Faculdade Batista de Minas Gerais. Curso de Direito. Edital de Monitoria No. 3/ JUNHO de 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Faculdade Batista de Minas Gerais. Curso de Direito. Edital de Monitoria No. 3/2015.2. JUNHO de 2015"

Transcrição

1 Faculdade Batista de Minas Gerais Curso de Direito Edital de Monitoria No. 3/ JUNHO de 2015 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS Nº. 03/ A Direção Acadêmica da Faculdade Batista de Minas Gerais, a Coordenação do Curso de Direito e a Coordenação do Centro de Extensão, Pós-Graduação e Pesquisa (CEPPES), no uso de suas atribuições regimentais e regulamentares, tornam público, para os alunos interessados, que, no período de 01/06/2015 a 15/06/2015, encontram-se abertas as inscrições para a seleção dos candidatos ao Programa de Monitoria da FBMG, do Curso de Direito, para exercício no semestre letivo de , que se realizará segundo as condições especificadas a seguir: 1. Inscrição 1.1. Período: De 01/06/2015 a 15/06/ Local: Secretaria Geral

2 1.3. Horário: Das 14:00 às 21:00 horas. 2. Objetivos da Monitoria 2.1. Despertar o interesse pela pesquisa científica e pelas rotinas do trabalho docente Fomentar a cooperação entre os alunos intensificar a interação entre discentes de diferentes períodos letivos Aprofundar conhecimentos teóricos e práticos dentro da disciplina a que estiver ligado o Monitor, por meio do treinamento para transmissão do conhecimento acumulado. 3. Atribuições do Monitor 3.1. Auxiliar o(s) professor(es): em tarefas didáticas, inclusive na preparação de trabalhos acadêmicos de modo proporcional ao seu grau de conhecimento; em tarefas de extensão compatíveis com o seu grau de conhecimento; na realização de trabalhos práticos e experimentais compatíveis com o grau de conhecimento e experiência da disciplina Auxiliar os estudantes que estejam com dificuldades de aprendizagem na disciplina e nas correspondentes avaliações Participar, sempre que possível, dos eventos da FBMG, tais como Seminários, cursos, debates, sessões de estudo e experiências de trabalhos acadêmicos diversos Entregar à Coordenação do Coordenação do Centro de Extensão, Pós-Graduação e Pesquisa (CEPPES) e à Coordenadora do Curso de Direito 02 (dois) relatórios das atividades desenvolvidas de acordo com o Plano de Trabalho da Monitoria. O primeiro,

3 parcial, em 25/09/2015. O segundo, final, em 30/11/2015. Ambos os relatórios devem estar assinados pelo Professor Orientador Cumprir o Plano de Trabalho definido com o Professor Orientador. 4. Vedações à Monitoria 4.1 É vedado ao Monitor, em quaisquer circunstâncias: Ministrar aulas curriculares na ausência do Professor Orientador em sala de aula, laboratório ou qualquer outro recinto; Realizar avaliações através de testes, arguições, ou equivalentes, na ausência do Professor Orientador; Desenvolver funções meramente burocráticas; Desenvolver atividades em horário que prejudique o andamento de suas funções acadêmicas, especialmente em horário de aulas. 5. Atribuições do Professor Orientador 5.1 São atribuições do Professor Orientador: Elaborar, juntamente com o Monitor, o Plano de Atividades Anual, que deverá ser submetido à Coordenação de Atividades Acadêmicas e à Coordenadora do Curso de Direito na primeira quinzena de vigência do contrato de Monitoria; Organizar, com o Monitor, horário de trabalho que garanta a prática conjunta de Monitoria com a parte acadêmica e que corresponda a 05 (cinco) horas semanais; Orientar e acompanhar as atividades do Monitor, discutindo com ele as questões teóricas e práticas, fornecendo-lhe subsídios à sua formação, e;

4 5.1.4 Avaliar o relatório anual do Monitor atribuindo-lhe um conceito acompanhado de justificativa Estimular a pesquisa e o aprofundamento dos estudos do monitor, sempre visando o seu crescimento pedagógico. 6. Vagas 6.1. O Programa de Monitoria do Curso de Direito da FBMG oferecerá 07 (sete) vagas aos alunos do Curso de Direito, sendo 01 (uma) para cada disciplina a seguir: Direito Penal Direito Processual Penal Direito Civil Direito Constitucional Direito Administrativo Direito Tributário Direito Processual Civil 7. Dos requisitos para inscrição 7.1: O candidato à Monitoria deverá apresentar os seguintes requisitos: Apresentar cópia do comprovante da matrícula; Ter cursado a disciplina na qual deseja ser monitor: a) Direito Penal: Direito Penal I, II e III

5 b) Direito Processual Penal: Direito Processual Penal I e II c) Direito Civil: Direito Civil I, II e III d) Direito Constitucional: Teoria Geral da Constituição e Direito Constitucional I e) Direito Administrativo: Direito Administrativo I e II f) Direito Tributário: Direito Tributário I g) Direito Processual Civil: Teoria Geral do Processo, Direito Processual Civil I e II Ter sido aprovado nas disciplinas com nota igual ou superior a 80 (oitenta); Não apresentar reprovação no semestre anterior; Apresentar disponibilidade de horário para dedicar-se à Monitoria; Não ter pendências financeiras com a Instituição; Ter cursado o primeiro semestre letivo de 2015; Apresentar 3 cópias do curriculum vitae; O aluno só poderá inscrever-se para a Monitoria de 01 (uma) disciplina; 7.2. As inscrições serão examinadas pela Coordenadora do Centro de Extensão, Pós- Graduação e Pesquisa (CEPPES), havendo a possibilidade de indeferimento pela Coordenadora do Curso de Direito, em caso de descumprimento dos requisitos acima; 7.3. Para o ato da inscrição, basta a entrega da cópia do comprovante da matrícula, histórico escolar e o preenchimento de formulário disponível na Secretaria da FBMG.

6 8. Da seleção 8.1. O processo seletivo para as vagas de Monitoria será acompanhado por Comissão de Seleção, neste ato nomeada, composta pela Coordenadora do Centro de Extensão, Pós- Graduação e Pesquisa (CEPPES), pela Coordenação do curso de Direito e um professor do corpo docente A seleção será constituída de uma prova escrita, envolvendo a matéria prevista na disciplina que consta no anexo deste Edital; 8.3. A prova discursiva será avaliada com nota de 0 (zero) a 10 (dez); 8.4. Em caso de empate entre dois candidatos, os critérios para desempate serão, por ordem: a) média final obtida pelo candidato quando cursou a respectiva disciplina; b) média global das disciplinas cursadas até o último semestre letivo completo; c) candidato que estiver cursando o semestre letivo mais adiantado; d) candidato que tiver a idade mais avançada As provas escritas para a seleção de monitores serão corrigidas pelos docentes do Curso de Direito da FBMG responsáveis pela orientação das disciplinas com vagas à Monitoria Consideram-se aprovados no processo seletivo para a Monitoria os candidatos que obtiverem nota de seleção final igual ou superior a 7,0 (sete) Os candidatos que forem chamados e não puderem assumir satisfatoriamente as atividades da Monitoria, por questões de disponibilidade de horário ou outras verificadas pela Coordenação responsável, serão imediatamente substituídos, segundo a ordem da listagem oficial Não haverá revisão das notas de prova.

7 9. Da data, hora e local das provas: 9.1. As provas escritas serão realizadas no dia 01/07/2015, a partir das 18 horas, na sala 1 do prédio das coordenações da FBMG, com duração de 60 minutos. 10. Do resultado O resultado será divulgado na página web da FBMG no dia 06/07/ Da Duração e do Regime de Trabalho O exercício da atividade de Monitoria tem duração de 1 (um) semestre letivo, podendo ser prorrogado por mais 1 (um) semestre, devendo a prorrogação ser recomendada pelo Professor Orientador e aprovada pela Coordenadora do Centro de Extensão, Pós-Graduação e Pesquisa (CEPPES) e Coordenação do curso de Direito O monitor selecionado exercerá suas atividades sem qualquer vínculo empregatício com a FBMG, em regime de dedicação de 05 (cinco) horas semanais, preferencialmente das 17:30h às 18:30h, ficando expressamente vedada a acumulação de mais de uma Monitoria pelo mesmo aluno O aluno selecionado terá 20% (vinte por cento) de desconto no valor de sua mensalidade. O desconto de 20% (vinte por cento) da monitoria não é cumulativo com outros descontos que o aluno selecionado possua, podendo este optar pelo desconto maior O exercício da monitoria será contado como atividade acadêmica complementar O aluno monitor poderá ter até 80 horas computadas como atividade complementar e o aluno que frequentar a monitoria terá até 40 horas computadas como atividade complementar.

8 12. Das Disposições Finais O Programa de Monitoria rege-se pelo Regulamento de Monitoria e pelo Regimento Interno da FBMG A carga horária despendida pelo monitor no exercício de suas tarefas será computada como horas de atividades acadêmicas complementares de graduação, de acordo com o Regulamento das Atividades Complementares e o Regimento Interno da FBMG O Monitor poderá ser excluído da Monitoria, em caso de desempenho insatisfatório, segundo o Regimento Interno e Regulamento da Monitoria da FBMG, sob avaliação do Professor(a) Orientador(a) e da Coordenação do Trabalho Interdisciplinar e Monitoria No ato da admissão, o monitor firmará termo de compromisso para o cumprimento satisfatório das suas atividades Aos casos omissos, aplicam-se as normas do Regulamento da Monitoria e Regimento Interno da FBMG O presente Edital entra em vigor nesta data. Belo Horizonte, 01 junho de Profa. Ms. Thaís Lacerda Diretora Acadêmica da Faculdade Batista de Minas Gerais Profa. Ms. Débora Buére Coordenadora do Curso de Direito Profa. Dra. Érika L. B. Calazans Coordenação do Centro de Extensão, Pós-Graduação e Pesquisa (CEPPES)

9 ANEXO 1 1. Direito Penal Introdução ao Direito Penal. História do Direito Penal. Princípios do Direito Penal Teoria da Norma: conceito, características, espécies, interpretação. Norma penal em branco. conflito aparente de normas. Analogia em Direito Penal. Tempo do crime. A norma penal no tempo e no espaço. Teoria do Crime: conceito, distinção dos demais ilícitos. Elementos. Tipo Penal: tipicidade; do tipo doloso; do tipo culposo; iter criminis; nexo causal; resultado; causas excludentes de tipicidade. Ilicitude. Conceito. Causas excludentes. Culpabilidade: conceito, elementos, causas excludentes. Teoria do Erro: Distinção entre Erro de Tipo e Erro de Proibição: conseqüências para a teoria do crime, concurso de pessoas.concurso de Crimes. Doutrinas e escolas penais. Teoria da Pena.Crimes em Espécie. Noções gerais sobre os crimes em espécie. Crimes contra a Pessoa. Crimes contra o patrimônio. Crimes contra a organização do trabalho. Crimes contra o sentimento religioso e contra o respeito aos mortos.crimes contra a Dignidade Sexual. Crimes contra a Família. Crimes contra a Incolumidade Pública. Crimes contra a Paz Pública. Crimes contra a Fé Pública. Crimes contra a Administração Pública. 2. Direito Processual Penal Processo Penal e Direitos Humanos. Natureza jurídica e conceito do processo penal. Princípios e regras orientadoras do processo penal. Fontes e interpretação das normas processuais penais. Lei processual penal no tempo e no espaço. Processo penal constitucional. Modalidades de ação penal. Competência. A primeira fase da persecução penal no processo de conhecimento de caráter condenatório: o inquérito policial. Inquérito policial e Direitos Humanos limitações à atividade investigatória (direitos e garantias constitucionais). A 2a fase da persecução penal no processo de conhecimento de caráter condenatório: ação penal. Processo comum. Procedimentos especiais: crime contra a honra, falência, crimes praticados por funcionário público, propriedade imaterial ( CPP, art. 503 a 530). Leis Extravagantes. Provas no Processo Penal. Persecução Penal e Medidas Cautelares que implicam em algumas restrições a direitos do Acusado. Classificação das Medidas Cautelares quanto à sua Natureza e Finalidade. As Modalidades de Prisão Provisória. Prazo de duração da Prisão Provisória. Sentença Penal. Recursos em Geral. Revisão Criminal e Ação de Habeas Corpus. 3. Direito Civil Teoria Geral do Direito Civil. Sistema do Código Civil Brasileiro. Lei de Introdução ao Código Civil Brasileiro. Relação Jurídica: elementos internos e externos. Sujeitos da relação jurídica: pessoa natural e pessoa jurídica. Objeto da relação jurídica os bens. Fatos Jurídicos. Negócio jurídico: elementos, defeitos e modalidades. Negócio jurídico: teoria das invalidades. Atos ilícitos.

10 Prescrição e decadência. Introdução ao Direito das Obrigações. Noções Gerais de Obrigações. Modalidades das Obrigações. Efeitos das Obrigações. Transmissão das Obrigações. Introdução ao Estudo da Responsabilidade Civil. Teoria Geral da Responsabilidade Civil. Responsabilidade Contratual. Responsabilidade Extracontratual. Risco e responsabilidade civil. Teoria Geral dos contratos. Elementos estruturais. O contrato como expressão do negócio jurídico. A função social dos contratos: socialidade, eticidade e operabilidade, concretude e o Direito Civil Constitucional. Contratos: formação e extinção dos contratos. Classificação dos contratos. Contratos e relações de consumo. 4. Direito Processual Civil Noções introdutórias e históricas. Institutos Fundamentais do Direito Processual: Aplicação do Direito Processual. Ação jurisdição e processo civil, penal, trabalhista e administrativo. Processo e Constituição.Disposições Gerais do CPC - As partes e os procuradores - Competência - Atos processuais - Formação, suspensão e extinção do processo - Processo de Conhecimento: Procedimento Ordinário - Petição inicial - Resposta do réu - Revelia - Providências preliminares - Julgamento conforme o estado do processo - Provas - Audiência - Sentença e coisa julgada. Procedimento Sumário.Do processo nos tribunais. Uniformização de jurisprudência. Declaração de inconstitucionalidade. Homologação de sentença estrangeira. Recursos: Apelação, Agravos, Embargos, Recursos Inominados, Recurso Especial e Recurso Extraordinário. Cautelar: Poder Geral de Cautela, Cautelares Nominadas e Inominadas.Processo de Execução - A execução em geral: partes, competência, título executivo, responsabilidade patrimonial, liquidação da sentença - As diversas espécies de execução: na legislação codificada e na legislação extravagante - Embargos do devedor - Remição - Suspensão e extinção do processo. Procedimentos Especiais - Procedimentos especiais de jurisdição contenciosa e de jurisdição voluntária na legislação codificada. 5. Direito Constitucional Noções Introdutórias. Histórico das Constituições brasileiras de 1824 a Constitucionalismo e neoconstitucionalismo. A Constituição. Conceito, classificação e elementos da Constituição. Natureza e aplicabilidade das normas constitucionais. Poder Constituinte Originário e Derivado. Recepção e não- recepção, Repristinação e Desconstitucionalização. O Preâmbulo, as Normas Centrais e o ADCT. Interpretação da Constituição. Mutações constitucionais. Controle de Constitucionalidade. Controle de constitucionalidade no direito comparado. Espécies de inconstitucionalidade. Controle difuso e controle concentrado. Ações do controle concentrado de constitucionalidade. Controle abstrato de constitucionalidade dos Estados-membros. Princípios constitucionais do Estado Brasileiro. Origem e evolução do federalismo no Brasil. Poder e Divisão de poderes. O Estado Democrático de Direito. Dos direitos e garantias individuais e coletivos. Remédios Constitucionais.Direitos Sociais. A nacionalidade. Direitos políticos e partidos políticos. Organização do Estado e dos Poderes. Repartição de competências. Da Intervenção nos Estados e nos Municípios. Organização dos poderes da União. Poder Legislativo. Organização e

11 funcionamento do Poder Legislativo. Funções típicas e atípicas. Imunidades e prerrogativas parlamentares. Processo Legislativo. Poder Executivo. Poder Judiciário. Das Funções Essenciais à Justiça. Funcionamento da Justiça. Advocacia Geral da União. Ministério Público. Defensoria Pública. Advocacia. Organização dos entes federativos: Da União, Dos Estados, Dos Municípios e do Distrito Federal. Defesa do Estado e das Instituições Democráticas. Sistemas constitucional das crises. Estado de Defesa. Estado de Sítio. Das Forças Armadas. Da Segurança Pública. Da Administração Pública. Organização Administrativa. Princípios Constitucionais da Administração Pública. Da Ordem Econômica e da Ordem Social. Introdução ao Sistema Tributário e Sistema Orçamentário Nacional. Noções de direito eleitoral 6. Direito Administrativo Administração Pública. Direito Administrativo. Organização Administrativa. Atividade Administrativa. Atividades e funções do Estado. O Direito Administrativo: sua posição, fontes, histórico e conceitos; sua codificação. A administração Pública: Direta e Indireta. Regime Jurídico Administrativo. Ato Administrativo. Princípios Constitucionais de atuação da Administração Pública. Poderes Administrativos. Sistema de Controle Jurisdicional da Administração Pública. Intervenção do Estado na Propriedade Privada e no Domínio Econômico. Desapropriação. Agências Estatais. Agentes Públicos. Desenvolvimento da prestação de Serviços Públicos por particulares. Agências Reguladoras Conceito, Formação, Controle, Papel Principal das Agências Reguladoras. Concessionárias e Permissionárias do Serviço Público. Agentes públicos. Domínio público. Serviços públicos. Atividades administrativas de ordenamento econômico, social e de fomento público. Controle da atividade administrativa. Licitação. Contratos Administrativos. Responsabilidade Patrimonial da Administração Pública. Controle dos Atos da Administração Pública. 7. Direito Tributário Legislação tributária: aplicação e vigência no tempo e no espaço. Sistema Tributário Constitucional. Repartição de competências e de rendas. Princípios e Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar. Imunidades gerais e especiais. Relação Jurídica Tributária. Lançamento tributário. Crédito Tributário. Administração Tributária. Processo Administrativo Tributário: A defesa do contribuinte: Princípios. Instrumentos jurídicos e contábeis. Tributos em espécie.

Faculdade Batista de Minas Gerais. Curso de Direito. Edital de Monitoria No. 1/2014.2. AGOSTO de 2014

Faculdade Batista de Minas Gerais. Curso de Direito. Edital de Monitoria No. 1/2014.2. AGOSTO de 2014 Faculdade Batista de Minas Gerais Curso de Direito Edital de Monitoria No. 1/2014.2 AGOSTO de 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE BATISTA DE MINAS

Leia mais

Faculdade Batista de Minas Gerais. Curso de Direito Manual Monitoria Nº 01/2016.01

Faculdade Batista de Minas Gerais. Curso de Direito Manual Monitoria Nº 01/2016.01 Faculdade Batista de Minas Gerais Curso de Direito Manual Monitoria Nº 01/2016.01 1. Dos Objetivos da Monitoria 1.1. Despertar o interesse pela pesquisa científica e pelas rotinas do trabalho docente.

Leia mais

EDITAL MONITORIA 2011

EDITAL MONITORIA 2011 EDITAL MONITORIA 2011 Edital de Seleção para o Programa de Monitoria Acadêmica do Curso de Nutrição da Faculdade Metropolitana de Manaus- FAMETRO Nº. 01/2011. A Direção Geral da Faculdade Metropolitana

Leia mais

EDITAL MONITORIA - 2015.2

EDITAL MONITORIA - 2015.2 EDITAL MONITORIA - 2015.2 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE REINALDO RAMOS/FARR A Direção-Geral da Faculdade Reinaldo Ramos/FARR e a Coordenação

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONCURSO PARA INGRESSO NA FUNÇÃO DE MONITOR DO CURSO DE DIREITO EDITAL 01/2013

COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONCURSO PARA INGRESSO NA FUNÇÃO DE MONITOR DO CURSO DE DIREITO EDITAL 01/2013 COORDENAÇÃO DO NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONCURSO PARA INGRESSO NA FUNÇÃO DE MONITOR DO EDITAL 01/2013 A Coordenadora do Curso de Direito e o Coordenador do Núcleo de Pesquisa e Extensão da Faculdade

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DE TEIXEIRA DE FREITAS EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO EDITAL N. 03.2015

FACULDADE PITÁGORAS DE TEIXEIRA DE FREITAS EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO EDITAL N. 03.2015 FACULDADE PITÁGORAS DE TEIXEIRA DE FREITAS EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO EDITAL N. 03.2015 A Coordenação do Curso de Direito da Faculdade Pitágoras de Teixeira de Freitas,

Leia mais

Faculdade Marista Curso de Graduação em Direito

Faculdade Marista Curso de Graduação em Direito Faculdade Marista Curso de Graduação em Direito E D I T A L PROCESSO SELETIVO DE MONITORES 2014.1 O Coordenador do Curso de Direito, no uso das suas atribuições, torna público, que estarão abertas em secretaria

Leia mais

EDITAL Nº. 020/2015 Processo seletivo para ingresso ao quadro de estagiários da 5ª Defensoria Pública da comarca de Paranaguá.

EDITAL Nº. 020/2015 Processo seletivo para ingresso ao quadro de estagiários da 5ª Defensoria Pública da comarca de Paranaguá. EDITAL Nº. 020/2015 Processo seletivo para ingresso ao quadro de estagiários da 5ª Defensoria Pública da comarca de Paranaguá. A 5ª. DEFENSORIA PÚBLICA DA COMARCA DE PARANAGUÁ RESOLVE TORNAR PÚBLICO O

Leia mais

A DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ RESOLVE TORNAR PÚBLICO:

A DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ RESOLVE TORNAR PÚBLICO: EDITAL N.º 010/2015 Processo seletivo para ingresso ao quadro de estagiários da Defensoria Pública do Estado do Paraná em Piraquara - PR A DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ RESOLVE TORNAR PÚBLICO:

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ PARA ESTUDANTES DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7

SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ PARA ESTUDANTES DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ PARA ESTUDANTES DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 A FACULDADE 7 DE SETEMBRO, através do NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA,

Leia mais

EDITAL PARA INICIAÇÃO CIENTÍFICA EXERCÍCIO 2015

EDITAL PARA INICIAÇÃO CIENTÍFICA EXERCÍCIO 2015 FACULDADE DOS GUARARAPES EDITAL PARA INICIAÇÃO CIENTÍFICA EXERCÍCIO 2015 A Direção Geral da Faculdade dos Guararapes-FG abre inscrições para os alunos desta instituição de ensino,conforme Resolução 02

Leia mais

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA Cachoeira, março de 2011 REGULAMENTO DE MONITORIA ACADÊMICA DO CURSO DE PEDAGOGIA Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º

Leia mais

Direito Administrativo Flávia Cristina Moura de Andrade e Lucas dos Santos Pavione

Direito Administrativo Flávia Cristina Moura de Andrade e Lucas dos Santos Pavione 9 Sumário Autores... 5 Nota à 3ª Edição... 17 Apresentação DA obra... 19 Direito Administrativo Flávia Cristina Moura de Andrade e Lucas dos Santos Pavione Princípios do Direito Administrativo... 23 Poderes

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA

REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA BARRETOS 2010 REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA Art. 1 - O Programa de Monitoria da Faculdade Barretos, destinado a alunos regularmente matriculados, obedecerá às normas

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 DIREITO ADMINISTRATIVO...17 Fernando Ferreira Baltar Neto e Ronny Charles Lopes de Torres 1. Direito Administrativo e o Regime Jurídico-Administrativo...17

Leia mais

EDITAL 02/2015 FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA DE ESTAGIÁRIO

EDITAL 02/2015 FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA DE ESTAGIÁRIO EDITAL 02/2015 FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA DE ESTAGIÁRIO A Coordenação do Núcleo de Prática Jurídica (NPJur) da Faculdade de Direito do Instituto Machadense de Ensino Superior (IMES), no uso de suas atribuições,

Leia mais

EDITAL Nº 01 13 DE AGOSTO DE 2015

EDITAL Nº 01 13 DE AGOSTO DE 2015 FACULDADE EVANGÉLICA DO PIAUÍ CREDENCIADA PELO MEC-PORTARIA Nº 2.858-13/09/2004 C.N.P.J 03.873.844/0001-35 EDITAL Nº 01 13 DE AGOSTO DE 2015 A Coordenação do Curso de Pedagogia da Faculdade Evangélica

Leia mais

FACULDADE DE BELÉM DIREÇÃO DE ENSINO

FACULDADE DE BELÉM DIREÇÃO DE ENSINO FACULDADE DE BELÉM DIREÇÃO DE ENSINO EDITAL MONITORIA 2012.2 A Direção de Ensino da Faculdade de Belém FABEL e as Coordenações de Cursos, no uso de suas atribuições regimentais e regulamentares, tornam

Leia mais

FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA FASI DIRETORIA DE EXTENSÃO

FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA FASI DIRETORIA DE EXTENSÃO FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA FASI DIRETORIA DE EXTENSÃO EDITAL PARA SELEÇÃO DE MONITORIA ACADÊMICA 05/23 A Diretoria de Extensão e a Coordenação do Curso de Graduação em Farmácia, no uso de suas atribuições

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03/2015

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03/2015 1 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03/2015 A Coordenação do Curso de Ciências Contábeis, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 1 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 A Coordenação do Curso de Ciências Contábeis, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO NÚCLEO DE CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS - NUCSA DEPARTAMENTO ACADEMICO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2014

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO NÚCLEO DE CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS - NUCSA DEPARTAMENTO ACADEMICO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2014 PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO NÚCLEO DE CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS - NUCSA DEPARTAMENTO ACADEMICO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA 1 A Fundação Universidade

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE MONITORIA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE MONITORIA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE MONITORIA CAPÍTULO l DOS OBJETIVOS Artigo 1º - As presentes normas têm por objetivo organizar e disciplinar a monitoria, no âmbito

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2015

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2015 1 A Coordenação do Curso de Administração, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições e em cumprimento ao Art. 5 o do Regulamento de Monitoria, Anexo da Resolução de 21 de dezembro

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS MANUAL DE MONITORIA ACADÊMICA Com base na Resolução CSA 02/07, que estabelece Monitoria Acadêmica Centro de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE MONITORES

PROCESSO SELETIVO DE MONITORES PROCESSO SELETIVO DE MONITORES A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), por meio da Pró-Reitoria de Ensino (PRE), torna pública a abertura das inscrições para seleção de Monitores do Programa Institucional

Leia mais

EDITAL PROCURADORIA DA FAZENDA NACIONAL NO AMAZONAS n 19 DE FEVEREIRO DE 2010. TESTE SELETIVO ESTÁGIO

EDITAL PROCURADORIA DA FAZENDA NACIONAL NO AMAZONAS n 19 DE FEVEREIRO DE 2010. TESTE SELETIVO ESTÁGIO EDITAL n 19 DE FEVEREIRO DE 2010., de TESTE SELETIVO ESTÁGIO A, com amparo na Lei nº 11.788/2008, RESOLVE divulgar a abertura de inscrições e estabelecer normas relativas ao processo seletivo-2010.1 destinado

Leia mais

Comunicado. Edital de Concurso para Admissão de Estagiários de Direito para a Procuradoria Regional da Grande São Paulo Seccional de Osasco

Comunicado. Edital de Concurso para Admissão de Estagiários de Direito para a Procuradoria Regional da Grande São Paulo Seccional de Osasco Comunicado Edital de Concurso para Admissão de Estagiários de Direito para a Procuradoria Regional da Grande São Paulo Seccional de Osasco O Procurador do Estado Chefe da Procuradoria Regional da Grande

Leia mais

EDITAL Nº 03 DE AGOSTO DE 2015

EDITAL Nº 03 DE AGOSTO DE 2015 EDITAL Nº 03 DE AGOSTO DE 2015 SELEÇÃO PÚBLICA PARA MONITORIA DOS CURSOS GRADUAÇÃO DA FAI A Faculdade do Vale do Itapecuru - FAI, por meio da Direção Acadêmica, torna público pelo presente Edital que estarão

Leia mais

EDITAL Nº 03 01 de Junho de 2015

EDITAL Nº 03 01 de Junho de 2015 FACULDADE EVANGÉLICA DO PIAUÍ CREDENCIADA PELO MEC-PORTARIA Nº 2.858-13/09/2004 C.N.P.J 03.873.844/0001-35 EDITAL Nº 03 01 de Junho de 2015 A Coordenação do Curso de Bacharelado em Serviço Social da Faculdade

Leia mais

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Banca: SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO/RJ Edital SMA Nº 84/2010 (data da publicação: 27/09/2010) Carga horária (aulas presenciais): 126 horas

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015 CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015 A Coordenação do Curso de Arquitetura e Urbanismo, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

Faculdade Marista Curso de Graduação em Direito

Faculdade Marista Curso de Graduação em Direito Faculdade Marista Curso de Graduação em Direito E D I T A L PROCESSO SELETIVO DE MONITORES 2014.2 O Coordenador do Curso de Direito, no uso das suas atribuições, torna público, que estarão abertas em secretaria

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2014

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2014 1 CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2014 A Coordenação do Curso de Engenharia de Produção e do Curso de Engenharia Civil, da

Leia mais

LABORATÓRIO AGÊNCIA MODELO TOTEM

LABORATÓRIO AGÊNCIA MODELO TOTEM CONCURSO DE MONITORIA LABORATÓRIO AGÊNCIA MODELO TOTEM EDITAL N. º 009/2013 (ALUNOS DO 2º AO 6º PERÍODOS DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA) I. DAS VAGAS, BOLSA DE MONITORIA, REGIME JURÍDICO E CARGA HORÁRIA.

Leia mais

CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR

CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR 1 A Coordenação do Curso de Engenharia de Produção e do Curso de Engenharia Civil, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições e em cumprimento ao Art. 5 o do Regulamento de Monitoria,

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 1 CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 A Coordenação do Curso de Arquitetura e Urbanismo, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL PARA MONITORIA SEGUNDO SEMESTRE DE 2013

EDITAL PARA MONITORIA SEGUNDO SEMESTRE DE 2013 EDITAL PARA MONITORIA SEGUNDO SEMESTRE DE 2013 Edital de Seleção para o Programa de Monitoria Acadêmica dos Cursos de Arquitetura, Administração, Ciências Contábeis e Psicologia da Faculdade de Ciências

Leia mais

FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DA MONITORIA AGOSTO DE 2014 CAPÍTULO I

FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DA MONITORIA AGOSTO DE 2014 CAPÍTULO I FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DA MONITORIA AGOSTO DE 2014 CAPÍTULO I DA MONITORIA: Art. 1º. A monitoria é uma atividade auxiliar à docência exercida por alunos regularmente

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO DO GUARÁ EDITAL DE SELEÇÃO Nº 01 DA ESCOLA DE FORMAÇAO DE PROFESSORES ANO/SEMESTRE: 2014/01.

FACULDADE PROJEÇÃO DO GUARÁ EDITAL DE SELEÇÃO Nº 01 DA ESCOLA DE FORMAÇAO DE PROFESSORES ANO/SEMESTRE: 2014/01. FACULDADE PROJEÇÃO DO GUARÁ EDITAL DE SELEÇÃO Nº 01 DA ESCOLA DE FORMAÇAO DE PROFESSORES ANO/SEMESTRE: 2014/01. O Diretor da Escola de Formação de Professores, Professor José Sérgio de Jesus, estabelece

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA EDITAL DG N.º 07/2012 PROGRAMA DE MONITORIA PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA A Direção da Faculdade Internacional Signorelli, no uso de suas atribuições,

Leia mais

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição SUMÁRIO Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição Apresentação - Marco Antonio Araujo Junior Sobre os autores 1.1 Introdução princípios e poderes 1.2 Ato administrativo 1.3 Organização da Administração

Leia mais

CÂMPUS CAMPOS BELOS. Divulgação do edital 31 de março de 2015

CÂMPUS CAMPOS BELOS. Divulgação do edital 31 de março de 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO EDITAL N 007, DE 31 DE MARÇO 2015 SELEÇÃO INTERNA

Leia mais

Faculdade da Saúde e Ecologia Humana

Faculdade da Saúde e Ecologia Humana RESOLUÇÃO Nº. 03/2014 COLEGIADO FASEH DE 30 DE JUNHO DE 2014 Dispõe sobre nova redação nas Normas do Programa de Monitoria da FASEH. O Presidente do Colegiado de Coordenadores de Curso da Faculdade da

Leia mais

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CÂMARA DE MONITORIA NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - Complementar a formação acadêmica do aluno, na área de seu

Leia mais

Faculdade de Lucas do Rio Verde Credenciada pela Portaria Ministerial nº. 2.653 de 07/12/01 D.O.U. de 10/12/01.

Faculdade de Lucas do Rio Verde Credenciada pela Portaria Ministerial nº. 2.653 de 07/12/01 D.O.U. de 10/12/01. CONSELHO PEDAGÓGICO - COP RESOLUÇÃO Nº. 13/2008, DE 03 DE ABRIL DE 2008 Aprova o Regulamento de Monitoria Faculdade de Lucas do Rio Verde. O Presidente do Conselho Pedagógico - COP, face ao disposto no

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES N 002/2015

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES N 002/2015 EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES N 002/2015 O Reitor do CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE PALMAS CEULP, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto na Resolução de n 374/2010

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO O Reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no uso de

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS IRECÊ DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS IRECÊ DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS IRECÊ DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA PROGRAMA DE MONITORIA DOS CURSOS INTEGRADOS, SUBSEQUENTES

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP. Edital de Seleção 2014. Universidade Autônoma de Barcelona

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP. Edital de Seleção 2014. Universidade Autônoma de Barcelona PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP Edital de Seleção 2014 Universidade Autônoma de Barcelona A área de Extensão Acadêmica e Cooperação Internacional da FESPSP em conjunto com as coordenações

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO NÚCLEO DE PESQUISAS E ESTUDOS JURÍDICOS (NPEJ)

FACULDADE DE DIREITO NÚCLEO DE PESQUISAS E ESTUDOS JURÍDICOS (NPEJ) FACULDADE DE DIREITO NÚCLEO DE PESQUISAS E ESTUDOS JURÍDICOS (NPEJ) EDITAL Nº 02/2009 - NPEJ SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PARTICIPAR DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA A COORDENADORA DO NÚCLEO DE PESQUISAS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS O Grupo Territórios, Educação Integral

Leia mais

2 DA ETAPA DE SELEÇÃO DOS ORIENTADORES

2 DA ETAPA DE SELEÇÃO DOS ORIENTADORES EDITAL 2014 Estabelece inscrições para o Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia Intensiva FATECI. O Diretor Geral da Faculdade de Tecnologia Intensiva FATECI, Prof. Clauder Ciarlini

Leia mais

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO A DOCÊNCIA- PIBID/2016 EDITAL Nº 01/2016- SELEÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS PARA O PIBID. O Núcleo de Pesquisa da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE NACIONAL DE DIREITO Edital Interno - Programa de Monitoria 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE NACIONAL DE DIREITO Edital Interno - Programa de Monitoria 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE NACIONAL DE DIREITO Edital Interno - Programa de Monitoria 2014 A Coordenação de Graduação da Faculdade Nacional de Direito (FND) torna público que a Pró-Reitoria

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO OSMAR DE AQUINO DEPARTAMENTO DE DIREITO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO OSMAR DE AQUINO DEPARTAMENTO DE DIREITO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO OSMAR DE AQUINO DEPARTAMENTO DE DIREITO PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR POR PRAZO DETERMINADO EDITAL N 02/2013 A Chefe do Departamento de Ciências

Leia mais

E D I T A L N o 001/2016

E D I T A L N o 001/2016 FACULDADE INTEGRADA DE PERNAMBUCO - FACIPE COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO - COPEX PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO DE FOMENTO À CULTURA - PROBECULT/FACIPE E PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE EXTENSÃO

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA

COORDENAÇÃO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA COORDENAÇÃO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 002/2013 DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA O CURSO DE ODONTOLOGIA A Magnífica Senhora Reitora do CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015.

EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015. EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015. A REITORA do Centro Universitário Estácio do Ceará, no uso de suas atribuições

Leia mais

SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. PROVIMENTO 136/09: O NOVO EXAME DE ORDEM...13 2. PONTOS A SEREM DESTACADOS NO EDITAL DO EXAME...

SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. PROVIMENTO 136/09: O NOVO EXAME DE ORDEM...13 2. PONTOS A SEREM DESTACADOS NO EDITAL DO EXAME... SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. PROVIMENTO 136/09: O NOVO EXAME DE ORDEM...13 2. PONTOS A SEREM DESTACADOS NO EDITAL DO EXAME...16 2.1. MATERIAIS/PROCEDIMENTOS PERMITIDOS E PROIBIDOS...16 2.2.

Leia mais

Universidade Federal de Rondônia. Núcleo de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História e Estudos Culturais

Universidade Federal de Rondônia. Núcleo de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História e Estudos Culturais Universidade Federal de Rondônia Núcleo de Ciências Humanas Programa de Pós-Graduação em História e Estudos Culturais EDITAL Nº 03/2012 CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO O Colegiado do Mestrado em História

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSO CIVIL E GESTÃO DO PROCESSO. ANEXO EMENTAS (Turma III) CARGA HORÁRIA TOTAL DO CURSO: 390 h/a

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSO CIVIL E GESTÃO DO PROCESSO. ANEXO EMENTAS (Turma III) CARGA HORÁRIA TOTAL DO CURSO: 390 h/a CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSO CIVIL E GESTÃO DO PROCESSO CARGA HORÁRIA TOTAL DO CURSO: 390 h/a Seminário de Integração e Motivação SIM () Seminário de imersão. Capacita o aluno a quebrar barreiras

Leia mais

NORMAS REGULAMENTARES SOBRE A MONITORIA

NORMAS REGULAMENTARES SOBRE A MONITORIA NORMAS REGULAMENTARES SOBRE A MONITORIA Art. 1º A FACULDADE SANTA TEREZINHA - CEST admitirá, sem vínculo empregatício, alunos dos seus Cursos de Graduação nas funções de Monitor, tendo como finalidade

Leia mais

Regulamento do Programa de Monitoria dos Cursos de Graduação da Faculdade ASCES

Regulamento do Programa de Monitoria dos Cursos de Graduação da Faculdade ASCES Regulamento do Programa de Monitoria dos Cursos de Graduação da Faculdade ASCES 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. Este documento determina as normas estabelecidas para o Programa de Monitoria a ser desenvolvido

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Em conformidade com a Resolução CNE/CES n 1, de 08 de Junho de 2007 e o Regimento da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Aprovado pelo Parecer CONSEPE

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PROGRAMA DE MONITORIA

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PROGRAMA DE MONITORIA FACULDADE DARCY RIBEIRO Credenciada pela Portaria No. 3.324, Publicado no D.O.U. em 14/11/2003. EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PROGRAMA MANTENEDORA: CENTRO DE EDUCAÇÃO TECNOLOGICA DARCY RIBEIRO LTDA

Leia mais

EDITAL DE MONITORIA Nº _3/2015 FACULDADE DE DIREITO PADRE ARNALDO JANSSEN

EDITAL DE MONITORIA Nº _3/2015 FACULDADE DE DIREITO PADRE ARNALDO JANSSEN EDITAL DE MONITORIA Nº _3/2015 FACULDADE DE DIREITO PADRE ARNALDO JANSSEN Processo de seleção de alunos para participação no Programa de Monitoria da Faculdade de Direito Padre Arnaldo Janssen para o 1º

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE. EDITALn 02/2015. CAMPUS 2 SAÚDE e CAMPUS 1- GASTRONOMIA

INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE. EDITALn 02/2015. CAMPUS 2 SAÚDE e CAMPUS 1- GASTRONOMIA INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE EDITALn 02/2015 CAMPUS 2 SAÚDE e CAMPUS 1- GASTRONOMIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA O Instituto Brasileiro de Gestão e Marketing

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA DA FACULDADE DO NORTE GOIANO

REGULAMENTO DE MONITORIA DA FACULDADE DO NORTE GOIANO 1-19 FACULDADE DO NORTE GOIANO REGULAMENTO DE MONITORIA DA FACULDADE DO NORTE GOIANO Porangatu/GO 2012 SUMÁRIO 2-19 CAPÍTULO I - DA NATUREZA E OBJETIVOS... 3 CAPÍTULO II - DOS REQUISITOS... 3 CAPÍTULO

Leia mais

WANDER GARCIA TERESA MELO BRUNA VIEIRA PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. 4 a EDIÇÃO COLEÇÃO. Coordenador da Coleção

WANDER GARCIA TERESA MELO BRUNA VIEIRA PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. 4 a EDIÇÃO COLEÇÃO. Coordenador da Coleção WANDER GARCIA TERESA MELO BRUNA VIEIRA PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL 4 a EDIÇÃO COLEÇÃO Coordenador da Coleção SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. Provimento 144/11: o Novo Exame de Ordem...13

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL PET EDITAL PET CURSO DE BIOMEDICINA

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL PET EDITAL PET CURSO DE BIOMEDICINA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL PET EDITAL PET CURSO DE BIOMEDICINA EDITAL n o. 02/2015 A Pós Graduação e Extensão juntamente com a Coordenação do curso de Biomedicina, da Escola Bahiana de Medicina e Saúde

Leia mais

FACULDADE TRÊS PONTAS - FATEPS MANTIDA PELA FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA DO SUL DE MINAS FEPESMIG CRIADA PELA LEI ESTADUAL Nº 8.

FACULDADE TRÊS PONTAS - FATEPS MANTIDA PELA FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA DO SUL DE MINAS FEPESMIG CRIADA PELA LEI ESTADUAL Nº 8. MONITORIA PROCESSO SELETIVO Nº. 01/2014-01, de 27 de fevereiro de 2014, monitoramento de alunos promovido pela Faculdade Três Pontas-FATEPS. A Direção da Faculdade Três Pontas - FATEPS, esta mantida pela

Leia mais

Universidade Federal de Rondônia. Núcleo de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História e Estudos Culturais

Universidade Federal de Rondônia. Núcleo de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História e Estudos Culturais Universidade Federal de Rondônia Núcleo de Ciências Humanas Programa de Pós-Graduação em História e Estudos Culturais EDITAL Nº 05/NCH/2014 CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO O Colegiado do Mestrado em História

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantenedora Faculdade Cenecista de Sinop Facenop/FASIPE Mantida REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO SINOP / MATO GROSSO 2014

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU)

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) RESOLUÇÃO N.º 700/2009 Publicada no D.O.E. de 07-07-2009, p.16 Altera a Resolução nº 507/07 CONSU, que aprova o Regulamento de Monitorias

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 008, de 30 de junho de 2003

RESOLUÇÃO N o 008, de 30 de junho de 2003 RESOLUÇÃO N o 008, de 30 de junho de 2003 Aprova Regimento do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Letras Teoria Literária e Crítica da Cultura da UFSJ O PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO SUPERIOR

Leia mais

EDITAL Nº 11/2014. Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância

EDITAL Nº 11/2014. Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância UDF - CENTRO UNIVERSITÁRIO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL Nº 11/2014 Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância A Pró-Reitora, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em

Leia mais

24º CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NA CARREIRA DO MPDFT CARGO: PROMOTOR DE JUSTIÇA ADJUNTO PROGRAMA DAS DISCIPLINAS D I R E I T O P E N A L

24º CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NA CARREIRA DO MPDFT CARGO: PROMOTOR DE JUSTIÇA ADJUNTO PROGRAMA DAS DISCIPLINAS D I R E I T O P E N A L MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA SECRETARIA DO CONSELHO SUPERIOR E COLÉGIO DE PROCURADORES E PROMOTORES 24º CONCURSO PÚBLICO

Leia mais

EDITAL Nº 001/2011/PGMP Processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Genética e Melhoramento de Plantas Turma 2012.

EDITAL Nº 001/2011/PGMP Processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Genética e Melhoramento de Plantas Turma 2012. EDITAL Nº 001/2011/PGMP Processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Genética e Melhoramento de Plantas Turma 2012. A Coordenação do (PGMP), no uso de suas atribuições

Leia mais

FACULDADE UNIGRAN CAPITAL

FACULDADE UNIGRAN CAPITAL FACULDADE UNIGRAN CAPITAL PROCESSO SELETIVO PARA MONITORIA ACADÊMICA DE ENSINO E EXTENSÃO DOS CURSOS SUPERIORES DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL NA CATEGORIA DE MONITOR VOLUNTÁRIO EDITAL Nº 003/2014 O Diretor

Leia mais

Pós-Graduação e CEPeD: Centro de Estudo e Pesquisa do Desenvolvimento Regional/ UNIFAFIBE

Pós-Graduação e CEPeD: Centro de Estudo e Pesquisa do Desenvolvimento Regional/ UNIFAFIBE Pós-Graduação e CEPeD: Centro de Estudo e Pesquisa do Desenvolvimento Regional/ UNIFAFIBE EDITAL Pós-Graduação e CEPeD/UNIFAFIBE Nº02 /2011. Bebedouro, 17 de agosto de 2011. Encontram-se abertas, nos termos

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/PJ8/2015

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/PJ8/2015 EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/PJ8/2015 EDITAL PARA EXAME DE SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DE INSITUIÇÕES DE ENSINO DEVIDAMENTE

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO TÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO TÍTULO I DOS OBJETIVOS REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO TÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - O presente Regimento Interno regulamenta a organização e o funcionamento do

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/2015 15ª Promotoria de Justiça

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/2015 15ª Promotoria de Justiça EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Nº 01/2015 15ª Promotoria de Justiça EDITAL PARA EXAME DE SELEÇÃO PÚBLICA DE ACADÊMICOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DE INSTITUIÇÕES

Leia mais

ASSOCIAÇÃO E CULTURAL E EDUCACIONAL DO PARÁ ACEPA CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA EDITAL Nº 031/2014

ASSOCIAÇÃO E CULTURAL E EDUCACIONAL DO PARÁ ACEPA CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA EDITAL Nº 031/2014 ASSOCIAÇÃO E CULTURAL E EDUCACIONAL DO PARÁ ACEPA CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA EDITAL Nº 031/2014 1. O Reitor do CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA, no uso de suas atribuições

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO Sumário TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO I Da Caracterização do Curso... 3 CAPÍTULO

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O Nº 014/2009-CEP O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO APROVOU E EU, REITOR, SANCIONO A SEGUINTE RESOLUÇÃO:

R E S O L U Ç Ã O Nº 014/2009-CEP O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO APROVOU E EU, REITOR, SANCIONO A SEGUINTE RESOLUÇÃO: R E S O L U Ç Ã O Nº 014/2009-CEP CERTIDÃO Certifico que a presente resolução foi afixada em local de costume, nesta Reitoria, no dia 9/11/2009. Aprova novo Regulamento do Programa Monitoria para os Cursos

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM Artigo Primeiro - O Centro Universitário de Sete Lagoas - UNIFEMM, informa que no período de 26 a 29/10/2015, de 09 às 18.00 horas,

Leia mais

INCIDÊNCIA DE QUESTÕES - Ministério Público Estadual. Penal. Tema %

INCIDÊNCIA DE QUESTÕES - Ministério Público Estadual. Penal. Tema % INCIDÊNCIA DE QUESTÕES - Ministério Público Estadual Penal Crimes contra o patrimonio 10,29 Causas de extinção da punibilidade 5,88 Tipicidade 5,88 Estatuto do desarmamento 4,41 Maria da Penha 4,41 Concurso

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UNB DECANATO DE EXTENSÃO - DEX DIRETORIA TÉCNICA DE EXTENSÃO - DTE EDITAL Nº 05/2014 PIBEX

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UNB DECANATO DE EXTENSÃO - DEX DIRETORIA TÉCNICA DE EXTENSÃO - DTE EDITAL Nº 05/2014 PIBEX UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UNB DECANATO DE EXTENSÃO - DEX DIRETORIA TÉCNICA DE EXTENSÃO - DTE EDITAL Nº 05/2014 PIBEX O Decanato de Extensão - DEX da Universidade de Brasília - UnB torna público, no âmbito

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O programa de Iniciação Científica da

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Conceituação e Objetivos

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Conceituação e Objetivos 1 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Conceituação e Objetivos O Programa de Bolsas de Iniciação Científica da FIAR é um programa centrado na iniciação científica de novos talentos entre alunos

Leia mais

ESCOLA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS CURSO DE DIREITO E SERVIÇOS SOCIAIS NÚCLEO DE PESQUISA E PRODUÇÃO CIENTÍFICA

ESCOLA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS CURSO DE DIREITO E SERVIÇOS SOCIAIS NÚCLEO DE PESQUISA E PRODUÇÃO CIENTÍFICA ESCOLA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS CURSO DE DIREITO E SERVIÇOS SOCIAIS NÚCLEO DE PESQUISA E PRODUÇÃO CIENTÍFICA Edital 03/2015 SELEÇÃO DE DISCENTES MONITORES A Escola de Ciências Jurídicas e Sociais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL EDITAL DE ABERTURA DE VAGAS PARA PROFESSOR-MONITOR DO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL, N 2 DE 03 DE SETEMBRO DE 2012. A Coordenação do Projeto Cursinho

Leia mais

EDITAL Nº 06/2015 PROGRAMA DE MONITORIA

EDITAL Nº 06/2015 PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 06/2015 PROGRAMA DE MONITORIA Seleção de monitores para o Programa de Monitoria Acadêmica da Faculdade de Quatro Marcos - FQM 1. ABERTURA A Faculdade de Quatro Marcos FQM, em São José dos Quatro

Leia mais

Wander Garcia. Coordenador da coleção Como Passar OAB. 2 a FASE. 3 a Edição 2012 PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. Wander Garcia e Teresa Melo

Wander Garcia. Coordenador da coleção Como Passar OAB. 2 a FASE. 3 a Edição 2012 PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. Wander Garcia e Teresa Melo na Wander Garcia Coordenador da coleção Como Passar OAB 3 a Edição 2012 2 a FASE PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL Wander Garcia e Teresa Melo SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. Provimento

Leia mais

EDITAL Nº 072/2014. 1.2. O cronograma letivo será desenvolvido, conforme a seguir:

EDITAL Nº 072/2014. 1.2. O cronograma letivo será desenvolvido, conforme a seguir: 1 EDITAL Nº 072/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA (MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA), DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2009 PARA CONTRATAÇÃO DE ADVOGADO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSOR JURIDICO

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2009 PARA CONTRATAÇÃO DE ADVOGADO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSOR JURIDICO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2009 PARA CONTRATAÇÃO DE ADVOGADO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSOR JURIDICO O Presidente da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João Del Rei FAUF

Leia mais

ARTHUR TRIGUEIROS e WANDER GARCIA. Edição 2013. Coordenadores CONCURSOS POLICIAIS. 2 a Edição 2013 2.000 QUESTÕES COMENTADAS

ARTHUR TRIGUEIROS e WANDER GARCIA. Edição 2013. Coordenadores CONCURSOS POLICIAIS. 2 a Edição 2013 2.000 QUESTÕES COMENTADAS Edição 2013 ARTHUR TRIGUEIROS e WANDER GARCIA Coordenadores CONCURSOS POLICIAIS 2 a Edição 2013 2.000 QUESTÕES COMENTADAS SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Direito Constitucional 13 1. PODER CONSTITUINTE... 13 2. TEORIA

Leia mais