LICITAÇÃO DO STPP/RMR. Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LICITAÇÃO DO STPP/RMR. Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB"

Transcrição

1 Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB

2

3 Municípios: 14 População: hab Área: 2.768,45 km 2 ARAÇOIABA SÃO LOURENÇO DA MATA MORENO CABO DE SANTO AGOSTINHO IGARASSU ABREU E LIMA CAMARAGIBE JABOATÃO DOS GUARARAPES ITAPISSUMA RECIFE AEROPORTO ITAMARACÁ PAULISTA OLINDA PRAIA DE MARIA FARINHA PRAIA DE CASA CAIADA PORTO DO RECIFE PRAIA DE BOA VIAGEM PRAIA DE CANDEIAS SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS STTP/RMR 2,1 milhões de passageiros/dia viagens/dia ônibus em operação 385 linhas de ônibus e 2 de metrô 18 empresas privadas e 01 pública (Metrô) PORTO DE SUAPE Composto por: IPOJUCA Sistema Complementar PRAIA DE PORTO DE GALINHAS Sistema Estrutural Integrado

4 Sistema Complementar 17 Áreas de operação Linhas radias, transversais e complementares, permitindo a ligação direta entre a origem e o destino Operação com veículos convencionais, microônibus e veículos de pequeno porte (VPPs) Sistema Estrutural Integrado -SEI Sistema tronco-alimentador multimodal, que disponibiliza diversas alternativas de deslocamento. Pagamento de apenas uma tarifa por sentido, no primeiro modal, independente da quantidade de integrações.

5 Dados Globais STPP/RMR Mais de 16 mil colaboradores envolvidos na operação e aproximadamente 30 mil empregos indiretos gerados no setor Arrecadação bruta: mais de 900 milhões de reais ao ano, um dos mais importantes setores de serviços do Estado Investimentos: veículos, garagens, centros administrativos e outros, aproximadamente R$ 600 milhões

6 Motivação da Licitação Jurídica: Regularizar a situação contratual do setor; Qualidade dos Serviços: melhorar as condições das viagens; Operacional: Elevar a permeabilidade e a oferta da rede de transporte metropolitano; Gerencial: Modernizar a estrutura de gestão do setor por meio de contratos de concessão; Tecnológica: Promover modernização dos padrões tecnológicos do setor, envolvendo a bilhetagem eletrônica, monitoramento, vigilância; e Econômico-financeira: Buscar a sustentabilidade de longo prazo do setor a tarifas módicas.

7

8 Abrangência da Licitação Linhas intermunicipais da RMR, exceto metrô; Linhas do Município de Olinda; Linhas do Município de Recife, exceto as linhas da CRT e o Serviço Complementar.

9 Objeto da Licitação Delegação da exploração dos serviços de transporte coletivo público urbano de passageiros do STPP/RMR; Aquisição e manutenção dos veículos, garagens, instalações e equipamentos vinculados, direta ou indiretamente, à prestação dos serviços do STPP/RMR e Manutenção e demais custos dos miniterminais.

10 Critério de Seleção Classificação Final a partir da equação: 20% => Nota Proposta Técnica 80% => Nota Proposta Comercial (PRO)

11 Proposta Técnica Parte I: Plano Operacional Parte II: Técnica-operacional Experiência da Licitante Conforto para o Passageiro: Acessibilidade, Envelhecimento da Frota, Certificados de Qualidade e Ampliação da Frota com ar condicionado antes do prazo exigido Compromisso com o Meio Ambiente: Economia de Combustível e Redução de Poluição

12 Proposta Comercial Proposta Comercial: Menor valor do preço de remuneração do operador (PRO) Condições de Elaboração das Propostas: Idade média máxima de 3,5 (três e meio) anos para ônibus convencionais e 5,0 (cinco) anos para articulado; Idade máxima de 7,0 (sete) anos para ônibus convencionais e 10 (dez) anos articulados e Frota do SEI com ar-condicionado até 2014 e o restante em até 7 anos, na renovação da frota.

13 Participação Um Edital para o conjunto de Lotes: A forma de participação de uma empresa (isolada ou em consórcio) deve ser a mesma para todos os lotes; Um licitante, individual ou consórcio de empresas, somente poderá ter adjudicado um Lote de linhas;

14

15 LOTE CORREDOR FROTA LOTE 01 Corredor Av. Engº. D. Ferreira e BR-101 Cabo/ Ipojuca 381 LOTE 02 Corredor Masc. de Moraes 300 LOTE 03 Corredor José Rufino (Metrô) e Corredor Abdias de Carvalho 429 LOTE 04 Corredor Belmino Correia 251 LOTE 05 LOTE 06 LOTE 07 Corredor Rosa e Silva/Rui Barbosa e Corredor Av. Norte Corredor Beberibe e Corredor Kennedy Corredor BR-101/PE-15 (Norte/Sul) e Corredor PE-01 Olinda LOTE CRT: JÁ LICITADO

16 LOTES Linhas % Lote % Lote % Lote % Lote % Lote % Lote % Lote %

17 CENÁRIOS

18 Prazo do Contrato Quinze anos, a partir da emissão da Ordem de Serviço. Prorrogável uma única vez, por cinco anos, dependendo dos resultados da Avaliação de Desempenho. Prazo de emissão da Ordem de Serviço Até 90 (noventa) dias após a assinatura do Contrato de Concessão, podendo ser prorrogado uma única vez.

19 Avaliação do Desempenho Operacional Atributos: 1 Confiabilidade 2 Segurança 3 Adequabilidade 4 - Relacionamento com o Cliente. Renovação do Contrato: Média móvel deverá ser sempre igual ou superior a 7. Se a nota for inferior a 5 em qualquer período => caducidade do contrato.

20 Avaliação do Desempenho Operacional Confiabilidade Gestão Índice de Reposição de Frota Índice Idade Média da Frota Índice de Passageiro Equivalente por Km Serviço Índice de Cumprimento de Viagem Índice de Cumprimento de Intervalo Índice de Quebra Índice de Cumprimento de Frota

21 Avaliação do Desempenho Operacional Segurança Índice de Aprovação Vistoria Veicular Índice de Penalidades Relacionamento Índice de Reclamação Índice de Satisfação (Pesquisa) Índice de Treinamento Adequabilidade Índice de Melhorias Tecnológicas (Segurança, conforto e meio ambiente)

22

23 Desvinculação: Arrecadação do Usuário e Remuneração dos Operadores

24 Custos suportados pela Tarifa do Usuário I. remuneração das Empresas Concessionárias (PRO); II. III. gestão do STPP/RMR (CTM); despesas com o gerenciamento da bilhetagem eletrônica; IV. gerenciamento das receitas e pagamentos comuns; V. gestão dos Terminais de Integração do SEI, estações, paradas. 24

25 Remuneração do Operador PRO (ofertado em proposta) multiplicado por Passageiro Equivalente Catracado (inclui Passageiro Integrado nos terminais de integração) o Passageiro Integrado nos Terminais: Transbordo no interior do terminal sem registro na catraca e, consequentemente, isento do pagamento de nova tarifa. Índice de reajuste: IPCA

26 Remuneração do Operador Os operadores deverão obter notas igual ou superior a 8, para os indicadores de qualidade, de acordo com o Sistema de Avaliação. Para cada índice não alcançado será reduzido 1% da sua remuneração. Cumprimento de viagens, Cumprimento de intervalos, Índice de quebra Índice de Satisfação dos Usuários. Além destes índices, semestralmente será realizada pesquisa de satisfação com os usuários. Caso o operador não alcance a nota superior ou igual a 8, será descontado mais 1% da sua remuneração.

27

28 Cronograma Proposto Audiência Pública: 03/04 Publicação do edital: 07/05 Assinatura do contrato: 07/09 Ordem de Serviço: 07/12 28

29 Nelson Menezes

DESAFIOS E PERSPECTIVAS DOS CONSÓRCIOS PÚBLICOS DE REGIÕES METROPOLITANAS CONSÓRCIO DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE

DESAFIOS E PERSPECTIVAS DOS CONSÓRCIOS PÚBLICOS DE REGIÕES METROPOLITANAS CONSÓRCIO DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE DESAFIOS E PERSPECTIVAS DOS CONSÓRCIOS PÚBLICOS DE REGIÕES METROPOLITANAS CONSÓRCIO DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE ITEM RMR RECIFE População 4.048.845 hab

Leia mais

São Paulo, Agosto / 2007

São Paulo, Agosto / 2007 São Paulo, Agosto / 2007 ABREU E LIMA 80.667 hab 144 km² IGARASSU 83.602 hab 413 km² ITAPISSUMA 17.047 hab 74 km² ARAÇOIABA 15.100 hab 96 km² ITAMARACÁ 12.041 hab 65 km² PAULISTA 227.106 hab 63 km² OLINDA

Leia mais

SEMINÁRIO: CIDADE E MOBILIDADE IFHP - International Federation for Housing and Planning

SEMINÁRIO: CIDADE E MOBILIDADE IFHP - International Federation for Housing and Planning SEMINÁRIO: CIDADE E MOBILIDADE IFHP - International Federation for Housing and Planning A Concepção do SEI Sistema Estrutural Integrado Junho/2012 Germano Travassos O modelo integrado de gestão do Sistema

Leia mais

Mobilidade Urbana PROMOB

Mobilidade Urbana PROMOB Licitação Programa do Sistema de Estadual Transporte de Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife Mobilidade Urbana PROMOB STPP/RMR ARAÇOIABA 15.108 90 IGARASSU 82.277 323 ITAPISSUMA 20.116

Leia mais

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB ARAÇOIABA 15.108 90 IGARASSU 82.277 323 ITAPISSUMA 20.116 74 ITAMARACÁ 15.858 65 PRAIA DE MARIA FARINHA A REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE Municípios: 14 População:

Leia mais

Estratégias de Universalização dos Serviços de Saneamento em Pernambuco

Estratégias de Universalização dos Serviços de Saneamento em Pernambuco PRIMEIRA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO PROJETO DESAFIO Inovações e Desafios para a Democratização dos Serviços de Saneamento Estratégias de Universalização dos Serviços de Saneamento em Pernambuco Roberto

Leia mais

São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009

São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 1 São Paulo 27 DE AGOSTO DE 2009 Sistema Integrado Metropolitano SIM e do Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve) 2 Secretaria dos Transportes Metropolitanos STM Três

Leia mais

SPPO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO POR ÔNIBUS

SPPO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO POR ÔNIBUS SPPO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO POR ÔNIBUS SPPO Sistema de Transporte Publico por Ônibus, licitado em 2010, compreende a operação do sistema de ônibus em quatro áreas da cidade, sendo cada área operada

Leia mais

LICITAÇÃO DO SERVIÇO Transporte Coletivo Urbano CARUARU

LICITAÇÃO DO SERVIÇO Transporte Coletivo Urbano CARUARU LICITAÇÃO DO SERVIÇO Transporte Coletivo Urbano CARUARU O Serviço de Transporte O sistema possui atualmente 30 linhas cadastradas, operadas por 81 veículos, realizando 1.325 viagens nos dias úteis. Empresa

Leia mais

SÃO PAULO TRANSPORTE S.A.

SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. Transporte Público: Origens, Evolução e Benefícios Sociais do Bilhete Único 05/04/2005 Antecedentes Bilhetagem Automática 1974: Metrô de São Paulo bilhete magnético Edmonson Seguem-se:

Leia mais

Mobilidade e Governança Metropolitana UFABC 28.08.2009

Mobilidade e Governança Metropolitana UFABC 28.08.2009 Mobilidade e Governança Metropolitana UFABC 28.08.2009 As Regiões Metropolitanas constituem os polos mais dinâmicos da economia brasileira, mas estão se tornando verdadeiras ilhas de ineficiência, e os

Leia mais

Programa Paulista de Concessões. Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP

Programa Paulista de Concessões. Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP Programa Paulista de Concessões Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP Foz do Iguaçu, 13 de Maio de 2016 Sobre a ARTESP Criada pela Lei Complementar nº 914,

Leia mais

Decreto N , de 06 de Outubro de (Publicação DOM de 07/10/2005)

Decreto N , de 06 de Outubro de (Publicação DOM de 07/10/2005) Decreto N 15.278, de 06 de Outubro de 2005. (Publicação DOM de 07/10/2005) REGULAMENTA OS ARTIGOS 18, 23, 24 e 25 DA LEI N 11.263, DE 05 DE JUNHO DE 2002, QUE DISPÕE SOBRE A ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE

Leia mais

A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS DE TRANSPORTE PÚBLICO DO BRASIL RESULTADO DA PESQUISA REALIZADA PELO GT INTEGRAÇÃO DA COMISSÃO METROFERROVIÁRIA DA ANTP

A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS DE TRANSPORTE PÚBLICO DO BRASIL RESULTADO DA PESQUISA REALIZADA PELO GT INTEGRAÇÃO DA COMISSÃO METROFERROVIÁRIA DA ANTP A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS DE TRANSPORTE PÚBLICO DO BRASIL RESULTADO DA PESQUISA REALIZADA PELO GT INTEGRAÇÃO DA COMISSÃO METROFERROVIÁRIA DA ANTP 1ª ETAPA A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS METROFERROVIÁRIOS OPERADORAS

Leia mais

GESTÃO METROPOLITANA DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE

GESTÃO METROPOLITANA DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE GESTÃO METROPOLITANA DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE CONSÓRCIO DE TRANSPORTES DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE PARA QUE O CONSÓRCIO? Aperfeiçoar a gestão

Leia mais

Mobilidade. Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana. Prefeitura de Nova Iguaçu SEMTMU

Mobilidade. Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana. Prefeitura de Nova Iguaçu SEMTMU Mobilidade Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana Prefeitura de Nova Iguaçu Principais Ações Criação do Centro de Operações de Nova Iguaçu CONIG 76 câmeras Principais Ações Centralização

Leia mais

CONCESSÃO DA ESTAÇÃO DE TRANSBORDO CLERISTON ANDRADE (ESTAÇÃO DA LAPA) SECRETARIA MUNICIPAL DE MOBILIDADE - SEMOB 1

CONCESSÃO DA ESTAÇÃO DE TRANSBORDO CLERISTON ANDRADE (ESTAÇÃO DA LAPA) SECRETARIA MUNICIPAL DE MOBILIDADE - SEMOB 1 CONCESSÃO DA ESTAÇÃO DE TRANSBORDO CLERISTON ANDRADE (ESTAÇÃO DA LAPA) SECRETARIA MUNICIPAL DE MOBILIDADE - SEMOB 1 ESTAÇÃO DA LAPA Inaugurada em 7 de novembro de 1982; Maior terminal rodoviário de Salvador;

Leia mais

Potencialidades para a democratização do acesso e conflitos potenciais na gestão

Potencialidades para a democratização do acesso e conflitos potenciais na gestão O Sistema Condominial de Saneamento MODELOS em TECNOLOGICOS Zonas Especiais EM SANEAMENTO de Interesse social EM ÁREAS (ZEIS) DE BAIXA em Recife RENDA EM PE. RECIFE, WP3.2.2 BRASIL Potencialidades para

Leia mais

Sistema BRT e Metrô para Porto Alegre: evolução para uma rede estrutural integrada multimodal de transporte urbano e metropolitano.

Sistema BRT e Metrô para Porto Alegre: evolução para uma rede estrutural integrada multimodal de transporte urbano e metropolitano. Sistema BRT e Metrô para Porto Alegre: evolução para uma rede estrutural integrada multimodal de transporte urbano e metropolitano. Luís Cláudio Ribeiro 1 ; Maria de Fátima Mengue dos Santos 1 ; Severino

Leia mais

Mobilidade Urbana no Brasil. J. R. Generoso Secretário Nacional de Mobilidade Urbana

Mobilidade Urbana no Brasil. J. R. Generoso Secretário Nacional de Mobilidade Urbana Mobilidade Urbana no Brasil J. R. Generoso Secretário Nacional de Mobilidade Urbana Ministério das Cidades MINISTÉRIO DAS CIDADES Conselho das Cidades Secretaria Executiva CBTU Companhia Brasileira de

Leia mais

Projetos de Expansão e Modernização da CPTM

Projetos de Expansão e Modernização da CPTM Projetos de Expansão e Modernização da CPTM Jun/2012 Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro Diretor de Planejamento e Projetos Jundiaí Várzea Paulista Campo Limpo Paulista Francisco Morato Franco da Rocha Caieiras

Leia mais

X Seminário Nacional Metroferroviário Projetos em implantação

X Seminário Nacional Metroferroviário Projetos em implantação X Seminário Nacional Metroferroviário Projetos em implantação Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos Estado de São Paulo ANTP Rio de Janeiro, 12/03/2014 Rede metropolitana em andamento

Leia mais

ALTERNATIVAS DE MOBILIDADE PARA O RECIFE

ALTERNATIVAS DE MOBILIDADE PARA O RECIFE BRT MONOTRILHOS VLT ALTERNATIVAS DE MOBILIDADE PARA O RECIFE Objetivo: ALTERNATIVAS DE MELHORAR A MOBILIDADE URBANA NA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE Meios: 1.Priorizar o transporte público de qualidade

Leia mais

TARIFA DO METRÔ DE SÃO PAULO

TARIFA DO METRÔ DE SÃO PAULO TARIFA DO METRÔ DE SÃO PAULO A COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ A Companhia do Metropolitano de São Paulo - Metrô foi constituída no dia 24 de abril de 1968; Hoje, o Metrô de São Paulo possui

Leia mais

Curitiba, 2015 REALIZAÇÃO: APOIO:

Curitiba, 2015 REALIZAÇÃO: APOIO: Curitiba, 2015 Daniela Facchini, Diretora de Mobilidade Urbana Cristina Albuquerque, Coordenadora de Mobilidade Urbana Mariana Barcelos, Analista de Mobilidade Urbana Desenvolvido pelo WRI Brasil Cidades

Leia mais

Planos de Negócio das Operadoras Metropolitanas

Planos de Negócio das Operadoras Metropolitanas Operadoras Metropolitanas Operadoras Metropolitanas Companhia do Metropolitano de São Paulo 1 Operadoras Metropolitanas 2 Sistema Metroferroviário Rede Atual Operadoras Metropolitanas 3 Passageiros/ Dia

Leia mais

Projeto BRT. Projeto BRT Porto Alegre. Rede Atual de Transporte Coletivo Desenho Conceitual do BRT. ao Transmilenio. Abril

Projeto BRT. Projeto BRT Porto Alegre. Rede Atual de Transporte Coletivo Desenho Conceitual do BRT. ao Transmilenio. Abril Projeto BRT Porto Alegre Rede Atual de Transporte Coletivo Desenho Conceitual do BRT Projeto BRT Visita Técnica T ao Transmilenio Abril - 2010 Rede Atual de Transporte Coletivo Trem Metropolitano: (Dados

Leia mais

Audiência Pública Comissão de Minas e Energia Câmara dos Deputados

Audiência Pública Comissão de Minas e Energia Câmara dos Deputados Audiência Pública Comissão de Minas e Energia Câmara dos Deputados Brasília, 16/07/2013 Luiz Antonio Ciarlini Diretor Presidente Agenda Celpe Sistema Elétrico Investimentos Plano de Manutenção Acidentes

Leia mais

PPP integral Regulação e fiscalização. Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões CMCP

PPP integral Regulação e fiscalização. Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões CMCP PPP integral Regulação e fiscalização Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões CMCP Linha 4: primeira linha de metrô implantada em modelo de PPP. Poder concedente responsável por: Obras civis

Leia mais

COMUNICAÇÕES TÉCNICAS 21º CONGRESSO BRASILEIRO DE TRANSPORTE E TRÂNSITO SÃO PAULO 28, 29 E 30 DE JUNHO DE 2017

COMUNICAÇÕES TÉCNICAS 21º CONGRESSO BRASILEIRO DE TRANSPORTE E TRÂNSITO SÃO PAULO 28, 29 E 30 DE JUNHO DE 2017 COMUNICAÇÕES TÉCNICAS 21º CONGRESSO BRASILEIRO DE TRANSPORTE E TRÂNSITO SÃO PAULO 28, 29 E 30 DE JUNHO DE 2017 A ANTP convida a todos os integrantes das entidades associadas, seus membros individuais e

Leia mais

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo As Cidades mudaram População mudou A Economia mudou Os Meios de Transportes mudaram E nós? Ainda pensamos igual ao passado? Em TRANSPORTE COLETIVO chega-se ao

Leia mais

SECRETARIA DE TRANSPORTES

SECRETARIA DE TRANSPORTES SECRETARIA DE TRANSPORTES Major Events Grandes Eventos 2013 Copa das Confederações 2013 Jornada Mundial da Juventude Católica 2014 Copa do Mundo de Futebol 2016 Jogos Olímpicos Soluções de Mobilidade para

Leia mais

SISTEMA DE TRANSPORTE DE SÃO PAULO ASPECTOS ECONÔMICOS E FINANCEIROS

SISTEMA DE TRANSPORTE DE SÃO PAULO ASPECTOS ECONÔMICOS E FINANCEIROS SISTEMA DE TRANSPORTE DE SÃO PAULO ASPECTOS ECONÔMICOS E FINANCEIROS Julho-2013 Sumário da Apresentação Arrecadação Tarifária Evolução dos Custos Operacionais relativos à Frota Remuneração dos Operadores

Leia mais

PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO

PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO setembro 2014 Plano de Mobilidade Urbana de São Paulo Documentos de referência referências Plano Municipal de Circulação Viária e de Transporte - 2003 Consolidou

Leia mais

ALTERNATIVAS DE MOBILIDADE PARA O RECIFE

ALTERNATIVAS DE MOBILIDADE PARA O RECIFE BRT MONOTRILHOS VLT ALTERNATIVAS DE MOBILIDADE PARA O RECIFE Objetivo: ALTERNATIVAS DE MELHORAR A MOBILIDADE URBANA NA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE Meios: 1.Priorizar o transporte público de qualidade

Leia mais

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo X Definições e Conceitos

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo X Definições e Conceitos Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre Anexo X Definições e Conceitos Anexo X Definições e conceitos ACESSIBILIDADE: condição para utilização, por qualquer pessoa (seja ela portadora ou não de deficiência

Leia mais

Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo A Primeira PPP do Brasil. Harald Peter Zwetkoff Presidente da ViaQuatro

Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo A Primeira PPP do Brasil. Harald Peter Zwetkoff Presidente da ViaQuatro Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo A Primeira PPP do Brasil Harald Peter Zwetkoff Presidente da ViaQuatro PPP ViaQuatro & Governo A PRIMEIRA PPP DO BRASIL O modelo utilizado foi o de Licitação 8.666

Leia mais

A PPP da Linha 4 Amarela do metrô de São Paulo. Erminio Casadei Jr. ViaQuatro

A PPP da Linha 4 Amarela do metrô de São Paulo. Erminio Casadei Jr. ViaQuatro A PPP da Linha 4 Amarela do metrô de São Paulo Erminio Casadei Jr. ViaQuatro Os governos brasileiros assumiram grandes metas no setor, em especial pelos grandes eventos que se aproximam, para enfrentarem

Leia mais

A Expansão e Melhoria dos Sistemas Metroferroviários em São Paulo SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS

A Expansão e Melhoria dos Sistemas Metroferroviários em São Paulo SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS A Expansão e Melhoria dos Sistemas Metroferroviários em São Paulo SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS 2 Rede Atual Rede Atual 3 Atual 2010 2015 Essencial Extensão (km) 61,3 80 95 163 Quantidade de

Leia mais

SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE

SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE Inicialmente, o que é BRT? O BRT (Bus Rapid Transit), ou Transporte Rápido por Ônibus, é um sistema de transporte coletivo de passageiros

Leia mais

EMPREENDIMENTO DO VLT

EMPREENDIMENTO DO VLT SIM da RMBS Sistema Integrado Metropolitano Voltado à prestação do serviço de transporte público coletivo na Região Metropolitana da Baixada Santista RMBS Comitê técnico II - Desenvolvimento Socioeconômico,

Leia mais

ANAC divulga minuta de edital de concessão de Galeão e Confins

ANAC divulga minuta de edital de concessão de Galeão e Confins ANAC divulga minuta de edital de concessão de Galeão e Confins A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou, nesta quarta-feira (29/05), a minuta do Edital de Leilão e do Contrato

Leia mais

Informações do mês de Janeiro. Empresas respondentes 50 Empresas que lançaram 00 Empresas que venderam 32 Empresas que venderam lançamentos 00

Informações do mês de Janeiro. Empresas respondentes 50 Empresas que lançaram 00 Empresas que venderam 32 Empresas que venderam lançamentos 00 Realização: Apoio: Informações do mês de Janeiro Variável Total Empresas respondentes 50 Empresas que lançaram 00 Empresas que venderam 32 Empresas que venderam lançamentos 00 IVV DOS IMÓVEIS RESIDENCIAIS

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DOS TRENS REGIONAIS. Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro Diretor de Planejamento Companhia Paulista Trens Metropolitanos - CPTM

A IMPORTÂNCIA DOS TRENS REGIONAIS. Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro Diretor de Planejamento Companhia Paulista Trens Metropolitanos - CPTM A IMPORTÂNCIA DOS TRENS REGIONAIS Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro Diretor de Planejamento Companhia Paulista Trens Metropolitanos - CPTM REDE DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS SOBRE TRILHOS NA MACROMETRÓPOLE

Leia mais

Portfólio da Odebrecht TransPort

Portfólio da Odebrecht TransPort Iniciativas para investimentos em Mobilidade Urbana Seminário FIESP de Logística Rodrigo Carnaúba 6 de maio de 2013 Portfólio da Odebrecht TransPort RODOVIAS 100% OTP 75% OTP 50% OTP 50% OTP 8,5% OTP 33,3%

Leia mais

A Concessão e sua Gestão

A Concessão e sua Gestão A Concessão e sua Gestão Sumário A LICITAÇÃO A EMPRESA O QUE DEU CERTO SOB A ÓTICA DO ESTADO O QUE DEU CERTO SOB A ÓTICA DO CLIENTE PRINCIPAIS INVESTIMENTOS REALIZADOS PELA CONCESSIONÁRIA DIFICULDADES

Leia mais

SECRETARIA DE TRANSPORTES

SECRETARIA DE TRANSPORTES XIII CONFERÊNCIA DAS CIDADES CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO TRANSPORTE E INTEGRAÇÃO SOCIAL TELEFÉRICO DO COMPLEXO DO ALEMÃO Julio Lopes Secretário de Transportes do Estado do Rio

Leia mais

Saulo Pereira Vieira Secretaria dos Transportes Metropolitanos

Saulo Pereira Vieira Secretaria dos Transportes Metropolitanos SOLUÇÕES PARA A MOBILIDADE URBANA NO BRASIL PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO TRANSPORTE METROPOLITANO EM SÃO PAULO Saulo Pereira Vieira Secretaria dos Transportes Metropolitanos 17 de setembro/2015 Estrutura

Leia mais

ENTRADAS / SAÍDAS CAPACIDADE F M F M 15 30 221 30 221. MOTIVO DA SAÍDA / LIBERAÇÃO F M Total JUIZ DA CAPITAL 0 1 1 JUIZ DE OUTRAS COMARCAS 0 3 3

ENTRADAS / SAÍDAS CAPACIDADE F M F M 15 30 221 30 221. MOTIVO DA SAÍDA / LIBERAÇÃO F M Total JUIZ DA CAPITAL 0 1 1 JUIZ DE OUTRAS COMARCAS 0 3 3 UNIIDADE DE ATENDIIMENTO IINIICIIAL UNIIAII TABELA 0011 ENTRADAS / SAÍDAS CAPACIDADE ENTRADAS SAÍDAS F M F M 30 221 30 221 TABELA 0022 SAÍDAS MOTIVO DA SAÍDA / LIBERAÇÃO F M DESLIGAMENTO / FAMÍLIA JUIZ

Leia mais

GESTÃO CORPORATIVA DO TREM METROPOLITANO FOCO NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO 10ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROVIÁRIA

GESTÃO CORPORATIVA DO TREM METROPOLITANO FOCO NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO 10ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROVIÁRIA CPTM GESTÃO CORPORATIVA DO TREM METROPOLITANO FOCO NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO 10ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROVIÁRIA A Função Social do Transporte Metroferroviário no Brasil São Paulo, 21 a 24 de Setembro de

Leia mais

IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE

IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE 1 IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE AUDIÊNCIA PÚBLICA OUTRAS INFORMAÇÕES 2266-0369 SMTR www.rio.rj.gov.br 2589-0557 SMO Rio de Janeiro

Leia mais

Painel 3 Tarifas, financiamento e sustentabilidade do setor

Painel 3 Tarifas, financiamento e sustentabilidade do setor Painel 3 Tarifas, financiamento e sustentabilidade do setor Marcos Bicalho dos Santos Brasília-DF, 01 de junho de 2017 Estrutura da apresentação 1. Tarifa pública x Tarifa de remuneração; 2. Fontes externas

Leia mais

Fórum PPPs em Iluminação Pública. São Paulo, 21 de outubro de 2014

Fórum PPPs em Iluminação Pública. São Paulo, 21 de outubro de 2014 Fórum PPPs em Iluminação Pública São Paulo, 21 de outubro de 2014 APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE PPP MODERNIZAÇÃO Remodelação* e/ou eficientização** de cerca de 580 mil pontos de iluminação pública de modo

Leia mais

BRT NORTE SUL SISTEMAS ESTRUTURANTES DA REGIÃO METROPOLITANA DE GOIÂNIA

BRT NORTE SUL SISTEMAS ESTRUTURANTES DA REGIÃO METROPOLITANA DE GOIÂNIA BRT NORTE SUL SISTEMAS ESTRUTURANTES DA REGIÃO METROPOLITANA DE GOIÂNIA E METROPOLITANA DE TRANSPORTE COLETIVO RMTC A Região Metropolitana de Goiânia 1 PLANO DE NEGÓCIOS 18 Municípios Inhumas Nova Veneza

Leia mais

Brasília - Brasil Maio de 2006

Brasília - Brasil Maio de 2006 Brasília - Brasil Maio de 2006 Diagnóstico Início Diagnóstico Objetivos do Programa Intervenções Propostas Avanço das Atividades Tratamento Viário Diagnóstico Início Diagnóstico Objetivos do Programa Intervenções

Leia mais

MOBILIDADE REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO

MOBILIDADE REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO MOBILIDADE REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO METRÔ LINHA 4 BARRA DA TIJUCA-IPANEMA A Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro é a maior obra de infraestrutura urbana em execução na América Latina. METRÔ

Leia mais

URBANIZAÇÃO DE CURITIBA S.A. Av. Presidente Affonso Camargo, 330 CEP 80060-090 Curitiba PR E-mail: urbs.curitiba@avalon.sul.com.

URBANIZAÇÃO DE CURITIBA S.A. Av. Presidente Affonso Camargo, 330 CEP 80060-090 Curitiba PR E-mail: urbs.curitiba@avalon.sul.com. URBANIZAÇÃO DE CURITIBA S.A. Av. Presidente Affonso Camargo, 330 CEP 80060-090 Curitiba PR E-mail: urbs.curitiba@avalon.sul.com.br Tel: 55-41-320 3232 Fax: 55-41-232 9475 PLANEJAMENTO, GERENCIAMENTO E

Leia mais

ENCONTRO COM O METRÔ. Obras em andamento, Concessões e PPP. Paulo Menezes Figueiredo Diretor Presidente do Metrô São Paulo 26/07/2016

ENCONTRO COM O METRÔ. Obras em andamento, Concessões e PPP. Paulo Menezes Figueiredo Diretor Presidente do Metrô São Paulo 26/07/2016 ENCONTRO COM O METRÔ Obras em andamento, Concessões e PPP Paulo Menezes Figueiredo Diretor Presidente do Metrô São Paulo 26/07/2016 Antecedentes do Serviço Metroferroviário na RMSP Anterior à Constituição

Leia mais

Operação e Expansão do Metrô BH

Operação e Expansão do Metrô BH CREA Minas Seminário Internacional Mobilidade Urbana 13/03/2013 Operação e Expansão do Metrô BH METRÔ DE BELO HORIZONTE. Linha 1 Eldorado a Vilarinho Características atuais SUPERINTENDÊNCIA DE TRENS URBANOS

Leia mais

TÍTULO: MELHORIAS DAS CONDIÇÕES SOCIOAMBIENTAIS COM A IMPLANTAÇÃO DO VEICULO LEVE SOBRE TRILHOS NO SISTEMA INTEGRADO METROPOLITANO NA BAIXADA SANTISTA

TÍTULO: MELHORIAS DAS CONDIÇÕES SOCIOAMBIENTAIS COM A IMPLANTAÇÃO DO VEICULO LEVE SOBRE TRILHOS NO SISTEMA INTEGRADO METROPOLITANO NA BAIXADA SANTISTA 16 TÍTULO: MELHORIAS DAS CONDIÇÕES SOCIOAMBIENTAIS COM A IMPLANTAÇÃO DO VEICULO LEVE SOBRE TRILHOS NO SISTEMA INTEGRADO METROPOLITANO NA BAIXADA SANTISTA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA

Leia mais

de Belo Horizonte Projeto BRT Do sistema tronco alimentado convencional aos corredores de BRT

de Belo Horizonte Projeto BRT Do sistema tronco alimentado convencional aos corredores de BRT Sistema IntegradodeTransporte de porônibus de Belo Horizonte Projeto BRT Do sistema tronco alimentado convencional aos corredores de BRT Sumário Premissas e condicionantes do Projeto Conceito e características

Leia mais

SuperVia Concessionária de Transporte Ferroviário S.A. SUPERVIA

SuperVia Concessionária de Transporte Ferroviário S.A. SUPERVIA SuperVia Concessionária de Transporte Ferroviário S.A. SUPERVIA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO Maior taxa de urbanização do Brasil (99,3%) Maior índice de concentração populacional do Brasil (1.909,75

Leia mais

ANEXO 6. Reajustes e Cálculos das Contraprestações Públicas Mensais de Amortização Fixa e Variável e Penalidades

ANEXO 6. Reajustes e Cálculos das Contraprestações Públicas Mensais de Amortização Fixa e Variável e Penalidades ANEXO 6 Reajustes e Cálculos das Contraprestações Públicas Mensais de Amortização Fixa e Variável e Penalidades 1 1. OBJETIVO O objetivo deste anexo é detalhar a forma de cálculo e de reajustes da receita

Leia mais

M T E RO R P O A P S A S

M T E RO R P O A P S A S Política Tarifária e Aspectos SISTEMA Tecnológicos da Bilhetagem Eletrônica METROPASS 10a. Semana de Tecnologia Metroviária Setembro 2004 SISTEMA ATUAL DE ARRECADAÇÃO Bilhetes Edmonson 30 anos de operação

Leia mais

VISÕES DE FUTURO mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro

VISÕES DE FUTURO mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro 13/05/2015 VISÕES DE FUTURO mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro Divisão de Competitividade Industrial e Investimentos Gerência de Competitividade Industrial e Investimentos Diretoria

Leia mais

LOGÍSTICA NO SUL - A ATUAÇÃO DA FERROVIA. Benony Schmitz Filho - 11/08/ Criciúma

LOGÍSTICA NO SUL - A ATUAÇÃO DA FERROVIA. Benony Schmitz Filho - 11/08/ Criciúma LOGÍSTICA NO SUL - A ATUAÇÃO DA FERROVIA Benony Schmitz Filho - 11/08/2008 - Criciúma Constituição da Malha A Ferrovia Tereza Cristina possui 164 quilômetros de linha férrea, integrando 12 municípios sul-catarinenses.

Leia mais

INTEGRADO METROPOLITANO DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA

INTEGRADO METROPOLITANO DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA VLT DA BAIXADA SANTISTA Ministério das Cidades SETEMBRO DE 2013 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL EMTU EMTU ÁREA DE ATUAÇÃO: ESTADO DE SÃO PAULO REGIÕES METROPOLIPANAS A EMTU é Responsável pelo gerenciamento do

Leia mais

COMISSÃO METRO-FERROVI FERROVIÁRIARIA

COMISSÃO METRO-FERROVI FERROVIÁRIARIA COMISSÃO METRO-FERROVI FERROVIÁRIARIA GT-OPERA OPERAÇÃO Agosto/2006 Objetivo Principal Propiciar momentos de integração das operadoras dos sistemas metro-ferroviários, visando o intercâmbio de conhecimentos

Leia mais

1

1 www.supervia.com.br 1 Trens Urbanos no Rio de Janeiro Histórico Antes da concessão, sob condições de transporte inadequadas, o número de passageiros caiu consistentemente Média de passageiros dias úteis

Leia mais

METRÔ DE SÃO PAULO EXPANSÃO ALBERTO EPIFANI Gerente de Planejamento e Expansão dos Transportes Metropolitanos - METRÔ

METRÔ DE SÃO PAULO EXPANSÃO ALBERTO EPIFANI Gerente de Planejamento e Expansão dos Transportes Metropolitanos - METRÔ METRÔ DE SÃO PAULO EXPANSÃO 2012-2030 ALBERTO EPIFANI Gerente de Planejamento e Expansão dos Transportes Metropolitanos - METRÔ SÃO PAULO 13//06/2012 Expansão 2012-2030 2 REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO

Leia mais

PLANILHA ANTP CUSTOS DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE PÚBLICO POR ÔNIBUS. São Paulo Agosto de 2017

PLANILHA ANTP CUSTOS DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE PÚBLICO POR ÔNIBUS. São Paulo Agosto de 2017 PLANILHA ANTP CUSTOS DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE PÚBLICO POR ÔNIBUS São Paulo Agosto de 2017 PLANILHA GEIPOT: OS PRIMEIROS DOCUMENTOS PÚBLICOS Planilha GEIPOT 1983 a 1996 1983 1991 1994 1996 RAZÕES QUE

Leia mais

13ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA A E A M E S P

13ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA A E A M E S P 13ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA A E A M E S P SP 29.08.2007 EXPANDINDO E MODERNIZANDO O TRANSPORTE POPULAÇÃO: RMBH 5 MILHÕES. BELO HORIZONTE 2,3 MILHÕES. FROTA DE VEÍCULOS: RMBH 1,4 MILHÕES.

Leia mais

MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

MUNICÍPIO DE SÃO PAULO REGIÃO METROPOLITANA DE SP 39 municípios 8.051 km 2 de área 0,1% do Brasil 20,0 milhões de habitantes 11% do Brasil U$ 261,6 bilhões / ano de PIB 19,1% do Brasil 8,8 milhões de empregos 5,2 milhões de

Leia mais

Linha: Andrelândia (MG) - São Paulo (SP)

Linha: Andrelândia (MG) - São Paulo (SP) Linha: Andrelândia (MG) - São Paulo (SP) 1. Objeto Este projeto refere-se ao transporte rodoviário interestadual de passageiros, na ligação Andrelândia (MG) - São Paulo (SP). A ligação, representada na

Leia mais

LINHA ª Semana de Tecnologia Metroferroviária. Paulo de Magalhães Bento Gonçalves Diretor Presidente

LINHA ª Semana de Tecnologia Metroferroviária. Paulo de Magalhães Bento Gonçalves Diretor Presidente LINHA 13 Paulo de Magalhães Bento Gonçalves Diretor Presidente PAINEL 03 Crescimento e melhoria da rede metroferroviária no Brasil 22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária 2 Visão Geral 2,9 milhões pass./dia

Leia mais

Objetivos Fundamentais do Sistema de Transporte Público de Passageiros

Objetivos Fundamentais do Sistema de Transporte Público de Passageiros Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos METROFOR TREM DO CARIRI SOLUÇÃO PARA O TRANSPORTE REGIONAL Objetivos Fundamentais do Sistema de Transporte Público de Passageiros Transporte público como

Leia mais

Contrato de Concessão para a Exploração do Serviço Público de Abastecimento de Água e Esgoto do Município de Camboriú/SC

Contrato de Concessão para a Exploração do Serviço Público de Abastecimento de Água e Esgoto do Município de Camboriú/SC ÁGUAS DE CAMBORIÚ Contrato de Concessão para a Exploração do Serviço Público de Abastecimento de Água e Esgoto do Município de Camboriú/SC Concorrência Pública Nacional: Modalidade Técnica e Preço Concessão

Leia mais

Prof. Orlando Strambi

Prof. Orlando Strambi Prof. Orlando Strambi Disponibilidade de horários extra-aula para pesquisa em campo Disponibilidade de estender o horário de algumas aulas Controle de frequência rigoroso Subs, nem pensar... Expectativa

Leia mais

ANEXO SUGESTÃO DE INDICADORES DE QUALIDADE DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE MOBILIDADE TRANSPORTE COLETIVO 1 / 19

ANEXO SUGESTÃO DE INDICADORES DE QUALIDADE DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE MOBILIDADE TRANSPORTE COLETIVO 1 / 19 ANEXO SUGESTÃO DE INDICADORES DE QUALIDADE DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE MOBILIDADE TRANSPORTE COLETIVO 1 / 19 INDICADORES COMUNS TRANSPORTE COLETIVO CONVENIÊNCIA / CONFIABILIDADE ACESSIBILIDADE INFORMAÇÃO

Leia mais

MONITORAMENTO DA PRECIPITAÇÃO NA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE PE UTILIZANDO A TÉCNICA DOS QUANTIS. 3

MONITORAMENTO DA PRECIPITAÇÃO NA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE PE UTILIZANDO A TÉCNICA DOS QUANTIS. 3 MONITORAMENTO DA PRECIPITAÇÃO NA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE PE UTILIZANDO A TÉCNICA DOS QUANTIS Lais Alves Santos 1 3, José Ivaldo Barbosa de Brito 2 4 1 Estudante de Meteorologia, Universidade Federal

Leia mais

A Regulação da Mobilidade Urbana. Mobilidade Urbana Desafios e Perspectivas para as Cidades Brasileiras Rio de Janeiro, 7 de novembro de 2014

A Regulação da Mobilidade Urbana. Mobilidade Urbana Desafios e Perspectivas para as Cidades Brasileiras Rio de Janeiro, 7 de novembro de 2014 A Regulação da Mobilidade Urbana Mobilidade Urbana Desafios e Perspectivas para as Cidades Brasileiras Rio de Janeiro, 7 de novembro de 2014 Estrutura da Apresentação Linhas Gerais da Regulação de Mobilidade

Leia mais

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA PARA A UNIVERSALIZAÇÃO DO ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA PARA A UNIVERSALIZAÇÃO DO ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA PARA A UNIVERSALIZAÇÃO DO ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE Companhia Pernambucana de Saneamento Compesa Economia Mista de Direito Privado 42 anos de existência

Leia mais

AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS

AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS OPORTUNIDADES PROMOVER ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO E ALÍVIO DOS VOLUMES DE TRÁFEGO IMPORTANTE VIA ESTRUTURAL.

Leia mais

estruturando a mobilidade da metrópole COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS Sérgio Avelleda Diretor Presidente - CPTM

estruturando a mobilidade da metrópole COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS Sérgio Avelleda Diretor Presidente - CPTM estruturando a mobilidade da metrópole COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS Sérgio Avelleda Diretor Presidente - CPTM novembro/2008 Região Metropolitana da Grande São Paulo 39 municípios 19,7 milhões

Leia mais

Mobilidade Urbana. Aspectos Gerais Infraestrutura PMUS Além de Infraestrutura Novos Caminhos

Mobilidade Urbana. Aspectos Gerais Infraestrutura PMUS Além de Infraestrutura Novos Caminhos Mobilidade Urbana Mobilidade Urbana Aspectos Gerais Infraestrutura PMUS Além de Infraestrutura Novos Caminhos Aspectos Gerais LEI Nº 12.587, DE 3 DE JANEIRO DE 2012, Política Nacional de Mobilidade Urbana

Leia mais

ANEXO 4.1 MODELO DE DECLARAÇÃO DE PROPOSTA DE DESCONTO

ANEXO 4.1 MODELO DE DECLARAÇÃO DE PROPOSTA DE DESCONTO ANEXO 4.1 MODELO DE DECLARAÇÃO DE PROPOSTA DE DESCONTO À Secretaria Municipal de Obras, Infraestrutura e Transporte do Município de São Mateus Comissão Especial de Licitação Ref. Concorrência nº 002/2016

Leia mais

FUNDAÇÃO FAT. Módulo Especial: "Aspectos Econômicos, Financeiros, Contratuais e Legais das Parcerias Público Privadas" TRANSPORTE DE PASSAGEIROS

FUNDAÇÃO FAT. Módulo Especial: Aspectos Econômicos, Financeiros, Contratuais e Legais das Parcerias Público Privadas TRANSPORTE DE PASSAGEIROS FUNDAÇÃO FAT TRANSPORTE DE PASSAGEIROS CURSO INTERATIVO Módulo Especial: "Aspectos Econômicos, Financeiros, Contratuais e Legais das Parcerias Público Privadas" Apresentar por partes a estrutura, o prazo,

Leia mais

TRENSURB. Marco Arildo Prates da Cunha Diretor Presidente

TRENSURB. Marco Arildo Prates da Cunha Diretor Presidente TRENSURB Marco Arildo Prates da Cunha Diretor Presidente TRENSURB Planejamento Estratégico Acordo de Gestão Projetos de Expansão Projetos de Modernização Projetos Comerciais Características Técnicas do

Leia mais

DESTAQUES DE SETEMBRO/2014

DESTAQUES DE SETEMBRO/2014 DESTAQUES DE SETEMBRO/2014 IVV SETEMBRO DE 2014: 6,3% COMENTÁRIO O IVV de setembro de 2014 fechou em 6,3%, igual resultado do mês anterior. VARIAÇÃO - em pontos percentuais (p.p.) Mês / Mês anterior Mês

Leia mais

Apresentação FIESP 30/08/2016

Apresentação FIESP 30/08/2016 TRIBUNAL DE CONTAS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Apresentação FIESP 30/08/2016 ARI DE SOEIRO ROCHA COORDENADOR CHEFE DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE V ANTÔNIO ALMEIDA DE SOUSA SUPERVISOR DE EQUIPES DE FISCALIZAÇÃO

Leia mais

NEGÓCIOS NOS TRILHOS. Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos Governo do Estado de São Paulo JURANDI R FERNANDES

NEGÓCIOS NOS TRILHOS. Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos Governo do Estado de São Paulo JURANDI R FERNANDES Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos Governo do Estado de São Paulo NEGÓCIOS NOS TRILHOS JURANDI R FERNANDES Secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos Estratégia de financiamento

Leia mais

Adaptação climática em megacidades: refletindo sobre impactos, demandas e capacidades de resposta de São Paulo

Adaptação climática em megacidades: refletindo sobre impactos, demandas e capacidades de resposta de São Paulo Adaptação climática em megacidades: refletindo sobre impactos, demandas e capacidades de resposta de São Paulo IAG/USP - OUTUBRO 2014 Mobilidade urbana: agenda ambiental LEI Nº 14.933, DE 5 DE JUNHO DE

Leia mais

ÍNDICE. PITMUrb & MetrôPOA. Expansão da Linha 1. Aeromóvel. Aquisição de Frota. Modernização Estações. Expansão Sapiranga

ÍNDICE. PITMUrb & MetrôPOA. Expansão da Linha 1. Aeromóvel. Aquisição de Frota. Modernização Estações. Expansão Sapiranga INVESTIMENTOS 2011 1 2 3 4 PITMUrb & MetrôPOA Expansão da Linha 1 Aeromóvel Aquisição de Frota ÍNDICE 5 6 7 8 Modernização Estações Expansão Sapiranga Passagem Subterrânea do Trem em Canoas Expansão Comercial

Leia mais

Seminário Os Desafios da Mobilidade Urbana

Seminário Os Desafios da Mobilidade Urbana Seminário Os Desafios da Mobilidade Urbana Fontes de Financiamento para Mobilidade Urbana Estudo de Caso: Transporte sobre Pneus em São Paulo 27.janeiro.2015 Campinas, São Paulo, Brasil Perfil do Sistema

Leia mais

DESTAQUES DE NOVEMBRO/2015

DESTAQUES DE NOVEMBRO/2015 DESTAQUES DE NOVEMBRO/2015 IVV - NOVEMBRO DE 2015: COMENTÁRIO: o IVV do mês de Novembro/15 fechou em 3,0%, resultado que expressa uma redução de 2,5 p.p. em relação ao mês imediatamente anterior. VARIAÇÃO

Leia mais

DESTAQUES DE DEZEMBRO/2015

DESTAQUES DE DEZEMBRO/2015 DESTAQUES DE DEZEMBRO/2015 IVV - DEZEMBRO DE 2015: COMENTÁRIO: no mês de dezembro o IVV marcou 4,0%, resultado que reflete um aumento de 1,0 p.p. em relação ao mês imediatamente anterior. VARIAÇÃO - em

Leia mais

2ª Conferência Transporte Sustentable y Calidad del Aire / Rosario

2ª Conferência Transporte Sustentable y Calidad del Aire / Rosario Integração tarifária em São Paulo Bilhete Único Região Metropolitana de São Paulo Município de São Paulo Município de São Paulo Região Metropolitana de São Paulo 39 municípios 8.051 km 2 de extensão 17,8

Leia mais

Metrô Leve de Goiânia. Projeto Modelo para Cidades Brasileiras

Metrô Leve de Goiânia. Projeto Modelo para Cidades Brasileiras Metrô Leve de Goiânia Projeto Modelo para Cidades Brasileiras 1 Projeto modelo para cidades médias 1. Estrutura Institucional Pacto Metropolitano instituindo órgão gestor do transporte coletivo na região

Leia mais

22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária

22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária OBRAS DA LINHA 2 DO SISTEMA METROVIÁRIO SALVADOR E LAURO DE FREITAS Planejamento, concepção e impactos na capital baiana e na Região Metropolitana de Salvador Luís Valença Diretor-presidente da CCR Metrô

Leia mais

METRÔ RIO. 10 a SEMANA DE TECNOLOGIA METROVIÁRIA

METRÔ RIO. 10 a SEMANA DE TECNOLOGIA METROVIÁRIA METRÔ RIO 10 a SEMANA DE TECNOLOGIA METROVIÁRIA Fórum: Experiências Nacionais de Modelos de Gestão Metroferroviários. Tema: Otimização da Operação e Melhoria de Desempenho Resultados Obtidos. Setembro/2004

Leia mais