A Leitura a par Criar um relacionamento positivo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Leitura a par Criar um relacionamento positivo"

Transcrição

1 A Leitura a Par

2 A Leitura a par Criar um relacionamento positivo - Apresente-se. Fale um pouco de si. Se quiser pode falar do seu gosto pelos livros e pela leitura. - Procure conhecer a criança fazendo perguntas fáceis de responder. - Converse um pouco em cada sessão, ouvindo as suas opiniões, valorizando o que ela disser. - Adapte-se ao seu ritmo, aceitando os seus interesses e não forçando. - Procure agir como amigo e treinador de leitura, mas evitando actuar como professor. - Tente informar-se sobre a vida da criança junto do seu professor.

3 A escolha dos livros - Procure averiguar alguns interesses da criança e escolha livros que lhe possam agradar e que lhe agradem igualmente a si. - Pode pedir à criança que escolha na biblioteca escolar livros que lhe interessem, para lerem em conjunto. - Para quem está a começar, os livros melhores são os que têm apenas legendas ou uma frase por página e que, de página para página, apresentam textos com palavras fáceis, repetições e rimas. - De uma maneira geral, é mais adequado escolher livros com poucas páginas, que possam ser lidos numa única sessão, ou em duas sessões. - Para ampliar e desenvolver a competência de quem já vai conseguindo ler, devem escolher-se livros com textos mais longos. - Procure saber quais são os livros lidos na aula, para reforçar o prazer de ler um livro que a criança já conhece e lhe agradou, ou, pelo contrário, evitar releituras fastidiosas. Adaptar o apoio à etapa de leitura - O apoio a prestar a crianças que ainda lêem poucas palavras, ou não sabem ler, deve ser diferente do apoio destinado a crianças que já conseguem ler frases ou pequenos textos. - Deve encontrar livros adequados à etapa de leitura e ajudar mais ou menos, conforme as necessidades da criança.

4 Materiais de apoio: - Listas de Livros recomendados Plano Nacional de Leitura em - Leitura para todas as idades - Plano Nacional de Leitura em A preparação da leitura - É indispensável que o voluntário leia o livro antes da sessão e escolha a modalidade mais adequada para o ler com a criança. - Deve identificar as palavras mais difíceis para ajudar a criança durante a leitura. - O local onde as sessões decorrem, na biblioteca ou em outro local, deve ser confortável para ambos. Apresentar o livro - Antes de começar a leitura é aconselhável apresentar o livro. - Deve começar-se por mostrar a capa, ler o título do livro, falar um pouco da ilustração, e apontar o nome dos autores e ilustradores, explicando o que fazem. - A criança pode folhear e tentar descobrir qual é o assunto da história, observando as ilustrações e eventualmente relacionando as imagens com experiências da criança ou assuntos que lhe interessem. - É bom despertar o interesse pelo livro, mas sem revelar tudo.

5 As sessões de leitura a par - Pode recorrer-se a várias modalidades de leitura na mesma sessão, ou em sessões sucessivas, para tornar a actividade mais fácil e divertida: - Leitura independente: a criança lê um livro que está ao seu alcance, com a ajuda do voluntário. - Leitura alternada: a criança lê palavras ou passagens ao seu alcance e o voluntário lê as mais difíceis. - Leitura a par: a criança e o voluntário lêem em coro. Geralmente, a criança espera que o voluntário leia as palavras mais difíceis para as repetir como se fosse um eco.

6 - Leitura em voz alta: Quando a criança ainda não consegue ler ou luta com dificuldades é útil e divertido lerlhe livros em voz alta. Esta prática dá prazer, desperta o interesse pelos livros e motiva para aprender a ler. - Seja qual for a modalidade, é importante dar ênfase à leitura, ir apontando as ilustrações e conversando sobre o significado das palavras e das frases. - À medida que a leitura avança deve-se ajudar e encorajar dizendo por exemplo: - Leste bem. - Está quase bem. - Gostei da forma como conseguiste ler essa frase. - Tenta lá outra vez. - Emendaste muito bem. Fico contente. - Consegues ler alguma parte dessa palavra? - Lê o princípio dessa palavra; agora continua a descobri -la. - Durante a leitura, se a criança quiser, pode conversar-se sobre as peripécias da história, verificando se correspondem às ideias que ela tinha quando tentou adivinhar pelas ilustrações. - No final da leitura é bom elogiar o esforço. - No final deve conversar-se um pouco sobre a história, deixando que a criança faça perguntas, pedindo-lhe, por exemplo que diga qual foi a parte de que mais gostou, que reconte a história, ou que dê a sua opinião sobre o que aconteceu. - Para ajudar a criança a pensar sobre a história, podem fazer-se perguntas.

7 - Se o voluntário achar útil e a criança aceitar, é bom reler partes que foram mal lidas ou que, por serem difíceis, se deixaram para depois. - Se a criança quiser, pode reler o livro todo. A repetição dá confiança, aumenta a possibilidade de reconhecimento de palavras difíceis e permite que a criança tenha consciência de que progrediu em pouco tempo. - Podem ler-se e reler-se várias vezes os livros de que a criança mais gosta. As palavras difíceis Com palavras difíceis ou desconhecidas podem usar-se várias estratégias: - Ler a palavra em partes, mostrando como as letras soam em conjunto. Com palavras pequenas a criança pode dizer as letras e qual é o som de cada letra. O voluntário pode apontar as letras e dizer os sons das sílabas. - As imagens podem ajudar, facilitando a descoberta de palavras ou frases que lhes estejam associadas. A correção de erros - Quando a criança hesita ou erra é melhor esperar um pouco, para a deixar pensar e dar a possibilidade de descobrir sozinha ou corrigir. - É importante ser carinhoso. Deve dar-se tempo para a criança pensar, mas quando fica perplexa o voluntário deve ajudá-la a descobrir a solução.

8 - Quando a criança fica bloqueada é bom encorajá-la, dizendo, por exemplo: Ainda bem que resolveste parar, realmente não se estava a perceber. - Não é bom interromper para corrigir todos os erros, pois a interrupção prejudica o ritmo da leitura e pode desanimar. - Se não consegue ler sozinha, pode sugerir-se duas palavras em alternativa para que escolha, ou dizer a palavra e deixá-la prosseguir. - Podem ignorar-se erros que não alteram muito o sentido, como por exemplo: Vi o leão, em vez de: Vi um leão - Se a criança altera o sentido, deve esperar-se para ver se corrige sozinha. Se não corrigir pode perguntar-se no final se acha que a frase faz sentido. Por exemplo: Vi o leão, em vez de Vai o leão - Se houver muitos erros ou muitas palavras difíceis a criança pode ir lendo o que consegue e o voluntário ajudar a ler o que ela não consegue. - É bom anotar palavras que foram mal lidas para pedir que volte a lê-las no fim, sem interromper a leitura. - No final da leitura, pode-se voltar às frase ou partes que foram mal lidas. Assegurar a compreensão - Para ajudar a criança a compreender que os livros têm sentido é bom fazer perguntas e encorajar a criança a fazer perguntas. Contatos:

Benefícios da Leitura

Benefícios da Leitura Ler a par Benefícios da Leitura Proporciona à criança informação e conhecimento sobre o mundo. Apresenta à criança situações e ideias novas Estimulando a curiosidade, o pensamento crítico, e ainda a consciência

Leia mais

A Leitura em Voz Alta

A Leitura em Voz Alta A Leitura em Voz Alta A Leitura em voz alta Escolher bem os livros As listas de livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura para os diferentes anos de escolaridade podem apoiar a selecção de obras

Leia mais

Leitura em Vai e Vem. Projecto de promoção de leitura em família. Apresentação do projecto reunião de pais. Educação Pré-Escolar.

Leitura em Vai e Vem. Projecto de promoção de leitura em família. Apresentação do projecto reunião de pais. Educação Pré-Escolar. Projecto de promoção de leitura em família Apresentação do projecto reunião de pais 1 Colégio Santiago 2 A Leitura em Família e o Plano Nacional de Leitura O Plano Nacional de Leitura (PNL) tem como missão

Leia mais

Benefícios da leitura

Benefícios da leitura A importância da Parceria Família e Escola da Formação de Cidadãos Leitores Júlio Furtado www.juliofurtado.com.br Benefícios da leitura Quem lê adquire cultura, passa a escrever melhor, tem mais senso

Leia mais

Anexo E Plano da Sessão n.º2

Anexo E Plano da Sessão n.º2 Anexo E Plano da Sessão n.º2 PLANO DA SESSÃO N.º2 Nome da Sessão: O envolvimento parental a leitura conjunta entre mãe/pai e filho. Data: 10 de outubro 2014. Destinatários: Pais de bebés. O Formador: Rosário

Leia mais

TÉCNICA S. para um estudo eficaz

TÉCNICA S. para um estudo eficaz TÉCNICA S para um estudo eficaz Planeamento e organização do estudo O aluno capaz de estabelecer horários adequados e de organizar os seus estudos obterá melhores resultados escolares, terá tempo para

Leia mais

Quem é Mortimer J. Adler?

Quem é Mortimer J. Adler? 1 A Arte de Ler Quem é Mortimer J. Adler? Por que falar disso? Ler é obter significado da página escrita Muitos não conseguem obter nada além de palavras Todos podem ler ficção simples Poucos podem ler

Leia mais

FAÇA CONTATO E CONVITE

FAÇA CONTATO E CONVITE FAÇA CONTATO E CONVITE Concentra-se em criar um relacionamento e descobrir em que ponto da vida dessa pessoa o negócio pode ajudar. Seja simpático, atento e ouça as necessidades das pessoas e muitas portas

Leia mais

Inquérito por questionário Alunos

Inquérito por questionário Alunos Inquérito por questionário Alunos INSTRUÇÕES A seguir apresentamos-te um conjunto de perguntas sobre as tuas aulas. Não há respostas certas nem erradas, por isso pedimos-te que respondas com verdade. Obrigado

Leia mais

Você não precisa decorar nada

Você não precisa decorar nada Que aprender inglês é importante e vai mudar a sua vida você já sabe, mas como aprender inglês e como fazer isso por conta própria? Nós separamos abaixo algumas dicas inéditas e que sem dúvida vão fazer

Leia mais

PROGRAMA QPP - QUALIDADE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA LIVROS NAS CRECHES

PROGRAMA QPP - QUALIDADE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA LIVROS NAS CRECHES PROGRAMA QPP - QUALIDADE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA Ana Paula Dias Torres Maria Lucia de A. Machado São Paulo dezembro 2015 1 LIVRO É OBJETO PORTADOR DE CULTURA Dentre os diversos instrumentos do homem, o livro

Leia mais

1-A introdução. Ela deve ser breve. Apenas para despertar a atenção e o interesse dos ouvintes. Assim como:

1-A introdução. Ela deve ser breve. Apenas para despertar a atenção e o interesse dos ouvintes. Assim como: TREINAMENTO E TÉCNICAS DE ORATÓRIA Proferir um discurso na reunião sacramental ou em qualquer de nossas reuniões da Igreja é uma oportunidade que dever ser reconhecida por todos como sendo especial. Todo

Leia mais

Ler além da sala de aula. Prof.ª Marcia Regina Malfatti Pedro Emeief Carlos Drummond de Andrade

Ler além da sala de aula. Prof.ª Marcia Regina Malfatti Pedro Emeief Carlos Drummond de Andrade Ler além da sala de aula Prof.ª Marcia Regina Malfatti Pedro Emeief Carlos Drummond de Andrade Nossa conversa de hoje... Para que serve o Livro e a Leitura Ampliando e Aprendendo Organizando Ideias, superando

Leia mais

A porta e o zíper. Meu desejo: AMOR VERDADEIRO

A porta e o zíper. Meu desejo: AMOR VERDADEIRO UNIDADE 6: A porta e o zíper. Meu desejo: AMOR VERDADEIRO 1ºESO 4º ESO O amor é um caminho. Cada etapa é importante. Não tem que queimar etapas. Estar noivos: conhecer-nos e conhecer juntos o amor verdadeiro

Leia mais

Dicas Crie um estilo pessoal

Dicas Crie um estilo pessoal Introdução Esse mini ebook foi feito especialmente para você que deseja conquistar lindas mulheres. Nas próximas páginas será compartilhado dicas práticas para que você conquiste mulheres de forma mais

Leia mais

1ª edição Projeto Timóteo Como Pregar Mensagens Bíblicas Apostila do Orientador

1ª edição Projeto Timóteo Como Pregar Mensagens Bíblicas Apostila do Orientador Como Pregar Mensagens Bíblicas Projeto Timóteo Apostila do Orientador Como Pregar Mensagens Bíblicas Projeto Timóteo Coordenador do Projeto Dr. John Barry Dyer Equipe Pedagógica Marivete Zanoni Kunz Tereza

Leia mais

69) Acrescentar uma mensagem de VALOR INVÁLIDO no exercício [68], caso o segundo valor informado seja ZERO.

69) Acrescentar uma mensagem de VALOR INVÁLIDO no exercício [68], caso o segundo valor informado seja ZERO. Exercícios 65 ao 72 - Estrutura de Repetição: Enquanto 65) Escreva um algoritmo para ler um valor entre 1 (inclusive) e 10 (inclusive). Se o valor lido não estiver entre 1 (inclusive) e 10 (inclusive),

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 1º ANO

LÍNGUA PORTUGUESA 1º ANO Escutar para aprender e construir conhecimentos LÍNGUA PORTUGUESA 1º ANO COMPREENSÂO DO ORAL Prestar atenção ao que ouve de modo a tornar possível: -apropriar-se de padrões de entoação e ritmo; - memorizar

Leia mais

Concurso Público Osasco PEB I SLIDES Prof. Amarildo Vieira

Concurso Público Osasco PEB I SLIDES Prof. Amarildo Vieira Concurso Público Osasco PEB I - 2017 SLIDES Prof. Amarildo Vieira PEDAGOGO UNIb ESPECIALIZAÇÃO EM DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR PUC/SP BACHARELANDO EM DIREITO Uninove DIRETOR DE ESCOLA PMSP/SP PROFESSOR

Leia mais

Questionário. 1. Tem algum projeto pedagógico escrito? Sim: Não: Se não em que documento baseia o seu trabalho:

Questionário. 1. Tem algum projeto pedagógico escrito? Sim: Não: Se não em que documento baseia o seu trabalho: Questionário Projeto pedagógico 1. Tem algum projeto pedagógico escrito? Sim: Não: Se não em que documento baseia o seu trabalho: 2. O projeto pedagógico inclui objetivos para o domínio da linguagem oral

Leia mais

6 Dicas para Ter uma Conversa Interessante Em Encontros

6 Dicas para Ter uma Conversa Interessante Em Encontros 6 Dicas para Ter uma Conversa Interessante Em Encontros Saiba como ter uma conversa agradável que conquiste o homem Eu imagino que você possa provavelmente estar rindo e pensando, Eu nunca tive problemas

Leia mais

Para te acolher no meu abraço

Para te acolher no meu abraço financiado por: Biblioteca Municipal da Chamusca Ruy Gomes da Silva Largo Vasco da Gama 2140-079 Chamusca Telf: 249 768 244 bib-chamusca@sapo.pt http://rcbp.dglb.pt/pt/bibliotecas/sites/bm_chamusca (A)Braços

Leia mais

Profª Daniela Cartoni

Profª Daniela Cartoni Etapa da Negociação Planejamento, estratégias e táticas Profª Daniela Cartoni daniela_cartoni@yahoo.com.br Etapas da negociação Uma negociação é um processo de comunicação interativa que pode ocorrer quando

Leia mais

Potenciar o desenvolvimento de uma rede nacional de volutariado na área da leitura. Apoiar iniciativas; Estimular a adesão de voluntários:

Potenciar o desenvolvimento de uma rede nacional de volutariado na área da leitura. Apoiar iniciativas; Estimular a adesão de voluntários: O Projeto Um projeto de cidadania Missão Potenciar o desenvolvimento de uma rede nacional de volutariado na área da leitura. Objetivos Apoiar iniciativas; Estimular a adesão de voluntários: Disponibilizar

Leia mais

www. brunopinheiro.me

www. brunopinheiro.me >>SE VOCÊ ESTA PENSANDO EM ENTRAR NA INTERNET PENSANDO EM VENDER, VAI SE DAR MAL >> ENTRE PENSANDO EM CONQUISTAR CLIENTES CONQUISTE, EDUCANDO-OS >> QUANDO VOCÊ CONQUISTA UM CLIENTE, VOCÊ TEM UM MULTICOMPRADOR

Leia mais

Números pares e ímpares

Números pares e ímpares Números pares e ímpares 1 O que tem neste Capítulo Todos os números inteiros são divididos em dois grupos pares e ímpares. Eles se seguem um ao outro em ordem ímpar, par, ímpar, par, como os números das

Leia mais

Prefácio 7. Sobre o autor 109 SUMÁRIO. Capítulo um: Silêncio e calma 11. Capítulo dois: Além da mente pensante 19. Capítulo três: O eu autocentrado 31

Prefácio 7. Sobre o autor 109 SUMÁRIO. Capítulo um: Silêncio e calma 11. Capítulo dois: Além da mente pensante 19. Capítulo três: O eu autocentrado 31 SUMÁRIO Prefácio 7 Capítulo um: Silêncio e calma 11 Capítulo dois: Além da mente pensante 19 Capítulo três: O eu autocentrado 31 Capítulo quatro: O Agora 41 Capítulo cinco: Quem você realmente é 49 Capítulo

Leia mais

COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo

COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo Preencha este horário segundo a distribuição de tempo que você tem a intenção de fazer: Pinte de vermelho o tempo ocupado em aulas; Pinte

Leia mais

Se os pais constatam erros ortográficos, na escrita de seus filhos, como proceder? (de 2º ao 5º ano)

Se os pais constatam erros ortográficos, na escrita de seus filhos, como proceder? (de 2º ao 5º ano) ( 1 ) Página Introdução 3 Para que serve a lição de casa? 4 Qual a periodicidade e quantidade de lição de casa? 4 Como é a lição de casa? 5 Como a lição de casa é apresentada para os alunos? 5 Como é a

Leia mais

Os Principais Tipos de Objeções

Os Principais Tipos de Objeções Os Principais Tipos de Objeções Eu não sou como você" Você tem razão, eu não estou procurando por pessoas que sejam como eu. Sou boa no que faço porque gosto de mim como eu sou. Você vai ser boa no que

Leia mais

VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS?

VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS? VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS? Você sente que está patinando em seu conhecimento de inglês? Essa sensação é bastante comum. Na verdade, no começo do curso sentimos que estamos tendo

Leia mais

Todo aquele material me pareceu inútil, posso garantir que não me ajudou em absolutamente nada, muito menos no

Todo aquele material me pareceu inútil, posso garantir que não me ajudou em absolutamente nada, muito menos no 1 Introdução Quando eu virei corretor de imóveis, tive a falsa impressão que se tratava de uma profissão fácil. Passei rapidamente nos testes do curso de formação, em apenas dez dias recebi a minha carteira

Leia mais

COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA

COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA Trechos selecionados do livro Estratégias poderosas para fazê-la voltar para você. www.salveseucasamento.com.br Mark Love E-book gratuito Esse e-book gratuito é composto de

Leia mais

Eckhart Tolle O PODER DO SILÊNCIO

Eckhart Tolle O PODER DO SILÊNCIO Eckhart Tolle O PODER DO SILÊNCIO SUMÁRIO Prefácio 7 CAPÍTULO UM Silêncio e calma 11 CAPÍTULO DOIS Além da mente pensante 16 CAPÍTULO TRÊS O eu autocentrado 24 CAPÍTULO QUATRO O Agora 31 CAPÍTULO CINCO

Leia mais

Modelo de Webinário Rafael Albertoni

Modelo de Webinário Rafael Albertoni Modelo de Webinário Rafael Albertoni Este modelo consiste em um webinário dividido em 3 partes principais, Introduçao Conteúdo e Oferta. Veja abaixo como criar cada slide, passo a passo com o exemplo de

Leia mais

Entrevista de Início. Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo

Entrevista de Início. Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo Entrevista de Início Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo Agendei uma entrevista e agora???????? Prepare seu material de maneira organizada, eficaz, objetiva e simples; Esteja

Leia mais

PENSAMENTOS LEITORES Pensamentos leitores JUNTOS PELA LEITURA. Pensamentos Leitores

PENSAMENTOS LEITORES Pensamentos leitores JUNTOS PELA LEITURA. Pensamentos Leitores Pensamentos leitores JUNTOS PELA LEITURA Pensamentos Leitores 3 Pensamentos leitores EDIÇÃO BRASILEIRA SÃO PAULO, JUNHO DE 2016. AUTORAS Alda Beraldo Lucinha Magalhães Marília Novaes Sandra M. M. Medrano

Leia mais

Dê um ponto para cada, permitindo respostas como Lula; Juscelino;J.K; Bush; Kennedy.

Dê um ponto para cada, permitindo respostas como Lula; Juscelino;J.K; Bush; Kennedy. EXAME COGNITIVO DE ADDENBROOKE VERSÃO REVISADA Título original: Addenbrooke s Cognitive Examination - Revised(ACE-R) Referências bibliográficas Versão original: Mioshi E, Dawson K, Mitchell J, Arnold R,

Leia mais

CONTAR UMA HISTÓRIA É DAR UM PRESENTE DE AMOR.

CONTAR UMA HISTÓRIA É DAR UM PRESENTE DE AMOR. CONTAR UMA HISTÓRIA É DAR UM PRESENTE DE AMOR. LEWIS CARROL Elaborado pelas assessoras Patrícia Ribeiro e Rosinara Nascimento, em 2011, nas oficinas pedagógicas para as educadoras, ocorridas nas Livrarias

Leia mais

Como Ler um Livro. Jacques Philippe Sauvé. UFPB/DSC

Como Ler um Livro. Jacques Philippe Sauvé. UFPB/DSC Como Ler um Livro Jacques Philippe Sauvé UFPB/DSC jacques@dsc.ufpb.br A Referência How to Read a Book Mortimer J. Adler e Charles Van Doren Simon Schuster 1940 (bestseller durante 1 ano) 1972 (segunda

Leia mais

Sumário. Organizar 1 Motivar alunos sem hábitos de leitura 3 Discutir à volta das leituras realizadas 5 Sessões de leitura 7 Saber mais 8

Sumário. Organizar 1 Motivar alunos sem hábitos de leitura 3 Discutir à volta das leituras realizadas 5 Sessões de leitura 7 Saber mais 8 Clube de leitura Sumário Clube de leitura Editor Design gráfico Autor fevereiro de 2015 CDU 027.8 028 Rede de Bibliotecas Escolares Travessa Terras de Sant Ana, 15 1250-269 Lisboa http://www.rbe.mec.pt

Leia mais

Resolvendo sistemas. Nas aulas anteriores aprendemos a resolver

Resolvendo sistemas. Nas aulas anteriores aprendemos a resolver A UA UL LA Resolvendo sistemas Introdução Nas aulas anteriores aprendemos a resolver equações de 1º grau. Cada equação tinha uma incógnita, em geral representada pela letra x. Vimos também que qualquer

Leia mais

Treinamento de Abordagem, Agendamento e Vendas: Dicas Práticas!!! Diretora Executiva Renata Dolabella Unidade Bella s Abençoadas

Treinamento de Abordagem, Agendamento e Vendas: Dicas Práticas!!! Diretora Executiva Renata Dolabella Unidade Bella s Abençoadas Treinamento de Abordagem, Agendamento e Vendas: Dicas Práticas!!! Diretora Executiva Renata Dolabella Unidade Bella s Abençoadas NADA acontece até que alguém venda alguma coisa O QUE VOCÊ TEM VENDIDO?!

Leia mais

PLANEJAMENTO (Identidade) Professor (a): Vanessa Magnan

PLANEJAMENTO (Identidade) Professor (a): Vanessa Magnan Professor (a): Vanessa Magnan PLANEJAMENTO (Identidade) Competências: Objetivos: Leitura, Oralidade, Escrita Compreender a importância do nome; Descobrir o prazer e o interesse pela leitura e pela escrita;

Leia mais

Você já ouviu a história de uma tal "garota legal"? Bem, se não, deixeme contar uma história:

Você já ouviu a história de uma tal garota legal? Bem, se não, deixeme contar uma história: Você já ouviu a história de uma tal "garota legal"? Bem, se não, deixeme contar uma história: Uma garota legal é alguém que se dedica de alma e coração em um relacionamento. Ela é alguém que poderia esperar

Leia mais

Roteiro para análise do filme Escritores da. Liberdade

Roteiro para análise do filme Escritores da. Liberdade Roteiro para análise do filme Escritores da Liberdade É importante reforçar que toda a comunidade escolar é responsável e participante no processo educativo e que a ação dos funcionários na escola é, sobretudo,

Leia mais

Obrigada pela presença. Bem-vindas!

Obrigada pela presença. Bem-vindas! Obrigada pela presença Bem-vindas! Conquistando TUDO com inícios qualificados constantes! Primeiro me responda: Você está feliz na Mary Kay? Você está sempre em dia com as novidades que a empresa lança?

Leia mais

Dicas sobre produção mediática: A produção de uma entrevista para o média escolar

Dicas sobre produção mediática: A produção de uma entrevista para o média escolar Sobre este documento Este documento tem por objetivo dar algumas sugestões e dicas acerca da produção de um trabalho jornalístico, nas suas diferentes fases, tendo em conta o contexto educativo e o enquadramento

Leia mais

QUESTIONÁRIO 1º CICLO

QUESTIONÁRIO 1º CICLO QUESTIONÁRIO 1º CICLO Numeração do Questionário Caro(a) aluno(a) Venho convidar-te a participar num estudo sobre Gestão de tempo e Desempenho escolar no Ensino Básico. Peço-te por este motivo, que respondas

Leia mais

Você encara a negociação como uma disputa? A vitória está em como você lida com essa situação.

Você encara a negociação como uma disputa? A vitória está em como você lida com essa situação. www.agendor.com.br Você encara a negociação como uma disputa? A vitória está em como você lida com essa situação. www.agendor.com.br Jogue fora a ideia de que negociar significa baixar seus preços para

Leia mais

Anexo A Escala de Autoconceito

Anexo A Escala de Autoconceito Anexo A Escala de Autoconceito - Piers-Harris Children s Self-Concept Scale - Orientações para Administração ESCALA DE AUTO-CONCEITO (Piers-Harris Children s Self-Concept Scale 2) Nome: Idade: Data de

Leia mais

A leitura inspira, transforma e abre horizontes

A leitura inspira, transforma e abre horizontes A leitura inspira, transforma e abre horizontes A leitura é uma janela voltada para o infinito de descobertas e compreensão sobre o mundo. A formação do leitor se dá de forma contínua: a toda hora nascem

Leia mais

O canteiro dos livros

O canteiro dos livros LER a partir dos 6 anos GUIA DE LEITURA MARIAALZIRACABRAL O canteiro dos livros JOSÉ JORGE LETRIA Ilustrações de Carla Nazareth Apresentação da obra A história d O Canteiro dos Livros começa com um facto

Leia mais

Especial Formação. Professor

Especial Formação. Professor Especial Formação Professor Especial Formação de Professor Por Beatriz Tavares de Souza* Como ser amigo Um livro sobre amizade Autor: Molly Wigand Ilustrações: Anne FitzGerald Elaboração do Projeto: Beatriz

Leia mais

2º ano Planificação do 1º período Português

2º ano Planificação do 1º período Português Unidade 1 - Setembro 2º ano Planificação do 1º período Português Domínio Objetivos Descritores de desempenho Conteúdos Leitura 1. Escutar discursos breves para aprender e construir conhecimentos. Conhecer

Leia mais

DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor

DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor A seguir são propostos alguns procedimentos que, caso sejam exercitados cotidianamente, podem ser muito eficientes para o desenvolvimento

Leia mais

RITA RAPOSO - PSICÓLOGA EDUCACIONAL

RITA RAPOSO - PSICÓLOGA EDUCACIONAL RITA RAPOSO - PSICÓLOGA EDUCACIONAL índice 1. Causas do insucesso 2. Boas práticas parentais 3. Criar uma rotina de estudo 4. Gestão do tempo de estudo 5. Regras na planificação do estudo 6. Regras para

Leia mais

TABUADA DAS OBJEÇÕES

TABUADA DAS OBJEÇÕES TABUADA DAS OBJEÇÕES Você já sentiu acuada, sem palavras ao ouvir alguma objeção de sua potencial iniciada!? As pessoas que você vai abordar são tão especiais quanto você e se elas disserem não, lembre-se

Leia mais

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL)

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) Professor (a): NOME DO LIVRO: O MUNDINHO DE BOAS ATITUDES AUTOR:INGRID BIESEMEYER BELLINGHAUSEN Competências Perceber a importância do auto respeito. Desenvolver o senso critico.

Leia mais

SESSÃO 1: Descobrindo Seus Sonhos

SESSÃO 1: Descobrindo Seus Sonhos CURRÍCULO DO PROGRAMA SESSÃO 1: Descobrindo Seus Sonhos Iniciando o currículo do Sonhe, Realize, o objetivo desta sessão é começar estabelecer um espaço seguro e acolhedor para as participantes, começar

Leia mais

O SEGREDO ESTÁ AQUI! 4 PASSOS DEFINITIVOS PARA O SUCESSO

O SEGREDO ESTÁ AQUI! 4 PASSOS DEFINITIVOS PARA O SUCESSO http://principiosdesucesso.com O SEGREDO ESTÁ AQUI! 4 PASSOS DEFINITIVOS PARA O SUCESSO Sumário Você sabia que os hábitos que temos são chamados de paradigmas?... 3 Que hábitos são esses?... 5 Aprenda

Leia mais

O LIVRO DAS ADIVINHAÇÕES

O LIVRO DAS ADIVINHAÇÕES TEXTO RENATA PALLOTTINI ILUSTRAÇÕES WALTER ONO O LIVRO DAS ADIVINHAÇÕES SUGESTÕES PARA O PROFESSOR USO EXCLUSIVO DO PROFESSOR. VENDA PROIBIDA. ELABORAÇÃO: ANA PAULA DIAS TORRES NEUZA SANCHEZ GUELLI 1 ANTES

Leia mais

Agrupamento de Escolas Piscinas Olivais PORTUGUÊS. Planificação Anual / Mensal 2º ANO

Agrupamento de Escolas Piscinas Olivais PORTUGUÊS. Planificação Anual / Mensal 2º ANO Agrupamento de Escolas Piscinas Olivais PORTUGUÊS Planificação Anual / Mensal 2º ANO 2014/2015 Agrupamento PARA O de Escolas Piscinas - Olivais PLANIFICAÇÃO ANUAL / MENSAL DE PORTUGUÊS 2º ANO 1.º PERÍODO

Leia mais

Lição: O Polo Norte, o Polo Sul e a linha do Equador

Lição: O Polo Norte, o Polo Sul e a linha do Equador 1ª Série Lição: O Polo Norte, o Polo Sul e a linha do Equador Social Studies Standard(s): Standard III, Objective 2 Objetivo(s) do Conteúdo Curricular: Os alunos identificarão o Polo Norte, o Polo Sul

Leia mais

Porque crescer na carreira?

Porque crescer na carreira? Porque crescer na carreira? PODER VERMELHO NOITE DO PIJAMA Crédito Mary Kay Você VIP no VIVA 2018 Bônu$ Lifestyle Reconhecimentos SEUS SONHOS NOSSA MISSÃO Encontre suas novas consultoras...... em suas

Leia mais

3.5 Como preparar & organizar uma lição sobre a Bíblia?

3.5 Como preparar & organizar uma lição sobre a Bíblia? 3.5 Como preparar & organizar uma lição sobre a Bíblia? 1 3.5 Como preparar & organizar uma lição sobre a Bíblia? Você deve estar aprendendo muitas maneiras novas para ensinar. Se quiser utilizar esses

Leia mais

DICAS PARA ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO E SE PREPARAR PARA ENTREVISTAS. Dilze Percilio Presidente da ABRH GO; Diretora da APOIO Consultoria de Negócios

DICAS PARA ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO E SE PREPARAR PARA ENTREVISTAS. Dilze Percilio Presidente da ABRH GO; Diretora da APOIO Consultoria de Negócios DICAS PARA ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO E SE PREPARAR PARA ENTREVISTAS Dilze Percilio Presidente da ABRH GO; Diretora da APOIO Consultoria de Negócios Cenário As organizações atualmente têm sido bastante exigentes

Leia mais

Você tem os componentes necessários para ser um expert em vendas difíceis, ou só tira pedidos fáceis?

Você tem os componentes necessários para ser um expert em vendas difíceis, ou só tira pedidos fáceis? www.agendor.com.br Você tem os componentes necessários para ser um expert em vendas difíceis, ou só tira pedidos fáceis? A tarefa de se tornar um vendedor excepcional precisa ser colocada em prática durante

Leia mais

1) Devemos proceder a primeira leitura de reconhecimento ininterrupta.

1) Devemos proceder a primeira leitura de reconhecimento ininterrupta. TRABALHOS CIENTÍFICOS ACADÊMICOS Muitas vezes, o estudante ou pesquisador, ao ser abordado para fazer um trabalho científico acadêmico, tem muitas dificuldades de diferenciar as características quanto

Leia mais

7 Passos para um Conteúdo Incrível

7 Passos para um Conteúdo Incrível 7 Passos para um Conteúdo Incrível 7 Passos para um Conteúdo Incrível Olá, Meu nome é Tamiris Cristina, sou criadora do Nova Vida Digital, Fico muito feliz por você esta nos companhado. Estou aqui com

Leia mais

TOTAL DE PÁGINAS DA EDIÇÃO: 92

TOTAL DE PÁGINAS DA EDIÇÃO: 92 A edição de setembro vai estimular seu olfato! Lições que trazem o cheiro como assunto principal Do cheiro de flor ao chulé, atividades prontas para usar Estimule a criatividade dos alunos pedindo um roteiro

Leia mais

De consultora a DIQ Conquistando TUDO com inícios qualificados constantes!

De consultora a DIQ Conquistando TUDO com inícios qualificados constantes! De consultora a DIQ Conquistando TUDO com inícios qualificados constantes! Diretora Sênior de Vendas Independente Zulma Ramires Sonhos e Metas Claras Sonhar Fé Decidida Planejamento Disciplina Um Negócio

Leia mais

Ficha de Apoio Ser um Aluno Exemplar. Disciplina de Formação Pessoal e Social (FPS)

Ficha de Apoio Ser um Aluno Exemplar. Disciplina de Formação Pessoal e Social (FPS) Ficha de Apoio Ser um Aluno Exemplar Disciplina de Formação Pessoal e Social (FPS) Professor Humberto Santos Ano-lectivo 2007/08 Escola Secundária de Achada Grande Praia/Cabo Verde Atitudes e comportamentos

Leia mais

a cobronça, a princesa e a supresa

a cobronça, a princesa e a supresa projeto pedagógico a cobronça, a princesa e a supresa Rua Tito, 479 Lapa São Paulo SP CEP 05051-000 divulgação escolar (11) 3874-0884 divulga@melhoramentos.com.br Fê ilustrações e Celso Linck www.editoramelhoramentos.com.br

Leia mais

Como fazer boas perguntas?

Como fazer boas perguntas? Adaptação do ensino aos vários estilos de aprendizagem 1 Por que fazer perguntas? Como fazer boas perguntas? Para testar a memória ou o entendimento dos alunos Para motivar os alunos a ouvir e prestar

Leia mais

Após um dia longo no trabalho, os pais ainda se veem diante de mais um compromisso: apoiar os filhos na realização da lição de casa. E o cansaço que s

Após um dia longo no trabalho, os pais ainda se veem diante de mais um compromisso: apoiar os filhos na realização da lição de casa. E o cansaço que s Após um dia longo no trabalho, os pais ainda se veem diante de mais um compromisso: apoiar os filhos na realização da lição de casa. E o cansaço que surge neste momento faz muitos se perguntarem por que,

Leia mais

o menino transparente

o menino transparente projeto pedagógico o menino transparente Rua Roma, 90 Edifício Roma Business 7 o andar Lapa São Paulo SP CEP 05050-090 divulgação escolar (11) 3874-0884 divulga@melhoramentos.com.br www.editoramelhoramentos.com.br

Leia mais

O método interrogativo. António Rosado

O método interrogativo. António Rosado O método interrogativo António Rosado O método Interrogativo Baseia-se na aprendizagem com base em perguntas feitas ao formando e posterior correcção do formador. Método demorado e muito exigente. Pode

Leia mais

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO RECRUTAMENTO E SELEÇÃO O SUCESSO DA SUA FUTURA UNIDADE COMEÇA EM RECRUTAR AS PESSOAS CERTAS INTRODUÇÃO A entrevista não é uma prova de força ou um exercício para o ego. É uma chance para que você encontre

Leia mais

Programa de Português Nível A1 Ensino Português no Estrangeiro. Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP

Programa de Português Nível A1 Ensino Português no Estrangeiro. Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP Programa de Português Nível A1 Ensino Português no Estrangeiro Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP Direção de Serviços de Língua e Cultura Composição Gráfica: Centro Virtual Camões Ilustrações:

Leia mais

Como multiplicar a liderança da célula?

Como multiplicar a liderança da célula? Como multiplicar a liderança da célula? Se você não desenvolver novos auxiliares, o seu ministério provavelmente vai terminar. Ao desenvolver auxiliares, você verá o seu ministério sendo multiplicado muitas

Leia mais

Técnicas de Memorização para A Bíblia e Qualquer Assunto

Técnicas de Memorização para A Bíblia e Qualquer Assunto Técnicas de Memorização para A Bíblia e Qualquer Assunto VERSICULODODIA.COM Introdução Neste simples e-book você terá acesso à 5 técnicas infalíveis de memorização que podem ser aplicadas para memorizar

Leia mais

Hoje, vão ser decididos os temas das aulas. Escolha 7 temas que você deseja conversar / escrever junto com o instrutor. Os temas das aulas, serão os t

Hoje, vão ser decididos os temas das aulas. Escolha 7 temas que você deseja conversar / escrever junto com o instrutor. Os temas das aulas, serão os t A Apresente-se para uma pessoa que você está encontrando pela primeira vez dizendo seu nome, país de origem, cidade onde nasceu, qual o seu trabalho, onde mora, etc. Apresente-se para uma pessoa que você

Leia mais

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar?

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar? Hábitos de Estudo Queridos alunos, Você sabe estudar? Estudar deve ser um hábito como escovar os dentes, comer e dormir? Qual o lugar apropriado para estudar? É adequado estudar da mesma forma para as

Leia mais

! Tipos de Entrevistas e Tipos de Questões. ! Técnicas de Entrevista! Aspectos Práticos

! Tipos de Entrevistas e Tipos de Questões. ! Técnicas de Entrevista! Aspectos Práticos Agenda! Tipos de Entrevistas e Tipos de Questões Entrevistas! Técnicas de Entrevista! Aspectos Práticos Cleidson de Souza Departamento de Informática Universidade Federal do Pará Entrevistas! Abordagem

Leia mais

7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL

7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL 7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL É preciso ensinar o filho a ter responsabilidade desde cedo: O quarto do seu filho é uma bagunça sem fim? Ele vive perdendo os materiais escolares ou quebrando seus

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR Ensine aos seus alunos a importância de poupar e a diferença entre querer e precisar, com este divertido gibi da Visa e da Marvel.

MANUAL DO PROFESSOR Ensine aos seus alunos a importância de poupar e a diferença entre querer e precisar, com este divertido gibi da Visa e da Marvel. MANUAL DO PROFESSOR Ensine aos seus alunos a importância de poupar e a diferença entre querer e precisar, com este divertido gibi da Visa e da Marvel. VISÃO GERAL Aula baseada no gibi O Poderoso Plano

Leia mais

Sequência Letra Cursiva

Sequência Letra Cursiva Sequência Letra Cursiva 2º ano Destacamos que na 1º ano os alunos tiveram contato com diferentes tipos de letra, inclusive a letra cursiva. Inicialmente, trabalhar somente com as letras minúsculas, de

Leia mais

O CASAMENTO DO RATO COM A FILHA DO BESOURO

O CASAMENTO DO RATO COM A FILHA DO BESOURO O CASAMENTO DO RATO COM A FILHA DO BESOURO Veja abaixo a sequência didática para trabalhar o livro O casamento do Rato com a filha do Besouro com o 1º Ano do Ensino Fundamental. PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO

Leia mais

CARREIRA COMERCIAL CHAVES PARA O CRESCIMENTO DE EQUIPE DISSOLVENDO OBJEÇÕES

CARREIRA COMERCIAL CHAVES PARA O CRESCIMENTO DE EQUIPE DISSOLVENDO OBJEÇÕES CARREIRA COMERCIAL CHAVES PARA O CRESCIMENTO DE EQUIPE DISSOLVENDO OBJEÇÕES Dicas para lidar com objeções para agendamento Demonstre o seu ENTUSIASMO Não leve para o lado pessoal as objeções levantadas.

Leia mais

Lição 1: Incrível Mudança

Lição 1: Incrível Mudança A história fantástica de Deus continua do Velho Testamento até o Novo Testamento. Nós começamos ouvindo como as profecias da promessa de um Salvador oram totalmente cumpridas quando Deus mandou Seu Filho,

Leia mais

Capítulo 1 1ª Fase Objectivos e Conteúdos

Capítulo 1 1ª Fase Objectivos e Conteúdos Capítulo 1 1ª Fase Objectivos e Conteúdos 1.1 Objectivos Após a primeira fase do ICCLE (sigla inglesa para Curriculum Internacional para o Ensino da Língua Chinesa) os estudantes compreendem definições

Leia mais

Grelha de Avaliação Oral (a preencher pelo professor)

Grelha de Avaliação Oral (a preencher pelo professor) 1 Grelha de Avaliação Oral (a preencher pelo professor) Compreende as instruções do professor Compreende enunciados orais simples Compreende enunciados orais complexos Escuta atentamente COMPREENSÃO O

Leia mais

Plano de Aula Menina Bonita do Laço de Fita.

Plano de Aula Menina Bonita do Laço de Fita. Plano de Aula Menina Bonita do Laço de Fita. Este Plano de Aula Menina Bonita do Laço de Fita é um excelente recurso para trabalhar o Dia da Consciência Negra que é comemorado em 20 de novembro em todo

Leia mais

Semana 4 Curso Propósito Observação Pausa Aceitação - Jogo pt1

Semana 4 Curso Propósito Observação Pausa Aceitação - Jogo pt1 Más noticias e boas noticias ou só noticias, tu decides. Atrasado ou avançado, tu decides. Quando entramos no jogo da comparação (que na realidade, quando bem jogado até pode ser um jogo bem divertido)

Leia mais

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008 Universal Entrada 2008 Programa Programa - Manual do Aplicador Teste Universal - 2008 Teste Cognitivo Leitura/Escrita e Matemática Caro alfabetizador(a): Se você está recebendo este material, é porque

Leia mais

HIPÓTESES DE ESCRITA Certezas Provisórias. Dúvidas Temporárias

HIPÓTESES DE ESCRITA Certezas Provisórias. Dúvidas Temporárias HIPÓTESES DE ESCRITA Certezas Provisórias Todas as crianças passam por níveis de hipóteses conceituais de escrita até atingirem a alfabetização: Uns alunos são mais rápidos que outros para se alfabetizarem;

Leia mais

Bullying. Psiquilíbrios

Bullying. Psiquilíbrios Psiquilíbrios Bullying Cada vez mais conhecido entre crianças e adultos, o bullying é um fenómeno que merece especial atenção. Muitos alunos já estiveram envolvidos em incidentes de bullying, quer como

Leia mais

Revisão da literatura / Fundamentação teórica

Revisão da literatura / Fundamentação teórica Revisão da literatura / Fundamentação teórica Reunir obras relevantes Descrever o objeto analisado Expôr o que se pensa sobre o objeto Criticar o que se pensa sobre o objeto Página 1 PARTES PRINCIPAIS

Leia mais

Novo Programa de Português do Ensino Básico SD2_ANOS1/2. Quando for grande quero ser... 1.º ano

Novo Programa de Português do Ensino Básico SD2_ANOS1/2. Quando for grande quero ser... 1.º ano Quando for grande quero ser... 1.º ano 1 Apresentação 1. Nome da sequência: Quando for grande quero ser... 2. Ano de escolaridade: 1.º ano/ 2.º ano 3. Duração estimada: 1 semana 4. Competências: (Cf. Roteiro)

Leia mais