RecursosAmbientais: Disponibilidade e distribuição

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RecursosAmbientais: Disponibilidade e distribuição"

Transcrição

1 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Disciplina: Ciências do Ambiente ENG 4201 RecursosAmbientais: Disponibilidade e distribuição A vida no planeta existe há cerca de 3,5 bilhões de anos, porém a apenas uns duzentos anos é que a vida humana tornou-se mais confortável, devido aos grandes avanços tecnológicos. Luciana Casaletti Pesca Pecuária

2 Preparo de Alimentos Transporte Iluminação(energia) Hospitais, remédios, vacinas, etc

3 Habitação Nestes duzentos anos, a população mundial aumentou oito vezes, enquanto que o consumo de recursos naturais aumentou em escala significativamente maior. O consumo de água, por exemplo, aumentou 35 vezes. Analogia O planeta Terra é igual a uma nave espacial deslocando-se a cem mil quilometros por hora pelo espaço sem a possibilidade de parada para reabastecimento, mas dispondo de um eficiente sistema de aproveitamento de energia solar e de reciclagem de matéria. = = Hoje, hádisponibiliade deágua, arecomidasão suficientes para manter seus passageiros. Mas, com o aumento de passageiros e a ausência de portos de abastecimento, pode prever, em médio e longo prazos problemas sérios para a manutenção de sua população.

4 A têndencia natural de qualquer sistema, como um todo é a entropia(grau de desordem). Na nossa analogia: os passageiros vão utilizar a energia solar (fonte inesgotável) processar por meio de tecnologias e de seu metabolismo, os recursos naturais finitos, gerando algum tipo de poluição. Do equilíbrio entre população, poluição e recursos naturais dependerá a qualidade da vida da nave espacial, ou seja, do planeta TERRA. População População = O que significa para a nossa analogia(terra=nave)? - A população cresceu de 2,5 bilhões em 1950 para 6,2 bilhões no anode Atualmenteataxaéde1,13%aoano. Significa que hoje a nave (planeta Terra) transporta bilhões de pessoas e a cada ano outros 75 milhões de passageiros nela embarcam.

5 População População Taxa de natalidade x Taxa de mortalidade FONTE: Mundo: Taxa de natalidade / dia= 352 mil habitantes Taxa de mortalidade / dia= 150 mil habitantes Taxa de crescimento = 2,3 vezes maior. Populações: USA e Mundo 08 de agostode 2014 Populações: USA e Mundo 05 de agostode 2016

6 Recursos Naturais É qualquer insumo de que os organismos, as populações e os ecossistemas necessitam para sua manutenção. Havendo uma relação entre tecnologia, economia e meio ambiente. Recursos naturais x tecnologia Recursos naturais x economia Exemplo: Magnésio não era um recurso natural, mas passou a ser quando descobriu-se sua utilidade na fabricação de ligas metálicas para aviões. Relações: Exemplo: Magnésio se tornou um recurso, pois sua exploração é economicamente viável. Recuros Naturais x meio ambiente Não degradem o meio ambiente. Não Renováveis: uma vez utilizados não podem ser reaproveitados. Recursos Naturais Renováveis: são aqueles que ficam depois de utilizados disponíveis novamente graças aos ciclos naturais. Exemplos Recursos Renováveis: -água, -ar, - energia solar, - energia eólica, -madeira, - plantas produtoras de fibra, - vegetais usados na alimentação, - animais usados na alimentação e na confecção de agasalhos, - nutrients, etc 2 classes Pode ser renovar após um período de tempo que não será relevante na humanidade. Efetivamente não renováveis. Exemplos Recursos Não-renováveis: -calcário, -argila, -areia, -petróleo, - carvão mineral, etc...

7 Quando estes conceitos são aplicados no meio humano, o recurso natural será renovável ou não, dependendo da sua exploração e/ou capacidade de reposição. Assim, determinado recurso conceituado como renovável pode deixar de sê-lo, como é o caso da fauna que pode entrar em extinção quando explorada de forma incorreta ou quando o ambiente modificado não fornece condições para sua renovação. Exemplos: peixe-boi, o tatu-canastra, o tamanduá-bandeira, a jaguatirica e a arara-azul são espécies brasileiras que se encontram ameaçadas de extinção. Recursos Naturais - Alimentos Até o século XX, muitas descobertas técnico-científicas importantes levaram ao progresso e também à modificação dos costumes alimentares, por exemplo: 1. O aparecimento de novos produtos; 2. A renovação de técnicas agrícolas e industriais; 3. As descobertas sobre fermentação; 4.Aproduçãodovinho,dacervejaedoqueijoemescalaindustrial eo beneficiamento do leite; 5. Os avanços na genética permitiram sua aplicação no cultivo de plantas e criação de animais; 6. A mecanização agrícola; 7. E ainda o desenvolvimento dos processos técnicos para conservação de alimentos. Recursos Naturais - Alimentos Os hábitos das pessoas de todas as partes do mundo têm sido influenciados por convicções e valores culturais, religião, clima, localização regional, agricultura, tecnologia, situação econômica, etc... Consequentemente, os hábitos alimentares variam de país para país e de região para região dentro de um mesmo país. Exemplo: Brasil. Caldo de piranha Tacacá Tapioca Buchada de bode Arroz com pequi Pizza Moqueca capixaba Churrasco gaúcho

8 Recursos Naturais - Alimentos FONTE: Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO)

Questões ambientais e os impactos Produção de celulose

Questões ambientais e os impactos Produção de celulose Questões ambientais e os impactos Produção de celulose Década de 70 pressão para reduzir a poluição: Geração de compostos orgânicos clorados; Consumo de água; Emissões atmosféricas; Emissões hídricas;

Leia mais

Gestão Ambiental. Aula 2 Prof. Pablo Bosco

Gestão Ambiental. Aula 2 Prof. Pablo Bosco Gestão Ambiental Aula 2 Prof. Pablo Bosco Proposito da aula Conceito de meio ambiente; Outros conceitos; Problemas ambientais; Meio Ambiente como fonte de recursos. 2 Conceito de Meio Ambiente Antes de

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 CIÊNCIAS NATURAIS (2º ciclo)

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 CIÊNCIAS NATURAIS (2º ciclo) (2º ciclo) 5º ano Compreender a como um planeta especial. Compreender que o solo é um material terrestre de suporte de vida. Compreender a importância das rochas e dos minerais. Compreender a importância

Leia mais

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos FUNDAMENTOS DE GESTÃO AMBIENTAL CONCEITOS ELEMENTARES MEIO AMBIENTE Tudo que envolve ou o meio no qual os seres vivos se desenvolvem conjuntamente com fatores abióticos; ECOLOGIA Ciência dos ecossistemas,

Leia mais

Os efeitos do homem sobre o clima. O Clima da Terra: Processos, Mudanças e Impactos Profa. Marcia Yamasoe

Os efeitos do homem sobre o clima. O Clima da Terra: Processos, Mudanças e Impactos Profa. Marcia Yamasoe Os efeitos do homem sobre o clima O Clima da Terra: Processos, Mudanças e Impactos Profa. Marcia Yamasoe Na aula passada... Concentrações de CO 2 já foram muito maiores que as concentrações observadas

Leia mais

MATÉRIAS-PRIMAS MINERAIS MINÉRIOS-SUSTENTABILIDADE-ECONOMIA

MATÉRIAS-PRIMAS MINERAIS MINÉRIOS-SUSTENTABILIDADE-ECONOMIA ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE MINAS E DE PETRÓLEO MATÉRIAS-PRIMAS MINERAIS MINÉRIOS-SUSTENTABILIDADE-ECONOMIA MINERAIS COMO INSUMOS INDUSTRIAIS Características

Leia mais

DISCIPLINA DE CIÊNCIAS OBJETIVOS: 1º Ano

DISCIPLINA DE CIÊNCIAS OBJETIVOS: 1º Ano DISCIPLINA DE CIÊNCIAS OBJETIVOS: 1º Ano 2º Ano Propiciar o contato e a interação dos estudantes com determinado fenômeno para que ele participe da natureza vivenciando e ensinando a preservar o meio em

Leia mais

RECURSOS NATURAIS E ENERGIAS RENOVÁVEIS. Professor: Amison de Santana Silva Carga horária: 60 h Aulas: segunda 7:00 as 9:00 quarta 9:00 as 11:00

RECURSOS NATURAIS E ENERGIAS RENOVÁVEIS. Professor: Amison de Santana Silva Carga horária: 60 h Aulas: segunda 7:00 as 9:00 quarta 9:00 as 11:00 RECURSOS NATURAIS E ENERGIAS RENOVÁVEIS Professor: Amison de Santana Silva Carga horária: 60 h Aulas: segunda 7:00 as 9:00 quarta 9:00 as 11:00 Unidade 1 Introdução e conceitos fundamentais O que são recursos

Leia mais

MINERAIS HIDROGEOLÓGICOS ENERGÉTICOS. de acordo com a finalidade

MINERAIS HIDROGEOLÓGICOS ENERGÉTICOS. de acordo com a finalidade Materiais (sólidos, líquidos ou gasosos), ou suas propriedades (calor interno da Terra ou radioatividade), provenientes da Terra e que o Homem pode utilizar em seu benefício. de acordo com a finalidade

Leia mais

Fonte Características Vantagens Desvantagens

Fonte Características Vantagens Desvantagens Fonte Características Vantagens Desvantagens Hidrelétrica Uso da força dos rios para produção de energia elétrica Fonte não poluente e renovável Alto custo de implantação e grande impacto ambiental e econômico

Leia mais

Recursos naturais: utilização e consequências. Planeta Terra 8.º ano. Hélder Giroto Paiva - EPL

Recursos naturais: utilização e consequências. Planeta Terra 8.º ano. Hélder Giroto Paiva - EPL Recursos naturais: utilização e consequências Hélder Giroto Paiva - EPL O que são recursos naturais? Painéis solares. Pesca. Diamantes. Água. Plataforma petrolífera. O que são recursos naturais? Matéria

Leia mais

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES. AULA 15.1 Conteúdo: Principais Fontes de Energia

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES. AULA 15.1 Conteúdo: Principais Fontes de Energia 15.1 Conteúdo: Principais Fontes de Energia 15.1 Habilidade: Verificar as principais fontes de energia utilizadas atualmente, analisando sua importância para o desenvolvimento da sociedade Revisão: Espaço

Leia mais

Fontes de Energias Renováveis e Não Renováveis. Aluna : Ana Cardoso

Fontes de Energias Renováveis e Não Renováveis. Aluna : Ana Cardoso Fontes de Energias Renováveis e Não Renováveis Aluna : Ana Cardoso Fontes de Energias Renováveis As fontes de energia renováveis são aquelas que vem de recursos naturais e que se renovam continuamente

Leia mais

Disciplina: Ciências do Ambiente

Disciplina: Ciências do Ambiente Disciplina: Ciências do Ambiente Introdução à Ecologia Prof. Fernando Porto Introdução Ernst Haeckel: O conhecimento biológico nunca é completo quando o organismo é estudado isoladamente. Ecologia: Ciência

Leia mais

Geografia. As Regiões Geoeconômicas do Brasil. Professor Luciano Teixeira.

Geografia. As Regiões Geoeconômicas do Brasil. Professor Luciano Teixeira. Geografia As Regiões Geoeconômicas do Brasil Professor Luciano Teixeira www.acasadoconcurseiro.com.br Geografia Aula XX AS REGIÕES GEOECONÔMICAS DO BRASIL A divisão regional oficial do Brasil é aquela

Leia mais

Domínio: TERRA UM PLANETA COM VIDA

Domínio: TERRA UM PLANETA COM VIDA SISTEMA TERRA: DA CÉLULA À BIODIVERSIDADE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação

Leia mais

CIÊNCIAS. 01) Qualquer metodologia compatível com as atuais tendências construtivistas há de ter, necessariamente, uma participação ativa do aluno.

CIÊNCIAS. 01) Qualquer metodologia compatível com as atuais tendências construtivistas há de ter, necessariamente, uma participação ativa do aluno. CIÊNCIAS 01) Qualquer metodologia compatível com as atuais tendências construtivistas há de ter, necessariamente, uma participação ativa do aluno. Assinale a alternativa CORRETA, quanto ao que se entende

Leia mais

Grandes Problemas ambientais

Grandes Problemas ambientais Grandes Problemas ambientais O aumento do efeito de estufa; O aquecimento global; A desflorestação; A destruição da camada de ozono; As chuvas ácidas; O clima urbano; Os resíduos perigosos; A escassez

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 8.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 8.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS - 8.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio da Terra - um planeta com vida, o aluno deve ser capaz de: Compreender as condições próprias da Terra que a tornam o único

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V Informações aos Encarregados de Educação do trabalho a realizar no: 5º Ano Ciências Naturais Ano Letivo 2015/2016 1. Aulas previstas: Aulas (*) 5º1ª 5º2ª 5º3ª 5º4ª 1º Período: 21 de Setembro - 17 de Dezembro

Leia mais

Metas Curriculares. Ensino Básico. Ciências Naturais

Metas Curriculares. Ensino Básico. Ciências Naturais Metas Curriculares Ensino Básico Ciências Naturais 2013 8.º ANO TERRA UM PLANETA COM VIDA Sistema Terra: da célula à biodiversidade 1. Compreender as condições próprias da Terra que a tornam o único planeta

Leia mais

*Todas as imagens neste documento foram obtidas em e

*Todas as imagens neste documento foram obtidas em  e Insetos, aves & morcegos Estima-se que existem cerca de 950,000 espécies de insetos, 10,000 de aves, e 1,200 de morcegos no mundo. Controlo de pragas Em 2006, estimou-se que o control de pragas natural

Leia mais

Unidade 5 Recursos naturais: utilização e consequências. Planeta Terra 8.º ano

Unidade 5 Recursos naturais: utilização e consequências. Planeta Terra 8.º ano Unidade 5 Recursos naturais: utilização e consequências O que são recursos naturais? Painéis solares. Pesca. Diamantes. Água. Plataforma petrolífera. O que são recursos naturais? Matéria ou energia presentes

Leia mais

Fontes renováveis e não-renováveis de energia. Amanda Vieira dos Santos Giovanni Souza

Fontes renováveis e não-renováveis de energia. Amanda Vieira dos Santos Giovanni Souza Fontes renováveis e não-renováveis de energia Amanda Vieira dos Santos 8941710 Giovanni Souza - 9021003 Fontes renováveis e não-renováveis de energia Usos para a energia: Com o avanço tecnológico passamos

Leia mais

Professora Sikandra Silveira

Professora Sikandra Silveira De que materiais são feitos os objetos da imagem? De onde são retirados? MINERAIS E MINÉRIOS Professora Sikandra Silveira MINERAIS E MINÉRIOS Hematita (minério de ferro): Ferro + Oxigênio Galena (minério

Leia mais

FUNDAMENTOS EM AGROECOLOGIA

FUNDAMENTOS EM AGROECOLOGIA Especialização Latu Sensu em Agroecologia 2017-1 FUNDAMENTOS EM AGROECOLOGIA Professor: Roberto Akitoshi Komatsu roberto.komatsu@ifsc.edu.br (49) 9.9152-9081 FUNDAMENTOS EM AGROECOLOGIA - Transferência

Leia mais

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015 Terra, um planeta com vida Sistema Terra: da célula à biodiversidade 1. Compreender as condições próprias da Terra que a tornam o único planeta com vida conhecida no Sistema Solar 1.1. Identificar a posição

Leia mais

GE-602 Economia dos Recursos Minerais e Energéticos. Prof. André Tosi Furtado

GE-602 Economia dos Recursos Minerais e Energéticos. Prof. André Tosi Furtado GE-602 Economia dos Recursos Minerais e Energéticos Prof. André Tosi Furtado Introdução Conceitual 1. Introdução 2. Recursos Naturais e Reservas Minerais 3. O Debate sobre a Escassez 4. O Setor Mineral

Leia mais

Domínio: TERRA UM PLANETA COM VIDA

Domínio: TERRA UM PLANETA COM VIDA SISTEMA TERRA: DA CÉLULA À BIODIVERSIDADE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação

Leia mais

25 de abril de Mercado do Amanhã A TRANSIÇÃO DO MODELO DE DESENVOLVIMENTO. Israel Klabin

25 de abril de Mercado do Amanhã A TRANSIÇÃO DO MODELO DE DESENVOLVIMENTO. Israel Klabin Mercado do Amanhã A TRANSIÇÃO DO MODELO DE DESENVOLVIMENTO Israel Klabin 1 Conceito MERCADO Concepção das relações comerciais baseada, essencialmente, no equilíbrio de compras e vendas (Dicionário Houaiss)

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Hospitalar e Agroindústria AULA 1 Prof.º Cleverson Luis

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Hospitalar e Agroindústria AULA 1 Prof.º Cleverson Luis FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Hospitalar e Agroindústria AULA 1 Prof.º Cleverson Luis Competências a serem trabalhadas nesta aula Conhecer o segmento econômico da Agroindústria

Leia mais

-ECOLOGIA APLICADA. Espécies símbolos. Prevenção da Poluição. Conservação de áreas. Preservação da diversidade genética bbbb

-ECOLOGIA APLICADA. Espécies símbolos. Prevenção da Poluição. Conservação de áreas. Preservação da diversidade genética bbbb -ECOLOGIA APLICADA * É o estudo dos efeitos causados pelo homem nos sistemas ecológicos, e o consequente manejo desses sistemas e recursos em benefício da sociedade. Espécies símbolos Questões Prevenção

Leia mais

ENERGIA. origem do grego érgon, que significa trabalho. Assim, en + érgon queria dizer, na Grécia Antiga, em trabalho, em atividade, em ação.

ENERGIA. origem do grego érgon, que significa trabalho. Assim, en + érgon queria dizer, na Grécia Antiga, em trabalho, em atividade, em ação. ENERGIA origem do grego érgon, que significa trabalho. Assim, en + érgon queria dizer, na Grécia Antiga, em trabalho, em atividade, em ação. A mais antiga forma de energia é a produzida pelos músculos

Leia mais

ESTRUTURAÇÃO INDÚSTRIA MINEIRA

ESTRUTURAÇÃO INDÚSTRIA MINEIRA ESTRUTURAÇÃO DA INDÚSTRIA MINEIRA Novas fronteiras Novas oportunidades Recursos Base Solo Subsolo Fundo oceânico Prospecção Pesquisa Investigação Geológica Jazigos e Massas Minerais Utilização Final Resíduos

Leia mais

Conceituar e discutir os benefícios e os prejuízos da utilização de transgênicos na

Conceituar e discutir os benefícios e os prejuízos da utilização de transgênicos na Transgênicos Objetivo da Aula agricultura. Conceituar e discutir os benefícios e os prejuízos da utilização de transgênicos na Organismos transgênicos ou Organismos Geneticamente Modificados (OGM) são

Leia mais

Introdução Crise Ambiental

Introdução Crise Ambiental PHA3334 Exploração de Recursos Naturais Universidade de São Paulo Escola Politécnica Departamento de Engenharia Hidráulica e Ambiental Introdução Crise Ambiental Aula 1 Prof. Dr. Arisvaldo V. Méllo Jr.

Leia mais

Sustentabilidade, Recursos Naturais e Biodiversidade

Sustentabilidade, Recursos Naturais e Biodiversidade Sustentabilidade, Recursos Naturais e Biodiversidade Haroldo Mattos De Lemos Presidente, Instituto Brasil PNUMA Vice-Presidente, Comitê Técnico 207 da ISO (ISO 14000) Presidente, Conselho Técnico da ABNT

Leia mais

Gestão sustentável dos oceanos e dos recursos marinhos

Gestão sustentável dos oceanos e dos recursos marinhos Gestão sustentável dos oceanos e dos recursos marinhos Trabalho realizado por: -Ana Santos nº1; -Ana Almeida nº2; -Beatriz Silva nº3; -Daniela Fernandes nº6; -Marta Santos nº11. 1 2 Índice Introdução Portugal

Leia mais

Ficha de Exercícios 10 º ano de Escolaridade

Ficha de Exercícios 10 º ano de Escolaridade Ficha de Exercícios 10 º ano de Escolaridade Versão Corrigida A Biosfera A vida terá surgido na Terra há mais de 3500 milhões de anos. Inicialmente com formas muito simples, são actualmente, complexos

Leia mais

GINO FRANCESCO MAZZOCCATO ASPECTOS AMBIENTAIS NAS EMBALAGENS DE MADEIRA PARA FIOS E CABOS

GINO FRANCESCO MAZZOCCATO ASPECTOS AMBIENTAIS NAS EMBALAGENS DE MADEIRA PARA FIOS E CABOS GINO FRANCESCO MAZZOCCATO ASPECTOS AMBIENTAIS NAS EMBALAGENS DE MADEIRA PARA FIOS E CABOS SÃO PAULO 06 de Novembro de 2008 CARRETÉIS DE MADEIRA INTRODUÇÃO ORIGEM DA MATÉRIA-PRIMA FLORESTAS PLANTADAS MATÉRIA

Leia mais

São classificados como recursos renováveis e não-renováveis e inesgotaveis quando se tem em conta o tempo necessário para que se dê a sua reposição

São classificados como recursos renováveis e não-renováveis e inesgotaveis quando se tem em conta o tempo necessário para que se dê a sua reposição Boletim nº 024 / AL 2010/11 Guararapes, 01 de Fevereiro de 2011 Recursos Naturais O homem é parte integrante da natureza e, desde o seu surgimento na Terra, sempre contou com o que ela lhe oferecia como

Leia mais

ORIGEM DA AGRICULTURA E DA PECUÁRIA

ORIGEM DA AGRICULTURA E DA PECUÁRIA ORIGEM DA AGRICULTURA E DA PECUÁRIA PRIMEIROS CAMPONESES Os primeiros camponeses foram caçadores e coletores, ou seja, eram somente extrativistas: retiravam os alimentos da natureza, sem qualquer controle

Leia mais

A soma de todos os ecossistemas constitui a biosfera, que corresponde à porção do planeta Terra onde existe vida.

A soma de todos os ecossistemas constitui a biosfera, que corresponde à porção do planeta Terra onde existe vida. Resumo Aula-tema 01: Panorama mundial e nacional ecossistemas No momento atual, a preocupação de governos, sociedade civil e cidadãos deve visar a sustentabilidade. Para se compreender esse conceito, é

Leia mais

QUÍMICA ENSINO MÉDIO PROF.ª DARLINDA MONTEIRO 3 ANO PROF.ª YARA GRAÇA

QUÍMICA ENSINO MÉDIO PROF.ª DARLINDA MONTEIRO 3 ANO PROF.ª YARA GRAÇA QUÍMICA 3 ANO PROF.ª YARA GRAÇA ENSINO MÉDIO PROF.ª DARLINDA MONTEIRO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Vida e ambiente 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 6 Conteúdos Efeito estufa. Fontes de energia alternativa.

Leia mais

Carro Eólico. Energia Eólica P.V.P. Casa Solar 39,99 14, x 290 x 80. Inclui livro educativo. 368 x 290 x x 220 x 65

Carro Eólico. Energia Eólica P.V.P. Casa Solar 39,99 14, x 290 x 80. Inclui livro educativo. 368 x 290 x x 220 x 65 Com o intuito de alertar e responsabilizar cada um de nós para as alterações climáticas, a Science4you criou a linha de brinquedos "EcoScience", que visa contribuir para o desenvolvimento sustentável do

Leia mais

Aula 5 Recursos Minerais

Aula 5 Recursos Minerais Aula 5 Recursos Minerais Conceitos Mineral: conjunto de elementos químicos. Metal: minerais com características específicas (brilho, dureza). Rocha: aglomerado de um ou mais minerais. Minério: rocha contendo

Leia mais

CRIAÇÕES ALTERNATIVAS A DOMESTICAÇÃO E A RELAÇÃO HOMEM-ANIMAL

CRIAÇÕES ALTERNATIVAS A DOMESTICAÇÃO E A RELAÇÃO HOMEM-ANIMAL CRIAÇÕES ALTERNATIVAS A DOMESTICAÇÃO E A RELAÇÃO HOMEM-ANIMAL FUNÇÕES DOS ANIMAIS ALIMENTO PARA O HOMEM (OVOS, LEITE, CARNE, MEL) ALIMENTO PARA ANIMAIS (FARINHAS DE CARNE, OSSOS, PENAS, SANGUE, ETC) PRODUÇÃO

Leia mais

BRASIL: ESPAÇO AGRÁRIO E PROBLEMAS SÓCIOAMBIENTAIS

BRASIL: ESPAÇO AGRÁRIO E PROBLEMAS SÓCIOAMBIENTAIS BRASIL: ESPAÇO AGRÁRIO E PROBLEMAS SÓCIOAMBIENTAIS AGRICULTURA: HISTÓRICO Os primeiros camponeses (habitantes do campo) foram caçadores e coletores, ou seja, eram somente extrativistas: retiravam os alimentos

Leia mais

PIRÂMIDES ECOLÓGICAS E POPULAÇÕES FRENTE 1B AULA 03 PROFESSOR: MARCIEL C. MORAES

PIRÂMIDES ECOLÓGICAS E POPULAÇÕES FRENTE 1B AULA 03 PROFESSOR: MARCIEL C. MORAES PIRÂMIDES ECOLÓGICAS E DINÂMICA DAS POPULAÇÕES FRENTE 1B AULA 03 PROFESSOR: MARCIEL C. MORAES PIRÂMIDES ECOLÓGICAS SÃO GRÁFICOS QUE REPRESENTAM VALORES REFERENTES ÀS CADEIAS ALIMENTARES DE UM ECOSSISTEMA.

Leia mais

Sustentabilidade Alimentar e Agrícola Desafios para a Saúde Humana

Sustentabilidade Alimentar e Agrícola Desafios para a Saúde Humana Sustentabilidade Alimentar e Agrícola Desafios para a Saúde Humana Simpósios Anipla 2017 Inovação e Tecnologia na produção de alimentos Simone Fernandes Desenvolvimento Sustentável ONU Objetivos de Desenvolvimento

Leia mais

ciclo da água ciclo hidrológico

ciclo da água ciclo hidrológico Ciclo Hidrológico A água e seu ciclo A água da Terra - que constitui a hidrosfera - distribui-se por três reservatórios principais: os oceanos, os continentes e a atmosfera, entre os quais existe uma

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE GEOGRAFIA 6º ANO. Com base na tabela e em seus conhecimentos, marque V (verdadeiro) ou F (falso) nas sentenças a seguir.

EXERCÍCIOS ON LINE GEOGRAFIA 6º ANO. Com base na tabela e em seus conhecimentos, marque V (verdadeiro) ou F (falso) nas sentenças a seguir. EXERCÍCIOS ON LINE GEOGRAFIA 6º ANO Questão 1 Com base na tabela e em seus conhecimentos, marque V (verdadeiro) ou F (falso) nas sentenças a seguir. Participação da população economicamente ativa por setor

Leia mais

"Economia Verde nos Contextos Nacional e Global" - Desafios e Oportunidades para a Agricultura -

Economia Verde nos Contextos Nacional e Global - Desafios e Oportunidades para a Agricultura - "Economia Verde nos Contextos Nacional e Global" - Desafios e Oportunidades para a Agricultura - Maurício Antônio Lopes Diretor Executivo de Pesquisa e Desenvolvimento Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE CIÊNCIAS NATURAIS 8º ANO

PLANIFICAÇÃO DE CIÊNCIAS NATURAIS 8º ANO PLANIFICAÇÃO DE CIÊNCIAS NATURAIS 8º ANO Ano letivo 2017-2018 Conteúdos Domínios e subdomínios METAS CURRICULARES Objetivos e descritores Estratégias/Atividades Materiais/recursos Modalidades e critérios

Leia mais

Transposição de água entre bacias, via economia. Carlos Roberto Azzoni Professor Titular de Economia FEAUSP

Transposição de água entre bacias, via economia. Carlos Roberto Azzoni Professor Titular de Economia FEAUSP Transposição de água entre bacias, via economia Carlos Roberto Azzoni Professor Titular de Economia FEAUSP Disponibilidade per capita de água, 2010 Fonte: Plano Estadual de Recursos Hídricos 2012-2015

Leia mais

Brasil: características naturais - litosfera. Páginas 12 à 27

Brasil: características naturais - litosfera. Páginas 12 à 27 Brasil: características naturais - litosfera Páginas 12 à 27 Refúgio Ecológico Caiman Miranda - MS Parque Nacional do Monte Roraima - RR Serra dos Órgãos Teresópolis - RJ Parque Nacional dos Aparados da

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE CIÊNCIAS NATURAIS 8º ANO

PLANIFICAÇÃO DE CIÊNCIAS NATURAIS 8º ANO PLANIFICAÇÃO DE CIÊNCIAS NATURAIS 8º ANO Ano letivo 2016-2017 Conteúdos Domínios e subdomínios METAS CURRICULARES Objetivos e descritores Estratégias/Atividades Materiais/recursos Modalidades e critérios

Leia mais

Aula 02 Fontes de energia primária, cadeia energética e hidrelétrica, eólica, nuclear e biomassa

Aula 02 Fontes de energia primária, cadeia energética e hidrelétrica, eólica, nuclear e biomassa BIJ-0207 Bases Conceituais da Energia Aula 02 Fontes de energia primária, cadeia energética e hidrelétrica, eólica, nuclear e biomassa Prof. João Moreira CECS - Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências

Leia mais

Crescimento demográfico da América Anglo-Saxônica e da América Latina

Crescimento demográfico da América Anglo-Saxônica e da América Latina Respostas das sugestões de avaliação Unidade 4 1. a) A população americana se distribui de maneira irregular pelo seu território; ou seja, algumas regiões são mais povoadas que outras. b) Essa distribuição

Leia mais

A Ásia conta com enormes reservas minerais e energéticas, circunstância que tem facilitado seu recente desenvolvimento industrial.

A Ásia conta com enormes reservas minerais e energéticas, circunstância que tem facilitado seu recente desenvolvimento industrial. A Ásia conta com enormes reservas minerais e energéticas, circunstância que tem facilitado seu recente desenvolvimento industrial. Recursos minerais e energéticos de alguns países da Ásia Os principais

Leia mais

ENERGIA. Em busca da sustentabilidade

ENERGIA. Em busca da sustentabilidade ENERGIA Em busca da sustentabilidade Características de uma boa fonte de combustível i) Fornecer grande quantidade de energia por unidade de massa ou volume (Rendimento); ii) Facilmente disponível; iii)

Leia mais

A agricultura: Atividade económica do setor primário; A palavra agricultura significa a cultura do campo;

A agricultura: Atividade económica do setor primário; A palavra agricultura significa a cultura do campo; A agricultura A agricultura: Atividade económica do setor primário; A palavra agricultura significa a cultura do campo; Paisagem agrária: É a forma de cultivo e a divisão dos campos; É condicionada por

Leia mais

A BIOSFERA 2ª AULA - 1º BLOCO (ECOLOGIA GERAL) CIÊNCIAS DO AMBIENTE

A BIOSFERA 2ª AULA - 1º BLOCO (ECOLOGIA GERAL) CIÊNCIAS DO AMBIENTE A BIOSFERA 2ª AULA - 1º BLOCO (ECOLOGIA GERAL) CIÊNCIAS DO AMBIENTE Biosfera: região do planeta que contém todo o conjunto de seres vivos e na qual a vida é permanentemente possível ambiente capaz de satisfazer

Leia mais

Fontes de energia - Usinas PROF.: JAQUELINE PIRES

Fontes de energia - Usinas PROF.: JAQUELINE PIRES Fontes de energia - Usinas PROF.: JAQUELINE PIRES Usinas termoelétricas ( U = 0) Convertem energia térmica em energia elétrica Vantagens de uma usina termoelétrica A curto prazo, pode fornecer energia

Leia mais

Bancário Atualidades Meio Ambiente Nilton Matos Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Bancário Atualidades Meio Ambiente Nilton Matos Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Bancário Atualidades Meio Ambiente Nilton Matos 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. É inegável a importância das fontes renováveis de energia para a redução das

Leia mais

LIVRO DO PROFESSOR. o compõem. Propõem o estudo de Ciências por meio de problematização e busca de soluções em situações cotidianas;

LIVRO DO PROFESSOR. o compõem. Propõem o estudo de Ciências por meio de problematização e busca de soluções em situações cotidianas; O s livros de Ciências da coleção INTERAGIR & CRESCER têm o objetivo de desenvolver habilidades e competências que ajudam os estudantes a compreender o ambiente e os seres que o compõem. Propõem o estudo

Leia mais

PRODUTO INTERNO BRUTO (ÓPTICA DA PRODUÇÃO) Preços correntes

PRODUTO INTERNO BRUTO (ÓPTICA DA PRODUÇÃO) Preços correntes Preços correntes CAErev1 1953 1954 1955 1956 1957 1958 1959 1960 1961 1962 1963 1964 11+12 Agricultura caça silvicultura e exploração florestal... 15 660 16 752 17 649 15 996 18 025 18 609 17 364 17 900

Leia mais

Desde a escola ouvimos uma antiga definição de que meio ambiente era chamado de tudo o que é vivo, ou seja, todas as coisas que vivem neste planeta e

Desde a escola ouvimos uma antiga definição de que meio ambiente era chamado de tudo o que é vivo, ou seja, todas as coisas que vivem neste planeta e O Meio Ambiente Desde a escola ouvimos uma antiga definição de que meio ambiente era chamado de tudo o que é vivo, ou seja, todas as coisas que vivem neste planeta e estão ligadas a vida dos seres humanos.

Leia mais

uma aventura da Humanidade

uma aventura da Humanidade AGRICULTURA: uma aventura da Humanidade A evolução da Agricultura constitui, de facto, uma aventura em que a Humanidade desempenha o papel principal. Os acontecimentos mais marcantes na evolução da relação

Leia mais

Biotecnologia e Biodiversidade. Prof. Msc. Lucas Silva de Faria

Biotecnologia e Biodiversidade. Prof. Msc. Lucas Silva de Faria Biotecnologia e Biodiversidade Prof. Msc. Lucas Silva de Faria Biotecnologia e Biodiversidade Biodiversidade Diversidade Biológica, ou Biodiversidade, refere-se à variedade de espécies de todos os seres

Leia mais

Perspectivas e Cenários para a Pecuária Bovina. Enio Bergoli Secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca

Perspectivas e Cenários para a Pecuária Bovina. Enio Bergoli Secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca Perspectivas e Cenários para a Pecuária Bovina Enio Bergoli Secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca Produção mundial de carne bovina (em mil ton de equivalentes carcaça

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE ESTUDO DO MEIO setembro/outubro

PLANIFICAÇÃO DE ESTUDO DO MEIO setembro/outubro setembro/outubro Blocos/temas À DESCOBERTA DE SI MESMO A sua naturalidade e nacionalidade Conteúdos - Aldeias, vilas e cidades - Freguesia, concelho, distrito e país - Região Autónoma da Madeira e Região

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 61 CONCEITOS SOBRE RECURSOS ENERGÉTICOS

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 61 CONCEITOS SOBRE RECURSOS ENERGÉTICOS GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 61 CONCEITOS SOBRE RECURSOS ENERGÉTICOS Como pode cair no enem? (ENEM) Empresa vai fornecer 230 turbinas para o segundo complexo de energia à base de ventos, no sudeste da Bahia.

Leia mais

Fixação 2ª etapa 4ª ano/2014 CIÊNCIAS

Fixação 2ª etapa 4ª ano/2014 CIÊNCIAS Fixação 2ª etapa 4ª ano/2014 CIÊNCIAS A VIDA SOB O MICROSCÓPIO Micro: pequeno / scopio: ato de ver O estudo de seres microscópicos só foi possível devido a descoberta e aperfeiçoamento do microscópio,

Leia mais

Importância e objetivos do melhoramento de plantas

Importância e objetivos do melhoramento de plantas Universidade Federal de Rondônia Curso de Eng. Florestal Melhoramento genético Florestal Importância e objetivos do melhoramento de plantas Emanuel Maia emanuel@unir.br www.lahorta.acagea.net Introdução

Leia mais

Aula 1. 3º)A biodiversidade inclui componentes físicos do ambiente como minerais, agua ar? Justifique

Aula 1. 3º)A biodiversidade inclui componentes físicos do ambiente como minerais, agua ar? Justifique Aula 1 1º) Conceitue meio ambiente É tudo que tem a ver com o ser ou com um grupo de seres vivos. É o conjunto de fatores, sociais e culturais que envolvem um individuo e com os quais ele interage. 2º)

Leia mais

Poluição Da Água. Escola Secundaria da Maia Trabalho realizado por:

Poluição Da Água. Escola Secundaria da Maia Trabalho realizado por: Poluição Da Água Escola Secundaria da Maia Trabalho realizado por: Carlos Manuel 11ºM Tiago Oliveira 11ºM Curso Técnico de Manutenção Industrial/Electromecânica Introdução A poluição da água é um problema

Leia mais

Ciclo hidrológico: ciclo fechado no qual a água de movimenta

Ciclo hidrológico: ciclo fechado no qual a água de movimenta Ciclo hidrológico e qualidade da água Ciclo hidrológico: ciclo fechado no qual a água de movimenta A água está em constante movimento e descreve um ciclo na natureza: evapora do mar, açudes, rios lagoas

Leia mais

PADRÕES PARA CLASSIFICAÇÃO DO ARROZ. Alunas: Isabella Santos Jeanyni Mendes Natália Lopes

PADRÕES PARA CLASSIFICAÇÃO DO ARROZ. Alunas: Isabella Santos Jeanyni Mendes Natália Lopes PADRÕES PARA CLASSIFICAÇÃO DO ARROZ Alunas: Isabella Santos Jeanyni Mendes Natália Lopes ARROZ O arroz (Oryza sativa) é um dos cereais mais produzidos e consumidos no mundo, caracterizando-se como principal

Leia mais

Características Ecológicas dos Açudes (Reservatórios) do Semi-Árido

Características Ecológicas dos Açudes (Reservatórios) do Semi-Árido Características Ecológicas dos Açudes (Reservatórios) do Semi-Árido Reservatórios ocupam hoje cerca de 600.000 km 2 de águas represadas em todo o planeta. A construção de reservatórios tem origem muito

Leia mais

AGRICULTURA FAMILAR E SUA IMPORTÂNCIA PARA A CONSERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS

AGRICULTURA FAMILAR E SUA IMPORTÂNCIA PARA A CONSERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS AGRICULTURA FAMILAR E SUA IMPORTÂNCIA PARA A CONSERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS RESUTADOS E EXPERIÊNCIAS DO PROJETO SEMEANDO SUSTENTABILIDADE FABIANA B. GOMES CES RIOTERRA RECURSOS NATURAIS ENERGIA SOLAR

Leia mais

Classificação das Fontes de Energia

Classificação das Fontes de Energia BRASIL: FONTES DE ENERGIA Classificação das Fontes de Energia análise dos recursos disponíveis e dos recursos em uso As fontes de energia podem classificar-se em: Primárias - quando ocorrem livremente

Leia mais

Ciclos Biogeoquímicos

Ciclos Biogeoquímicos Ciclos Biogeoquímicos Matéria orgânica: são os restos dos seres vivos. É composta essencialmente de compostos de carbono. Decompositores: são responsáveis pela degradação da matéria orgânica e favorecem

Leia mais

Caracterização dos estabelecimentos agropecuários da região sul do Brasil com base no Censo Agropecuário 2006

Caracterização dos estabelecimentos agropecuários da região sul do Brasil com base no Censo Agropecuário 2006 Caracterização dos estabelecimentos agropecuários da região sul do Brasil com base no Censo Agropecuário 2006 Laura Wichrowski Gauterio Izete Pengo Bagolin RESUMO - O estudo fornece uma caracterização

Leia mais

Impactes sectoriais. Sistemas ecológicos e biodiversidade. Impactes Ambientais 6 ª aula Prof. Doutora Maria do Rosário Partidário

Impactes sectoriais. Sistemas ecológicos e biodiversidade. Impactes Ambientais 6 ª aula Prof. Doutora Maria do Rosário Partidário Engenharia Civil, 5º ano / 10º semestre Engenharia Territorio, 4º ano/ 8º semestre Impactes sectoriais Sistemas ecológicos e biodiversidade Impactes Ambientais 6 ª aula Prof. Doutora Maria do Rosário Partidário

Leia mais

Abril Educação Rochas e solo Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Abril Educação Rochas e solo Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Abril Educação Rochas e solo Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 O solo humífero caracteriza-se por ser arejado e permeável, fértil para a vida vegetal. O que faz com que ele possua

Leia mais

GESTÃO AMBIENTAL X GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS ÁGUA COMO FATOR LIMITANTE DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL. Edmilson Costa Teixeira GEARH-DEA-CT

GESTÃO AMBIENTAL X GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS ÁGUA COMO FATOR LIMITANTE DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL. Edmilson Costa Teixeira GEARH-DEA-CT GESTÃO AMBIENTAL X GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS ÁGUA COMO FATOR LIMITANTE DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL Edmilson Costa Teixeira GEARH-DEA-CT USOS DA ÁGUA DISPONIBILIDADE HÍDRICA NO PLANETA ESTADOS Sólido.

Leia mais

Características dos seres vivos

Características dos seres vivos Necessidades Básicas dos Seres Vivos Módulo 1 AULA 3 Professora: Andréa Rodrigues Características dos seres vivos Composição química mais complexa Organização celular Capacidade de nutrição Reação a estímulos

Leia mais

Escola Secundária do Padrão da Légua (402412) Disciplina de Biologia do 12º ano de escolaridade

Escola Secundária do Padrão da Légua (402412) Disciplina de Biologia do 12º ano de escolaridade ÁREA DISCIPLINAR DE CTV Disciplina de Biologia do 12º ano de escolaridade Unidade 1 Reprodução Humana e Manipulação da Fertilidade Unidade 2 Património Genético Autoavaliação Unidade 2 Património Genético

Leia mais

FRAGMENTOS FLORESTAIS

FRAGMENTOS FLORESTAIS FRAGMENTOS FLORESTAIS O que sobrou da Mata Atlântica Ciclos econômicos 70% da população Menos de 7,4% e mesmo assim ameaçados de extinção. (SOS Mata Atlânitca, 2008) REMANESCENTES FLORESTAIS MATA ATLÂNTICA

Leia mais

Unidade 4 A Terra e o solo

Unidade 4 A Terra e o solo Sugestões de atividades Unidade 4 A Terra e o solo 6 CIÊNCIAS 1 Ciências Solo e erosão 1. Apesar da exuberância da Floresta Amazônica, é comum dizer que o solo amazônico não contém grande quantidade de

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 64 AS ALTERNATIVAS DO PLANETA TERRA E DA CIVILIZAÇÃO

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 64 AS ALTERNATIVAS DO PLANETA TERRA E DA CIVILIZAÇÃO GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 64 AS ALTERNATIVAS DO PLANETA TERRA E DA CIVILIZAÇÃO Fixação 1) (ENEM) Suponha que você seja um consultor e foi contratado para assessorar a implantação de uma matriz energética

Leia mais

Introdução. Neste livro o tema abordado será a economia de Mato Grosso do Sul, o qual, com dedicação dos autores, será explicado.

Introdução. Neste livro o tema abordado será a economia de Mato Grosso do Sul, o qual, com dedicação dos autores, será explicado. Economia- MS Introdução Neste livro o tema abordado será a economia de Mato Grosso do Sul, o qual, com dedicação dos autores, será explicado. Sumário Introdução...01 Quais são as elas?...03 Quais são elas?

Leia mais

Gabarito CAT 8. 2º Período. Nome: Nº

Gabarito CAT 8. 2º Período. Nome: Nº Gabarito CAT 8 2º Período Nome: Nº 7º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina : Geografia Data: Professor : Leonardo Bergqvist 1 - Densidade populacional no limite Ultrapassamos os 7 bilhões de pessoas.

Leia mais

AMEAÇAS E OPORTUNIDADES PARA O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

AMEAÇAS E OPORTUNIDADES PARA O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO AMEAÇAS E OPORTUNIDADES PARA O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Junho/2008 Três Pontas/MG Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento DIMENSÃO DEMOGRÁFICO DIMENSÃO SOCIOECONÔMICA DIMENSÃO SEGURANÇA

Leia mais

Bernardo Hauch Ribeiro de Castro Gerente AI/DEPIP Agosto 2012

Bernardo Hauch Ribeiro de Castro Gerente AI/DEPIP Agosto 2012 Linhas de Financiamento Veículos Elétricos Bernardo Hauch Ribeiro de Castro Gerente AI/DEPIP Agosto 2012 Agenda Indústria Automotiva Drivers para difusão Situação atual Linhas do BNDES Indústria Automotiva

Leia mais

Vocêestárecebendoumaobra emversãodigitaldabooklink somenteparaleiturae/ouconsulta. Nenhumapartepode serutilizadaoureproduzida, emqualquermeioouforma,

Vocêestárecebendoumaobra emversãodigitaldabooklink somenteparaleiturae/ouconsulta. Nenhumapartepode serutilizadaoureproduzida, emqualquermeioouforma, e- Vocêestárecebendoumaobra emversãodigitaldabooklink somenteparaleiturae/ouconsulta. Nenhumapartepode serutilizadaoureproduzida, emqualquermeioouforma, sejadigital,fotocópia,gravaçãoetc., nemapropriadaouestocada

Leia mais

QUÍMICA. Prof. Larissa Richter. Energia e Meio Ambiente

QUÍMICA. Prof. Larissa Richter. Energia e Meio Ambiente Energia e Meio Ambiente O ser humano atual é extremamente dependente de energia. Por quê? Todos os seus processos tecnológicos, bem como manutenção de serviços dependem da energia elétrica para serem desenvolvidos

Leia mais

Análise De Dados Da Produção De Energia Primária No Brasil No Período De

Análise De Dados Da Produção De Energia Primária No Brasil No Período De Análise De Dados Da Produção De Energia Primária No Brasil No Período De 1990-2011 Álvaro Renan Vieira Nunes (1) ; Carlos Roberto de Lima (2) ; Marcelo Soares Pimentel (3) ; William de Sousa Santos (4)

Leia mais

Eu preciso pescar para comer?

Eu preciso pescar para comer? Eu preciso pescar para comer? A UU L AL A Edivaldo, depois de um dia inteiro no mar, traz sua rede de pesca cheia de siris, camarões, mariscos e peixes. O jantar de hoje e o almoço de amanhã estão garantidos.

Leia mais