Responsável Técnico: Dr. Luiz Gonçalves - CRM RQE 2306 RQE 43. Responsável Técnico: Dr. Luiz Gonçalves - CRM 20545

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Responsável Técnico: Dr. Luiz Gonçalves - CRM 20545 RQE 2306 RQE 43. Responsável Técnico: Dr. Luiz Gonçalves - CRM 20545"

Transcrição

1

2 Responsável Técnico: Dr. Luiz Gonçalves - CRM Responsável Técnico: Dr. Luiz Gonçalves - CRM Responsável Técnico: Dr. Luiz Gonçalves - CRM RQE 2306 RQE 43

3 Responsável Técnico: Dr. Luiz Gonçalves - CRM EM BREVE NOVA E MODERNA ESTRUTURA PARA QUE VOCÊ Tel. BR: (45) PY: R. Padre Montoya, 300 Centro Foz do Iguaçu

4 SINTA-SE DE BEM COM A VIDA! Lipoaspiração e lipoescultura Abdominoplastia Mamoplastias Próteses de Mama/Glúteo/Panturrilha Lifting Facial Cirurgia de Pálpebras Otoplastia Rinoplastia Cirurgia de Calvície (Implante capilar) Cirurgia íntima Cirurgias Reconstrutivas Toxina Botulínica e preenchimentos

5 Dra. Luiza Knackfuss Silveira Hassan CRM-PR / RQE 2846 Graduada em medicina pela Universidade Federal de Santa Maria/RS (UFSM) Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) em Passo Fundo/RS Residência Médica em Cirurgia Plástica no Hospital Cristo Redentor/ Grupo Hospitalar Conceição (GHC) em Porto Alegre/RS Título de Especialista em Cirurgia Plástica pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), Conselho Federal de Medicina (CFM), Associação Médica Brasileira (AMB) e Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) Rua Martins Pena, 227 Jardim Festugato Foz do Iguaçu-PR / Av. Brasil, Clínica MedClin Medianeira-PR /

6 A n o s / Fax Rua Adolpho Lollato, Santa Terezinha de Itaipu-PR

7 Vida, nosso maior valor! à Médico CRM /PR 3675

8 Índice Revista Saúde Abril /2014 Foz do Iguaçu - PR ESPECIAL CAPA Implantes Dentais com Carga Imediata Dr. Valmir Lavinick Dr. Rodrigo Bungenstab Aprender d Aprender: Desenvolvimento do Potencial de Aprendizagem M.a Telma Crespo Flávia Aouar Cerqueira REVISTA TRIMESTRAL Abril /2014 ANO 4 Nº 13 Editora Lopes e Rampani Ltda CNPJ / CAPA: Dr. Valmir Lavinicki Dr. Rodrigo Bungenstab Odontologia Especializada 16 O Transtorno do Pânico Gabriel Gonzalez Maluf Dra. Sigridi Weirich Wolfart 18 Compreendendo a Nutrição Funcional Michelle Cecchin 20 Prótese de Mama Dual Plane Dra. Luiza k. Hassan Foto Capa: Alexandre Marchetti As duvidas mais frequentes relacionadas ao uso de suplementos e a nova legislação. Hanadi Hamze Impressão: Layout: Correção: Gráfica Paraná Márcio Garcia Bruno Assunção Vinícius Costardi Prof a. Vera Lucia Pimentel Maia Ribeiro Jornalista: Marco Antonio dos Santos 24 A felicidade ao seu alcance Solange de Freitas Circulação: Foz do Iguaçu, Região e Tríplice Fronteira DIRETORA RESPONSÁVEL: 26 A Psiquiatria e os Preconceitos Dr. Nelson Mendes 28 Intolerância ao Glúten Dra. Edna M. Sanches Sr. Pedro Augusto Angelo Rosana Segovia 30 Você Sabe se Seu Local de Ttrabalho Está Adequado? Jeane Michelle Pontes DIREÇÃO: 32 Rinite Alérgica. O que é Rinite Alérgica? Dr. Eduardo Takemoto 36 Ressonância Magnética Vita.Imagem Ueslei Dias Rampani Marcelo Adriano Lopes da Silva MATÉRIAS E ANÚNCIOS: 38 Câncer do Aparelho Digestivo Dr. Luiz Gonçalves Rosana Segovia As matérias e imagens veiculadas são de responsabilidade dos seus autores. 8

9 Guia Médico Profissionais médicos participantes da 13ª edição da Revista Saúde. Dr. Luiz Augusto Pimentel Cirurgião Vascular CRM/PR: RQE: Rua Padre Montoya, Centro Dr. Luiz Gonçalves Gastroenterologista Cirurgião do Aparelho Digestivo: CRM/PR: RQE: Clínica Bioethos: Rua Padre Montoya, Centro Dr. Nelson Mendes Psiquiatria: CRM/PR: 3675 RQE: 9733 Hospital Dr. Nelson Mendes: Rua Jorge Sanwais, centro Foz do Iguaçu Dr. Pedro Adriano Martins Franco Mastologia Ginecologia e Obstetrícia: CRM/PR: RQE: 1404 RQE: 288 Rua Padre Montoya, 300 Centro Dra. Luiza K. S. Hassan Cirurgiã Plástica CRM/PR: RQE 2846 Rua Martins Pena, 227 Jd Festugato Dra. Sígridi Weirich Wolfart Médica Psiquiatria CRM/PR RQE 2417 Rua Almirante Barroso, 1293 Ed. Pedro Basso - Sala

10 Especial Capa IMPLANTES DENTAIS COM CARGA IMEDIATA Com 30 anos de experiência em Odontologia e 25 anos dedicados à Implantodontia, com milhares de implantes realizados em seus pacientes, o Dr. Valmir Lavinicki está entre os implantodontistas mais respeitados do Paraná e, hoje, conta com a parceria de seu sobrinho Dr. Rodrigo Bungestab que é responsável pela estética dos tratamentos, falam com exclusividade para a Revista Saúde sobre implantes dentais de Carga Imediata. 1 Primeiramente, gostaríamos de saber o que é um implante dental? O implante dental é um pequeno cilindro fabricado de titânio puro, com roscas externas semelhantes a um parafuso. O implante de titânio, quando colocado em contato com o osso, adere ao mesmo, produzindo uma ligação biológica entre osso e o titânio conhecido como osseointegração. O implante funciona como uma raiz para suportar dentes artificiais. 2 O que é implante dentário com carga imediata? É aquele implante em que o dentista instala o implante no osso e no mesmo ato ou dentro de um período, que não ultrapasse 72 horas de pós-operatório, já coloca o dente. 3 Quais as principais características que o paciente deve apresentar para poder receber esse tipo de implante? O paciente que irá receber implantes de carga imediata deve apresentar altura óssea que permita ao profissional colocar um implante de um bom comprimento, largura óssea para a instalação de bom diâmetro e escolher um profissional experiente que tenha sensibilidade para perceber a qualidade óssea desse paciente, para que o implante fique preso com uma força que impeça qualquer movimentação durante a sua integração com o osso. Na nossa opinião, são esses três itens que vão definir o sucesso do implante com carga imediata. 4 Existe diferença nos índices de sucesso entre os implantes convencionais e os de carga imediata? Em casos bem indicados, os implantes dentários atingem 98% de sucesso para o tratamento convencional e 95% para os de carga imediata. Fazer carga imediata em pacientes, sem as indicações necessárias, faz com que os índices de sucesso se reduzem muito e este passa a ser mais uma questão de sorte do que de técnica. 5 Qual o conselho que você daria para um paciente que deseja realizar implantes de carga imediata? O paciente deve, primeiramente, procurar um profissional de sua confiança, que tenha boa formação científica e boa experiência em implantes de carga imediata, consultando, se possível, alguns pacientes que tenham passado por esse processo de tratamento e, em caso de dúvidas, pedir opinião a outro profissional, pois esta técnica de carga imediata só pode ser realizada depois de verificada a estabilidade do implante no osso e, muitas vezes, só quando se termina a cirurgia é que é tomada a decisão de se utilizar ou não a carga imediata, tornando-se indispensável a confiança no profissional, pois cada paciente possui suas características especiais e somente uma avaliação detalhada pode mostrar qual é a técnica mais apropriada. 6 Na sua opinião, quais as principais vantagens dos implantes dentários com carga imediata? Apresentam ótimo índice de sucesso. Diminui drasticamente o tempo de tratamento. Menos visitas ao dentista. Diminui a quantidade de cirurgias. Devolve ao paciente o dente em apenas um dia. Não existe longa espera para colocação de prótese. O paciente não apresenta problemas estéticos. Melhora a auto-estima e qualidade de vida. 7 Quando, por algum motivo, o paciente tem que extrair um dente, é possível instalar implantes com carga imediata no mesmo dia da extração? É possível. Na verdade, este é o momento oportuno, vez que, na maioria das vezes, não é necessário abrir a gengiva para instalar o implante no osso, pois fazemos pelo mesmo orifício onde estava a raiz do dente e não há necessidade de dar pontos. Nas figuras caso ilustrativo nº1, temos um caso onde o paciente apresentava uma trinca na raiz e foi necessário extraí-la. Fizemos o implante, assim como uma coroa provisória imediatamente após a colocação do mesmo. Entre anestesia, extrair a raiz, colocar o implante e confeccionar o provisório, o tempo gasto não ultrapassou uma hora, trabalho muito rápido, portanto, possibilitando ao paciente levar uma vida normal no mesmo dia do procedimento. 8 Qual a diferença entre um implante de carga imediata unitário e de um paciente totalmente desdentado que usa prótese dentária (dentadura)? Nos dois casos é possível instalar implantes de carga imediata. A diferença é que nos pacientes totalmente desdentados se instalam de 4 a 8 implantes. Sobre estes implantes, é instalada uma prótese fixa provisória ou permanente de 10 a 12 dentes caso ilustrativo nº2. Esta prótese tem função mastigatória, ou seja, já está preparada para participar, imediatamente, do processo de mastigação de alimentos. Nos pacientes em que vamos instalar um implante unitário (geralmente quando está indicado extração de uma raiz por algum motivo) é confeccionado, nestes casos, uma coroa provisória estética que fica livre de forças mastigatórias e que não toca no dente antagonista. Portanto, como vemos, são duas técnicas totalmente distintas que recebem, popularmente, o mesmo nome, apesar de terem conceitos totalmente diferentes. 9 Os senhores Gostariam de fazer mais algumas ponderações finais sobre implantes de carga imediata? Entendemos que implantes de carga imediata possibilitam maior conforto para o paciente que apresenta as condições necessárias e favoráveis para tanto. Portanto, o paciente tem que passar por uma avaliação minuciosa, recebendo do seu dentista os necessários esclarecimentos, a fim de que os implantes com carga imediata sejam realizados com sucesso. 10

11 Especial Capa Caso ilustrativo nº1 Paciente: C.P Sexo: Masculino Figura 01: Radiografia inicial. Figura 02: Aspecto clínico Figura 03: Implante instalado Figura 04: Provisório instalado sobre o implante logo após a inserção do implante. Figura 05: Radiografia com implante instalado. Caso Ilistrativo nº1 Caso ilustrativo nº2 Paciente: C.M Sexo: Feminino Apresentava ausência de todos os elementos dentais superiores conforme radiografia inicial (fig.06). Foram realizados enxertos ósseos nos seios maxilares e após o período de seis meses foram instalados os implantes e uma prótese fixa provisória imediata, parafusada nos implantes em 48 horas, passado o período de osseointegração foi confeccionada uma prótese fixa metalo cerâmica. Figura 06: Radiografia inicial. Figura 07: Aspecto clinico com os implantes instalados. Figura 08: Estética do sorriso com a prótese fixa metalo cerâmica. Figura 09: Radiografia final com a prótese instalada. Caso Ilistrativo nº2 Fig. nº 01 Fig. nº 06 Fig. nº 02 Fig. nº 07 Fig. nº 03 Fig. nº 08 Fig. nº 04 Fig. nº 09 Fig. nº 05 DR. VALMIR LAVINICKI CRO 5062 Especialista e mestre em implantes Especialista em periodontia Cursos em implantes orais e cirurgias periodontais nos EUA e Europa Membro da Academia Americana de Periodontia Membro da Academia Americana de Osseointegração. 11

12 Especial Capa O Instituto integra a seleta lista das mais respeitadas clínicas do Paraná, com relevante atuação nacional e internacional, e tem como lema a melhoria da autoestima de seus pacientes, promovendo uma melhor qualidade de vida, aliado ao atendimento personalizado com máxima qualidade, conhecimento científico, conforto e tecnologia de última geração. Um sorriso que faz a diferença Para o Instítuto Dr. Valmir Lavinicki você é um cliente muito especial, venha nos fazer uma visita, trabalhamos com orçamento parcelado e financiamento próprio. DR. VALMIR LAVINICKI CRO 5062 Especialista e mestre em implantes Especialista em periodontia Cursos em implantes orais e cirurgias periodontais nos EUA e Europa Membro da Academia Americana de Periodontia Membro da Academia Americana de Osseointegração. DR. RODRIGO MOTTA BUNGENSTAB CRO Graduado pela UFPR Especialista em Estética Membro da SCAD(Society for Color and Appearance in Dentistry) DR. MAURÍCIO OZZELAME CRO Graduado em Odontologia (UNINGA - PR) Especialista em Ortodontia (PROFIS-USC - SP) Aperfeiçoamento em Ortodontia Preventiva e Interceptiva (PROFIS-USP - SP) Aperfeiçoamento em Diagnóstico e Mecânico Ortodôntico (PROFIS-USP - SP) DR. PAULO ROBERTO TREVISAN CRO Graduado pela UNOPAR Umuarama Especialista em endodontia (ABO Cascavel) Excelência em endodontia (ABO Cascavel)

13 Especial Capa O Instituto, além de atuar em todos os procedimentos cirúrgicos e protéticos na Implantodontia (implantes com carga imediata, cirurgia guiada virtualmente sem cortes e sem sutura, implantes zigomáticos, enxertos ósseos), e na estética do sorriso, realiza, ainda, atendimentos na área de periodontia, reabilitação oral, utilizando a tecnologia mais avançada em próteses livres de metal, clareamento a laser, endodontia (tratamento de canal) e ortodontia (aparelhos ortodônticos). Rua Belarmino de Mendonça, 110 Centro Foz do Iguaçu - PR Cel PY

14 APRENDER A APRENDER: DESENVOLVIMENTO DO POTENCIAL DE APRENDIZAGEM Aprendemos o tempo todo ao longo da vida, e esta é a condição mais importante para o nosso desenvolvimento. A aprendizagem pode acontecer de modo direto ou de modo mediado através da interação com pessoas que, além de nos transmitirem conhecimentos, nos questionam para transformar o nosso modo usual de pensar 1. Esta condição ocorre a partir da presença de pessoas, geralmente familiares e educadores, que têm a intenção clara de selecionar, filtrar, organizar, nomear, dar significado e questionar o mundo de estímulos em que vivemos. Podemos chamar estas pessoas de mediadores da aprendizagem. Com a finalidade de contribuir para esta aprendizagem mediada, foi desenvolvido o Programa de Enriquecimento Instrumental (PEI), que tem como objetivo ampliar a nossa capacidade de aprender a aprender. A partir da mediação especializada, o indivíduo tende a se tornar mais perceptivo, preciso e motivado, uma vez que passa a conhecer novas possibilidades de raciocínio, promove associação de ideias e adquire técnicas de resolução de problemas. Este programa educativo foi lançado em 1980 pelo psicólogo romeno Reuven Feuerstein, doutor em Psicologia do Desenvolvimento pela Universidade Paris-Sorbonne, na França. É um programa de reconhecidos resultados 2, aplicado em mais de 35 países e traduzido para 18 diferentes idiomas 3. O PEI é aplicado desde crianças até idosos, e é particularmente indicado para aqueles que têm dificuldade de atenção e concentração, para aumentar a capacidade de raciocínio e para prevenir o declínio cognitivo. Mas todos podem se beneficiar do PEI, e por este motivo, este programa é direcionado para a melhoria do desempenho escolar, acadêmico, profissional e da vida cotidiana. Pesquisas em neurociências demonstraram que o nosso cérebro é uma estrutura neuroplástica, mutável e aberta a mudanças 4. Somos permeáveis aos estímulos e capazes de alterar o curso da nossa aprendizagem. E é esta a proposta do PEI: estimular as nossas habilidades mentais e gerar motivação e autonomia para as variadas situações de aprendizagem do dia a dia. Para saber mais: 1. GOMES, C. M. A. Feuerstein e a Construção Mediada do Conhecimento. Porto Alegre: Artmed, FONSECA, V. Aprender a Aprender: A Educabilidade Cognitiva. Porto Alegre: Artmed, MEIER, M.; GARCIA, S. Mediação da Aprendizagem: Contribuições de Feuerstein e de Vygotsky. Curitiba: Edição do autor, COSENZA, R. M.; GUERRA, L. B. Neurociência e Educação: Como o Cérebro Aprende. Porto Alegre: Artmed, DEPOIMENTOS DE ALUNOS DO PEI: O PEI me ajudou num momento muito importante da minha vida: quando decidi retomar os estudos. Desde criança tive dificuldades de concentração, de estudar, mas sentia muita vontade de aprender algo novo e diferente. Assim que iniciei as sessões, observei grandes mudanças na maneira de perceber as coisas. Compreendi a relação do PEI com a minha vida diária, não somente nos estudos. O PEI me ajuda, com seus instrumentos, a criar novas sinapses. Parece que o meu cérebro se expandiu de uma maneira muito rápida, e as ideias fluem naturalmente. A compreensão é muito maior, e as dificuldades se tornam muito menores. Percebi que consegui tirar de cada vivência naquelas sessões, ótimas relações com as minhas experiências diárias. Os meus estudos estão indo bem, e eu me valorizo a cada experiência vivida, pois fazemos planejamentos com estratégias próprias, com técnicas avançadas, e cada momento que tenho vivido tem sido maravilhoso para mim. Sinto uma felicidade a cada término de aula, as ideias vêm com muita força e facilidade. Tenho pensamentos otimistas, e eu sinto como se meus neurônios estivessem satisfeitos. O PEI gera um bem-estar, pois sei que eu posso e consigo a cada dia superar minhas dificuldades. O PEI me impulsiona para sempre melhorar mais e mais. Percebi que amadureci muito, pois as técnicas são fantásticas. Sou fã número 1 do PEI, e realmente não tem idade para se beneficiar destas técnicas. Parece que eu rejuvenesci uns bons anos na minha vida. (M.W., 50 anos, Estudante do Curso Técnico em Radiologia). O PEI pode beneficiar cognitivamente qualquer pessoa, mesmo aquela que se sente na média ou até mesmo acima da média cognitivamente. Já trabalhei com sistemas eletrônicos de aviões AMX e hoje trabalho com sistemas de informação e nesses casos que envolvem uma grande quantidade de variáveis que se relacionam de maneira intricada e complexa, nós passamos grande parte do tempo resolvendo problemas. O PEI me ajudou bastante principalmente devido ao aprimoramento do pensamento metacognitivo (pensar sobre o próprio pensamento) e o planejamento cognitivo (qual estratégia posso seguir para resolver esse caso?). No meu contexto, um pensamento claro e eficiente pode poupar horas ou dias de trabalho e ainda pode significar ganhos ou perdas financeiras. Até hoje consulto meu caderninho com os princípios cognitivos que construí durante o PEI e ainda me surpreendo com alguns deles. (A. G. A., 38 anos, Empresário). M. a Telma Crespo Psicóloga - CRP 08/07563 Mediadora da Aprendizagem Universidade Metodista de São Paulo Mediadora do PEI pelo Centro Brasileiro da Modificabilidade Cognitiva (SP) e Feuerstein Institute Mestre em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica (PUC SP) Flávia Aouar Cerqueira Psicóloga - 08/13979 Mediadora da Aprendizagem Universidade de Brasília (UnB) e Uniamérica (laúrea acadêmica) Mediadora do PEI pelo Centro Brasileiro da Modificabilidade Cognitiva (SP) e Feuerstein Institute Especialista em Psicologia Positiva (CPAF-RJ) 14

15 Psic. Flávia Aouar Cerqueira Psicóloga Mediadora da Aprendizagem Universidade de Brasília (UnB) e Uniamérica Mediadora do PEI pelo Centro Brasileiro da Modificabilidade Cognitiva (SP) e Feuerstein Institute Especialista em Psicologia Positiva (CPAF-RJ) CRP 08/13979

16 O Transtorno do PÂNICO Vivenciar o medo e a ansiedade é tão normal quanto respirar. Estas emoções possuem a função básica de preservação da vida. Antecipando o dano físico ou psicológico, elas nos auxiliam na adaptação às oportunidades e desafios que enfrentamos durante eventos importantes da nossa caminhada. São estes sentimentos que nos motivam a estar sempre preparados para melhor realizar diferentes atividades. Mas quando os sintomas de ansiedade são exagerados e freqüentes, se tornam prejudiciais, interferindo de maneira negativa em nosso cotidiano, trazendo sofrimento e transtornos significativos para a vida das pessoas. O transtorno do pânico é uma variante do transtorno de ansiedade, caracterizado por ataques súbitos de medo intenso, sensação de que algo trágico está para acontecer, associado aos sintomas corporais de taquicardia, falta de ar, sensação de sufocamento, tremor, dor no peito. Com o medo de ter um ataque de pânico muitas pessoas começam a evitar determinados ambientes em que seja mais difícil escapar ou conseguir ajuda. Esse comportamento evitativo desenvolve uma segunda condição provocada pelo pânico não tratado, a Agorafobia. Geralmente os pacientes com pânico sofrem mais pela agorafobia do que pelo pânico em si. É o medo de ter medo. As conseqüências começam a aparecer, tornando a pessoa mais introspectiva, isolada, insegura, levando uma vida mais restrita, podendo chegar ao extremo de não conseguir sair de casa sozinha. Com isto, fica claro a gravidade que a ansiedade patológica pode atingir, devendo ser encarada com seriedade e tratada adequadamente. Tratamento: É comprovado por meio de testes científicos controlados que o tratamento do T. do Pânico é mais efetivo quando empregamos o Tratamento Combinado, onde ambas as terapias, medicamentosa e psicoterápica, são realizadas concomitantemente. Desta forma o índice de remissão dos sintomas é maior e o risco de recaídas e recidivas é significativamente menor. Tratamento medicamentoso A medicação é um dos instrumentos disponíveis para o tratamento deste tão sofrido quadro. Ela nem sempre é necessária, e a decisão sobre seu emprego vai depender basicamente da gravidade do caso e da aceitação do seu uso por parte do paciente. O grupo de medicações mais freqüentemente usado no tratamento da ansiedade e pânico é dos antidepressivos. A escolha de qual antidepressivo será usado depende das características do quadro clínico e individuais de cada paciente, sempre dando preferência ao uso de uma só medicação, na dose mínima que seja eficaz. O uso das medicações benzodiazepínicas (diazepan, clonazepan, alprazolan...) deve ser evitado neste tratamento, na medida do possível. Além da tolerância (necessidade de doses cada vez maiores para obter efeito) e risco de dependência, elas prejudicam o rendimento e evolução da psicoterapia cognitivo- -comportamental. Importante lembrar que estes riscos não existem com o uso dos antidepressivos, que ajudam na regulagem da ansiedade, muitas vezes dando condições para o paciente iniciar o processo psicoterapêutico. Quanto à duração do tratamento, é orientada a manutenção da medicação por 6-12 meses após remissão do quadro agudo, de forma profilática, a fim de regular os neurotransmissores envolvidos no processo de ansiedade patológica. Após esse período deve ser iniciada uma retirada também gradual. O paciente que se submete a tratamento psicoterápico concomitante terá maior facilidade na retirada das medicações, assim como menor índice de recidivas futuras, reforçando o benefício obtido pela Terapia Combinada. Tratamento psicoterápico: Este é outro instrumento de extrema importância no tratamento do T. do pânico. A abordagem que apresenta maior comprovação científica é a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC), com eficácia de 74 a 95% - a maior quando comparada a outros tipos de psicoterapia. 16

17 A forma como pensamos ou interpretamos uma situação ou acontecimento influencia nossa maneira de sentir e reagir. Nos casos da ansiedade patológica, os indivíduos tendem a interpretar os acontecimentos comuns da vida cotidiana de forma catastrófica, formando uma idéia distorcida de realidade. Como exemplo, sabemos que se uma pessoa está fazendo exercício físico ocorrerá o aumento dos batimentos cardíacos, sendo esse fato normal e fisiológico. Mas a pessoa com pânico já tem a certeza de que está tendo um infarto cardíaco. Esse é o medo catastrófico gerado pela ansiedade. Frente a esse pensamento errôneo, começam a apresentar comportamentos e atitudes também equivocadas, trazendo grande sofrimento para suas vidas. Já que tem a certeza de que irão infartar, começam a evitar situações em que possa ocorrer o aumento dos batimentos cardíacos, por mais brandas que sejam, como ir a pé até o mercado perto da sua casa. A duração da psicoterapia varia entre 15 e 20 sessões. As primeiras sessões tem o objetivo de oferecer informações básicas sobre o transtorno e seu tratamento. Depois, o paciente é treinado para desenvolver habilidades de controle respiratório, relaxamento e aceitação das sensações. No decorrer do tratamento as ideias catastróficas vão sendo questionadas e o paciente passa a reelaborar, reestruturar ou a compreender o mundo de maneira diferente. O aumento da auto-eficácia ou convicção de ser capaz de lidar com o transtorno é um dos focos principais da terapia cognitivo-comportamental, na qual o paciente é instruído a ser seu auto-terapeuta, ou seja, a não ser eternamente dependente da psicoterapia. Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo. Buda Gabriel Gonzalez Maluf Psicólogo - CRP 08/16343 Especialista em Terapias Cognitivo-Comportamentais na Infância e Adolescência pelo INFAPA Porto Alegre/RS. Pós-Graduando em Terapias Cognitivo-Comportamentais para Transtornos de Personalidade pelo INTCC Porto Alegre/RS. Experiência de atendimento com crianças e adultos vítimas de violência e Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT). Atuou em Foz do Iguaçu nas instituições Aldeias Infantis SOS e Centro de Nutrição Infantil. Colaborou em 2012 no PRODAH - Programa de Transtorno de Déficit de Atenção / Hiperatividade no Serviço de Psiquiatria da Infância e da Adolescência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Dra. Sigridi Weirich Wolfart Médica Psiquiatria CRM/PR RQE 2417 Formada em Medicina pela Universidade de Marília Especialização em Psiquiatria pela Famerp e Clínica Heidelberg Pos-graduação em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental pelo IPTC Membro da Associação Brasileira de Psiquiatria e Associação Paranaense de Psiquiatria Estágio voluntário com duração de 1 ano na Universidade Federal do Paraná em Psiquiatria da Infância e Adolescência PARA MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA MÉDICO NA PÁGINA 09 17

18 Michelle CECCHIN NUTRICIONISTA FUNCIONAL Apresentação Drª Michelle Cecchin Nutricionista Funcional Nutricionista formada pela Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (UNICENTRO), Pós-Graduanda em Nutrição Clínica Funcional pela Universidade Cruzeiro do Sul (através da VP Consultoria Nutricional). Iniciou a atuação profissional na área clínica em um trabalho voluntário no Poliambulatório Nossa Senhora Aparecida, em Foz do Iguaçu. Entre os cursos já realizados destacam-se: Destoxificação e Biotransformação Hepática (Detox), Nutrição e Suplementação nos Tratamentos Estéticos Corporais e Faciais, Curso de Nutrição e Estética: Aplicação na Prática Clínica, Curso de Nutrição Esportiva Funcional, Nutrição para Esportistas, Aplicações Clínicas da Citogenética Humana, Saúde Intestinal, Sinais e Sintomas na prática clínica, entre outros. Participação em diversos Congressos e Simpósios nacionais e internacionais sobre Nutrição, Longevidade, Qualidade de Vida, Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais (SBAF), Congresso Internacional de Nutrição Funcional (com a presença do IFM EUA Institute for Functional Medicine), dentre outros. Sua prática clínica tem como base a Nutrição Funcional, que tem como princípios a Individualidade Bioquímica (cada indivíduo é único) e a Vitalidade Positiva (saúde integral do organismo). Compreendendo a Nutrição Funcional O corpo humano é formado por aproximadamente 100 trilhões de células. Destas, 50 bilhões se renovam a cada dia, e cada uma precisa de diversos nutrientes para garantir seu funcionamento perfeito, assegurando, por sua vez, o funcionamento ideal dos órgãos. Com um conjunto de órgãos saudáveis, o indivíduo adquire saúde como Vitalidade Positiva, nada mais do que a busca pela saúde integral, modulando, através de nutrientes e fitoquímicos, todas as reações bioquímicas envolvidas nesse processo. É exatamente nessa necessidade de interação entre todos os sistemas do corpo que atua a Nutrição Clínica Funcional, uma ciência integrativa e profunda que compreende as relações que existem entre a bioquímica, a fisiologia e os aspectos emocionais e cognitivos do organismo. Além disso, a Nutrição Clínica Funcional age de acordo com a individualidade do ser humano, preenchendo as lacunas de deficiências de nutrientes ou agindo de acordo com a suscetibilidade genética de cada um. A prática engloba a prevenção e tratamento de doenças, focando nos aspectos bioquímicos individuais de cada organismo. Aspectos priorizados no atendimento funcional: Estresse oxidativo e metabolismo energético Regulação hormonal e de neurotransmissores Digestão, absorção e integridade na barreira intestinal Suporte imunológico ntegridade estrutural do indivíduo Destoxificação e biotransformação hepática Processo inflamatório Equilíbrio psicológico e espiritual: interação corpo e mente. Da mesma forma que os dados e comandos que colocamos em um computador determinarão o funcionamento desta máquina, as informações que colocamos em nosso organismo, determinarão o seu funcionamento. Os nutrientes (sejam bons ou ruins, equilibrados ou desequilibrados), toxinas, hormônios e neurotransmissores são as informações que colocamos em nosso corpo diariamente. Caso você não goste de como sua máquina está funcionando, mude as informações que oferece a ela! Melhor ainda, contrate um programador, o nutricionista funcional, para lhe ajudar nesta tarefa! Público Alvo Qualquer pessoa que busque saúde e qualidade de vida. Incluindo gestantes, casais que queiram ter filhos, crianças, jovens, adultos, idosos, doentes crônicos. Dr a Michelle Cecchin Nutricionista CRN Graduada em Nutrição pela Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (UNICENTRO) Pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional pelo Centro Valéria Paschoal/Divisão Ensino e Pesquisa (CVPE) Rua das Guainas, Jd. América (Paralela à Av. JK) Foz do Iguaçu-PR facebook.com/nutricionistamichellececchin 18

19

20 PRÓTESE DE MAMA DUAL PLANE A inclusão de próteses mamárias de silicone é uma das cirurgias mais realizadas e é motivo de grande satisfação entre as pacientes. Existem diversos tipos de próteses de silicone disponíveis no mercado, de diferentes tamanhos, texturas, formas e perfis. No processo de escolha do tamanho da prótese, deve-se levar em consideração o desejo da paciente e a proporcionalidade com a sua estrutura física, como largura do tórax, quantidade de tecido mamário pré-existente, grau de flacidez e posição das aréolas. A cirurgia é realizada através de uma pequena incisão, localizada geralmente no sulco inframamário ou ao redor da aréola, com descolamento do espaço em que a prótese será colocada habitualmente atrás da glândula ou atrás do músculo. Na técnica denominada DUAL PLANE, porém, a prótese é colocada literalmente nos dois planos ao mesmo tempo: a parte superior fica coberta pelo músculo peitoral e a parte inferior pela glândula mamária, agregando os benefícios tanto da técnica subglandular como da técnica submuscular e minimizando as desvantagens de cada uma isoladamente. O resultado deste método é visivelmente mais harmônico e natural: a prótese de silicone fica praticamente imperceptível ao toque e sem aquele efeito artificial ( bola ) que ocorre quando conseguimos visualizar totalmente o contorno da prótese na região mamária, principalmente em implantes de maior volume, em pacientes magras, com cobertura de tecidos insuficiente. Também há menor risco de contratura capsular, menor possibilidade de irregularidades e bordas do implante palpáveis com o passar do tempo, mantendo bons resultados e alta satisfação a longo prazo. 20

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

A postura saudável para o digitador

A postura saudável para o digitador A postura saudável para o digitador A postura saudável para o digitador 2 Muitas vezes nos perguntamos: Qual é a postura mais adequada para se trabalhar durante horas em frente a um computador? Após anos

Leia mais

ALIMENTAÇÃO Preventiva. Volume I

ALIMENTAÇÃO Preventiva. Volume I ALIMENTAÇÃO Preventiva Volume I By porque evoluir é preciso Que o teu alimento seja seu medicamento Hipócrates Pai da medicina moderna Não coma, nutra-se! Existem muitas informações importantes disponíveis,

Leia mais

Global Training. The finest automotive learning

Global Training. The finest automotive learning Global Training. The finest automotive learning Cuidar da saúde com PREFÁCIO O Manual de Ergonomia para o Motorista que você tem em agora em mãos, é parte de um programa da Mercedes-Benz do Brasil para

Leia mais

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários Nosso consultório odontológico está equipado para oferecer ao produtor rural todos os tratamentos odontológicos disponíveis na atualidade. Segue abaixo uma discriminação detalhada de cada tratamento oferecido

Leia mais

Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia

Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia Dr. Leandro Gomes Pistori Fisioterapeuta CREFITO-3 / 47741-F Fone: (16) 3371-4121 Dr. Paulo Fernando C. Rossi Fisioterapeuta CREFITO-3 / 65294 F Fone: (16) 3307-6555

Leia mais

RINOPLASTIA Cirurgia Plástica no Nariz

RINOPLASTIA Cirurgia Plástica no Nariz RINOPLASTIA Cirurgia Plástica no Nariz O que é a Rinoplastia? A rinoplastia, ou cirurgia do nariz, é um procedimento estético que corrige a forma e a funcionalidade do nariz, melhorando tanto o aspecto

Leia mais

Sua melhor opção. Manual de Orientação 1

Sua melhor opção. Manual de Orientação 1 Sua melhor opção. Manual de Orientação 1 2 Manual de Orientação Julho/2013 (2 a edição) Indice Orientação ao Paciente Introdução 04 Implantes dentais 04 Titânio - a matéria-prima dos implantes 05 Osseointegração

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 64823 MICROBIOLOGIA GERAL 17/34 ODONTOLOGIA MICROBIOLOGIA

Leia mais

Prótese de silicone tem prazo de validade; veja respostas sobre implante

Prótese de silicone tem prazo de validade; veja respostas sobre implante Página 1 de 6 22/10/2009-11h42 Prótese de silicone tem prazo de validade; veja respostas sobre implante GABRIELA CUPANI da Folha de S.Paulo Nenhuma prótese de mama dura para sempre. Embora os especialistas

Leia mais

24 motivos. academia. para entrar na

24 motivos. academia. para entrar na para entrar na academia Mais um ano se inicia e com ele chegam novas perspectivas e objetivos. Uma das principais promessas feitas é deixar o sedentarismo de lado e entrar na academia! Nesta época é comum

Leia mais

As Atividades físicas suas definições e benefícios.

As Atividades físicas suas definições e benefícios. As Atividades físicas suas definições e benefícios. MUSCULAÇÃO A musculação, também conhecida como Treinamento com Pesos, ou Treinamento com Carga, tornou-se uma das formas mais conhecidas de exercício,

Leia mais

Lesão do Ligamento Cruzado Posterior (LCP)

Lesão do Ligamento Cruzado Posterior (LCP) Lesão do Ligamento Cruzado Posterior (LCP) INTRODUÇÃO O ligamento cruzado posterior (LCP) é um dos ligamentos menos lesados do joelho. A compreensão dessa lesão e o desenvolvimento de novos tratamentos

Leia mais

Para todos os casos! Implantes-ANKYLOS. Informação ao paciente. Degussa Dental

Para todos os casos! Implantes-ANKYLOS. Informação ao paciente. Degussa Dental Para todos os casos! Implantes-ANKYLOS Informação ao paciente Degussa Dental Fornecido pelo seu cirurgião-dentista: Prezado(a) paciente, Mais cedo ou mais tarde acontece com cada um de nós: os primeiros

Leia mais

FAZER EXERCÍCIOS NA GRAVIDEZ PREJUDICA O BEBÊ? QUAIS TIPOS DE EXERCÍCIO SÃO INDICADOS?

FAZER EXERCÍCIOS NA GRAVIDEZ PREJUDICA O BEBÊ? QUAIS TIPOS DE EXERCÍCIO SÃO INDICADOS? A gestação é um período em que a mulher passa por diversas emoções e é natural surgirem dúvidas principalmente quando se trata do primeiro filho. Segundo o Ginecologista e Obstetra do Hospital e Maternidade

Leia mais

dicloridrato de betaistina

dicloridrato de betaistina dicloridrato de betaistina Althaia S.A. Indústria Farmacêutica. Comprimidos 16 mg dicloridrato de betaistina Medicamento Genérico, Lei n o 9.787, de 1999. APRESENTAÇÕES: Comprimidos simples: embalagem

Leia mais

Objetivos do Curso: Público alvo:

Objetivos do Curso: Público alvo: Formação em Coaching Com Abordagem Neurocientífica, Psicofisiológica, Filosófica e Comportamental. Destinado aos Profissionais das Áreas de Saúde, Educação e Gestão de Pessoas Coaching é a palavra inglesa

Leia mais

A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos

A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos Fisioterapeuta: Adriana Lopes de Oliveira CREFITO 3281-LTT-F GO Ergonomia ERGONOMIA - palavra de origem grega, onde: ERGO = trabalho e NOMOS

Leia mais

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2 Homeopatia A Homeopatia é um sistema terapêutico baseado no princípio dos semelhantes (princípio parecido com o das vacinas) que cuida e trata de vários tipos de organismos (homem, animais e plantas) usando

Leia mais

Qualidade de vida com implantes dentários 1

Qualidade de vida com implantes dentários 1 DENTES BONITOS Qualidade de vida com implantes dentários 1 VOCÊ PODE REALMENTE IMPLANTAR ALEGRIA? Algumas vezes uma pequena peça de titânio pode revitalizar o seu sorriso e estimular a sua autoconfiança.

Leia mais

Entendendo a lipodistrofia

Entendendo a lipodistrofia dicas POSITHIVAS Entendendo a lipodistrofia O que é a lipodistrofia? Lipodistrofia é quando o corpo passa a absorver e a distribuir as gorduras de maneira diferente. Diminui a gordura nas pernas, braços,

Leia mais

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Porção de 100g (1/2 copo) Quantidade por porção g %VD(*) Valor Energético (kcal) 64 3,20 Carboidratos 14,20 4,73 Proteínas 1,30 1,73 Gorduras

Leia mais

Luz Solar. 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres humanos.

Luz Solar. 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres humanos. Luz Solar 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? Raquitismo e Osteoporose 2. Em qual dia da criação, Deus criou a luz? 1 dia 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

Especialistas em Alcoolismo e Dependência Química

Especialistas em Alcoolismo e Dependência Química Especialistas em Alcoolismo e Dependência Química Entenda como funciona A Clínica Viva desenvolveu um programa intensivo de reabilitação do alcoolismo com abordagem médica e psicoterapêutica individual

Leia mais

Indique Anuncie Assine Contato Central de Relacionamento Login Novo cadastro

Indique Anuncie Assine Contato Central de Relacionamento Login Novo cadastro Indique Anuncie Assine Contato Central de Relacionamento Login Novo cadastro home Seções Beleza e Estética Cabelos Celulite Cirurgia Plástica Envelhecimento Estética Corporal Estética Facial Fisioterapia

Leia mais

Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. FORTALECENDO SABERES

Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. FORTALECENDO SABERES 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. 3 CONTEÚDO

Leia mais

Resoluções, conquistas e desafios

Resoluções, conquistas e desafios Eventos pré-congresso Cuidados Paliativos Conselhos e Associações de Classe Demências - diagnóstico diferencial TNT Geriatria - Abbott GeriatRio2013 - Programação Preliminar Como responder às demandas

Leia mais

Universidade do Sul de Santa Catarina Curso de Cosmetologia e Estética Unidade de Aprendizagem: Técnicas de Massagem Terapêutica Prof.

Universidade do Sul de Santa Catarina Curso de Cosmetologia e Estética Unidade de Aprendizagem: Técnicas de Massagem Terapêutica Prof. MASSAGEM PARA GESTANTE E SHANTALA Universidade do Sul de Santa Catarina Curso de Cosmetologia e Estética Unidade de Aprendizagem: Técnicas de Massagem Terapêutica Prof.ª Daniella Koch de Carvalho SHANTALA

Leia mais

Natal VIDA! COM A. ANO NOVO 2015 Abdominoplastia DE BEM DESEJAMOS S I N TA-SE A TODOS E PROSPERO. Lipoaspiração e lipoescultura.

Natal VIDA! COM A. ANO NOVO 2015 Abdominoplastia DE BEM DESEJAMOS S I N TA-SE A TODOS E PROSPERO. Lipoaspiração e lipoescultura. 2 3 DESEJAMOS A TODOS S I N TA-SE DE BEM COM A VIDA! Lipoaspiração e lipoescultura Natal E PROSPERO ANO NOVO 2015 Abdominoplastia Mamoplastias Próteses de Mama/Glúteo/Panturrilha Lifting Facial Cirurgia

Leia mais

Programa Slim. Emagrecimento SLIM FORM. 2 a Etapa Diagnóstico. 3 a Etapa Tratamento. 1 a Etapa Avaliação

Programa Slim. Emagrecimento SLIM FORM. 2 a Etapa Diagnóstico. 3 a Etapa Tratamento. 1 a Etapa Avaliação for Kids Programa Slim for Kids Programa voltado para escolas, alunos e pais visando a melhora na alimentação, controle da obesidade, saúde e qualidade de vida. Formada por uma equipe multidisciplinar

Leia mais

A Saúde mental é componente chave de uma vida saudável.

A Saúde mental é componente chave de uma vida saudável. Transtornos mentais: Desafiando os Preconceitos Durante séculos as pessoas com sofrimento mental foram afastadas do resto da sociedade, algumas vezes encarcerados, em condições precárias, sem direito a

Leia mais

SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA!

SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA! SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA! INTRODUÇÃO Um sorriso bonito, saudável e harmônico faz toda a diferença! Na autoestima traz diversos benefícios, pois quem sorri abertamente acredita em si mesmo

Leia mais

Nutrição. tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º. Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista

Nutrição. tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º. Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista A Enfermagem e o Serviço de Nutrição e Dietética tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista 1 A enfermagem e o Serviço

Leia mais

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Doenças Periodontais Tratamento e Prevenção 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Gengivite e Periodontite Guia para o paciente Aprenda mais sobre as Doenças Periodontais (de gengiva) As doenças

Leia mais

Redações vencedoras I Concurso de Redação

Redações vencedoras I Concurso de Redação Redações vencedoras I Concurso de Redação 1 Lugar Aluno: Julia Stefani Moraes Professora: Regina M. Macedo de Melo Castro Informação: A melhor maneira de combater o câncer Penso que falar sobre este assunto

Leia mais

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada?

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? A avaliação da estética facial, bem como sua relação com a comunicação e expressão da emoção, é parte importante no

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES AVISO DE RETIFICAÇÃO DE EDITAL Nº 01 A Comissão de Concurso torna publica

Leia mais

VOCÊ JÁ PENSOU NA SUA POSTURA HOJE?

VOCÊ JÁ PENSOU NA SUA POSTURA HOJE? VOCÊ JÁ PENSOU NA SUA POSTURA HOJE? Dicas Gerais para uma Boa Postura 1) Manter o topo da tela ao nível dos olhos e distante cerca de um comprimento de braço (45cm ~ 70cm); 2) Manter a cabeça e pescoço

Leia mais

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE Adolescência 11 aos 20 anos Mudanças: Amadurecimento biológico Sexual Psicológico Social Características Adolescência Mudança de interesses Conflitos com a família Maior

Leia mais

LER/DORT. www.cpsol.com.br

LER/DORT. www.cpsol.com.br LER/DORT Prevenção através s da ergonomia DEFINIÇÃO LER: Lesões por Esforços Repetitivos; DORT: Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho; São doenças provocadas pelo uso inadequado e excessivo

Leia mais

TABAGISMO: COMO TRATAR

TABAGISMO: COMO TRATAR TABAGISMO: COMO TRATAR Ana Carolina S. Oliveira Psicóloga Esp. Dependência Química CRP 06/99198 Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense Psiquiatra ProMulher IPq-HC-FMUSP CREMESP 114681 Epidemiologia Brasil

Leia mais

CUIDADOS COM A COLUNA

CUIDADOS COM A COLUNA SENADO FEDERAL CUIDADOS COM A COLUNA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Cuidados com a coluna 3 apresentação As dores na coluna vertebral são um grande transtorno na vida de muita gente, prejudicando os movimentos

Leia mais

A Estética da Mama CLÍNICA FERNANDO BASTO

A Estética da Mama CLÍNICA FERNANDO BASTO A Estética da Mama A estética da mama responde a costumes étnicos, sociais e culturais. Há não muitos anos, no Brasil as mulheres solicitavam a diminuição do volume do seio, quando a aspiração do inconsciente

Leia mais

Betaserc dicloridrato de betaistina

Betaserc dicloridrato de betaistina MODELO DE BULA PARA O PACIENTE I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Betaserc dicloridrato de betaistina FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES BETASERC (dicloridrato de betaistina) 16 mg: cartuchos com 30 comprimidos.

Leia mais

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Uma vida normal com diabetes Obesidade, histórico familiar e sedentarismo são alguns dos principais fatores

Leia mais

Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR?

Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR? Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR? O NÚMERO DE PESSOAS AFETADAS POR DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EVITÁVEIS NÃO PÁRA DE AUMENTAR. AS CRIANÇAS E OS MAIS VELHOS SÃO OS MAIS ATINGIDOS. SÃO DOENÇAS

Leia mais

Doença Celíaca. Curso: Hotelaria Variante Restaurante/Bar Formador: João Ribeiro Formando: Inês Paiva Ano/Turma: 10ºD Ano Lectivo: 2011/2012

Doença Celíaca. Curso: Hotelaria Variante Restaurante/Bar Formador: João Ribeiro Formando: Inês Paiva Ano/Turma: 10ºD Ano Lectivo: 2011/2012 Doença Celíaca Curso: Hotelaria Variante Restaurante/Bar Formador: João Ribeiro Formando: Inês Paiva Ano/Turma: 10ºD Ano Lectivo: 2011/2012 ANO LECTIVO 2010-2011 PÁGINA - 2 Índice Introdução...3 O que

Leia mais

www.cpsol.com.br TEMA 003 CONHEÇA E PREVINA AS DOENÇAS DO INVERNO

www.cpsol.com.br TEMA 003 CONHEÇA E PREVINA AS DOENÇAS DO INVERNO TEMA 003 CONHEÇA E PREVINA AS DOENÇAS DO INVERNO 1/8 O inverno chegou e junto com ele maiores problemas com as doenças respiratórias entre outras Isso não ocorre por acaso já que pé nesta estação onde

Leia mais

Instituto Nacional de Amparo à Pesquisa Tecnológica, Inovação na Gestão Pública - INTS

Instituto Nacional de Amparo à Pesquisa Tecnológica, Inovação na Gestão Pública - INTS Instituto Nacional de Amparo à Pesquisa Tecnológica, Inovação na Gestão Pública - INTS Metodologia Pesquisa de opinião com a finalidade de avaliar demandas, anseios e a qualidade dos serviços prestados

Leia mais

PROGRAMA PARA CONTROLAR A ASMA PRIMEIRA PARTE

PROGRAMA PARA CONTROLAR A ASMA PRIMEIRA PARTE PROGRAMA PARA CONTROLAR A ASMA PRIMEIRA PARTE O cuidado apropriado com a asma pode ajudar o paciente a prevenir a maior parte das crises, a ficar livre de sintomas problemáticos diurnos e noturnos e a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIO ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL POLÍTICAS DE ATENDIMENTO A PORTADORES DA DOENÇA CELÍACA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIO ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL POLÍTICAS DE ATENDIMENTO A PORTADORES DA DOENÇA CELÍACA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIO ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL POLÍTICAS DE ATENDIMENTO A PORTADORES DA DOENÇA CELÍACA Cleidiamar Aparecida Furlanetto Daniela Marchi Karina

Leia mais

Era o que você esperava? Não, superou todas as minhas expectativas. Ficou lindo. SIRONA.COM.BR

Era o que você esperava? Não, superou todas as minhas expectativas. Ficou lindo. SIRONA.COM.BR É o sonho de consumo de qualquer pessoa ter uma máquina dessa, inclusive o meu. Com o equipamento vou poder ajudar as pessoas a terem o sorriso como o meu e a praticidade também. O que você achou de ser

Leia mais

Dependência Química. Por que algumas pessoas ficam dependentes de drogas e outras não?

Dependência Química. Por que algumas pessoas ficam dependentes de drogas e outras não? Dependência Química Por que algumas pessoas ficam dependentes de drogas e outras não? Os fatores relacionados ao desenvolvimento da dependência química são variados. O fator genético está bem estabelecido.

Leia mais

Rizotomia Rizotomia de facetas Rizotomia por radiofrequência Radiculotomia Radiculotomia percutânea de facetas por radiofrequência

Rizotomia Rizotomia de facetas Rizotomia por radiofrequência Radiculotomia Radiculotomia percutânea de facetas por radiofrequência Rizotomia Rizotomia de facetas Rizotomia por radiofrequência Radiculotomia Radiculotomia percutânea de facetas por radiofrequência O procedimento rizotomia (também chamado de rizotomia de facetas, ou rizotomia

Leia mais

Doenças Respiratórias Crônicas. Caderno de Atenção Básica 25

Doenças Respiratórias Crônicas. Caderno de Atenção Básica 25 Doenças Respiratórias Crônicas Caderno de Atenção Básica 25 PREVALÊNCIA O Asma (acomete cerca de 300 milhões de indivíduos no mundo) O Rinite Alérgica (afeta cerca de 20 25% da população) O DPOC (afeta

Leia mais

Caderno de Postura. Prof. Luiz Mello

Caderno de Postura. Prof. Luiz Mello Caderno de Postura Prof. Luiz Mello CADERNO DE POSTURA Este caderno de postura tem como objetivo demonstrar os principais pontos relacionados a maneira de como tocar violão e guitarra de uma maneira saudável,

Leia mais

CARTILHA DE AUTOCUIDADO DE COLUNA

CARTILHA DE AUTOCUIDADO DE COLUNA CARTILHA DE AUTOCUIDADO DE COLUNA APRENDA A CUIDAR DA SUA COLUNA Elaboração: Júlia Catarina Sebba Rios Pesquisa: Efeitos de um programa educacional de autocuidado de coluna em idosos ati vos e sedentários

Leia mais

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi)

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi) Ficha técnica CHÁ VERDE COM CÓLAGENO, VITAMINA C E POLIDEXTROSE Pó para Preparo de Bebida a Base de Chá Verde, com Colágeno hidrolisado, vitamina C e polidextrose Sabor Abacaxi e frutas vermelhas REGISTRO:

Leia mais

Odontologia e tecnologia

Odontologia e tecnologia Odontologia e tecnologia APSS d e n t a l Uma das dentais que mais crescem no Brasil. Odontologia e tecnologia 1. Tecnologia nos procedimentos 2. Tecnologia na gestão 3. Tecnologia no aprendizado 4. Conclusão

Leia mais

Exercicios Semanais. Exercicios Semanais

Exercicios Semanais. Exercicios Semanais INDÍCE Indíce Introdução 2ª Feira - Andar 3ª Feira Flexões Em Triângulo 4ª Feira Flexões De Pernas 5ª Feira - Abdominais 6ª Feira -Boxe Domingo - Saltos Conclusão INTRODUÇÃO Este guia destina-se a mostrar-lhe

Leia mais

QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR

QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR HOME CARE Ajudar o paciente a resgatar a qualidade de vida em sua própria residência, é o compromisso do NADH. O atendimento personalizado é

Leia mais

C. Guia de Treino ------------------------------------------------

C. Guia de Treino ------------------------------------------------ C. Guia de Treino ------------------------------------------------ A FORÇA / RESISTÊNCIA ( FUNÇÃO MOVIMENTO OSCILAÇÃO ) A01 Joelhos inclinados Com os pés afastados na plataforma, segure a barra de apoio

Leia mais

Copyright Medical Port 2015 PROGRAMA DE PERDA DE PESO!

Copyright Medical Port 2015 PROGRAMA DE PERDA DE PESO! PROGRAMA DE PERDA DE PESO Agenda O método holístico de Perda de Peso Apresentação do corpo clínico Diferentes programas de perda de peso Unidades de saúde O Método holístico de Perda de Peso The importance

Leia mais

Betaserc dicloridrato de betaistina

Betaserc dicloridrato de betaistina Betaserc dicloridrato de betaistina MODELO DE BULA PARA O PACIENTE FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES BETASERC (dicloridrato de betaistina) 16 mg: cartuchos com 30 comprimidos. BETASERC (dicloridrato de

Leia mais

Existem apenas 3 partes importantes para alcançar o seu objetivo.

Existem apenas 3 partes importantes para alcançar o seu objetivo. Por Carlos J. Cara amiga, se você chegou até aqui é porque realmente se interessa em alcançar o corpo que você almeja. Portanto, eu te dou meus parabéns! Se você seguir as instruções que vou te ensinar,

Leia mais

O AUTISMO- NA CRIANÇA

O AUTISMO- NA CRIANÇA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MÉRTOLA Escola E,B 2,3 ES\Escola S. Sebastião de Mértola Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 3ºano Disciplina de Psicopatologia Geral Ano letivo 2013\14 Docente:

Leia mais

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde da Unimed SJC O Núcleo de Ação Integral à Saúde (NAIS) é o setor responsável pela promoção da saúde e prevenção

Leia mais

loratadina Merck S/A Comprimidos revestidos 10 mg

loratadina Merck S/A Comprimidos revestidos 10 mg loratadina Merck S/A revestidos 10 mg loratadina Medicamento genérico Lei nº 9.797, de 1999 APRESENTAÇÕES revestidos de 10 mg em embalagem com 12 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE

Leia mais

GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) AUTORES Ingryd Coutinho de Oliveira Priscila Cunha Nascimento Discentes da Graduação em Odontologia e Bolsistas de Ensino

Leia mais

DOENÇA CELÍACA E GASTRONOMIA: CONVERSAS PRELIMINARES DE UM PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE SENAC DE PERNANBUCO

DOENÇA CELÍACA E GASTRONOMIA: CONVERSAS PRELIMINARES DE UM PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE SENAC DE PERNANBUCO 1 DOENÇA CELÍACA E GASTRONOMIA: CONVERSAS PRELIMINARES DE UM PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE SENAC DE PERNANBUCO LUCIANA ALBUQUERQUE LYRA,SANDRA MARINHO DE OLIVEIRA E MARCOS ALEXANDRE DE MELO

Leia mais

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Prevenir é o melhor remédio para uma boa saúde, evitando-se as doenças e suas complicações. Problemas respiratórios, por exemplo, podem se tornar

Leia mais

sobre pressão alta Dr. Decio Mion

sobre pressão alta Dr. Decio Mion sobre pressão alta Dr. Decio Mion 1 2 Saiba tudo sobre pressão alta Dr. Decio Mion Chefe da Unidade de Hipertensão do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP)

Leia mais

Estratégias de gestão dos sintomas

Estratégias de gestão dos sintomas Estratégias de gestão dos sintomas Existem várias abordagens para ajudar a controlar e a lidar com o stress: técnicas cognitivo-comportamentais, treino de aptidões sociais, técnicas de relaxamento, a terapêutica

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

PLANEJAMENTO DO TRATAMENTO DA ASMA BRÔNQUICA

PLANEJAMENTO DO TRATAMENTO DA ASMA BRÔNQUICA PLANEJAMENTO DO TRATAMENTO DA ASMA BRÔNQUICA O estudo do sistema imune (proteção) surgiu no início do século 20, com futuro muito promissor, mas isto não se confirmou de imediato. Os fenômenos imunológicos

Leia mais

Entenda tudo sobre a Síndrome do Intestino Irritável

Entenda tudo sobre a Síndrome do Intestino Irritável Entenda tudo sobre a Síndrome do Intestino Irritável Apesar de ainda não existir cura definitiva para esse problema de saúde crônico, uma diferenciação entre essa patologia e a sensibilidade ao glúten

Leia mais

MASTOLOGIA ORIENTAÇÕES FISIOTERÁPICAS: Coordenação DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL COMITÊ DE PADRONIZAÇÕES

MASTOLOGIA ORIENTAÇÕES FISIOTERÁPICAS: Coordenação DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL COMITÊ DE PADRONIZAÇÕES O R I E N T A Ç Õ E S AOS PACIENTES MINISTÉRIO DA SAÚDE INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER Coordenação DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL COMITÊ DE PADRONIZAÇÕES Essas orientações são essencialmente para pacientes

Leia mais

PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE HÉRNIA DE DISCO SEM CIRURGIA

PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE HÉRNIA DE DISCO SEM CIRURGIA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE HÉRNIA DE DISCO SEM CIRURGIA Dicas para uma vida sem dores na coluna A Hérnia de Disco A nossa coluna é composta de aproximadamente 32 vértebras, que são os ossos que formam

Leia mais

DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA!

DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA! DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA! SUA MOCHILA NÃO PODE PESAR MAIS QUE 10% DO SEU PESO CORPORAL. A influência de carregar a mochila com o material escolar nas costas, associado

Leia mais

Unidade 4 Funções da nutrição

Unidade 4 Funções da nutrição Sugestões de atividades Unidade 4 Funções da nutrição 8 CIÊNCIAS Nutrição. As proteínas, encontradas em alimentos como leite, ovos, carne, soja e feijão, são fundamentais para nossa saúde. Justifique essa

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

A PRÁTICA DA MASSAGEM TERAPÊUTICA SOB A ÓTICA DA PSICOLOGIA CORPORAL

A PRÁTICA DA MASSAGEM TERAPÊUTICA SOB A ÓTICA DA PSICOLOGIA CORPORAL 1 A PRÁTICA DA MASSAGEM TERAPÊUTICA SOB A ÓTICA DA PSICOLOGIA CORPORAL Liane Veronese RESUMO O tema visa demonstrar a diferença de visão que um profissional da saúde massoterapeuta/fisioterapeuta tem do

Leia mais

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO E- BOOK GRATUITO Olá amigo (a), A depressão é um tema bem complexo, mas que vêm sendo melhor esclarecido à cada dia sobre seu tratamento e alívio. Quase todos os dias novas

Leia mais

O COMPLEXO DO OMBRO TENDINITE DE OMBRO. Dra. Nathália C. F. Guazeli

O COMPLEXO DO OMBRO TENDINITE DE OMBRO. Dra. Nathália C. F. Guazeli 3 Março/2013 TENDINITE DE OMBRO Dra. Nathália C. F. Guazeli GALERIA CREFITO 3 / 78.186 F O COMPLEXO DO OMBRO Para entender o que é Tendinite de Ombro, vale a pena conhecer um pouquinho como ele é composto,

Leia mais

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO E- BOOK GRATUITO Olá amigo (a), A depressão é um tema bem complexo, mas que vêm sendo melhor esclarecido à cada dia sobre seu tratamento e alívio. Quase todos os dias novas

Leia mais

OTORRINOLARINGOLOGIA Labirintite e Zumbido no Ouvido

OTORRINOLARINGOLOGIA Labirintite e Zumbido no Ouvido Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira OTORRINOLARINGOLOGIA Labirintite e Zumbido no Ouvido Labirintite é um termo com significado popular

Leia mais

BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO

BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO O método pilates é um trabalho que se baseia em exercícios de força e mobilidade utilizando para tal técnicas e exercícios específicos. Este método permite

Leia mais

A coluna vertebral é formada por vários ossos empilhados, uns sobre os outros, denominados vértebras (figura 1).

A coluna vertebral é formada por vários ossos empilhados, uns sobre os outros, denominados vértebras (figura 1). Disc-FX Disc Fix O procedimento Disc-FX é utilizado para o tratamento da hérnia de disco lombar de forma minimamente invasiva. Mas para que você possa entender como funciona este procedimento e para que

Leia mais

Quick Massage. Venha ser um membro filiado e compartilhar. seu conhecimento conosco! sbtcatendimento@outlook.com. Denis Fernando de Souza

Quick Massage. Venha ser um membro filiado e compartilhar. seu conhecimento conosco! sbtcatendimento@outlook.com. Denis Fernando de Souza Quick Massage Venha ser um membro filiado e compartilhar seu conhecimento conosco! sbtcatendimento@outlook.com Denis Fernando de Souza HISTÓRICO QUICK MASSAGE (MASSAGEM RÁPIDA) Algumas literaturas trazem

Leia mais

CARTILHA ELETRÔNICA INFLUENZA A (H1N1) INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO PARA AS ESCOLAS

CARTILHA ELETRÔNICA INFLUENZA A (H1N1) INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO PARA AS ESCOLAS CARTILHA ELETRÔNICA INFLUENZA A (H1N1) INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO PARA AS ESCOLAS ORIENTAÇÃO AOS PEDAGOGOS Todas as informações constantes nesta cartilha devem ser levadas ao conhecimento de todos os alunos,

Leia mais

ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO

ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO ANALISTA EM SAÚDE/ ASSISTENTE SOCIAL PLANTONISTA REQUISITOS: Certificado ou Declaração de conclusão do Curso de Serviço Social, registrado no MEC; E

Leia mais

O modelo biomédico da medicina pode ser entendido partir do nível das respostas que dá às seguintes questões:

O modelo biomédico da medicina pode ser entendido partir do nível das respostas que dá às seguintes questões: Ogden, J.(1999). Psicologia da Saúde. Lisboa: Climepsi Editores, Capitulo 1. Capítulo 1. Uma Introdução a Psicologia da Saúde Antecedentes da Psicologia da Saúde O século XIX Foi no decorrer do século

Leia mais

TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL DOS TRANSTORNOS ALIMENTARES: ANOREXIA NERVOSA E BULIMIA NERVOSA.

TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL DOS TRANSTORNOS ALIMENTARES: ANOREXIA NERVOSA E BULIMIA NERVOSA. TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL DOS TRANSTORNOS ALIMENTARES: ANOREXIA NERVOSA E BULIMIA NERVOSA. Daniela Dornsbach Koszeniewski¹ Flávia Souza de Freitas¹ Rosieli Ribarski Bortolotti¹ RESUMO Este artigo

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS

QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS O objetivo deste questionário é analisar as atividades

Leia mais

Cirurgia nas mamas. Mamas femininas

Cirurgia nas mamas. Mamas femininas Cirurgia nas mamas Mamas femininas As mamas são glândulas que sofrem transformações fisiológicas ao longo da vida, em resposta a estímulos hormonais. Na juventude, têm consistência mais firme, forma mais

Leia mais

DEPRESSÃO. O que você precisa saber. Fênix Associação Pró-Saúde Mental

DEPRESSÃO. O que você precisa saber. Fênix Associação Pró-Saúde Mental DEPRESSÃO O que você precisa saber Fênix Associação Pró-Saúde Mental Eu admito que preciso de ajuda, pois sozinho não consigo... (Grupo Fênix: Os 6 Passos para a Recuperação) a 1 Edição São Paulo 2010

Leia mais

CARTILHA DA GRÁVIDA 1

CARTILHA DA GRÁVIDA 1 CARTILHA DA GRÁVIDA 1 2 SUMÁRIO SOBRE A FEBRASGO 4 PRIMEIROS SINTOMAS 5 ETAPAS DA GESTAÇÃO 6 IMPORTÂNCIA DO PRÉ-NATAL 8 OBJETIVOS DO PRÉ-NATAL JUNTO À MÃE 9 OBJETIVOS DO PRÉ-NATAL JUNTO AO BEBÊ 10 OBJETIVOS

Leia mais

ALERGIAS NA INFÂNCIA

ALERGIAS NA INFÂNCIA ALERGIAS NA INFÂNCIA Tema: Alergias na Infância Objetivos Conceituar alergia, classificar os principais tipos e indutores das doenças alérgicas. Identificar e relacionar os fatores de risco associados

Leia mais