RB Distribuidora Distribuição Total

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RB Distribuidora Distribuição Total"

Transcrição

1 RB Distribuidora Distribuição Total

2 Breve Histórico Fundação Teresina-PI Abertura filial em Fortaleza Transferência da sede para Fortaleza Fim da atividade Atacadista e foco na distribuição especializada Lançamento do Detergente em pó ALA e criação da marca própria de alimentos Hora Certa Sucessão no Comando da operação Abertura de Filial no Cariri-CE

3 RB Distribuidora HOJE 02 centros de distribuição; Mais de 180 Municípios atendidos no Estado do Ceará; 260 colaboradores; Frota formada por 100 veículos próprios: motocicletas, Kombis, Caminhões Leves e Pesados; Patrimônio Líquido da Empresa: R$ 8,00 mi U$ 3,40 mi

4 Missão Garantir a Distribuição Total de Marcas Próprias e de Parceiros, de forma sistemática e contínua, atendendo as expectativas de Clientes, Consumidores, Colaboradores, Fornecedores e Sócios.

5 Posicionamento Estratégico Clientes: Todo o pequeno e médio varejo do canal alimentar; Enxergar fornecedor como cliente; Área de Atuação: Estado do Ceará; Área: km 2 ; População: hab.

6 Posicionamento Estratégico Produtos: Pertencentes às categorias de alimentos, limpeza e perfumaria, preferencialmente exclusivos, de alta penetração nos lares, sendo os quais de alto giro e com valor agregado médio de R$ 5,00/kg; Preços: Justos e competitivos, respeitando nossos objetivos de remuneração de capital. Serviços: Alto nível de qualidade nos serviços de distribuição, através de modelos diferenciados e adequados às necessidades de cada tipo de Cliente, garantindo a Distribuição Total dos nossos produtos;

7 Parceiros

8 Modelo de Operação Pré-venda: Modelo para médios varejistas em Fortaleza e Juazeiro para clientes nas demais regiões do estado; Pronta-entrega: Modelo para pequenos varejistas em Fortaleza e Juazeiro;

9 PRONTA-ENTREGA Quem é o PEQUENO varejista? Compras abaixo de 1 SM(R$ 300,00); Algumas lojas não possuem firmas constituídas; Representam pontos de vendas; A maioria não possui Checkout; Consumidor tem acesso restrito aos produtos; MIX resumido.

10 PRONTA-ENTREGA Ciclo Operacional Indústria Logístico e Expedição Atendimento Prestação de contas

11 PRONTA-ENTREGA Pontos Importantes 59 vendedores; Clientes/dia; Atendimento sistemático semanal e quinzenal; Utilização de Kombis; Prestação de contas diária; Vendas com notas promissórias; Prazo de 14 dias; Atendimento categorizado com 3 equipes de vendas (alimentos, limpeza e perfumaria).

12 PRÉ-VENDA Quem é o MÉDIO varejista? Compras acima de 1 SM(R$ 300,00); 100% são firmas constituídas; Representam pontos de vendas; Todos possuem Checkout; Consumidor tem fácil acesso aos produtos; MIX variado.

13 PRÉ-VENDA Ciclo Operacional Indústria Visita sistemática Envio de pedido Logística e Expedição

14 PRÉ-VENDA Pontos Importantes FORTALEZA e JUAZEIRO 50 clientes/vendedor; 19 vendedores; Atendimento mínimo semanal; Equipe categorizada; Entrega em 24 horas. DEMAIS REGIÕES 200 clientes/vendedor; 37 vendedores; Atendimento semanal e quinzenal; Oferecem todo o MIX de produtos; Entrega em até 5 dias.

15 Operação Global Vendedores são empregados; Remuneração de vendas variável em função de metas de valor, volume e de distribuição; Metas de volume e valor mensais, bimestrais e anuais; Inadimplência correspondente 8% do valor de vendas; Programa de avaliação de desempenho da equipe de vendas; Compromisso com o desenvolvimento de marcas; Presença constante de Gerência e Diretoria no Mercado; Estoques com cobertura de 15 dias; Execução de serviços nas lojas; Equipe de promotores para cobrir as principais lojas; Nível de informatização adequado às necessidades da operação.

16 Alguns indicadores de desempenho Faturamento 2004 Faturamento previsto 2005 R$ 58 mi R$ 75 mi Número de PDV s ativos em Retorno sobre capital % Retorno previsto %

17 Case ALA Líder Líder em em share share volume volume no no Ceará; Ceará Distribuição Distribuição numérica numérica 98% 98% Produto Produto atendia atendia às às necessidades necessidades LIC; LIC; na visibilidade; visibilidade Estratégia Estratégia utilizada utilizada Alto Alto investimento investimento na Distribuição Distribuição total total RB. RB. Preço Preço popular; popular; eficiência eficiência na na distribuição distribuição Primeiro Primeiro contato contato Teste Teste de de

18 Projetos em andamento Informatização da Pronta-Entrega; Cartão Private Label; Digitalização das rotas.

19 Foram-se os dinossauros e ficaram as lagartixas (anônimo) Weima Bezerra Diretor Executivo

Quem somos. Porque ABCCorp? Referencias

Quem somos. Porque ABCCorp? Referencias 1 Quem somos 2 Porque ABCCorp? 3 Referencias Trabalhamos como você! Experiência não somente acadêmica, sobre o teu segmento; Entendemos suas expectativas Valorizamos e garantimos o teu investimento com

Leia mais

INDICADORES DE DESEMPENHO

INDICADORES DE DESEMPENHO DE DESEMPENHO Indicadores relacionados com o faturamento Faturamento (valor) Faturamento no Exterior (valor) Faturamento Estimado (valor) Evolução do Faturamento (valor ou %) Evolução do Faturamento estimado

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Principia é uma plataforma de integração e gestão inteligente de estoques para e-commerce. 1. A SOLUÇÃO PRINCIPIA A Plataforma Principia integra ERPs a Plataformas de E-Commerce

Leia mais

Resultados do 1T17 27 de Abril de 2017

Resultados do 1T17 27 de Abril de 2017 Resultados do 27 de Abril de 2017 Transformação Negócio Online Evolução Estratégica do Marketplace 4 mil parceiros, 2 milhões de SKUs selecionados pelo nível de serviço e alinhamento com a nossa visão

Leia mais

TGM Tecnologia de Gestão Martins

TGM Tecnologia de Gestão Martins 1 O Que é TGM Tecnologia Gestão Martins? 2 Rentabilidade - 3 Central de Atendimento TGM O que é TGM? Tecnologia de Gestão Martins. É uma área da UMV Universidade Martins do Varejo, através do uso de tecnologia,

Leia mais

Haroldo Rodrigues Diretor de Compras 03 de Julho de 2013

Haroldo Rodrigues Diretor de Compras 03 de Julho de 2013 Haroldo Rodrigues Diretor de Compras 03 de Julho de 2013 ÍNDICE 1 1.1 1.2 1.3 1.4 VAREJISTA DE MODA LOJA DE DEPARTAMENTOS FULL LINE 1987 a1999 2001 a 2005 2010 a 2012 2 2.1 2.2 2.3 2.4 2.5 2.6 MODELO ESPECIALIZADO

Leia mais

* Sujeito à aprovação dos Órgãos Reguladores. Aquisição do HSBC Brasil * 03 de Agosto de 2015

* Sujeito à aprovação dos Órgãos Reguladores. Aquisição do HSBC Brasil * 03 de Agosto de 2015 * Sujeito à aprovação dos Órgãos Reguladores Aquisição do HSBC Brasil * 03 de Agosto de 2015 Destaques da transação Ativo único 5,0 milhões de correntistas e mais de R$61 bilhões em depósitos Presença

Leia mais

Crédito ao Consumo Principais Produtos. Financiamento de veículos

Crédito ao Consumo Principais Produtos. Financiamento de veículos 1 Crédito ao Consumo Principais Produtos Financiamento de veículos 2 Rede de Atendimento Crédito ao Consumo Correntistas Estrutura de Atendimento Correntistas Rede Prime 305 Agências Rede Varejo 4.387

Leia mais

Missão e objetivos da empresa X X X X X. Objetivos por área X X Qualidade das informações X X X X X Integração dos orçamentos por área

Missão e objetivos da empresa X X X X X. Objetivos por área X X Qualidade das informações X X X X X Integração dos orçamentos por área Visão por meio das atividades de valor) Preço Prazo Assistência Técnica Modelo de gestão Análise de aspectos políticos governamentais, econômicos e legais Planejamento estratégico Orçamento empresarial

Leia mais

Soluções Inteligentes em Transportes

Soluções Inteligentes em Transportes Soluções Inteligentes em Transportes APRESENTAÇÃO Fundada em 2010, a JIREH TRANSPORTES E LOGÍSTICA tem um único objetivo: a eficiência na Logística. Uma empresa projetada para o futuro, para isso, investimentos

Leia mais

Quanto aos Métodos Quantitativos utilizados, temos: Modelo de Localização

Quanto aos Métodos Quantitativos utilizados, temos: Modelo de Localização 4. Conclusão Nesta conclusão são apresentadas às características principais do negócio Cargill, a motivação do Estudo Logístico e os Métodos utilizados, assim como os Resultados obtidos com o Estudo Logístico,

Leia mais

Um mundo Tyco de soluções

Um mundo Tyco de soluções Um mundo Tyco de soluções VENDAS VENDAS Safer. Smarter. Tyco. // Quem somos Tyco Integrated Security lidera o mercado de performance de loja, prevenção de perdas, soluções de segurança e gerenciamento

Leia mais

Aquisição do Controle da Advance e da Rextur (Duotur) Dezembro de 2014

Aquisição do Controle da Advance e da Rextur (Duotur) Dezembro de 2014 Aquisição do Controle da Advance e da Rextur (Duotur) Dezembro de 2014 Mensagens Principais A Aquisição do Controle Acionário da Advance e da Rextur (Duotur) irá: Estabelecer um Grupo relevante no mercado

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Maio de 205 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO T5 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO T5

Leia mais

Definição Pequeno Varejo:

Definição Pequeno Varejo: Monitoramento Pequeno Varejo Junho/2009 METODOLOGIA Monitoramento do Pequeno Varejo: Questionários autopreenchíveis Aplicados pelos associados ABAD em clientes varejistas Período de Março Junho 2009 Definição

Leia mais

Graduação em Administração

Graduação em Administração Graduação em Administração Disciplina: Planejamento Estratégico Aula 7 Cadeia de Valor São José dos Campos, março de 2011 Cadeia de Valor A vantagem competitiva de uma empresa não resulta simplesmente

Leia mais

Gestão de estoques para múltiplos canais de venda

Gestão de estoques para múltiplos canais de venda Gestão de estoques para múltiplos canais de venda Por que diversificar os canais de vendas? Loja Online; Marketplace; Loja Física; Televendas. O que é marketplace? Marketplace é uma plataforma de e-commerce

Leia mais

SEGUROS E BENEFÍCIOS

SEGUROS E BENEFÍCIOS SEGUROS E BENEFÍCIOS Quem Somos A UNIQUE SEGUROS E BENEFÍCIOS é uma empresa com estrutura baseada em agilidade, comunicação ativa e direta, oferecendo um portfólio abrangente para as empresas e pessoas

Leia mais

Luis Ricardo Marques Pedro

Luis Ricardo Marques Pedro Luis Ricardo Marques Pedro Colaboração na Cadeia de Suprimentos Case TOP LOG - CBD Agenda Nossa Empresa Cadeia de Suprimentos Performance 2005 Resultado TOP LOG 2005 Expectativas para 2006 Números do TOP

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Novembro de 204 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 3T4 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO

Leia mais

CAMINHOS DA INOVAÇÃO NA INDÚSTRIA GAÚCHA PRONEX PROGRAMA DE APOIO A NÚCLEOS DE EXCELÊNCIA

CAMINHOS DA INOVAÇÃO NA INDÚSTRIA GAÚCHA PRONEX PROGRAMA DE APOIO A NÚCLEOS DE EXCELÊNCIA Dado que as atividades de inovação podem estar tanto reunidas como espalhadas pelas mais diversas áreas da empresa, concentramos nossa atenção em quatro áreas: (1) Desenvolvimento, (2) Operações, (3) Administração,

Leia mais

GERENCIAMENTO DE CATEGORIA

GERENCIAMENTO DE CATEGORIA 2012 3M do Brasil LTDA - Renata Paulo GERENCIAMENTO DE CATEGORIA MARKETING CLASSES PROJETO GC PROFISSIONAL DE GC OBJETIVO PAPEL DO GERENCIADOR CATEGORIA SHOPPER GC INDÚSTRIA CLIENTE OBJETIVO PAPEL DO GERENCIADOR

Leia mais

AGENDA DESEMPENHO FINANCEIRO NOSSO NEGÓCIO VANTAGENS COMPETITIVAS OPORTUNIDADES

AGENDA DESEMPENHO FINANCEIRO NOSSO NEGÓCIO VANTAGENS COMPETITIVAS OPORTUNIDADES Dezembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2015

Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2015 Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2015 SEÇÃO 1 Visão Geral da Companhia História de Empreendedorismo e Crescimento 2014 1993 Fundação com 16 carros 2008 PRIVATE EQUITY maior disciplina financeira

Leia mais

Concessão administrativa para ampliação, manutenção e operação do sistema de esgotamento sanitário do município da Serra

Concessão administrativa para ampliação, manutenção e operação do sistema de esgotamento sanitário do município da Serra Sumário Executivo Concessão administrativa para ampliação, manutenção e operação do sistema de esgotamento sanitário do município da Serra Em 10/10/13 a CESAN realizou o leilão na Bovespa através da Concorrência

Leia mais

Gestão de Custo x Faturamento e seus impactos na Distribuição de Insumos

Gestão de Custo x Faturamento e seus impactos na Distribuição de Insumos Gestão de Custo x Faturamento e seus impactos na Distribuição de Insumos Matheus Kfouri Marino matheus@unibusiness.org Uni.Business Estratégia Rua Girassol, 34, sala 32 05433-000, São Paulo-SP Tel.: (11)

Leia mais

GESTÃO DE LOGÍSTICA WMS

GESTÃO DE LOGÍSTICA WMS GESTÃO DE LOGÍSTICA WMS TENHA A SOLUÇÃO IDEAL PARA CONTROLE E GESTÃO DO SEU ARMAZÉM COM O WMS DA SENIOR Controle a movimentação e armazenagem para obter maior produtividade, redução de custos e tempo nos

Leia mais

POLÍTICA DE CRÉDITO - DISTRIBUIDOR

POLÍTICA DE CRÉDITO - DISTRIBUIDOR Ref. - Assunto Página: 1 / 13 de Publicação: : POLÍTICA DE CRÉDITO - DISTRIBUIDOR Responsáveis: ATIVIDADE NOME CARGO Elaboração Controles Internos Revisores Fausto Rogério Ferreira Pinto Coord. Crédito

Leia mais

Gestão da cadeia de suprimentos. GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 12: Distribuição Física AULA 13: DISTRIBUIÇÃO FÍSICA

Gestão da cadeia de suprimentos. GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 12: Distribuição Física AULA 13: DISTRIBUIÇÃO FÍSICA GST0045 GESTÃO DA ADEIA DE SUPRIMENTO Aula 12: Distribuição Física AULA 13: DISTRIBUIÇÃO FÍSIA Distribuição Física Ao final desta aula o aluno deverá ser capaz de: Entender os conceitos de distribuição

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Prof. Marcelo Mello Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Gerenciamento de serviços Nas aulas anteriores estudamos: 1) Importância dos serviços; 2) Diferença entre produtos x serviços; 3) Composto de Marketing

Leia mais

Apresentação de Resultados do 2T17

Apresentação de Resultados do 2T17 Apresentação de Resultados do 2T17 09 de agosto de 2017 p. 1 Destaques do 2T17 Expansão de 97,4% no Lucro Líquido alcançando R$ 11,1 milhões no trimestre Crescimento de 42,3% no número de diárias RAC chegando

Leia mais

RANKING ABAD NIELSEN 2014 BASE 2013

RANKING ABAD NIELSEN 2014 BASE 2013 RANKING ABAD NIELSEN 2014 BASE 2013 Março, 2014 AGENDA O RANKING 2014 EM NÚMEROS ANÁLISE DO SETOR RESULTADOS DO ESTUDO ANÁLISE DE EXPECTATIVAS DO SETOR INVESTIMENTOS RANKING ABAD NIELSEN 2013 2 O RANKING

Leia mais

ATACADO DISTRIBUIDOR SISTEMA INTEGRADO MARTINS

ATACADO DISTRIBUIDOR SISTEMA INTEGRADO MARTINS ATACADO DISTRIBUIDOR SISTEMA INTEGRADO MARTINS Martins atacado distribuidor 100% Presente em todo território Nacional 39 Filiais e escritórios 136 mil m 2 de área coberta para armazenagem 1 CAD e 5 Unidades

Leia mais

Seminário GVcev Varejo Virtual e Multicanal. Caso de sucesso em varejo multicanal: Magazine Luiza Flavio Dias Fonseca da Silva

Seminário GVcev Varejo Virtual e Multicanal. Caso de sucesso em varejo multicanal: Magazine Luiza Flavio Dias Fonseca da Silva Seminário GVcev Varejo Virtual e Multicanal Caso de sucesso em varejo multicanal: Magazine Luiza Flavio Dias Fonseca da Silva SOBRE A EMPRESA Foco em bens de consumo: Eletrônicos, eletrodomésticos, móveis,

Leia mais

O Papel da Oracle na Cadeia Logistica do GPA

O Papel da Oracle na Cadeia Logistica do GPA O Papel da Oracle na Cadeia Logistica do GPA GPA em Números 659 de vendas em 2014 GPA em Números Quantidade de lojas por Negócio Quantidade de lojas por Marcas e Formatos 1.028 328 975 185 107 207 77 155

Leia mais

SOBRE A DECNEWS exemplares

SOBRE A DECNEWS exemplares MÍDIA KIT 2017 SOBRE A DECNEWS A revista Decnews nasceu para ajudar o pequeno e médio varejista a fidelizar clientes e aumentar vendas. A publicação oferece conteúdo prático e de credibilidade, estudos

Leia mais

4 Logística da Indústria do Petróleo

4 Logística da Indústria do Petróleo 4 Logística da Indústria do Petróleo Este capítulo vai apresentar as características da logística do petróleo no Brasil, sua distribuição, transporte e localização geográfica das refinarias e bases de

Leia mais

2º SEMINÁRIO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA REALIZAÇÃO :

2º SEMINÁRIO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA REALIZAÇÃO : 2º SEMINÁRIO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA REALIZAÇÃO : QUEM SOMOS HISTÓRIA DA FORNO DE MINAS Fundação da empresa em julho/1990, por D. Dalva e seus filhos Hélida e Helder Início da produção em uma pequena

Leia mais

Ultrapar Participações S.A.

Ultrapar Participações S.A. Ultrapar Participações S.A. 3 rd Itaú BBA Commodities Conference Setembro 2011 1 > Previsões acerca de eventos futuros Este documento pode conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem

Leia mais

Reunião Pública Anual com Investidores, Analistas e Profissionais de Mercado

Reunião Pública Anual com Investidores, Analistas e Profissionais de Mercado Reunião Pública Anual com Investidores, Analistas e Profissionais de Mercado Dezembro 2011 Nota de Ressalva E s t a a p r e s e n t a ç ã o pode i n c l u i r d e c l a r a ç õ e s que p o d e m r e p

Leia mais

Quer incrementar seus. negócios, levando. tranquilidade proteção Clientes? para mais. Acesse o Portal. Tokio Marine no Varejo.

Quer incrementar seus. negócios, levando. tranquilidade proteção Clientes? para mais. Acesse o Portal. Tokio Marine no Varejo. Quer incrementar seus negócios, levando tranquilidade proteção e Clientes? para mais Acesse o Portal Tokio Marine no Varejo. Seguros e microsseguros da Tokio Marine Seguradora para Varejistas. O jeito

Leia mais

Canais de Distribuição

Canais de Distribuição LOGÍSTICA DE ABASTECIMENTO Canais de Distribuição Gestão em Logística LOGÍSTICA EMPRESARIAL DEFINIÇÃO A logística empresarial trata de todas as atividades de movimentação e armazenagem que facilitam o

Leia mais

Magazine Luiza. Teleconferência de Resultados 4T16 e de Fevereiro de 2017

Magazine Luiza. Teleconferência de Resultados 4T16 e de Fevereiro de 2017 Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 4T16 e 2016 20 de Fevereiro de 2017 Destaques 4T16 Vendas e Margem Bruta E-commerce Despesas Operacionais EBITDA e Lucro Líquido Capital de Giro Endividamento

Leia mais

Farmácias : Oportunidaes e Desafios

Farmácias : Oportunidaes e Desafios Seminário GVcev Farmácias : Oportunidaes e Desafios Ingredientes de Sucesso no Varejo de Farmacosméticos Lucien J. Geargeoura lucienjgeargeoura@gvmail.br Pesquisa do GVcev Ingredientes de Sucesso no Varejo

Leia mais

Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2016

Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2016 Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2016 SEÇÃO 1 Visão Geral da Companhia História de Empreendedorismo e Crescimento 2015/16 1993 Fundação com 16 carros 2008 PRIVATE EQUITY Maior disciplina financeira

Leia mais

Franqueamento de Marca

Franqueamento de Marca Franqueamento de Marca História O Ateliê ALÉM DO OLHAR é fruto da percepção de negócios e da visão empreendedora da empresária Rose Lourenço, atenta a um mercado que sempre existiu, mas que exigia profissionalização

Leia mais

Segmentos Varejo e Prime Josué Augusto Pancini. Diretor Vice-Presidente

Segmentos Varejo e Prime Josué Augusto Pancini. Diretor Vice-Presidente 11 Informação Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos e as expectativas da direção da companhia.

Leia mais

ML DAY FREDERICO TRAJANO CEO

ML DAY FREDERICO TRAJANO CEO ML DAY FREDERICO TRAJANO CEO CICLOS ESTRATÉGICOS 1957 1º 1991 2º 2009 3º 2016 4º Dona Luiza Fundação Luiza Helena Crescimento Marcelo Silva Consolidação Frederico Trajano Transformação Digital VISÃO GERAL

Leia mais

LOCAMERICA RICCI Apresentação da Transação

LOCAMERICA RICCI Apresentação da Transação LOCAMERICA RICCI Apresentação da Transação Março 2017 Assessores Financeiros DESTAQUES DA TRANSAÇÃO Maior empresa de Locação de Frotas de Brasil Posicionamento privilegiado numa indústria onde escala é

Leia mais

Varejo Brasileiro. Antônio Guimarães 24 de Junho de 2008

Varejo Brasileiro. Antônio Guimarães 24 de Junho de 2008 Varejo Brasileiro Antônio Guimarães 24 de Junho de 2008 1 Agenda 1. Wal-Mart 2. Setor Supermercadista 3. Desempenho 2008 4. Ameaças e Oportunidades 5. Tendências 2 Wal-Mart Brasil 2006-2008 2005 2004 1995-2000

Leia mais

D. (49) N, 2º

D. (49) N, 2º CONTROLLER (CÓDIGO 1896) Para empresa de médio porte Atividades a serem desenvolvidas: - Análise de produtividade da fábrica; - Elaborar e apresentar as análises de indicadores de resultados; - Análise

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA FRANQUIA

APRESENTAÇÃO DA FRANQUIA APRESENTAÇÃO DA FRANQUIA A Microfranquia FRVendas faz parte do Grupo Net Branding, que atua no mercado de consultoria e treinamento desde 1998, através de seu diretor Fábio Fiorini, um dos principais especialistas

Leia mais

2016 Guia Franquias de Sucesso - Todos os direitos reservados GUIA PRÁTICO FRANQUIA DE TRANSPORTADORA

2016 Guia Franquias de Sucesso - Todos os direitos reservados GUIA PRÁTICO FRANQUIA DE TRANSPORTADORA 2016 Guia Franquias de Sucesso - Todos os direitos reservados GUIA PRÁTICO FRANQUIA DE TRANSPORTADORA ÍNDICE MERCADO 03 VANTAGENS E DESAFIOS 07 DIA A DIA DO NEGÓCIO 03 PERFIL DO INVESTIDOR 11 FRANQUIA

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA FRANQUIA

APRESENTAÇÃO DA FRANQUIA APRESENTAÇÃO DA FRANQUIA A Microfranquia FRVendas faz parte do Grupo Net Branding, que atua no mercado de consultoria e treinamento desde 1998, através de seu diretor Fábio Fiorini, um dos principais especialistas

Leia mais

Estudo realizado em parceria: ABAD / LatinPanel

Estudo realizado em parceria: ABAD / LatinPanel Apresentação Estudo realizado em parceria: ABAD / LatinPanel NOSSA AGENDA Objetivo / Critérios / Metodologia MONITORAMENTO PEQUENO VAREJO Perfil das lojas Características de compras Relacionamento varejo

Leia mais

Antecipar o Problema

Antecipar o Problema INDICADORES Antecipar o Problema Mudar o Comportamento Informação Fidedigna Entendimento do Resultado Manter a Rotina de Controle Vendas da Farmácia Ticket Médio Lucro Despesas fixas Mercado Ticket Médio

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE DISTRIBUIÇÃO PARA A BAIXA RENDA

ESTRATÉGIAS DE DISTRIBUIÇÃO PARA A BAIXA RENDA ESTRATÉGIAS DE DISTRIBUIÇÃO PARA A BAIXA RENDA 2009 edgard.barki@fgv.br CURSOS PESQUISAS PROGRAMA BAIXA RENDA FÓRUM DISCUSSÃO SEMINÁRIOS PESQUISA SOBRE DISTRIBUIÇÃO PARA BAIXA RENDA - GVcev PERGUNTA CENTRAL

Leia mais

Pessoa Jurídica - Tamanho

Pessoa Jurídica - Tamanho Pessoa Jurídica - Tamanho 0MEI Microempreendedor individual; 0Microempresa; 0Empresa de Pequeno Porte; MEI Microempreendedor individual 0Foi criado visando a legalização de atividades informais por partes

Leia mais

Seminário GVcev. Diferenciação

Seminário GVcev. Diferenciação Seminário GVcev Marcas Próprias: Estratégias de Diferenciação Marca Própria no contexto da Rede Smart, trazendo vantagem competitiva para o Grupo Martins e valor para o varejo independente. Frederico Melazo

Leia mais

METODOLOGIA. 250 empresas avaliadas 2 formas de análise: Análise Comparativa de Performance Qualitativa Análise de Processos - quantitativa

METODOLOGIA. 250 empresas avaliadas 2 formas de análise: Análise Comparativa de Performance Qualitativa Análise de Processos - quantitativa METODOLOGIA 250 empresas avaliadas 2 formas de análise: Análise Comparativa de Performance Qualitativa Análise de Processos - quantitativa ANÁLISE COMPARATIVA DE PERFORMANCE - QUALITATIVA Faturamento mensal

Leia mais

Painel I: Negócios não-financeiros no BB. Denilson Gonçalves Molina Diretor de Cartões

Painel I: Negócios não-financeiros no BB. Denilson Gonçalves Molina Diretor de Cartões Painel I: Negócios não-financeiros no BB Denilson Gonçalves Molina Diretor de Cartões Mercado Brasileiro de Cartões 312,7 R$ bilhões 265,1 18,0% 41,7 Private Label 37,1 12,5% 90,6 Débito 74,8 21,1% 153,2

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 6 de maio de 2016 Magazine Luiza Destaques Vendas E-commerce Margem Bruta EBITDA e Lucro Líquido Capital de Giro Endividamento Luizacred Aumento da receita bruta de 3% totalizando

Leia mais

RESULTADOS 1T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 13 de maio de 2011

RESULTADOS 1T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 13 de maio de 2011 RESULTADOS 1T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 13 de maio de 2011 DESTAQUES DO 1T11 > Consolidação como maior varejista brasileiro com 17,9% de market share > Ranking Abras 2010: GPA com 17,9%

Leia mais

Destina-se ao fornecimento de dados pessoais do proponente e de suas atribuições no projeto proposto.

Destina-se ao fornecimento de dados pessoais do proponente e de suas atribuições no projeto proposto. Introdução INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIO Este é um plano de negócio simplificado com o objetivo exclusivo de permitir a avaliação de projetos para incubação. Procure ser objetivo e coerente

Leia mais

Companhia Brasileira de Distribuição

Companhia Brasileira de Distribuição Companhia Brasileira de Distribuição Grupo Pão de Açúcar ABAMEC São Paulo Novembro Visão do Mercado Mercado de Varejo Alimentício: R$67bi CBD 14,1% Carrefour 14,1% Bompreço 4,5% Sonae 4,5% Outros 59,2%

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2º Trimestre 2009

Apresentação dos Resultados 2º Trimestre 2009 Apresentação dos Resultados 2º Trimestre 2009 Slide 1 Conference Call 18/08/2009 17:00 horas Slide 2 Destaques do Trimestre Márcio Utsch CEO 1 Operações Nacionais Slide 3 2º Trimestre de 2009 Conjuntura

Leia mais

Douglas Fabian. Bacharel em Administração. MBA Gestão Estratégica de Pessoas

Douglas Fabian. Bacharel em Administração. MBA Gestão Estratégica de Pessoas Douglas Fabian Bacharel em Administração MBA Gestão Estratégica de Pessoas PLANO DE NEGÓCIOS PLANO DE NEGÓCIOS O que é um plano de negócios? INSTRUMENTO DE PLANEJAMENTO É um documento que especifica, em

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T de agosto de Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T de agosto de Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T16 04 de agosto de 2016 Magazine Luiza Destaques do 2T16 Vendas e Margem Bruta E-commerce Despesas Operacionais EBITDA e Lucro Líquido Endividamento Crescimento da receita

Leia mais

Ranking ABAD/Nielsen de Maio 2012

Ranking ABAD/Nielsen de Maio 2012 Ranking ABAD/Nielsen 2012 21 de Maio 2012 Agenda Quais são as forças que estão transformando o consumo? Qual o desempenho do setor Atacadista-Distribuidor? Quais são os desafios e oportunidades? Reflexões

Leia mais

APRESENTAÇÃO SOLUÇÃO TRANSPORTES

APRESENTAÇÃO SOLUÇÃO TRANSPORTES QUEM SOMOS: Em 2005, foi fundada a Solução Transportes com a proposta de ser uma empresa preparada para soluções de logística e distribuição. Ao longo desses anos, conquistou a confiança do mercado através

Leia mais

Solução de Varejo. Da emissão do cupom até o fechamento Contábil

Solução de Varejo. Da emissão do cupom até o fechamento Contábil Solução de Varejo Agenda Principais Desafios do Varejo Principais Desafios com Clientes Solução de Varejo da Senior Principais Entregas A Senior O Evento Principais Desafios do Varejo Adaptação ao cenário

Leia mais

MELHORIA DO DESEPENHO A PARTIR DA GESTÃO POR INDICADORES DE DESEMPENHO. Alexandre Fanfa Ribas Sócio

MELHORIA DO DESEPENHO A PARTIR DA GESTÃO POR INDICADORES DE DESEMPENHO. Alexandre Fanfa Ribas Sócio MELHORIA DO DESEPENHO A PARTIR DA GESTÃO POR INDICADORES DE DESEMPENHO Alexandre Fanfa Ribas Sócio alexandrefanfa@falconi.com Pensamento Sistêmico Indicadores de Desempenho Lacunas e Metas Planos de Ação

Leia mais

Resultados Análises, identificação de oportunidades e ações assertivas

Resultados Análises, identificação de oportunidades e ações assertivas Resultados Análises, identificação de oportunidades e ações assertivas Best Practices & Improvement A Consultoria A BPI Consultoria nasceu da necessidade de implementação de soluções customizadas para

Leia mais

Empreendedorismo. Prof. MSc. Márcio Rogério de Oliveira

Empreendedorismo. Prof. MSc. Márcio Rogério de Oliveira Empreendedorismo Prof. MSc. Márcio Rogério de Oliveira Unidades da Disciplina: As Empresas; Mortalidade, Competitividade e Inovação Empresarial; Empreendedorismo; Processo Empreendedor; Instituições de

Leia mais

MELHORIAS OPERACIONAIS

MELHORIAS OPERACIONAIS MELHORIAS OPERACIONAIS Implantação de novos equipamentos e novos Objetivo Redução de custo operacional Redução do custo de mão de obra Satisfação do cliente Melhoria da qualidade dos produtos e do atendimento

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Edilimp Uma história de sucesso!

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Edilimp Uma história de sucesso! APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Edilimp Uma história de sucesso! Empresa brasileira, localizada em Arcoverde, desde 1996, a EDILIMP atua no mercado oferecendo soluções inovadoras em produtos de limpeza. Com

Leia mais

Relatório de estágio

Relatório de estágio UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Departamento de Engenharia de Produção e Mecânica Relatório de estágio Professor orientador: Marco Aurélio da Cunha Alves. Responsável pela supervisão do estágio: Luiz

Leia mais

Daniel Barth Vizzotto Área de Crédito ao Consumo

Daniel Barth Vizzotto Área de Crédito ao Consumo Crédito de Consumo: Acceso a nuevos segmentos o sobreendeudamiento a los clientes tradicionales? Daniel Barth Vizzotto Área de Crédito ao Consumo 08 Julho de 2008 Banco Itaú - Indicadores Indicadores Gerais

Leia mais

A primeira rede de joalheria de Prata do país. Faça parte dessa história.encante-se.

A primeira rede de joalheria de Prata do país. Faça parte dessa história.encante-se. A primeira rede de joalheria de Prata do país. Faça parte dessa história.encante-se. Sobre Nós Público-alvo Somos apaixonados por Jóias! Nossa indústria joalheira está no mercado há 20 anos. Em 2012 migramos

Leia mais

_mais de empreendimentos entregues

_mais de empreendimentos entregues _+16 milhões de m² construídos _mais de 1.000 empreendimentos entregues _mais de 1 milhão de moradores _5,3 BI de VGV lançado nos últimos 5 anos _Consolidação Estratégica SP+ RJ Inovação É quando uma ideia

Leia mais

Seminário de Crédito das Linhas do BNDES para Micro, Pequenas e Médias Empresas. Belo Horizonte - MG 01 de setembro de 2009

Seminário de Crédito das Linhas do BNDES para Micro, Pequenas e Médias Empresas. Belo Horizonte - MG 01 de setembro de 2009 Seminário de Crédito das Linhas do BNDES para Micro, Pequenas e Médias Empresas Belo Horizonte - MG 01 de setembro de 2009 Missão Banco do DESENVOLVIMENTO Competitividade e sustentabilidade Redução das

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA FRANQUIA

APRESENTAÇÃO DA FRANQUIA APRESENTAÇÃO DA FRANQUIA A Microfranquia FRVendas faz parte do Grupo Net Branding, que atua no mercado de consultoria e treinamento desde 1998, através de seu diretor Fábio Fiorini, um dos principais especialistas

Leia mais

Você espera o melhor. A gente faz. Março / 2016

Você espera o melhor. A gente faz. Março / 2016 Você espera o melhor. A gente faz. Março / 2016 SEÇÃO 1 Visão Geral da Companhia História de Empreendedorismo e Crescimento 2015/16 1993 Fundação com 16 carros 2008 PRIVATE EQUITY Maior disciplina financeira

Leia mais

Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos

Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos Prof. Me. Érico Pagotto Aula 05 Combinando oferta e demanda O principal objetivo da SCM é: Equilibrar oferta e demanda No entanto há inúmeros fatores de imprevisibilidade:

Leia mais

GESTÃO DA MANUTENÇÃO DE FROTAS. "SOFIT 4TRANSPORT O SOFTWARE MAIS LEVE E FÁCIL DE USAR.

GESTÃO DA MANUTENÇÃO DE FROTAS. SOFIT 4TRANSPORT O SOFTWARE MAIS LEVE E FÁCIL DE USAR. GESTÃO DA MANUTENÇÃO DE FROTAS. "SOFIT 4TRANSPORT O SOFTWARE MAIS LEVE E FÁCIL DE USAR. ALGUNS DESAFIOS NÃO MUDAM Aumento no preço dos combustíveis Prazo de entrega reduzido Aumento no preço dos pneus

Leia mais

Resultados 2T17 2º trimestre de 2017

Resultados 2T17 2º trimestre de 2017 Resultados 2T17 2º trimestre de 2017 Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros do Banco PAN. Essas declarações estão baseadas

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T de Maio de 2017

Teleconferência de Resultados 1T de Maio de 2017 Teleconferência de Resultados 1T17 04 de Maio de 2017 Agenda Destaques do Trimestre Cenário Setorial Resultados Operacionais Resultados Financeiros Perguntas e Respostas 2 Agenda Destaques do Trimestre

Leia mais

Resultados 3º Trimestre 2012

Resultados 3º Trimestre 2012 Resultados 3º Trimestre 2012 jan/03 abr/03 jul/03 out/03 jan/04 abr/04 jul/04 out/04 jan/05 abr/05 jul/05 out/05 jan/06 abr/06 jul/06 out/06 jan/07 abr/07 jul/07 out/07 jan/08 abr/08 jul/08 out/08 jan/09

Leia mais

Sustentabilidade nos negócios. Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle

Sustentabilidade nos negócios. Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle Sustentabilidade nos negócios Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle Sustentabilidade nos Negócios Agenda Um pouco do do Bradesco Sustentabilidade e o Bradesco Planejamento

Leia mais

Aquisiçã. ção o da HiperCard

Aquisiçã. ção o da HiperCard Aquisiçã ção o da HiperCard 1º de março o de 2004 0 Histórico O Cartão HiperCard foi lançado em 1968 como cartão de relacionamento das lojas Bompreço (rede de supermercados localizada no Nordeste do Brasil)

Leia mais

Defesa de Estágio Curricular Supervisionado em Medicina Veterinária. Área: Gestão em Agronegócios

Defesa de Estágio Curricular Supervisionado em Medicina Veterinária. Área: Gestão em Agronegócios Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Veterinária Disciplina de Estágio Curricular Supervisionado Defesa de Estágio Curricular Supervisionado em Medicina Veterinária Área: Gestão em Agronegócios

Leia mais

Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017

Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017 Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017 Pesquisa Anual de Comércio PAC 2015 Sumário Objetivos da PAC Segmentos e classes de atividade Aspectos metodológicos Principais resultados Objetivos da

Leia mais

Mapa Funcional Comércio Página 40

Mapa Funcional Comércio Página 40 FICHA DE OCUPAÇÃO EIXO: GESTÃO E NEGÓCIOS SEGMENTO: COMÉRCIO OCUPAÇÃO: REPRESENTANTE COMERCIAL CBO: 3547-05 Representante comercial autônomo SUBORDINAÇÃO: Supervisor ou Gerente de vendas NÍVEL DE QUALIFICAÇÃO:

Leia mais

PROCESSO DE PLANEJAMENTO INTEGRADO DE NEGÓCIO S&OP

PROCESSO DE PLANEJAMENTO INTEGRADO DE NEGÓCIO S&OP PROCESSO DE PLANEJAMENTO INTEGRADO DE NEGÓCIO S&OP S&OP PASSO-A-PASSO 04 de novembro de 2009 Cássio Ricci Azevedo Sadia E-mail: Cassio.Azevedo@sadia.com.br S&OP PASSO-A-PASSO AGENDA Conceitos de S&OP Processo

Leia mais

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain Conflito Marketing X Logística O aluno deverá ser capaz de: Conhecer os níveis de serviço

Leia mais

SAIBA TUDO SOBRE FRANQUIA DE TRANSPORTADORA

SAIBA TUDO SOBRE FRANQUIA DE TRANSPORTADORA SAIBA TUDO SOBRE FRANQUIA DE TRANSPORTADORA ÍNDICE MERCADO 03 VANTAGENS E DESAFIOS 08 DIA A DIA DO NEGÓCIO 10 PERFIL DO INVESTIDOR 12 FRANQUIA KWIKASAIR 14 História e números...15 Diferenciais e suporte...16

Leia mais

Introdução. Avaliando o desempenho logístico KPI. A Logística como ferramenta para a competitividade. Key Performance Indicators.

Introdução. Avaliando o desempenho logístico KPI. A Logística como ferramenta para a competitividade. Key Performance Indicators. Avaliando o desempenho logístico KPI Key Performance Indicators Introdução Bowersox (1989) Leading Edge Firms Empresas de vanguarda usam sua competência logística para obter VC e assegurar/manter lealdade

Leia mais

Custos Comerciais, Administrativos e Logísticos: Um Desafio para a Competitividade!

Custos Comerciais, Administrativos e Logísticos: Um Desafio para a Competitividade! Custos Comerciais, Administrativos e Logísticos: Um Desafio para a Competitividade! Agenda Quem Somos? Introdução Custos Comerciais Custos Administrativos Custos Logísticos Conclusões Quem Somos? Quem

Leia mais

Materializando o Direito à Água e aos Serviços de Saneamento Básico: Seminário de Pesquisa e Debate Projeto DESAFIO (www.desafioglobal.

Materializando o Direito à Água e aos Serviços de Saneamento Básico: Seminário de Pesquisa e Debate Projeto DESAFIO (www.desafioglobal. Materializando o Direito à Água e aos Serviços de Saneamento Básico: Seminário de Pesquisa e Debate Projeto DESAFIO (www.desafioglobal.org) Marcondes Sobreira. CAGECE Brasília, 9 de setembro de 2015 MATERIALIZANDO

Leia mais

Apresentação Institucional Novembro de 2016

Apresentação Institucional Novembro de 2016 Apresentação Institucional Novembro de 2016 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais