XXXX, doravante designado CLIENTE, CONSIDERANDO QUE:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "XXXX, doravante designado CLIENTE, CONSIDERANDO QUE:"

Transcrição

1 CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE GÁS NATURAL DE CURTO PRAZO QUE ENTRE SI CELEBRAM, DE UM LADO, COMPANHIA DE GÁS DA BAHIA BAHIAGÁS, E DE OUTRO, X, NA FORMA ABAIXO: COMPANHIA DE GÁS DA BAHIA - BAHIAGÁS, sociedade de economia mista, com sede na Av. Tancredo Neves, Edf. Suarez Trade, 20º andar, Caminho das Árvores, Salvador, Estado da Bahia, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério da Fazenda (CNPJ) sob nº / , doravante designada BAHIAGÁS, neste ato devidamente representada, na forma de seu Estatuto Social, pelo seu Diretor Presidente, Sr. DAVIDSON DE MAGALHÃES SANTOS, brasileiro, casado, economista, portador da carteira de identidade civil nº , expedida pela SSP/BA, inscrito no CPF/MF sob o nº e pelo seu Diretor Técnico e Comercial, Sr. JOSÉ EDUARDO LIMA BARRETO, brasileiro, casado, engenheiro, portador da carteira de identidade civil nº , expedida pela SSP/SE, inscrito no CPF/MF sob o nº e, de outro lado,, doravante designado CLIENTE, CONSIDERANDO QUE: a BAHIAGÁS é a concessionária dos serviços públicos de distribuição de gás canalizado no Estado da Bahia; a BAHIAGÁS participou e arrematou lotes de gás no Leilão de Gás Natural da PETROBRAS, em estrita conformidade com as premissas estabelecidas no Termo de Compromisso de Gás de Curto Prazo firmado com o CLIENTE; o CLIENTE, por meio do citado Termo de Compromisso de Gás de Curto Prazo, comprometeu-se a adquirir o gás natural de curto prazo da BAHIAGÁS; o CLIENTE firmou com a BAHIAGÁS, em, Contrato de Compra e Venda de Gás Natural, doravante denominado CONTRATO DE LONGO PRAZO, cujos efeitos jurídicos permanecem inalterados. RESOLVEM celebrar o presente Contrato de Compra e Venda de Gás Natural de Curto Prazo ( CONTRATO DE CURTO PRAZO ), que será regido pelas cláusulas e condições a seguir estabelecidas: Página 1 de 12

2 CLÁUSULA PRIMEIRA DEFINIÇÕES 1.1 Qualquer termo ou expressão grafado em maiúsculas ou versalete neste CONTRATO DE CURTO PRAZO terá o significado que lhes foi atribuído no ANEXO I TERMOS E DEFINIÇÕES, que constitui parte integrante e indissociável deste. CLÁUSULA SEGUNDA OBJETO DO CONTRATO DE CURTO PRAZO 2.1 A BAHIAGÁS compromete-se a vender e a entregar e o CLIENTE compromete-se a comprar e a consumir volumes adicionais de gás canalizado para uso exclusivo como combustível/matéria-prima em suas instalações, de acordo com as disposições deste CONTRATO. CLÁUSULA TERCEIRA PRAZO DE VIGÊNCIA E PERÍODO DO FORNECIMENTO 3.1 O presente CONTRATO DE CURTO PRAZO entrará em pleno vigor e efeito na data de sua celebração e seu término ocorrerá no dia DD/MM/AAAA. 3.2 Sem prejuízo do disposto no item 3.1, os PERÍODO(S) DE FORNECIMENTO terão início: (i) a 00:00 h do dia X e fim às 24:00 h do dia ; (ii) a 00:00 h do dia e fim às 24:00 h do dia ; (iii) a 00:00 h do dia e fim às 24:00 h do dia ; (iv) a 00:00 h do dia e fim às 24:00 h do dia ; (v) a 00:00 h do dia e fim às 24:00 h do dia ; (vi) a 00:00 h do dia e fim às 24:00 h do dia. 3.3 O presente CONTRATO DE CURTO PRAZO extinguir-se-á automaticamente após o término do prazo de vigência estabelecido no item 3.1, sem a necessidade de qualquer comunicação das PARTES. 3.4 O término do prazo de vigência do CONTRATO DE CURTO PRAZO não afetará quaisquer direitos ou obrigações das PARTES que sejam anteriores a tal evento, ainda que seu exercício ou cumprimento se dê após o término do CONTRATO DE CURTO PRAZO. CLÁUSULA QUARTA QUANTIDADE DIÁRIA CONTRATUAL DE CURTO PRAZO 4.1 Durante o prazo de vigência do presente CONTRATO DE CURTO PRAZO, a QUANTIDADE DIÁRIA CONTRATUAL DE CURTO PRAZO (QDCcp), nas CONDIÇÕES DE REFERÊNCIA, será estipulada conforme a tabela abaixo: PERÍODO DE FORNECIMENTO QDCcp (em metros cúbicos/dia) Volume Referencial (em metros cúbicos/dia) X X X X X X Página 2 de 12

3 4.2. Aplicam-se ao fornecimento objeto deste CONTRATO DE CURTO PRAZO as condições técnicas acordadas no CONTRATO DE LONGO PRAZO que não conflitarem com as disposições aqui previstas. CLÁUSULA QUINTA APURAÇÃO DA QUANTIDADE RETIRADA 5.1. A QUANTIDADE DE GÁS retirada referente ao CONTRATO DE CURTO PRAZO será apurada pela diferença entre (i) a QUANTIDADE MEDIDA TOTAL (QMtotal) ao final de cada PERÍODO DE FATURAMENTO, convertida para as CONDIÇÕES DE REFERÊNCIA, e (ii) o VOLUME REFERENCIAL multiplicado pelo número de dias do PERÍODO DE FATURAMENTO, conforme fórmula seguir: QGRcp = QM total VR x N, onde: QGRcp - é a QUANTIDADE DE GÁS retirada no PERÍODO DE FATURAMENTO, referente ao CONTRATO DE CURTO PRAZO, expressa em m³. QM - é a QUANTIDADE DE GÁS entregue à COMPRADORA no PERÍODO DE FATURAMENTO, apurada pelo respectivo SISTEMA DE MEDIÇÃO, expressa em m³. VR - é o VOLUME REFERENCIAL de Faturamento, expresso em m³/dia. N - é o número de dias do respectivo mês do PERÍODO DE FATURAMENTO Caso, durante a vigência deste CONTRATO DE CURTO PRAZO, a BAHIAGÁS ofereça e o CLIENTE adquira contratos de venda semanal de gás natural, a QUANTIDADE DE GÁS retirada neste CONTRATO DE CURTO PRAZO será apurada pela diferença entre (i) a QUANTIDADE MEDIDA TOTAL (QMtotal) ao final de cada PERÍODO DE FATURAMENTO, convertida para as CONDIÇÕES DE REFERÊNCIA, e (ii) o VOLUME REFERENCIAL multiplicado pelo número de dias do PERÍODO DE FATURAMENTO, mais os volumes consumidos nos contratos de compra e venda de gás semanal, conforme fórmula seguir: QGRcp = QM total (VR x N + CVS), onde: QGRcp - é a QUANTIDADE DE GÁS retirada no PERÍODO DE FATURAMENTO, referente ao CONTRATO DE CURTO PRAZO, expressa em m³. QM - é a QUANTIDADE DE GÁS entregue à COMPRADORA no PERÍODO DE FATURAMENTO, apurada pelo respectivo SISTEMA DE MEDIÇÃO, expressa em m³. VR - é o VOLUME REFERENCIAL de Faturamento, expresso em m³/dia. N - é o número de dias do respectivo mês do PERÍODO DE FATURAMENTO. CVS - é a QUANTIDADE DE GÁS retirada na respectiva semana do PERÍODO DE FORNECIMENTO, referente aos CONTRATOS DE VENDA SEMANAL, expressa em m³. CLÁUSULA SEXTA GARANTIA DE FORNECIMENTO E RECEBIMENTO 6.1 Ressalvadas as situações de não entrega ou não recebimento de gás por falha no fornecimento ou em decorrência de Caso Fortuito ou de Força Maior, a QUANTIDADE DE GÁS retirada, apurada conforme Cláusula Quinta, deverá ser, na média diária de cada mês do PERÍODO DE FORNECIMENTO, igual ou superior a 30% (trinta por cento) da QDCcp. Página 3 de 12

4 6.2 Caso o CLIENTE retire em cada mês do PERÍODO DE FORNECIMENTO QUANTIDADE DE GÁS inferior a 30% (trinta por cento) da QDCcp, estará obrigado a pagar a BAHIAGÁS uma penalidade cujo valor será o produto (i) da diferença entre 30% (trinta por cento) da QDCcp e a média diária da QUANTIDADE DE GÁS retirada no CONTRATO DE CURTO PRAZO, apurada conforme Cláusula Quinta, pelo (ii) PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO; pelo (iii) número de dias do respectivo mês de fornecimento, conforme fórmula a seguir: Prm: Prm = (0,30 x QDCcp QGRcp) x PGcp x N, onde: o valor da penalidade por não cumprimento de retirada mínima, caso positiva; QDCcp: a QUANTIDADE DIÁRIA CONTRATUAL DE CURTO PRAZO para o mês do PERÍODO DE FORNECIMENTO, adquirida neste CONTRATO DE CURTO PRAZO conforme Cláusula Quarta; QGRcp: a QUANTIDADE DE GÁS retirada no respectivo mês do PERÍODO DE FORNECIMENTO, adquirida neste CONTRATO DE CURTO PRAZO conforme Cláusula Quinta; PGcp: o PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO, estabelecido na Cláusula Sétima; e N: é o número de dias de cada mês do PERÍODO DE FORNECIMENTO. 6.3 No caso de falha de fornecimento, a BAHIAGÁS pagará ao CLIENTE a penalidade calculada de acordo com a fórmula pré-estabelecida no CONTRATO DE LONGO PRAZO. CLÁUSULA SÉTIMA - PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO 7.1 O PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO (PGcp), nas CONDIÇÕES DE REFERÊNCIA, será o estipulado na tabela abaixo: PERÍODO DE FORNECIMENTO DD.MM.AAAA até DD.MM.AAAA DD.MM.AAAA até DD.MM.AAAA DD.MM.AAAA até DD.MM.AAAA DD.MM.AAAA até DD.MM.AAAA DD.MM.AAAA até DD.MM.AAAA DD.MM.AAAA até DD.MM.AAAA Valor (em R$/metros cúbicos) Para fins de faturamento, ao PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO (PGcp) serão acrescidos os valores correspondentes a todos os tributos federais, estaduais e municipais incidentes diretamente sobre a venda do GÁS e sobre as demais receitas deste CONTRATO DE CURTO PRAZO. Ao PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO (PGcp) não serão incluídos encargos financeiros em função do prazo de pagamento Observado o disposto no item acima, o recolhimento dos tributos (taxas, impostos, empréstimos compulsórios e contribuições, Página 4 de 12

5 sociais ou de melhorias), que sejam devidos em decorrência direta deste instrumento contratual ou de sua execução, é de exclusiva responsabilidade do contribuinte assim definido na norma tributária Se durante o prazo de vigência do CONTRATO DE CURTO PRAZO ocorrer a criação de novos tributos ou encargos, ou ainda a alteração de alíquotas e/ou bases de cálculo, que venham a alterar a BAHIAGÁS, o PREÇO DE CURTO PRAZO será aumentado proporcionalmente à majoração ocorrida. CLÁUSULA OITAVA - FATURAMENTO, FORMA E GARANTIA DE PAGAMENTO 8.1 Pelo fornecimento de GÁS durante o PERÍODO DE FORNECIMENTO, o valor do faturamento será determinado mediante a multiplicação (i) da QUANTIDADE DE GÁS efetivamente retirada a maior que o VOLUME REFERENCIAL no PERÍODO DE FATURAMENTO, limitada à soma da QUANTIDADE DIÁRIA CONTRATUAL DE CURTO PRAZO (QDCcp) para o respectivo PERÍODO DE FATURAMENTO, pelo (ii) PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO (PGcp), incluindo os tributos, conforme fórmula a seguir: F = QGRcp X PGcp, onde: F: o valor do faturamento no CONTRATO DE CURTO PRAZO; QGRcp: a QUANTIDADE DE GÁS retirada no PERÍODO DE FATURAMENTO, referente ao CONTRATO DE CURTO PRAZO em cada PERÍODO DE FORNECIMENTO, conforme Cláusula Quinta; PGcp: o PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO, incluindo os tributos, conforme Cláusula Sétima Caso o CLIENTE venha a contratar com a BAHIAGÁS, durante a vigência deste CONTRATO DE CURTO PRAZO, os contratos de venda semanal de gás natural, referidos no item , o valor do faturamento será determinado mediante a multiplicação (i) da QUANTIDADE DE GÁS efetivamente retirada a maior que a soma do VOLUME REFERENCIAL do PERÍODO DE FATURAMENTO, deduzindo-se a QUANTIDADE DE GÁS retirada na respectiva semana do PERÍODO DE FORNECIMENTO referente aos contratos de compra e venda de gás natural semanal, limitada à soma da QUANTIDADE DIÁRIA CONTRATUAL DE CURTO PRAZO (QDCCP) do respectivo PERÍODO DE FATURAMENTO, pelo (ii) PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO (PGCP), incluindo os tributos, conforme fórmula a seguir: F = QGRcp X PGcp, onde: F: o valor do faturamento no CONTRATO DE CURTO PRAZO; QGRcp: a QUANTIDADE DE GÁS retirada no PERÍODO DE FATURAMENTO, referente ao CONTRATO DE CURTO PRAZO em cada PERÍODO DE FORNECIMENTO, conforme Cláusula Quinta; PGcp: o PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO, incluindo os tributos, conforme Cláusula Sétima. Página 5 de 12

6 8.2 Para fins do item 8.1 acima, o PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO (PGcp), bem como suas frações, após acréscimo dos tributos aplicáveis, será arredondado na segunda casa decimal. 8.3 Pelo fornecimento de GÁS no mês correspondente a cada PERÍODO DE FORNECIMENTO, o valor a ser faturado, em cada PERÍODO DE FATURAMENTO, será obtido da seguinte forma: (a) O faturamento referente ao VOLUME REFERENCIAL será baseado no PREÇO DO GÁS estabelecido nos CONTRATOS DE LONGO PRAZO ou nas condições usuais de fornecimento; (b) O faturamento referente à QUANTIDADE DE GÁS do CONTRATO DE CURTO PRAZO será baseado no PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO (PGcp); (c) Excepcionalmente, caso o CLIENTE tenha retirado, no PERÍODO DE FATURAMENTO, uma QUANTIDADE DE GÁS superior a soma do VOLUME REFERENCIAL e QUANTIDADE DIÁRIA CONTRATUAL DE CURTO PRAZO (QDCcp), a QUANTIDADE DE GÁS que ultrapassar tal soma será faturada de acordo com os CONTRATOS DE LONGO PRAZO ou nas condições usuais de fornecimento. 8.4 Os valores devidos em função do fornecimento de GÁS, assim como quaisquer outros, no âmbito do presente CONTRATO DE CURTO PRAZO, serão incluídos nos DOCUMENTOS DE COBRANÇA que serão emitidos em decorrência dos CONTRATOS DE LONGO PRAZO, devendo ser respeitados seus prazos e vencimentos. 8.5 No caso de atraso no pagamento dos valores devidos neste CONTRATO DE CURTO PRAZO, o valor em atraso será apurado e faturado na forma estabelecida nos CONTRATOS DE LONGO PRAZO, inclusive com a incidência dos acréscimos moratórios neles prevista. CLÁUSULA NONA - VALOR DO CONTRATO DE CURTO PRAZO 9.1 É atribuído ao presente CONTRATO DE CURTO PRAZO o valor de R$ (X). Dada a natureza deste CONTRATO, o valor indicado é estimativo e não inclui impostos de qualquer natureza. CLÁUSULA DEZ - PROGRAMAÇÃO DO GÁS 10.1 Durante todo o PERÍODO DE FORNECIMENTO, para fins de programação pela BAHIAGÁS, o CLIENTE, mediante NOTIFICAÇÃO, deverá solicitar as quantidades de GÁS contratadas neste instrumento até às 17 horas do dia anterior ao seu consumo. CLÁUSULA ONZE PARADA PROGRAMADA 11.1 As PARTES acordam que os procedimentos de parada programada estabelecidos nos CONTRATOS DE LONGO PRAZO não serão aplicáveis aos volumes de GÁS fornecidos e adquiridos nos termos e durante a vigência deste CONTRATO DE CURTO PRAZO. Página 6 de 12

7 CLÁUSULA DOZE CASO FORTUITO OU FORCA MAIOR 12.1 Caracteriza-se como evento de Caso Fortuito ou de Força Maior as situações configuradas nos termos do artigo 393 e seu parágrafo único do Código Civil Brasileiro e que reúnam os seguintes pressupostos: (a) que a ocorrência se dê e permaneça fora do controle da PARTE afetada; (b) que a PARTE afetada não concorra direta ou indiretamente para a sua ocorrência; (c) que a atuação da PARTE afetada, conquanto diligente e tempestiva, não tenha sido suficiente para impedir ou atenuar sua ocorrência; (d) que sua ocorrência afete ou impeça diretamente o cumprimento, pela PARTE afetada, de uma ou mais obrigações previstas neste CONTRATO. CLÁUSULA TREZE - LEI APLICÁVEL E SOLUÇÂO DE CONTROVÉRSIAS 13.1 Aplica-se ao presente CONTRATO a legislação brasileira, em especial as normas técnicas e legais que disciplinam o Contrato de Concessão de Distribuição de Gás no Estado da Bahia As Partes acordam, como mecanismo de solução de controvérsia, a via judicial, elegendo, para tanto, o foro da Cidade de Salvador. CLÁUSULA QUATORZE - DOMICÍLIO E NOTIFICAÇÃO 14.1 Todas as NOTIFICAÇÕES referentes a este CONTRATO DE CURTO PRAZO deverão ser enviadas para os seguintes domicílios: (i) Companhia de Gás da Bahia BAHIAGÁS Avenida Tancredo Neves, 450, Ed. Suarez Trade, sala Caminho das Árvores CEP Salvador Bahia Telefone: (71) Fax: (71) Plantão Emergencial: (71) / (71) (ii) X 14.2 Qualquer uma das PARTES terá o direito de modificar seus dados para contato, acima indicados, mediante NOTIFICAÇÃO transmitida a outra Qualquer NOTIFICAÇÃO será considerada válida na data de seu efetivo e comprovado recebimento. Página 7 de 12

8 CLÁUSULA QUINZE - CESSÃO E ONERAÇÃO DE DIREITOS E OBRIGAÇÕES 15.1 O CONTRATO DE CURTO PRAZO, bem como os direitos e obrigações deles decorrentes, não poderão ser cedidos total ou parcialmente, empenhados ou de outra forma gravados, salvo com o consentimento por escrito da outra PARTE. CLÁUSULA DEZESSEIS - DISPOSIÇÕES GERAIS 16.1 O CONTRATO DE CURTO PRAZO constitui o completo entendimento das PARTES com relação ao seu objeto Quaisquer alterações, prorrogações, aditamentos ou modificações do CONTRATO DE CURTO PRAZO somente serão válidos se celebrados por escrito pelas PARTES, por meio de termo aditivo O CONTRATO DE CURTO PRAZO vinculará e obrigará as PARTES e seus respectivos sucessores e cessionários, a qualquer título, incluindo sem limitação as hipóteses de cisão, fusão ou incorporação de qualquer das PARTES As omissões deste CONTRATO DE CURTO PRAZO serão supridas pelas disposições do CONTRATO DE LONGO PRAZO, Termo de Compromissos ou condições usuais de fornecimento, desde que não sejam incompatíveis com os fins deste CONTRATO DE CURTO PRAZO e respeitada a alocação de volumes estabelecida no item 8.3 deste CONTRATO O inadimplemento de qualquer das PARTES em quaisquer outros contratos celebrados por elas não será considerado inadimplemento neste CONTRATO nem ocasionará a sua resolução, a aplicação de penalidade de qualquer natureza ou a suspensão de quaisquer obrigações aqui previstas O término ou a rescisão do CONTRATO DE CURTO PRAZO não eximirá as PARTES de suas obrigações em relação ao mesmo, que subsistam a seu término ou rescisão Cada uma das PARTES declara, pelo presente, que: (a) O CONTRATO DE CURTO PRAZO cria obrigações legais, válidas e vinculantes, exeqüíveis de acordo com seus termos e condições; (b) todas as autorizações necessárias para permitir a celebração do CONTRATO DE CURTO PRAZO e a execução de suas obrigações foram obtidas; (c) a assinatura, celebração e execução do CONTRATO DE CURTO PRAZO não conflita com (i) qualquer contrato que tenham celebrado; (ii) seus documentos constitutivos; (iii) legislação em vigor; (iv) decisão judicial; ou (v) normas regulatórias Qualquer tolerância ou mesmo na eventualidade de uma das PARTES deixar de exigir o cumprimento de qualquer obrigação prevista no CONTRATO DE CURTO PRAZO, tal prática não constituirá novação ou renúncia expressa ou tácita ao direito de fazê-lo em qualquer oportunidade. Qualquer renúncia ou novação a um direito estabelecido no CONTRATO DE CURTO PRAZO só será considerada válida e eficaz mediante manifestação por escrito da PARTE renunciante. Página 8 de 12

9 As PARTES, por seus representantes legais devidamente autorizados, expressam sua concordância com o teor integral do presente e assinam este CONTRATO DE CURTO PRAZO na data e local abaixo mencionados, em 2 (duas) vias de igual teor e para um só efeito, na presença de 2 (duas) testemunhas. Salvador, XXX de de COMPANHIA DE GÁS DA BAHIA S.A. BAHIAGÁS Davidson de Magalhães Santos Diretor Presidente José Eduardo Lima Barreto Diretor Técnico e Comercial X XX XX XX TESTEMUNHAS: Nome: CPF: Nome: CPF: Página 9 de 12

10 ANEXO I TERMOS DEFINIÇÕES ARREDONDAMENTO: significa que no cálculo dos preços, parcelas, fatores e índices, deste CONTRATO, será utilizado o seguinte critério de arredondamento: a) Se a casa decimal subseqüente ao algarismo a ser arredondado variar de 0 a 4, o algarismo a ser arredondado manterá seu valor; b) Se a casa decimal subseqüente ao algarismo a ser arredondado variar de 5 a 9, o algarismo a ser arredondado terá uma unidade somada ao seu valor. CALORIA (cal): significa 1 (uma) CALORIA é a quantidade de calor requerida para elevar a temperatura de 1 (um) grama de água pura de 14,5 ºC (quatorze e meio graus Celsius) até 15,5 ºC (quinze e meio graus Celsius) a pressão absoluta de Pa (cento e um mil e trezentos e vinte e cinco Pascals). Uma CALORIA equivale a J (quatro Joules e mil e oitocentos e cinqüenta e cinco décimos de milésimos). Uma QUILOCALORIA (kcal) significa (mil) CALORIAS. CONTRATO DE CURTO PRAZO: significa este contrato de compra e venda de GÁS natural, seus anexos e eventuais aditivos acordados pelas PARTES. CONTRATO(S) DE LONGO PRAZO: significa(m) o(s) contrato(s) de compra e venda de gás natural de longo prazo vigente(s), firmado(s) entre o CLIENTE e a BAHIAGÁS, considerando seus anexos e aditivos acordados pelas partes, cujo teor e efeitos não são alterados pelo presente CONTRATO DE CURTO PRAZO. CONDIÇÕES BASE: significam a temperatura de 20 C (vinte graus Celsius) e a pressão absoluta de Pa (cento e um mil e trezentos e vinte e cinco Pascals). CONDIÇÕES DE REFERÊNCIA: significam a temperatura de 20 C (vinte graus Celsius), a pressão absoluta de Pa (cento e um mil e trezentos e vinte e cinco Pascals) e o PODER CALORÍFICO SUPERIOR (PCS), em base seca, para o GÁS igual ao PODER CALORÍFICO DE REFERÊNCIA (PCR). DIA: corresponde a cada dia calendário do período de vigência do CONTRATO DE CURTO PRAZO, tendo início a 0:00h (zero hora) e término as 24:00h (vinte e quatro horas) do dia de que se trate, tendo como referência a GMT-3h. (Greenwich Meridian Time menos três horas). DIA ÚTIL: significa qualquer dia em que os bancos sejam obrigados a operar simultaneamente nas cidades das sedes da BAHIAGÁS e do CLIENTE. DOCUMENTO DE COBRANÇA: é qualquer fatura, nota fiscal, duplicata, nota Página 10 de 12

11 de débito, nota de crédito, bem como qualquer outro título ou NOTIFIÇÃO emitido por uma PARTE a outra para cobrança de valor que deva ser pago nos termos do CONTRATO. ESTAÇÃO DE REGULAÇÃO DE PRESSÃO E MEDIÇÃO (ERPM): conjunto de equipamentos destinados a regular a pressão, medir e registrar os volumes, pressões e temperaturas do gás fornecido ao CLIENTE. GÁS: mistura de hidrocarbonetos constituída essencialmente de metano, outros hidrocarbonetos e gases não combustíveis, que se extrai de reservatórios naturais e que, nas CONDIÇÕES BASE, se encontra no estado gasoso. METRO CÚBICO OU m 3 : corresponde a quantidade de GÁS que, nas CONDIÇÕES BASE, ocupa o volume de 1 (um) metro cúbico. NOTIFICACÃO: qualquer comunicação entre as PARTES cujo teor e recebimento possam ser provados pela PARTE emitente de forma inequívoca, tal como uma notificação judicial ou extrajudicial, carta ou qualquer outro meio de notificação escrita que ofereça garantias semelhantes de comprovação de recebimento. Serão válidas ainda como NOTIFICAÇÃO quaisquer trocas de informação de ordem operacional, de uma PARTE a outra, mediante telefonema gravado, transmissão de fac-símile ou comunicação eletrônica, em qualquer caso, com confirmação de recebimento, desde que realizadas entre as centrais operacionais das PARTES. OFERTA PÚBLICA DE GÁS NATURAL: significa a Oferta Pública de Volumes Adicionais de Gás Natural feita pela Bahiagás para seus clientes. PARTE(S): significam a BAHIAGÁS e o CLIENTE, quando em conjunto mencionadas. No singular, significa BAHIAGÁS ou CLIENTE, conforme o contexto. PERÍODO DE FATURAMENTO: é o período de dias acordado no CONTRATO DE LONGO PRAZO ou nas condições usuais de fornecimento para fins de faturamento. PERÍODO(S) DE FORNECIMENTO: (i) início a 00:00 h do dia DD/MM/AAAA e fim às 24:00 h do dia DD/MM/AAAA; (ii) início a 00:00 h do dia DD/MM/AAAA e fim às 24:00 h do dia DD/MM/AAAA; (iii) início a 00:00 h do dia DD/MM/AAAA e fim às 24:00 h do dia DD/MM/AAAA; (iv) início a 00:00 h do dia DD/MM/AAAA e fim às 24:00 h do dia DD/MM/AAAA; (v) início a 00:00 h do dia DD/MM/AAAA e fim às 24:00 h do dia DD/MM/AAAA; (vi) início a 00:00 h do dia DD/MM/AAAA e fim às 24:00 h do dia DD/MM/AAAA. PODER CALORÍFICO DE REFERÊNCIA (PCR): é igual ao PCS de Kcallm 3 (nove mil e quatrocentas QUILOCALORIAS por METRO CÚBICO). PODER CALORÍFICO SUPERIOR (PCS): é a quantidade de energia liberada, na forma de calor, na combustão completa de uma quantidade definida de GÁS com ar, a pressão constante e com todos os produtos de combustão retornando a temperatura inicial dos reagentes, sendo que a água formada na Página 11 de 12

12 combustão está no estado líquido. A determinação do PCS se fará com base no método ISO 6976 de 1995, ou suas revisões posteriores, com ARRENDODAMENTO para número inteiro, sua unidade será kcal/m³ (QUILOCALORIA POR METRO CÚBICO). PREÇO DO GÁS DE CURTO PRAZO: significa o preço do GÁS, em R$/m³ (reais por METRO CÚBICO), conforme especificado na Cláusula Sétima do CONTRATO DE CURTO PRAZO. QUANTIDADE DE GÁS: significa um volume de GÁS em metros cúbicos nas CONDIÇÕES DE REFERÊNCIA, com ARREDONDAMENTO para número inteiro. QUANTIDADE DIÁRIA CONTRATUAL DE CURTO PRAZO (QDCcp): significa a QUANTIDADE DE GÁS, em base diária e nas CONDIÇÕES DE REFERÊNCIA, adquirida pelo CLIENTE, informada no TERMO DE COMPROMISSO DE CURTO PRAZO e estabelecida no CONTRATO DE CURTO PRAZO. QUANTIDADE MEDIDA TOTAL (QMTOTAL): é a quantidade de GÁS entregue ao CLIENTE no DIA, conforme apurada pelo respectivo SISTEMA DE MEDIÇÃO, expressa em METROS CÚBICOS nas CONDIÇÕES BASE. SISTEMA DE MEDIÇÃO: significa o conjunto de equipamentos mecânicos e eletro-eletrônicos, situado na ERPM, destinada a medir o volume de GÁS entregue ao CLIENTE. TERMO DE COMPROMISSO DE CURTO PRAZO: é o Termo de Compromisso assinado entre a BAHIAGÁS e o CLIENTE para estabelecer as quantidades de gás natural e os preços máximos acordados entre as PARTES. VOLUME REFERENCIAL: é o volume de m³/dia nas CONDIÇÕES REFERÊNCIA Página 12 de 12

ANEXO II ACORDO DE CONFIDENCIALIDADE

ANEXO II ACORDO DE CONFIDENCIALIDADE ANEXO II ACORDO DE CONFIDENCIALIDADE TELEFONICA BRASIL S.A, com sede à Rua Martiniano de Carvalho, nº. 851, na cidade de São Paulo, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 02.558.157/0001-62, neste ato representada

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE,

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE, CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE, QUE ENTRE SI CELEBRAM, LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A, DE UM LADO, E XXXXXXXXX, DE OUTRO LADO. LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE

Leia mais

A GNSPS e o CLIENTE são designados conjuntamente como PARTES, e, individual e indistintamente, PARTE ;

A GNSPS e o CLIENTE são designados conjuntamente como PARTES, e, individual e indistintamente, PARTE ; CONTRATO DE FORNECIMENTO DE GÁS NATURAL CANALIZADO DE CURTO PRAZO QUE ENTRE SI CELEBRAM, DE UM LADO GAS NATURAL SÃO PAULO SUL S.A, E DE OUTRO, XXXXXXX, NA FORMA ABAIXO: GAS NATURAL SÃO PAULO SUL S.A, estabelecida

Leia mais

=CONTRATO 01/2013 LOCAÇÃO DE SOFTWARE=

=CONTRATO 01/2013 LOCAÇÃO DE SOFTWARE= =CONTRATO 01/2013 LOCAÇÃO DE SOFTWARE= CONTRATO PARA LOCAÇÃO DE SOFTWARE - PROGRAMA PARA GERENCIAMENTO DOS DADOS PREVIDENCIÁRIOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS CIVIS DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE DO SUL E CESSÃO

Leia mais

CONTRATO Nº. 042/2014

CONTRATO Nº. 042/2014 CONTRATO Nº. 042/2014 TERMO DE CONTRATO Nº. 042/2014, FIRMADO ENTRE A CODER - COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE RONDONÓPOLIS E A EMPRESA ALOISIO BORGES DE FARIAS ME, PARA: FORNECIMENTO DE PÃES FRANCÊS, COMO

Leia mais

Anexo 1.2.7 : Modelo de instrumento de cessão de crédito sem coobrigação

Anexo 1.2.7 : Modelo de instrumento de cessão de crédito sem coobrigação Anexo 1.2.7 : Modelo de instrumento de cessão de crédito sem coobrigação INSTRUMENTO PARTICULAR DE CESSÃO DE CRÉDITOS SEM COOBRIGAÇÃO Por este instrumento, as partes a seguir designadas e qualificadas,

Leia mais

CONTRATO Nº 104/2014

CONTRATO Nº 104/2014 CONTRATO Nº 104/2014 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE CELEBRAM O MUNICÍPIO DE SANTANA DA BOA VISTA/RS E A EMPRESA POLYTEK COMERCIO E SERVIÇOS DE INFORMATICA LTDA. O MUNICÍPIO DE SANTANA

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SCM

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SCM CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SCM Contrato que entre si celebram Edmilson de Lima Araújo - ME, inscrito no CNPJ sob o nº 00552496/0001-06, Inscrição Estadual 24837800-7, situado a Av. Dr. Jayme Carneiro Lopes

Leia mais

Câmara Municipal de Jacutinga Estância Hidromineral

Câmara Municipal de Jacutinga Estância Hidromineral CONTRATO N.º 006/2015 PROCESSO N.º 008/2015 DISPENSA N.º 005/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE IMPLANTAÇÃO DO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA NA INTERNET QUE CELEBRAM A CÂMARA MUNICIPAL DE JACUTINGA E

Leia mais

ANEXO 10-A MINUTA DE TERMO DE DAÇÃO EM PAGAMENTO DO IMÓVEL

ANEXO 10-A MINUTA DE TERMO DE DAÇÃO EM PAGAMENTO DO IMÓVEL ANEXO 10-A MINUTA DE TERMO DE DAÇÃO EM PAGAMENTO DO IMÓVEL Pelo presente instrumento, o ESTADO DO CEARÁ, representado pela SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA DO ESTADO DO CEARÁ SEINFRA, pessoa jurídica de Direito

Leia mais

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DO MVP WEB

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DO MVP WEB CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DO MVP WEB Contrato de Prestação de Serviços que entre si fazem {{customer_full_name}}, com registro no {{customer_document_kind}} sob o n {{customer_document_number}}, com

Leia mais

TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA

TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA A FAEL E O POLO (NOME FANTASIA) CELEBRAM O PRESENTE TERMO VISANDO A ANTECIPAÇÃO DE VALORES, PARA UTILIZAÇÃO EXCLUSIVA EM MÍDIA, COMO

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, as partes abaixo identificadas (i), registrada na Junta Comercial do Estado de sob o nº, inscrita no

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS Palácio Fulgêncio Alves Soyer

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS Palácio Fulgêncio Alves Soyer CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. 010/2013 Termo de contrato de locação de softwares que entre si celebram a CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS, pessoa jurídica de direito público, com sede na Praça Santana,

Leia mais

1. Alterar os itens 1.3, 1.3.1, 1.5 e 1.5.1 e acrescentar item 1.3.2 da Cláusula Primeira do Contrato, com a seguinte redação:

1. Alterar os itens 1.3, 1.3.1, 1.5 e 1.5.1 e acrescentar item 1.3.2 da Cláusula Primeira do Contrato, com a seguinte redação: PRIMEIRO ADITIVO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E FORNECIMENTO DE INFRA-ESTRUTURA DE ACESSO A SERVIÇOS INTERNET DE BANDA ESTREITA DIAL PROVIDER Pelo presente instrumento particular, de um lado, na

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS LIVRE TELECOM COM. E SERV. EM TELECOMUNICAÇÕES LTDA., sociedade regularmente constituída com sede na Av. Cásper Líbero, 383 8 andar

Leia mais

CONTRATO Nº 027/11 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE VARRIÇÃO DAS RUAS, AVENIDAS E CALÇADAS DA CIDADE.

CONTRATO Nº 027/11 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE VARRIÇÃO DAS RUAS, AVENIDAS E CALÇADAS DA CIDADE. CONTRATO Nº 027/11 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE VARRIÇÃO DAS RUAS, AVENIDAS E CALÇADAS DA CIDADE. Contrato de Prestação de Serviços, que celebram entre si, o MUNICÍPIO DE CANDELÁRIA e a empresa AIDA COIMBRA

Leia mais

CONVÊNIO Nº 004/2011-TJAP

CONVÊNIO Nº 004/2011-TJAP CONVÊNIO Nº 004/2011-TJAP CONVÊNIO DE PARCERIA PARA CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ E O BANCO GERADOR S.A. O, com sede em Macapá, Capital

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETIVO

CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETIVO CONTRATO DE INDIVIDUALIZAÇÃO DE LIGAÇÕES DE ÁGUA EM ATENDIMENTO AO ---------------------- -------------------------- DECORRENTE DO PROTOCOLO SANASA Nº. -------- --------/-------. Pelo presente instrumento

Leia mais

*ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973.

*ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973. *ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973. CONTRATO DE LOCAÇÃO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LOCAÇÃO DE BEM MÓVEL Contrato

Leia mais

TERMO DE CONTRATO Nº 015 /SMDHC/2013 INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PROCESSO Nº 2013-0.342.998-1

TERMO DE CONTRATO Nº 015 /SMDHC/2013 INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PROCESSO Nº 2013-0.342.998-1 TERMO DE CONTRATO Nº 015 /SMDHC/2013 INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PROCESSO Nº 2013-0.342.998-1 CONTRATANTE: CONTRATADA: OBJETO DO CONTRATO: VALOR TOTAL: SECRETARIA MUNICIPAL DE DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA

Leia mais

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA.

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA. CONTRATO Nº 003/2013 - PARANACIDADE CONTRATO DE SEGURO, POR PREÇO GLOBAL FIXO QUE ENTRE SI CELEBRAM O SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO PARANACIDADE E A EMPRESA MARÍTIMA SEGUROS S/A, NA FORMA ABAIXO: O Serviço Social

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO PARA FORNECIMENTO DE GAS CANALIZADO - SEGMENTO RESIDENCIAL

CONTRATO DE ADESÃO PARA FORNECIMENTO DE GAS CANALIZADO - SEGMENTO RESIDENCIAL COMPANHIA DE GÁS DA BAHIA - BAHIAGÁS, concessionária estadual de serviços de distribuição de gás canalizado, conforme Decreto Estadual nº 4.401/1991, sociedade anônima de economia mista, inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

MUNICÍPIO DE MAUÉS TERRA DO GUARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÉS TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014.

MUNICÍPIO DE MAUÉS TERRA DO GUARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÉS TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014. TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014. TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA, celebrado entre o MUNICÍPIO DE MAUÉS, por intermédio da PREFEITURA

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 105/PGM/2011 - PROCESSO Nº 06.3467-00/2011

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 105/PGM/2011 - PROCESSO Nº 06.3467-00/2011 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA - SEMFAZ, DE UM LADO, E DO OUTRO O BANCO DO BRASIL S.A., PARA OS FINS QUE ESPECIFICAM. Aos vinte

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO TAQUARI

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO TAQUARI CONTRATO Nº 051/2016 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO/FORNECIMENTO QUE FAZEM ENTRE SI, DE UM LADO O MUNICIPIO DE ALTO TAQUARI MT E DE OUTRO LADO A EMPRESA ADARI BARBOSA DE QUEIROZ - ME. O Município de

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO TAQUARI

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO TAQUARI CONTRATO N.º 017/2015 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR. O Município de Alto Taquari - Estado de Mato Grosso, pessoa jurídica de direito público

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

O mútuo, objeto deste contrato, será concedido conforme condições que se seguem:

O mútuo, objeto deste contrato, será concedido conforme condições que se seguem: SÃO PARTES DESTE CONTRATO: CONTRATO DE EMPRÉSTIMO FUNCEF NA MODALIDADE DE CREDINÂMICO FUNCEF 13º SALÁRIO QUE ENTRE SI FAZEM AS PARTES ABAIXO IDENTIFICADAS, NAS CONDIÇÕES QUE SE SEGUEM: A FUNDAÇÃO DOS ECONOMIÁRIOS

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º 060/2015 PROCESSO N.º 0609/2015 04/08/2015 ASSINATURA ANUAL DE ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA

CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º 060/2015 PROCESSO N.º 0609/2015 04/08/2015 ASSINATURA ANUAL DE ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º 060/2015 PROCESSO N.º 0609/2015 04/08/2015 ASSINATURA ANUAL DE ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA I Das Partes CLÁUSULA PRIMEIRA Pelo presente Contrato e na melhor forma de direito, de

Leia mais

Anexo H MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - PJ

Anexo H MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - PJ Anexo H MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - PJ CONTRATO n /2007 Contrato de Prestação de Serviços de Consultoria / Instrutoria, que entre si celebram o SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS Pelo presente instrumento particular, a Empresa Marcia Regina Machado Santos Valiati, como CONTRATADA, pessoa jurídica de direito privado, de caráter técnico-científico

Leia mais

CONTRATO PRELIMINAR DE LOCAÇÃO COM CLÁUSULA RESOLUTIVA

CONTRATO PRELIMINAR DE LOCAÇÃO COM CLÁUSULA RESOLUTIVA PROCESSO DEJUR Nº /2006 CONTRATO DAF Nº /2006 CONTRATO PRELIMINAR DE LOCAÇÃO COM CLÁUSULA RESOLUTIVA IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADORA: EMPRESA DE TURISMO DA BAHIA S/A - BAHIATURSA, com sede

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA Estado do Espírito Santo

CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA Estado do Espírito Santo CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA ES. CONTRATO Nº. 001/2014. PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO Nº. 018/2013. Contrato de Prestação de Serviços que celebram a CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA e ESSENCIALNET

Leia mais

CONTRATO DE TEF, COMODATO E/OU COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DE RECARGA

CONTRATO DE TEF, COMODATO E/OU COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DE RECARGA TENDENCIA COD CONTRATO DE TEF, COMODATO E/OU COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DE RECARGA Pelo presente instrumento particular, de um lado TENDÊNCIA INFORMAÇÕES E SISTEMAS LTDA., com sede na Rua São Jorge, 103,

Leia mais

a seguir denominadas individualmente de Parte e em conjunto de Partes.

a seguir denominadas individualmente de Parte e em conjunto de Partes. TERMO DE COMPROMISSO CELEBRADO ENTRE A EMPRESA TELECOMUNCIAÇÕES LTDA E A TELEFÔNICA BRASIL S.A. TELEFÔNICA EMPRESA., inscrita no CNPJ sob o nº 00.000.000/0001-91, com sede na Rua YYY,, n nn, na cidade

Leia mais

REGULAMENTO APLICÁVEL ÀS LETRAS DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO

REGULAMENTO APLICÁVEL ÀS LETRAS DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO REGULAMENTO APLICÁVEL ÀS LETRAS DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO BANCO CRUZEIRO DO SUL S.A., instituição financeira com sede na Cidade e Estado de São Paulo, na Rua Funchal, nº 418, 7º a 9º andares, Vila Olímpia,

Leia mais

CONTRATO Nº 2015/003

CONTRATO Nº 2015/003 CONTRATO Nº 2015/003 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DO MÉDIO VALE DO ITAJAÍ - CIMVI E MARISE TERESINHA HEINIG OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA EM GESTÃO DE

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE COMPRA E VENDA

MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE COMPRA E VENDA MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE COMPRA E VENDA TERMO DE COMPROMISSO DE COMPRA E VENDA DE BEM IMÓVEL QUE ENTRE SI FAZEM A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE - FUNIARP E. Na forma abaixo: FUNDAÇÃO

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA Nº CCV /00

CONTRATO DE COMPRA E VENDA Nº CCV /00 CONTRATO DE COMPRA E VENDA Nº CCV /00 Pelo presente instrumento particular de contrato de compra e venda, entre partes, a saber, de um lado, (VENDEDORA), doravante denominada VENDEDORA, com sede na, Bairro,

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE GÁS NATURAL CANALIZADO CONTENDO AS CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE GÁS CANALIZADO REFERENTES AOS CLIENTES COMERCIAIS

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE GÁS NATURAL CANALIZADO CONTENDO AS CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE GÁS CANALIZADO REFERENTES AOS CLIENTES COMERCIAIS CONTRATO DE FORNECIMENTO DE GÁS NATURAL CANALIZADO CONTENDO AS CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE GÁS CANALIZADO REFERENTES AOS CLIENTES COMERCIAIS DA CEG 1.º PARTES a) CEG: COMPANHIA DISTRIBUIDORA DE

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DO NORTE MT CNPJ.: 03.238.672/0001-28

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DO NORTE MT CNPJ.: 03.238.672/0001-28 CONTRATO Nº 79/2013 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES QUE CELEBRAM A PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DO NORTE-MT E 14 BRASIL TELECOM CELULAR S/A NA FORMA ABAIXO: O MUNÍCIPIO DE

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA DA FRAÇÃO SECA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: DOMICILIAR, COMERCIAL E INDUSTRIAL RECICLÁVEIS OU

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA DA FRAÇÃO SECA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: DOMICILIAR, COMERCIAL E INDUSTRIAL RECICLÁVEIS OU CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA DA FRAÇÃO SECA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: DOMICILIAR, COMERCIAL E INDUSTRIAL RECICLÁVEIS OU REUTILIZÁVEL. Abril de 2014 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA

CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA Por este instrumento, em que são partes: de um lado a TELEFÔNICA BRASIL S.A., concessionária do Serviço Telefônico

Leia mais

CONTRATO Nº 2015/001

CONTRATO Nº 2015/001 CONTRATO Nº 2015/001 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DO MÉDIO VALE DO ITAJAÍ - CIMVI E JF SITES OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS HOSPEDAGEM DE WEBSITE. O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL

Leia mais

CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES NOS MERCADOS ADMINISTRADOS POR BOLSA DE VALORES E/OU POR ENTIDADE DO MERCADO DE BALCÃO ORGANIZADO

CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES NOS MERCADOS ADMINISTRADOS POR BOLSA DE VALORES E/OU POR ENTIDADE DO MERCADO DE BALCÃO ORGANIZADO CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES NOS MERCADOS ADMINISTRADOS POR BOLSA DE VALORES E/OU POR ENTIDADE DO MERCADO DE BALCÃO ORGANIZADO NOVA FUTURA DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LETHALLHOST TEAMSPEAK

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LETHALLHOST TEAMSPEAK CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LETHALLHOST TEAMSPEAK CONTRATO: CN-613XXXXXXXXXXXX A LETHALLHOST NETWORKING, Provê serviços de aluguel de servidor de TeamSpeak. Tem a responsabilidade de proteger cada

Leia mais

CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS

CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE CONTRATO DICQ Nº / (à ser preenchido pelo DICQ) DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALI- DADE DE LABORATÓRIO

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE FIANÇA CURSO DE MEDICINA BACHARELADO FAMINAS-ME

INSTRUMENTO PARTICULAR DE FIANÇA CURSO DE MEDICINA BACHARELADO FAMINAS-ME INSTRUMENTO PARTICULAR DE FIANÇA CURSO DE MEDICINA BACHARELADO FAMINAS-ME 1. (FIADOR), naturalidade:, estado civil:, profissão:, data de nascimento: / /, residente e domiciliado na cidade de:, estado:,cep:

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP PHONEX

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP PHONEX CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP PHONEX São partes deste Contrato: O CLIENTE devidamente qualificado na Proposta Comercial PHONEX parte integrante deste contrato,

Leia mais

Contrato. 22/01/2015 Registro.br Contrato. $Revision: 873 $ $Date: 2011 09 16 11:35:12 0300 (Fri, 16 Sep 2011) $

Contrato. 22/01/2015 Registro.br Contrato. $Revision: 873 $ $Date: 2011 09 16 11:35:12 0300 (Fri, 16 Sep 2011) $ Contrato $Revision: 873 $ $Date: 2011 09 16 11:35:12 0300 (Fri, 16 Sep 2011) $ CONTRATO PARA REGISTRO DE NOME DE DOMÍNIO SOB O ".BR" O NÚCLEO DE INFORMAÇÃO E COORDENAÇÃO DO PONTO BR NIC.br, inscrito no

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO SESC/AR/DF DF 2013 CF XXX

CONTRATO DE FORNECIMENTO SESC/AR/DF DF 2013 CF XXX CONTRATO DE FORNECIMENTO SESC/AR/DF DF 2013 CF XXX Contrato de Fornecimento de Ribbon para Impressora Datacard SP 55 Plus que entre si celebram o Serviço Social do Comércio Administração Regional do Distrito

Leia mais

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A ISO 9001:2000

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A ISO 9001:2000 CONTRATO ESPECIAL DE FIDELIDADE PARA FORNECIMENTO DE ÁGUA POTÁVEL, COLETA/ AFASTAMENTO E TRATAMENTO DE ESGOTO, QUE ENTRE SI CELEBRAM A SOCIEDADE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E SANEAMENTO - SANASA CAMPINAS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JANDAIA DO SUL CNPJ: 75771204/0001-25

PREFEITURA MUNICIPAL DE JANDAIA DO SUL CNPJ: 75771204/0001-25 CONTRATO Nº. 48/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE JANDAIA DO SUL E A EMPRESA PORTO SEGURO COMPANHIA DE SEGUROS GERAIS O Município de Jandaia do Sul pessoa jurídica

Leia mais

MINUTA CONVÊNIO Nº 004/2010-TJAP

MINUTA CONVÊNIO Nº 004/2010-TJAP MINUTA CONVÊNIO Nº 004/2010-TJAP CONVÊNIO DE PARCERIA PARA CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ E O BANCO BMG S/A O, com sede em Macapá, Capital

Leia mais

ASSESSORIA JURÍDICA CONTRATO PARA COMPRA DE VALE TRANSPORTE

ASSESSORIA JURÍDICA CONTRATO PARA COMPRA DE VALE TRANSPORTE CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º 010/2015 PROCESSO N.º 0041/2015 24/02/2015 CONTRATO PARA COMPRA DE VALE TRANSPORTE I Das Partes CLÁUSULA PRIMEIRA Pelo presente Contrato e na melhor forma de direito, de um

Leia mais

EDITAL DE OFERTA PÚBLICA PARA COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA CONVENCIONAL 002_2014 COPEN COMPANHIA DE PETRÓLEO E ENERGIA S/A

EDITAL DE OFERTA PÚBLICA PARA COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA CONVENCIONAL 002_2014 COPEN COMPANHIA DE PETRÓLEO E ENERGIA S/A EDITAL DE OFERTA PÚBLICA PARA COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA CONVENCIONAL 002_2014 COPEN COMPANHIA DE PETRÓLEO E ENERGIA S/A A oferta pública ( OFERTA PÚBLICA ou leilão ) e os procedimentos a ela relativos

Leia mais

ANEXO 5 TERMO DE CONSTITUIÇÃO DE CONSÓRCIO

ANEXO 5 TERMO DE CONSTITUIÇÃO DE CONSÓRCIO ANEXO 5 TERMO DE CONSTITUIÇÃO DE CONSÓRCIO Termo de Constituição de Consórcio 1 As Partes: A empresa (Nome da Empresa)..., com sede na cidade de..., (Endereço)..., com CNPJ n o..., Inscrição Estadual...,

Leia mais

ANEXO VIII MINUTA CONTRATUAL

ANEXO VIII MINUTA CONTRATUAL ANEXO VIII MINUTA CONTRATUAL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM AS ENTIDADES DO SISTEMA INDÚSTRIA (CNI, SESI/DN, SENAI/DN E IEL/NC) E A EMPRESA [INSERIR NOME DA EMPRESA] PROCESSO SAP

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA ASSESSORIA JURÍDICA DA DIREÇÃO-GERAL

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA ASSESSORIA JURÍDICA DA DIREÇÃO-GERAL CONTRATO DE SERVIÇO PARA EMOLUÇÃO DE TERMINAL EM MICROCOMPUTADOR E ENDEREÇAMENTO DE IMPRESSORA, CONECTADOS EM REDE LOCAL EML PROCESSO N.º 3920-09.00/13-2 CONTRATO AJDG 134/2013 DRC-265/2013 O ESTADO DO

Leia mais

FESG FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA FAFICH FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS. Contrato nº 100/2014. CLÁUSULA PRIMEIRA Das Partes

FESG FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA FAFICH FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS. Contrato nº 100/2014. CLÁUSULA PRIMEIRA Das Partes Contrato para locação equipamentos de informática, destinado a Manutenção e Administração da FESG/FAFICH Que entre si celebram a FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA e a empresa ANTONIO JOSE ALVES CARDOSO

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº:

CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº: CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº: LOCADOR: Salão de Beleza ou (Estética), situado na Rua, Bairro, CEP, Cidade, Estado, inscrito no CNPJ sob o número, Alvará Municipal

Leia mais

ANEXO II. MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar

ANEXO II. MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar ANEXO II MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar O MUNICÍPIO DE Caçapava do Sul, pessoa jurídica de direito público, inscrito

Leia mais

VALECARDLOGÍSTICA. Contrato para Geração Gratuita do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT

VALECARDLOGÍSTICA. Contrato para Geração Gratuita do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT VALECARDLOGÍSTICA Contrato para Geração Gratuita do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT Por este instrumento particular, as PARTES, de um lado como CONTRATADA, a Empresa autorizada a utilizar

Leia mais

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA GENERAL SHOPPING BRASIL S.A CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.833

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA GENERAL SHOPPING BRASIL S.A CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.833 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA GENERAL SHOPPING BRASIL S.A CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.833 CLÁUSULA 1. OBJETIVOS DA OUTORGA DE OPÇÕES 1.1 Os objetivos do Plano de Opção de Compra

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL GERDAU PREVIDÊNCIA

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL GERDAU PREVIDÊNCIA REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL GERDAU PREVIDÊNCIA Capítulo I Da Finalidade Artigo 1 - O presente Regulamento de Empréstimo Pessoal, doravante denominado Regulamento, tem por finalidade definir normas

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: Obra24horas Soluções Web para Engenharia Ltda., com sede na Rua Formosa, 75 1º andar

Leia mais

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO Instrumento Particular de Contrato referente ao PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG, que entre si fazem o Serviço Social do Comércio

Leia mais

Anexo II. Minuta de Contrato

Anexo II. Minuta de Contrato Anexo II Minuta de Contrato CONTRATO QUE ENTRE SI FAZEM, DE UM LADO FUNDAÇÃO ZERBINI, E DO OUTRO, A EMPRESA XXXXXXXXXXXXXXX, PARA O FIM QUE NELE SE DECLARA. (Convite n.º 006/2008) Pelo presente instrumento

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O CENTRO DE INTEGRAÇÃO EMPRESA-ESCOLA DO RIO GRANDE DO SUL CIEE/RS 091/2007- SEF O MUNICIPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CHARQUEADAS Estado do Rio Grande do Sul

PREFEITURA MUNICIPAL DE CHARQUEADAS Estado do Rio Grande do Sul CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. _/2009 CONVITE Nº. 012/2009 PROCESSO Nº. 51030/2009 Contrato firmado entre o Município de Charqueadas e a empresa para a prestação de serviços de internet via rádio

Leia mais

SERVIÇO registro e administração de domínios

SERVIÇO registro e administração de domínios CONTRATO DE SERVIÇO registro e administração de domínios Avenida Bandeirantes, 1307 - Centro - Rondonópilis - MT 66 3022.3421 - duvidas@ravehost.com.br As partes abaixo nominadas e qualificadas, têm, entre

Leia mais

CONTRATO DE COMODATO DE FERRAMENTAL

CONTRATO DE COMODATO DE FERRAMENTAL CONTRATO DE COMODATO DE FERRAMENTAL Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, as partes: MERCEDES-BENZ DO BRASIL LTDA., com sede na Avenida Alfred

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe

Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe CONVÊNIO Nº 005/07 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE E SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO TIRADENTES S/S LTDA. O PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE, sediado na Praça Fausto Cardoso,

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO

ACORDO DE COOPERAÇÃO ACORDO DE COOPERAÇÃO DEFINE O ACORDO DE COOPERAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E O CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO ESPIRITO SANTO - CREA/ES, PARA CONCESSÃO

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFRA ESTRUTRA E DE TELEFONIA.

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFRA ESTRUTRA E DE TELEFONIA. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFRA ESTRUTRA E DE TELEFONIA. Pelo presente instrumento particular de Contrato de Prestação de Serviços de Telefonia (doravante designado simplesmente Contrato ) o

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS ÍNDICE I Informações Iniciais... 4 II Glossário... 4 III Objetivo... 5 IV Natureza do Título... 5 V Vigência... 5 VI Pagamento... 5 VII Carência...

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA

CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA CONTRATO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO PLANO SUPER LIGAÇÃO 15 TARIFA ÚNICA TODO DIA TODA HORA Por este instrumento, em que são partes: de um lado a TELEFÔNICA BRASIL S.A, prestadora do serviço telefônico

Leia mais

(NOME DO PROVEDOR), (QUALIFICAÇÃO DO PROVEDOR), doravante denominada simplesmente PROVEDOR.

(NOME DO PROVEDOR), (QUALIFICAÇÃO DO PROVEDOR), doravante denominada simplesmente PROVEDOR. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE BILHETAGEM E VALORAÇÃO DE CHAMADAS PARA INTERNET, ATENDIMENTO À CLIENTES E LANÇAMENTO DE CRÉDITO EM CONTA TELEFÔNICA, firmado entre TELEMAR NORTE LESTE S/A de um lado

Leia mais

ICATU SEGUROS Condições Gerais Página 1

ICATU SEGUROS Condições Gerais Página 1 CONDIÇÕES GERAIS DO PU114P I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73 PLANO PU114P MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.005166/2011-99II

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº /

CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº / CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº / Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, (Nome da empresa CONTRATANTE), pessoa jurídica de direito privado com

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900570/2013-30 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

Rua Frei Caneca, 1398/1402 Consolação São Paulo/SP - CEP 01307-002.

Rua Frei Caneca, 1398/1402 Consolação São Paulo/SP - CEP 01307-002. TERMO DE CONTRATO EMERGENCIAL Nº. 246/2014 PROCESSO Nº: 2014.0.320.090-0 CONTRATANTE: AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL CONTRATADA: G4S INTERATIVA SERVICE LTDA. CNPJ/MF Nº: 02.812.740/0001-58 OBJETO DO CONTRATO:

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CURSO DE FOTOGRAFIA

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CURSO DE FOTOGRAFIA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CURSO DE FOTOGRAFIA Objeto deste contrato: Curso Completo de Fotografia Digital Por este instrumento particular de contrato de um lado AG2 BRASIL LTDA AGENCIA DE PUBLICIDADE,

Leia mais

TERMO DE AJUSTE DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA

TERMO DE AJUSTE DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA LEILÃO ACL Nº 02/2015 ANEXO V MINUTA DO TERMO DE AJUSTE DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA TERMO DE AJUSTE DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA CHESF X EMPRESA. TACVEE XXX / 2015 TERMO DE AJUSTE DE

Leia mais

B - Programa de Inclusão, Capacitação para Filhos, Dependentes Legais e Estudantes

B - Programa de Inclusão, Capacitação para Filhos, Dependentes Legais e Estudantes Bolsas de estudo A - Programa de Capacitação do PROFESSOR/AUXILIAR Todo PROFESSOR/AUXILIAR tem direito a bolsa de estudo integral, incluindo matrícula, em cursos de graduação, sequenciais e pós-graduação

Leia mais

CONTRATO DE ARMAZENAMENTO, HOSPEDAGEM, DISPONIBILIZAÇÃO RESTRITA E MANDATO

CONTRATO DE ARMAZENAMENTO, HOSPEDAGEM, DISPONIBILIZAÇÃO RESTRITA E MANDATO CONTRATO DE ARMAZENAMENTO, HOSPEDAGEM, DISPONIBILIZAÇÃO RESTRITA E MANDATO FÁBRICA DE SUCESSOS LTDA. ME, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob Nº 14.464.760/0001-64, com sede na Alameda

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE CONTRATO DE COMPRA E VENDA PROCESSO LICITATÓRIO Nº.: 037/2014 PREGÃO PRESENCIAL Nº.: 025/2014 CONTRATO Nº 067/2014 O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE,

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL 051/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N.º 051/2015

PREGÃO PRESENCIAL 051/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N.º 051/2015 PREGÃO PRESENCIAL 051/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N.º 051/2015 Aos cinco dias do mês de outubro de 2015, O Município de SANTA CRUZ CABRÁLIA, pessoa jurídica de direito público interno inscrito no CNPJ

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 006/2013

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 006/2013 CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 006/2013 PROCESSO ADMNISTRATIVO Nº. 117/2013 Dispensa de Licitação Art. 24, II, da Lei 8.666/93 Pelo presente instrumento que entre si celebram CÂMARA MUNICIPAL DE ALFREDO CHAVES,

Leia mais

CONVÊNIO DE ADESÃO QUE CELEBRAM

CONVÊNIO DE ADESÃO QUE CELEBRAM Aprovado pela Portaria DITEC/PREVIC/MPS nº 44, de 31 de janeiro de 2013. (publicada no DOU nº 24, de 04 de fevereiro de 2013, Seção 1, Página 50) CONVÊNIO DE ADESÃO QUE CELEBRAM A UNIÃO E A FUNDAÇÃO DE

Leia mais

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS II - GLOSSÁRIO PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU HARTFORD CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº 9431/2015

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº 9431/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº 9431/2015 TERMO DE CONTRADO QUE ENTRE SÍ CELEBRAM A [EMPRESA CLIENTE] E A PBSYS AUTOMAÇÃO COMERCIAL LTDA ME PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE IMPLANTAÇÃO

Leia mais

CG DA MODALIDADE POPULAR PM CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.

CG DA MODALIDADE POPULAR PM CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076. CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 226 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº:

Leia mais

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO SEÇÃO DE LEGISLAÇÃO

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO SEÇÃO DE LEGISLAÇÃO LEI Nº 5.550, DE 21 DE AGOSTO DE 2015. Autoriza o Município de Alegrete, através do Poder Executivo, a firmar Termo de Cooperação com o Hospital Nossa Senhora da Conceição S.A., empresa integrante do Grupo

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo LEI Nº 2.147, DE 10 DE FEVEREIRO DE 2014. Autoriza o Executivo Municipal de Pareci Novo a conceder auxílio financeiro ao Grupo da Terceira Idade Bem Viver. O PREFEITO MUNICIPAL DE PARECI NOVO, RS, no uso

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA

CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA 1 CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA I PARTES: a) Sócia 2, doravante denominada simplesmente PROMITENTE VENDEDOR CEDENTE;

Leia mais

Termo de Cooperação Nº XXX/2015. especificam.

Termo de Cooperação Nº XXX/2015. especificam. Termo de Cooperação Nº XXX/2015 Termo de Cooperação que entre si celebram a Secretaria de Estado da Fazenda e a XXXXXXXXXXXXXXX, para fins que especificam. A SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA SEFA/PR, com

Leia mais

CONVÊNIO Nº 011/ 2015

CONVÊNIO Nº 011/ 2015 CONVÊNIO Nº 011/ 2015 CONVÊNIO ENTRE O / RN E A ASSOCIAÇÃO CAICOENSE DE ATLETISMO EQUIPE CAICÓ RUAS, NA FORMA INDICADA. O RN (PREFEITURA MUNICIPAL), Pessoa Jurídica de Direito Público, estabelecida na

Leia mais

CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA QUE ENTRE SI CELEBRAM O BANCO DO BRASIL S.A. E A ABIMAQ - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA

CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA QUE ENTRE SI CELEBRAM O BANCO DO BRASIL S.A. E A ABIMAQ - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA QUE ENTRE SI CELEBRAM O BANCO DO BRASIL S.A. E A ABIMAQ - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E, VISANDO AO ESTABELECIMENTO DE CONDIÇÕES PARA O FINANCIAMENTO

Leia mais