Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download ""

Transcrição

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14 AVISO N.º 02/2015 FILIPA MARTA TORRES FARIA, Vereadora da Câmara Municipal de Sines, com Competências Delegadas: Nos termos do n.º 2 do artigo 78.º do Decreto-lei n.º 555/99 de 16 de dezembro, na sua atual redação, torna público que a Câmara Municipal de Sines, emitiu em 19 de fevereiro de 2015, o aditamento nº 1 ao alvará de licenciamento de loteamento nº 2/1988, em nome de Coopcôvo - Cooperativa de Construção e Habitação de Porto Côvo, C.R.L., portador do número de contribuinte , que titula a aprovação da alteração à operação de loteamento, que incide sobre o prédio sito em Rua Conde Bandeira e Rua José Faial, da Freguesia de Porto Côvo, Concelho de Sines, descrito na Conservatória do Registo Predial de Sines sob o nº 00239/ e inscrito na matriz predial urbana sob o > Alteração do Regulamento e Tabela de Taxas entrou em vigor artigo ---, da respetiva freguesia. A alteração ao loteamento, aprovada por deliberação tomada em reunião camarária de 15 de janeiro de 2015, respeita o disposto no Plano de Urbanização de Porto Covo e apresenta, de acordo com a planta que constitui o anexo I, ao presente aditamento, as seguintes características: Relativamente à alteração à operação de loteamento: a) - Área total de construção ,49m2; b) - Área de implantação ,37m2; c) - Número total de fogos Alterado o uso da fração B do lote 18, de equipamento para habitação. A alteração da área total de construção e da área de implantação, incide sobre: Lotes 1 e 2 - Frações B ; Lotes 5 e 6 - Frações A ; Lote 10 - Frações A e B ; A 2.ª Alteração do Regulamento e Tabela de Taxas do Município de Sines foi publicada em Diário da República no dia 9 de janeiro de 2015 e entrou em vigor no dia 10 de janeiro. A alteração dá cumprimento a um conjunto de exigências legais que têm efeitos na atividade dos serviços da autarquia. Foram introduzidas novas taxas, mercê da prestação de novos serviços pela autarquia, foi Lote 12 - Frações A e B ; Lotes 14 - Fração A ; Lotes 15 e 16 - Frações A ; Lote 18 - Frações A. Em tudo o omisso se mantém o descrito no alvará de licenciamento de loteamento nº 2/1988, datado de 16 de setembro. E para constar se passou o presente aviso e outros de igual teor, que vão ser afixados nos lugares públicos do costume. Sines, 19 de fevereiro de A Vereadora com Competências Delegadas, Filipa Faria alterada a denominação de taxas pré-existentes, de forma a uniformizar a terminologia utilizada pelos vários níveis de administração, e foram revistos os quantitativos de algumas taxas. O documento está disponível para consulta na área Loja do Munícipe > Regulamentos e tarifários do site municipal, > Análises revelam boa qualidade da água de Sines A qualidade da água do sistema de abastecimento público é uma das prioridades da Câmara Municipal de Sines, que tem vindo a trabalhar no sentido de melhorar os processos de tratamento e desinfeção da água. Relativamente ao quarto trimestre de 2014, conclui-se que, num plano com 17 amostras na torneira do consumidor, 94,62% das 223 análises efetuadas apresentaram resultados conformes à legislação em vigor. A repetição de uma amostragem, realizada de acordo com o estabelecido no capítulo IV do Decreto-Lei n.º306/2007, demonstrou que a não conformidade detetada se deveu a uma situação pontual, não havendo desta forma implicações na saúde pública. A monitorização dos processos de tratamento e da qualidade da água distribuída em Sines em 2014 foi feita pelo Laboratório de Águas do Litoral Alentejano, entidade acreditada pelo Instituto Português de Acreditação. Os resultados foram reportados à Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR). Ao longo do ano, seguindo um Plano de Amostragem aprovado pela ERSAR, com base no disposto no capítulo III e no anexo III do Decreto-Lei nº306/2007, foram feitas análises na torneira do consumidor de forma a obter uma imagem representativa da qualidade da água distribuída pela Câmara Municipal. Todas as determinações foram realizadas no cumprimento das disposições constantes na lei, nomeadamente no que se refere a parâmetros, frequência de amostragem e análise, e métodos analíticos. 14 // SINES MUNICIPAL. 05. MARÇO 2015

15 Gestão Município aprova nova delegação de competências na Junta de Porto Covo A Assembleia Municipal de Sines aprovou, na sessão de 26 de fevereiro, o Acordo de Execução e o Contrato Interadministrativo de delegação de competências do município na Junta de Freguesia de Porto Covo. O conjunto de competências do município delegadas na freguesia é alargado e passa a reger-se pelo disposto no Regime Jurídico das Autarquias Locais instaurado com a Lei n.º 75/2013. A assinatura dos documentos pelo presidente da Câmara Municipal de Sines, Nuno Mascarenhas, e pelo presidente da Junta de Freguesia de Porto Covo, Cláudio Rosa, teve lugar nos Paços do Concelho, no dia 12 de março. A delegação de competências na Junta de Freguesia de Porto Covo celebrada através do acordo de execução abrange as áreas de intervenção que estão expressamente definidas na lei: manutenção de espaços verdes; limpeza das vias e espaços públicos, sarjetas e sumidouros; manutenção, reparação e substituição do mobiliário urbano instalado no espaço público (exceto o que seja objeto de concessão); manutenção corrente de feiras e mercados; realização de pequenas reparações nos estabelecimentos de educação pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico; e manutenção dos espaços envolventes desses mesmos estabelecimentos. Através do contrato interadministrativo, o município delega também competências que, pela proximidade das realidades locais, considera serem asseguradas de forma mais eficaz pela autarquia de Porto Covo: manutenção e conservação de caminhos rurais; gestão e manutenção do Pavilhão Multiusos; gestão da biblioteca municipal; manutenção e conservação de calçadas; conservação e reparação de sinalização vertical não iluminada; limpeza das praias da freguesia; e gestão do cemitério municipal. Para possibilitar à junta de freguesia o exercício Assinatura dos documentos da delegação de competências pelo presidente da Junta, Cláudio Rosa, e pelo presidente da Câmara, Nuno Mascarenhas - 12 de março destas competências, o município comprometese a assegurar recursos financeiros no montante de cerca de anuais, transferidos em parcelas mensais, nos anos 2015, 2016 e A Câmara compromete-se também a prestar o apoio técnico que se torne necessário ao exercício das competências delegadas, sempre que solicitado pela Junta. Espera-se que os acordos alcançados aumentem a eficiência da gestão e promovam ganhos de eficácia dos recursos por parte de ambas as autarquias, permitindo uma maior articulação entre o município e a freguesia e contribuindo para a coesão territorial, sem aumento da despesa pública global. A delegação de competências foi aprovada por maioria na Assembleia Municipal, com os votos a favor do PS, SIM e PSD e as abstenções da CDU. Na Câmara Municipal, a delegação de competências também foi aprovada por maioria, com os votos a favor do PS e do SIM. O vereador da CDU, Helder Guerreiro, absteve-se por considerar a delegação de competências uma intromissão do poder central na autonomia do poder local democrático, sem deixar margem àquele para decidir quem está melhor apetrechado ou com melhores condições para realizar o trabalho ou prestar o serviço, o que poderá resultar na sua deterioração. Os documentos da delegação de competências estão disponíveis em COMPETÊNCIAS DELEGADAS NA JUNTA DE FREGUESIA DE PORTO COVO w Manutenção de espaços verdes w Limpeza das vias e espaços públicos, sarjetas e sumidouros w Manutenção, reparação e substituição do mobiliário urbano instalado no espaço público (exceto o que seja objeto de concessão) w Manutenção corrente de feiras e mercados w Realização de pequenas reparações nos estabelecimentos de educação pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico w Manutenção dos espaços envolventes desses mesmos estabelecimentos w Manutenção e conservação de caminhos rurais w Gestão e manutenção do Pavilhão Multiusos w Gestão da biblioteca municipal w Manutenção e conservação de calçadas w Conservação e reparação de sinalização vertical não iluminada w Limpeza das praias da freguesia w Gestão do cemitério municipal SINES MUNICIPAL. 05. MARÇO 2015 \\ 15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

Informação oficial EDITAL N.º 92/2015 Nuno José Gonçalves Mascarenhas, Presidente da Câmara Municipal de Sines, ao abrigo do n.º 1 do art.º 56.º da Lei nº 75/2013 de 12 de setembro, torna público que,

Leia mais

APROVA OS MODELOS DE AVISO A FIXAR PELO TITULAR DE ALVARÁ DE LICENCIAMENTO. (Portaria n.º 1108/2001, de 18 de Setembro)

APROVA OS MODELOS DE AVISO A FIXAR PELO TITULAR DE ALVARÁ DE LICENCIAMENTO. (Portaria n.º 1108/2001, de 18 de Setembro) APROVA OS MODELOS DE A FIXAR PELO TITULAR DE ALVARÁ DE LICENCIAMENTO (Portaria n.º 1108/2001, de 18 de Setembro) O Decreto-Lei n.º 555/99, de 16 de Dezembro, que aprovou o novo regime jurídico da urbanização

Leia mais

Valor Global C/ IVA. Valor Global S/ IVA Nº seq. de cabimento Valor C/ IVA. Valor S/ IVA. Valor S/ IVA

Valor Global C/ IVA. Valor Global S/ IVA Nº seq. de cabimento Valor C/ IVA. Valor S/ IVA. Valor S/ IVA EDITAL SARA DE GUADALUPE ABRAÇOS ROMÃO, PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SERPA TORNA PÚBLICO, de harmonia com o artigo 56.º n.º 1 da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, as deliberações de eficácia

Leia mais

ACORDO DE EXECUÇÃO. Entre:

ACORDO DE EXECUÇÃO. Entre: ACORDO DE EXECUÇÃO Entre: O Município de Ponte de Lima, NIPC 506 811 913, com sede na Praça da República, 4990-0623, Ponte de Lima, representado neste ato pelo Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal,

Leia mais

Informação oficial EDITAL N.º 50/2014 EDITAL N.º 61/2014 Nuno José Gonçalves Mascarenhas, Presidente da Câmara Municipal de Sines, ao abrigo do n.º 1 do art.º 56.º da Lei 75/2013 de 12 de setembro, torna

Leia mais

I N F O R M A Ç Ã O EDITAL N.º 63/2015 Nuno José Gonçalves Mascarenhas, presidente da Câmara Municipal de Sines, ao abrigo do n.º 1 do art.º 56.º da Lei 75/2013 de 12 de setembro, torna público que, em

Leia mais

DESPACHO PC 8/ MANDATO 2013/2017 NO VEREADOR VITOR MANUEL INÁCIO COSTA

DESPACHO PC 8/ MANDATO 2013/2017 NO VEREADOR VITOR MANUEL INÁCIO COSTA DESPACHO PC 8/2013 - MANDATO 2013/2017 DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS I - De acordo com o disposto no art.º 36º, n.º 2, da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, resolvo delegar nos Vereadores adiante indicados

Leia mais

REGULAMENTO DA COMISSÃO MUNICIPAL DE TRÂNSITO DO CONCELHO DE NORDESTE

REGULAMENTO DA COMISSÃO MUNICIPAL DE TRÂNSITO DO CONCELHO DE NORDESTE REGULAMENTO DA COMISSÃO MUNICIPAL DE TRÂNSITO DO CONCELHO DE NORDESTE A Câmara Municipal ao abrigo do artigo 241º da Constituição da República Portuguesa e no âmbito das competências previstas na Lei n.º

Leia mais

RESUMO DA ATA Nº 27/2016 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE NOVEMBRO DE 2016

RESUMO DA ATA Nº 27/2016 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE NOVEMBRO DE 2016 RESUMO DA ATA Nº 27/2016 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE NOVEMBRO DE 2016 ------ Em cumprimento do disposto nos n.ºs. 1 e 2, do art.º 56.º, do anexo I, da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, que estabelece

Leia mais

DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS DO MUNICÍPIO NAS FREGUESIAS DO CONCELHO

DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS DO MUNICÍPIO NAS FREGUESIAS DO CONCELHO DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS DO MUNICÍPIO NAS FREGUESIAS DO CONCELHO ESTUDO PRÉVIO DE VIABILIDADE Nota introdutória Este estudo é elaborado nos termos e para os efeitos previstos nos artigos 131.º a 136.º

Leia mais

ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO

ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO 1 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO ANO DE 2012 1. Introdução A Lei n.º 24/98, de 26 de maio aprovou o Estatuto do Direito de Oposição, assegurando às minorias o direito de constituir

Leia mais

MINUTA DA ATA N.º 10/2012

MINUTA DA ATA N.º 10/2012 MINUTA DA ATA N.º 10/2012 Minuta da Ata da reunião ordinária da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, realizada no dia 2 DE MAIO DE 2012. Aos dois dias do mês de maio de 2012, em Vila Real de

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 7 DE SETEMBRO DE 2016 RESUMO DE DELIBERAÇÕES

REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 7 DE SETEMBRO DE 2016 RESUMO DE DELIBERAÇÕES REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 7 DE SETEMBRO DE 2016 RESUMO DE DELIBERAÇÕES Pela Câmara Municipal da Amadora foi aprovado a 7.ª Modificação ao PPI (Plano Plurianual de Investimentos) e PAM (Plano de Atividades

Leia mais

Pagamento da taxa através da guia n.º de / /

Pagamento da taxa através da guia n.º de / / Registo de Entrada N.º Proc.º Em / / Funcionário: Informação - Prosseguir seus termos Em / / A Responsável da U.O.F.U.O.S.U. Despacho - Prosseguir seus termos Em / / O Vereador do Pelouro Exm.º Senhor:

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO - PROMESSA DE COMPRA E VENDA

MINUTA DE CONTRATO - PROMESSA DE COMPRA E VENDA MINUTA DE CONTRATO - PROMESSA DE COMPRA E VENDA Entre: INSTITUTO DA HABITAÇÃO E DA REABILITAÇÃO URBANA, I.P., pessoa coletiva nº 501 460 888, com sede na Avenida Columbano Bordalo Pinheiro, 5, 1099-019

Leia mais

Sumário PUBLICAÇÃO DOS EDITAIS: - 76/2012; - 78/2012; - 80/2012; - 81/2012-

Sumário PUBLICAÇÃO DOS EDITAIS: - 76/2012; - 78/2012; - 80/2012; - 81/2012- 27.02.2012 Sumário PUBLICAÇÃO DOS EDITAIS: - 76/2012; - 78/2012; - 80/2012; - 81/2012- EDITAL Nº 76/2012 Assunto: Delegação e Subdelegação de competências nos Dirigentes Municipais ALEXANDRE NUNO DE AGUIAR

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VALONGO

CÂMARA MUNICIPAL DE VALONGO CONTRATO DE COMODATO Entre: PRIMEIRO - Município de Valongo, pessoa coletiva número 501 138 960, com sede na Avenida 5 de Outubro, 160, Valo.ngo,' representado por José Manuel Pereira Ribeiro, casado,

Leia mais

EXPROPRIAÇÕES. Instrução dos pedidos de declaração de utilidade pública. Orientações técnicas

EXPROPRIAÇÕES. Instrução dos pedidos de declaração de utilidade pública. Orientações técnicas EXPROPRIAÇÕES Instrução dos pedidos de declaração de utilidade pública Orientações técnicas 2016 1 Introdução A declaração de utilidade pública da expropriação dos bens imóveis e direitos a eles inerentes

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DAS LAJES DO PICO

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DAS LAJES DO PICO Parte da ata em minuta da Sessão Ordinária da Assembleia Municipal das Lajes do Pico, realizada aos trinta dias do mês de setembro do ano de dois mil e catorze, no Auditório Municipal das Lajes do Pico.

Leia mais

Tabela de Preços

Tabela de Preços Tabela de Preços - 2017 MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ZÊZERE CÂMARA MUNICIPAL Entrada em vigor: 01 de janeiro de 2017 Atualização: Deliberação da Câmara Municipal de 13-10-2016 FL. 1/8 TABELA DE PREÇOS 2017

Leia mais

AVISO N.º 34/DA/2015

AVISO N.º 34/DA/2015 AVISO N.º 34/DA/2015 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO GRAU DE OBSERVÂNCIA DO ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO José Eduardo Lopes Ferreira, Presidente da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, no uso da competência

Leia mais

ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO. 1. Introdução RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO REFERENTE AO ANO DE 201 3

ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO. 1. Introdução RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO REFERENTE AO ANO DE 201 3 ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO REFERENTE AO ANO DE 201 3 1. Introdução Nos termos da alínea yy) do n.º 1 do artigo 33.º do Anexo I da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, compete

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DE DIREITO DE SUPERFÍCIE No dia de de dois mil e dezassete, nos Paços do Concelho,

CONSTITUIÇÃO DE DIREITO DE SUPERFÍCIE No dia de de dois mil e dezassete, nos Paços do Concelho, CONSTITUIÇÃO DE DIREITO DE SUPERFÍCIE ------ No dia de de dois mil e dezassete, nos Paços do Concelho, sito na Rua Miguel Bombarda, no Barreiro, perante mim, NIF, Notári_ com Cartório Notarial na, número,

Leia mais

Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional)

Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional) Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional) Entre: I -... (nome completo, estado civil, contribuinte fiscal e morada) na qualidade de senhorio e adiante

Leia mais

MINUTA DE ACORDO DE EXECUÇÃO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS ENTRE CÂMARA MUNICIPAL DE VILA DO PORTO E JUNTA DE FREGUESIA DE SÃO PEDRO

MINUTA DE ACORDO DE EXECUÇÃO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS ENTRE CÂMARA MUNICIPAL DE VILA DO PORTO E JUNTA DE FREGUESIA DE SÃO PEDRO Minuta de Acordo de Execução de Delegação das Competências previstas nas alíneas a), b), c)e f) do n.º 1 do artigo 132.º da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro na Junta de Freguesia de São Pedro A Lei n.º

Leia mais

ATA DA REU$IÃO DA CÂMARA MU$ICIPAL DE TRA$COSO REALIZADA EM 15 DE FEVEREIRO DE

ATA DA REU$IÃO DA CÂMARA MU$ICIPAL DE TRA$COSO REALIZADA EM 15 DE FEVEREIRO DE ATA DA REU$IÃO DA CÂMARA MU$ICIPAL DE TRA$COSO REALIZADA EM 15 DE FEVEREIRO DE 2017. ---------------- *A1* Aos 15 dias do mês de fevereiro do ano de 2017, nesta cidade de Trancoso e sala das sessões dos

Leia mais

BOLETIM MUNICIPAL CÂMARA MUNICIPAL DA AMADORA. Edição Especial 11 de abril de 2014 DELEGAÇÃO E SUBDELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

BOLETIM MUNICIPAL CÂMARA MUNICIPAL DA AMADORA. Edição Especial 11 de abril de 2014 DELEGAÇÃO E SUBDELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Edição Especial DELEGAÇÃO E SUBDELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS DISTRIBUIÇÃO GRATUITA CÂMARA DA AMADORA S UMÁRIO PRESIDÊNCIA DA CÂMARA Despacho n.º 07/P/2014...Pág. 3 Despacho n.º 08/P/2014...Pág. 3 Despacho

Leia mais

Exm.º Senhor: Vereador do Pelouro do Município de Monforte

Exm.º Senhor: Vereador do Pelouro do Município de Monforte Registo de Entrada N.º Proc.º Em / / Funcionário: Informação - Prosseguir seus termos Em / / A Responsável da UOFUOSU Despacho - Prosseguir seus termos Em / / O Vereador do Pelouro Identificação do Munícipe

Leia mais

Assunto: 1ª Alteração do Plano de Pormenor da Cidade Desportiva Justificação para não sujeição a avaliação ambiental estratégica

Assunto: 1ª Alteração do Plano de Pormenor da Cidade Desportiva Justificação para não sujeição a avaliação ambiental estratégica PLANO DE PORMENOR DA CIDADE DESPORTIVA ALTERAÇÃO NOVEMBRO DE 2015 Assunto: 1ª Alteração do Plano de Pormenor da Cidade Desportiva Justificação para não sujeição a avaliação ambiental estratégica Data:

Leia mais

E D I T A L N.º 15/2017

E D I T A L N.º 15/2017 E D I T A L N.º 15/2017 R E U N I Ã O O R D I N Á R I A D A C Â M A R A M U N I C I P A L D E P E N I C H E 1 3 D E F E V E R E I R O D E 2 0 1 7 -----------ANTÓNIO JOSÉ FERREIRA SOUSA CORREIA SANTOS,

Leia mais

Regulamento de Apoio a Iniciativas Regulares ou Pontuais, de Natureza Educativa, Desportiva, Recreativa, Cultural, Social e Outras

Regulamento de Apoio a Iniciativas Regulares ou Pontuais, de Natureza Educativa, Desportiva, Recreativa, Cultural, Social e Outras Regulamento de Apoio a Iniciativas Regulares ou Pontuais, de Natureza Educativa, Desportiva, Recreativa, Cultural, Social e Outras 1 NOTA JUSTIFICATIVA O Município de Chaves entende como sendo de interesse

Leia mais

EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 21 DE JANEIRO DE 2015

EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 21 DE JANEIRO DE 2015 EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 21 DE JANEIRO DE 2015 JOSÉ GABRIEL CALIXTO, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, em

Leia mais

Regulamento Municipal Da Oficina do Idoso

Regulamento Municipal Da Oficina do Idoso Regulamento Municipal Da Oficina do Idoso ABRIL DE 2009 APROVADO PELA CÂMARA MUNICIPAL DE SINTRA EM 14 DE JANEIRO DE 2009 APROVADO PELA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SINTRA EM 23 DE ABRIL DE 2009 NOTA JUSTIFICATIVA

Leia mais

2. DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS PROPOSTA N.º 05/MANDATO

2. DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS PROPOSTA N.º 05/MANDATO ---------------------ACTA N..º 03--------------------- REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 19 DE NOVEMBRO DE 2009: ----------------------------------------------- ---------- No dia dezanove de Novembro

Leia mais

MUNICÍPIO DE CHAVES CÂMARA MUNICIPAL NIPC N.º EDITAL N.º 37/2016

MUNICÍPIO DE CHAVES CÂMARA MUNICIPAL NIPC N.º EDITAL N.º 37/2016 EDITAL N.º 37/2016 António Cândido Monteiro Cabeleira, Presidente da Câmara Municipal de Chaves, faz público que se realizou a reunião ordinária da Câmara Municipal de Chaves, no dia 01 de abril de 2016,

Leia mais

ÓRGÃOS DE PODER NOÇÕES, COMPETÊNCIAS E FUNCIONAMENTO

ÓRGÃOS DE PODER NOÇÕES, COMPETÊNCIAS E FUNCIONAMENTO ÓRGÃOS DE PODER NOÇÕES, COMPETÊNCIAS E FUNCIONAMENTO ÓRGÃOS DE SOBERANIA É através dos órgãos de soberania que se exerce o Poder. Presidente da República > Representa a República Portuguesa e garante o

Leia mais

C Â M A R A M U N I C I P A L D E G R Â N D O L A EDITAL N.º 83 PUBLICIDADE DAS DELIBERAÇÕES

C Â M A R A M U N I C I P A L D E G R Â N D O L A EDITAL N.º 83 PUBLICIDADE DAS DELIBERAÇÕES PUBLICIDADE DAS DELIBERAÇÕES Carlos Vicente Morais Beato, Presidente da Câmara Municipal de Grândola, no uso da competência que lhe confere a alínea v) do nº 1 do artº 68º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro

Leia mais

MUNICIPAL SUMÁRIO 2.º SUPLEMENTO AO BOLETIM MUNICIPAL N.º 1158 RESOLUÇÕES DOS ÓRGÃOS DO MUNICÍPIO CÂMARA MUNICIPAL

MUNICIPAL SUMÁRIO 2.º SUPLEMENTO AO BOLETIM MUNICIPAL N.º 1158 RESOLUÇÕES DOS ÓRGÃOS DO MUNICÍPIO CÂMARA MUNICIPAL B O L E T I M C Â M A R A M U N I C I P A L D E L I S B O A 2.º SUPLEMENTO AO BOLETIM SUMÁRIO RESOLUÇÕES DOS ÓRGÃOS DO MUNICÍPIO CÂMARA Deliberações (Reunião Pública de Câmara realizada em 27 de abril

Leia mais

REGULAMENTO DE POSTURA MUNICIPAL PARA NUMERAÇÃO DE EDIFÍCIOS (Números de Polícia) POSTURA MUNICIPAL PARA NUMERAÇÃO DE EDIFÍCIOS (NÚMEROS DE POLÍCIA)

REGULAMENTO DE POSTURA MUNICIPAL PARA NUMERAÇÃO DE EDIFÍCIOS (Números de Polícia) POSTURA MUNICIPAL PARA NUMERAÇÃO DE EDIFÍCIOS (NÚMEROS DE POLÍCIA) POSTURA MUNICIPAL PARA NUMERAÇÃO DE EDIFÍCIOS (NÚMEROS DE POLÍCIA) Nota justificativa Considerando que a numeração dos edifícios nas povoações é uma forma de identificação cada vez mais necessária nomeadamente

Leia mais

EDITAL. Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais

EDITAL. Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais EDITAL Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais Ricardo João Barata Pereira Alves, Eng.º, Presidente da Câmara Municipal de Arganil, torna público que, no uso da competência que

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 18 AGOSTO DE 2010 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 18 AGOSTO DE 2010 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 18 AGOSTO DE 2010 ORDEM DO DIA EXPEDIENTE 1. Ofício da Junta de Freguesia da Quinta do Conde a enviar o texto da moção subordinada ao

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE * Ata da reunião de * Minuta * Fl. 1/5 MINUTA DA ATA N.º 11/2017

CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE * Ata da reunião de * Minuta * Fl. 1/5 MINUTA DA ATA N.º 11/2017 CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE * Ata da reunião de 06.03.2017 * Minuta * Fl. 1/5 MINUTA DA ATA N.º 11/2017 MINUTA DA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE, REALIZADA NO DIA 6 DE MARÇO DE

Leia mais

1.ª Comissão Permanente da Assembleia Municipal de Lisboa. Finanças, Património e Recursos Humanos

1.ª Comissão Permanente da Assembleia Municipal de Lisboa. Finanças, Património e Recursos Humanos 1.ª Comissão Permanente da Assembleia Municipal de Lisboa Finanças, Património e Recursos Humanos PARECER SOBRE A PROPOSTA N.º 362/2014 (Proposta à Assembleia Municipal para a constituição de um direito

Leia mais

1 LOTE THOMAS GUNTER STRUCKER LEILÃO 25 DE OUTUBRO DE :30

1 LOTE THOMAS GUNTER STRUCKER LEILÃO 25 DE OUTUBRO DE :30 1 LOTE THOMAS GUNTER STRUCKER Processo de Insolvência n.º: 475/16.6T8VNG Comarca Porto, V. N. Gaia - Inst. Central - 2.ª Sec. Comércio - J2 LEILÃO 25 DE OUTUBRO DE 2017 14:30 EUROSTARS HOTELS HEROÍSMO

Leia mais

MINUTA DA ACTA Nº 02/2009 SESSÃO ORDINÁRIA

MINUTA DA ACTA Nº 02/2009 SESSÃO ORDINÁRIA MINUTA DA ACTA Nº 02/2009 SESSÃO ORDINÁRIA INICIO: 21:00 Horas. Aos dezassete dias do mês de Dezembro de dois mil e nove, nesta vila de Salvaterra de Magos, e após convocatórias individuais e edital afixado

Leia mais

- Senhor Carlos Humberto Palácios Pinheiro de Carvalho, viúvo, natural da

- Senhor Carlos Humberto Palácios Pinheiro de Carvalho, viúvo, natural da PROTOCOLO ENTRE: PRIMEIRO: - Senhor Carlos Humberto Palácios Pinheiro de Carvalho, viúvo, natural da freguesia e concelho do Barreiro, com domicílio necessário no Edifico dos Paços do Concelho, Rua Miguel

Leia mais

Município de Leiria Câmara Municipal

Município de Leiria Câmara Municipal DELIBERAÇÃO DA REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE 1 DE SETEMBRO DE 2015 Serviço responsável pela execução da deliberação Divisão de Aprovisionamento e Património Epígrafe 3.3.6. Acordo de Transferência e Auto

Leia mais

ORDEM DO DIA PARA A REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL MARCADA PARA 17/02/2017

ORDEM DO DIA PARA A REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL MARCADA PARA 17/02/2017 ORDEM DO DIA PARA A REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL MARCADA PARA 17/02/2017 = PERÍODO DE ANTES DA ORDEM DO DIA ARTIGO 52.º DA LEI N.º 75/2013, DE 12 DE SETEMBRO 1. PRESIDÊNCIA 1.1. COMUNICAÇÕES DO PRESIDENTE

Leia mais

LEI HABILITANTE. Código do Procedimento Administrativo, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 4/2015, de 7 de janeiro;

LEI HABILITANTE. Código do Procedimento Administrativo, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 4/2015, de 7 de janeiro; LEI HABILITANTE O presente Código tem como legislação habilitante os diplomas que a seguir se enunciam e que se encontram ordenados por referência as respetivas Partes: PARTE A GERAL Artigos 112.º, n.º

Leia mais

DOSSIER PARA EVENTO. «Construtora da Bairrada - Sociedade de Construções S.A.»

DOSSIER PARA EVENTO. «Construtora da Bairrada - Sociedade de Construções S.A.» DOSSIER PARA EVENTO «Construtora da Bairrada - Sociedade de Construções S.A.» Processo n.º 801/12.7T2AVR Juízo Comércio Aveiro Comarca Baixo Vouga LEILÃO: Data: Sexta-feira, 14 de Outubro de 2016 Hora:

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO

CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO ATA N.º 27/2013 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA VINTE E NOVE DE OUTUBRO DE DOIS MIL E TREZE (Contém 7 folhas) MEMBROS PRESENTES: PRESIDENTE José Gabriel do Álamo de Meneses-------------

Leia mais

MUNICIPIO DE ALMADA. Assembleia Municipal EDITAL Nº 32/XI-1º/ (Fixação da Taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis IMI. para vigorar em 2014)

MUNICIPIO DE ALMADA. Assembleia Municipal EDITAL Nº 32/XI-1º/ (Fixação da Taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis IMI. para vigorar em 2014) MUNICIPIO DE ALMADA (Fixação da Taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis IMI para vigorar em 2014) EU, JOSÉ MANUEL MAIA NUNES DE ALMEIDA, PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO CONCELHO DE ALMADA Torno público

Leia mais

REGULAMENTO DA COMISSÃO MUNICIPAL DE TRÂNSITO DO CONCELHO DE PRAIA DA VITÓRIA

REGULAMENTO DA COMISSÃO MUNICIPAL DE TRÂNSITO DO CONCELHO DE PRAIA DA VITÓRIA REGULAMENTO DA COMISSÃO MUNICIPAL DE TRÂNSITO DO CONCELHO DE PRAIA DA VITÓRIA NOTA JUSTIFICATIVA Atendendo que compete aos Órgãos Municipais, de acordo com a Lei nº 159/99, de 15 de setembro, o planeamento

Leia mais

Alteração do Plano de Pormenor da Lagarta Áreas Nascente e Poente

Alteração do Plano de Pormenor da Lagarta Áreas Nascente e Poente Alteração do Plano de Pormenor da Lagarta Áreas Nascente e Poente 1. Enquadramento Legal do Relatório de Ponderação Nos termos do Regime Jurídico dos Instrumentos de Gestão Territorial (RJIGT), aprovado

Leia mais

Sessão pública de apresentação /////////////////////////////////////////////////

Sessão pública de apresentação ///////////////////////////////////////////////// Sessão pública de apresentação ///////////////////////////////////////////////// carta de princípios A Câmara Municipal de Torres Novas reconhece que os orçamentos participativos são um símbolo da importância

Leia mais

Município de Fornos de Algodres Câmara Municipal

Município de Fornos de Algodres Câmara Municipal ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO ANO DE 2014 I. INTRODUÇÃO Nos termos da Constituição da República Portuguesa é reconhecido às minorias o direito de oposição democrática. Os partidos

Leia mais

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo

Divisão de Obras, Planeamento, Ambiente e Urbanismo Elementos instrutórios do pedido Elementos comuns aos procedimentos de controlo prévio (Informação Prévia), nos termos da Portaria n.º 113/2015, de 22/04 1) 2) 3) 4) 5) 6) Certidão da descrição e de todas

Leia mais

Sitos em Campo Queimado, freguesia de Outeiro Seco, concelho de Chaves

Sitos em Campo Queimado, freguesia de Outeiro Seco, concelho de Chaves NORMAS DE PROCEDIMENTO PRÉ-CONTRATUAL TENDENTE À ALIENAÇÃO/LOCAÇÃO DO DIREITO DE PROPRIEDADE DOS LOTES DO LOTEAMENTO DENOMINADO: PARQUE EMPRESARIAL DE CHAVES PARQUE DE ATIVIDADES DE CHAVES E PLATAFORMA

Leia mais

2015 Câmara Municipal de Nordeste. Relatório do Direito de Oposição

2015 Câmara Municipal de Nordeste. Relatório do Direito de Oposição Relatório do Direito de Oposição ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO RELATÓRIO AVALIAÇÃO DE 2015 Aprovado pela Lei n.º 24/98, de 26 de maio, o Estatuto do Direito de Oposição assegura às minorias, o direito

Leia mais

desempregados

desempregados MINUTA DE CONTRATO DE COMODATO PRIMEIRO: DOMINGOS BRAGANÇA SALGADO, casado, natural da freguesia de Pinheiro, do concelho de Guimarães, com domicílio profissional nos Paços do Concelho sito no Largo José

Leia mais

REQUERIMENTO PARA: PEDIDO DE CARTOGRAFIA PEDIDO DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA

REQUERIMENTO PARA: PEDIDO DE CARTOGRAFIA PEDIDO DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA 1/5 REQUERIMENTO PARA: PEDIDO DE CARTOGRAFIA PEDIDO DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA Despacho: Espaço reservado aos serviços Nº Reg. DUR Data: / / Nº Guia: Valor: Rubrica: Exm.º Sr. Presidente da Câmara Municipal

Leia mais

Reunião de Câmara de

Reunião de Câmara de PONTO 3 1ª REVISÃO ÀS GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO DE 2008.... 1.º - Subscrever a proposta da 1.ª Revisão às Grandes Opções do Plano e Orçamento de 2008.... 2.º - Remeter o presente assunto à próxima

Leia mais

Comissão Municipal de Proteção de Idosos de Carregal do Sal. Introdução

Comissão Municipal de Proteção de Idosos de Carregal do Sal. Introdução REGULAMENTO INTERNO Comissão Municipal de Proteção de Idosos de Carregal do Sal Introdução Ao longo das últimas décadas no Concelho de Carregal do Sal tem-se constatado ao aumento da população idosa, com

Leia mais

52 APÊNDICE N.º 121 II SÉRIE N.º 204 4 de Setembro de 2002 lho, com os vigilantes-recepcionistas do Museu de Tapeçarias Guy Fino, Jorge Manuel Castanho Pinheiro Alcântara e Paula Maria Lourenço Fernandes.

Leia mais

TARIFÁRIOS (aprovada pelas deliberações da Câmara Municipal datadas de 23/12/2015 e de 20/01/2016) Artigo N.º Alínea Designação Valor

TARIFÁRIOS (aprovada pelas deliberações da Câmara Municipal datadas de 23/12/2015 e de 20/01/2016) Artigo N.º Alínea Designação Valor TARIFÁRIOS 2016 (aprovada pelas deliberações da Câmara Municipal datadas de 23/12/2015 e de 20/01/2016) Artigo N.º Alínea Designação Valor Capitulo I Fornecimento de Água,Saneamento e Resíduos Urbanos

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL PARA REALIZAÇÃO DE LEILÕES

REGULAMENTO MUNICIPAL PARA REALIZAÇÃO DE LEILÕES REGULAMENTO MUNICIPAL PARA REALIZAÇÃO DE LEILÕES (Aprovado na 24ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal realizada em 16 de Dezembro de 2003, na 2ª Reunião da 5ª Sessão Ordinária de Assembleia Municipal,

Leia mais

SEPARATA N.º 13 Boletim Municipal

SEPARATA N.º 13 Boletim Municipal - SEPARATA N.º 13 Boletim Municipal 17 de maio de 2016 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA ADITAMENTO N.º 1 CONTRATO INTERADMINISTRATIVO ENTRE O MUNICÍPIO DA AMADORA EA FREGUESIA DA FALAGUEIRA-VENDA NOVA ( JARDIM SEGURO

Leia mais

Deliberações Reunião de Câmara de 16 setembro 2015

Deliberações Reunião de Câmara de 16 setembro 2015 Deliberações Reunião de Câmara de 16 setembro 2015 ORDEM DE TRABALHOS 1.-LICENCIAMENTO DE OBRA PARTICULAR. No seguimento de deliberação da Câmara Municipal do passado dia quinze de abril, vem de novo à

Leia mais

ACORDO DE EXECUÇÃO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE EM MATÉRIA DE LIMPEZA DAS VIAS E ESPAÇOS PÚBLICOS, SARJETAS E SUMIDOUROS E DE

ACORDO DE EXECUÇÃO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE EM MATÉRIA DE LIMPEZA DAS VIAS E ESPAÇOS PÚBLICOS, SARJETAS E SUMIDOUROS E DE ACORDO DE EXECUÇÃO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE EM MATÉRIA DE LIMPEZA DAS VIAS E ESPAÇOS PÚBLICOS, SARJETAS E SUMIDOUROS E DE REALIZAÇÃO DE PEQUENAS REPARAÇÕES NOS ESTABELECIMENTOS DE EDUCAÇÃO

Leia mais

13 LOTES PARGAIA - IMOBILIÁRIA, LDA LEILÃO 22 DE NOVEMBRO DE :30 VALOR DA AVALIAÇÃO TOTAL DOS BENS: ,00

13 LOTES PARGAIA - IMOBILIÁRIA, LDA LEILÃO 22 DE NOVEMBRO DE :30 VALOR DA AVALIAÇÃO TOTAL DOS BENS: ,00 13 LOTES PARGAIA - IMOBILIÁRIA, LDA Processo de Insolvência n.º: 764/17.2T8VNG - Tribunal Judicial da Comarca do Porto - J. Com. V. N. Gaia - J2 LEILÃO 22 DE NOVEMBRO DE 2017 14:30 NOVOTEL PORTO GAIA R.

Leia mais

ABASTECIMENTO DE ÁGUA

ABASTECIMENTO DE ÁGUA ABASTECIMENTO DE ÁGUA Utilizadores Domésticos Tarifa fixa 3,85 Tarifa variável - por m³ 1.º Escalão [0 a 5 m³] - por metro cúbico 0,68 2.º Escalão [6 a 15 m³] por metro cúbico 1,08 3.º Escalão [16 a 25

Leia mais

2. Os terrenos rústicos e a sua base de licitação, a que corresponde a 12,00 (doze euros) por hectare e por ano, são os seguintes:

2. Os terrenos rústicos e a sua base de licitação, a que corresponde a 12,00 (doze euros) por hectare e por ano, são os seguintes: Hasta pública (apresentação de proposta em carta fechada) para arrendamento rural agrícola de terrenos rústicos das Freguesias de Beirã, Santa Maria de Marvão, Santo António das Areias e São Salvador da

Leia mais

15,50 15, por fogo ou unidade de ocupação. 10,50 10, prazo - por cada mês ou fracção

15,50 15, por fogo ou unidade de ocupação. 10,50 10, prazo - por cada mês ou fracção izaç ARTIGO 41º Quadro I Alvará de licença ou autorização de loteamento e de obras de urbanização 1. Emissão do alvará de licença ou de autorização 1.1 Acresce, ao montante referido no número anterior:

Leia mais

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL

ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO GERAL (2014/2018) Nos termos do artigo 15º do Decreto-Lei nº 75/2008 de 22 de abril, na redação dada pelo Decreto-Lei n.º 137/2012, de 2 de Julho, o Conselho

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor - DECO, pessoa coletiva sem fins lucrativos, de utilidade pública, com sede na Rua da Artilharia Um, n.º 79 4º, 1269-160

Leia mais

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO SOCIAL DO MUNICÍPIO DE ALCOUTIM

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO SOCIAL DO MUNICÍPIO DE ALCOUTIM MUNICÍPIO DE ALCOUTIM Câmara Municipal REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO SOCIAL DO MUNICÍPIO DE ALCOUTIM REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO SOCIAL DO MUNICÍPIO DE ALCOUTIM Preâmbulo Atenta à grave situação

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E INTERVENÇÃO SOCIAL

CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E INTERVENÇÃO SOCIAL Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Palmela Nota Justificativa Reconhecendo: 1. A juventude como força motriz do desenvolvimento de uma comunidade, região, país, através das suas múltiplas

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 25 DE JANEIRO DE 2017 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 25 DE JANEIRO DE 2017 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 25 DE JANEIRO DE 2017 ORDEM DO DIA EXPEDIENTE 1. Email da Junta de Freguesia da Quinta do Conde a informar ter aprovado, na sua reunião

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DO ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO DO ANO 2015 DO MUNICÍPIO DE SANTO TIRSO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DO ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO DO ANO 2015 DO MUNICÍPIO DE SANTO TIRSO O Estatuto do Direito de Oposição, aprovado pela Lei 24/98, de 26 de maio, determina, no seu artigo 1, que deve ser assegurado às minorias o direito de constituir e exercer uma oposição democrática aos

Leia mais

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em doze de Abril de dois mil.

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em doze de Abril de dois mil. FL 33 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em doze de Abril de dois mil. Acta º8 --------Ao doze dias do mês de Abril de dois mil,

Leia mais

MINUTA CONTRATO DE COMODATO. No dia de..de 2015, no Departamento de Administração Geral da Câmara Municipal

MINUTA CONTRATO DE COMODATO. No dia de..de 2015, no Departamento de Administração Geral da Câmara Municipal MINUTA CONTRATO DE COMODATO No dia de..de 2015, no Departamento de Administração Geral da Câmara Municipal de Guimarães, perante mim, Maria Joana Rangel da Gama Lobo Xavier, servindo de oficial público,

Leia mais

A NOVA LEGISLAÇÃO E A DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS

A NOVA LEGISLAÇÃO E A DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS A NOVA LEGISLAÇÃO E A DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS Congresso da Região de Aveiro 28 e 29 de maio de 2015 Lucília Ferra Diretora-Geral das Autarquias Locais Programa do XIX Governo Constitucional Resolução

Leia mais

4 LOTES URBINVICTA - ARQUITECTURA E DESIGN LDA LEILÃO 25 DE OUTUBRO DE :30

4 LOTES URBINVICTA - ARQUITECTURA E DESIGN LDA LEILÃO 25 DE OUTUBRO DE :30 4 LOTES URBINVICTA - ARQUITECTURA E DESIGN LDA Processo de Insolvência n.º: 370/16.9T8AMT Comarca Porto Este, Amarante - Inst. Central - Secção Comércio - J2 LEILÃO 25 DE OUTUBRO DE 2017 14:30 EUROSTARS

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM, DE DOIS DE JANEIRO DE DOIS MIL E CATORZE ------------------------------------------- Aos dois dias do mês de janeiro de dois mil e catorze, nesta

Leia mais

EDITAL Nº 39/X-2º/

EDITAL Nº 39/X-2º/ /X-2º/2010-11 (Sobre o Plano de Pormenor das Praias de Transição (PP5)) EU, JOSÉ MANUEL MAIA NUNES DE ALMEIDA, PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO CONCELHO DE ALMADA Torno público que na Reunião da Sessão

Leia mais

ORDEM DO DIA A Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, aprovar a ata apresentada

ORDEM DO DIA A Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, aprovar a ata apresentada I ORDEM DO DIA 1. ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 27 DE MARÇO, NOS TERMOS DO ARTIGO 92.º DA LEI N.º 169/99, DE 18 DE SETEMBRO, COM A REDAÇÃO INTRODUZIDA PELA LEI Nº 5- A/2002, DE 11 DE JANEIRO ------- A Câmara

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 09

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 09 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 09 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 17/04/2002 (Contém folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida (PSD)

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude da Praia da Vitória. Preâmbulo

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude da Praia da Vitória. Preâmbulo Regulamento do Conselho Municipal de Juventude da Praia da Vitória Preâmbulo A Câmara Municipal da Praia da Vitória e a Assembleia Municipal da Praia da Vitória, atenta à sua relação de proximidade com

Leia mais

REGULAMENTO. Orçamento Participativo de Arruda dos Vinhos

REGULAMENTO. Orçamento Participativo de Arruda dos Vinhos REGULAMENTO Orçamento Participativo de Arruda dos Vinhos Aprovação Câmara Municipal: 03-08-2015 Assembleia Municipal: 21-09-2015 REGULAMENTO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO DE ARRUDA DOS VINHOS PREÂMBULO A

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 24 DE FEVEREIRO DE 2017

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 24 DE FEVEREIRO DE 2017 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 24 DE FEVEREIRO DE 2017 Tomada de Posição Sobre a Transferência de Competências para os Municípios ORDEM DO DIA EXPEDIENTE 1. Ofício da

Leia mais

1 LOTE CRISTIANE DA CONCEIÇÃO SOUSA LEILÃO 30 DE JUNHO DE :30

1 LOTE CRISTIANE DA CONCEIÇÃO SOUSA LEILÃO 30 DE JUNHO DE :30 1 LOTE CRISTIANE DA CONCEIÇÃO SOUSA Processo de Insolvência n.º: 120/16.0T8RMZ - Comarca Évora, Reguengos de Monsaraz - Inst. Local - S. Comp. Gen. - J1 LEILÃO 30 DE JUNHO DE 2017 14:30 HOTEL M AR DE AR

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO MAR, DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO MAR, DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO 12629 Despacho (extrato) n.º 5181/2013 Em conformidade com o estipulado na alínea b) do n.º 1 do artigo 37.º da Lei n.º 12 -A/2008, de 27 de fevereiro, torna -se público para os devidos efeitos que por

Leia mais

ATA N.º 20 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VILA FLOR, REALIZADA EM SEIS DE MAIO DE DOIS MIL E TREZE

ATA N.º 20 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VILA FLOR, REALIZADA EM SEIS DE MAIO DE DOIS MIL E TREZE ATA N.º 20 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VILA FLOR, REALIZADA EM SEIS DE MAIO DE DOIS MIL E TREZE Aos seis dias do mês de maio do ano de dois mil e treze, no Edifício dos Paços do Concelho

Leia mais

SEPARATA AOS BOLETINS MUNICIPAIS DOS MUNICÍPIOS DE OEIRAS E DA AMADORA. Julho 2017

SEPARATA AOS BOLETINS MUNICIPAIS DOS MUNICÍPIOS DE OEIRAS E DA AMADORA. Julho 2017 SEPARATA AOS BOLETINS MUNICIPAIS DOS MUNICÍPIOS DE OEIRAS E DA AMADORA (Exigibilidade legal de publicação no BM por força do artigo 56.º n.º 2 do Regime Jurídico das Autarquias Locais) Julho 2017 DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE INÍCIO DE OBRA

COMUNICAÇÃO DE INÍCIO DE OBRA 1/5 Despacho: Espaço reservado aos serviços COMUNICAÇÃO DE INÍCIO DE OBRA Nº Reg. DUR Data: / / Nº Guia: Valor: Rubrica: Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra (nome), contribuinte (pessoa singular

Leia mais

1 LOTE CANCELA & MELO, LDA LEILÃO 13 DE DEZEMBRO DE :30 VISITAS: VALOR DA AVALIAÇÃO TOTAL DOS BENS: ,00

1 LOTE CANCELA & MELO, LDA LEILÃO 13 DE DEZEMBRO DE :30 VISITAS: VALOR DA AVALIAÇÃO TOTAL DOS BENS: ,00 1 LOTE CANCELA & MELO, LDA Processo de Insolvência n.º: 6807/15.7T8VNG - Tribunal Judicial da Comarca do Porto - J. C. V. N. de Gaia - J1 LEILÃO 13 DE DEZEMBRO DE 2017 14:30 GOLDEN TULIP SÃO JOÃO DA MADEIRA

Leia mais

Regulamento do Orçamento Participativo Jovem. Preâmbulo

Regulamento do Orçamento Participativo Jovem. Preâmbulo Regulamento do Orçamento Participativo Jovem Preâmbulo O movimento em favor de um maior envolvimento das pessoas na vida colectiva, particularmente na sua dimensão local, tem vindo a ganhar uma cada vez

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE SANTO TIRSO E A ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE PARA A GESTÃO DOS PROLONGAMENTOS DE HORÁRIO -MINUTA

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE SANTO TIRSO E A ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE PARA A GESTÃO DOS PROLONGAMENTOS DE HORÁRIO -MINUTA PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE SANTO TIRSO E A ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE PARA A GESTÃO DOS PROLONGAMENTOS DE HORÁRIO -MINUTA Outorgantes: Primeiro Dr. Joaquim Barbosa Ferreira Couto, casado,

Leia mais

CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE TAPÉUS. Pressupostos

CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE TAPÉUS. Pressupostos CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE TAPÉUS Pressupostos Com a entrada em vigor da Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro, estabelece-se o novo Regime Jurídico das Autarquias

Leia mais

ARU. Área de Reabilitação Urbana

ARU. Área de Reabilitação Urbana Área de Reabilitação Urbana Enquadramento Legal Regime Jurídico da Reabilitação Urbana (RJRU) Lei n.º32/2012 de 14 de agosto, primeira alteração ao Decreto-Lei n.º307/2009 de 23 de outubro, que aprova

Leia mais