Telefone celular como instrumento de inclusão digital. Um estudo de caso do projeto Canal*Motoboy

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Telefone celular como instrumento de inclusão digital. Um estudo de caso do projeto Canal*Motoboy"

Transcrição

1 Telefone celular como instrumento de inclusão digital. Um estudo de caso do projeto Canal*Motoboy Este artigo propõe-se a fazer um estudo de caso do projeto Canal*Motoboy, no qual o telefone celular foi usado como instrumento de inclusão digital e de produção de conteúdo para a internet por de um grupo de motoboys na cidade de São Paulo. 1. Projeto Canal*Motoboy Canal*Motoboy é um projeto idealizado pelo artista catalão Antoni Abad. Sua proposta é criar uma estrutura aberta de divulgação de conteúdo digital para um coletivo que muitas vezes é subjugado ou que não tem voz nos principais meios de comunicação de massa. O coletivo, neste caso motoboys da cidade de São Paulo, são incentivados a produzirem mídia, expressarem seus interesses, mostrarem suas caras, e, por fim, terem um posicionamento ativo na rede. Abad, juntamente com uma equipe que envolve sociólogos, psicólogos, artistas e comunicadores, selecionou 12 motoboys (11 homens e uma mulher) e lhes ofereceu um telefone celular multimídia com o qual eles poderiam (deveriam) gravar seu cotidiano ou qualquer assunto de interesse. As anotações de seu dia-a-dia poderiam ser em forma de fotos, vídeos, textos, áudios e tudo seria enviado por MMS para o site do projeto Coletivo Motoboy O grande número de motoboys em São Paulo assusta a qualquer estrangeiro que chegue a cidade, e adicionando a este número o fato de que estes motociclistas não possuem uma projeção favorável na mídia, Antoni Abad deduziu que este seria o coletivo exato para desenvolver o projeto na cidade. Os motoboys estão claramente descritos no site The abaporu project on technology appropriation, A profissão de motociclista atividade remunerada que faz uso da motocicleta para execução de diversas tarefas, como entregas e

2 retiradas de documentos, cheques, malotes, medicamentos, alimentos e todo tipo de pequeno volumes e componentes, que prescindem de certa urgência, surge no Brasil a partir do início dos anos 80 e cresce, exponencialmente, após a Constituição de 1988, com a terceirização e o fortalecimento do setor de serviços. 1 Atualmente, acredita-se que o número de motoboys em São Paulo é de mais de Dados do site oficial Nossa São Paulo apontam que: são aproximadamente motocicletas registradas (DETRAN/SP, 2006), das quais, estima-se, circulam dedicadas ao transporte de pequenas cargas. 2 Com uma profissão perigosa, esses profissionais estão sujeitos a diversos acidentes na sua rotina de trabalho, alguns que terminam em morte. O jornalista da CBS, Adhemar Altieri, afirma que morre em media um motoboy por dia na cidade de São Paulo. 3 Já o site Nossa São Paulo, baseados em dados do Detran, afirma que: Hoje, morrem mais motociclistas em São Paulo do que a soma de todas as mortes de ocupantes dos demais veículos motorizados (carros, ônibus e caminhões). Em 2006, de cada 10 mortes no trânsito, 2 envolveram condutores e passageiros de motocicletas. As mortes de motociclistas atingem principalmente os pilotos jovens: 66% das mortes ocorrem entre 18 e 29 anos. 1 Esses dados comprovam o risco e a dificuldade de trabalhar na profissão em uma das maiores cidades do mundo com um fluxo viário muitas vezes congestionado e violento. Nesse cenário caótico da correria do dia-a-dia da profissão e do perigo existente no trânsito, Canal*Motoboy convida os motociclistas para mais uma tarefa diária: a de produzir conteúdo, de falarem para a comunidade Site na web O website do Canal*Motoboy (http://www.zexe.net/saopaulo) é muito simples, possui um design fácil e claro. Está dividido em canais individuais referentes a cada um dos participantes do projeto e canais gerais onde todos participam como Dia-a- URL: 2 URL da notícia: Acessado em Janeiro Dados não comprovados. URL da notícia: Acessado em Janeiro 2008.

3 dia. Nos canais individuais cada participante do projeto possui um canal com seu nome ou apelido (na maior parte das vezes os apelidos são usados) onde ele é totalmente responsável pelas postagens e atualizações de seu canal. Além de organizarem o material em canais, eles colocam tags (etiquetas) para suas postagens. Como por exemplo família, onde se pode ver todas as imagens, textos e áudios referentes à família do motoboy 1.3. Canais anteriores ao Canal*Motoboy O projeto dos canais de transmissão por celular feito por coletivos criado por Antoni Abad começou em março de 2004 com taxistas na cidade do México. Após México, em 2005, foram convidados a participarem do projeto os jovens ciganos da cidade catalã de Lleida e da cidade León capital de Castilla y Leon. Foram duas realidades culturais bem distintas dentro de um mesmo país, embora as duas compartilhassem do fato de não possuírem uma visão positiva dos ciganos nos veículos de comunicação de massa. Um trabalho ainda mais polêmico foi o Canal*Invisible realizado em Madrid por prostitutas de rua. Elas e eles gravaram pelas ruas de Madrid depoimentos e fotos de pessoas que circulam por seu entorno. A nota explicativa no site diz: Preguntamos en las calles: cómo te llamas? en qué trabajas? qué mejorarías de tu ocupación actual? qué profesión te gustaría tener Este canal intenta reflejar el presente profesional y las ilusiones de las personas de nuestro entorno 4 Já em 2006, foi criado o Canal*Accessible, onde cadeirantes em Barcelona fotografaram cada obstáculo que encontravam na sua mobilidade pela cidade. Nesta fase do projeto foram adicionados mapas das ruas da cidade mostrando onde o local que estava interrompido. 4 URL:

4 Figura 1. Fotos do Canal*Accessible Esse Canal ganhou prêmio Golden Nica de Comunidades Digitais no festival Ars Electronica, o mais relevante festival de arte eletrônica do mundo. No mesmo ano, surgiu o Canal*Central, onde 22 migrantes Nicaragüenses transmitiram fotos, vídeos, sons do seu dia-a-dia em San José, Costa Rica. Temas como papéis (documentos de residência), moradia, saúde, associações comunitárias, diversão e entrevistas são organizados e alimentados por todos os participantes do projeto. Somente em 2007 que o Canal*Motoboy começou a ser realizado. Mesmo que o idéia do projeto Canais tenha surgido com o coletivo dos motoboys em São Paulo, o mesmo só pode ser realizado muito depois de outros 2. Uso do celular e mobilidade O celular é considerado por diversos autores (AGAR, 2003; LEVINSON, 2004; ITO, 2005; RIVIÈRE, 2005; WOOLGAR, 2005; GOGGIN, 2006; NYÍRI, 2007) como o símbolo da tecnologia móvel, nele a mobilidade está representada em toda sua autonomia, você pode tanto produzir quando receber informações e tanto de forma sincrônica como assincrônica. Levinson (2004, p. 52) afirma que: The cell phone is currently the epitome of mobility in media because it allows both reception (like the book and the transistor radio) and production (like the Kodak camera), allows this immediately and long distance (like the transistor radio), and allows this interactively (like no prior mobile medium).5 5 Minha tradução: O celular é hoje em dia o epítome da mobilidade em mídia porque ele permite tanto a recepção (como o livro e o rádio transistor) quanto a produção (como a câmera Kodak), proporciona isto imediatamente e a longa distância (como o radio transistor), e proporciona esta interatividade (como nenhum meio móvel anterior).

5 Ao mesmo tempo que o celular representa mobilidade, a motocicleta também é um forte veículo de mobilidade pela cidade. Com ela, os motociclista têm uma maior flexibilidade de movimento, principalmente em uma cidade congestionada por carros. Essa flexibilidade de movimento tem seu preço: acidentes e vidas perdidas pelo perigo e a imprudência no trânsito. 6 Os dois veículos, a moto e o celular, são o que definem a mobilidade e agilidade na produção de informação. Munidos destes objetos, os motociclistas podem publicar fotos no site de qualquer lugar da cidade, muitas vezes vivenciando uma notícia muito antes da chegada de jornalistas. Em uma entrevista para essa análise, perguntou-se ao motociclistas se eles já tinham sido procurados por grandes jornais para publicar suas fotos. Disseram que somente uma vez foram contatados mas que não tiveram sorte nas negociações. 7 Sendo a mobilidade um ponto forte do projeto, têm-se uma idéia de constante movimento ao ver o trabalho na Internet. Para tentar de alguma forma localizar este movimento, alguns dos participantes do projetos utilizam ferramentas como Google Maps (http://maps.google.com) para situar suas postagens. Um exemplo é o canal de Ronaldo 8, onde ele coloca no mapa algumas das fotos feitas para suas postagens. Desta forma, a notícia fica localizada no ponto da cidade, ancorada em um lugar fixo. 3. Inclusão digital e cultura livre no Canal*Motoboy Em um artigo intitulado O caráter pseudo da inclusão digital, Denise Correa Araújo define parâmetros para uma inclusão digital. Para a autora (ARAUJO, 2006) está 6 Segundo fonte (http://www.nossasaopaulo.org.br/nssp.acontecespmateria.asp?int_codigo=128): Hoje, morrem mais motociclistas em São Paulo do que a soma de todas as mortes de ocupantes dos demais veículos motorizados (carros, ônibus e caminhões). Em 2006, de cada 10 mortes no trânsito, 2 envolveram condutores e passageiros de motocicletas. As mortes de motociclistas atingem principalmente os pilotos jovens: 66% das mortes ocorrem entre 18 e 29 anos. 7 O motoboy respondeu que disse ao jornal que só aceitaria a publicação da foto se fizessem uma matéria sobre o Canal*Motoboy. 8 URL do canal do Ronaldo no Canal*Motoboy, o mapa do Google pode ser visto logo no início página. r=0

6 incluído digitalmente quem participa ativamente da rede tanto para facilitar seu dia-adia quando para produzir conteúdo e uma reflexão crítica. Nesse sentido, tomamos o projeto Canal*Motoboy como um facilitador dessa inclusão já que os motociclistas podem produzir material e reivindicar por uma melhor visibilidade na mídia através de sua participação online. A participação ativa do grupo de motociclistas na rede é permitida por um diferente uso de uma ferramenta comumente usada por eles, o telefone celular. Aqui a inclusão digital é feita tanto pela internet quanto pela utilização de câmeras digitais de vídeo, foto e gravadores incorporados no celular. O profissional está acostumado a trabalhar sempre com um celular, faz parte da sua rotina usar o aparelho para telefonar e mandar sms, entretanto com o projeto eles começam a produzir conteúdo para a web. Essa produção de conteúdo é multimídia, mais audiovisual do que escrita, sendo uma forma de produção mais ligada à rotina de trabalho dos motociclistas. Consequentemente, o conteúdo gerado é uma forma de expressão de uma cultura livre, um exemplo da possibilidade de livremente produzir cultura sem censura ou imposições. A cultura livre é geralmente expressada por apropriações e recombinações de idéias, objetos, mídias, signos... No caso do projeto Canal*Motoboy, os motociclistas se apropriaram de uma ferramenta, o celular. Para François Bar et al., no artigo Mobile technology appropriation in a distant mirror: baroque infiltration, creolization and cannibalism, a apropriação na América Latina pode ser dividida em três modos: barroco, creolização e canibalismo. O barroco seria quando os usuários de celulares usam ferramentas para personalizar seu telefone como trocar o ringtone ou colar adesivos. A creolização seria quando os usuários reprogramam a tecnologia para adaptar as suas necessidades. Um exemplo disto seria quando usuários modificam os telefones para usar dois cartões SIM 9 ao mesmo tempo. Canibalismo seria o modo mais extremo de apropriação, quando o usuário modifica o celular e se coloca em oposição aos provedores de serviço, seu objetivo é destruir, subverter, sobrepor-se ao dispositivo ou serviço oferecido 10 9 SIM (Subscriber Identity Module ) é o cartão utilizado pela telefonia GSM para guardar as informações dos telefones celulares. 10 Minha tradução, a versão original é goal is to destroy, subvert, defeat the device or service as offered.

7 (BAR, PISANI et al., 2007: 34). Exemplos do modo canibalismo de apropriação seria o debloqueio do cartão SIM ou a clonagem de celulares. No site do projeto Abaporu (http://abaporu.wordpress.com), François Bar considera o Canal*Motoboy como uma forma de apropriação intensa pois os motoboys utilizam o celular como ferramenta para modificar políticas locais. The appropriation process fundamentally is a negotiation about power and control over the configuration of the technology, its uses, and the distribution of its benefits. 11 (BAR, PISANI et al., 2007) Tanto as negociações de controle e poder sobre a reconfiguração da tecnologia quanto sobre seu uso são fundamentais para a produção de uma cultura livre. No caso do Canal*Motoboy, os usuários possuíam um telefone celular adaptado ao projeto, ou seja, os celulares usados por eles possuem um programa em Java que facilita o uso das mensagens multimídias (MMS) e a publicação automática no site. No livro Mobile communication and society: a global perspective, os autores (CASTELLS, FERNANDEZ-ARDEVOL et al., 2007: 185) afirmam que Wireless communication provides a powerful platform for political autonomy on the basis of independent channel of autonomous communication from person to person. 12 No caso do projeto estudado, além da autonomia dada pelo uso da comunicação de pessoa a pessoa, eles usam a internet para divulgar seu material para muitos. Exemplificando, assim, a importância no casamento destes dois meios, o uso do telefone celular e da internet. As imagens geradas pelo projeto Canal*Motoboy são em geral imagens do cotidiano dos motociclistas, sua família, casa, trabalho... Em Images of Home, Kristóf Nyíri (2005) argumenta que nosso imaginário de lar e território está muito relacionado com as imagens que temos dos lugares. E, citando Heidegger, o autor fala de importância da tradição e sentimento de lar para a humanidade. Now traditions are handed down via images as much as via verbal formulas; images of home are part of the tradition of 11 Minha tradução: O processo de apropriação fundamentalmente é uma negociação de poder e controle sobre a configuração da tecnologia, seus uso e distribuições de seus benefícios. 12 Minha tradução: A comunicação wireless proporciona uma plataforma poderosa para uma autonomia política com base num canal independente de comunicação autônoma de pessoa para pessoa.

8 home 13 (NYÍRI, 2005: 376). Portanto, no momento que os motociclistas começam a divulgar suas imagens de casa, eles estão de alguma forma divulgando sua tradição, juntamente com seus costumes, que muitas vezes é desconhecida ou está sob preconceitos. Pode-se perceber que os motoqueiros (como gostam de ser chamados), utilizam o Canal*Motoboy para fazer denúncias sociais. Um exemplo pode ser a foto feita de uma carta de um morador de rua reclamando por seu direitos. 14 O fato de escolherem esta situação para produzir uma imagem e publicarem em sua página web mostra o interesse/preocupação pela situação social de sua cidade. Caso contrário, esta seria uma ocasião que passaria despercebida, sem a importância de tornar-se notícia no Canal*Motoboy. A liberdade que os motoqueiros possuem de publicar sem censura o que lhes chama atenção no seu dia-a-dia depende muito da estrutura na qual o projeto foi criado. Isto é, uma estrutura aberta, fácil e automática. Aberta, pois está aberta a qualquer publicação. Fácil, pois não existe dificuldade de usabilidade do sistema tanto no celular quanto no site do projeto. Os participantes mostraram-se muito hábeis em usar a tecnologia. 15 O fato de ser automático o envio para o website faz com que gere uma agilidade ao projeto, que o faz vivo e sempre se transformando. Caso o sistema de envio e publicação fosse difícil e/ou lento, dificultaria a participação e somente os que tivessem mais habilidades técnicas seriam os que conseguiriam publicar com freqüência, o que felizmente não acontece. Exemplos de preocupação política estão visíveis por todo o website do projeto. Uma imagem mostra a ironia da mistura da propaganda política do Lula com dizeres como: Ferro velho. Compramos. Alumínio Cobre. Metal Ferro e Papelão. Pela forma 13 Minha tradução: Agora as tradições são repassadas via imagens tanto quando por via verbal, imagens do lar são parte da tradição do lar. 14 Veja o posting na Url abaixo: r=0 15 Em junho 2007 participei de uma reunião do Canal*Motoboy no Centro Cultural São Paulo e todos me mostraram com agilidade como funcionava a plataforma. Durante a entrevista, enquanto respondiam minhas perguntas, faziam ao mesmo tempo foto e áudio e enviaram para o site.

9 que a imagem foi feita parece que Lula e Ferro velho estão juntos. 16 A publicação deste tipo de imagem com alusões à figura do presidente mostra a liberdade de expressão que existe no projeto. Em muitos países isto não seria permitido, e as pessoas nem ousariam em publicar este tipo de imagem. Cultura livre, também, pode ser evidenciada na tag (etiqueta) proibido, onde eles publicam imagens de diversos lugares que proíbem alguma coisa. Fizeram fotos e vídeos de lugares de proibições, por exemplo, proibindo o uso de celulares, a entrada de motoboys pela porta principal... Vídeos e fotos de manifestações políticas pela cidade e da polícia parando motoqueiros e carros também é comumente visto no site. Outro tema bem difundido no Canal*Motoboy é sobre acidentes. Nele pode-se ver diversas imagens de acidentes, fotos mostrando o sangue de acidentes nas ruas, principalmente ocorridos com motoqueiros. Um exemplo é a foto de um acidente na qual acompanha o seguinte texto Kombi derruba motociclista e foge sem prestar socorro (parei para tirar fotos para o canal motoboy e quando percebi a vitima era o meu amigo reinaldo). 17 Esta postagem é uma amostra do que acontece seguidamente na rotina do motoboy de São Paulo: ver seu colega de trabalho acidentado pelo caminho. Referente a mesma postagem foi adicionado pelo autor posteriormente a frase: infelismente nao sobreviveu 18. E, juntamente com seus depoimentos, eles acrescentam posteriormente as matérias que saíram nos principais jornais da cidade sobre o corrido, igualmente colocam dados para complementar sua reportagem. Percebe-se, também, a freqüência de erros de ortografia e gramática nos breves textos que acompanham as imagens. Estes podem ser decorrente da rapidez com que enviam as mensagens de textos dos celulares, e ainda mais provável pela falta de domínio da língua escrita por parte dos participantes do projeto. Muitas vezes, estes erros são apontados e deixados sem arrumar por não terem igualmente uma preocupação com a precisão da língua escrita. 16 Veja a imagem no site 17 Veja no site 18 Erros de ortografia estão no original.

10 No site existe um canal chamado meios onde os participantes do projeto colocam links para notícias que saem nos meios de comunicação de massa, sendo estas sobre motoboys e/ou relacionadas ao trânsito. Essa seção do projeto mostra uma preocupação com o que está sendo dito sobre eles, seria como mostrar sua versão da notícia e a dos outro, muitas vezes considerada a oficial. Em paralelo com o canal meios, existe um canal aberto ao público em geral para a postagem de mensagens e tudo que é escrito na caixa de texto dessa seção é publicado automaticamente no site. Ao mesmo tempo, existe um apartado para motogirls, mostrando a preocupação com o gênero na profissão que é majoritariamente masculina. André Lemos fala de uma subjetividade pós-moderna existente nas imagens feitas por celular. O autor (LEMOS, 2007) afirma, Hoje, com a difusão de fotografias e vídeos por celular, talvez possamos falar de produtos imagéticos que refletem o que alguns autores chamam de subjetividade pós-moderna, ou seja, desterritorializada, aberta, presenteísta, esfacelada. As características do dispositivo já encarnam essa subjetividade: as fotos são tiradas, vistas e descartadas imediatamente; elas circulam como forma de fazer contato: enviar para amigos, mostrando onde se está, os momentos banais, fora da solenidade. Essa estética pós-moderna é presenciada pelas imagens feitas pelos participantes do Canal*Motoboy. Percebe-se que com o uso e a familiaridade com a câmera, eles começaram a provar com a imagens, fazem ângulos inusitados, recortes pensados, utilizam-se de linhas e composição para suas imagens. Exemplos desta estética podem ser as fotos de criança feitas de baixo para cima, diferente da foto convencional que os pais fazem dos filhos de cima para baixo. 19 Outra situação de cuidado estético é a foto do túnel Airton Sena, onde percebe-se o trabalho feito com as linhas e luzes do local Veja exemplos na url: r=0 20 Veja a foto na url: &r=0

11 Igualmente, no site do projeto existe um canal para entrevistas, onde os motociclistas entrevistam amigos, familiares e colegas sobre a profissão. Embora muitas destas entrevistas tentem seguir uma dinâmica instituída pelo telejornalismo, elas também possuem um tom ingênuo nas perguntas. Um dos participantes, entrevistando a mãe, pergunta: Qual que é a sua preocupação quando eu saio para trabalhar? e Quanto aos policias, você acha que eu tomo muita multa mãe? 21 Nesse tipo de depoimento, eles usam a família para defenderem seus problemas e dificuldades com a profissão. Sergio Amadeu Silveira, em um artigo intitulado Inclusão digital, software livre e globalização contra-hegemônica discute o problema da exclusão digital no Brasil e do uso do software livre como premissa básica para uma inclusão. Para o autor a inclusão digital não é somente uma questão de inclusão social, mas sim de cidadania. Segundo Silveira (Acessado em 2008), Hoje, o direito à comunicação é sinônimo de direito a comunicação mediada por computador. Portanto, trata-se de uma questão de cidadania. O projeto Canal*Motoboy oferece este direito de cidadania ao grupo de motoboys de São Paulo. Como os celulares e website ele produzem comunicação interna para a comunidade, como também para o grande público. O uso do software livre também foi incorporado no projeto, tanto o software utilizado nos celulares quanto no website são programados em código aberto pelo programador Eugenio Tisselli. Colaboração e interação com o público Canal*Motoboy é um projeto colaborativo, feito em conjunto pelos integrantes do grupo. O site possui tanto canais individuais de cada um quanto canais coletivos como DIAaDIA e Viralata. Além disso, canais para participação do público em geral com comentários e anotações. Navegando pelo Canal*Motoboy pode-se ver mensagens de pessoas que foram fotografadas pelos motoboys e que entraram no site para buscar suas fotos publicadas 21 URL:

12 na rede. Alguns deixam mensagens dizendo que passaram por eles nas ruas e vieram ao site para ver o material. Essas mensagens são exemplos claros de uma interação com o público do projeto, onde percebe-se que existe um feedback do material produzido pelo grupo. Julian Stallabrass, em seu artigo Digital Commons, fala de cooperação como uma forma de produção, que no caso do projeto aqui estudado, seria a produção de uma cultura livre. People need each other to create value, but these others are no longer necessarily provided by capital and its organizational powers. Rather, it is communities that produce and, as they do so, reproduce and redefine them-selves; the outcome is no less than the potential for a kind of spontaneous and elementary communism.(stallabrass, 2002) 22 Observa-se que essa pequena comunidade de motoboys em São Paulo, ao participar do projeto Canal*Motoboy, começou a se redefinir como coletivo, muitas vezes lutando por seus direitos e militando perante o governo municipal pela mudanças em regulamentações e restrições da categoria. No site encontra-se diversos posts desses encontros com políticos e governantes. 4. Considerações finais A inclusão digital de forma ativa e participativa é facilmente evidenciada no projeto Canal*Motoboy. Tendo em vista a entrevista realizada para esta pesquisa e a demonstração do uso do celular por parte dos motoboys, percebe-se que a tecnologia de publicação é de fácil e rápido manuseio. Mesmo assim, nota-se que algumas fotos se repetem no decorrer do site, talvez pela não confiabilidade do sistema, principalmente nos serviços das companhias de telefonia móvel.. Durante as semanas de exposição do projeto no Centro Cultural São Paulo, o grupo tinha uma reunião semanal onde debatia os pontos a serem trabalhados na semana seguinte e refletiam sobre o trabalho já realizado. No local, havia um computador 22 Minha tradução: As pessoas precisam umas das outras para criarem valores, mas estes outros não são mais necessariamente proporcionados pelo capital e seus poderes organizacionais. Ao contrário, são comunidades que produzem e, ao fazerem isto, reproduzem e redefinem eles mesmos, o resultado é nada menos que o potencial para um tipo de comunismo espontâneo e simples.

13 conectado na internet para que eles pudessem acessar o site, arrumar algum post, criar novos canais ou simplesmente navegar pela internet. Esse era o momento em que podiam, também, limpar posts duplicados, corrigir textos mal escritos ou escrever em posts sem textos. Percebe-se que esses motoboys são diferentes do exemplo do ciber flâneur (HARTMANN, 2000; LEMOS, 2001) romântico e despreocupado que navega sem rumo fazendo anotações, aqui a realidade é outra, é um lugar com grandes problemas sociais. Seus posts não são uma visão errante da cidade, mas sim, são o dia-a-dia difícil de pessoas que não possuem um conforto econômico-social. Neles estão retratados a fila para ser atendido no INSS, o acidente de carro, a discriminação, o crime, a pobreza, o preconceito... Outro ponto a ser salientado é o fato dos motociclistas estarem abertos a novas tecnologias, rapidamente se acostumaram a produzir com seus celulares e a trabalhar com o website. E, ainda, buscaram mais, começaram a experimentar com outras ferramentas, como por exemplo os mapas no GoogleMaps (http://maps.google.com). A estética desse projeto assimila-se a das performances colaborativas em espaços públicos muito populares nos anos 70 e 80. Aqui, o interesse é interferir na vida das pessoas, usar a arte para questionar, transformar, perceber. Com Canal*Motoboy, Abad conseguiu de forma eloqüente interferir no dia-a-dia desses 12 motoboys que, a partir do momento que tiverem a oportunidade de usar um instrumento de produção e estavam conscientes de terem um público, começaram a repensar seus posicionamentos e objetivos. O material produzido para o site do projeto é uma respeitável documentação que pode servir de base para um estudo sócio-antropológico da categoria. Mesmo depois do projeto ter saído de exposição no Centro Cultual São Paulo, os motociclistas seguiram colocando posts no site. O que era uma iniciativa para ser realizada por algumas semanas perpetuou por anos, o grupo assumiu a responsabilidade de ganhar uma potente ferramenta de comunicação e segue até hoje postando conteúdo no site do projeto.

14 5. Referências bibliográficas AGAR, J. Constant touch: a brief history of the mobile phone. Cambridge: Icon ARAUJO, D. C. O caráter pseudo da inclusão digital. In: Araujo, Denize Correa (Ed.). Imagem (ir)realidade: Comunicação e cibermídia. Porto Alegre: Sulina, BAR, F., PISANI, F., et al. Mobile technology appropriation in a distant mirror: baroque infiltration, creolization and cannibalism. The abaporu project. Acessado em Disponível em CASTELLS, M., FERNANDEZ-ARDEVOL, M., et al. Mobile communication and society: a global perspective. Cambridge, Mass.: MIT Press GOGGIN, G. Cell phone culture: mobile technology in everyday life. New York, NY: Routledge HARTMANN, M. The Cyberflâneuse. In: Group, Cutting Edge Women's Research (Ed.). Digital Desires. New York: I. B. Tauris, ITO, M. Introduction: Personal, Portable, Pedestrian. In: Ito, Mizuko, Daisuke Okabe, et al (Ed.). Personal, portable, pedestrian: mobile phones in Japanese life. Cambridge, Mass.: MIT Press, LEMOS, A. Ciber-Flanerie. Andrelemos.info. Acessado em Disponível em Comunicação e práticas sociais no espaço urbano: as características dos Dispositivos Híbridos Móveis de Conexão Multirredes (DHMCM). Carnet de Notes. Acessado em Disponível em LEVINSON, P. Cellphone: the story of the world's most mobile medium and how it has transformed everything! New York, N.Y.: Palgrave Macmillan NYÍRI, K. Images of Home. In: Nyíri, Kristóf (Ed.). A sense of place: The global and the local in mobile communication. Viena: Passagen Verlag, Mobile studies: paradigms and perspectives. Vienna: Passagen RIVIÈRE, C. Mobile camera phones: a new form of "being together" in daily interpersonal communication. In: Ling, Richard Seyler e Per E. Pedersen (Ed.). Mobile communications: re-negotiation of the social sphere. London: Springer, SILVEIRA, S. A. D. Inclusão digital, software livre e globalização contra-hegemônica. Softwarelivre.gov.br. Acessado em Disponível em STALLABRASS, J. Digial Commons. New Left Review. Acessado em Disponível em WOOLGAR, S. Mobile back to front: uncertainty and danger in the theory-tecnology relation. In: Ling, Richard Seyler e Per E. Pedersen (Ed.). Mobile communications: renegotiation of the social sphere. London: Springer, 2005.

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2013 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 26 % da

Leia mais

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO Fevereiro 2016 A MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO O que mais incomoda no discurso/posição que a mulher

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR CONTEÚDO 1 2 3 4 5 6 Por que as empresas precisam estar conectadas ao mundo mobile Como os aplicativos mobile podem atrair mais clientes. Como os aplicativos

Leia mais

[conectando vozes ao mundo]

[conectando vozes ao mundo] [conectando vozes ao mundo] »VOJO [ AMPLIANDO VOZES PELO BRASIL ] O Instituto Mídia Étnica, em parceria com o Center for Civic Media, do Massachusetts Institute of Technology (MIT), vem desenvolvendo o

Leia mais

INTRODUÇÃO. Desde que a imprensa surgiu, a comunicação se baseia na tecnologia:

INTRODUÇÃO. Desde que a imprensa surgiu, a comunicação se baseia na tecnologia: INTRODUÇÃO Desde que a imprensa surgiu, a comunicação se baseia na tecnologia: 1450 Imprensa de Gutemberg 1940 Primeiras transmissões na TV 1960 Internet começa a ser desenvolvida 1973 Primeira ligação

Leia mais

I N T R O D U Ç Ã O W A P desbloqueio,

I N T R O D U Ç Ã O W A P desbloqueio, INTRODUÇÃO Para que o Guia Médico de seu Plano de Saúde esteja disponível em seu celular, antes de mais nada, sua OPERADORA DE SAÚDE terá de aderir ao projeto. Após a adesão, você será autorizado a instalar

Leia mais

Aula 8 Conversação e rede social na web

Aula 8 Conversação e rede social na web Aula 8 Conversação e rede social na web Aula 8 Conversação e rede social na web Meta Apresentar um programa de voz sobre IP (VoIP), o Skype, e fazer uma breve introdução ao mundo das redes sociais online,

Leia mais

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital Apresentação Presença Digital 2012 ÍNDICE 1. GESTÃO MÍDIAS SOCIAIS... 03 2. ESTRATÉGIAS COMPLEMENTARES... 04 3. PERSONALIZAÇÃO... 05 4. CASES... 06 5. SOBRE A INTERMIDIA BRASIL... 13 6. CLIENTES... 14

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

Fotografia por celular: questionando novas práticas e dinâmicas de comunicação. 1

Fotografia por celular: questionando novas práticas e dinâmicas de comunicação. 1 Fotografia por celular: questionando novas práticas e dinâmicas de comunicação. 1 Karla Schuch Brunet Facom/Universidade Federal da Bahia 2 Resumo Este trabalho pretende mostrar e levantar questionamentos

Leia mais

Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis

Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis Marketing Digital Trabalho científico apresentado ao Professor Edvaldo Jr., docente da matéria Marketing Digital, da turma de Produção

Leia mais

Sistemas de Publicação em Ciberjornalismo Rotinas produtivas

Sistemas de Publicação em Ciberjornalismo Rotinas produtivas Sistemas de Publicação em Ciberjornalismo Rotinas produtivas Luciana Mielniczuk UFRGS UFSM luciana.mielniczuk@gmail.com redação jornalística em fins de 1980 X redação jornalística hoje Uma redação jornalística

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA AULA 01: TECNOLOGIAS DIGITAIS, MUDANÇAS SOCIAIS E A EDUCAÇÃO TÓPICO 02: VOCÊ E O COMPUTADOR 2.1 VOCÊ E O COMPUTADOR Nesta aula você irá refletir um pouco sobre como o computador, a

Leia mais

C.P.F. DOS ENVOLVIDOS: 105111179-06 085997089-29 093745209-23 KRIO. A integração entre a tecnologia e a comunicação para Jovens Aprendizes

C.P.F. DOS ENVOLVIDOS: 105111179-06 085997089-29 093745209-23 KRIO. A integração entre a tecnologia e a comunicação para Jovens Aprendizes C.P.F. DOS ENVOLVIDOS: 105111179-06 085997089-29 093745209-23 KRIO A integração entre a tecnologia e a comunicação para Jovens Aprendizes FLORIANÓPOLIS 2014 2 RESUMO: O projeto apresentado é resultado

Leia mais

EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO

EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO LET 02630 LÍNGUA PORTUGUESA Noções gerais da língua portuguesa. Leitura e produção de diferentes tipos de textos, em especial os relativos à comunicação de massa. Os tipos

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

ATÓRIO OBSERV. mcf*(penso) julho/agosto 2013

ATÓRIO OBSERV. mcf*(penso) julho/agosto 2013 OBSERV ATÓRIO Outro dia, por mais uma vez, decidi que freqüentaria a uma academia. Como acabei de me mudar de casa, busquei no Google maps do meu celular por Academia e de imediato diversos pontinhos vermelhos

Leia mais

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG Moema Gomes Moraes 1 RESUMO: Este trabalho faz uma reflexão sobre os aspectos relacionados ao uso de Blogs no ensino de Matemática. Para isto, ele inicia fazendo uma reflexão

Leia mais

WEBJORNALISMO. Aula 04: Características do Webjornalismo. Características do webjornalismo

WEBJORNALISMO. Aula 04: Características do Webjornalismo. Características do webjornalismo WEBJORNALISMO Aula 04: Características do Webjornalismo Prof. Breno Brito Características do webjornalismo O webjornalismo apresenta algumas características específicas em relação a aspectos que quase

Leia mais

NOVAS MÍDIAS DIGITAIS - AULA 01 - APRESENTAÇÃO

NOVAS MÍDIAS DIGITAIS - AULA 01 - APRESENTAÇÃO NOVAS MÍDIAS DIGITAIS - AULA 01 - APRESENTAÇÃO O QUE É MÍDIA DIGITAL? É conjunto de meios de comunicação baseados em tecnologia digital, permitindo a distribuição de informação na forma escrita, sonora

Leia mais

SEO PARA INICIANTES Como otimizar um blog Guia passo a passo para fazer o seu blog otimizado e indexado corretamente!

SEO PARA INICIANTES Como otimizar um blog Guia passo a passo para fazer o seu blog otimizado e indexado corretamente! 1 SEO PARA INICIANTES Como otimizar um blog Guia passo a passo para fazer o seu blog otimizado e indexado corretamente! Fórmula Hotmart - www.formulahotmart.com 2 Este ebook pertence: Claudio J. Bueno

Leia mais

Projeto Leve Amor. Bruno Barros de Souza 1 Helber Lopes de Souza 2 Leticia Abreu 3 AEV Associação Educacional de Vitória.

Projeto Leve Amor. Bruno Barros de Souza 1 Helber Lopes de Souza 2 Leticia Abreu 3 AEV Associação Educacional de Vitória. Projeto Leve Amor Bruno Barros de Souza 1 Helber Lopes de Souza 2 Leticia Abreu 3 AEV Associação Educacional de Vitória. Vitória - ES RESUMO Exposição de conteúdo referente a idealização de um projeto

Leia mais

SOFTWARES SOCIAIS E MUNDOS VIRTUAIS: MAPEAMENTO DAS FERRAMENTAS PARA A MOBILIZAÇÃO EM SAÚDE 1

SOFTWARES SOCIAIS E MUNDOS VIRTUAIS: MAPEAMENTO DAS FERRAMENTAS PARA A MOBILIZAÇÃO EM SAÚDE 1 SOFTWARES SOCIAIS E MUNDOS VIRTUAIS: MAPEAMENTO DAS FERRAMENTAS PARA A MOBILIZAÇÃO EM SAÚDE 1 Bruna Mayara de Lima Cibotto 2 ; Patrícia Marques da Silva Prado 2 ; Ana Paula Machado Velho 3. RESUMO: O presente

Leia mais

Política de Privacidade da Golden Táxi Transportes Executivo. Sua Privacidade Na Golden Táxi Transportes Executivo. acredita que, como nosso

Política de Privacidade da Golden Táxi Transportes Executivo. Sua Privacidade Na Golden Táxi Transportes Executivo. acredita que, como nosso Política de Privacidade da Golden Táxi Transportes Executivo. Sua Privacidade Na Golden Táxi Transportes Executivo. acredita que, como nosso visitante on-line, você tem o direito de saber as práticas que

Leia mais

Jovens do mundo todo Conheça outras culturas

Jovens do mundo todo Conheça outras culturas 5 a a 8 a séries Ensino Fundamental Jovens do mundo todo Conheça outras culturas Softwares Necessários: Microsoft Encarta 2000 Internet Explorer 5,0 Microsoft Publisher 2000 Microsoft Word 2000 Áreas:

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TELECOMUNICAÇÕES As telecomunicações referem -se à transmissão eletrônica de sinais para as comunicações, incluindo meios como telefone, rádio e televisão. As telecomunicações

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA ONLINE NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO:

RELATÓRIO DA PESQUISA ONLINE NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: RELATÓRIO DA PESQUISA ONLINE NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: Hábitos de Navegação na Internet: será que nossos alunos e educadores navegam com segurança na Internet no Estado do Rio de Janeiro? REALIZAÇÃO:

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: website; jornalismo online; comunicação organizacional.

PALAVRAS-CHAVE: website; jornalismo online; comunicação organizacional. Contribuições para a comunicação organizacional de um curso de Jornalismo: Website do Curso de Comunicação Social - Jornalismo da UFSJ 1 Priscila NATANY 2 Alessandra de FALCO 3 Universidade Federal de

Leia mais

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS Constantemente, somos bombardeados por incontáveis conteúdos visuais. Imagens ilustram websites, redes sociais, folders,

Leia mais

Computação nas nuvens (Vantagens)

Computação nas nuvens (Vantagens) Computação em Nuvem Computação em nuvem O conceito de computação em nuvem (em inglês, cloud computing) refere-se à possibilidade de utilizarmos computadores menos potentes que podem se conectar à Web e

Leia mais

b) vantagens e desvantagens para o usuário que acessa Internet grátis comparadas aos serviços oferecidos pelos provedores pagos.

b) vantagens e desvantagens para o usuário que acessa Internet grátis comparadas aos serviços oferecidos pelos provedores pagos. Questão nº 1 I. Seleção de dados relevantes para o assunto em pauta, comparação, hierarquização. Devem aparecer nos textos: a) a Internet grátis desafia os provedores estabelecidos. Ressaltar as posições

Leia mais

DESAFIOS DO SKYPE NA COLETA DE DADOS NA PESQUISA EM EDUCAÇÃO ONLINE

DESAFIOS DO SKYPE NA COLETA DE DADOS NA PESQUISA EM EDUCAÇÃO ONLINE DESAFIOS DO SKYPE NA COLETA DE DADOS NA PESQUISA EM EDUCAÇÃO ONLINE Mayara Teles Viveiros de Lira (UFAL) Maria Helena de Melo Aragão (UFAL) Luis Paulo Leopoldo Mercado (UFAL) Resumo Este estudo analisa

Leia mais

Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1

Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1 Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1 Ana Carolina Fernandes MAXIMIANO 2 Bruno da SILVA 3 Rita de Cássia Romeiro PAULINO 4 Universidade Federal de Santa Catarina,

Leia mais

Artigo: Um olhar feminino na Internet

Artigo: Um olhar feminino na Internet Artigo: Um olhar feminino na Internet Por Tatiane Pocai Dellapiazza - aluna do primeiro ano do Curso de Comunicação Social - Centro UNISAL - Americana. Introdução: O Brasil chega perto de comemorar seu

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Edição 1.0 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos Microsoft oferecem aplicativos corporativos Microsoft para o

Leia mais

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes Estudo Hábitos 2012 Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes O estudo O Estudo Hábitos é realizado anualmente pela E.life

Leia mais

COMO ATRAIR VISITANTES PARA SEU WEBSITE

COMO ATRAIR VISITANTES PARA SEU WEBSITE GUIA Inbound Marketing COMO ATRAIR VISITANTES PARA SEU WEBSITE E-BOOK GRÁTIS WWW.FABIODONASCIMENTO.ME Tabela de Conteúdos Introdução... 3 Capítulo 1: Formas de obter Tráfego... 4 Capítulo 2: Como aumentar

Leia mais

Regras para aproveitar o Capture na Era Mobile e evoluir com o mercado

Regras para aproveitar o Capture na Era Mobile e evoluir com o mercado Regras para aproveitar o Capture na Era Mobile e evoluir com o mercado Fabio Lucchini 1/51 Um pouco de história 2/51 Quando foi a primeira ligação de um celular? 1946 3/51 Quando foi a primeira chamada

Leia mais

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail...

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... FACEBOOK Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... 8 Características do Facebook... 10 Postagens... 11

Leia mais

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais.

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais. The New Conversation: Taking Social Media from Talk to Action A Nova Conversação: Levando a Mídia Social da Conversa para a Ação By: Harvard Business Review A sabedoria convencional do marketing por muito

Leia mais

Educação para o mundo de hoje. André Caldeira Vice-Presidente de Tecnologia Educacional Positivo Informática

Educação para o mundo de hoje. André Caldeira Vice-Presidente de Tecnologia Educacional Positivo Informática Educação para o mundo de hoje. André Caldeira Vice-Presidente de Tecnologia Educacional Positivo Informática 1 OO O Mundo está mudando numa velocidade muito grande. Temos que entender isso muito bem. Como

Leia mais

Montando um Site. Wordpress

Montando um Site. Wordpress Montando um Site Wordpress O Sistema Wordpress O Wordpress é uma plataforma de vanguarda para publicação pessoal, com foco na estética, nos Padrões Web e na usabilidade. Ao mesmo tempo um software livre

Leia mais

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento.

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento. Vamos, juntos Somos agência de publicidade e consultoria em marketing digital com a missão de atender as necessidades de comunicação da sua empresa, com serviços que abrangem desde campanhas integradas

Leia mais

Tecnologia de redes celular GSM X CDMA

Tecnologia de redes celular GSM X CDMA Tecnologia de redes celular GSM X CDMA GSM (Global Standard Mobile) GSM (Global Standard Mobile) Também baseado na divisão de tempo do TDMA, o GSM foi adotado como único sistema europeu em 1992, e se espalhou

Leia mais

LENDO, ESCREVENDO E PRODUZINDO JORNAL: A APROPRIAÇÃO DA ESCRITA POR ALUNOS DE EJA

LENDO, ESCREVENDO E PRODUZINDO JORNAL: A APROPRIAÇÃO DA ESCRITA POR ALUNOS DE EJA LENDO, ESCREVENDO E PRODUZINDO JORNAL: A APROPRIAÇÃO DA ESCRITA POR ALUNOS DE EJA CENTRO MUNICIPAL DE REFERÊNCIA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS PROFESSORA FABÍOLA DANIELE DA SILVA A lingüística moderna

Leia mais

Manual de mídias sociais

Manual de mídias sociais Manual de mídias sociais Julho/2014 Introdução A NovAmérica busca caminhar junto com as mudanças no mundo, sejam tecnológicas, comportamentais, sociais ou culturais. Assim, realiza ações que permitem aos

Leia mais

OFICINA DE FOTOGRAFIA E VÍDEO COM CELULARES

OFICINA DE FOTOGRAFIA E VÍDEO COM CELULARES OFICINA DE FOTOGRAFIA E VÍDEO COM CELULARES RELATÓRIO Oficina de fotografia e vídeo com celulares como ferramenta de inclusão visual através de tecnologias acessíveis, percepção do território, construção

Leia mais

35 Reports úteis. para Monitoramento de. Redes Sociais

35 Reports úteis. para Monitoramento de. Redes Sociais 35 Reports úteis para Monitoramento de Redes Sociais Fevereiro/2014 1 35 Reports Úteis O principal desafio da E.Life ao lançar o Buzzmonitor era criar uma solução de Business Intelligence e não apenas

Leia mais

Mobile Commerce. e-mail: wilson.cunha@viewit.com.br

Mobile Commerce. e-mail: wilson.cunha@viewit.com.br Mobile Commerce Wilson Cunha 30 anos de experiência em negócios. Formado em Tecnologia da Informação; E-commerce, Marketing Digital,. Há 06 anos em mobile commerce. Premiado no e-show 2013, melhor aplicativo

Leia mais

SCRAPBOOK A Arte de decorar álbuns de fotografias

SCRAPBOOK A Arte de decorar álbuns de fotografias Guia do professor Módulo III SCRAPBOOK A Arte de decorar álbuns de fotografias Introdução As lembranças são fundamentais para a elaboração da História de um País, de instituições, de clubes ou de pessoas.

Leia mais

Manual do Usuário. Telefone Sem Fio LS3 MANUAL DO USUÁRIO

Manual do Usuário. Telefone Sem Fio LS3 MANUAL DO USUÁRIO Telefone Sem Fio LS3 MANUAL DO USUÁRIO Introdução 3 1. Indicações de segurança 4 2 Instrução ao teclado e aos ícones 6 2.1 Teclado 6 2.2 Ícones 7 3 Instalação 7 3.1 Instalação do sim card 7 3.2 Carregando

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA NÚCLEO DE TECNOLOGIA E DIFUSÃO EDUCACIONAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA NÚCLEO DE TECNOLOGIA E DIFUSÃO EDUCACIONAL PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA NÚCLEO DE TECNOLOGIA E DIFUSÃO EDUCACIONAL RELATO DE EXPERIENCIA DE PROJETO COLABORATIVO VIA INTERNET ENTRE ESCOLAS MUNICIPAIS

Leia mais

Os 3 erros mais comuns na adoção dos tablets na sala de aula - e como você pode evitá-los

Os 3 erros mais comuns na adoção dos tablets na sala de aula - e como você pode evitá-los Os 3 erros mais comuns na adoção dos tablets na sala de aula - e como você pode evitá-los Visite mosyle.com e blog.mosyle.com 2015 Mosyle. Todos os direitos reservados. Nos últimos anos, as escolas passaram

Leia mais

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo Mídias Sociais Fatos e Dicas para 2013 Esteja preparado para um ano digital, social e interativo NESTE E-BOOK VOCÊ VAI ENCONTRAR: 1 - Porque as mídias sociais crescem em tamanho e em importância para o

Leia mais

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Ana Beatriz Mesquita (CPTEC/INPE) ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Metodologia do trabalho realizado referente a gravação e expansão dos vídeos

Leia mais

Cadernos de Reportagem: Incentivo ao Senso Crítico no Jornalismo 1

Cadernos de Reportagem: Incentivo ao Senso Crítico no Jornalismo 1 Cadernos de Reportagem: Incentivo ao Senso Crítico no Jornalismo 1 Vinícius DAMAZIO 2 Luciana PACHECO 3 Gabriel SAMPAIO 4 Sylvia MORETZSOHN 5 Ildo NASCIMENTO 6 Universidade Federal Fluminense, Niterói,

Leia mais

CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1

CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1 CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1 COSTA 2 Daiane dos Santos; FONSECA 3 Aurea Evelise dos Santos; ZUCOLO 4 Rosana Cabral 1 Trabalho submetido ao SEPE 2011 Simpósio

Leia mais

INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES (DEFINIÇÕES) Prof. Msc. Hélio Esperidião

INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES (DEFINIÇÕES) Prof. Msc. Hélio Esperidião INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES (DEFINIÇÕES) Prof. Msc. Hélio Esperidião O QUE É? Uma Rede de Computadores é formada por um conjunto de equipamentos(módulos processadores - MPs) capazes de trocar informações

Leia mais

Este tutorial apresenta uma visão das aplicações atuais e futuras para Internet Móvel.

Este tutorial apresenta uma visão das aplicações atuais e futuras para Internet Móvel. Aplicações Atuais e Futuras para Internet Móvel Este tutorial apresenta uma visão das aplicações atuais e futuras para Internet Móvel. Michel Castaldelli Michel Castaldelli é diretor do Ericsson Mobility

Leia mais

AMCO APRENDIZAGEM MÓVEL NO CANTEIRO DE OBRAS

AMCO APRENDIZAGEM MÓVEL NO CANTEIRO DE OBRAS AMCO APRENDIZAGEM MÓVEL NO CANTEIRO DE OBRAS LIMA, Luciana 1 DIAS, Daniele 2 IRELAND, Timothy 3 Centro de Educação /Departamento de Metodologia da Educação/ PROBEX RESUMO Este trabalho tem a finalidade

Leia mais

Tecnologias Móveis e Ferramentas Web 2.0 no Ensino Superior: algumas possibilidades

Tecnologias Móveis e Ferramentas Web 2.0 no Ensino Superior: algumas possibilidades Tecnologias Móveis e Ferramentas Web 2.0 no Ensino Superior: algumas possibilidades João Batista Bottentuit Junior Universidade Federal do Maranhão UFMA jbbj@terra.com.br 29 de Outubro de 2013 Contexto

Leia mais

Copyright. Isenção e limitação de responsabilidade

Copyright. Isenção e limitação de responsabilidade Manual do SMS Copyright 1998-2002 Palm, Inc. Todos os direitos reservados. Graffiti, HotSync, o logotipo da Palm e Palm OS são marcas registradas da Palm, Inc. O logotipo de HotSync e Palm são marcas comerciais

Leia mais

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook.

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. 1 Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. O que você vai encontrar neste ebook: Por que eu preciso

Leia mais

Thursday, October 18, 12

Thursday, October 18, 12 O Site Legado do IFP é uma comunidade online e global dos ex-bolsistas do programa. É um recurso e um lugar para você publicar notícias profissionais, recursos e teses para a comunidade global do IFP,

Leia mais

Blogs na Educação: uma ferramenta de auxilio na aprendizagem 1

Blogs na Educação: uma ferramenta de auxilio na aprendizagem 1 Blogs na Educação: uma ferramenta de auxilio na aprendizagem 1 Andreia Solange Bos 2 Rodrigo Moreira 3 Instituto Federal Farroupilha- Campus Alegrete Universidade Regional do Noroeste do Estado do RS Ijuí,

Leia mais

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos White Paper 24 de Setembro de 2014 Rede IPTV DX - Clubes Desportivos Alcançando e realizando o potencial do torcedor móvel IPTV Móvel para Clubes Desportivos - DX - 1 O negócio de mídia e venda para torcedores

Leia mais

Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora

Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora Afinal, tudo começa em sua maneira de pensar. E marketing é isto, uma questão de posicionamento. PROPOSTA DE SERVIÇOS Logotipos Web Sites Lojas

Leia mais

Texto: Cinco pontos sobre redes sociais na Internet. Análise:

Texto: Cinco pontos sobre redes sociais na Internet. Análise: Texto: Cinco pontos sobre redes sociais na Internet Por Raquel Recuero Análise: Introdução: Ao longo da história do homem contemporâneo tivemos diversos avanços nas chamadas tecnologias de comunicação,

Leia mais

Intelligent Transportation Systems

Intelligent Transportation Systems Intelligent Transportation Systems Mauricio Consulo Diretor America Latina Clever Devices - Overview Sede em Nova Iorque, EUA. Provedora de sistemas de informações digitais, Sistemas de Inteligentes de

Leia mais

Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM

Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM Anexo I Ementário das Modalidades conforme Categorias DA EXPOCOM JORNALISMO JO 01 Agência Jr. de Jornalismo (conjunto/ série) Modalidade voltada a agências de jornalismo experimentais, criadas, desenvolvidas

Leia mais

PROJETO MUTIRÃO DA CARONA SOLIDÁRIA

PROJETO MUTIRÃO DA CARONA SOLIDÁRIA PROJETO MUTIRÃO DA CARONA SOLIDÁRIA INTRODUÇÃO A mobilidade das cidades tem se tornado um desafio cada vez maior com o passar do tempo. Em 10 anos, a frota de automóveis e motocicletas cresceu 400% no

Leia mais

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO 1. DIMENSÃO PEDAGÓGICA 1.a) ACESSIBILIDADE SEMPRE ÀS VEZES NUNCA Computadores, laptops e/ou tablets são recursos que estão inseridos na rotina de aprendizagem dos alunos, sendo possível

Leia mais

Capitulo 11 Multimídias

Capitulo 11 Multimídias Capitulo 11 Multimídias Neste capítulo são exploradas as ferramentas multimídias presentes no SO Android customizadas para o Smartphone utilizado neste manual. É inegável o massivo uso destas ferramentas,

Leia mais

Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade

Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade Introdução Introdução A empresa de pesquisa IDC prevê que mais da metade dos trabalhadores usarão ferramentas

Leia mais

Usar o Office 365 no iphone ou ipad

Usar o Office 365 no iphone ou ipad Usar o Office 365 no iphone ou ipad Guia de Início Rápido Verificar o email Configure o seu iphone ou ipad para enviar e receber emails de sua conta do Office 365. Verificar o seu calendário onde quer

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Você conectado ao mundo com liberdade APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL > ÍNDICE Sobre a TESA 3 Telefonia IP com a TESA 5 Portfólio de produtos/serviços 6 Outsourcing 6 Telefonia 7 Web

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD 1 de 9 Desde o nascimento do telemóvel e o seu primeiro modelo vários se seguiram e as transformações tecnológicas que estes sofreram ditaram o nascimento de várias gerações. O Motorola DynaTac 8000X é

Leia mais

Um projeto social SET EXPERIMENTAL Idealização e direção: Giuliano Chiaradia. https://artmobileproject.com

Um projeto social SET EXPERIMENTAL Idealização e direção: Giuliano Chiaradia. https://artmobileproject.com Um projeto social SET EXPERIMENTAL Idealização e direção: Giuliano Chiaradia. https://artmobileproject.com Gostaríamos de apresentar um projeto inovador de inclusão e arte digital. ÍNDICE: 1. O projeto

Leia mais

Projeto Blogs! Paraná. Autor: Rodrigo Asturian Jornalista da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar).

Projeto Blogs! Paraná. Autor: Rodrigo Asturian Jornalista da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar). Projeto Blogs! Paraná Autor: Rodrigo Asturian Jornalista da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar). Introdução Enquanto a tecnologia avança vertiginosamente, o problema da exclusão digital persiste

Leia mais

OFICINAS DE MÍDIA-EDUCAÇÃO LEITURA CRÍTICA, PRODUÇÃO E REMIX DE CONTEÚDO DIGITAL. Módulo 1 - Texto e foto Atividade 1.1 - Uso de ferramentas web 2.

OFICINAS DE MÍDIA-EDUCAÇÃO LEITURA CRÍTICA, PRODUÇÃO E REMIX DE CONTEÚDO DIGITAL. Módulo 1 - Texto e foto Atividade 1.1 - Uso de ferramentas web 2. OFICINAS DE MÍDIA-EDUCAÇÃO LEITURA CRÍTICA, PRODUÇÃO E REMIX DE CONTEÚDO DIGITAL Módulo 1 - Texto e foto Atividade 1.1 - Uso de ferramentas web 2.0 Este curso é financiado com recursos da Coordenação de

Leia mais

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO TUTORIAL PARA TUTORES PLATAFORMA MOODLE OURO PRETO 2014 1 SUMÁRIO 1. PRIMEIRO ACESSO À PLATAFORMA... 03 2. PLATAFORMA DO CURSO... 07 2.1 Barra de Navegação...

Leia mais

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais.

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais. Você sabia que o Whatsapp está presente em quase 50% dos smartphones no Brasil? O aplicativo virou febre rapidamente, seguindo a tendência de crescimento anual das vendas de smartphones no país. Quem ainda

Leia mais

think with técnicas infalíveis para ter o melhor 25site mobile

think with técnicas infalíveis para ter o melhor 25site mobile think with técnicas infalíveis para ter o melhor 25site mobile A internet no celular é uma realidade gigantesca no Brasil. Basta dizer que 72% dos usuários de smartphones acessam a web todos os dias em

Leia mais

CELULAR X COMPUTADOR APLICATIVO PARA CELULAR DICAS DO SEBRAE

CELULAR X COMPUTADOR APLICATIVO PARA CELULAR DICAS DO SEBRAE CELULAR X COMPUTADOR Atualmente, o Celular roubou a cena dos computadores caseiros e estão muito mais presentes na vida dos Brasileiros. APLICATIVO PARA CELULAR O nosso aplicativo para celular funciona

Leia mais

Aula #4 Novas Mídias

Aula #4 Novas Mídias Aula #4 Novas Mídias New Media Art: Tecnologia aplicada a arte. NEW MEDIA: Soma de novas tecnologias e métodos de comunicação e distribuição (celular, internet, gps, dispositivos wi-fi, dispositivos virtuais,

Leia mais

ANEXO II VIVÊNCIAS E TÉCNICAS DE DINÂMICAS DE GRUPO PARA ELABORAÇÃO DO DIAGNÓSTICO RÁPIDO PARTICIPATIVO URBANO (DRPU)

ANEXO II VIVÊNCIAS E TÉCNICAS DE DINÂMICAS DE GRUPO PARA ELABORAÇÃO DO DIAGNÓSTICO RÁPIDO PARTICIPATIVO URBANO (DRPU) ANEXO II VIVÊNCIAS E TÉCNICAS DE DINÂMICAS DE GRUPO PARA ELABORAÇÃO DO DIAGNÓSTICO RÁPIDO PARTICIPATIVO URBANO (DRPU) As dinâmicas aqui apresentadas podem e devem ser adaptadas de acordo com os objetivos

Leia mais

AVANÇOS E DIFICULDADES: UMA AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES REALIZADAS DURANTE O PRIMEIRO ANO DE TRABALHO DO PORTAL COMUNITÁRIO

AVANÇOS E DIFICULDADES: UMA AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES REALIZADAS DURANTE O PRIMEIRO ANO DE TRABALHO DO PORTAL COMUNITÁRIO AVANÇOS E DIFICULDADES: UMA AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES REALIZADAS DURANTE O PRIMEIRO ANO DE TRABALHO DO PORTAL COMUNITÁRIO Área: COMUNICAÇÃO SOCIAL Categoria: EXTENSÃO Michele Goulart Massuchin Universidade

Leia mais

Normas gerais de circulação e conduta

Normas gerais de circulação e conduta Normas gerais de circulação e conduta É muito importante a leitura do Capítulo III Normas Gerais de Circulação e Conduta, que vai dos artigos 26 ao 67, contidos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Leia mais

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online?

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? Edgar Marcucci Reis 1 Jéssica Naiara dos Santos Batista 2 Resumo: O artigo apresenta uma visão sobre os ambientes online encontrados

Leia mais

Uma revolução para o e-call Center

Uma revolução para o e-call Center 1 Uma revolução para o e-call Center O canal de voz como principal ou única forma de comunicação dos contact e call centers é coisa do passado. Claro, seu uso não vai morrer tão cedo, mas a presença dos

Leia mais

Guia Prático. Volume I. Comportamento

Guia Prático. Volume I. Comportamento Guia Prático Volume I Comportamento On-line Manter-se bem informado para gerenciar seu consultório ou clínica da melhor maneira possível é fundamental para o sucesso. Dessa forma, além de obter um resultado

Leia mais

$ $ COMO A INTRANET DE SUA EMPRESA ESTÁ TE FAZENDO PERDER DINHEIRO

$ $ COMO A INTRANET DE SUA EMPRESA ESTÁ TE FAZENDO PERDER DINHEIRO COMO A INTRANET DE SUA EMPRESA ESTÁ TE FAZENDO PERDER DINHEIRO INTRODUÇÃO No mundo corporativo, talvez nenhuma expressão tenha ganhado tanto foco quanto 'engajamento'. O RH ouve isso todo dia, o time de

Leia mais

Sistemas Eletrônicos de Apresentação. / NT Editora. -- Brasília: 2013. 47p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm.

Sistemas Eletrônicos de Apresentação. / NT Editora. -- Brasília: 2013. 47p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm. Autor Ismael Souza Araujo Pós-graduado em Gerência de Projetos PMBOK UNICESP, Graduado em Tecnologia em Segurança da Informação - UNICESP. Professor de concurso da área de informática e consultor em EAD.

Leia mais

Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos professores da UNIGRANRIO. Fevereiro/2012

Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos professores da UNIGRANRIO. Fevereiro/2012 Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos professores da UNIGRANRIO Fevereiro/2012 UM POUCO SOBRE O PROFESSOR Negro 1% Etnia segundo classificação do ENADE Pardo/Mulato

Leia mais

Manual do Professor versão 2.0. FTD Sistema de Ensino

Manual do Professor versão 2.0. FTD Sistema de Ensino Manual do Professor versão 2.0 FTD Sistema de Ensino Plataforma Digital do FTD Sistema de Ensino Concepção Fernando Moraes Fonseca Jr Arquitetura e coordenação de desenvolvimento Rodrigo Orellana Arquitetura,

Leia mais