VIII CURSO DE OPERAÇÕES TÁTICAS ESPECIAIS COTE ORDEM DE SERVIÇO N

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VIII CURSO DE OPERAÇÕES TÁTICAS ESPECIAIS COTE ORDEM DE SERVIÇO N"

Transcrição

1 VIII CURSO DE OPERAÇÕES TÁTICAS ESPECIAIS COTE ORDEM DE SERVIÇO N /2015 Rio de Janeiro, 21 de janeiro de ESPECIFICA O MODO E A FORMA DE REALIZAÇÃO DO VIII CURSO DE OPERAÇÕES TÁTICAS ESPECIAIS - COTE, INSTITUÍDO PELA PORTARIA PCERJ N 375 DE 24 DE NOVEMBRO DE 2004, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Coordenador da Coordenadoria de Recursos Especiais - CORE, CONSIDERANDO as diretrizes traçadas pela Chefia da Polícia Civil, R E S O L V E: Art. 1º - Institui o VIII CURSO DE OPERAÇÕES TÁTICAS ESPECIAIS COTE da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro. Art. 2º - O Curso ora instituído tem por objetivo transmitir aos integrantes de seu corpo discente conhecimentos e habilidades necessárias ao desempenho da função operacional com a máxima eficiência, especializando-os em ações desta natureza, bem como, complementar as equipes da Seção de Operações Táticas Especiais (SOTE) da CORE, em razão dos grandes eventos a serem realizados com a participação desta unidade Operacional. Art. 3 - Somente poderá inscrever-se para tomar parte no processo seletivo, visando ao preenchimento das vagas previstas para o curso, o candidato que atender aos seguintes requisitos: a) Integrar o Quadro Permanente da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro ou das demais Instituições de Segurança Pública e Forças Militares, às quais sejam oferecidas pela coordenação do curso, vagas para a inscrição de seus integrantes; b) Ser voluntário; c) Estar atualmente no exercício de suas funções; d) Não ter sido condenado, por sentença transitada em julgado de natureza civil e/ou criminal e não ter sido punido em processo administrativo disciplinar, pela prática de transgressão de natureza grave, até a data de conclusão do curso; e) Ser considerado apto nas entrevistas pessoais, a cargo dos examinadores da Seção de Treinamento Especializado (STE), que avaliarão: postura, comportamento, disponibilidade de recursos e aptidões específicas do candidato para integrar o referido curso; f) Ser aprovado na Avaliação Médica, no Teste de Aptidão Física e no de Aptidão Técnica (Tiro); Parágrafo Único O processo seletivo, considerando a especialização do treinamento, avaliará, preliminarmente, as condições médicas, físicas, técnicas e comportamentais do candidato. Art. 4 - Para o curso ora instituído serão oferecidas 60 (sessenta) vagas, sendo 50 (cinquenta) destinadas aos policiais civis do Quadro Permanente da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro e 10 (dez) aos demais integrantes de outras instituições a serem definidas pela coordenação. 1 - Caso não sejam preenchidas as vagas oferecidas às outras instituições, as mesmas poderão ser preenchidas por Policiais Civis do Quadro Permanente da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, obedecida a ordem de classificação no processo seletivo; 2 - Caberá à Seção de Treinamento Especializado (STE), com apoio da Seção de Operações Táticas Especiais (SOTE), a aplicação do Teste de Aptidão Técnica (Tiro) na fase de seleção, objetivando aferir conhecimento teórico e as habilidades técnicas relativas a armas de fogo, munições e execução de disparos dos candidatos do referido Curso; 3 - Caberá ao médico da CORE e sua equipe receberem o atestado médico, objetivando liberar o candidato apto à realização do teste de aptidão física, em data designada no Anexo I; 4 - Caberá aos instrutores de educação física da CORE, sob a supervisão da Seção de Treinamento Especializado (STE), aplicar o Teste de Aptidão Física na fase de seleção, objetivando avaliar as condições físicas dos candidatos do referido Curso; 5 - Os candidatos integrantes das demais instituições fora do quadro permanente da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro deverão dispor da munição a ser utilizada durante o curso. Art. 5º - A inscrição no curso ora instituído implicará a aceitação e a concordância, por parte do candidato, das disposições normatizadoras contidas na presente Ordem de Serviço e nas resoluções que balizam a rotina acadêmica da ACADEPOL e da CORE, implicando na sua obrigação de respeitar as mencionadas normas e, ainda, de assumir toda e qualquer responsabilidade pela veracidade das informações por ele prestadas e pelos documentos apresentados.

2 Parágrafo único - Ao realizar a sua inscrição no Curso, o candidato assumirá todo e qualquer risco inerente à realização do mesmo, comprometendo-se a seguir, rigorosamente, todas as normas de disciplina e segurança existentes, sob pena de eliminação do Curso em qualquer uma de suas fases, sem prejuízo das sanções penais e administrativas cabíveis. Art. 6º - O VIII CURSO DE OPERAÇÕES TÁTICAS ESPECIAIS COTE da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro será composto de duas fases, a saber: fase seletiva e fase de formação, conforme calendário de atividades constante no Anexo I desta Ordem de Serviço. Art. 7º- A primeira fase - fase seletiva - de caráter eliminatório e classificatório, será composta de Teste de Aptidão Técnica (Tiro) e Teste de Aptidão Física (TAF), sendo o primeiro a ser realizado no Estande de Tiros da Cidade da Polícia ou em outro local previamente informado e o segundo, na Lagoa Rodrigo de Freitas Base SAER/CORE, nas datas constantes do anexo I desta normativa. Art. 8º - No Teste de Aptidão Técnica (Tiro), de caráter eliminatório, o candidato deverá, em uma única tentativa, ser capaz de: a) Demonstrar condições de manusear, com segurança e habilidade, armas de dotação oficial da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro: pistolas Taurus PT 940, Taurus PT 840 ou PT 24/7 e o fuzil Colt M16 A2, assim como demonstrar conhecimento técnico sobre as peças que compõem as referidas armas, suas funções e modo de funcionamento, limpeza e manutenção, desmontagem e montagem de primeiro escalão; b) Submeter-se a duas Avaliações de Tiro, na forma descrita a seguir: 1. Com o emprego da pistola de cautela do servidor policial: 1.1. O teste será realizado com arma carregada e alimentada com 10 (dez) cartuchos, devendo o primeiro disparo ser efetuado na condição de ação dupla, na posição de PRONTO 2 (de pé e com a arma a 45 em relação ao solo), a uma distância de 10 (dez) metros do alvo, adaptado às dimensões de uma folha A4 (210x297mm); 1.2. Ao sinal sonoro (apito), o candidato efetuará o total de 10 (dez) disparos na posição em pé, no tempo máximo de 45(quarenta e cinco) segundos, tendo de alcançar o mínimo de 70% (setenta por cento) de acerto do total de tiros. 2. Com o emprego do Fuzil M-16 A2: 2.1. Ao sinal sonoro (apito), o candidato efetuará o total de 10 (dez) disparos na posição em pé, a uma distância de 25 metros, no tempo máximo de 01 (um) minuto, tendo como alvo uma folha de papel A4 (210x297mm), tendo de alcançar o mínimo de 70% (setenta por cento) de acerto do total de tiros. 1 - Os integrantes de outras instituições poderão realizar a prova de tiro com a pistola de sua dotação. 2 - Para a realização do teste de Aptidão Técnica (Tiro), os candidatos deverão, obrigatoriamente, estar portando o seguinte material: coldre posicionado lateralmente ao corpo, do lado da mão forte, que ofereça proteção ao guarda-mato e uma presilha de segurança, óculos de proteção, protetor auricular ou abafador e boné. Art. 9 - Os candidatos, de posse do atestado médico, serão submetidos aos Testes de Aptidão Física (TAF) e avaliados a partir dos seguintes critérios: 1. Corrida correspondente a uma volta em torno da Lagoa Rodrigo de Freitas (aproximadamente 7600 metros): Tempo até 35 min 10 de 35min e 1s a 36min 9 de 36min e 1s a 37min 8 de 37min e 1s a 38min 7 de 38min e 1 s a 39 min 6 de 39 min e 1s a 41min e 59s 5 mais de 42mim ELIMINADO 2. Barras pela frente (o movimento deve ser completo, começando com os braços estendidos, pegada pronada e puxando até a altura do pescoço): ou menos NÃO PONTUADO

3 3. Barras pela frente com 10 (dez) kg de equipamento preso ao corpo (o movimento deve ser completo, começando com os braços estendidos, pegada pronada e puxando até a altura do pescoço): ou menos ELIMINADO 4. Flexões de braços (o movimento deve ser completo, começando com os braços estendidos, palma das mãos no solo, mãos na direção dos ombros; na descida o tronco do candidato deverá ficar o mais próximo do solo possível), sem tempo: acima de a a a a a ou menos ELIMINADO 5. Abdominais tipo remador (o movimento deve ser completo, começando com os joelhos fletidos, o tronco deve estar em contato com o solo; na subida do movimento, o candidato deverá fletir o tronco, aproximando a cabeça dos joelhos), no tempo máximo de 01 (um) minuto: 60 a a a a a a ou menos ELIMINADO 6. Natação de 800 metros no mar (qualquer estilo): Tempo em minutos até acima de 25 ELIMINADO 7. Natação de 100 metros em piscina (qualquer estilo): Tempo em minutos até 1:20 10 até 1:30 9 até 1:40 8 até 1:50 7 até 2:00 6

4 até 2:10 5 acima de 2:10 ELIMINADO 8. Flutuação equipada (gandola/calça/coturno) em 20 minutos eliminatória; 9. Salto da plataforma de 7 metros, tendo duas chances para realização do mesmo eliminatório. 10. Apnéia de 5 metros de profundidade eliminatório. Parágrafo único - será considerado INAPTO o candidato que não alcançar a nota 5 (cinco) em QUALQUER UM DOS REQUISITOS. Art Os candidatos pertencentes aos quadros desta Coordenadoria que alcançarem a pontuação mínima exigida em cada um dos requisitos estarão, automaticamente, considerados inscritos no VIII COTE. O restante das vagas destinadas aos Policiais Civis do Estado do Rio de Janeiro será preenchido pelos candidatos com as maiores pontuações no Teste Aptidão Física (TAF), observando-se o disposto no Art. 4 desta normativa. Parágrafo único- Caso haja empate no resultado do Teste de Aptidão Física (TAF), será usado como critério de desempate o maior tempo de serviço na atividade policial. Art Os candidatos oriundos de outros estados da federação deverão atingir a pontuação descrita no artigo 9º e, ainda, apresentar atestado médico no momento da realização das atividades. Parágrafo único - Para os candidatos oriundos de outros estados da Federação, o Teste de Aptidão Física (TAF) e a Avaliação de Tiro serão realizados nos dias 25, 26 e 27 de março de Art A segunda fase - fase de formação - será composta de instruções teóricas e práticas, totalizando 650 h/a (seiscentos e cinquenta horas/aula), conforme segue: DISCIPLINAS 1 Adaptação à Altura 2 Agentes Menos Letais 3 Artefatos Explosivos (Entradas e rompimento de obstáculos) 4 Balística 5 Combate a incêndios 6 Combate em ambiente Confinado 7 Condicionamento Físico 8 Direção Defensiva, Ofensiva e Evasiva 9 Direitos Humanos e Ética Policial 10 Escalada 11 Estágio de Operações Aéreas (emprego, aspectos operacionais, uso de armamento, técnicas de infiltração e extração, embarque e desembarque) 12 Eventos Operacionais 13 Gerenciamento de Crises 14 Defesa Pessoal 15 Manutenção e funcionalidade de armamentos 15 Medicina Legal 17 Mergulho Autônomo 18 Negociação 19 Novas tecnologias de uso operacional 20 Operações Marítimas e Ribeirinhas 21 Operações Táticas com Blindados 22 Operações urbanas em área de risco 23 Orientação 24 Planejamento e Inteligência 25 Rapel Tático 26 Segurança de Dignitário 27 Sobrevivência e Combate na Mata 28 Suporte Básico de Vida 29 Técnicas Especiais de Abordagens 30 Tiro de Precisão 31 Tiro Tático Policial TOTAL DE HORAS AULA: 650 Parágrafo Único- O corpo docente do Curso será composto por instrutores da CORE e instrutores convidados pela Coordenação do Curso.

5 Art. 13- A Coordenação poderá excluir do Curso o aluno que não demonstrar condições técnicas e/ou físicas para acompanhar as atividades ou comportar-se, interna ou externamente, de maneira incompatível com a disciplina, com os interesses, critérios e objetivos do aprimoramento iniciado ou em desacordo com o Código de Ética do Policial Civil, observando-se, em princípio, as seguintes situações: a) não se conduzir de acordo com os rígidos critérios de disciplina e doutrinas do Curso; b) não conseguir acompanhar os treinamentos e atividades e cumprir as etapas requeridas; c) não obtiver o condicionamento físico mínimo requerido durante todo o curso; d) não cumprir e/ou obter pontuação/conceito mínimo nas avaliações práticas de cada matéria; e) não obtiver no mínimo 70% de acertos na prova teórica; f) não conseguir obter 90% de aproveitamento nas avaliações de tiro requeridas durante o curso; g) demonstrar insegurança na prática das atividades; h) desobedecer às ordens dos instrutores ou da Coordenação do Curso; i) ser indisciplinado e/ou desrespeitoso com qualquer participante das atividades; j) faltar a qualquer dia de instrução sem autorização prévia da Coordenação; k) chegar atrasado à apresentação diária e/ou se ausentar do Curso sem autorização: l) não estar devidamente uniformizado e/ou apresentar-se sem os equipamentos requeridos para os treinamentos; m) não se encontrar em condições psicológicas adequadas e/ou demonstrar ausência de controle emocional durante as atividades. Parágrafo único- Ficará a cargo da Coordenação do Curso apreciar outros casos, não elencados neste artigo, que poderão, igualmente, levar à exclusão do aluno. Art. 14- Os alunos deverão providenciar uniforme, material e equipamentos individuais de proteção, conforme Anexo II, sem ônus para a Administração, não sendo autorizado o início do curso por aqueles que não se apresentarem com a lista completa no primeiro dia de aula ou em qualquer outro dia de curso. Art. 15- As atividades do Curso serão levadas a efeito nos ambientes, locais (internos e/ou externos) e horários designados pela Coordenação do Curso podendo esses locais, eventualmente, serem modificados ou alterados, por razões de interesse do treinamento, logística ou de disponibilidade de recursos ou instalações. Art. 16- Os alunos serão submetidos, durante todo o período de curso, sob a supervisão da Coordenação do Curso, a avaliações objetivas, subjetivas e/ou práticas, todas de caráter somativo. Parágrafo Único Todas as unidades constantes no Art.12 desta normativa terão seu aprendizado avaliado através de provas e/ou trabalhos, sendo considerado aprovado e apto a receber a certificação o aluno que obtiver, no mínimo, 70% (setenta por cento) de aproveitamento total no Curso. Art. 17- As atividades desenvolvidas durante o curso serão coordenadas pela Seção de Treinamento Especializado da CORE (STE) e contarão com o apoio da Seção de Operações Táticas Especiais (SOTE) e do Serviço Aeropolicial (SAER), da ACADEPOL e ainda de outras instituições de caráter civil ou militar, estaduais ou federais que se fizerem necessárias para o bom desenvolvimento do referido Curso. Art. 18- Os policiais habilitados no processo de seleção e aptos ao início do curso ficarão à disposição integral do mesmo, desde o seu início até o final, sendo dispensados de suas atividades regulares nas suas respectivas unidades. Art. 19- Os policiais civis que concluírem o Curso com aproveitamento poderão ser selecionados, para comporem o quadro de operacionais da CORE. Art. 20- A coordenação da CORE poderá baixar atos complementares à presente Ordem de Serviço, sempre que necessários e convenientes para o aprimoramento do Curso ora instituído. Art Aplicar-se-á ao Curso ora instituído, no que couber, o Regime Escolar da ACADEPOL, aprovado pela Resolução SSP n 0468, de 21 de junho de 1982 e suas modificações. Art Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação da CORE. Art. 23- Esta Ordem de Serviço entrará em vigor na data de sua publicação. Rio de Janeiro, 21 de janeiro de RODRIGO TEIXEIRA DE OLIVEIRA ID Funcional Coordenadoria de Recursos Especiais Policia Civil do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Segurança

6 Anexo I CALENDÁRIO DE ATIVIDADES PARA O VIII CURSO DE OPERAÇÕES TÁTICAS ESPECIAIS - COTE: DATA/HORA ATIVIDADE LOCAL De 02/03 a 06/03 das 10:00h às 16:00h INSCRIÇÃO De 16/03 a 17/03 das 10:00h às 16:00h APRESENTAÇÃO DO EXAME MÉDICO CORE-STE CORE-STE 18/03-06:00h EXAME FÍSICO (corrida, barra, abdominal, flexão de braço) CORE SOA- LAGOA 19/03-06:00h EXAME FÍSICO (natação, plataforma, flutuação e apnéia) CORE 20/03-08:00h AVALIAÇAO DE TIRO, ENTREVISTA E DIVULGAÇÃO DOS CLASSIFICADOS CORE 25/03-10:00h REUNIÃO DOS CLASSIFICADOS COM A COORDENAÇÃO CORE 30/03-06:00h INÍCIO DO CURSO CORE Obs.: Para os candidatos oriundos de outros estados da Federação, o Teste de Aptidão Física e a Avaliação de Tiro serão realizados nos dias 25, 26 e 27 de março de TRAJE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Anexo II EQUIPAMENTO BÁSICO INDIVIDUAL COTE VIII Camisa de Malha Azul Marinho (gola redonda); Short Preto; Meias Brancas; Sunga Preta; Tênis (cor discreta); TRAJE OPERACIONAL Calça Preta; Gandola Preta; Camisa de Malha Azul Marinho (gola redonda); Coturno Preto; Sunga Preta; Meias Pretas; Cinto Preto; Cinto N.A. Preto; Coldre de Perna para Pistola; Porta Carregador; Cobertura (Boné) de cor Preta; Porta Lanterna; EQUIPAMENTOS TÁTICOS Canivete Multiuso; Faca Grande; Lanterna Tática; Pilhas sobressalentes;

7 02 Cordeletes de 5 mm com alma (2 m para cada um); Cabo Solteiro preto 11 mm (5 m); 02 Mosquetões com trava; Freio Oito de resgate; Baudrier; Luvas para Rapel; Cantil Preto ou Verde; Porta Cantil Preto; Óculos com lente branca para proteção; Protetor auricular; Joelheiras de cor Preta; Máscara para mergulho; Nadadeira (preferencialmente tática); Bota Neoprene com sola; Snorkel (02 presilhas); Bloco de Anotações; Caneta; 06 Sealumes; Protetor Bucal para Luta; Colete Tático; Mochila Preta; Isolante Térmico; Bússola para orientação tipo Silver. KIT PRIMEIROS SOCORROS Luvas de Procedimento; Gaze; Bandagens; Esparadrapo; Antisséptico; Algodão; Medicação de uso pessoal. ARMAMENTO Pistola; 03 Carregadores de Pistola; Kit para limpeza de armamento para uso pessoal; KIT PARA HIGIENE E CUIDADOS PESSOAIS

ACADEPOL / CORE ORDEM DE SERVIÇO N 124 DE 23 DE JANEIRO DE 2014.

ACADEPOL / CORE ORDEM DE SERVIÇO N 124 DE 23 DE JANEIRO DE 2014. ACADEPOL / CORE ORDEM DE SERVIÇO N 124 DE 23 DE JANEIRO DE 2014. INSTITUI O V CURSO DE OPERAÇÕES AÉREAS COA/2014 DA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A Diretora da Academia

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 SAP/AL, DE 09 DE FEVEREIRO DE 2015 1. PREÂMBULO

EDITAL Nº 01/2015 SAP/AL, DE 09 DE FEVEREIRO DE 2015 1. PREÂMBULO EDITAL Nº 01/2015 SAP/AL, DE 09 DE FEVEREIRO DE 2015 EDITAL DE SELEÇÃO PARA AGENTES PENITENCIÁRIOS INTERESSADOS EM PARTICIPAR DO 19º CURSO DE INTERVENÇÃO RÁPIDA EM RECINTO CARCERÁRIO MÓDULO BÁSICO. 1.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 009/2013-DE

PROCESSO SELETIVO Nº 009/2013-DE ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA POLICIA MILITAR DO MARANHÃO DIRETORIA DE ENSINO Av. Jerônimo de Albuquerque, s/n, Calhau; CEP. 65.074-220; São Luís/MA; Telefax: (0xx98) 3268-3057;

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO EDITAL Nº 001 / PMAC / DEI/ 2015 1º CURSO DE SWAT OPERATIONS / PMAC/ CPO-I

GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO EDITAL Nº 001 / PMAC / DEI/ 2015 1º CURSO DE SWAT OPERATIONS / PMAC/ CPO-I GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO EDITAL Nº 001 / PMAC / DEI/ 2015 1º CURSO DE SWAT OPERATIONS / PMAC/ CPO-I O Comandante Geral da PMAC, no uso de suas atribuições

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04/2009-DGP/DPF, DE 23 DE JULHO DE 2009 Regulamenta a aplicação do exame de aptidão física

Leia mais

EDITAL Nº 04/2015/DAE/PJC/MT

EDITAL Nº 04/2015/DAE/PJC/MT ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA JUDICIÁRIA CIVIL DIRETORIA DE ATIVIDADES ESPECIAIS EDITAL Nº 04/2015/DAE/PJC/MT Disciplina as inscrições e o processo de seleção

Leia mais

TURMA: Com no máximo 30 alunos. CARGA HORÁRIA: 100 horas/aula, 20 horas/aula a mais que o exigido pelo Departamento de Polícia Federal.

TURMA: Com no máximo 30 alunos. CARGA HORÁRIA: 100 horas/aula, 20 horas/aula a mais que o exigido pelo Departamento de Polícia Federal. CURSO DE FORMAÇÃO DE INSTRUTOR DE ARMAMENTO E TIRO (C.F.I.A.T.) OBJETIVO: Capacitar o interessado em repassar as técnicas de manuseio e uso de armas curtas e longas utilizadas na área da segurança privada,

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE AGENTES PENITENCIÁRIOS

CURSO DE FORMAÇÃO DE AGENTES PENITENCIÁRIOS CURSO DE FORMAÇÃO DE AGENTES PENITENCIÁRIOS CFASP 2011 MANUAL DO ALUNO Apresentação Prezado Aluno (a): Bem-vindo ao Curso de Formação de Agentes Penitenciários. Este manual tem por objetivo orientá-lo

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA DEPARTAMENTO DA FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA DEPARTAMENTO DA FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA DEPARTAMENTO DA FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA PORTARIA Nº 005/2015/GAB/DFNSP/SENASP/MJ. Aprova a Diretriz do Teste de Aptidão Física

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO EDITAL Nº 002 / PMAC / DEI/ 2014

GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO EDITAL Nº 002 / PMAC / DEI/ 2014 GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO EDITAL Nº 002 / PMAC / DEI/ 2014 2º CURSO DE AÇÕES TÁTICAS ESPECIAIS / CATE/ PMAC/ BOPE O Comandante Geral da PMAC, no uso de suas

Leia mais

Regulamento de Prova de Tiro Numero 1/2013. Duelo 20 segundos

Regulamento de Prova de Tiro Numero 1/2013. Duelo 20 segundos Regulamento de Prova de Tiro Numero 1/2013 Duelo 20 segundos FINALIDADE Regulamentar a Prova de Tiro Duelo 20 segundos no âmbito do Estande de Tiro do 2º Batalhão de Policia do Exercito. MODALIDADE Tiro

Leia mais

DEPARTAMENTO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1, DE 4 DE JANEIRO DE 2002 Regulamenta a aplicação da prova de capacidade física no

DEPARTAMENTO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1, DE 4 DE JANEIRO DE 2002 Regulamenta a aplicação da prova de capacidade física no DEPARTAMENTO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1, DE 4 DE JANEIRO DE 2002 Regulamenta a aplicação da prova de capacidade física no processo seletivo para o cargo de Policial Rodoviário

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA INFORMATIVO DO ALUNO

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA INFORMATIVO DO ALUNO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA INFORMATIVO DO ALUNO INSTRUÇÃO DE NIVELAMENTO DE CONHECIMENTO DO EFETIVO CONVOCADO PELO DFNSP - 57ª EDIÇÃO DEPARTAMENTO DA FORÇA NACIONAL

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIVISÃO DE ENSINO E INSTRUÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIVISÃO DE ENSINO E INSTRUÇÃO GOVERNO DO ESTADO DO ACRE POLÍCIA MILITAR DIVISÃO DE ENSINO E INSTRUÇÃO Portaria nº 033/DEI/PM/2015 Processo seletivo CHOA PM/2015/AC O COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO ACRE, no uso de

Leia mais

PREFEITURA DE IPIRÁ - ESTADO DA BAHIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE COMUNICADO Prova de Aptidão Física - TAF

PREFEITURA DE IPIRÁ - ESTADO DA BAHIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE COMUNICADO Prova de Aptidão Física - TAF PREFEITURA DE IPIRÁ - ESTADO DA BAHIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE COMUNICADO Prova de Aptidão Física - TAF O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE IPIRÁ, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais, mediante

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA P O L Í C I A C I V I L DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL GABINETE

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA P O L Í C I A C I V I L DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL GABINETE ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA P O L Í C I A C I V I L DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL GABINETE EDITAL Nº 002 / 16-PC/MS (PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INSTRUÇÃO DE

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 P/3 2º BPM

EDITAL Nº 001/2014 P/3 2º BPM ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO MARANHÃO COMANDO DO POLICIAMENTO DE ÁREA DO INTERIOR 4 2º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR EDITAL Nº 001/2014 P/3 2º BPM I Curso

Leia mais

PROPOSTA DE CURSO DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

PROPOSTA DE CURSO DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PROPOSTA DE CURSO DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Título: Curso de Tripulante Operacional CTO / 2013 2. Unidade Promotora: Núcleo de Operações e Transporte Aéreo/ NOTAer, da Secretaria da Casa Militar 3. Nível

Leia mais

CAPÍTULO IV. Das Formas de Aplicação do TAF-3

CAPÍTULO IV. Das Formas de Aplicação do TAF-3 DEI - CSMFD - CENTRO DE SAÚDE MENTAL, FÍSICA E DESPORTOS - CEL PM OEZER DE CARVALHO - DIRETRIZ DE CONDICIONAMENTO FÍSICO DA POLÍ- CIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ( D-5 ) PUBLICAÇÃO Artigo 3º -

Leia mais

NORMAS PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DO 11º CURSO DE PROTEÇÃO DE AUTORIDADES - SSMCC/ 2012

NORMAS PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DO 11º CURSO DE PROTEÇÃO DE AUTORIDADES - SSMCC/ 2012 NORMAS PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DO 11º CURSO DE PROTEÇÃO DE AUTORIDADES - SSMCC/ 1. FINALIDADE: As normas que se seguem têm por finalidade descrever os parâmetros e condições necessárias para o preenchimento

Leia mais

Edital do Curso de Guarda-Vidas Civil Turma 2011/2012

Edital do Curso de Guarda-Vidas Civil Turma 2011/2012 Edital do Curso de Guarda-Vidas Civil Turma 2011/2012 Estarão abertas no Corpo de Bombeiros de Cascavel, Toledo, Marechal Cândido Rondon, Quedas do Iguaçu conforme o presente Edital, as inscrições para

Leia mais

! Relatório!do!curso!Judicial!Swat!!!!

! Relatório!do!curso!Judicial!Swat!!!! RelatóriodocursoJudicialSwat RealizadopelaUSPoliceInstructor TeamsnoCondadodeLake Flórida Aluno:ArturGustavoAzevedodoNascimentoD AMMA MarçoDAbrilde2013 No ano de 2013, mais especificamente de 31.03 até

Leia mais

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARANÁ CONSELHO DA POLÍCIA CIVIL. EDITAL N 045/2014 (Sub Judice)

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARANÁ CONSELHO DA POLÍCIA CIVIL. EDITAL N 045/2014 (Sub Judice) POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARANÁ CONSELHO DA POLÍCIA CIVIL EDITAL N 045/2014 (Sub Judice) O Presidente do Conselho da Polícia Civil do Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, em conformidade

Leia mais

EDITAL 007/DEIP/2015 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PREVENÇÃO, CONTROLE E COMBATE A INCÊNDIOS FLORESTAIS

EDITAL 007/DEIP/2015 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PREVENÇÃO, CONTROLE E COMBATE A INCÊNDIOS FLORESTAIS EDITAL 007/DEIP/2015 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PREVENÇÃO, CONTROLE E COMBATE A INCÊNDIOS FLORESTAIS O DIRETOR DE ENSINO, INSTRUÇÃO E PESQUISA DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE MATO GROSSO -

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 048/2014 26/10/2014

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 048/2014 26/10/2014 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 048/2014 26/10/2014 O SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial torna pública a realização de processo seletivo para provimento de vagas de Docentes

Leia mais

AVALIAÇÃO DE TÍTULOS PARA OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR. Valor Máximo para o conjunto Doutorado 1 0,2 0,2 Mestrado 1 0,2 0,2.

AVALIAÇÃO DE TÍTULOS PARA OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR. Valor Máximo para o conjunto Doutorado 1 0,2 0,2 Mestrado 1 0,2 0,2. ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CENTRO NOVO DO MARANHÃO A v. J u s c e l i n o K u b i t s c h e c k s / n. º C e n t r o - C E P : 6 5. 2 9 9-0 0 0. C N P J ( M F ) : 0 1. 6 1 2. 3 2 3 / 0

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA PRESIDÊNCIA RESOLUÇÃO CONJUNTA N 4, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA PRESIDÊNCIA RESOLUÇÃO CONJUNTA N 4, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014 CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA PRESIDÊNCIA RESOLUÇÃO CONJUNTA N 4, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014 Regulamenta, no âmbito do Poder Judiciário e do Ministério Público, os arts. 6º, inciso XI, e 7 -A, ambos da

Leia mais

Plano do Curso. Curso de Instrutor de Armamento e Tiro 2013 São Leopoldo/RS

Plano do Curso. Curso de Instrutor de Armamento e Tiro 2013 São Leopoldo/RS Plano do Curso Curso de Instrutor de Armamento e Tiro 2013 São Leopoldo/RS Distribuição: Justificativa; Objetivos do Curso; Público-Alvo; Metodologia; Quadro horário; Extras; Instrutores; Referências Bibliográficas;

Leia mais

INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO

INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO OBJETO O Instituto Elo, associação privada sem fins lucrativos qualificada como Organização da Sociedade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE OLINDA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO BRIGADA PAULO FREIRE 2013

PREFEITURA MUNICIPAL DE OLINDA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO BRIGADA PAULO FREIRE 2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE OLINDA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ANEXO ÚNICO DA PORTARIA SEDO Nº 407, DE 16 DE JULHO DE 2013 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO BRIGADA PAULO FREIRE 2013 A PREFEITURA

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 046/2014 12/10/2014

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 046/2014 12/10/2014 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 046/2014 12/10/2014 O SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial torna pública a realização de processo seletivo para provimento de vagas de Docentes

Leia mais

1. NO CARGO DE SOLDADO BOMBEIRO MILITAR NAS QUALIFICAÇÕES DO QUADRO DE BOMBEIRO MILITAR PARTICULAR (QBMP) DE COMBATENTE, GUARDA-VIDAS E MOTORISTA.

1. NO CARGO DE SOLDADO BOMBEIRO MILITAR NAS QUALIFICAÇÕES DO QUADRO DE BOMBEIRO MILITAR PARTICULAR (QBMP) DE COMBATENTE, GUARDA-VIDAS E MOTORISTA. ANEXO II TESTE DE APTIDÃO FÍSICA O Teste de Aptidão Física tem o objetivo de selecionar os candidatos cuja aptidão física seja compatível com o exercício da atividade de Bombeiro Militar e será realizado

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRODIN DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS - DRH

PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRODIN DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS - DRH - PRODIN DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS - DRH PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA AUXILIAR II / AUXILIAR DE TRANSPORTE II/ MOTOBOY EDITAL DRH Nº 17/2014 A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS divulga e estabelece

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 055/2014 23/11/2014

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 055/2014 23/11/2014 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 055/2014 23/11/2014 O SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial torna pública a realização de processo seletivo para provimento de vagas de Docentes

Leia mais

EDITAL DRH Nº 26/2012 PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AUXILIAR I / AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS I / CONSERVAÇÃO DE EDIFÍCIOS E LOGRADOUROS

EDITAL DRH Nº 26/2012 PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AUXILIAR I / AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS I / CONSERVAÇÃO DE EDIFÍCIOS E LOGRADOUROS - Prodin DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS - DRH EDITAL DRH Nº 26/2012 PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AUXILIAR I / AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS I / CONSERVAÇÃO DE EDIFÍCIOS E LOGRADOUROS A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE

Leia mais

LOCAL: CAMPO DE FUTEBOL DA COHAB

LOCAL: CAMPO DE FUTEBOL DA COHAB EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2014 PARA PROVIMENTO DE 86 (OITENTA E SEIS) VAGAS, PARA CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, NÍVEL MÉDIO COMPLETO, MÉDIO/TÉCNICO COMPLETO, NÍVEL FUNDAMENTAL E FUNDAMENTAL INCOMPLETO

Leia mais

EDITAL 010/2014 CURSO DE COMBATE À INCÊNDIO NA FLORESTA AMAZÔNICA CCIFA 2014

EDITAL 010/2014 CURSO DE COMBATE À INCÊNDIO NA FLORESTA AMAZÔNICA CCIFA 2014 EDITAL 010/2014 CURSO DE COMBATE À INCÊNDIO NA FLORESTA AMAZÔNICA CCIFA 2014 1 FINALIDADE: Regular o processo de seleção dos candidatos as vagas abertas do Curso de Combate a Incêndio Florestal CCIFA/2014,

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ENSINO

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ENSINO 1 POLÍCIA MILITAR DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO E CONTROLE PEDAGÓGICO CPCP CURSO DE OPERAÇÕES DE CHOQUE PARA OFICIAIS E PRAÇAS (COpChq) Edição 2013 2ª Turma EDITAL N.º DE

Leia mais

EDITAL 01/2015 CONCURSO PARA PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA

EDITAL 01/2015 CONCURSO PARA PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA UNIÃO METROPOLITANA PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E CULTURA FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA EDITAL 01/2015

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 025/2015 28/06/2015

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 025/2015 28/06/2015 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 025/2015 28/06/2015 O SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial torna pública a realização de processo seletivo para provimento de vagas de Docentes

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 041/2014 21/09/2014

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 041/2014 21/09/2014 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 041/2014 21/09/2014 O SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial torna pública a realização de processo seletivo para provimento de vagas de Docentes

Leia mais

ETEP FACULDADE DE TECNOLOGIA DE JACAREÍ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2º TRIMESTRE DE 2013 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS CAMPUS JACAREÍ

ETEP FACULDADE DE TECNOLOGIA DE JACAREÍ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2º TRIMESTRE DE 2013 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS CAMPUS JACAREÍ ETEP FACULDADE DE TECNOLOGIA DE JACAREÍ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2º TRIMESTRE DE 2013 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS CAMPUS JACAREÍ A Direção Acadêmica da ETEP Faculdade de Tecnologia de Jacareí, autorizada

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 027/2015 19/07/2015

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 027/2015 19/07/2015 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 027/2015 19/07/2015 O SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial torna pública a realização de processo seletivo para provimento de vagas de Docente

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ENSINO

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ENSINO 1 POLÍCIA MILITAR DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO E CONTROLE PEDAGÓGICO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SOCORRISMO DE EQUINOS/2012 EDITAL n.º DE-019/09/12 O DEPARTAMENTO DE ENSINO

Leia mais

1. DA CONVOCAÇÃO PARA A MATRÍCULA NO CURSO DE FORMAÇÃO E PARA A INVESTIGAÇÃO SOCIAL

1. DA CONVOCAÇÃO PARA A MATRÍCULA NO CURSO DE FORMAÇÃO E PARA A INVESTIGAÇÃO SOCIAL O SECRETÁRIO DE ESTADO DA GESTÃO E PREVIDÊNCIA, na qualidade de Presidente da Comissão Central de Concurso Público, criada por meio do Decreto Estadual n.º 28.608, de 28 de setembro de 2012, torna pública

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL PORTARIA N o. 613, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005 O DIRETOR-GERAL DO DEPARTAMENTO DE POLICIA FEDERAL, no uso das atribuições que lhe confere o art. 27,

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 029/2015 30/08/2015

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 029/2015 30/08/2015 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 029/2015 30/08/2015 O SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial torna pública a realização de processo seletivo para provimento de vagas de Docente

Leia mais

CARGO, VAGA, LOCAL DE TRABALHO, CARGA HORÁRIA E REMUNERAÇÃO

CARGO, VAGA, LOCAL DE TRABALHO, CARGA HORÁRIA E REMUNERAÇÃO EDITAL N. 05 DO CENTRO DE DEFESA DA CIDADANIA PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIO DE PSICOLOGIA, DE SERVIÇO SOCIAL E DE DIREITO PARA ATUAÇÃO NO NÚCLEO DE ATENDIMENTO ÀS VÍTIMAS DE CRIMES VIOLENTOS DE BELO

Leia mais

Capitães, Tenentes e Praças NP Nº 093/15-DE EDITAL Nº 010/2015-DE. PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS/2015 PMAL (970 h/a).

Capitães, Tenentes e Praças NP Nº 093/15-DE EDITAL Nº 010/2015-DE. PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS/2015 PMAL (970 h/a). NP Nº 093/15-DE EDITAL Nº 010/2015-DE PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS/2015 PMAL (970 h/a). O Diretor de Ensino da PMAL, no uso de suas atribuições, e tendo a proposta de curso encaminhada

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/2015

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/2015 EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/2015 EDITAL PARA EXAME DE SELEÇÃO PÚBLICA DE ACADÊMICOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DE INSITUIÇÕES DE ENSINO DEVIDAMENTE CONVENIADAS

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/PJ8/2015

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/PJ8/2015 EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/PJ8/2015 EDITAL PARA EXAME DE SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DE INSITUIÇÕES DE ENSINO DEVIDAMENTE

Leia mais

ORIENTAÇÃO AOS CANDIDATOS AO ESTÁGIO DE AUXILIAR DE GUIA DE CORDADA (EAGC) 2010

ORIENTAÇÃO AOS CANDIDATOS AO ESTÁGIO DE AUXILIAR DE GUIA DE CORDADA (EAGC) 2010 MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO CML 1ª DE 4ª Bda Inf Mtz 11º BIMth São João del Rei, MG Em 09 Set 10 An A à O Instr Nr 01 EAGC ORIENTAÇÃO AOS CANDIDATOS AO ESTÁGIO DE AUXILIAR DE GUIA DE CORDADA

Leia mais

Título I Das Disposições Preliminares. TÍTULO II Do Processo Seletivo. TÍTULO III Da matrícula

Título I Das Disposições Preliminares. TÍTULO II Do Processo Seletivo. TÍTULO III Da matrícula Regulamento do Processo Seletivo para ingresso nos cursos de Graduação Bacharelado e Licenciatura e Graduação Tecnológica da Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação. Missão Institucional Promover

Leia mais

ANEXO A PORTARIA Nº 09/DFNSP/SENASP/MJ PROTOCOLO GERAL DE TESTE DE APTIDÃO FÍSICA

ANEXO A PORTARIA Nº 09/DFNSP/SENASP/MJ PROTOCOLO GERAL DE TESTE DE APTIDÃO FÍSICA ANEXO A PORTARIA Nº 09/DFNSP/SENASP/MJ PROTOCOLO GERAL DE TESTE DE APTIDÃO FÍSICA CAPÍTULO I Art. 1º - O presente trabalho visa avaliar os militares em condições normais de saúde, já mobilizados ou que

Leia mais

SUGESTÕES DE PROGRAMAS DE TREINAMENTO FISICO PARA OS CANDIDATOS AOS CURSOS DE OPERAÇÕES NA SELVA

SUGESTÕES DE PROGRAMAS DE TREINAMENTO FISICO PARA OS CANDIDATOS AOS CURSOS DE OPERAÇÕES NA SELVA MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COMANDO MILITAR DA AMAZÔNIA CENTRO DE INSTRUÇÃO DE GUERRA NA SELVA CENTRO CORONEL JORGE TEIXEIRA SUGESTÕES DE PROGRAMAS DE TREINAMENTO FISICO PARA OS CANDIDATOS

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO EM MEDICINA INTENSIVA 2015/1

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO EM MEDICINA INTENSIVA 2015/1 EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO EM MEDICINA INTENSIVA 2015/1 HOSPITAL GERAL DE GOIÂNIA Diretoria Ensino e Pesquisa PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO EM MEDICINA INTENSIVA

Leia mais

PARA COMPOSIÇÃO DO BANCO DE MEDIADORES/CONCILIADORES JUDICIAIS VOLUNTÁRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ

PARA COMPOSIÇÃO DO BANCO DE MEDIADORES/CONCILIADORES JUDICIAIS VOLUNTÁRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ EDITAL DE ABERTURA Nº 01/2015 CEJUSC-FAMAZ/TJPA - PROCESSO SELETIVO PARA COMPOSIÇÃO DO BANCO DE MEDIADORES/CONCILIADORES JUDICIAIS VOLUNTÁRIOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ A Excelentíssima

Leia mais

GOVERNO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA JUSTIÇA E CIDADANIA ACADEJUC

GOVERNO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA JUSTIÇA E CIDADANIA ACADEJUC EDITAL N.º 01/2014//SJC O SECRETÁRIO DE ESTADO DA JUSTIÇA E CIDADANIA, O DIRETOR DA ACADEMIA DE JUSTIÇA E CIDADANIA E A COMISSÃO DE CREDENCIAMENTO DE SERVIDOR DOCENTE, nomeada pela Portaria n.º 0177//GAB/SJC

Leia mais

LEI Nº 6.568, DE 6 DE JANEIRO DE 2005.

LEI Nº 6.568, DE 6 DE JANEIRO DE 2005. LEI Nº 6.568, DE 6 DE JANEIRO DE 2005. INSTITUI NA POLÍCIA MILITAR E NO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE ALAGOAS O SISTEMA DE ENSINO MILITAR E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DE ALAGOAS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei 5 152 de 2111011966 São Luís - Maranhão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei 5 152 de 2111011966 São Luís - Maranhão Fundação Instituída nos termos da Lei 5 152 de 2111011966 RESOLUÇÃO No 487-CONSEPE, de 29 de agosto de 2006. Regulamenta procedimentos e critérios do Processo Seletivo Vestibular Especial para ingresso

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE ENSINO COMISSÃO DE PROCESSOS VESTIBULARES COMPROV

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE ENSINO COMISSÃO DE PROCESSOS VESTIBULARES COMPROV SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE ENSINO COMISSÃO DE PROCESSOS VESTIBULARES COMPROV EDITAL PRE Nº 021/2015 Processo Seletivo SiSU 2015.2 A Universidade Federal

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PROVIMENTO DE VAGAS SESI EDUCAÇÃO CACOAL/RO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 006/2015

PROCESSO SELETIVO PARA PROVIMENTO DE VAGAS SESI EDUCAÇÃO CACOAL/RO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 006/2015 PROCESSO SELETIVO PARA PROVIMENTO DE VAGAS SESI EDUCAÇÃO CACOAL/RO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 006/2015 O Serviço Social da Indústria SESI EDUCAÇÃO CACOAL/RO faz saber aos interessados que se,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ACRE Tribunal de Justiça - Presidência

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ACRE Tribunal de Justiça - Presidência EDITAL N o 9/2012. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ACRE, DESEMBARGADOR ADAIR LONGUINI, TORNA PÚBLICA A ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PRESTADORES

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MINISTÉRIO PÚBLICO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MINISTÉRIO PÚBLICO PROCESSO SELETIVO DE ESTUDANTES PARA O QUADRO DE ESTAGIÁRIOS DO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CURSO SUPERIOR - ARQUITETURA E URBANISMO E ENGENHARIA CIVIL EDITAL Nº 259/2013 PORTO ALEGRE O Coordenador

Leia mais

CEAS INTERNACIONAL e CARLOS YEGROS apresentam o primeiro curso no Brasil de Especialista em Proteção Executiva pelo sistema bi-modal-parte a

CEAS INTERNACIONAL e CARLOS YEGROS apresentam o primeiro curso no Brasil de Especialista em Proteção Executiva pelo sistema bi-modal-parte a CEAS INTERNACIONAL e CARLOS YEGROS apresentam o primeiro curso no Brasil de Especialista em Proteção Executiva pelo sistema bi-modal-parte a distância e parte presencial. CURSO INTERNACIONAL DE ESPECIALISTA

Leia mais

CURSO DE TRIPULANTE OPERACIONAL EDITAL N.º 001/2013 CIOPAER 02 de Julho de 2013

CURSO DE TRIPULANTE OPERACIONAL EDITAL N.º 001/2013 CIOPAER 02 de Julho de 2013 CURSO DE TRIPULANTE OPERACIONAL EDITAL N.º 001/2013 02 de Julho de 2013 O Presidente da Comissão para seleção de policiais militares para comporem o cadastro reserva para o Curso de Tripulante Operacional,

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 029/2013 11/08/2013

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 029/2013 11/08/2013 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 029/2013 11/08/2013 O SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial torna pública a realização de processo seletivo para provimento de vagas de Docentes

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA IBTA (Código 1853) EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 1º TRIMESTRE DE 2014 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS

FACULDADE DE TECNOLOGIA IBTA (Código 1853) EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 1º TRIMESTRE DE 2014 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS FACULDADE DE TECNOLOGIA IBTA (Código 1853) EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 1º TRIMESTRE DE 2014 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS A Direção Acadêmica da Faculdade de Tecnologia IBTA SP, localizada a Avenida Paulista,

Leia mais

REQUISITOS PARA O CARGO. Escolaridade: Ensino Médio completo Experiência: 06 meses de experiência em regência de Bandas, Fanfarras ou Orquestras.

REQUISITOS PARA O CARGO. Escolaridade: Ensino Médio completo Experiência: 06 meses de experiência em regência de Bandas, Fanfarras ou Orquestras. COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000423-2014-001 MONITOR DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES BANDA E FANFARRA FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA SOROCABA - SESI-SP A Diretoria de Recursos Humanos do SESI-SP abre

Leia mais

! " # $% & (VAGA DE PROFESSOR EQUIVALENTE)

!  # $% & (VAGA DE PROFESSOR EQUIVALENTE) ! " # $% & (VAGA DE PROFESSOR EQUIVALENTE) '$# O Reitor da UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE (UFF), no uso de suas atribuições legais, conferidas pela autorização concedida pelo Ministro de Estado do Planejamento

Leia mais

Bacharelado em Administração, reconhecido pela Portaria nº 123, de 02.01.2010 (D.O.U 04.02.2010) 14 vagas diurno e 108 vagas noturno;

Bacharelado em Administração, reconhecido pela Portaria nº 123, de 02.01.2010 (D.O.U 04.02.2010) 14 vagas diurno e 108 vagas noturno; FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - ETEP EDITAL DE PROCESSO SELETIVO - 3º TRIMESTRE DE 2014 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS - CAMPUS ESPLANADA A Direção Acadêmica da Faculdade de Tecnologia

Leia mais

ETEP FACULDADE DE TECNOLOGIA DE JACAREÍ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2015 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS CAMPUS JACAREÍ

ETEP FACULDADE DE TECNOLOGIA DE JACAREÍ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2015 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS CAMPUS JACAREÍ ETEP FACULDADE DE TECNOLOGIA DE JACAREÍ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2015 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS CAMPUS JACAREÍ A Direção Acadêmica da ETEP Faculdade de Tecnologia de Jacareí, autorizada

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES:

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS DIRETORIA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL CENTRO NACIONAL DE PREVENÇÃO E COMBATE AOS INCÊNDIOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EDITAL PROGRAD Nº 18/2008, DE 22 DE JULHO DE 2008 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DO PROGRAMA PRÓ-ESTÁGIO UFGD 2008 O PRÓ-REITOR DE ENSINO DE GRADUAÇÃO da Fundação Universidade Federal da Grande Dourados, no uso

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE SANTA CATARINA CENTRO DE ENSINO BOMBEIRO MILITAR ACADEMIA DE BOMBEIRO MILITAR

SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE SANTA CATARINA CENTRO DE ENSINO BOMBEIRO MILITAR ACADEMIA DE BOMBEIRO MILITAR SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE SANTA CATARINA CENTRO DE ENSINO BOMBEIRO MILITAR ACADEMIA DE BOMBEIRO MILITAR Caro futuro Cadete, Nós, da Academia de Bombeiro Militar

Leia mais

Estadual 2015. Edital de Convocação para o Exame de Qualificação do Vestibular

Estadual 2015. Edital de Convocação para o Exame de Qualificação do Vestibular Edital de Convocação para o Exame de Qualificação do Vestibular Estadual 2015 A Universidade do Estado do Rio de Janeiro torna público o presente Edital, com normas, rotinas e procedimentos relativos ao

Leia mais

3. As inscrições ficarão abertas no período de 11/11/2013 a 20/01/2014, às16 horas, exclusivamente no site do IBCC: www.ibcc.org.br.

3. As inscrições ficarão abertas no período de 11/11/2013 a 20/01/2014, às16 horas, exclusivamente no site do IBCC: www.ibcc.org.br. São Paulo, 01 de novembro de 2013. Instituto Brasileiro de Controle do Câncer - IBCC Edital Imagem 2013 O Centro de Estudos Prof. Dr. Sampaio Góes Junior do Instituto Brasileiro de Controle do Câncer torna

Leia mais

FUNDAÇÃO BENEDITO PEREIRA NUNES FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS ÍNDICE CAPÍTULO I... 01 DAS FINALIDADES... 01 DOS OBJETIVOS... 01

FUNDAÇÃO BENEDITO PEREIRA NUNES FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS ÍNDICE CAPÍTULO I... 01 DAS FINALIDADES... 01 DOS OBJETIVOS... 01 1 FUNDAÇÃO BENEDITO PEREIRA NUNES FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS ÍNDICE CAPÍTULO I... 01 DAS FINALIDADES... 01 DOS OBJETIVOS... 01 CAPÍTULO II... 01 DO PROCESSO DE ABERTURA DE CURSOS... 01 DO ENCAMINHAMENTO...

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas EDITAL Nº. 033/12 -PROGEPE CONCURSO PÚBLICO Por delegação de competência do Magnífico Reitor da Universidade Federal do Paraná, conforme Portaria n.º 2590 de 26/09/97, e considerando o disposto no Decreto

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR DE LIMPEZA ESF - SORRI BAURU MARÇO 2015

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR DE LIMPEZA ESF - SORRI BAURU MARÇO 2015 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR DE LIMPEZA ESF - SORRI BAURU MARÇO 2015 A SORRI BAURU, por meio de sua Diretoria Executiva, convoca os interessados a participar do processo seletivo para a contratação

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 25 DE SETEMBRO DE 2015

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 25 DE SETEMBRO DE 2015 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 25 DE SETEMBRO DE 2015 A PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULÍNIA, no uso de suas atribuições, torna pública a seguinte retificação ao Edital supracitado, cujas alterações estão

Leia mais

Tecnólogo em Controle de Obras, reconhecido pela portaria nº 40, de 19.04.2012. D.O.U em 20.04.2012 70 vagas noturno;

Tecnólogo em Controle de Obras, reconhecido pela portaria nº 40, de 19.04.2012. D.O.U em 20.04.2012 70 vagas noturno; FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - ETEP EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2015 CURSOS SUPERIORES DE CURTA DURAÇÃO CAMPUS ESPLANADA A Direção Acadêmica da Faculdade de Tecnologia

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2015, DE 30 DE JUNHO DE 2015.

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2015, DE 30 DE JUNHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2015, DE 30 DE JUNHO DE 2015. O MUNICÍPIO DE CAUCAIA, por intermédio da Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Tecnologia

Leia mais

CARTILHA DE ARMAMENTO E TIRO APRESENTAÇÃO

CARTILHA DE ARMAMENTO E TIRO APRESENTAÇÃO CARTILHA DE ARMAMENTO E TIRO APRESENTAÇÃO Esta cartilha foi elaborada pelo Serviço de Armamento e Tiro da Academia Nacional de Polícia e pelo Serviço Nacional de Armas, tendo como objetivo principal fornecer

Leia mais

PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº050/2011 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA A FUNDAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DA UNICAMP - FUNCAMP

PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº050/2011 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA A FUNDAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DA UNICAMP - FUNCAMP PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº050/2011 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA A FUNDAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DA UNICAMP - FUNCAMP A Fundação de Desenvolvimento da Unicamp - FUNCAMP

Leia mais

EDITAL nº 01, de 26/05/2015

EDITAL nº 01, de 26/05/2015 EDITAL nº 01, de 26/05/2015 A ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL PARQUE DA JUVENTUDE, município de São Paulo, atendendo o disposto no 3º do Artigo 62 do Regimento Comum das Escolas Técnicas Estaduais do Centro Estadual

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA O CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE EDUCAÇÃO SUPERIOR

EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA O CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA O CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE EDUCAÇÃO SUPERIOR A PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS em parceria

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MUNICIPAL SEMSA / BONFIM Nº 001/2015 COMISSÃO DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL PARA PROVA DE CAPACITAÇÃO FÍSICA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MUNICIPAL SEMSA / BONFIM Nº 001/2015 COMISSÃO DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL PARA PROVA DE CAPACITAÇÃO FÍSICA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MUNICIPAL SEMSA / BONFIM Nº 001/2015 COMISSÃO DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL PARA PROVA DE CAPACITAÇÃO FÍSICA 1. Participarão desta etapa os candidatos aprovados/classificados

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DF SES DF GERÊNCIA DE APOIO AO SERVIÇO MÓVEL DE URGÊNCIA GASMU NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM URGÊNCIA - NEU

SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DF SES DF GERÊNCIA DE APOIO AO SERVIÇO MÓVEL DE URGÊNCIA GASMU NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM URGÊNCIA - NEU SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DF SES DF GERÊNCIA DE APOIO AO SERVIÇO MÓVEL DE URGÊNCIA GASMU NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM URGÊNCIA - NEU Capacitação interna da Secretaria de Estado de Saúde do DF para Cadastro

Leia mais

CTPS - Centro de Treinamento de Profissionais Segurança Privada 39.302.369/0001-94

CTPS - Centro de Treinamento de Profissionais Segurança Privada 39.302.369/0001-94 Você que mora no interior ou em outros estados agora ficou mais fácil matricular-se nos cursos da CTPS... Basta digitalizar e enviar para o nosso aluno@ctps.com.br Ou tirar suas certidões aqui mesmo no

Leia mais

Estado de Pernambuco

Estado de Pernambuco Estado de Pernambuco Ano LXXXV - Recife, quinta-feira, 15 de maio de 2008 LEI COMPLEMENTAR Nº 108, DE 14 DE MAIO DE 2008 Dispõe sobre o ingresso nas Corporações Militares do Estado, e dá outras providências.

Leia mais

ASSOCIAÇÃO E CULTURAL E EDUCACIONAL DO PARÁ ACEPA CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA EDITAL Nº 031/2014

ASSOCIAÇÃO E CULTURAL E EDUCACIONAL DO PARÁ ACEPA CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA EDITAL Nº 031/2014 ASSOCIAÇÃO E CULTURAL E EDUCACIONAL DO PARÁ ACEPA CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA EDITAL Nº 031/2014 1. O Reitor do CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA, no uso de suas atribuições

Leia mais

Secretaria de Estado da Saúde Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Comissão de Concursos Públicos - CCP

Secretaria de Estado da Saúde Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Comissão de Concursos Públicos - CCP Secretaria de Estado da Saúde Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Comissão de Concursos Públicos - CCP Concurso Público: MOTORISTA Edital HCFMUSP no. 49/2008-CCP

Leia mais

REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21

REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21 REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21 Este regulamento tem por finalidade determinar as condições e os critérios seletivos gerais para formar e compor a Seleção

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA POLICIA MILITAR DO MARANHÃO DIRETORIA DE ENSINO

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA POLICIA MILITAR DO MARANHÃO DIRETORIA DE ENSINO ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA POLICIA MILITAR DO MARANHÃO DIRETORIA DE ENSINO Av. Jerônimo de Albuquerque, s/n, Calhau; CEP. 65.074-220; São Luís/MA; Telefax: (0xx98) 3268-3057

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Edital de Seleção do Programa de Intercâmbio Internacional Colégio de Aplicação João XXIII 2015 (PII-JOÃO 2015) A Secretaria de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE EDITAL PROPEG Nº 010/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA PARA A A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Acre em associação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE ESTUDANTES PARA O QUADRO DE ESTAGIÁRIOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CURSO SUPERIOR - DIREITO

PROCESSO SELETIVO DE ESTUDANTES PARA O QUADRO DE ESTAGIÁRIOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CURSO SUPERIOR - DIREITO PROCESSO SELETIVO DE ESTUDANTES PARA O QUADRO DE ESTAGIÁRIOS DO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CURSO SUPERIOR - DIREITO EDITAL 01/2014 ENCRUZILHADA DO SUL O PROMOTOR DE JUSTIÇA DA PROMOTORIA DE JUSTIÇA

Leia mais