Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco - IFPE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco - IFPE"

Transcrição

1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco - IFPE EXAME DE SELEÇÃO / VESTIBULAR IFPE 2016 CURSOS TÉCNICOS - Modalidade PROEJA DATA 29/11/2015 (DOMINGO) ATENÇÃO 1. Leia todas as instruções antes de iniciar a prova. 2. Preencha seus dados pessoais. 3. Autorizado o início da prova, verifique se este caderno contém 30 (trinta) questões, sendo Língua Portuguesa de 01 a 10, Matemática de 11 a 20 e Conhecimentos Gerais de 21 a 30. Se não estiver completo, solicite imediatamente do fiscal da sala outro exemplar. 4. Ao receber a folha de respostas, confira o seu nome e o número de inscrição. Qualquer irregularidade, comunique logo ao fiscal. 5. Para marcar a folha de respostas, utilize caneta esferográfica com tinta na cor preta ou azul e faça as marcas de acordo com o modelo: preencher assim 6. Marque apenas uma resposta para cada questão, pois só há uma única resposta correta. A questão que for marcada com mais de uma resposta, ou rasurada, será anulada. 7. Se a Comissão Organizadora do Exame de Seleção/Vestibular IFPE 2016 verificar que a resposta de uma questão é dúbia ou inexistente, a questão será posteriormente anulada e os pontos, a ela correspondentes, distribuídos entre as demais. 8. Não risque, não amasse, não dobre e não suje a folha de respostas. 9. Os fiscais não estão autorizados a emitir opinião nem prestar esclarecimentos sobre o conteúdo das provas. 10. O caderno de provas e a folha de respostas deverão ser devolvidos ao fiscal da sala. 11. A prova terá início às 9h00min e deverá ser concluída até as 12h00 min. Por razões de segurança do concurso, o candidato só poderá deixar o local de realização da aplicação das provas 1 (uma) hora após o seu início. 12. Os fiscais não estão autorizados a fazer retificações de qualquer natureza nas instruções ou enunciados de questões das provas. Apenas, e exclusivamente, o CHEFE DE PRÉDIO, pessoalmente, é que poderá comunicar alguma retificação. 13. O IFPE não se responsabilizará por objetos ou valores portados, esquecidos, danificados ou extraviados nas dependências dos locais de aplicação das provas. 14. Todos os materiais impressos, entregues aos candidatos no dia da prova, deverão ser devolvidos na íntegra, pois pertencem ao IFPE. 15. O gabarito oficial preliminar será divulgado 2 (duas) horas depois do encerramento das provas, no endereço eletrônico cvest.ifpe.edu.br. 16. Será facultado ao candidato apresentar recurso, devidamente fundamentado, relativo ao gabarito e/ou ao conteúdo das questões. O recurso deverá ser interposto no dia 30/11/2015, das 8h às 17h, dirigido à Comissão do Exame de Seleção/Vestibular IFPE 2016, e entregue no Campus do IFPE em que o candidato concorre à vaga, nos endereços constantes do item 8.3 do Manual do Candidato. Não será aceito recurso via postal, via fax ou correio eletrônico ou interposto por procurador. 17. A divulgação dos aprovados estará disponível a partir de 18/12/2015, no endereço eletrônico cvest.ifpe.edu.br. 18. Fique atento ao cronograma de matrícula. Impressão Digital NOME DO CANDIDATO: R.G. nº ÓRGÃO: INSCRIÇÃO nº ASSINATURA:

2

3 LÍNGUA PORTUGUESA 1. Leia a seguinte anedota e marque a opção que melhor descreve a causa do humor do texto. A enfermeira disse ao médico: Doutor, um cego quer lhe ver. Diga para ele que não faço milagres! PINTO, Z. A. As anedotinhas do bichinho da maçã. São Paulo: Melhoramentos, a) O emprego errado da expressão quer lhe ver por parte da enfermeira, pois uma pessoa cega jamais poderia ver. b) O médico não compreendeu o que a enfermeira quis dizer, pois não observou o contexto de produção da fala. c) O fato de o médico usar a palavra milagres em seu sentido conotativo. d) O fato de a enfermeira utilizar linguagem demasiado formal ao se reportar ao médico, um colega de trabalho. e) O uso de exclamação por parte do médico, pois seu uso é considerado impróprio em ambientes como consultórios. 2. De acordo com o texto abaixo, analise as alternativas e marque a correta. Circuito Fechado Ricardo Ramos Chinelos, vaso, descarga. Pia, sabonete. Água. Escova, creme dental, água, espuma, creme de barbear, pincel, espuma, gilete, água, cortina, sabonete, água fria, água quente, toalha. Creme para cabelo, pente. Cueca, camisa, abotoaduras, calça, meias, sapatos, gravata, paletó. Carteira, níqueis, documentos, caneta, chaves, lenço, relógio, maço de cigarros, caixa de fósforos. Jornal. Mesa, cadeiras, xícara e pires, prato, bule, talheres, guardanapo. Quadros. Pasta, carro. Cigarro, fósforo. Mesa e poltrona, cadeira, cinzeiro, papéis, telefone, agenda, copo com lápis, canetas, bloco de notas, espátula, pastas, caixas de entrada, de saída, vaso com plantas, quadros, papéis, cigarro, fósforo. Bandeja, xícara pequena. Cigarro e fósforo. Papéis, telefone, relatórios, cartas, notas, vales, cheques, memorandos, bilhetes, telefone, papéis. Relógio. Mesa, cavalete, cinzeiros, cadeiras, esboços de anúncios, fotos, cigarro, fósforo, bloco de papel, caneta, projetor de filmes, xícara, cartaz, lápis, cigarro, fósforo, quadro-negro, giz, papel. Mictório, pia, água. Táxi. Mesa, toalha, cadeiras, copos, pratos, talheres, garrafa, guardanapo, xícara. Maço de cigarros, caixa de fósforos. Escova de dentes, pasta, água. Mesa e poltrona, papéis, telefone, revista, copo de papel, cigarro, fósforo, telefone interno, externo, papéis, prova de anúncio, caneta e papel, relógio, papel, pasta, cigarro, fósforo, papel e caneta, telefone, caneta e papel, telefone, papéis, folheto, xícara, jornal, cigarro, fósforo, papel e caneta. Carro. Maço de cigarros, caixa de fósforos. Paletó, gravata. Poltrona, copo, revista. Quadros. Mesa, cadeiras, pratos, talheres, copos, guardanapos. Xícaras. Cigarro e fósforo. Poltrona, livro. Cigarro e fósforo. Televisor, poltrona. Cigarro e fósforo. Abotoaduras, camisa, sapatos, meias, calça, cueca, pijama, chinelos. Vaso, descarga, pia, água, escova, creme dental, espuma, água. Chinelos. Coberta, cama, travesseiro. (...) RAMOS, Ricardo. Disponível em: <http://bailedeliteratura.blogspot.com.br/2014/03/analise-circuito fechado-ricardo-ramos.html>. Acesso em: 21 set a) Apesar de o trecho não conter elementos coesivos explícitos, pode-se dizer que sua coesão se estabelece a partir do conhecimento de mundo do leitor e da coerência textual. b) Não se pode afirmar que o trecho acima seja coeso, apesar de ser coerente. c) Pode-se dizer que é um trecho sem coerência, pois o seu sentido global não pode ser recuperado pelo leitor. d) Embora apresente outros critérios de textualidade como intencionalidade, situacionalidade e intertextualidade não se pode dizer que a coesão e a coerência possam ser recuperadas. e) Trata-se de um não texto, pois a ausência de elementos coesivos faz dele apenas um conjunto de frases que não representam uma unidade textual.

4 3. Leia o texto e identifique a alternativa que apresenta o gênero textual e o tipo textual predominante, respectivamente. Renúncia Manuel Bandeira Chora de manso e no íntimo... Procura Curtir sem queixa o mal que te crucia: O mundo é sem piedade e até riria Da tua inconsolável amargura. Só a dor enobrece e é grande e é pura. Aprende a amá-la que a amarás um dia. Então ela será tua alegria, E será, ela só, tua ventura... A vida é vã como a sombra que passa... Sofre sereno e de alma sobranceira, Sem um grito sequer, tua desgraça. Encerra em ti tua tristeza inteira. E pede humildemente a Deus que a faça Tua doce e constante companheira... BANDEIRA, M. Estrela da vida inteira. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, a) Poema e injunção. b) Canção e narração. c) Descrição e poema. d) Canção e injunção. e) Narração e carta de amor. 4. Leia os versos da canção Índia. Se a palavra em destaque puder ser substituída por pretos sem haver alteração no sentido global do texto, estaremos diante de um caso de: Índia seus cabelos nos ombros caídos Negros como a noite que não tem luar Disponível em: <http://letras.mus.br/perla/718686/>. Acesso em: 24 set a) Homonímia. b) Paronímia. c) Sinonímia. d) Antonímia. e) Ambiguidade.

5 5. Leia a letra da seguinte canção e observe as expressões em destaque. Depois, marque a opção que representa trechos compostos pelas figuras de linguagem personificação e comparação, nessa ordem. As Vitrines Chico Buarque 1 Eu te vejo sumir por aí Te avisei que 2 a cidade era um vão - Dá tua mão - Olha pra mim - Não faz assim - Não vai lá não Os letreiros a te colorir Embaraçam a minha visão 3 Eu te vi suspirar de aflição E sair da sessão, 4 frouxa de rir Já te vejo brincando, gostando de ser Tua sombra a se multiplicar Nos teus olhos também posso ver 5 As vitrines te vendo passar Na galeria, 6 cada clarão É como um dia depois de outro dia Abrindo um salão Passas em exposição Passas sem ver teu vigia Catando a poesia Que entornas no chão Disponível em: <http://letras.mus.br/chico-buarque/45109/>. Acesso em: 23 set a) 1 e 2. b) 5 e 6. c) 3 e 4. d) 1 e 3. e) 2 e Leia o texto e indique qual das palavras em destaque possui prefixo com sentido de negação. O perguntar e o responder Carlos Drummond de Andrade O espelho recusou-se a responder a Lavínia que ela é a mais bela mulher do Brasil. Aliás, não respondeu nada. Era um espelho muito silencioso. Lavínia retirou-o da parede e colocou outro, que emitia sons ininteligíveis, e foi também substituído. O terceiro espelho já fazia uso moderado da palavra, porém não dizia coisa com coisa. Um quarto espelho chegou a pronunciar nitidamente esta frase: Vou pensar. Ficou pensando a semana inteira, sem chegar à conclusão. Lavínia apelou para um quinto espelho, e este, antes que a vaidosa senhora fizesse a interrogação, aflita, perguntou-lhe: Mulher, haverá no Brasil espelho mais belo do que eu?" a) Substituído. b) Pronunciar. c) Inteira. d) Ininteligíveis. e) Interrogação. ANDRADE, C. D. Contos Plausíveis. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

6 7. Leia o poema e observe os termos destacados. Assinale a alternativa INCORRETA com relação às classes gramaticais desses termos e suas respectivas funções. O fotógrafo Manoel de Barros Difícil fotografar o silêncio. Entretanto tentei. Eu conto: Madrugada a minha aldeia estava morta. Não se ouvia um barulho, ninguém passava entre as casas. Eu estava saindo de uma festa. Eram quase quatro da manhã. Ia o Silêncio pela rua carregando um bêbado. Preparei minha máquina. O silêncio era um carregador? Estava carregando o bêbado. Fotografei esse carregador. Tive outras visões naquela madrugada. Preparei minha máquina de novo. Tinha um perfume de jasmim no beiral de um sobrado. Fotografei o perfume. Vi uma lesma pregada na existência mais do que na pedra. Fotografei a existência dela. Vi ainda um azul-perdão no olho de um mendigo. Fotografei o perdão. (...) BARROS, M. de. Meu quintal é maior do que o mundo: antologia. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, a) Tentei Verbo, pois está indicando a ação de tentar. b) Pela Preposição, pois estabelece uma relação entre duas palavras, no caso, silêncio e rua, indicando lugar por onde. c) Perfume Adjetivo, pois expressa a qualidade do jasmim. d) Esse Pronome, pois acompanha um substantivo anteriormente mencionado no texto o carregador e a ele se remete. e) Perdão Substantivo, pois nomeia um ato. 8. Leia a fábula de Esopo, analise as orações sublinhadas e indique a alternativa que apresenta a relação de sentido estabelecida pelo conectivo e. A cigarra e as formigas Esopo Num belo dia de inverno, as formigas estavam tendo o maior trabalho para secar suas reservas de trigo. Depois de uma chuvarada, os grãos tinham ficado completamente molhados. De repente, aparece uma cigarra: Por favor, formiguinhas, me dêem um pouco de trigo! Estou com uma fome danada, acho que vou morrer. As formigas pararam de trabalhar, coisa que era contra os princípios delas, e perguntaram: Mas por quê? O que você fez durante o verão? Por acaso não se lembrou de guardar comida para o inverno? Para falar a verdade, não tive tempo respondeu a cigarra. Passei o verão cantando! Bom... Se você passou o verão cantando, que tal passar o inverno dançando? disseram as formigas, e voltaram para o trabalho dando risada. Moral: Os preguiçosos colhem o que merecem. Disponível em: <http://metaforas.com.br/a-cigarra-e-as-formigas>. Acesso em: 24 set a) Alternância b) Conclusão c) Adição d) Explicação e) Oposição

7 9. Leia as frases a seguir e marque a opção que melhor representa o sentido de cada uma delas, respectivamente. I. Não, espere. II. Aceito, obrigado. III. Esse, juiz, é corrupto. IV. Vamos perder nada, foi resolvido. V. Não queremos saber. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=qj0ii268x7s>. Acesso em: 24 set a) Pedido de espera; aceitação seguida de agradecimento; o juiz em questão é corrupto; a questão foi resolvida; os emissores não desejam a informação. b) O interlocutor deve agir rápido; aceitação por obrigação; o juiz em questão é corrupto; a questão não foi resolvida; os emissores desejam a informação. c) Pedido de espera; aceitação por obrigação; o juiz em questão não é corrupto; a questão não foi resolvida; os emissores desejam a informação. d) O interlocutor deve agir rápido; aceitação seguida de agradecimento; o juiz em questão é corrupto; a questão não foi resolvida; os emissores não desejam a informação. e) Pedido de espera; aceitação seguida de agradecimento; o juiz em questão não é corrupto; a questão foi resolvida; os emissores não desejam a informação. 10. Em Lisboa, 1990, oito países de Língua Portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) assinaram um Acordo Ortográfico com o objetivo de unificar a palavra escrita. Esperava-se reduzir custos de produção e adaptação de livros, bem como simplificar certas regras que causam dúvidas até aos especialistas. Leia o texto a seguir e observe as palavras destacadas. Marque a alternativa que contém uma palavra cuja escrita foi modificada após o Acordo. Aquele Clube Carlos Drummond de Andrade O Clube dos Desconfiados teve 1 existência breve. Sua utilidade era indiscutível. Por isso congregou 2 inúmeros desconfiados, que em sociedade se sentiriam mais garantidos contra possíveis más intenções e surpresas desagradáveis. Uma vez 3 reunidos e organizados, com estatutos e diretoria, passaram a desconfiar uns dos outros e de si mesmos. Marcada 4 assembleia geral extraordinária para exame da situação, 5 ninguém compareceu. Ficaram todos nas esquinas próximas, espiando quem entrava na sede. O porteiro, desconfiadíssimo, sumiu. ANDRADE, C. D. Contos Plausíveis. São Paulo: Companhia das Letras, a) 1 b) 4 c) 2 d) 3 e) 5

8 MATEMÁTICA 11. O Brasil produziu, em 2013, cerca de 15 bilhões de litros de etanol. O biocombustível derivado da canade-açúcar, que abastece a maior parte dos carros nacionais, é fabricado em mais de 400 usinas concentradas na região Centro-Sul do país. De toda a cana colhida nesta safra, 315 milhões de toneladas, pouco mais da metade foi utilizada para a produção de etanol e o restante, para fabricar açúcar. Cada tonelada de cana produz, em média, 85 litros de etanol. Disponível em: <http://economia.uol.com.br/agronegocio/noticias/redacao/2013/09/11/conheca-como-e produzido-o etanol-que-abastece-os-carros-brasileiros.htm>.acesso em: 01 out (adaptado). Se a produtividade da cana-de-açúcar for de 75 toneladas por cada hectare plantado, quantos litros de etanol se produz com apenas um hectare de cana-de-açúcar? a) b) c) d) e) Em uma sala de cinema com capacidade para 206 lugares, 156 já estão ocupados por pessoas que irão assistir à estreia de um novo filme. A razão entre os lugares vazios e ocupados dessa sala de cinema é a) 156/206. b) 50/206. c) 206/50. d) 156/50. e) 50/ O professor de Matemática escolheu 4 alunos que mais se destacaram em sua disciplina, ao longo do ano de 2014, e fez a seguinte proposta para eles: se eles conseguissem aumentar a média entre suas notas finais em 2015, comparada à de 2014, receberiam uma premiação de acordo com esse aumento, segundo a tabela a seguir. AUMENTO NA MÉDIA PREMIAÇÃO 0,5 Um ingresso no cinema para cada um. 1,0 Um ingresso no parque para cada um. 1,5 Um passeio de catamarã pelo rio Capibaribe com todos. 2,0 Um day use num hotel fazenda para cada um. 2,5 Um fim de semana numa praia do litoral sul pernambucano com todos. No quadro a seguir, temos as notas dos alunos em 2014 e em ALUNO NOTA FINAL EM 2014 NOTA FINAL EM 2015 Adriano 9,0 9,5 Bruno 9,0 8,5 César 9,5 10,0 Danilo 8,5 10,0 Qual a premiação que o grupo de alunos ganhou no fim de 2015? a) Um ingresso no parque para cada um. b) Um ingresso no cinema para cada um. c) Um passeio de catamarã pelo rio Capibaribe com todos. d) Um day use num hotel fazenda para cada um. e) Um fim de semana numa praia do litoral sul pernambucano com todos.

9 14. D. Cecília recebeu uma recomendação médica para caminhar, pelo menos, 10 km por semana. Ela disse a seu médico que não teria muito tempo para praticar atividade física. Então, seu médico pediu que lhe dissesse as distâncias percorridas por ela em seu dia a dia, para que pudesse ver o que precisaria caminhar no fim de semana para completar a recomendação mínima. D. Cecília disse que a distância para o seu trabalho é de 800 m e que vai e volta, de segunda a sexta, caminhando. Então, seu médico sorriu e disselhe que só precisava caminhar a) 2 km no fim de semana. b) 1,5 km no fim de semana. c) 1 km no fim de semana. d) 2,5 km no fim de semana. e) 3 km no fim de semana. 15. O professor de Matemática passou uma lista de exercícios para que os alunos da turma de Eletrotécnica respondessem, em duplas, e entregassem uma semana depois. Cleiton e Bruno decidiram separar algumas questões para que fizessem separados e depois juntariam as repostas para que ganhassem tempo na resolução. Três dias depois, Cleiton conseguiu responder a 12/60 das questões, enquanto Bruno conseguiu resolver 18/60 das questões. Se eles não fizeram questões em comum, a fração da lista de exercícios respondida pela dupla Cleiton e Bruno é a) 24/60. b) 1/4. c) 1/2. d) 3/10. e) 3/ D. Beatriz perdeu sua carteira numa praça quando fazia sua caminhada rotineira e só se deu conta do fato quando chegou a sua casa. Falou com seu marido, Sr. Francisco, e ele a chamou para juntos procurarem na praça. Ao chegarem ao ponto A da praça, decidiram se dividir. Sr. Francisco fez o trajeto A B C e D. Beatriz fez o trajeto A C. Segundo o desenho da praça abaixo, qual a diferença entre a distância percorrida por Sr. Francisco e D. Beatriz? C 6 m a) 2 m b) 3 m c) 4 m d) 5 m e) 6 m B. 8 m A 17. Aline recebe um salário de R$ 800,00 e decidiu comprar uma TV. Ao chegar à loja, verificou que o preço da TV pretendida seria R$ 1.200,00. Conversou com o vendedor sobre as formas de pagamento e decidiu parcelar em 10 vezes sem nenhum acréscimo. Assim sendo, Aline comprometerá, do seu salário, uma porcentagem de a) 15% b) 12% c) 20% d) 21% e) 22%

10 18. Chico Bento plantou, em seu sítio, alface, tomate e cenoura. Pretende sempre fazer um replantio assim que fizer a colheita. Sabendo que o tempo para se colher a alface é de 60 dias, o tomate é de 90 dias e a cenoura é de 100 dias e supondo que o primeiro plantio de todas as culturas foi feito no mesmo dia, depois de colher o tomate, em quantos dias ele fará a colheita da cenoura? a) Em 40 dias. b) Em 30 dias. c) Em 10 dias. d) Em 20 dias. e) Em 8 dias. 19. Os taxistas do Recife não poderão mais utilizar a tabela de conversão da tarifa de táxi, a partir desta quintafeira. Os valores foram calculados com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de maio a outubro de 2014, que foi de 1,66%. Os valores da bandeirada do táxi comum passarão de R$ 4,25 para R$ 4,50; o quilômetro na bandeira 1, de R$ 2,07 para R$ 2,10; e o quilômetro na bandeira 2, de R$ 2,50 para R$ 2,54. Disponível em: <http://noticias.ne10.uol.com.br/jc-transito/noticia/2015/03/04/confira-os-novos-valores-da bandeirada-de-taxi-no-recife-a-partir-desta-quinta php>. Acesso em: 15 mai (adaptado). Ao utilizar um taxi, pagamos dois valores. Uma taxa fixa, chamada de bandeirada, e uma outra variável, em que pagamos por cada quilômetro rodado. Pedro utilizou um taxi em Recife, na bandeira 1, e pagou por sua corrida o valor de R$ 25,50. De acordo com os novos preços apresentados no texto acima, ele percorreu uma distância de a) 8 km. b) 16 km. c) 12 km. d) 14 km. e) 10 km. 20. Mariana estava na casa de sua amiga, Karine, e precisou ter acesso a sua rede wifi. Na parede da sala, encontrava-se uma plaquinha com a senha de 6 dígitos que ela precisaria para ter esse acesso. Senha WIFI: 214_37 Mariana percebeu que faltava um dos dígitos na senha e perguntou a Karine que dígito seria esse. Sua amiga, então, lhe lançou um desafio, dizendo-lhe que a senha completa é múltiplo de nove. Assim, Mariana descobriu que o número que faltava seria a) 9. b) 1. c) 3. d) 2. e) 6. CONHECIMENTOS GERAIS 21. Na natureza, existe uma variedade de cogumelos. Alguns deles podem ser venenosos, outros alucinógenos. Porém, algumas espécies desses cogumelos são muito apreciadas na alimentação. Com relação a esses organismos, podemos afirmar que são a) protozoários. b) bactérias. c) fungos. d) algas. e) plantas.

11 22. Pesquisadores conseguiram criar, pela primeira vez, formas primitivas de óvulos e espermatozoides humanos em laboratório. A descoberta pode ajudar a solucionar problemas de infertilidade e, potencialmente, permitir o desenvolvimento de novos tipos de tecnologia reprodutiva. (Disponível em: <http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/cientistas-criam-formas-primitivas-deovulo-e-esperma artificial>. Acesso em: 23 set O material genético presente nas células humanas está localizado a) no núcleo. b) na membrana plasmática. c) livre no citoplasma. d) nos cloroplastos. e) nos lisossomos. 23. Ascaridíase é uma doença muito comum causada pelo parasita Ascaris lumbricoides, popularmente conhecida como lombriga. Podemos nos contaminar com este verme através a) da ingestão de água e alimentos contaminados com ovos do verme. b) de longas caminhadas na areia com os pés descalços. c) da ingestão de carne de porco ou de boi crua ou mal cozida. d) da picada de alguns mosquitos, como o Aedes aegypti. e) de banhos de rio em locais infestados por caramujos. 24. A parte do corpo humano que apresenta maior superfície de contato com o exterior não é a pele, são os pulmões. Se fosse possível esticá-los cobririam uma quadra de tênis. Para protegê-los, o aparelho respiratório é dotado de pelos no interior do nariz, cílios que revestem as paredes internas dos brônquios e células que produzem muco de consistência viscosa. Disponível em: <http://drauziovarella.com.br/envelhecimento/poluicao-e-longevidade>. Acesso em: 28 set Com relação ao sistema respiratório, podemos afirmar que a) a expiração é a entrada de oxigênio através das fossas nasais até o pulmão. b) o ar é aquecido e filtrado, nas fossas nasais, antes de entrar nos pulmões. c) inspiração é a saída de oxigênio do pulmão até as fossas nasais. d) a faringe é um órgão do sistema respiratório por onde passa apenas oxigênio. e) o oxigênio que respiramos passa para o sangue, nos brônquios, durante a hematose. 25. Em 1959, um grupo guerrilheiro tomou o poder em um dos países do Caribe. Esse grupo instaurou um regime socialista e, contrariando os interesses dos Estados Unidos, se aproximou da União Soviética. O governo norte-americano, além de tentar derrubar o regime socialista nesse país, ainda impôs um severo bloqueio econômico. Esse bloqueio tende a diminuir e cessar com a recente aproximação diplomática entre Cuba e Estados Unidos. O pequeno texto acima trata a) do Golpe Militar no Brasil, que instaurou uma ditadura cuja durabilidade foi de 1964 até b) da Guerra Fria, que opôs comunistas e socialistas após a Segunda Guerra Mundial. c) do Populismo, fenômeno político típico da América Latina após a Segunda Guerra Mundial. d) do Tenentismo, que possibilitou a ascensão de Getúlio Vargas ao poder no Brasil. e) da Revolução Cubana, que instaurou o primeiro regime socialista das Américas.

12 26. Podemos definir a Ditadura Militar como sendo o período da política brasileira em que os militares governaram o Brasil. Esta época durou de 1964 a 1985 e caracterizou-se pela falta de democracia, supressão de direitos constitucionais, censura, perseguição política e repressão aos que eram contra o regime militar. Sobre esse período da nossa História, podemos afirmar que: a) foi marcado pela abertura às organizações sociais. Estudantes, organizações populares e trabalhadores ganharam espaço, causando a preocupação das classes conservadoras. b) a censura se restringia apenas aos jornais escritos, os demais meios de comunicação não sofriam cortes em sua programação. c) durante todo o período militar, o Brasil atingiu excelentes índices econômicos e sociais, o que faz com que muita gente tenha saudades da época. d) devido à excelente montagem do aparelho de repressão, não ocorreram questionamentos ou luta armada de oposição no período. e) no meio artístico, muitos foram presos e exilados por criticarem a ditadura em versos, canções e peças de teatro. 27. A Partir de 1985, o Brasil iniciou um período conhecido como redemocratização. Desde lá, aprovamos uma nova constituição, tivemos sete eleições presidenciais, afastamos um presidente por corrupção e vivenciamos o mais longo período democrático da nossa história. Sobre os governos que tivemos desde 1985, assinale a alternativa correta. a) O governo de José Sarney ( ) foi marcado por mudanças políticas e pela estabilidade na economia. b) Apesar dos escândalos, o governo de Fernando Collor ( ) não enfrentou resistência popular. c) A Constituição de 1988 sofreu várias alterações desde a aprovação, como é o caso da emenda da reeleição. d) No governo de Fernando Henrique Cardoso ( ), foi criado o Plano Real, que estabilizou a economia. e) O governo de Luís Inácio da Silva ( ) foi marcado pela criação de políticas de exclusão social. 28. "Quando duas ou mais metrópoles crescem e se unem, formando espaços contínuos, não se visualiza mais onde começa uma e termina a outra." O texto acima classifica um processo que já ocorreu nos Estados Unidos, Japão e está em processo de formação no Brasil, que resulta na formação de um (a) a) região metropolitana. b) megalópole. c) megacidade. d) tecnópolo. e) subúrbio.

13 29. A localização geográfica é uma necessidade do homem desde a Antiguidade. Desse modo, para facilitar e padronizar essa atividade, foram elaboradas as linhas imaginárias chamadas de paralelos e meridianos. A partir do cruzamento dessas linhas, foi criado um sistema de localização, utilizado até a atualidade, chamado (a) de a) cartografia. b) curvas de nível. c) fusos horários. d) coordenadas geográficas. e) linhas de mercator. Disponível em: <http://inct.florabrasil.net/>. Acesso em: 23 set Os grandes centros urbanos são caracterizados pela intensa impermeabilização do solo e ausência de cobertura vegetal, o que provoca uma maior retenção de calor e consequente aumento da temperatura. A imagem abaixo faz uma ilustração desse fenômeno, que é classificado como Disponível em:<http://soumaisenem.com.br/geografia/impactos-ambientais>. Acesso em: 23 set Adaptado. a) chuva ácida. b) efeito estufa. c) inversão térmica. d) ilha de calor. e) desertificação.

Comunicação e Expressão. Prof(a) Responsável: Marlei Gomes da Silva Malinoski Prof(a) Tutor (a) de Aprendizagem: Gabriela Vieira de Souza Manieri

Comunicação e Expressão. Prof(a) Responsável: Marlei Gomes da Silva Malinoski Prof(a) Tutor (a) de Aprendizagem: Gabriela Vieira de Souza Manieri Comunicação e Expressão Prof(a) Responsável: Marlei Gomes da Silva Malinoski Prof(a) Tutor (a) de Aprendizagem: Gabriela Vieira de Souza Manieri Quais os conceitos da Disciplina de Comunicação e Expressão?

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco IFPE Campus Barreiros

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco IFPE Campus Barreiros Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco IFPE Campus Barreiros Exame de Seleção / VESTIBULAR IFPE 2016 Curso Técnico Subsequente em Instrumento Musical Avaliação Específica em

Leia mais

COESÃO E COERÊNCIA TEXTUAL

COESÃO E COERÊNCIA TEXTUAL COESÃO E COERÊNCIA TEXTUAL Coesão: mecanismos linguísticos Conexão entre frases e parágrafos; Encadeamento lógico e formal entre as partes do texto; Ideias soltas, parágrafos sem conexão representam falta

Leia mais

Queridos alunos, aproveitem esta oportunidade de recordar o que estudamos durante este ano. Boa sorte! (Cada questão vale 1 ponto)

Queridos alunos, aproveitem esta oportunidade de recordar o que estudamos durante este ano. Boa sorte! (Cada questão vale 1 ponto) DISCIPLINA: Redação PROFESSORAS: Fernanda/Andréa/Marianna DATA: /12/2014 ASSUNTO: Trabalho de recuperação SÉRIE/ANO: 8º TURMA: NOME COMPLETO: Nº: Queridos alunos, aproveitem esta oportunidade de recordar

Leia mais

INTERPRETAÇÃO E PRODUÇÃO DE TEXTO MÓDULO 3 NOÇÕES DE TEXTO - UNIDADE DE SENTIDO

INTERPRETAÇÃO E PRODUÇÃO DE TEXTO MÓDULO 3 NOÇÕES DE TEXTO - UNIDADE DE SENTIDO INTERPRETAÇÃO E PRODUÇÃO DE TEXTO MÓDULO 3 NOÇÕES DE TEXTO - UNIDADE DE SENTIDO Índice 1. Introdução...3 2 1. INTRODUÇÃO A palavra texto é bastante familiar no âmbito escolar e fora dele, embora, de modo

Leia mais

Diretoria de Ensino - Região de Diadema. Diretoria de Ensino Região de Diadema

Diretoria de Ensino - Região de Diadema. Diretoria de Ensino Região de Diadema Diretoria de Ensino - Região de Diadema Pauta Objetivo; Avaliação no processo de ensino aprendizagem e Avaliação da Aprendizagem em Processo AAP; Café; Oficina 1 O que fazer com os resultados? Conteúdo

Leia mais

Estudo das classes de palavras - Substantivos. Casas entre bananeiras mulheres entre laranjeiras pomar amor cantar. Devagar...as janelas olham.

Estudo das classes de palavras - Substantivos. Casas entre bananeiras mulheres entre laranjeiras pomar amor cantar. Devagar...as janelas olham. Estudo das classes de palavras - Substantivos Cidadezinha qualquer Carlos Drummond de Andrade 1 Casas entre bananeiras mulheres entre laranjeiras pomar amor cantar. Um homem vai devagar. Um cachorro vai

Leia mais

PRÁTICA DOCENTE: OS PROFESSORES ENQUANTO SUJEITOS DO CONHECIMENTO

PRÁTICA DOCENTE: OS PROFESSORES ENQUANTO SUJEITOS DO CONHECIMENTO PRÁTICA DOCENTE: OS PROFESSORES ENQUANTO SUJEITOS DO CONHECIMENTO Por Carolina Fernandes e Fabiana Giovani (profs. UNIPAMPA) A SUBJETIVIDADE DO PROFESSOR Com base em Tardif (2002), o professor de profissão

Leia mais

Substantivo. Apostila 2; Capítulo 6 Unidades 17 a 20 (pág. 400 a 408)

Substantivo. Apostila 2; Capítulo 6 Unidades 17 a 20 (pág. 400 a 408) Substantivo Apostila 2; Capítulo 6 Unidades 17 a 20 (pág. 400 a 408) Professora Simone 2 Introdução Morfologia é a descrição das regras que regem a estrutura interna das palavras, isto é, as regras de

Leia mais

Olimpíada Pernambucana de Matemática 2016, Nível - 3, Caderno de Questões

Olimpíada Pernambucana de Matemática 2016, Nível - 3, Caderno de Questões Olimpíada Pernambucana de Matemática 2016 Nível - 3 Caderno de Questões LEIA COM ATENÇÃO 01. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 02. Preencha

Leia mais

NÍVEL ALFABETIZADO VIGIA (ZONA RURAL E URBANA)

NÍVEL ALFABETIZADO VIGIA (ZONA RURAL E URBANA) PREFEITURA MUNICIPAL DE IRITUIA CONCURSO PÚBLICO - PROVA OBJETIVA: 29 de outubro de 2017 NÍVEL ALFABETIZADO VIGIA (ZONA RURAL E URBANA) Nome do Candidato: Nº de Inscrição: Assinatura INSTRUÇÕES AO CANDIDATO

Leia mais

CIRCUITO FECHADO: UM OLHAR SEMIÓTICO

CIRCUITO FECHADO: UM OLHAR SEMIÓTICO 3 CIRCUITO FECHADO: UM OLHAR SEMIÓTICO Camila de Araújo Beraldo Ludovice Professora dos cursos de Letras e Ciências Contábeis da Universidade de Franca (Unifran). Coordenadora da Especialização em Estudos

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA QUADRO

CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA QUADRO CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA QUADRO PERMANENTE DE PESSOAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE BODOQUENA-MS INSTRUÇÕES 01. Leia atentamente as instruções. Não manuseie este caderno de provas até receber

Leia mais

LINGUA PORTUGUESA MATEMÁTICA INFORMÁTICA. Ministério da Educação Instituto Federal do Paraná PROCESSO SELETIVO PROCESSO SELETIVO ANO LETIVO 2010

LINGUA PORTUGUESA MATEMÁTICA INFORMÁTICA. Ministério da Educação Instituto Federal do Paraná PROCESSO SELETIVO PROCESSO SELETIVO ANO LETIVO 2010 Ministério da Educação Instituto Federal do Paraná INSTITUTO FEDERAL PARANÁ EAD PROCESSO SELETIVO PROCESSO SELETIVO ANO LETIVO 2010 INSTRUÇÕES 1. Aguarde autorização para abrir o caderno da prova. 2. Assine

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA

LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA Transferência e Obtenção de Novo Título SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém seis questões,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL 03/2014

PROCESSO SELETIVO EDITAL 03/2014 PROCESSO SELETIVO EDITAL 03/2014 CARGO E UNIDADES: Agente Operacional- Caixa (MOSSORÓ) Atenção: NÃO ABRA este caderno antes do início da prova. Tempo total para resolução desta prova: 3 (três) horas. I

Leia mais

Equipe Escola de Mestres

Equipe Escola de Mestres 1 BOLSÃO ESCOLA DE MESTRES 2016 INSTRUÇÕES Desligue o celular durante a prova. Não utilize corretor. Sua prova deve ser feita à caneta com tinta azul ou preta. Não consulte livros ou cadernos. Não peça

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco - IFPE

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco - IFPE Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco - IFPE EXAME DE SELEÇÃO/ INGRESSO 2016.1 Curso: Pós-graduação em Inovação e Desenvolvimento de Software para a Web e Dispositivos Móveis

Leia mais

OBI2016 Caderno de Tarefas

OBI2016 Caderno de Tarefas OLIMPÍADA BRASILEIRA DE INFORMÁTICA SOCIEDADE BRASILEIRA DE COMPUTAÇÃO OBI201 Caderno de Tarefas Modalidade Iniciação Nível 2, Fase 1 1 de maio de 201 A PROVA TEM DURAÇÃO DE 2 HORAS Promoção: Apoio: v1.0

Leia mais

Figuras de Linguagem e Exercícios de Coesão

Figuras de Linguagem e Exercícios de Coesão Figuras de Linguagem e Exercícios de Coesão Figuras de Linguagem e Exercícios de Coesão 1. imóvel. Comente o uso que nela se faz do pronome demonstrativo isso. 2. Auto Retrato Falado Venho de um Cuiabá

Leia mais

ATENÇÃO: 1. Suas respostas devem estar escritas obrigatoriamente com caneta esferográfica azul ou preta, de corpo transparente. 2. ESCREVA SEU NOME E

ATENÇÃO: 1. Suas respostas devem estar escritas obrigatoriamente com caneta esferográfica azul ou preta, de corpo transparente. 2. ESCREVA SEU NOME E ATENÇÃO: 1. Suas respostas devem estar escritas obrigatoriamente com caneta esferográfica azul ou preta, de corpo transparente. 2. ESCREVA SEU NOME E ASSINE SOMENTE NO ESPAÇO PRÓPRIO DA CAPA. 3. NÃO FAÇA

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS: CAMPUS MARECHAL DEODORO EXAME DE SELEÇÃO PARA O CURSO PRÉ IFAL 2016 INSTRUÇÕES

INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS: CAMPUS MARECHAL DEODORO EXAME DE SELEÇÃO PARA O CURSO PRÉ IFAL 2016 INSTRUÇÕES INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS: CAMPUS MARECHAL DEODORO EXAME DE SELEÇÃO PARA O CURSO PRÉ IFAL 2016 INSTRUÇÕES 01. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelo fiscal. 02.

Leia mais

Estado de Santa Catarina Município de Palma Sola SC Caderno de Provas Edital de Processo Seletivo nº 001/2017

Estado de Santa Catarina Município de Palma Sola SC Caderno de Provas Edital de Processo Seletivo nº 001/2017 1 Estado de Santa Catarina Município de Palma Sola SC Caderno de Provas Edital de Processo Seletivo nº 001/2017 Prova para provimento do cargo de AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS Prova: Conhecimento Especifico

Leia mais

1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE 2016 DO IFNMG DATA DA PROVA: 03/02/2016 LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA

1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE 2016 DO IFNMG DATA DA PROVA: 03/02/2016 LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE 2016 DO IFNMG PARA O CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PRESENCIAL DE NÍVEL MÉDIO NA MODALIDADE CONCOMITANTE E SUBSEQUENTE DO CÂMPUS ARINOS DATA DA PROVA: 03/02/2016 PROVAS

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2013 EDITAL N. 023/2012 CURSO DE NÍVEL SUPERIOR RETIFICAÇÃO Nº 01

PROCESSO SELETIVO 2013 EDITAL N. 023/2012 CURSO DE NÍVEL SUPERIOR RETIFICAÇÃO Nº 01 PROCESSO SELETIVO 2013 EDITAL N. 023/2012 CURSO DE NÍVEL SUPERIOR RETIFICAÇÃO Nº 01 O DIRETOR GERAL SUBSTITUTO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS (IFTO) - Campus Gurupi,

Leia mais

Tabuleiro Retângulo do tamanho da carteira (Papelão, E.V.A. Madeira ou outro tipo de material).

Tabuleiro Retângulo do tamanho da carteira (Papelão, E.V.A. Madeira ou outro tipo de material). Tabuleiro Retângulo do tamanho da carteira (Papelão, E.V.A. Madeira ou outro tipo de material). Descubra o número. O número é formado pelos dígitos 3, 5 e 7. O dígito da casa das centenas é 7, e o número

Leia mais

Teste Seletivo 2018 MATEMÁTICA

Teste Seletivo 2018 MATEMÁTICA 1 UPE UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO CAMPUS PETROLINA ESCOLA ESTADUAL DE APLICAÇÃO PROFA. VANDE DE SOUZA FERREIRA Teste Seletivo 018 MATEMÁTICA 6º ANO - Ensino Fundamental ATENÇÃO: Há 0(vinte) questões nessa

Leia mais

RASCUNHO Nº DE INSCRIÇÃO. PROVA ESCRITA OBJETIVA CARGO: ELETROTÉCNICO DATA: 20/03/2016 HORÁRIO: 9h às 11h

RASCUNHO Nº DE INSCRIÇÃO. PROVA ESCRITA OBJETIVA CARGO: ELETROTÉCNICO DATA: 20/03/2016 HORÁRIO: 9h às 11h PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO SEDUC FOLHA DE ANOTAÇÃO DO GABARITO - ATENÇÃO: Esta parte somente deverá ser destacada pelo fiscal da sala, após o término da prova. RASCUNHO PROVA ESCRITA OBJETIVA CARGO:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO MARIA CONCURSO PÚBLICO. PROVA OBJETIVA: 10 de março de 2013 NÍVEL ALFABETIZADO

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO MARIA CONCURSO PÚBLICO. PROVA OBJETIVA: 10 de março de 2013 NÍVEL ALFABETIZADO PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO MARIA CONCURSO PÚBLICO PROVA OBJETIVA: 10 de março de 2013 NÍVEL ALFABETIZADO CARGOS: Agente de Limpeza Pública, Agente de Segurança, Ajudante de Mecânico, Ajudante de Pedreiro,

Leia mais

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO OESTE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: INSTRUTOR DE CANTO

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO OESTE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: INSTRUTOR DE CANTO 1 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO OESTE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: INSTRUTOR DE CANTO Nome do candidato... Data./.../2014 2 Leia atentamente

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO. Língua Portuguesa Ano : 4 Ef

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO. Língua Portuguesa Ano : 4 Ef Desafio de Língua Portuguesa 4 ano EF 2D 2016 1/ 7 CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO Direção: www.cenm.com.br 2 o DESAFIO CENM - 2016 Língua Portuguesa Ano : 4 Ef 1. Leia e observe o que acontece nas duas

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO VAGAS COMPLEMENTARES CURSO TÉCNICO DE FABRICAÇÃO MECÂNICA 1º SEMESTRE / 2017

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO VAGAS COMPLEMENTARES CURSO TÉCNICO DE FABRICAÇÃO MECÂNICA 1º SEMESTRE / 2017 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO VAGAS COMPLEMENTARES CURSO TÉCNICO DE FABRICAÇÃO MECÂNICA 1º SEMESTRE / 2017 O Diretor da Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Roberto Mange torna público o presente Edital,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2010

PROCESSO SELETIVO 2010 PROCESSO SELETIVO 2010 Prova: 06/12/2009 Início: 14h00 Duração: 4 horas Caderno de Questões Nome do(a) candidato(a): Nº de inscrição: ATENÇÃO: Antes de iniciar a prova, leia atentamente as instruções a

Leia mais

AVALIAÇÃO OBJETIVA DE FÍSICA E GEOGRAFIA

AVALIAÇÃO OBJETIVA DE FÍSICA E GEOGRAFIA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN AVALIAÇÃO OBJETIVA DE FÍSICA E GEOGRAFIA Segunda Avaliação 2ª Série Ensino Médio Primeiro Período 2016 Assinale com um X se estiver fazendo Progressão Parcial: Aluno(a):

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE RUBELITA - EDITAL 1/2014 -

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE RUBELITA - EDITAL 1/2014 - CADERNO 001 26/07/2015 9 Horas CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE RUBELITA - EDITAL 1/2014 - ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AOS SEGUINTES CARGOS:

Leia mais

PROVA ESCRITA. Parte A: Conteúdos Específicos. Nº de inscrição: EDITAL DE SELEÇÃO 2017

PROVA ESCRITA. Parte A: Conteúdos Específicos. Nº de inscrição: EDITAL DE SELEÇÃO 2017 Parte A: Conteúdos Específicos PROVA ESCRITA EDITAL DE SELEÇÃO 2017 Nesta parte da prova, o candidato deve escolher apenas três questões. O valor de cada questão é 1,0 (um ponto). Circule, a seguir, as

Leia mais

Prova Bimestral de Matemática 2º Bimestre de 2016

Prova Bimestral de Matemática 2º Bimestre de 2016 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CENTRO DE ORIENTAÇÃO E SUPERVISÃO AO ENSINO ASSISTENCIAL COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II Prova Bimestral de Matemática 2º Bimestre de 2016 Professores: Sgt Almeida

Leia mais

Olimpíada Pernambucana de Matemática Caderno de Questões Com Resoluções

Olimpíada Pernambucana de Matemática Caderno de Questões Com Resoluções Olimpíada Pernambucana de Matemática 017 NÍVEL Caderno de Questões Com Resoluções LEIA COM ATENÇÃO 01. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 0.

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 9º História Rafael Av. Mensal 01/10/15 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova contém

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO SIMULADO DE CONCURSO Nº 001/2017 CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE EDITAL

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO SIMULADO DE CONCURSO Nº 001/2017 CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE EDITAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO SIMULADO DE CONCURSO Nº 001/2017 CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE EDITAL 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 A Coordenação do Curso Técnico

Leia mais

Semana de 10/04/17 a 16/04/17

Semana de 10/04/17 a 16/04/17 Semana de 10/04/17 a 16/04/17 DENTRE MUITAS VOZES, OUÇA A VOZ DE DEUS! Estação Cultivo OBJETIVO: Levar as crianças a entenderem que apesar de ouvirmos muitas vozes, devemos sempre optar por seguir a voz

Leia mais

NÍVEL ALFABETIZADO SERVENTE (ZONA RURAL)

NÍVEL ALFABETIZADO SERVENTE (ZONA RURAL) PREFEITURA MUNICIPAL DE IRITUIA CONCURSO PÚBLICO - PROVA OBJETIVA: 29 de outubro de 2017 NÍVEL ALFABETIZADO SERVENTE (ZONA RURAL) Nome do Candidato: Nº de Inscrição: Assinatura INSTRUÇÕES AO CANDIDATO

Leia mais

Aluno (a): Professor:

Aluno (a): Professor: º BIM P1 HABILIDADES E COMPETÊNCIAS LISTA DE EXERCÍCIOS MATEMÁTICA 6º ANO Aluno (a): Professor: Turma: Turno: Data: / / Unidade: ( ) Asa Norte ( ) Águas Lindas ( )Ceilândia ( ) Gama ( )Guará ( ) Pistão

Leia mais

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 02 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS HABILITADO

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 02 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS HABILITADO 1 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 02 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS HABILITADO Nome do candidato... Data./.../2014 2 Leia atentamente

Leia mais

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 03 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS HABILITADO

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 03 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS HABILITADO 1 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 03 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS HABILITADO Nome do candidato... Data./.../2014 2 Leia atentamente

Leia mais

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS HABILITADO

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS HABILITADO 1 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS HABILITADO Nome do candidato... Data./.../2014 2 Leia atentamente

Leia mais

Prezado (a) candidato (a) Coloque seu número de inscrição e nome no quadro abaixo: Nº de Inscrição Nome LÍNGUA PORTUGUESA

Prezado (a) candidato (a) Coloque seu número de inscrição e nome no quadro abaixo: Nº de Inscrição Nome LÍNGUA PORTUGUESA Prezado (a) candidato (a) Coloque seu número de inscrição e nome no quadro abaixo: Nº de Inscrição Nome LÍNGUA PORTUGUESA Texto I Sem barra 1 Enquanto a formiga Carrega comida Para o formigueiro, A cigarra

Leia mais

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 02 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 02 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS 1 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 02 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS NÃO HABILITADO Nome do candidato... Data./.../2014 2 Leia atentamente

Leia mais

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 03 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 03 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS 1 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE PRINCESA PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 PROVA TIPO 03 CADERNO DE PROVAS CARGO: PROFESSOR DE PORTUGUÊS NÃO HABILITADO Nome do candidato... Data./.../2014 2 Leia atentamente

Leia mais

Atenção! O candidato tem que se inscrever para o ano que cursará em 2017!

Atenção! O candidato tem que se inscrever para o ano que cursará em 2017! Apresentação REGULAMENTO REVISADO CESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS ANO LETIVO DE 2017 O presente regulamento normatiza o processo de seleção de alunos do Ensino Fundamental II a serem contemplados com bolsas

Leia mais

MATEMÁTICA (Licenciatura) Noturno

MATEMÁTICA (Licenciatura) Noturno assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 MATEMÁTICA (Licenciatura) Noturno Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES

Leia mais

Professor: MARA BASTOS E SÔNIA VARGAS Turma: 71 Nota: Questão 5. Questão 6. Questão 7. Questão 8

Professor: MARA BASTOS E SÔNIA VARGAS Turma: 71 Nota: Questão 5. Questão 6. Questão 7. Questão 8 ATENÇÃO Esta é uma avaliação individual e não são permitidas consultas a nenhum tipo de material didático. Utilize caneta azul ou preta, respostas à lápis não serão consideradas para efeito de revisão,

Leia mais

5º ANO ESPECIALIZADO E CURSO PREPARATÓRIO 3º SIMULADO/2014-1ª ETAPA MATEMÁTICA

5º ANO ESPECIALIZADO E CURSO PREPARATÓRIO 3º SIMULADO/2014-1ª ETAPA MATEMÁTICA 5º ANO ESPECIALIZADO E CURSO PREPARATÓRIO 3º SIMULADO/14-1ª ETAPA MATEMÁTICA Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 01) Verifique o total de folhas (07) deste Simulado. Ele contém (vinte)

Leia mais

Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A.

Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A. Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A. Concurso Público (edital n o 001/2006) Caderno de Provas Prova: 57 Códigos de vaga: (700 a 705) e (800 a 804) Códigos de vaga: (700

Leia mais

Admissão para Portador de Diploma de Curso Superior. 1. a DCS/2011 ESTATÍSTICA

Admissão para Portador de Diploma de Curso Superior. 1. a DCS/2011 ESTATÍSTICA assinatura do(a) candidato(a) Admissão para Portador de Diploma de Curso Superior 1. a DCS/2011 Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1 Confira atentamente se os dados pessoais transcritos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO REITORIA. Avenida Rio Branco, 50 Santa Lúcia Vitória ES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO REITORIA. Avenida Rio Branco, 50 Santa Lúcia Vitória ES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO REITORIA Avenida Rio Branco, 50 Santa Lúcia 29056-255 Vitória ES 27 3357-7500 PROCESSO SELETIVO Edital nº 37/2015 Programa Profuncionário Caderno

Leia mais

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE TUNÁPOLIS PROCESSO SELETIVO Nº 005/2014 PROVA TIPO 04 CADERNO DE PROVAS CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ESF

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE TUNÁPOLIS PROCESSO SELETIVO Nº 005/2014 PROVA TIPO 04 CADERNO DE PROVAS CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ESF 1 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE TUNÁPOLIS PROCESSO SELETIVO Nº 005/2014 PROVA TIPO 04 CADERNO DE PROVAS CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ESF Nome do candidato... Data./.../2014 2 Leia atentamente

Leia mais

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE TUNÁPOLIS PROCESSO SELETIVO Nº 005/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ESF

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE TUNÁPOLIS PROCESSO SELETIVO Nº 005/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ESF 1 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE TUNÁPOLIS PROCESSO SELETIVO Nº 005/2014 PROVA TIPO 01 CADERNO DE PROVAS CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ESF Nome do candidato... Data./.../2014 2 Leia atentamente

Leia mais

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a): Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CONCURSO PÚBLICO 2014 PROVA TIPO 1 Cargo de Nível Médio: Código: 06 Técnico de Laboratório EDIFICAÇÕES 2014 Universidade Federal de Alagoas (Edital

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA INGRESSO NOS CURSOS TÉCNICOS DO SENAI-SP

EDITAL DO PROCESSO DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA INGRESSO NOS CURSOS TÉCNICOS DO SENAI-SP EDITAL DO PROCESSO DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA INGRESSO NOS CURSOS TÉCNICOS DO SENAI-SP 1. Das inscrições 1.1 As inscrições para ingresso nos Cursos Técnicos do SENAI-SP estarão abertas no período de 08

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO Matemática

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO  Matemática Desafio de Matemática 3 ano EF 4D 2014 1/ 6 CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO www.cenm.com.br 4 o DESAFIO CENM - 2014 Matemática 1. Observe a informação sobre o peso da roupa do astronauta. Direção: Ano: 3

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº

PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 01/2017 CARGOS: AUXILIAR DE SERVIÇO EDUCACIONAL / LIXEIRO / INSTRUÇÕES DA PROVA Este caderno contém 15 (quinze) questões objetivas, cada uma constituída de 4 (quatro) alternativas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE INGRESSO INSTRUÇÕES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE INGRESSO INSTRUÇÕES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA INSTRUÇÕES 1. Confira seu nome e número de inscrição no cartão-resposta. Se houver algum erro, comunique-o ao fiscal de sala. Assine o cartão-resposta

Leia mais

UNILAVRAS CONCURSOS. Concurso Público da Prefeitura Municipal de Alfenas. Edital n.º 01/2016

UNILAVRAS CONCURSOS. Concurso Público da Prefeitura Municipal de Alfenas. Edital n.º 01/2016 UNILAVRAS CONCURSOS Concurso Público da Prefeitura Municipal de Alfenas Edital n.º 01/2016 CADERNO DE PROVAS I / 1. Esta prova contém 30 (trinta) questões objetivas de múltipla escolha com 4 (quatro) opções

Leia mais

Estado de Santa Catarina Município de Palma Sola SC Caderno de Provas Edital de Processo Seletivo nº 001/2017. Prova para provimento do cargo de GARI

Estado de Santa Catarina Município de Palma Sola SC Caderno de Provas Edital de Processo Seletivo nº 001/2017. Prova para provimento do cargo de GARI 1 Estado de Santa Catarina Município de Palma Sola SC Caderno de Provas Edital de Processo Seletivo nº 001/2017 Prova para provimento do cargo de GARI Prova: Conhecimento Especifico Língua Portuguesa Conhecimento

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM JESUS DO TOCANTINS CONCURSO PÚBLICO PROVA OBJETIVA: 16 de junho de 2013 NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO CARGOS: BRAÇAL, ELETRICISTA, GARI, MOTORISTA, OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS,

Leia mais

8ª série / 9º ano do Ensino Fundamental

8ª série / 9º ano do Ensino Fundamental 8ª série / 9º ano do Ensino Fundamental Instruções: 1. Você deve estar recebendo um caderno com dez questões na 1ª parte da prova, duas questões na 2ª parte e duas questões na 3ª parte. Verifique, portanto,

Leia mais

COLÉGIO MILITAR BELO HORIZONTE

COLÉGIO MILITAR BELO HORIZONTE COLÉGIO MILITAR DE BELO HORIZONTE BELO HORIZONTE MG 23 DE OUTUBRO DE 200 DURAÇÃO: 20 MINUTOS CONCURSO DE ADMISSÃO 200 / 200 PROVA DE MATEMÁTICA ª SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL IDENTIFICAÇÃO NÚMERO DE INSCRIÇÃO:

Leia mais

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 CIÊNCIAS ECONÔMICAS

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 CIÊNCIAS ECONÔMICAS assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1 Confira atentamente se

Leia mais

PORTUGUÊS 4 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 4 o BIMESTRE AVALIAÇÃO DE ATIVIDADES DE FIXAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO XI PROVA TAREFA 3 Unidade Portugal Série: 4 o ano (3 a série) Período: TARDE PORTUGUÊS 4 o BIMESTRE Nome: Turma: Data: 4/11/2011 Valor da prova:

Leia mais

4ª PROVINHA DRUMMOND ALUNO: ESCOLA: Data Nascimento / /

4ª PROVINHA DRUMMOND ALUNO: ESCOLA: Data Nascimento / / 4ª PROVINHA DRUMMOND 2011 ALUNO: ESCOLA: Data Nascimento / / PROVA DE MATEMÁTICA 01. Uma pessoa acorda diariamente quinze minutos antes das sete horas da manhã. Que horas essa pessoa acorda? a) 6 horas

Leia mais

VESTIBULAR INTEGRADO2 a etapa UFF / UFRRJ / Gabarito. Instruções ao candidato

VESTIBULAR INTEGRADO2 a etapa UFF / UFRRJ / Gabarito. Instruções ao candidato UNIVERSIDADE FEDERAL R u r a l DO RIO DE JANEIRO VESTIBULAR INTEGRADO2 a etapa UFF / UFRRJ / 2005 Gabarito Instruções ao candidato Verifique se este caderno contém: PROVA DE MATEMÁTICA enunciadas quatro

Leia mais

Sumário Como Emagrecer Rápido Passo Tabela Rotina de Alimentação... 2 Passo 2 e Passo Passo Passo 6 e Passo 8...

Sumário Como Emagrecer Rápido Passo Tabela Rotina de Alimentação... 2 Passo 2 e Passo Passo Passo 6 e Passo 8... Sumário Como Emagrecer Rápido Passo 1... 1 Tabela Rotina de Alimentação... 2 Passo 2 e 3... 3 Passo 4... 4 Passo 5... 5 Passo 6 e 7...6 Passo 8...7 Passo 9 e 10...8 Para emagrecer rápido você precisa conhecer

Leia mais

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NOTURNO

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NOTURNO assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NOTURNO Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

Leia mais

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a): Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CONCURSO PÚBLICO 2014 PROVA TIPO 1 Cargo de Nível Médio: Código: 04 Técnico de Laboratório ANATOMIA E NECRÓPSIA 2014 Universidade Federal de Alagoas

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COLÉGIO MILITAR DO RECIFE PROVA DE MATEMÁTICA 5ª SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COLÉGIO MILITAR DO RECIFE PROVA DE MATEMÁTICA 5ª SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEP DEPA COLÉGIO MILITAR DO RECIFE 21 DE OUTUBRO DE 2006 Página 1 / 9 ITEM 01. Um dos clássicos de Júlio Verne é o livro Vinte Mil Léguas Submarinas. Sabendo que

Leia mais

NÍVEL ALFABETIZADO AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS; COLETOR DE LIXO (GARI) e SERVENTE.

NÍVEL ALFABETIZADO AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS; COLETOR DE LIXO (GARI) e SERVENTE. PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO DOMINGOS DO ARAGUAIA CONCURSO PÚBLICO - PROVA OBJETIVA: 07 de setembro de 2015 NÍVEL ALFABETIZADO AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS; COLETOR DE LIXO (GARI) e SERVENTE. Nome do Candidato:

Leia mais

Recuperação Final Matemática 9º ano do EF

Recuperação Final Matemática 9º ano do EF Página 1 COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II SEÇÃO TÉCNICA DE ENSINO Recuperação Final Matemática 9º ano do EF Aluno: Série: 9º ano Turma: Data: 12 de dezembro de 2017 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1.

Leia mais

Regência Nominal e Verbal

Regência Nominal e Verbal UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO PROFESSOR MANOEL IVANY Regência Nominal e Verbal 1. (TCU) Com relação à Regência verbal, assinale a opção correta: A.

Leia mais

TÉCNICAS DE AGENDAMENTO E OBTENÇÃO DE CONTATOS

TÉCNICAS DE AGENDAMENTO E OBTENÇÃO DE CONTATOS TÉCNICAS DE AGENDAMENTO E OBTENÇÃO DE CONTATOS GESTÃO DO TEMPO O dia tem 24 horas para todos nós. A DIFERENÇA É O QUE CADA UMA FAZ! O ideal é ter agenda semanal visualizar a semana PLANEJAMENTO SEMANAL

Leia mais

Considerando o que você estudou sobre as motivações das grandes navegações, explique a resposta de Vasco da Gama.

Considerando o que você estudou sobre as motivações das grandes navegações, explique a resposta de Vasco da Gama. 7º História Carol Av. Trimestral 04/11/14 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova

Leia mais

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento.

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. COERÊNCIA Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. Subi a porta e fechei a escada. Tirei minhas orações e recitei meus sapatos.

Leia mais

Matemática CURSOS. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. Nota

Matemática CURSOS. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. Nota PROCESSO SELETIVO 2007/1 Matemática CURSOS Administração, Administração - Hab. em Agronegócios, Administração - Hab. em Hotelaria, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Curso

Leia mais

CURSO Geografia. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo.

CURSO Geografia. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. PROCESSO SELETIVO 2004/1 GEOGRAFIA CURSO Geografia Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. 1. 2. 3. 4. Este caderno de prova contém dez questões, que deverão

Leia mais

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO OESTE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 PROVA TIPO 02 CADERNO DE PROVAS CARGO: INSTRUTOR DE INFORMÁTICA

Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO OESTE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 PROVA TIPO 02 CADERNO DE PROVAS CARGO: INSTRUTOR DE INFORMÁTICA 1 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO OESTE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 PROVA TIPO 02 CADERNO DE PROVAS CARGO: INSTRUTOR DE INFORMÁTICA Nome do candidato... Data./.../2014 2 Leia atentamente

Leia mais

Apresentação. Tenha uma nota no Enem pelo menos 72 pontos maior do que você teria no início do ano!

Apresentação. Tenha uma nota no Enem pelo menos 72 pontos maior do que você teria no início do ano! Parte 1 Apresentação O Enem 2017 mudou, e a gente sabe que isso traz insegurança na hora de se preparar! Nesta primeira parte, vamos explicar todas as novidades no Exame e técnicas infalíveis para você

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO CONCURSO PÚBLICO - EDITAIS N.º 001 E 002/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE BAIÃO PROVA OBJETIVA: 24 de julho de 2011 NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Cargos: MERENDEIRA, SERVENTE, VIGIA Nome do Candidato: Nº de

Leia mais

BEM TE VIU, BEM TEVÊ

BEM TE VIU, BEM TEVÊ SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 02 / 05 / 206 UNIDADE: I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A):

Leia mais

Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 26/09/2016. Pronomes Pessoais

Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 26/09/2016. Pronomes Pessoais Ficha da semana 4º ano A e B Instruções: 1 Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte 2 As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno de

Leia mais

Este caderno contém a Prova Objetiva abrangendo os conteúdos de Língua Portuguesa e Matemática.

Este caderno contém a Prova Objetiva abrangendo os conteúdos de Língua Portuguesa e Matemática. PREFEITURA MUNICIPAL DE PATROCÍNIO Concurso Público EDITAL N. 01/2009 Agente de Serviços de Obras (Armador/Carpinteiro/Eletricista/Marceneiro/Pedreiro) Mecânico Motorista Operador de Máquinas Leves Operador

Leia mais

ELETRICISTA DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO. Não deixe de preencher as informações a seguir. Nome

ELETRICISTA DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO. Não deixe de preencher as informações a seguir. Nome Não deixe de preencher as informações a seguir. PREFEITURA MUNICIPAL DE CUPIRA CONCURSO PÚBLICO DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO Prédio Sala Nome Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

Leia mais

PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM

PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM Caderno de Questões PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM realização S18 - Médico Clínico Geral AT E N Ç Ã O 1. O caderno de questões contém 20 questões de múltipla-escolha, conforme distribuição abaixo,

Leia mais

Exercício Prof. Alexandrino

Exercício Prof. Alexandrino Exercício Prof. Alexandrino 01. O gráfico abaixo mostra o número de pessoas comprovadamente infectadas pelo vírus H1N1 numa certa cidade do Brasil, entre os meses de maio e setembro de 2009. Na hipótese

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PROGRAMA APRENDIZ DA COMPANHIA HIDRO ELÉTRICA DO SÃO FRANCISCO CHESF

PROCESSO SELETIVO PARA PROGRAMA APRENDIZ DA COMPANHIA HIDRO ELÉTRICA DO SÃO FRANCISCO CHESF PROCESSO SELETIVO PARA PROGRAMA APRENDIZ DA COMPANHIA HIDRO ELÉTRICA DO SÃO FRANCISCO CHESF EDITAL Nº 01/2014 VAGA: APRENDIZ PROVA ORDEM QUESTÕES LÍNGUA PORTUGUESA (01-10) MATEMÁTICA (11-20) LEIA COM ATENÇÃO

Leia mais

SERVIÇO AUTÔNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO RUA DOUTOR PENIDO, 297 CENTRO. CEP: BRUSQUE / SC FONE: (47)

SERVIÇO AUTÔNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO RUA DOUTOR PENIDO, 297 CENTRO. CEP: BRUSQUE / SC FONE: (47) PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO SAMAE Edital nº 001/2017 CADERNO DE PROVA AGENTE HIDRÁULICO Nome do candidato: Assinatura: Número da inscrição: ATENÇÃO! Você está recebendo um caderno de prova para o cargo

Leia mais

Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada

Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA Questões numeradas de 01 a 15 INSTRUÇÃO: Leia, com atenção, o texto abaixo e responda às questões que se seguem.

Leia mais

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a): Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CONCURSO PÚBLICO 204 PROVA TIPO Cargo de Nível Médio: Código: 4 Técnico de Laboratório PARASITOLOGIA 204 Universidade Federal de Alagoas (Edital

Leia mais

... RIO DE JANEIRO, 14 DE DEZEMBRO DE 2008

... RIO DE JANEIRO, 14 DE DEZEMBRO DE 2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II DIRETORIA-GERAL SECRETARIA DE ENSINO EXAME DE SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CANDIDATOS À MATRÍCULA NO PROVA DE MATEMÁTICA 2009 UNIDADE ESCOLAR NOME DO(A) CANDIDATO(A):......

Leia mais

PERCEPÇÃO VISUAL. 2 a Etapa SÓ ABRA O PACOTE E O CADERNO DE PROVA QUANDO AUTORIZADO. Duração da prova: TRÊS HORAS.

PERCEPÇÃO VISUAL. 2 a Etapa SÓ ABRA O PACOTE E O CADERNO DE PROVA QUANDO AUTORIZADO. Duração da prova: TRÊS HORAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PERCEPÇÃO VISUAL a Etapa SÓ ABRA O PACOTE E O CADERNO DE PROVA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem.. Esse Caderno de Prova contém três questões,

Leia mais

HISTÓRIA. Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. FAÇA LETRA LEGÍVEL. Duração desta prova: TRÊS HORAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

HISTÓRIA. Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. FAÇA LETRA LEGÍVEL. Duração desta prova: TRÊS HORAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS HISTÓRIA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este caderno contém sete questões, constituídas de itens e subitens, abrangendo um total de nove

Leia mais