Aula 3 Curso de Hardware

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aula 3 Curso de Hardware"

Transcrição

1 Curso de Hardware Placas de Som Placas de Rede Placas de Vídeo Dispositivos de Entrada e Saída INSTRUTORES UFPR

2 Placas de Som O nome já diz tudo: as placas de som são dispositivos responsáveis por prover o áudio gerado em seu computador. No início da era dos PCs, esse item nem existia o único dispositivo sonoro presente em alguns computadores era o "PC Speaker", utilizado até os dias de hoje para emitir avisos sonoros da placa-mãe.

3 Conexões As placas de som podem ter vários tipos de conexões, tudo depende do modelo e da finalidade de uso do dispositivo. A lista abaixo mostra os tipos de conexão mais comuns: - MIC: entrada para microfone; - Line-In: entrada para conectar aparelhos sonoros, como um rádio, por exemplo; - Line-Out: entrada para conectar caixas de som ou fone de ouvido; - Speaker: nesta entrada, pode-se ligar caixas de som sem amplificação; - Joystick/MIDI: entrada para ligar joystick (controle para jogos) ou instrumentos MIDI; - SPDIF: entrada para conexão de aparelhos externos.

4 Rosa Azul Verde Preto Laranja MIC Line-In Line-Out Speakers SPDIF e Subwoofer

5 Som 3D x som surround sound Projetistas de jogos utilizam som 3D para oferecer um som rápido e dinâmico que muda de acordo com a posição de um jogador dentro do jogo. Além de utilizar sons de diferentes direções, essa tecnologia permite reproduções de som realísticas que desviam ou atravessam obstáculos. O som surround também utiliza o som de diversas direções, mas não muda baseado nas ações do usuário. Ele é mais comum em home theaters.

6 Placas de Rede Uma placa de rede (também chamada adaptador de rede ou NIC) é um dispositivo de hardware responsável pela comunicação entre os computadores em uma rede. A placa de rede é o hardware que permite aos computadores conversarem entre si através da rede. Sua função é controlar todo o envio e recebimento de dados através da rede. Cada arquitetura de rede exige um tipo específico de placa de rede; sendo as arquiteturas mais comuns a rede em anel Token Ring e a tipo Ethernet. Além da arquitetura usada, as placas de rede à venda no mercado diferenciamse também pela taxa de transmissão, cabos de rede suportados e barramento utilizado (On-Board, PCI, ISA ou Externa via USB). As placas de rede para Notebooks podem ser on-board ou PCMCIA.

7 Taxa de Transmissão Ethernet de 10 Mbps / 100 Mbps / 1000 Mbps Token Ring de 4 Mbps e 16 Mbps Barramentos ISA PCI PCMCIA

8 PCMCIA:

9 Redes sem Fio Uma rede sem fio refere-se a uma rede de computadores sem a necessidade do uso de cabos sejam eles telefônicos, coaxiais ou ópticos por meio de equipamentos que usam radiofrequência (comunicação via ondas de rádio) ou comunicação via infravermelho, como em dispositivos compatíveis com IrDA.

10 Tecnologia IrDA : A transferência é feita na forma de pacotes de dados enviados sequencialmente (serial). A comunicação pelo IrDA pode ser apenas half duplex. Ou seja, não permite o envio e recebimento de dados simultaneamente Bluetooth: É uma especificação industrial para áreas de redes pessoais sem fio, provê uma maneira de conectar e trocar informações entre dispositivos como telefones celulares, notebooks, computadores, impressoras, câmeras digitais e consoles de videogames digitais através de uma frequência de rádio de curto alcance, permite vários usos ao contrário do Wi-Fi. Wi-Fi: O padrão Wi-Fi opera em faixas de frequências que não necessitam de licença para instalação e/ou operação. Para se ter acesso à internet através de rede Wi-Fi deve-se estar no raio de ação ou área de abrangência de um ponto de acesso, só permitindo compartilhar internet.

11 Fibra óptica Tem alcance de taxas de transmissão (velocidades) elevadíssimas, da ordem de dez elevado à nona potência a dez elevado à décima potência, de bits por segundo (cerca de 1Gbps). Para transmitir dados pela fibra óptica, é necessário equipamentos especiais, que contém um componente foto emissor, que pode ser um diodo emissor de luz (LED) ou um diodo laser. O foto emissor converte sinais elétricos em pulsos de luz que representam os valores digitais binários (0 e 1). Tecnologias como WDM e DWDM fazem a multiplexação de várias informações e a transformam em um único pulso de luz.

12 Placas de Vídeo Placa de vídeo, ou gráfica, é um componente de um computador que envia sinais deste para o monitor, de forma que possam ser apresentadas imagens ao utilizador. Já em computadores aprimorados, o adaptador de vídeo pode ter um processador próprio, o GPU ou acelerador gráfico.

13 GPU As GPUs surgiram para "aliviar" o processador principal do computador (CPU) da pesada tarefa de gerar imagens. Por isso, são capazes de lidar com um grande volume de cálculos matemáticos e geométricos, condição trivial para o processamento de imagens 3D (utilizadas em jogos, exames médicos computadorizados, entre outros). As GPUs podem contar com vários recursos para a execução dessas etapas, entre eles:

14 -Pixel Shader: shader é um conjunto de instruções utilizado para o processamento de efeitos de renderização de imagens. Pixel Shader, portanto, é um programa que trabalha com a geração de efeitos com base em pixels. Esse recurso é amplamente utilizado em imagens 3D (de jogos, por exemplo) para gerar efeitos de iluminação, reflexo, sombreamento, etc. -Vertex Shader: semelhante ao Pixel Shader, só que trabalha com vértices em vez de pixels. Assim sendo, Vertex Shader consiste em um programa que trabalha com estruturas formadas por vértices, lidando, portanto, como figuras geométricas. Esse recurso é utilizado para a modelagem dos objetos a serem exibidos; -Render Output Unit (ROP): basicamente, manipula os dados armazenados na memória de vídeo para que eles se "transformem" no conjunto de pixels que formará as imagens a serem exibidas na tela. Cabe a essas unidades a aplicação de filtros, efeitos de profundidade, entre outros; - Texture Mapping Unit (TMU): trata-se de um tipo de componente capaz de rotacionar e redimensionar bitmaps (basicamente, imagens formadas por conjuntos de pixels) para aplicação de uma textura sob uma superfície.

15 Resolução MDA (Monochrome Display Adapter): padrão utilizado nos primeiros PCs, indicando que a placa era capaz de exibir 80 colunas com 25 linhas de caracteres, suportando apenas duas cores. Utilizado em uma época onde os computadores trabalhavam, essencialmente, com linhas de comando; VGA (Vídeo Graphics Adapter): padrão que se tornou amplamente conhecido com o sistema operacional Windows 95, trabalhando com resolução de 640x480 e 256 cores simultaneamente ou 800x600 com 16 cores ao mesmo tempo; SVGA (Super VGA): tido como uma evolução do VGA, o SVGA inicialmente indicava a resolução de 800x600 pixels e, posteriormente, de 1024x768. Na verdade, a partir do SVGA, as placas de vídeo passaram a suportar resoluções ainda mais variadas e milhões de cores, portanto, é tido como o padrão atual.

16 DirectX e OpenGL São API s direcionadas às aplicações gráficas, que são, basicamente, conjuntos de instruções "pré-prontas" que permitem a programadores a criação de conteúdo gráfico de maneira mais rápida e fácil. O DirectX, que na verdade é um conjunto de APIs para aplicações de áudio e vídeo, pertence à Microsoft e, portanto, é amplamente utilizado nos sistemas operacionais Windows. O OpenGL, por sua vez, tem finalidades semelhantes ao DirectX, mas com um grande diferencial: trata-se de uma tecnologia aberta e, portanto, disponível gratuitamente para várias plataformas. Com isso, fica até mais fácil criar versões de uma mesma aplicação para sistemas operacionais distintos.

17 Conectores de Vídeo Todo resultado do trabalho de uma GPU vai parar em um lugar, que obviamente é o monitor de vídeo do computador. Para tanto, é necessário conectar este último à placa de vídeo. Há, basicamente, três padrões utilizados para isso: conectores VGA (Video Graphics Array) e DVI ( Digital Video Interface) e HDMI (High Definition Multimedia Interface). VGA: Padrão usado inicialmente para os monitores CRT((Cathode Ray Tube), mas que se encontra em grande desuso,graças aos novos padrões de monitor exemplo o LCD (Liquid Crystal Display).

18 DVI: Para resolver os problemas da conversão digital do modo VGA foi criado esse padrão, por ter maior facilidade na leitura do sinal digital

19 HDMI: é uma tecnologia de conexão de dispositivos de áudio e vídeo que tem tudo para substituir os padrões existentes até então. Por trás de seu desenvolvimento está um time de gigantes da indústria eletrônica, tais como Sony, Philips, Toshiba, Silicon Image, entre outras. Com essa tecnologia, é possível, por exemplo, conectar um reprodutor de Blu-ray a uma TV de alta definição e ter como resultado imagens de excelente qualidade. Através de um cabo HDMI pode-se transmitir sinais de áudio e vídeo. Em outros padrões é necessário ter, pelo menos, um cabo para cada coisa.

20 3D Nos dias atuais, é praticamente impossível falar de placas de vídeo sem considerar gráficos 3D (gráficos em três dimensões). Esse tipo de recurso é essencial para a indústria do entretenimento, onde filmes e jogos em 3D fazem grande sucesso. Por conta disso, as pessoas querem e precisam que seus computadores possam lidar com esse tipo de aplicação. - Fillrate: consiste na medida da quantidade de pixels que o chip gráfico é capaz de renderizar por segundo, sendo também chamado de "pixel fillrate". -Frames per Second (FPS): como o nome indica, o FPS indica a quantidade de frames por segundo que é exibida na tela. Quando um filme é executado, por exemplo, ele é, na verdade, composto por uma sequência de imagens, como se fossem várias fotografias seguidas. Para games, o ideal é que o FPS seja de, pelo menos 30,

21 - V-Sync: uma maneira de tornar a exibição de imagens mais confortável aos olhos humanos é ativando o V-Sync. Trata-se de um recurso que sincroniza a taxa de FPS com a frequência de atualização do monitor de vídeo (refresh rate). - Antialiasing: este é um recurso extremamente importante para melhorar a qualidade da imagem a ser exibida.

22 Fotos de Placas

23 Fotos de Placas

24 Atividade Prática Montar uma rede entre 2 computadores um rodando Linux e o outro rodando Windows

25 Dúvidas, Sugestões, Criticas e Elogios enviem para : OBRIGADO!

Fundamentos de Hardware

Fundamentos de Hardware Fundamentos de Hardware Curso Técnico em Informática SUMÁRIO PLACAS DE EXPANSÃO... 3 PLACAS DE VÍDEO... 3 Conectores de Vídeo... 4 PLACAS DE SOM... 6 Canais de Áudio... 7 Resolução das Placas de Som...

Leia mais

Introdução... 2. Características das placas de som... 2

Introdução... 2. Características das placas de som... 2 á Placa de som: principais características... 2 Introdução... 2 Características das placas de som... 2 Conversores ADC e DAC... 2 Resolução das placas de som... 2 Taxa de amostragem... 3 Resposta de freqüência...

Leia mais

Introdução. O que é GPU?

Introdução. O que é GPU? Introdução As placas de vídeo são itens de hardware responsáveis pela geração das imagens que são exibidas na tela do computador (incluindo videogames, smartphones, etc). Há tanta variedade de placas com

Leia mais

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas LIGADORES DE VIDEO: VGA, DVI, S-VIDEO E COMPONENTE VIDEO José Vitor Nogueira Santos FT2-0749 Mealhada, 2009 Introdução

Leia mais

Como è feito computador

Como è feito computador Como è feito computador O computador contém uma parte elétrica e uma parte eletrónica. Parte elétrica é usada para transformar e dinstribuir a eletricidade que vem para os vários componentes. Parte eletrónica

Leia mais

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Capítulo1 - Introdução à Redes 1 Requisitos para Conexão à Internet Para disponibilizar o acesso de um computador à rede, devem ser levados em consideração 03 parâmetros:

Leia mais

Placas de Vídeo. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Placas de Vídeo. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Placas de Vídeo Prof. Alexandre Beletti Ferreira Introdução Dispositivo responsável pela comunicação entre a placa mãe e o monitor de vídeo para reproduzir imagens. Dispositivo básico de output. Converte

Leia mais

FUNDAMENTOS DE HARDWARE PLACA DE REDE. Professor Carlos Muniz

FUNDAMENTOS DE HARDWARE PLACA DE REDE. Professor Carlos Muniz FUNDAMENTOS DE HARDWARE Placa de Rede Uma placa de rede (também chamada adaptador de rede ou NIC, do acrônimo inglês Network Interface Card) é um dispositivo de hardware responsável pela comunicação entre

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Barramento Também conhecido como BUS É um conjunto de linhas de comunicação que permitem a interligação entre dispositivos,

Leia mais

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof.

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof. Aula 04 Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware:

Leia mais

Hardware Básico. Conectores de Vídeo. Professor: Wanderson Dantas

Hardware Básico. Conectores de Vídeo. Professor: Wanderson Dantas Hardware Básico Conectores de Vídeo Professor: Wanderson Dantas Introdução Nesta aula nós discutiremos os tipos mais comuns de conectores de vídeo existentes. A conexão da placa de vídeo pode ser feita

Leia mais

Aula 04 A. Barramentos. Prof. Ricardo Palma

Aula 04 A. Barramentos. Prof. Ricardo Palma Aula 04 A Barramentos Prof. Ricardo Palma Definição Em ciência da computação barramento é um conjunto de linhas de comunicação que permitem a interligação entre dispositivos, como o CPU, a memória e outros

Leia mais

Informática para concursos

Informática para concursos Informática para concursos Prof.: Fabrício M. Melo www.professorfabricio.com msn:fabcompuway@terra.com.br Hardware Software peopleware Parte física (Tangível). Parte lógica (Intangível). Usuários. Processamento

Leia mais

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais:

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais: Entrada e Saída Além do processador e da memória, um terceiro elemento fundamental de um sistema de computação é o conjunto de módulos de E/S. Cada módulo se conecta com o barramento do sistema ou com

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior Arquitetura de Computadores Professor: Vilson Heck Junior Agenda Conceitos Estrutura Funcionamento Arquitetura Tipos Atividades Barramentos Conceitos Como já discutimos, os principais componentes de um

Leia mais

nforce Serie 600i Recursos e Benefícios - MCP NVIDIA nforce 680i SLI

nforce Serie 600i Recursos e Benefícios - MCP NVIDIA nforce 680i SLI Recursos e Benefícios - MCP NVIDIA nforce 680i SLI Projetados para entusiastas Os processadores para mídia e comunicações (MCPs) NVIDIA nforce 680i SLI proporcionam as ferramentas e o desempenho que os

Leia mais

MICROCOMPUTADOR TIPO I

MICROCOMPUTADOR TIPO I MICROCOMPUTADOR TIPO I Processador...: Processador com memória cache mínima de 1 MB; Tipo...: 1)Intel Pentium IV Prescott com freqüência de 3.0 Ghz ou Superior Memória...: Memória RAM instalada de 512

Leia mais

Montagem e Manutenção (Hardware) Aula 01

Montagem e Manutenção (Hardware) Aula 01 Aula 01 1 Explique porque é importante saber Montagem e Manutenção de Computadores hoje? 2 Defina Hardware. 3 Explique Transistor. 4 Faça uma breve explicação da Evolução dos Hardwares usados nos computadores.

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE V: Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem Fio. Tendências em Redes e Comunicações No passado, haviam dois tipos de redes: telefônicas e redes

Leia mais

5 Entrada e Saída de Dados:

5 Entrada e Saída de Dados: 5 Entrada e Saída de Dados: 5.1 - Arquitetura de Entrada e Saída: O sistema de entrada e saída de dados é o responsável pela ligação do sistema computacional com o mundo externo. Através de dispositivos

Leia mais

Ricardo José Cabeça de Souza ricardo.souza@ifpa.edu.br 2010 Atualização em Hardware Manutenção de Microcomputadores Placa Mãe

Ricardo José Cabeça de Souza ricardo.souza@ifpa.edu.br 2010 Atualização em Hardware Manutenção de Microcomputadores Placa Mãe Instituto Federal do Pará - IFPA Ricardo José Cabeça de Souza ricardo.souza@ifpa.edu.br 2010 Atualização em Hardware Manutenção de Microcomputadores Placa Mãe Componentes Básicos do Computador MEMÓRIA

Leia mais

Capítulo 5. Figura 5.2. Conector para o monitor.

Capítulo 5. Figura 5.2. Conector para o monitor. Capítulo 5 Placas de vídeo Visão geral das placas de vídeo Esta placa está presente em todos os PCs, exceto nos que possuem placas de CPU com os circuitos de vídeo embutidos. A maioria dos PCs produzidos

Leia mais

Módulo 1 Introdução às Redes

Módulo 1 Introdução às Redes CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Módulo 1 Introdução às Redes Ligação à Internet Ligação à Internet Uma ligação à Internet pode ser dividida em: ligação física; ligação lógica; aplicação. Ligação física

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR:

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: 1.0 PROCESSADOR 1.1 Um processador Intel com arquitetura 64 Bits compatível com o equipamento ofertado e tecnologia de 65nm e núcleo duplo E4500; 1.2

Leia mais

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO PROCESSADOR TEGRA 2

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO PROCESSADOR TEGRA 2 LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO PROCESSADOR TEGRA 2 SANTO AMARO 2011 ANGELO RAMOS JACKELINE BARBOSA JEANDERVAL SANTOS PROCESSADOR TEGRA 2 Trabalho apresentado ao Instituto Federal de Ciências e Tecnologia da

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA NOTEBOOKS

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA NOTEBOOKS DESCRITIVO TÉCNICO Este descritivo técnico visa aquisição de notebooks, caracterizados de Alta Mobilidade, denominado TIPO-1 (item 01) e de Mobilidade com Baixo Custo, denominado TIPO-2 (item 02). 1. Requisitos

Leia mais

Placa Mãe. Placa Mãe. Placa Mãe. Placa Mãe 11/5/2010. Componentes Básicos do Computador. Instituto Federal do Pará - IFPA. Anatomia de uma placa-mãe

Placa Mãe. Placa Mãe. Placa Mãe. Placa Mãe 11/5/2010. Componentes Básicos do Computador. Instituto Federal do Pará - IFPA. Anatomia de uma placa-mãe Componentes Básicos do Computador MEMÓRIA PRINCIPAL Instituto Federal do Pará - IFPA Ricardo José Cabeça de Souza ricardo.souza@ifpa.edu.br 2010 Atualização em Hardware Manutenção de Microcomputadores

Leia mais

Conheça melhor os equipamentos de Rede de Computadores

Conheça melhor os equipamentos de Rede de Computadores Conheça melhor os equipamentos de Rede de Computadores Organização Diego M. Rodrigues (diego@drsolutions.com.br) 1. Introdução Com o intuito de auxiliar clientes da drsolutions na compra de equipamentos

Leia mais

NOTEBOOK FAMÍLIA 14M2 3D / W549KU

NOTEBOOK FAMÍLIA 14M2 3D / W549KU NOTEBOOK FAMÍLIA 14M2 3D / W549KU Revisão: 00 / Data: / CARACTERÍSTICAS (1) IMAGEM (2) PROCESSADOR Memória Hard Disk GRAFICOS TELA DVD WEBCAM LEITOR DE CARTÕES AUDIO AMD Dual-Core E1-2100 (1.0 Ghz 1MB

Leia mais

NOTEBOOK FAMÍLIA 14M2 3D / W549KU

NOTEBOOK FAMÍLIA 14M2 3D / W549KU NOTEBOOK FAMÍLIA 14M2 3D / W549KU Revisão: 01 Data: 27/06/2014 CARACTERÍSTICAS (1) IMAGEM (2) PROCESSADOR Memória Hard Disk GRAFICOS TELA DVD WEBCAM LEITOR DE CARTÕES AUDIO AMD Dual-Core E1-2100 (1.0 Ghz

Leia mais

Barramento - Significado

Barramento - Significado Barramento - Significado Barramento é um conjunto de linhas de comunicação que permitem a ligação entre dispositivos, como a CPU, as memórias e outros periféricos. ricos. Barramento - Significado O Barramento,

Leia mais

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes Noções de Redes: Estrutura básica; Tipos de transmissão; Meios de transmissão; Topologia de redes;

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO As respostas das atividades deverão ser mais simples e completas possíveis e baseadas nas aulas (vídeo-aula). Acrescentei mais informações para servirem de material de apoio aos estudos para avaliações

Leia mais

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email:

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email: AULA 2 Disciplina: Informática Básica Professor: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Índice Continuação aula anterior... Memória Barramento Unidades de armazenamento Periféricos Interfaces

Leia mais

Visão Computacional. Alessandro L. Koerich. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Visão Computacional. Alessandro L. Koerich. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Universidade Federal do Paraná (UFPR) Visão Computacional Alessandro L. Koerich Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Universidade Federal do Paraná (UFPR) Interfaces Câmera PC Analógica, Firewire, GigE, Camera Link, USB Introdução

Leia mais

prof.edney@superig.com.br Redes de Computadores

prof.edney@superig.com.br Redes de Computadores prof.edney@superig.com.br Redes de Computadores Apresentação do professor, da disciplina, dos métodos de avaliação, das datas de trabalhos e provas; introdução a redes de computadores; protocolo TCP /

Leia mais

Dispositivos de Entrada e Saída

Dispositivos de Entrada e Saída Dispositivos de Entrada e Saída Prof. Márcio Bueno {cgtarde,cgnoite}@marciobueno.com Fonte: Material do Prof. Robson Pequeno de Sousa e do Prof. Robson Lins Dispositivos de Entrada Teclado, Mouse, Trackball,

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Introdução Redes de Computadores Marco Antonio Montebello Júnior marco.antonio@aes.edu.br Rede É um conjunto de computadores chamados de estações de trabalho que compartilham recursos de hardware (HD,

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015 Prof. Marco Antônio Gestão da Informação e Conhecimento Dados Elemento bruto que não expressa informação Ex.: A, ], % *, & Gestão da Informação e Conhecimento Informação

Leia mais

Novo cabo HDMI AVIS da Discabos

Novo cabo HDMI AVIS da Discabos sac@discabos.com.br www.discabos.com.br Novo cabo HDMI AVIS da Discabos O primeiro cabo HDMI High Speed (1.4) com Ethernet e retorno de áudio. O padrão HDMI acaba de se tornar muito mais poderoso, com

Leia mais

FIREWIRE. O logotipo padronizado: Suas principais vantagens:

FIREWIRE. O logotipo padronizado: Suas principais vantagens: FIREWIRE O barramento Firewire, também conhecido como IEEE 1394 ou como i.link, foi desenvolvido inicialmente pela Apple Computer em 1996, como um barramento serial de alta velocidade, e transfere um grande

Leia mais

Mini Switch HDMI 4 Portas

Mini Switch HDMI 4 Portas Mini Switch HDMI 4 Portas Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações necessárias

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. O tipo de rede é definido pela sua área de abrangência, podemos classificar as redes

Leia mais

Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Emissor: Receptor: Meio de transmissão Sinal:

Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Emissor: Receptor: Meio de transmissão Sinal: Redes - Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Comunicação sempre foi, desde o início dos tempos, uma necessidade humana buscando aproximar comunidades distantes.

Leia mais

1. EZ300 GENESIS II - 1 -

1. EZ300 GENESIS II - 1 - EZ300 GENESIS II 1. EZ300 GENESIS II O EZ300 GENESIS II é uma solução competitiva para acesso a serviços de terminal Windows, Linux e a emuladores terminais diversos. Possui um desenho arrojado e formato

Leia mais

Voltar. Placas de rede

Voltar. Placas de rede Voltar Placas de rede A placa de rede é o dispositivo de hardware responsável por envio e recebimento de pacotes de dados e pela comunicação do computador com a rede. Existem placas de rede on-board(que

Leia mais

Gerenciador de Áudio HD Realtek Manual do Usuário para o Sistema Operacional Vista

Gerenciador de Áudio HD Realtek Manual do Usuário para o Sistema Operacional Vista Gerenciador de Áudio HD Realtek Manual do Usuário para o Sistema Operacional Vista 27 de fevereiro de 2008 Copyrights da Realtek Semiconductor 2008 Índice Índice A. PARA COMEÇAR...4 B. INTRODUÇÃO...7 1.

Leia mais

OpenGL. Uma Abordagem Prática e Objetiva. Marcelo Cohen Isabel Harb Manssour. Novatec Editora

OpenGL. Uma Abordagem Prática e Objetiva. Marcelo Cohen Isabel Harb Manssour. Novatec Editora OpenGL Uma Abordagem Prática e Objetiva Marcelo Cohen Isabel Harb Manssour Novatec Editora Capítulo 1 Introdução A Computação Gráfica é uma área da Ciência da Computação que se dedica ao estudo e ao desenvolvimento

Leia mais

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Hardware André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Gerações de hardware Tipos de computadores Partes do Microcomputador Periféricos Armazenamento de

Leia mais

Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída

Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída Arquitetura de Entrada e Saída Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída Barramento Meio de transmissão de dados entre a CPU, a memória principal e os dispositivos de entrada e saída.

Leia mais

Câmera CFTV Digital Sem Fio

Câmera CFTV Digital Sem Fio Câmera CFTV Digital Sem Fio Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Tecnologia PCI express. Introdução. Tecnologia PCI Express

Tecnologia PCI express. Introdução. Tecnologia PCI Express Tecnologia PCI express Introdução O desenvolvimento de computadores cada vez mais rápidos e eficientes é uma necessidade constante. No que se refere ao segmento de computadores pessoais, essa necessidade

Leia mais

Inspiron 14. Exibições. Especificações

Inspiron 14. Exibições. Especificações Inspiron 14 Exibições 2014 Dell Inc. Todos os direitos reservados. Este produto é protegido por leis de direitos autorais e de propriedade intelectual dos EUA e internacionalmente Dell e o logo da Dell

Leia mais

Inspiron 15. Série 3000. Visão. Especificações

Inspiron 15. Série 3000. Visão. Especificações Inspiron 15 Série 3000 Visão Copyright 2014 Dell Inc. Todos os direitos reservados. Este produto é protegido por leis de direitos autorais e propriedade intelectual dos EUA e internacionalmente. Dell e

Leia mais

Áudio ----------------------------------------------

Áudio ---------------------------------------------- LED LCD 32/42/47/55LW5700 Diferenciais LG------------------------------ -Iluminação LED: impressionante taxa de contraste 8.000.000:1 - Cinema 3D: A Evolução da tecnologia 3D. A mesma tecnologia usada

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 1. OBJIVO 02 2. ÂMBITO 02 3. CONCEITOS 02 4. NORMAS E LEGISLAÇÃO APLICÁVEIS 02 5. INSTRUÇÕES GERAIS 02 5.1. Processador 02 5.2. Memória 03 5.3. Periféricos Inclusos 03 5.4. Unidades

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Redes Wireless / Wi-Fi / IEEE 802.11 Em uma rede wireless, os adaptadores de rede em cada computador convertem os dados digitais para sinais de rádio,

Leia mais

REDES INTRODUÇÃO À REDES

REDES INTRODUÇÃO À REDES REDES INTRODUÇÃO À REDES Simplificando ao extremo, uma rede nada mais é do que máquinas que se comunicam. Estas máquinas podem ser computadores, impressoras, telefones, aparelhos de fax, etc. Ex: Se interligarmos

Leia mais

Barramentos - BUS. Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa

Barramentos - BUS. Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa É o percurso principal dos dados entre dois ou mais componentes de um sistema de computação, neste caso são os caminhos arquitetados na PLACA MÃE até o ponto

Leia mais

Turno/Horário Noturno PROFESSOR : Salomão Dantas Soares AULA Apostila nº

Turno/Horário Noturno PROFESSOR : Salomão Dantas Soares AULA Apostila nº UNIDADE 1I: SISTEMA COMPITACIONAL Elementos hardware e periféricos Um sistema computacional consiste num conjunto de dispositivos eletrônicos (hardware) capazes de processar informações de acordo com um

Leia mais

Placa Principal (Motherboard)

Placa Principal (Motherboard) Placa Principal (Motherboard) Placa mãe placa de circuito impresso. Slots de expansão conectores onde se ligam as placas de expansão. Barramento ou bus fios condutores dispostos em paralelo. Constituição

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Profª. Kelly Hannel Novas tecnologias de informação 2 HDTV WiMAX Wi-Fi GPS 3G VoIP Bluetooth 1 HDTV 3 High-definition television (também conhecido por sua abreviação HDTV):

Leia mais

irá satisfazer completamente o espectador com detalhe impecável, levantando o padrão de display visual ainda maior.

irá satisfazer completamente o espectador com detalhe impecável, levantando o padrão de display visual ainda maior. ULTRA HD 4K Um novo padrão de alta definição com um nível de exigência nunca visto antes! A TV LG ULTRA HD 4K traz o futuro em qualidade de imagem através de uma resolução quatro vezes maior do que a FULL

Leia mais

Scanners Manual Básico. Um guia prático e rápido para conhecer o melhor tipo de equipamento para seus trabalhos.

Scanners Manual Básico. Um guia prático e rápido para conhecer o melhor tipo de equipamento para seus trabalhos. Scanners Manual Básico Um guia prático e rápido para conhecer o melhor tipo de equipamento para seus trabalhos. Tipos de Scanners Diferentes tipos de scanners funcionam de diferentes maneiras. Conheça

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 7 Entrada/saída Os textos nestas caixas foram adicionados pelo Prof. Joubert slide 1 Problemas de entrada/saída Grande variedade

Leia mais

Estrutura e Funcionamento de um Computador

Estrutura e Funcionamento de um Computador Estrutura e Funcionamento de um Computador ESE Viseu 2009/2010 Docente: Maribel Miranda Pinto O hardware é a parte física do computador, a parte palpável do computador, ou seja, é o conjunto de componentes

Leia mais

Conectores de Vídeo Radiofreqüência (RF)

Conectores de Vídeo Radiofreqüência (RF) 15 Conectores de Vídeo Existem vários tipos de conexões de vídeo que você pode encontrar no PC e em aparelhos eletrônicos como TVs, aparelhos de DVD e videoprojetores. Apesar de a finalidade geral desses

Leia mais

10 - Saída de vídeo HDMI

10 - Saída de vídeo HDMI 1. Descrição Geral O MiniPC Thinnet é um dos menores e mais completos MiniPC do mundo. Possui processador Intel de 4 núcleos com 1.33GHz por núcleo, 2MB de Cache L2, memória DD3 com largura de banda de

Leia mais

Manual do Usuário. Adaptador de Audio USB - 5.1canais. Conteúdo

Manual do Usuário. Adaptador de Audio USB - 5.1canais. Conteúdo Manual do Usuário Adaptador de Audio USB - 5.1canais Conteúdo Introdução.. 1 Conteúdo da Embalagem....... 1 Instruções de Segurança... 1 Epecificações.... 2 Requerimentos do Sistema......2 Instalação do

Leia mais

Nokia E5 (E5-00) GSM GPRS EDGE (850/900/1800/1900 MHZ) WCDMA HSDPA 10.2 / HSUPA 2.0 (850/1900/2100) GPS

Nokia E5 (E5-00) GSM GPRS EDGE (850/900/1800/1900 MHZ) WCDMA HSDPA 10.2 / HSUPA 2.0 (850/1900/2100) GPS Última versão de software homologada pela VIVO: 042.010 DESTAQUES DO APARELHO Nome Comercial: Nokia E5 (Número do Modelo: E5-00) Smartphone com sistema operacional: Symbian OS v9.3 e plataforma: S60 v3.2;

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Introdução Fabricio Breve Onde estão as redes? Caixa Eletrônico Terminais conectados a um computador central Supermercados, farmácias, etc... Vendas Caixa Estoque Etc... Por que Redes?

Leia mais

Introdução à Informática. Alexandre Meslin

Introdução à Informática. Alexandre Meslin Introdução à Informática Alexandre Meslin (meslin@nce.ufrj.br) Módulo 4 Objetivos Aula 1 Componentes principais em um computador pessoal Fluxo de informações em um computador idealizado Componentes do

Leia mais

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO Wagner de Oliveira SUMÁRIO Hardware Definição de Computador Computador Digital Componentes Básicos CPU Processador Memória Barramento Unidades de Entrada e

Leia mais

Componentes de um Sistema de Computador

Componentes de um Sistema de Computador Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade responsável pelo processamento dos dados, ou seja, o equipamento (parte física) SOFTWARE: Instruções que dizem o que o computador deve fazer (parte

Leia mais

Dispositivos de entrada, saída, entrada e saída

Dispositivos de entrada, saída, entrada e saída Dispositivos de entrada, saída, entrada e saída Classificação dos dispositivos (ou periféricos) ricos) Entrada Teclado Rato, touchpad, pointing device, track ball Scanner Câmaras digitais (fotográficas

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

FONE BLUETOOTH ESTÉREO A010FB

FONE BLUETOOTH ESTÉREO A010FB Mais uma Linha com Troca Expressa * Favor conferir regra de Troca Expressa no termo de garantia. FONE BLUETOOTH ESTÉREO A010FB Ouça música em qualidade digital, sem fios, a partir de qualquer dispositivo

Leia mais

Headphone com Microfone sem Fio USB

Headphone com Microfone sem Fio USB Headphone com Microfone sem Fio USB Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Goldship, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

RESPOSTAS DE QUESTIONAMENTOS IV

RESPOSTAS DE QUESTIONAMENTOS IV RESPOSTAS DE QUESTIONAMENTOS IV PREGÃO ELETRÔNICO Nº 21/2013 O Conselho Federal de Contabilidade torna pública a resposta ao questionamento formulado por empresa interessada em participar do certame em

Leia mais

Fundamentos de Arquitetura de Computadores. Prof. Marcos Quinet Universidade Federal Fluminense UFF Pólo Universitário de Rio das Ostras - PURO

Fundamentos de Arquitetura de Computadores. Prof. Marcos Quinet Universidade Federal Fluminense UFF Pólo Universitário de Rio das Ostras - PURO Fundamentos de Arquitetura de Computadores Prof. Marcos Quinet Universidade Federal Fluminense UFF Pólo Universitário de Rio das Ostras - PURO Hardware de um Sistema Computacional Hardware: são os componentes

Leia mais

Aula 04 B. Interfaces. Prof. Ricardo Palma

Aula 04 B. Interfaces. Prof. Ricardo Palma Aula 04 B Interfaces Prof. Ricardo Palma Interface SCSI SCSI é a sigla de Small Computer System Interface. A tecnologia SCSI (pronuncia-se "scuzzy") permite que você conecte uma larga gama de periféricos,

Leia mais

LABORATORIOS DE INFORMÁTICA. prof. André Aparecido da Silva Disponível em: www.oxnar.com.br/2015/profuncionario

LABORATORIOS DE INFORMÁTICA. prof. André Aparecido da Silva Disponível em: www.oxnar.com.br/2015/profuncionario LABORATORIOS DE INFORMÁTICA prof. André Aparecido da Silva Disponível em: www.oxnar.com.br/2015/profuncionario 1 O conhecimento da humanidade só evoluiu em virtude da incessante busca do ser humano em

Leia mais

Áudio - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Design - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Áudio - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Design - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - LED LCD LM6400 (55 / 47 / 42 ) Diferenciais LG - - - - - - - - - - - - - - - - - - Smart TV: é o que há de mais avançado em Smart TV. Fácil de usar, possui a maior loja de aplicativos do mercado, com inúmeros

Leia mais

Fundamentos em Informática

Fundamentos em Informática Fundamentos em Informática Aula 06 Redes de Computadores francielsamorim@yahoo.com.br 1- Introdução As redes de computadores atualmente constituem uma infraestrutura de comunicação indispensável. Estão

Leia mais

Placa de Rede. Rede de Computadores. Tipos de Redes LAN (Local Area Network) Rede local. Placa de Rede

Placa de Rede. Rede de Computadores. Tipos de Redes LAN (Local Area Network) Rede local. Placa de Rede Rede de Computadores Prof. André Cardia Email: andre@andrecardia.pro.br MSN: andre.cardia@gmail.com Placa de Rede Uma placa de rede (NIC), ou adaptador de rede, oferece capacidades de comunicações nos

Leia mais

Vejamos, então, os vários tipos de cabos utilizados em redes de computadores:

Vejamos, então, os vários tipos de cabos utilizados em redes de computadores: Classificação quanto ao meio de transmissão Os meios físicos de transmissão são os cabos e as ondas (luz, infravermelhos, microondas) que transportam os sinais que, por sua vez, transportam a informação

Leia mais

COMUNICADO PREGÃO Nº 048/2007

COMUNICADO PREGÃO Nº 048/2007 COMUNICADO PREGÃO Nº 048/2007 OBJETO: Fornecimento, configuração, testes e assistência técnica, durante período de garantia, de 28 (vinte e oito) microcomputadores portáteis (notebooks) de alta mobilidade,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 Obrigado por escolher o DVR USB ST-104 DIMY S. Por favor, certifique-se que a operação do produto esta de acordo com este manual para garantir a estabilidade do sistema

Leia mais

HARDWARE e SOFTWARE. por: André Aparecido da Silva. Disponível em: http://www.oxnar.com.br/2015/unitec

HARDWARE e SOFTWARE. por: André Aparecido da Silva. Disponível em: http://www.oxnar.com.br/2015/unitec HARDWARE e SOFTWARE por: André Aparecido da Silva Disponível em: http://www.oxnar.com.br/2015/unitec No âmbito eletrônico o termo hardware é bastante utilizado, principalmente na área de computação, e

Leia mais

Redes de Computadores. Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br ricardo.souza@superig.com.br

Redes de Computadores. Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br ricardo.souza@superig.com.br Redes de Computadores Ricardo José Cabeça de Souza ricardo.souza@superig.com.br Introdução TELECOMUNICAÇÃO Abrange telefonia, telegrafia e televisão Comunicação a distância DADOS Informações apresentadas

Leia mais

Áudio - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Design - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Áudio - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Design - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - LED LCD LM6700 (55 / 47 / 42 ) Diferenciais LG - - - - - - - - - - - - - - - - - - Smart TV: é o que há de mais avançado em Smart TV. Fácil de usar, possui a maior loja de aplicativos do mercado, com inúmeros

Leia mais

3. Cite o nome e características do ponto mais alto e do ponto mais baixo de uma onda?

3. Cite o nome e características do ponto mais alto e do ponto mais baixo de uma onda? Exercícios: 1. Sobre:Ondas Responda: a. O que é a Natureza de Ondas? b. O que origina as Ondas Mecânicas? c. As Ondas Mecânicas se propagam no vácuo? Explique a sua resposta. d. Quais são os elementos

Leia mais

Webcam Night Vision. Manual do Usuário

Webcam Night Vision. Manual do Usuário Webcam Night Vision Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações necessárias

Leia mais

ANEXO I RELAÇÃO DE PRODUTOS

ANEXO I RELAÇÃO DE PRODUTOS ANEXO I RELAÇÃO DE PRODUTOS Item Qtde. Unidade Descrição 01 2 Unidade Computador tipo Desktop Slim com as características mínimas a seguir: Processador: baseado na Arquitetura de núcleos Intel Core I5

Leia mais

Linha de Produtos - Netbook Q2/2012. Made in Brasil Computer (34) 3255-0195

Linha de Produtos - Netbook Q2/2012. Made in Brasil Computer (34) 3255-0195 Linha de Produtos - Netbook Q2/2012 Made in Brasil Computer (34) 3255-0195 V.1B 02/04/2012 Eee PC 1015PEM Estilo em movimento Cores 1015PEM Preto brilhante Vermelho fosco Design 1015PEM Webcam 0.3 MP Com

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação REDE DE COMPUTADORES Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) 1 Apresentação Conhecendo os alunos Conceitos básicos de redes O que é uma rede local Porque usar uma rede local 2 Como surgiram

Leia mais

Computação Aplicada. Redes de Computadores. Professor Emanuel Ferreira Coutinho Aula 9

Computação Aplicada. Redes de Computadores. Professor Emanuel Ferreira Coutinho Aula 9 Computação Aplicada Redes de Computadores Professor Emanuel Ferreira Coutinho Aula 9 Sumário Definição Estrutura Categorias 2 Definição Conjunto de computadores (estações de trabalho), que compartilham

Leia mais