PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O"

Transcrição

1 PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O O Coordenador TIC Susana Isabel F. Almendra Neno

2 CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR TIC Susana Isabel F. Almendra Neno Telemóvel Correio electrónico: ESCOLA EB1/PE Tanque sato. António eb 1 Telefone: / Telemóvel: Fax: IDENTIFICAÇÃO DA EQUIPA TIC NOME CARGO/FUNÇÕES QUE CONTACTO ENDEREÇO DE CORREIO DESEMPENHA TELEFÓNICO ELECTRÓNICO Dorita Pestana Diretora Susana Neno Coordenadora TIC Dalila Andrade Prof. Exp. Plástica Manuela Correia Prof 2ºano Margarida Freitas Educadora de Infância [1]

3 PARCERIAS COM OUTRAS ENTIDADES OU INSTITUIÇÕES ESCOLARES IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE/INSTITUIÇÃO ESCOLAR EB1/PE da Nazaré EB1/PE DE São Filipe Escola Sant Ana-Externato TIPO DE PARCERIA DURAÇÃO AVALIAÇÃO FINAL Partilha de OA s na Dropbox/ skydrive Ano letivo Reuniões formais e informais com os responsáveis pelo projeto [2]

4 ÍNDICE 1. Introdução 2. Eixos 3. Atividades 4. Projetos da DSTE 5. Cronograma TIC 6. Divulgação do Projeto [3]

5 1. INTRODUÇÃO Atualmente, a vida social não pode ser dissociada das TIC, uma vez que estas estão presentes no nosso quotidiano ao nível profissional, educacional, social e pessoal. Assim sendo, é necessário conhecer novas formas de ensinar e aprender, produzir e representar conhecimentos, favorecendo a integração social. O presente plano TIC visa definir e planificar a ação do coordenador TIC na EB1/PE do Tanque Santo António, tendo em conta a rentabilização das suas potencialidades e o colmatar das suas fragilidades. O maior obstáculo prende-se com o número reduzido de computadores existentes na escola, principalmente na sala de TIC. O corpo docente da escola apresenta boa recetividade, possuem conhecimentos em TIC e gostam de utilizar recursos e estratégias de aprendizagem relacionadas com esta área. Em relação aos alunos, a maior parte não possui recursos tecnológicos em casa. No geral revelam interesse e curiosidade em aprender e aplicar conhecimentos relacionados com a tecnologia digital. Os objetivos gerais deste plano assentam em: - Apoiar a comunidade escolar com competências para melhor utilização dos recursos tecnológicos existentes; -Envolver a comunidade educativa em projetos com as TIC; -Promover a utilização contínua das TIC. 2. EIXOS Eixo 1 Formação: Proporcionar à comunidade educativa, formação e apoio no desenvolvimento pessoal, profissional na utilização das aplicações informáticas e ao nível da gestão e organização de vários processos do contexto educativo. Eixo 2 Gestão de Recursos: Gerir, organizar e promover a rentabilização dos recursos informáticos disponíveis e generalizar a sua utilização por todos os elementos da comunidade em algumas tarefas do quotidiano escolar. Eixo 3 Recursos Pedagógicos Digitais: Dinamização do web site da escola através da criação de blogues no web site escolar. [4]

6 3. ATIVIDADES Eixo 1 Formação: Proporcionar à comunidade educativa, formação e apoio no desenvolvimento pessoal, profissional na utilização das diversas aplicações informáticas e ao nível da gestão e organização de vários processos do contexto educativo. Eixo 1 1ª Atividade NOME DA ATIVIDADE Workshops Como utilizar o correio eletrónico. Utilizar o correio eletrónico como uma ferramenta de trabalho. Aprender a criar, receber, eliminar, reencaminhar e anexar. DATA Março. DESTINATÁRIOS Comunidade escolar. DINAMIZADORES Coordenadora TIC/ professora TIC. RECURSOS TIC Computador, projetor multimédia internet. Final dos workshops. Saber utilizar o correio eletrónico. Envio de documentos usando o correio eletrónico. Folhas de presença /atividades práticas no decorrer dos workshops. Utilização do correio eletrónico nas suas atitudes laborais. OBJETIVOS ESPECÍFICOS MOMENTOS DE AVALIAÇÃO OBJETOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO RESULTADOS ESPERADOS Eixo 1 2ª Atividade NOME DA ATIVIDADE Utilizar de forma segura a internet. Alertar os encarregados de educação para o uso correto e seguro da internet. DATA Abril. DESTINATÁRIOS Pais. DINAMIZADORES Coordenadora TIC. RECURSOS TIC Projetor Multimédia Final do workshop. Utilização segura do serviço internet. Clarificação da temática. Folhas de presença. Utilização segura dos serviços de internet. Identificação dos perigos na sua utilização. OBJECTIVOS ESPECÍFICOS MOMENTOS DE AVALIAÇÃO OBJETOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO RESULTADOS ESPERADOS [5]

7 Eixo 2 Gestão de recursos: Gerir, organizar e promover a rentabilização dos recursos informáticos disponíveis e generalizar a sua utilização por todos elementos da comunidade educativa, em algumas tarefas do quotidiano escolar. Eixo 2 1ª Atividade NOME DA ATIVIDADE Projeto Dropbox. Disponibilizar conteúdos pertinentes relacionados com as áreas curriculares e não curriculares. Divulgar e partilhar os conteúdos, com as instituições escolares que estão envolvidas no projeto Dropbox(EB1/PE da Nazaré, EB1/PE de São Filipe/ Escola Sant Ana Externato de Machico. DATA Ao longo do ano letivo. DESTINATÁRIOS Docentes. DINAMIZADORES Coordenadora TIC/ professora TIC. RECURSOS TIC Computadores, dropbox e internet. Final de cada período. Ficheiros partilhados. Quantidade de conteúdos partilhados com as escolas envolvidas no projeto. Reuniões formais e informais com os docentes responsáveis pelo projeto Dropbox das escolas participantes. Criação de um espaço de partilha entre as escolas envolvidas na atividade. OBJECTIVOS ESPECÍFICOS MOMENTOS DE AVALIAÇÃO OBJETOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO RESULTADOS ESPERADOS Eixo 2 2ª Atividade NOME DA ATIVIDADE Skydrive: Partilha e gestão de documentos escolares. Promover o trabalho em equipa e a partilha de documentos no serviço skydrive. DATA Ao longo do ano letivo. DESTINATÁRIOS Docentes. DINAMIZADORES Coordenadora TIC/ professora TIC. RECURSOS TIC Computador, internet e skydrive. Final de cada período. Documentos partilhados. Quantidade de conteúdos partilhados. Listas de verificação. Maior facilidade e rentabilização na gestão e partilha dos documentos internos. OBJECTIVOS ESPECÍFICOS MOMENTOS DE AVALIAÇÃO OBJETOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO RESULTADOS ESPERADOS [6]

8 Eixo 3 Recursos Pedagógicos digitais: Dinamização do web site da escola através da criação de blogues no web site escolar. Eixo 3 1ª Atividade NOME DA ATIVIDADE Baú da leitura. OBJECTIVOS ESPECÍFICOS Publicar noticias relacionadas com projeto Baú da leitura no site web. DATA Ao longo do ano letivo. DESTINATÁRIOS Comunidade escolar. DINAMIZADORES Técnica superior de biblioteca e coordenadora TIC. RECURSOS TIC Computador, Internet e máquina fotográfica. MOMENTOS DE AVALIAÇÃO Final de cada período. OBJETOS DE AVALIAÇÃO Diversidade de noticias publicadas na Web da escola. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Quantidade e qualidade de noticias divulgadas. Grelha de registo das noticias publicadas. RESULTADOS ESPERADOS Divulgação de informação. Eixo 3 2ª Atividade NOME DA ATIVIDADE OBJECTIVOS ESPECÍFICOS DESTINATÁRIOS DINAMIZADORES RECURSOS TIC MOMENTOS DE AVALIAÇÃO OBJETOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO RESULTADOS ESPERADOS Exposições,festas e teatros da nossa escola. Divulgar atividades realizadas pelos nossos alunos. DATA Ao longo do ano letivo. Comunidade escolar /e não escolar. Equipa de Apoio TIC, todos docentes e educadoras da escola Máquina fotográfica, computador e internet. Final de cada período. Notícias publicados. Quantidade e qualidade de notícias divulgadas sobre os temas. Grelha de registo das notícias publicadas. Utilização frequente do site Web. [7]

9 4. PROJETOS DA DSTE 1ª Atividade NOME DA ATIVIDADE Aprender com o cinema. Favorecer a disfunção dos media/ cinema. Promover aprendizagem através de filmes educativos. DATA Ao longo do ano letivo. DESTINATÁRIOS Alunos dos segundos e terceiros anos. DINAMIZADORES Coordenadora TIC/Professora TIC e docentes do curricular. RECURSOS TIC Computador, Projetor Multimédia e impressora. Trimestral. Filmes apresentados e explorados. Qualidade e quantidade das atividades realizadas sobre o tema. Registo em tabelas dos trabalhos efetuados. Difusão dos media. Compreensão da linguagem audiovisual e produção das mensagens pelos próprios alunos. OBJECTIVOS ESPECÍFICOS MOMENTOS DE AVALIAÇÃO OBJETOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO RESULTADOS ESPERADOS 2ª Atividade NOME DA ATIVIDADE Media Smart. OBJECTIVOS ESPECÍFICOS Fornecer aos alunos ferramentas que os ajudem a compreender e interpretar a publicidade. Preparar os alunos para fazerem escolhas mais acertadas. DATA Ao longo do Ano letivo. DESTINATÁRIOS Alunos dos segundos anos e quartos anos. DINAMIZADORES Coordenador TIC/ Professora TIC e docentes do curricular. RECURSOS TIC Computadores, Projetores Multimédia internet e materiais fornecidos pelos coordenadores do projeto. MOMENTOS DE AVALIAÇÃO Trimestral. OBJETOS DE AVALIAÇÃO Trabalhos realizados sobre o tema Media smart. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Conteúdos e qualidade das atividades realizadas. Grelhas de avaliação dos trabalhos. RESULTADOS ESPERADOS Desenvolvimento progressivo de uma compreensão critica dos media. [8]

10 5. CRONOGRAMA TIC Atividades Mês Set Out Nov Dez Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Como utilizar o correio eletrónico. Utilizar de forma segura a internet. Projeto dropox. Partilha e gestão de documentos escolares no skydrive. Baú da leitura site Web. As exposições da nossa escola na Web da escola. DSTE Projetos Mês Set Out Nov Dez Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Aprender com o cinema. Media Smart. [9]

11 6. DIVULGAÇÃO DO PLANO TIC Depois de aprovado em Conselho Escolar e posterior envio para a Direção Regional de Educação, o Plano TIC será divulgado, no site da escola e também estará disponível em suporte papel no órgão de gestão e na sala TIC. Funchal, 1 de Novembro de 2011 A Coordenadora Susana Isabel F. Almendra Neno [10]

12 [11]

PLANO TIC E DUCAÇ Ã O PRÉ-ESC O L AR

PLANO TIC E DUCAÇ Ã O PRÉ-ESC O L AR PLANO TIC E DUCAÇ Ã O PRÉ-ESC O L AR D O ENSINO BÁSI C O 2 0 1 1-2 0 1 2 O Coordenador TIC Liliana Afonso Ribeiro E 1º C I C L O CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR TIC Liliana Afonso

Leia mais

PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O 2012/2013. O Coordenador TIC. Manuel José Gouveia Alves

PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O 2012/2013. O Coordenador TIC. Manuel José Gouveia Alves PLANO TIC 2012/2013 E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O O Coordenador TIC Manuel José Gouveia Alves [1] CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA ESCOLA Escola Básica do 1º Ciclo

Leia mais

E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O

E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O MODELO DO PL ANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O E B 1 / P E D O C A M I N H O C H Ã O D I R E Ç Ã O DE S E R V I Ç O S DE I N V E S T I G AÇ Ã O, F

Leia mais

PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O

PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O 2010-2011 O Coordenador TIC Sofia Afonso [ 1] PLANO TIC 2010/2011 EB1/PE Campo de Baixo IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR

Leia mais

PLANO TIC 2 º E 3 º C I C L O S D O E N S I N O B Á S I C O E E N S I N O S E C U N D Á R I O 2012/2013. O Coordenador TIC

PLANO TIC 2 º E 3 º C I C L O S D O E N S I N O B Á S I C O E E N S I N O S E C U N D Á R I O 2012/2013. O Coordenador TIC PLANO TIC 2012/2013 2 º E 3 º C I C L O S D O E N S I N O B Á S I C O E E N S I N O S E C U N D Á R I O O Coordenador TIC Tânia Maria Pimenta Pereira de Castro Dias CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA Escola Básica

Leia mais

PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O 2012/2013. O Coordenador TIC

PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O 2012/2013. O Coordenador TIC PLANO TIC 2012/2013 E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O O Coordenador TIC Raquel Susana Rodrigues de Oliveira E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C

Leia mais

PLANO TIC E S C O L A B Á S I C A D O 1 º C I C L O C O M P RÉ- E S C O L A R D O R O C H Ã O D E L E G A Ç Ã O E S C O L A R D E S A N T A C R U Z

PLANO TIC E S C O L A B Á S I C A D O 1 º C I C L O C O M P RÉ- E S C O L A R D O R O C H Ã O D E L E G A Ç Ã O E S C O L A R D E S A N T A C R U Z PLANO TIC E S C O L A B Á S I C A D O 1 º C I C L O C O M P RÉ- E S C O L A R D O R O C H Ã O D E L E G A Ç Ã O E S C O L A R D E S A N T A C R U Z O Coordenador TIC Teresa João Martins da Silva IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

PLANO TIC 2013/2014 E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O

PLANO TIC 2013/2014 E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O PLANO TIC 2013/2014 E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O IDENTIFICAÇÃO DA ESCOLA EB1/PE VISCONDE CACONGO EB1PEVCACONGO@MADEIRA-EDU.PT IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR

Leia mais

PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O

PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O PLANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O 2014-2015 O Coordenador TIC Isabel Maria Jesus Campos Escola do Santo Condestável IDENTIFICAÇÃO Identificação da

Leia mais

PLANO TIC 2015/2016 E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O

PLANO TIC 2015/2016 E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O PLANO TIC 2015/2016 E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O IDENTIFICAÇÃO DA ESCOLA EB1/PE VISCONDE CACONGO EB1PEVCACONGO@MADEIRA-EDU.PT IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR

Leia mais

PLANO TIC

PLANO TIC PLANO TIC 2009-2 0 1 0 O Coordenador TIC Ricardo Padrão [ 1] ESCOLA EB123/PE Prof. Francisco Manuel Santana Barreto http://escolas.madeira-edu.pt/eb123pepfmsbarreto IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR TIC Ricardo

Leia mais

PLANO TIC 1

PLANO TIC 1 2015-2016 PLANO TIC 1 Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres Estrada Nacional n.º 16 6370-147 Fornos de Algodres Tel.: 271700110 Fax: 271700118 www.ae-fa.pt e-mail: aefa.og@ae-fa.pt 2 Equipa PTE

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO Comissão Social de Freguesia de Odivelas. Aderentes à Comissão Social de Freguesia de Odivelas

PLANO DE ACÇÃO Comissão Social de Freguesia de Odivelas. Aderentes à Comissão Social de Freguesia de Odivelas Um Plano de Acção consiste num instrumento componente do Plano de Desenvolvimento Social, que define sistematicamente, as acções a desenvolver, o cronograma, os parceiros responsáveis e os recursos. 1

Leia mais

PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017

PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017 PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017 - Ao longo do ano - Manutenção do blogue da BE - Divulgar as actividades no blogue - Promover a integração da BE na Escola -Difusão da informação educativa -

Leia mais

Plano de melhoria (2015/16)

Plano de melhoria (2015/16) Plano de melhoria (2015/16) Introdução Agrupamento Vertical de Portel Escola EB 2,3 de D. João de Portel Quatro domínios de ação da Biblioteca Escolar: A. Currículo, literacias e aprendizagem B. Leitura

Leia mais

PROJETO BAÚ DE LEITURA

PROJETO BAÚ DE LEITURA PROJETO BAÚ DE LEITURA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2016/2017 Introdução Objetivo principal: Pretende-se com este projeto promover junto dos alunos do pré-escolar, 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES

PLANO DE ATIVIDADES Domínio A Currículo, literacias e aprendizagem Desenvolver atividades curriculares com os docentes de História e Português trabalhando de forma transversal as literacias da informação e dos média constantes

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

Apresentação do Trabalho Final Plano TIC 2013/2014

Apresentação do Trabalho Final Plano TIC 2013/2014 Apresentação do Trabalho Final Plano TIC 2013/2014 João Gouveia Escola Básica de 1º Ciclo com Pré-Escolar do Tanque-Monte joao.paulo@live.madeira-edu.pt 966661390 Escola NOME: Escola Básica de 1º Ciclo

Leia mais

ESCOLA BÁSICA 2 / 3 DE MARTIM DE FREITAS TIC Tecnologias de informação e comunicação - Ano lectivo de 2013 / 2014

ESCOLA BÁSICA 2 / 3 DE MARTIM DE FREITAS TIC Tecnologias de informação e comunicação - Ano lectivo de 2013 / 2014 Objetivos Conteúdos Sugestões metodológicas / Situações de aprendizagem N.º de aulas (50min) Noções introdutórias de TIC: Diagnosticar o estádio de desenvolvimento das - O professor deverá proceder a uma

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

PLANO TIC. Equipa PTE [2012/2013] Agrupamento de Escolas Elias Garcia

PLANO TIC. Equipa PTE [2012/2013] Agrupamento de Escolas Elias Garcia PLANO TIC Equipa PTE [2012/2013] Agrupamento de Escolas Elias Garcia.] Índice 1. Contexto 2. Membros 3. Finalidades e objetivos 4. Áreas de Intervenção 4.1. Formação TIC 4.2. Projetos com TIC 4.3. Centro

Leia mais

Plano Nacional de Leitura

Plano Nacional de Leitura 2012-2014 Plano Nacional de Leitura 1 I. O que motivou o projeto? Centralidade da leitura Leitura como ponto de partida para: - Aprender (competência transversal ao currículo) - Colaborar - Interagir /

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR. Ano lectivo de 2013 2014

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR. Ano lectivo de 2013 2014 PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR Ano lectivo de 2013 2014 A Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos, de acordo com o que está definido no Projecto educativo, deste agrupamento (...)

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES

PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES Agrupamento de Escolas de Grândola PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES 2015/2016 Pág.1/ 7 INTRODUÇÃO O Plano Anual de das s Escolares do Agrupamento de Escolas de Grândola atende à especificidade

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) PLANIFICAÇÃO ANUAL 8º ANO ANO LETIVO 2013/2014

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) PLANIFICAÇÃO ANUAL 8º ANO ANO LETIVO 2013/2014 TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) PLANIFICAÇÃO ANUAL 8º ANO ANO LETIVO 2013/2014 Previsão de aulas 8º B Aulas previstas 33 1º Período 14 2º Período 12 3º Período 7 Planificação anual resumida

Leia mais

Concurso Escola Alerta! 2015/2016

Concurso Escola Alerta! 2015/2016 Concurso Escola Alerta! 2015/2016 Concurso Escola Alerta! 2015/2016 13ª Edição O Concurso Escola Alerta! acessibilidade a todos existe desde 2003/2004 com o intuito de construir uma sociedade mais igualitária

Leia mais

Avaliação da biblioteca escolar

Avaliação da biblioteca escolar Avaliação da biblioteca escolar 29-213 21 B. Leitura e literacia Avaliação 3 211 D. Gestão da biblioteca escolar Avaliação D.1 Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela

Leia mais

Tecnologias de Informação e Comunicação 8.º Ano

Tecnologias de Informação e Comunicação 8.º Ano Tecnologias de Informação e Comunicação 8.º Ano Planificação Semestral de médio prazo (3 tempos de 5m) Conteúdos e avaliação diagnóstica 2 do programa da disciplina; apresentação das regras e normas da

Leia mais

Uma história lida por uma história contada

Uma história lida por uma história contada Projeto Uma história lida por uma história contada O projeto Uma história lida por uma história contada surgiu de uma atividade desenvolvida pelo Clube de Leitura dinamizado pela Biblioteca Escolar e foi

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (PAA) Adenda n.º 1. Viagens na minha Terra 2014/2015

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (PAA) Adenda n.º 1. Viagens na minha Terra 2014/2015 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (PAA) Adenda n.º 1 Viagens na minha Terra 2014/2015 1 Tabela XXIII- Departamento curricular da Educação Pré-escolar Celebrar o Natal ida ao circo Destinatários: alunos da educação

Leia mais

Projecto de Apoio à Literacia. Introdução. Pesquisa e tratamento de informação

Projecto de Apoio à Literacia. Introdução. Pesquisa e tratamento de informação Projecto de Apoio à Literacia Pesquisa e tratamento de informação Se não sabemos para onde vamos, arriscamo-nos a nunca mais lá chegar. Provérbio Tuaregue Introdução A sociedade do século XXI exige que,

Leia mais

2. OBJETIVOS GERAIS DO PLANO

2. OBJETIVOS GERAIS DO PLANO Plano de Formação 2014-2016 1. INTRODUÇÃO O Plano de Formação do Agrupamento de Escolas 4 de Outubro insere-se no disposto no Decreto-Lei n.º 75/2008, de 22 de abril, alterado e republicado pelo Decreto-Lei

Leia mais

Fotografar olhos e dedos de alunos (formas de ler visão e Braille)

Fotografar olhos e dedos de alunos (formas de ler visão e Braille) Ação 1 Leio-te Promover a formação do utilizador. Integrar os novos alunos na dinâmica das BE. Criar uma dinâmica renovada no espaço das bibliotecas. Renovar o ambiente, tornando-o mais apelativo e sugestivo.

Leia mais

Escola Secundária de Penafiel BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

Escola Secundária de Penafiel BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Escola Secundária de Penafiel BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014 Formação do Utilizador APOIO AO DESENVOLVIMENTO CURRICULAR Área de Intervenção Atividades Objetivos Responsáveis Destinatários

Leia mais

Plano de formação e atividades ª fase Ações financiadas pela C.M. Sintra

Plano de formação e atividades ª fase Ações financiadas pela C.M. Sintra 1 Plano de formação e atividades 2016 1ª fase Ações financiadas pela C.M. Sintra - A emergência da escrita no pré-escolar. Uma abordagem à escrita em contexto pré-escolar Formadora: Manuela Guedes Destinatários:

Leia mais

Plano de atividades CATL 2016/2017

Plano de atividades CATL 2016/2017 CATL 2016_2017 Centro Social Paróquia Nossa Senhora da Ajuda, Porto Página 1 Índice Introdução 3 Descrição da valência 4 Plano de atividades 7 Centro Social Paróquia Nossa Senhora da Ajuda, Porto Página

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014 1 DOMÍNIO A Apoio ao desenvolvimento curricular SUBDOMÍNIO: A.1. Curricular da BE com as Estruturas de Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica e os Docentes Escola/comunid.

Leia mais

Aprende a descodificar o teu mundo Mês Internacional das Bibliotecas Escolares 2016

Aprende a descodificar o teu mundo Mês Internacional das Bibliotecas Escolares 2016 Concurso de Ideias Aprende a descodificar o teu mundo Mês Internacional das Bibliotecas res 2016 Agrupamento de s Cidade do Sec. C/3º Ciclo do Dados da Ideia Inovadora 1. Nome da Ideia Projeto @prender

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 2º Semestre EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 2º Semestre EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO ALIMENTÍCIA CURSO: Curso Técnico em Agroindústria FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( )

Leia mais

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO 1.1. IMPLEMENTAR A ORGANIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO CURRICULAR - Aprimorar ação educativa. Otimizar o desempenho de funções de coordenação. Valorizar a centralidade da escola e do

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA. O potencial dos instrumentos de percussão tradicionais portugueses S E M I N Á R I O

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA. O potencial dos instrumentos de percussão tradicionais portugueses S E M I N Á R I O O potencial dos instrumentos de percussão tradicionais portugueses no ensino da música S E M I N Á R I O. acção de formação 2 D I A S 1 2 H O R A S R U I J Ú N I O R formador ObJECTIvOS O seminário tem

Leia mais

BIBLIOTECA ESCOLAR da Escola Básica 1º ciclo e da Escola Básica e

BIBLIOTECA ESCOLAR da Escola Básica 1º ciclo e da Escola Básica e 2015/2016 BIBLIOTECA ESCOLAR da Escola Básica 1º ciclo e da Escola Básica e Secundária pólo Aquilino Ribeiro e pólo Luís Veiga Leitão DATA LOCAL ATIVIDADES OBJETIVOS/DOMÍNIOS ORGANIZADORES/ INTERVENIENTES

Leia mais

PLANO TIC 2009-2010. O Coordenador TIC Virgílio Freitas [1]

PLANO TIC 2009-2010. O Coordenador TIC Virgílio Freitas [1] PLANO TIC 2009-2010 O Coordenador TIC Virgílio Freitas [1] ESCOLA EB1/PE Visconde Cacongo URL: http://escolas.madeira-edu.pt/eb1pevcacongo Email: eb1pevcacongo@madeira-edu.pt IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR

Leia mais

BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES 2014 / 2015

BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES 2014 / 2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO ESCOLA EB/S VIEIRA DE ARAÚJO VIEIRA DO MINHO BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES / 2015 PROJETO EDUCATIVO Lacunas ao nível da articulação entre ciclos,

Leia mais

Plano de Atividades da Rede de Bibliotecas de Mealhada Ano Letivo

Plano de Atividades da Rede de Bibliotecas de Mealhada Ano Letivo Plano de Atividades da Rede de Bibliotecas de Mealhada Ano Letivo 2011-2012 Outubro 2011 Domínio de Intervenção: 1. Planeamento e Gestão 1.1. Cooperação / Articulação Inter-bibliotecas Grupo de Trabalho

Leia mais

PLANO TIC. O Coordenador TIC Egídia Fernandes Ferraz Gameiro [1] 2 0 0 9-2 0 1 0

PLANO TIC. O Coordenador TIC Egídia Fernandes Ferraz Gameiro [1] 2 0 0 9-2 0 1 0 PLANO TIC 2 0 0 9-2 0 1 0 O Coordenador TIC Egídia Fernandes Ferraz Gameiro [1] EB1/PE Santa Cruz http://escolas.madeira-edu.pt/eb1pescruz eb1pescruz@madeira-edu.pt IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR TIC Egídia

Leia mais

JANEIRO EXTERNATO DO PARQUE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013/2014. Local. Data Ações a desenvolver Turmas envolvidas 6 jan. Início do 2º período

JANEIRO EXTERNATO DO PARQUE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013/2014. Local. Data Ações a desenvolver Turmas envolvidas 6 jan. Início do 2º período JANEIRO Turmas envolvidas 6 jan. Início do 2º período Receção dos alunos e diálogo sobre as férias de Natal Elaboração de um texto sobre as mesmas Prof./Educ. e Responsáveis Dia de Reis Comemoração desta

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3/S DE VILA FLOR. 6 Comunicação e colaboração. Ferramentas e ambientes de Comunicação

ESCOLA E.B. 2,3/S DE VILA FLOR. 6 Comunicação e colaboração. Ferramentas e ambientes de Comunicação ESCOLA E.B. 2,3/S DE VILA FLOR Disciplina TIC - PLANIFICAÇÃO DAS UNIDADES DIDÁTICAS (8.º ano) Turmas A,B,C DOMÍNIO: Comunicação e colaboração CC8 SUBDOMÍNIOS: Conhecimento e utilização adequada e segura

Leia mais

DISSERTAÇÕES DE MESTRADO EM AMBIENTE EMPRESARIAL

DISSERTAÇÕES DE MESTRADO EM AMBIENTE EMPRESARIAL DISSERTAÇÕES DE MESTRADO EM AMBIENTE EMPRESARIAL UMA APOSTA GANHA EDUARDO GIL DA COSTA egc@fe.up.pt 28 DE OUTUBRO DE 2016 DISSERTAÇÕES DE MESTRADO EM AMBIENTE EMPRESARIAL Apresentação do modelo organizacional

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Ensino Superior Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: FÌSICA FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( X) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( X) Presencial

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2012/2013

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2012/2013 Plano Anual de Actividades Jardins de Infância Organização do Ambiente Educativo e espaços comuns. (de 03 a 13 de Setembro) Cada educadora prepara a sua sala Organizar o Ambiente Educativo Todas as educadoras

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2011/2012

PLANO DE ATIVIDADES 2011/2012 1º Período BibliotecaEscolar Agrupamento de Escolasde Águeda PLANO DE ATIVIDADES 2011/2012 Ações/Atividades Responsáveis/ dinamizadores Público alvo Avaliação/ Evidências Domínios/ subdomínios setembro/

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO 2017/18. Pessoal Docente

PLANO DE FORMAÇÃO 2017/18. Pessoal Docente Gestão de conflitos, estratégias e dinâmicas de grupo: uma abordagem global ao fenómeno da indisciplina Curso Ana Catarina Gouveia e 6 António Sérgio mai: 17, 22, 24, 29 e 31 jun: 5, 7 e 12* *22,45h Gestão

Leia mais

ANO LETIVO 2017/2018. CALENDARIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE INÍCIO DO ANO LETIVO Dia Hora Atividades Local/Sala Observações

ANO LETIVO 2017/2018. CALENDARIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE INÍCIO DO ANO LETIVO Dia Hora Atividades Local/Sala Observações AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CIDADE DO ENTRONCAMENTO 170586 ANO LETIVO 2017/2018 CALENDARIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE INÍCIO DO ANO LETIVO Dia Hora Atividades Local/Sala Observações 29- agosto 1 e 4-set. Reunião

Leia mais

Avaliação da biblioteca escolar

Avaliação da biblioteca escolar Avaliação da biblioteca escolar 2009-2013 2010 B. Leitura e literacia Avaliação 4 2011 D. Gestão da biblioteca escolar Avaliação D.1 Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados

Leia mais

Descrição do Perfil de Aprendizagem

Descrição do Perfil de Aprendizagem Critérios de Avaliação das Disciplinas de Tecnologias de Informação e Comunicação e de Oficinas de Multimédia 3º ciclo do Ensino Básico Departamento de Matemática e Informática Grupo 550-Informática Descrição

Leia mais

2014/2015 [PLANO DE ATIVIDADE PROJETO N.O.M.E.S.]

2014/2015 [PLANO DE ATIVIDADE PROJETO N.O.M.E.S.] 2014/2015 [PLANO DE ATIVIDADE PROJETO N.O.M.E.S.] Sonhar é uma das melhores coisas da vida, mas o melhor mesmo é acordar e lutar por cada um dos nossos sonhos! Autor desconhecido ANO LETIVO 2014/2015 1.

Leia mais

Plano. para a Implementação Vertical. Ensino Experimental das Ciências

Plano. para a Implementação Vertical. Ensino Experimental das Ciências Plano para a Implementação Vertical Ensino Experimental das Ciências Panoias - Braga 2010/2011 ÍNDICE 1-INDRODUÇÃO--------------------------------------------------------------------------------- 3 2-OBJECTIVOS

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/3º CICLO ALEXANDRE HERCULANO Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos

ESCOLA SECUNDÁRIA C/3º CICLO ALEXANDRE HERCULANO Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos Biblioteca /Centro de Recursos Educativos OBJECTIVOS ACTIVIDADES DATA LOCAL DINAMIZADORES DESTINATÁRIOS AVALIAÇÃO Divulgar as instalações, os documentos existentes e as modalidades de utilização dos mesmos

Leia mais

Deste modo o domínio privilegiado este ano é o Domínio A- Apoio ao desenvolvimento curricular

Deste modo o domínio privilegiado este ano é o Domínio A- Apoio ao desenvolvimento curricular 1º Período BibliotecaEscolar Agrupamento de Escolasde Águeda PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011 As actividades dinamizadas pela BE em articulação com os diferentes departamentos curriculares têm em vista a

Leia mais

Melhorar as aprendizagens e consolidar conhecimentos. Colmatar as dificuldades ao nível da compreensão oral e escrita.

Melhorar as aprendizagens e consolidar conhecimentos. Colmatar as dificuldades ao nível da compreensão oral e escrita. Escola Secundária Abel Salazar Sala de Estudo DEFINIÇÃO Pretende-se que a Sala de Estudo seja um espaço com um ambiente educativo diferente daquele a que o aluno está habituado a vivenciar nas áreas curriculares

Leia mais

Projecto Baú de Leitura 2016/ 2017 Concelho de Santa Cruz ENQUADRAMENTO GERAL

Projecto Baú de Leitura 2016/ 2017 Concelho de Santa Cruz ENQUADRAMENTO GERAL ENQUADRAMENTO GERAL O Projeto Baú de Leitura iniciou-se no ano letivo 2001/2002 e atualmente tem como coordenador geral do 1ºciclo e pré-escolar o Dr. João Correia EB1/PE do Caniço e como coordenadora

Leia mais

Atividades de Apoio Educativo

Atividades de Apoio Educativo Plano Curricular 2012 2013 Plano Anual de Atividades Atividades de Apoio Educativo Departamento/Estrutura: Orientações para as Atividades de Apoio Educativo Receção Biblioteca Manuel Monteiro Zonas de

Leia mais

Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Lima de Freitas. Balanço Atividades 1ºperíodo 2014/2015

Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Lima de Freitas. Balanço Atividades 1ºperíodo 2014/2015 Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Lima de Freitas Balanço Atividades 1ºperíodo 2014/2015 Recursos Humanos Professoras bibliotecárias Fátima Pinto Fátima Afonso Equipa da biblioteca Clarinda Chambel

Leia mais

TECNOLOGIAS APLICADAS

TECNOLOGIAS APLICADAS ESCOLA SECUNDÁRIA DE VALONGO Ano Lectivo: 2009/2010 CURSO PROFISSIONAL DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES TECNOLOGIAS APLICADAS 12 ANO - Turma TE Professor: Ana Lisa Rodrigues Grupo: 0 Tecnologias

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alcabideche Escola Básica de Alcabideche PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO

Agrupamento de Escolas de Alcabideche Escola Básica de Alcabideche PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO BIBLIOTECA ESCOLAR - ALCABIDECHE E ALTO DA PEÇA - GLOBAL Data Atividades Reuniões entre a Professora Bibliotecária/Coordenadora da Biblioteca Escolar () o Diretor do Agrupamento (DA) e/ou a Coordenadora

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO. Agrupamento de Escolas Rio Arade. Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] Agrupamento de Escolas Rio Arade

PLANO DE COMUNICAÇÃO. Agrupamento de Escolas Rio Arade. Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] Agrupamento de Escolas Rio Arade Agrupamento de Escolas Rio Arade PLANO DE COMUNICAÇÃO Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] 1 / 7 Índice Nota introdutória... 3 O que se pretende?... 4 Instrumentos... 5 Objetivos... 6 Monitorização e

Leia mais

BALANÇO DO PROJECTO Área de incidência Lançamento Desenvolvimento Uma estratégia para toda a Escola Estratégia para toda a escola

BALANÇO DO PROJECTO Área de incidência Lançamento Desenvolvimento Uma estratégia para toda a Escola Estratégia para toda a escola BALANÇO DO PROJECTO 2009-2010 Área de incidência Lançamento Desenvolvimento Uma estratégia para toda a Escola Estratégia para toda a escola Apresentação do Projecto a Ler+ em Conselho Pedagógico de 1.09.09

Leia mais

TIC e Inovação Curricular História de algumas práticas

TIC e Inovação Curricular História de algumas práticas TIC e Inovação Curricular História de algumas práticas Era uma vez um processo de investigação Agora vão a www.pensamentocritico.com e clicam em Respostas!!! AVALIAÇÃO FORMATIVA E APRENDIZAGEM DA LÍNGUA

Leia mais

2016/2017 [PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - BIBLIOTECA ESCOLAR]

2016/2017 [PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - BIBLIOTECA ESCOLAR] Projeto / Atividade Objetivos Intervenientes Recursos/ materiais BE - Vamos Partilh@r (Divulgação/marketing BE através da página, das redes sociais, rádio escolar, jornal escolar) Concurso Nacional de

Leia mais

MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR - INSTRUMENTO PEDAGÓGICO DE MELHORIA CONTÍNUA

MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR - INSTRUMENTO PEDAGÓGICO DE MELHORIA CONTÍNUA MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR - INSTRUMENTO PEDAGÓGICO DE MELHORIA CONTÍNUA Luísa Correia. Modelos e práticas de Auto-avaliação de Bibliotecas Escolares RBE Outubro/Dezembro 2010 Pressupostos

Leia mais

Plano de Acção do Departamento do 1.º Ciclo 2010 / 2011

Plano de Acção do Departamento do 1.º Ciclo 2010 / 2011 Plano Agrupamento Plano de Acção do Departamento do 1.º Ciclo 2010 / 2011 Prioridades Objectivos Estratégias ACÇÕES METAS AVALIAÇÃO P.1. Obj. 1 E.1 Ao 3.º dia de ausência do aluno, efectuar contacto telefónico,

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. FR ANCISCO FERNANDES LOPES BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO DE ACÇÃO

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. FR ANCISCO FERNANDES LOPES BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO DE ACÇÃO ESCOLA SECUNDÁRIA DR. FR ANCISCO FERNANDES LOPES BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO DE ACÇÃO 2009-2013 Introdução O Plano de Acção da Biblioteca Escolar para o quadriénio 2009/2013 encontra-se dividido em quatro

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2016 / 2017 Pré-escolar e 1º Ciclo Receção dos Fomentar a integração da criança no meio escolar. Promover a socialização dos alunos. Receção

Leia mais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Atividade Final: Elaboração de Pré-Projeto Aluno: Maurício Francheschis Negri 1 Identificação do Projeto Rede Mobilizadores Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Um dia na escola do meu filho:

Leia mais

BIBLIOTECAS ESCOLARES

BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANO DE AÇÃO BIBLIOTECAS ESCOLARES Agrupamento de Escolas da Moita 1 As Bibliotecas Escolares assumem, para além das funções informativa, educativa, cultural e recreativa, o papel de adjuvante do aluno,

Leia mais

MACROPROCESSO INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO. Conceber e assegurar a execução dos planos anuais das Atividades de Dinamização e Extensão Cultural.

MACROPROCESSO INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO. Conceber e assegurar a execução dos planos anuais das Atividades de Dinamização e Extensão Cultural. PÁGINA 1 DE 6 1. OBJETIVO E ÂMBITO Conceber e assegurar a execução dos planos anuais das Atividades de Dinamização e Extensão Cultural. a) Arte na Biblioteca: contribuir para a educação estética e artística

Leia mais

PLANO TIC 2 º E 3 º C I C L O S D O E N S I N O B Á S I C O E N S I N O S E C U N D Á R I O

PLANO TIC 2 º E 3 º C I C L O S D O E N S I N O B Á S I C O E N S I N O S E C U N D Á R I O PLANO TIC 2 º E 3 º C I C L O S D O E N S I N O B Á S I C O E N S I N O S E C U N D Á R I O 2 0 1 1-2 0 1 2 O Coordenador TIC Vera Susana da Silva Martins CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR

Leia mais

2017/2018 F u n d a ç ã o d o C o l é g i o d e S ã o G o n ç a l o d e A m a r a n t e

2017/2018 F u n d a ç ã o d o C o l é g i o d e S ã o G o n ç a l o d e A m a r a n t e Plano anual de atividades Pré-escolar e Creche 2017/2018 F u n d a ç ã o d o C o l é g i o d e S ã o G o n ç a l o d e A m a r a n t e - Reunião do Conselho de Educadoras com o Presidente da Fundação -

Leia mais

Plano de Melhoria

Plano de Melhoria Plano de Melhoria 1 Enquadramento O presente Plano de Melhoria resulta, simultaneamente, das orientações emanadas da Inspeção-Geral da Educação e Ciência, que assentam nas sugestões do Conselho Nacional

Leia mais

Biblioteca de Escola Secundária/3ºC de Vendas Novas. Plano de acção Nota introdutória

Biblioteca de Escola Secundária/3ºC de Vendas Novas. Plano de acção Nota introdutória Biblioteca de Escola Secundária/3ºC de Vendas Novas Plano de acção 2009-2013 Nota introdutória O plano de acção é um documento orientador onde se conceptualizam e descrevem as metas a atingir num período

Leia mais

Escola EB1/PE da Nazaré

Escola EB1/PE da Nazaré Escola EB1/PE da Nazaré Projeto Clube da Matemática Atividade de Enriquecimento Curricular Docentes: Adelaide Dória Carla Sofia Oliveira Ano lectivo 2011/2012 A escola pode e deve proporcionar aos alunos

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS OBJETIVOS EDUCAR EM CIDADANIA 1. RESULTADOS ESCOLARES Alcançar os resultados esperados de acordo com o contexto do agrupamento. Melhorar

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO ALIMENTÍCIA CURSO: Curso Técnico em Agroindústria FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( )

Leia mais

Centro de Formação da Associação de Escolas de Sintra

Centro de Formação da Associação de Escolas de Sintra 1ª Fase Pessoal Docente 02.2014D A indisciplina e os seus contornos: prevenção e ação do Ensino Básico e 25 1 Isabel Mesquita Fevereiro: 3, 5, 10, 12, 17 (18:30-21.30) 19, 26 (18:00-21.30) 03.2014D Criação

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO: Professor Cláudio Luiz Fernandes ESCOLA: DIRETOR: PROFESSOR RESPONSÁVEL: PROJETO ALUNO MONITOR

NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO: Professor Cláudio Luiz Fernandes ESCOLA: DIRETOR: PROFESSOR RESPONSÁVEL: PROJETO ALUNO MONITOR NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO: Professor Cláudio Luiz Fernandes ESCOLA: DIRETOR: PROFESSOR RESPONSÁVEL: APRESENTAÇÃO PROJETO ALUNO MONITOR - 2017 Podemos considerar infinitas as possibilidades

Leia mais

Actividades a desenvolver no âmbito das comemorações do 28 de Abril 2011

Actividades a desenvolver no âmbito das comemorações do 28 de Abril 2011 Actividades a desenvolver no âmbito das comemorações do 28 de Abril 2011 UNIDADE LOCAL DE VISEU MARÇO 2011 ÍNDICE I. INTRODUÇÃO II. ESTRUTURA DO PROJECTO 1. Caracterização do objecto 2. Definição de objectivos

Leia mais

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,8 21-Jul-00 Real 0,6493 Sem frete - PIS/COFINS

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo de Caia e Nave Longa

Escola Básica do 1º Ciclo de Caia e Nave Longa Escola Básica do 1º Ciclo de Caia e Nave Longa Regresso à Escola "Baptismo" Facilitar a integração dos alunos e encarregados 01-09-2004 Alunos dos alunos do 1.ºano de educação na comunidade escolar Quadros

Leia mais

TET-SAT. (Technology Enhanced Teaching Self Assessment Tool) - QUADRO DE CONTEÚDOS -

TET-SAT. (Technology Enhanced Teaching Self Assessment Tool) - QUADRO DE CONTEÚDOS - TET-SAT (Technology Enhanced Teaching Self Assessment Tool) - QUADRO DE CONTEÚDOS - ÁREA 1. PEDAGOGIA DIGITAL 1.1. Planear e implementar o ensino com as TIC (Desenho da Aprendizagem) 1.1.1. Desenvolver,

Leia mais

ACOLHER, REPARAR E PROMOVER

ACOLHER, REPARAR E PROMOVER GESTÃO E ORGANIZAÇÃO INTERNA Planificação e organização; Elaboração do Plano Anual de Atividades 2016-2017; Definição de calendário de reuniões ordinárias 2016-2017: EE (mensal); ET (semanal), Funcionários

Leia mais

Escolas Participantes/Dinamizadoras

Escolas Participantes/Dinamizadoras Escolas Participantes/Dinamizadoras Colégio Salesianos Funchal/ Professora Madalena Torre EB1/PE São Filipe/ Dr.ª Andreia Brites EB1/PE do Boliqueime/ Dr.ª Anabela Gonçalves EB1/PE do Galeão/ Dr.ª Cláudia

Leia mais

SHELL BRASIL PETRÓLEO LTDA. PEA SHELL FASE 2

SHELL BRASIL PETRÓLEO LTDA. PEA SHELL FASE 2 SHELL BRASIL PETRÓLEO LTDA. PEA SHELL FASE 2 BIJUPIRÁ & SALEMA E PARQUE DAS CONCHAS Plano de Trabalho ANEXO B CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO NOVEMBRO DE 2013 CRONOGRAMA MENSAL DE 2012 Abr Mai Jun Jul Ago

Leia mais

Centro de Formação da Associação de Escolas Bragança Norte

Centro de Formação da Associação de Escolas Bragança Norte Centro de Formação da Associação de Escolas Bragança Norte Sinopse da formação contínua Realizada em 215/216 Diretora do CFAE: Maria Elisete Conde Pereira Afonso Escola Sede: Agrupamento de Escolas Abade

Leia mais

NA MATEMÁTICA TU CONTAS

NA MATEMÁTICA TU CONTAS PLANO AÇÃO ESTRATÉGICA 41ª MEDIDA NA MATEMÁTICA TU CONTAS OBJETIVO Melhorar o sucesso em Matemática. ANO(S) ESCOLARIDA A ABRANGER - Do 1.º ao 9.º de escolaridade. ATIVIDAS A SENVOLVER NO ÂMBITO DA MEDIDA:

Leia mais

Externato de Santa Margarida. Rua Manuel Ribeiro de Almeida, 141 Quinta da Azenha S. Cosme- Gondomar Tel Fax.

Externato de Santa Margarida. Rua Manuel Ribeiro de Almeida, 141 Quinta da Azenha S. Cosme- Gondomar Tel Fax. Externato de Santa Margarida Rua Manuel Ribeiro de Almeida, 141 Quinta da Azenha 4420-195-S. Cosme- Gondomar Tel. 224830104 Fax. 224837223 Ano Letivo 2016/2017 Plano anual de atividades SETEMBRO Dia 2

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA PLANO DE MELHORIA Cuba Julho de 2012 1- Introdução A avaliação é um procedimento que permite à organização que o implementa modelar a sua identidade, analisar os pontos fortes

Leia mais