CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE DE SEGURO DE VIDA EM GRUPO. Anexo à Proposta/Apólice de Seguro de Vida em Grupo n.º Estipulante:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE DE SEGURO DE VIDA EM GRUPO. Anexo à Proposta/Apólice de Seguro de Vida em Grupo n.º Estipulante:"

Transcrição

1 CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE DE SEGURO DE VIDA EM GRUPO Anexo à Proposta/Apólice de Seguro de Vida em Grupo n.º Estipulante: 1. OBJETIVO DO SEGURO 1.1. O seguro tem por objetivo garantir o pagamento do Capital Segurado estabelecido na Apólice, aos beneficiários de que trata a Cláusula 17, estando a Apólice e a respectiva cobertura individual em vigor na data do óbito do Segurado. 2. ÂMBITO GEOGRÁFICO DA COBERTURA 2.1. A cobertura deste seguro se estende por todo o globo terrestre. 3. GARANTIA DO SEGURO 3.1. A garantia básica da Apólice é o pagamento do Capital Segurado no caso de morte do participante, qualquer que seja a causa determinante, desde que não abrangida pela Cláusula 4 - RISCOS EXCLUÍDOS. 4. RISCOS EXCLUÍDOS 4.1. Estão excluídos da cobertura do seguro, os eventos ocorridos em conseqüência: do uso de material nuclear para quaisquer fins, incluindo a explosão nuclear provocada ou não, bem como a contaminação radioativa, ou a exposição a radiações nucleares ou ionizantes; de atos ou operações de guerra, declarada ou não, de guerra química ou bacteriológica, de guerra civil, de guerrilha, de revolução, agitação, motim, revolta, sedição, sublevação ou outras perturbações da ordem pública e delas decorrentes; e de doenças preexistentes à contratação do seguro, não declaradas no cartão-proposta, quando este for exigido.

2 5. ESTIPULANTE 5.1. Denomina-se Estipulante a pessoa jurídica que contrata o seguro, ficando investido dos poderes de representação dos Segurados perante a Seguradora. 6. SEGURADOS 6.1. Denomina-se Segurado, os componentes do grupo segurável, que tendo satisfeito às condições para ingresso no seguro, tenham sido aceitos pela Seguradora. 7. GRUPO SEGURÁVEL 7.1. É o conjunto de pessoas, homogêneo em relação a uma ou mais características, expressas por vínculo concreto ao Estipulante e passível de comprovação efetiva O conceito de Grupo Segurável não se aplica aos grupos abertos Grupos abertos são aqueles em que a vinculação do Segurado ao grupo, se dá pela simples adesão à respectiva Apólice de seguro e como tal enquadrados na classe C, abaixo referida. 8. CLASSES DE GRUPOS SEGURÁVEIS 8.1. De acordo com a natureza do vínculo dos componentes com Estipulante, os grupos são classificados conforme abaixo: Classe A - Grupos constituídos exclusivamente por componentes de uma ou mais categorias específicas de empregados de um mesmo empregador; Classe B - Grupos constituídos exclusivamente por membros de associações legalmente constituídas, em que o pagamento dos prêmios individuais seja procedido somente através de desconto em folha de salário, com exceção do previsto no subitem 8.5, abaixo: Classe C - Grupos de proponentes vinculados a pessoas jurídicas, que admitam a estipulação do seguro através de estatuto, ou de decisão administrativa Equipara-se ao empregador a entidade fechada de previdência privada As Apólices da classe A podem abranger empresas coligadas, controladas e subsidiárias integrais do Estipulante, de acordo com a lei das Sociedades Anônimas.

3 8.4. Os grupos constituídos por membros de associações que congreguem exclusivamente empregados de um mesmo empregador, ou de um grupo de empresas, conforme o subitem 8.3, são considerados como de classe A São incluídos na classe B, as entidades de classe em que haja seleção profissional, não se exigindo nesse caso, o sistema de pagamento mediante desconto em folha. 9. GRUPO SEGURADO 9.1. É, em qualquer época, o conjunto de componentes do Grupo Segurável, que tendo satisfeito a todas as condições exigíveis para inclusão na Apólice, tenham sido aceitos pela Seguradora e cuja cobertura esteja em vigor. 10. CONDIÇÕES DE ACEITAÇÃO DE SEGURADOS Aceitação no grupo inicial - todos os componentes do grupo segurável, em plena atividade funcional na data do início da respectiva cobertura, que tenham sido aceitos pela Seguradora e incluídos na Apólice quando de sua emissão; Aceitação por inclusão posterior: Sem prova de saúde - todos os componentes do Grupo Segurável, em plena atividade funcional, que solicitarem a inclusão na Apólice até 90 dias contados da data em que se tornarem seguráveis e aceitos pela Seguradora Somente com prova de saúde satisfatória, a critério da Seguradora, todos os componentes do grupo segurável, que solicitarem a inclusão fora das condições acima, atendida a condição de plena atividade funcional Nas Apólices dos grupos da classe C, a inclusão será solicitada mediante declaração pessoal de saúde, ou a critério da Seguradora, com o resultado satisfatório, a juízo desta, de exames de saúde, ou de outras exigências seletivas A Seguradora poderá abrir mão do preenchimento do cartão-proposta e também da prova de saúde, quando as inclusões decorrem de campanhas de agenciamento por ela promovidas Os aposentados por outros motivos que não a invalidez por doença poderão ser incluídos na Apólice, mediante pagamento dos prêmios através de cobranças individuais.

4 11. INÍCIO DA COBERTURA INDIVIDUAL Considera-se como data de início do seguro, para qualquer proponente aceito: A data de início de vigência da Apólice, para os proponentes que tiverem solicitado a inclusão até essa data e incluídos quando da respectiva emissão O dia de vencimento mensal da Apólice, subseqüente à data em que o proponente aceito houver efetuado o pagamento do respectivo prêmio A reinclusão de Segurados observará o disposto no subitem acima Em qualquer caso, a cobertura do risco bem como o aumento do Capital Segurado, só começará a vigorar se o proponente estiver em plena atividade funcional na data de início do risco, ou do aumento do Capital, ressalvados os seguros dos aposentados aceitos. 12. TÉRMINO DA COBERTURA INDIVIDUAL A cobertura de qualquer Segurado termina: Na data do cancelamento ou da não renovação da Apólice; No vencimento mensal subseqüente à data em que ocorrer o desaparecimento do vínculo entre o Segurado e o Estipulante, ressalvados o seguro de aposentados e dos Segurados que por mútuo acordo for permitido manter a cobertura No vencimento mensal subseqüente à data em que a Seguradora receber comunicação de que o Segurado não deseja continuar no seguro, ou que deixou de contribuir com sua parte no prêmio Automaticamente, sem restituição dos prêmios e ficando a Seguradora isenta de qualquer responsabilidade, na data em que for constatado que o Segurado, seus prepostos ou seus beneficiários, agiram com dolo, fraude, simulação ou culpa grave, na contratação do seguro, ou ainda para obter ou para majorar a indenização Na hipótese prevista no subitem acima, o Segurado poderá continuar coberto pela Apólice, desde que assuma o custo total de sua cobertura.

5 12.3. A aposentadoria do Segurado, ou a interrupção de suas atividades profissionais, por outros motivos que não a invalidez por doença, não produzirá efeito algum com relação à vigência do seguro, enquanto continuarem a ser pagos os prêmios devidos, através do Estipulante. 13. CAPITAL SEGURADO É a importância máxima a ser paga em função do valor estabelecido para a garantia básica do participante, na data do sinistro Poderá haver uma ou mais classes de Capitais, mediante escala fixada em função de fatores objetivos, tais como remuneração, hierarquia, idade e etc A Seguradora poderá recusar, ou aceitar sob restrições ou condições especiais, o Capital Segurado que ultrapassar o resultante da expressão: L = C + 2d, onde: L = Limite máximo do Capital Segurado; C = O Capital médio da garantia básica; e D = O desvio padrão dos capitais da garantia básica do Grupo Segurável ou do Segurado O Capital Segurado referente às garantias previstas na Apólice, poderá ser reajustado nos aniversários do seguro, ou em qualquer data, com base na variação do índice de atualização monetária em vigor, ou outro critério convencionado entre os contratantes O Capital Segurado será também alterado, mediante comunicação do Estipulante, sempre que o Segurado passar para outra das categorias constantes da escala de Capitais Segurados, se previstas na Apólice Os Segurados que se aposentarem durante a vigência da Apólice, por outros motivos que não a invalidez por doença, poderão ser mantidos no seguro, sem redução dos respectivos Capitais Segurados. 14. CÁLCULO DO PRÊMIO O prêmio de cálculo é o resultante da soma dos produtos dos Capitais Segurados de cada participante, pela taxa prevista para a respectiva idade, na tábua de mortalidade aplicada. Da divisão desse prêmio total pela soma dos Capitais Segurados do grupo, resultará a taxa média, que será acrescida dos percentuais fixados para as despesas administrativas e as de comercialização da Apólice.

6 14.2. A taxa média assim determinada será aplicada ao Capital dos participantes da Apólice, com o acréscimo dos emolumentos legais e o somatório desses prêmios constituirá o valor a ser pago para o período de cobertura considerado A taxa média em princípio vigora pelo prazo de um ano e será recalculada no aniversário da Apólice Observada a periodicidade acima, a taxa média será mantida enquanto sua diferença em relação à do novo cálculo, não for superior a 10% (dez por cento). 15. PAGAMENTO DOS PRÊMIOS O valor do prêmio a ser pago para cada período de cobertura de seguro, será indicado ao Estipulante através de Discriminação de Prêmio, da qual conste o número de Segurados e o capital total em vigor, bem como o prêmio global, para a devida conferência O pagamento correspondente será efetuado na rede bancária, até o vencimento indicado no documento de cobrança emitido pela Seguradora e no caso de coincidir com data em que não haja expediente bancário, no primeiro dia útil subseqüente. A quitação manterá a Apólice em vigor até o último dia do período de cobertura mencionado Fica entendido e ajustado que qualquer indenização por força da Apólice, só é devida após o pagamento do prêmio de competência à Seguradora, o qual deverá ser feito no máximo até a data limite prevista no respectivo documento de cobrança No caso do sinistro ocorrer dentro do prazo de pagamento do prêmio sem que este tenha sido efetuado, o direito à indenização não ficará prejudicado se o pagamento for efetuado até o vencimento do prazo Vencido o prazo de cobrança referido nos itens precedentes sem que o prêmio tenha sido pago, a vigência da Apólice ficará automaticamente e de pleno direito cancelada, independente de qualquer interpelação judicial ou extrajudicial, sem que caiba restituição de qualquer parcela de prêmio já paga A critério da Seguradora, a Apólice poderá ser reabilitada, mediante atualização monetária dos prêmios, cobrança de juros e de multa Ocorrendo o pagamento do prêmio após o vencimento indicado no documento de cobrança, o direito a qualquer indenização dependerá de prova de que o prêmio foi quitado antes da ocorrência do sinistro.

7 15.8. Entretanto, nos seguros contributários, ou seja, nos que o Segurado paga parte ou todo o seu prêmio individual, se o Estipulante deixar de recolher os prêmios à Seguradora no prazo devido, os Segurados não serão prejudicados e tal fato não constituirá motivo para o cancelamento da Apólice, uma vez que não caracteriza a inadimplência dos Segurados, ficando o Estipulante sujeito às cominações legais O não pagamento do prêmio pelo Segurado até o vencimento, determinará a suspensão automática da respectiva cobertura individual, que poderá ser reabilitada até 6 meses da interrupção, contra o pagamento do prêmio correspondente e desde que o Segurado atenda ao limite máximo de idade previsto na Apólice e à comprovação de boa saúde que vier a ser determinada pela Seguradora Nos seguros não contributários o não pagamento do prêmio ensejará o cancelamento da Apólice, respondendo a Seguradora pelos sinistros que venham a ocorrer até a data da formalização do cancelamento, satisfeito o pagamento dos prêmios até o período de competência do sinistro Quando o pagamento do prêmio individual for feito através de desconto ou consignação em folha, o empregador somente poderá interromper esse recolhimento em caso de perda de vínculo empregatício, pedido do Segurado por escrito, ou no cancelamento da Apólice É vedado ao Estipulante recolher dos Segurados, a título de prêmio de seguro, qualquer valor além do cobrado pela Seguradora e a ela devido. Caso o Estipulante receba, juntamente com o prêmio, qualquer quantia que lhe seja devida, seja a que título for, fica obrigado a destacar no documento de cobrança, o valor do prêmio que está sendo cobrado É vedada a cobrança de qualquer taxa de inscrição ou de intermediação nos planos de Seguro de Vida em Grupo. 16. IDADE DO SEGURADO Para fins deste seguro, a idade de cada Segurado será considerada em relação ao seu aniversário mais próximo da data de início, ou de aniversário da Apólice A Seguradora reserva-se o direito de exigir, a qualquer tempo, provas satisfatórias da idade do Segurado. Verificada a inexatidão da idade informada, será considerada nula, de pleno direito, a cobertura da Apólice nos casos em que a idade do participante, na data de sua inclusão no seguro, tiver ultrapassado o limite máximo estabelecido para inclusão na Apólice, sem direito à devolução dos prêmios pagos.

8 Nos demais casos far-se-á o ajustamento que couber no Capital Segurado e/ou no prêmio, cobrando-se ou devolvendo-se a diferença apurada. 17. BENEFICIÁRIOS Todo Segurado tem o direito de indicar no respectivo cartão-proposta o(s) seu(s) beneficiário(s), isto é, a(s) pessoa(s) a quem deverá ser pago o Capital Segurado, no caso de sua morte Exceto nos casos de seguros vinculados à garantia de dívida ou de compromisso, ao Segurado é lícito, em qualquer tempo, substituir seu(s) beneficiário(s), mediante comunicação à Seguradora, em formulário próprio, por esta fornecido Atendida essa formalidade, qualquer alteração de beneficiário somente terá validade após seu recebimento pela Seguradora Nos seguros não contributários em que for dispensado o preenchimento dos cartões-proposta, cada Segurado poderá, a qualquer tempo, designar ou substituir seu(s) beneficiário(s), nas mesmas condições aqui previstas para os demais Segurados O Estipulante somente poderá ser beneficiário de qualquer Segurado, no caso de quitação de dívida contraída pelo Segurado com o próprio Estipulante e até o valor atual do seu débito, na data do sinistro. O eventual saldo excedente será pago aos beneficiários nomeados pelo Segurado Não havendo designação de beneficiário, o Capital devido por morte do Segurado será pago na forma da lei. 18. PROVAS DE FALECIMENTO Ocorrido o falecimento do Segurado, o Estipulante ou os beneficiários apresentarão à Seguradora os documentos comprobatórios, inclusive os formulários pertinentes ao óbito, fornecidos pela Seguradora, devidamente preenchidos Para a efetivação do pagamento do Capital Segurado, os interessados apresentarão também, os documentos oficiais que comprovem a identificação e a qualidade dos beneficiários designados. 19. PAGAMENTO DO CAPITAL SEGURADO Para o pagamento de Capital decorrente de sinistro coberto pela Apólice, a documentação básica a ser fornecida pelos interessados é constituída por:

9 a) MORTE NATURAL Aviso de sinistro Certidão de Óbito do Segurado, por cópia Declaração, em formulário da Seguradora, preenchida pelo médico que assistiu ao Segurado Documento de identidade do Segurado, por cópia Cartão de Identificação do Contribuinte (ou CPF), por cópia b) MORTE POR ACIDENTE Além dos acima: Boletim de Ocorrência Policial Laudo de Necropsia Laudo do Exame de dosagem alcoólica Laudo do Exame toxicológico, se realizado Laudo da Perícia Técnica, se houver Cópia das principais peças do Inquérito Policial Cópia da Carteira de Habilitação do Segurado, no caso de estar dirigindo o veículo envolvido no acidente Cópia do brevê de Piloto, no caso de acidente com o avião pilotado pelo Segurado. c) A Seguradora reserva-se o direito de solicitar eventual comprovação que considerar necessária para esclarecer as circunstâncias relacionadas com o óbito A habilitação dos beneficiários é feita mediante a apresentação dos documentos, conforme abaixo, além da respectiva cédula de Identidade e do cartão do CIC: Esposa: Certidão de Casamento Filhos: Certidão de Nascimento Pais: Certidão de Nascimento do Segurado Irmãos: Certidão de Nascimento do beneficiário e do Segurado Companheira: Declaração de Convivência Marital fornecida pelo Órgão de Previdência No caso de nomeação de filhos, sem individualização, será necessário uma declaração com firma reconhecida, assinada pela viúva do Segurado, ou pelos pais deste, ou ainda pelos seus filhos de maioridade No caso de beneficiários com idade inferior a 16 anos, o pagamento poderá ser feito a um dos genitores, no exercício do pátrio poder, por representação do menor. Caso inexista, será necessária a apresentação de Alvará Judicial.

10 Os menores com idades de 16 a 20 anos, não emancipados, poderão receber quando assistidos por um dos seus pais. Na ausência destes, mediante Alvará Judicial Recebida a documentação necessária à comprovação do sinistro e a habilitação dos beneficiários, a Seguradora efetuará o respectivo pagamento do Capital Segurado em até 30 dias, contados da entrega do último documento relacionado com o sinistro. 20..RENOVAÇÃO DA APÓLICE A Apólice é emitida com o prazo de vigência de 1 ano e será considerada automaticamente renovada ao fim de cada ano de vigência, caso não haja expressa desistência do Estipulante ou da Seguradora, comunicada até 30 dias antes do seu aniversário. 21..CANCELAMENTO DA APÓLICE A Apólice será cancelada, obrigatoriamente, mediante aviso prévio de no mínimo 30 dias, se a composição do grupo ou a natureza dos riscos vier a sofrer alterações substanciais de tal ordem, que a tornem incompatível com as condições mínimas de manutenção do seguro A Apólice será cancelada também por falta de pagamento dos prêmios nas datas convencionadas, conforme previsto no subitem 15.5, da Cláusula 15 - PAGAMENTO DOS PRÊMIOS O seguro poderá ser rescindido a qualquer tempo, mediante acordo entre as partes contratantes. 22. TRANSFERÊNCIA DE DIREITOS Os direitos decorrentes dos seguros contratados pela Apólice, não poderão ser objeto de transferência, cessão ou de qualquer outro ônus. 23. CERTIFICADO INDIVIDUAL A Seguradora emitirá, para cada Segurado, com base no cartão-proposta por ele preenchido e assinado, um Certificado Individual que servirá como prova de sua inclusão no seguro No aniversário da Apólice e nas alterações do Capital Segurado que vierem a ocorrer, serão emitidos novos Certificados, com a indicação do novo Capital Segurado e a data da respectiva vigência. 24. MATERIAL DE DIVULGAÇÃO

11 24.1. A propaganda e a divulgação do seguro pelo Estipulante, somente poderão ser feitas sob a supervisão e com autorização expressa da Seguradora, respeitadas as Normas deste seguro e as condições da respectiva Apólice, ficando a Seguradora responsável pelas informações contidas nas divulgações feitas pelo Estipulante e por ela expressamente autorizadas. 25. MODIFICAÇÃO NAS CLÁUSULAS DA APÓLICE Nenhuma responsabilidade assumirá a Seguradora por quaisquer promessas ou declarações que tenham sido, ou venham a ser feitas por quem quer que seja, em desacordo com as presentes Condições da Apólice Somente a Diretoria da Seguradora, ou pessoa por ela autorizada pode validamente emitir a Apólice, ou estabelecer alteração de suas condições. 26. SUB-ROGAÇÃO DE DIREITOS Salvo nos casos de dolo, culpa grave ou má fé, a Seguradora renuncia em favor do Segurado ou de seus beneficiários, à prerrogativa da sub-rogação nos direitos e ações contra terceiros causadores do sinistro por ela indenizado. 27. FORO Fica eleito o foro de domicílio do Segurado com a exclusão de qualquer outro, por mais privilegiado que seja, para dirimir eventuais litígios decorrentes do presente contrato.

12 GLOSSÁRIO ESTIPULANTE É a pessoa jurídica que contrata a Apólice com a Seguradora e que perante esta representa os Segurados. PRÊMIO importância a ser paga pelo Segurado à Seguradora, para obter a cobertura do seguro, no período considerado. CAPITAL SEGURADO é o valor do seguro realizado para cada um dos participantes da Apólice e que constitui a base para pagamento das indenizações. INDENIZAÇÃO importância a ser paga pela Seguradora ao Segurado, ou aos Beneficiários deste, na ocorrência do risco previsto na Apólice. CARÊNCIA - Período de tempo a decorrer para que tenha início a cobertura do risco a que a Apólice dá cobertura. ANATÔMICO relativo ao corpo humano. SEPTICÊMICO processo infeccioso generalizado. EMBOLIA obstrução de um vaso sangüíneo. ANAFILÁTICO reação exagerada do organismo em contato com uma substância. REINTEGRAÇÃO restabelecimento da cobertura anterior à interrupção. CIC Cartão de Identificação do Contribuinte (o mesmo que CPF). RG Registro Geral, eqüivalente a Carteira de Identidade. CNH Carteira Nacional de Habilitação (de motorista) CAT Comunicação de Acidente do Trabalho.

SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA

SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA Condições Gerais PROCESSO SUSEP: 15414.100997/2003-63 ÍNDICES CONDIÇÕES GERAIS 1. Objetivo do seguro... 3 2. Definições... 3 3. Coberturas do seguro... 6 4. Riscos excluídos...

Leia mais

SEGURO DE VIDA EM GRUPO OURO VIDA PRODUTOR RURAL

SEGURO DE VIDA EM GRUPO OURO VIDA PRODUTOR RURAL SEGURO DE VIDA EM GRUPO OURO VIDA PRODUTOR RURAL Condições Gerais e Particulares Processo SUSEP Nº 10.005221/99-41 Deficientes Auditivos ou de Fala: 0800 729 0088 / Ouvidoria: 0800 880 2930 Endereço: Rua

Leia mais

SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA OURO VIDA GARANTIA

SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA OURO VIDA GARANTIA SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA OURO VIDA GARANTIA Condições Gerais e Particulares Processo SUSEP Nº. 10.005464/99-42 1 OURO VIDA GARANTIA Reúne as Condições Gerais e Particulares referentes à Garantia Básica

Leia mais

SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES GERAIS

SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES GERAIS 1 ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS Conteúdo 1. Objetivo do seguro 2. Definições 3. Estipulante 4. Coberturas do seguro 5. Riscos excluídos 6. Âmbito geográfico de cobertura

Leia mais

BB SEGURO VIDA SEGURO DE VIDA EM GRUPO. Condições Gerais. Processo SUSEP Nº 15.414.002163/2004-74. Apólice nº 13.606

BB SEGURO VIDA SEGURO DE VIDA EM GRUPO. Condições Gerais. Processo SUSEP Nº 15.414.002163/2004-74. Apólice nº 13.606 BB SEGURO VIDA SEGURO DE VIDA EM GRUPO Condições Gerais Processo SUSEP Nº 15.414.002163/2004-74 Apólice nº 13.606 COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL CNPJ: 28.196.889/0001-43 ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS

Leia mais

CERTIFICADO DE SEGURO SEGURO SORTE GRANDE CARREFOUR

CERTIFICADO DE SEGURO SEGURO SORTE GRANDE CARREFOUR CERTIFICADO DE SEGURO SEGURO SORTE GRANDE CARREFOUR A Cardif do Brasil Vida e Previdência S.A., doravante denominada Seguradora e o Carrefour Comércio e Indústria Ltda., doravante denominada Estipulante,

Leia mais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES GERAIS

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES GERAIS 1 ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS Conteúdo 1. Objetivo do seguro... 3 2. Definições... 3 3. Estipulante... 4 4. Cobertura do seguro... 5 5. Riscos excluídos...

Leia mais

De Pai para Filho G2 PLANO DE PECÚLIO COM RESGATE PLANO V REGULAMENTO

De Pai para Filho G2 PLANO DE PECÚLIO COM RESGATE PLANO V REGULAMENTO De Pai para Filho G2 PLANO DE PECÚLIO COM RESGATE PLANO V REGULAMENTO (Aprovado pela Susep através do Processo Susep n.º 001-02392/88) TÍTULO I Do Objetivo do Plano O Plano de Pecúlio com Resgate, a seguir

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 267, de 21 de setembro de 2004.

CIRCULAR SUSEP N o 267, de 21 de setembro de 2004. CIRCULAR SUSEP N o 267, de 21 de setembro de 2004. Estabelece as regras de funcionamento e os critérios para operação do seguro de vida em grupo popular e disponibiliza, no site da SUSEP, suas condições

Leia mais

BB SEGURO VIDA AGRICULTURA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS

BB SEGURO VIDA AGRICULTURA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS BB SEGURO VIDA AGRICULTURA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS Processo SUSEP Nº. 15.414.002269/2004-78 Apólice nº. 51 CIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL CNPJ nº. 28.196.889/0001-43 0 ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS E PARTICULARES

Leia mais

BANRISUL PRESTAMISTA CHEQUE ESPECIAL Processo Susep 15414.003459/2004-11 Condições Contratuais Apólice 77.000.137

BANRISUL PRESTAMISTA CHEQUE ESPECIAL Processo Susep 15414.003459/2004-11 Condições Contratuais Apólice 77.000.137 BANRISUL PRESTAMISTA CHEQUE ESPECIAL Processo Susep 15414.003459/2004-11 Condições Contratuais Apólice 77.000.137 1 OBJETIVO 1.1. Este seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma indenização ao

Leia mais

CERTIFICADO DE SEGURO TROCO DA SORTE

CERTIFICADO DE SEGURO TROCO DA SORTE CERTIFICADO DE SEGURO TROCO DA SORTE A Cardif do Brasil Vida e Previdência S.A., doravante denominada Seguradora e o BR Home Centers S/A., doravante denominada Estipulante, especificam nestas Condições

Leia mais

Mais Proteção Premiada Seguro Mais Proteção Premiada

Mais Proteção Premiada Seguro Mais Proteção Premiada Seguro Mais Proteção Premiada 5 Página 0 de 9 1. OBJETIVO DO SEGURO 1.1. O presente Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma Indenização ao Segurado ou a seu(s) Beneficiário(s), na ocorrência

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE COLETIVA DE ACIDENTES PESSOAIS

CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE COLETIVA DE ACIDENTES PESSOAIS CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE COLETIVA DE ACIDENTES PESSOAIS 1. OBJETIVO 1.1. O seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma indenização ao Segurado, ou a seus beneficiários, caso aquele venha a sofrer

Leia mais

CAPEMISA SEGURADORA DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A Manual do Cliente Bem Total Versão Jun./11

CAPEMISA SEGURADORA DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A Manual do Cliente Bem Total Versão Jun./11 2 BEM TOTAL MANUAL DO CLIENTE Bem-vindo à CAPEMISA. Parabéns, você acaba de adquirir um produto garantido pela CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência que protege a sua família, caso algum imprevisto

Leia mais

Serão aceitos no seguro todos os proponentes que estejam em boas condições de saúde e em plena atividade de trabalho.

Serão aceitos no seguro todos os proponentes que estejam em boas condições de saúde e em plena atividade de trabalho. Estipulante: 0 Ramo de Atividade: Serviços Relacionados a Comunicação Corretora: Opipari Corretora de Seguros Ref.: Condições Gerais do Seguro de Pessoas GRUPO SEGURADO Poderão ser incluídos no presente

Leia mais

OBJETIVO CAPITAL SEGURADO

OBJETIVO CAPITAL SEGURADO OBJETIVO Assegurar aos participantes da SIAS, que aderiram ao seguro, uma indenização aos próprios ou ao(s) seu(s) beneficiário(s), em caso de falecimento ou invalidez, bem como propiciar a utilização

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO NOVO RENDA GARANTIDA

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO NOVO RENDA GARANTIDA CONDIÇÕES GERAIS SEGURO NOVO RENDA GARANTIDA CONDIÇÕES GERAIS SEGURO NOVO RENDA GARANTIDA 1. OBJETIVO DO SEGURO O presente seguro tem por objetivo garantir ao Segurado ou a seu(s) Beneficiário(s) o pagamento

Leia mais

Nº do Contrato: Vigência: Prêmio do Seguro: COBERTURAS - QUADRO RESUMO

Nº do Contrato: Vigência: Prêmio do Seguro: COBERTURAS - QUADRO RESUMO certificado de seguro Apólice nº 900194 - Processo SUSEP nº 15414.004673/2004-86 Nome do Segurado: CPF: Data de Nascimento: Nº do Contrato: Vigência: Prêmio do Seguro: Certificamos que o Segurado, identificado

Leia mais

SEGURO PRESTAMISTA CONDIÇÕES GERAIS

SEGURO PRESTAMISTA CONDIÇÕES GERAIS SEGURO PRESTAMISTA CONDIÇÕES GERAIS A Santander Seguros S/A, designada seguradora, e o proponente, aqui designado segurado, contratam o Seguro Prestamista, cujo estipulante é o BANCO SANTANDER S.A., nas

Leia mais

aumento do capital segurado, na parte que se refere a esse aumento;

aumento do capital segurado, na parte que se refere a esse aumento; Condições Gerais_CLT 1. CARÊNCIA: 1.1. Morte: Não se aplica. 1.2. Invalidez Permanente Total por Acidente (IPTA): Não se aplica. 1.3. Desemprego Involuntário (DI): Para esta cobertura, o período de carência

Leia mais

MANUAL DO SEGURADO RESUMO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS SEGURO PRESTAMISTA CRÉDITO RURAL - PESSOA FÍSICA Nº SUSEP: 15414.

MANUAL DO SEGURADO RESUMO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS SEGURO PRESTAMISTA CRÉDITO RURAL - PESSOA FÍSICA Nº SUSEP: 15414. MANUAL DO SEGURADO RESUMO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS SEGURO PRESTAMISTA CRÉDITO RURAL - PESSOA FÍSICA Nº SUSEP: 15414.003698/2009-77 Este manual contém um resumo das condições contratuais, com o objetivo

Leia mais

Mais Tranquilidade Premiada

Mais Tranquilidade Premiada Mais Tranquilidade Premiada Manual do segurado PRODUTO MAIS TRANQUILIDADE PREMIADA MANUAL DO SEGURADO 1. OBJETIVO DO SEGURO O presente Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma Indenização ao

Leia mais

TERMO DE ADESÃO AO SEGURO DE PROTEÇÃO CONTRA PERDA OU ROUBO DE CARTÃO DE CRÉDITO

TERMO DE ADESÃO AO SEGURO DE PROTEÇÃO CONTRA PERDA OU ROUBO DE CARTÃO DE CRÉDITO TERMO DE ADESÃO AO SEGURO DE PROTEÇÃO CONTRA PERDA OU ROUBO DE CARTÃO DE CRÉDITO O presente Termo indica as condições do Seguro de Proteção contra Perda ou Roubo de CARTÃO DE CRÉDITO oferecido pelo Banco

Leia mais

CIRCULAR 005 DE 09 DE MARÇO DE 1989

CIRCULAR 005 DE 09 DE MARÇO DE 1989 CIRCULAR 005 DE 09 DE MARÇO DE 1989 O SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP, na forma do disposto no art. 36, alínea "c" do Decreto-lei nº 73, de 21.11.66; RESOLVE: Art. 1º -

Leia mais

FAM - Fundo de Apoio à Moradia. Manual do Participante FAM

FAM - Fundo de Apoio à Moradia. Manual do Participante FAM - Fundo de Apoio à Moradia Manual do Participante FAM As presentes instruções normativas revogam todas as demais publicadas anteriormente. 25/09/2009 FAM - Fundo de Apoio à Moradia Manual do Participante

Leia mais

SEGURO FÁCIL MAIS CONDIÇÕES CONTRATUAIS Apólice 93.701.530

SEGURO FÁCIL MAIS CONDIÇÕES CONTRATUAIS Apólice 93.701.530 MAI / 2013 SEGURO FÁCIL MAIS CONDIÇÕES CONTRATUAIS Apólice 93.701.530 1. OBJETIVO Este Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma indenização ao Segurado ou ao(s) seu(s) Beneficiário(s) na ocorrência

Leia mais

RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS/PARTICULARES

RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS/PARTICULARES RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS/PARTICULARES Seguro Acidentes Pessoais Automobilístico Morte acidental decorrente de acidente de trânsito, exceto em meio de transporte coletivo O Seguro a que se refere este

Leia mais

Particulares. em caso de Evento Coberto. coberturas contratadas. Seguro. garantia contratada. Crédito. Renda Garantida.

Particulares. em caso de Evento Coberto. coberturas contratadas. Seguro. garantia contratada. Crédito. Renda Garantida. CREDICARD_CERTIFICADOS_FULL.001.5FOLHA/177 Manual do Segurado Seguro Novo Renda Garantida 1. OBJETIVO DO SEGURO O presente seguro tem por objetivo garantir ao Segurado ou a seu(s) Beneficiário(s), o pagamento

Leia mais

Casa Segura Processo SUSEP nº: 15414.003227/2010-01 Versão: 12_2013

Casa Segura Processo SUSEP nº: 15414.003227/2010-01 Versão: 12_2013 Casa Segura Casa Segura 1. OBJETIVO DO SEGURO O presente Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma Indenização ao Segurado ou a seu(s) Beneficiário(s), na ocorrência de Eventos Cobertos pela(s)

Leia mais

Manual do Segurado Seguro Mais Saber

Manual do Segurado Seguro Mais Saber Manual do Segurado Seguro Mais Saber 1. Definições 1.1 Acidente Pessoal É o evento, ocorrido com o Segurado, com data e hora caracterizada e perfeitamente conhecida, exclusivo e diretamente externo, súbito,

Leia mais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES GERAIS. Índice

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES GERAIS. Índice SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES GERAIS Índice 1. OBJETIVO DO SEGURO... 2 2. CONCEITO DA COBERTURA... 2 3. RISCOS EXCLUÍDOS... 3 4. ÂMBITO TERRITORIAL DE COBERTURA... 4 5. DA VIGÊNCIA DA

Leia mais

MANUAL DO SEGURADO SUPER PROTEÇÃO

MANUAL DO SEGURADO SUPER PROTEÇÃO MANUAL DO SEGURADO SUPER PROTEÇÃO 1. OBJETIVO DO SEGURO O presente Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma Indenização ao (s) Beneficiário(s), na ocorrência de Eventos Cobertos pela(s) Cobertura(s)

Leia mais

Regulamento Pecúlio por Morte 01/2011

Regulamento Pecúlio por Morte 01/2011 102 Regulamento Pecúlio por Morte 01/2011 ÍNDICE 1) DAS CARACTERÍSTICAS 05 2) DO objetivo 06 3) DAS definições 06 4) DAS CONDIÇÕES DE INGRESSO 10 5) DO PAGAMENTO DA CONTRIBUIÇÃO, MANUTENÇÃO E DO CANCELAMENTO

Leia mais

Seguro Prestamista Preço Fixo Seguro Prestamista Preço Fixo

Seguro Prestamista Preço Fixo Seguro Prestamista Preço Fixo Seguro Prestamista 5 Página 0 de 10 1. OBJETIVO DO SEGURO O objetivo do Seguro Prestamista é garantir, total ou parcialmente, o pagamento da dívida contraída ou compromisso assumido pelo Segurado, caso

Leia mais

BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO

BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO Condições Particulares Processo SUSEP Nº 15414.003063/2009-70 0 ÍNDICES CONDIÇÕES PARTICULARES 1. OBJETO DO SEGURO 2 2. ESTIPULANTE 2 3. GRUPO SEGURÁVEL 2 4. GRUPO SEGURADO

Leia mais

FAM - Fundo de Apoio à Moradia

FAM - Fundo de Apoio à Moradia FAM - Fundo de Apoio à Moradia O Seguro Coletivo de Pessoas descrito neste material foi estipulado pela FHE com um grupo de seguradoras por ela selecionadas, em uma operação de cosseguro, tendo como líder

Leia mais

REGULAMENTO SEGURO EDUCACIONAL UNINTER

REGULAMENTO SEGURO EDUCACIONAL UNINTER REGULAMENTO SEGURO EDUCACIONAL UNINTER O CENECT Centro Integrado de Educação, Ciência e Tecnologia Ltda., inscrito no CNPJ/MF sob n. 02.261.854/0001-57, com sede no Município de Curitiba, Estado do Paraná,

Leia mais

MANUAL DO SEGURO PROTEÇÃO PREMIADA AVISTA Você está recebendo/acessando o Resumo das Condições Gerais do Seguro Proteção Premiada Avista.

MANUAL DO SEGURO PROTEÇÃO PREMIADA AVISTA Você está recebendo/acessando o Resumo das Condições Gerais do Seguro Proteção Premiada Avista. MANUAL DO SEGURO PROTEÇÃO PREMIADA AVISTA Você está recebendo/acessando o Resumo das Condições Gerais do Seguro Proteção Premiada Avista. Aqui você vai encontrar informações sobre o plano contratado, coberturas

Leia mais

Características do Seguro Vida Segura Mais

Características do Seguro Vida Segura Mais Características do Seguro Vida Segura Mais INFORMAÇÕES PRELIMINARES As condições e limitações do produto e dos serviços disponibilizados na íntegra estão previstas nas Condições Gerais do Seguro, disponíveis

Leia mais

MANUAL DO SEGURO RESUMO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS SEGURO PRESTAMISTA PESSOA JURÍDICA Nº PROCESSO SUSEP: 15414.003034/2006-65

MANUAL DO SEGURO RESUMO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS SEGURO PRESTAMISTA PESSOA JURÍDICA Nº PROCESSO SUSEP: 15414.003034/2006-65 MANUAL DO SEGURO RESUMO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS SEGURO PRESTAMISTA PESSOA JURÍDICA Nº PROCESSO SUSEP: 15414.003034/2006-65 Este manual contém um resumo das condições contratuais, com o objetivo de orientar

Leia mais

SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES GERAIS

SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES GERAIS 1. DEFINIÇÕES 1.1 ACIDENTE PESSOAL: Para fins deste seguro, considera-se como acidente pessoal coberto, o evento ocorrido com data caracterizada, exclusivo e diretamente

Leia mais

RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO DE PERDA, FURTO E ROUBO DO CARTÃO TRIBANCO

RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO DE PERDA, FURTO E ROUBO DO CARTÃO TRIBANCO RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO DE PERDA, FURTO E ROUBO DO CARTÃO TRIBANCO Estipulante: BANCO TRIÂNGULO S. A. Seguradora: PORTO SEGURO CIA DE SEGUROS GERAIS Número processo SUSEP: 15414.000223/2007-67

Leia mais

Características do Seguro Vida Premiada

Características do Seguro Vida Premiada INFORMAÇÕES PRELIMINARES Características do Seguro Vida Premiada As condições e limitações do produto e dos serviços disponibilizados na íntegra estão previstas nas Condições Gerais do Seguro, disponíveis

Leia mais

CONDIÇÕES DO SEGURO EDUCACIONAL UNICARIOCA

CONDIÇÕES DO SEGURO EDUCACIONAL UNICARIOCA CONDIÇÕES DO SEGURO EDUCACIONAL UNICARIOCA 1. DO SEGURO 1.1 OBJETIVO: O presente Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma indenização ao beneficiário, até o limite das respectivas importâncias

Leia mais

Regulamento Pecúlio por Invalidez 01/2011

Regulamento Pecúlio por Invalidez 01/2011 103 Regulamento Pecúlio por Invalidez 01/2011 ÍNDICE 1) DAS CARACTERÍSTICAS 05 2) DO objetivo 06 3) DAS definições 06 4) DAS CONDIÇÕES DE INGRESSO 10 5) DO PAGAMENTO DA CONTRIBUIÇÃO, MANUTENÇÃO E DO CANCELAMENTO

Leia mais

1) DEFINIÇÕES... 2 2) OBJETIVO DO SEGURO... 5 3) INFORMAÇÕES GERAIS... 5 4) GARANTIAS DO SEGURO... 5 5) RISCOS EXCLUÍDOS... 5

1) DEFINIÇÕES... 2 2) OBJETIVO DO SEGURO... 5 3) INFORMAÇÕES GERAIS... 5 4) GARANTIAS DO SEGURO... 5 5) RISCOS EXCLUÍDOS... 5 1) DEFINIÇÕES... 2 2) OBJETIVO DO SEGURO... 5 3) INFORMAÇÕES GERAIS... 5 4) GARANTIAS DO SEGURO... 5 5) RISCOS EXCLUÍDOS... 5 6) ÂMBITO GEOGRÁFICO DA COBERTURA... 6 7) CARÊNCIAS... 6 8) FRANQUIAS... 6

Leia mais

CONDIÇÕES CONTRATUAIS - SEGURO VIDA PREMIADO IBI / C&A. Apólice 93.103.536

CONDIÇÕES CONTRATUAIS - SEGURO VIDA PREMIADO IBI / C&A. Apólice 93.103.536 1. OBJETIVO CONDIÇÕES CONTRATUAIS - SEGURO VIDA PREMIADO IBI / C&A Apólice 93.103.536 1.1. Este Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma indenização ao Segurado ou ao(s) seu(s) Beneficiário(s)

Leia mais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES PARTICULARES

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES PARTICULARES SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES PARTICULARES 1 ÍNDICE CONDIÇÕES PARTICULARES Conteúdo 1. Estipulante... 3 2. Grupo Segurável... 3 3. Grupo Segurado... 3 4. Segurado... 3 5. Início, Vigência

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA. Plano de Previdência Complementar para os associados e seus dependentes do Sindicato dos Engenheiros do Rio Grande do Sul

CARTILHA EXPLICATIVA. Plano de Previdência Complementar para os associados e seus dependentes do Sindicato dos Engenheiros do Rio Grande do Sul CARTILHA EXPLICATIVA Plano de Previdência Complementar para os associados e seus dependentes do Sindicato dos Engenheiros do Rio Grande do Sul 1 ÍNDICE 2. INTRODUÇÃO... 05 3. PARTES INTEGRANTES DO SENGE

Leia mais

CAPEMISA SEGURADORA DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A Manual do Cliente PME Versão Out./12

CAPEMISA SEGURADORA DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A Manual do Cliente PME Versão Out./12 2 PME MANUAL DO CLIENTE Bem-vindo à CAPEMISA. O PME Pequenas e Médias Empresas é um seguro de vida coletivo garantido pela CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência S/A. Prevenir é sempre a melhor opção

Leia mais

Condições Gerais Seguro de Pessoas - Individual

Condições Gerais Seguro de Pessoas - Individual Condições Gerais Seguro de Pessoas - Individual - Morte Acidental- Produto 101 Março/2006 2 2 Índice 1. Do Objetivo do Seguro... 05 2. Das Definições... 05 3. Do Âmbito Territorial da Cobertura... 08 4.

Leia mais

RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE DE SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS

RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE DE SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS TROCO SOLIDÁRIO RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE DE SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS TROCO SOLIDÁRIO Seguradora: QBE Brasil Seguros S/A Estipulante: Midway S/A - Cred., Financ. e Investiment. Apólice

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS

REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º - A CAIXA VIDA & PREVIDÊNCIA S.A, doravante denominada EAPC, institui o Plano de Pecúlio por Morte, estruturado no Regime

Leia mais

Vida Protegida. Vida Protegida

Vida Protegida. Vida Protegida Vida 1. OBJETIVO DO SEGURO O presente Seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma Indenização ao (s) Beneficiário(s), na ocorrência de Eventos Cobertos pela(s) Cobertura(s) contratada(s), exceto

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO Estas Condições aplicam-se a todas as Garantias contratadas pelo Estipulante, Sub-Estipulante e/ou Segurado, dentro da apólice. O registro deste plano

Leia mais

CERTIFICADO DE SEGURO Viva + Seguro Premiado. Nome do Segurado: CPF: Data de Nascimento: Vigência do seguro: De xx/xx/xx até xx/xx/xx

CERTIFICADO DE SEGURO Viva + Seguro Premiado. Nome do Segurado: CPF: Data de Nascimento: Vigência do seguro: De xx/xx/xx até xx/xx/xx CERTIFICADO DE SEGURO Viva + Seguro Premiado Nome do Segurado: CPF: Data de Nascimento: Nº contrato: Capital Segurado Morte Acidental R$ Auxílio Funeral...R$ Vigência do seguro: De xx/xx/xx até xx/xx/xx

Leia mais

Manual do Cliente. Capemisa Seguradora de Vida e Previdência S/A Versão Jul./14

Manual do Cliente. Capemisa Seguradora de Vida e Previdência S/A Versão Jul./14 Manual do Cliente Capemisa Seguradora de Vida e Previdência S/A Versão Jul./14 2 FAMILIA NALIN MULHER MANUAL DO CLIENTE Bem-vindo à CAPEMISA. Parabéns, você acaba de adquirir um produto garantido pela

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE

REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE REGULAMENTO DO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º - A Zurich Santander Brasil Seguros e Previdência S/A., doravante denominada EAPC, institui o Plano de Pecúlio por Morte,

Leia mais

Baobá - árvore símbolo de longevidade. Guia. Gestão: PLANO DO COOPERADO

Baobá - árvore símbolo de longevidade. Guia. Gestão: PLANO DO COOPERADO Baobá - árvore símbolo de longevidade Gestão: Guia PLANO DO COOPERADO Índice BEM-VINDO AO PLANO COOPERADO 02 FALANDO A NOSSA LÍNGUA 03 CONHECENDO O PLANO 06 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 11 FORMAS DE CONTATO

Leia mais

SEGURO PRESTAMISTA DÍVIDA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS. Índice

SEGURO PRESTAMISTA DÍVIDA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS. Índice SEGURO PRESTAMISTA DÍVIDA FAMILIAR CONDIÇÕES GERAIS Índice 1. OBJETIVO DO SEGURO... 2 2. COBERTURas... 2 3. RISCOS EXCLUÍDOS... 3 4. ÂMBITO TERRITORIAL DAS COBERTURAS... 3 5. VIGÊNCIA DA APÓLICE MESTRA...

Leia mais

MANUAL DO SEGURADO SEGURO DE PERDA OU ROUBO DE CARTÕES

MANUAL DO SEGURADO SEGURO DE PERDA OU ROUBO DE CARTÕES MANUAL DO SEGURADO SEGURO DE PERDA OU ROUBO DE CARTÕES Estipulante: ATUAL TECNOLOGIA E ADMINISTRACAO DE CARTOES. CNPJ: 07.746.799/0001-09 1. OBJETIVO DO SEGURO O presente contrato de seguro tem por objetivo

Leia mais

CERTIFICADO SEGURO CARTÃO MAIS SEGURO DADOS DO SEGURO:

CERTIFICADO SEGURO CARTÃO MAIS SEGURO DADOS DO SEGURO: Este documento é para simples consulta das coberturas exposta e não tem validade securitária. Caso seja um cliente do cartão Cassol Centerlar e possua o seguro, favor ir a uma loja de sua preferência e

Leia mais

AUXILIADORA PREVIDÊNCIA

AUXILIADORA PREVIDÊNCIA REGULAMENTO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º A AUXILIADORA PREVIDÊNCIA doravante denominada EAPC, institui o Plano de Pecúlio por Morte, estruturado no Regime Financeiro

Leia mais

Índice BEM-VINDO AO PLANO COOPERADO 02 FALANDO A NOSSA LÍNGUA 03 CONHECENDO O PLANO 06 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 11 FORMAS DE CONTATO 16

Índice BEM-VINDO AO PLANO COOPERADO 02 FALANDO A NOSSA LÍNGUA 03 CONHECENDO O PLANO 06 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 11 FORMAS DE CONTATO 16 Índice BEM-VINDO AO PLANO COOPERADO 02 FALANDO A NOSSA LÍNGUA 03 CONHECENDO O PLANO 06 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 11 FORMAS DE CONTATO 16 2 Bem-vindo ao Plano Cooperado O Plano de Previdência do Cooperado

Leia mais

SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES ESPECIAIS

SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES ESPECIAIS SEGURO DE VIDA EM GRUPO CONDIÇÕES ESPECIAIS Nome do Estipulante: ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS Apólice n.º 01.93.00423 1. GRUPO SEGURÁVEL Constitui-se como grupo segurável desta apólice todos

Leia mais

ANEXO III PECÚLIO TAXA MÉDIA VERSÃO 03

ANEXO III PECÚLIO TAXA MÉDIA VERSÃO 03 ANEXO III PECÚLIO TAXA MÉDIA VERSÃO 03 REGULAMENTO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE TAXA MÉDIA Processo SUSEP 001-10931/79 GBOEX GRÊMIO BENEFICENTE CNPJ Nº 92.872.1000-0001-26 Associados que ingressaram

Leia mais

Estipulante PREVIG SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

Estipulante PREVIG SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR SEGURO COLETIVO DE PESSOAS Registro do Produto na SUSEP: 15414.005521/2011-20 Apólice Nº 859.671 Estipulante PREVIG SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR A Bradesco Vida e Previdência S.A., a seguir denominada

Leia mais

DAS CARACTERÍSTICAS DO OBJETIVO

DAS CARACTERÍSTICAS DO OBJETIVO REGULAMENTO DO PECÚLIO INDIVIDUAL POR MORTE PROCESSO SUSEP N 15414.000797/2008-16 DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º - CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência S/A, doravante denominada CAPEMISA, institui o

Leia mais

Manual do Segurado Seguro de Vida em Grupo Sênior

Manual do Segurado Seguro de Vida em Grupo Sênior Manual do Segurado Seguro de Vida em Grupo Sênior 1. Objeto do Seguro O presente seguro tem por objetivo garantir aos beneficiários do seguro o pagamento do capital segurado caso venha a ocorrer um dos

Leia mais

Condições Especiais. Cobertura de Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente. Processo SUSEP nº. 10.002766/00-19

Condições Especiais. Cobertura de Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente. Processo SUSEP nº. 10.002766/00-19 Condições Especiais Cobertura de Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente Processo SUSEP nº. 10.002766/00-19 19 1. Objetivo do Seguro Esta Condição Especial integra as Condições Gerais do Plano

Leia mais

Texto complementar à Proposta Simplificada de Vida em Grupo / Acidentes Pessoais Coletivo

Texto complementar à Proposta Simplificada de Vida em Grupo / Acidentes Pessoais Coletivo Texto complementar à Proposta Simplificada de Vida em Grupo / Acidentes Pessoais Coletivo 1. Definições 1.1. Apólice: é o documento emitido pela Seguradora que expressa o contrato celebrado entre a Seguradora

Leia mais

2. Riscos Excluídos de Todas as Coberturas. a) Internação por doença grave, acidentes corporais graves ou morte do:

2. Riscos Excluídos de Todas as Coberturas. a) Internação por doença grave, acidentes corporais graves ou morte do: Condições Gerais CONDIÇÕES GERAIS - SEGURO DE CANCELAMENTO Seguradora: QBE Brasil Seguros S.A. Estipulante: Corporate Travel Viagens e Turismo Ltda. Processo SUSEP nº 15414.000585/2007-58 Apólice 07.69.0000009

Leia mais

Condições Gerais Seguro de Pessoas - Individual

Condições Gerais Seguro de Pessoas - Individual Condições Gerais Seguro de Pessoas - Individual - Despesas Médicas e Hospitalares - Produto 101 Março/2006 2 2 Índice 1. Do Objetivo do Seguro... 05 2. Das Definições... 05 3. Do Âmbito Territorial da

Leia mais

BILHETEPREMIÁVEL. Capemisa Seguradora de Vida e Previdência S/A Versão Ago./14

BILHETEPREMIÁVEL. Capemisa Seguradora de Vida e Previdência S/A Versão Ago./14 BILHETEPREMIÁVEL Capemisa Seguradora de Vida e Previdência S/A Versão Ago./14 2 BILHETE PREMIÁVEL CAPEMISA MANUAL DO CLIENTE Bem-vindo à CAPEMISA. O Bilhete Premiável Capemisa é um Seguro de Acidentes

Leia mais

2.1. Aceitação - ato de admissão, pela Seguradora, de Proposta de Contratação apresentada pelo Segurado para cobertura do Risco Coberto.

2.1. Aceitação - ato de admissão, pela Seguradora, de Proposta de Contratação apresentada pelo Segurado para cobertura do Risco Coberto. PANAMERICANA DE SEGUROS S/A, com sede na Av. Paulista, 2.240 11º andar, CEP: 01310-300, na cidade de São Paulo SP, inscrita no CNPJ/MF sob nº 33.245.762/0001-07, devidamente autorizada a operar como seguradora,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO CONTA PAGA

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO CONTA PAGA CONDIÇÕES GERAIS SEGURO CONTA PAGA Prêmio de Seguro: Será de 1% aplicado sobre o saldo total para pagamento da fatura Início de Vigência: A partir das 24:00h (vinte e quatro horas) do dia da adesão ao

Leia mais

Nº do Contrato: Vigência: Prêmio do Seguro:

Nº do Contrato: Vigência: Prêmio do Seguro: certificado de seguro Apólice nº 900198 - Processo SUSEP nº 15414.004673/2004-86 Nome do Segurado: CPF: Data de Nascimento: Nº do Contrato: Vigência: Prêmio do Seguro: Certificamos que o Segurado, identificado

Leia mais

APÓLICE Nº 853.169 SEGURO COLETIVO DE PESSOAS. Produto registrado na SUSEP sob o nº 15414.002914/2006-14

APÓLICE Nº 853.169 SEGURO COLETIVO DE PESSOAS. Produto registrado na SUSEP sob o nº 15414.002914/2006-14 APÓLICE Nº 853.169 SEGURO COLETIVO DE PESSOAS Produto registrado na SUSEP sob o nº 15414.002914/2006-14 Pelo presente instrumento particular, as partes, de um lado, SOCIEDADE IBGEANA DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE

Leia mais

CERTIFICADO RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE DE SEGURO

CERTIFICADO RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE DE SEGURO DIVERSAS TOTAL CERTIFICADO RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE DE SEGURO Seguradora: QBE Brasil Seguros S.A. Apolice nº 07.69.0000003 Estipulante: Brazilian Assist Representações e Turismo Ltda. 1.

Leia mais

AUXILIADORA PREVIDÊNCIA

AUXILIADORA PREVIDÊNCIA REGULAMENTO PLANO INDIVIDUAL DE PECÚLIO POR MORTE DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º A AUXILIADORA PREVIDENCIA, doravante denominada EAPP, institui o Plano de Pecúlio, estruturado no Regime Financeiro de Repartição

Leia mais

ANEXO B. Condições Gerais do Seguro Coletivo para Cartões de Crédito (seguro facultativo) Cobertura 72 horas

ANEXO B. Condições Gerais do Seguro Coletivo para Cartões de Crédito (seguro facultativo) Cobertura 72 horas ANEXO B Condições Gerais do Seguro Coletivo para Cartões de Crédito (seguro facultativo) Cobertura 72 horas Central de Atendimento aos Clientes: 0800 729 7000 Cláusula 1ª - Objeto do Seguro Nº. Processo

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO DE PECÚLIO 02RS

REGULAMENTO DO PLANO DE PECÚLIO 02RS REGULAMENTO DO PLANO DE PECÚLIO 02RS DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º- O Plano de Pecúlio, instituído pelo presente Regulamento, será regido pelas normas aqui estabelecidas, especialmente no que se refere à

Leia mais

11 de fevereiro de 2010. DESEPE Nº 2010.02.1010/CE

11 de fevereiro de 2010. DESEPE Nº 2010.02.1010/CE 11 de fevereiro de 2010. DESEPE Nº 2010.02.1010/CE CONDIÇÕES PARTICULARES DO SEGURO DE VIDA EM GRUPO E ACIDENTES PESSOAIS CONVEÇÃO COLETIVA DO SINDICATO DOS CONCESSIONÁRIOS E DISTRIBUIDORES DE VEÍCULOS

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO CONTA PAGA FAMÍLIA

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO CONTA PAGA FAMÍLIA CONDIÇÕES GERAIS SEGURO CONTA PAGA FAMÍLIA Prêmio de Seguro: Será de 2,90% aplicado sobre o saldo total para pagamento da fatura Início de Vigência: A partir das 24:00h (vinte e quatro horas) do dia da

Leia mais

AUXILIADORA PREVIDÊNCIA

AUXILIADORA PREVIDÊNCIA REGULAMENTO PLANO COLETIVO DE PECÚLIO POR INVALIDEZ DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º A AUXILIADORA PREVIDENCIA, doravante denominada EAPC, institui o Plano de Pecúlio por Invalidez, estruturado no Regime Financeiro

Leia mais

- 1 - REGULAMENTO DO PLANO COLETIVO DE PENSÃO AO CÔNJUGE OU COMPANHEIRA(O) PROCESSOS SUSEP Nº. 15414.002194/2009-30 DAS CARACTERÍSTICAS

- 1 - REGULAMENTO DO PLANO COLETIVO DE PENSÃO AO CÔNJUGE OU COMPANHEIRA(O) PROCESSOS SUSEP Nº. 15414.002194/2009-30 DAS CARACTERÍSTICAS - 1 - Página 1 REGULAMENTO DO PLANO COLETIVO DE PENSÃO AO CÔNJUGE OU COMPANHEIRA(O) PROCESSOS SUSEP Nº. 15414.002194/2009-30 DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1º - A CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência, doravante

Leia mais

CIRCULAR Nº 17, DE 17 DE JULHO DE 1992.

CIRCULAR Nº 17, DE 17 DE JULHO DE 1992. CIRCULAR Nº 17, DE 17 DE JULHO DE 1992. Aprova Normas para o Seguro de Vida em Grupo, e revoga as Circulares SUSEP nºs. 24/72, 38/73, 49/73, 1/76, 27/76, 4/77, 75/77, 55/81, 26/85, 21/86, 26/86, 7/87,

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO COLETIVO DE PENSÃO POR PRAZO CERTO

REGULAMENTO DO PLANO COLETIVO DE PENSÃO POR PRAZO CERTO REGULAMENTO DO PLANO COLETIVO DE PENSÃO POR PRAZO CERTO DAS CARACTERÍSTICAS Art. 1 - A LUTERPREV Entidade Luterana de Previdência Privada, doravante denominada EAPC, institui o Plano de Pensão por Prazo

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GAR ANTIA DE ENTREGA DE OBRA CBIC (IMOBILIARIO)

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GAR ANTIA DE ENTREGA DE OBRA CBIC (IMOBILIARIO) CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GAR ANTIA DE ENTREGA DE OBRA CBIC (IMOBILIARIO) ESSOR Seguros S.A CNPJ 14.5 25.684/0001-50 Process o SUSEP Nº 1 54 14.002 72 3/2 01 2-09 O registro deste plano na SUSEP não im plica,

Leia mais

CERTIFICADO DE SEGURO

CERTIFICADO DE SEGURO CERTIFICADO DE SEGURO A Cardif do Brasil Vida e Previdência S.A., doravante denominada Seguradora e a Cetelem Brasil S.A Crédito Financiamento e Investimento, doravante denominada Estipulante, especificam

Leia mais

Condições Gerais Seguro de Pessoas - SulAmérica Você Individual

Condições Gerais Seguro de Pessoas - SulAmérica Você Individual Condições Gerais Seguro de Pessoas - SulAmérica Você Individual - Morte - Produto 101 Junho/2010 1A Índice 1. Do Objetivo do Seguro...05 2. Das Definições...05 3. Do Âmbito Territorial da Cobertura...09

Leia mais

ASSISTÊNCIA FUNERAL 1. OBJETIVO

ASSISTÊNCIA FUNERAL 1. OBJETIVO ASSISTÊNCIA FUNERAL 1. OBJETIVO Garantir aos Usuários Assistidos os serviços de Assistência Funeral, 24 horas por dia, durante todo o ano, na ocorrência de sua morte natural ou acidental, conforme a presente

Leia mais

Manual do Estipulante / Segurado. Condições Particulares - Seguro Cartão MAIS! Protegido I CRED-SYSTEM

Manual do Estipulante / Segurado. Condições Particulares - Seguro Cartão MAIS! Protegido I CRED-SYSTEM Para facilitar o seu entendimento, resumimos as Condições Gerais para o SEGURO CARTÃO MAIS PROTEGIDO I CRED-SYSTEM Cartões MAIS e CO-BRANDED, procedimentos e a documentação necessária para liquidação de

Leia mais

TÍTULO I DA ESTRUTURA DO PLANO

TÍTULO I DA ESTRUTURA DO PLANO REGULAMENTO DO PLANO COLETIVO DE PECÚLIO POR ÓBITO DE PARTICIPANTE TÍTULO I DA ESTRUTURA DO PLANO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Os benefícios, direitos e deveres dos participantes e as

Leia mais

REGULAMENTO PLANO COLETIVO DE PECÚLIO POR ÓBITO DE PARTICIPANTE GBOEX GRÊMIO BENEFICENTE

REGULAMENTO PLANO COLETIVO DE PECÚLIO POR ÓBITO DE PARTICIPANTE GBOEX GRÊMIO BENEFICENTE REGULAMENTO PLANO COLETIVO DE PECÚLIO POR ÓBITO DE PARTICIPANTE GBOEX GRÊMIO BENEFICENTE TÍTULO I DA ESTRUTURA DO PLANO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Os benefícios, direitos e deveres

Leia mais