FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014"

Transcrição

1 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014 Disciplina: Direito Internacional Departamento IV Direito do Estado Docente Responsável: Fernando Fernandes da Silva Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo: Anual 5º ano Objetivos: Apresentar os fundamentos da Teoria Geral do Direito Internacional Público e Privado a fim de preparar o estudante para o conhecimento dos temas básicos sobre a matéria, com especial enfoque em relação aos sujeitos e às fontes da matéria no contexto da sociedade global. Ementa: Direito Internacional Público: A inserção da disciplina Direito Internacional Público em relação às outras disciplinas de Direito. A evolução história do Direito Internacional. Os grandes períodos do Direito Internacional Público: da Antigüidade até a Conferência de Westphália (1648); Da Conferência de Westphália (1648) até o Congresso de Viena (1815); Do Congresso de Viena (1815) até a Primeira Guerra Mundial ( ); a Segunda Guerra Mundial ( ) e o atual sistema jurídico de Direito Internacional Público: os sujeitos (Estados, Organizações Internacionais, o Ser Humano, a Humanidade); as fontes (tratados, o costume internacional, princípios gerais de Direito, as decisões judiciais, a doutrina internacional e atos unilaterais das

2 Organizações Internacionais); as instituições internacionais; as soluções pacíficas de controvérsias; e o Direito Internacional no contexto da sociedade global. Direito Internacional Privado: A inserção da disciplina Direito Internacional Privado em relação a outras disciplinas de Direito. A evolução histórica do Direito Internacional Privado. As principais escolas do Direito Internacional Privado. As fontes internacionais do Direito Internacional Privado. As fontes nacionais do Direito Internacional Privado: a Constituição Federal de 1988 e a Lei de Introdução ao Código Civil Brasileiro; os temas pertinentes à aplicação da lei estrangeira no território brasileiro e os temas de Direito Internacional Processual: as cartas rogatórias e a homologação das sentenças arbitrais e judiciais estrangeiras; os temas referentes à aquisição e à perda da nacionalidade e a condição jurídica do estrangeiro. Programa: DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO PRIMEIRO SEMESTRE 01. O Direito e as Relações Internacionais. 02. O objeto do Direito Internacional Público e suas características gerais, em face da ausência de um legislador universal. 03. As principais escolas doutrinárias formadoras do Direito Internacional Público. 04. A relação entre o Direito Internacional e o Direito Interno. 05. As fontes do Direito Internacional Público: a interpretação do art. 38 do Estatuto da Corte Internacional da Justiça. 06. Tratado Internacional: definição, classificação, elementos constitutivos, condições de validade, regras de interpretação, hipóteses de nulidade e extinção.

3 07. O Costume Internacional: análise dos seus elementos constitutivos. 08. Os Princípios Gerais de Direito: os princípios gerais de Direito Interno e os princípios gerais típicos de Direito Internacional. 09. Os atos unilaterais dos Estados e das Organizações Internacionais. 10. O Estado na condição jurídica de Sujeito de Direito Internacional: elementos constitutivos e seu reconhecimento pela comunidade internacional. 11. Os direitos e deveres dos Estados. 12. As missões diplomáticas e consulares dos Estados e os seus agentes. 13. A Organização Internacional: definição, classificação, personalidade, competência e estrutura. 14. Os funcionários internacionais. 15. O Ser Humano na condição jurídica de Sujeito de Direito Internacional. 16. O asilo diplomático e o asilo territorial. 17. Aspectos de Direito Internacional Penal. 18. O território estatal: terrestre, marítimo e aéreo. 19. Os espaços internacionais. 20. Os interesses comuns da humanidade e o patrimônio comum da humanidade: a Humanidade na condição jurídica de Sujeito de Direito Internacional. 21. As soluções pacíficas de controvérsias: as soluções políticas, diplomáticas e jurídicas. 22. O dano e a responsabilidade no Direito Internacional Público. 23. A sanção no Direito Internacional Público. 24. As análises e reflexões sobre o Direito Internacional Público na sociedade global: a proteção do meio ambiente e do ser humano; a

4 proibição do narcotráfico e a proibição do tráfico de armas; a regulação do capital internacional; a regulação das políticas migratórias, dentre outros temas da globalização. 25. Aspectos de Direito Internacional Público Especial: a) Direito Internacional Comercial: a Organização Mundial do Comércio; b) Direito Internacional Financeiro: o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial; c) Direito Internacional da Integração: o Mercado Comum do Sul e a União Européia. DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO SEGUNDO SEMESTRE 01. Introdução: a distinção entre o Direito Internacional Público e o Direito Internacional Privado; e a relação entre Direito Internacional Privado e o Direito Comparado e o Direito Uniforme. 02. Introdução: a denominação do Direito Internacional Privado; as normas de conflito e as normas substantivas e o seu objeto. 03. As principais escolas doutrinárias de formação do Direito Internacional Privado: a doutrina brasileira e a doutrina estrangeira. 04. As fontes de Direito Internacional Privado: as fontes internacionais e as fontes internas. a) Os tratados internacionais; b) O costume internacional; c) Os princípios gerais de Direito; d) A doutrina internacional: uma análise da contribuição das conferências internacionais de Direito Internacional Privado. e) As decisões dos tribunais internacionais e arbitrais com reflexos na formação do Direito Internacional Privado;

5 f) A Constituição Federal de 1988; g) A legislação infra-constitucional: os exemplos da Lei de Introdução do Código Civil Brasileiro e do Código de Processo Civil; h) O costume no Direito Brasileiro. i) Os princípios gerais de Direito no ordenamento jurídico brasileiro; j) A doutrina brasileira; k) A jurisprudência brasileira, em especial as decisões do Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça. 05. Os temas técno-conflituais no Direito Internacional Privado: a) os elementos de conexão; b) a teoria das qualificações; c) a devolução e a renúncia; d) a exceção à aplicação do Direito Estrangeiro: a soberania, os bons costumes, a ordem pública, a instituição desconhecida e a fraude à lei. 06. O Direito Internacional Privado e o Direito Uniforme: os principais aspectos da uniformização do Direito Internacional Privado. 07. O Direito Processual Internacional: a) os conflitos de jurisdição e a competência internacional; b) os atos processuais e a carta rogatória; c) as sentenças judiciais e arbitrais e o reconhecimento e a execução das sentenças judiciais e arbitrais no Brasil. 08. Os modos de aquisição e perda da nacionalidade no Direito Comparado. 09. Os modos de aquisição e perda da nacionalidade no Brasil: a) os modos de aquisição da nacionalidade, conforme a interpretação do artigo 12 da Constituição Federal de 1988; b) as hipóteses de perda da nacionalidade, conforme a interpretação do artigo 12 da Constituição Federal de 1988; c) as hipóteses de perda da nacionalidade brasileira, conforme a

6 interpretação do artigo 12 da Constituição Federal de A polipatrídia e a apatrídia no Direito Internacional Privado e no Direito Brasileiro. 11. A condição jurídica do estrangeiro no Direito Internacional Privado e no Direito Brasileiro. 12. Os aspectos caracterizadores e formadores do Direito do Comércio Internacional: a) o regime jurídico do Direito Internacional Público; b) o regime jurídico do Direito Internacional Privado; c) os usos e costumes internacionais: a Lex mercatoria. Metodologia de Aula: Aulas expositivas, seminários e trabalhos monográficos. Avaliação: Prova semestral dissertativa. 1) Bibliografia Básica: DOLLINGER, Jacob. Curso de Direito Internacional Privado. Rio de Janeiro: editora Revista dos Tribunais. REZEK, José Francisco. 12ª edição. Direito Internacional Público: curso elementar. São Paulo: editora Saraiva, SOARES, Guido Fernando Silva. Curso de Direito Internacional Público. São Paulo: editora Atlas, ) Bibliografia Complementar: ARAUJO, Nadja. Direito Internacional Privado. Rio de Janeiro: editora

7 Renovar. BASSO, Maristelo. Curso de Direito Internacional Privado. São Paulo: editora Atlas, FONTOURA, José Augusto. Direito Internacional Público (Coleção Pockets Jurídicos/Coordenadores Fernando Capez e Rodrigo Colnago). São Paulo: editora Saraiva. Legislação de Direito Internacional. Coleção Saraiva de Legislação. 3ª edição. São Paulo: editora Saraiva, MATTOS, Adherbal Meira. Direito das Organizações Internacionais e Direito de Integração. Rio de Janeiro: editora Renovar PELLET,Alain; DINH, Nguyen Quoc; DAILLIER, Patrick. Direito Internacional Público. Ed. CALOUSTE GULBENKIAN. SALEME, Edson Ricardo. Direito Internacional Privado. São Paulo: editora Saraiva. TRINDADE. Antonio Augusto Cançado. Direito das Organizações Internacionais. 5ª edição. Belo Horizonte: editora Del Rey ) Principais convenções internacionais para consulta em relação a Direito Internacional Público: a) Pacto da Liga das Nações (1919); b) Carta das Nações Unidas (1945); c) Estatuto da Corte Internacional de Justiça (1945); d) Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948); e) Convenção sobre os Privilégios e Imunidades das Nações Unidas (1946); f) Convenção sobre os Privilégios e Imunidades das Agências Especializadas das Nações Unidas (1946); g) Carta da Organização dos Estados Americanos (1948);

8 h) Convenção para a Prevenção e a Repressão do Crime de Genocídio (1948); i) Convenção Relativa ao Estatuto do Refugiado (1951) e o Protocolo Adicional de 1967; j) Convenção sobre Asilo Diplomático (1954); k) Convenção sobre Asilo Territorial (1954); l) Estatuto dos Apátridas (1954); m) Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas (1961); n) Convenção de Viena sobre Relações Consulares (1963); o) Convenção de Viena sobre Direito dos Tratados (1969); p) Convenção Americana sobre Direitos Humanos (1969) ou Pacto de San Jose (1969); q) Convenção das Nações Unidas sobre Direito do Mar (1982); r) Tratado de Assunção (1991); s) Acordo Constitutivo da Organização Mundial do Comércio (1994); t) Estatuto de Roma do Tribunal Penal Internacional (1998). 5) Principais convenções, leis e demais atos normativos para consulta em relação a Direito Internacional Privado: a) Estatuto da Conferência de Haia de Direito Internacional Privado (1951); b) Convenção sobre o Reconhecimento e a Execução das Sentenças Arbitrais Estrangeiras (1958); c) Convenção Interamericana sobre Cartas Rogatórias (1975); d) Convenção Interamericana sobre Arbitragem Comercial Internacional (1975); e) Convenção Interamericana sobre Prova e Informação acerca do Direito Estrangeiro (1979); f) Convenção Interamericana sobre Normas Gerais de Direito

9 Internacional Privado (1979); g) Protocolo Adicional à Convenção Interamericana sobre Cartas Rogatórias (1979); h) Convenção Interamericana sobre Eficácia Extraterritorial das Sentenças e Laudos Arbitrais Estrangeiros (1979); i) Acordo sobre Arbitragem Comercial Internacional do Mercosul (1998); j) Convenção Interamericana sobre o Cumprimento de Sentenças Penais no Exterior (1993); k) Acordo de Cooperação e Assistência Jurisdicional em Matéria Civil, Comercial, Trabalhista e Administrativa entre a República da Bolívia e a República do Chile (2002); l) Código de Processo Civil Brasileiro: artigos 88 a 90; artigos 202 a 212; artigos 475-N e 475-P; artigos 483 e 484; m) Lei de Introdução ao Código Civil (1942): artigos 7º a 19; n) Estatuto do Estrangeiro (1980) Lei 6.815/80; o) Lei de Arbitragem (1996) Lei 9.307/96; p) Resolução número 09 de 04 de maio de 2005 do Superior Tribunal de Justiça: homologação de sentenças estrangeiras.

PLANO DE ENSINO DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO

PLANO DE ENSINO DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina DIREITO INTERNACIONAL Código

Leia mais

Sumário DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO. Capítulo 2 Fontes do Direito Internacional Público... 23

Sumário DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO. Capítulo 2 Fontes do Direito Internacional Público... 23 Sumário DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Capítulo 1 Fundamentos do Direito Internacional Público... 13 1. Introdução... 13 2. A sociedade internacional... 14 3. Conceito... 16 4. Objeto... 16 5. Fundamentos

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO II. Disciplina: DIREITO INTERNACIONAL (D-57) Área: Ciências Sociais Período: Décimo Turnos: Matutino e Noturno Ano: 2013.1 Carga Horária: 72 h; Créd.: 04 III. Pré-Requisito: DIREITO CONSTITUCIONAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE DIREITO PROF. JACY DE ASSIS DIRETORIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE DIREITO PROF. JACY DE ASSIS DIRETORIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE DIREITO PROF. JACY DE ASSIS DIRETORIA CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DE PROFESSOR DA CARREIRA DE MAGISTÉRIO SUPERIOR INTEGRANTE

Leia mais

Faculdade de Direito da Alta Paulista

Faculdade de Direito da Alta Paulista Disciplina: DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Código: Série: 4º Obrigatória (X) Optativa ( ) CH Teórica:68 CH Prática: CH Total: 68 Obs: Objetivos GERAL - Enfocar o conjunto de normas jurídicas que regulam

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO

DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Concurso Delegado de Polícia Federal 2012 Prof. Leopoldo Canal Leopoldo Canal, advogado, assessor e procurador do consulado da República da Guiné no Rio de Janeiro, diretor

Leia mais

ÍNDICE SISTEMÁTICO. Capítulo VI Elementos de Conexão 6.1 Considerações iniciais 6.2 Classes de elementos de conexão

ÍNDICE SISTEMÁTICO. Capítulo VI Elementos de Conexão 6.1 Considerações iniciais 6.2 Classes de elementos de conexão ÍNDICE SISTEMÁTICO Capítulo I Noções Fundamentais e Objeto do Direito Internacional Privado 1.1 Considerações iniciais 1.2 Conceito 1.3 Objeto 1.4 Normas de DIPr na Constituição Federal de 1988 1.5 Direitos

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Regente: Professora Doutora Maria Luísa Duarte Colaboradores: Professora Doutora Ana Gouveia Martins; Mestre Ana Soares Pinto;

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Relações Internacionais 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

Ementas das disciplinas do 3º período

Ementas das disciplinas do 3º período 1 Disciplina: Direito Empresarial I (Teoria Geral) C/H: 080 H/A Teoria Geral. O Direito Comercial. Evolução Histórica. Fontes. Atividade empresarial. Regime Jurídico da livre iniciativa. Registro de empresa.

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 DIREITO ADMINISTRATIVO...17 Fernando Ferreira Baltar Neto e Ronny Charles Lopes de Torres 1. Direito Administrativo e o Regime Jurídico-Administrativo...17

Leia mais

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL PONTOS DA PROVA ESCRITA

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL PONTOS DA PROVA ESCRITA Estágio Supervisionado I (Prática Processual Civil) Processual Civil II Processual Civil I Civil VI Civil V Civil IV Civil III Civil I ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL Pessoa

Leia mais

Direito Ambiental. Prof. Fabrício Ferreira Aula III

Direito Ambiental. Prof. Fabrício Ferreira Aula III Direito Ambiental Prof. Fabrício Ferreira Aula III 1 Direito Internacional NOÇÕES PRELIMINARES CONCEITO: É o conjunto de normas jurídicas que regulam as relações mútuas dos Estados e, subsidiariamente,

Leia mais

CURSOS ON-LINE DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO PROFESSORES RODRIGO LUZ E MISSAGIA AULA DEMONSTRATIVA

CURSOS ON-LINE DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO PROFESSORES RODRIGO LUZ E MISSAGIA AULA DEMONSTRATIVA AULA DEMONSTRATIVA Olá pessoal. Com a publicação do edital para Auditor-Fiscal da Receita Federal, como é de costume, houve mudanças em algumas disciplinas, inclusão de novas, exclusão de outras. Uma das

Leia mais

A efetividade das sentenças da Corte Interamericana de Direitos Humanos no Brasil

A efetividade das sentenças da Corte Interamericana de Direitos Humanos no Brasil IX Salão de Iniciação Científica PUCRS A efetividade das sentenças da Corte Interamericana de Direitos Humanos no Brasil Gabriela Bratkowski Pereira, Elias Grossmann (orientador) Faculdade de Direito,

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL NO DIREITO POSITIVO Cíntia Cecília Pellegrini

A INFLUÊNCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL NO DIREITO POSITIVO Cíntia Cecília Pellegrini A INFLUÊNCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL NO DIREITO POSITIVO Cíntia Cecília Pellegrini RESUMO: Após a Segunda Guerra Mundial, a sociedade internacional passou a ter como principal objetivo a criação de acordos

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO

DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA INSTITUTO DE ESTUDOS POLÍTICOS LICENCIATURA EM CIÊNCIA POLÍTICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS GONÇALO MATIAS 2013/2014 5.5 ECTS PROGRAMA I Introdução

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO Direito Internacional Profª Mestre Ideli Raimundo Di Tizio p 39 DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO Introdução A dinâmica das relações de caráter econômico ou não no contexto mundial determinou a criação de

Leia mais

O PAPEL DAS AUTORIDADES CENTRAIS E A SECRETARIA DE COOPERAÇÃO JURÍDICA INTERNACIONAL DO MPF

O PAPEL DAS AUTORIDADES CENTRAIS E A SECRETARIA DE COOPERAÇÃO JURÍDICA INTERNACIONAL DO MPF O PAPEL DAS AUTORIDADES CENTRAIS E A SECRETARIA DE COOPERAÇÃO JURÍDICA INTERNACIONAL DO MPF Curso de Cooperação Jurídica Internacional para membros e servidores da Procuradoria da República no Paraná 31

Leia mais

PLANO DE ENSINO CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 40 H/A

PLANO DE ENSINO CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 40 H/A PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: DIREITOS HUMANOS CÓDIGO:????? CURSO: DIREITO SEMESTRE: DÉCIMO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 2 H/A CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 40 H/A PROFESSOR RESPONSÁVEL: PROF. ESP. VALÉRIA CORREA SILVA

Leia mais

CURSO DE DIREITO PERÍODO NOTURNO 2015-2 HORÁRIO DO 1º SEMESTRE

CURSO DE DIREITO PERÍODO NOTURNO 2015-2 HORÁRIO DO 1º SEMESTRE 2015-2 HORÁRIO DO 1º SEMESTRE Introdução ao Estudo do Direito Ciência Política e Teoria Geral do Estado Filosofia Redação e Linguagem Jurídica Direito, Pessoa e Sociedade Introdução ao Estudo do Direito

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.310, DE 23 DE SETEMBRO DE 2014 Promulga o Acordo entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo dos Estados

Leia mais

CURSO DE DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO

CURSO DE DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO STJ00100064 Florisbal de Souza Del'Olmo CURSO DE DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO lp edição revista, atualizada e ampliada *** ~ FORENSE ~ RIO DE JANEIRO STJ00100064 A EDITORA FORENSE se responsabiliza pelos

Leia mais

CONFLITO ENTRE AS LEIS APLICÁVEIS AO CONTRATO E AO BEM IMÓVEL SITUADO NO BRASIL

CONFLITO ENTRE AS LEIS APLICÁVEIS AO CONTRATO E AO BEM IMÓVEL SITUADO NO BRASIL CONFLITO ENTRE AS LEIS APLICÁVEIS AO CONTRATO E AO BEM IMÓVEL SITUADO NO BRASIL Maristela Basso 1 1. O DIREITO MATERIAL APLICÁVEL À RETOMADA DE IMÓ- VEL SITUADO NO BRASIL E O DIREITO APLICÁVEL AO CONTRATO

Leia mais

DECLARAÇÃO DE BUENOS AIRES (2012) 1

DECLARAÇÃO DE BUENOS AIRES (2012) 1 DECLARAÇÃO DE BUENOS AIRES (2012) 1 Sobre a atuação dos Juízes e Poderes Judiciários Iberoamericanos relativamente à informação, à participação pública e ao acesso à justiça em matéria de meio ambiente

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 3 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Noções introdutórias e históricas.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Teoria Geral do Processo; Direito Penal I; Direito Penal II; Direito Constitucional II.

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Teoria Geral do Processo; Direito Penal I; Direito Penal II; Direito Constitucional II. PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professora: Ms. Anna Karyne Turbay Palodetto anakaryne@uniarp.edu.br Período/ Fase: 6º Semestre:

Leia mais

NOVOS INSTRUMENTOS PERMITEM CONCRETIZAR DIREITOS HUMANOS NO STF E STJ

NOVOS INSTRUMENTOS PERMITEM CONCRETIZAR DIREITOS HUMANOS NO STF E STJ NOVOS INSTRUMENTOS PERMITEM CONCRETIZAR DIREITOS HUMANOS NO STF E STJ (Conjur, 10/12/2014) Alexandre de Moraes Na luta pela concretização da plena eficácia universal dos direitos humanos o Brasil, mais

Leia mais

CONVENÇÃO INTERAMERICANA CONTRA O TERRORISMO

CONVENÇÃO INTERAMERICANA CONTRA O TERRORISMO CONVENÇÃO INTERAMERICANA CONTRA O TERRORISMO Os Estados Partes nesta Convenção, Tendo presente os propósitos e princípios da Carta da Organização dos Estados Americanos e da Carta das Nações Unidas; Considerando

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE CAMPOS Reconhecida pelo Decreto Federal Nº 55.754, de 12 de fevereiro de 1965

FACULDADE DE DIREITO DE CAMPOS Reconhecida pelo Decreto Federal Nº 55.754, de 12 de fevereiro de 1965 DISCIPLINA: Direito Internacional dos Direitos Humanos PROFESSOR: Dr. Antonio Celso Alves Pereira EMENTA: Formação, autonomia e consolidação do Direito Internacional dos Direitos Humanos. A Carta Internacional

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2011

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2011 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2011 Disciplina: Direito Penal IV Departamento III Penal e Processo Penal Docente Responsável: Mauro Augusto de Souza Mello Junior Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo:

Leia mais

TEORIA GERAL DO DIREITO CHINÊS

TEORIA GERAL DO DIREITO CHINÊS UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO CURSO DE LICENCIATURA EM DIREITO EM LÍNGUA PORTUGUESA PROGRAMA DA DISCIPLINA ANO LECTIVO DE 2010/2011 TEORIA GERAL DO DIREITO CHINÊS 5º ANO DA LICENCIATURA EM

Leia mais

I DISCIPLINA: GLOBALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO REGIONAL

I DISCIPLINA: GLOBALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO REGIONAL GLOBALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO REGIONAL I DISCIPLINA: GLOBALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO REGIONAL II PROFESSOR (A): ELIZABETH ACCIOLY III - CARGA HORÁRIA: 30h/a IV OBJETIVOS Hoje é fundamental se entender a estratégia

Leia mais

Direito Processual do Trabalho

Direito Processual do Trabalho Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito do Trabalho Direito Processual do Trabalho Carga Horária: 64 h/a 1- Ementa O curso

Leia mais

Noções de Direito Internacional Privado Aula 01-2º Bimestre - 2015/B

Noções de Direito Internacional Privado Aula 01-2º Bimestre - 2015/B # Noções Introdutórias Noções de Direito Internacional Privado Aula 01-2º Bimestre - 2015/B Direito Internacional O direito internacional privado é o ramo do Direito, que visa regular os conflitos de leis

Leia mais

O Brasil e os Tribunais Internacionais: entre o direito interno e o direito internacional

O Brasil e os Tribunais Internacionais: entre o direito interno e o direito internacional Minicurso de extensão O Brasil e os Tribunais Internacionais: entre o direito interno e o direito internacional Realização: Grupo de pesquisa Crítica & Direito Internacional O Brasil e a Corte Internacional

Leia mais

PLANO DE ENSINO - Curso Semestral 2015

PLANO DE ENSINO - Curso Semestral 2015 21/02/2011 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - Curso Semestral 2015 Disciplina DIREITO DE EMPRESA Curso Graduação Período 3º PERÍODO Eixo de Formação EIXO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL Turma A, B e D Código 076

Leia mais

PLANO DE ENSINO- CURSO SEMESTRAL - 2015

PLANO DE ENSINO- CURSO SEMESTRAL - 2015 21/02/2011 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO- CURSO SEMESTRAL - 2015 Disciplina DIREITO TRIBUTÁRIO II Curso Graduação Período 7º Período Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional Turmas A, B e D Código

Leia mais

1. CONTRATOS INTERNACIONAIS: EFICÁCIA ECONÔMICA E EFETIVIDADE. II PROFESSOR DOUTOR: João Bosco Lee. III CARGA HORÁRIA: 30h/a IV EMENTA

1. CONTRATOS INTERNACIONAIS: EFICÁCIA ECONÔMICA E EFETIVIDADE. II PROFESSOR DOUTOR: João Bosco Lee. III CARGA HORÁRIA: 30h/a IV EMENTA 1. CONTRATOS INTERNACIONAIS: EFICÁCIA ECONÔMICA E EFETIVIDADE II PROFESSOR DOUTOR: João Bosco Lee III CARGA HORÁRIA: 30h/a IV EMENTA Noção de Contrato Internacional (Critérios de Internacionalidade do

Leia mais

LEVANTAMENTO DOS MARCOS LÓGICOS E LEGAIS DO SERVIÇO DE ATENÇÃO À MULHER SOB VIOLÊNCIA DE GÊNERO

LEVANTAMENTO DOS MARCOS LÓGICOS E LEGAIS DO SERVIÇO DE ATENÇÃO À MULHER SOB VIOLÊNCIA DE GÊNERO 1. Marco Lógico LEVANTAMENTO DOS MARCOS LÓGICOS E LEGAIS DO SERVIÇO DE ATENÇÃO À MULHER SOB VIOLÊNCIA DE GÊNERO Publicação/Origem NORMATIVAS INTERNACIONAIS DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Declaração

Leia mais

Resumo Aula-tema 01: Noção, fundamento e desenvolvimento histórico do Direito Internacional Público

Resumo Aula-tema 01: Noção, fundamento e desenvolvimento histórico do Direito Internacional Público Resumo Aula-tema 01: Noção, fundamento e desenvolvimento histórico do Direito Internacional Público 1. Evolução histórica A evolução histórica do direito internacional é, geralmente, divida pela doutrina

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA Visão teórica, e tanto quanto possível prática, dos principais temas relacionados à introdução ao estudo do Direito Comercial.

PLANO DE ENSINO EMENTA Visão teórica, e tanto quanto possível prática, dos principais temas relacionados à introdução ao estudo do Direito Comercial. Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Direito Empresarial I Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Empresarial Área: Privado PLANO DE ENSINO EMENTA Visão teórica, e tanto quanto

Leia mais

ACORDO ENTRE O GOVERNO DA REPÚBLICA PORTUGUESA E O GOVERNO DA ROMÉNIA SOBRE PROMOÇÃO E PROTECÇÃO RECÍPROCA DE INVESTIMENTOS

ACORDO ENTRE O GOVERNO DA REPÚBLICA PORTUGUESA E O GOVERNO DA ROMÉNIA SOBRE PROMOÇÃO E PROTECÇÃO RECÍPROCA DE INVESTIMENTOS Decreto n.º 23/94 de 26 de Julho Aprova o Acordo entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da Roménia sobre Promoção e Protecção Recíproca de Investimentos Nos termos da alínea c) do n.º 1 do

Leia mais

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES MG PROF.: DARLAN BARROSO

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES MG PROF.: DARLAN BARROSO DIREITO INTERNACIONAL Princípios 1 - (OAB MG ABRIL 09) - São princípios fundamentais que regem as relações internacionais da República Federativa do Brasil, EXCETO: a) concessão de asilo político. b) independência

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Aspectos civis do seqüestro de menores Roberta de Albuquerque Nóbrega * A Regulamentação Brasileira De acordo com a Lei de Introdução ao Código Civil (LICC), em seu artigo 7º, o

Leia mais

UFRJ/FND Monitoria 2013/2014 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE DISCIPLINAS DO DEPARTAMENTO DE DIREITO CIVIL. Direito Internacional Privado I

UFRJ/FND Monitoria 2013/2014 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE DISCIPLINAS DO DEPARTAMENTO DE DIREITO CIVIL. Direito Internacional Privado I UFRJ/FND Monitoria 2013/2014 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE DISCIPLINAS DO DEPARTAMENTO DE DIREITO CIVIL Direito Internacional Privado I PONTOS: 1. Introdução ao direito internacional privado: objeto, denominação

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO E ASSISTÊNCIA JURISDICIONAL EM MATÉRIA CIVIL, COMERCIAL, TRABALHISTA E ADMINISTRATIVA - PROTOCOLO DE LAS LEÑAS -

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO E ASSISTÊNCIA JURISDICIONAL EM MATÉRIA CIVIL, COMERCIAL, TRABALHISTA E ADMINISTRATIVA - PROTOCOLO DE LAS LEÑAS - PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO E ASSISTÊNCIA JURISDICIONAL EM MATÉRIA CIVIL, COMERCIAL, TRABALHISTA E ADMINISTRATIVA - PROTOCOLO DE LAS LEÑAS - Os Governos da República Argentina, da República Federativa do Brasil,

Leia mais

II - Fontes do Direito Tributário

II - Fontes do Direito Tributário II - Fontes do Direito Tributário 1 Fontes do Direito Tributário 1 Conceito 2 - Classificação 3 - Fontes formais 3.1 - principais 3.2 complementares 4 Doutrina e jurisprudência 2 1 - Conceito As fontes

Leia mais

Pós-graduação em Direito Público

Pós-graduação em Direito Público Apresentação O Grupo Verbo Jurídico figura hoje como uma das instituições mais completas quando se trata de preparação para Concursos Públicos, também atuando no segmento editorial e de ensino. No campo

Leia mais

CONVENÇÃO INTERAMERICANA SOBRE TRÁFICO INTERNACIONAL DE MENORES

CONVENÇÃO INTERAMERICANA SOBRE TRÁFICO INTERNACIONAL DE MENORES CONVENÇÃO INTERAMERICANA SOBRE TRÁFICO INTERNACIONAL DE MENORES Os Estados Partes nesta Convenção, CONSIDERANDO a importância de assegurar proteção integral e efetiva ao menor, mediante a implementação

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO II. Disciplina: DIREITO AMBIENTAL (D-39) Área: Direito Período: Sétimo Turno: Noturno Ano: 2013.1 Carga Horária: 36 H; Créd.: 02 III. Pré-Requisito: DIREITO CONSTITUCIONAL II (D- 24 )

Leia mais

MANUAL DE DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO

MANUAL DE DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO MANUAL DE DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO TATIANA WAISBERG Advogada e Professora da Faculdade de Direito da FP. Mestre em Direito Internacional PUC-MG e Universidade de Tel Aviv, Israel. MANUAL DE DIREITO

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Porto Alegre Brasil University of New South Wales Sydney Austrália Universidade do Povo Macau - China

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Porto Alegre Brasil University of New South Wales Sydney Austrália Universidade do Povo Macau - China CONVENÇÃO SOBRE A LEI APLICÁVEL AOS CONTRATOS DE COMPRA E VENDA INTERNACIONAL DE MERCADORIAS (Concluída em 22 de dezembro de 1986) Os Estados-Partes da presente Convenção, Desejando unificar as regras

Leia mais

Site Jurídico S.O.S Estagiários (www.sosestagiarios.com) Trabalhos Prontos Gratuitos LEI DE ARBITRAGEM EVOLUÇÃO HISTÓRICA

Site Jurídico S.O.S Estagiários (www.sosestagiarios.com) Trabalhos Prontos Gratuitos LEI DE ARBITRAGEM EVOLUÇÃO HISTÓRICA LEI DE ARBITRAGEM EVOLUÇÃO HISTÓRICA Nos primórdios da sociedade romana, surgiu o instituto da arbitragem como forma de resolver conflitos oriundos da convivência em comunidade, como função pacificadora

Leia mais

T E O R I A GERAL DO DIREITO CIVIL

T E O R I A GERAL DO DIREITO CIVIL ROTEIRO DE AULA Ponto 02 Teoria Geral do Direito Civil 1. Histórico Romano-Germânica Direito Português Direito Brasileiro Idade Antiga Ius Civile (Roma) Idade Média Direito Romano com fortes influências

Leia mais

Resumo Aula-tema 02: Fontes, princípios, renúncia e transação do Direito do Trabalho.

Resumo Aula-tema 02: Fontes, princípios, renúncia e transação do Direito do Trabalho. Resumo Aula-tema 02: Fontes, princípios, renúncia e transação do Direito do Trabalho. O propósito dessa aula é reconhecer quais os lugares de onde se originam os direitos trabalhistas, onde procurá-los

Leia mais

PLANO DE ENSINO - Curso Semestral 2015

PLANO DE ENSINO - Curso Semestral 2015 21/02/2011 Página 1 de 6 PLANO DE ENSINO - Curso Semestral 2015 Disciplina DIREITO DOS CONTRATOS Curso Graduação Período 5º PERÍODO Eixo de Formação EIXO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL Turma A, B e D Código

Leia mais

SIMULADO DE DIREITO INTERNACIONAL PARA PROVA DA OAB/RJ

SIMULADO DE DIREITO INTERNACIONAL PARA PROVA DA OAB/RJ Simulado de Direito Internacional para Prova da OAB/RJ Prof. SIMULADO DE DIREITO INTERNACIONAL PARA PROVA DA OAB/RJ Alexandre Magalhães de Mattos Advogado graduado pela Universidade Estácio de Sá Pós-graduado

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL PARA A PREVENÇÃO E A REPRESSÃO DO TRÁFICO ILÍCITO DE MIGRANTES.

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL PARA A PREVENÇÃO E A REPRESSÃO DO TRÁFICO ILÍCITO DE MIGRANTES. Decreto n.º 42/2003 de 20 de Setembro Acordo entre a República Portuguesa e a República Federativa do Brasil para a Prevenção e a Repressão do Tráfico Ilícito de Migrantes, assinado em Lisboa em 11 de

Leia mais

Acesso ao Tribunal Constitucional: Possibilidade de ações movidas por estrangeiros

Acesso ao Tribunal Constitucional: Possibilidade de ações movidas por estrangeiros Acesso ao Tribunal Constitucional: Possibilidade de ações movidas por estrangeiros Os direitos fundamentais previstos na Constituição brasileira de 1988 são igualmente garantidos aos brasileiros e aos

Leia mais

PLANO DE CURSO 2012/2 TOTAL DE AULAS OU CARGA HORÁRIA. 07 aulas

PLANO DE CURSO 2012/2 TOTAL DE AULAS OU CARGA HORÁRIA. 07 aulas Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2012/2 DISCIPLINA: ECONOMIA PROFESSOR: HORÁCIO AUGUSTO MENDES DE SOUSA TURMA: 5º ANO INTEGRAL UNIDADE

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DIREITO AMBIENTAL

INTRODUÇÃO AO DIREITO AMBIENTAL INTRODUÇÃO AO DIREITO AMBIENTAL 1. NOMENCLATURA DA DISCIPLINA JURÍDICA Direito ambiental, direito do meio ambiente, direito do desenvolvimento sustentável, direito verde, direito ecológico, direito de

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE MATHEUS BRITO MEIRA GUIA DE ESTUDOS Aracaju 2013 BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE O DIREITO TRIBUTÁRIO. INTRODUÇÃO À DISCIPLINA 1 Matheus Brito Meira

Leia mais

TRATADO INTERAMERICANO DE ASSISTÊNCIA RECÍPROCA

TRATADO INTERAMERICANO DE ASSISTÊNCIA RECÍPROCA TRATADO INTERAMERICANO DE ASSISTÊNCIA RECÍPROCA Em nome de seus Povos, os Governos representados naconferência Interamericana para a Manutenção da Paz e da Segurança no Continente, animados pelo desejo

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO E ASSISTÊNCIA JURISDICIONAL EM MATÉRIA CIVIL, COMERCIAL, TRABALHISTA E ADMINISTRATIVA (PR. DE LAS LEÑAS)

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO E ASSISTÊNCIA JURISDICIONAL EM MATÉRIA CIVIL, COMERCIAL, TRABALHISTA E ADMINISTRATIVA (PR. DE LAS LEÑAS) MERCOSUL/CMC/DEC. N 05/92 PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO E ASSISTÊNCIA JURISDICIONAL EM MATÉRIA CIVIL, COMERCIAL, TRABALHISTA E ADMINISTRATIVA (PR. DE LAS LEÑAS) TENDO EM VISTA: O Tratado de Assunção assinado

Leia mais

DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS

DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS 7.PROJETO PEDAGÓGICO 1º SEMESTRE DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ECONOMIA EMENTA: Conceitos Fundamentais; Principais Escolas do Pensamento; Sistema Econômico; Noções de Microeconomia; Noções de Macroeconomia;

Leia mais

CASO RELATIVO À CONVENÇÃO DE VIENA SOBRE AS RELAÇÕES CONSULARES (Paraguai v. Estados Unidos da América)

CASO RELATIVO À CONVENÇÃO DE VIENA SOBRE AS RELAÇÕES CONSULARES (Paraguai v. Estados Unidos da América) CASO RELATIVO À CONVENÇÃO DE VIENA SOBRE AS RELAÇÕES CONSULARES (Paraguai v. Estados Unidos da América) (MEDIDAS CAUTELARES) Decisão de 9 de abril de 1998 Histórico do caso e exposição das demandas (parágrafo

Leia mais

Direito Administrativo I

Direito Administrativo I Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Público Direito Administrativo I Carga Horária: 60 h/a 1- Ementa 1 Estado. 2 Poderes

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direitos do Autor Código

Leia mais

Fundamentos de Direito Internacional. Aula Inaugural Escola Paulista de Direito - EPD. Programa de Pós-Graduação em Direito Internacional

Fundamentos de Direito Internacional. Aula Inaugural Escola Paulista de Direito - EPD. Programa de Pós-Graduação em Direito Internacional São Paulo Rio de Janeiro Brasília Curitiba Porto Alegre Recife Belo Horizonte Londres Lisboa Shanghai Miami Buenos Aires Aula Inaugural Escola Paulista de Direito - EPD Fundamentos de Direito Internacional

Leia mais

O recurso à Arbitragem e as suas vantagens

O recurso à Arbitragem e as suas vantagens O recurso à Arbitragem e as suas vantagens Modo de resolução jurisdicional de controvérsias em que, com base na vontade das partes, a decisão é confiada a um terceiro. Para este efeito, considera-se terceiro

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIAS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIAS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIAS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO I. IDENTIFICAÇÃO UNIDADE ACADÊMICA: Regional Jataí CURSO: Direito (Bacharelado) DISCIPLINA: Direito Internacional Público

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D- 51 PERÍODO: 3º CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 45

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D- 51 PERÍODO: 3º CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 45 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D- 51 PERÍODO: 3º CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 45 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE NOME DO CURSO: DIREITO

Leia mais

PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015

PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015 21/02/2011 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015 Disciplina FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS Código 92 Curso Graduação Série 5º Período Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2015

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2015 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2015 Disciplina: Direito Penal III Departamento III Direito Penal e Direito Processo Penal Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo: Anual 4º ano Docente Responsável: Gustavo

Leia mais

Convenção de Nova Iorque - Reconhecimento e Execução de Sentenças Arbitrais Estrangeiras

Convenção de Nova Iorque - Reconhecimento e Execução de Sentenças Arbitrais Estrangeiras CONVENÇÃO DE NOVA YORK Convenção de Nova Iorque - Reconhecimento e Execução de Sentenças Arbitrais Estrangeiras Decreto nº 4.311, de 23/07/2002 Promulga a Convenção sobre o Reconhecimento e a Execução

Leia mais

D OBJETIVOS E IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA PARA A FORMAÇÃO DO EGRESSO

D OBJETIVOS E IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA PARA A FORMAÇÃO DO EGRESSO 27/07/2015 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL Disciplina DIREITO ADMINISTRATIVO III Curso Graduação Período 8º período Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional Turmas A, B e D Código

Leia mais

Convenção Internacional sobre a Supressão e Punição do Crime de Apartheid

Convenção Internacional sobre a Supressão e Punição do Crime de Apartheid Convenção Internacional sobre a Supressão e Punição do Crime de Apartheid INTRODUÇÃO A Convenção Apartheid foi aprovado pela Assembléia Geral da ONU em 1973, mas com um grande número de abstenções por

Leia mais

Convenção para a Prevenção e a Repressão do Crime de Genocídio

Convenção para a Prevenção e a Repressão do Crime de Genocídio Direito Internacional Aplicado Tratados e Convenções Direito Internacional Penal Convenção para a Prevenção e a Repressão do Crime de Genocídio Conclusão e assinatura: Nova Iorque EUA, 09 de dezembro de

Leia mais

PLANO DE ENSINO 1- IDENTIFICAÇÃO

PLANO DE ENSINO 1- IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO 1- IDENTIFICAÇÃO 1.1 Curso: Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial 1.2 Disciplina: Legislação e Tributação Comercial 1.3 Carga Horária: 36 1.3.1 Encontros: 1.4 Período: 3º 1.5

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 5.237, DE 2013 (Apenso: Projeto de Lei nº 385, de 2015)

PROJETO DE LEI Nº 5.237, DE 2013 (Apenso: Projeto de Lei nº 385, de 2015) PROJETO DE LEI Nº 5.237, DE 2013 (Apenso: Projeto de Lei nº 385, de 2015) Acrescenta inciso V ao art. 3º da Lei 9.474, de 22 de agosto de 1997, e inciso VI e parágrafo único ao art. 7º da Lei nº 6.815,

Leia mais

CASOS PRÁTICOS DA COOPERAÇÃO JURÍDICA INTERNACIONAL EM MATÉRIA PENAL TIAGO SANTOS FARIAS

CASOS PRÁTICOS DA COOPERAÇÃO JURÍDICA INTERNACIONAL EM MATÉRIA PENAL TIAGO SANTOS FARIAS CASOS PRÁTICOS DA COOPERAÇÃO JURÍDICA INTERNACIONAL EM MATÉRIA PENAL TIAGO SANTOS FARIAS BASE NORMATIVA DA COOPERAÇÃO JURÍDICA INTERNACIONAL TRATADOS BILATERAIS E MULTILATERAIS RECIPROCIDADE DIREITO INTERNO

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação

Plano de Ensino. Identificação Plano de Ensino Identificação Curso: Direito Disciplina: Direito Penal III Ano/semestre: 2012/1 Carga horária: Total: 80h Semanal: 12h Professor: Ronaldo Domingues de Almeida Período/turno: 5º - matutino

Leia mais

ASPECTOS PRÁTICOS DA ARBITRAGEM. Editora Quartier Latin do Brasil. São Paulo, 2006. Localização: 347.918 A664p Código de barras: STJ00066668

ASPECTOS PRÁTICOS DA ARBITRAGEM. Editora Quartier Latin do Brasil. São Paulo, 2006. Localização: 347.918 A664p Código de barras: STJ00066668 LUIZ FERNANDO DO VALE ALMEIDA GUILHERME Bacharel em Direito pela PUC/SP Mestre em Direito Civil-Comparado Advogado em São Paulo. Sócio de Almeida Guilherme Advogados Associados Professor da Faculdade de

Leia mais

Ementas das disciplinas do 4º período. DISICIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL II (SOC. EMPRESARIAIS) C/H: 80h/a

Ementas das disciplinas do 4º período. DISICIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL II (SOC. EMPRESARIAIS) C/H: 80h/a 1 DISICIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL II (SOC. EMPRESARIAIS) C/H: 80h/a Teoria geral do direito societário. Sociedade empresária. Constituição das sociedades contratuais. Sociedades contratuais menores. Sociedade

Leia mais

AG/RES. 2577 (XL-O/10) PROMOÇÃO DO TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL 1/2/ (Aprovada na quarta sessão plenária, realizada em 8 de junho de 2010)

AG/RES. 2577 (XL-O/10) PROMOÇÃO DO TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL 1/2/ (Aprovada na quarta sessão plenária, realizada em 8 de junho de 2010) AG/RES. 2577 (XL-O/10) PROMOÇÃO DO TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL 1/2/ (Aprovada na quarta sessão plenária, realizada em 8 de junho de 2010) A ASSEMBLÉIA GERAL, RECORDANDO as resoluções AG/RES. 1619 (XXIX-O/99),

Leia mais

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição SUMÁRIO Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição Apresentação - Marco Antonio Araujo Junior Sobre os autores 1.1 Introdução princípios e poderes 1.2 Ato administrativo 1.3 Organização da Administração

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Graduação em Turismo Disciplina: Direito e Legislação Turística Carga Horária Semestral: 80 h/a Semestre do Curso: 5º Semestre 1 - Ementa (sumário, resumo) Introdução

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO... 15 PREFÁCIO... 17 INTRODUÇÃO... 19 Capítulo I FLEXIBILIZAÇÃO... 21 1.1. Definição... 21 1.2. Flexibilização da norma... 23 1.3. Flexibilizar a interpretação e

Leia mais

DEFESA EM CONTEXTO TRANSNACIONAL

DEFESA EM CONTEXTO TRANSNACIONAL Direito Penal Europeu para Advogados Penalistas ERA/ECBA/ICAB Barcelona 21-22 de Fevereiro de 2014 DEFESA EM CONTEXTO TRANSNACIONAL NA UNIÃO EUROPEIA INDICAÇÕES DE PESQUISA E ELEMENTOS NORMATIVOS Vânia

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL COMPETÊNCIAS

DIREITO PROCESSUAL PENAL COMPETÊNCIAS DIREITO PROCESSUAL PENAL COMPETÊNCIAS Atualizado em 03/11/2015 4. Competência Material Ratione Materiae: Divide-se em competência da Justiça Estadual, Federal, Eleitoral e Militar (não falamos da Justiça

Leia mais

I PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO

I PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO I PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO Áreas de Direito Ambiental Direito Internacional Temas indicados para Referências sugeridas para Temas indicados para Referências sugeridas para 1) Regime Jurídico Internacional

Leia mais

Ministério da Justiça. Intervenção do Ministro da Justiça

Ministério da Justiça. Intervenção do Ministro da Justiça Intervenção do Ministro da Justiça Sessão comemorativa do 30º Aniversário da adesão de Portugal à Convenção Europeia dos Direitos do Homem Supremo Tribunal de Justiça 10 de Novembro de 2008 Celebrar o

Leia mais

COMPETÊNCIA CAPÍTULO VIII 1. NOÇÕES GERAIS

COMPETÊNCIA CAPÍTULO VIII 1. NOÇÕES GERAIS COMPETÊNCIA CAPÍTULO VIII COMPETÊNCIA SUMÁRIO 1. Noções gerais; 2. Competência territorial (ratione loci); 2.1. O lugar da infração penal como regra geral (art. 70 CPP); 2.2. O domicílio ou residência

Leia mais

1 Conflito de leis penais no tempo.

1 Conflito de leis penais no tempo. 1 Conflito de leis penais no tempo. Sempre que entra em vigor uma lei penal, temos que verificar se ela é benéfica ( Lex mitior ) ou gravosa ( Lex gravior ). Lei benéfica retroage alcança a coisa julgada

Leia mais

Procedimentos para a Prova Oral

Procedimentos para a Prova Oral VI CONCURSO PARA JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO Procedimentos para a Prova Oral O Excelentíssimo Desembargador Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da

Leia mais

Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho

Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho Organização sindical: Contribuições, Convenções e Acordos Coletivos do Trabalho, Dissídio Coletivo, Direito de Greve (Lei nº 7.783, de 28/6/89). Comissões de Conciliação

Leia mais

NORMATIVAS INTERNACIONAIS Publicação/Origem

NORMATIVAS INTERNACIONAIS Publicação/Origem LEVANTAMENTO DOS MARCOS LÓGICOS E LEGAIS DO SERVIÇO DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA, ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES 1. Marcos Lógicos NORMATIVAS INTERNACIONAIS DECLARAÇÃO DE GENEBRA

Leia mais