Oficina Geoplano. As atividades apresentadas têm o objetivo de desenvolver as seguintes habilidades:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Oficina Geoplano. As atividades apresentadas têm o objetivo de desenvolver as seguintes habilidades:"

Transcrição

1 Oficina Geoplano 1. Introdução O objetivo desta oficina é trabalhar com os alunos alguns conceitos ligados a medidas de comprimento e área de figuras planas, bem como investigar o Teorema de Pitágoras. As atividades apresentadas têm o objetivo de desenvolver as seguintes habilidades: H21 Aplicar o conceito de área de figuras geométricas para solucionar problemas. H23 Aplicar o conceito de perímetro de uma figura geométrica plana para solucionar problemas. H31 Utilizar o teorema de Pitágoras para resolver situações apresentadas em diferentes contextos. H34 Relacionar a unidade de medida com a grandeza envolvida. Para isso, serão desenvolvidas atividades com o geoplano um material didático bastante simples, mas muito rico, que permite ao aluno, por meio de manipulações, explorar diversos conceitos geométricos. Ele consiste em uma superfície retangular com pontos (normalmente marcados com pregos) que formam uma malha quadriculada, como mostra a figura abaixo. Usando barbantes, os alunos constroem as figuras geométricas e investigam suas propriedades. Caso a escola não disponha do geoplano, é possível fazer um com uma tábua e pregos, isopor e tachinhas/alfinetes ou, em último caso, com lápis e papel. Vale mencionar que as possibilidades de uso do geoplano são muitas, assim como os conceitos matemáticos que podem ser estudados através delas.

2 2. Medidas de comprimento e área Discussão inicial Primeiramente, falar aos alunos que o trabalho na oficina envolverá figuras geométricas planas, então é interessante começar discutindo o que é um plano. Provavelmente os alunos conseguem identificar um plano, mas terão dificuldades para dizer o que ele é. E essa dificuldade não é só deles. Na verdade, nem os matemáticos conseguem definir o que é um plano. É o que na Matemática se chama de conceito primitivo conceitos relativamente óbvios para quase todas as pessoas mas que não podem ser definidos. Dizer que plano é um tipo de superfície lisa, reta, sem dobras, sem ondulações. Dar o exemplo de uma toalha uma toalha esticada forma uma superfície plana. Já uma toalha embolada forma uma superfície não-plana. Boa parte dos nossos estudos de geometria aborda as figuras planas. Após essa discussão, apresentar o geoplano aos alunos, mostrando algumas figuras que podemos formar nele. Em seguida, mostrar que há dois tipos de tamanho que podemos determinar em uma figura plana: um é o tamanho de linhas e outro é o tamanho de superfícies. Perguntar se eles sabem os nomes destes tamanhos. Conduzir a discussão para os conceitos de comprimento como a medida do tamanho de uma linha e da área como a medida do tamanho de uma superfície. Significado de uma medida Questionar os alunos sobre o significado de medir alguma coisa. Conduzir a discussão para o conceito de medida como a comparação com um padrão, denominado unidade: medir uma grandeza de um objeto significa determinar quantas vezes essa grandeza no objeto é maior ou menor do que a mesma grandeza no objeto-padrão. Quando se fala em grandeza, isso significa qualquer coisa que possa ser quantificada: peso, temperatura, comprimento, área, volume etc. Dar o exemplo de uma medida simples da grandeza comprimento feita com a régua. Quando posicionamos a régua sobre o livro do Telecurso e verificamos que a medida de sua largura vale 20,5 cm, isso significa que a largura do livro tem um comprimento 20,5 vezes maior do que o comprimento-padrão de 1 cm. As divisões da régua existem para facilitar a determinação desse número. Voltar ao geoplano. Propor aos alunos a criação de duas unidades convenientes para medir comprimentos e áreas de figuras no geoplano: - Unidade de medida de comprimento: segmento de reta entre dois pregos adjacentes (atenção, adjacentes na horizontal ou vertical, não na diagonal). Unidade de comprimento Unidade de comprimento

3 - Unidade de medida de área: superfície quadrada delimitada por quatro pregos, como mostra a figura. Unidade de área Nas atividades a seguir, trabalharemos com o uso dessas unidades para medir comprimentos (perímetros) e áreas de algumas figuras. Atividades Atividade 1: Pedir que os alunos montem com barbantes as figuras abaixo e determinem suas áreas e perímetros, em termos das unidades definidas acima. a) Resposta: Área = 6 unidades Perímetro = 10 unidades Comentário: Este exemplo é bastante simples. Se contornarmos o retângulo, verificaremos que ele é formado por 10 segmentos como aquele que foi definido como unidade de comprimento. Também podemos verificar que nesse retângulo cabem 6 quadrados como aquele definido como unidade de área. b) Resposta: Área = 6 unidades Perímetro = 12 unidades

4 Comentário: Este exemplo traz duas dificuldades em relação ao anterior. Para a medida da área desse triângulo, não há mais um número inteiro de quadrados para contar. Entretanto, se observarmos que esse triângulo resulta da divisão ao meio de um retângulo 3 por 4 (como mostra a figura abaixo), concluiremos que sua área vale metade da área do retângulo, o seja, metade de 12. Para a medida do perímetro, surge a segunda dificuldade. Dois dos lados (o vertical - 3 unidades - e o horizontal - 4 unidades) são facilmente mensuráveis basta contar os segmentos. Entretanto, o lado diagonal não é. Neste caso particular, porém, se o aluno pegar o barbante que formou o triângulo e esticá-lo ao longo de linhas horizontais ou verticais do geoplano, verificará que o lado diagonal mede exatamente 5 unidades e que o barbante inteiro mede exatamente 12 unidades de comprimento ( ). Posteriormente, veremos que esse resultado poderia ter sido calculado pelo teorema de Pitágoras, sem necessidade de medir o barbante. É muito importante deixar que os alunos tentem resolver sozinhos (ou nos grupos) o problema de determinar a área e o perímetro, isto é, não dar a resposta logo de cara! c) Resposta: Área = 4 unidades Perímetro 8,5 unidades Comentário: Neste exemplo, para calcular a área, deve-se novamente usar o recurso de identificar algumas partes da figura (neste caso um paralelogramo) como metades de um retângulo. Na figura abaixo, fica claro que a área do paralelogramo vale 4 unidades ( ).

5 A área deste triângulo vale metade da área de um retângulo de área 2, ou seja, vale 1 unidade. A área deste triângulo vale metade da área de um retângulo de área 2, ou seja, vale 1 unidade. A área deste retângulo vale 2 unidades. Já a medida do perímetro deve ser feita novamente esticando o barbante ao longo de uma linha ou coluna de pontos do geoplano. Fazendo isso, verifica-se que o barbante fica praticamente na metade entre 8 e 9 unidades de comprimento, ou seja, o perímetro vale aproximadamente 8,5 unidades. d) Resposta: Área = 10 unidades Perímetro 20,1 unidades Comentário: Os procedimentos de determinação da área e do perímetro são exatamente os mesmos do exemplo anterior.

6 Atividade 2: Pedir aos alunos que formem dois retângulos, com as seguintes condições: - ambos devem ter perímetro de 10 unidades de comprimento Oficina CNI/EF - ambos devem ter formatos diferentes, isto é, devem ser retângulos com diferentes proporções entre base e altura. O fato de duas figuras terem o mesmo perímetro significa que elas têm a mesma área? Resposta: os dois únicos retângulos possíveis são os apresentados a seguir (evidentemente eles podem ser girados para ficar na vertical, mas neste caso seriam retângulos semelhantes). Em relação à pergunta, o fato dos perímetros serem iguais NÃO significa que as áreas são iguais. No exemplo, o retângulo de cima tem área = 4 e o de baixo tem área = 6, ambos com perímetro = Teorema de Pitágoras Para finalizar a oficina, os alunos farão uma breve atividade de investigação do Teorema de Pitágoras. Discutir com os alunos que o teorema de Pitágoras é apresentado normalmente com o enunciado Em um triângulo retângulo, a soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa, acompanhado de uma figura e da sentença algébrica que o traduz.

7 b c a a 2 = b 2 + c 2 Mostrar aos alunos que uma interpretação geométrica desse teorema identifica os termos a 2, b 2 e c 2 como as áreas de quadrados cujos lados são os lados do triângulo retângulo. Veja no desenho: Área = b 2 b Área = c 2 c a Área = a 2 Nessa interpretação, o teorema de Pitágoras diz que a área do quadrado maior é igual à soma das áreas dos quadrados menores (a 2 = b 2 + c 2 ). A atividade com o geoplano tem o objetivo de fazer os alunos explorarem essa igualdade de áreas. - Pedir para os alunos montarem com o barbante um triângulo retângulo com lados 2 e 3; - Em seguida, pedir para eles montarem os 3 quadrados adjacentes aos lados; - Por último, pedir que eles determinem as áreas de cada um dos quadrados, pelo mesmo procedimento descrito na atividade 1, e verifiquem que a soma das áreas dos dois menores é igual à do maior.

8 Resposta: Área = 13 Área = 4 Área = 9 Assim, podemos verificar, nesse caso, o teorema de Pitágoras: a soma das áreas dos quadrados adjacentes aos catetos (4 + 9) é igual à área do quadrado adjacente à hipotenusa (13). Veja na figura abaixo como podemos concluir que a área do quadrado maior vale 13 unidades: Área = 3 Área = 3 Área=1 Área = 3 Área = 3 Área do quadrado maior = = 13

9 Os alunos podem fazer essa verificação com outros triângulos. Veja o exemplo abaixo com um triângulo de base 2 e altura 5. Área=5 Área=5 Área = 25 Área=9 Área=5 Área=5 Área= = A última atividade consiste em uma verificação do teorema de Pitágoras na forma algébrica. Pedir para os alunos que calculem o valor de x no triângulo retângulo abaixo: 8 6 x Solução: x 2 = x 2 = x 2 = 100 x = 100 x = 10

10 Após o cálculo, pedir que os alunos montem no geoplano o triângulo retângulo com catetos 6 e 8, marquem a medida da hipotenusa e verifiquem que esse comprimento vale exatamente 10 unidades. Observe na figura abaixo. Os alunos devem formar esse triângulo com o barbante. Em seguida, devem marcar no barbante a medida da hipotenusa. Por último, devem pegar o pedaço de barbante correspondente à hipotenusa e alinhá-lo na horizontal ou vertical, verificando que ele mede 10 unidades de comprimento (10 espaçamentos entre pregos).

Grupo 1 - PIC OBMEP 2011 Módulo 2 - Geometria. Resumo do Encontro 6, 22 de setembro de Questões de geometria das provas da OBMEP

Grupo 1 - PIC OBMEP 2011 Módulo 2 - Geometria. Resumo do Encontro 6, 22 de setembro de Questões de geometria das provas da OBMEP Grupo 1 - PIC OBMEP 2011 Módulo 2 - Geometria Resumo do Encontro 6, 22 de setembro de 2012 Questões de geometria das provas da OBMEP http://www.obmep.org.br/provas.htm 1. Área: conceito e áreas do quadrado

Leia mais

{ 4y(x + y) = y = 5x. 4y(x + y) = 720. x = 4y = 5x. Substituindo a valor encontrado na primeira equação temos: = x + 5x ) =

{ 4y(x + y) = y = 5x. 4y(x + y) = 720. x = 4y = 5x. Substituindo a valor encontrado na primeira equação temos: = x + 5x ) = Atividades OBMEP 1. A figura mostra um retângulo de área 720cm 2, formado por nove retângulos menores e iguais. Qual é o perímetro, em centímetros, de um dos retângulos menores? Solução:Chamaremos de A

Leia mais

Áreas parte 1. Rodrigo Lucio Silva Isabelle Araújo

Áreas parte 1. Rodrigo Lucio Silva Isabelle Araújo Áreas parte 1 Rodrigo Lucio Silva Isabelle Araújo Introdução Desde os egípcios, que procuravam medir e demarcar suas terras, até hoje, quando topógrafos, engenheiros e arquitetos fazem seus mapeamentos

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Teorema de Pitágoras (8 o ano) Propostas de resolução

MATEMÁTICA - 3o ciclo Teorema de Pitágoras (8 o ano) Propostas de resolução MTEMÁTI - 3o ciclo Teorema de Pitágoras (8 o ano) Propostas de resolução Exercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. omo a base do prisma é um quadrado, os lados adjacentes são perpendiculares,

Leia mais

A realização de um grande sonho

A realização de um grande sonho Reforço escolar M ate mática A realização de um grande sonho Dinâmica 7 9º Ano 4º Bimestre Professor DISCIPLINA Ano CAMPO CONCEITO Matemática 9º do Ensino Fundamental Geométrico. Polígonos regulares e

Leia mais

Geometria Euclidiana Plana

Geometria Euclidiana Plana CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA 014. Geometria Euclidiana Plana Parte II Joyce Danielle de Araújo - Engenharia de Produção Vitor Bruno - Engenharia Civil Introdução Desde os egípcios,

Leia mais

Exercícios de Aplicação do Teorema de Pitágoras

Exercícios de Aplicação do Teorema de Pitágoras Exercícios de Aplicação do Teorema de Pitágoras Prof. a : Patrícia Caldana 1. Um terreno triangular tem frentes de 12 m e 16 m em duas ruas que formam um ângulo de 90. Quanto mede o terceiro lado desse

Leia mais

FIGURAS PLANAS E O CÁLCULO DE ÁREAS

FIGURAS PLANAS E O CÁLCULO DE ÁREAS unifmu Nome: Professor: Ricardo Luís de Souza Curso de Design Matemática Aplicada Atividade Exploratória III Turma: Data: FIGURAS PLANAS E O CÁLCULO DE ÁREAS Objetivo: Rever o conceito de área de figuras

Leia mais

Geometria Euclidiana Plana

Geometria Euclidiana Plana CURSO INTRODUTÓRIO DE MTEMÁTIC PR ENGENHRI 016. Geometria Euclidiana Plana Parte II Danielly Guabiraba Dantas - Engenharia Civil Rafael lves da Silva - Engenharia Civil Introdução Desde os egípcios, que

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 9º ano 2º bim. Prof. Figo, Cebola, Sandra e Natália

LISTA DE EXERCÍCIOS 9º ano 2º bim. Prof. Figo, Cebola, Sandra e Natália 1. A idade de Paulo, em anos, é um número inteiro par que satisfaz a desigualdade x - x + 5 < 0. O número que representa a idade de Paulo pertence ao conjunto a) {1, 1, 14}. b) {15, 16, 17}. c) {18, 19,

Leia mais

Prova Brasil de Matemática - 9º ano: espaço e forma

Prova Brasil de Matemática - 9º ano: espaço e forma Avaliações externas Prova Brasil de Matemática - 9º ano: espaço e forma A análise e as orientações didáticas a seguir são de Luciana de Oliveira Gerzoschkowitz Moura, professora de Matemática da Escola

Leia mais

Matemática Básica II - Trigonometria Nota 01 - Sistema de Coordenadas no Plano

Matemática Básica II - Trigonometria Nota 01 - Sistema de Coordenadas no Plano Matemática Básica II - Trigonometria Nota 01 - Sistema de Coordenadas no Plano Márcio Nascimento da Silva Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA Curso de Licenciatura em Matemática marcio@matematicauva.org

Leia mais

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8 a série Professor: Fábio Girão. Competências Habilidades Conteúdos. I Etapa

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8 a série Professor: Fábio Girão. Competências Habilidades Conteúdos. I Etapa PLANO DE ENSINO 2015 Disciplina: Matemática 8 a série Professor: Fábio Girão I Etapa Competências Habilidades Conteúdos Construir significados e ampliar os já existentes para os números naturais, inteiros,

Leia mais

7.1 Área: conceito e áreas do quadrado e do

7.1 Área: conceito e áreas do quadrado e do page 8 7.1 Área: conceito e áreas do quadrado e do retângulo 8 7.1 Área: conceito e áreas do quadrado e do retângulo Dada uma figura no plano, vamos definir a área desta figura como o resultado da comparação

Leia mais

Física B - Aula 3 Grandezas Escalares e Vetoriais

Física B - Aula 3 Grandezas Escalares e Vetoriais Física B - Aula 3 Grandezas Escalares e Vetoriais Na Física tratamos de dois tipos principais de grandezas: as grandezas escalares e grandezas vetoriais. Grandezas Escalares A grandeza escalar é aquela

Leia mais

CÁLCULO DE ÁREA DAS FIGURAS PLANAS. Professor: Marcelo Silva. Natal-RN, agosto de 2013

CÁLCULO DE ÁREA DAS FIGURAS PLANAS. Professor: Marcelo Silva. Natal-RN, agosto de 2013 CÁLCULO DE ÁREA DAS FIGURAS PLANAS Professor: Marcelo Silva Natal-RN, agosto de 013 ÁREA A reunião de um polígono com sua região interior é denominada superfície do polígono. A medida da superfície é expressa

Leia mais

Área: conceito e áreas do quadrado e do retângulo

Área: conceito e áreas do quadrado e do retângulo Área: conceito e áreas do quadrado e do retângulo Dada uma figura no plano, vamos definir a área desta figuracomo o resultado da comparação da figura dada como uma certa unidade de medida. No caso do conceito

Leia mais

1. Um exemplo de número irracional é (A) 4, (B) 4, (C) 4, (D) 3,42 4,

1. Um exemplo de número irracional é (A) 4, (B) 4, (C) 4, (D) 3,42 4, 1. Um exemplo de número irracional é (A) 4,2424242... (B) 4,2426406... (C) 4,2323... (D) 3,42 4,2426406... Solução: Número irracional é o número decimal infinito e não periódico. (A) A parte decimal é

Leia mais

Atividades de Geometria com o Geoplano

Atividades de Geometria com o Geoplano Atividades de Geometria com o Geoplano Introdução A palavra Geoplano vem do inglês geoboard onde geo vem de geometria e board de plano, tábua ou tabuleiro, ou ainda superfície plana. O Geoplano foi inventado

Leia mais

Matemática. Geometria plana

Matemática. Geometria plana Matemática Geometria plana 01.Os valores que podem representar os lados de um triângulo obtusângulo são a) 1 cm, 2 cm e 3 cm. b) 2 cm, 3 cm e 4 cm. c) 3 cm, 4 cm e 5 cm. d) 4 cm, 5 cm e 6 cm. e) 5 cm,

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Geometria Aluno (a):. No.

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Geometria Aluno (a):. No. COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Geometria Aluno (a):. No. Trabalho de Recuperação Data: / 12/2016 Valor: Orientações: -Responder manuscrito; -Cópias de colegas, entrega

Leia mais

De razão a relação: da sala de TV a sala de aula.

De razão a relação: da sala de TV a sala de aula. Reforço escolar M ate mática De razão a relação: da sala de TV a sala de aula. Dinâmica 6 9º Ano º Bimestre DISCIPLINA Ano CAMPO CONCEITO Matemática Ensino Fundamental 9º Geométrico Teorema de Pitágoras

Leia mais

A respeito da soma dos ângulos internos e da soma dos ângulos externos de um quadrilátero, temos os seguintes resultados:

A respeito da soma dos ângulos internos e da soma dos ângulos externos de um quadrilátero, temos os seguintes resultados: Quadriláteros Nesta aula vamos estudar os quadriláteros e os seus elementos: lados, ângulos internos, ângulos externos, diagonais, etc. Além disso, vamos definir e observar algumas propriedades importantes

Leia mais

E.E.M.FRANCISCO HOLANDA MONTENEGRO PLANO DE CURSO ENSINO MÉDIO

E.E.M.FRANCISCO HOLANDA MONTENEGRO PLANO DE CURSO ENSINO MÉDIO E.E.M.FRANCISCO HOLANDA MONTENEGRO PLANO DE CURSO ENSINO MÉDIO DISCIPLINA: GEOMETRIA SÉRIE: 1º ANO (B, C e D) 2015 PROFESSORES: Crislany Bezerra Moreira Dias BIM. 1º COMPETÊNCIAS/ HABILIDADES D48 - Identificar

Leia mais

Grupo 1 - N1M2 - PIC OBMEP 2011 Módulo 2 - Geometria. Resumo do Encontro 6, 22 de setembro de Questões de geometria das provas da OBMEP

Grupo 1 - N1M2 - PIC OBMEP 2011 Módulo 2 - Geometria. Resumo do Encontro 6, 22 de setembro de Questões de geometria das provas da OBMEP Grupo 1 - N1M2 - PIC OBMEP 2011 Módulo 2 - Geometria Resumo do Encontro 6, 22 de setembro de 2012 Questões de geometria das provas da OBMEP http://www.obmep.org.br/provas.htm 1. Áreas - capítulo 2 da apostila

Leia mais

MATEMÁTICA DESCRITORES BIM4/2017

MATEMÁTICA DESCRITORES BIM4/2017 4º ANO Calcular o resultado de uma multiplicação ou de uma divisão de números naturais. Em um problema, estabelecer trocas entre cédulas e moedas do Sistema Monetário Brasileiro, em função de seus valores.

Leia mais

Planejamento Anual. Componente Curricular: Matemática Ano: 7º ano Ano Letivo: Professor(s): Eni e Patrícia

Planejamento Anual. Componente Curricular: Matemática Ano: 7º ano Ano Letivo: Professor(s): Eni e Patrícia Planejamento Anual Componente Curricular: Matemática Ano: 7º ano Ano Letivo: 2016 Professor(s): Eni e Patrícia OBJETIVO GERAL Desenvolver e aprimorar estruturas cognitivas de interpretação, análise, síntese,

Leia mais

Eduardo. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

Eduardo. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Matemática Eduardo 3ª 8 Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Competência 2 Foco: Os conjuntos numéricos Construir significados para os números naturais, inteiros, racionais e reais. Competência

Leia mais

DESCOBRINDO O TEOREMA DE PITÁGORAS

DESCOBRINDO O TEOREMA DE PITÁGORAS DESCOBRINDO O TEOREMA DE PITÁGORAS Instituição de Ensino Bolsistas ID Supervisor Coordenador Escola Municipal Coronel Durival Britto e Silva Jaqueline Hoschele e Adriano Cesar Bueno. Juliana da Cruz de

Leia mais

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º BIMESTRE º B - 11 Anos

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º BIMESTRE º B - 11 Anos PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/ SEÇÃO DE ENSINO FORMAL Centro de Formação Pedagógica CENFOP MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º

Leia mais

APOSTILA DE APOIO PEDAGÓGICO 9º ANO

APOSTILA DE APOIO PEDAGÓGICO 9º ANO GOVERNO MUNICIPAL DE CAUCAIA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - SME COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO ANOS FINAIS APOSTILA DE APOIO PEDAGÓGICO 9º ANO 2º ENCONTRO DE MATEMÁTICA PROFESSORES FORMADORES:

Leia mais

7º Ano. Planificação Matemática 2014/2015. Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano

7º Ano. Planificação Matemática 2014/2015. Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano 7º Ano Planificação Matemática 2014/2015 Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano Domínio Subdomínio Conteúdos Objetivos gerais / Metas Números e Operações Números racionais - Simétrico da soma e da diferença

Leia mais

Aulas de Geometria Figuras Geométricas

Aulas de Geometria Figuras Geométricas Aulas de Geometria Figuras Geométricas No plano, triângulo (também aceito como trilátero) é a figura geométrica que ocupa o espaço interno limitado por três linhas retas que concorrem, duas a duas, em

Leia mais

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 4º BIMESTRE º B - 11 Anos

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 4º BIMESTRE º B - 11 Anos PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/ SEÇÃO DE ENSINO FORMAL Centro de Formação Pedagógica CENFOP MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 4º

Leia mais

Módulo Unidades de Medidas de Comprimentos e Áreas. Unidades de Medida de Área e Exercícios. 6 ano/e.f.

Módulo Unidades de Medidas de Comprimentos e Áreas. Unidades de Medida de Área e Exercícios. 6 ano/e.f. Módulo Unidades de Medidas de Comprimentos e Áreas Unidades de Medida de Área e Exercícios. 6 ano/e.f. Unidades de Medidas de Comprimentos e Áreas. Unidades de Medida de Área e Exercícios. 1 Exercícios

Leia mais

REVISÃO 9º ANO - MATEMÁTICA MATEMÁTICA - PROF: JOICE

REVISÃO 9º ANO - MATEMÁTICA MATEMÁTICA - PROF: JOICE MATEMÁTICA - PROF: JOICE 1- Resolva, em R, as equações do º grau: 7x 11x = 0. x² - 1 = 0 x² - 5x + 6 = 0 - A equação do º grau x² kx + 9 = 0, assume as seguintes condições de existência dependendo do valor

Leia mais

Estudo da Trigonometria (I)

Estudo da Trigonometria (I) Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva SP Curso de Licenciatura em Matemática 3º ano Prática de Ensino da Matemática III Prof. M.Sc. Fabricio Eduardo Ferreira fabricio@fafica.br Estudo da

Leia mais

32 Matemática. Programação anual de conteúdos

32 Matemática. Programação anual de conteúdos Programação anual de conteúdos 2 ọ ano 1 ọ volume 1. A localização espacial e os números Construção do significado dos números e identificação da sua utilização no contexto diário Representação das quantidades

Leia mais

Como um matemático embrulha presentes gastando pouco material?

Como um matemático embrulha presentes gastando pouco material? Como um matemático embrulha presentes gastando pouco material? Juliana Cordeiro da Cunha Universidade de Brasília Brasil julianapndeath@gmail.com Raquel Carneiro Dörr Universidade de Brasília Brasil raqueldoerr@gmail.com

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DOS TEOREMAS DE NAPOLEÃO E PITÁGORAS COM AUXÍLIO DO GEOGEBRA

DEMONSTRAÇÃO DOS TEOREMAS DE NAPOLEÃO E PITÁGORAS COM AUXÍLIO DO GEOGEBRA DEMONSTRAÇÃO DOS TEOREMAS DE NAPOLEÃO E PITÁGORAS COM AUXÍLIO DO GEOGEBRA Ana Clecia Capistrano de Maria 1, Leandro Santos Ribeiro 2, Ana Clívia Capistrano de Maria 3. 1. Instituto Federal de Educação,

Leia mais

O CASO INVERSO DA QUEDA LIVRE

O CASO INVERSO DA QUEDA LIVRE O CASO INVERSO DA QUEDA LIVRE Vamos analisar o caso em que se lança um corpo para o alto, na vertical. Tomemos o seguinte exemplo: uma pedra é lançada para o alto, na vertical, com uma velocidade inicial

Leia mais

QUESTÃO 03 (OBMEP) Os quadrados abaixo tem todos o mesmo tamanho. Em qual deles a região sombreada tem a maior área?

QUESTÃO 03 (OBMEP) Os quadrados abaixo tem todos o mesmo tamanho. Em qual deles a região sombreada tem a maior área? / /017 QUESTÃO 01 A parte sombreada da malha quadriculada representa um terreno de propriedade do senhor Josias. Ele quer construir algumas casas nesse terreno. Considere que cada quadrícula da malha equivale

Leia mais

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa PLANO DE ENSINO 2016 Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa Competências e Habilidades Gerais da Disciplina Desenvolver a responsabilidade e o gosto pelo trabalho em equipe; Relacionar

Leia mais

XXXIV OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA PRIMEIRA FASE NÍVEL 2 (8º. e 9º. anos) GABARITO

XXXIV OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA PRIMEIRA FASE NÍVEL 2 (8º. e 9º. anos) GABARITO XXXIV OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA PRIMEIRA FASE NÍVEL (8º. e 9º. anos) GABARITO GABARITO NÍVEL 1) B 6) D 11) B 16) C 1) A ) E 7) E 1) B 17) D ) D 3) B 8) B 13) D 18) C 3) D 4) B 9) E 14) D 19) C

Leia mais

7.º Ano. Planificação Matemática 2016/2017. Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano

7.º Ano. Planificação Matemática 2016/2017. Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano 7.º Ano Planificação Matemática 201/2017 Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano Geometria e medida Números e Operações Domínio Subdomínio Conteúdos Objetivos gerais / Metas Números racionais - Simétrico

Leia mais

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO. Plano da Unidade

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO. Plano da Unidade Unidade de Ensino: OPERAÇÕES COM NÚMEROS RACIONAIS ABSOLUTOS (adição e subtracção). Tempo Previsto: 3 semanas O reconhecimento do conjunto dos racionais positivos, das diferentes formas de representação

Leia mais

1 - POLÍGONOS REGULARES E CIRCUNFERÊNCIAS

1 - POLÍGONOS REGULARES E CIRCUNFERÊNCIAS Matemática 2 Pedro Paulo GEOMETRIA PLANA X 1 - POLÍGONOS REGULARES E CIRCUNFERÊNCIAS 1.2 Triângulo equilátero circunscrito A seguir, nós vamos analisar a relação entre alguns polígonos regulares e as circunferências.

Leia mais

Aula prática. S = a p = 3a. a2 b2 4. 2p = b 2a S = bh 2. 1).- Exercícios didáticos

Aula prática. S = a p = 3a. a2 b2 4. 2p = b 2a S = bh 2. 1).- Exercícios didáticos 1 Aula prática 1).- Exercícios didáticos É um tanto surpreendente que, em cada triângulo, as três cevianas de um dado tipo se interceptam num mesmo ponto. Essa característica é ilustrada nas figuras abaixo,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA:

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período Metas / Objetivos Conceitos / Conteúdos Aulas Previstas Números e

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: Eledinéia Diandra Vieira Klein 1.2 Público alvo:6 ao 9 ano do Ensino Fundamental e Curso Magistério 1.3 Duração: 5 horas 1.4 Conteúdo desenvolvido:

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período Metas / Objetivos Conceitos / Conteúdos Aulas Previstas Números e

Leia mais

3ª Eduardo e Ana. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

3ª Eduardo e Ana. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Matemática 3ª Eduardo e Ana 8 Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Competência 3 Foco: Espaço e Forma Utilizar o conhecimento geométrico para realizar a leitura e a representação da realidade

Leia mais

PROPOSTA DIDÁTICA. 3. Desenvolvimento da proposta didática (10min) Acomodação dos alunos e realização da chamada.

PROPOSTA DIDÁTICA. 3. Desenvolvimento da proposta didática (10min) Acomodação dos alunos e realização da chamada. PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: André da Silva Alves 1.2 Série/Ano/Turma: 8º e 9º ano 1.3 Turno: manhã 1.4 Data: 09/10 Lauro Dornelles e 14/10 Oswaldo Aranha 1.5 Tempo

Leia mais

Círculo Trigonométrico centro na origem raio 1 Ângulo central Unidades de medidas de ângulos; grau Grau: Grado: Radiano:

Círculo Trigonométrico centro na origem raio 1 Ângulo central Unidades de medidas de ângulos; grau Grau: Grado: Radiano: Círculo Trigonométrico A circunferência trigonométrica é de extrema importância para o nosso estudo da Trigonometria, pois é baseado nela que todos os teoremas serão deduzidos. Trata-se de uma circunferência

Leia mais

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO Plano da Unidade

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO Plano da Unidade Unidade de Ensino: OPERAÇÕES COM NÚMEROS RACIONAIS ABSOLUTOS (adição e subtracção). Tempo Previsto: 3 semanas O reconhecimento do conjunto dos racionais positivos, das diferentes formas de representação

Leia mais

Pontos correspondentes: A e D, B e E, C e F; Segmentos correspondentes: AB e DE, BC e EF, AC e DF.

Pontos correspondentes: A e D, B e E, C e F; Segmentos correspondentes: AB e DE, BC e EF, AC e DF. Teorema de Tales O Teorema de Tales possui diversas aplicações no cotidiano, que devem ser demonstradas a fim de verificar sua importância. O Teorema diz que retas paralelas, cortadas por transversais,

Leia mais

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA INTRODUÇÃO À ENGENHARIA 2015 AULA PRÁTICA No. 04 TRIGONOMETRIA NOTA PROF. ANGELO BATTISTINI NOME RA TURMA NOTA Objetivos: Verificar e medir relações trigonométricas importantes. Conhecimentos desenvolvidos:

Leia mais

Uma introdução histórica 1

Uma introdução histórica 1 A U L A Uma introdução histórica Meta da aula Apresentar alguns problemas clássicos que motivaram as estruturas algébricas modernas que formam o conteúdo do curso de Álgebra II. objetivos Ao final desta

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. TPC nº 7 entregar no dia

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. TPC nº 7 entregar no dia Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I TPC nº 7 entregar no dia 4 0 013 1. O cubo da figura tem as faces paralelas aos planos coordenados

Leia mais

4º. ano 1º. VOLUME. Projeto Pedagógico de Matemática 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE. Números e operações.

4º. ano 1º. VOLUME. Projeto Pedagógico de Matemática 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE. Números e operações. 4º. ano 1º. VOLUME 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE Realização de compreendendo seus significados: adição e subtração (com e sem reagrupamento) Multiplicação (como adição de parcelas

Leia mais

a) Triângulo retângulo: É o triângulo que possui um ângulo reto (90 ).

a) Triângulo retângulo: É o triângulo que possui um ângulo reto (90 ). Geometria Analítica Módulo 1 Revisão de funções trigonométricas, Vetores: Definições e aplicações Módulo, direção e sentido. Igualdades entre vetores 1. Revisão de funções trigonométricas a) Triângulo

Leia mais

FIGURAS Aula 2. André Luís Corte Brochi Professor das Faculdades COC

FIGURAS Aula 2. André Luís Corte Brochi Professor das Faculdades COC FIGURAS Aula 2 André Luís Corte Brochi Professor das Faculdades COC Objetivos Apresentar elementos teóricos sobre figuras. Sugerir atividades práticas. 2 Atividade 4: Razão áurea Objetivo: observar a proporção

Leia mais

Teorema de Pitágoras: Encaixando e aprendendo

Teorema de Pitágoras: Encaixando e aprendendo Reforço escolar M ate mática Teorema de Pitágoras: Encaixando e aprendendo Dinâmica 7 9º ano 2º Bimestre Aluno DISCIPLINA Ano CAMPO CONCEITO Matemática Ensino Fundamental 9ª Geométrico Teorema de Pitágoras

Leia mais

lados 3 e 4; um triângulo retângulo B de catetos 6 e 4 e um trapézio C de bases 2 e 3 e de altura 2. Portanto, as áreas são: área(b) = 6 4 = 12

lados 3 e 4; um triângulo retângulo B de catetos 6 e 4 e um trapézio C de bases 2 e 3 e de altura 2. Portanto, as áreas são: área(b) = 6 4 = 12 RESOLUÇÃO DOS EXERCÍCIOS Exercício 1: Na figura a seguir, apresentamos uma possível decomposição das figuras dadas em triângulos, retângulos e trapézios. A figura da esquerda está decomposta em um retângulo

Leia mais

Complemento Matemático 03 Ciências da Natureza I TEOREMA DE PITÁGORAS Física - Ensino Médio Material do aluno

Complemento Matemático 03 Ciências da Natureza I TEOREMA DE PITÁGORAS Física - Ensino Médio Material do aluno 01. Para essa atividade sugerimos inicialmente que você observe a ilustração abaio e responda aos questionamentos: 1 cm 1 cm a. Calcule a área dos dois quadrados menores que estão em destaque: b. Some

Leia mais

A equação da circunferência

A equação da circunferência A UA UL LA A equação da circunferência Introdução Nas duas últimas aulas você estudou a equação da reta. Nesta aula, veremos que uma circunferência desenhada no plano cartesiano também pode ser representada

Leia mais

CRONOGRAMA DE RECUPERAÇÃO ATIVIDADE DE RECUPERAÇÃO

CRONOGRAMA DE RECUPERAÇÃO ATIVIDADE DE RECUPERAÇÃO CRONOGRAMA DE RECUPERAÇÃO SÉRIE: 1ª série do EM DISCIPLINA: MATEMÁTICA 2 Cadernos Assuntos 3 e 4 Áreas e perímetros de figuras planas Lei dos senos e cossenos Trigonometria no triângulo retângulo Teorema

Leia mais

PADRÕES DE DESEMPENHO ESTUDANTIL. O que são Padrões de Desempenho? ABAIXO DO BÁSICO Até 150 pontos. BÁSICO De 150 até 200 pontos

PADRÕES DE DESEMPENHO ESTUDANTIL. O que são Padrões de Desempenho? ABAIXO DO BÁSICO Até 150 pontos. BÁSICO De 150 até 200 pontos PADRÕES DE DESEMPENHO ESTUDANTIL O que são Padrões de Desempenho? Os Padrões de Desempenho constituem uma caracterização das competências e habilidades desenvolvidas pelos alunos de determinada etapa de

Leia mais

PLANIFICAÇÃO-2016/2017

PLANIFICAÇÃO-2016/2017 PLANIFICAÇÃO-2016/2017 ENSINO BÁSICO - PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA - 1ºPERÍODO 8º ANO DE ESCOLARIDADE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS UNIDADE 1 Conjunto dos números reais -Dízimas finitas e infinitas

Leia mais

Matemática. Sumários

Matemática. Sumários Matemática Sumários Sumário Vamos começar! 8 4 Números naturais: multiplicação e divisão 92 1 Números naturais e sistemas de numeração 14 1 Números para contar 15 2 Números para ordenar e transmitir informações

Leia mais

araribá matemática Quadro de conteúdos e objetivos Quadro de conteúdos e objetivos Unidade 1 Potências Unidade 2 Radiciação

araribá matemática Quadro de conteúdos e objetivos Quadro de conteúdos e objetivos Unidade 1 Potências Unidade 2 Radiciação Unidade 1 Potências 1. Recordando potências Calcular potências com expoente natural. Calcular potências com expoente inteiro negativo. Conhecer e aplicar em expressões as propriedades de potências com

Leia mais

Planejamento Anual OBJETIVO GERAL

Planejamento Anual OBJETIVO GERAL Planejamento Anual Componente Curricular: Matemática Ano: 6º ano Ano Letivo: 2017 Professor(a): Eni OBJETIVO GERAL Desenvolver e aprimorar estruturas cognitivas de interpretação, análise, síntese, relação

Leia mais

GEOMETRIA PLANA. 1) (UFRGS) Na figura abaixo, o vértice A do retângulo OABC está a 6 cm do vértice C. O raio do círculo mede

GEOMETRIA PLANA. 1) (UFRGS) Na figura abaixo, o vértice A do retângulo OABC está a 6 cm do vértice C. O raio do círculo mede GEOMETRI PLN 1) (UFRGS) Na figura abaixo, o vértice do retângulo O está a 6 cm do vértice. O raio do círculo mede O (a) 5 cm (b) 6 cm (c) 8 cm (d) 9 cm (e) 10 cm ) (UFRGS) Na figura abaixo, é o centro

Leia mais

Problemas do 2º grau

Problemas do 2º grau A UUL AL A 6 6 Problemas do º grau Nas Aulas 4 e 5, tratamos de resoluções de equações do º grau. Nesta aula, vamos resolver problemas que dependem dessas equações. Observe que o significado das incógnitas

Leia mais

Álgebra Linear I - Aula 2. Roteiro

Álgebra Linear I - Aula 2. Roteiro Álgebra Linear I - ula 2 1. Vetores. 2. Distâncias. 3. Módulo de um vetor. Roteiro 1 Vetores Nesta seção lembraremos brevemente os vetores e suas operações básicas. Definição de vetor. Vetor determinado

Leia mais

Exercícios sobre trigonometria em triângulos

Exercícios sobre trigonometria em triângulos Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva SP Curso de Licenciatura em Matemática º ano Prática de Ensino da Matemática III Prof. M.Sc. Fabricio Eduardo Ferreira fabricio@fafica.br Eercícios sobre

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO EM MATEMÁTICA 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SISTEMA PERMANENTE DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO CEARÁ SPAECE

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO EM MATEMÁTICA 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SISTEMA PERMANENTE DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO CEARÁ SPAECE MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO EM MATEMÁTICA 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SISTEMA PERMANENTE DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO CEARÁ SPAECE TEMA I: INTERAGINDO COM OS NÚMEROS E FUNÇÕES N DESCRITOR

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 5ºAno - 2º Ciclo

Plano Curricular de Matemática 5ºAno - 2º Ciclo Plano Curricular de Matemática 5ºAno - 2º Ciclo Domínio Conteúdos Metas Nº de Tempos Previstos Numeros e Operações Números racionais não negativos (Educação Financeira) - Cidadania - Simplificação de frações;

Leia mais

Experimento. O experimento. Qual é a área do quadrilátero? Secretaria de Educação a Distância. Ministério da Ciência e Tecnologia

Experimento. O experimento. Qual é a área do quadrilátero? Secretaria de Educação a Distância. Ministério da Ciência e Tecnologia Geometria e medidas O experimento Experimento Qual é a área do quadrilátero? Objetivos da unidade 1. Apresentar diferentes formas de se calcular ou aproximar a área de quadriláteros; 2. Analisar situações

Leia mais

Exercícios Extras-Relações Métricas no Triângulo Retângulo-Lei dos Cossenos e Senos- 1 s anos-2015

Exercícios Extras-Relações Métricas no Triângulo Retângulo-Lei dos Cossenos e Senos- 1 s anos-2015 Exercícios Extras-Relações Métricas no Triângulo Retângulo-Lei dos Cossenos e Senos- 1 s anos-015 1. (Ufsj 013) Um triângulo isósceles inscrito em um círculo de raio igual a 8 cm possui um lado que mede

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 MATEMÁTICA (2º ciclo)

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 MATEMÁTICA (2º ciclo) (2º ciclo) 5º ano Operações e Medida Tratamento de Dados Efetuar com números racionais não negativos. Resolver problemas de vários passos envolvendo com números racionais representados por frações, dízimas,

Leia mais

Relembrando: Ângulos, Triângulos e Trigonometria...

Relembrando: Ângulos, Triângulos e Trigonometria... Relembrando: Ângulos, Triângulos e Trigonometria... Este texto é apenas um resumo. Procure estudar esses assuntos em um livro apropriado. Ângulo é a região de um plano delimitada pelo encontro de duas

Leia mais

X 2 = Área do círculo, setor e coroa circular. Expectativas de aprendizagem. Recursos e materiais necessários

X 2 = Área do círculo, setor e coroa circular. Expectativas de aprendizagem. Recursos e materiais necessários As atividades propostas nas aulas a seguir têm como objetivo proporcionar ao aluno condições de compreender, de forma prática, e identificar em situações cotidianas, a área do círculo, setor e coroa circular.

Leia mais

Problemas do 2º grau

Problemas do 2º grau A UUL AL A 6 6 Problemas do º grau Nas Aulas 4 e 5, tratamos de resoluções de equações do º grau. Nesta aula, vamos resolver problemas que dependem dessas equações. Observe que o significado das incógnitas

Leia mais

SISTEMA ANGLO DE ENSINO G A B A R I T O

SISTEMA ANGLO DE ENSINO G A B A R I T O SISTEMA ANGLO DE ENSINO Prova Anglo P-02 Tipo D9-08/2010 G A B A R I T O 01. B 07. B 13. C 19. D 02. C 08. D 14. B 20. B 03. A 09. C 15. B 21. C 04. D 10. C 16. C 22. D 05. D 11. C 17. D 00 06. B 12. A

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROPOSTA DIDÁTICA 1 Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: Gabriel Prates Brener 1.2 Público alvo: 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e Magistério 1.3 Duração: 5 horas 1.4 Conteúdo desenvolvido:

Leia mais

Caro(a) aluno(a), Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas CENP Secretaria da Educação do Estado de São Paulo Equipe Técnica de Matemática

Caro(a) aluno(a), Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas CENP Secretaria da Educação do Estado de São Paulo Equipe Técnica de Matemática Caro(a) aluno(a), Você saberia representar a soma dos n primeiros números naturais a partir do 1? Neste Caderno você terá a oportunidade de conhecer esse e outros casos que envolvem sequências e resolvê-los

Leia mais

Matemática. Atividades. complementares. FUNDAMENTAL 8-º ano. Este material é um complemento da obra Matemática 8. uso escolar. Venda proibida.

Matemática. Atividades. complementares. FUNDAMENTAL 8-º ano. Este material é um complemento da obra Matemática 8. uso escolar. Venda proibida. 8 ENSINO FUNDAMENTAL 8-º ano Matemática Atividades complementares Este material é um complemento da obra Matemática 8 Para Viver Juntos. Reprodução permitida somente para uso escolar. Venda proibida. Samuel

Leia mais

Programação anual. 6 º.a n o. Sistemas de numeração Sequência dos números naturais Ideias associadas às operações fundamentais Expressões numéricas

Programação anual. 6 º.a n o. Sistemas de numeração Sequência dos números naturais Ideias associadas às operações fundamentais Expressões numéricas Programação anual 6 º.a n o 1. Números naturais 2. Do espaço para o plano Sistemas de numeração Sequência dos números naturais Ideias associadas às operações fundamentais Expressões numéricas Formas geométricas

Leia mais

Nome: nº Data: / / Professor Gustavo - Ensino Fundamental II - 8º ano FICHA DE ESTUDO

Nome: nº Data: / / Professor Gustavo - Ensino Fundamental II - 8º ano FICHA DE ESTUDO Nome: nº Data: / / Professor Gustavo - Ensino Fundamental II - 8º ano FICHA DE ESTUDO 1) Na figura abaixo, C é ponto médio do segmento AB, e B é ponto médio do segmento CD. Se AB mede 12 cm, quanto mede

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. 2º Teste de avaliação versão1 Grupo I

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I. 2º Teste de avaliação versão1 Grupo I Escola Secundária com º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A TEMA 1 GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I º Teste de avaliação versão1 Grupo I As cinco questões deste grupo são de escolha múltipla. Para cada

Leia mais

As referências que seguem serão as nossas fontes principais de apoio:

As referências que seguem serão as nossas fontes principais de apoio: ENCONTRO 1 OBMEP NA ESCOLA N2 ciclo 3 Assuntos a serem abordados: Geometria Congruências de triângulos. Paralelismo: soma dos ângulos internos de um triângulo, propriedades e caracterização dos quadriláteros

Leia mais

Aula do cap. 03 Vetores. Halliday

Aula do cap. 03 Vetores. Halliday ula do cap. 03 Vetores. Conteúdo: Grandezas Escalares e Vetoriais dição de Vetores Método do Paralelogramo Decomposição de Vetores Vetores Unitários e dição Vetorial. Produto Escalar Referência: Halliday,

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de PEDRÓGÃO GRANDE CONSELHO de DOCENTES Planificação Trimestral - 1.º Ano /2016 Matemática 2.º Período 52 dias letivos

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de PEDRÓGÃO GRANDE CONSELHO de DOCENTES Planificação Trimestral - 1.º Ano /2016 Matemática 2.º Período 52 dias letivos janeiro Números naturais Correspondências um a um e comparação do número de elementos de dois conjuntos; Contagens de até doze objetos; O conjunto vazio e o número zero; Números naturais até 12; contagens

Leia mais

Geometria e Medida: Figuras Geométricas

Geometria e Medida: Figuras Geométricas ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 2º Período Metas / Objetivos Conceitos / Conteúdos Aulas Previstas Geometria

Leia mais

PONTES DE ESPAGUETES: UMA PROPOSTA DE ATIVIDADE PARA O ENSINO FUNDAMENTAL

PONTES DE ESPAGUETES: UMA PROPOSTA DE ATIVIDADE PARA O ENSINO FUNDAMENTAL PONTES DE ESPAGUETES: UMA PROPOSTA DE ATIVIDADE PARA O ENSINO FUNDAMENTAL Agata Rhenius IFCatarinense- Campus Camboriú agatarhenius@hotmail. com Aleff Russi IFCatarinense-campus Camboriú aleffrussi@outlook.

Leia mais

2. Uma escada apoiada em uma parede forma, com ela, um ângulo de 30 o. Determine o comprimento da escada, sabendo que a mesma esta a 3 m da parede:

2. Uma escada apoiada em uma parede forma, com ela, um ângulo de 30 o. Determine o comprimento da escada, sabendo que a mesma esta a 3 m da parede: 1. Um ciclista partindo de um ponto A, percorre 21 km para o norte; a seguir, fazendo um ângulo de 90, percorre mais 28 km para leste, chegando ao ponto B. Qual a distância, em linha reta, do ponto B ao

Leia mais

araribá matemática Quadro de conteúdos e objetivos Quadro de conteúdos e objetivos Unidade 1 Números inteiros adição e subtração

araribá matemática Quadro de conteúdos e objetivos Quadro de conteúdos e objetivos Unidade 1 Números inteiros adição e subtração Unidade 1 Números inteiros adição e subtração 1. Números positivos e números negativos Reconhecer o uso de números negativos e positivos no dia a dia. 2. Conjunto dos números inteiros 3. Módulo ou valor

Leia mais

ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016

ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016 ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016 PLANIFICAÇÃO DE MATEMÁTICA 7ºANO 1º Período 2º Período 3º Período Apresentação,

Leia mais