TRÊS CENTENÁRIOS DE HISTÓRIA DA TRADIÇÃO CERVEJEIRA NA FAMÍLIA BAUERNEBL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TRÊS CENTENÁRIOS DE HISTÓRIA DA TRADIÇÃO CERVEJEIRA NA FAMÍLIA BAUERNEBL"

Transcrição

1 TRÊS CENTENÁRIOS DE HISTÓRIA DA TRADIÇÃO CERVEJEIRA NA FAMÍLIA BAUERNEBL Ao realizar a leitura ouça Tecendo o fio de linho, de Claude Debussy, interpretado por Richard Stolzman e a Orquestra Sinfonica da Rádio Nacional da República da Eslováquia Essa é uma história verídica, que aconteceu na virada do século 16 para o século 17, em uma região ao norte da Bélgica chamada Flandres 1. Lá, vivia uma família flamenga de cervejeiros chamada Buernepl. Buer, no dialeto flamengo-holandês significa camponês, e nepl pode significar sopa, mosto ou vapor ; na junção das palavras, no campo, aquele que produz vapor, ou aquele que cozinha cerveja. Obs 1 Flandres é uma das três regiões federais da Bélgica juntamente com a Valónia e Bruxelas. A região tem km2 e uma população de 5,98 milhões de habitantes. A história da Flandres caracteriza-se até ao início do século XIV por uma sucessão de condes que sempre resistiram ao domínio francês. Em 11 de Julho de 1302, a Flandres ganhou a sua

2 independência de França na Batalha de Courtrai (Kortijk) e esse dia é ainda hoje o feriado regional. Desde então a próspera região foi composta de cidades independentes que, no reino dos "Países Baixos" ou "Belgica" dos Burgundy, serviam de entrepostos comerciais poderosos e com notável construção artística. Durante o século XVI, na ocupação espanhola do Rei Filipe II, o centro econômico deslocou-se para Bruxelas e Antuérpia, enquanto quantidades massivas de arte flamenga eram transportadas para Espanha durante o século XVII. Nos séculos subsequentes o território foi ocupado pelos austríacos ( ) e franceses ( ). Depois da derrota de Napoleão em Waterloo em 1815 pelos exércitos aliados,o Congresso de Viena determinou que Flandres ficaria sob jurisdição do Rei Willem I da Holanda (isso perdurou até 1830 com a criação do Reino da Bélgica). A partir da independência, a Bélgica foi dando cada vez mais importância à diferenciação cultural bipolarizada entre flamengos e valões o que permitiu ao longo do tempo uma maior promoção das identidades regionais com um consequente bem-estar sócio-cultural que levou novamente à prosperidade econômica. Na década de 1980, a Bélgica deu total autonomia às regiões federais, pelo que a Flandres tem um governo autônomo. Apesar de a Bélgica ter 3 línguas oficiais, o holandês é a língua que predomina na Flandres.

3 Ano após ano, somente nos meses de inverno, a família produz as cervejas que serao consumidas durantes os meses mais quentes já que, nessa fase da História, nao há outros métodos de refrigeracao a nao ser os poroes e cavernas escavados na terra, na rocha, nos morros e nas montanhas. É um trabalho extenuante, cheio de desafios, já que a cerveja tem que ser resistente o suficiente para durar toda a temporada da primavera e do verão e, ao mesmo tempo, não muito forte para que seja refrescante e ajude a saciar a sede. Dentre as cervejas fabricadas pela família, algumas sao douradas, turvas, de teor alcoólico moderado, refrescantes, com pouco ou totalmente sem lúpulo mas substanciosas. Outras sao fortes, escuras, de alta fermentacao 2, com as características marcantes das cervejas belgas e há, ainda, aquelas misturadas com mel, cascas secas de frutas cítricas, nozes diversas, grãos, conforme a disponibilidade encontrada na natureza naquele período. Obs 2 fermentação = Até 1.700, a cerveja era tradicionalmente fermentada com leveduras selvagens, presentes na atmosfera, e que produziam naturalmente álcool ao entrarem em contato com o açúcar do mosto. Quando o mosto da cerveja é fermentado num recipiente aberto, ocorre um aquecimento que leva à produção de espuma na superfície, que tende a transbordar. Ao recolher-se essa espuma, composta por milhões de células de levedura, e adicioná-la a novos barris de mosto de cerveja, os mestres-cervejeiros medievais aprenderam a alcançar um processo mais consistente de fabricação da cerveja. Esse tipo de "fermentação alta" e natural é utilizado até hoje na produção das cervejas belgas do tipo Lambic. No entanto, durante o verão, a atmosfera se encontra tão inundada de fermentos selvagens que esta forma natural de produção da cerveja tornou-se incontrolável, e a cerveja tornou-se uma bebida inconsistente. Para melhorar a situação, os mestres-cervejeiros da época passaram a realizar uma última fermentação da cerveja na primavera, que depois era armazenada em porões gelados para maturarem até o verão, reiniciando-se o processo de fabricação da cerveja no outono. Os mestres cervejeiros da Baviera, que armazenavam suas cervejas em cavernas congeladas nos Alpes, notaram que o gelo fazia com que o fermento se acumulasse no fundo da tina de fermentação, produzindo uma cerveja de coloração mais clara, transparente e harmonizada. A partir de então, surgiram as cervejas lager, em cujo processo a cerveja era maturada em temperaturas baixas (comumente em caves, cavernas ou adegas) e por longos períodos de tempo. Em 1953 Morton Coutts, neozelandês, desenvolveu um novo método de fermentação que permitiu a aceleração do processo de produção das cervejas lager, embora isso também tenha produzido uma redução no desenvolvimento do sabor. Essa inovação permitiu uma massificação da produção de cervejas lager numa velocidade que as tornaram mais competitivas no mercado mundial em relação às ale. Rapidamente as lager se tornaram o estilo mais popular na maior parte do mundo industrializado. No Brasil, mais de 90% do mercado das cervejas é dominado pelas lager de estilo pilsen.

4 Em 1806, o Sacro Império Romano Germânico é dissolvido como resultado das Guerras Napoleônicas. Em 18 de junho de 1815, ocorre em solo belga a última das Guerras Napoleônicas, a decisiva Batalha de Waterloo, onde Napoleão ( ) é derrotado definitivamente pelos exércitos aliados. Artista: William Sadler II ( ); Título: The Battle of Waterloo (oleo sobre tela); Pyms Gallery, Londres/Reino Unido As Guerras Napoleônicas repercutem profundamente nos destinos de milhares de pessoas na Europa de nobres e plebeus. A Família Buernepl emigra para a Bohemia, e a Família Real portuguesa emigra para o Brasil Colônia (1808). Depois da queda de Napoleão Bonaparte, os monarcas e estadistas europeus reunemse em Viena para os acordos de paz (Congresso de Viena, de ), com vistas a reorganizar a Europa. Uma de suas resolucoes mais importantes funda a Confederação Germânica (Deutscher Bund, em alemão), uma união de 39 estados soberanos, que dura, com algumas alterações nos estados-membros, até 24 de agosto de 1866, sob a presidência do Casa imperial austríaca dos Habsburgo, liderada pelo príncipe austríaco von Metternich. Quanto à Confederacao Germânica, o seu território praticamente coincide com o que resta do Sacro Império Romano-Germânico depois que Napoleão decretou o seu fim; com exceção das duas grandes potências rivais, os Habsburgo e a Prússia, e a margem esquerda ocidental do Reno (que a França anexa ao seu território). Os outros estados-membros ou os

5 seus precursores, estão na maioria hoje presentes na configuração da atual Alemanha, e fazem parte da Confederação do Reno na época. A Bélgica, e Flandres, são anexadas à Holanda, o novo Reino dos Países Baixos, sob a coroa do rei Guilherme I, da Casa de Orange. Essa união artificial provoca nos povos belga e flamengo uma oposição religiosa, cultural e linguística, pois os católicos não querem um soberano protestante, e exigem uma autonomia maior. Nesse impasse, a Família Buernepl decide-se por imigrar para as terras do Reino da Boêmia.e se estabelece ao sul, às margens do Rio Moldava, na cidade de Krumau, dando continuidade à tradicao familiar no fabrico de cervejas. Para se adequar às mudancas, e à sua nova realidade, a família Buernepl germaniza o sobrenome para Bauernebl, como é até hoje, e a cervejaria passa a chamar-se Bauernebl Brauerei (trad. Cervejaria Bauernebl), e soma as experiências de um século no fabrico de cervejas belgas as novas experiências na arte de criar e fabricar cervejas alemas e checas. Hoje Krumlov, situada na República Tcheca. Em 1992, essa cidade foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.

6 A Família Bauernebl permanece em território bohêmio por quase um século, fabricando lá, com muito sucesso, um novo e adicional processo de fabricação chamado lager 3, hoje conhecido no Brasil e no mundo como Cerveja Pilsen, quando o desejo de novos desafios leva Gregor Bauernebl (3ª geração de cervejeiros da família) a imigrar novamente, desta vez para o norte da Hungria, para a cidade de Eperjes (hoje Presov, na República da Eslováquia), pois a região é promissora e carente de boas cervejarias. A cidade de Eperjes 4 é uma pequena ilha de língua germânica, ao sudeste das altas montanhas dos Cárpatos, com habitantes da regiao dos Zips 5. Uma gravura em metal sobre madeira da cidade de Eperjes encontra-se em um dos nichos da SERVUS Bier Cervejaria, em Bauru. Obs 3 = Lager (do alemão "lagern": armazenar) é um tipo de cerveja fermentada e armazenada em baixas temperaturas. A fermentação desse tipo de cerveja é feita pela levedura 'Saccharomyces carlsbergensis ' e ocorre em temperaturas baixas, que ficam entre 8 C - 14 C. Essa levedura é chamada de levedura de baixa fermentação. Atualmente representa 90% do consumo mundial de cerveja. Juntamente com as Ale e as Lambic, Lager é uma das três grandes famílias de cervejas, esta inclui diversos subtipos, como por exemplo, Pale lager, Dark lager e Bock. As cervejas de tipo lager são diferenciadas das cervejas de tipo ale pelo fermento usado durante o seu processo de fabricação. O fermento utilizado nas lagers inicia a fermentação em temperaturas mais baixas (8-14 C), o que faz com que ele se acumule no fundo do tanque no final da fermentação. Já as cervejas ale utilizam um tipo de fermento que inicia o processo de fermentação a temperaturas mais elevadas (15-24 C) levando-o a se acumular no topo da tina de fermentação(uma exceção são os tanques cilíndricos cônicos, onde o fermento de alta fermentação decanta no fundo do tanque, devido a altura do tanque, e a convecção fluidos). São essas diferenças que fazem com que as cervejas de tipo ale sejam conhecidas como cervejas de "alta fermentação" e as lager como de "baixa fermentação". Como a definição moderna do termo lager se relaciona apenas com o método de fermentação utilizado, as cervejas lager possuem características extremamente variadas. Tradicionalmente, no entanto, a lager padrão é uma cerveja de coloração clara, normalmente representada pelas Pale Lager ou pelas Pilsener. Este tipo de lager normalmente possui um sabor levemente amargo, sendo recomendado que sejam servidas geladas. As cervejas tipo lager possuem um sabor bastante simplificado quando comparadas com as ales (alta fermentação) que, em geral, possuem um sabor mais frutado. Isso é decorrente do fato das altas temperaturas necessárias para a fabricação das ales fazerem com que a levedura produza mais ésteres e fenóis, compostos químicos e orgânicos associados aos sabores mais frutados, como banana verde, além de cravo Obs 4 =Eperjes (em húngaro), hoje Presov, na República da Eslováquia. Desde os tempos mais remotos, o vale do Rio Torysa é conhecido como parte de importante rota de comércio Bizancio, Belgrado, Kosice e Warchau, entre oriente e ocidente. Obs 5 Zips= Alemaes que chegaram a essas terras já nos séculos 12 e 13, e foram expulsos logo após o término da 2ª Guerra Mundial, em 1946.

7 Nesta cidade, como jovem cervejeiro, Gregor Bauernebl arrenda uma pequena cervejaria, e nasce a Pivovar Bauernebl (Cervejaria Bauernebl), bem como aquele que incorporaria a 4ª geração de cervejeiros da família, Konstantin Bauernebl I (bisavô de Nikolaus Bauernebl, proprietário da SERVUS Bier Cervejaria, em Bauru), em 11 de marco de 1844, cujo retrato pintado a óleo encontra-se exposto na SERVUS Bier Cervejaria, em Bauru. Inicia-se, então, em meados do século 19, um caminho vigoroso e vitorioso para a Família Bauernebl nas terras do norte da Hungria daqueles tempos (hoje República da Eslováquia). Konstantin bauernebl I Também em Eperjes, em 1869, nasce o filho de Konstantin Bauernebl I, Konstantín Bauernebl II (avô de Nikolaus Bauernebl), que herda de seu pai o gosto pela profissão de cervejeiro. Ele torna-se um grande empreendedor, construtor, proprietário de terras, é dono de um excelente bom-humor e um cervejeiro apaixonado pela profissão, mais uma fonte de inspiração para as futuras gerações de cervejeiros e cervejeiras da família.

8 Konstantin Bauernebl II Konstantin Bauernebl II reconstrói um belíssimo hotel em estilo art noveau (1900), o Slávia Hotel, até hoje um dos melhores hotéis da cidade, cujo prédio está tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional da República da Eslováquia. Obs:A fachada do Hotel Slávia 2 serviu como fonte de inspiracao para a construcao da SERVUS Bier Cervejaria, em Bauru, SP, além de ser uma homenagem prestada pelo braço brasileiro da Família Bauernebl a todas as gerações passadas de mestres cervejeiros, presentes, por meio de suas receitas, em cada gole de chopes SERVUS.

9 Hotel Slávia, na República da Eslováquia SERVUS Bier Cervejaria, em Bauru/SP Topo mosaico fachada Hotel Slávia Trata-se de cópia do medalhao do Hotel Slávia, que pode ser visto na SERVUS Bier Cervejaria, em Bauru/SP, como clarabóia no Salao III, próximo ao Caixa.

10 No medalhão pintado à Mão sobre azulejo, está representada a visão de Konstantin Bauernebl II do Paraíso. Ele próprio posa, em 1900, para a figura masculina agachada, representando Adão, junto a um riacho de chope, servindo-se da bebida com uma caneca,cujo líquido sai diretamente da boca do diabo. Uma outra versão contada fala do Paraíso, com o riacho de chope jorrando da Fonte da Juventude. Hotel Slávia Avenida central da cidade de Kosice, onde fica localizado o hotel Slávia Suas visões e personalidade de homem de negócios estam estampadas nos animais e seus simbolismos que escolheu para decorar a fachada principal do Hotel Slávia. Ao lado do medalhão central, envolto, um pouco mais abaixo, há dois medalhões menores no alto dos pilares que sustentam o edifício, do lado esquerdo uma lebre, e do lado direito um galo. Escolhe o coelho pois, por gerar grandes ninhadas, detém o dom da fertilidade, da abundância, da prosperidade, e do recomeço da vida, simbolizando a capacidade constante de se produzir novas possibilidades, novas melhorias, sendo bem conhecido como símbolo das celebrações da Primavera europeia, Ostara e Páscoa. Mas há um outro lado, o coelho

11 também transporta o espírito do medo, da auto-preservação e da tolice, podendo surgir quando é necessário aplicar a agilidade para evitar os prejuízos. O galo, para ele, representa a ressurreição solar e espiritual que anuncia uma nova jornada, um novo amanhecer após períodos de trevas, de escuridão. É o masculino, altivo. Também é símbolo do tempo, da habilidade em lidar e correr com ele, da rapidez e, na cultura húngara, é considerado uma criatura celestial, votiva e comunicativa. Mais abaixo, na parte central do edifício, dividida em quatro quadros e presente nos dois das laterais externas, em pose de vôo e de pesca, estão as cegonhas, símbolo de boas novas, surpresas positivas, imprevistos felizes, oportunidades, boas mudanças, renovação, regeneração, fertilidade, boa intuição e profecia; um símbolo para a boa e constante transformação. O cisne, estampado no centro, à esquerda, remete ao nascimento de Apolo, que foi levado para o país dos Hiperbóreos num carro puxado por cisnes de brancura imaculada. O cisne macho se torna o acompanhante permanente do deus da beleza, da música e da poesia. Da Grécia à Sibéria, da Ásia Menor aos povos eslavos e germânicos, uma vasta mitologia celebra o Cisne, cuja brancura, vivacidade e graça constituem uma verdadeira epifania da luz. Para Konstantin II, são aves intimamente ligadas à água, símbolos da fluidez, intuição, do sonho, das emoções, da criatividade, e vivem em harmonia entre três dos quatro elementos, quase como a cerveja, que se utiliza dos quatro: terra, água, fogo, e ar, além da intuicao e da criatividade para uma boa receita. O pato selvagem representa para ele o desprendimento e a mudança, já que a vida é dinâmica. O pato doméstico representa o sustento para muitas populações, como a responsabilidade social pelos funcionários de suas empresas. Tanto um como outro representam a fertilidade, a maternidade, a responsabilidade e a nutrição. Em sua época, abertos os meses de caça, Konstantin II hospeda o Imperador austrohúngaro, Francisco José, durante suas caçadas na região norte da Hungria (hoje República da Eslováquia).

12 Como a Família Bauernebl se torna proprietária de uma das maiores cervejarias e maltarias da Hungria na virada do século 19 para o 20 Corre o ano de 1854 quando é inaugurada uma cervejaria na cidade de Kassa (hoje Kosice, na República da Eslováquia), aprox. 80 Km ao sul de Eperjes (hoje Pressov, na República da Eslováquia), cujo proprietário é o cervejeiro Johann Bayer. Após sua morte, seu filho, Leo Bayer, assume o comando da fábrica, até que o jovem cervejeiro, Konstantín Bauernebl I, entra como sócio no negócio. Mais uma vez a Família Bauernebl se muda, de Eperjes para Kassa, com muita esperança de melhores chances, já que Kassa era, e é até hoje, uma importante e rica cidade, além de ser o maior polo industrial e a segunda maior cidade da Eslováquia atual. Lá, nas antigas terras do norte da Hungria, inicia-se um novo e vitorioso caminho que dará ascendência, prestígio e continuidade à saga dos cervejeiros da Família Bauernebl. Brasão da cidade de Kosice Palácio em Kosice, um entre muitos Catedral de Santa Isabel A maior igreja da Eslováquia, além de ser a última em estilo gótico em direção ao leste

13 Teatro da Ópera de Kosice, República da Eslováquia Famoso pois através dele muitas bailarinas de São Petersburgo, na Rússia conseguem reconhecimento e partem para seguir carreira no ocidente Em 1880, donos de um excelente senso para qualidade e organização, aplicação no trabalho e uma acirrada vontade de vencer, a Bayer & Bauernebl Cervejaria cresce exponencialmente graças às constantes modificações e modernizações possíveis, especialmente com o advento da Revolução Industrial. Cervejaria Bayer & Bauernebl (virada do século 19-20) Em 1892, após absolver os estudos de mestre-cervejeiro e administração de empresas em Viena, Áustria, Konstantín Bauernebl II, representante da 5ª. geração de cervejeiros, assim como seu pai, também entra como acionista e mestre-cervejeiro na direção técnica da Bayer & Bauernebl Cervejaria. No mesmo ano, casa-se com Maria Neugebauer, filha de Gustav Neugebauer, administrador de fazendas do na época muito conhecido Conde Salm. Nikolaus Bauernebl, proprietário da SERVUS Bier Cervejaria, em Bauru, conheceu a mãe de Maria Neugebauer, sua bisavó, e se lembra das brincadeiras de pega-pega com ela. Nikolaus conta que a biza viveu 50 anos na Hungria e nunca falou húngaro, só alemao.

14 No dia 11 de março de 1895 nasce Konstantín Bauernebl III, o primogênito, em Kassa, Hungria (hoje Kosice, República da Eslováquia). Curiosamente, Konstantin Bauernebl I, 4ª geração, Konstantín Bauernebl III, 6ª geração, e Peter Klaus Prado Bauernebl, 8ª geração, nasceram todos em 11 de marco (a cada 2ª geração). Konstantín III absolveu a Academia de Comércio em Kassa, e o curso superior para Mestre Cervejeiro em Viena, Áustria. Em 1914, com 19 anos, Konstantin Bauernebl III participa ativamente da 1ª Grande Guerra como jovem tenente, é ferido gravemente por duas vezes e, mesmo assim, sempre retorna como voluntário para o front. Em 1898, com o falecimento de Leo Bayer, Konstantín Bauernebl I e Konstantín Bauernebl II compram suas ações e assumem o comando da Bauernebl és Fia Sözfözde és Malatagyar (trad. húngaro Bauernebl & Filhos, Cervejaria e Maltaria Ltda.). Neste mesmo ano, a nova direção técnica e administrativa da Bauernebl & Filhos, Cervejaria e Maltaria Ltda. moderniza e duplica a fábrica mais uma vez. Calendário Anno Calendário Anno Fonte 5 3 Calendário anual com estampa de garconete do Café Slávia, em Kosice, no início do século 20. (http://www.kepkonyvtar.hu/?docid= Bauernebl és fia sörfőzde és malátagyár) 4 Soldados húngaros de Rákoczi, apontando com espada e tulipas de cerveja o Castelo Gótico de Krasna Horka (séc XIII), em uma saudação a Rákoczi. Krasna Horka é um castelo, hoje na República da Eslováquia, elevando-se sobre a aldeia Krasnohorske Podhradie. A primeira menção escrita do castelo é de Durante o curso de sua história, o castelo foi propriedade de três famílias nobres húngaras: os Mariassy, os Bebeks e os Andrassy. 5 Rótulo da cervejaria entre ( ), cerveja do povo em húngaro

15 Castelo de Krasna Horka (1333) nome nativo do príncipe Rákóczi Ferenc ( ) (Ouça a Marcha Rákóczi, de Hector Berlioz ( ) Obs: Atualmente é considerado um herói nacional na Hungria. Francisco Rákóczi II (27/03/1676 8/04/1735). Foi lider da Guerra da Independencia Húngara de contra o dominio dos Habsburgos, como Príncipe dos Estados Confederados pela Libertade do Reino da Hungría. Foi Príncipe da Transilvania, Príncipe Imperial e membro da Orden del Toisón de Oro. Naceu Borsi, na Hungría Real controlada pelos Habsburgos e morreu em Rodosto, no Imperio Otomano, hoje Turquia. Em 1903, também é duplicada a maltaria. Dois anos mais tarde, tanto maltaria quanto fábrica tornam-se pequenas, tal a aceitação das cervejas e chopes Bauernebl em toda a Hungria. Nessa época a Bauernebl & Filhos, Cervejaria e Maltaria Ltda. passa a exportar para os demais países vizinhos do Império Austro-Húngaro, especialmente para a Áustria e a Bohemia. A fábrica é modernizada e ampliada pela terceira vez, e um prédio grandioso é anexado ao complexo para abrigar a nova maltaria. Uma cópia da litografia em cobre dos prédios desse areal pode ser observada no painel aos fundos da Sala de Fabricação (ao alto, após os tanques de cerveja) na SERVUS Bier Cervejaria, em Bauru, SP. A litografia original (1908) também está exposta no nicho central, em Bauru.

16 Em cima residência da Familia Bauernebl, à esq. a Cervejaria, à dir. a nova Maltaria com trem de carga, no centro abaixo Administração, antiga Maltaria, cavalariças, etc. A maltaria, grande e moderna, é até hoje um prédio imponente e bonito, tanto que, após a desativação da antiga Bauernebl & Filhos, Cervejaria e Maltaria Ltda., 1994, foi totalmente modificada internamente e abriga boutiques de grife, lojas elegantes, escritórios e restaurantes. Em 1925, com apenas 56 anos de idade, Família e Empresa sofrem uma perda irreparável com o súbito falecimento de Konstantín Bauernebl II, responsável pela expansão e ascensão tão rápida da Bauernebl & Filhos, Cervejaria e Maltaria Ltda.. Nesse mesmo ano, Konstantín Bauernebl III, 6ª geração, assume a direção das empresas como diretor geral, e seu irmão mais novo, Gustav Bauernebl, assume a direção técnica, formado Mestre Cervejeiro pela Universidade de Berlin (VLB). Durante a direção de Konstantin Bauernebl III, a produção de cerveja aumentou, graças a construção de vários depósitos nas cidades da Hungria, para que assim fosse possível atender a todo o território nacional. Barris grandes de 200l e menores, eram transportados via ferrovia, sendo resfriados a gelo, para posteriormente serem engarrafados manualmente nos depósitos, pois desta maneira os custos eram menores já que não era necessário o transporte de garrafas.

17 Konstantín bauernebl III como caçador a esquerda, e como tenente na 1ª Guerra mundial a direita. No Entre-guerras, no dia 12 de janeiro de 1933, em Budapeste, capital da Hungria, nasce Nikolaus Bauernebl, aquele que daria sequência à saga cervejeira da família como representante da 7ª geração de sua Casa, e proprietário da SERVUS Bier Cervejaria. Quatro anos mais tarde, com apenas 37 anos, falece Gustav Bauernebl. Konstantín III contrata, entao, o mestre cervejeiro alemão para ajudá-lo, o Sr. Hans Schromm, pai de Aniko Schromm, e um Mestre das Adegas, também alemão, para assegurar a qualidade dos produtos da cervejaria. Inicia-se, então, para a Família Bauernebl, e para toda a humanidade, uma das fases mais obscuras e sofridas da História, 1939, o início da 2ª Grande Guerra. Durante esse período, a Bauernebl & Filhos, Cervejaria e Maltaria Ltda. trabalha a todo vapor atendendo aos pedidos do Estado Húngaro e transportando cerveja e chope em vagões de trens refrigerados (cujas miniaturas podem ser vistas no nicho esquerdo, na SERVUS Bier Cervejaria, em Bauru, SP) para os frontes húngaros até o final de 1943.

18 A essa altura, nove meses após a Batalha de Stalingrado 13 (entre 17 de julho de 1942 e 2 de fevereiro de 1943), ponto de virada na frente leste da Guerra, com as crescentes atrocidades, violências, inseguranca, extrema brutalidade e desrespeito cometidas por todas as partes e lados à populacão civil, Konstantín III e sua esposa Margit decidem buscar maior segurança para seus três filhos, Nora, Nikolaus e Peter, partem para a vizinha Áustria, deixando todo o patrimônio da família de séculos de trabalho, com a esperança de voltarem no prazo de poucos meses, para retomarem os negócios. É dia 6 de dezembro de 1944; essa data ficará para sempre marcada na memória do pequeno Nikolaus, pois é Dia de São Nicolau, seu santo protetor e papai noel para as crianças européias, dia de ganhar presentes e chocolates. Mas, nada disso acontece; não há músicas natalinas, nem o aconchego e o calor de casa, mas o barulho das metralhadoras inimigas já muito próximas da cidade, ouvidas da boléia de um caminhão, na calada da noite. Foi assim que a Família de Nikolaus deixa a cidade em busca de maior proteção. Após dois meses de viagens noturnas sobre caminhões, passagens por inúmeras cidades, constantes ataques aéreos diurnos, racionamento de comida, ventos frios e cortantes no auge do inverno europeu, a Família Bauernebl chega, no dia 05 de marco de 1945, a uma pequena vila, à beira de uma grande lagoa, rodeada de montanhas com picos nevados chamada Traunkirchen, na região dos Grandes Lagos, no sudeste da Áustria, onde passavam as férias de verão. A Família Bauernebl não permanece por alguns meses nessa vila, como de início haviam pensado mas, para Nikolaus Bauernebl, por 9 longos anos. Os demais membros da Família ficaram por muito mais tempo. A Família Bauernebl, unida, jamais regressou para a Hungria! No dia 02 de maio de 1945, a 2ª Guerra Mundial chega ao fim, mas tempos muito difíceis seguiram depois. A fome castiga violentamente a bela Áustria por dois anos seguidos. Obs 13 : Batalha de Stalingrado foi uma Operação militar conduzida pelos alemães e seus aliados contra as forças russas pela posse da cidade de Stalingrado (atual Volgogrado), às margens do rio Volga, na antiga União Soviética. A Batalha de Stalingrado marcou o limite da expansão alemã no território soviético, e é considerada a maior e mais sangrenta batalha de toda a História, causando morte e ferimentos em cerca de dois milhões de soldados e civis.

19 Em meados de 1947, alertado por amigos, Konstantin III volta para Hungria com o objetivo de reaver parte do patrimônio familiar, ou de trocá-lo por propriedades na Áustria, permuta muito comum no pós-guerra. Essa possibilidade torna-se irrealizável na prática porque, justamente enquanto se encontrava lá, os comunistas soviéticos e húngaros estatizaram fábricas, fazendas, enfim, todas as propriedades que pertenciam aos cidadaos e governo húngaros. A condição de Konstantin III tornou-se catastrófica para si e para a Família. A ele foi negado o visto de saída da Hungria por nove anos. Quando completou 60 anos de idade, Konstantin III recebeu o visto e pode voltar para a família, na Áustria. Durante esse período, sua esposa e filhos vivem tempos muito difíceis, sem a proteção do esposo e pai, como refugiados, em um pais estrangeiro que não consegue dar abrigo, remédio, vestimenta, comida e bebida nem mesmo à sua própria população. No entanto, a vida precisa seguir adiante e, com a ajuda de inúmeros amigos e da Igreja Católica local, os pequenos entram para a escola, aprendem a língua alemã e passam a amar a Áustria como o país que os acolheu. Passam-se seis anos de vida em família, até que Nikolaus se candidata para uma vaga de aprendiz de Cervejeiro em uma cidade próxima de onde vivem, já que é mais um apaixonado pela profissão desde menino, e seu grande sonho é seguir a profissão de seu pai e seus ancestrais. E esse sonho tem data e hora. Ele se realiza no dia 2 de janeiro de 1951, quando Nikolaus, representante da 7ª geração de cervejeiros da Família Bauernebl, inicia sua aprendizagem em uma pequena cervejaria na cidade vizinha de Gmunden. Nikolaus conta que...o trabalho como aprendiz era literalmente pesado e difícil, mas ele executava todos os tipos de serviços que lhe davam com entusiasmo e garra. Com apenas 17 anos de idade, olhava com muito otimismo para o futuro, já que para ele era de extrema importância continuar a tradição familiar após sete gerações. A aprendizagem para cervejeiro dura três anos, mas Nikolaus consegue terminá-la em dois e meio, já que tem enorme determinação, forca de vontade, e ama a sua profissão. Corre o ano de Agora em Viena, para apurar seus estudos, Nikolaus Bauernebl lê um anúncio em um jornal vienense que estão buscando novos cervejeiros para uma experiência de trabalho no Brasil. Com a ajuda financeira de um querido tio, Pali Batchi, seus conhecimentos e sua coragem, consegue a vaga como cervejeiro na

20 Companhia Paulista de Cervejas Vienenses. Isso acontece porque a maior cervejaria da Áustria desmonta uma pequena fábrica, nos arredores de Viena, para montá-la no Brasil, em Agudos/SP, já que lá, após dois anos de busca pela áqua ideal por todo o País, encontram-na próxima a Agudos. Uma excelente água para a fabricação de cervejas, sem falar no baixo preço da terra. Em 25 de setembro de 1953, Nikolaus aporta em Santos no navio sob a bandeira italiana da Companhia C e pisa pela primeira vez em terras brasileiras, todavia, não imagina que está indo de encontro à sua terceira pátria. Em Agudos, a adaptação é muito rápida, tanto na nova cervejaria quanto com os novos amigos da cidade. Um ano e meio após a inauguração da Vienense, como era carinhosamente chamada, a Companhia Cervejaria Brahma se interessa pela fábrica e adquire suas ações. Somente dois cervejeiros permanecem na empresa, Nikolaus Bauernebl e Rudolph Fein. Todos os demais voltam para a Áustria. Mesmo jovem, Nikolaus enxerga com clareza a grande oportunidade de sua vida e fazer carreira na Brahma pois, como ele mesmo diz,... desde o início senti muita firmeza, determinação, rigor e organização nesta nova empresa e, por essas e outras razoes, me lancei com muito entusiasmo nesse novo desafio. Os frutos foram colhidos um ano e meio depois, quando Nikolaus recebe a proposta da diretoria da Brahma, através de seu saudoso chefe, o primeiro Mestre Cervejeiro, Sr. Werner Behrenroth, carinhosamente chamado de Seu Bernardo, o convite para fazer o mestrado em cervejaria em Munique, na Alemanha. Assim, no dia 6 de março de 1956, partem de Agudos para Munique, Nikolaus e sua jovem esposa, Alair da Conceição Prado Bauernebl, para lá iniciar seus estudos no famoso Instituto Doemens. Em outubro de 1956, Nikolaus volta ao Brasil com o tão sonhado diploma. Um ano depois é promovido ao posto de Segundo Mestre Cervejeiro na Brahma Filial Agudos, naquela época muito pequena, produzindo apenas hl/ano. No entanto a Brahma, com a grande visão de futuro, passa a ampliar a Filial Agudos para, em 1971, atingir os perplexos hl/ano. No ano de 1962 nasce Peter Klaus Prado Bauernebl, aquele que será o primeiro cervejeiro genuinamente brasilieiro, e o representante da 8ª geração da saga cervejeira.

BÉLGICA. As Feitorias Portuguesas na Flandres. Bruxelas * Brugges * Ghant * Antuérpia. Leuven * Maline * Aachen * Maastricht

BÉLGICA. As Feitorias Portuguesas na Flandres. Bruxelas * Brugges * Ghant * Antuérpia. Leuven * Maline * Aachen * Maastricht BÉLGICA As Feitorias Portuguesas na Flandres Bruxelas * Brugges * Ghant * Antuérpia Leuven * Maline * Aachen * Maastricht 5 Dias / 4 Noites 1º Dia LISBOA / BRUXELAS Comparência no Aeroporto da Portela

Leia mais

Ima. Sempre. em Frente. Eric Peleias

Ima. Sempre. em Frente. Eric Peleias Ima Sempre em Frente Eric Peleias Baseado em uma história real CAPÍTULO 1 LETÔNIA, DÉCADA DE 1940. 8 PODEM PARAR DE CAVAR! QUERO TODOS ENFILEIRADOS! O QUE ESTÃO ESPERANDO? ENFILEIRADOS, ANDEM LOGO! MUITO

Leia mais

Cliente: Sindicerv Veículo: www.zerohora.com.br Data: 28-06-2010 Imagem Corporativa Poder de compra da nova classe média eleva consumo de cerveja no Brasil Taxa deve aumentar entre 10% e 12% este ano A

Leia mais

CHIPRE. Chipre é uma ilha com 9.251km². A distância entre os seus extremos Leste e Oeste é de 240 Km e de 100 km entre Norte e Sul.

CHIPRE. Chipre é uma ilha com 9.251km². A distância entre os seus extremos Leste e Oeste é de 240 Km e de 100 km entre Norte e Sul. CHIPRE Chipre é uma ilha com 9.251km². A distância entre os seus extremos Leste e Oeste é de 240 Km e de 100 km entre Norte e Sul. Ocupa uma posição estratégica no Mediterrâneo Oriental próxima das grandes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA AGROINDUSTRIAL E SOCIOECONOMIA RURAL Coisas que você gostaria de saber sobre a nossa bebida favorita mas estava

Leia mais

ESTRADA REAL. Melhor época

ESTRADA REAL. Melhor época ESTRADA REAL Bem-vindo(a) ao Brasil do século XVIII. Era ao longo destes caminhos que as coisas aconteciam durante os 100 anos em que este foi o eixo produtivo mais rico do jovem país que se moldava e

Leia mais

TURISMO E BEM ESTAR NA ITÁLIA TERMAS DE EUGANEE

TURISMO E BEM ESTAR NA ITÁLIA TERMAS DE EUGANEE TURISMO E BEM ESTAR NA ITÁLIA TERMAS DE EUGANEE C Um pedaço do paraíso espera por você no Spa Euganean, cúmplices as águas termais, os tratamentos terapêuticos e regenerativos e a exuberante beleza das

Leia mais

Cliente: Sindicerv Veículo: www.oriobranco.com.br Data: 18-11-2010 Imagem Corporativa Cerveja com classe Especialidades do mestre cervejeiro italiano Teo Musso, da Baladin, chegam ao Brasil A badalada

Leia mais

O negócio milionário das cervejas artesanais

O negócio milionário das cervejas artesanais O negócio milionário das cervejas artesanais Cada vez mais brasileiros adotam as cervejas especiais e alimentam um mercado que não para de crescer. Algumas empresas já faturam mais de R$ 10 milhões por

Leia mais

Bexi sem distância para seus negócios

Bexi sem distância para seus negócios Bexi sem distância para seus negócios A BEXI é uma empresa no ramo de importação, exportação e distribuição de diversos segmentos de produtos e países. Atua no comércio exterior e nacional há 9 anos. A

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 55 O CONGRESSO DE VIENA E A SANTA ALIANÇA

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 55 O CONGRESSO DE VIENA E A SANTA ALIANÇA HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 55 O CONGRESSO DE VIENA E A SANTA ALIANÇA Fixação 1) Em perfeita sintonia com o espírito restaurador do Congresso de Viena, a criação da Santa Aliança tinha por objetivo: a)

Leia mais

Unidade II Poder, Estudo e Instituições Aula 10

Unidade II Poder, Estudo e Instituições Aula 10 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade II Poder, Estudo e Instituições Aula 10 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Conteúdo O Consulado: Economia, Educação

Leia mais

A PÁSCOA, O COELHO E OS OVOS DE CHOCOLATES

A PÁSCOA, O COELHO E OS OVOS DE CHOCOLATES A PÁSCOA, O COELHO E OS OVOS DE CHOCOLATES O sincretismo A Páscoa, é uma festa cristã que celebra a ressurreição de Jesus Cristo. É a data mais importante da religião cristã. A Páscoa e seus símbolos tem

Leia mais

ALSÁCIA E FLORESTA NEGRA

ALSÁCIA E FLORESTA NEGRA ALSÁCIA E FLORESTA NEGRA STRASBOURG * COLMAR * FREIBURG * TITISEE Luxembourg * Baden-Baden * Heidelberg 7 Dias / 6 Noites 1º DIA LISBOA / LUXEMBOURG Comparência no Aeroporto da Portela. Formalidades e

Leia mais

PORTUGAL. 1º. DIA -Lisboa. 2º. Dia - Sintra, Cascais e Estoril

PORTUGAL. 1º. DIA -Lisboa. 2º. Dia - Sintra, Cascais e Estoril PORTUGAL 1º. DIA -Lisboa Saída do Hotel para visita da cidade de Lisboa. Visitaremos o centro da cidade como Praça do Rossio, Avenida da Liberdade, Praça do Marquês de Pombal, Parque Eduardo VII. Colina

Leia mais

SÉCULO XVII A INGLATERRA INCENTIVOU A COLONIZAÇÃO DAS TERRAS NORTE- AMERICANAS INCENTIVANDO A VINDA DE EMIGRANTES INGLESES

SÉCULO XVII A INGLATERRA INCENTIVOU A COLONIZAÇÃO DAS TERRAS NORTE- AMERICANAS INCENTIVANDO A VINDA DE EMIGRANTES INGLESES A GUERRA DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA ANTECEDENTES SÉCULO XVII A INGLATERRA INCENTIVOU A COLONIZAÇÃO DAS TERRAS NORTE- AMERICANAS INCENTIVANDO A VINDA DE EMIGRANTES INGLESES NESSA ÉPOCA

Leia mais

NAPOLEÃO BONAPARTE. Pode-se dividir seu governo em três partes: Consulado (1799-1804) Império (1804-1815) Governo dos Cem Dias (1815)

NAPOLEÃO BONAPARTE. Pode-se dividir seu governo em três partes: Consulado (1799-1804) Império (1804-1815) Governo dos Cem Dias (1815) NAPOLEÃO BONAPARTE 1 Profª Adriana Moraes Destaca-se política e militarmente no Período Jacobino. DIRETÓRIO Conquistas militares e diplomáticas na Europa defesa do novo governo contra golpes. Golpe 18

Leia mais

Portal Espresso - seu café com mais conteúdo

Portal Espresso - seu café com mais conteúdo Página 1 de 5 Para quem gosta de degustar Cervejas para todos os gostos: com diferentes teores alcoólicos, mais encorpadas, com sabores inusitados de frutas e outras essências. O responsável pela criação

Leia mais

VOCÊ QUER ABRIR UMA MICROCERVEJARIA? COMECE POR AQUI

VOCÊ QUER ABRIR UMA MICROCERVEJARIA? COMECE POR AQUI empreendendo com VOCÊ QUER ABRIR UMA MICROCERVEJARIA? COMECE POR AQUI ÍNDICE O MERCADO MUNDIAL 03 A SUA MARCA 05 ENTENDA A PRODUÇÃO 07 DISTRIBUIÇÃO 11 TERCEIRIZAÇÃO 13 INVESTIMENTO 14 EXIGÊNCIAS LEGAIS

Leia mais

TEMA 6 O AVANÇO DOS ALIADOS. Os combates decisivos entre as tropas do Eixo e as forças aliadas foram travados em território soviético.

TEMA 6 O AVANÇO DOS ALIADOS. Os combates decisivos entre as tropas do Eixo e as forças aliadas foram travados em território soviético. TEMA 6 O AVANÇO DOS ALIADOS Os combates decisivos entre as tropas do Eixo e as forças aliadas foram travados em território soviético. A operação Barbarossa A operação Barbarossa era a invasão da União

Leia mais

Europa Oriental e Rússia 21 dias

Europa Oriental e Rússia 21 dias Europa Oriental e Rússia 21 dias Viena St Petersburg 21 dias Tour code: TRORUS Linha Semiluxo Guia em espanhol/português Categoria: Leste Europeu com Escandinávia, Rússia ST, Leste Europeu e Rússia Dia

Leia mais

UNIFICAÇÃO Ã DA D ITÁLIA

UNIFICAÇÃO Ã DA D ITÁLIA UNIFICAÇÃO DA ITÁLIA SUIÇA PENÍNSULA ITÁLICA ÁUSTRIA ESLOVENIA UNIFICAÇÃO DA ITÁLIA Localizada no centro-sul da Europa. Ao norte, faz fronteira com França, Suíça, Áustria e Eslovênia ao longo dos Alpes.

Leia mais

A história da Eisenbahn

A história da Eisenbahn A história da Eisenbahn A idéia de uma cervejaria artesanal surgiu de uma família apaixonada por cervejas especiais. Descontentes com a pequena variedade de cervejas disponíveis no Brasil, decidiram fundar

Leia mais

CONFEITARIA COLOMBO. Rio de Janeiro

CONFEITARIA COLOMBO. Rio de Janeiro CONFEITARIA COLOMBO Rio de Janeiro A Confeitaria Colombo é a memória viva da belle époque do Rio de Janeiro antigo, situada na rua Gonçalves Dias e foi fundada em 1894 pelos portugueses Joaquim Borges

Leia mais

Ambev traz maior variedade de cervejas para agradar diferentes paladares na Oktoberfest Blumenau

Ambev traz maior variedade de cervejas para agradar diferentes paladares na Oktoberfest Blumenau Ambev traz maior variedade de cervejas para agradar diferentes paladares na Oktoberfest Blumenau Enviado por Rede Comunicação de Resultado 16-Set-2014 PQN - O Portal da Comunicação Rede Comunicação de

Leia mais

R. Rutschka. R. Rutschka. P. Rull Gomes

R. Rutschka. R. Rutschka. P. Rull Gomes Primeira Edição R. Rutschka Ilustrações de: R. Rutschka Revisão de texto: P. Rull Gomes São Paulo, 2012 3 R. Rutschka 2012 by R. Rutschka Ilustrações R. Rutschka Publicação PerSe Editora Ltda. ISBN 978-85-8196-024-1

Leia mais

Invasões Holandesas. 1630 uma armada holandesa ocupou Olinda e o Recife.

Invasões Holandesas. 1630 uma armada holandesa ocupou Olinda e o Recife. Invasões Holandesas A dependência holandesa do açúcar brasileiro era enorme; Entre 1625 e 1630 a Holanda dedicou-se aos ataques de corsários, no litoral brasileiro e região do Caribe, chegando a ocupar

Leia mais

de Cerveja 0 processo de maltagem é concretizado em três passos - molha, germinação e secagem. Durante

de Cerveja 0 processo de maltagem é concretizado em três passos - molha, germinação e secagem. Durante fp PRODUÇÃO Produção de Cerveja ~ 0 Processo TEXTO JOÃO PAULO MENDES {sociedade central de cervejas e bebidas) ILUSTRAÇÃO FONTE: JORNAL PÚBLICO O rei Guilherme IV da Baviera definiu em 1516, na "Reinheitsgebot"

Leia mais

A era dos impérios. A expansão colonial capitalista

A era dos impérios. A expansão colonial capitalista A era dos impérios A expansão colonial capitalista O século XIX se destacou pela criação de uma economia global única, caracterizado pelo predomínio do mundo industrializado sobre uma vasta região do planeta.

Leia mais

Revoluções Liberais do Século XIX

Revoluções Liberais do Século XIX Revoluções Liberais do Século XIX Revoluções Liberais do Século XIX Após a queda de Napoleão, os países absolutistas buscaram retomar o Antigo Regime com o Congresso de Viena. As diretrizes básicas do

Leia mais

R$ 95,00 por pessoa DESTINATION MANAGEMENT COMPANY PASSEIO DE JEEP PELA FLORESTA DA TIJUCA

R$ 95,00 por pessoa DESTINATION MANAGEMENT COMPANY PASSEIO DE JEEP PELA FLORESTA DA TIJUCA PASSEIO DE JEEP PELA FLORESTA DA TIJUCA Floresta da Tijuca é a maior Floresta urbana do mundo localizada em região de Mata Atlântica que fica a 10 minutos do centro do Rio de Janeiro. Nosso passeio inclui

Leia mais

Edição de Abril. Aproveitando uma viagem a Buenos Aires, tive a oportunidade de conhecer algumas cervejas locais artesanais de nossos amigos hermanos.

Edição de Abril. Aproveitando uma viagem a Buenos Aires, tive a oportunidade de conhecer algumas cervejas locais artesanais de nossos amigos hermanos. Abril/12 Caros amigos cervejeiros, como havíamos divulgado na revista anterior, a OnBeer participou pela 1a. vez do Festival da Cerveja de Blumenau. Foram 4 dias muito legais, todos eles girando em torno

Leia mais

As famílias no Antigo Egipto; As famílias no Império romano.

As famílias no Antigo Egipto; As famílias no Império romano. Trabalho realizado por: Luís Bernardo nº 100 8ºC Gonçalo Baptista nº 275 8ºC Luís Guilherme nº 358 8ºC Miguel Joaquim nº 436 8ºC Índice; Introdução; As famílias no Antigo Egipto; As famílias no Império

Leia mais

Cidades místicas e hotéis oferecem refúgio para o 'fim do mundo'

Cidades místicas e hotéis oferecem refúgio para o 'fim do mundo' Cidades místicas e hotéis oferecem refúgio para o 'fim do mundo' Povoados estão sendo 'invadidos' por visitantes que buscam proteção. Pacotes temáticos também são opção para preocupados e curiosos. Pequenos

Leia mais

PROFª CLEIDIVAINE DA S. REZENDE DISC. HISTÓRIA / 8º ANO

PROFª CLEIDIVAINE DA S. REZENDE DISC. HISTÓRIA / 8º ANO PROFª CLEIDIVAINE DA S. REZENDE DISC. HISTÓRIA / 8º ANO 1 CONTEXTO HISTÓRICO Crescimento econômico da Inglaterra no século XVIII: industrialização processo de colonização ficou fora. Ingleses se instalaram

Leia mais

10 pontos turísticos em Paris

10 pontos turísticos em Paris POR: RIVA E UELYN 10 pontos turísticos em Paris Foto: Shutterstock.com Não existe turista no mundo que não tenha vontade de conhecer Paris. A cidade recebe cerca de 30 milhões de visitantes por ano, que

Leia mais

História. Foto: Ibraim Leão

História. Foto: Ibraim Leão Theatro Pedro II Rua Álvares Cabral 370, Centro, Ribeirão Preto-SP CEP 400-080 www.ribeiraopreto.sp.gov.br/fundacao/teatro/i36principal.php Tel. 55 (6) 3977.8 T heatro Pedro II Na década de 920, Ribeirão

Leia mais

1. 2. 3. 4. PASSO A PASSO. Links para saber mais. A União Europeia. Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012?

1. 2. 3. 4. PASSO A PASSO. Links para saber mais. A União Europeia. Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012? junho 2012 PASSO A PASSO 1. 2. 3. 4. A União Europeia Ano Europeu: o que é? o que se comemora em 2012? Ano Europeu 2012: curiosidades iniciativas quiz Links para saber mais 1. A União Europeia 27 Estados-Membros

Leia mais

UNICAMP REVOLUÇÃO FRANCESA HISTÓRIA GEAL

UNICAMP REVOLUÇÃO FRANCESA HISTÓRIA GEAL 1. (Unicamp 94) Num panfleto publicado em 1789, um dos líderes da Revolução Francesa afirmava: "Devemos formular três perguntas: - O que é Terceiro Estado? Tudo. - O que tem ele sido em nosso sistema político?

Leia mais

Edição de Março. Caros amigos cervejeiros, esse mês comemoramos nosso 2o. mês do Clube com grande alegria em vista dos resultados alcançados.

Edição de Março. Caros amigos cervejeiros, esse mês comemoramos nosso 2o. mês do Clube com grande alegria em vista dos resultados alcançados. Edição de Março Caros amigos cervejeiros, esse mês comemoramos nosso 2o. mês do Clube com grande alegria em vista dos resultados alcançados. Selecionamos alguns rótulos que esperamos serem muito bem degustados

Leia mais

E.E. Dr. João Thienne Geografia

E.E. Dr. João Thienne Geografia E.E. Dr. João Thienne Geografia INTRODUÇÃO O presente trabalho é sobre conflitos no Cáucaso, mais concretamente o caso da Chechênia. São objetivos deste trabalho adquirir conhecimentos sobre o assunto,

Leia mais

PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL

PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL Introdução A busca para uma alimentação mais saudável

Leia mais

História B Aula 21. Os Agitados Anos da

História B Aula 21. Os Agitados Anos da História B Aula 21 Os Agitados Anos da Década de 1930 Salazarismo Português Monarquia portuguesa foi derrubada em 1910 por grupos liberais e republicanos. 1ª Guerra - participação modesta ao lado da ING

Leia mais

Peru. O novo destino must go das Américas.

Peru. O novo destino must go das Américas. Peru. O novo destino must go das Américas. O desenho da atual cena elegante e charmosa do Peru vem se delineando há séculos. Das paisagens espetaculares aos ateliers de gastronomia, da simpatia acolhedora

Leia mais

Bier Hoff. 7 maio, 2011 às 13:13 por Jussara Voss

Bier Hoff. 7 maio, 2011 às 13:13 por Jussara Voss Bier Hoff 7 maio, 2011 às 13:13 por Jussara Voss Achei inusitado, afinal não é todo dia que alguém me convida para conhecer uma microcervejaria. Para falar a verdade, foi a primeira vez, por isso, fiz

Leia mais

TEMA F.1 O IMPÉRIO PORTUGUÊS E A CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL

TEMA F.1 O IMPÉRIO PORTUGUÊS E A CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL TEMA F.1 O IMPÉRIO PORTUGUÊS E A CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL A partir de meados do séc. XVI, o Império Português do Oriente entrou em crise. Que fatores contribuíram para essa crise? Recuperação das rotas

Leia mais

Sumário. David Justino e Sílvia de Almeida

Sumário. David Justino e Sílvia de Almeida Sumário 3. Para uma -pologia da formação das nações e dos nacionalismos 3.3. A unificação da Alemanha e as origens do nacionalismo alemão 3.4 A unificação italiana e o Rissorgimento 3.5 Crise dos impérios

Leia mais

ALEXA X NDR D E, E O G RANDE D

ALEXA X NDR D E, E O G RANDE D ALEXANDRE, O GRANDE A Macedônia é um país nos Balcãs, leste da Europa, que faz fronteira com a Grécia, Sérvia,Albânia e Bulgária. Foi anexada à Iugoslávia e no século XX, tornou-se independente LOCALIZAÇÃO

Leia mais

América: a formação dos estados

América: a formação dos estados América: a formação dos estados O Tratado do Rio de Janeiro foi o último acordo importante sobre os limites territoriais brasileiros que foi assinado em 1909, resolvendo a disputa pela posse do vale do

Leia mais

Como chegar Gestão Curiosidades Estatísticas Festas Populares

Como chegar Gestão Curiosidades Estatísticas Festas Populares Como chegar Gestão Curiosidades Estatísticas Festas Populares Geografia História Tradição Util Pública Centro urbano Além da oferta municipal, com clima agradável, incontáveis rios, cachoeiras e vilas

Leia mais

Trabalho realizado por: Hélio nº 10 Jorge nº 13 Pedro F nº21 Ricardo P nº24 Miguel F nº27

Trabalho realizado por: Hélio nº 10 Jorge nº 13 Pedro F nº21 Ricardo P nº24 Miguel F nº27 Trabalho realizado por: Hélio nº 10 Jorge nº 13 Pedro F nº21 Ricardo P nº24 Miguel F nº27 Disciplina de: Área de Projecto Nome do Professor: Hélder Baião 1 Este trabalho foi proposto pelo professor de

Leia mais

AS INVASÕES FRANCESAS

AS INVASÕES FRANCESAS AS INVASÕES FRANCESAS 2ª invasão 1612 Maranhão Fundação da França Equinocial e a Cidade de São Luís Comandante Daniel de La Touche Obs: esse período Portugal passava para domínio espanhol 1ª invasão Rio

Leia mais

Segundo Olivia, ao apontar uma fotografia sobre a um móvel da fazenda

Segundo Olivia, ao apontar uma fotografia sobre a um móvel da fazenda Sampaio Moreira: de Portugal, ao centro da cidade de São Paulo à terra roxa da Fazenda Santa Carlota No início de 2011, realizamos uma entrevista com Renato Oliva e Cecília Sampaio Moreira, ainda residentes

Leia mais

EUROPA NO SÉCULO XIX. http://historiaonline.com.br

EUROPA NO SÉCULO XIX. http://historiaonline.com.br EUROPA NO SÉCULO XIX A INGLATERRA NO SÉCULO XIX: Era Vitoriana (1837-1901): Hegemonia marítima inglesa. Fortalecimento do poder político da burguesia. Expansão da economia industrial 2ª Revolução Industrial.

Leia mais

Muitas têm sido usadas como: moeda em rituais religiosos como símbolos políticos como fonte de inspiração filosófica e artística

Muitas têm sido usadas como: moeda em rituais religiosos como símbolos políticos como fonte de inspiração filosófica e artística Chef André Leite Muitas têm sido usadas como: moeda em rituais religiosos como símbolos políticos como fonte de inspiração filosófica e artística 6 bebidas definem a história mundial: Cerveja Vinho Destilados

Leia mais

Refletir sobre a data comemorativa do natal.

Refletir sobre a data comemorativa do natal. NATAL ducação Infantil Justificativa O ano está acabando e o natal está chegando. É fundamental ressaltar o verdadeiro significado desta data: o natal não é mera troca de presentes, é momento de confraternização,

Leia mais

BAVIERA ROTA ROMÂNTICA

BAVIERA ROTA ROMÂNTICA BAVIERA ROTA ROMÂNTICA Mais de 400km de História Arte Cultura Cidades medievais * Castelos de Contos de Fadas * Palácios barrocos Aldeias pitorescas * Fortalezas * Catedrais góticas 6 Dias / 5 Noites 1º

Leia mais

Entre o século XI e o início do século XIV houve a retomada do crescimento demográfico na Europa Ocidental. Os dados permitem uma visão mais clara

Entre o século XI e o início do século XIV houve a retomada do crescimento demográfico na Europa Ocidental. Os dados permitem uma visão mais clara ARQUITETURA GÓTICA O período conhecido por Baixa Idade Média, que se estendeu dos séculos X ao XV, foi marcado por profundas transformações na sociedade, as quais conduziram à superação das estruturas

Leia mais

Superioridade ibérica nos mares

Superioridade ibérica nos mares 2.ª metade do século XVI Superioridade ibérica nos mares PORTUGAL Entre 1580 e 1620 ESPANHA Império Português do oriente entra em crise devido a Escassez de gentes e capitais Grande extensão dos domínios

Leia mais

COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. Aluno (a): Série:

COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. Aluno (a): Série: COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO Aluno (a): Série: Nº. Data: / /2012 Professor(a): Rosilene Ardengui 7º Ano CALIGRAFIA TÉCNICA OU

Leia mais

Exposição 40 anos de Porsche 911

Exposição 40 anos de Porsche 911 Exposição 40 anos de Porsche 911 Classic News Porsche 912E (1968) A história diante dos olhos Exposição em Interlagos resgata os 40 anos de história do Porsche 911, um evento sem similar em todo o mundo.

Leia mais

Tensões Separatistas na Bélgica

Tensões Separatistas na Bélgica Tensões Separatistas na Bélgica Resenha Integração Regional Diego Cristóvão Alves de Souza Paes 18 de fevereiro de 2008 Tensões Separatistas na Bélgica Resenha Integração Regional Diego Cristóvão Alves

Leia mais

Objetivos: - IDENTIFICAR as principais etapas dos processos de unificação da Itália e da Alemanha.

Objetivos: - IDENTIFICAR as principais etapas dos processos de unificação da Itália e da Alemanha. Objetivos: - IDENTIFICAR as principais etapas dos processos de unificação da Itália e da Alemanha. - RELACIONAR as unificações da Itália e da Alemanha aos interesses da burguesia na expansão do capitalismo.

Leia mais

Torre Montparnasse: A melhor e imperdível - vista de Paris

Torre Montparnasse: A melhor e imperdível - vista de Paris Torre Montparnasse: A melhor e imperdível - vista de Paris A Torre Montparnasse é o ponto ideal para se admirar Paris e seus mais belos monumentos. Situado na parte central da capital francesa, o arranha-céu

Leia mais

Portugal Bike Tour Alentejo

Portugal Bike Tour Alentejo Portugal Bike Tour Alentejo 09 Dias / 08 Noites Somente Terrestre Início em Lisboa Visitando: Lisboa, Montemor, Evora, Monsaraz, Alqueva, Beja, Albernoa Saídas Garantidas: 21 Fevereiro / 29 Maio / 28 Agosto

Leia mais

As receitas aqui listadas foram idealizadas para o equipamento que vendemos na loja.

As receitas aqui listadas foram idealizadas para o equipamento que vendemos na loja. Descrito por Rodrigo Eduardo Gunha Eng. Químico Responsável As receitas aqui listadas foram idealizadas para o equipamento que vendemos na loja. Para outros equipamentos cabe análise das quantidades de

Leia mais

Temporada de Inverno

Temporada de Inverno Temporada de Inverno Campos do Jordão faz jus ao glamouroso título de Suíça Brasileira quando chega o inverno. Seu clima inigualável, mais frio que a média brasileira, sua arquitetura tardia baseada em

Leia mais

UMA PEREGRINAÇÃO AOS SANTUÁRIOS DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS

UMA PEREGRINAÇÃO AOS SANTUÁRIOS DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS UMA PEREGRINAÇÃO AOS SANTUÁRIOS DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS por Sri Daya Mata S E L F R E A L I Z A T I O N F E L L O W S H I P Fundada em 1920 por Paramahansa Yogananda Sri Daya Mata, Presidente UMA PEREGRINAÇÃO

Leia mais

Pontos turísticos e suas verdades

Pontos turísticos e suas verdades Pontos turísticos e suas verdades Terceira e última parte em que você pode ver melhor as viagens aos monumentos históricos e ambientes paradisíacos. Por um ângulo, pois no outro verá a realidade. Santorini

Leia mais

Vieira Rossi fica em 2º lugar no Top of Mind Itapetininga

Vieira Rossi fica em 2º lugar no Top of Mind Itapetininga Boletim semanal de notícias do segmento de refrigerantes Ano 1 Número 6 22 de agosto de 2011 www.tubainaseafins.com.br Vieira Rossi fica em 2º lugar no Top of Mind Itapetininga Pelo segundo biênio consecutivo,

Leia mais

Panil. Cervejas artesanais. Torrechiara

Panil. Cervejas artesanais. Torrechiara Panil Cervejas artesanais Torrechiara A cerveja: desde o nascimento à filosofia Panil A tradição da familia Losi no campo da produção artesanal de bebidas começou no anos 30 com a produção de vinhos típicos

Leia mais

Bem-vindo ao Horizontes, no plural, como tudo o que a sua vida merece.

Bem-vindo ao Horizontes, no plural, como tudo o que a sua vida merece. Bem-vindo ao Horizontes, no plural, como tudo o que a sua vida merece. A EKO traz para Arujá um conceito inédito que une o conforto de uma casa às comodidades e à segurança de um apartamento, principalmente

Leia mais

Um Brinde - Você está

Um Brinde - Você está UROPA Um Brinde - Você está na Europa! A cultura Europeia não se limita aos seus inúmeros museus e palácios. Algumas das maiores histórias da Europa podem ser compartilhadas com um copo de vinho, cerveja

Leia mais

Inglaterra-1ºpais industrializado X Alemanha (aceleradamente desenvolvida após a unificação);

Inglaterra-1ºpais industrializado X Alemanha (aceleradamente desenvolvida após a unificação); 1. Fatores que contribuíram para a eclosão do conflito: 1.1 - Concorrência econômica ( choque de imperialismos): Inglaterra-1ºpais industrializado X Alemanha (aceleradamente desenvolvida após a unificação);

Leia mais

O primeiro Natal começou a ser celebrado nas vésperas do nascimento de Jesus, quando, segundo a Bíblia, os anjos anunciaram a Sua chegada.

O primeiro Natal começou a ser celebrado nas vésperas do nascimento de Jesus, quando, segundo a Bíblia, os anjos anunciaram a Sua chegada. O primeiro Natal começou a ser celebrado nas vésperas do nascimento de Jesus, quando, segundo a Bíblia, os anjos anunciaram a Sua chegada. Nessa altura o imperador Augusto, determinou o recenseamento de

Leia mais

Versão em Português CROÁCIA / ESLOVENIA / BÓSNIA / MONTENEGRO GRANDE TOUR DOS BALCAS

Versão em Português CROÁCIA / ESLOVENIA / BÓSNIA / MONTENEGRO GRANDE TOUR DOS BALCAS Versão em Português CROÁCIA / ESLOVENIA / BÓSNIA / MONTENEGRO GRANDE TOUR DOS BALCAS GRANDE TOUR DOS BALCAS FRANCE SUISSE ITALIA AUSTRIA ESLOVANIA LJUBLJANA OPATIJA ZAGREB CROÁCIA BÓSNIA E HERZEGOVINA

Leia mais

7. Bibliografias... 10

7. Bibliografias... 10 1. Introdução... 03 2. Surgimento da Economia Açucareira... 04 3. Desenvolvimento da Economia Açucareira... 05 4. Desarticulação da Economia Açucareira... 07 5. Encerramento da Economia Açucareira... 08

Leia mais

Desvende os bairros da cidade de São Paulo que não estão nos tradicionais guias de turismo e que só os nossos guias especialistas conhecem.

Desvende os bairros da cidade de São Paulo que não estão nos tradicionais guias de turismo e que só os nossos guias especialistas conhecem. TOUR DE ARTE URBANA EM SÃO PAULO 1 Passageiro(s) R$490,00 2 Passageiro(s) R$560,00 3 Passageiro(s) R$630,00 4 Passageiro(s) R$700,00 5 12 Passageiro(s) R$1.300,00 A arte urbana e o grafite são fenômenos

Leia mais

'De acordo com sua palavra'

'De acordo com sua palavra' SESSÃO 2 'De acordo com sua palavra' Ambiente Sobre uma pequena mesa, lugar a Bíblia, abriu para a passagem do Evangelho leia nesta sessão. Também coloca na mesa uma pequena estátua ou uma imagem de Maria

Leia mais

Plano de Negócio. Microcervejaria Rugbeer. Centro Universitário de Belo Horizonte - UNI-BH Curso de Processos Gerenciais Segundo Semestre/2009

Plano de Negócio. Microcervejaria Rugbeer. Centro Universitário de Belo Horizonte - UNI-BH Curso de Processos Gerenciais Segundo Semestre/2009 Plano de Negócio Microcervejaria Rugbeer Centro Universitário de Belo Horizonte - UNI-BH Curso de Processos Gerenciais Segundo Semestre/2009 Idealizadores André Sampaio Fábio Nogueira Gleidson Silva João

Leia mais

EUA: Expansão Territorial

EUA: Expansão Territorial EUA: Expansão Territorial Atividades: Ler Livro didático págs. 29, 30 e 81 a 86 e em seguida responda: 1) Qual era a abrangência do território dos Estados Unidos no final da guerra de independência? 2)

Leia mais

D Sinemorets. A pérola negra

D Sinemorets. A pérola negra UROPA As praias mais quentes da Europa Praias europeias estão entre os melhores do mundo por várias razões: paisagem deslumbrante, natureza única e opções de entretenimento. Aqui está uma seleção de algumas

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ CURSO DE DESENHO INDUSTRIAL/PROGRAMAÇÃO VISUAL

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ CURSO DE DESENHO INDUSTRIAL/PROGRAMAÇÃO VISUAL UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ CURSO DE DESENHO INDUSTRIAL/PROGRAMAÇÃO VISUAL LARISSA BOLLER DISCIPLINA: WEB DESIGN PROJETO: AMANTES DA CERVEJA ORIENTADOR: CONSTANTINO NETO CAMPUS: PRAÇA XI RIO DE JANEIRO

Leia mais

Cliente: Sindicerv Veículo: www.parana-online.com.br Data: 19-10-2010 Imagem Corporativa Monopólio no setor de bebidas é alvo de críticas Helio Miguel Pequenas perdem espaço. A enorme concentração no setor

Leia mais

I ITALY NÓS O CONVIDAMOS PARA CONHECER A MAGIA DA ITÁLIA QUANTO A CONFORTO, LUXO E ESTILO!

I ITALY NÓS O CONVIDAMOS PARA CONHECER A MAGIA DA ITÁLIA QUANTO A CONFORTO, LUXO E ESTILO! ITALY ItalyEvents5Stars NÓS O CONVIDAMOS PARA CONHECER A MAGIA DA ITÁLIA QUANTO A CONFORTO, LUXO E ESTILO! é um operador de turismo do luxo na Itália. Somos uma marca de 18 Holes 5 Stars, um agente de

Leia mais

C I R C U I T O S 3 C A P I T A I S

C I R C U I T O S 3 C A P I T A I S CIRCUITOS 3 CAPITAIS Este é o convite para compreender as origens de Portugal e descobrir as suas principais cidades: Porto, património mundial, cuja história se mistura com a fundação de Portugal. Cidade

Leia mais

Prof. Cristiano Pissolato. Formação dos Estados nacionais. França

Prof. Cristiano Pissolato. Formação dos Estados nacionais. França Prof. Cristiano Pissolato Formação dos Estados nacionais França Ducado da Normandia sob controle Plantageneta (ING). Ducado da Bretanha administrada pela dinastia Plantageneta (ING) a partir de 1116 porque

Leia mais

Venha desfrutar de uma experiência única O Delta Kite Trip O evento mais completo de kite surf do País vento forte, um cenário paradisíaco e muita

Venha desfrutar de uma experiência única O Delta Kite Trip O evento mais completo de kite surf do País vento forte, um cenário paradisíaco e muita Pacote 4 Dias e 3 Noites Venha desfrutar de uma experiência única O Delta Kite Trip O evento mais completo de kite surf do País vento forte, um cenário paradisíaco e muita aventura. Pacote 4 dias e 3 noites

Leia mais

Uma trufa e... 1000 lojas depois!

Uma trufa e... 1000 lojas depois! Uma trufa e... 1000 lojas depois! Autor: Alexandre Tadeu da Costa. Aluna: Lays Roberta Caçandro. Turma: 1º Ciências Contábeis. Venda Nova do Imigrante, Maio de 2012. Qual o principal assunto do livro.

Leia mais

Unidade I Produção, Circulação e Trabalho. Aula 3.2 Conteúdo Revolução Francesa II

Unidade I Produção, Circulação e Trabalho. Aula 3.2 Conteúdo Revolução Francesa II A A Unidade I Produção, Circulação e Trabalho. Aula 3.2 Conteúdo Revolução Francesa II 2 A A Habilidade Analisar a Era Napoleônica e a organização social da França no Pós-Revolução. 3 A A Napoleão 4 A

Leia mais

ERÓTICA #172. a literatura que nos leva a estados de suspensão e êxtase

ERÓTICA #172. a literatura que nos leva a estados de suspensão e êxtase www.revistacontinente.com.br ano XV abr/15 R$ 10,00 #172 elis Regina biógrafo toca em temas-tabu, como a Relação da artista com as drogas tecnologia músicos que criam os próprios instrumentos ERÓTICA a

Leia mais

Palácio de Versailles. Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti

Palácio de Versailles. Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti Palácio de Versailles Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti O Palácio de Versalhes (em francês Château de Versailles) é um château real localizado na cidade de Versalhes, uma aldeia

Leia mais

ATRATIVOS TURÍSTICOS Museu da Água Francisco Salgot Castillon Instalado em 1887, no local que abrigou a primeira Estação de Captação e Bombeamento de água da cidade. O museu ocupa uma área de 12 mil m²

Leia mais

HISTÓRIA DO DIREITO DO TRABALHO NO MUNDO OCIDENTAL

HISTÓRIA DO DIREITO DO TRABALHO NO MUNDO OCIDENTAL HISTÓRIA DO DIREITO DO TRABALHO NO MUNDO OCIDENTAL CÊGA, Anderson Associação Cultural e Educacional de Garça ACEG - Garça andersoncega@yahoo.com.br TAVARES, Guilherme Associação Cultural e Educacional

Leia mais

PARIS VALE DO LOIRE BORDEAUX TOULOUSE

PARIS VALE DO LOIRE BORDEAUX TOULOUSE A partir de 2 775 p.p. Mínimo 4 pes/4-5 * CIRCUITO SUDOESTE TOUR 12 DIAS Um circuito individual, semi-privado, a partir de 2 pessoas Saídas garantia todos os dias de acordo com as disponibilidades 3 trajetos

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Assistimos ao maior esforço já despendido

Leia mais

Cursos de Inglês Cursos de Negócios e Gerenciamento

Cursos de Inglês Cursos de Negócios e Gerenciamento Fornecendo uma Educação de Qualidade Cursos de Inglês Cursos de Negócios e Gerenciamento 23 Marlborough Street, Dublin 1, Irlanda Tel: +353 1 872 0027 Email: info@kavanaghcollege.com Skype: kavanagh.faculdade

Leia mais

1ª AVENIDA DINAMIZAÇÃO ECONÓMICA E SOCIAL DA BAIXA DO PORTO RELATÓRIO DO LEVANTAMENTO IMOBILIÁRIO CO-FINANCIADO POR:

1ª AVENIDA DINAMIZAÇÃO ECONÓMICA E SOCIAL DA BAIXA DO PORTO RELATÓRIO DO LEVANTAMENTO IMOBILIÁRIO CO-FINANCIADO POR: 1ª AVENIDA DINAMIZAÇÃO ECONÓMICA E SOCIAL DA BAIXA DO PORTO RELATÓRIO DO LEVANTAMENTO CO-FINANCIADO POR: Unidade de Gestão de Área Urbana Novembro 2012 Índice 1. Nota Introdutória... 2 2. Resultados do

Leia mais

Índice. A ideia. Parceiros. Localização. Diferencial. Serviços. Dinâmica e funcionamento. Ações de marketing. Imagens ilustrativas de referência

Índice. A ideia. Parceiros. Localização. Diferencial. Serviços. Dinâmica e funcionamento. Ações de marketing. Imagens ilustrativas de referência E M P Ó R I O E R I S T O R E M P o R I O E R I S T O R A N T E E M P o R I O E R I S T O R Índice A ideia Parceiros Localização Diferencial Serviços Dinâmica e funcionamento Ações de marketing Imagens

Leia mais

Água no feijão, que chegou mais um!

Água no feijão, que chegou mais um! Água no feijão, que chegou mais um! A UU L AL A Sábado! Cristiana passou a manhã toda na cozinha, preparando uma feijoada! Roberto tinha convidado sua vizinha, Maristela, para o almoço. Logo cedo, Cristiana

Leia mais