PRIMEIRA PROVA SOMATIVA COM USO DO TEMPORIZADOR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRIMEIRA PROVA SOMATIVA COM USO DO TEMPORIZADOR"

Transcrição

1

2 Esta avaliação é composta por 20 questões objetivas, ou seja, somente uma questão está correta. O tempo para cada questão, será de um minuto para escolher uma das alternativas, fique atento, pois, a mudança das questões será automática. Marque a sua resposta no cartão resposta. Ao término entregue o cartão ao instrutor que estiver na sala controlando a prova.

3 1) COM RELAÇÃO AO CAMPO DE JOGO, MARQUE A ÚNICA RESPOSTA INCORRETA. A) Deverá ser de grama sintética ou natural. B) Ter forma retangular. C) Não pode seu cumprimento exceder a 55 m nem ser inferior a 45 m e sua largura máxima de 35m e a mínima de 25 m, devendo o comprimento ser sempre inferior a largura. D) Todas as alternativas estão corretas.

4 2) Marque a ÚNICA opção ERRADA. A) A zona de substituição será localizada em frente á mesa de representante, PROVA FF7RJ junto á linha lateral. B) Os bancos de reservas devem estar obrigatoriamente a 5 m da mesa do representante. C) A área de atuação do técnico deve estar a uma distância mínima de 01 metro da linha lateral, prolongando-se de um lado até a linha de saída, e a 5 metros da mesa do representante e do outro lado até o limite possível do campo, sempre paralela á linha lateral, demarcada por linhas seccionadas. D) Poderão ser utilizados campos com medidas de 60 m de comprimento e de 40 m de largura no máximo, desde que especificado no regulamento da competição.

5 3) Com relação a bola. Marque a única opção INCORRETA. A) Só poderá ser trocada somente com autorização dos 2 árbitros. B) Ambas as equipes devem se apresentar, no mínimo, com uma bola nova ou em condições de jogo, com suas marcações e desenhos legíveis. C) Se a bola estourar ou esvaziar-se durante a partida o jogo deverá ser paralisado e a princípio ser reiniciado com bola ao chão, exceto em alguns casos previstos pela regras. D) Deverá ter 68 a 69 cm na categoria principal.

6 4) Marque a ÚNICA alternativa correta. A) As substituições são limitadas e volantes, não havendo necessidade de paralisação do jogo, sendo restritas aos atletas registrados em súmula. B) O atleta só poderá executar um arremesso lateral ou canto após ter entrado no campo, pela zona de substituição C) Em caso de sangramento ou lesão grave o atleta deve deixar o campo de jogo, podendo ser substituído imediatamente. D) Os capitães de ambas as equipes devem obrigatoriamente assinar a súmula do jogo, o que atesta todos os dados descritos na mesma, tais como atletas e membros da comissão técnica relacionados, placar final, infrações e cartões disciplinares estão corretos.

7 5) A comissão técnica das equipes será composta pelos seguintes membros. A) Técnico, Massagista, Fisicultor e Médico. B) Treinador, Massagista, Fisicultor e médico. C) Técnico ou treinador, Massagista e Médico. D) Técnico ou treinador, Massagista, Fisicultor e Médico.

8 6) Marque a única opção INCORRETA. A) O capitão deve ser identificado por uma tarja fixada em um dos braços da mesma cor do uniforme, se substituído, deve entrega-la a seu substituto. B) Caso a equipe não tenha goleiro reserva, a mesma deve apresentar outra camisa de goleiro com número diferente de seus atletas registrados em súmula. C) Os atletas não poderão usar ataduras e esparadrapos por fora das meias para segurar as caneleiras, exceto se for da cor dos mesmos. D) O uso de bermuda térmica está condicionada a sua cor ser idêntica á cor predominante do calção ou no caso de toda equipe se utilizar desta peça na mesma cor, ainda que diferente da cor do calção, esta deverá ser uniformizada, não importando quantos atletas utilizem na mesma equipe.

9 7) São exemplos de infrações técnicas, exceto: A) Dar ou tentar dar um pontapé. B) Trancar um adversário por trás. C) Infringir persistentemente as regras do jogo. D) Bater ou tentar fazê-lo.

10 8) São consideradas infrações disciplinares, exceto? A) Usar de tática antidesportiva. B) For culpado de conduta indisciplinar. C) Incorporar-se ou reincorporar-se á sua equipe depois de reiniciar a partida sem se apresentar ao árbitro ou dele receber ordem para tanto. D) Lançar cusparada em pessoa interveniente da partida.

11 9) Um lateral é cobrado após 6 segundos, o árbitro: A) Deverá mandar a outra equipe cobrar. B) Deverá mandar repetir o lateral. C) Deverá mandar a outra equipe cobrar o lateral e sinalizar uma falta pessoal para mesa. D) Deverá mandar a outra equipe cobrar o lateral e computar uma falta coletiva para mesa.

12 10) Um arremesso lateral é cobrado contra a própria meta. A bola toca na mão do goleiro e entra. Deve o árbitro? A) Mandar repetir o lateral. B) Validar o gol. C) Marcar tiro de meta. D) Marcar arremesso de canto.

13 11) Um jogador que saiu de campo autorizado, invade o campo de jogo, e é agredido por um adversário dentro da área penal do agressor. Deve o árbitro: A) Marcar pênalti e expulsar o agressor B) Marcar pênalti, expulsar o agressor e o invasor. C) Marcar TLD contra o invasor e expulsar o agressor. D) Marcar pênalti, expulsar o agressor e advertir o jogador agredido.

14 12) Um defensor levanta a bola com os pés e usa a cabeça para atrasa-la para o seu goleiro que a defende com as mãos. Deve o árbitro: A) Deixar o jogo seguir. B) Marcar tiro livre direto contra o goleiro. C) Marcar tiro livre direto contra o defensor. D) Marcar tiro livre direto contra o defensor e aplicar cartão amarelo.

15 13) O árbitro marca tiro penal e aplica cartão amarelo no zagueiro que intencionalmente colocou a mão na bola. O árbitro é avisado pelo seu companheiro que antes do toque de mão, o atacante fez uma falta no adversário. Deve o árbitro: A) Voltar a trás e marcar a primeira infração. B) Voltar a trás marcar a primeira infração e tirar o cartão amarelo C) Manter sua decisão porque o penal é uma falta maior. D) Dependendo das circunstâncias todas as alternativas poderão estar corretas.

16 14) Um defensor se apoia nas costas de um companheiro, e consegue com a cabeça, evitar que a bola entre em sua meta. Deve o árbitro. A) Reiniciar o jogo com TLD contra o defensor. B) Reiniciar o jogo com TLD contra o defensor e adverti-lo com cartão amarelo. C) Reiniciar com shoot out e expulsar o defensor. D) Deixar o jogo seguir, por entender não ter ocorrido infração.

17 15) Com relação a penalidade máxima. Caso haja irregularidade por parte do quadro executor e a bola é chutada para bem longe da meta, mesmo que o goleiro tenha acintosamente se adiantado antes da cobrança, deve o árbitro: A) Marcar tiro ou arremesso de meta. B) Mandar repetir a penalidade máxima. C) Mandar repetir a penalidade máxima e aplicar cartão amarelo nos infratores. D) Dependendo das circunstâncias todas al alternativas poderão estar corretas

18 16) Com relação à lei da vantagem. A) No futebol 7 não existe. B) Só existe se for em situação clara de gol. C) Após ser aplicada caso não se confirme imediatamente, o árbitro deverá voltar e marcar a falta original. D) Uma vez não aproveitada a vantagem, a infração não deve ser assinalada, mas o infrator poderá ser advertido na primeira paralisação.

19 17) Qual a distância em que os adversários não poderão se aproximar do executor do arremesso de canto? A) A menos de 2 metros da bola. B) A menos de 3 metros da bola. C) A menos de 4 metros da bola. D) A menos de 5 metros da bola.

20 18) Com relação a decisão por SHOOT OUT. Marque a única opção CORRETA. A) As cobranças devem ser em número de 5 para cada lado. B) Qualquer atleta registrado em súmula poderá participar do shoot out, não havendo obrigatoriedade de troca para as cobranças. C) A bola deve ser colocada em um lugar determinado pelo árbitro no ponto demarcatório do shoot out, e o goleiro adversário se postar sobre a linha de fundo, entre os poste de meta. D) Caso o atleta executor cometa uma infração, deve ser desqualificado e sua equipe punida com a perda da cobrança.

21 19) Cuspir em um adversário ou em qualquer outra pessoa é considerado? A) Infração técnica. B) Jogo brusco grave. C) Conduta violenta. D) Todas as alternativas estão corretas.

22 20) De que trata a regra 08? A) Inicio de jogo. B) Tempo de jogo e categoria. C) Condições de jogo e fora de jogo. D) Todas as respostas estão incorretas

1. O jogador que receber um cartão amarelo ficará 02 (dois minutos) fora de campo durante o jogo vigente podendo retornar ao jogo após esse tempo.

1. O jogador que receber um cartão amarelo ficará 02 (dois minutos) fora de campo durante o jogo vigente podendo retornar ao jogo após esse tempo. 1. O jogador que receber um cartão amarelo ficará 02 (dois minutos) fora de campo durante o jogo vigente podendo retornar ao jogo após esse tempo. 2. O jogador que receber um cartão azul será excluído

Leia mais

Prof. Ms. Sandro de Souza. Disciplinas: Futebol e Futsal e Aprofundamento em Futebol

Prof. Ms. Sandro de Souza. Disciplinas: Futebol e Futsal e Aprofundamento em Futebol Prof. Ms. Sandro de Souza Disciplinas: Futebol e Futsal e Aprofundamento em Futebol Desenhe um campo de Futebol com as suas dimensões e marcações. A Meta Qual o número mínimo de jogadores, em um time,

Leia mais

EMENDAS ÁS REGRAS DO JOGO 2016/2017

EMENDAS ÁS REGRAS DO JOGO 2016/2017 EMENDAS ÁS REGRAS DO JOGO 2016/2017 REGRA 1 O CAMPO DE JOGO Não podem ser combinadas no campo superfícies artificiais e naturais, mas são permitidos sistemas híbridos. As entidades poderão estabelecer

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO FUTEBOL SOÇAITE

REGULAMENTO TÉCNICO FUTEBOL SOÇAITE REGULAMENTO TÉCNICO FUTEBOL SOÇAITE Art. 1º. O Critério de disputa está previsto no REGULAMENTO GERAL. Art.2º. Será realizado nos dias 21 a 23/04/2005, nas dependências do campus da Unemat. Art. 3º. É

Leia mais

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016 REGULAMENTO TÉCNICO FUTEBOL SOÇAITE Art. 1º. O campeonato de futebol soçaite será realizado com as regras estabelecidas pelo Regulamento Geral do VII JOGOS FENACEF, pelo que dispuser o presente regulamento

Leia mais

IV Torneio Treta Futebol Society TRETA CHAMPIONS LEAGUE 2016

IV Torneio Treta Futebol Society TRETA CHAMPIONS LEAGUE 2016 IV Torneio Treta Futebol Society TRETA CHAMPIONS LEAGUE 2016 Datas e horários: Inicio em 01/10/2016 até 26/11/2016 Horário das 15h00min às 17h30min Sobre o número de atletas por equipe: Inscrições de no

Leia mais

COLÉGIO D. PEDRO II- AMERICANA SP APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 8º E 9º ANO FUTSAL

COLÉGIO D. PEDRO II- AMERICANA SP APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 8º E 9º ANO FUTSAL COLÉGIO D. PEDRO II- AMERICANA SP APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 8º E 9º ANO FUTSAL O futebol é um esporte coletivo jogado principalmente com os pés, como seu nome próprio diz (foot=pé, ball=bola). O futebol

Leia mais

CONSELHO DE ARBITRAGEM

CONSELHO DE ARBITRAGEM CONSELHO DE ARBITRAGEM Época 2016/2017 Setúbal, 10 de setembro de 2016 Árbitros C3 Grupo D, C4 Grupos B e C, C5 Grupo B, CJ2 e CJ1 Avaliação TESTE ESCRITO 1. Antes do início do jogo o Delegado do clube

Leia mais

Liga Zona Norte FILIADA À FCF7RJ RECONHECIDA PELA SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE ÓRGÃO DO MINISTÉRIO DO ESPORTE E TURISMO

Liga Zona Norte FILIADA À FCF7RJ RECONHECIDA PELA SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE ÓRGÃO DO MINISTÉRIO DO ESPORTE E TURISMO Liga Zona Norte FILIADA À FCF7RJ RECONHECIDA PELA SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE ÓRGÃO DO MINISTÉRIO DO ESPORTE E TURISMO REGRAS OFICIAIS INTERNACIONAIS APROVADAS PELA FCF7RJ *** EM VIGOR DESDE 01 de JANEIRO

Leia mais

REGRAS OFICIAIS 2018

REGRAS OFICIAIS 2018 REGRAS OFICIAIS 2018 1 O CAMPO DE JOGO Dimensões: O campo de jogo terá as seguintes medidas a 54,0 a 60,0 m de comprimento e 37,0 a 54,0 m de largura. O campo de jogo terá as seguintes medidas a 27,0 a

Leia mais

ÍNDICE Regra 01 - Regra 02 Regra 03 Regra 04 Regra 05 Regra 06 Regra 07 Regra 08 Regra 09 Regra 10 Regra 11 Regra 12 Regra 13 Regra 14 Regra 15

ÍNDICE Regra 01 - Regra 02 Regra 03 Regra 04 Regra 05 Regra 06 Regra 07 Regra 08 Regra 09 Regra 10 Regra 11 Regra 12 Regra 13 Regra 14 Regra 15 LIGA F7 BRASIL 1 ÍNDICE Logotipo da LIGA F7 Brasil 01 Índice 02 Marcação do Campo de Jogo 03 Regra 01 - O Campo de Jogo 04 Regra 02 - A Bola 06 Regra 03 - Número de Atletas 07 Regra 04 - Uniforme de Atletas

Leia mais

REGRAS QUE SERÃO UTILIZADAS NA II SUPER KOOPA DE FUTEBOL SOCIETY CAMPINAS 2013

REGRAS QUE SERÃO UTILIZADAS NA II SUPER KOOPA DE FUTEBOL SOCIETY CAMPINAS 2013 REGRAS QUE SERÃO UTILIZADAS NA II SUPER KOOPA DE FUTEBOL SOCIETY CAMPINAS 2013 FONTE: CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL 7 REGRAS OFICIAIS NACIONAIS E INTERNACIONAIS RECONHECIDA PELA SECRETARIA NACIONAL

Leia mais

REGULAMENTO 6ª COPA ZONA NA NORTE

REGULAMENTO 6ª COPA ZONA NA NORTE REGULAMENTO 6ª COPA ZONA NA NORTE REGULAMENTO 6ª COPA ZONA NA NORTE SUMÁRIO 1. NÚMERO DE ATLETAS 2. UNIFORME DOS ATLETAS / COMISSÃO TÉCNICA 3. TEMPO DE JOGO 4. INÍCIO DO JOGO 5. CONDIÇÕES DE JOGO E FORA

Leia mais

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Blumenau 2016 Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito EMPRESAS PARTICIPANTES DO FUTEBOL DE AREIA MASCULINO EMPRESA Nº DE EQUIPES

Leia mais

TAÇA JOÃO CALVINO DE FUTSAL 2017 REGULAMENTO

TAÇA JOÃO CALVINO DE FUTSAL 2017 REGULAMENTO 1. DAS INSCRIÇÕES 1.1. Será permitida a inscrição de até 10 jogadores por equipe; 1.2. Os jogadores inscritos deverão, obrigatoriamente, ser aluno da turma; 1.2.1. Não será permitida a inscrição de alunos

Leia mais

Secretário Geral Bruno Lima Controle Financeiro Sandra Pontes

Secretário Geral Bruno Lima Controle Financeiro Sandra Pontes Federação Paranaense de Futebol 7 Fundação: 08 de Junho de 2005 Filiada a Confederação Brasileira de Futebol 7 Entidade cadastrada no SICONV - Portal de Convênios do Governo Federal CNPJ: 07.595.342 /

Leia mais

Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: /

Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: / A5 ATIVIDADES DE MATEMÁTICA Aluno: Complete com os números que faltam: 1 4 6 8 10 12 14 16 17 18 20 Anexo: Conceitos Matemáticos Dinâmica Escolher uma forma criativa para apresentar a situação criada

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL SÚMULA E RELATÓRIO DA PARTIDA

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL SÚMULA E RELATÓRIO DA PARTIDA SÚMULA E RELATÓRIO DA PARTIDA JOGO: Campeonato: Jogo: Data: Estádio: Horário: FICHA TÉCNICA Rodada: UF: EQUIPE DE ARBITRAGEM FUNÇÃO NOME COMPLETO CAT. UF Árbitro: Árbitro Assistente 1: Árbitro Assistente

Leia mais

REGULAMENTO FUTSAL - INFANTIL

REGULAMENTO FUTSAL - INFANTIL REGULAMENTO FUTSAL - INFANTIL REGULAMENTO ESPECÍFICO DE FUTSAL 1. A competição de futsal será realizada de acordo com as regras oficiais da FIFA para a modalidade, adotada pela confederação brasileira

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL 7 Fundada em 30 de Outubro de 1996

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL 7 Fundada em 30 de Outubro de 1996 0 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL 7 Fundada em 30 de Outubro de 1996 RECONHECIDA PELA SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE ÓRGÃO DO MINISTÉRIO DO ESPORTE E TURISMO Sede: Rua Afonso Cláudio nº 328 Bairro Santo

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL 7 Fundada em 30 de Outubro de 1996

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL 7 Fundada em 30 de Outubro de 1996 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL 7 Fundada em 30 de Outubro de 1996 Sede: Rua Afonso Cláudio nº 328 Bairro Santo Antônio Cep 29.704-030 Colatina ES Brasil Site: www.cbfut7.com.br DIRETORIA EXECUTIVA

Leia mais

REGRAS OFICIAIS 2018

REGRAS OFICIAIS 2018 REGRAS OFICIAIS 2018 1 REGRA 01 O CAMPO DE JOGO 01 - Dimensões: O campo de jogo deve ser de grama sintética ou natural, tendo sua forma retangular, não podendo seu comprimento exceder a 60,0 m nem ser

Leia mais

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Pomerode 2015 Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito EMPRESAS PARTICIPANTES DO FUTEBOL DE AREIA MASCULINO EMPRESA CIDADE Nº

Leia mais

CAMPEONATO PINGO D'ÁGUA DE FUTEBOL SOCIETY 2º SEMESTRE DE 2016 REGULAMENTO BANANEIRAS

CAMPEONATO PINGO D'ÁGUA DE FUTEBOL SOCIETY 2º SEMESTRE DE 2016 REGULAMENTO BANANEIRAS CAMPEONATO PINGO D'ÁGUA DE FUTEBOL SOCIETY 2º SEMESTRE DE 2016 REGULAMENTO BANANEIRAS Art. 1º - O campeonato da categoria BANANEIRAS do Pingo D água será disputado pôr 06 (seis) equipes compostas pôr atletas

Leia mais

Ofício Circular nº 18/CA-CBF/16 Rio de Janeiro, 13 de maio de 2016.

Ofício Circular nº 18/CA-CBF/16 Rio de Janeiro, 13 de maio de 2016. Ofício Circular nº 18/CA-CBF/16 Rio de Janeiro, 13 de maio de 2016. Da Presidência da CA-CBF Para: STJD, Oficiais de Arbitragem, Federações, Equipes e Interessados. Assunto: Resumo das Emendas as Regras.

Leia mais

LIVRO DE REGRAS DO SOCCER SOCIETY

LIVRO DE REGRAS DO SOCCER SOCIETY LIVRO DE REGRAS DO SOCCER SOCIETY Adm. Marcello Cordeiro Sangiovanni SEDE: Av. Prestes Maia, 241 cj 815 São Paulo-SP 01031-001 Fone: 55-11-3313-8351 -9.9217-0530 www.soccersociety.com.br 1 CONFEDERAÇÃO

Leia mais

Regras do Futsal. Confira as principais regras do futsal de acordo com Livro Nacional de Regras da CBFS, aprovado pela Fifa:

Regras do Futsal. Confira as principais regras do futsal de acordo com Livro Nacional de Regras da CBFS, aprovado pela Fifa: Regras do Futsal Apesar da semelhança em vários pontos com o futebol de campo, as regras do futsal são diferentes. Regras básicas foram mantidas e outras como a dimensão da quadra, as marcações, número

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO

PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO: CHAVE A MORPHOS COREMA CAMPEÃO SEGUNDA VICE SEGUNDA CHAVE B 1. È OBRIGATÓRIO O USO DE CANELEIRAS. 2. Os jogos terão a duração de

Leia mais

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Blumenau 2014 Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito EMPRESAS PARTICIPANTES DO FUTEBOL DE AREIA MASCULINO Nº EMPRESA Nº DE

Leia mais

Histórico do Futebol 7 Society

Histórico do Futebol 7 Society 1 Histórico do Futebol 7 Society A modalidade foi criada em nosso país como Futebol Suíço, Futebol de Areia, Futebol Sete, Futebol Social, por volta de 1985. Os primeiros campos de grama natural foram

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ARBITRAGEM CNA ANEXO X ORIENTAÇÕES ÀS MUDANÇAS DAS REGRAS A PARTIR DE 01 DE JULHO

COMISSÃO NACIONAL DE ARBITRAGEM CNA ANEXO X ORIENTAÇÕES ÀS MUDANÇAS DAS REGRAS A PARTIR DE 01 DE JULHO COMISSÃO NACIONAL DE ARBITRAGEM CNA ANEXO X ORIENTAÇÕES ÀS MUDANÇAS DAS REGRAS A PARTIR DE 01 DE JULHO 1. Goleiro como um jogador de quadra. A regra era seis (06) jogadores de quadra + 1 goleiro. Pela

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL CONSELHO DE ARBITRAGEM

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL CONSELHO DE ARBITRAGEM FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL CONSELHO DE ARBITRAGEM 1ªAção de AC1 e AAC1 de Futebol Tomar, 4 de agosto de 2016 ÉPOCA 2016/2017..TESTE ESCRITO LEIS DE JOGO (2) Leia atentamente as instruções seguintes.

Leia mais

Prof. Maick da Silveira Viana

Prof. Maick da Silveira Viana Regras do Handebol Prof. Maick da Silveira Viana REGRA 1 A quadra do jogo REGRA 2 - A duração da partida A partida de handebol consiste em dois tempos divididos por um intervalo de 10 minutos. A duração

Leia mais

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA MASCULINO

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA MASCULINO Boletim Final FUTEBOL DE AREIA MASCULINO Blumenau 2017 Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito EMPRESAS PARTICIPANTES DO FUTEBOL DE AREIA MASCULINO EMPRESA

Leia mais

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA MASCULINO

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA MASCULINO Boletim Final FUTEBOL DE AREIA MASCULINO Pomerode 2017 Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito EMPRESAS PARTICIPANTES DO FUTEBOL DE AREIA MASCULINO EMPRESA

Leia mais

CAPÍTULO VII Dos Jogos

CAPÍTULO VII Dos Jogos INTERPERÍODOS DE FUTEBOL SOCIETY DA FND 3ª EDIÇÃO REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I Da Denominação e Participação Art. 1 O Interperíodos de Futebol Society da FND 2013.1, doravante denominado

Leia mais

COMUNICADO OFICIAL N.: 24 DATA:

COMUNICADO OFICIAL N.: 24 DATA: Para conhecimento dos Sócios Ordinários, Clubes, SADs e demais interessados, se informa que a FIFA, através da sua circular 1033, divulgou as alterações às Leis do Jogo 2006, que a seguir se transcrevem

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL 7

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL 7 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL 7 REGRAS OFICIAIS NACIONAIS E INTERNACIONAIS RECONHECIDA PELA SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE ÓRGÃO DO MINISTÉRIO DO ESPORTE E TURISMO *** EM VIGOR DESDE 14 de Fevereiro

Leia mais

TAGUSCUP TORNEIO DE FUTSAL REGRAS DO JOGO. Considerações sobre as Leis de Jogo de Futsal aplicadas na TAGUSCUP

TAGUSCUP TORNEIO DE FUTSAL REGRAS DO JOGO. Considerações sobre as Leis de Jogo de Futsal aplicadas na TAGUSCUP TAGUSCUP TORNEIO DE FUTSAL REGRAS DO JOGO Considerações sobre as Leis de Jogo de Futsal aplicadas na TAGUSCUP 1. Diferenças entre as Leis de Jogo do Futsal e as regras aplicadas na TAGUSCUP Não há faltas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE SEGUNDA DIVISÃO

PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE SEGUNDA DIVISÃO PROGRMÇÃO FUTEBOL SETE SEGUND DIVISÃO FUTEBOL SETE SEGUND DIVISÃO: CHVE VOSSKO SER MD. BO ESPERNÇ GTS DO BRSIL KLBIN OC CHVE B KIMBERLY SER B MTRIZTEC J DE SOUZ 1. È OBRIGTÓRIO O USO DE CNELEIRS. 2. Os

Leia mais

ASSOCIAÇÃO RECREATIVA DOS EMPREGADOS DOS CORREIOS - SPM FESTIVAL SÃO CRISTOVÃO FUTEBOL SOCIETY. Regulamento Geral

ASSOCIAÇÃO RECREATIVA DOS EMPREGADOS DOS CORREIOS - SPM FESTIVAL SÃO CRISTOVÃO FUTEBOL SOCIETY. Regulamento Geral 1 ASSOCIAÇÃO RECREATIVA DOS EMPREGADOS DOS CORREIOS - SPM FESTIVAL SÃO CRISTOVÃO 2012 - FUTEBOL SOCIETY Regulamento Geral I. DO OBJETIVO Art. 1 - O FESTIVAL SÃO CRISTOVÃO 2012 DE FUTEBOL SOCIETY ARCO SPM

Leia mais

XVI JOGOS AFFEMG. Associação dos Funcionários Fiscais de Minas Gerais 2016 REGULAMENTO FUTEBOL SOCIETY

XVI JOGOS AFFEMG. Associação dos Funcionários Fiscais de Minas Gerais 2016 REGULAMENTO FUTEBOL SOCIETY XVI JOGOS AFFEMG Associação dos Funcionários Fiscais de Minas Gerais 2016 1 - DO LOCAL REGULAMENTO FUTEBOL SOCIETY 1.1 - Os jogos acontecerão em campos de futebol society de grama sintética ou natural,

Leia mais

CONSELHO DE ARBITRAGEM

CONSELHO DE ARBITRAGEM CONSELHO DE ARBITRAGEM Avaliação Época 2015/2016 Setúbal, 23 de Abril de 2016 Árbitros C3 Grupos A, B e C C4 Grupos A e B e CF TESTE ESCRITO 1. Vai ser executado um lançamento de bola ao solo, dentro da

Leia mais

REGRA 01 - QUADRA DE JOGO

REGRA 01 - QUADRA DE JOGO REGRA 01 - QUADRA DE JOGO 4- ÁREA PENAL Não serão permitidas marcações na área penal que não estejam previstas na regra. (Marcação dos cinco metros onde o goleiro deve ficar) 8- ZONA DE SUBSTITUIÇÕES E

Leia mais

Regras do Jogo - Futsal

Regras do Jogo - Futsal Regras do Jogo - Futsal Pré-Jogo: A escolha dos campos é determinada por um sorteio efetuado por meio de uma moeda. A equipa favorecida pela sorte escolhe a baliza em direção à qual atacará durante a primeira

Leia mais

COPA REGULAMENTO GERAL. Coordenação DE FUTEBOL 7 PRIMEIRA EDIÇÃO

COPA REGULAMENTO GERAL. Coordenação DE FUTEBOL 7 PRIMEIRA EDIÇÃO COPA DE FUTEBOL 7 REGULAMENTO GERAL 2013 PRIMEIRA EDIÇÃO Coordenação I DAS FINALIDADES: Artigo 1º - A COPA AABR DE FUTEBOL 7 Edição 2013, categoria adulto, tem por finalidade congregar e ampliar a modalidade

Leia mais

REGULAMENTO COPA LILY PARR - Maio/2017. Todos os jogos terão 10 minutos, exceto a final, que terá dois tempos de 10 minutos.

REGULAMENTO COPA LILY PARR - Maio/2017. Todos os jogos terão 10 minutos, exceto a final, que terá dois tempos de 10 minutos. REGULAMENTO COPA LILY PARR - Maio/2017 Todos os jogos terão 10 minutos, exceto a final, que terá dois tempos de 10 minutos. São dois grupos de 5 times, totalizando 10 times. O campeonato terá fase de grupos

Leia mais

FUTSAL. Trabalho realizado por: Helena Rocha 12ºA Nº17 Ana Lúcia 12ºA Nº3

FUTSAL. Trabalho realizado por: Helena Rocha 12ºA Nº17 Ana Lúcia 12ºA Nº3 FUTSAL Trabalho realizado por: Helena Rocha 12ºA Nº17 Ana Lúcia 12ºA Nº3 ÍNDICE Índice... i FUTSAL... 1 Fundamentos técnicos:... 1 Posições dos Jogadores no Futsal:... 1 Regras:... 2 Campo... 2 Área de

Leia mais

LEI I A SUPERFÍCIE DE JOGO

LEI I A SUPERFÍCIE DE JOGO LEI I A SUPERFÍCIE DE JOGO ARTº 1º Os jogos de Futsal serão realizados preferencialmente nos recintos de Andebol (aproveitando as suas marcações) ou em um quarto de campo de futebol de 11 (quando possível

Leia mais

REGRAS OFICIAIS INTERNACIONAIS FOOTBALL 7 SOCIETY

REGRAS OFICIAIS INTERNACIONAIS FOOTBALL 7 SOCIETY REGRAS OFICIAIS INTERNACIONAIS FOOTBALL 7 SOCIETY Prof. Milton Mattani 1 DIRETORIA EXECUTIVA Presidente: Milton Mattani Vice Presidente: Marcello Cordeiro Sangiovani Paises Fundadores: Brasil e Paraguai

Leia mais

REGULAMENTO DO TORNEIO DE INVERNO 2014 FUTEBOL SOCIETY CÂMPUS RIO POMBA

REGULAMENTO DO TORNEIO DE INVERNO 2014 FUTEBOL SOCIETY CÂMPUS RIO POMBA SINASEFE Seção Rio Pomba Ministério da Educação. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Pró-reitoria de Extensão

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO - FUTSAL JOGOS INTERCAMPI DOS SERVIDORES

REGULAMENTO ESPECÍFICO - FUTSAL JOGOS INTERCAMPI DOS SERVIDORES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO À SAÚDE DO SERVIDOR REGULAMENTO ESPECÍFICO

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA de FUTEBOL 7 SOCIETY

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA de FUTEBOL 7 SOCIETY CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA de FUTEBOL 7 SOCIETY FILIADA À FIFO7S Reconhecida pela Secretaria Nacional de Esporte Órgão do Ministério do Esporte e Turismo Filiada a UFEESP - União das Federações Esportivas

Leia mais

CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO

CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO VIII CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL 7 DO UNESC 2014 CAMPUS I NOTURNO REGULAMENTO DO VIII CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL 7 DO UNESC / 2014 CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O presente Campeonato será dirigido

Leia mais

7 ANO APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA

7 ANO APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 7 ANO APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA FABRÍCIO RAMALHO DA COSTA GERSON APARECIDO DE SOUZA JUNIOR ISMAEL FRANCO DE SOUZA MARCOS PAULO DA SILVA COSTA RUBENS VAZ COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR DE GOIÁS POLIVALENTE

Leia mais

REGULAMENTO GERAL I- ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO GERAL I- ORGANIZAÇÃO REGULAMENTO GERAL I- ORGANIZAÇÃO Artigo 1 - Os jogos do CAMPEONATO ABERTO serão promovidos, dirigidos e organizados pelo Departamento de Esportes, do Centro Esportivo Multi Esporte. A inscrição do campeonato

Leia mais

FUTEBOL DE AREIA HISTÓRIA, REGRAS E PRINCIPAIS FUNDAMENTOS

FUTEBOL DE AREIA HISTÓRIA, REGRAS E PRINCIPAIS FUNDAMENTOS FUTEBOL DE AREIA HISTÓRIA, REGRAS E PRINCIPAIS FUNDAMENTOS História O Futebol de Areia começou a ser disputado em 1992, quando as regras do jogo foram criadas e um campeonato piloto foi organizado em Los

Leia mais

Associação de Futebol de Aveiro Conselho de Arbitragem Prova Escrita Árbitros FUTSAL Classificativo. Época 2016 /

Associação de Futebol de Aveiro Conselho de Arbitragem Prova Escrita Árbitros FUTSAL Classificativo. Época 2016 / Associação de Futebol de Aveiro Conselho de Arbitragem Prova Escrita Árbitros FUTSAL Classificativo Época 2016 / 2017 03-09-2016 Leia atentamente as instruções seguintes: Para cada questão, escolha uma

Leia mais

22 a 25 de OUTUBRO REGULAMENTO PRAÇA DO PAPA VITÓRIA - ES

22 a 25 de OUTUBRO REGULAMENTO PRAÇA DO PAPA VITÓRIA - ES 22 a 25 de OUTUBRO REGULAMENTO PRAÇA DO PAPA VITÓRIA - ES REGULAMENTO DA I COPA ESPIRITO SANTO DE FUTEBOL 7 FEMININO/ 2013 CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O presente Campeonato será promovido e dirigido

Leia mais

Troféu Guarulhos de futsal Municipal 2017 Menores 1º Semestre.

Troféu Guarulhos de futsal Municipal 2017 Menores 1º Semestre. Troféu Guarulhos de futsal Municipal 2017 Menores 1º Semestre. Título I Das Disposições Gerais A) Será obrigatório, de acordo com as Regras do Futsal, o uso de caneleiras para todos os atletas. B) Não

Leia mais

Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto

Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto ì Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto Caraterização! Futsal! Caraterização O Futsal é uma modalidade praticada por duas equipas, compostas cada uma por cinco elementos

Leia mais

CAMPEONATO SHOW DE BOLA 3ª EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO

CAMPEONATO SHOW DE BOLA 3ª EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO CAMPEONATO SHOW DE BOLA 3ª EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO REGRA 01 INSCRIÇÕES E TAXAS 01 As inscrições serão válidas quando feita em ficha própria fornecida pela organização do campeonato.

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO - FUTSAL JOGOS INTERCAMPI DOS SERVIDORES

REGULAMENTO ESPECÍFICO - FUTSAL JOGOS INTERCAMPI DOS SERVIDORES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO À SAÚDE DO SERVIDOR REGULAMENTO ESPECÍFICO

Leia mais

Campeonato De Bem com a Vida Cielo

Campeonato De Bem com a Vida Cielo DA FINALIDADE: Art. 1º - O Campeonato De Bem com a Vida de Futebol Society, tem como finalidade principal, promover o congraçamento das equipes e o aumento da adesão à prática de exercícios físicos e do

Leia mais

CONSELHO DE ARBITRAGEM

CONSELHO DE ARBITRAGEM CONSELHO DE ARBITRAGEM Avaliação Época 2015/2016 Setúbal, 28 de novembro de 2015 Observadores Distritais TESTE ESCRITO 1. Qual o procedimento do árbitro, em termos técnicos, se verificar a entrada em campo,

Leia mais

CONSELHO DE ARBITRAGEM. Época ÁRBITROS - 2ª AÇÃO AVALIAÇÃO. Setúbal 21 de novembro de 2015 TESTE ESCRITO 88/2015

CONSELHO DE ARBITRAGEM. Época ÁRBITROS - 2ª AÇÃO AVALIAÇÃO. Setúbal 21 de novembro de 2015 TESTE ESCRITO 88/2015 ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE SETÚBAL CONSELHO DE ARBITRAGEM Época 2015-2016 FUTSAL 1 - Na sequência de um alivio para a bancada de um defensor da equipa visitante, que vencia por um golo de diferença a poucos

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS ÁRBITROS DE FUTEBOL DE ITANHAÉM

ASSOCIAÇÃO DOS ÁRBITROS DE FUTEBOL DE ITANHAÉM ASSOCIAÇÃO DOS ÁRBITROS DE FUTEBOL DE ITANHAÉM OBRIGATÓRIO USAR ESTES MODELOS COMO EXEMPLOS 1 JOGO BRUSCO GRAVE VERMELHO DIRETO 1.1 - Aos...minutos de jogo, expulsei o atleta... chute) o / a (tornozelo

Leia mais

Os jogos serão realizados em campo de futebol society, de grama natural.

Os jogos serão realizados em campo de futebol society, de grama natural. Regulamento da Copa Tubos Oliveira de Futebol Os jogos serão realizados em campo de futebol society, de grama natural. Disputa - Cada equipe deverá ter no mínimo 07 (sete) jogadores inscritos no campeonato,

Leia mais

REGRAS OFICIAIS EDIÇÃO Redação: Prof. Aldinei Dias RS Prof. Alessandro Mariani SP. Colaboração: Dover de Freitas SP - 1 -

REGRAS OFICIAIS EDIÇÃO Redação: Prof. Aldinei Dias RS Prof. Alessandro Mariani SP. Colaboração: Dover de Freitas SP - 1 - REGRAS OFICIAIS EDIÇÃO - 2012 Redação: Prof. Aldinei Dias RS Prof. Alessandro Mariani SP Colaboração: Dover de Freitas SP - 1 - SETE OU SOCIETY? Nosso esporte, o FUTEBOL SETE, também é chamado de futebol

Leia mais

Associação de Andebol de Viseu. Não sabes as regras??? Nada mais fácil Eu explico!

Associação de Andebol de Viseu. Não sabes as regras??? Nada mais fácil Eu explico! Associação de Andebol de Viseu Não sabes as regras??? Nada mais fácil Eu explico! REGRA 1 Terreno de Jogo Balizas Marcações Zonas de segurança Zona de aquecimento REGRA 2 Tempo de Jogo, Sinal Final e time-out

Leia mais

CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO

CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO III CAMPEONATO ESTADUAL MASTER DE FUTEBOL 7 2013 REGULAMENTO DO III ESTADUAL MASTER / 2014 CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O presente Campeonato será dirigido pelo F.F.7.E.S ( Federação de Futebol

Leia mais

REGULAMENTO REGULAMENTO DO TORNEIO DE FUTSAL MASCULINO E FEMININO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO PORTAL IEP

REGULAMENTO REGULAMENTO DO TORNEIO DE FUTSAL MASCULINO E FEMININO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO PORTAL IEP 3 TORNEIO DE FUTSAL IEP REGULAMENTO REGULAMENTO DO TORNEIO DE FUTSAL MASCULINO E FEMININO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO PORTAL IEP DAS INSCRIÇÕES: Podem participar do 3º TORNEIO de Futsal do IEP alunos devidamente

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE SANTARÉM Provas de Início de Época Teste Escrito

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE SANTARÉM Provas de Início de Época Teste Escrito SSOIÇÃO E FUTEOL E SNTRÉM Nome: ód: at: ssinatura: Versão: T4 Leia atentamente as instruções seguintes: Para cada questão, escolha uma (e só uma) resposta, fazendo uma cruz no quadrado pretendido. Se a

Leia mais

Perguntas / Respostas:

Perguntas / Respostas: A s s o c i a ç ã o d e F u t e b o l d e C o i m b r a Conselho de Arbitragem 3º Teste Regulamentar Árbitros de Categoria C3 a, b, c de Futsal ÉPOCA 2014/2015 DATA 29-03-2015 Futsal Local Escola Dom Dinis

Leia mais

CLUBE SOCIAL ESPORTIVO RAFARD

CLUBE SOCIAL ESPORTIVO RAFARD CLUBE SOCIAL ESPORTIVO RAFARD CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY 1º SEMESTRE DE 2011. R E G U L A M E N T O V E T E R A N O A DOS JOGOS I A arbitragem será designada e de responsabilidade da DIRETORIA DO CLUBE,

Leia mais

IX TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY AEU

IX TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY AEU IX TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY AEU Regulamento Oficial DAS DISPOSIÇÕES GERAIS: 1) A organização e direção do evento serão de responsabilidade da Associação dos Empregados da Usiminas - AEU, através da sua

Leia mais

REGULAMENTO REGULAMENTO DO TORNEIO DE FUTSAL MASCULINO E FEMININO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO PORTAL IEP

REGULAMENTO REGULAMENTO DO TORNEIO DE FUTSAL MASCULINO E FEMININO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO PORTAL IEP REGULAMENTO 5 TORNEIO DE FUTSAL IEP REGULAMENTO DO TORNEIO DE FUTSAL MASCULINO E FEMININO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO PORTAL IEP DAS INSCRIÇÕES: Podem participar do 5º TORNEIO de Futsal do IEP alunos devidamente

Leia mais

Associação de Futebol de Vila Real

Associação de Futebol de Vila Real Época 2007/08 Teste Escrito n.º 16 Candidatos aos Quadros acionais (Grupo C) Vila Real, 26 de Janeiro de 2008 Duração de 60 minutos ão Responder apenas Sim ou ão Cotação (Certa 5; parcial/ certa sem falha

Leia mais

Conselho de Arbitragem. Teste Escrito Observadores. Futebol 11

Conselho de Arbitragem. Teste Escrito Observadores. Futebol 11 Associação de Futebol de Coimbra Conselho de Arbitragem Teste Escrito Observadores ÉPOCA 2014/2015 DATA 10-01-2015 Futebol 11 Local Escola Secundária José Falcão TESTE N.º 34 Leia atentamente as instruções

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO TORNEIO SESCAP DE FUTEBOL SOCIETY

REGULAMENTO GERAL DO TORNEIO SESCAP DE FUTEBOL SOCIETY REGULAMENTO GERAL DO TORNEIO SESCAP DE FUTEBOL SOCIETY O Torneio SESCAP-CE será disputado pelos funcionários, estagiários ou dirigentes das empresas associadas ao SESCAP-CE, sendo permitida a participação

Leia mais

2ª Ação de Avaliação para Observadores Nacionais (Chamada Especial) CHAVE DE CORREÇÃO TESTE ESCRITO LEIS DE JOGO (29)

2ª Ação de Avaliação para Observadores Nacionais (Chamada Especial) CHAVE DE CORREÇÃO TESTE ESCRITO LEIS DE JOGO (29) FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL CONSELHO DE ARBITRAGEM 2ª Ação de Avaliação para Observadores Nacionais (Chamada Especial) Lisboa, 12 de Abril de 2015 ÉPOCA 2014/2015 CHAVE DE CORREÇÃO TESTE ESCRITO LEIS

Leia mais

Sessão de esclarecimentos sobre as alterações

Sessão de esclarecimentos sobre as alterações Sessão de esclarecimentos sobre as alterações 2010-2011 Informação a Entregar/Indicar ao Árbitro antes do Início do Jogo Documentação Modelo 144 ou 144-A totalmente preenchido de acordo com o Comunicado

Leia mais

Futebol Sete Masculino Livre

Futebol Sete Masculino Livre Futebol Sete Masculino Livre FASE LOCAL CANOINHAS 2016 FUTEBOL SETE MASCULINO LIVRE CHAVE A CHAVE B 1 CIA B 6 FRICASA A 2 BONETES 7 INVIOLÁVEL 3 MILI 8 GRUPO GSA B 4 PROENGEL 9 GRUPO GSA A 5 CIA A 10 FRICASA

Leia mais

I CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY DA APADEP Associação Paulista de Defensores Públicos

I CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY DA APADEP Associação Paulista de Defensores Públicos I CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY DA APADEP Associação Paulista de Defensores Públicos REGULAMENTO 1- DO LOCAL 1.1 - Os jogos acontecerão em campos de futebol society de grama sintética ou natural, aprovados

Leia mais

II aeestsp Course Cup

II aeestsp Course Cup II aeestsp Course Cup Regulamento Futebol de 5 INTRODUÇÃO As Leis do Jogo Futsal da Federação Portuguesa de Futebol aplicam-se a este torneio, com adaptação adequada das regras às condições de realização

Leia mais

CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY SINDSERVSV

CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY SINDSERVSV CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY SINDSERVSV - 2013 REGULAMENTO GERAL Artigo 1º - O CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY, do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Vicente, será disputado com base nas

Leia mais

REGULAMENTO GERAL TORNEIO DO SERVIDOR DE FUTEBOL SOCIETY I DA FINALIDADE DO REGULAMENTO II - DA ORGANIZAÇÃO DA COMPETIÇÃO

REGULAMENTO GERAL TORNEIO DO SERVIDOR DE FUTEBOL SOCIETY I DA FINALIDADE DO REGULAMENTO II - DA ORGANIZAÇÃO DA COMPETIÇÃO I DA FINALIDADE DO REGULAMENTO Art. 1º O presente regulamento foi elaborado pela Secretaria de Esporte e Lazer do Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão (Sindjus-MA) com a intenção de normatizar

Leia mais

REGULAMENTO DA LIGA DE FUTSAL ENTRE IGREJAS 2015

REGULAMENTO DA LIGA DE FUTSAL ENTRE IGREJAS 2015 REGULAMENTO DA LIGA DE FUTSAL ENTRE IGREJAS 2015 DAS INSCRIÇÕES: Poderá participar da Liga de Futsal entre Igrejas 2015, equipes com atletas de idade a partir de 17 anos e que frequente à igreja (Membro

Leia mais

ACL 2017 Aruã Champions League V REGULAMENTO ACL FUTEBOL SOCIETY

ACL 2017 Aruã Champions League V REGULAMENTO ACL FUTEBOL SOCIETY ACL 2017 Aruã Champions League V 1 DATA E LOCAL REGULAMENTO ACL 2017 - FUTEBOL SOCIETY 1.1 Todos os jogos do campeonato acontecerão aos domingos, à partir das 18h no campo de futebol society de grama sintética

Leia mais

2ª COPA RUBENS DE DEUS DE FUTEBOL SOCIETY CATEGORIAS LIVRE, MÁSTER E VETERANO REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO

2ª COPA RUBENS DE DEUS DE FUTEBOL SOCIETY CATEGORIAS LIVRE, MÁSTER E VETERANO REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO 2ª COPA RUBENS DE DEUS DE FUTEBOL SOCIETY CATEGORIAS LIVRE, MÁSTER E VETERANO REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO Artigo 1º O Patos Tênis Clube, faz realizar o 2ª Copa Rubens de Deus de Futebol Society, categorias

Leia mais

*Esta é a versão 1.2 do Neymar Jr s Five 2017 está sujeita a alterações.

*Esta é a versão 1.2 do Neymar Jr s Five 2017 está sujeita a alterações. *Esta é a versão 1.2 do Neymar Jr s Five 2017 está sujeita a alterações. REGRAS DO JOGO NEYMAR JR S FIVE* 1. FINTA-OS A TODOS 2. O CAMPO DO JOGO 3. BALIZA 4. NÚMERO DE JOGADORES 5. EQUIPAMENTO DOS JOGADORES

Leia mais

Não. O blusão deve ter o nº de identificação nas costas.

Não. O blusão deve ter o nº de identificação nas costas. Associação de Futebol de Aveiro Conselho de Arbitragem Teste Escrito ÁRBITROS FUTSAL C4 27/09/2013 Época 2013/2014 Leia atentamente as instruções seguintes: Para cada questão, escolha uma (e só uma) resposta,

Leia mais

2. REGULAMENTO TÉCNICO DO FUTEBOL SOÇAITE

2. REGULAMENTO TÉCNICO DO FUTEBOL SOÇAITE 2. REGULAMENTO TÉCNICO DO FUTEBOL SOÇAITE CAPÍTULO I GERAL Art. 1º - Em todas as modalidades serão observadas as regras aprovadas pelas respectivas Confederações, exceto aquelas estabelecidas neste documento.

Leia mais

1º INTERBAIRROS DE FUTEBOL SETE DE FAZENDA VILANOVA 2010

1º INTERBAIRROS DE FUTEBOL SETE DE FAZENDA VILANOVA 2010 1º INTERBAIRROS DE FUTEBOL SETE DE FAZENDA VILANOVA 2010 REGULAMENTO DAS INSCRIÇÕES: 1 Cada equipe poderá inscrever no máximo 15 atletas, até o dia 10/04/2010, não sendo possível após esta data, inscrever

Leia mais

Associação de Futebol de Vila Real

Associação de Futebol de Vila Real Época 2009/2010 Associação de Futebol de Vila Real Prova de Futsal Prova Geral (Árbitros de 1ª e 2ª Categorias) 1ª Chamada Vila Real, 19 de Setembro de 2009 Duração de 60 minutos ão Responder apenas Sim

Leia mais

MODIFICAÇÕES NA REGRA DE FUTSAL ANO 2008

MODIFICAÇÕES NA REGRA DE FUTSAL ANO 2008 MODIFICAÇÕES NA REGRA DE FUTSAL ANO 2008 Alterações e reajustes na regra do futsal REGRA 01 - QUADRA DE JOGO 1- DIMENSÕES A quadra de jogo será um retângulo tendo um comprimento mínimo de 25 metros e máximo

Leia mais

Festival de Jogos 6º ao 8º ano do Ensino Fundamental/2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO DAS MODALIDADES

Festival de Jogos 6º ao 8º ano do Ensino Fundamental/2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO DAS MODALIDADES Festival de Jogos 6º ao 8º ano do Ensino Fundamental/2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO DAS MODALIDADES TAPABOL 1) Os jogos terão 16 minutos de duração. Aos 8 minutos será feita a inversão de quadra. Vencerá

Leia mais

REGULAMENTO COPA V+ SPORTS

REGULAMENTO COPA V+ SPORTS REGULAMENTO COPA V+ SPORTS REGRA 01: INSCRIÇÃO UNICO: Só serão válidas as inscrições das equipes devidamente inscritas até a data estipulada pela comissão organizadora, com todos os documentos exigidos

Leia mais

10º. TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY DAS AGENCIAS DO BANCO DO BRASIL ( Inter Funci ) AABB - SP UNIDADE CANTAREIRA REGULAMENTO

10º. TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY DAS AGENCIAS DO BANCO DO BRASIL ( Inter Funci ) AABB - SP UNIDADE CANTAREIRA REGULAMENTO 10º. TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY DAS AGENCIAS DO BANCO DO BRASIL ( Inter Funci ) AABB - SP UNIDADE CANTAREIRA REGULAMENTO I - DOS OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. 1º- A AABB SP Unidade Cantareira, estará promovendo

Leia mais

CONSELHO DE ARBITRAGEM. Época ÁRBITROS C3 Grupo D, C4 Grupo B, C5, C6, CJ. Setúbal 7 de maio de 2016 TESTE ESCRITO 100/2016

CONSELHO DE ARBITRAGEM. Época ÁRBITROS C3 Grupo D, C4 Grupo B, C5, C6, CJ. Setúbal 7 de maio de 2016 TESTE ESCRITO 100/2016 ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE SETÚBAL CONSELHO DE ARBITRAGEM Época 2015-2016 FUTSAL ÁRBITROS C3 Grupo D, C4 Grupo B, C5, C6, CJ Setúbal 7 de maio de 2016 TESTE ESCRITO 100/2016 PERGUNTAS E RESPOSTAS 1 - Qual

Leia mais