Apresentação da Companhia Março de José Antonio Fay - Diretor Presidente Leopoldo Saboya Diretor de Finanças e de RI

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação da Companhia Março de José Antonio Fay - Diretor Presidente Leopoldo Saboya Diretor de Finanças e de RI"

Transcrição

1 Apresentação da Companhia Março de 2010 José Antonio Fay - Diretor Presidente Leopoldo Saboya Diretor de Finanças e de RI

2 Os resultados do quarto trimestre de 2009 consolidam as Empresas BRF - Brasil Foods S.A. e Sadia S.A. (subsidiária integral). Os resultados de Sadia passaram a ser consolidados integralmente a partir de julho de 2009, conforme Acordo de Associação e Assembléias de incorporações de ações realizadas em julho e agosto de A fusão entre BRF e Sadia está sob análise no Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência e sua efetivação depende de aprovação do CADE. Em foi celebrado Acordo com o CADE (APRO Acordo de Preservação da Reversibilidade da Operação) que garante a reversibilidade da operação, autoriza a preparação de estudos de sinergias e a adoção conjunta das medidas de gestão referentes às atividades de tesouraria. As declarações contidas neste relatório relativas à perspectiva dos negócios da Empresa, às projeções e resultado e ao potencial de crescimento da Empresa constituem-se em meras previsões e foram baseadas nas expectativas da administração em relação ao futuro da Empresa. Estas expectativas são altamente dependentes de mudanças no mercado, do desempenho econômico geral do país e do setor e dos mercados internacionais, estando sujeitas a mudanças. 2 2

3 Sobre a Companhia

4 Histórico de Crescimento Sustentado Faturamento Bruto R$ Milhões CAGR ( ) 42,8% Of: R$ 5,3bi Of: R$ 0,9bi Of: R$ 0,8bi Beef * faturamento bruto 2009 pro forma * NOVO MERCADO

5 Somos uma grande empresa brasileira R$20.9 bilhões em faturamento líquido em 2009 (58% Mercado Interno) 64 fábricas Mais de 100 mil funcionários Exportações de aproximadamente 190 mil toneladas/mês para mais de 110 países Abate de 6,7 milhões de cabeças de aves/dia e 39,3 mil cabeças de suínos + bovinos/dia Produção anual de 4,8 milhões de toneladas de alimentos derivados de carne e 1,2 milhões de toneladas de lácteos Portfolio composto por mais de SKUs com marcas fortes 5

6 Criação de uma líder global Escala Global Maior Companhia em Industrializados e Congelados do Brasil Maior exportadora mundial de aves Segunda maior Companhia de proteínas no mundo em market capitalization Crescimento Sustentável Crescimento orientado por um plano estratégico de longo prazo + Governança Corporativa Adesão aos mais altos padrões de governança corporativa Registrada na SEC; observância a Sarbanes-Oxley Listada na Bovespa por mais de 30 anos e na NYSE por 10 anos Sustentabilidade econômica, social e ambiental Práticas Financeiras Disciplinadas Robusta estrutura de gestão de risco Diversificado portfólio de produtos, mantendo importantes posições em market share Marcas altamente reconhecidas no Brasil e em mercados internacionais Liquidez adequada Forte crescimento histórico e bons níveis de alavancagem 6

7 Principais Marcas 7

8 Plataforma de produção e rede de distribuição únicas Localização estratégica RR AP 60 unidades industriais Unidades industriais pelo Brasil fora da região amazônica Concentradas nas regiões Centro Oeste e Sul AC 1 / - 1 / 1 AM RO 2 / - 2 / 1 PA 2 / 1 1 / 1 MA CE RN PI 1 / - PB 1 / 1 2 PE / 1 2 / 1 TO AL BA SE MT 1 / - 4 / 1 2 / 2 1 / 1 DF GO 4/ 1 2/ 1 MG 2 / 1 3 / 2 ES MS 1 / 1 1 / - - / 1 SP 1 / 1 5 / 1 PR 4 / 1 5 / 5 RJ 2 / 5 4 / 2 A distribuição atinge 98% do território brasileiro 9 / 3 3 / 1 SC RS 14 / 2 6 / 1 / / Unidades industriais Escritórios / Centros de Distribuição A única companhia no Brasil com rede de distribuição de produtos refrigerados em todo território nacional. 8

9 Composição da ROL 2009 Diversificado portfolio de produtos Proforma Lácteos 3,4% Outros Processados 7,6% Leites* 7,0% Por Produto Outros 2,6% Aves 31,3% Mercado Interno 58,1% Por Mercado Mercado Externo 41,9% Processados Carne 38,9% Suínos / Bovinos 9,1% * Inclui leite UHT, pasteurizado e leite em pó 9

10 Forte presença no mercado global 9% do comércio mundial de proteínas 19 escritórios no exterior Marca líder Marca em estágio avançado de desenvolvimento Marca em estágio inicial de desenvolvimento Top of Mind no Oriente Médio Top of Mind na Rússia Europa: Processamento local e acesso ao food service e varejo (Plusfood) 10

11 Investimentos Pro- forma 2009 R$ 802,8 milhões Lucas do Rio Verde 9,3% Vitória de Santo Antão 6,8% Bom Conselho/ Três de Maio 12,3% Novos Projetos 3,2% Produtividade e Melhorias 68,4% Investimentos em Matrizes totalizaram: R$368 milhões Bom Conselho Três de Maio Vitória de Santo Antão Lucas do Rio Verde OBS: Os investimentos realizados em Rio Verde (GO) estão inseridos no item Produtividade/Melhorias e foram cobertos por seguros. 11

12 Inovação Principais lançamentos em 2009 Pratos prontos Produtos saudáveis / Light Porções individuais 12

13 Composição acionária Em 31/12/2009 Controle Difuso Direitos Igualitários Nacionais 36,9% Tesouraria 0,3% Sabiá 0,9% Estrangeiros 26,5% Previ - BB 13,7% Petros 9,1% Valia 3,0% Sistel 1,5% ADRs (NYSE) 8,1% BRFS3 Número de ações ordinárias: Capital social: R$ 12,6 bilhões BRFS 13

14 Volume (US$ milhões) Preço us$ Valor mensal negociado 4º Trimestre 2009: US$ 61,9 milhões/dia 278% Superior 2009: US$ 39,2 milhões/dia 46% Superior BRFS3 BRFS Preço BRFS3 (US$) 14

15 Integração

16 Estratégia de Integração Nova Companhia Melhor que a combinação das duas Eficiência de Custos Produtos de Valor Agregado/ Marcas Aspiracionais Inovação Constante Percepção Qualidade Diferenciada Cultura Alto Desempenho Processos Robustos 16

17 Macro Etapas - Associação Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Jan 10 Atos societários 19/05 Anúncio Incorp. HFF Incorp. Sadia Processo CADE... Capitalização Oferta R$ 4,6 bi Lote Supl. R$ 0,7bi Aporte na Sadia Integração - ME* Compra** e Mercado Interno * Exportações e vendas no mercado domestico relativas a produtos in natura ** Aquisição de matérias primas e serviços R$ 2,2 bi R$ 1,3bi Aprovação CADE - ME Aprovação CADE MI/ Compra 17

18 Estrutura da Integração Highlights da Associação Estrutura Estrutura financeira já centralizada na BRF desde Julho de 2009 Integração das estruturas administrativa, produtiva e comercial sujeitas a aprovação das autoridades brasileiras de defesa da concorrência Coordenação das exportações de carne in-natura aprovada desde Setembro de 2009 Integração com foco na incomparável execução e cultura corporativa de inclusão Comitê - CA Comitê Executivo Principais times de integração Gerência de Integração Organização e Cultura Status da aprovação do CADE Times de Integração Integration teams Integration teams julho de 2009 setembro de de janeiro de junho / julho 2010 (1) Aspectos corporativos Integração da plataforma financeira In natura ME Finalização da incorporação de ações Aquisição de matérias primas e serviços In natura - MI Aprovação do CADE Incorporação de ações (1) Expectativa 18

19 Perspectivas

20 Trade Mundial de Carnes Bovino Suíno Aves *** * ** * Dados preliminares ** Projeção *** Aves: Frango, Aves Especiais e Peru Fonte: USDA (out/09) 20

21 Exportações brasileiras Mil Toneladas % % *** % * 2010 ** Suínos Aves Bovinos 11% 28% Participação brasileira no mercado de exportação * Dados preliminares ** Projeção *** Aves: Frango, Aves Especiais e Peru Fonte: USDA (out/09) Participação brasileira 21

22 Cenário Brasileiro Positivo 6,0 5,0 4,0 Crescimento do índice de renda real (%) 4,8 Massa Salarial: 6% 3,0 3,2 2,8 3,0 2,0 2,2 1,0 0,0 0,2 1, Vendas de industrializados de carnes (Brasil) Consumo de carne processada kg/per capita/ano (indexado Brasil = 100) % +16% JAN/FEV 2007 JUL/AGO 2007 JAN/FEV 2008 JUL/AGO 2008 MAR/ABR 2009 SET/OUT 2009 Brasil México Bulgária Eslováquia Espanha EUA França Reino Unido Alemanha Fontes : IBGE, MTE, AC Nielsen 22

23 EV / EBITDA 10E (x) Grande empresa com escala global Posicionamento da BRF no Mercado Mundial de Alimentos Tamanho da Bolha: Market Cap (US$ bi) 10.5x 9.5x 8.5x 7.5x 6.5x 5.5x 4.5x 0.0% 5.0% 10.0% 15.0% 20.0% Margem EBITDA (%) Commodity Branding Fonte: Facset (market cap em 30 junho de 2009) e arquivamentos públicos das Companhias Margem EBITDA média em 2006, 2007 e

BRF. Resultados 2T11 Agosto de José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya - CFO

BRF. Resultados 2T11 Agosto de José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya - CFO BRF Resultados 2T11 Agosto de 2011 José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya - CFO Os resultados do segundo trimestre de 2011 consolidam as Empresas BRF - Brasil Foods S.A. e Sadia S.A. (subsidiária integral).

Leia mais

BRF- Brasil Foods APIMEC 3T10 Novembro José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya CFO/IRO

BRF- Brasil Foods APIMEC 3T10 Novembro José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya CFO/IRO BRF- Brasil Foods APIMEC 3T10 Novembro 2010 José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya CFO/IRO Os resultados do terceiro trimestre de 2010 consolidam as Empresas BRF - Brasil Foods S.A. e Sadia S.A. (subsidiária

Leia mais

BRF- Brasil Foods Outubro 2010. Leopoldo Saboya CFO/IRO

BRF- Brasil Foods Outubro 2010. Leopoldo Saboya CFO/IRO BRF- Brasil Foods Outubro 2010 Leopoldo Saboya CFO/IRO Os resultados do segundo trimestre de 2010 consolidam as Empresas BRF - Brasil Foods S.A. e Sadia S.A. (subsidiária integral). Os resultados de Sadia

Leia mais

BRF- Brasil Foods Resultados 4T10 e 2010 Março José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya CFO

BRF- Brasil Foods Resultados 4T10 e 2010 Março José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya CFO BRF- Brasil Foods Resultados 4T10 e 2010 Março 2011 José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya CFO Os resultados do terceiro trimestre de 2010 consolidam as Empresas BRF - Brasil Foods S.A. e Sadia S.A. (subsidiária

Leia mais

Resultados José Antonio do Prado Fay CEO - Leopoldo Saboya - CFO

Resultados José Antonio do Prado Fay CEO - Leopoldo Saboya - CFO Resultados 2011 José Antonio do Prado Fay CEO - Leopoldo Saboya - CFO Os resultados do quarto trimestre de 2011 consolidam as Empresas BRF - Brasil Foods S.A. e Sadia S.A. (subsidiária integral). Os resultados

Leia mais

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado. Agosto, 2010

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado. Agosto, 2010 Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado Agosto, 2010 Termo de Renúncia Algumas declarações constantes nesta apresentação são projeções contidas no conceito da Lei de

Leia mais

EBITDA ajustado cresce 61%

EBITDA ajustado cresce 61% RECEITA DA BRF CHEGA A R$ 7,5 BILHÕES NO 2º TRI EBITDA ajustado cresce 61% A receita líquida da BRF no segundo trimestre de 2013 somou R$ 7,5 bilhões, valor que representa crescimento de 10% em comparação

Leia mais

BRF- Brasil Foods Conferência Santander Janeiro 2011

BRF- Brasil Foods Conferência Santander Janeiro 2011 BRF- Brasil Foods Conferência Santander Janeiro 2011 Os resultados do terceiro trimestre de 2010 consolidam as Empresas BRF - Brasil Foods S.A. e Sadia S.A. (subsidiária integral). Os resultados da Sadia

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

Apresentação de Resultados do 4T16 e de março de p. 1

Apresentação de Resultados do 4T16 e de março de p. 1 Apresentação de Resultados do 4T16 e 2016 23 de março de 2017 p. 1 Destaques 2016 2ª maior locadora do Brasil Crescimento de 56% na receita líquida consolidada Crescimento de 55% em RAC Aumento de 21%

Leia mais

Apresentação dos Resultados do 1T10. Teleconferência de Resultados

Apresentação dos Resultados do 1T10. Teleconferência de Resultados Apresentação dos Resultados do 1T10 Teleconferência de Resultados Visão Geral do 1T10 2 Destaques A Companhia Alcançou Resultados Operacionais Positivos e Concluiu Plano de Capitalização Plano de Capitalização

Leia mais

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado Termo de Renúncia Algumas declarações e estimativas contidas neste material podem representar expectativas sobre eventos ou resultados

Leia mais

Apresentação Institucional Incluindo resultados do 4T16 e 2016 JBS S.A. UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS

Apresentação Institucional Incluindo resultados do 4T16 e 2016 JBS S.A. UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS Apresentação Institucional Incluindo resultados do 4T6 e 06 JBS S.A. UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS Nossos Valores DETERMINAÇÃO Seja implacável. Entregue resultados superiores. Adote um senso de urgência

Leia mais

Apresentação Institucional Incluindo resultados de 2015 JBS S.A. UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS

Apresentação Institucional Incluindo resultados de 2015 JBS S.A. UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS Apresentação Institucional Incluindo resultados de 2015 JBS S.A. UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS A JBS AT A GLANCE Receita Líquida de R$163 bilhões em 2015 Segunda maior empresa global de alimentos¹

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T16 UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T16 UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS São Paulo, 12 de Maio de 2016 RESULTADOS CONSOLIDADOS 2 DESTAQUES CONSOLIDADOS DO RECEITA LÍQUIDA (R$ MILHÕES) LUCRO BRUTO (R$ MILHÕES)

Leia mais

Aquisição da Big Frango (JBS Foods) e Grupo Primo Smallgoods (JBS Austrália) 21 de Novembro de 2014

Aquisição da Big Frango (JBS Foods) e Grupo Primo Smallgoods (JBS Austrália) 21 de Novembro de 2014 Aquisição da Big Frango (JBS Foods) e Grupo Primo Smallgoods (JBS Austrália) 21 de Novembro de 2014 Disclaimer Fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações

Leia mais

Celebração de Acordos entre Minerva e BRF Novembro 2013

Celebração de Acordos entre Minerva e BRF Novembro 2013 Celebração de Acordos entre Minerva e BRF Novembro 2013 1 1. Operação Drop Down ativos BRF A Operação Drop Down dos ativos de abate e desossa da BRF Criação da Newco Divisão de Bovinos: Ativos e passivos

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NOVEMBRO DE 2016

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital

A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital William Figueiredo Divisão de Estudo Econômicos do Rio de Janeiro (DIERJ) Gerência de Estudos Econômicos (GEE) Rio de Janeiro, 27 de junho de 2017 Estado do

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T16 UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T16 UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS São Paulo, 16 de Novembro de 2016 RESULTADOS CONSOLIDADOS 2 DESTAQUES CONSOLIDADOS DO RECEITA LÍQUIDA (R$ MILHÕES) LUCRO BRUTO (R$ MILHÕES)

Leia mais

Dezembro/2003. Apresentação Corporativa

Dezembro/2003. Apresentação Corporativa Dezembro/2003 Apresentação Corporativa Visão Geral 1 Destaques Operadora integrada 15,1 milhões de linhas fixas em serviço (dez/03) 4,0 milhões de linhas móveis (jan/04) Região I Área de Concessão (Região

Leia mais

Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. Trimestre de 2012

Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. Trimestre de 2012 Ministério do Trabalho e Emprego Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. de 2012 1. Resultados do Programa de Microcrédito no 2 de 2012.

Leia mais

JBS S.A. JBS S.A. Resultado do 3º Trimestre de Reunião Pública com Analistas e Investidores 16 de novembro de 2009

JBS S.A. JBS S.A. Resultado do 3º Trimestre de Reunião Pública com Analistas e Investidores 16 de novembro de 2009 Resultado do 3º Trimestre de 2009 Reunião Pública com Analistas e Investidores 16 de novembro de 2009 JBS S.A. JBS S.A. Confiamos em Deus, respeitamos a natureza Apresentadores Joesley Mendonça Batista

Leia mais

VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO - julho/2017 CAFÉ TOTAL (valores em Reais*)

VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO - julho/2017 CAFÉ TOTAL (valores em Reais*) CAPA - 16/08/2017 VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO - julho/2017 CAFÉ TOTAL (valores em Reais*) REGIÃO-UF's / ANO 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 REGIÃO NORTE 937.253.216 775.856.407 1.231.842.568

Leia mais

Financiamento ao Agronegócio. Internacionalização da Agroindústria

Financiamento ao Agronegócio. Internacionalização da Agroindústria Financiamento ao Agronegócio Internacionalização da Agroindústria BRF Visão Geral BRF Principais Key Brands Marcas Dados Financeiros 3 Uma das maiores empresas de alimentos do Brasil e do mundo 7 a maior

Leia mais

VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO - junho/2017 CAFÉ TOTAL (valores em Reais*)

VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO - junho/2017 CAFÉ TOTAL (valores em Reais*) CAPA - 13/07/2017 VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO - junho/2017 CAFÉ TOTAL REGIÃO-UF's / ANO 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 REGIÃO NORTE 940.028.686 778.153.936 1.235.490.401 550.568.691 569.079.592

Leia mais

Anhanguera e Kroton 22 de abril de 2013

Anhanguera e Kroton 22 de abril de 2013 Anhanguera e Kroton 22 de abril de 2013 Disclaimer A operação aqui descrita ainda encontra-se sujeita à apreciação e aprovação prévia do CADE. As informações aqui contidas são simulações para as companhias

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Janeiro de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing de Cartões do Banco Itaú 1 Mercado de Cartões Faturamento anual: R$ bilhões

Leia mais

Importância dos Medicamentos no MIX de Produtos em Farmácias e Drogarias

Importância dos Medicamentos no MIX de Produtos em Farmácias e Drogarias Importância dos Medicamentos no MIX de Produtos em Farmácias e Drogarias 31.03.2016 Importância dos Medicamentos no MIX de Produtos em Farmácias e Drogarias Paulo Paiva Diretor Regional LATAM O Brasil

Leia mais

Resultado do 2º Trimestre de 2009

Resultado do 2º Trimestre de 2009 Resultado do 2º Trimestre de 2009 13 de Agosto de 2009 JBS S.A. Confiamos em Deus Apresentadores Joesley Mendonça Batista Presidente Jeremiah O Callaghan Diretor de Relações com Investidores 1 NOSSOS VALORES

Leia mais

Apresentação Institucional Incluindo resultados do 3T16 JBS S.A. UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS

Apresentação Institucional Incluindo resultados do 3T16 JBS S.A. UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS Apresentação Institucional Incluindo resultados do 3T6 JBS S.A. UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS Nossos Valores DETERMINAÇÃO Seja implacável. Entregue resultados superiores. Adote um senso de urgência

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T16

Apresentação de Resultados 1T16 Apresentação de Resultados 1T16 29 de abril de 2016 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JANEIRO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JANEIRO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JANEIRO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

Vigor Day. Dezembro, 2013

Vigor Day. Dezembro, 2013 Vigor Day Dezembro, 2013 2 Apresentadores Gilberto Xandó CEO, Vigor Alimentos S.A. Anne Napoli Diretora de Marketing Luis Henrique Gennari Diretor Comercial Maurício Hasson CFO e Diretor de Relações com

Leia mais

Balanço Anual 2016 e Perspectivas Coletiva de Imprensa 06/02/2017

Balanço Anual 2016 e Perspectivas Coletiva de Imprensa 06/02/2017 Balanço Anual 2016 e Perspectivas 2017 Coletiva de Imprensa 06/02/2017 O PANO DE FUNDO INTERNACIONAL: PIB TRIMESTRAL Comparativo Internacional (Variação % em volume em relação aos 4 trimestres imediatamente

Leia mais

Seminário Empresarial Brasil-China Investimentos em Infraestrutura Ferroviária

Seminário Empresarial Brasil-China Investimentos em Infraestrutura Ferroviária Seminário Empresarial Brasil-China Investimentos em Infraestrutura Ferroviária Paulo Sérgio Passos Ministro de Estado dos Transportes Brasília, 16.07.2014 Brasil e China: Economias Complementares China

Leia mais

BRASIL FOODS - BRF MAIO 2012

BRASIL FOODS - BRF MAIO 2012 BRASIL FOODS - BRF MAIO 2012 Os resultados do primeiro trimestre de 2012 consolidam as Empresas BRF - Brasil Foods S.A. e Sadia S.A. (subsidiária integral). Os resultados da Sadia passaram a ser consolidados

Leia mais

Teleconferência de Resultados Exercício 2009 e 4T09

Teleconferência de Resultados Exercício 2009 e 4T09 Teleconferência de Resultados Exercício 2009 e 4T09 Em português com tradução simultânea para inglês Horário: 13h (Brasil) / 11h (US-ET) Acesso em português: +55 (11) 4688 6361 Replay em português: +55

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RESIDENCIAL

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RESIDENCIAL MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RESIDENCIAL JAN A MAIO -2013 1 O segmento de Residencial encerrou o período com um volume de produção de R$ 804,8 milhões contra R$ 652,4 milhões de 2012, um crescimento nominal

Leia mais

PANORAMA DO SETOR. Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos EVOLUÇÃO

PANORAMA DO SETOR. Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO A Indústria Brasileira de apresentou um crescimento médio deflacionado composto de 11,5% nos últimos 5 anos, tendo passado de um faturamento Ex Factory, líquido de impostos sobre vendas de R$

Leia mais

PANORAMA DO SETOR EVOLUÇÃO

PANORAMA DO SETOR EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO A Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos apresentou um crescimento médio deflacionado composto de 10% aa nos últimos 17 anos, tendo passado de um faturamento "ExFactory",

Leia mais

Resultados 2T12. Julho, 2012

Resultados 2T12. Julho, 2012 Resultados Julho, 2012 As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas da administração sobre os negócios da M. Dias Branco são meramente tendências e, como tais, são baseadas exclusivamente

Leia mais

Movimentação das Empresas do Segmento Junho 2010

Movimentação das Empresas do Segmento Junho 2010 Movimentação das Empresas do Segmento Junho 2010 Índice 1. Consolidado Brasil... 03 2. Acumulado Brasil... 05 3. Consolidado por Região... 06 4. Consolidado por Estado... 09 5. Consolidado Brasil Comparativo

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF UF Tecnologia Velocidade Quantidade de Acessos AC ATM 12 Mbps a 34Mbps 3 AC ATM 34 Mbps

Leia mais

Movimentação das Empresas do Segmento Julho 2011

Movimentação das Empresas do Segmento Julho 2011 Movimentação das Empresas do Segmento Julho 2011 Índice 1. Consolidado Brasil... 03 2. Acumulado Brasil... 06 3. Consolidado por Região... 08 4. Consolidado por Estado... 14 5. Consolidado Brasil Comparativo

Leia mais

Janeiro - 2008. Wang Wei Chang Diretor de Finanças, Controle e Relações com Investidores

Janeiro - 2008. Wang Wei Chang Diretor de Finanças, Controle e Relações com Investidores Janeiro - 2008 Wang Wei Chang Diretor de Finanças, Controle e Relações com Investidores 1 2 Exportações Brasileiras Mil Toneladas 7.000 6.705 6.000 5.000 4.000 15% 41% 3.000 2.000 1.000 0 1.013 1998 1999

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças fev/15 mar/15 mai/15 jun/15 ago/15 set/15 nov/15 dez/15 fev/15 mar/15 mai/15 jun/15 ago/15 set/15 nov/15 dez/15-748 -635-482 -548-559 -508-395 -457-386 -404-359 -113 I Resultados Mensal: -67,5% Acum. Ano:

Leia mais

Movimentação das Empresas do Segmento Abril 2011

Movimentação das Empresas do Segmento Abril 2011 Movimentação das Empresas do Segmento Abril 2011 Índice 1. Consolidado Brasil... 03 2. Acumulado Brasil... 06 3. Consolidado por Região... 08 4. Consolidado por Estado... 14 5. Consolidado Brasil Comparativo

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INFORMÁTICA JANEIRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INFORMÁTICA JANEIRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INFORMÁTICA JANEIRO DE 2016 PRODUTOS MERCADO NACIONAL DE INFORMÁTICA - 2012 35% Aladi ex-argentina 1,7% exportação 34% Argentina Informática Faturamento

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA JAN A MAIO -2013 1 O segmento de Fiança Locatícia encerrou o período com um volume de produção de R$ 141,8 milhões contra R$ 116,0 milhões de 2012, um crescimento

Leia mais

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa e Acidentes por Unidade Federativa - 2016 Data: 23/05/2017 FILTROS: Veículos: Todos, Caminhões, Ônibus Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Estados com maior número de mortes e acidentes - 2016 Este

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças dez/13 jan/14 mar/14 abr/14 jun/14 jul/14 set/14 out/14 dez/13 jan/14 mar/14 abr/14 jun/14 jul/14 set/14 out/14-1.067-914 -822-869 -707-761 -829-928 -678-749 -708-528 I Resultados Mensal: -30,3% Acum.

Leia mais

Áreas de negócio e de assistência técnica em todas UF

Áreas de negócio e de assistência técnica em todas UF São Paulo 11 AGO 11 Áreas de negócio e de assistência técnica em todas UF Até 60% 60% a 80% 80% a 100% UF META PROP. %PROP AC 3.939 4.921 125% AL 19.679 37.006 188% AM 22.238 19.127 86% AP 4.589 1.622

Leia mais

Aquisição da Banvit. 9 de janeiro de 2017

Aquisição da Banvit. 9 de janeiro de 2017 Aquisição da Banvit 9 de janeiro de 2017 Racional Estratégico da Transação A Turquia representa o maior mercado consumidor halal no mundo e a Banvit é a líder neste mercado A Turquia representa o maior

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos BENS DE CAPITAL NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos BENS DE CAPITAL NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos BENS DE CAPITAL NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças dez/15 jan/16 mar/16 abr/16 jun/16 jul/16 set/16 out/16 dez/15 jan/16 mar/16 abr/16 jun/16 jul/16 set/16 out/16-490 -359-380 -436-477 -563-525 -556-412 -327-226 -113 I Resultado Out 16/Out 15: 37,7% Acum.

Leia mais

Racionamento de água. Abril/2017

Racionamento de água. Abril/2017 Racionamento de água Abril/2017 Objetivo da Pesquisa Metodologia Tópicos da Pesquisa Informações técnicas Levantar informações sobre temas importantes no contexto atual dos Pequenos Negócios. TEMA ANALISADO

Leia mais

EVOLUÇÃO 11,5 9,7 8,3 3,8 3,6 3,3

EVOLUÇÃO 11,5 9,7 8,3 3,8 3,6 3,3 EVOLUÇÃO A Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos apresentou um crescimento médio deflacionado composto de 10,6% nos últimos 13 anos, tendo passado de um faturamento "ExFactory",

Leia mais

EVOLUÇÃO. R$ Bilhões US$ Bilhões 19,6 13,5 11,5 9,7 3,8

EVOLUÇÃO. R$ Bilhões US$ Bilhões 19,6 13,5 11,5 9,7 3,8 EVOLUÇÃO A Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos apresentou um crescimento médio deflacionado composto de 10,5% nos últimos 14 anos, tendo passado de um faturamento "ExFactory",

Leia mais

Nossa Missão NOSSOS VALORES

Nossa Missão NOSSOS VALORES 0 Junho de 2010 Nossa Missão Sermos os melhores naquilo que nos propusermos a fazer, com foco absoluto em nossas atividades, garantindo os melhores produtos e serviços aos clientes, solidez aos fornecedores,

Leia mais

Aquisição Brasil Brokers Todos os Direitos Reservados

Aquisição Brasil Brokers Todos os Direitos Reservados Aquisição 2008 Brasil Brokers Todos os Direitos Reservados Aquisição ABYARA BROKERS Aquisição de 51% da Abyara Brokers, com possibilidade de opção de compra para os 49% restantes a ser exercida nos próximos

Leia mais

Aquisição da Operação de Suínos da Cargill 2 de Julho de Empresa Global de Alimentos

Aquisição da Operação de Suínos da Cargill 2 de Julho de Empresa Global de Alimentos Aquisição da Operação de Suínos da Cargill 2 de Julho de 205 Empresa Global de Alimentos Disclaimer Fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações

Leia mais

Apresentação de Resultados de março de 2013

Apresentação de Resultados de março de 2013 Apresentação de Resultados 2012 28 de março de 2013 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

Apresentação Institucional MARÇO 2010

Apresentação Institucional MARÇO 2010 Apresentação Institucional MARÇO 2010 SUMÁRIO 1. Plano de Reestruturação 2. Reestruturação Societária 3. Visão Estratégica 4. Situação dos Contratos 5. Linha de Produtos 6. Performance Econômico-Financeira

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Sigla CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Ind Nº 9/215 Técnicos Resp Equipe CGPM

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RESIDENCIAL

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RESIDENCIAL MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RESIDENCIAL JAN -2013 1 O segmento de Residencial encerrou o mês de janeiro com um volume de produção de R$ 160 milhões contra R$ 125 milhões de 2012, um crescimento nominal

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGURO GARANTIA I BIMESTRE DE 2011

MERCADO BRASILEIRO DE SEGURO GARANTIA I BIMESTRE DE 2011 MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS SEGURO GARANTIA I BIMESTRE DE 2011 1 MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS SEGURO GARANTIA A SUSEP divulgou os números do I Bimestre de 2011 através do sistema SES, calcado nas informações

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA PRIVADA

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA PRIVADA MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA PRIVADA JAN A JULHO -2013 1 O Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência Privada encerrou o período em foco apresentando um Lucro Líquido não consolidado tecnicamente

Leia mais

Estrutura Societária

Estrutura Societária FEVEREIRO/2007 Estrutura Societária % do Capital Total GRUPO CONTROLADOR 40,7% Randon S/A Implementos e Participações 100% 100% 51% 45% 23% 51% 100% 100% 53% Implementos rodoviários e ferroviários e veículos

Leia mais

Resultados 4º Trimestre de de Fevereiro de 2014

Resultados 4º Trimestre de de Fevereiro de 2014 Resultados 4º Trimestre de 2013 13 de Fevereiro de 2014 Principais Destaques do Resultado de 2013 Lucro líquido de R$ 1,175 bilhão, com crescimento de 268% 1 no comparativo com 2012 2 Ganho de market share

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Siglas do Pa CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Indicador Nº 2/215 Técnicos Responsáv

Leia mais

A Cemig e a Sustentabilidade Empresarial

A Cemig e a Sustentabilidade Empresarial A Cemig e a Sustentabilidade Empresarial Luiz Fernando Rolla Diretor de Finanças, Relações com Investidores e Controle de Participações O que é desenvolvimento sustentável? Éo desenvolvimento que atende

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA I BIMESTRE -2013 1 O segmento de Fiança Locatícia encerrou o mês de janeiro com um volume de produção de R$ 51,1 milhões contra R$ 40,3 milhões de 2012, um

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SOJA DEZEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SOJA DEZEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SOJA DEZEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças abr/14 mai/14 jul/14 ago/14 out/14 nov/14 jan/15 fev/15 abr/14 mai/14 jul/14 ago/14 out/14 nov/14 jan/15 fev/15-822 -869-928 -761-829 -678-749 -708-748 -537-482 -349 I Resultados Mensal: -31,9% Acum. Ano:

Leia mais

LSPA. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Dezembro de Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no ano civil

LSPA. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Dezembro de Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no ano civil Diretoria de Pesquisas Coordenação de Agropecuária Gerência de Agricultura LSPA Dezembro de 2013 Levantamento Sistemático da Produção Agrícola Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas

Leia mais

Apresentação Resultados 1T10

Apresentação Resultados 1T10 Apresentação Resultados 1T10 Maio, 2010 Disclaimer Este documento pode conter considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros e às perspectivas

Leia mais

Apresentação Institucional. Março 2008

Apresentação Institucional. Março 2008 Apresentação Institucional Março 2008 SUMÁRIO 1. Plano de Reestruturação 2. Reestruturação Societária 3. Visão Estratégica 4. Passos em Andamento 5. Linha de Produtos 6. Performance Financeira 7. Estrutura

Leia mais

OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO EAD. Roberto Valério

OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO EAD. Roberto Valério OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO EAD Roberto Valério Mercado EAD Cenário competitivo: EAD GANHA POPULARIDADE E PARTICIPAÇÃO DE MERCADO CAGR: +37% Presencial EAD 728 838 930 993 1.114 1.154 9,9% 12,6% 14,1%

Leia mais

Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas

Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas 60% Institucional Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas Somos uma consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas, com soluções para decisões operacionais, societárias

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO (VBP) AGROPECUÁRIO Julho/2015 R$ milhões VBP PRINCIPAIS PRODUTOS AGRÍCOLAS LAVOURAS

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas publicações

Leia mais

Apresentação Resultados 2T07

Apresentação Resultados 2T07 Apresentação Resultados 2T07 São Paulo, 15 de agosto de 2007 Contatos: Flávio Rocha Vice-Presidente e Diretor de RI Tulio Queiroz Gerente de RI ri@riachuelo.com.br Esta apresentação contém considerações

Leia mais

Telemig Celular Participações S.A. Tele Norte Celular Participações S.A. ABAMEC-SP

Telemig Celular Participações S.A. Tele Norte Celular Participações S.A. ABAMEC-SP Telemig Celular Participações S.A. Tele Norte Celular Participações S.A. ABAMEC-SP Maio, 2000 Sumário Situação Atual e Tendências do Setor Participação de Mercado Desempenho Financeiro/Operacional Principais

Leia mais

Apresentação Institucional 2015

Apresentação Institucional 2015 Apresentação Institucional 2015 Nota de Ressalva E s t a a p r e s e n t a ç ã o pode i n c l u i r d e c l a r a ç õ e s q u e p o d e m r e p r e s e n t a r e x p e c t a t i v a s s o b r e e v e n

Leia mais

Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP. UBS Elpidio Moreira Souza AC. UPA município de Ribeirão Pires SP

Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP. UBS Elpidio Moreira Souza AC. UPA município de Ribeirão Pires SP Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP UBS Elpidio Moreira Souza AC Quadra da Escola Municipal Érico de Souza, Águas Lindas GO UPA município de Ribeirão Pires SP UBS Clínica da Família,

Leia mais

Anuário Estatístico do Turismo de Bonito

Anuário Estatístico do Turismo de Bonito Anuário Estatístico do Turismo de Bonito Ano Base - 2016 Realização: Apoio: ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO TURISMO DE BONITO ANO BASE 2016 O Anuário Estatístico do Turismo é a compilação dos dados coletados pelo

Leia mais

Lucro líquido da BRF cresce 109,4% e chega aos R$2,2 bilhões em 2014

Lucro líquido da BRF cresce 109,4% e chega aos R$2,2 bilhões em 2014 Lucro líquido da BRF cresce 109,4% e chega aos R$2,2 bilhões em 2014 Aumento da eficiência operacional resultou em EBITDA de R$4,9 bilhões no acumulado do ano, 56,4% superior ao de 2013 São Paulo, 26 de

Leia mais

Resultados do 4º Trimestre de de março de A JBS continua sendo uma Companhia de Crescimento 10,5% 11,2%

Resultados do 4º Trimestre de de março de A JBS continua sendo uma Companhia de Crescimento 10,5% 11,2% Resultados do 4º Trimestre de 2009 08 de março de 2010 A JBS continua sendo uma Companhia de Crescimento 3.058 4,92% 5,73% 6,0% 11,0% 9,7% 10,5% 11,2% 13,6% 4,3% 3,8% 5,5% 1.156 32 51 73 150 185 345 432

Leia mais

Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009

Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009 Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009 Estrutura e Distribuição Geográfica Estrutura Estatutária A GEAP GEAP é administrada por por um um Conselho Deliberativo responsável pela pela definição da da

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11 JBS S.A.

Apresentação de Resultados 2T11 JBS S.A. Apresentação de Resultados 2T11 JBS S.A. JBS S.A. JBS S.A. Fundada na década de 5 na região Centro-Oeste do Brasil Realizou abertura de capital da Companhia em 27 Líder em produção de proteína animal e

Leia mais

Vigor Alimentos S.A. Apresentação de Resultados 1º Trimestre de 2015

Vigor Alimentos S.A. Apresentação de Resultados 1º Trimestre de 2015 Vigor Alimentos S.A. Apresentação de Resultados 1º Trimestre de 2015 Teleconferência de Resultados 13 de maio de 2015 Português:14:00 hrs (BRT) Inglês: 15:00 hrs (BRT) MISSÃO Sermos os melhores naquilo

Leia mais

1- Introdução: 2- Resultados do Mercado:

1- Introdução: 2- Resultados do Mercado: 1- Introdução: Os números aqui analisados foram extraídos do sistema da SES da SUSEP referente ao período de jan a outubro de 2013. Esses dados decorrem dos FIPES que são encaminhados mensalmente a essa

Leia mais

Boletim Informativo do PNI Vacinação contra HPV

Boletim Informativo do PNI Vacinação contra HPV COORDEAÇÃO GERAL DO PROGRAMA NACIONAL DE IMUNIZAÇÕES/DEVIT/SVS/MS 17 de dezembro de 2015 Boletim Informativo do PNI - 2015 Vacinação contra HPV Estratégia de vacinação contra HPV O Ministério da Saúde

Leia mais

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012.

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. Os casos de Invalidez Permanente representaram a maioria das indenizações pagas

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR CARGO / UF NÍVEL SUPERIOR

DEMANDA DE CANDIDATOS POR CARGO / UF NÍVEL SUPERIOR EM CARGOS DE E DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO Administrador AC 1 14 14.00 Administrador AL 1 53 53.00 Administrador AP 1 18 18.00 Administrador BA 1 75 75.00 Administrador DF 17 990 58.24 Administrador MT 1 55

Leia mais