Grupo de Estudos com Servidores Aposentados da UEL: novos olhares sobre a Universidade, projeto cadastrado na Pró-Reitoria de Extensão - PROEX.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Grupo de Estudos com Servidores Aposentados da UEL: novos olhares sobre a Universidade, projeto cadastrado na Pró-Reitoria de Extensão - PROEX."

Transcrição

1

2 Reitora Vice-Reitora Nádina Aparecida Moreno Berenice Quinzani Jordão Grupo de Estudos com Servidores Aposentados da UEL: novos olhares sobre a Universidade, projeto cadastrado na Pró-Reitoria de Extensão - PROEX.

3 Maria Aparecida Vivan de Carvalho Fabiano Ferrari Ribeiro Rosane da Silva Borges (Organizadores) Portal do Servidor Aposentado da UEL: tempo de recordar Londrina 2011

4 Catalogação elaborada pela Divisão de Processos Técnicos da Biblioteca Central da Universidade Estadual de Londrina. Dados Internacionais de Catalogação-na-Publicação (CIP) P842 Portal do servidor aposentado da UEL : tempo de recordar/ Maria Aparecida Vivan de Carvalho, Fabiano Ferrari Ribeiro, Rosane da Silva Borges, organizadores. Londrina : UEL, p. : il. Projeto Portal do Servidor Aposentado. ISBN Universidade Estadual de Londrina Servidores aposentados Hístória. 2. Comunidades de aposentados Entrevistas. I. Carvalho, Maria Aparecida Vivan de. II. Ribeiro, Fabiano Ferrari. III. Borges, Rosane da Silva. CDU UEL Direitos reservados à Editora da Universidade Estadual de Londrina Campus Universitário Caixa Postal 6001 Fone/Fax: (43) Londrina PR Impresso no Brasil / Printed in Brazil Depósito Legal na Biblioteca Nacional 2011

5 Dedicatória A todos os servidores aposentados da UEL

6

7 Agradecimentos Agradecimento ao Departamento de Comunicação do Centro de Educação, Comunicação e Artes pela parceria e incentivo. Aos estagiários, estudantes do curso de Comunicação Social - Jornalismo, pela disposição, alegria e entusiasmo com os quais mantiveram acesas as luzes dessas inúmeras histórias de vida. Agradecimento aos servidores da Divisão Central de Estágios e Intercâmbios da Pró-Reitoria de Graduação pelo apoio. Aos servidores aposentados e aos seus familiares que abriram as portas de seus corações para contar um pouco de si mesmos e da Universidade.

8

9 Sumário Prefácio...xiii Apresentação...xv Servidores Aposentados Ademário Ferreira dos Santos e Ana Pereira dos Santos...1 Alcides Vitor de Carvalho...4 Alice Messias da Silva Oliveira...7 Alípio Rodrigues de Oliveira...9 Almerinda Ferreira Duarte...11 Altino Bispo de Oliveira...13 Amadeu Artur...15 Ana Carolina Santini Betancurt de Abreo...17 Ana da Silva Stuqui...20 Ana Irma Rodrigues...21 Ana Maria de Arruda Ribeiro...28 Angelina Silva Gonçalves Baggio...31 Anna Regina Jordão Ciuvalschi Maia...33 Antonio Carlos Moraes Neto...36 Antonio José Miceli...38 Antonio Nerez...45 Arlinda Rodrigues Oliveira Barbosa...47 Ascêncio Garcia Lopes...48 Benedita de Oliveira Bruno...58 Carmen Garcia de Almeida...61 Casemiro Framil Sobrinho...65 Cleusa Maria Lopes de Oliveira...66 David Roberto do Carmo...68 David Valentim da Silva Filho...71 Delícia Marcelino Ferreira...73 Denise Hernandes Tinoco...75 Djalmira de Sá Almeida...77 Domingos Dias da Silva...79

10 Donato Parisotto...81 Durval Adolar Weigert...83 Durvali Emilio Fregonezi...85 Edina Regina Pugas Panichi...90 Edison Lúcio Ferreira Fava...93 Eliane Cristina Palaoro Pereira...97 Elisabete Abelha Lisboa Erlei Odino Gusso Ernani Lauriano Rodrigues Estela Okabayashi Fuzii Euclides Francisco Salmento Francisca Soares Felizardo Francisco Alves Pereira Geir Rodrigues da Silva Genival Ross Georfrávia Montoza Alvarenga Geraldo Carreira Polvora (in memorian) Hélio Corrente Hélio Paula Vieira Henrique Alves Pereira Júnior Hideo Nakayama Ines Buranello Vignadelli Ingracia de Oliveira Iraci Tutida Ivan Giacomo Piza Jacira Pereira da Silva Jayme Nalim Duarte Leal Joana de Souza Nogueira Joana Sampar Joaquim Scarpin João Antônio Leite Ramos João Luiz Sperandio João Paulino da Silva Filho José Aloyseo Bzuneck José Aparecido Fidelis José Leocádio da Silva...187

11 Kleber de Cássio Ferreira Arantes Laerte Matias Lauro Gomes da Veiga Pessoa Filho Leange Severo Alves e Ubiratan de Oliveira Alves Ledvina Piccelli Leonel Martins Machado Leonilda de Souza e Silva Leslie Voigt Cosentino do Valle Rego Licéia Cianca Fortes e Waldyr Gutiérrez Fortes Linda Bulik Liogi Suzuk Lourival da Silva Luiz Abdon Pereira Luiz Antonio Felix Luiz de Melo Santos Luzia Mitsue Yamashita Deliberador Manoel Barros de Azevedo Manoel Palma Maria Bernardo da Costa Maria Castro da Silveira Maria Darci Moura Lombardi Maria de Lourdes Mosseli Maria Elvira Alves Nunes Maria Helena Kley Vazzi Maria Luiza Baccarin Maria Pontes de Oliveira Maria Regina Clivati Capelo Marina Zuleika Scalassara Martha Augusta Correa e Castro Gonçalves Mazília Almeida Rocha Zemuner Mirza de Carvalho Ferreira Nelson Dacio Tomazi Nelza Maria de Souza Nilza Aparecida Freres Stipp Olga Ribeiro de Aquino Oswaldo Rubens Canizares...268

12 Otávio de Paula Nascimento Paulo Roca Pedro Aloísio Kreling Raimundo Nonato Teixeira Raul Santos de Sá Reginaldo Batista de Souza Romilda Aparecida Cardioli dos Santos Rosa Magalhães de Medeiros Rubens Ferreira Dias Júnior Sadi Chaiben Sebastiana Pereira Silza Maria Pasello Valente Toshihiko Tan Valmir de França Vera Lúcia Lemos Basto Echenique Vera Lúcia Resende Faria Yoshiriro Okano Zenshi Heshiki Zita Kiel Baggio...328

13 Prefácio Aos que ajudaram a construir a UEL, o nosso eterno agradecimento É com satisfação e imensa alegria que escrevo este simples texto, para servir de abertura a um livro tão significativo. Planejar, construir, administrar, colocar e manter em funcionamento uma universidade pública é obra coletiva das mais grandiosas e gratificantes que existem. Os personagens principais deste livro, os servidores aposentados, participaram durante as últimas décadas da construção conjunta da Universidade Estadual de Londrina (UEL). A UEL completará, dia 7 de outubro de 2011, quarenta anos de pleno funcionamento reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Ao longo deste período, ela tornou-se a maior e mais importante escola de ensino superior do interior do Paraná. E isto só foi possível graças ao empenho, trabalho e dedicação de estudantes, funcionários e professores que por aqui passaram nestas quase quatro décadas. Ensino, pesquisa e extensão de boa qualidade sempre foram, ao longo deste tempo, o objetivo principal de nossa Instituição; em grande parte alcançado com base no esforço, carinho e mérito dos ex-servidores, agora na condição de aposentados da UEL. Aos aposentados devemos ainda participação efetiva na formação de milhares de profissionais capacitados, competentes e cidadãos que nossos cursos de graduação e pós-graduação já colocaram no mercado de trabalho. Por isto, os ex-servidores estão de parabéns. Assim sendo, a todos e a cada um a nossa mais sincera e eterna gratidão. Este agradecimento é extensivo à professora Maria Aparecida Vivan de Carvalho idealizadora e coordenadora do projeto Portal do Servidor Aposentado, embrião que germinou este livro e a sua equipe inteira; notadamente ao técnico em informática e internet Fabiano Ferrari Ribeiro, que desenvolveu e viabilizou o portal no site da Universidade, e à professora Rosane da Silva Borges, orientadora dos estudantes de Jornalismo que atuam no projeto. Nádina Aparecida Moreno Reitora da UEL xiii

14

15 Apresentação Este livro apresenta o Portal do Servidor Aposentado da Universidade Estadual de Londrina - UEL, como iniciativa inédita destinada a valorizar os servidores aposentados da Instituição sem perder as perspectivas do resgate de histórias de vida desses personagens centrais cujas práticas catalisaram fluidos bons que alavancaram a Universidade nestes 40 anos de existência. Trata-se, portanto, de um livro de perfis que pode ser visto sob vários olhares. Esses perfis representam uma realidade vivida e ainda viva na memória de cada servidor aposentado. Cada vez mais convencidos da necessidade de mostrar às novas e futuras gerações quem foram as pessoas que atuaram na Universidade e dignificálas por meio de um expediente efetivo e palpável, sentimo-nos motivados a concretizar esta publicação, na intenção de contribuir com a construção da história da Universidade. Os perfis dos servidores aposentados que constam deste livro foram os primeiros a serem publicados no Portal do Servidor Aposentado da UEL, criado em 22 de junho de 2008 e idealizado pela professora Maria Aparecida Vivan de Carvalho, à época, pró-reitora de graduação da UEL, com a finalidade de homenagear os aposentados durante as comemorações dos 37 anos da Universidade. Todas as informações são extremamente valiosas quando há a premissa de recuperar a memória de uma caminhada que se revela especial, considerando que cada um de nós guarda retratos de uma vida junto a esta Universidade de concretização de sonhos, conquistas e realização de ideais. O Portal permite à comunidade acompanhar as informações sobre nossos servidores, bem como fortalece as relações entre os servidores que continuam em atividade na Instituição e os servidores aposentados, com visibilidade oportuna dos professores e funcionários que deram sustentabilidade às diversas ações empreendidas na UEL, o que possibilitou a sua consolidação como uma das melhores instituições de ensino superior do país. O empenho e trabalho de cada servidor justificam o sucesso da Universidade ao longo dos anos. As ideias para a criação do Portal ganharam vida nas mãos do servidor Fabiano Ferrari Ribeiro e aos poucos se materializaram com robustez a partir xv

16 da inserção de estudantes estagiários e docentes do curso de Comunicação Social - Jornalismo do Centro de Educação, Comunicação e Artes da UEL. As entrevistas começaram a ser agendadas, inicialmente com um professor de cada um dos nove centros de estudos, e servidores de diferentes locais e profissões, como museu e creche, vigilantes, jardineiros, auxiliares de enfermagem e, até mesmo, o primeiro reitor. No Portal do Servidor Aposentado da UEL os perfis são o carro-chefe, entretanto, inovações foram sendo incorporadas, a exemplo, a apresentação de serviços de direito na Universidade, como o uso de biblioteca, restaurante, institucional, entre outros, bem como houve a introdução de matérias sobre saúde e direitos dos aposentados. Algumas matérias foram divulgadas na forma de destaques com título específico; outras trazem as informações postadas pelo servidor aposentado que acessou o site e compôs a sua história, sendo que neste último caso não há registro do nome de estagiários, pois o autor foi o próprio aposentado. A inserção de hobbies e de uma ficha técnica com dados específicos dos aposentados, como naturalidade, ano de aposentadoria, entre outros, veio a incrementar e enriquecer as publicações do Portal, além de que postamos um item inovador denominado serviço que traduz informações e ou mostra a definição de palavras cujo significado foge à rotina de parte dos servidores. Esperamos que as atividades previstas para o desenvolvimento do Portal possam ser intensificadas, no intuito de aprimorar o exercício de resgatar fatos tão marcantes na vida das pessoas e transformá-los em mensagens que expressem as vivências e as emoções em texto. Será questão de tempo e paciência obter a regularidade na cobertura das aposentadorias pela equipe do Portal. Cabe destacar os estagiários - protagonistas das entrevistas do Portal: Poliana Lisboa de Almeida, Léia Dias Sabóia, Janaina Assis de Castro Gomes, Luiz Gustavo Ticiane de Oliveira e Rosane Mioto dos Santos, todos sob a orientação cuidadosa e o olhar atento da professora Rosane da Silva Borges. Durante as entrevistas com os servidores aposentados, as perguntas não obedeceram a um roteiro, mas tinham o objetivo de captar uma história ainda não contada e não registrada. Para nós foi um exercício espetacular de dar ouvido aos servidores aposentados e dar palavra aos estudantes que, na flor de sua juventude, souberam apreender as mensagens, buscar a sensibilidade nas falas e dar voz, com uma precisão inigualável, aos que em gestos manifestavam seus sentimentos. xvi

17 Ainda é preciso ressaltar que os estudantes, de forma brilhante, souberam traduzir encantos e desencantos, perdas e ganhos, conquistas e decepções. Segredos foram desvelados e apontaram caminhos percorridos na certeza e na dúvida, com resultados acertados e outros que exigiram repensar a trilha. Solicitamos aos nossos ex-estagiários do Portal um depoimento sobre o que significou para eles o exercício da profissão ainda enquanto estudantes e recebemos as mensagens que transcrevemos a seguir. Estagiar no Portal do Servidor Aposentado foi uma experiência acima de tudo gratificante. Além da oportunidade de praticar a profissão que eu amo, pude conhecer e ouvir pessoas maravilhosas. As entrevistas com os aposentados foram sem dúvida a melhor parte do trabalho. As histórias de vida que ouvi são lições que vou levar comigo para sempre. Cada conversa foi emocionante e não posso descrever o que sentia ao ver pessoas tão incríveis, que dedicaram suas vidas à UEL, chegarem às lágrimas com as lembranças. Um aprendizado sem igual e sem preço, que agora pode ser compartilhado com mais pessoas. Recomendo muito a leitura deste livro e tenho certeza de que em suas páginas encontrarão a emoção, o amor, a força daqueles que construíram a UEL quase do nada, e fizeram dela a Instituição sólida e respeitável que é hoje. Participar dessa produção me enche de orgulho e só tenho a agradecer à professora Cidinha (Maria Aparecida Vivan de Carvalho), que um dia imaginou este projeto, colocou-o em prática e me deu a satisfação de poder integrá-lo. Janaína Castro Jornalista, estagiária do Portal do Servidor Aposentado de março a dezembro de 2009 Que a UEL hoje é reconhecidamente grande, ninguém discute. O que poucos sabem, porém, é o trabalho que muitos - alguns anonimamente - desenvolveram para que ela atingisse tamanha notoriedade. A vida da instituição não está apenas nos belos gramados e jardins, nem mesmo na fauna que também reconhece naquele lugar algo especial. Não está apenas nos muitos alunos que, munidos do conhecimento, saem da universidade para ganhar o mundo. Ela está essencialmente naqueles xvii

18 servidores, que, desde quando aquela região ainda era um perobal, ajudaram, cada um à sua maneira, tornar a instituição em uma das mais respeitadas no Brasil e no exterior. Trabalhar no Portal do Aposentado, que agora vira merecidamente livro, foi uma das mais gratificantes experiências que o jornalismo pôde me proporcionar. Algo que vou levar com carinho para a vida toda. Viver cada história foi descobrir tudo isso. Certamente, é o que você, leitor, vai também descobrir nas próximas páginas. Gustavo Ticiane Jornalista, estagiário do Portal do Servidor Aposentado de abril a dezembro de 2009 Ter a chance de aprender um pouco mais sobre a profissão que escolhi e, ao mesmo tempo, conhecer a história de minha cidade por meio dos depoimentos dos aposentados que entrevistei foram as melhores experiências que o estágio no Portal do Aposentado poderiam me proporcionar. Perceber que a história de Londrina e da Universidade foi escrita com o trabalho destas pessoas, vindas de vários cantos do país, é também reconhecer que as grandes conquistas se fazem nos pequenos gestos cotidianos. O que levo desta experiência é a satisfação de descobrir que minha cidade natal e a Universidade também são obras desta gente anônima, que meu trabalho no Portal ajudou a revelar. Rosane Mioto Jornalista, estagiária do Portal do Servidor Aposentado de março a dezembro de 2009 Aproximadamente 20 mil pessoas circulam todos os dias pela Universidade Estadual de Londrina. No entanto, pouquíssimas conhecem verdadeiramente a história dos muitos servidores e idealizadores valentes, que juntos edificaram - nos vários sentidos da palavra - a instituição. Não é exagero dizer que muitos desses servidores aposentados amavam e se doavam completamente ao trabalho, à UEL. Os relatos de um começo difícil, sem muitos recursos, precário às vezes, parece não condizer com a atual grandeza dessa universidade. Mas é xviii

19 fato. Esses momentos realmente existiram. Assim como pude comprovar na condição de estagiária. Para uma aspirante a jornalista, jovem e inexperiente com um velho sonho bobo de mudar o mundo, conhecer esses simpáticos senhores significou muito. Pessoas agradáveis, receptivas, prontas para compartilhar momentos tão singulares com uma desconhecida. Suas histórias são repletas de conselhos, de otimismo. Elas são marcadas pela perseverança e a esperança em um futuro melhor e maior. A sabedoria que contém nestes textos não se encontra armazenada em bibliotecas. Mas, é resultado de uma vida inteira de lutas, quedas e conquistas. Enfim, grandes lições. Léia Dias Sabóia Jornalista, estagiária do Portal do Servidor Aposentado de agosto de 2008 a janeiro de 2009 Algumas entrevistas foram realizadas na UEL, mas a maioria aconteceu na casa dos servidores aposentados, que acolheram nossa equipe com muito carinho e aproveitaram a ocasião para mostrar fotos e recordações da época de trabalho na UEL. Após a transcrição das fitas de gravação da entrevista, organização da redação, correção dos textos e divulgação no Portal, as entrevistas eram impressas, versão colorida, em papel couchê e entregues pessoalmente por membros da equipe do Portal para o servidor aposentado guardar de recordação. Não foram poucas as vezes que nos pegamos com lágrimas nos olhos ao ler as entrevistas dos servidores aposentados, sentindo a emoção nas linhas e nas entrelinhas, a saudade batendo forte no peito, a lembrança de um tempo que não volta mais. Saudosismo e um imenso orgulho é o que sentimos por ver tantas vidas voltadas a um objetivo comum - o bem da nossa Universidade. Os servidores aposentados abordaram, em suas falas, dimensões de âmbitos pessoais e profissionais, bem como suas próprias reflexões permitem entender as relações e nos levam a pensar sobre alguns de nossos questionamentos a respeito do mundo universitário. Esteve sempre presente a forma como viveram intensamente a Universidade, a importância do trabalho e das atividades ali desempenhadas, do plantio e cultivo de flores ao exercício da docência. xix

20 Acreditamos que o momento da entrevista tenha se caracterizado como uma oportunidade de manifestar o olhar sobre si mesmo e sobre a vida, bem como sobre a Universidade. Nem todo o esforço dos servidores pôde ser contemplado pela Instituição, por fatores diversos. Houve boa vontade e criatividade, mas nem todas as ideias foram aproveitadas. Afinal, a Universidade passou, ao longo de décadas, por muitas transformações para responder aos desafios peculiares a cada período histórico, com flexibilização de fronteiras do conhecimento, superação de crises, influência de modismos, diversas abordagens da educação, mudanças na forma de pensar e de agir. Considerando-se, por outro lado, as ações e intenções demonstraram comprometimento com o fazer universitário. Os servidores aposentados mostraram exemplos bons de busca e de encontro de novas atividades para serem desenvolvidas durante a aposentadoria, a despeito de terem que superar, muitas vezes, problemas físicos, psicológicos e emocionais, além dos financeiros. Não mediram esforços para derrubarem barreiras no intuito de atingir um objetivo maior, conquistar um novo sonho. Sob diferentes visões, a aposentadoria manifestou-se de um período de descanso e tranquilidade a um período de intensa produtividade, um período de viver sonhos e desejos, mas também, de forma divergente, esse período se caracterizou por árduo trabalho para a manutenção do sustento da família. A leitura deste livro proporcionará reflexões que aproximarão os leitores das histórias de vida e dos amigos servidores aposentados. É fato que, depois das entrevistas, alguns já deixaram este mundo e outros que nem chegaram a ser entrevistados abriram uma lacuna ainda maior em nossos corações. Desejamos que os servidores aposentados cultivem sempre hábitos saudáveis, retirem energia de coisas boas e acreditem, sobretudo, que a juventude está no coração das pessoas, portanto, a importância de dar sentido à vida está na tríade: estar ativo, cultivar amigos e se sentir útil. Cá para nós, há necessidade permanente de conhecimento e reconhecimento dos significados do espaço universitário e desenhá-los por meio do resgate das memórias dos servidores aposentados é uma maneira de restituir a eles o sentido da vida. As lições do passado têm muito a nos ensinar, e reiteramos que sonhar com uma instituição universitária que conhece e reconhece o trabalho e a dedicação de seus servidores, valorizando-os enquanto aposentados, xx

21 demonstra o desejo de ter e ver um mundo mais humano. Desejamos também um futuro brilhante para a UEL, numa busca ininterrupta de relação democrática, possibilitando aos seus servidores serem livres e iguais. Finalmente, desejamos que o significado da trajetória dos servidores aposentados possa servir de exemplo aos nossos jovens para o alcance e o desenvolvimento de seus projetos de vida. xxi

22

23 Um casal de funcionários da Universidade Ana Pereira dos Santos e Ademário Ferreira dos Santos, zeladora e pedreiro. O casal dedicou ao todo quarenta e cinco anos de trabalho à Universidade Não foi na UEL que eles se conheceram. Aliás, foi um pouco mais longe. Ademário e Ana dos Santos são baianos de Piritiba, perto de Feira de Santana. Eles eram vizinhos e quando Ademário veio para Londrina, onde o tio já morava, o casal conversava e namorava por meio de cartas. Com o casamento, Ana também veio para o sul. Aqui eles tiveram a primeira filha e quando tentaram voltar, dois anos e meio depois, não se acostumaram com os salários baixos do nordeste. O segundo filho nasceu na Bahia, mas o casal veio para Londrina em seguida. Agora, Bahia só nos finais de ano, quando eles chegam a ficar até um mês na casa de parentes passeando. Uma vizinha avisou Ana que a Universidade estava contratando. Ela lembra que foi simples e após uma ficha preenchida ficou combinado. Era 1977, seu primeiro emprego registrado, e no segundo mês ela estava ganhando mais do que o inicial, conta a funcionária com orgulho. Ana dos Santos trabalhou na zeladoria do CEFE - Centro de Educação Física e Esporte desde o começo até a sua aposentadoria depois de 28 anos de trabalho no fim de Ela trabalhava com a limpeza e fazia o café. Quando teve o quarto filho precisou da ajuda da filha mais velha. Ana tinha uma hora para amamentar e fazia questão de voltar na hora de sua janta para amamentar uma segunda vez. Mas, para ela o esforço foi válido. 1

24 Os turnos em que trabalhou mudaram conforme os anos. Às vezes, quando Ana entrava de manhã, ela, que mora em Cambé perto da Universidade, aproveitava e ia com uma amiga a pé para o trabalho. Dá meia hora caminhando sem pressa, e eu fazia exercício. Ademário, esposo de Ana, trabalhou muitos anos sem registro em carteira aqui em Londrina. Em 1963 ele começou a trabalhar em uma firma como servente na construção civil. Com os anos foi adquirindo experiência e crescendo na empresa, orientando o trabalho junto com o mestre de obras. Quando quiseram levá-lo para outra cidade ele trocou de emprego. Ficou pouco mais de um ano em outra empresa, quando surgiu uma vaga de pedreiro na UEL. Ademário conta que conversou com os patrões antes de sair, sempre gostei de fazer as coisas direito, (...) no outro dia comecei na Universidade. Com quatorze meses na UEL o contrato havia acabado e estava acontecendo um corte de funcionários. Ele se lembra da entrevista que enfrentou com psicólogos, em que perguntaram qual era o melhor prego para pedreiro, e ele respondeu que era a água, que ligava o cimento, já que quem prega mesmo é o carpinteiro. O funcionário estava com medo de ser demitido, ainda mais depois da resposta ousada. Ademário continuou trabalhando na UEL, mas com aproximadamente três anos de pedreiro sua profissão passou para graniteiro. Apesar de mais perigosa, a função nova não constou na carteira e nem no salário do funcionário, que ficou por mais quatorze anos na Universidade. Ele se lembra de ter participado da construção de parte do Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Tecnologia de Alimentos, reitoria, banheiros, isolamento do pavilhão do meio do Hospital Veterinário e Hospital Universitário, onde, de acordo com Ademário, a equipe de graniteiros da Universidade assumiu as obras junto com funcionários de uma empreiteira contratada para concluí-las no prazo. O funcionário sofreu um acidente no Laboratório de Medicamentos da UEL, durante um trabalho por colocar a máquina em uma tomada com voltagem diferente da que fora avisada a ele. Ele se machucou e a máquina estragou, mas ele conta que depois o problema foi superado. 2

25 Ademário aposentou-se em Ana confirma que o marido não para. Depois de construir quatro casas, duas no terreno antigo e duas no que moram agora, ele continua a trabalhar quando algum dos quatro filhos ou sobrinha precisa. E ele fala que Ana ajudou sempre. Eu nunca paguei pedreiro, usava o fim de semana para construir. Como a UEL foi o primeiro e único emprego registrado de Ana, ela ficou até depois que o marido saiu. Trabalhou por 28 anos e esperaria completar trinta, mas em 2004 ela teve um AVC (acidente vascular cerebral) enquanto trabalhava no CEFE. A funcionária descreveu a dor que sentiu e contou que por mais de um ano continuou sentindo a cabeça muito pesada e uma sensação estranha ao caminhar. Depois do período de licença, Ana pediu aposentadoria. Ela brinca, eu não faço nada agora, só o serviço de casa, e quando o marido não está trabalhando eles costumam caminhar. Eu não gosto de caminhar sozinha, gosto de andar junto com ele. É bom para a saúde e rende uma boa conversa. Poliana Lisboa de Almeida 3

26 Entre uvas, letras e histórias Academia e política se misturam na vida de Alcides Vitor de Carvalho, professor de letras da Universidade Estadual de Londrina desde sua fundação Na garagem de Alcides Vitor de Carvalho alguns galões com aproximadamente 35 litros de vinho cada um aguardam o seu período de gestação : são nove meses de espera até que ele fique pronto. O cheiro do álcool fica no ar neste canto da casa do professor aposentado da Universidade Estadual de Londrina. Plantar uva e fazer vinhos é um prazer para o professor, que só o faz para a família e amigos. Alcides, mineiro de Carvalhópolis, veio para Londrina após passar pelo Rio Grande do Sul, onde estudou por 12 anos; Adamantina, interior de São Paulo, e Arapongas, onde trabalhou. Na cidade começou a fazer o curso de Letras na Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Londrina. Em 1971 a UEL foi reconhecida pelo governador da época, Paulo Pimentel. Cinco instituições da cidade se uniram para formar a UEL, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras; Faculdade de Direito; Faculdade de Odontologia; Faculdade de Medicina e Faculdade de Ciências Econômicas. Alcides havia assumido como professor na Faculdade assim que se formou. Com a criação da Universidade ele ajudou a criar o Departamento de Letras no Centro de Letras e Ciências Humanas, o CLCH. A época era de Ditadura Militar e Alcides participava da política. No ano de 1968 o professor esteve no 30º Congresso Nacional da União Nacional dos Estudantes em Ibiúna, representando Londrina. 4

27 O Congresso acabou com a prisão de mais de 800 estudantes. Alcides estava entre eles. Fiquei no presídio Tiradentes por muito tempo. Aí numa perseguição política posterior de não poder trabalhar, uma espécie de vigilância muito de cima, (...) eu estava numa situação complicada e em 1973 eu fui para fora (França) e aproveitei para fazer o mestrado, relembra. O professor recebeu uma bolsa do governo francês para cursar mestrado e doutorado em literatura popular brasileira, desde que continuasse vinculado à UEL. Após três anos fora, Alcides voltou para o Brasil. Como a sua pesquisa de doutorado era sobre literatura de cordel, ele viajou pelo país recolhendo material. Alcides não voltou para a França para defender sua tese e doou parte do material para a UEL. Hoje a Universidade tem um acervo com cerca de folhetos de literatura de cordel. A coleção, que fica na Biblioteca Central, pode ser consultada por todos e possui o nome do professor. Em 1979, Alcides foi um dos fundadores do Sindiprol (Sindicato dos Professores de Londrina) e presidiu a entidade de 1982 até No início, o sindicato reunia professores e servidores de outras instituições superiores da região, não apenas da UEL. Alcides estima que o Sindiprol chegou a ter dois mil filiados na época. Como ex-presidente do sindicato, o professor relembra da greve de 45 dias que aconteceu em 1984, pedindo aumento de 150% em alguns casos. O governador, José Richa ( ) cortou o salário dos servidores, que organizavam feiras em frente ao Centro de Ciências Biológicas para aguentar a situação. Com isto o governo acabou cedendo às exigências. Alcides aposentou-se na Universidade Estadual de Londrina em 1993, quando assumiu a Secretaria de Cultura de Londrina na gestão do prefeito Luiz Eduardo Cheida (PT), de 1993 a Depois da secretaria, Carvalho assumiu por quatro anos a Casa da Cultura da UEL, responsável pelo Festival Internacional de Londrina, pelo Festival de Música, pelo Teatro Ouro Verde e pela Orquestra Sinfônica da UEL. Depois de um ano sem dar aulas, ele voltou a lecionar na Faculdade Pitágoras nos cursos de comunicação. Alcides conta um 5

28 pouco deste encanto que o levou de volta às salas de aula, (...) ser professor é bom porque a cada semestre renova a turma, você tem que se preparar de novo, enriquece a gente, quero dar aula até os 80, 90, até 100 (...) enquanto der. Poliana Lisboa de Almeida 6

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e Sexta Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e mudou o rumo da vida profissional FOLHA DA SEXTA

Leia mais

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Terça-feira, 11 de março de 2014 Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Nádia Junqueira Goiânia - Dalila tem 15 anos, estuda o 2º ano no Colégio

Leia mais

O Renal é um ser humano como todos e tem seu direito de ser respeitado e não ter vergonha de ser renal. Jaderson

O Renal é um ser humano como todos e tem seu direito de ser respeitado e não ter vergonha de ser renal. Jaderson Jaderson é um garoto de 11 anos, portador de insuficiência renal crônica, paciente do Serviço de Hemodiálise Pediátrica do Hospital Roberto Santos em Salvador-BA. É uma criança muito inteligente e talentosa,

Leia mais

Nós, alunos do 2º A, queremos tratar as pessoas com respeito e amor, estudar com muita dedicação e sempre pensar antes de tomar decisões.

Nós, alunos do 2º A, queremos tratar as pessoas com respeito e amor, estudar com muita dedicação e sempre pensar antes de tomar decisões. Como tratar as pessoas: de uma maneira boa, ajudar todas as pessoas. Como não fazer com os outros: não cuspir, empurrar, chutar, brigar, não xingar, não colocar apelidos, não beliscar, não mentir, não

Leia mais

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1 CELIORHEIS Página 1 A Abduzida um romance que pretende trazer algumas mensagens Mensagens estas que estarão ora explícitas ora implícitas, dependendo da ótica do leitor e do contexto em que ela se apresentar.

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

Fim. Começo. Para nós, o tempo começou a ter um novo sentido.

Fim. Começo. Para nós, o tempo começou a ter um novo sentido. Fim. Começo. Para nós, o tempo começou a ter um novo sentido. Assim que ela entrou, eu era qual um menino, tão alegre. bilhete, eu não estaria aqui. Demorei a vida toda para encontrá-lo. Se não fosse o

Leia mais

Graças ao Coaching. eu descobri o que havia de melhor em mim. Bhia Beatriz

Graças ao Coaching. eu descobri o que havia de melhor em mim. Bhia Beatriz Graças ao Coaching eu descobri o que havia de melhor em mim Bhia Beatriz 1 2 Graças ao Coaching eu descobri o que havia de melhor em mim Ilustração da Capa Nádia Krummenauer Artista Plástica Arte Final

Leia mais

Autor (a): Januária Alves

Autor (a): Januária Alves Nome do livro: Crescer não é perigoso Editora: Gaivota Autor (a): Januária Alves Ilustrações: Nireuda Maria Joana COMEÇO DO LIVRO Sempre no fim da tarde ela ouvia no volume máximo uma musica, pois queria

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas.

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas. ESCOLA MUNICIPAL BUENA VISTA Goiânia, 19 de junho de 2013. - Turma: Mestre de Obras e Operador de computador - 62 alunos 33 responderam ao questionário Orientador-formador: Marilurdes Santos de Oliveira

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

EDUARDO ZIBORDI CAMARGO

EDUARDO ZIBORDI CAMARGO EDUARDO ZIBORDI CAMARGO Dudu era o segundo filho do casal Flávio Camargo e Elza Zibordi Camargo, quando desencarnou, aos sete anos incompletos. Hoje, além de Flávia, a família se enriqueceu com o nascimento

Leia mais

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Texto e Pesquisa de Imagens Arthur de Carvalho Jaldim e Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997

MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997 MEMPORIAS DOS APOSENTADOS JOSÉ CARLOS ORTIZ PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO ENTRÂNCIA ESPECIAL INÍCIO E SAÍDA DO MPSP: 01/12/1978 A 08/08/1997 APMP: Como surgiu a ideia de prestar concurso para o MP? Desde

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

Histórias de. Comunidade de Aprendizagem. Histórias de Comunidade de Aprendizagem 1

Histórias de. Comunidade de Aprendizagem. Histórias de Comunidade de Aprendizagem 1 Histórias de Comunidade de Aprendizagem Histórias de Comunidade de Aprendizagem 1 Introdução O projeto Comunidade de Aprendizagem é baseado em um conjunto de atuações de êxito voltadas para a transformação

Leia mais

P R Ê M I O : M E L H O R E S A L U N O S D A G R A D U A Ç Ã O

P R Ê M I O : M E L H O R E S A L U N O S D A G R A D U A Ç Ã O P R Ê M I O : M E L H O R E S A L U N O S D A G R A D U A Ç Ã O L i s t a c o m p l e t a d o s p r e m i a d o s c o n t e m p l a d o s F O R M A N D O S D A S T U R M A S D E 2 0 1 3 / 2 ALINE AUXILIADORA

Leia mais

Olá, o meu nome é Vanessa. Neste trabalho que vou desenvolver, tentarei contar para você, amigo leitor, um pouco da minha vida e de toda a trajetória

Olá, o meu nome é Vanessa. Neste trabalho que vou desenvolver, tentarei contar para você, amigo leitor, um pouco da minha vida e de toda a trajetória Olá, o meu nome é Vanessa. Neste trabalho que vou desenvolver, tentarei contar para você, amigo leitor, um pouco da minha vida e de toda a trajetória que eu percorri até a entrada na Universidade Federal

Leia mais

União das Polícias faz violência cair no Município Após assumir há seis

União das Polícias faz violência cair no Município Após assumir há seis 2 3 União das Polícias faz violência cair no Município Após assumir há seis meses a Seccional de Diadema, a delegada Martha Rocha de Castro (foto) afirma que está feliz com o trabalho da Polícia Civil,

Leia mais

VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO.

VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO. VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO. Qualquer hora é hora de falar sobre doação de órgãos. Pode ser à mesa do jantar, no caminho para o trabalho ou até mesmo ao receber este folheto.

Leia mais

Criança faz arte? ISTA. Gratuito! PROJETO EXPOSIÇÃO DE ARTE PALESTRAS VÍDEOS WEBSITE REDE SOCIAL MINISTÉRIO DA CULTURA APRESENTA

Criança faz arte? ISTA. Gratuito! PROJETO EXPOSIÇÃO DE ARTE PALESTRAS VÍDEOS WEBSITE REDE SOCIAL MINISTÉRIO DA CULTURA APRESENTA Criança faz arte? MINISTÉRIO DA CULTURA APRESENTA PROJETO ART EIRA ISTA EXPOSIÇÃO I - T - I - N - E - R - A - N - T - E 1 EXPOSIÇÃO DE ARTE PALESTRAS VÍDEOS WEBSITE REDE SOCIAL Gratuito! Elias Rodrigues

Leia mais

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa?

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa? Antigamente, quando não tinha rádio a gente se reunia com os pais e irmãos ao redor do Oratório para rezar o terço, isso era feito todas as noites. Eu gostaria que agora a gente faça isso com os filhos,

Leia mais

Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens

Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens Depoimentos de Intercambistas Brasileiros 2 Carolina Castro foi aos Estados Unidos em 2011 Programa Longa Duração O ano

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

Eu, Você, Todos Pela Educação

Eu, Você, Todos Pela Educação Eu, Você, Todos Pela Educação Um domingo de outono típico em casa: eu, meu marido, nosso filho e meus pais nos visitando para almoçar. Já no final da manhã estava na sala lendo um livro para tentar relaxar

Leia mais

P/1 Então por favor, começa com o seu nome completo, local e a data de nascimento.

P/1 Então por favor, começa com o seu nome completo, local e a data de nascimento. museudapessoa.net P/1 Então por favor, começa com o seu nome completo, local e a data de nascimento. R Meu nome é Kizzes Daiane de Jesus Santos, 21 de julho de 1988, eu nasci em Aracaju, no estado do Sergipe.

Leia mais

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual Por: Rosana Rodrigues Quando comecei a escrever esse artigo, inevitavelmente fiz uma viagem ao meu passado. Lembrei-me do meu processo de escolha de carreira e me dei conta de que minha trajetória foi

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

Amar Dói. Livro De Poesia

Amar Dói. Livro De Poesia Amar Dói Livro De Poesia 1 Dedicatória Para a minha ex-professora de português, Lúcia. 2 Uma Carta Para Lúcia Querida professora, o tempo passou, mas meus sonhos não morreram. Você foi uma pessoa muito

Leia mais

CENTRO HISTÓRICO EMBRAER. Entrevista: Arlindo de Figueiredo Filho. São José dos Campos SP. Agosto de 2011

CENTRO HISTÓRICO EMBRAER. Entrevista: Arlindo de Figueiredo Filho. São José dos Campos SP. Agosto de 2011 CENTRO HISTÓRICO EMBRAER Entrevista: Arlindo de Figueiredo Filho São José dos Campos SP Agosto de 2011 Apresentação e Formação Acadêmica O meu nome é Arlindo de Figueiredo Filho, estou no momento..., completei

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA LENDA DA COBRA GRANDE Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA CRUZEIRO DO SUL, ACRE, 30 DE ABRIL DE 2012. OUTLINE Cena 1 Externa;

Leia mais

O início de minha vida...

O início de minha vida... Relato 1 Memórias de minha vida Juliana Pedroso 1 O início de minha vida... Perceber com clareza é o mesmo que ter a visão iluminada pela Luz da Alma. Podemos ficar livres da ignorância e ver corretamente

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DES PORTO

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DES PORTO CONCURSO: 2013 QUALIDADE EM GESTÃO E QUALIDADE NA PRÁTICA DA DOCÊNCIA GREICIANE KRUMM QUALIDADE NA PRÁTICA DOCÊNCIA PRESIDENTE GETÚLIO 2013 GREICIANE KRUMM Experiência apresentada para Associação dos Municípios

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 40 Discurso na cerimónia comemorativa

Leia mais

HISTORIANDO GUARIBAS: UMA EXPERIÊNCIA DE ESCOLARIZAÇÃO DO SESC LER i

HISTORIANDO GUARIBAS: UMA EXPERIÊNCIA DE ESCOLARIZAÇÃO DO SESC LER i HISTORIANDO GUARIBAS: UMA EXPERIÊNCIA DE ESCOLARIZAÇÃO DO SESC LER i Rozenilda Maria de Castro Silva ii O trabalho que pretendemos socializar é o Projeto Pedagógico Historiando Guaribas, de alfabetização

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Primeiro relatório de intercâmbio de longa duração.

Primeiro relatório de intercâmbio de longa duração. Primeiro relatório de intercâmbio de longa duração. Marcus Vinícius Rodrigues Garcia. Petrópolis, Rio de Janeiro, Brasil. Liège, Belgica. Bom, agora já faz quase três meses que eu estou aqui na Bélgica

Leia mais

Datas das próximas viagens da UFMG. Visitas às casas dos moradores de Lagedo e Riacho

Datas das próximas viagens da UFMG. Visitas às casas dos moradores de Lagedo e Riacho Ano 2 Lagedo, Domingo, 25 de janeiro de 2015 N o 8 Datas das próximas viagens da UFMG Data Casa 8 23 a 25 de janeiro de 2015 Lúcia 9 27 de fevereiro a 1 de março de 2015 Irene/Paulo 10 27 de março a 29

Leia mais

Escolas comunicadoras

Escolas comunicadoras Comunicação e Cultura Local de atuação: Ceará, Pernambuco, Pará e Bahia Data de fundação: 1996 Escolas comunicadoras No Ceará, quase quinhentas mil crianças da rede pública estudam em escolas que unem

Leia mais

Edição: Rodrigo Amorim DESENHOS: Lavínya Vieira CORDEL: 1º ANO A 02

Edição: Rodrigo Amorim DESENHOS: Lavínya Vieira CORDEL: 1º ANO A 02 O Cordel, Paixão e Poesia: Castro Alves o poeta da Bahia foi feito pelos alunos do 1º ano A (IF Baiano campus Itapetinga). O cordel é uma grande homenagem ao grande poeta baiano Castro Alves, conhecido

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com TRECHO: A VOLTA POR CIMA Após me formar aos vinte e seis anos de idade em engenharia civil, e já com uma

Leia mais

ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012

ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012 ENTREVISTA MARCOS MARINO 33º COLOCADO AFRFB / 2012 Olá, amigos do Estratégia! Como diz meu amigo Sérgio Mendes, como é bom estar aqui! Hoje irei entrevistar o Marcos Marino, aluno do Estratégia Concursos

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

O NASCIMENTO DE RUNA

O NASCIMENTO DE RUNA Für die Übersetzung ins brasilianische Porugiesisch danken wir herzlich Adriana Dantas Breust. O NASCIMENTO DE RUNA MINHA IRMÃ VEM AO MUNDO Concepção e texto: Uwe Spillmann. Ilustração: Inga Kamieth Este

Leia mais

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance Sobre o autor: Meu nome é Rodrigo Marroni. Sou apaixonado por empreendedorismo e vivo desta forma há quase 5 anos. Há mais de 9 anos já possuía negócios paralelos ao meu trabalho e há um pouco mais de

Leia mais

POESIAS. Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado

POESIAS. Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado POESIAS Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado A flor amiga O ser mais belo e culto Emoções e corações Sentimentos envolvidos Melhor amiga e amada O seu sorriso brilha como o sol Os seus

Leia mais

Discurso do concluinte do Ensino Médio Gabriel Mansur Colação 2011. Excelentíssimo Senhor Manoel de Medeiros Brito, Presidente da Liga de

Discurso do concluinte do Ensino Médio Gabriel Mansur Colação 2011. Excelentíssimo Senhor Manoel de Medeiros Brito, Presidente da Liga de Discurso do concluinte do Ensino Médio Gabriel Mansur Colação 2011 Excelentíssimo Senhor Manoel de Medeiros Brito, Presidente da Liga de Ensino do RN, Excelentíssima Senhora Angela Guerra, diretora do

Leia mais

ENTRE FRALDAS E CADERNOS

ENTRE FRALDAS E CADERNOS ENTRE FRALDAS E CADERNOS Entre Fraldas e Cadernos Proposta metodológica: Bem TV Educação e Comunicação Coordenação do projeto: Márcia Correa e Castro Consultoria Técnica: Cláudia Regina Ribeiro Assistente

Leia mais

Registro da Experiência: Acampamento Vaga Lume 2008

Registro da Experiência: Acampamento Vaga Lume 2008 Registro da Experiência: Acampamento Vaga Lume 2008 A Vaga Lume é uma organização social de interesse público, sem fins lucrativos, fundada a partir da crença de que o investimento em seres humanos é a

Leia mais

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA letreiro 1: Sem o modernismo dos tempos atuais, o samba sertanejo era uma espécie de baile rústico, que ia noite à dentro até o raiar do dia, com seus matutos dançando e entoando

Leia mais

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência 43 5 ADOLESCÊNCIA O termo adolescência, tão utilizado pelas classes médias e altas, não costumam fazer parte do vocabulário das mulheres entrevistadas. Seu emprego ocorre mais entre aquelas que por trabalhar

Leia mais

Colaboradores. Enfoque JB. Ano: 2 Edição: 14 Novembro / Dezembro 2009

Colaboradores. Enfoque JB. Ano: 2 Edição: 14 Novembro / Dezembro 2009 ,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,, 2 Colaboradores Enfoque JB Ano: 2 Edição: 14 Novembro / Dezembro 2009 Votos de Felicidades para todos que fazem o Grupo JB, e que o novo Ano de 2010, conscientize

Leia mais

Gratuidade com os outros

Gratuidade com os outros 2ª feira, dia 21 de setembro de 2015 Gratuidade com os outros Bom dia! Com certeza, todos nós já experimentamos como é bom brincar com amigos, como nos faz felizes trocar jogos e brinquedos, como sabe

Leia mais

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem.

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem. Pais e filhos 1º cena: música ambiente (início da música pais e filhos legião urbana - duas pessoas entram com um mural e começam a confeccionar com frases para o aniversário do pai de uma delas (Fátima),

Leia mais

Entrevista Armando José Farah

Entrevista Armando José Farah Saju Pesquisa Histórica Entrevista Armando José Farah Transcrição Leonardo Serrat de O. Ramos 07 Saju: Nome? Armando José Farah... - É, já tavam sabendo que o entrevistado é Armando José Farah, o que os

Leia mais

Relatório de Intercâmbio

Relatório de Intercâmbio UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI ASSESSORIA PARA ASSUNTOS INTERNACIONAIS PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO INTERNACIONAL PARA GRADUAÇÃO Relatório de Intercâmbio Aluno(a): THIAGO RIBEIRO FURTADO

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

HISTÓRIA DE SÃO PAULO. Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série.

HISTÓRIA DE SÃO PAULO. Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série. EE Bento Pereira da Rocha HISTÓRIA DE SÃO PAULO Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série. História 1 CENA1 Mônica chega

Leia mais

FAEL comemora 15 anos de atividades

FAEL comemora 15 anos de atividades ANOS FAEL comemora 15 anos de atividades Hoje, comemoramos 15 anos de um projeto que visa à democratização do ensino e que tornou a FAEL uma referência em educação de qualidade. Com o objetivo de proporcionar

Leia mais

Mauricio, eles dizem que querem continuar a fazer outros Módulos e o proximo será fruticultura

Mauricio, eles dizem que querem continuar a fazer outros Módulos e o proximo será fruticultura ELES QUEREM MAIS... Sarandi é uma cidade situada no Norte do Paraná e petence a Região metropolitana de Maringá. È uma cidade que cresceu rápido e apresenta uma vunerabilidade social muito grande! É comum

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

Dinorah Anselmo Nasoni, aos 79 anos tem disposição de dar inveja a muita gente jovem Trabalha desde os 13 anos e não pensa tão cedo em se aposentar.

Dinorah Anselmo Nasoni, aos 79 anos tem disposição de dar inveja a muita gente jovem Trabalha desde os 13 anos e não pensa tão cedo em se aposentar. 16 Entrevista Dinorah Anselmo Nasoni, aos 79 anos tem disposição de dar inveja a muita gente jovem Trabalha desde os 13 anos e não pensa tão cedo em se aposentar. Fotos e texto: Alessandra Anselmi Fotos:

Leia mais

Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você!

Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você! Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você! Este Livro Digital (Ebook) é fruto de uma observação que eu faço no mínimo há dez anos nas Redes Sociais, e até pessoalmente na convivência

Leia mais

Fevereiro 2013 - n.º 2. Uma franquia que surpreende

Fevereiro 2013 - n.º 2. Uma franquia que surpreende Fevereiro 2013 - n.º 2 Uma franquia que surpreende EDITORIAL Atualmente para decidirem sua carreira muitas mulheres pesam o equilíbrio entre vida profissional e pessoal. E vemos surgir uma nova tendência

Leia mais

Este testemunho é muito importante para os Jovens.

Este testemunho é muito importante para os Jovens. Este testemunho é muito importante para os Jovens. Eu sempre digo que me converti na 1ª viagem missionária que fiz, porque eu tinha 14 anos e fui com os meus pais. E nós não tínhamos opção, como é o pai

Leia mais

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos.

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos. Contos Místicos 1 Contos luca mac doiss Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12 Prefácio A história: esta história foi contada por um velho pescador de Mongaguá conhecido como vô Erson. A origem:

Leia mais

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. Saí da prisão volto coleção Conversas #26 - setembro 2015 - e estou ou não desempregado, para o crime? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS, da

Leia mais

08. Camilo Alfredo Faigle Vicari

08. Camilo Alfredo Faigle Vicari 08. Camilo Alfredo Faigle Vicari Nascido em São Paulo, em 1976, é biólogo e estudante de mestrado na UNIFESP. Em 26 de agosto de 2010 recebi Camilo numa sala de reuniões da UNIFESP. Ele chegou às 18h e

Leia mais

Benedicto Silva. Foto 1. Minha mãe e eu, fotografados pelo meu pai (setembro de 1956).

Benedicto Silva. Foto 1. Minha mãe e eu, fotografados pelo meu pai (setembro de 1956). 1. INTRODUÇÃO 1.1. MINHA RELAÇÃO COM A FOTOGRAFIA Meu pai tinha uma câmara fotográfica. Ele não era fotógrafo profissional, apenas gostava de fotografar a família e os amigos (vide Foto 1). Nunca estudou

Leia mais

FUGA de Beatriz Berbert

FUGA de Beatriz Berbert FUGA de Beatriz Berbert Copyright Beatriz Berbert Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 FUGA FADE IN: CENA 1 PISCINA DO CONDOMÍNIO ENTARDECER Menina caminha sobre a borda

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

Associação Lar do Neném

Associação Lar do Neném Criança Esperança 80 Associação Lar do Neném Recife-PE Marília Lordsleem de Mendonça Abraço solidário Todas as crianças são de todos : esse é o lema do Lar do Neném, uma instituição criada há 26 anos em

Leia mais

USO DE DEDOCHES NO REPASSE DAS RECOMENDAÇÕES DE ATIVIDADES FÍSICAS PARA CRIANÇAS

USO DE DEDOCHES NO REPASSE DAS RECOMENDAÇÕES DE ATIVIDADES FÍSICAS PARA CRIANÇAS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LABORATÓRIO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE USO DE DEDOCHES NO REPASSE DAS RECOMENDAÇÕES DE

Leia mais

Lívia Calazans Adriana Oliveira Kátia Alves Ansely Priscilla.

Lívia Calazans Adriana Oliveira Kátia Alves Ansely Priscilla. Aproveito a oportunidade para dizer que suas aulas são maravilhosas, já assisti diversas algumas aulas de processo do trabalho, mas nenhuma com tanta profundidade quanto as ministradas pelo senhor. Lívia

Leia mais

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN "Pr. Williams Costa Jr.- Pastor Bullón, por que uma pessoa precisa se batizar? Pr. Alejandro Bullón - O Evangelho de São Marcos 16:16 diz assim: "Quem crer e for batizado,

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Escola Municipal de Ensino Fundamental David Canabarro Florianópolis, 3892 Mathias Velho/Canoas Fone: 34561876/emef.davidcanabarro@gmail.com DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: Stefani do Prado Guimarães Ano

Leia mais

GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA. Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais. Projeto de Atividades. 1º Edição

GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA. Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais. Projeto de Atividades. 1º Edição GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA Projeto de Atividades 1º Edição Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais 1. INTRODUÇÃO A educação atualmente não pode se restringir apenas ao ambiente escolar, o estudante

Leia mais

A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE

A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE Lisboa 2014 A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE O MEU PAI SANGRA HISTÓRIA E AQUI COMEÇARAM OS MEUS PROBLEMAS Tradução de JOANA NEVES Fui visitar o meu pai a Rego Park. Há muito

Leia mais

A DIVERSIDADE NA ESCOLA

A DIVERSIDADE NA ESCOLA Tema: A ESCOLA APRENDENDO COM AS DIFERENÇAS. A DIVERSIDADE NA ESCOLA Quando entrei numa escola, na 1ª série, aos 6 anos, tinha uma alegria verdadeira com a visão perfeita, não sabia ler nem escrever, mas

Leia mais

Quando me recordo dos tempos de infância sempre me vem a lembrança do primeiro dia de aula. As experiências deste dia foram essenciais para o resto

Quando me recordo dos tempos de infância sempre me vem a lembrança do primeiro dia de aula. As experiências deste dia foram essenciais para o resto Quando me recordo dos tempos de infância sempre me vem a lembrança do primeiro dia de aula. As experiências deste dia foram essenciais para o resto da minha vida não somente escolar, mas também minha vida

Leia mais

Peça de Teatro Sinopse Argumento

Peça de Teatro Sinopse Argumento 1 Peça de Teatro Sinopse Duas crianças da comunidade...(comunidade local onde será encenada a peça) se encontram, conversam à respeito de limpar a rua e ser útil de alguma forma para o meio em que habitam.

Leia mais

Pedagogia in Foco. Faculdade Polis das Artes. Faculdade Polis das Artes na construção do Plano Municipal de Educação

Pedagogia in Foco. Faculdade Polis das Artes. Faculdade Polis das Artes na construção do Plano Municipal de Educação Pedagogia in Foco Faculdade Polis das Artes Volume 1, edição 1 2º Semestre de 2015 Destaques Faculdade Polis das Artes na construção do Plano Municipal de Educação O Plano Municipal de Educação PME, é

Leia mais

Luís Norberto Pascoal

Luís Norberto Pascoal Viver com felicidade é sucesso com harmonia e humildade. Luís Norberto Pascoal Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. ISBN 978-85-7694-131-6 9 788576 941316 Era uma vez um pássaro que

Leia mais

FICHA SOCIAL Nº 121 INFORMANTE: SEXO: IDADE: ESCOLARIZAÇÃO: LOCALIDADE: PROFISSÃO: DOCUMENTADORA: TRANSCRITORA: DIGITADORA: DURAÇÃO:

FICHA SOCIAL Nº 121 INFORMANTE: SEXO: IDADE: ESCOLARIZAÇÃO: LOCALIDADE: PROFISSÃO: DOCUMENTADORA: TRANSCRITORA: DIGITADORA: DURAÇÃO: FICHA SOCIAL Nº 121 INFORMANTE: F.A.C. SEXO: Masculino IDADE: 51 anos ESCOLARIZAÇÃO: 9 a 11 anos LOCALIDADE: Alto da Penha Zona Urbana PROFISSÃO: Funcionário Público DOCUMENTADORA: Luciana Muniz da França

Leia mais

Historinhas para ler durante a audiência dos pais. Pio Giovani Dresch

Historinhas para ler durante a audiência dos pais. Pio Giovani Dresch Historinhas para ler durante a audiência dos pais Pio Giovani Dresch Historinhas para ler durante a audiência dos pais Pio Giovani Dresch Ilustrações: Santiago Arte: www.espartadesign.com.br Contatos

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS CONSELHO SUPERIOR UNIVERSITÁRIO-CONSU

ESTADO DE ALAGOAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS CONSELHO SUPERIOR UNIVERSITÁRIO-CONSU 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 ATA 002/2012 Aos dez dias de abril de dois mil e doze, reuniu-se o Conselho Superior Universitário, na sala dos Conselhos, na

Leia mais

Uma narrativa, uma história e um imaginário. Fernanda Cielo* 1

Uma narrativa, uma história e um imaginário. Fernanda Cielo* 1 Uma narrativa, uma história e um imaginário. Fernanda Cielo* 1 Meu nome é Maria Bonita, sou mulher de Vírgulino Ferreira- vulgo Lampiãofaço parte do bando de cangaceiros liderados por meu companheiro.

Leia mais