadas pela FIEAM e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AM). 8 na água Polo de Moda do Amazonas leva 17 empresas à 11ª edição da Feira Estética & Moda Manaus Modelos desfilam moda produzida no Amazonas Sindconf avalia estratégias O Sindicato das Indústrias de Confeção de Roupas e Chapeus do Amazonas promoveu, dia 31 de agosto, no Polo de Moda do Amazonas, o workshop Discussão de Estratégias para a Indústria do Vestuário do Estado do Amazonas. Voltado para micro, pequenas e médias empresas, e instituições de fomento, educacionais e de tecnologia, o workshop buscou alinhar as expectativas futuras da indústria do vestuário no Estado. Segundo o presidente do Sindconf, Engels Medeiros, o objetivo do sindicato é formar um arranjo de produção local (APL) para o setor. O sindicato é a instituição que defende os interesses do setor, mas ele tem a atuação limitada. É impossível falar em desenvolvimento sem juntar todas as instituições (governo, empresas), diz.

9 barco-escola Samaúma 2 em exposição na SBPC Como convidado, SENAI/AM apresenta maquetes do seu novo projeto de barco-escola na reunião da SBPC Apresença do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas) na mostra de projetos de ciência e tecnologia, a ExpoT&C 2010, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal, serviu para apresentar ao Brasil o projeto executivo da nova unidade móvel fluvial da instituição, o barco-escola Samaúma II. A mostra é uma atividade paralela à Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), este ano em sua 62ª edição. O projeto, apresentado em maquetes do Samaúma e Samaúma II, atraiu ao estande do SENAI/AM personalidades, como o ministro da Defesa, Nelson Jobim, o presidente da SBPC, Marco Antônio Raupp, o presidente da Academia Brasileira de Ciência, Jacob Palis, o diretor do Departamento de Popularização e Difusão de Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência e Tecnologia, Ildeu Moreira, e a vice-presidente Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Wandra Panizzi. A explanação sobre os dois projetos ficou a cargo do gerente da Escola SENAI de Ações Móveis e Comunitárias, Teodório Filho, e do coordenador de Tecnologia e Inovação, José Nabir. O primeiro passo para o desenvolvimento do país é melhorar as política de educação e implementar programas de difusão de ensino profissional e técnico. E o SENAI Amazonas está de parabéns em contribuir com a ciência neste país por meio desse nobre trabalho de levar o conhecimento aos municípios longínquos de seu Estado, diz o presidente da SBPC, Raupp. O estande do Estado do Amazonas foi coordenado pela Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECT).. Teodório Filho (esq.) e José Nabir (dir.) dão explicações a oficiais da Marinha sobre projeto, na ExpoT&C 2010 Inovação tecnológica pelos rios Ciência e tecnologia estão integradas no projeto Samaúma 2, do SENAI/ AM, que será a primeira unidade móvel fluvial de alto desempenho no país. O projeto executivo do barco foi idealizado a partir do Samaúma, inaugurado há 31 anos. O primeiro barco já aportou em 43 dos 62 municípios amazonenses, atendendo também municípios do Pará, Acre e Roraima, certificando mais de 33 mil alunos. Engenheiros e técnicos do SENAI e especialistas na área da construção naval receberam a missão de transformar o Samaúma 2 num barco verde, tendo como princípios básicos a preservação do meio ambiente e o aprendizado de excelência. O Samaúma 2 tem 42,55m de comprimento e pesa 250 toneladas. Dentre as novas tecnologias que serão incorporadas à unidade estão: tratamento de águas da chuva, tratamento de efluentes com redes distintas para dejetos humanos e lixos orgânicos e demais efluentes, coleta seletiva, retenção e destinação correta dos resíduos sólidos, energia renovável para o uso da iluminação da embarcação e aquecimento de água, acessibilidade de pessoas com necessidades especiais para locomoção (PNE) e mobilidade reduzida (PMR), isolamento térmico, entre outros recursos tecnológicos. 9

10 educação Alunos do EBEP têm aulas do básico com professores do SESI, pela manhã, e aulas nas áreas de instalador hidráulico e predial com instrutores do SENAI à tarde Ensino articulado e integral Projeto unindo Educação Básica e Educação Profissional se torna referência no ensino articulado SESI e SENAI comemoram os dois meses de funcionamento do EBEP, o projeto conjunto de Educação Básica e Educação Profissional que se tornou referência no ensino articulado no país. No Amazonas, o projeto atende a 60 adolescentes que estão desde maio na Escola SENAI Demóstenes Travessa, no Distrito Industrial, participando, em período integral, das aulas do ensino convencional e técnico nas áreas de Instalador Hidráulico e Eletricista Instalador Predial. De acordo com a pedagoga do SENAI, Lilian Dutra, a metodologia do EBEP vem preencher a lacuna existente entre aqueles que concluíram seus estudos na época certa, com condições de ocupar espaço no mercado de trabalho, e aqueles que, por motivos diversos, interromperam os estudos e hoje buscam oportunidade de recuperar o tempo perdido. Temos jovens entre 18 e 22 anos, que já concluíram o Ensino Fundamental e desejam melhor condição de vida por meio do ensino articulado SESI/SENAI. E a baga- 10 gem de informações adquiridas por ambas instituições faz a diferença na conquista de um emprego seguro e renda familiar garantida, disse Lilian. As duas instituições estão investindo R$ ,00 no projeto, sendo R$ na educação básica (SESI) e R$ ,00 na educação profissional (SENAI) até a conclusão dos dois anos do projeto. O objetivo da ação é propiciar aprendizado e vivência profissional em situações concretas de trabalho, possibilitando participação efetiva sobre a área de atuação, bem como o desenvolvimento de competências face às exigências do mercado de trabalho. A programação do curso é dividida em dois horários. No turno matutino os professores do SESI respondem pelas horas de disciplinas ministradas por módulos. Já no turno vespertino serão cumpridas horas teóricas e práticas no SENAI e estágio supervisionado dentro da empresa. Os 60 alunos já firmaram com a empresa de construção civil Camargo Corrêa. Segundo a representante da empresa, Maria do Socorro Vasconcelos, a Camargo Corrêa disponibilizará meio salário mínimo para cada aluno para custear sua alimentação e 42 vales-transporte mensais durante o tempo de estudo. A estrutura física e os recursos da meia bolsa de R$ 255,00 são oferecidos ao aluno sem nenhum custo. Os alunos terão direito a carteira assinada e todos os benefícios de um trabalhador. A empresa aderiu a essa iniciativa não apenas pela obrigatoriedade de investir em aprendizagem, mas porque acredita na importância de investir no capital humano, a fim de qualificar para ter pessoas que atendam as necessidades de nosso mercado, diz Socorro. Para o aluno Alan Barbosa, de 20 anos, o grande fator motivacional para participar do ensino articulados é a oportunidade de aprender e executar o aprendizado na indústria da construção civil, ganhando a chance de dar continuidade a sua profissão logo após a experiência do estágio.. A pedagoga do SENAI, Lilian Dutra

11 educação Sob o signo da mudança SESI e Rede Pitágoras realizam Seminário de Educação para professores e gestores do Amazonas Professores e gestores das seis unidades de Educação do SESI Amazonas começaram o segundo semestre de 2010 sob o signo da mudança. Pelo menos foi esse o enfoque do Seminário de Educação promovido em julho pela instituição, em parceria com a Rede Pitágoras. A partir de palestras abordando temas que vão da formação dos professores aos desafios do mundo moderno, o evento buscou discutir a importância de a escola dialogar sobre sua trajetória pedagógica. A pedagoga Renata Gazzinelli, coordenadora de Relacionamento da Rede Pitágoras, na palestra A formação dos professores em espaços e tempos mutáveis, disse que o desenvolvimento do aluno não está centrado apenas na aula, na figura do professor, no binômio ensino-aprendizagem. Sua palestra representou a oportunidade de os educadores refletirem sobre as incertezas da mudança, o contato com a realidade e a aceitação do conflito como elemento indispensável para o crescer coletivamente. Para Renata, professor, aluno, a própria escola e a avaliação passam por grandes e profundas mudanças. O desafio está em organizar o espaço e o tempo para educar. E educar vai muito além de ensinar a criança e o adolescente, disse. Segundo ela, antes o professor era o depositário do conhecimento, hoje deve ser o facilitador da aprendizagem, o mediador do conhecimento. O aluno, antes receptor, passivo e alienado, hoje é o construtor do conhecimento. É agente do processo: faz, pergunta, pesquisa, descobre, cria, aprende, se auto habilita, disse. Na segunda palestra do dia, a psicopedagoga Fernanda Sobreira abordou o tema O Educador e as mudanças, e disse que os A psicopedagoga Fernanda Sobreira ministrou a palestra O Educador e as Mudanças, no Seminário de Educação Antes o professor era o depositário do conhecimento, hoje deve ser o facilitador da aprendizagem, o mediador do conhecimento. O aluno, antes receptor, passivo, hoje é o agente do processo: se auto habilita RENATA GAZZINELLI, pedagoga educadores devem fazer uma pausa em sua rotina para refletir sobre suas ações numa linha coerente com o entendimento e o atendimento às novas demandas da escola. Vale lembrar que educação e mudança caminham juntas, portanto a escola deve estar sempre pronta para a reinvenção, disse. O diretor de Relações Corporativas da Rede Pitágoras, Rui César Rezende de Souza, acompanha há quatro anos eventos promovidos em parceria com o SESI Amazonas. Acompanhamos a melhoria das escolas, a capacitação dos professores e, como parceiros, temos procurado dar apoio a esse trabalho. Nesse seminário, por exemplo, compartilhamos com o SESI aquilo que temos aprendido, os nossos valores, disse. A gerente de Educação da área de Crianças e Adolescentes do SESI Amazonas, Cassandra Augusta, disse que o seminário cumpre uma finalidade de reflexão sobre as ações educativas que serão desenvolvidas nas unidades educacionais da instituição. Buscamos discutir, a cada ano, a importância de a escola dialogar sobre sua trajetória pedagógica, para que as atitudes, o currículo, os valores e a proposta pedagógica possam permear o cotidiano das relações que a envolvem, disse. Pelo menos 250 professores, alguns deles vindos das unidades de educação do SESI nos municípios de Iranduba e Itacoatiara (a 25 e 175 quilômetros de Manaus, respectivamente) foram chamados a tomar parte dessa reflexão, ao mesmo tempo em que recarregaram as baterias para o segundo período do ano letivo.. 11

12 cooperação técnica O instrutor de mecânica da Escola SENAI Waldemiro Lustoza, Daniel Franciné (centro) com os técnicos Robby Kronoredjo e Edward Romeo Intercâmbio na oficina mecânica SENAI/AM conclui projeto de Cooperação Técnica em mecânica com fundação ligada ao governo do Suriname OServiço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas) e a Fundação para Mobilização do Trabalho e Desenvolvimento (SAO), instituição ligada ao governo do Suriname, finalizaram em julho Projeto de Cooperação Técnica na área de mecânica de automóveis. iniciado em janeiro deste ano entre os dois países. Iniciado em janeiro deste ano, o intercâmbio é promovido pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC), iniciativa do Ministério das Relações Exteriores com o objetivo de auxiliar países a promover mudanças estruturais nos 12 seus sistemas produtivos, capacitando recursos humanos e fortalecendo instituições de países receptores. As informações adquiridas serão multiplicadas nas três unidades da SAO, visando à elevação da qualidade de ensino profissional da instituição e aprendizado dos jovens surinameses. O supervisor, em exercício, da área automobilística da Escola SENAI Waldemiro Lustoza, Luciano Vidal, disse que o SENAI/ AM possui larga experiência em Mecânica e dispõe de boa infra-estrutura, com salas de aula e ampla oficina para o aprendizado prático dos alunos. A Escola Waldemiro Lustoza possui na sua programação regular cerca de 10 cursos no segmento de automóveis, motocicletas e diesel, além da assessoria técnica e tecnológica e cursos personalizados, de acordo com a demanda da indústria. Atualmente, a instituição ministra aula para aproximadamente 230 alunos, divididos em 13 turmas nos turnos matutino, vespertino e noturno, além de duas turmas in loco em empresa de motores e uma concessionária. Para os técnicos da SAO, Robby Kronoredjo e Edward Romeo, a instituição brasileira está de parabéns pela competência em formar profissionais. Levarei Levarei aos alunos da SAO outro modelo de aprendizado que, com certeza, será mais proveitoso e adequado às necessidades do mercado EDWARD ROMEO aos alunos da SAO outro modelo de aprendizado que, com certeza, será mais proveitoso e adequado às necessidades do mercado. Será a primeira vez que terão ampla formação profissional pela SAO com as experiências adquiridas no SENAI, disse Edward Romeo, instrutor surinamês há 10 anos..

13 mutirão O técnico de Segurança do Trabalho, Edvaldo Ribeiro é vacinado por funcionário do SESI; a direita, trabalhador busca informação no estande do SENAI/AM Um dia dedicado à Construção Social Sinduscon/AM, em parceria com o SESI, promove a terceira edição do Dia da Construção Social U m dia dedicado aos trabalhadores da construção civil e seus dependentes. Assim é o Dia da Construção Social promovido pelo Sindicato da Construção Civil (Sinduscon/AM), Serviço Social da Indústria (SESI Amazonas) e demais parceiros, realizado em 21 de agosto, no Clube do Trabalhador. Ação nacional de iniciativa da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC), o evento, em sua terceira edição, ocorreu simultaneamente em 24 estados, oferecendo atendimentos em lazer, saúde e cidadania. De acordo com a gerente de Responsabilidade Social Empresarial do SESI/AM, Simônica Sidrim, cerca de 200 colaboradores do SESI foram mobilizados para contribuir com a realização do evento. O SESI coordenou atividades de esporte, saúde, palestras e ofereceu apoio logístico e operacional. Foram atendidos mais de 17 mil trabalhadores e seus dependentes, e efetuados mais de 34 mil atendimentos. O presidente da CBIC, Paulo Safady Simão, que acompanhou o mutirão em Manaus disse que a indústria que mais gera emprego e renda deve ficar atenta para a mão de obra informal que conta com uma parcela igual à do trabalhador de carteira assinada. De acordo com dados do Sinduscon/AM, no Estado são quase 35 mil empregados nas diversas áreas da construção civil e outros 35 mil exercem a profissão na informalidade. Como vamos conquistar e garantir a credibilidade do mercado e segurança nos serviços se registramos alto número de profissionais sem qualificação que exercem suas atividades aleatoriamente, disse Safady. Para modificar esse cenário, o presidente da CBIC enumerou algumas ações desenvolvidas pela Câmara, como os projetos de treinamento e capacitação de mão de obra, construção sustentável e inovação tecnológica no setor produtivo da construção civil brasileira. Para atender todas as demandas e acompanhar o crescimento da construção civil é indispensável a parceria das Federações das Indústrias e suas entidades pela abrangência de suporte que o SESI e o SENAI, e a própria influência das Federações, podem proporcionar aos trabalhadores do segmento com a qualificação, educação, saúde e qualidade de vida, disse. Para o técnico de Segurança no Trabalho da Construtora Parente Andrade, Edvaldo 35mil Esse é o número de trabalhadores que atuam nas mais diversas áreas da construção civil no Estado do Amazonas, de acordo com o Sinduscon/AM Ribeiro, 30, o evento reuniu inúmeros serviços que durante a semana fica difícil oferecer s e p a r a d a - mente, como colocar suas vacinas em dia e aproveitar para aferir a pressão arterial e observar como está o índice glicêmico. O trabalho da construção civil não para e o trabalhador que participa desse evento encontra tudo que precisa num só ambiente, sem precisar perder tempo para procurar o médico, o cartório, a farmácia, a escola profissionalizante. Foi muito bom e espero que tenham outros dias desses cada vez melhores, disse o técnico. O eletricista Marcos Medeiro recebeu atendimento do clínico geral para dores lombares que o incomodam frequentemente, e já saiu do Clube com o medicamento oferecido pelo SESI. Segundo a farmacêutica da instituição, Aldaléia Barroso, a farmácia do SESI forneceu mais de 30 tipos de medicamentos ao público durante o Dia da Construção Social.. 13

14 parintins Denys Cruz/Sebrae-AM A produtora rural Maria Oliveira, da Vila Amazônia, em Parintins, aprimora os conhecimentos em internet e comemora troca de s pela rede Inclusão digital de produtores rurais CNA/Senar forma a primeira turma do Programa de Inclusão Digital Rural no município de Parintins U 14 m grupo de 90 produtores rurais do município de Parintins (a 368 quilômetros de Manaus) deixou de fazer parte das estatísticas de analfabetos digitais no País. Eles agora fazem parte da primeira turma formada no Amazonas por meio do Programa Inclusão Digital Rural, uma iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA/Senar). É o caso de Maria Oliveira, produtora rural na comunidade Vila Amazônia, zona rural da Terra do Boi Bumbá. Meu sonho era aprender informática. Agora, já tenho até , comemora. A entrega dos certificados aos produtores ocorreu em 12 de agosto, no Sindicato Rural de Parintins. No Amazonas, o programa é implementado pela Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (Faea) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural no Amazonas (Senar/AM), em parceria com os sindicatos rurais dos municípios. Durante o curso, que teve carga horária de 16h, os produtores rurais, a maioria donos de pequenas propriedades ou atuantes na agricultura familiar, conheceram os aplicativos básicos de edição de textos, planilhas eletrônicas e navegação na internet. O presidente da Faea, Muni Lourenço, argumenta que os avanços tecnológicos e o advento da internet impuseram novos desafios para todos os setores da economia, inclusive para o setor primário, que precisa estar atento às mudanças. Para o dirigente, o Brasil ainda apresenta elevadas taxas de exclusão digital, em especial no campo onde os sistemas e a infraestrutura de comunicação são costumeiramente precários. Esse é um Programa que insere o produtor rural no mundo da internet, oferecendo para este produtor novas oportunidades de mercado, relacionamento e informações úteis ao empreendimento rural, disse. Uma das vantagens oferecidas pelo programa, segundo o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural no Amazonas (Senar/AM), Aécio Filho, é que o participante passa a ter acesso ao portal Canal do Produtor (www.canaldoprodutor.com.br), no qual o internauta encontra informações atualizadas sobre o setor primário. Ainda de acordo com o superintendente, o programa será implementado até o final deste ano em 12 municípios, com meta de realização de 25 turmas por município..

15 capacitação Whirlpool preparada para alta estação SENAI capacita funcionários da empresa nas áreas de condicionadores de ar e forno micro-ondas OSENAI ofereceu em julho capacitação para 150 funcionários temporários da Whirlpool Latin America nas áreas de montador de condicionares de ar e de forno micro-ondas. A capacitação, de 55 horas de duração, reflete o aquecimento principalmente nas linhas de produção de condicionadores. A Whirlpool atua no Brasil com as marcas Brastemp, Consul e KitchenAid. Com expertise na educação profissional e na promoção de serviços técnicos e tecnológicos de acordo com a demanda da indústria, o SENAI Amazonas desenvolve treinamentos específicos para empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM). No caso da Whirlpool, a parceria funciona desde 2008, período em que foram capacitados funcionários da empresa. Somente no primeiro semestre deste ano foram certificados 200 novos contratados, e a previsão é de treinar mais 120 até setembro deste ano. A profissionalização de funcionários é uma iniciativa da empresa que cria as oportunidades de aperfeiçoamento profissional dos seus colaboradores no espaço Escola de Manufatura, inaugurado em 2008, sala de treinamento anexa às instalações da Whirlpool, localizada na Avenida Torquato Tapajós. Ao término do treinamento de 55h, os recém-contratados recebem certificado do SENAI de montador de condicionador de ar e forno de microondas. É importante contar com uma instituição que possui credibilidade no ensino profissional. O treinamento é benefício e traz bons resultados para a empresa que pode 200 Esse é o número de funcionários recém-contratados pela Whirlpool Latina America e treinados pelo SENAI apenas no primeiro semestre de 2010 contar com o conhecimento técnico e habilidades dos novos funcionários e aos próprios trabalhadores que conquistam um certificado que atesta a sua capacidade de realizar os serviços de montagem, diz a analista de Recursos Humanos da Whirlpool, Andrezza Kanawati Frota, também responsável pela transação de treinamentos oferecidos pelo SENAI. De acordo com a analista de Recursos Humanos da Whirlpool, a capacitação de 55h é realizada com objetivo de manter a qualidade dos produtos e de serviços no período de alta produção. Preparar os nossos colaboradores para desenvolver trabalho seguro e de qualidade é fundamental para o sucesso da Whirlpool e contamos com SENAI Amazonas para atender a nossa necessidade de treinamento técnico e tecnológico, aponta Andrezza Frota.. Instrutor do SENAI, da área de refrigeração, que participou da capacitação para funcionários da Whirlpool Outros cursos Por conta do excelente trabalho promovido pelos instrutores do SE- NAI/AM, 35 funcionários da Whirlpool buscaram novos conhecimentos na área de refrigeração. Atendendo à demanda solicitada, a instituição realizou treinamento in loco de reparador de aparelho de ar do tipo janela e do tipo split, com carga horária de 160h, ministrado pelo instrutor Rildo Mota. Além do curso de reparador, a Escola SENAI Antônio Simões, unidade voltada à qualificação de mão de obra para o polo eletroeletrônico, segmento de maior empregabilidade no Polo Industrial de Manaus, possui também o curso de Reparador de Aparelho Doméstico de Refrigeração, com carga horária de 190h. 15

16 lançamento O vice-presidente da Abravest, Roberto Brizola, garantiu que os cursos vão trazer know how para empresas O presidente do Sindconf, Engels Medeiros Setor do vestuário investe em formação Abravest lança curso a distância de níveis técnico, graduação e pós, para empresários e profissionais do ramo O Instituto Euvaldo Lodi (IEL/AM) participou, em julho, do lançamento dos cursos a distância para empresários e profissionais do mercado de moda, iniciativa conjunta da Associação Brasileira do Vestuário (Abravest), Sebrae/AM, Sindicato das Indústrias de Confecções de Roupas e Chapéus do Amazonas (Sindconf), Instituto Brasileiro do Vestuário (IBV) e Universidade do Vestuário. Os cursos são de nível técnico, graduação e pós-graduação. Na ocasião, foi lançado o Programa de Qualidade Abravest. Segundo o vice-presidente da Abravest, Roberto Brizola, as micro e pequenas empresas do Estado do Amazonas da área de vestuário terão a possibilidade de se comparar às grandes do ramo no que se refere a capacitação profissional e qualidade de seus produtos. Ele disse que a capacitação a distância tem nível internacional para que as empresas 16 ganhem know how e possam alavancar o desenvolvimento do setor no Amazonas. Além de capacitação profissional, as empresas podem buscar o Selo de Qualidade oferecido pelo Programa de Qualidade da Abaravest, que tem como objetivo certificar as empresas que produzem suas peças, conforme as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O responsável pelo programa, Alexandre Melo, disse que a iniciativa oferece uma consultoria completa para as empresas que desejam se enquadrar nessas normas. As empresas enviam uma mostra de sua linha de vestuário para a Abravest analisar e emitir um laudo de qualidade. Se o resultado for de aprovação, a empresa recebe o selo de qualidade e ainda é mostrada no site da Associação como uma empresa que produz com qualidade. Em todo o Brasil deverá ser adotado um padrão dos tamanhos P, M e G, que deverão ser formados por um único molde. No setor infantil, a padronização já existe desde dezembro de 2009 e ainda para este ano está prevista a padronização também do vestuário masculino. As empresas que se interessarem pelo programa devem preencher alguns requisitos como existência As micro e pequenas empresas do Amazonas vão poder se comparar às legal, número mínimo de cinco funcionários, ser associado à Abravest e cumprir as normas da ABNT. Investindo grandes do nessa qualificação ramo no que se refere a capacitação profissional ganha a empresa e também o consumidor, pois como uma padronização o número de trocas diminui, ROBERTO BRIZOLA a empresa se torna mais competitiva e o consumidor fica cada vez mais satisfeito disse Melo. Participaram do lançamento, na sede do Sebrae/AM, dia 15 de julho, o presidente do Sindconf, Engels Medeiros, o diretor técnico do Sebrae/AM, Maurício Seffair, e a gerente do desenvolvimento de negócios do IEL/AM, Katia Meirielle. Para se associar a Abravest e ou buscar informações sobre os cursos e o Programa de Qualidade, acesse o

17 stt Mais segurança no canteiro de obra SENAI/AM anuncia novas turmas do curso de montador de andaimes Pelo menos 88% dos acidentes nos serviços em alturas são derivados de atos inseguros causados pelo próprio trabalhador. Com base em dados dessa natureza, o SENAI Amazonas lançou, em agosto, curso específico de Montador de Andaimes na Escola Demóstenes Travessa, unidade voltada à qualificação profissional de trabalhadores da construção civil. O curso, oferecido por meio de parceria com a empresa JLV Andaimes e Empreendimentos, é ministrado em dois formatos, um de aperfeiçoamento profissional, com carga horária de 20h, destinado a trabalhadores que já atuam com serviços em alturas, e outro de qualificação, com carga horária de 90, para iniciantes. A instrutora do curso, Sônia Reis, disse que é imprescindível ao montador de andaimes gozar de boa saúde, pois esse profissional não pode sofrer de nenhuma doença que cause vertigem. Outro ponto relevante é o cuidado redobrado com a segurança de si mesmo e dos outros que irão utilizar as estruturas erguidas. O montador de andaimes tem que estar consciente da sua responsabilidade e de maneira nenhuma pode relaxar e tirar seu equipamento de segurança individual por conta de desconforto do suor no rosto ou uma coceira na cabeça, diz a instrutora do SENAI/AM. O conteúdo programático do curso contempla disciplinas transversais como gestão da qualidade, segurança no trabalho, baseado nas Normas Regulamentadoras 6, sobre equipamentos de proteção individuais (EPI s), e Normalização para trabalhos em andaimes (NR 18) e matemática aplicada, além das habilidades técnicas específicas e práticas. Mulheres nos andaimes Prova de que o segmento da construção civil já deixou de ser território exclusivo masculino, o corpo docente da Escola SE- NAI Demóstenes Travessa conta com seis mulheres ministrando conteúdos teóricos e práticos dos cursos de pedreiro, eletricista instalador residencial, autocad, revit e montador de andaimes. Entre elas está a instrutora Sônia Reis, 38, há 11 anos na área da construção civil. Para ela, no curso, a diferença entre sexos termina quando os trabalhadores e trabalhadoras aceitam o serviço, seja de pedreiro, pintor ou montador de andaimes. Todos são iguais e merecem as mesmas oportunidades de emprego e renda. O nosso desafio em conquistar esse mercado de trabalho está superado, pois enfrentamos os preconceitos de frente e mostramos com competência a capacidade de exercermos atividades na construção civil, diz Sônia.. 17

18 Com a demolição do Estádio Vivaldo Lima, setor dá a largada para as grandes obras que vão movimentar a cidade até a Copa de 2014 Das 47 obras previstas para adequar as 12 subsedes da Copa 2014 às exigências da Fifa, no Brasil, pelo menos três serão realizadas em Manaus: a construção do Complexo Esportivo do Amazonas, que inclui o novo estádio, já denominado como Arena Multiuso da Amazônia, e um minishopping dotado de cinemas, teatro, biblioteca e lojas de conveniência; a reforma e ampliação do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes; e os projetos de mobilidade urbana, incluiindo o monotrilho e o sistema BRT (Bus Rapid Transit). Orçadas em R$ 2,5 bilhões, as três obras vão aquecer o mercado da construção civil de Manaus pelos próximos quatro anos com previsão de gerar empregos diretos e indiretos (fornecedores e não mão de obra informal), o que vai aquecer, por tabela, a oferta de cursos da Escola SENAI Demóstenes Travessa, voltada exclusivamente para formação de mão de obra para a construção civil (leia matéria na página 20). Em junho passado, o diretor de Engenharia e Meio Ambiente da Infraero, Jaime Henrique Caldas Parreiras, disse, como convidado da reunião de diretoria da FIEAM que as obras nos 16 aeroportos das subsedes começam em 2010 e se estendem até depois da Copa, em A obra de reforma e ampliação do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes tem início previsto para o início de Segundo Caldas, o Brasil viveu uma explosão da aviação civil nos últimos dois anos, com o crescimento do número de passageiros numa média de 10,3% ao ano. O diretor disse que os 16 aeroportos das cidades-sedes concentram 83% do tráfego aéreo brasileiro e o desafio é que em 2014 estejam em boas condições operacionais, já que é esperado um movimento extra de 1,2 milhão de passageiros entre os meses de junho e julho de As obras nos 16 aeroportos receberão 18 1 Arena Multiuso da Amazônia é a única que já está em andamento em Manaus 2 Reforma do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes deve começar no início de Os projetos de mobilidade urbana são o monotrilho e o Bus Rapid Transit (BRT) Construção c sente efeito C investimentos de R$ 6,5 bilhões, sendo R$ 326,4 milhões a previsão para as obras do Aeroporto Eduardo Gomes Entre as obras programadas para o Aeroporto de Manaus está a construção de uma nova pista com previsão de entrega até março de Segundo Jaime Caldas, o estudo de impacto ambiental dessa obra será concluído em dezembro deste ano. Já a ampliação do pátio está prevista para novembro de O estacionamento também será ampliado e terá capacidade para 2.500, o que representa a triplicação da capacidade atual de 700 carros. Por ser um dos maiores aeroportos brasileiros em movimentação de cargas e passageiros de todo o País, graças ao Polo Industrial de Manaus, a reforma do Eduardo Gomes deve representar o fim das frequentes panes na liberação de mercadorias para empresas, como a que aconteceu em maio deste ano e provocou prejuízos especialmente para o polo eletroeletrônico.

19 Sistema de transporte será integrado O sistema de transporte urbano de Manaus será totalmente modificado com a BRT Eixo Leste-Centro, que será integrado ao projeto Monotrilho Norte-Centro. O BRT (Bus Rapid Transit) - ou TRO (Trânsito Rápido de Ônibus) é um transporte coletivo sobre pneus integrado a uma rede de corredores e linhas, com estações fechadas niveladas ao piso do ônibus objetivando a redução do tempos de embarque e desembarque. A linha Norte-Centro fará ligação entre os terminais de ônibus Cidade Nova e Largo da Matriz. Os monotrilhos serão construídos em duas fases, a primeira compreendendo Terminal de Integração Constantino Nery Terminal de Integração Cidade Nova, com seis estações e ligação entre o Terminal de Integração Santos Dumont e o Terminal de Integração Arena. Na segunda fase: Terminal Constantino Nery Terminal de Integração da Matriz, com sete estações e transformação do Terminal de Integração Constantino Nery em estação. ivil já opa Arena Multiuso Com previsão de entrega em 30 de dezembro de 2012, a Arena Multiuso da Amazônia é a única que já está em andamento, a cargo da Construtora Andrade Gutierrez, com a demolição, já concluída, do antigo Estádio Vivaldo Lima. A obra está orçada em ,17 e deve gerar o maior número de empregos diretos e indiretos. A previsão de conclusão da obra em 2012 é para que Manaus pos- sa sediar partidas da Copa das Confederações, que antecede a disputa da Copa do Mundo, em De responsabilidade do Estado, a construção do monotrilho está em fase de licitação, enquanto o Bus Rapid Transit (BRT), da Prefeitura, que funcionará integrado ao monotrilho, teve estudos de implantação iniciados em junho deste ano. O monotrilho terá 20,2 km de extensão com previsão de transportar 20 mil passageiros/hora. O orçamento é de R$ 1,307 bilhão, dos quais 600 milhões serão financiados pela Caixa, 367 milhões pelo Estado e 340 milhões pela iniciativa privada. O BRT está orçado em R$ 230 milhões com obras previstas para iniciar em outubro de 2010 e prazo de entrega em dois anos. Para facilitar a contratação de obras e reduzir entraves burocráticos, o presidente 2,2 bi Em reais, esse é o custo total previsto das três principais obras programadas para Manaus voltadas para a Copa de 2014 Luiz Inácio Lula da Silva assinou decreto que permite as cidades-sedes extrapolarem o limite de até 60% de endividamento previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Com a medida, as 12 cidades podem gastar o dobro do que arrecadam. Apenas com a desoneração para a Fifa, a perda de impostos federais, em julho, estava calculada em R$1,2 bilhão (R$ 900 milhões com isenções e R$ 340 milhões com a instalação do Regime Especial de Tributação para Construção, Ampliação, Reforma ou Modernização de Estádios de Futebol - Recom). Outros R$ 300 milhões deixarão de ser arrecadados pelos municípios apenas com a renúncia do ISS. Em compensação, a Receita Federal espera arrecadar R$ 10 bilhões com a Copa no Brasil. (Leia mais sobre preparativos para a Copa 2014 nas páginas 20 e 21) 19

20 copa2014 Escola SENAI efetuou, no ano passado, mais de 3 mil matrículas nos 20 cursos que oferece A ãrea de marcenaria e movelaria oferece serviços Mão de obra qualificada A Escola SENAI Demóstenes Travessa, localizada no Distrito Industrial, efetuou, em 2009, mais de 3 mil matrículas nos 20 cursos que oferece regularmente na área da construção civil. Com base nesse resultado, a instituição tem a expectativa de capacitar boa parte da mão de obra que fará girar a máquina da construção civil nos próximos quatro anos em Manaus na preparação para a Copa de Especializada na formação de mão de obra exclusivamente para a construção civil, a Escola SENAI oferece um portifólio de serviços técnicos e tecnológicos (STT) e 20 cursos das modalidades de iniciação, aperfeiçoamento, habilitação, qualificação, aprendiz e articulado (educação básica e profissional) para empresas e comunidades. De acordo com a coordenadora de Relações com o Mercado, da Escola, Ellen Souza, em comparação com o primeiro semestre do ano passado, a unidade já incrementou, em 2010, o número de matrículas em 948 alunos, entre jovens e adultos. Ellen explica que ano passado, a unidade atendeu grupos de aproximadamente 800 alunos em cursos fechados de programas estaduais e federais de qualificação profissional, programação que não foi 20 Cresce o interesse pelo aprendizado profissional dos trabalhadores da construção civil para atender às exigências do mercado e conquistar o mercado ELLEN SOUZA contemplada em 2010 por se tratar de ano político. A coordenadora também destaca que o déficit das 610 matrículas dos cursos de iniciação de informática básica e avançada e aperfeiçoamento de NR-10, programação remanejada para outra unidade do SENAI/AM, não implicará no cumprimento e aumento da meta de atendimento da Escola Demóstenes Travessa. Cresce o interesse pelo aprendizado profissional dos trabalhadores da construção civil para atender às exigências do mercado e conquistar o diferencial diante da concorrência. Porém falta a sensibilização da indústria, dos empresários que ainda retardam o investimento na capacitação de seus funcionários, sem dar importância à mão de obra bem preparada que dará suporte à segurança e qualidade das obras da Copa de 2014, aponta Ellen Souza. Os cursos mais procurados na Escola SENAI são Eletricista, Instalador Hi- SERVIÇOS STT - Serviços Ténicos e Tecnológicos Cobrem todas as áreas de marcenaria/ movelaria e cerâmica: - análise de layout - gabarito do produto - desenvolvimento de produtos - consultoria Laboratórios - Cerâmica Vermelha - Madeira/Móvel - Hidráulica dráulico, Pintor, Assentador Cerâmico, Ferreiro Armador, Pedreiro e Carpinteiro de Forma. Os investimentos na qualificação profissional variam de R$150,00 a R$875,00, com cargas horárias variando de 20h a 190h (duração média de uma semana a dois meses).

21 copa 2014 Alunos do curso de pedreiro da Escola SENAI agora têm aulas de Autocad e Revit em laboratórios modernos Novas turmas de Autocad e Revit Com o aquecimento do mercado da construção civil em Manaus, o SENAI Amazonas está com novas propostas para atender a indústria. Entre os recentes investimentos da Escola SENAI Demóstenes Travessa está a modernização do laboratório dos cursos Autocad e Revit com um software que permite projetar modelo de edifício e outras construções. As primeiras turmas de Autocad e Revit tiveram início dia 19 de julho, com 30 alunos. Estão previstos para outubro novos investimentos em cursos e modernização da infra-estrutura da unidade do SENAI voltada para a construção civil. Nesse mês serão lançados os cursos de Mestre de Obras e Gerenciamento de Projeto para Construção Civil. A programação dos cursos será abrangente, com carga horária mínima de 200h e máxima de 600h. O SENAI/AM tem ainda previsão de lançar o curso técnico de Edificação, mas só para 2012, pois será necessário, para ministrar as disciplinas construir galpões e adquirir máquinas e materiais para equipar a estrutura física dos laboratórios. De acordo com a coordenadora de Relações com o Mercado da Escola Demóstenes Travessa, Ellen Souza, a instituição já tem autorização do Conselho Estadual de Educação para iniciar as novas modalidades, porém, prezando pela qualidade e excelência do ensino profissionalizante, a diretoria da instituição oferecerá o curso técnico após a conclusão do projeto de ampliação do SENAI/AM.. Sinduscon recomenda instrução em Escola SENAI O superintendente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon/AM), Claudio Guenka, acredita que boa parte da mão de obra necessária para atuar nas obras da Copa 2014 deve sair da Escola SENAI Demóstenes Travessa. Vejo o SENAI como um dos centros mais capacitados para formar mão de obra qualificada nos dias de hoje, disse o empresário. A Escola SENAI (antigo Centro Integrado de Educação do Trabalhador, CIET) é voltada exclusivamente para as atividades da construção civil, com laboratórios avançados na área e serviços técnicos e tecnológicos (ver quadro na página 20). De acordo com Guenka, mesmo com o crescimento significativo do investimento em obras públicas e privadas, trazendo emprego e renda para os profissionais da área, ainda é difícil contratar grade número de trabalhadores qualificados para suprir a demanda da construção civil. Um dos segmentos industriais que mais cresce no Estado, a uma taxa anual de 6 a 8%, a construção civil, de acordo com Cláudio Guenka, emprega aproximadamente 30 mil trabalhadores formais, com salário mensal acima de R$ 800,00, além dos direitos garantidos. Na avaliação de Guenka, a quantidade de profissionais informais é superior. Não há uma estatística numérica da mão de obra informal, cogita-se que esses operários que se submetem aos serviços da construção civil sem a carteira de trabalho assinada chegam a dobrar. O Sinduscon/AM conta com 110 construtoras associadas, embora o mercado empregatício da construção não se restrinja a essas empresas. Segundo Guenka, estão em atividade, em Manaus, atualmente, cerca de 400 construtoras. 21

22 serviços Oficina mecânica ganha manual de atendimento Sebrae/AM lança cartilha voltada para micro e pequenos empresários com informações técnicas OSebrae no Amazonas lançou, no início do mês de agosto, no auditório da entidade, o Manual de Atendimento Padrão das Oficinas Mecânicas, uma publicação elaborada com informações, técnicas e procedimentos padrões para que os donos de micro e pequenas empresas do setor de oficinas mecânicas e similares possam manter e conquistar novos clientes. Cerca de 100 interessados, entre donos e funcionários de oficinas compareceram ao evento. A cartilha é um instrumento de apoio aos empresários e deve ser usada como material de consulta sempre que o empreendedor tenha dúvidas. Espero que seja útil para todos, disse o diretor-técnico do Sebrae/AM, Maurício Aucar Seffair. A publicação, escrita em linguagem acessível, com ilustrações e dicas, tem 44 páginas e foi desenvolvida pela Unidade de Atendimento Coletiva Comércio e Serviços do Sebrae/AM, setor que coordena o projeto Desenvolvimento da Cadeia de Serviços de Oficinas Mecânicas em Manaus/AM, do qual fazem parte como público-alvo cerca de 60 empreendimentos do setor de oficinas mecânicas. Os donos dos empreendimentos recebem apoio, participam de treinamentos e eventos com foco nas necessidades coletivas do grupo, de modo a melhorar e desenvolver o setor. A gestora do projeto, Sâmia Cardoso, informa que, além da cartilha, outro bom resultado do projeto foram as orientações e treinamentos concedidos aos empresários que resultaram na criação, em dezembro de 2009, da Associação Empresarial Automotiva de Manaus (Asseam). Todos os participantes do projeto vão 22 A cartilha é um instrumento de apoio aos empresários e deve ser usada como material de consulta sempre que tenha dúvidas. Espero que seja útil para todos MAURÍCIO SEFFAIR Sebrae/AM receber gratuitamente a cartilha. Interessados em adquirir a publicação devem entrar em contato com o Sebrae pelo telefone O projeto Desenvolvimento da Cadeia de Serviços de Oficinas Mecânicas em Manaus/AM iniciou em 2009 e deverá finalizar a primeira fase em dezembro deste ano. A intenção do Sebrae, para o triênio é implementar um novo projeto voltado para as oficinas mecânicas com foco na gestão ambiental de resíduos. O projeto conta com a parceria da Prefeitura de Manaus, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SSENAI), Banco do Brasil, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio), Banco da Amazônia, Caixa Econômica Federal e Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam)..

23 Empresários e líderes sindicais ligados à indústria, além de autoridades públicas e privadas reunidos diante do bolo de aniversário dos 50 anos da FIEAM E assim se passaram FIEAM festeja aniversário com homenagem a um dos seus fundadores, Moyses Israel Oponto alto da festa dos 50 anos da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), dia 3 de agosto, no salão nobre do Clube do Trabalhador do Amazonas, foi a homenagem a três personalidades consideradas símbolos da história da organização. Foram agraciados com a Medalha de Ouro 50 Anos o empresário Moyses Benarrós Israel, 86, fundador e membro da primeira diretoria, hoje conselheiro fiscal da Federação; a coordenadora do Departamento de Relações do Trabalho (DRT), da FIEAM, Maria da Graça Garcia Barros, funcionária mais antiga da casa; e o empresário Mário Expedito Guerreiro, 90, representando o empresariado da indústria no Estado. Entre convidados ilustres, destacaramse o presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, João Simões, os presidentes das Fderações das Indústrias dos Estados de Roraima, Rivaldo Neves; de Rondônia, Denis Roberto Baú; e de Tocantins, Roberto Magno Martins, além do diretor de relações com o mercado da TAM, Antônio Carlos Gabrielli. (Leia mais nas páginas 24, 25, 26, 27, 28 e 29) 23

24 Em discurso para uma plateia de mais de 700 convidados, o presidente da FIEAM, Antonio Silva, disse que a comemoração dos 50 anos de fundação da feseração se apresentou como grande oportunidade para refletirmos sobre o papel que a organização tem exercido na defesa dos interesses do segmento industrial do Estado, contribuindo efetivamente para o seu desenvolvimento em condições sustentáveis. Nos últimos anos é inegável a contribuição da FIEAM atuando como protagonista desse trabalho, com destaque para o acompanhamento da atuação dos nossos parlamentares, especialmente no Congresso Nacional, sempre municiando-os com informações essenciais para fazerem frente aos constantes ataques que em forma de projetos, PECs (proposta de emenda constitucional) e outras medidas atentaram e atentam contra os interesses do Polo Industrial de Manaus, discursou o presidente. Silva aproveitou para conclamar as autoridades presentes, representantes das entidades de classe e empresários para atuarem proativamente pela aprovação do projeto que prorroga os incentivos fiscais da Sudam (Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia) previsto para expirar em Silva Nos últimos anos é inegável a contribuição da FIEAM atuando como protagonista desse trabalho, com destaque para o acompanhamento da atuação dos nossos parlamentares especialmente no Congresso Nacional ANTONIO SILVA reafirmou a importância desses incentivos para manutenção das vantagens comparativas do polo. História Como sexto presidente da FIEAM - foram 17 diretorias entre 1960 e Antonio Silva disse que foi uma honra conduzir os festejos dos 50 anos. Entretanto não poderia deixar de registrar neste momento os nomes daqueles que efetivamente contribuiram e tornaram possível esse acontecimento, disse, citando os nomes dos seis delegados e líderes sindicais que fundaram a FIEAM, cinco deles já falecido (leia matéria na página 30). Dos fundadores, o empresário Moyses Benarrós Israel, na época presidente do Sindicato das Indústrias de Carpintarias e Serrarias de Manaus, foi saudado por Silva como a memória viva a testemunhar essa história. Em seguida, Antonio Silva fez uma homenagem aos cinco empresários que passaram pela presidência da FIEAM, antes dele, na pessoa dos empresários Francisco Rodrigues Garcia, presidente no período de 1989 a 1995, e de José Nasser, presidente de 1995 a 2007, ambos presentes. Garcia e Nasser estiveram à frente de nossas entidades e nos deixaram um legado de realizações e com quem divido essa comemoração histórica. Presidente da FIEAM por três mandatos consecutivos, o engenheiro civil e empresário José Nasser disse que hoje a missão mais importante da federação é defender o modelo de desenvolvimento representado pelo Polo Industial de Manaus, um modelo que preserva a natureza e a cada dia melhora a qualidade de vida dos seus habitantes. O resto é formar pessoas, formar mão de obra, fazer com que essas pessoas tenham qualidade de vida cada vez melhor, com saúde, lazer e, principalmente, com educação No alto, à esquerda, benerficiamento de borracha nas ruas de Manaus, em 1904; principal item da balança comercial do Amazonas entre a segunda metade do século XIX e a primeira década do século XX, a borracha trannsformou as principais cidades da região nos mais importantes centros econômicos do país. Acima, a usina Vitória de beneficiamento de castanha; à esquerda, a fábrica de gelo Cristal e a Fábrica de Cerveja Amazonense, pertencentes à empresa Miranda Corrêa & Cia. 24

25 Com a Refinaria de Manaus (acima) na década de 1950, começa a se desenhar o Mapa da Indústria Amazonense; no alto, à direita, trabalhador em atividade na Beta S/A Indústria e Comércio, projeto industrial detentor do Certificado nº 1, fornecido pela Suframa e considerado como marco do futuro Polo Industrial de Manaus À direita, a novidade que chega ao mercado made na Zona Franca de Manaus, a TV de LED da Samsung 25

2009, um ano de grandes realizações e conquistas

2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009 foi um ano de grandes realizações e conquistas para o Serviço Social da Indústria (SESI), entidade que integra o Sistema Federação das Indústrias no

Leia mais

www.mundosenai.com.br

www.mundosenai.com.br www.mundosenai.com.br Educação Profissional e Tecnologica STT SERVIÇOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS INOVAÇÃO Inovação nas empresas Projetos de Inovação ISI INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO Serviços de ponta em

Leia mais

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República O que o Brasil já ganhou com a Copa COPA DO MUNDO NO BRASIL um momento histórico e de oportunidades A Copa do Mundo é um momento histórico para o Brasil, que vai sediar, em conjunto com as Olimpíadas em

Leia mais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Financiamento e apoio técnico BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Estão abertas inscrições online até 30 de novembro para o edital bianual da BrazilFoundation que selecionará

Leia mais

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014 O que o Brasil já ganhou com a Copa 2 O que o Brasil já ganhou com a Copa Investimentos A Copa do Mundo é um grande investimento para todos brasileiros Os únicos

Leia mais

Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015

Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015 Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015 Fecomércio AM e PMM debatem obras e mobilidade urbana para os jogos olímpicos de 2016 Meio: Site G1 Amazonas Editoria:-- Hora: 20h18 Data:4/8/2015

Leia mais

O QUE VOU SER QUANDO CRESCER?

O QUE VOU SER QUANDO CRESCER? O QUE VOU SER QUANDO CRESCER? O QUE VOU SER QUANDO CRESCER? Cartilha Educativa Elaborada no Projeto de Extensão: Cartilha e Artigos Coordenação: Profª Emiliana Debetir Centro de Ciências da Administração

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 Modelo 2: resumo expandido de relato de experiência Resumo expandido O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São

Leia mais

O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo

O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo Adalberto Santos de Vasconcelos Coordenador-Geral da Área de Infraestrutura e da Região Sudeste Rafael Jardim Assessor do Ministro Valmir Campelo Brasília

Leia mais

EDUCAÇÃO GRUPO POSITIVO

EDUCAÇÃO GRUPO POSITIVO EDUCAÇÃO 38 GRUPO POSITIVO Contribuição para o desenvolvimento Positivo trabalha para que sua contribuição ao ensino de O qualidade extrapole suas unidades e alcance de forma construtiva toda a sociedade.

Leia mais

Logo abaixo, será descrito as 23 propostas de governo em diferentes segmentos, que modificarão o Amazonas: Áreas: 1) Logística, Trânsito e Transportes

Logo abaixo, será descrito as 23 propostas de governo em diferentes segmentos, que modificarão o Amazonas: Áreas: 1) Logística, Trânsito e Transportes O referido plano de governo irá modificar a cidade de Manaus, assim como o Estado do Amazonas, pela ousadia, autenticidade e acima de tudo por ter sido construído em consonância com os anseios da população

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE CPA / PESQUISA Comissão avalia qualidade de ensino da FABE Avaliação positiva: A forma de abordagem dos objetivos gerais dos cursos também foi bem avaliada e a qualidade do corpo docente continua em alta.

Leia mais

ASSISTENTE DE PLANEJAMENTO E CONTROLE DE PRODUÇÃO

ASSISTENTE DE PLANEJAMENTO E CONTROLE DE PRODUÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS CANOAS PROJETO PEDAGÓGICO CURSO FIC PRONATEC Canoas

Leia mais

A participação nessas atividades será comprovada através de um formulário denominada Relatório de Atividades Complementares (RAC).

A participação nessas atividades será comprovada através de um formulário denominada Relatório de Atividades Complementares (RAC). Manual do Aluno OBJETIVO A Faculdade do Pará implantou o Programa de Treinamento Profissional (PTP) para que você possa realizar ações práticas, desde o primeiro período do curso, ligado a profissão que

Leia mais

Objetivo do Programa

Objetivo do Programa Objetivo do Programa O Programa Futuros Engenheiros visa favorecer o desenvolvimento de competências técnicas e habilidades comportamentais de universitários dos cursos de Engenharia para atuar na indústria.

Leia mais

Apresentação Institucional IEL/SC

Apresentação Institucional IEL/SC Apresentação Institucional IEL/SC Natalino Uggioni Joaçaba, 12 de Maio de 2014 IEL NO BRASIL O Sistema Indústria Presente nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal, o Sistema Indústria é composto

Leia mais

AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014

AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014 Code-P0 AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014 Agenda de Trabalho Junho 2011 Claudio Langone Code-P1 OPORTUNIDADE PARA O BRASIL 2011 - Jogos Militares Mundiais 2012 - RIO + 20 - Cúpula das

Leia mais

AÇÕES INTEGRADAS Inovação e tecnologia Sistema Indústria incentiva projetos de inovação 4

AÇÕES INTEGRADAS Inovação e tecnologia Sistema Indústria incentiva projetos de inovação 4 AÇÕES INTEGRADAS Inovação e tecnologia Sistema Indústria incentiva projetos de inovação 4 IEL Nova gestão Diretor-geral projeta crescimento do Instituto 8 Curso BSC Capacitação abrange mais de 700 funcionários

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia Universidade Estácio de Sá Turismo, Hotelaria e Gastronomia A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

INTERESSE PELA COMUNIDADE SEMEAMOS ESTA IDÉIA COOPERATIVISTA!

INTERESSE PELA COMUNIDADE SEMEAMOS ESTA IDÉIA COOPERATIVISTA! INTERESSE PELA COMUNIDADE SEMEAMOS ESTA IDÉIA COOPERATIVISTA! Apresentação O Instituto Sicoob PR foi criado para cumprir o 7º princípio cooperativista Interesse pela comunidade. Com o suporte das Cooperativas

Leia mais

Conheça o Sistema Fiep

Conheça o Sistema Fiep sistemafiep.com.br Conheça o Sistema Fiep sistema fiep. nosso i é de indústria. SISTEMA S Já ouviu falar? AGRICULTURA INDÚSTRIA COMÉRCIO O SISTEMA S EMPREENDEDORISMO COOPERATIVISMO TRANSPORTE AGRICULTURA

Leia mais

Conhecendo a Fundação Vale

Conhecendo a Fundação Vale Conhecendo a Fundação Vale 1 Conhecendo a Fundação Vale 2 1 Apresentação Missão Contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social dos territórios onde a Vale atua, articulando e

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 01/2015 HORÁRIOS

CHAMADA PÚBLICA 01/2015 HORÁRIOS CHAMADA PÚBLICA 01/2015 CHAMADA PÚBLICA PARA CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA O (IFG) Câmpus Senador Canedo faz saber, pela presente Chamada Pública, que estarão abertas no período de 26 de janeiro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES PLANO DE GOVERNO 2009 / 2012 EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES PLANO DE GOVERNO 2009 / 2012 EDUCAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES PLANO DE GOVERNO 2009 / 2012 EDUCAÇÃO O que buscamos Proporcionar educação com qualidade social para todas as crianças. Erradicar o analfabetismo, ampliar o nível

Leia mais

Caro Aluno, Seja bem-vindo!

Caro Aluno, Seja bem-vindo! Manual do Aluno Caro Aluno, Seja bem-vindo! Este manual é um guia que irá orientá-lo em sua vida acadêmica. Aqui você encontrará informações sobre as atividades educacionais, documentação, matrícula, avaliações

Leia mais

Número de funcionários: Aproximadamente 1200 colaboradores na sede administrativa e industrial.

Número de funcionários: Aproximadamente 1200 colaboradores na sede administrativa e industrial. PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 Categoria Franqueador Máster Dados da empresa Razão Social: IBAC Indústria Brasileira de Alimentos e Chocolates Nome Fantasia: Cacau Show Data de fundação:

Leia mais

Vencedor Estadual Novos Projetos

Vencedor Estadual Novos Projetos COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedor Estadual Novos Projetos Município

Leia mais

PODE SER CLASSIFICADA EM TRÊS GRANDES SEGMENTOS CONSTRUÇÃO PESADA MONTAGENS INDUSTRIAIS E EXTRAÇÃO MINERAL MILHÕES

PODE SER CLASSIFICADA EM TRÊS GRANDES SEGMENTOS CONSTRUÇÃO PESADA MONTAGENS INDUSTRIAIS E EXTRAÇÃO MINERAL MILHÕES A CONSTRUÇÃO CIVIL PODE SER CLASSIFICADA EM TRÊS GRANDES SEGMENTOS CONSTRUÇÃO PESADA MONTAGENS INDUSTRIAIS E EXTRAÇÃO MINERAL EDIFICAÇÕES INDUSTRIAIS, COMERCIAIS E RESIDENCIAIS CONSTRUÇÃO CIVIL É UM DOS

Leia mais

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (através do

Leia mais

Sugestão de Planejamento da Semana Pedagógica

Sugestão de Planejamento da Semana Pedagógica GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIRETORIA REGIONAL DE ENSINO DE ARAGUAINA SETOR REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E ENSINO INTEGRAL Sugestão de Planejamento da Semana

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Conde José Vicente de Azevedo

Faculdade de Tecnologia SENAI Conde José Vicente de Azevedo Faculdade de Tecnologia SENAI Conde José Vicente de Azevedo Curso Superior de Tecnologia em Sistemas Automotivos CATÁLOGO - Informações Acadêmicas - SÃO PAULO - SP SENAI Serviço Nacional De Aprendizagem

Leia mais

II Concurso de Artigos de Agentes de Desenvolvimento, 2014

II Concurso de Artigos de Agentes de Desenvolvimento, 2014 II Concurso de Artigos de Agentes de Desenvolvimento, 2014 FORTALECIMENTO DOS PEQUENOS EMPREENDIMENTOS NA CIDADE DE MONTES CLAROS ATRAVÉS DA IMPLEMENTAÇÃO DA LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E AÇÕES

Leia mais

CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS

CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS APRESENTAÇÃO Em Dezembro de 2004 por iniciativa da Federação das Indústrias do Estado do Paraná o CPCE Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial nasceu como uma organização

Leia mais

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS Projeto de Lei nº 8.035, de 2010 PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional O PNE é formado por: 10 diretrizes; 20 metas com estratégias

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil

20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil VEÍCULO: BLOG DO JAIR SAMPAIO DATA: 20.10.15 20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil Instituição vinculada ao Sistema

Leia mais

Sua empresa é CIDADÃ?

Sua empresa é CIDADÃ? Sua empresa é CIDADÃ? A Câmara de Comércio e Indústria do Estado do Rio de Janeiro (CAERJ) em uma iniciativa inédita está compilando informações corporativas de todos os segmentos: indústria, comércio

Leia mais

RJ 15/04/2014 Nº 1063 Ônibus elétrico começa a circular no Rio de Janeiro

RJ 15/04/2014 Nº 1063 Ônibus elétrico começa a circular no Rio de Janeiro RJ 15/04/2014 Nº 1063 Ônibus elétrico começa a circular no Rio de Janeiro Veículo da Rodoviária A. Matias está em teste na linha 249 operacionais Ônibus elétrico começa a circular no Rio de Janeiro A Fetranspor

Leia mais

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI SENADO FEDERAL COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE AUDIÊNCIA PÚBLICA: IDÉIAS E PROPOSTAS PARA A EDUCAÇÃO BRASILEIRA PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO SESI

Leia mais

PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES

PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES Organizador Patrocínio Apoio PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 O Turismo é uma das maiores fontes de

Leia mais

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA Área de Atuação 1. Formação Profissional Cooperativista São ações voltadas à formação, qualificação e capacitação dos associados,

Leia mais

A importância do crédito para as pequenas e médias empresas. Condicionantes da oferta de crédito

A importância do crédito para as pequenas e médias empresas. Condicionantes da oferta de crédito A importância do crédito para as pequenas e médias empresas Condicionantes da oferta de crédito Distribuição de empresas por porte MICRO PEQUENA MÉDIA GRANDE 0,4% 0,7% 6,2% Micro e Pequenas empresas 98,9%

Leia mais

ESTÁGIO: TREINANDO E DESENVOLVENDO HABILIDADES - UM RELATO DA EXPERIÊNCIA NA BIBLIOTECA SESI

ESTÁGIO: TREINANDO E DESENVOLVENDO HABILIDADES - UM RELATO DA EXPERIÊNCIA NA BIBLIOTECA SESI Região Sul - Florianópolis - 28 de abril a 01 de maio de 2012XIV Encontro Regional dos Estudantes de Biblioteconomia, Documentação, Ciência da Informação e Gestão da Informação - ESTÁGIO: TREINANDO E DESENVOLVENDO

Leia mais

CARAVANA ESPORTIVA. Projetos Esportivos Educacionais

CARAVANA ESPORTIVA. Projetos Esportivos Educacionais CARAVANA ESPORTIVA Seleção Pública P de Projetos Esportivos Educacionais Programa Petrobras Esporte & Cidadania Fomentar o desenvolvimento do esporte olímpico brasileiro; Democratizar o acesso ao esporte

Leia mais

O Grupo Telefônica no Brasil e no Mundo

O Grupo Telefônica no Brasil e no Mundo Atualizado em: julho, 2011 O Grupo Telefônica no Brasil e no Mundo Dados financeiros (2010) Indicadores Mundo Brasil %BR/mundo Receita Líquida (1) 60,7 bilhões (1) Considera Telesp + 50% da Vivo até 3T2010

Leia mais

ISSN: 1981-3031 O USO DO PORTFÓLIO: CONTRIBUIÇÕES NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO CURSO NORMAL.

ISSN: 1981-3031 O USO DO PORTFÓLIO: CONTRIBUIÇÕES NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO CURSO NORMAL. O USO DO PORTFÓLIO: CONTRIBUIÇÕES NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO CURSO NORMAL. Autores: Leila Carla dos Santos Quaresma¹ leilac.pedagogia@gmail.com Profª Dr. Maria Aparecida Pereira Viana² vianamota@gmail.com

Leia mais

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL Trabalho apresentado no III ENECULT Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, realizado entre os dias 23 a 25 de maio de 2007, na Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. METODOLOGIA

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho IBMEC Jr. Consultoria A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho O mercado de trabalho que nos espera não é o mesmo dos nossos pais... ... ele mudou! As mudanças Certeza Incerteza Real Virtual

Leia mais

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas.

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas. Extensão ETENSÃO A implementação da politica de Extensão, no Instituto Federal do Amazonas reafirma a missão deste Instituto e seu comprometimento com o desenvolvimento local e regional promovendo a integração

Leia mais

Modalidade Caminho para a Inovação e Desenvolvimento em Sustentabilidade (CIDeS)

Modalidade Caminho para a Inovação e Desenvolvimento em Sustentabilidade (CIDeS) Modalidade Caminho para a Inovação e Desenvolvimento em Sustentabilidade (CIDeS) Estaleiro JURONG ARACRUZ com o projeto Navegar é preciso Conteúdo Caracterização da iniciativa O Estaleiro Jurong Aracruz

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO AGENDA ESTRATÉGIA PERSPECTIVAS ECONÔMICAS MATRIZ DE RESPONSABILIDADES PORTO AEROPORTO ARENA MONOTRILHO MATRIZ ENERGÉTICA COMUNICAÇÃO MANAUS CIDADE-SEDE ESTRATÉGIA Concepção Planejamento Manaus x Belém

Leia mais

Nossas conquistas 2013

Nossas conquistas 2013 Nossas conquistas 2013 O ano de 2013 foi especial para a Fundação e para as comunidades onde desenvolvemos ações sociais. Alcançamos o marco de 25 anos de atuação social e de 7 milhões de beneficiários,

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 002/2009 SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE COORDENAÇÃO DO PROJETO Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Relações Institucionais)

Leia mais

6 de novembro de 2006 - Blumenau - SC

6 de novembro de 2006 - Blumenau - SC 6 6 de novembro de 2006 - Blumenau - SC Promoção Apoio Apresentação Com a criação do Dia Municipal do Empreendedor, e também encaminhado no âmbito estadual e nacional, a ACIB Jovem consolida um esforço

Leia mais

Anápolis sediou, na última terça-

Anápolis sediou, na última terça- FIEG ANÁPOLIS Programa Jovem Aprendiz é lançado no Senai Foto: Alex Malheiros Anápolis sediou, na última terça- -feira,15, o lançamento do novo modelo do Programa Jovem Aprendiz, com integração entre o

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Tratamento diferenciado CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO Município de Itapecuru Mirim MA Vencedores do 4º Prêmio

Leia mais

palestras Capacitação Empresarial painel político compartilhando experiências

palestras Capacitação Empresarial painel político compartilhando experiências palestras Capacitação Empresarial painel político e econômico compartilhando experiências O sucesso DA SUA EMPRESA passa por aqui. Um evento, muitas oportunidades, novos negócios. O Gestão e Competitividade,

Leia mais

Centro Cultural e de Exposições de Maceió

Centro Cultural e de Exposições de Maceió Centro Cultural e de Exposições de Maceió Descrição Administrar, explorar comercialmente e desenvolver eventos culturais, de lazer e de negócios no Centro Cultural e de Exposições de Maceió, localizado

Leia mais

Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC

Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC Data: 18/04/2013 Horário: 14 às 17h30 Local: Sede do Sistema FIESC Objetivo do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC: Incrementar e Promover

Leia mais

SEMIÁRIDOSHOW Edição 2011

SEMIÁRIDOSHOW Edição 2011 SEMIÁRIDOSHOW Edição 2011 Tecnologias Agrícolas: Água e Produção de Alimentos na Agricultura Familiar. De 22 a 25 de agosto de 2011 Local: Embrapa Transferência de Tecnologia BR 122 Km 50 (BR 428 Km 148)

Leia mais

ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE INCLUSIVA EM CURITIBA. Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura Municipal de Curitiba

ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE INCLUSIVA EM CURITIBA. Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura Municipal de Curitiba ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE EDUCACAO INFANTIL INCLUSIVA EM CURITIBA VEJA COMO SUA EMPRESA PODE TRANSFORMAR ESTA IDEIA EM REALIDADE { Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura

Leia mais

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013 Atuação das Instituições GTP- APL Sebrae Brasília, 04 de dezembro de 2013 Unidade Central 27 Unidades Estaduais 613 Pontos de Atendimento 6.554 Empregados 9.864 Consultores credenciados 2.000 Parcerias

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Promoção do turismo de excelência CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Município de Nova Friburgo RJ Vencedores do 4º

Leia mais

DESAFIOS PARA O CRESCIMENTO

DESAFIOS PARA O CRESCIMENTO educação para o trabalho Equipe Linha Direta DESAFIOS PARA O CRESCIMENTO Evento realizado na CNI apresentou as demandas da indústria brasileira aos principais candidatos à Presidência da República Historicamente

Leia mais

Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL

Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL CANDIDATOS A PREFEITOS E PREFEITAS MUNICIPAIS Pleito Eleitoral 2012 PROPOSTAS DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A PROMOÇÃO

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Concepção Marcelo Garcia João Cruz Rodrigo Salgueiro Naira de Araújo. Revisão Ludmila Schmaltz Pereira

FICHA TÉCNICA. Concepção Marcelo Garcia João Cruz Rodrigo Salgueiro Naira de Araújo. Revisão Ludmila Schmaltz Pereira SENAR INSTITUTO FICHA TÉCNICA Presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Senadora Kátia Abreu Secretário Executivo do SENAR Daniel Carrara Presidente do Instituto CNA Moisés Pinto

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010 Palestras informativas Promover ações educativas para a promoção do voluntariado transformador. Mobilizar voluntários. Toda a comunidade de Curitiba e Região Metropolitana

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de:

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de: Relatório Despertar 2014 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

SSP-AM abre vagas para curso de Inclusão Digital

SSP-AM abre vagas para curso de Inclusão Digital Meio: Site Portal do Amazonas Editoria: Economia Hora: - Data: 28/07/ 15 SSP-AM abre vagas para curso de Inclusão Digital A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) iniciou nesta segunda-feira

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores LEVANTAMENTO E ANÁLISE DAS NECESSIDADES DOCENTES DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES

Leia mais

UGP COPA Unidade Gestora do Projeto da Copa

UGP COPA Unidade Gestora do Projeto da Copa Organização da Copa 2014 PORTFÓLIOS UGPCOPA ARENA E ENTORNO INFRAESTRUTURA TURÍSTICA FAN PARKS LOC COPA DESPORTIVA EVENTOS DA FIFA GERENCIAMENTO DE PROJETOS OBRIGAÇÕES GOVERNAMENTAIS SUPRIMENTOS COPA TURÍSTICA

Leia mais

VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE

VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE PETROBRAS - REGAP Contagem 19 de outubro de 2011 Iniciativas de Qualificação - PROMINP PROMINP O PROMINP (Programa de Mobilização da Indústria Nacional do Petróleo e

Leia mais

6h diárias - 11 meses

6h diárias - 11 meses 6h diárias - 11 meses PROPOSTA PEDAGÓGICA PROGRAMA DE APRENDIZAGEM EM AUXILIAR DE VAREJO ÍNDICE 1 - Apresentação da Entidade ijovem 3 2 - Justificativa do Programa. 3 3 Público-alvo: 4 4 Objetivo geral:

Leia mais

Somos uma das empresas que mais crescem no país

Somos uma das empresas que mais crescem no país ed. 3 / ano 1 / outubro 2013 J. Fonseca conquista novos segmentos Segurança em primeiro lugar Somos uma das empresas que mais crescem no país editorial Crescendo, mas sem esquecer da segurança A terceira

Leia mais

Informação de Imprensa

Informação de Imprensa Informação de Imprensa L Fundação Espaço ECO produz e dissemina conhecimento por meio da Educação para a Sustentabilidade Organização promove a transformação socioambiental de pessoas, organizações e sistemas

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO Despacho 2007 Nº PROJETO DE LEI Nº 1099/2007 Considera de utilidade pública o Grupo de Formadores de Educadores Populares GEFEP. Autor: Vereador Eliomar Coelho. DECRETA: A Câmara Municipal do Rio de Janeiro

Leia mais

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra:

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra: MBA Pós - Graduação QUEM SOMOS Para pessoas que têm como objetivo de vida atuar local e globalmente, ser empreendedoras, conectadas e bem posicionadas no mercado, proporcionamos uma formação de excelência,

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil Ações do Governo de Minas Gerais 27 de Outubro de 2009 Roteiro Estratégia de Execução Modernização do Mineirão Reforma dos Estádios Alternativos Mobilidade

Leia mais

INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Linha Direta INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Desmistificado, ensino técnico brasileiro passa a ser a possibilidade mais rápida de inserção no mercado de trabalho TECNOLOGIA

Leia mais

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNCIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNCIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 004/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PESSOAL PARA ATENDER A RECENSEAMENTO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA E A DIVERSOS OUTROS PROGRAMAS E SERVIÇOS

Leia mais

Presidente Sérgio Curvelo Dória. Direção Gerusa Inês da B. Ferreira. Vice Presidente Marta Teixeira Barroso Fernandes

Presidente Sérgio Curvelo Dória. Direção Gerusa Inês da B. Ferreira. Vice Presidente Marta Teixeira Barroso Fernandes Presidente Sérgio Curvelo Dória Vice Presidente Marta Teixeira Barroso Fernandes Diretora de Projetos Educacionais Marilene da Silva Barbosa Ferreira Gerente de Gestão de Integrada José Augusto Almeida

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 O Presidente do Instituto Pauline Reichstul-IPR, torna público que receberá inscrições para o processo seletivo de pessoal para atuação no projeto Ações Integradas

Leia mais

MANUAL DA AVIAÇÃO Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016

MANUAL DA AVIAÇÃO Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 MANUAL DA AVIAÇÃO Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 Pela primeira vez, o setor de aviação está lançando todas as diretrizes operacionais com mais de 300 dias de antecedência, o que contribui decisivamente

Leia mais

PLANO DE AÇÃO NA GESTÃO DA ESCOLA 2012 A 2014

PLANO DE AÇÃO NA GESTÃO DA ESCOLA 2012 A 2014 PLANO DE AÇÃO NA GESTÃO DA ESCOLA 2012 A 2014 1 IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE ESCOLAR COLÉGIO ESTADUAL CHATEAUBRIANDENSE ENSINO MÉDIO, NORMAL E PROFISSIONAL R. ESTADOS UNIDOS, 170 - JD. AMÉRICA ASSIS CHATEAUBRIAND

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO GESTÃO REGIONAL DO PROGRAMA NACIONAL DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO PROGRAMA TRABALHO SEGURO BALANÇO DO GETRIN 7(GRUPO

Leia mais

1. Requisitos para participação no processo seletivo:

1. Requisitos para participação no processo seletivo: O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Mato Grosso, CNPJ Nº. 03.534.450/0001-52, situado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 3999- Bairro: CPA na cidade de Cuiabá-MT, torna

Leia mais

Formação e Capacitação de Pessoas na Infraero

Formação e Capacitação de Pessoas na Infraero Formação e Capacitação de Pessoas na Infraero Desafios, Necessidades e Perspectivas da Formação e Capacitação de Recursos Humanos na Área Aeronáutica (Senado Federal Comissão de Serviços de Infraestrutura)

Leia mais

Relatório de desempenho social Maio de 2010

Relatório de desempenho social Maio de 2010 Nossa responsabilidade social BIC AMAZÔNIA S.A. Relatório de desempenho social Maio de 2010 I - APRESENTAÇÃO A unidade BIC Amazônia está localizada na cidade de Manaus, no Estado do Amazonas, onde são

Leia mais

AÇÕES INSTITUCIONAIS

AÇÕES INSTITUCIONAIS A ACOBAR é uma entidade de classe, sem fins lucrativos, representante da náutica de lazer em todo o país. Foi fundada em 19 de dezembro de 1975. Em seu quadro associativo possui empresas das mais variadas

Leia mais

SENAI - Educação profissional

SENAI - Educação profissional MAPA DO PORTAL (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CNI/MAPADOSIT E /) SITES DO SISTEMA INDÚSTRIA (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CANAIS/) CONT AT O (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST

Leia mais

EDUCAÇÃO SUPERIOR NO CONTEXTO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2010

EDUCAÇÃO SUPERIOR NO CONTEXTO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2010 EDUCAÇÃO SUPERIOR NO CONTEXTO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2010 Contribuições para o Plano Municipal de Educação de Palmas Maio 22, 2012 DAS 20 METAS DO PNE, CINCO ESTÃO DIRETAMENTE LIGADAS ÀS INSTITUIÇÕES

Leia mais

Coordenação: João Henrique Lara do Amaral Cynthya Almeida Coradi Relatoria: Stela Maris Aguiar Lemos

Coordenação: João Henrique Lara do Amaral Cynthya Almeida Coradi Relatoria: Stela Maris Aguiar Lemos RELATÓRIO OFICINA FNEPAS ESTADUAL MINAS GERAIS INTEGRALIDADE E QUALIDADE NA FORMAÇÃO E NAS PRÁTICAS EM SAÚDE: Integrando Formação, Serviços, Gestores e Usuários Local: COBEM Uberlândia Data: 22 de outubro

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 35/2008-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 08/04/2008 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 35/2008-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 08/04/2008 I RELATÓRIO: INTERESSADO: SENAC CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO RECIFE JOÃO RODRIGUES MAIA ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO EM ADMINISTRAÇÃO E SUPORTE DE REDES E DE SISTEMAS

Leia mais

Curso de Pós-Graduação Teoria e Prática em Educação de Nível Superior Edição ESPM Rio de Janeiro

Curso de Pós-Graduação Teoria e Prática em Educação de Nível Superior Edição ESPM Rio de Janeiro Curso de Pós-Graduação Teoria e Prática em Educação de Nível Superior Edição ESPM Rio de Janeiro Período de realização: 2013/2014 12 de setembro de 2014: Enfim formados! Este foi o brinde dos dez estudantes

Leia mais

COLÉGIO SETE DE SETEMBRO

COLÉGIO SETE DE SETEMBRO Paulo Afonso, 01 de novembro de 2008. CARTA ABERTA AOS PAIS OU RESPONSÁVEIS Prezado pai / mãe ou responsável, Ao longo do ano letivo de 2008 estivemos juntos na parceria para a educação de seu(s) filho(s)

Leia mais