Interacção Homem-Máquina Interfaces Tangíveis e Realidade Aumentada

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Interacção Homem-Máquina Interfaces Tangíveis e Realidade Aumentada"

Transcrição

1 Interacção Homem-Máquina Interfaces Tangíveis e Realidade Aumentada Pedro Campos dme.uma.pt/pcampos Novos paradigmas de interacção Pervasive computing Wearable computing Tangible user interfaces Augmented reality Attentive environments Transparent computing...

2 Interfaces Tangíveis GUIs TUIs Interfaces Tangíveis (ITs) Generally graspable and tangible interfaces are systems relating to the use of physical artifacts as representations and controls for digital information. A central characteristic of tangible interfaces is the seamless integration of representation and control, with physical objects being both representation of information and as physical controls for directly manipulating their underlying associations. Input and Output devices fall together. Ullmer & Ishii 4 características respeitantes à representação e controlo: - As representações físicas estão computacionalmente ligadas à respectiva informação digital As representações físicas personificam os mecanismos para o controlo interactivo As representações físicas estão perceptualmente ligadas às representações digitais mediadas activamente (através de visão aumentada, com som,...) O estado físico das ITs personifica aspectos chave do estado digital de um sistema

3 I/O Brush Vídeo Demo Tangible Business Process Analyzer Ferramenta colaborativa destinada a desenhar, simular e analisar aquilo que se deseja que sejam os processos de negócio de uma empresa Múltiplos utilizadores modelam colaborativamente (e directamente) o fluxo de trabalho e parâmetros de controlo usando botões fixos sobre uma sensing table Objectivos: - Descobrir problemas - Examinar hipóteses - Perceber o efeito de uma solução

4 AirportSim Ferramenta semelhante, mas adaptada à simulação e gestão de terminais de aeroportos Sensible Landscape: Sandscape Interface tangível para desenhar e compreender paisagens e orografias, através de uma variedade de simulações computacionais utilizando... areia! The users can alter the form of the landscape model by manipulating sand while seeing the resultant effects of computational analysis generated and projected on the surface of sand in real-time. The project demonstrates an alternative form of computer interface (tangible user interface) that takes advantage of our natural ability to understand and manipulate physical forms while still harnessing the power of computational simulation to help in our understanding of a model representation. Wang et al.

5 Sandscape: Demo IP Network Design Workbench TUI para desenho e concepção de redes IP Vídeo Demo

6 Tangible Query Interfaces Realidade Aumentada The world environment around us provides a wealth of information that is difficult to duplicate in a computer. This is evidenced by the worlds used in virtual environments. Either these worlds are very simplistic such as the environments created for immersive entertainment and games, or the system that can create a more realistic environment has a million dollar price tag such as flight simulators. An augmented reality system generates a composite view for the user. It is a combination of the real scene viewed by the user and a virtual scene generated by the computer that augments the scene with additional information. Imagem médica com realidade aumentada

7 Realidade Aumentada vs. Realidade Virtual Realidade Mista Ambiente Real Realidade Aumentada Virtualidade Aumentada Ambiente Virtual Domínios de aplicação Medicina Entretenimento Treino Militar Engenharia de Design Robótica Fabrico, manutenção e reparo Consumer Design

8 Componentes de um sistema de Realidade Aumentada Coordenadas da posição da câmara Coordenadas da cena Coordenadas da imagem da cena real Cena sendo vista Imagem Vídeo Coordenadas do mundo Alinhar câmara de gráficos à câmara real Coordenadas do objecto virtual Coordenadas da imagem gráfica Imagem Gráfica Câmara de gráficos Vídeo Aumentado Objecto Virtual Renderização dos gráficos Realidade Aumentada Exemplos YDreams: - Adidas EyeBall (vídeo) Vodafone Wow Stores (vídeo) Ecrã Interactivo Nokia (vídeo e fotos)

INICIAÇÃO Revista Eletrônica de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística

INICIAÇÃO Revista Eletrônica de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística HOLOFACE Programação de Simulação de Interfaces Interativas Aluno: Leandro Santos Castilho 1 Orientador: Romero Tori 2 Linha de Pesquisa: Ambientes Interativos Projeto: Livro 3D Resumo Os conceitos de

Leia mais

Departamento de Ciências e Tecnologias

Departamento de Ciências e Tecnologias Futuro Departamento de Ciências e Tecnologias Licenciatura em Engenharia Informática Missão Dotar os alunos de uma sólida formação teórica e experimental que garanta aos futuros licenciados a capacidade

Leia mais

UM COMPOSITOR MUSICAL TANGÍVEL USANDO O ARTOOLKIT

UM COMPOSITOR MUSICAL TANGÍVEL USANDO O ARTOOLKIT UM COMPOSITOR MUSICAL TANGÍVEL USANDO O ARTOOLKIT Marcelo Fernandes França (Bolsista PIBIC/CNPq) Felipe Afonso de Almeida (Orientador) Davi D Andréa Baccan (Co-orientador) Instituto Tecnológico de Aeronáutica

Leia mais

Interfaces Pessoa-Máquina (IPM)

Interfaces Pessoa-Máquina (IPM) Interfaces Pessoa-Máquina (IPM) III.3 Estilos de Interacção HCI, Cap. 3, Alan Dix 1 Melhor e Pior? 2 1 Resumo da Aula Anterior Praticamos Avaliação Heurística Consolidamos resultados Modelos para Avaliação

Leia mais

Realidade Virtual e Aumentada em Espaço pç e

Realidade Virtual e Aumentada em Espaço pç e E 200 4 CSE Realidade Virtual e Aumentada em Espaço pç e Indústria Christopher Shneider Cerqueira christophercerqueira@gmail.com http://www.cscerqueira.com/christopher 1 Rti Roteiro CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

Gestão do conhecimento

Gestão do conhecimento Gestão do Exemplos e aplicações Luis Manuel Borges Gouveia, lmbg@ufp.pt Janeiro de 2002 O SI, a GI e o Negócio Gestão e pessoas GESTÃO DA INFORMAÇÃO Organização e procedimentos SISTEMA DE INFORMAÇÃO missão

Leia mais

Curriculum Vitae de Ricardo Morla

Curriculum Vitae de Ricardo Morla Curriculum Vitae de Ricardo Morla Curriculum Vitae de Ricardo Santos Morla Identificação Ricardo Santos Morla Unidades a que pertence Telecomunicações Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores

Leia mais

CMs - Gestão de cor. josé gomes ferreira

CMs - Gestão de cor. josé gomes ferreira josé gomes ferreira CMs - Gestão de cor APRESENTAÇÃO A Gestão de Cor da captura à impressão! Conhecer e compreender a teoria da cor para a gestão de cor. A Luz e a sua natureza, os espaços de cor, etc.

Leia mais

evolução tecnológica disparo tecnológico espectativas, desilusões e iluminação adoção pelo mainstream hype cycles

evolução tecnológica disparo tecnológico espectativas, desilusões e iluminação adoção pelo mainstream hype cycles evolução tecnológica disparo tecnológico espectativas, desilusões e iluminação adoção pelo mainstream hype cycles prof.nelson_urssi nelson.jurssi@sp.senac.br www.urssi.com a cultura conrânea em projeto

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

REALIDADE AUMENTADA 1. INTRODUÇÃO

REALIDADE AUMENTADA 1. INTRODUÇÃO REALIDADE AUMENTADA 1. INTRODUÇÃO A Realidade Aumentada (RA) (augmented reality) é uma tecnologia, que combina elementos do mundo real com elementos virtuais em 3D, permitindo a interactividade entre objectos

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DE UM MODELADOR 3D COLABORATIVO BASEADO NO PADRÃO EMERGENTE MPEG-4 MULTIUSUÁRIO. DUARTE, Fernando Vieira. PERNOMIAN, Viviane Araujo

IMPLEMENTAÇÃO DE UM MODELADOR 3D COLABORATIVO BASEADO NO PADRÃO EMERGENTE MPEG-4 MULTIUSUÁRIO. DUARTE, Fernando Vieira. PERNOMIAN, Viviane Araujo REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PERIODICIDADE SEMESTRAL EDIÇÃO NÚMERO 1 AGOSTO DE 2004 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Cidades Analíticas Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Apresentação da candidatura: Candidato Luis Maia Oliveira

Leia mais

IMPORTÂNCIA DE UM SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO PARA A DIGITALIZAÇÃO DE OBJETOS UTILIZANDO SENSOR LASER

IMPORTÂNCIA DE UM SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO PARA A DIGITALIZAÇÃO DE OBJETOS UTILIZANDO SENSOR LASER IMPORTÂNCIA DE UM SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO PARA A DIGITALIZAÇÃO DE OBJETOS UTILIZANDO SENSOR LASER Werley Rocherter Borges Ferreira UFU, Universidade Federal de Uberlândia, Curso de Engenharia Mecatrônica,

Leia mais

Cigré/Brasil. CE B5 Proteção e Automação. Seminário Interno de Preparação para a Bienal de 2008

Cigré/Brasil. CE B5 Proteção e Automação. Seminário Interno de Preparação para a Bienal de 2008 Cigré/Brasil CE B5 Proteção e Automação Seminário Interno de Preparação para a Bienal de 2008 Rio de Janeiro, 26-27 de junho de 2008 B5-201 Dados do Artigo Exploiting the IEC61850 Potential for New Testing

Leia mais

INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES

INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES 2010/2011 1 Equipamentos informáticos Hardware e Software Hardware refere-se aos dispositivos físicos (electrónicos, mecânicos e electromecânicos) que constituem

Leia mais

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Marcello de Lima Azambuja A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Dissertação de Mestrado Dissertation presented to the Postgraduate Program in Informatics of the Departamento

Leia mais

2º Ciclo em: Engenharia Informática Design e Desenvolvimento de Jogos Digitais DI UBI 2014/2015

2º Ciclo em: Engenharia Informática Design e Desenvolvimento de Jogos Digitais DI UBI 2014/2015 ANIMATION & VIRTUAL REALITY 2º Ciclo em: Engenharia Informática Design e Desenvolvimento de Jogos Digitais DI UBI 2014/2015 Contacts! Docente (Teacher): Frutuoso Silva! Gabinete (Office): 3.18 (Bloco VI

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

APLICAÇÕES INTERATIVAS EDUCATIVAS UTILIZANDO REALIDADE VIRTUAL E AUMENTADA

APLICAÇÕES INTERATIVAS EDUCATIVAS UTILIZANDO REALIDADE VIRTUAL E AUMENTADA Revista F@pciência, Apucarana-PR, ISSN 1984-2333, v.4, n. 7, p. 61 69, 2009. 61 APLICAÇÕES INTERATIVAS EDUCATIVAS UTILIZANDO REALIDADE VIRTUAL E AUMENTADA Aluna. Aryanne Consolaro (FAP) Aluno. Márcio de

Leia mais

Integrando Recursos de Realidade Aumentada e Código de Barras Bidimensionais no Desenvolvimento de um Guia de Turismo

Integrando Recursos de Realidade Aumentada e Código de Barras Bidimensionais no Desenvolvimento de um Guia de Turismo Integrando Recursos de Realidade Aumentada e Código de Barras Bidimensionais no Desenvolvimento de um Guia de Turismo Pedro Clarindo da Silva Neto 1, Clodoaldo Nunes 1, Eunice P. dos Santos Nunes 2 1 Departamento

Leia mais

Desenvolvimento Baseado em Componentes e o Processo UML Components

Desenvolvimento Baseado em Componentes e o Processo UML Components Desenvolvimento Baseado em Componentes e o Processo UML Components Cecília Mary Fischer Rubira Patrick Henrique da Silva Brito Instituto de Computação (IC) Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) INF064

Leia mais

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE SOLUÇÃO TELEFONIA IP E CORDLESS EM UMA CONCESSIONÁRIA DE VEÍCULOS

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE SOLUÇÃO TELEFONIA IP E CORDLESS EM UMA CONCESSIONÁRIA DE VEÍCULOS PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE SOLUÇÃO TELEFONIA IP E CORDLESS EM UMA CONCESSIONÁRIA DE VEÍCULOS Felipe Tozetto Costa¹; Luis Miguel Schiebelbein², Rafael Scoczynski Ribeiro³ ¹ Faculdades Ponta Grossa Ponta Grossa

Leia mais

Universidade da Beira Interior

Universidade da Beira Interior Universidade da Beira Interior Departamento de Informática Unidade Curricular Generalidades sobre Serviços de Comunicação na Internet Licenciatura em Tecnologias e Sistemas de Informação Cap. 1 - Sumário

Leia mais

O MUNDO ESTÁ MUDANDO, RÁPIDO.

O MUNDO ESTÁ MUDANDO, RÁPIDO. O MUNDO ESTÁ MUDANDO, RÁPIDO. SUCESSÃO DO PAPA EM 2005 SUCESSÃO DO PAPA EM 2013 FOTOGRAFIAS: LUCA BRUNO MICHAEL SOHN VIVEMOS EM UM MUNDO LÍQUIDO COM ORGANIZAÇÕES SÓLIDAS. ZYGMUNT BAUMANN sociólogo polonês

Leia mais

INTERFACES HOMEM-MÁQUINA INTRODUÇÃO. Santiago P. S. Sáez, 2010

INTERFACES HOMEM-MÁQUINA INTRODUÇÃO. Santiago P. S. Sáez, 2010 INTERFACES HOMEM-MÁQUINA INTRODUÇÃO Santiago P. S. Sáez, 2010 Interface Homem-Máquina -Introdução O estudo da interacção entre as pessoas e os computadores. Para a ACM, trata-se de: a disciplina preocupada

Leia mais

Elsa Cardoso, DCTI - ISCTE

Elsa Cardoso, DCTI - ISCTE Elsa Cardoso, DCTI - ISCTE 25 Maio 2004 elsa.cardoso@iscte.pt Sumário Perspectiva de Desenho do Sistema: Diagrama de classes numa perspectiva de Desenho: Estereótipos Relação de Dependência Relação de

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação: Prototipagem Digital II Área Científica: Design Gráfico e Multimédia Ciclo de Estudos: 1º Ciclo Carácter: Obrigatória Ano Lectivo: 2008/2009 Semestre:

Leia mais

Rafael Jessen Werneck de Almeida Martins. Recomendação de pessoas em redes sociais com base em conexões entre usuários

Rafael Jessen Werneck de Almeida Martins. Recomendação de pessoas em redes sociais com base em conexões entre usuários Rafael Jessen Werneck de Almeida Martins Recomendação de pessoas em redes sociais com base em conexões entre usuários Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para a obtenção

Leia mais

SmartLPR. SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula

SmartLPR. SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula SmartLPR SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula SmartLPR é um avançado sistema de controle de acesso por leitura de matricula, proporcionando uma boa Fiabilidade,

Leia mais

Informática. Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação. Aula 3. Introdução aos Sistemas

Informática. Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação. Aula 3. Introdução aos Sistemas Informática Aula 3 Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação Comunicação Empresarial 2º Ano Ano lectivo 2003-2004 Introdução aos Sistemas A Teoria dos Sistemas proporciona um meio poderoso

Leia mais

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares:

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares: ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais Inteligência Artificial Aplicada a Jogos, com 6 Paradigmas de Programação I, com 9 Paradigmas de

Leia mais

André Anjos Direção Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas

André Anjos Direção Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas Jogos Digitais Direção Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas Introdução Um jogo digital é um termo genérico que se refere a jogos eletrónicos desenhados para serem jogados num computador,

Leia mais

Internet Market Research Os novos desafios APODE M O 2001

Internet Market Research Os novos desafios APODE M O 2001 Internet Market Research Os novos desafios APODE M O 2001 Tema A Economia Digitale o seu impacto nos estudos de mercado Tema Economia Digital Consumidor E mpresas Estudos de Mercado Tecnologia Tópicos

Leia mais

A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA. Fredemar Rüncos

A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA. Fredemar Rüncos Resumo da Dissertação apresentada à UFSC como parte dos requisitos necessários para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Elétrica. A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA

Leia mais

Saulo de Souza Ladeira. Técnica, território e ensino a distância: Articulações histórico-teóricas. Dissertação de Mestrado

Saulo de Souza Ladeira. Técnica, território e ensino a distância: Articulações histórico-teóricas. Dissertação de Mestrado Saulo de Souza Ladeira Técnica, território e ensino a distância: Articulações histórico-teóricas Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Geografia da PUC-Rio como

Leia mais

Design de Multimédia e Interacção

Design de Multimédia e Interacção índice 1. Interacção 1.1 Definições 2.1 Definições 2.2 Definições - diagrama 1 2.3 Definições - sumário 2.4 Princípios - diagrama 2 2.5 So, What is Interaction Design? Bibliografia 1. Interacção 1.1 Definições

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

ANÁLISE DE DESEMPENHO ENTRE SOFTWARES VIRTUALIZADORES

ANÁLISE DE DESEMPENHO ENTRE SOFTWARES VIRTUALIZADORES ANÁLISE DE DESEMPENHO ENTRE SOFTWARES VIRTUALIZADORES Vitor Rodrigues Tanamachi 1, Weber Poli de Oliveira 1, Alexandre Galvani 1. 1 Departamento de Informática Faculdade de Tecnologia de Bauru (FATEC)

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA ARQUITETURA DE UM AMBIENTE COLABORATIVO DE BUSINESS INTELLIGENCE BASEADO EM UM REPOSITÓRIO DE ONTOLOGIAS E SERVIÇOS DE DADOS VALÉRIO AYMORÉ MARTINS DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA DEPARTAMENTO

Leia mais

25/05/2015. Um pouco de história. O Modelo CMMI. Capability Maturity Model Integration (CMMI) Capability Maturity Model (CMM)

25/05/2015. Um pouco de história. O Modelo CMMI. Capability Maturity Model Integration (CMMI) Capability Maturity Model (CMM) DCC / ICEx / UFMG Um pouco de história O Modelo CMMI Na década de 80, o Instituto de Engenharia de Software (SEI) foi criado Eduardo Figueiredo http://www.dcc.ufmg.br/~figueiredo Objetivos Fornecer software

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA. Sistemas Distribuídos

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA. Sistemas Distribuídos UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA Sistemas Distribuídos Mestrado em Ciência da Computação 1o. Semestre / 2006 Prof. Fábio M. Costa fmc@inf.ufg.br www.inf.ufg.br/~fmc/ds MSc2006 Aula

Leia mais

Integrated Network Operations Support System ISO 9001 Certified A Plataforma Integradora Integrated Platform O INOSS V2 é uma poderosa plataforma de operação e gestão centralizada de redes e serviços de

Leia mais

Desenvolvimento Iterativo. Unified Process (UP) Esta abordagem ao desenvolvimento

Desenvolvimento Iterativo. Unified Process (UP) Esta abordagem ao desenvolvimento Desenvolvimento Iterativo Esta abordagem ao desenvolvimento assegura que o sistema cresce de forma incremental assegura que a complexidade se mantém controlada permite ainda obter rápido feedback de várias

Leia mais

Uma aplicação da engenharia do entretenimento: objetos do cotidiano usados no gerenciamento de uma discoteca virtual pelos amantes da música

Uma aplicação da engenharia do entretenimento: objetos do cotidiano usados no gerenciamento de uma discoteca virtual pelos amantes da música Uma aplicação da engenharia do entretenimento: objetos do cotidiano usados no gerenciamento de uma discoteca virtual pelos amantes da música RESUMO O entretenimento vem-se tornando cada vez mais importante,

Leia mais

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems Tecnologia de instalações electrónicas Training systems / trainers for electrical wiring/building management systems: Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom

Leia mais

UM FRAMEWORK DE REALIDADE AUMENTADA

UM FRAMEWORK DE REALIDADE AUMENTADA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA UM FRAMEWORK DE REALIDADE AUMENTADA PARA O DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PORTÁVEIS PARA A PLATAFORMA POCKET PC

Leia mais

MySQL, Como e Por que Utilizar? por Dimas Cassimiro dimascnf@lsd.ufcg.edu.br

MySQL, Como e Por que Utilizar? por Dimas Cassimiro dimascnf@lsd.ufcg.edu.br MySQL, Como e Por que Utilizar? por Dimas Cassimiro dimascnf@lsd.ufcg.edu.br Por que estou aqui? O que vamos ver? Agenda O que é MySQL? Por que MySQL? História MySQLComnunity Server Por que utilizar o

Leia mais

A Importância da Certificação em Cloud Computing

A Importância da Certificação em Cloud Computing Marcelo Sávio Arquiteto de TI IBM Brasil A Importância da Certificação em Cloud Computing 1 100 Anos IBM: 100 Anos (1911-2011) E a demanda por TI só cresce... Exabytes 1,800 1,600 1,400 1,200 1,000 800

Leia mais

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares:

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares: ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO e Inteligência Artificial Aplicada a Jogos, com 6 Paradigmas de Programação I, com 9 Paradigmas de Programação II, com 9 Algoritmos e Estrutura de

Leia mais

V.2 Dispositivos de Interacção

V.2 Dispositivos de Interacção Melhor e Pior? V.2 DISPOSITIVOS DE INTERACÇÃO HCI, Cap.2 (pags. 59-97) Alan Dix 2 Resumo Aula Anterior Sumário o Importância, características e guia de estilos dos manuais o Manuais convencionais o Princípios

Leia mais

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS AGRADECIMENTOS O findar desta dissertação é o momento indicado para agradecer ao Professor Doutor João Carlos de Matos Paiva pela sua grande ajuda, pela disponibilidade sempre manifestada, pelo seu empenho

Leia mais

Laboratório de Mídias Sociais

Laboratório de Mídias Sociais Laboratório de Mídias Sociais Aula 04 Análise de Rede de Mídias Sociais parte I Prof. Dalton Martins dmartins@gmail.com Gestão da Informação Universidade Federal de Goiás O que é análise de rede de mídias

Leia mais

Acelere e padronize seu processo de desenvolvimento com o Projeto Gráfico de Sistemas

Acelere e padronize seu processo de desenvolvimento com o Projeto Gráfico de Sistemas Acelere e padronize seu processo de desenvolvimento com o Projeto Gráfico de Sistemas Leandro Fonseca Gerente Regional de Vendas (Brasil) Alisson Kokot Engenheiro de Vendas (Vale do Paraíba) Agenda Diagrama

Leia mais

CSCW - Trabalho Cooperativo Suportado por Computador

CSCW - Trabalho Cooperativo Suportado por Computador CSCW - Trabalho Cooperativo Suportado por Computador Luís Manuel Borges Gouveia Aveiro, Janeiro de 2002 evolução dos sistemas de interacção o impacto dos computadores e a preocupação das TI foi-se desenvolvendo

Leia mais

FEUP 2006/2007 Mestrado em Tecnologias Multimédia Doc. Apresentação V0

FEUP 2006/2007 Mestrado em Tecnologias Multimédia Doc. Apresentação V0 FEUP 2006/2007 Mestrado em Tecnologias Multimédia Doc. Apresentação V0 TÍTULO: Animatic - Marionetas Digitais Interactivas ORIENTADORES: Professor Doutor Aníbal Ferreira Professor Doutor Rui Torres ALUNO:

Leia mais

T22 Virtualização, Computação em nuvem e Mobilidade. Quais os benefícios destas tecnologias para a Manufatura?

T22 Virtualização, Computação em nuvem e Mobilidade. Quais os benefícios destas tecnologias para a Manufatura? T22 Virtualização, Computação em nuvem e Mobilidade. Quais os benefícios destas tecnologias para a Manufatura? Rev 5058-CO900D 1 E hoje a Internet das coisas 2 Gordon E. Moore Moore's law is the observation

Leia mais

Sistemas Embarcados e Maquetes Virtuais para Suporte a Hiper-Realidade

Sistemas Embarcados e Maquetes Virtuais para Suporte a Hiper-Realidade Sistemas Embarcados e Maquetes Virtuais para Suporte a Hiper-Realidade Alexandre S. G. Vianna, Yuri G. G. da Costa, José A. G. Lima, Liliane S. Machado, Ronei M. Moraes Universidade Federal da Paraíba

Leia mais

Democratize access to the Serious Games

Democratize access to the Serious Games Paris - Annecy - Geneva - Moscow www.itycom.com Democratize access to the Serious Games Customizable Off-the-Shelf Training Modules Serious Games e-learning Multimedia Elements Interactive Comics ITyStudio

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática São Paulo 2010 JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

Leia mais

6º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM PETRÓLEO E GÁS

6º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM PETRÓLEO E GÁS 6º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM PETRÓLEO E GÁS TÍTULO DO TRABALHO: Estudo da utilização de softwares alternativos para visualização e modelagem de poços petrolíferos. AUTORES:

Leia mais

Introdução a Modelagem 3D com Blender 3D

Introdução a Modelagem 3D com Blender 3D Introdução a Modelagem 3D com Blender 3D Thiago H. B. de Oliveira 1, Gabriel de França Pereira e Silva 1 1 Unidade Acadêmica de Garanhuns, Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) Av. Bom Pastor,

Leia mais

CROQUI DIGITAL E INTERATIVO

CROQUI DIGITAL E INTERATIVO CROQUI DIGITAL E INTERATIVO Luisa Felix Adriane Borda Almeida da Silva Neusa Rodrigues Felix Universidade Federal de Pelotas, Departamento de Desenho Técnico e Gráfica Computacional, Brasil Isa_luls@universia.com.br,

Leia mais

Notebook 10 Software para aprendizagem colaborativa

Notebook 10 Software para aprendizagem colaborativa Notebook 10 Software para aprendizagem colaborativa Crie momentos extraordinários na sala de aula O software premiado Notebook está a criar o padrão mundial para criar, ensinar e gerir aulas interactivas

Leia mais

Arquitetura para aplicações adaptativas de Visualização de Informações com Realidade Aumentada

Arquitetura para aplicações adaptativas de Visualização de Informações com Realidade Aumentada Arquitetura para aplicações adaptativas de Visualização de Informações com Realidade Aumentada Ezequiel Roberto Zorzal 1,2, Alexandre Cardoso 1, Claudio Kirner 3, Edgard A. Lamounier Júnior 1 1 Programa

Leia mais

REALIDADE VIRTUAL. Tatiane Cruz de Souza Honório

REALIDADE VIRTUAL. Tatiane Cruz de Souza Honório REALIDADE VIRTUAL Tatiane Cruz de Souza Honório A ilusão vai ser tão grande que não seremos mais capazes de distinguir entre o que é real e o que não é. Steve Williams Sumário Introdução Tipos de Sistemas

Leia mais

Escola Superior de Educação/Instituto Politécnico de Coimbra

Escola Superior de Educação/Instituto Politécnico de Coimbra Escola Superior de Educação/Instituto Politécnico de Coimbra Grau de Mestre/Master (MsC) degree MESTRADO EM INTERACÇÃO HUMANO-COMPUTADOR (HCI HUMAN-COMPUTER INTERACTION) (Edição 2012-2013) Unidades Curriculares

Leia mais

Simulação Distribuída em Ambientes Virtuais 3D e Mídias Interativas

Simulação Distribuída em Ambientes Virtuais 3D e Mídias Interativas Simulação Distribuída em Ambientes Virtuais 3D e Mídias Interativas A ilusão vai ser tão grande que não seremos mais capazes de distingüir entre o que é real e o que não é. Steve Williams Simulação Distribuída

Leia mais

New Directions in 3D User Interfaces

New Directions in 3D User Interfaces The international Journal of Virtual Reality, 2006 New Directions in 3D User Interfaces Doug A. Bowman, Jian Chen, Chadwick A. Wingrave, John Lucas, Andrew Ray, Nicholas F. Polys, Qing Li, Yonca Haciahmetoglu,

Leia mais

Desafio 3. Como desenvolver sistemas inovadores a partir do conceito de social?

Desafio 3. Como desenvolver sistemas inovadores a partir do conceito de social? Desafio 3 Como desenvolver sistemas inovadores a partir do conceito de social? CONCEITO SOCIAL Tendência Social Social Everything Social BPM Social CRM Social Computing Social TV Social Media Social ITSM

Leia mais

Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Inteligência Artificial

Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Inteligência Artificial Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Inteligência Artificial João Marques Salomão Rodrigo Varejão Andreão Inteligência Artificial Definição (Fonte: AAAI ): "the scientific understanding of the mechanisms

Leia mais

ADNAMIC é uma nova plataforma tecnológica que permite a obtenção de informação estatística de apoio à gestão.

ADNAMIC é uma nova plataforma tecnológica que permite a obtenção de informação estatística de apoio à gestão. ADNAMIC é uma nova plataforma tecnológica que permite a obtenção de informação estatística de apoio à gestão. INCORPORA UM MÓDULO INOVADOR PARA A PROMOÇÃO DE MARCAS, PRODUTOS E SERVIÇOS. PROPORCIONA EXPERIÊNCIAS

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações Universidade Estácio de Sá Informática e Telecomunicações A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

Painel de CSOs Perspectivas sobre Medidas Anti-Fraude no Combate a Ameaças Internas e Externas

Painel de CSOs Perspectivas sobre Medidas Anti-Fraude no Combate a Ameaças Internas e Externas Painel de CSOs Perspectivas sobre Medidas Anti-Fraude no Combate a Ameaças Internas e Externas Resumo Moderador: Ricardo Fernandes VP, Solution Sales Security Latin America 2 Infoglobo Armando Linhares

Leia mais

Ferramenta auxiliar na modelagem de ambientes utilizando a Realidade Aumentada

Ferramenta auxiliar na modelagem de ambientes utilizando a Realidade Aumentada Ferramenta auxiliar na modelagem de ambientes utilizando a Realidade Aumentada Alan Alberto Alves, Isabel Dillmann Nunes 1 Ciência da Computação Fundação Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ) Caixa Postal

Leia mais

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Raquel Jauffret Guilhon Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

Gestão do Produto. Prof. Dr.-Ing. Klaus Schützer

Gestão do Produto. Prof. Dr.-Ing. Klaus Schützer Lab. de Sistemas Computacionais para Projeto e Manufatura Prof. Dr.-Ing. K. Schützer FEAU - UNIMEP Gestão do Produto Prof. Dr.-Ing. Klaus Schützer Lab. de Sistemas Computacionais para Projeto e Manufatura

Leia mais

Uma arquitetura baseada em agentes de software para a automação de processos de gerênciadefalhasemredesde telecomunicações

Uma arquitetura baseada em agentes de software para a automação de processos de gerênciadefalhasemredesde telecomunicações Adolfo Guilherme Silva Correia Uma arquitetura baseada em agentes de software para a automação de processos de gerênciadefalhasemredesde telecomunicações Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada

Leia mais

STUDY ABOUT INFLUENCE ON ACADEMIC PERFORMANCE OF STUDENTS USERS OF SOCIAL NETWORKS

STUDY ABOUT INFLUENCE ON ACADEMIC PERFORMANCE OF STUDENTS USERS OF SOCIAL NETWORKS STUDY ABOUT INFLUENCE ON ACADEMIC PERFORMANCE OF STUDENTS USERS OF SOCIAL NETWORKS Elton Rabelo (Instituto de Ensino Superior e Pesquisa INESP, MG, Brasil) - eltonneolandia@yahoo.com.br Thiago Magela Rodrigues

Leia mais

Curso CP100A - Google Cloud Platform Fundamentals (8h)

Curso CP100A - Google Cloud Platform Fundamentals (8h) Curso CP100A - Google Cloud Platform Fundamentals (8h) Este curso virtual liderado por um instrutor, com 8 horas de duração, introduz os participantes aos produtos e serviços do Google Cloud Platform.

Leia mais

Computação de alto desempenho. Joubert de Castro Lima joubertlima@gmail.com Professor Adjunto DECOM

Computação de alto desempenho. Joubert de Castro Lima joubertlima@gmail.com Professor Adjunto DECOM Computação de alto desempenho Joubert de Castro Lima joubertlima@gmail.com Professor Adjunto DECOM UFOP 2013 Por que estudar computação? Computação estuda os fluxos de informação em sistemas naturais......e

Leia mais

Penetration Testing Workshop

Penetration Testing Workshop Penetration Testing Workshop Information Security FCUL 9 Maio 2013 Workshop FCUL Marco Vaz, CISSP, CISA, ISO27001LA, ITILv3 Expert Consultant Partner (mv@integrity.pt) Herman Duarte, OSCP, Associate CISSP,

Leia mais

Unidade I - Fundamentos I.1 Introdução à Computação Gráfica

Unidade I - Fundamentos I.1 Introdução à Computação Gráfica Unidade I - Fundamentos I.1 Introdução à Computação Gráfica I.1.1 Introdução Começou com Exibição de informação para plotters Telas de tubos de raios catódicos (CRT) Tem se desenvolvido Criação, armazenamento

Leia mais

5/10/10. Implementação. Building web Apps. Server vs. client side. How to create dynamic contents?" Client side" Server side"

5/10/10. Implementação. Building web Apps. Server vs. client side. How to create dynamic contents? Client side Server side 5/10/10 Implementação Mestrado em Informática Universidade do Minho! 6! Building web Apps How to create dynamic contents?" Client side" Code runs on the client (browser)" Code runs on a virtual machine

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

Soluções de Automação e Segurança Predial. Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br

Soluções de Automação e Segurança Predial. Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br Soluções de Automação e Segurança Predial Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br Veículo de Emergência A Telemont Overview Automação Predial Vídeo Monitoramento Controle de Acesso Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br

Leia mais

Considerações sobre uso de ambientes para ensino a distância

Considerações sobre uso de ambientes para ensino a distância Tânia Martins Preto 85 Considerações sobre uso de ambientes para ensino a distância Tânia Martins Preto (Mestre) Curso de Tecnologia em Processamento de Dados - Universidade Tuiuti do Paraná 86 Considerações

Leia mais

Microelectrónica (ME)

Microelectrónica (ME) Microelectrónica (ME) LEEC (opção) Lic. Lic. Engª. AeroEspacial (Aviónica) Tipos de projecto de CIs Marcelino Santos (marcelino.santos@ist.utl.pt) 2004/05 Tipos de projecto de CIs ASIC - Application Specific

Leia mais

Estudo do Caso PT-SI: Dois passos em frente nos ambientes colaborativos. Carlos Pinhão Lisboa, 2 de Abril 2008

Estudo do Caso PT-SI: Dois passos em frente nos ambientes colaborativos. Carlos Pinhão Lisboa, 2 de Abril 2008 Estudo do Caso PT-SI: Dois passos em frente nos ambientes colaborativos Carlos Pinhão Lisboa, 2 de Abril 2008 Agenda O porquê da mudança Comunicações Conclusões 2 O porquê da mudança PT-SI conta com mais

Leia mais

Oficina de Multimédia B. ESEQ 12º i 2009/2010

Oficina de Multimédia B. ESEQ 12º i 2009/2010 Oficina de Multimédia B ESEQ 12º i 2009/2010 Conceitos gerais Multimédia Hipertexto Hipermédia Texto Tipografia Vídeo Áudio Animação Interface Interacção Multimédia: É uma tecnologia digital de comunicação,

Leia mais

ANÁLISE DO ALINHAMENTO ENTRE O BALANÇO SOCIAL E O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DOS TRÊS MAIORES BANCOS EM ATIVIDADE NO BRASIL

ANÁLISE DO ALINHAMENTO ENTRE O BALANÇO SOCIAL E O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DOS TRÊS MAIORES BANCOS EM ATIVIDADE NO BRASIL ANÁLISE DO ALINHAMENTO ENTRE O BALANÇO SOCIAL E O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DOS TRÊS MAIORES BANCOS EM ATIVIDADE NO BRASIL ANALYSIS OF ALIGNMENT AMONG SOCIAL BALANCE AND SUSTAINABILITY REPORT OF THREE

Leia mais

Projeto FlexiGrid IWA. Sistema de Armazenamento e Comunicação de Imagens

Projeto FlexiGrid IWA. Sistema de Armazenamento e Comunicação de Imagens Projeto FlexiGrid IWA Sistema de Armazenamento e Comunicação de Imagens Aristófanes C. Silva Danilo Launde Lúcio Dias Roteiro PACS Definição Infra-Estrutura Camadas Problemas Soluções DICOM IWA Histórico

Leia mais

DESENVOLVIMENTO E APLICABILIDADE DE UMA BASE DE DADOS RELACIONAL PARA O INVENTÁRIO FLORESTAL CONTÍNUO DO RIO GRANDE DO SUL

DESENVOLVIMENTO E APLICABILIDADE DE UMA BASE DE DADOS RELACIONAL PARA O INVENTÁRIO FLORESTAL CONTÍNUO DO RIO GRANDE DO SUL DESENVOLVIMENTO E APLICABILIDADE DE UMA BASE DE DADOS RELACIONAL PARA O INVENTÁRIO FLORESTAL CONTÍNUO DO RIO GRANDE DO SUL RESUMO Enio Giotto Elódio Sebem Doádi Antônio Brena Universidade Federal de Santa

Leia mais

CleanDrive - An Educational Simulator for Safe and Environmental Driving

CleanDrive - An Educational Simulator for Safe and Environmental Driving CleanDrive - An Educational Simulator for Safe and Environmental Driving João A. Madeiras Pereira INESC-ID/IST Pavilhão Atlântico, Lisboa, 20 Maio 2009 Apresentação Criar um simulador de condução económica

Leia mais

Identificação de Caracteres com Rede Neuronal Artificial com Interface Gráfica

Identificação de Caracteres com Rede Neuronal Artificial com Interface Gráfica Identificação de Caracteres com Rede Neuronal Artificial com Interface Gráfica João Paulo Teixeira*, José Batista*, Anildio Toca**, João Gonçalves**, e Filipe Pereira** * Departamento de Electrotecnia

Leia mais

Licenciatura em Eng.ª Informática Complementos de Redes - 3º Ano - 2º Semestre. Trabalho Nº 4 - VoIP

Licenciatura em Eng.ª Informática Complementos de Redes - 3º Ano - 2º Semestre. Trabalho Nº 4 - VoIP Trabalho Nº 4 - VoIP 1. Introdução A utilização de tecnologia VoIP como alternativa às redes telefónicas tradicionais está a ganhar cada vez mais a aceitação junto dos utilizadores, e está sobretudo em

Leia mais

Quadros Interactivos Multimédia e Formação Contínua de Docentes. InterwriteBoard Guia de Iniciação

Quadros Interactivos Multimédia e Formação Contínua de Docentes. InterwriteBoard Guia de Iniciação Quadros Interactivos Multimédia e Formação Contínua de Docentes InterwriteBoard Guia de Iniciação A. Jorge Mesquita Maio, 2008 Conteúdo Introdução... 1 Antes de iniciar... 1 Caneta interactiva... 1 Interagir

Leia mais

Cloud para o Brasil Cloud Services

Cloud para o Brasil Cloud Services Cloud para o Brasil Como as ofertas da Capgemini endereçam os principais pontos levantados pela pesquisa exclusiva We orchestrate your Cloud Services Current Market Situation with Cloud 2 Current Market

Leia mais

Mestrado em Tecnologia e Arte Digital

Mestrado em Tecnologia e Arte Digital Campus de Azurém Azurém 4800-058 P Escola de Engenharia / Instituto de Educação e Psicologia Mestrado em Tecnologia e Arte Digital PEDIDO DE ALTERAÇÂO DO CICLO DE ESTUDOS Pág. 1 1. Alteração da denominação

Leia mais