DA IDEIA AO NEGÓCIO A CRIAÇÃO DE PROPOSTAS DE VALOR VENCEDORAS OFICINA POLIEMPREENDE 2016

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DA IDEIA AO NEGÓCIO A CRIAÇÃO DE PROPOSTAS DE VALOR VENCEDORAS OFICINA POLIEMPREENDE 2016"

Transcrição

1 DA IDEIA AO NEGÓCIO A CRIAÇÃO DE PROPOSTAS DE VALOR VENCEDORAS OFICINA POLIEMPREENDE 2016

2 O empreendedorismo refere-se a uma capacidade para colocar as ideias em prática.

3 O empreendedorismo refere-se a uma capacidade para colocar as ideias em prática. Requer criatividade, inovação

4 O empreendedorismo refere-se a uma capacidade para colocar as ideias em prática. Requer criatividade, inovação

5 O empreendedorismo refere-se a uma capacidade para colocar as ideias em prática. Requer criatividade, inovação e o assumir de riscos, bem como a capacidade para planear, gerir e implementar projetos com vista a atingir determinados objetivos.

6 O empreendedorismo refere-se a uma capacidade para colocar as ideias em prática. Requer criatividade, inovação e o assumir de riscos, bem como a capacidade para planear, gerir e implementar projetos com vista a atingir determinados objetivos.

7 1º OBJETIVO: IDEIAS 2º OBJETIVO: NEGÓCIOS

8 1º OBJETIVO: IDEIAS 2º OBJETIVO: NEGÓCIOS TEMA DESTA PARTE DA SESSÃO DE HOJE

9 1ª QUESTÃO FUNDAMENTAL: A QUE PROBLEMA, NECESSIDADE, CONSTRANGIMENTO OU OPORTUNIDADE A NOSSA IDEIA DÁ RESPOSTA?

10 1ª NOTA FUNDAMENTAL: QUANTO MAIOR A CLAREZA E A DIMENSÃO DO PROBLEMA, NECESSIDADE, CONSTRANGIMENTO OU OPORTUNIDADE, MELHOR. EXPLICAR ISTO NUMA APRESENTAÇÃO É CRUCIAL.

11 2ª QUESTÃO FUNDAMENTAL: QUEM SÃO OS NOSSOS POTENCIAIS CLIENTES? A QUEM DIRIGIMOS O NOSSO PRODUTO/SERVIÇO?

12 2ª NOTA FUNDAMENTAL: É PRECISO DEFINIR COM CLAREZA A QUEM NOS DIRIGIMOS. C0NHECER COM DETALHE O NOSSO CLIENTE É FUNDAMENTAL PARA CRIARMOS UMA PROPOSTA DE VALOR E UMA ESTRATÉGIA.

13 3ª QUESTÃO FUNDAMENTAL: QUAL A DIMENSÃO/POTENCIAL DO MERCADO?

14 3ª NOTA FUNDAMENTAL: PARA HAVER NEGÓCIO É PRECISO HAVER CLIENTES EM NÚMERO E VALOR SUFICIENTE. DEMONSTRÁ-LO É CRUCIAL.

15 O QUE JÁ SEI: QUAL O PROBLEMA / OPORTUNIDADE QUEM SÃO OS CLIENTES QUAL A DIMENSÃO/POTENCIAL DO MERCADO

16 PASSO SEGUINTE: DEFINIR E APRESENTAR A PROPOSTA DE VALOR

17 PASSO SEGUINTE: DEFINIR E APRESENTAR A PROPOSTA DE VALOR OU SEJA COMO PRETENDO DAR RESPOSTA AO PROBLEMA/NECESSIDADE DOS MEUS CLIENTES, CRIANDO VALOR PARA ELES E CONQUISTANDO O MERCADO

18 ANALISAR O CLIENTE PARA QUEM SE PRETENDE CRIAR VALOR OS SEUS GANHOS CLIENTE TAREFAS DO MEU CLIENTE AS SUAS DORES

19 CONSTRUIR UMA RESPOSTA PARA CRIAR VALOR AO CLIENTE MAXIMIZADORES DE GANHOS PRODUTOS E SERVIÇOS OFERTA ALIVIADORES DE DORES

20 A PROPOSTA DE VALOR DEVE SER UMA RESPOSTA CONCRETA MAXIMIZADORES DE GANHOS GANHOS DO CLIENTE PRODUTOS E SERVIÇOS OFERTA CLIENTE TAREFAS DO CLIENTE ALIVIADORES DE DORES DORES DO CLIENTE

21 A PROPOSTA DE VALOR DEVE SER UMA RESPOSTA CONCRETA MAXIMIZADORES DE GANHOS GANHOS DO CLIENTE PRODUTOS E SERVIÇOS OFERTA CLIENTE TAREFAS DO CLIENTE ALIVIADORES DE DORES DORES DO CLIENTE

22 10 CARACTERISTICAS DAS PROPOSTAS DE VALOR VENCEDORAS 1. Focam-se em tarefas, dores e ganhos que ainda não têm uma resposta. 2. Focam-se nas tarefas mais fundamentais, nas dores mais severas e nos ganhos mais relevantes; 3. Focam-se em tarefas, dores, ou ganhos que um grande número de clientes tem ou que se dirigem a um pequeno número deles mas que está disposto a pagar muito; 4. Focam-se em poucos aliviadores de dores ou maximizadores de ganhos, mas extremamente bem desenvolvidos; 5. Estão alinhadas com a forma como os clientes medem e valorizam o sucesso;

23 10 CARACTERISTICAS DAS PROPOSTAS DE VALOR VENCEDORAS 6. Conseguem diferenciar-se da concorrência de forma notória; 7. Respondem a tarefas funcionais, emocionais e sociais conjuntamente; 8. São substancialmente melhores que a concorrência em pelo menos uma dimensão; 9. São dificeis de copiar; 10. Suportam-se em excelentes Modelos de Negócio

24 O QUE JÁ SEI: QUAL O PROBLEMA / OPORTUNIDADE QUEM SÃO OS CLIENTES QUAL A DIMENSÃO/POTENCIAL DO MERCADO QUAL A PROPOSTA DE VALOR QUE VOU APRESENTAR

25 PASSO SEGUINTE: OPERACIONALIZAR A SOLUÇÃO

26 PASSO SEGUINTE: OPERACIONALIZAR A SOLUÇÃO OU SEJA COMO PRETENDO ESTRUTURAR O MEU NEGÓCIO DE FORMA A PODER SERVIR OS CLIENTES COM A PROPOSTA DE VALOR APRESENTADA. A ISTO CHAMA-SE MODELO DE NEGÓCIO.

27 DEFINIR O MODELO DE NEGÓCIO Parceiros-Chave Atividades-Chave Propostas de Valor Relação com os Clientes Segmentos de Clientes Recursos-Chave 2 Canais de Distribuição Estrutura de Custos Realização de Receitas 9 5

28 OS PASSOS NO PROCESSO DE EMPREENDER NA VIDA-REAL -Identificar OPORTUNIDADE - Avaliar o seu POTENCIAL NO POLIEMPREENDE - Ter uma IDEIA que responda a uma oportunidade com Mercado suficiente para ter potencial de viabilidade - Estruturar uma PROPOSTA DE VALOR demonstrando como se cria Valor - Fazer Prova de Conceito; - Definir o MODELO DE NEGÓCIOS de forma a analisar o que é necessário para OPERACIONALIZAR, perceber se o conseguimos fazer e como o podemos fazer; - ESTRUTURAR Plano de Negócios, DEFINIR Objetivos; - Entrar no Mercado - Estruturar uma PROPOSTA DE VALOR demonstrando como se cria Valor - Definir um MODELO DE NEGÓCIOS teórico explicando como se OPERACIONALIZARIA este negócio - PREVER teoricamente um Plano Económico-financeiro; - PREPARAR uma APRESENTAÇÃO capaz de convencer os TUBARÕES - TRAZER O 1º PRÉMIO PARA SANTARÉM!!!!!

Sessão de Fomento do Empreendedorismo

Sessão de Fomento do Empreendedorismo Sessão de Fomento do Empreendedorismo PROJETO INCUBAR+LEZIRIA Janeiro de 2016 Promotores: Co-financiamento: PORQUÊ FALAR DE EMPREENDEDORISMO? HOJE A CONCORRÊNCIA É GLOBAL E OS FATORES DE COMPETIVIDADE

Leia mais

Paulo Magalhães UC.GCI IVE tempo de sucesso. Curso de Empreendedorismo CE APEU 12. (3ª Edição) Organização

Paulo Magalhães UC.GCI IVE tempo de sucesso. Curso de Empreendedorismo CE APEU 12. (3ª Edição) Organização Paulo Magalhães UC.GCI IVE 2006 tempo de sucesso Curso de Empreendedorismo CE APEU 12 (3ª Edição) Organização CURSO DE EMPREENDEDORISMO Resumo O Curso de Empreendedorismo proposto tem como objectivo apoiar

Leia mais

OTIC. Programa de Promoção do 18:00. Empreendedorismo no Politécnico do Porto 2.ª EDIÇÃO 28 DE NOVEMBRO DE 2016 POLITÉCNICO DO PORTO

OTIC. Programa de Promoção do 18:00. Empreendedorismo no Politécnico do Porto 2.ª EDIÇÃO 28 DE NOVEMBRO DE 2016 POLITÉCNICO DO PORTO Programa de Promoção do 18:00 Empreendedorismo no Politécnico do Porto 2.ª EDIÇÃO 28 DE NOVEMBRO DE 2016 Sessão Zero Oficina de planificação Politécnico do Porto Rafael Pedrosa OTIC P.PORTO 2 CONCURSO

Leia mais

Do mundo da fantasia ao mundo real

Do mundo da fantasia ao mundo real Do mundo da fantasia ao mundo real Olá Mulher empreendedora! Vamos falar um pouquinho sobre os nossos desafios? Nos dias de hoje precisamos ser multitarefas, conciliamos nossa a carreira com outras atividades,

Leia mais

ENSINO SECUNDÁRIO / PROFISSIONAL À DESCOBERTA DO MODELO DE NEGÓCIO

ENSINO SECUNDÁRIO / PROFISSIONAL À DESCOBERTA DO MODELO DE NEGÓCIO ENSINO SECUNDÁRIO / PROFISSIONAL À DESCOBERTA DO MODELO DE NEGÓCIO Ensino Secundário / Profissional Breve descrição Esta atividade pretende aprofundar um pouco o tema Modelos de Negócio e ajudar os alunos

Leia mais

PROJETO DE EMPREENDEDORISMO NAS ESCOLAS DO CÁVADO

PROJETO DE EMPREENDEDORISMO NAS ESCOLAS DO CÁVADO PROJETO DE EMPREENDEDORISMO NAS ESCOLAS DO CÁVADO Implementação doprograma Ano letivo 2017/2018 Outubro 2017 Entidade promotora Entidade consultora COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO CÁVADO Entidade Promotora

Leia mais

TESTE DE MARCA PESSOAL COMO VOCÊ SE DESTACA?

TESTE DE MARCA PESSOAL COMO VOCÊ SE DESTACA? TESTE DE MARCA PESSOAL NUM DIA BOM Vamos encarar os fatos: ser um empreendedor e tocar o seu próprio negócio nem sempre é divertido e glamouroso como deveria ser. Poder ser desafiador, estressante e extremamente

Leia mais

1º PREMIO - Senha numero 47766 2º PREMIO - Senha numero 11497 3º PREMIO - Senha numero 6916 4º PREMIO - Senha numero 2335 5º PREMIO - Senha numero

1º PREMIO - Senha numero 47766 2º PREMIO - Senha numero 11497 3º PREMIO - Senha numero 6916 4º PREMIO - Senha numero 2335 5º PREMIO - Senha numero VENCEDORES SENHA NUMERO 1º PREMIO - Senha numero 47766 2º PREMIO - Senha numero 11497 3º PREMIO - Senha numero 6916 4º PREMIO - Senha numero 2335 5º PREMIO - Senha numero 85786 6º PREMIO - Senha numero

Leia mais

MODELO DE NEGÓCIO ENSINO SECUNDÁRIO / PROFISSIONAL

MODELO DE NEGÓCIO ENSINO SECUNDÁRIO / PROFISSIONAL MODELO DE NEGÓCIO ENSINO SECUNDÁRIO / PROFISSIONAL O QUE É? Não existe nenhuma definição universal para modelo de negócio; Este conceito deve considerar a Missão, Visão e Competências-Chave de uma organização;

Leia mais

O que é o business plan

O que é o business plan O que é o business plan O business plan nada mais é do que o termo em inglês referente ao nosso tão famoso plano de. Essa é uma das melhores ferramentas para te ajudar a ter uma visão completa do seu negócio.

Leia mais

Curso de Empreendedorismo

Curso de Empreendedorismo Curso de Empreendedorismo Referencial Pedagógico 1. Competências Globais e Específicas Este curso consiste numa primeira abordagem à temática do empreendedorismo, procurando que os formandos percebam não

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS - REGULAMENTO

CONCURSO DE IDEIAS - REGULAMENTO 2017/2018 CONCURSO DE IDEIAS - REGULAMENTO TURISMO CRIATIVO E SUSTENTÁVEL O FUTURO DO OESTE CONCURSO DE IDEIAS 1 Índice Artigo 1 - Entidade Organizadora... 2 Artigo 2 - Objetivos... 2 Artigo 3 - Quem pode

Leia mais

Expert Apps for Good. As 11 áreas de conhecimento.

Expert Apps for Good. As 11 áreas de conhecimento. Expert Apps for Good As 11 áreas de conhecimento. 1. Idea Generation Criação de Ideias É nesta fase que os alunos começam a apresentar as suas primeiras ideias para a app que vão criar e onde explicam

Leia mais

pessoal CANVAS DO MODELO DE NEGÓCIO QUEM TE AJUDA?. principais parcerias COMO VOCÊ CONTRIBUI?. sua proposta de valor, benefício que você oferece

pessoal CANVAS DO MODELO DE NEGÓCIO QUEM TE AJUDA?. principais parcerias COMO VOCÊ CONTRIBUI?. sua proposta de valor, benefício que você oferece CANVAS DO MODELO DE NEGÓCIO pessoal de Tim Clark adaptado por Silvia Pahins QUEM TE AJUDA?. principais parcerias O QUE VOCÊ FAZ?. suas atividades-chave COMO VOCÊ CONTRIBUI?. sua proposta de valor, benefício

Leia mais

Canvas do Modelo de Negócio

Canvas do Modelo de Negócio Módulo 4 - Programa Empreenda Com Propósito, por Silvia Pahins Canvas do Modelo de Negócio adaptado de Alex Ostarwalder (2014) Parcerias Atividades-chave Proposta de Valor Relacionamento com clientes Segmento

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E MERCADO DE TRABALHO

EMPREENDEDORISMO E MERCADO DE TRABALHO EMPREENDEDORISMO E MERCADO DE TRABALHO SOU EMPREGÁVEL? EMPREENDEDO...QUÊ? EMPREENDER Deliberar-se a praticar; Propor-se; Tentar; Pôr em execução. Fonte: Aurélio Empreendedor Uma das definições mais antigas

Leia mais

FERRAMENTAS DE ANALISE FINANCEIRA & COMO ESTRUTURAR UM PLANO DE NEGÓCIOS

FERRAMENTAS DE ANALISE FINANCEIRA & COMO ESTRUTURAR UM PLANO DE NEGÓCIOS MODULO V e VI FERRAMENTAS DE ANALISE FINANCEIRA & COMO ESTRUTURAR UM PLANO DE NEGÓCIOS CURSO INTENSIVO EM EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO EMPRESARIAL António Gaspar / antonio.gaspar@spgm.pt Rui Ferreira /

Leia mais

2ª Parte Competindo com a Tecnologia de Informação

2ª Parte Competindo com a Tecnologia de Informação 2ª Parte Competindo com a Tecnologia de Informação Objectivos de Aprendizagem Identificar várias estratégias competitivas básicas e explicar como elas podem utilizar Tecnologias da Informação para confrontar

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE Publicado no Boletim do Trabalho do Emprego (BTE) nº 4 de 29 de janeiro de 2013 com entrada em vigor a 29 de janeiro de 2013. Publicação

Leia mais

Tourism Explorers é o maior programa de criação e aceleração de novas ideias. Mais de 500 pessoas, em 12 cidades, vão trabalhar soluções inovadoras

Tourism Explorers é o maior programa de criação e aceleração de novas ideias. Mais de 500 pessoas, em 12 cidades, vão trabalhar soluções inovadoras Tourism Explorers é o maior programa de criação e aceleração de novas ideias. Mais de 500 pessoas, em 12 cidades, vão trabalhar soluções inovadoras para o setor do turismo. Fase 1: Ideação Criação de novas

Leia mais

Métodos de Estudo & Investigação Científica. Elaborando um projeto de pesquisa

Métodos de Estudo & Investigação Científica. Elaborando um projeto de pesquisa Elaborando um projeto de pesquisa A pesquisa é a realização concreta de uma investigação planeada, desenvolvido e redigida de acordo com as normas das metodologias consagradas pela ciência; Requerida quando

Leia mais

CHEGOU A HORA DE VOCÊ CRIAR UM TRABALHO QUE AME!

CHEGOU A HORA DE VOCÊ CRIAR UM TRABALHO QUE AME! CHEGOU A HORA DE VOCÊ CRIAR UM TRABALHO QUE AME! Seja bem-vinda à 4ª edição da Jornada gratuita Empreenda Com Propósito! Esse que é um evento totalmente online com foco em carreira, empreendedorismo e,

Leia mais

MARATONA EMPRENDEDORA FADERGS 1ª Edição

MARATONA EMPRENDEDORA FADERGS 1ª Edição MARATONA EMPRENDEDORA FADERGS 1ª Edição - 2016 REALIZAÇÃO: PÓS-GRADUAÇÃO FADERGS e FEIRA DE EMPREGABILIDADE FADERGS DOS OBJETIVOS O programa MARATONA EMPREENDEDORA é uma iniciativa da unidade de ensino

Leia mais

1. Os trabalhos devem ser submetidos eletronicamente, através do endereço:

1. Os trabalhos devem ser submetidos eletronicamente, através do endereço: NOTA PRÉVIA 1. Os trabalhos devem ser submetidos eletronicamente, através do endereço: www.empreendejovem.pt 2. O trabalho deve ser anexado incluindo os seguintes documentos, apresentados na seguinte lista:

Leia mais

Aula 01 - Empreendedorismo

Aula 01 - Empreendedorismo Nunca foi tão fácil empreender Ser empreendedor Ideias que se complementam A importância do projeto Estudando os ramos de negócios O modelo de negócios - o que é? Entendendo o Canvas Criando a pr0posta

Leia mais

Aula III - Projetos. Prof.: Alessandra Miranda

Aula III - Projetos. Prof.: Alessandra Miranda Aula III - Projetos Prof.: Alessandra Miranda Empreendedorismo É o processo de criar algo diferente e com valor, dedicando tempo e o esforço necessários, assumindo os riscos financeiros, psicológicos e

Leia mais

- REPRODUÇÃO AUTORIZADA - Eu sou seu cliente sabia? Instrutora: Jane Costa de Paula Oliveira

- REPRODUÇÃO AUTORIZADA - Eu sou seu cliente sabia? Instrutora: Jane Costa de Paula Oliveira - REPRODUÇÃO AUTORIZADA - Eu sou seu cliente sabia? Instrutora: Jane Costa de Paula Oliveira CLIENTE INTERNO Instrutoria: Jane Costa de Paula Oliveira FOCO NO CLIENTE O que é CLIENTE? O QUE É CLIENTE INTERNO?

Leia mais

Empreender. Exemplos de projetos criativos

Empreender. Exemplos de projetos criativos Empreender A chave para o sucesso profissional + Exemplos de projetos criativos José Dornelas www.josedornelas.com.br Empreendedorismo + Inovação = Prosperidade O velho modelo econômico (a era da manufatura)

Leia mais

ISEL Sessão de Apresentação no ISEL

ISEL Sessão de Apresentação no ISEL ISEL ISEL Sessão de Apresentação no ISEL Manuel Pires Abraços 15 Novembro 2011 Apresentação O Poliempreende é um concurso de ideias e de planos de negócios que tem como objectivo avaliar e premiar projectos

Leia mais

MAIS DO QUE OLHAR PARA O FUTURO, AQUI VOCÊ APRENDE A CRIÁ-LO.

MAIS DO QUE OLHAR PARA O FUTURO, AQUI VOCÊ APRENDE A CRIÁ-LO. MAIS DO QUE OLHAR PARA O FUTURO, AQUI VOCÊ APRENDE A CRIÁ-LO. F U T U R O T E N D Ê N C I A S I N O V A Ç Ã O Uma instituição do grupo Coordenador Nacional Prof. Nelson Fernandes Jr. Formado em Administração

Leia mais

Universidade dos Açores Campus de angra do Heroísmo Ano Letivo: 2013/2014 Disciplina: Aplicações da Matemática Docente: Ricardo Teixeira 3º Ano de

Universidade dos Açores Campus de angra do Heroísmo Ano Letivo: 2013/2014 Disciplina: Aplicações da Matemática Docente: Ricardo Teixeira 3º Ano de Universidade dos Açores Campus de angra do Heroísmo Ano Letivo: 2013/2014 Disciplina: Aplicações da Matemática Docente: Ricardo Teixeira 3º Ano de Licenciatura em Educação Básica - 1º Semestre O jogo é

Leia mais

POLIEMPRENDE NO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM. março de 2017

POLIEMPRENDE NO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM. março de 2017 POLIEMPRENDE NO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM março de 2017 1 Poliempreende. Um concurso de projetos de vocação empresarial criado pelos Institutos Politécnicos. Iniciativa que visa, através de um

Leia mais

ABC das Festas Infantis Planejamento de A a Z

ABC das Festas Infantis Planejamento de A a Z Você vai descobrir... Problemas que a maioria dos profissionais de festa enfrentam. Porque muitas pessoas que começam a trabalhar nesse mercado falham com cerca de 2 anos de atuação. A solução! Como implementar

Leia mais

BUZZ Arena High School Edition

BUZZ Arena High School Edition BUZZ Arena High School Edition BUZZ Arena HighSchoolEdition I Edição do BUZZ Arena HighSchoolEdition organizado pela StartUp BUZZ dirigido aos estudantes do ensino secundário que pretendam ter a experiência

Leia mais

Formação Professores Programa A Empresa Junior Achievement Portugal

Formação Professores Programa A Empresa Junior Achievement Portugal Formação Professores Programa A Empresa Junior Achievement Portugal Nuno Fernandes Lisboa, 13 Novembro 2015 Do sonho... À Realidade... Ideia Plano Marketing Plano de Negócio 2 Junior Achievement Portugal

Leia mais

Novos Juniores - Aceleração. Prospecção

Novos Juniores - Aceleração. Prospecção Novos Juniores - Aceleração Prospecção Clientes Como não depender exclusivamente da sorte para fechar projetos? Para isso é preciso ter um modelo de vendas previsível e escalável, isto é, um processo de

Leia mais

1ª Jornada Internacional da Gestão Pública. O caso MDIC. BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013

1ª Jornada Internacional da Gestão Pública. O caso MDIC. BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013 1ª Jornada Internacional da Gestão Pública O caso MDIC BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013 ANTECEDENTES INÍCIO DE 2011 Contexto de mudança de Governo; Necessidade de diagnóstico organizacional; Alinhamento

Leia mais

Empreendedorismo. Profa. Ellen Francine Barbosa. (slides originalmente elaborados pelo Prof. Dr. José Dornelas) Copyright 2008

Empreendedorismo. Profa. Ellen Francine Barbosa. (slides originalmente elaborados pelo Prof. Dr. José Dornelas) Copyright 2008 Empreendedorismo Profa. Ellen Francine Barbosa (slides originalmente elaborados pelo Prof. Dr. José Dornelas) Questão fundamental Quais são seus planos profissionais? Vida Acadêmica Funcionário de Empresa

Leia mais

Trabalhando a alfabetização emocional com qualidade

Trabalhando a alfabetização emocional com qualidade Trabalhando a alfabetização emocional com qualidade Copyright Paulus 2012 Direção editorial Zolferino Tonon Coordenação editorial Antonio Iraildo Alves de Brito Produção editorial AGWM produções editoriais

Leia mais

PROJECTO CRIAR EMPRESA

PROJECTO CRIAR EMPRESA PROJECTO CRIAR EMPRESA Plano de Negócios Pedro Vaz Paulo 1. PROJECTO CRIAR EMPRESA 1. Projecto Definição 1. Âmbito do negócio 2. Inovação 3. Concorrência 4. Análise SWOT 5. Plano de Negócios 2. PLANO DE

Leia mais

Ministrante. Trabalhou no Centro de Transferência e Inovação Tecnológica (CTIT) da UFMG ( );

Ministrante. Trabalhou no Centro de Transferência e Inovação Tecnológica (CTIT) da UFMG ( ); Ministrante Engenheiro de Produção (UFMG) MBA em Engenharia e Inovação Mestrando em Inovação Tecnológica e PI (UFMG) Diretor de Presidente da Techmall S.A.; Membro do Comitê de Seleção de Startups; Trabalhou

Leia mais

Check-list. para escolher o local do próximo evento técnico-científico

Check-list. para escolher o local do próximo evento técnico-científico Check-list para escolher o local do próximo evento técnico-científico 2 Check-list para escolher o local do próximo evento técnico-científico A forma como as sociedades científicas tratam os eventos que

Leia mais

para a área de saúde Auxiliando profissionais de saúde a atingirem o tão almejado sucesso profissional - tudo isso resgatando o amor pela profissão.

para a área de saúde Auxiliando profissionais de saúde a atingirem o tão almejado sucesso profissional - tudo isso resgatando o amor pela profissão. C A N V A B U S I N E S S M O D E L para a área de saúde C O N S U L T Ó R I O 2. 0 Auxiliando profissionais de saúde a atingirem o tão almejado sucesso profissional - tudo isso resgatando o amor pela

Leia mais

Empreendedorismo e Inovação em Modelos de Negócio. 10 de Janeiro de 2013

Empreendedorismo e Inovação em Modelos de Negócio. 10 de Janeiro de 2013 Empreendedorismo e Inovação em Modelos de Negócio 10 de Janeiro de 2013 Empreendedorismo Empreendedorismo Digital... Conceito de Start-up 3 Start-up Empresa ou time Colocar em funcionamento Uma ideia diferente

Leia mais

Werner von Siemens. Award Award Informações importantes. Restricted Siemens AG 20XX All rights reserved.

Werner von Siemens. Award Award Informações importantes. Restricted Siemens AG 20XX All rights reserved. Werner von Siemens Award 2017 Werner von Siemens Award 2017 Informações importantes Restricted Siemens AG 20XX All rights reserved. siemens.com/answers O Prêmio Werner Von Siemens Uma competição para todos......

Leia mais

Edital da Competição. 13ª Edição. Parceria: Realização:

Edital da Competição. 13ª Edição. Parceria: Realização: 13ª Edição Edital da Competição 2016 [Type the abstract of the document here. The abstract is typically a short summary of the contents of the document. Type the abstract of the document here. The abstract

Leia mais

Curso de Técnicas de Vendas

Curso de Técnicas de Vendas Curso de Técnicas de Vendas Referencial Pedagógico 1. Competências Globais e Específicas Vender em qualidade total é vender tendo como objectivo prioritário a fidelização do cliente para com ele poder

Leia mais

Regulamento. Artigo 1.º. Objeto

Regulamento. Artigo 1.º. Objeto Regulamento Artigo 1.º Objeto O presente Regulamento visa estabelecer o modo de funcionamento do Concurso Poliempreende, uma iniciativa conjunta, no âmbito do empreendedorismo, dos Institutos Politécnicos

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS. Já tens uma ideia? Vamos agora preencher o formulário?

CONCURSO DE IDEIAS. Já tens uma ideia? Vamos agora preencher o formulário? CONCURSO DE IDEIAS Já tens uma ideia? Vamos agora preencher o formulário? Identificação dos promotores e professores Os promotores é quem desenvolve o projeto VOCÊS! Identifiquem os dados de todos os elementos

Leia mais

VISÃO & VALORES VALORES. Brochura_visao e valores.indd 1 09/09/ :45:07

VISÃO & VALORES VALORES. Brochura_visao e valores.indd 1 09/09/ :45:07 V I S Ã O VISÃO & VALORES VALORES Brochura_visao e valores.indd 1 09/09/2010 15:45:07 Brochura_visao e valores.indd 2 09/09/2010 15:45:07 Prefácio Caros colaboradores, Nós temos a responsabilidade e a

Leia mais

Disciplina de Empreendedorismo. Gestão Financeira Empreendedorismo Gestão Financeira Profº Andrizio Morais

Disciplina de Empreendedorismo. Gestão Financeira Empreendedorismo Gestão Financeira Profº Andrizio Morais Disciplina de Gestão Financeira 2013 Feedback A liderança empreendedora Ousadia e capacidade de assumir riscos Capacidade de negociar diplomaticamente Capacidade de gerenciar mudanças Líder empreendedor:

Leia mais

MARGENS margem superior e esquerda: 3,0 cm; margem inferior e direita: 2,0 cm; margem de parágrafos: 2,0 cm a partir da margem esquerda.

MARGENS margem superior e esquerda: 3,0 cm; margem inferior e direita: 2,0 cm; margem de parágrafos: 2,0 cm a partir da margem esquerda. MODELO DE PROJETO COMISSÃO DE PESQUISA INSTRUÇÕES PARA REDAÇÃO DO TEXTO: FORMATAÇÃO PAPEL Folha branca, formato A4 (21cm x 29,7cm) FONTE Arial o Títulos de capa e folha de rosto: tamanho 14 (negrito e

Leia mais

O projeto acompanhou o pico da campanha, durando 3 meses (Dezembro 2014 a Março 2015)

O projeto acompanhou o pico da campanha, durando 3 meses (Dezembro 2014 a Março 2015) Conhecida pelo seu altíssimo nível de qualidade, Leite Moça é uma marca consolidada no mercado e preza pela segurança e confiança de seus consumidores. No lançamento de novas embalagens, CyberCook e Leite

Leia mais

Conceito de Plano de Negócio e seu uso como ferramenta de planeamento e gestão.

Conceito de Plano de Negócio e seu uso como ferramenta de planeamento e gestão. Conceito de Plano de Negócio e seu uso como ferramenta de planeamento e gestão. Direcção de Desenvolvimento Agrário DIRDEA Msc. Eng. Agrónoma Elielda Fernandes elieldafernandes@sodepacangola.com Como ser

Leia mais

MODELO DE NEGÓCIOS PESSOAL. Seja o designer do seu sucesso profissional

MODELO DE NEGÓCIOS PESSOAL. Seja o designer do seu sucesso profissional . MODELO DE NEGÓCIOS PESSOAL Seja o designer do seu sucesso profissional MODELO DE NEGÓCIOS PESSOAL Quando pensamos na definição do que é uma atividade profissional, as ideias que normalmente surgem são

Leia mais

Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura

Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura Ferramentas para Gestão da Empresa Rural na Produção de Flores e Hortaliças Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura gilberto.figueiredo@cati.sp.gov.br 12 3882.2232

Leia mais

Comece seu processo de AUTOCOACHING

Comece seu processo de AUTOCOACHING Comece seu processo de AUTOCOACHING Você já percebeu que o tempo todo tem alguém ao nosso redor (incluindo eu e você) dizendo que precisa de mudanças em suas vidas? Não vou focar aqui na carreira, pois

Leia mais

mprendedorismo Prof. Antonio Celso Duarte Empreendedorismo mprendedorismo Prof. Antonio Celso Duarte FATEC-SP 2011 Prof. Antonio Celso Duarte

mprendedorismo Prof. Antonio Celso Duarte Empreendedorismo mprendedorismo Prof. Antonio Celso Duarte FATEC-SP 2011 Prof. Antonio Celso Duarte Empreendedorismo FATEC-SP 2011 Objetivos da disciplina Empreendedorismo A disciplina é orientada para uma abordagem conceitual e prática para fins de empreendimento profissional. Reúne três conjuntos de

Leia mais

Certificação da Qualidade - Um Processo em Evolução

Certificação da Qualidade - Um Processo em Evolução VII Ciclo de Conferências em Economia Social "Manter a Identidade, Visar a Sustentabilidade" Certificação da Qualidade - Um Processo em Evolução Santa Casa da Misericórdia de Santarém 04-05-2017 "Manter

Leia mais

Gestão e Empreendedorismo

Gestão e Empreendedorismo Unidade III Gestão e Empreendedorismo Eliomar Borges Furquim Plano de negócios (PN): uma Visão geral. Objetivo específico - Ao concluir este módulo, você vai ser capaz de compreender o que é um Plano de

Leia mais

Definição do Potencial. Potencial. Capacidade + Aspiração + Engajamento. Classificação do Potencial. Potencial 0 a 1 ano. Potencial 1 a 3 anos

Definição do Potencial. Potencial. Capacidade + Aspiração + Engajamento. Classificação do Potencial. Potencial 0 a 1 ano. Potencial 1 a 3 anos Não é POTENCIAL Definição do Potencial Potencial = Capacidade + Aspiração + Engajamento Classificação do Potencial Potencial 0 a 1 ano Potencial 1 a 3 anos Potencial Adequado Prontidão para ser promovido

Leia mais

BASE CONCEPTUAL DO CONCURSO FOMENTO DO EMPREENDEDORISMO NOS ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS

BASE CONCEPTUAL DO CONCURSO FOMENTO DO EMPREENDEDORISMO NOS ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS BASE CONCEPTUAL DO CONCURSO FOMENTO DO EMPREENDEDORISMO NOS ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS 1. Introdução Na sociedade do conhecimento o desenvolvimento económico é potenciado por empresas de base

Leia mais

REGULAMENTO JOVEM PORTO CONCURSO DE IDEIAS

REGULAMENTO JOVEM PORTO CONCURSO DE IDEIAS REGULAMENTO JOVEM EMPREENDE @ PORTO CONCURSO DE IDEIAS Artigo 1 Entidade Organizadora O CONCURSO DE IDEIAS JOVEM EMPREENDE @ PORTO é organizado no ano letivo 2016/2017, e é uma iniciativa da Fundação da

Leia mais

Grelha resumo da auto-avaliação por critério do modelo CAF

Grelha resumo da auto-avaliação por critério do modelo CAF Grelha resumo da auto-avaliação por critério do modelo CAF O que a liderança da organização faz para CRITÉRIO 1: LIDERANÇA Subcritérios () 1.1 Dar uma orientação à organização desenvolvendo e comunicando

Leia mais

Sistemas de Gestão e Auditoria da Qualidade

Sistemas de Gestão e Auditoria da Qualidade 22/08/2012 Sistemas de Gestão e Auditoria da Qualidade Profº Spim 1 O Malcolm Baldrige National Quality Award ( Malcolm Baldrige) foi criado nos Estados Unidos em agosto de 1987 pelo presidente Ronald

Leia mais

REGRAS DO 1º DESAFIO UNIVERSITÁRIO DE IDEIAS INOVADORAS E EMPREENDEDORAS

REGRAS DO 1º DESAFIO UNIVERSITÁRIO DE IDEIAS INOVADORAS E EMPREENDEDORAS REGRAS DO 1º DESAFIO UNIVERSITÁRIO DE IDEIAS INOVADORAS E EMPREENDEDORAS A ESATI Empresa Júnior UFSC Joinville denominada Escritório de Apoio Tecnológico Intermodal -, juntamente, com o PET Programa de

Leia mais

Curso de Vendas Passo a Passo Material de Construção Aula nº 06

Curso de Vendas Passo a Passo Material de Construção Aula nº 06 Curso de Vendas Passo a Passo Material de Construção Aula nº 06 Orientador Sigmar Sabin www.bomdiahoje.com.br sigmarsabin@bomdiahoje.com.br 41.9666.8183 TIM/Whats Não vendo material de construção... Eu

Leia mais

Proposta de Treinamento Gestão Integrada de Negócios para Hotelaria

Proposta de Treinamento Gestão Integrada de Negócios para Hotelaria Proposta de Treinamento Gestão Integrada de Negócios para Hotelaria O Mercado & o Marketing O mercado atual está cada vez mais seletivo no que se refere a contratação de serviços e produtos, e os detalhes

Leia mais

CURSO PARA GESTÃO DE PROCESSOS MÓDULO I - MAPEAMENTO E MELHORIA DE PROCESSOS DO MP-PR. 3ª Oficina 5ª Reunião Análise e Melhoria de Processos OBJETIVO

CURSO PARA GESTÃO DE PROCESSOS MÓDULO I - MAPEAMENTO E MELHORIA DE PROCESSOS DO MP-PR. 3ª Oficina 5ª Reunião Análise e Melhoria de Processos OBJETIVO CURSO PARA GESTÃO DE PROCESSOS MÓDULO I - MAPEAMENTO E MELHORIA DE PROCESSOS DO MP-PR 3ª Oficina 5ª Reunião Análise e Melhoria de Processos OBJETIVO Harmonizar os conhecimentos dos integrantes da equipe

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Atualizado em 22/10/2015 GESTÃO POR COMPETÊNCIAS As competências não são estáticas, tendo em vista a necessidade de adquirir agregar novas competências individuais

Leia mais

EDIÇÃO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA PARA A QUALIDADE ANO XLIV Qualidade Glocal Entrevista a presidente da RELACRE 40 º Colóquio da Qualidade

EDIÇÃO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA PARA A QUALIDADE ANO XLIV Qualidade Glocal Entrevista a presidente da RELACRE 40 º Colóquio da Qualidade EDIÇÃO 04 ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA PARA A QUALIDADE ANO XLIV 2015 5 Qualidade Glocal Entrevista a presidente da RELACRE 40 º Colóquio da Qualidade espaço APQ UM PERCURSO EM ETAPAS PARA A EXCELÊNCIA ORGANIZACIONAL

Leia mais

Desenvolvendo Habilidades Empreendedoras

Desenvolvendo Habilidades Empreendedoras Desenvolvendo Habilidades Empreendedoras Prof. Dr. José Dornelas www.planodenegocios.com.br Bem-vindo à versão de demonstração do curso Desenvolvendo Habilidades Empreendedoras! Vocêpoderá conferir alguns

Leia mais

ALFREDO ROCHA. Motiveação Palestras e Palestrantes Ltda CNPJ / /

ALFREDO ROCHA. Motiveação Palestras e Palestrantes Ltda CNPJ / / ALFREDO ROCHA Temas da palestra: Atendimento ao Cliente, Competitividade, Criatividade e Inovação, Gestão de Pessoas, Liderança, Marketing e Comunicação, Motivação, Trabalho em Equipe, Vendas Nascido em

Leia mais

Fundamentos de Gestão

Fundamentos de Gestão Fundamentos de Gestão Escolha estratégica LCI FEUP/FLUP 2009/10 Rui Padrão Vantagens competitivas Escolha da estratégia Identificação de mercado(s) alvo 1 Identificação de mercado(s) alvo: Quem? Que clientes

Leia mais

Portal de vendas Scania SDS-Q. Info turma Interna Formação Portal de vendas Scania

Portal de vendas Scania SDS-Q. Info turma Interna Formação Portal de vendas Scania 1 Portal de vendas Scania SDS-Q Portal de vendas Scania Apresentação SDS-Q Scania Dealer System - Quotation Objectivo principal SDS-Q é uma ferramenta de vendas para criar propostas para novos chassis

Leia mais

Fãs da Marca Por Rodrigo j Heckler

Fãs da Marca Por Rodrigo j Heckler Apresenta Fãs da Marca Por Rodrigo j Heckler Sobre este ebook Olá É com imensa alegria que começo a me conectar a você leitor através da série fãs da marca. Se você quer desenvolver algo único, deixar

Leia mais

Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém

Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém Planeamento estratégico de sistemas de informação de Departamento de Informática e Métodos Quantitativos Licenciatura em Informática - 3º Ano Sistemas

Leia mais

EDITAL 1 a OLIMPÍADA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DE APPS: Ações para o Desenvolvimento Sustentável 1 a ONDA

EDITAL 1 a OLIMPÍADA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DE APPS: Ações para o Desenvolvimento Sustentável 1 a ONDA EDITAL 1 a OLIMPÍADA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DE APPS: Ações para o Desenvolvimento Sustentável 1 a ONDA Informações gerais: A Olimpíada Nacional de Apps irá ocorrer em todo o país e envolverá a participação

Leia mais

Orientações para a PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA (PIP)

Orientações para a PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA (PIP) Orientações para a PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA (PIP) Avaliação do Projeto de Intervenção O Projeto de Intervenção tem a ponderação de 30% na Avaliação Final do formando. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO

Leia mais

Gestão de Pessoas. Curso de Pós-Graduação em Gestão Escolar Prof. Joelma Kremer, Dra.

Gestão de Pessoas. Curso de Pós-Graduação em Gestão Escolar Prof. Joelma Kremer, Dra. Gestão de Pessoas Curso de Pós-Graduação em Gestão Escolar Prof. Joelma Kremer, Dra. Aula 6 Conflito e negociação Os objetivos desta aula são: Definir conflito. Diferenciar as visões tradicional, interacionista

Leia mais

Modelo de Negócio (Business Model)

Modelo de Negócio (Business Model) Modelo de Negócio (Business Model) Profa. Ellen Francine SSC570 Empreendedores em Informática ICMC/USP Modelo de Negócio Um modelo de negócio descreve a lógica de como uma organização cria, entrega e agrega

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS EMPRESÁRIOS ANJE

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS EMPRESÁRIOS ANJE ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS Arrisca C 2013 02 de Outubro de 2013 EMPRESÁRIOS ANJE Empreendedorismo e Criação de Empresas Como desenvolver Ideias de negócio? Nuno Gaspar nunogaspar@anje.pt www.anje.pt/centro

Leia mais

FAQ S - LABORATÓRIOS VIVOS PARA A DESCARBONIZAÇÃO. Plano de Implementação do Laboratório Vivo para a Descarbonização

FAQ S - LABORATÓRIOS VIVOS PARA A DESCARBONIZAÇÃO. Plano de Implementação do Laboratório Vivo para a Descarbonização FAQ S - LABORATÓRIOS VIVOS PARA A DESCARBONIZAÇÃO Plano de Implementação do Laboratório Vivo para a Descarbonização 1. Novos prazos para assinatura de contrato, apresentação e validação do plano de implementação

Leia mais

Concurso de Ideias Lança o teu Futuro! 2ª Edição. Regulamento

Concurso de Ideias Lança o teu Futuro! 2ª Edição. Regulamento Concurso de Ideias Lança o teu Futuro! 2ª Edição Regulamento 1.º Âmbito e objetivos O presente regulamento consagra os termos e as condições de participação no Concurso de Ideias Lança o teu Futuro! 2ª

Leia mais

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC PRÓ REITORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO PROPEX I FEIRA DO INVENTOR DA UNESC

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC PRÓ REITORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO PROPEX I FEIRA DO INVENTOR DA UNESC UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC PRÓ REITORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO PROPEX I FEIRA DO INVENTOR DA UNESC Apresentação A I Feira do Inventor da UNESC tem por fim criar oportunidades de divulgação

Leia mais

MAI5027 Empreendedorismo. Plano de Negócios. Profa. Ellen Francine ICMC/USP

MAI5027 Empreendedorismo. Plano de Negócios. Profa. Ellen Francine ICMC/USP MAI5027 Empreendedorismo Plano de Negócios Profa. Ellen Francine ICMC/USP 1 Motivação Por que preparar um plano de negócios? 2 Processo Empreendedor Identificar e avaliar a oportunidade Desenvolver o plano

Leia mais

Modelo de Negócios CANVAS

Modelo de Negócios CANVAS CANVAS Como transformar suas ideias em bons negócios AUTOR EDUARDO VILAS BOAS Sócio da Empreende; Doutorando na FEA-USP; Experiência na área de Administração, com ênfase em Empreendedorismo, atuando principalmente

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÉMIO

REGULAMENTO DO PRÉMIO REGULAMENTO DO PRÉMIO Menu Portugal Sou Eu 2ª edição I. ENQUADRAMENTO E OBJETIVOS O programa PORTUGAL SOU EU (PtSouEu) é uma iniciativa do Governo Português, aprovada em Resolução do Conselho de Ministros

Leia mais

CHEGOU A HORA DE VOCÊ CRIAR UM TRABALHO QUE AME!

CHEGOU A HORA DE VOCÊ CRIAR UM TRABALHO QUE AME! CHEGOU A HORA DE VOCÊ CRIAR UM TRABALHO QUE AME! Seja bem-vinda à 4ª edição da Jornada gratuita Empreenda Com Propósito! Esse que é um evento totalmente online com foco em carreira, empreendedorismo e,

Leia mais

Plano de negócios. Sua necessidade, erros a não cometer e tipologias. Estrutura base

Plano de negócios. Sua necessidade, erros a não cometer e tipologias. Estrutura base Plano de negócios Sua necessidade, erros a não cometer e tipologias Estrutura base O que é um plano de negócios? Um Plano de Negócios é um Plano base, essencial para a estruturação e defesa de uma nova

Leia mais

Ensinando Empreendedorismo José Dornelas

Ensinando Empreendedorismo José Dornelas Workshop Ensinando ismo José Dornelas josedornelas.com.br /JoseDornelasEmpreende ww.josedornelas.com www.josedornelas.com.br facebook.com/josedornelasempreende ismo Estilo gerencial Busca de oportunidades

Leia mais

inovação planejada o caminho do mercado, para a idéia e de volta para o mercado

inovação planejada o caminho do mercado, para a idéia e de volta para o mercado inovação planejada o caminho do mercado, para a idéia e de volta para o mercado Fabio Silva professor e pesquisador, www.cin.ufpe.br consultor, www.oremi.com.br fabio@oremi.com.br por que inovação? por

Leia mais

Como fazer o plano de marketing no plano de negócios

Como fazer o plano de marketing no plano de negócios Este conteúdo faz parte da série: Plano de Negócios Ver 7 posts dessa série Nesse artigo falaremos sobre: Por que o plano de marketing é essencial para o plano de negócios Como fazer o plano de marketing

Leia mais

WORKCRED WORKSHOP DE CANVAS

WORKCRED WORKSHOP DE CANVAS WORKCRED WORKSHOP DE CANVAS AGENDA DE HOJE 1 INTRODUÇÃO AO LEAN STARTUP 2 CAMINHO DO EMPREENDEDOR 3 MAPA DO MODELO DE NEGÓCIO (CANVAS) INTRODUÇÃO AO LEAN STARTUP EMPREENDER É... EMPREENDER É... RESOLVER

Leia mais

PLANO DE ENSINO

PLANO DE ENSINO Plano de Negócios Módulo E Ementa da disciplina: PLANO DE ENSINO 2015-1 Carga Horária: 47 h Estudo de negócios fundamentado no seu aspecto conceitual, elementos integrantes do projeto desde a ideia até

Leia mais

REGULAMENTO DO 2º CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO NO ÂMBITO DO PROJETO INCUBAR+LEZIRIA

REGULAMENTO DO 2º CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO NO ÂMBITO DO PROJETO INCUBAR+LEZIRIA REGULAMENTO DO 2º CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO NO ÂMBITO DO PROJETO INCUBAR+LEZIRIA 1. ENQUADRAMENTO 1 a. O projecto INCUBAR+LEZIRIA é uma Ação Coletiva, dinamizada pela NERSANT, INSTITUTO POLITÉCNICO

Leia mais

ENSINO SECUNDÁRIO / PROFISSIONAL OS 4 P S DO NEGÓCIO

ENSINO SECUNDÁRIO / PROFISSIONAL OS 4 P S DO NEGÓCIO ENSINO SECUNDÁRIO / PROFISSIONAL OS 4 P S DO NEGÓCIO Ensino Secundário / Profissional Breve descrição A atividade pretende apresentar os 4 P s do marketing. De forma a aplicar estes conceitos, cada grupo

Leia mais

ACÇÃO DE FORMAÇÃO OBJECTIVOS Nº PARTICIPANTES ENTIDADE

ACÇÃO DE FORMAÇÃO OBJECTIVOS Nº PARTICIPANTES ENTIDADE ACÇÃO DE FORMAÇÃO OBJECTIVOS Nº PARTICIPANTES ENTIDADE DURAÇÃO ANO Novo Modelo de Avaliação de Desempenho dos Funcionários Públicos Apresentar o novo modelo proposto para a administração pública. INA 8

Leia mais

ÍNDICE O Q U E É A A C A D E M I A? C O M O F U N C I O N A? O Q U E V O U D E S - C O B R I R? 7 B E N E F Í C I O S D A A C A D E M I A

ÍNDICE O Q U E É A A C A D E M I A? C O M O F U N C I O N A? O Q U E V O U D E S - C O B R I R? 7 B E N E F Í C I O S D A A C A D E M I A SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO 2017 ACADEMIA D E D E S - C O B E R T A PESSOAL S O F I A C O A C H P N L D E & P R O C E S S O S A S S U N Ç Ã O F A C I L I T A D O R A D E D E D E S - C O B E R T A ÍNDICE

Leia mais

Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho

Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Muitos são os desafios encontrados

Leia mais