ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA UNIDADE DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - UNATRI

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA UNIDADE DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - UNATRI"

Transcrição

1 DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - UNATRI ANEXO VII ANEXO VII - Art. 1º, VII e art. 21 de ATO NORMATIVO Nº 25/09 ITEM PRODUTOS PREÇO A CONSUMIDOR FINAL 1 PRODUTOS CERÂMICOS 1.1 Lajota Milheiro 592, Banda de tijolo com 06 furos Milheiro 260, Telha canal 1ª Milheiro 270, Telha canal 2ª Milheiro 216, Telha colonial grande 1ª Milheiro 360, Telha colonial grande 2ª Milheiro 288, Telha colonial média 1ª Milheiro 280, Telha colonial média 2ª Milheiro 224, Telha prensada paulista Milheiro 550, Telha prensada tipo PLAN Milheiro 423, Tijolo comum (maciço) Milheiro 137, Tijolo/bloco com 06 furos Milheiro 260, Tijolo/bloco comum com 08 furos Milheiro Telha de cumeeira Milheiro 1.140,00

2 DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - UNATRI ANEXO VIII Art. 1º, VIII e art. 23, do ATO NORMATIVO Nº 25/09 PARA EFEITO DE DETERMINAÇÃO: 1 - DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS INCIDENTE SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TRANSPORTE (FRETE) 2 - DO VALOR DOS ENCARGOS COM O FRETE PAGO PELO DESTINATÁRIO, NÃO INCLUSO NA BASE DE CÁLCULO DO ICMS DEVIDO EM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA (*). DISTÂNCIA EM VALOR DO FRETE DISTÂNCIA EM VALOR DO FRETE DE ATÉ R$ / TONELADA DE ATÉ R$ / TONELADA MERC EM MERC. EM ,52 6, ,41 58, ,18 8, ,99 61, ,23 11, ,67 64, ,22 13, ,31 68, ,19 14, ,98 71, ,21 15, ,72 74, ,24 17, ,20 81, ,31 18, ,89 88, ,37 20, ,84 94, ,45 21, ,84 101, ,76 23, ,85 107, ,10 25, ,85 114, ,50 26, ,85 120, ,92 28, ,92 127, ,39 30, ,00 133, ,91 32, ,02 140, ,43 33, ,05 146, ,00 35, ,11 152, ,23 33, ,28 159, ,43 38, ,39 165, ,63 40, ,56 172, ,82 42, ,57 177, ,26 45, ,81 185, ,78 48, ,92 192, ,28 51, ,13 198, ,85 54, ,19 205,14 OBS: 1 Valores com redução de 20% (vinte por cento) na base cálculo. 2 Entende-se como material de construção: areia, barro, cal, cimento, pedra e produtos cerâmicos (lajotas, pisos, telhas, tijolos, etc.). (*) Exceto as operações com gasolina, óleo diesel, álcool carburante e GLP (gás de cozinha), ou açúcar, carnes, farinha de trigo, óleo comestível, café torrado e moído, cerveja, chope refrigerante, água mineral e cigarros.

3 DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - UNATRI ANEXO IX Art. 1º, VIII e art. 24, do ATO NORMATIVO Nº 25/09 PARA EFEITO DE DETERMINAÇÃO DO VALOR DA PARCELA DOS ENCARGOS COM TRANSPORTE EM VEÍCULO DO ADQUIRENTE, COMPONENTE DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS DEVIDO EM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA (*). DISTÂNCIA EM VALOR DO FRETE DISTÂNCIA EM VALOR DO FRETE DE ATÉ R$ / TONELADA DE ATÉ R$ / TONELADA MERC EM MERC. EM ,95 4, ,99 40, ,52 6, ,17 42, ,36 8, ,46 45, ,74 9, ,71 47, ,12 10, ,98 49, ,55 11, ,27 52, ,95 12, ,95 57, ,40 13, ,68 61, ,84 14, ,97 66, ,31 15, ,27 70, ,93 16, ,58 75, ,55 17, ,90 79, ,23 18, ,19 84, ,93 19, ,55 88, ,67 21, ,89 93, ,43 22, ,21 97, ,20 23, ,55 102, ,99 24, ,20 107, ,55 26, ,30 111, ,09 27, ,66 116, ,63 28, ,08 120, ,17 29, ,39 125, ,28 31, ,86 129, ,43 33, ,23 134, ,55 36, ,66 139, ,77 38, ,03 143,59 OBS: Valores determinados pela aplicação do percentual de 70% (setenta por cento) sobre o valor do frete previsto nas colunas MERCADORIAS EM " E "MATERIAS PARA " do Anexo I. (*) Exceto as operações com óleo vegetal comestível, café torrado e moído, cerveja, chope e refrigerante, gasolina, óleo diesel, álcool carburante e gás de cozinha. DISTÂNCIA ENTRE TERESINA E AS PRINCIPAIS CIDADES DO PAÍS TERESINA A ARACAJÚ TERESINA A BELÉM TERESINA A BELO HORIZONTE TERESINA A BRASÍLIA TEREISNA A CAMPO GRANDE TERESINA A CUIABÁ TERESINA A CURITIBA TERESINA A FLORIANÓPOLIS TERESINA A FORTALEZA TERESINA A GOIÃNIA

4 DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - UNATRI TERESINA A JOÃO PESSOA TERESINA A MACEIÓ TERESINA A MANAUS TERESINA A NATAL TERESINA A PORTO ALEGRE TERESINA A PORTO VELHO TERESINA A RECIFE TERESINA A RIO BRANCO TERESINA A RIO DE JANEIRO TERESINA A SALVADOR TERESINA A SÃO LUIZ TERESINA A SÃO PAULO TERESINA A VITÓRIA

5 DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - UNATRI ANEXO X Art. 1º, IX e art. 24, do ATO NORMATIVO Nº 25/09 P R O D U T O / E S P É C I E VALORES/BASE DE CÁLCULO PNEU ARO /80 PNEU ARO /80 PNEU ARO /70 PNEU ARO /70 PNEU ARO /75 PNEU ARO /70 PNEU ARO /70 PNEU ARO /80 PNEU ARO /65 PNEU ARO /70 PNEU ARO /65 PNEU ARO /60 PNEU ARO /65 PNEU ARO /65 PNEU ARO /60 PNEU ARO /75 PNEU ARO /75 PNEU ARO /75 PNEU ARO 14/185/55 PNEU ARO 14/195/60 PNEU ARO 14/195/70 PNEU ARO /55 70,00 70,00 92,00 93,00 200,00 92,00 200,00 182,00 240,00

6 DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - UNATRI ANEXO XI Art. 1º, X e art. 26 do ATO NORMATIVO Nº 25 /09 Alterado até o ato normativo UNATRI N 003, DE 20/01/2012 PRODUTO PREÇO REFERENCIA (KG) Massas Alimentícias Biscoitos e Bolachas Granoduro R$ 6,50 Comum R$ 2,20 Sêmola R$ 2,70 Cream Cracker e Água e Sal R$ 3,30 Maria, Maisena e amanteigado, leite, coco e chocolate R$ 4,40 Recheados e Tortinhas. R$ 6,00 Biscoitos Waffers. R$ 7,20 Populares (ensacados maior ou igual a 400g) R$ 2,10 Com cobertura R$ 13,00 Aperitivos R$ 5,50 Pão francês R$ 5,00 Macarrão instantâneo R$ 5,80 Demais biscoitos, bolachas, massas alimentícias. R$ 7,80

15 capitais apresentaram redução no custo da Cesta Básica

15 capitais apresentaram redução no custo da Cesta Básica 1 São Paulo, 11 de maio de 2016. NOTA À IMPRENSA 15 capitais apresentaram redução no custo da Cesta Básica Em abril, em 15 das 27 capitais do Brasil houve redução do custo do conjunto de alimentos básicos

Leia mais

Custo da Cesta Básica aumenta em 17 cidades

Custo da Cesta Básica aumenta em 17 cidades 1 São Paulo, 06 de junho de 2016. NOTA À IMPRENSA Custo da Cesta Básica aumenta em 17 cidades Em maio, houve elevação do custo do conjunto de alimentos básicos em 17 das 27 capitais brasileiras, de acordo

Leia mais

Pelo segundo mês consecutivo, feijão, manteiga e leite elevam o custo da cesta básica

Pelo segundo mês consecutivo, feijão, manteiga e leite elevam o custo da cesta básica 1 São Paulo, 04 de agosto de 2016 NOTA À IMPRENSA Pelo segundo mês consecutivo, feijão, manteiga e leite elevam o custo da cesta básica O custo do conjunto de alimentos básicos aumentou em 22 das 27 capitais

Leia mais

I - CHOCOLATES MVA AJUSTADO % - 12% MVA Original % ITEM DESCRIÇÃO ,29 50,56 52,41 64,24 66,27 1.2

I - CHOCOLATES MVA AJUSTADO % - 12% MVA Original % ITEM DESCRIÇÃO ,29 50,56 52,41 64,24 66,27 1.2 ANEXO AO COMUNICADO: ACORDOS DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO - ALTERAÇÃO Abrangência: operações interestaduais realizadas entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Produto:

Leia mais

Custo da cesta básica aumenta na maior parte das capitais do Brasil

Custo da cesta básica aumenta na maior parte das capitais do Brasil 1 São Paulo, 9 de setembro de 2016 NOTA À IMPRENSA Custo da cesta básica aumenta na maior parte das capitais do Brasil Em agosto, houve aumento no custo do conjunto de alimentos básicos em 18 das 27 capitais

Leia mais

Custo da Cesta Básica tem comportamento diferenciado nas capitais pesquisadas

Custo da Cesta Básica tem comportamento diferenciado nas capitais pesquisadas 1 São Paulo, 06 de outubro de 2016 NOTA À IMPRENSA Custo da Cesta Básica tem comportamento diferenciado nas capitais pesquisadas Em setembro, o custo do conjunto de alimentos básicos apresentou comportamento

Leia mais

Custo da Cesta Básica oscila nas capitais do Brasil

Custo da Cesta Básica oscila nas capitais do Brasil 1 Curitiba, 14 de março de 2016. NOTA À IMPRENSA Custo da Cesta Básica oscila nas capitais do Brasil Em fevereiro de 2016, o custo do conjunto de alimentos básicos aumentou em 13 capitais do Brasil e diminuiu

Leia mais

Nove capitais têm queda no preço da cesta

Nove capitais têm queda no preço da cesta 1 São Paulo, 04 de setembro de 2009. NOTA À IMPRENSA Nove capitais têm queda no preço da cesta Nove capitais brasileiras seis delas do Nordeste registraram, em agosto, retração no custo da cesta básica,

Leia mais

Nove cidades têm alta no preço da cesta

Nove cidades têm alta no preço da cesta 1 São Paulo, 5 de novembro de 2012 Nota à imprensa Nove cidades têm alta no preço da cesta Em outubro, o preço dos gêneros alimentícios essenciais aumentou em nove das 17 capitais onde o DIEESE - Departamento

Leia mais

SORTEADOS 2016 MÊS SORTEIO DATA Nº PRODUTO FILIAL VALOR SORTEIO SORTEIO 10/ SETEMBRO 03/ /08

SORTEADOS 2016 MÊS SORTEIO DATA Nº PRODUTO FILIAL VALOR SORTEIO SORTEIO 10/ SETEMBRO 03/ /08 MÊS SORTEIO DATA Nº SORTEIO SETEMBRO AGOSTO JULHO JUNHO MAIO 10/09 0093082 03/09 0028075 27/08 PRODUTO FILIAL VALOR SORTEIO Prestamista CDC Florianópolis R$ 500,00 Prestamista CDC Salvador R$ 4.000,00

Leia mais

Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos

Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos Escritório Regional da Bahia Rua do Cabral, 15 - Nazaré CEP 40.055.010 Salvador Bahia Telefone: (71) 3242-7880 Fax: (71) 3326-9840 E-mail: erba@dieese.org.br Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos

Leia mais

Cesta básica mais barata em 14 cidades

Cesta básica mais barata em 14 cidades 1 São Paulo, 03 de outubro de 2013 NOTA À IMPRENSA Cesta básica mais barata em 14 cidades Em setembro, 14 das 18 capitais onde o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos)

Leia mais

Cesta básica mais barata em 10 capitais

Cesta básica mais barata em 10 capitais 1 São Paulo, 04 de julho 2013. NOTA À IMPRENSA Cesta básica mais barata em 10 capitais Pelo segundo mês consecutivo, houve predomínio de retração nos preços dos produtos alimentícios essenciais nas capitais

Leia mais

MVA-ST COM DESTINO A SP E RJ (%)

MVA-ST COM DESTINO A SP E RJ (%) Abrangência: operações interestaduais, entre contribuintes dos estados de S.Paulo e Rio de Janeiro. Produto: alimentícios. Conteúdo: exclusão de itens do campo de incidência de ST. Vigência: 30-07-2013.

Leia mais

Cesta básica de Porto Alegre registra variação de 1,43% em abril de 2016

Cesta básica de Porto Alegre registra variação de 1,43% em abril de 2016 1 Cesta básica de Porto Alegre registra variação de 1,43% em abril de 2016 Porto Alegre, 11 de maio de 2016. NOTA À IMPRENSA Em abril de 2016, a Cesta Básica de Porto Alegre calculada pelo DIEESE registrou

Leia mais

Cesta básica de Porto Alegre registra queda de 2,14% em dezembro

Cesta básica de Porto Alegre registra queda de 2,14% em dezembro Porto Alegre, 04 de janeiro de 2017 Cesta básica de Porto Alegre registra queda de 2,14% em dezembro NOTA À IMPRENSA Em dezembro de 2016, a Cesta Básica de Porto Alegre calculada pelo DIEESE registrou

Leia mais

Custo da Cesta básica tem comportamento diferenciado nas capitais pesquisadas

Custo da Cesta básica tem comportamento diferenciado nas capitais pesquisadas 1 São Paulo, 04 de novembro de 2015. NOTA à IMPRENSA Custo da Cesta básica tem comportamento diferenciado nas capitais pesquisadas Em outubro, entre as 18 capitais onde o DIEESE - Departamento Intersindical

Leia mais

Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2013

Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2013 1 São Paulo, 09 de janeiro de 2014. NOTA À IMPRENSA Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2013 Em 2013, o valor da cesta básica aumentou nas 18 capitais onde o DIEESE - Departamento Intersindical

Leia mais

Preço da cesta básica diminui em quinze cidades

Preço da cesta básica diminui em quinze cidades 1 São Paulo, 07 de julho de 2015. NOTA À IMPRENSA Preço da cesta básica diminui em quinze cidades O valor do conjunto de bens alimentícios básicos diminuiu em 15 das 18 cidades onde o DIEESE - Departamento

Leia mais

Onze capitais registram alta na cesta básica

Onze capitais registram alta na cesta básica 1 São Paulo, 04 de outubro de 2006 NOTA À IMPRENSA Onze capitais registram alta na cesta básica Após três meses com retração no custo dos gêneros essenciais em 14 capitais, em setembro houve predominância

Leia mais

Preço da cesta básica aumenta em 13 cidades

Preço da cesta básica aumenta em 13 cidades 1 São Paulo, 07 de abril de 2015. NOTA À IMPRENSA Preço da cesta básica aumenta em 13 cidades Das 18 capitais onde o DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos - realiza

Leia mais

Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais

Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais 1 São Paulo, 02 de setembro de 2011 Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais NOTA À IMPRENSA Ao contrário do que ocorreu em julho, quando 14 cidades registraram queda no preço dos gêneros

Leia mais

ANEXO VI SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS TABELA I CIMENTO DE QUALQUER ESPÉCIE

ANEXO VI SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS TABELA I CIMENTO DE QUALQUER ESPÉCIE ANEXO VI SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS TABELA I CIMENTO DE QUALQUER ESPÉCIE PROTOCOLO ICM 11/85 Adesão Rondônia - Protocolo ICM 11/87,

Leia mais

Preço da carne sobe em todas as capitais

Preço da carne sobe em todas as capitais 1 São Paulo, 07 de outubro de 2014. NOTA À IMPRENSA Preço da carne sobe em todas as capitais Em setembro, os preços do conjunto de bens alimentícios essenciais diminuíram em 11 das 18 cidades onde o DIEESE

Leia mais

Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2015

Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2015 1 São Paulo, 08 de janeiro de 2016. NOTA À IMPRENSA Valor da cesta básica aumenta em todas as capitais em 2015 Em 2015, o valor acumulado da cesta básica aumentou em todas as 18 capitais onde o DIEESE

Leia mais

Cesta básica diminui em 13 cidades

Cesta básica diminui em 13 cidades 1 São Paulo, 06 de outubro de 2015. NOTA à IMPRENSA Cesta básica diminui em 13 cidades Em setembro, o conjunto de bens alimentícios básicos teve seu valor reduzido em 13 das 18 cidades em que o DIEESE

Leia mais

Cesta básica apresenta alta em junho

Cesta básica apresenta alta em junho Brasília, 04 de julho de 2013. Cesta básica apresenta alta em junho NOTA À IMPRENSA Em junho, o custo da Cesta Básica no Distrito Federal, segundo Pesquisa realizada pelo DIEESE - Departamento Intersindical

Leia mais

ALIMENTOS ESSENCIAIS SOBEM EM TODAS AS CAPITAIS

ALIMENTOS ESSENCIAIS SOBEM EM TODAS AS CAPITAIS São Paulo, 01 de junho de 2005. ALIMENTOS ESSENCIAIS SOBEM EM TODAS AS CAPITAIS Todas as 16 capitais nas quais o DIEESE Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos realiza mensalmente

Leia mais

% MVA - INTERNA ALIQ. INTERNA

% MVA - INTERNA ALIQ. INTERNA ANEXO AO COMUNICADO: ACORDOS DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SÃO PAULO E AMAPÁ. Abrangência: operações interestaduais originadas do estado de São Paulo e destinadas ao estado do Amapá. Produto: alimentícios.

Leia mais

Cesta Básica de Manaus apresenta alta pelo 5º mês consecutivo

Cesta Básica de Manaus apresenta alta pelo 5º mês consecutivo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos Escritório Regional do Amazonas Rua Duque de Caxias, 958, sala 17 Praça 14 de Janeiro CEP 69.020.141 Manaus- AM eram@dieese.org.br Manaus,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 31, DE 20 DE AGOSTO DE 2009

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 31, DE 20 DE AGOSTO DE 2009 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 31, DE 20 DE AGOSTO DE 2009 * Publicada no DOE em 01/09/2009. Determina os valores de referência de base de cálculo dos produtos constantes do Anexo Único desta Instrução Normativa,

Leia mais

Cesta básica sobe em todas as capitais

Cesta básica sobe em todas as capitais 1 São Paulo, 04 de setembro de 2007. NOTA À IMPRENSA Cesta básica sobe em todas as capitais Todas as 16 capitais onde o DIEESE Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos realiza

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Gabinete Civil da Governadoria Superintendência de Legislação.

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Gabinete Civil da Governadoria Superintendência de Legislação. GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Gabinete Civil da Governadoria Superintendência de Legislação. LEI Nº 15.051, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2004. Altera as Leis nos 11.651, de 26 de dezembro de 1991, 13.194, de 26 de

Leia mais

Cesta básica: preços aumentam em 16 capitais

Cesta básica: preços aumentam em 16 capitais 1 São Paulo, 04 de abril de 2014. NOTA À IMPRENSA Cesta básica: preços aumentam em 16 capitais Em março, os preços dos gêneros alimentícios essenciais subiram em 16 das 18 capitais onde o DIEESE - Departamento

Leia mais

Preço da cesta sobe em 14 capitais

Preço da cesta sobe em 14 capitais 1 São Paulo, 01 de novembro de 2006 NOTA À IMPRENSA Preço da cesta sobe em 14 capitais Quatorze capitais registraram aumento no preço da cesta básica, em outubro, de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta

Leia mais

Custo da cesta básica se eleva em dezembro no Distrito Federal

Custo da cesta básica se eleva em dezembro no Distrito Federal Brasília, 7 de janeiro de 2013. NOTA À IMPRENSA Custo da cesta básica se eleva em dezembro no Distrito Federal O custo da cesta básica no Distrito Federal em dezembro de 2012 totalizou R$ 275,95, valor

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS PARA LIMPAR NOME

CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS PARA LIMPAR NOME CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS PARA LIMPAR NOME Fevereiro de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Compreender motivos e resultados na recuperação de crédito por meio da contratação de empresas para limpar o nome.

Leia mais

Aceito para: VICENTE DE PAULO FERREIRA ME, por R$ 13,3500 Quantidade: 95

Aceito para: VICENTE DE PAULO FERREIRA ME, por R$ 13,3500 Quantidade: 95 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS DEPARTAMENTO DE MATERIAL E PATRIMÔNIO PROCESSO: 23070.008054/2016-61 PREGÃO Nº. 173/2016 SRP CONTRATAÇÃO DE

Leia mais

MAIORIA DAS CAPITAIS TEM REDUÇÃO NO CUSTO DA CESTA BÁSICA

MAIORIA DAS CAPITAIS TEM REDUÇÃO NO CUSTO DA CESTA BÁSICA NOTA À IMPRENSA São Paulo, 04 de julho de 2005. MAIORIA DAS CAPITAIS TEM REDUÇÃO NO CUSTO DA CESTA BÁSICA Diferentemente de maio, quando todas as 16 capitais onde o DIEESE Departamento Intersindical de

Leia mais

ITEM DESCRIÇÃO NCM IVA-ST SP PRESENTE NOS ACORDOS

ITEM DESCRIÇÃO NCM IVA-ST SP PRESENTE NOS ACORDOS ITEM DESCRIÇÃO NCM IVA-ST SP PRESENTE NOS ACORDOS 1.1 Chocolate branco, em embalagens de conteúdo inferior ou igual a 1kg 1704.90.10 40,88% NÃO 1.2 Chocolates contendo cacau, em embalagens de conteúdo

Leia mais

Piores trechos por Unidade Federativa por número de acidentes

Piores trechos por Unidade Federativa por número de acidentes Piores trechos por Unidade Federativa por número de acidentes - 2015 Data: 18/05/2016 FILTROS: Veículos: Todos Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Piores trechos por Estado número de acidentes -

Leia mais

PREF. MUNIC. DE ALVARO DE CARVALHO Pr. Ver. Octacílio P. Nobre / XXIV - Compras Realizadas Dezembro de 2012

PREF. MUNIC. DE ALVARO DE CARVALHO Pr. Ver. Octacílio P. Nobre / XXIV - Compras Realizadas Dezembro de 2012 Página 1 de 1 03/12/2012 NELSON TERUO ADATI 05.140.807/0001-43 DIESEL 4.107,80200 2,170 8.913,93 03/12/2012 NELSON TERUO ADATI 05.140.807/0001-43 ETANOL 265,00000 1,790 474,35 04/12/2012 ALEXANDRE AFONSO

Leia mais

ISENÇÃO E DIFERIMENTO

ISENÇÃO E DIFERIMENTO ISENÇÃO E DIFERIMENTO No Estado do Paraná a um incentivo fiscal para as empresas onde, toda venda efetuada para uma outra empresa revendedora, a o diferimento na alíquota do ICMS conforme os Art. Nº96

Leia mais

Tabela 11 - Capacidade total de hóspedes, por tipos de estabelecimentos, segundo os Municípios das Capitais - 2011

Tabela 11 - Capacidade total de hóspedes, por tipos de estabelecimentos, segundo os Municípios das Capitais - 2011 segundo os - 2011 Total Suítes Apartamentos Quartos (continua) Chalés Total 554 227 92 908 442 600 15 526 3 193 Porto Velho 5 028 293 4 569 104 62 Rio Branco 2 832 30 2 779 23 - Manaus 14 212 1 349 12

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE VAGAS E LOCALIDADES

ANEXO I QUADRO DE VAGAS E LOCALIDADES ANEXO I QUADRO DE VAGAS E LOCALIDADES Referência: Vagas Provimento imediato de vagas e formação de Cadastro de Reserva. Vagas PD Vagas Reservadas para os candidatos Portadores de Deficiência. 1. Diretoria

Leia mais

Em 2007, cesta básica tem forte alta

Em 2007, cesta básica tem forte alta 1 São Paulo, 07 de janeiro de 2008. NOTA À IMPRENSA Em 2007, cesta básica tem forte alta Todas as 16 capitais onde o DIEESE Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos realiza,

Leia mais

RELAÇÃO MENSAL DAS COMPRAS

RELAÇÃO MENSAL DAS COMPRAS Folha: 1/5 RELAÇÃO MENSAL DAS COMPRAS De acordo com o Artigo 16 da Lei Nr. 8.666, de 21 de Junho de 1993, alterada pela Lei Nr. 8.883, de 08 de Junho de 1994, esta é a relação de todas as compras realizadas

Leia mais

DECRETO Nº , DE 10 DE NOVEMBRO DE 2004

DECRETO Nº , DE 10 DE NOVEMBRO DE 2004 DECRETO Nº 49.113, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2004 Introduz alterações no Regulamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestações de Serviços - RICMS GERALDO ALCKMIN, Governador do Estado de São

Leia mais

Origen Destino Millas necesarias para un billete bonificado de solo ida en clase Turista

Origen Destino Millas necesarias para un billete bonificado de solo ida en clase Turista Origen Destino Millas necesarias para un billete bonificado de solo ida en clase Turista Millas necesarias para un billete bonificado de solo ida en clase Premium de GOL Campina Grande, João Pessoa, 4.500

Leia mais

BOLETIM DE SORTEIO CINFAABB 2016 SORTEIO FENABB 06/05/ h, via internet.

BOLETIM DE SORTEIO CINFAABB 2016 SORTEIO FENABB 06/05/ h, via internet. BOLETIM DE SORTEIO CINFAABB 2016 SORTEIO FENABB 06/05/2016 11h, via internet. FUTEBOL MINICAMPO MASTER SÉRIE A FLORIANÓPOLIS RIO DE JANEIRO BRASÍLIA "A" LONDRINA SÃO PAULO GOIÂNIA PORTO ALEGRE (campeã

Leia mais

TV Câmara / TV Assembleia / TV Senado / TV Câmara Municipal

TV Câmara / TV Assembleia / TV Senado / TV Câmara Municipal TV Câmara / TV Assembleia / TV Senado / TV Câmara Municipal Acordo Câmara / Senado Capitais Em funcionamento: São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre, Cuiabá, Goiânia, Florianópolis,

Leia mais

O DESEMPENHO DAS RECEITAS DO ISS E DO IPTU NOS MUNICÍPIOS DAS CAPITAIS

O DESEMPENHO DAS RECEITAS DO ISS E DO IPTU NOS MUNICÍPIOS DAS CAPITAIS O DESEMPENHO DAS RECEITAS DO ISS E DO IPTU NOS MUNICÍPIOS DAS CAPITAIS François E. J. de Bremaeker Rio de janeiro, julho de 2014 O DESEMPENHO DAS RECEITAS DO ISS E DO IPTU NOS MUNICÍPIOS DAS CAPITAIS François

Leia mais

GABINETE DO DEPUTADO BRITO BEZERRA INDICAÇÃO Nº 05 /11

GABINETE DO DEPUTADO BRITO BEZERRA INDICAÇÃO Nº 05 /11 GABINETE DO DEPUTADO BRITO BEZERRA INDICAÇÃO Nº 05 /11 O Deputado que a esta subscreve, com amparo no art. 202 do Regimento Interno deste Poder, requer o encaminhamento ao Excelentíssimo Senhor Governador

Leia mais

INPC DE FORTALEZA Janeiro/2009

INPC DE FORTALEZA Janeiro/2009 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E GESTÃO (SEPLAG) Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE) INPC DE FORTALEZA /2009 Fortaleza, Fevereiro/2009 GOVERNO DO ESTADO

Leia mais

PREÇO TOTAL PREÇO UN ÍTEM QUANT UN ESPECIFICAÇÃO DAS MERCADORIAS MARCA

PREÇO TOTAL PREÇO UN ÍTEM QUANT UN ESPECIFICAÇÃO DAS MERCADORIAS MARCA ADENDO PLANILHA SIMPLIFICADA PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA. ÍTEM QUANT UN ESPECIFICAÇÃO DAS MERCADORIAS MARCA 1 4880 kg 2 380 kg 3 2235 kg Polpa de fruta (natural), congelada, pacote de 1 kg, sabores: maracujá,

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA. Pauta 01. Sugestão de Cardápio

SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA. Pauta 01. Sugestão de Cardápio Pauta 01 1 Arroz, feijão carioca, empanado de peixe e salada² 4 2 Arroz, feijão carioca, carne bovina em tiras¹ ao molho e farofa 6 Arroz, feijão carioca, carne suína¹ e suco de laranja¹ 6 4 Arroz, feijão

Leia mais

Seminário GVcev Polos Comerciais de Rua: para Expansão. Subtítulo + nome do palestrante

Seminário GVcev Polos Comerciais de Rua: para Expansão. Subtítulo + nome do palestrante Seminário GVcev Polos Comerciais de Rua: Uma Opção Estratégica para Expansão Subtítulo + nome do palestrante Lojas em Rua (Vantagens e Desvantagens) Case Marisa Uma História de Sucesso Linha do Tempo da

Leia mais

Também em 1º de fevereiro de 2016 passa a vigorar a inclusão de novas mercadorias no regime de substituição tributária:

Também em 1º de fevereiro de 2016 passa a vigorar a inclusão de novas mercadorias no regime de substituição tributária: O art. 19 do Decreto nº 46.931, de 30 de dezembro de 2015, estabelece a vigência das alterações promovidas na substituição tributária, em face das limitações impostas pela Lei Complementar nº 147/2014

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE VAGAS E LOCALIDADES

ANEXO I QUADRO DE VAGAS E LOCALIDADES Referência: Vagas Provimento imediato de vagas e formação de Cadastro de Reserva. Vagas PD Vagas Reservadas para os candidatos Portadores de Deficiência. 1.Diretoria Regional Brasília e Administração Central

Leia mais

RESULTADO DO LIRAa JANEIRO FEVEREIRO/15

RESULTADO DO LIRAa JANEIRO FEVEREIRO/15 RESULTADO DO LIRAa JANEIRO FEVEREIRO/15 1º LIRAa 2015 - Situação dos municípios brasileiros Participação voluntária de 1.844 municípios Pesquisa realizada entre janeiro/fevereiro de 2015; Identifica focos

Leia mais

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR Novembro 2015

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR Novembro 2015 ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR Novembro 2015 Rio de Janeiro, 09 de dezembro de 2015 SISTEMA NACIONAL DE ÍNDICES DE PREÇOS AO CONSUMIDOR COMENTÁRIOS Novembro 2015 ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO

Leia mais

DECRETO Nº 3.940, DE 20 DE MARÇO DE 2000

DECRETO Nº 3.940, DE 20 DE MARÇO DE 2000 DECRETO Nº 3.940, DE 20 DE MARÇO DE 2000 Publicado no DOE(PA) 28.03.00. Alterado pelo Decreto 4.313/00. Revogado pelo Dec. 4.676/01, efeitos a partir de 19.06.01. Institui regime de tributação do Imposto

Leia mais

Substituição Tributária e a LC 147/2014. Novo Regramento e Limitações para a Substituição Tributária de Micro e Pequenas Empresas

Substituição Tributária e a LC 147/2014. Novo Regramento e Limitações para a Substituição Tributária de Micro e Pequenas Empresas Substituição Tributária e a LC 147/2014 Novo Regramento e Limitações para a Substituição Tributária de Micro e Pequenas Empresas EVOLUÇÃO DOS OPTANTES PELO SIMPLES Fonte: Receita Federal FORÇA DOS PEQUENOS

Leia mais

SECRETARIA ESPECIAL DE ESTADO DE GESTÃO SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E SERVIÇOS LOGÍSTICOS

SECRETARIA ESPECIAL DE ESTADO DE GESTÃO SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E SERVIÇOS LOGÍSTICOS RELAÇÃO DE ITENS Item Serviço Unidade Qtd 1 Água mineral sem gás, e embalada em 2 Água mineral sem gás, embalada em garrafa transparente de 1,5, Ph de 4,1 a 9,2 a 25 C, validade mínima de 12 meses. 3 Água

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 9779

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 9779 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, e considerando o disposto nos Protocolos ICMS 188/2009, 108/2013, 120/2013, 148/2013

Leia mais

SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED

SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED OUT/2010 REGIME NÃO-CUMULATIVO REGIME CUMULATIVO TRIBUTAÇÃO MONOFÁSICA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA VENDAS COM SUSPENSÃO VENDAS A ALÍQUOTA ZERO VENDAS COM ISENÇÃO

Leia mais

JOSÉ CARLOS DE MIRANDA FARIAS Empresa de Pesquisa Energética EXPANSÃO DA OFERTA DE ENERGIA PLANEJAMENTO E LEILÕES

JOSÉ CARLOS DE MIRANDA FARIAS Empresa de Pesquisa Energética EXPANSÃO DA OFERTA DE ENERGIA PLANEJAMENTO E LEILÕES JOSÉ CARLOS DE MIRANDA FARIAS Empresa de Pesquisa Energética EXPANSÃO DA OFERTA DE ENERGIA PLANEJAMENTO E LEILÕES POR QUE PLANEJAR? Há necessidade de prever as possibilidades do amanhã para esboçar, com

Leia mais

Supermercados Região Central Supermercado Musamar Supermercado Condor Supermercado Mercadorama Supermercado Viscardi

Supermercados Região Central Supermercado Musamar Supermercado Condor Supermercado Mercadorama Supermercado Viscardi Supermercados Região Central Supermercado Musamar Supermercado Condor Supermercado Mercadorama Supermercado Viscardi Total de Supermercados: 4 Endereço Telefone: Preço Pernambuco, 785 3324-0020 66,17 Rio

Leia mais

CESTA BÁSICA NACIONAL CBN UNAERP GUARUJÁ: CÁLCULO, ANÁLISE E COMPARAÇÃO COM AS CAPITAIS DO BRASIL 1

CESTA BÁSICA NACIONAL CBN UNAERP GUARUJÁ: CÁLCULO, ANÁLISE E COMPARAÇÃO COM AS CAPITAIS DO BRASIL 1 CESTA BÁSICA NACIONAL CBN UNAERP GUARUJÁ: CÁLCULO, ANÁLISE E COMPARAÇÃO COM AS CAPITAIS DO BRASIL 1 Adilmar Veloso de Oliveira Especialista - Ética, Valores e Cidadania na Escola USP Universidade de São

Leia mais

ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (INPC) E A CESTA BÁSICA FEVEREIRO/2011

ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (INPC) E A CESTA BÁSICA FEVEREIRO/2011 1. INTRODUÇÃO O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE) apresenta os resultados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor e a Cesta Básica para a Região Metropolitana de Fortaleza.

Leia mais

Page 1 of 5 RICMS 2000 - Atualizado até o Decreto 55.438, de 17-02-2010. SEÇÃO II - DAS OPERAÇÕES COM ÁLCOOL CARBURANTE SUBSEÇÃO I - DAS OPERAÇÕES COM ÁLCOOL ETÍLICO HIDRATADO CARBURANTE Artigo 418 - Na

Leia mais

Saiba como acessar a The Love School (Escola do Amor)

Saiba como acessar a The Love School (Escola do Amor) Saiba como acessar a The Love School (Escola do Amor) Acompanhe através da TV, Internet ou rádio. Veja onde e quando acessar*. Horário de Brasília. *Informações corretas na data de publicação. Por favor

Leia mais

ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (INPC) E A CESTA BÁSICA MARÇO/2010

ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (INPC) E A CESTA BÁSICA MARÇO/2010 1. INTRODUÇÃO O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE) apresenta os resultados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor para a Região Metropolitana de Fortaleza. O Índice Nacional

Leia mais

Eleições Municipais Resultados das Eleições no 1º Turno

Eleições Municipais Resultados das Eleições no 1º Turno Eleições Municipais Resultados das Eleições no 1º Turno A Confederação Nacional de Municípios (CNM) dando seguimento a seus Estudos sobre as eleições municipais de 2016, apresenta os números dos candidatos

Leia mais

Município de Lago dos Rodrigues IÁRIO OFICIA. Diário Municipal

Município de Lago dos Rodrigues IÁRIO OFICIA. Diário Municipal D Município de Lago dos Rodrigues L IÁRIO OFICIA Diário Municipal ANO IV LAGO DOS RODRIGUES, DIARIO OFICIAL MUNICIPAL, QUINTA - FEIRA, 05 DE MAIO DE 2016 PAG 01/06 SUMÁRIO RELAÇÃO FEOTAS DAS COMPRAS Pagina...01/06

Leia mais

INTENÇÃO DE PARTICIPAÇÃO NAS COMEMORAÇÕES DO NATAL DE 2015

INTENÇÃO DE PARTICIPAÇÃO NAS COMEMORAÇÕES DO NATAL DE 2015 INTENÇÃO DE PARTICIPAÇÃO NAS COMEMORAÇÕES DO NATAL DE 2015 Novembro de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Investigar como serão as comemorações para natal de 2015 considerando o envolvimento com as celebrações

Leia mais

CONSUMO DE COMIDA DELIVERY PELA INTERNET

CONSUMO DE COMIDA DELIVERY PELA INTERNET CONSUMO DE COMIDA DELIVERY PELA INTERNET Janeiro de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Traçar o perfil dos consumidores virtuais; Mapear os principais produtos e serviços comprados virtualmente considerando:

Leia mais

REPASSE AO FUNDO ESTADUAL DE COMBATE E ERRADICAÇÃO DA POBREZA PELO CONTRIBUINTE QUE APURA SEU ICMS PRÓPRIO EM CONTA GRÁFICA

REPASSE AO FUNDO ESTADUAL DE COMBATE E ERRADICAÇÃO DA POBREZA PELO CONTRIBUINTE QUE APURA SEU ICMS PRÓPRIO EM CONTA GRÁFICA REPASSE AO FUNDO ESTADUAL DE COMBATE E ERRADICAÇÃO DA POBREZA PELO CONTRIBUINTE QUE APURA SEU PRÓPRIO EM CONTA GRÁFICA A Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (SefazMT) esclarece as regras para a operacionalização

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ALEGRIA

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ALEGRIA ATA Página 1 Pregão 000038 / 2015 Edital de pregão para a contratação de empresa e ou empresas para aquisição de gêneros alimentícios, material de higiene e limpeza e utensílios de cozinha para a Secretaria

Leia mais

Buffet de Café da Manhã

Buffet de Café da Manhã Buffet de Café da Manhã Informação do Anunciante Nome: Carne & Cia. Buffet & Rodízio de Churrascos Email: carneeciabuffet@yahoo.com.br Nome: Carne & Cia. Sobrenome: Buffet & Rodízio de Churrascos Estado:

Leia mais

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC Fevereiro 2005

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC Fevereiro 2005 ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC Fevereiro 2005 Rio de Janeiro, 11 de março de 2005 SISTEMA NACIONAL DE ÍNDICES DE PREÇOS AO CONSUMIDOR COMENTÁRIOS FEVEREIRO DE 2005 ÍNDICE NACIONAL

Leia mais

CONSUMO NA INTERNET Produtos Eróticos

CONSUMO NA INTERNET Produtos Eróticos CONSUMO NA INTERNET Produtos Eróticos Janeiro de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Traçar o perfil dos consumidores virtuais; Mapear os principais produtos e serviços comprados virtualmente considerando:

Leia mais

* As verduras e os legumes serão substituídos caso não estejam em condições de consumo ou não sejam encontrados na hora da compra.

* As verduras e os legumes serão substituídos caso não estejam em condições de consumo ou não sejam encontrados na hora da compra. SEMANA 01/07 à 05/07/ 2013 pasta de frango tortinhas Casadinho de cream-cracker c/ margarina amanteigado goiabinha Carne moída c/ azeitonas Filé de frango empanado Bife de panela Enroladinho de frango

Leia mais

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS E MUNICIPAIS ESPÍRITO SANTO MAIO/2012

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS E MUNICIPAIS ESPÍRITO SANTO MAIO/2012 OBRIGAÇÕES ESTADUAIS E MUNICIPAIS ESPÍRITO SANTO MAIO/01 7 8 9 Recolhimento da cota única, com desconto de 5%, ou da 1ª cota, relativo aos veículos usados com finais de placa 06, 07, 08 e 09, e da ª cota,

Leia mais

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC dezembro 2013

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC dezembro 2013 ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC dezembro 2013 Rio de Janeiro, 10 de janeiro de 2014 SISTEMA NACIONAL DE ÍNDICES DE PREÇOS AO CONSUMIDOR COMENTÁRIOS Dezembro 2013 1. No mês 1.1 - ÍNDICE

Leia mais

RESOLUÇÃO CFESS Nº 764, de 22 de junho de 2016.

RESOLUÇÃO CFESS Nº 764, de 22 de junho de 2016. RESOLUÇÃO CFESS Nº 764, de 22 de junho de 2016. Ementa: Altera dispositivos da Resolução CFESS 582, de 01 de julho de 2010. A Presidente Em Exercício do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), no uso

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA RECURSO DISPONÍVEL 143 bilhões ANTES DO PACTO R$ 93 bilhões 62% das obras concluídas ou em execução

Leia mais

Investimentos Lei e-business. Pesquisa e Desenvolvimento. Lei 8248

Investimentos Lei e-business. Pesquisa e Desenvolvimento. Lei 8248 ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿpesquisa e Desenvolvimento Investimentos Lei 8248 Pesquisa e Desenvolvimento Lei 8248 Investimentos US$ 348M 1993-1998 ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿpesquisa e Desenvolvimento Investimentos Lei 8248 US$ M Pesquisa

Leia mais

CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO

CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO BOLETIM Setembro 2015 CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO Mês de Referência: 09/2015 Mês de Divulgação: 10/2015 Profa. Dra. Michelle da Silva Borges Karen Brina Borges de Deus; Luciene Maria Borges

Leia mais

MORTALIDADE INFANTIL NO BRASIL: TENDÊNCIAS E DESIGUALDADES

MORTALIDADE INFANTIL NO BRASIL: TENDÊNCIAS E DESIGUALDADES Elsa Giugliani MORTALIDADE INFANTIL NO BRASIL: TENDÊNCIAS E DESIGUALDADES VIII Congresso Mundial de Epidemiologia VII Congresso Brasileiro de Epidemiologia Porto Alegre, RS 20-24 de setembro de 2008 EVOLUÇÃO

Leia mais

ÚLTIMAS ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO ESTADUAL. 1- RS ICMS Obrigatoriedade da informação da NCM/SH nas notas fiscais

ÚLTIMAS ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO ESTADUAL. 1- RS ICMS Obrigatoriedade da informação da NCM/SH nas notas fiscais ÚLTIMAS ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO ESTADUAL 1- RS ICMS Obrigatoriedade da informação da NCM/SH nas notas fiscais Atráves do Decreto 46.81, de 11-1-009, foram realizadas alterações no RICMS/RS que tratam

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO, DE 15.10.2013 COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO, DE 15.10.2013 COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA Portaria CAT 106, de 14-10-2013 Estabelece a base de cálculo na saída de produtos da indústria alimentícia, a que se refere o artigo 313-X do Regulamento do ICMS.

Leia mais

Marcas de alto renome da FIFA

Marcas de alto renome da FIFA s de alto renome da FIFA Reconhecido o alto renome das marcas, nos termos do art. 125 da LPI, e de acordo com o disposto no artigo 3º da lei n.º 12.663 de 05/06/2012 (Lei da Copa). Os efeitos deste reconhecimento

Leia mais

Imagem Institucional Fevereiro/2004

Imagem Institucional Fevereiro/2004 Imagem Institucional Recorte de notícias editado pela Assessoria de Imprensa Hospital Unimed Sorocaba Inaugura Nova Ala é destaque do mês Oretorno de imagem da Unimed do Brasil, medido com base na centimetragem

Leia mais

Ceará > Março/2016. Data Tributos Descrição

Ceará > Março/2016. Data Tributos Descrição OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Ceará > Março/2016

Leia mais

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA DECRETO Nº 43, de 23 de fevereiro de 2001 DOE 01.03.2001 Altera o Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto nº 35.245, de 26 de dezembro de 1991, implementando

Leia mais

Centro Brasileiro de Estudos da Saúde SEMINÁRIO CEBES. seguridade social e cidadania: desafios para uma sociedade inclusiva

Centro Brasileiro de Estudos da Saúde SEMINÁRIO CEBES. seguridade social e cidadania: desafios para uma sociedade inclusiva Centro Brasileiro de Estudos da Saúde SEMINÁRIO CEBES seguridade social e cidadania: desafios para uma sociedade inclusiva bases institucionais e financeiras da seguridade social no Brasil: o caso da assistência

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA MICRORREGIÃO DO VALE DO PARANAÍBA ASSESSORIA EM GESTÃO PÚBLICA FPM. (Fundo de Participação dos Municípios)

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA MICRORREGIÃO DO VALE DO PARANAÍBA ASSESSORIA EM GESTÃO PÚBLICA FPM. (Fundo de Participação dos Municípios) FPM (Fundo de Participação dos Municípios) - Projeções para 2014 - Decisão Normativa - TCU Nº 133, de 27 de novembro de 2013 1 DECISÃO NORMATIVA - TCU Nº 133, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2013 Aprova, para o exercício

Leia mais

Tabela Tabela Outros Produtos e Operações Sujeitos a Alíquotas Diferenciadas (CST 02): Crédito Alíquotas COFINS %

Tabela Tabela Outros Produtos e Operações Sujeitos a Alíquotas Diferenciadas (CST 02): Crédito Alíquotas COFINS % Tabela 4.3.17 - Tabela Outros Produtos e Operações Sujeitos a Alíquotas Diferenciadas (CST 02): Contribuição Contribuição Crédito Alíquotas Alíquotas Alíquotas Código Descrição do Produto NCM PIS COFINS

Leia mais

Trocadores de Calor a Placas Brasados

Trocadores de Calor a Placas Brasados Trocadores de Calor a Placas Brasados CONDUÇÃO E CONTROLE DE FLUIDOS Trocador de Calor a Placas Brasado Princípio de Funcionamento Sistema compacto A superfície de aquecimento consiste de finas placas

Leia mais